One Piece RPG
Pay! Eye For Eye! - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» salve salve
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 08:11

» Voltei, Dattebayo
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 07:32

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Ineel Hoje à(s) 06:25

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 06:04

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 05:05

» Primum non nocere
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Misterioso Hoje à(s) 04:48

» [LB] O Florescer de Utopia III
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:46

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 04:30

» De volta aos negócios
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Viktor II Hoje à(s) 03:02

» A inconsistência do Mágico
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 02:31

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Hisoka Hoje à(s) 02:03

» Arco 5: Uma boa morte!
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 01:07

» Xeque - Mate - Parte 1
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 00:35

» Pequeno Gigante
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Faktor Ontem à(s) 23:32

» 10º Capítulo - Parabellum!
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Yami Ontem à(s) 23:18

» Revan Yamamoto
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Kylo Ontem à(s) 22:27

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor DarkWoodsKeeper Ontem à(s) 21:34

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 21:18

» Um novo tempo uma nova história
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:12

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Pay! Eye For Eye! - Página 5 Emptypor Licia Ontem à(s) 19:05



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Pay! Eye For Eye!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyTer 25 Ago 2020, 18:57

Relembrando a primeira mensagem :

Pay! Eye For Eye!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Fran B. Air. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Fran B. Air
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 30/11/2017

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyTer 08 Set 2020, 12:23


17
Pay! Eye for Eye!
Médica Monstro! Aparece Fran!

Me mantinha imóvel conforme todas aquelas pessoas iam trocando suas roupas, com certeza aquilo me surpreendeu, não fazia ideia do que estava acontecendo, mas ainda assim, mantinha a calma mesmo que com as mãos levantadas na altura dos ombros. "Então é isso, a máfia realmente tá trabalhando de uma forma estranha, o que aconteceu com as histórias sobre pessoas sendo sequestradas e cavando o próprio túmulo que eu sempre li nos livros? Acho que na realidade deve ser diferente mesmo." Quando o homem acabou seu discurso, em resposta cruzei os braços tentando pensar em alguma coisa para fazer naquela situação ao olhar para todas aquelas pessoas. “Acho que o Forxen sozinho não tem como dar conta de todo esse pessoal, seria impossível derrotar todo mundo... Acho que não nos deixaram muitas escolhas aqui.”

Inconformada com tudo o que acontecia, apenas suspirava antes de começar a falar algumas palavras. – Arf... Sabia que aquele hotel era de fachada! Mas sério, por essa eu não esperava... A gente tava aqui discutindo sobre como íamos descobrir quem você era, aí você veio e resolveu todos os nossos problemas! – Seguraria a cintura enquanto balançasse a cabeça levemente abaixada de olhos fechados. – Mas eu não quero morrer ainda, então acho melhor fazermos o que você quer, né? –

Colocaria a mão sobre o estômago com um pouco de receio ao perguntar para o mafioso o olhando diretamente nos olhos enquanto me esforçasse para manter a serenidade que a situação pedia. – Você disse que essa comida estava de morrer... Não me diga que fomos envenenados e tumores estão se desenvolvendo em nossos corpos nesse exato momento. Estão? – Torcia para que a resposta fosse negativa, embora não estivesse muito confiante. Se ele dissesse que realmente tínhamos sido envenenados, retrucaria em seguida. – Certo, então se trouxermos seu amiguinho, você pode nos dar o antídoto? Não quero deixar ninguém que não seja o papai me operar e acho que fazer uma neurocirurgia em mim mesma vai ser complicado. –

De toda forma, estando envenenada ou não, dados os números, não teríamos o que fazer, então perguntaria o mafioso sobre seu chefe. – Imagino que ele esteja algemado em alguma maca e ainda não foi levado pela marinha por estar ferido ou algo assim. Seria isso mesmo? – Escutaria a resposta do homem e segurando o queixo, começaria a falar o que achava sobre a situação. – Não tem jeito, vamos libertar seu chefe, mas é meio arriscado... Poderia nos pagar dois milhões em troca do serviço? Imagino que ele valha até mais do que isso... Eu confio na palavra da máfia, então acho que um milhão adiantado seria o suficiente. A vida do chefe de vocês deve valer bem mais que isso de toda forma, não é? –

Não esperava que eles concordassem com a proposta, mas tinha que tentar mesmo não estando em posição de negociar com os mafiosos, onde se não concordasse em nos pagar, ficaria meio decepcionada com a resposta, mesmo que aceitasse a situação. Independente de sua resposta, não queria morrer ali e minha vida valia muito mais do que aquela situação, então mesmo discordando em nos pagar, continuaria. – Certo, eu vou ajudar vocês... Amanhã pela manhã vamos tentar salvar seu chefe e tirar ele do hospital, pode ser? Por enquanto vamos dormir no hotel de vocês pra bolar um plano. –

Caso ele concordasse, perguntaria sobre o homem preso. – Como é esse tal de Cabeça de Ferro? Imagino que ele não esteja registrado com esse apelido, ele tem algum nome? – Escutaria sua resposta para só então sair indo para o hotel onde faria tudo como planejado anteriormente, com o agravante de que tentaria pensar em alguma forma de tirar o criminoso do hospital, sendo que pagaria apenas pela minha estadia e de Adorea, deixando que Forxen pagasse pela dele.

Info
Atributos
  • Lv: 1 HP: 44
  • Dano: 12 (Habilidosa)
  • Acerto: 4 (Normal)
  • Pontaria: 0 (Inábil)
  • Esquiva: 6 (Normal)
  • Bloqueio: 0 (Inábil)
  • Resistência: 3 (Normal)
Histórico:
 
Objetivos:
 
Feitos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madrinck Dale
Membro
Membro
Madrinck Dale

Créditos : Zero
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 16/09/2017
Idade : 34
Localização : Brasil / Dawn island

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyTer 08 Set 2020, 16:02

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Aventuras de Forxen
Agora numa aventura não sozinha



Quando os Mafiosos começaram a tirar as roupas eu quase saquei minha espada, tal movimento que parei na metade ao perceber a quantia imensurável de inimigos, aquele cenário era muito mais diferente das outras batalhas que já participei, então preferindo eu ficava sentado em minha cadeira, mantendo uma expressão Nula a situação mesmo que por dentro eu estivesse queimando por raiva por ser pego novamente pelo mesmo homem, e não tendo lá muitas opções além de escutar o homem falava, deixava ele terminar seu longo discurso sobre seus planos anteriores e os novos, então falava calmamente juntando minhas mãos e deixando debaixo do queixo - E quem garante que depois que a gente salvar o cabeça de ferro você não vai matar a gente?- Comentava encarando o homem por debaixo de minha máscara calculando lentamente todas as possibilidades possíveis da situação.


Então depois de pensar muito e até mesmo deixar a parte de dialogo com Fran eu me levantava calmamente de minha cadeira, ajeitando tal e conferindo se minha máscara estava bem colocada e recolheria meus pertences se caso eu não tivesse conseguido antes e claramente tudo sendo extremamente educado e calmo, tentando esconder minha ansiedade ou raiva, eu estava sorrindo de desespero, talvez quisesse dar uma risada enquanto eu suava, nunca tinha vivenciado uma situação como aquela, a mistura de sentimento era novo, meu corpo se tremia de algo que eu não conseguia descrever, mas alegremente eu escondia tudo aquilo.


- Bom, no fim das contas só posso aceitar, melhor do que fazer um derramamento de sangue no local- Comentava batendo um pouco no meu sobretudo, conferindo se tal não estava muito sujo ou com poeira, repetindo mentalmente todas as falas feitas naquele pequeno período de tempo, enquanto eu dava mais atenção na hipótese de Fran, de nós três já estivéssemos com um tumor no corpo - Você comeu uma Akuma? Já vi uma pessoa que comeu uma Akuma, essas frutas fazem coisas inacreditáveis, não desconfiaria que essa explosão de tumores pelo hospital foi o poder de uma Akuma- Soltaria meu ultimo comentário e esperaria tudo rolar naturalmente, e caso o homem liberasse eu, Fran e Adorea, eu seguiria as duas calado, dessa vez perdido profundamente em pensamentos.






Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Spoiler:
 

Histórico:
 
Fala e Pensamentos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thomas Kenway
Narrador
Narrador
Thomas Kenway

Créditos : 2
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 19
Localização : NewBerry City

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyTer 08 Set 2020, 18:26


Pay! Eye for Eye!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Dawn Island
18:50h PM
Dia levemente frio com céu nublado, 20ºC


Fran.B.Air e Forxen Dalmore


As máscaras finalmente caem, todos no bar se tornaram ofensivos de uma hora para outra, realmente era uma situação perigosa...

— Por muitas coisas você não esperava pequenina, hihihihihihi

— Olha só, afinal você não e tão burra quanto eu pensei hihihihihi


Meio acanhada e um pouco de receio Fran continua conversando com o homem

— Bingo!! Você está certíssima, porém não se preocupe, se você estivesse com um dos meus tumores, você já estaria apagada agora, na verdade nos colocamos algo bem mais simples na comida hihihihihihi

— Vocês têm 12 horas antes que o veneno mate vocês, o antídoto está aqui hihihihihi


O homem saca um pequeno vidro com um liquido azulado e coloca novamente no bolso

— Ah, antes que eu esqueça, não tentem roubar ele de mim, ou vocês morrerão de câncer hihihihihi

— Você operou ele e nem se lembra? Ele era o cara que estava com o baço ferrado idiota!


O homem coloca a mão na testa, suspira de forma longa

— Ele está no seu hospital, porem ele será transportado para a marinha amanhã.

Com a sugestão de Fran o homem começa a gargalhar de forma desesperada e continua, ele até se senta pela fraqueza dos risos.

— Te pagar? Você está de sacanagem com a minha cara né? Que tal façamos assim, você faz o que eu mando, e vocês não tem uma morte dolorosa hihihihihihi


Forxen se levanta calmamente de sua cadeira, olha para o homem e começa a dar seus pontos também.

— E porque eu preciso garantir algo para vocês? Hihihihihihi

O homem estava realmente no controle da situação, não parecia que ele estava blefando, porem apenas o tempo diria a suas reais intenções contra os dois.

Dalmore escuta toda a conversa dos dois, ainda calmo e sem expressar nenhuma reação, ele aceita a proposta do homem, ele limpa seu sobretudo, e fica pensativo.

— Bingo! Eu comi a Gan-Gan no mi, ou mais conhecida como fruta do câncer, tudo o que eu toco se torna cancerígeno, por isso que eu aconselhei vocês a não tocarem na porta ou tentarem me roubar hihihihihihi

O homem pega um copo de cerveja, se senta no balcão, ajeita seu terno e diz:

— Ah e antes que a espertinha pense que pode fabricar o antídoto antes que vocês morram, ele demora uma semana para ficar pronto então sem condições hihihihihihi

Ele vira o seu copo em uma golada rápida, bate ele na mesa, se aproxima dos três calmamente e diz:

— Por que deixar para amanhã o que você pode fazer hoje certo pessoal?


Todos os homens no bar começam a gritar entusiasmados

— Bem, e melhor vocês se apressarem, tic tac, tic tac, o tempo está correndo hihihihihi, aproveitem a escuridão, e boa sorte com os marinheiros.

Legendas:
 

Imagens:
 

OFF:
 

Histórico Fran:
 

Histórico Forxen:
 

Considerações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Piratas Pandamônio!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyTer 08 Set 2020, 19:59


17
Pay! Eye for Eye!
Médica Monstro! Aparece Fran!

Quando o mafioso falou sobre seu chefe me relembrando que eu tinha o operado, algo me veio à mente e liguei os pontos no mesmo instante. "Espera... O Dr.Jack tinha comentado sobre isso mesmo e o Cabeça de Ferro tinha sido capturado pelo... FORXEN!" Sabia que o nome do rapaz e do chefe dos mafiosos não me eram estranhos, onde ficava com aquilo martelando em minha mente até que não aguentava mais e começava a falar calmamente quando o mafioso finalizou sem conseguir guardar segredo se é que ele já não soubesse. – Seu chefe foi capturado pelo Forxen... –

Colocaria a mão no ombro do rapaz antes de continuar normalmente tentando aliviar o clima que ficasse com o homem já sabendo ou não do que tinha acontecido. – De toda forma, é meio que uma chance dele se redimir, quer dizer, a gente tá envenenado e tudo. Acho que não tem nem como trairmos vocês, ao menos não me vem nenhuma forma a mente. – Apontaria para o bolso do rapaz ao dizer. – Essa sacada do antídoto precisar de uma semana pra fabricação foi genial, imagino se até eu demoraria uma semana... Mas não quero arriscar, imagino que tenha usado alguma toxina botulínica ou coisa parecida. –

Olharia para Adorea e Forxen, não sabia bem o que fazer, mas os mafiosos tinham dado seus termos, bastava que seguíssemos, então mais uma vez olharia para o líder deles ao falar. – Escuta... Huuum. Não sei seu nome ainda... – Deixaria que ele falasse o nome se quisesse, mas de toda forma, continuaria. – Já que você não vai nos deixar escolhas, acho que não tem o que fazer. É só tirar o seu chefe do hospital e trazer aqui, né? Acho que eu sei como fazer isso. –

Com tudo resolvido, chamaria Adorea e Forxen. – Vamos então, vou precisar de ajuda pra tirar ele de lá. – As coisas estavam realmente complicadas, mas se tinha uma chance de sairmos daquela situação, por enquanto seria fazendo o que os mafiosos diziam. Era simplesmente muito arriscado denuncia-los para marinha e acabar ficando sem o antídoto embora ao mesmo tempo nada garantisse que quando devolvêssemos seu chefe, eles não nos traíssem.

Caso em algum momento Forxen fosse para cima dos mafiosos, apenas observaria o desenrolar das coisas mantendo minhas falas e calma. Não queria me envolver com brigas desnecessárias, afinal, eu sou apenas uma médica frágil. Sabendo que ele provavelmente seria detido, continuaria seguindo em frente normalmente com ou sem ele.

Sairia de lá rumo ao hospital, sendo que no caminho, comentaria com Adorea. – O papai já me falou algumas coisas sobre as Akumas no Mi, embora eu nunca tenha visto um usuário e seja totalmente incomum nos Blues. Você já ouviu muito falar nelas, né Adorea? Sua ilha ficava na Grand Line e tudo. – Escutaria a garota para ver se ela tinha algo a complementar antes de continuar olhando esperançosa para cima. – Pensando agora, eu adoraria dissecar aquele akumado e tentar descobrir o que dá os poderes pra ele, não seria incrível se realmente fosse um demônio? –

Chegando na frente do hospital, diria o plano para os outros. – Acho que já nos conhecem aqui, então vamos entrar e agir normalmente como se soubéssemos o que estamos fazendo. – Comentaria tranquila, como se não fossemos um projeto de zumbi e duas múmias que chamam a atenção de qualquer um por onde passarmos. Colocaria as mãos nos bolsos do jaleco ao encarar o lugar e continuaria séria. – Vamos entrar lá, ir direto ao quarto do paciente, se não tiver ninguém e ele não estiver algemado, a gente pega ele e sai de lá, se tiver algum guarda, vamos precisar dar um jeito nele sem chamar atenção e nem fazer barulho. – Com todos de acordo, seguiria em direção ao quarto do paciente sempre atenta e analisando a situação, principalmente quando encontrássemos com o Cabeça de Ferro.

Info
Atributos
  • Lv: 1 HP: 44
  • Dano: 12 (Habilidosa)
  • Acerto: 4 (Normal)
  • Pontaria: 0 (Inábil)
  • Esquiva: 6 (Normal)
  • Bloqueio: 0 (Inábil)
  • Resistência: 3 (Normal)
Histórico:
 
Objetivos:
 
Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madrinck Dale
Membro
Membro
Madrinck Dale

Créditos : Zero
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 16/09/2017
Idade : 34
Localização : Brasil / Dawn island

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyTer 08 Set 2020, 22:22

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Aventuras de Forxen
Agora numa aventura não sozinha



Vendo o antidoto com o homem, não tinha certeza se aquele realmente seria o verdadeiro antidoto, mas valia tentar toma-lo a força, então analisando lentamente o local em volta eu suspiraria, não parecia nem um pouco convidativo lutar com todos de uma vez só, suspiraria lentamente e me aproximaria de Fran calmamente botando minha mão sobre a cabeça da garota e me abaixando um pouco para ficar na mesma altura do que ela e então falaria - Bom, irei fazer o meu melhor, não tenho lá tantas opções- deixaria meu rosto um pouco mais proximo do ouvido de Fran, aproveitando o anonimato dos movimento de minha boca por causa da Máscara sussurrando - Eu não sei você, mas não vou quebrar minha promessa com o Velho, não sou do tipo que quebra promessas, então eu vou fazer uma distração e você foge com a Adorea e chama a Marinha.- então me levantando novamente ajeitaria meus pertences, meu rosto debaixo da máscara estava numa extrema indecisão, mas oque tinha sido decidido estava decidido.

- Vocês acham que podem me intimidar? Você pode ter cérebro pra fazer um plano tão bem orquestrado, mas no final eu tenho chances de ganhar, e mesmo que eu não ganhe, acho que você terá grandes perdas do seu lado não?- falava jogando a arma da garota mimada contra o chão, deixando o barulho metalico dela ressoar pela sala, queria prender a atenção das pessoas a mim então eu continuaria meu dialogo, torcendo para que Fran e Adorea achassem um jeito de fugir - Derrotei a garota que usava essa arma intimidadora e todos os capangas que estavam com ela, além de ter derrotado o seu chefe e os outros dois capangas que ele tinha, no final números em batalha não são nada além de números, e eu vou provar isso agora- pegaria rapidamente uma cadeira ou uma mesa e jogaria contra um volumo grande inimigos, aproveitando a distração feita de certa parte sacaria minhas duas espadas e manteria distancia do Homem da Akuma do Cancer, enquanto iria bloquear o mais eficaz possivel golpes de todos os lados com as duas espadas, e se possivel tentaria velozmente pegar um dos Inimigos e utiliza-lo como um Escudo humano para levar maior parte dos golpes por mim, depois disso jogaria-o contra outros e tomaria cuidado para não ser agarrado por trás, dando um leve giro com as duas espadas tentando cortar simultaneamente os Capangas que estivessem em minha volta.

- AGORA, VAI VAI- Gritaria em direção as duas Mulheres enquanto bloquearia mais golpes girando lentamente para eu defender tudo em minha volta, aproveitando que provavelmente os inimigos teriam pouco espaço para golpes igual a mim, para contra-atacar aqueles com maior dificuldade com estocadas ferozes enquanto minha outra mão tomaria contar de tentar bloquear os golpes, com os meus olhos inquietos olhando para todo os lados, utilizaria o meu nariz aguçado para tentar me ajudar a prever golpes de pontos cegos vindo contra mim, caso as coisas começassem a ficar sufocantes para o meu lado, eu tentaria abrir caminho com um giro tentando afastar os inimigos a minha volta ou prejudica-los, e tentar cortar caminho para eu ir para um local um pouco mais aberto para meus golpes, tomando cuidado para ver se o Homem da Akuma não estava ou tinha se aproximado de mim, caso eu o encontrasse consideravelmente perto de mim ou na minha cola eu me afastaria rapidamente sem deixar minha guarda baixa e ficaria naquele jeito com o maior foco possível sem tentar contra-atacar por um enquanto, e sempre tomando cuidado contra o Homem da Akuma no mi




Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Spoiler:
 

Histórico:
 
Fala e Pensamentos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thomas Kenway
Narrador
Narrador
Thomas Kenway

Créditos : 2
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 19
Localização : NewBerry City

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyQua 09 Set 2020, 17:43


Pay! Eye for Eye!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Dawn Island
18:30h PM
Dia levemente frio com céu nublado, 20ºC

Forxen Dalmore e Fran.B.Air


Fran não conseguia mentir ou omitir a verdade do homem, quando ela processa a informação que Forxen caçou o cabeça de ferro, ela dá com a língua nos dentes e conta tudo ao homem.

— Sim, infelizmente, mas eu já sabia desse detalhe, por que você acha que eu escolhi vocês dois? Hihihihihihi

— Claro que foi uma sacada genial, nós somos a máfia, o mínimo que temos que fazer e pensar bem para resgatar nosso chefe


Fran tenta dialogar mais com o homem, porem e interrompida por seu companheiro Forxen, ele coloca a mão sobre sua cabeça, abaixa e perto de sua orelha e sussurra em seu ouvido um plano.

Ele não podia quebrar a promessa que tinha feito com o Pedro, então ele estava pronto para o combate, ele vira para seus 21 inimigos e fala com eles, imediatamente depois de falar, todos no bar começam a rir.

O mafioso começa a retirar a parte de cima de seu terno lentamente enquanto fala com Forxen.

— Você realmente acha, que a gente tem medo de morrer? Pelo nosso chefe, nós fazemos qualquer coisa.

A feição do homem havia mudado completamente, ele já não ria mais, e parecia estar seriamente pronto para o combate.

Dalmore pega a arma da garota mimada e a joga no chão, o barulho realmente faz todos no bar olharem para Forxen, ele explica da onde tinha pego essa arma, a feição do homem mafioso, muda para ódio.

— Então foi você seu filho da puta, você fez a senhorita ser presa, eu vou matar você seu verme, homens, mudança de planos, vamos matar eles, arrumamos outras pessoas depois.

A aura do local muda, ela fica pesada e densa, o homem estava se aproximando lentamente de Forxen, como se não tivesse medo algum de suas espadas.

O espadachim pega uma cadeira e joga para cima de vários capangas que caem uns em cima dos outros, ele saca as espadas e se mantem longe do homem com a Gan-Gan no mi, Forxen bloqueia a maioria dos ataques de espadas, mas os cassetetes pegam em seu corpo, trazendo uma dor aguda.

Dalmore puxa um cara para usá-lo de escudo humano, porem o akumado, simplesmente toca no rapaz, por instinto, ele solta o corpo do homem, alguns segundos depois ele já podia ver que o capanga estava morto.

Ele se afasta rapidamente do mafioso, ele grita para as meninas mandando elas fugirem, Forxen começa a girar para bloquear os ataques dos inimigos, ele corta dois homens na garganta, novamente o chefe se aproxima, mesmo com ele girando freneticamente, estende a mão e deixa a espada tocar nele.

O corte nele e profundo, ele quase perde os dedos, mas uma das espadas do espadachim agora era inutilizada, se ele tocasse nela, ele pegaria câncer.

— Vamos ver como um espadachim luta sem espadas.

Ele continuava avançando lentamente em direção a eles, a situação ficava tensa e desesperadora, e cada vez mais, a derrota soprava em suas espinhas...


Legendas:
 

Imagens:
 

OFF:
 

Histórico Fran:
 

Histórico Forxen:
 

Considerações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Piratas Pandamônio!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyQua 09 Set 2020, 19:38


19
Pay! Eye for Eye!
Médica Monstro! Aparece Fran!

Quando Forxen sussurrou em meu ouvido, apenas olhei para ele de baixo em cima imaginando se ele teria chance contra todo aquele pessoal. “Será que ele é realmente tão forte assim? Qualquer espadachim normal se sentiria no mínimo intimidado diante de tantos inimigos.” Quando ele partiu para cima dos mafiosos, ainda não estava botando um pingo de fé em sua força, mas vendo que mesmo apanhando o rapaz estava dando trabalho, decidi finalmente tomar alguma atitude que não fosse ficar parada, do contrário, sabia que corríamos risco de vida dadas as palavras do chefe dos mafiosos.

“Tocar nessa porta seria como se matar, vai saber o nível de câncer que ele consegue passar para os objetos que toca e ele foi bem claro quanto à porta ser perigosa, Forxen podia ter esperado ele ao menos o caminho se liberado...” Quanto mais eu pensava na situação, mais preocupada eu ficava. “Além disso, o mafioso nos envenenou, o quão imprudente esse espadachim pode ser? Agora a gente precisa dar um jeito de conseguir esse antídoto na marra, só não sei como.”


Não deixaria que nenhum mafioso sequer se aproximasse de mim, apenas olharia para Adorea frustrada com a situação. – Rápido, Adorea! Me ajude a abrir essa porta, precisamos sair logo daqui! – Me aproveitando da situação caótica que o rapaz estava criando no ambiente, iria até o corpo mais próximo naquele instante, onde o pegaria com auxilio de Adorea e correria em direção a saída desviando o caminho de quaisquer inimigos no lugar que não estivessem focados em matar Forxen, mas em nos atacar.

Assim que estivéssemos próximas da porta, sem parar a corrida em direção a mesma, gritaria para Adorea. – AGORA! – Então com o auxílio da garota, arremessaria o corpo do homem com toda a minha força na intenção de que a porta se abrisse com o impacto.  É claro que talvez a porta nem sequer se mexesse com algo assim, então caso ela se mantivesse fechada procuraria por qualquer objeto grande que eu pudesse pegar sem que precisasse entrar em uma luta com alguém, podendo ser alguma mobília ou até mesmo outro corpo e faria o mesmo na tentativa de abrir a porta de alguma forma, só queria sair logo daquele lugar.

Se mesmo assim ela continuasse fechada, precisaria de alguma outra alternativa para fuga, então rapidamente olharia ao redor procurando uma janela ou outra porta que nos permitisse uma chance de fuga. Caso encontrasse alguma, imediatamente iria para o lugar tomando cuidado para não chegar perto e nos manter o mais distantes possível de qualquer mafioso, tentando sempre evitar qualquer tipo de embate.

Sabendo da hipótese de que mesmo com as distrações de Forxen e minha constante tendência em me afastar de todos, alguém poderia se aproximar, estaria preparada. Evitaria a todo custo entrar em contato com qualquer arma ao pula, recuar, me abaixar, o que fosse mais provável de sucesso de acordo com a situação, mas sem interromper meus movimentos nas tentativas de sair do bar, onde resistiria a qualquer ataque que recebesse sem atacar de volta.

Se conseguisse fugir do lugar de preferência com Adorea, correria em direção ao hospital sem olhar para trás ao segurar com força qualquer ferimento que tivesse sofrido no processo de fuga, não conhecia tão bem a cidade a ponto de saber onde ficava a central da marinha mais próxima, sendo que pararia apenas se avistasse algum marinheiro ao apontar para a direção do bar e gritar. – Ajuda! Mafiosos no bar! Estão atacando meu amigo. - Assim que chegasse no hospital, sem estar completamente desesperada apenas por ser uma pessoa muito calma, perguntaria ofegante ao primeiro funcionário que encontrasse. – O Dr. Jack! Arf... Arf... Preciso falar com o Dr. Jack! Qualquer um na verdade, o bar aqui perto, mafiosos estão atacando o Forxen! Chamem a marinha! -

Info
Atributos
  • Lv: 1 HP: 44
  • Dano: 12 (Habilidosa)
  • Acerto: 4 (Normal)
  • Pontaria: 0 (Inábil)
  • Esquiva: 6 (Normal)
  • Bloqueio: 0 (Inábil)
  • Resistência: 3 (Normal)
Histórico:
 
Objetivos:
 
Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madrinck Dale
Membro
Membro
Madrinck Dale

Créditos : Zero
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 16/09/2017
Idade : 34
Localização : Brasil / Dawn island

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyQua 09 Set 2020, 23:07

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Aventuras de Forxen
Agora numa aventura não sozinha





Observando que uma de minhas espadas estavam infectadas eu levemente rangia os dentes dava alguns passos para trás e pegava rapidamente um cassetete no chão e jogava com tudo no Homem e tomava mais distancia, assim com isso golpearia qualquer inimigo que tentasse me pegar de surpresa, e se possivel tentaria os agarrar e jogar contra o Homem da Akuma, tentando retardar sua aproximação, realmente agora eu estava numa situação apertada, respirando fundo pensaria mais calmamente e optaria por abrir caminho até eu conseguir manter alguns metros de distancia do homem, e pegaria um corpo morto no chão, começaria a girar e girar e acumular força e aproveitar da velocidade cada vez ganha para arremessar o corpo com tudo no Homem, claro que sem deixar que outros capangas me pegassem de surpresa, e eu ficaria assim por um bom tempo, sabia que só deveria aguentar até que Fran fugisse e encontrasse ajuda.

Então assim ficando eu golpearia e me defenderia dos Capangas, toda hora também mantendo uma distancia considerável do Homem do Câncer me lembrando vagamente do homem morrendo em instantes com um simples toque daquilo, a minha coragem antes reunida estava sendo mastigada e cuspida agora - Parecia tão perfeito quando eu pensei na ideia...- pensaria comigo mesmo, correndo do Homem da Akuma enquanto lutava com os capangas, depositando toda minha confiança em Fran e Adorea



Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Spoiler:
 

Histórico:
 
Fala e Pensamentos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Thomas Kenway
Narrador
Narrador
Thomas Kenway

Créditos : 2
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 19
Localização : NewBerry City

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyQui 10 Set 2020, 00:26


Pay! Eye for Eye!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Dawn Island
19:00h PM
Chuva forte começa, 19ºC

Fran.B.Air


A Dra. Estava determinada a fugir daquele local amaldiçoado, afinal, já tinha 3 pessoas mortas ali, e a situação só piorava a cada segundo.

— Cer... certo!

Adorea claramente estava com medo de toda aquela situação, Forxen não estava muito bem também, ele ganhava tempo para as garotas, mas isso seria realmente o suficiente? Fran tem uma Ideia, ela corre para um corpo caído no chão, mas quando ela vai pegar o primeiro que viu.

—Esse nãoo! Esse está com o poder dele!

Realmente tinha sido por um triz, ela já estava quase segurando o homem nos braços, se não fosse por Adorea, a história poderia ter sido diferente, elas pegam um corpo de um homem com a garganta cortada e começam a levá-lo para a porta.

Por sorte, Forxen estava conseguindo manter os homens ocupados apenas com ele, provavelmente ele não conseguiria vencer naquela situação, mas pelo menos mantinha suas amigas seguras.

Correndo Fran e Adorea jogam o corpo do homem pesado na porta, ela se parte de um lado, talvez desse para se esgueirar, mas um toque e seria o fim, elas não poderiam arriscar dessa forma.

Elas pegam uma cadeira pesada do bar, jogam novamente na porta, ela se rompe, finalmente aberta, o frio e agua da chuva lá de fora entravam no bar abafado, era um alivio para elas e para Dalmore, o akumado grita lá de dentro.

— Nãooooooooooooooooooooo, MERDA!

Ele pega um pedaço de uma mesa e joga em direção as duas meninas que estavam na porta, por muito pouco ele erra Adorea, ele puxa algo do bolso,

— O plano A não deu certo, vamos para o plano B, tragam a “Fenix”

Era um den den mushi bem pequeno, mas o que seria aquela ordem? Air e sua irmã não queriam ficar lá para descobrir, no meio da chuva, os tropeços e corrida desenfreada das duas não fazia nem diferença naquela noite escura e chuvosa.

Logo uma rua antes do hospital, uma grande luz aparece no reflexo da agua nas ruas, elas continuam se aproximando, e cada vez mais, se parece mais quente, elas não podem acreditar, o hospital estava em chamas...

Tinha médicos em todos os cantos tentando se salvar e alguns entravam para ajudar os pacientes, Dr Jack era um deles, sua cara e braço esquerdo, já estava totalmente desfigurados, mas o homem não desistia.

Ele avista Fran e Adorea e corre em direção a elas:

— Ainda bem que vocês duas estão bem!

O homem está em lagrimas, o desespero e mostrado nitidamente em seu rosto enquanto a chuva arrasta o seu sangue vivido por suas feridas, ele respira fundo e fala.

— Eu sei de tudo! Eles tentaram me matar, mas o Dr Pedro...

Ele respira mais uma vez como se doesse falar.

— Ele morreu para me proteger deles, mas eu tenho uma informação! Cof cof... O veneno, não era real, era um blefe! Cof cof...

— Você tem que salvar seu amigo, ele está em apuros, eles tiraram o cabeça de ferro daqui a força, tacaram fogo no hospital, mas isso não é o pior, os marinheiros estão todos ocupados lutando contra muitos deles longe daqui.

— E nesse exato momento cof cof, eles estão indo matar seu amigo! Vocês têm que sair dessa ilha agora! São muitos deles, muitos marinheiros trabalham para eles...

O homem saca um papel do bolso, tira uma caneta e desenha um mapa, ele entrega para Fran e diz:

— Aqui está um mapa, tem uma estação de zeppelin próximo daqui, e em alguns momentos vai sair o último voo de hoje, vá salvar seu amigo! Cof cof, e aqui que a gente se despede doutora hehehe.

Ele dá um abraço forte nas duas mulheres, se vira para o incêndio e volta para dentro do hospital para salvar mais pessoas, talvez ele fosse morrer hoje, mas um herói iria nascer.


Forxen Dalmore


O chefe acabou de gritar no den den mushi sua nova ordem, mas pelo menos sua amiga já estava fora do bar e segura, um homem tenta pegar Forxen de costas, mas ele já estava pronto, ele projeta o cara para o akumado.

O mafioso pega o capanga pela cabeça e joga ele no chão como se fosse lixo, Dalmore estava cansado, mas ele não fraquejava, como um animal encurralado, seus instintos estavam na flor da pele, ele queria lutar por sua vida!

O medo fazia a boca de Forxen ficar amarga, ele sentia que ali talvez pudesse ser seu fim, o akumado só se aproximava cada vez mais e mais, aos poucos ele ia ganhando espaço e o espadachim ficava sem saída.

A chuva, o hospital em chamas, a marinha em guerra, tudo estava um caos, mas talvez ali em seus corações, ainda houvesse um fio de esperança que se pudesse se agarrar, Dr Jack tinha lhe dado esse fio como despedida, o que fariam os dois amigos?


Memorial:
 


Legendas:
 

Imagens:
 

OFF:
 

Histórico Fran:
 

Histórico Forxen:
 

Considerações:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Piratas Pandamônio!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyQui 10 Set 2020, 12:42


20
Pay! Eye for Eye!
Médica Monstro! Aparece Fran!


Quando Adorea falou sobre o corpo contaminado, arregalei os olhos a respondendo meio sem graça. – Eita, nem me toquei, ainda bem que você viu, vamos pegar o outro então! – O importante é que de alguma forma conseguimos sair daquele lugar e ir até o hospital onde nos encontramos com Jack que falou sobre Pedro, fazendo com que eu lamentasse sua morte ao começar a chorar. - O Dr. Pedro não era meu ídolo ou algo assim, mas era um bom homem... Sinto muito por sua perda. – Quando falava sobre o veneno, suspirava aliviada. –Uff. Era falso então? Quem diria, ele falou com tanta convicção. Mas por quê será que ele não nos envenenou? Tinha oportunidade e motivo pra isso... –

Quando ele disse que vários marinheiros trabalhavam para a máfia, fiquei sem reação, se aquilo era verdade, então não íamos ter a menor chance. – Nunca confiei na marinha, mas a máfia? Sério? – No instante em que o doutor nos abraça, eu percebo instantaneamente o que estava prestes a acontecer, ele tinha decidido morrer para salvar o máximo de pessoas possíveis, o que me levava a chorar novamente o abraçando com muita força e apertando seu braço ao falar angustiada em seu ouvido. – Dr. Jack... Eu sei que a máfia agora tá atrás de você, mas tente vir com a gente também, traga o Dr. Link, espero que ele ainda esteja vivo, se chegarem ao zepelim com vida antes da partida eu posso salvar vocês! –

Enxugaria as lágrimas ainda meio pra baixo com a manga do jaleco e me viraria de costas para o hospital. “Sobreviva Dr. Jack!” No instante em que Jack saísse de vista diria determinada olhando para a direção do bar e entregando o mapa para minha amiga. – Adorea, vamos salvar o Forxen e sair daqui, acho que não somos mais bem-vindas nessa ilha! – Começaria a correr em direção à taberna da melhor forma que conseguisse, mesmo naquele tempo chuvoso e sombrio.

Enquanto corrêssemos, começaria a pensar nos ocorridos tentando chegar em uma solução ao comentar com Adorea. – Tem alguma ideia de por quê aquele homem não nos envenenou de verdade? – Escutaria a garota tentando imaginar alguma solução onde independentemente de sua resposta, faria algumas constatações. – O Dr. Link ficou mal logo depois de comer a comida e o peão do mafioso morreu logo em seguida com apenas um toque... Pode ser que o poder dele fosse muito mais forte do que o efeito que ele queria passar, afinal, não conseguiríamos ajudar o chefe dele se estivéssemos desmaiadas com um tumor cerebral, não é? Até que é uma teoria razoável, deve ser algo nessa linha. –

Pararia de pensar naquilo tentando imaginar formas de salvar Forxen quando chegássemos lá. “O poder dele não deixa nenhum tipo de marca, é como se as coisas nem estivessem cancerígenas. Tocar em qualquer coisa no bar seria arriscado e eu não tenho como ajudar o espadachim assim. É... Ele vai ter que se virar pra sair de lá.” Só então tentaria bolar a melhor coisa a se fazer depois. “Eles nos querem mortos e a marinha trabalha pra eles. Poderíamos nos esconder até as coisas se acalmarem, mas seria arriscado. Até na mansão a família deve estar brigando pela herança agora e não é como se eles gostassem de mim, se eu fosse lá, acho que iam achar que eu quero entrar na disputa... Não tem jeito, é melhor fazer como o Dr. Jack disse.”

Chegando lá, olharia pela porta quebrada mesmo como estava a situação de Forxen, sendo que sem entrar no lugar, gritaria para meu subordinado. – FORXEN! A MARINHA TÁ COM ELES, VAMOS SAIR DAQUI VEM PRA FORA! – Eu simplesmente não tinha como ajudar, apesar de ter recebido treinamento ninja, era tudo mais aplicado na medicina e eu nem sequer tinha uma arma comigo, ele teria que de algum jeito conseguir sair do lugar, o que provavelmente não seria muito difícil já que ele achava que derrotaria vinte e uma pessoas, sendo uma delas um usuário de akuma no mi, sozinho. Tudo que faria seria me afastar da porta caso algum dos homens viesse atrás de nós, evitando qualquer proximidade enquanto esperássemos por Forxen.

Assim que ele conseguisse sair, o auxiliaria se fosse necessário e começaria a correr com as duas múmias em direção ao zepelim após pedir ajuda para a garota tentando manter a compostura ao dizer. – Nos mostre o caminho Adorea, você é boa com mapas, não é? Eu não tenho ideia de em qual direção fica a estação dos zepelins partindo daqui. – Então começaria a explicar a situação para Forxen independentemente do estado em que o rapaz estivesse da forma mais clara e calma possível para a situação. - Forxen, o hospital foi destruído, quase todos estão mortos, inclusive o Dr. Pedro. O cabeça de ferro fugiu e pelo jeito a marinha está com eles, se ficarmos nessa ilha muito provavelmente vão nos matar, então quero fazer como o Dr. Jack disse e pegar o último zepelim pra outra ilha, você vem com a gente? -

Se desse tudo certo e chegássemos ao zepelim, pagaria pela minha passagem esperando que cada um pagasse a própria e ficaria olhando pela janela na expectativa de que Jack e Link viessem conosco. Era como esperar por um milagre, mas não custava ter esperanças de que veríamos os médicos novamente.

Info
Atributos
  • Lv: 1 HP: 44
  • Dano: 12 (Habilidosa)
  • Acerto: 4 (Normal)
  • Pontaria: 0 (Inábil)
  • Esquiva: 6 (Normal)
  • Bloqueio: 0 (Inábil)
  • Resistência: 3 (Normal)
Histórico:
 
Objetivos:
 
Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Madrinck Dale
Membro
Membro
Madrinck Dale

Créditos : Zero
Warn : Pay! Eye For Eye! - Página 5 9010
Masculino Data de inscrição : 16/09/2017
Idade : 34
Localização : Brasil / Dawn island

Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 EmptyQui 10 Set 2020, 21:11

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Aventuras de Forxen
Agora numa aventura não sozinha




Respirando fundo eu deixava meu corpo firme, botando minha perna esquerda a minha frente e a direita atrás, segurando minha katana com as duas mãos firmemente encarando o Homem, analisando qualquer opção de luta, tal não seria possível, não com o meu nível de força atual, eu mordia meu lábio, ao ponto de sair sangue e deixar lentamente o vermelho mancha o branco puro das Faixas em meu rosto, que se escondiam na sombra de minha máscara, finalmente tinha percebido que a vitoria não passava de uma mera imaginação temporária que teve no calor do momento, me lembrando vagamente do que tinha falado a Pedro Irei ajudar com tudo, agora aquilo parecia cada vez mais distante de acontecer, possivelmente estaria decepcionando o meu velho Mestre naquele momento.

Quando eu lentamente começava a recolher coragens novamente para lutar contra os Malditos mafiosos um por um até ficar esgotado, e morrer pelas mãos do Homem dos Tumores e não pelo veneno, me dava até uma vontade de rir involuntariamente pela minha ingenuidade, pelo menos seria uma morte em luta não é? Mas quando eu menos esperava ouviria a voz de Fran e me viraria para ela, eu nem pensava muito agora e começava a correr tentando esquivar dos inimigos e caso necessário abrir caminho com a katana ou jogar algum objeto para afasta-lo, caso eu chegasse em Fran ouvindo que a Marinha já estava cuidando de provavelmente outros Mafiosos e vendo que tal não esperava tanto e fugia, claro, o ambiente ali não era tão agradável pra se sentar e conversar sobre tudo eu só rapidamente seguia ela e Adorea.

Ouvindo Fran que falava suavemente o caos todos já acontecido eu arregalaria meus olhos por debaixo de minha máscara, como que ela conseguia falar todas aquelas merdas tão calmamente? Infelizmente aquele não era o momento para se surtar, eu só continuava correndo para frente seguindo as duas sem comentar nada como se não importasse com oque ela tinha dito, mas no fundo eu gritava em raiva e agonia, como aquilo tudo podia ter acontecido tão rápido, por que?., então depois de um tempo calado eu finalmente abria a boca falando algumas palavras - Ei Fran...você acha que tudo isso podia ter sido impedido ou...- eu realmente ainda me sentia desconfortável com o fato do hospital pegando fogo. Com a morte de Pedro, queria voltar e vingar as mortes...mas no fundo eu sabia que eu não queria vingar nada, queria saciar a raiva que eu sentia internamente, mas a qual eu tentava esconder, fechando meus punhos em volta do cabo de minha Katana com força, esperando pacientemente, ou tentando ficar paciente para a chegada do Zepellin, aquilo manchava a pouca honra que ainda possuía, fugir de Dawn island, o local aonde tinha crescido, agora deixando ela em parte está mergulhada em Caos.

Por alguns minutos pensava sobre meu irmãos e irmãs, pensando se eles ainda viviam normalmente depois de tantos anos com a minha fuga, não sabia oque meus pais podiam ter dito para eles, talvez que eu tivesse morrido, ou só falado que eu tinha fugido, pensar nos meus tempos quando pequeno me acalmava, me lembrava como a vida de uma criança podia ser simples e sutilmente sem problemas, queria algum dia voltar para a Mansão aonde cresci e reencontrar todos eles mais uma vez, queria saber se estavam bem.

Mas aquilo agora era obrigado a ser pensamento para outro dia, já que aquilo tudo, aquele caos, morte e perdas gigantescas tinham causadas simplesmente por eu ter prendido um unico homem, então eu pensava que se, eu tivesse aceito o trabalho do Cabeça de ferro, teria salvo aquele local das garras da fúria dos Mafiosos.

- Esse dinheiro que eu consegui...realmente valeu a pena?- Sussurrava para mim mesmo encarando minha mão, a fechando e mordendo novamente meus lábios, tentando só continuar a seguir minhas companheiras deixando de pensar tanto.





Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Spoiler:
 

Histórico:
 
Fala e Pensamentos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Pay! Eye For Eye!   Pay! Eye For Eye! - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Pay! Eye For Eye!
Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: