One Piece RPG
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 XwqZD3u
One Piece RPG
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» I did not fall from the sky, I leapt
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Formiga Hoje à(s) 20:33

» Ep 1: O médico e o marinheiro
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Wild Ragnar Hoje à(s) 20:00

» Ato I - Antes da tempestade
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Dante Hoje à(s) 19:52

» All we had to do, was cross The Damn Line, Elise!
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor King Hoje à(s) 19:23

» Vou te comer
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Scale Hoje à(s) 19:19

» Drake Fateburn
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 17:06

» I - Justiça: Um compromisso obstinado!
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Hammurabi Hoje à(s) 16:01

» A HORSE WITH NO NAME
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 14:40

» Pandemonium - 9 Brave New World
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 14:32

» Vol 2 - The beginning of a pirate
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 13:58

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:09

» Steps For a New Chapter
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 10:14

» Um novo recruta: o nome dele é Jack!
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Arrepiado Hoje à(s) 08:30

» Em Busca do Crédito Perdido
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 23:55

» A Ascensão da Justiça!
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:28

» II - Growing Bonds
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Subaé Ontem à(s) 23:05

» O som das ondas é o meu chamado... Adeus, meu filho!
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:04

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor maximo12 Ontem à(s) 22:20

» Viagem
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Rangi Ontem à(s) 20:11

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 18:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 77
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyQui 07 Jan 2021, 00:17

Relembrando a primeira mensagem :

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Arthorias Meursault. A qual não possui narrador definido.


Equipe One Piece RPG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Meursault
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 28/01/2018

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyQua 20 Jan 2021, 22:44






Être adulte, c’est être seul

Ao escutar o comentário de Ragnar, abriria um largo sorriso. - Pode deixar, aproveitar é comigo mesmo. - Em sequência, informava o tamanho de suas roupas para Joana, com pouca precisão, já que não sabia suas medidas de cor. Apesar da incerteza, não se preocupava com a possibilidade de um erro de numeração, afinal de contas, se não fosse uma diferença muito grotesca, serviria de qualquer jeito. Aproveitando o fato do assunto estar em pauta, pediria um pequeno favor para a recepcionista, usando todo o seu carisma. - Desculpa começar desse jeito, mas você podia me fazer um favor? - Torceria por uma reação positiva de mulher, então, prosseguiria. - Como você pode perceber, eu estou em um estado meio deplorável. - Abriria as mãos e giraria seu corpo, mostrando como estava encharcado. - Se você pudesse dar uma acelerada no meu uniforme, me ajudaria muito. Eu seria eternamente grato. - Encerraria o diálogo com um riso forçado e seguiria para o encontro com o Sargento.

As mulheres da marinha, assim como as que não eram parte da organização, pareciam ser companhias agradáveis. Os marinheiros, por outro lado, pareciam ser especialmente repugnantes. Ragnar não havia deixado uma boa impressão inicial, apesar de ter se redimido no processo. O Sargento David também não tinha uma apresentação muito prazerosa, de forma que restava esperar que as coisas também melhorassem com o tempo. - Novatos sim. Seus definitivamente não. - Comentaria, com certa acidez. - Foi esse aí mesmo que aprovou a gente, ficou tão impressionado que resolveu pagar um almoço para nós. Se eu não me engano, tinha lágrimas em seus olhos enquanto ele batia palmas após a nossa luta. - Quando recebesse a medalha e fosse dispensado, agradeceria com um aceno de cabeça e retornaria à recepção do Quartel.

Reencontrando Joana, verificaria se o seu uniforme já estava disponível e, caso estivesse, se trocaria antes de partir do Quartel General. Aproveitaria seu dia livre. Usufruiria da proximidade entre o Quartel e a faculdade para passar na biblioteca novamente. Dessa vez, procuraria por um livro que tratasse de esoterismo e alugaria o mesmo caso fosse capaz de encontrar. Após isso, aproveitaria o almoço que havia conquistado com os punhos, ou melhor, com os pés. Comeria tudo que tinha direito, até mesmo repetindo os pratos se fosse possível e tivesse condições de aguentar. No seu longo processo de digestão, leria o livro que havia alugado, da mesma forma que havia feito no dia anterior.

Depois da deliciosa e, se tudo ocorrer da melhor forma, farta refeição, tentaria ir até o centro comercial da cidade, tinha alguns itens que gostaria de buscar e esse momento parecia ser oportuno. De início, tentaria comprar uma bolsa, maior e mais resistente do que a que já possuía, preferencialmente impermeável. Procuraria também um baralho tradicional, para saciar sua compulsão por apostar, um relógio de bolso, para tentar ser mais pontual e receber menos repreensões no futuro e, se tivesse lido sobre esoterismo, um baralho de tarot, já que ficaria encantado com o tema. Pagaria preços justos pelos itens, não se importando em gastar o dinheiro que tinha, apesar disso, tentaria conseguir alguns descontos sendo gentil e cortês com os vendedores. Com o fim de suas compras, retornaria ao Quartel no fim da tarde, devolvendo o livro no caminho.




HISTÓRICO

Nome: Arthorias Meursault
Número de Posts: 10
Ganhos:
Perícia Sedução (Genialidade)
Perícia Jogos (Genialidade)
Medalha de Admissão
Perdas:
250.000 B$
NPC's:
Diana Nightingale
Tenente Ragnar
Jason Jones

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Capitão
Capitão
Achiles

Créditos : 59
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyQui 21 Jan 2021, 13:54

I – Vós que entrais, abandonai toda a esperança

- Ah, me desculpe, vou providenciar. Quando voltar da reunião com o Sargento, eu entrego para ambos. - E ela fazia uma chamada para alguém, providenciando os uniformes daquelas medidas pedidas. E aquilo que era requisitado por Arthorias poderia ter dado fruto, principalmente pela educação do qual tinha com a mulher.

Quanto a reunião do Sargento David, parecia que as coisas não seriam das melhores, pois o homem parecia não tolerar um mal comportamento ou uma acidez proveniente de Meursault. - Essa sua postura vai ser corrigida também e aprender a como se comportar com um SUPERIOR em sua frente. - David parecia ser bem pior do que Ragnar, demonstrando uma raiva daquele homem, talvez, Arthorias tivesse errado o homem errado, ou não.

De qualquer forma, ao sair de sua sala e voltar para a recepção, Joanna entregava as vestimentas de ambos que estavam em um saco plástico bem embaladas e aparentemente novas, sim, eles não teriam que usar vestes usadas por outras pessoas o que melhorava um pouco a imagem que a marinha tinha a respeito de seus funcionários.

Indo a um banheiro, o novo soldado aproveitava para vestir as suas vestimentas da qual continha o boné e fora as botas, ele teria vestido por completo. Ao sair do quartel, ele atravessava a rua e novamente estava na faculdade onde aproveitava para pedir emprestado um novo livro sobre Esoterismo do qual tinha esse mesmo título. (Até mesmo porque estou com preguiça de procurar o que é esoterismo).

Após isso, ia ao lado de Jason até a lanchonete plasma e pedia dos pratos com nomes mais diferentes que poderia imaginar, embora o gosto e aparência fossem formidáveis. Chegavam hambúrgueres, batatas, e vários outros tipos de refeições que se faz em uma lanchonete, por fim, dava se por satisfeito após comer uma sobremesa de mousse de limão. Nesse meio tempo, teria gasto algumas horinhas para ler o livro em seu processo de digestão e Jones teria se despedido em meio a alimentação exagerada do guloso Arthorias.

A zona comercial da cidade estava um pouco vazia nessa tarde o que facilitava achar os itens do qual queria, o seu baralho tradicional, o relógio de bolso, seu baralho de tarot e uma bolsa preta que aparentemente era impermeável. Nesses itens, ele teria pago cento e vinte mil berries na mochila impermeável (120.000), cinquenta mil berries no relógio (50.000) e cinquenta mil em cada baralho (50.000), dando um total de dozentos e setenta mil berries (270.000). Por fim, no fim da tarde, devolvia o livro na biblioteca e voltava ao quartel, onde era indicado onde ficava o refeitório e também onde ficava o dormitório de soldados, um amplo espaço cheio de camas e beliches ocupados e alguns vazios.


Considerações:
 

Legendas:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Wonderful Land
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Soldado
Soldado
Meursault

Créditos : 27
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 23
Localização : Las Camp - West Blue

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyQui 21 Jan 2021, 16:58






Baccarat

As instalações da Marinha eram mais dignas do que Arthorias esperava, o refeitório e o dormitório eram alojamentos preservados e bem organizados. Aproveitando o fato de não ter nenhum compromisso em sua agenda, se apropriaria do beliche que julgasse ser mais agradável, preferencialmente se instalando em uma das camas de baixo. Dizem que a mente vazia é oficina do diabo e Meursault, além de concordar com essa afirmação, achava o diabo uma companhia extremamente agradável. Sentado na cama, abriria sua bolsa, retirando o baralho, para guardá-la em sequência. - Algum de vocês quer jogar? - Anunciaria seu convite sem pudor, com um sorriso malicioso no rosto e um semblante de empolgação.

Começaria a embaralhar as cartas de forma extravagante, demonstrando toda a sua destreza e habilidade. Caso fosse capaz de atrair a atenção de alguém, explicaria as regras do jogo. - O jogo se chama [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]. - Terminaria de embaralhar as cartas, colocando o baralho entre ele e o outro jogador. - É um jogo de apostas, você pode apostar em você, em mim, ou em um empate. - Observaria bem o semblante do homem que estivesse em sua frente antes de prosseguir. - Nós dois pegamos duas cartas, fazemos nossa aposta e depois revelamos as cartas. Após isso, podemos escolher pegar ou não uma carta adicional. Quem estiver mais próximo de nove com o total de cartas vence. O Ás vale um, O Rei, Dama, Valete e Dez, zero. As outras cartas têm seu valor nominal. Entendeu? - Esperaria uma confirmação e trataria de sanar qualquer dúvida que pudesse existir.

Se não existisse nenhum problema, iniciaria o jogo. Poderia, é claro, manipular ou marcar as cartas com sua habilidade de prestidigitação, mas isso tiraria toda a graça do jogo, um pecado muito atroz para ser cometido. Acreditava ter uma sorte que o destacava dos demais, assim sendo, apostaria em si mesmo todas as vezes e só faria uso da terceira carta se o resultado inicial da primeira virada garantisse a sua derrota, como, por exemplo, ter uma soma de quatro quando seu adversário tiver uma soma de sete. - O que acha de uma aposta inicial de 10.000 B$? - Perguntaria, com um sorriso escancarado no rosto.

Apostaria, no máximo, 100.000 B$, não se arriscando a perder mais que isso. Se não tivesse sorte no dormitório, tentaria o mesmo no refeitório, esperando uma recepção mais calorosa. É claro que tinha outras coisas em mente, como o jantar com Diana, por exemplo, mas não perseguiria a mulher. Sabia que fazer isso só faria com que ele parecesse um cachorro carente e sem valor. Após as apostas, se não tivesse mais nada para fazer, simplesmente dormiria, estando pronto para se apresentar ao Sargento na manhã seguinte, passando antes no refeitório obviamente.




HISTÓRICO

Nome: Arthorias Meursault
Número de Posts: 11
Ganhos:
Perícia Sedução (Genialidade) (Post 1)
Perícia Jogos (Genialidade) (Post 2)
Perícia Ciências Ocultas (Genialidade) (Post 10)
Medalha de Admissão (Post 9)
Promoção para Soldado (Marinha) (Post 9)
Uniforme padrão de Soldado da Marinha (Post 10)
Mochila Grande Impermeável (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
Perdas:
520.000 B$
NPC's:
Diana Nightingale
Tenente Ragnar
Jason Jones
Sargento David

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Capitão
Capitão
Achiles

Créditos : 59
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptySex 22 Jan 2021, 22:18

I – Vós que entrais, abandonai toda a esperança

Meursault se movia até uma das camas e tomava ela como sua, ficando na parte debaixo enquanto não tinha nenhum companheiro acima dele, o que era, de certa forma, agradável. Seu anúncio chamava alguns olhares e de começo não teria nenhum interessado, até que era possível ver Jones chegando dentro dos dormitórios com uma mala e ele avistava Arthorias, se aproximando do homem. – Bacará? Caraca, quanto tempo não jogo isso. – As regras eram explicadas de formas bem levianas enquanto que Jason arrumava as suas coisas na cama de cima.

Descendo para baixo, os dois começavam um jogo tradicional e até mesmo casual, as apostas não se mexiam muito além disso e, primeiramente, Jason não estava tendo uma grande sorte, tendo sido tomado cinquenta mil berries do homem. Contudo, o jogo continuava e chegava a interessar outras pessoas, em meio a isto, Jones conseguia recuperar os seus cinquenta, deixando um valor igualado entre ambos zerado. Outros marinheiros tentavam a sorte contra Arthorias, embora o dia não estava tão favorável, ganhava algumas, perdia outras, no fim, o seu lucro total teria sido de cinquenta mil berries, um pequeno valor, comparado a duas horas jogando o jogo.

No fim, o homem dormia tranquilamente com um sono que vinha bem a calhar e recuperava suas energias, o refeitório estava cheio na hora que apareceu e ele pode se servir de tudo o que podia, até mesmo das duas sobremesas tradicionais da marinha (não me pergunte o porquê, é coisa dos meus antigos narradores). Ao se apresentarem para o Sargento, o homem mal-humorado parecia estar ainda pior do que antes. – Soldados! É o seguinte! Temos duas coisas para fazemos na região residencial da cidade. Houveram relatos sobre mercadorias contrabandeadas por essas bandas, perguntaremos para alguns cidadãos e investigaremos alguns becos, a segunda coisa, será vigiarmos as ruas e casas, parece que tem alguém roubando algumas peças íntimas de mulheres. – O Sargento pegava uma espada e a pendurava em sua cintura, o que era até mesmo engraçado, ver um homem daquele tamanho com uma arma desajeitada. Ele estava pronto para partir. – Vamos?


Considerações:
 

Legendas:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Wonderful Land
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Soldado
Soldado
Meursault

Créditos : 27
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 23
Localização : Las Camp - West Blue

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptySab 23 Jan 2021, 07:02






Le fou

A chegada de Jones foi um bom agouro. Além de conhecer as regras do jogo e atrair a atenção dos demais marinheiros, era uma oportunidade de tirar o gosto amargo do empate entre os dois que se fazia presente desde o fim do exame de admissão. Arthorias não se surpreendia com o fato de começar com uma boa vantagem, afinal, acreditava plenamente que a sorte costumava favorecê-lo. Apesar de sua crença ser inabalável, parece que a sorte também estendia sua atenção e sua bênção para Jones, que conseguia, mais uma vez, empatar com Meursault. Ao contrário do final da luta, entretanto, não existia nenhuma frustração ou sabor amargo, muito pelo contrário, apenas alegria e excitação se faziam presentes em seu corpo. - Parece que estamos destinados a empatar. - Comentaria casualmente ao fim da última partida entre os dois.

Para seu deleite, o embate com o Jones não era o último da noite. As diversas apostas o deixavam entretido por horas, fazendo ondas de excitação percorrerem por seu corpo ao fim de cada aposta, sendo o resultado positivo ou negativo para ele. Ao fim da noite, havia ganhado uma modesta quantia, mas o dinheiro arrecadado não era capaz de rivalizar com o prazer que sentia ao apostar. Dormiu com um largo sorriso no rosto e teve uma noite muito mais agradável e tranquila do que podia imaginar. Acordava com o pé esquerdo, afinal de contas, sabia que só se levantou naquele horário pelo fato de ter se alistado e, se dependesse apenas de si mesmo, continuaria deitado por horas.

Movido por um ódio puro e genuíno, fazia sua rotina de higiene matinal e trajava seu uniforme, escondendo o colar por baixo da camisa. Caminhava até o refeitório com os seus pertences e descobria que um belo desjejum era suficiente para dissipar qualquer traço de mau humor. A comida por si só já era uma dádiva, comida de forma farta e gratuita era algo tão belo e grandioso que o jovem não tinha nem palavras para descrever.

Antes de ter o desprazer de encontrar o Sargento, observaria as horas em seu relógio de bolso, apenas para criar o costume e ter uma melhor noção de tempo. Na sala do Sargento, escutou com atenção as informações dadas. Apesar da antipatia que sentia pela figura do homem, não faria um trabalho pior por causa disso. Contrabando era um crime comum e, para ser honesto, não indignava ou chocava o homem nem um pouco. O roubo de roupas íntimas era algo completamente diferente, quando soubesse da existência de tal delito, cerrava os punhos em sinal de raiva. - É claro que vamos! - Responderia, motivado com a possibilidade de espancar o ser desprezível que fosse responsável por tais atos. - Mas como vamos fazer isso? - A pergunta não seria em um tom de deboche, tratava-se de uma dúvida sincera, tendo em vista que o homem não conhecia os protocolos ou o modus operandi da Marinha.

Seguiria as instruções dadas por David, desde que não as julgasse estúpidas. Ficaria atento aos ambientes que investigassem, tentando notar detalhes que talvez passassem despercebidos aos demais, além disso, se tivesse que tratar com qualquer civil, faria isso da maneira mais amistosa e carismática possível, esperando com isso um grau de cooperação mais favorável. Caso necessário, faria perguntas aos tipos de pessoas que costumam ignorar, como crianças ou moradores de rua, que eram invisíveis para muitos, até para os que cometem crimes. Se as instruções de David, somada aos seus próprios métodos, se provassem infrutíferos, pegaria seu baralho de Tarot e, entre os arcanos maiores, revelaria três cartas. Não esperava que as cartas lhe desse uma resposta pronta e imediata, mas qualquer orientação era válida quando se estava completamente perdido.




HISTÓRICO

Nome: Arthorias Meursault
Número de Posts: 12
Ganhos:
Perícia Sedução (Genialidade) (Post 1)
Perícia Jogos (Genialidade) (Post 2)
Perícia Ciências Ocultas (Genialidade) (Post 10)
Medalha de Admissão (Post 9)
Promoção para Soldado (Marinha) (Post 9)
Uniforme padrão de Soldado da Marinha (Post 10)
Mochila Grande Impermeável (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
50.000 B$ (Post 11)
Perdas:
520.000 B$
NPC's:
Diana Nightingale
Tenente Ragnar
Jason Jones
Sargento David

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Capitão
Capitão
Achiles

Créditos : 59
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyDom 24 Jan 2021, 00:28

I – Vós que entrais, abandonai toda a esperança

- Parece mesmo. – E o homem teria sorrido após o comentário, mostrando uma alegria normal para os dois jovens novatos da marinha que compartilhavam o dormitório e o beliche. Após suas atividades e gula ter sido contida, ele olhava para o seu relógio de bolso que marcava nove horas da manhã, o horário correto para se encontrar com o Sargento.

A reação de Arthorias deixava o Sargento e Jones um pouco estranhados e não tinham entendido muito bem o motivo por trás daquilo, contudo, sua pergunta de como fariam isso era até mesmo perfeita para a situação, pois embora as informações tivessem sido passadas, o como fazer tinha ficado de fora. David, então, começara a explicar. – A rua doze é a primeira da qual faremos, nos dividiremos em um trio e perguntaremos coisas simples como: Viu alguém suspeito? Algum barulho estranho? Alguém andando muito tarde da noite? – Ele dava uma ligeira pausa antes de continuar. – A segunda parte, há uma série de telhados que dá uma boa visão das áreas de serviço dessa região, com o auxílio de um binóculos, conseguiremos ver a movimentação. Contudo, um de nós ficará na parte debaixo da rua, para, quando sinalizado, abordar o sujeito o mais rápido possível. – A estratégia não aparentava ser das piores, embora era quase certeza que teriam falhas dentre elas, assim como pessoas que não cooperariam, o que já era normal dentro do ambiente.

Ao se encaminharem para a área correta, o Sargento David parava para falar com um homem de terno e deixava que os dois recrutas fossem na frente, não se sabia ou conseguiam escutar o assunto discutido, mas parecia algo sério e eles apertavam as suas mãos. Após isso, David rapidamente voltava a acompanha-los, embora tivesse um corpo completamente desproporcional, ele até que era rápido.

Começando as perguntas pela área residencial, uma das pessoas entrevistadas era uma criança e ele parecia ter visto um dos seus maiores medos. – Senhor! Senhor! Era o Piruli! Era ele! – Seus olhos tremiam e suas mãos estavam trémulas, ele puxava a camiseta de Arthorias. O pequeno era baixinho, até mesmo para alguém de sua idade que era por volta dos dez anos de idade. Seus cabelos eram castanhos e ele tinha algumas pintas em sua face e era bem magrinho. – Ele, ele... os cabelos vermelho, o nariz da mesma cor. É.. era ele mesmo! – Comentava o pequeno.


Considerações:
 

Legendas:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Wonderful Land
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Soldado
Soldado
Meursault

Créditos : 27
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 23
Localização : Las Camp - West Blue

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyDom 24 Jan 2021, 04:53






Le feu

Meursault não era um grande estrategista, mas, em primeira análise, a estratégia proposta pelo Sargento era minimamente decente e acreditava que era algo capaz de funcionar caso os ventos do destino soprassem em seu favor. - Até que faz sentido. - Comentaria, sem ânimo, após escutar as ideias de David. Só não sugeriria nenhum outro estratagema por não ter pensando algo que pudesse rivalizar com isso.  

A região que deveriam patrulhar não se destacava aos seus olhos, nenhuma característica, seja do local em si ou de seus habitantes, era o suficiente para chamar a sua atenção de qualquer forma. O Sargento, por outro lado, tomava uma atitude que era digna de fazer sua guarda se levantar. Quando conheceu Ragnar, pôde ver a reação dos outros participantes do exame de admissão, que agiam como se o Tenente fosse uma figura digna e respeitável. Relativo a David, não sabia nada e sua primeira impressão tinha passado longe de ser positiva. O fato dele ter escolhido ter uma conversa privada com o homem de terno podia indicar uma falha no seu caráter, um negócio escuso ou um indicador de sua corrupção. Obviamente, podia ter sido só uma coincidência ou um encontro aleatório com um amigo de longa data. Da forma que fosse, não tomaria nenhuma atitude, mas ficaria mais atento aos movimentos do Sargento desse ponto em diante.

Ao escutar o relato da criança, escolheria crer no que escutava, afinal, seu medo parecia genuíno e não havia nenhum indício de que ele ganharia algo gerando desinformação. Prontamente, demonstraria um sorriso largo e colocaria sua mão esquerda na cabeça do menino, bagunçando os seus cabelos, tentando, desta forma, acalmá-lo. - Certo, eu vou apostar que você está falando a verdade. - Se abaixaria, ficando na mesma altura da criança e encarando-a olho no olho. - Certo, o nome dele é Piruli, de cabelos e nariz vermelhos. - Falaria, para fixar em sua mente as características e tentar criar uma imagem mental do suspeito. - Isso já é muito bom, mas você pode me dizer algo a mais? Como, por exemplo, a altura dele, as roupas que ele usa, onde e em qual horário você o viu, onde ele mora e trabalha ou qualquer outra característica distinta? - Qualquer informação adicional seria bem-vinda, mas, caso o jovem fosse incapaz de fornecer algo a mais, faria questão de tranquilizá-lo. - Não se preocupe, você já ajudou bastante.

Antes de deixar a criança para trás, gostaria de certificar-se de que o suspeito realmente era quem eles procuravam. - Antes de eu ir embora, você poderia me dizer, com as suas palavras, exatamente o que viu? - Escutaria com total atenção esse último relato e, por fim, agradeceria a criança. - Muito obrigado, prometo que eu vou pegar esse cara! - Diria com entusiasmo, estendendo seu punho direito para cumprimentar seu informante.

Procuraria por Jones e David, reunindo ambos, compartilharia o que havia descoberto. - Saca só, pelo que eu descobri a gente tá procurando um tal de Piruli, de cabelos vermelhos e nariz da mesma cor. - Complementaria a fala com qualquer detalhe adicional que tivesse descoberto e, na hipótese de questionarem a veracidade das informações, faria questão de defender as informações que trazia consigo. - Eu tenho certeza absoluta de que é realmente ele que procuramos, esse informante nunca mentiu pra mim antes. - Se fosse indagado sobre com quem havia adquirido tais informações, não revelaria sua fonte. - Não posso dizer quem me disse isso, além de não ser honrado, colocaria a segurança dele em risco. Mas boto minha mão no fogo por ele. - Se fosse mentira, tudo que Arthorias precisaria fazer era reencontrar o jovem e dar-lhe alguns cascudos, de forma que sua consciência não pesava.

Após a pequena reunião, observaria bem as construções do local e, caso julgasse que a distância entre elas era possível de ser saltada, perguntaria. - Posso ficar no binóculo? - Não confiava muito nas capacidades atléticas de David, de forma que, ao seu ver, seria o mais capaz de se juntar a uma eventual perseguição caso pudesse se locomover entre os telhados. Se realmente ficasse nos binóculos, estaria sempre atento em busca da figura que desejavam e, assim que tivesse uma confirmação visual sólida, sem se emocionar, informaria aos seus companheiros. De outra forma, preferiria ficar na rua, estando sempre atento ao sinal que combinasse e não hesitando em agir quando ele fosse dado.




HISTÓRICO

Nome: Arthorias Meursault
Número de Posts: 13
Ganhos:
Perícia Sedução (Genialidade) (Post 1)
Perícia Jogos (Genialidade) (Post 2)
Perícia Ciências Ocultas (Genialidade) (Post 10)
Medalha de Admissão (Post 9)
Promoção para Soldado (Marinha) (Post 9)
Uniforme padrão de Soldado da Marinha (Post 10)
Mochila Grande Impermeável (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
50.000 B$ (Post 11)
Perdas:
520.000 B$
NPC's:
Diana Nightingale
Tenente Ragnar
Jason Jones
Sargento David

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Capitão
Capitão
Achiles

Créditos : 59
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptySeg 25 Jan 2021, 09:59

I – Vós que entrais, abandonai toda a esperança

O pequeno aos poucos ia se acalmando quando Arthorias lhe dava uma maior atenção. - Ele era alto assim! - E ele dava um pulo procurando medir com as mãos o que seria alguém de um metro e setenta de altura, mas não tinha tanta certeza já que seu pulo só foi capaz de alcançar aproximadamente isso. - Ele tinha roupas de palhaço. É... palhaços! - E o garoto voltava a tremer o que significava um medo correspondente aos palhaços? Será que era algo a se atentar ou apenas uma fobia de um menino pequeno? - O Piruli tava por ali! - O seu dedo indicador apontava para um beco do qual não haviam passado ainda, o que era, no mínimo, estranho.

Parecia que seria o limite das informações que o pequeno daria sobre o tal Piruli antes que Meursault pedisse para que o garoto repassasse todas as informações ditas. - Ele tinha uma faca e um pacote branco em suas mãos, então ele correu na minha direção, eu me virei e achei você. - A informação então era fresca e talvez confiável ou se trataria de apenas uma ilusão.

Ao voltar aos seus companheiros e eles reunirem, Jones e David não tinham nenhuma informação convincente, eles falavam apenas de algum vizinho mal educado ou uma vizinha que consideravam uma prostituta por andar com roupas curtas. - E como é que você sabe que esse é o cara certo? - Comentava David, desconfiando. - Uma fonte que não pode ser revelada? - O velho Sargento não parecia ser alguém que confiava muito no que Arthorias poderia dizer. Quando perguntado sobre os binóculos, o homem teria ficado ainda mais irritado. - É claro que não. Duvido que seus olhos sejam melhores e mais experientes que o meu para detectar alguma coisa! - Contudo, essa missão do binóculos ainda era uma segunda. - Ele te disse onde esse tal “Piruli” estava? Temos que investigar. - O Sargento colocava sua mão na katana, esperando as suas indicações para que fossem até o local.

Jones, por outro lado, não achava as coisas indo muito bem para aquela investigação e começava a dar alguns passos para trás e dar algumas olhadas nos becos próximos enquanto esperava as falas de Arthorias para seguir no caminho correto. Nesse meio tempo, houve um grito, vindo da direção oposta da qual o garoto tinha dado a informação, parecia ter sido dentro de uma casa ou no quintal dela, será que deveriam investigar ou confiar no informante?


Considerações:
 

Legendas:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Wonderful Land
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Soldado
Soldado
Meursault

Créditos : 27
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 23
Localização : Las Camp - West Blue

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptySeg 25 Jan 2021, 16:12






Acte de foi

Desprezo, nojo, repulsa, aversão, asco e menosprezo. Esses eram apenas alguns dos sentimentos que Arthorias nutria em relação ao Sargento. Suas perguntas e descrença eram previsíveis, de forma que não se alongaria na interação mais do que fosse necessário. - Em um dos becos. - Apontaria o mesmo local que a criança havia indicado. - Aquele ali pra ser mais preciso. - Após escutar um relato mais detalhado do garoto, acreditava ainda mais em suas palavras, principalmente por causa do detalhe do pacote branco que poderia indicar um contrabando, justamente o que procuravam.

O grito percebido adicionava uma grande tensão ao momento. Vinha da direção oposta da qual havia indicado, era um indício concreto de que algo incomum acontecia naquele lugar, enquanto as informações que havia trazido eram apenas um relato verbal que ele não tinha como verificar a veracidade. Compreendia que Jones duvidasse das informações que havia coletado e, quanto a David, bem, para ser honesto, já havia desistido de tentar compreender ou se relacionar bem com o homem. Normalmente, por puro impulso, correria em direção ao lugar que acreditasse ser a origem do grito, entretanto, como havia dito, escolheu apostar no fato da criança dizer a verdade e nunca voltava atrás em uma aposta. - Dividir e conquistar? - Deixaria a sugestão pairar no ar, encarando Jones. Estava decidido a investigar o beco, mas acreditava que cada homem era o senhor de seu próprio destino e não queria carregar em seus ombros o peso dos arrependimentos de qualquer um caso houvesse feito a escolha errada ao acreditar na criança.

Sem esperar um comando ou uma decisão final pela parte de seus companheiros, correria até o beco onde, supostamente, Piruli havia sido avistado. De acordo com o relato, não fazia muito tempo desde que o suspeito havia estado no local, então, dispararia, instigado pela chance de ainda encontrá-lo lá. Apesar de avançar em velocidade, não agiria sem cautela. Sabia que o suspeito portava uma faca, então, ao adentrar no beco, ficaria atento contra qualquer tipo de emboscada, prestando atenção em qualquer lugar que pudesse ser utilizado para se ocultar, visando, de tal forma, não ser pego desprevenido.

Se visse alguém que se encaixasse na descrição feita, ou uma silhueta suspeita, perseguiria até se aproximar o suficiente para desferir um golpe. Simplesmente saltaria, aproveitando-se da velocidade que ganharia com a corrida, projetando seus dois pés contra o alvo em uma voadora, mirando na altura tronco. Quando derrubasse quem quer que tivesse atingido, tentaria imobilizar o caído com o peso de seu corpo. Só então, começaria a fazer perguntas. - Qual seu nome? O que está fazendo aqui? O que tem dentro desse pacote branco? - Dispararia as perguntas sem nenhuma pausa, com certa agressividade em sua voz.

Notando que assaltou o alvo errado, não se importaria em se desculpar. - Foi mal, acabei confundindo você com outra pessoa. - Se levantaria e começaria a limpar suas roupas com as mãos. - Tente parecer menos suspeito da próxima vez, você deu sorte que eu sou um cara calmo. - Deixaria uma pequena risada escapar, pensando na sorte que a pessoa em questão havia tido de ter sido ele e não o Sargento David que se jogou sobre o seu corpo.

Caso houvesse atacado a pessoa errada ou simplesmente não houvesse ninguém com uma descrição que se encaixasse com a do suspeito no beco, procuraria por indícios da passagem de alguém pelo local. Portas ou janelas quebradas ou forçadas, pedaços de roupas rasgadas deixado por alguém que saiu às pressas, pegadas, caso o chão fosse de terra. Seguiria qualquer pista que encontrasse e, em sequência, se tivesse outra pessoa no beco, faria um interrogatório. - Você viu um homem de cabelo e nariz vermelho por aqui? Vestido de palhaço, o nome dele é Piruli. - Caso a resposta fosse positiva, pediria mais informações. - Você sabe pra onde ele foi ou aonde posso encontrá-lo? - Se percebesse uma resistência no que se trata de compartilhamento de informações, faria uso de um blefe. - Que pena, existe uma grande recompensa para quem ajudar. - Comentaria, aparentemente despretensiosamente, com um tom de melancolia.

Após recolher pistas e informações, se reuniria com o grupo. Caso não avistasse seus companheiros na rua, se dirigiria até o local que acreditava ser a origem do grito ouvira anteriormente. - Novidades? - Perguntaria sem nenhum pudor, como se não tivesse feito nada de errado.




HISTÓRICO

Nome: Arthorias Meursault
Número de Posts: 14
Ganhos:
Perícia Sedução (Genialidade) (Post 1)
Perícia Jogos (Genialidade) (Post 2)
Perícia Ciências Ocultas (Genialidade) (Post 10)
Medalha de Admissão (Post 9)
Promoção para Soldado (Marinha) (Post 9)
Uniforme padrão de Soldado da Marinha (Post 10)
Mochila Grande Impermeável (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
50.000 B$ (Post 11)
Perdas:
520.000 B$
NPC's:
Diana Nightingale
Tenente Ragnar
Jason Jones
Sargento David

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Capitão
Capitão
Achiles

Créditos : 59
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyTer 26 Jan 2021, 23:57

I – Vós que entrais, abandonai toda a esperança

- Dividir e conquistar? Que? Como assim? O grito da mulher! – E o Sargento via o seu soldado começando a correr na direção oposta do grito e Jones teria visto o homem ficando vermelho, por outro lado, ele contia o seu riso. – Senhor, eu vou cuidar para que ele não se mate ou faça nenhuma besteira em nome da marinha. Você, como Sargento, tenho certeza que é um homem bem capacitado para ajudar uma moça. – Jason tinha um jeito de falar culto e conseguia convencer o Sargento que ainda não desconfiava que as suas palavras não passava de um sarcasmo.

Dito isso, coisa da qual Arthorias teria conseguido ouvir, Jason rapidamente chegava ao seu lado e os dois entravam no beco onde podiam ver um homem com as características descritas virando a esquina do beco e eles começavam a segui-lo rapidamente. – Parece que o garoto não estava mentindo. – Sim, Jones sabia do garoto e tinha o visto conversar com Meursault, um fato que teria escapado da visão e audição do protagonista dessa história.

Eles davam de cara a uma rua movimentada onde haviam algumas carroças passando e várias pessoas, contudo, eles vinham algo ainda mais peculiar, uma grande carroça vermelha com uma lona branca dando um contraste de vermelho e branco. Em seu topo, havia uma pequena bandeira de palhaços com o fundo em dourado vibrando sobre o vento. Do lado dela, havia alguns palhaços e inclusive o homem que eles poderiam estar procurando que batia com as características.

Em uma rápida aproximação, Arthorias lançava uma voadora em direção ao homem que percebia a presença do marinheiro antes que ele chegasse daquela maneira, o palhaço, em um rápido reflexo se movia para o lado e conseguia escapar da voadora que atingia a carroça em cheio, fazendo um barulho de garrafas de vidro se batendo em seu interior oculto. (A lona cobre grande parte da carroça, não dá para ver o interior, isso que quis dizer).

- Meu nome? Eu sou o Piruli e essa é a minha trupe! – Os seus companheiros estavam bem mais assustados que o normal, eles olhavam com uma cara de pânico ao ver o marinheiro agir daquela maneira e com certeza, a sua atitude chamava a atenção de olhares curiosos. – Eu estou me preparando para irmos até o nosso show daqui trinta minutos! Que pacote branco? – O homem não sabia bem o que estava acontecendo ou estava se desfazendo de desentendido, por sinal, a pintura em sua cara mascarava bastante os seus semblantes e reações de forma a disfarçar as suas linhas.

Em uma aparente análise visual, o [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] em cores bem vibrantes com tons de azul, vermelho e branco. Seu cabelo vermelho se estendia para os lados e era aparentemente careca. Em sua vista, não parecia ter nenhum bolso ou similar e consigo não carregava nada em suas mãos. – Pacote branco? O que você está falando? – Perguntava o palhaço.

Jones, por outro lado, começava a analisar a carroça e tocando nela chamava ainda mais a atenção dos outros palhaços que continuavam em pânico até mesmo depois da situação ter, teoricamente, se acalmado e ia até a frente dela que era movida a dois cavalos grandes. Nesse ponto, ele sumia da vista de Arthorias.


Considerações:
 

Legendas:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Wonderful Land
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Soldado
Soldado
Meursault

Créditos : 27
Warn : I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 23
Localização : Las Camp - West Blue

I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 EmptyQua 27 Jan 2021, 09:29






Au petit bonheur la chance

Durante a corrida, deixaria um sorriso escapar. A causa de tal reação, além da empolgação presente no momento, era a companhia de Jones. O homem era, sem dúvidas, uma boa dupla, completava Meursault em seus pontos fracos, sendo mais comedido, racional, educado e cauteloso. - Valeu por isso. - Agradeceria verdadeiramente, sabendo que Jones era um homem que poderia confiar para cuidar de suas costas.

Ao ver um homem que se encaixava com a descrição dada pela criança, o sorriso já presente em seu rosto se alargaria ainda mais. - Bingo! - Comentaria, involuntariamente. Ficaria surpreso ao saber que Jones havia visto o garoto, mas o fato do homem não ter comentado nada com o Sargento fazia com que ele subisse ainda mais no seu conceito. - Para a sorte dele é bom que seja verdade mesmo. Na pior das hipóteses eu já tava pronto pra ir atrás dele e dar uns chutes naquela cabeça pra ver se o cérebro dele ficava no lugar. - Responderia em um tom irônico, apesar de haver uma grande dose de verdade na declaração.

Felizmente, o alvo que procuravam se destacava como uma vela em meio a um quarto escuro, de forma que era fácil encontrá-lo mesmo em uma rua cheia e movimentada. Para a sua frustração, seu golpe não acertava quem desejava. Sua primeira entrada heróica havia sido uma tentativa falha, mas, felizmente, o suspeito continuava em seu alcance ao invés de fugir. O tintilar das garrafas no interior da carroça chamava a sua atenção, mas ele não era ninguém para julgar os problemas de alcoolismo da trupe dos palhaços.

Quando o palhaço revelou o seu nome, todas as dúvidas referentes a sua identidade se dissiparam como poeira varrida pelo vento, dando ainda mais credibilidade ao relato do garoto, de forma que Arthorias agia com uma fé cega. - Uma apresentação agora? Que inconveniente, infelizmente vocês vão ter que cancelar, estão todos detidos para interrogatório. A não ser que decidam cooperar, é claro. - Falaria, fazendo uso de uma autoridade que não lhe era natural. - A gente pode fazer isso, não pode? - Eliminaria a dúvida com Jones e, estando certo, demonstraria um sorriso arrogante. Caso a resposta fosse negativa, não ligaria. - Quem foi que disse isso? A gente não podia antes, agora a gente pode. - Tentaria passar convicção em suas palavras, apesar de ser uma tarefa árdua no momento.

Quando o palhaço tentasse se fazer de desentendido, não recuaria na pergunta. - Isso mesmo, um pacote branco, um pacote na cor branca. Não sei como posso ser mais específico. - Sem aguardar a resposta do suspeito, percebia que estavam em número inferior, uma situação perigosa que deveria ser remediada. - Encostem naquela parede, todos vocês! - Gritaria, tentando demonstrar autoridade e indicando a parede mais próxima. - Testa e palma das mãos encostadas na parede! - Se os palhaços demorassem a seguir suas ordens ou mostrassem alguma resistência, chutaria a carroça mais uma vez. - Vamos, nem nós nem vocês temos o dia todo. Em fila! - Esperava que suas instruções fossem claras o suficiente para serem seguidas.

Caso os suspeitos seguissem suas instruções, começaria a revista-los, apalpando toda a extensão de seus corpos, menos em lugares invasivos, em busca de objetos suspeitos. Seria mais dedicado com Piruli, afinal, se o palhaço carregasse uma faca consigo, era uma forma de comprovar que as informações dadas pelo garoto eram, de fato, verdadeiras. Se encontrasse uma faca, perguntaria. - Qual a razão de levar isso consigo? Arremessa facas no seu espetáculo? - Perguntaria, com um claro tom de ironia.

Revistando os palhaços, perguntaria como Jones se saia em sua investigação.  - O que você encontrou aí? O que é que eles bebem tanto? - Perguntaria, por pura curiosidade. Na hipótese de não encontrarem nada suspeito e se verem obrigados a liberar o grupo, quando eles se afastassem um pouco, comentaria com Jones. - Deveríamos segui-los, é muito suspeito eles terem uma apresentação justo agora. - Se o homem concordasse, seguiria a trupe de palhaços até seu próximo destino, tentando não ser notado no processo. Não devia ser uma missão difícil, afinal de contas, a carroça se destacaria em qualquer lugar que fosse.

Se, por qualquer motivo, uma luta eclodisse, tentaria levar o corpo até o chão, estender sua perna direita rente ao solo e girar seu corpo em torno de si mesmo com os braços para derrubar os que estivessem ao seu redor. Era um movimento feito com o objetivo de ganhar tempo para decidir como iria lutar depois, já que provavelmente estaria cercado e em desvantagem numérica.




HISTÓRICO

Nome: Arthorias Meursault
Número de Posts: 15
Ganhos:
Perícia Sedução (Genialidade) (Post 1)
Perícia Jogos (Genialidade) (Post 2)
Perícia Ciências Ocultas (Genialidade) (Post 10)
Medalha de Admissão (Post 9)
Promoção para Soldado (Marinha) (Post 9)
Uniforme padrão de Soldado da Marinha (Post 10)
Mochila Grande Impermeável (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] (Post 10)
50.000 B$ (Post 11)
Perdas:
520.000 B$
NPC's:
Diana Nightingale
Tenente Ragnar
Jason Jones
Sargento David

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança   I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
Voltar ao Topo 
Página 3 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: