One Piece RPG
The Hero Rises! - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 4:42

» [Mini- Yoru] Aula de kenjutsu!
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Yoru-san Hoje à(s) 4:00

» I - As rédeas de Latem City!!
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 1:42

» Ficha Saito Hiraga
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Saito Hiraga Hoje à(s) 1:38

» X - Some Kind Of Monster
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 1:24

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Nolan Hoje à(s) 1:09

» [Ficha] - Koji
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Proto_ Hoje à(s) 0:24

» Making Wonderful Land a Real Wonder
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Achiles Ontem à(s) 23:14

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Subaé Ontem à(s) 22:44

» [Mini-DarkJohn] O começo de algo
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 22:07

» A primeira conquista
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:01

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 21:46

» LightPoint!Os herois e amigos se reunem novamente!
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Noah Ontem à(s) 21:25

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Shogo Ontem à(s) 20:31

» [M.E.P-DarkJohn] O começo de algo
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 20:12

» Mini- aventura de Saito Hiraga
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 20:10

» Hizumy Mizushiro Mayan
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:54

» Takamoto Lisandro
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:50

» Isaac Kalidou
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:49

» Alipheese Fateburn
The Hero Rises! - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:46



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 The Hero Rises!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptyQui 20 Ago 2020 - 20:14

Relembrando a primeira mensagem :

The Hero Rises!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro MaikLynn Scarlaiti de Orr. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Achiles
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 01/09/2017

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptySeg 23 Nov 2020 - 14:29

The Hero Rises!

O sentimento em meu coração de surpresa era nítido, embora os meus companheiros aparentassem estar em uma situação ainda mais surpresa do que. As engrenagens em minha cabeça começavam a funcionar e algumas ordens, que mesmo impensadas totalmente, soavam para os meus companheiros e parecia soar como um norte. Isso era liderança? Não havia ideia, só sei que havia conseguido atingir o primeiro objetivo de defesa.

A onda de inimigos era enorme e não sabia quantos eu poderia segurar ou sequer que conseguiria realizar tal feito, para nossa sorte, havia algumas ferramentas que poderíamos ter como barricadas e isso nos auxiliava, os disparos aconteciam de ambos lados e infelizmente não tinha o mesmo impacto que eu imaginava que teria. Era quando percebia a presença de um grande mink chegando a se aproximar deles e as balas pareciam bolas de neve, sequer lhe afetavam. - Mas que porra é aquilo? - Guardaria a minha pistola, visto que eu não havia entendido muito bem como continuar utilizando ela e rapidamente puxaria minha segunda tonfa de seu coldre.

- Tenente! Aquele monstro não vai demorar muito para destruir as barricadas. Consegue me acompanhar? - A iniciativa do combate era minha, embora não soubesse muito ou tivesse algum plano que poderia executar naquele momento, até mesmo porque xadrez era algo do qual nunca fui muito... bom... É... O que me preocupava era deixar os atiradores para trás, eles deveriam apenas continuar atirando ou deveriam focar em nos ajudar? Será que o grandalhão seria realmente o ponto foco daquele ataque? Caralho, as catapultas ainda estão atirando!

Eram enormes pensamentos que atuavam em minha cabeça e minhas engrenagens começavam a girar e pensamentos rápidos surgiam. - Sargentos! - Focava meus olhar para os dois atiradores. - Foquem em dar cobertura para mim e para o Tenente (se ele viesse). - E essa era literalmente a melhor ordem que eu conseguiria ter, basicamente, pelo fato de eu não ter experiência nenhuma em relação a esta.

E dado isso, avançaria com velocidade em direção ao meu inimigo. Sabia que não seria um mano-a-mano e por isso começaria a atacar desde o momento que visse o primeiro inimigo a minha frente rapidamente avançaria em sua direção com um dash e procuraria acertar a minha tonfa em seu peito em um golpe direto, minha intenção era primeiramente afastá-lo do meu verdadeiro alvo e por isso aplicaria dashs em diferentes inimigos para criar um leve espaço para realmente partir para o grande alvo, isto é, se houvesse tempo para tal. Acredito que com o Tenente ao meu lado e ele entendendo o que eu estaria a fazer, ele provavelmente tentaria realizar algo parecido. Minhas tentativas de defesa caso viesse a ser alvejado em meio a esse tempo seria manter as minhas tonfas de forma paralela a forçar meus braços contra a arma ou disparo na tentativa de evitar que cheguem a qualquer parte de meu corpo. Movendo-as de forma separada se viessem duas armas ao mesmo tempo.

Quando o verdadeiro boss estivesse perto o suficiente para concentrar o meu alvo nele, seria o momento em que concentraria os meus músculos superiores em “L” e avançaria de forma rápida em um grande salto para a minha frente na direção do meu inimigo. Com as duas tonfas em mãos, usaria as partes mais longas dela para tentar acertar o seu pescoço ou queixo com um SIMPLE SLASH de forma a iniciar o combate de forma rápida e tentar acabar com o seu avanço de uma vez.

- Não sabia que vocês viriam até mim! Assim não tenho que caçar todos vocês! - Era uma frase destemida, mas um pensamento válido. Antes, teria que realizar uma grande investigação para caçar cada integrante da garra e de repente, todos estavam ali para serem capturado, ou, infelizmente, mortos. Infelizmente porque tirar uma vida é fácil... O sofrimento não vai ser nem perto comparado a viver uma vida inteira atrás de grades com uma janela quadrada.

Voltando ao combate e o perigo que ele tivesse, eu teria que me preocupar não só com o meu inimigo e sim com os inimigos ao lado deste, visto que eu tentaria ser o primeiro a atacar o grandalhão, recuaria de instinto para trás de maneira a escapar de algum ataque consequente, além de ser o jeito mais fácil de recuar da maneira que eu atacasse, mesmo que fosse pisando no torso do mink e impulsionando meu corpo para trás.

Desta forma, daria espaço para que Howflower pudesse avançar contra o homem e meu trabalho seria diferente, pois gostaria de espaço para que tivesse a luta e avançaria contra o exército criminoso uma segunda vez, sem diferir muito de como estava fazendo da primeira vez.

Concentraria minha atenção não além dos inimigos ao redor e também no próprio tenente, onde verificaria uma possibilidade de acertar o mink por uma direção que o mesmo não estaria esperando, fosse pela lateral ou usando as costas de Howflower como um trampolim e caindo por cima do homem com as minhas tonfas, tomando cuidado para não ser perfurado por seus chifres usando das minhas próprias armas para me sustentar em seu corpo e pular para fora após o golpe, procurando utilizar deste mesmo impulso para cair em cima de algum inimigo.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Técnica:
 

Vício: 03-10


Última edição por Achiles em Ter 24 Nov 2020 - 12:28, editado 1 vez(es) (Razão : Faltou a técnica em spoiler!!)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Vice-Almirante
Vice-Almirante
GM.Alipheese

Créditos : 88
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 4ª Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptyTer 24 Nov 2020 - 12:25




O Mink enorme certamente era um ponto que desequilibrava  a já problemática situação, o que desesperava também é que o alarme mesmo com algum tempo, parecia não ter efeito nenhum além de lhes dar alguma dor de cabeça se ficasse soando por um tempo maior, já que nenhum homem ou mulher ainda havia aparecido para lutar, para bem verdade, não seria exatamente visível para Maik, mas alguns homens estavam na verdade fugindo pelos fundos, mesmo que tivessem de se atirar ao mar, o norte, tinha bravos caçadores de recompensas mas, verdadeiramente um marinheiro bom? Era quase como uma história para ninar.

Dos trinta inimigos da garra, a saraivada de tiros inicial já teria parado pelo menos cinco até que o Min chegasse, seu corpo grande e resistente fez com que muitos adotassem ele como um escudo e na decisão corajosa de Maik, ele corajosamente avançou e Honflower, reconhecendo a determinação do marinheiro se juntou a ele, como s eseu espirito se inflamasse pela bravura do senhor. Com o seu simple Dash, avançou velozmene e com os braços o Mink teria colocado a frente do próprio corpo,  um instinto muito mais verdadeiro do que era um bloqueio, sendo assim ele era empurrado para trás e tinha algumas escoriações, ele apenas mudou o local onde seria danificado e quando o fez, Honflower se colocou atrás dele e fechou ambos os punhos ao redor da cintura do mink jogando o próprio peso pra trás, aplicando um golpe poderoso que o fez bater com a cabeça no chão, oportunidade esta criada por Maik.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O impacto do rechaçar no chão se fez de modo que dois dos que se escondiam atrás dele cairam apenas com o tremular  que o grande peso dos dois causou, um  [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] teria saltado e atacado o geriatra, com sua Ninjaken em um golpe vertical de cima abaixo, mas graças ao recuo, o golpe teria tocado apenas a tonfa e não seu braço, como era a intenção, jogando em seguida cinco shurikens de maneira muito veloz de modo a cobrir  o espaço em que ele havia aberto, onde três teriam acertado Maik, duas nos ombros e uma de raspão no rosto, enquanto as outras duas teriam sido bloqueadas por reflexo, Honflower levantou-se do golpe, e o Mink também, parecia que o embate deles ainda teria mais algum tempo até que se fechasse, o porte físico de ambos era o principal responsável por isso.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Com isso em meio ao campo de batalha, Maik poderia ver que se derrubasse o ninja ou o grandalhão, Honflower poderia segurar o outro por tempo o suficiente para ele se dirigir a uma das castapultas que estavam bem próximas. Além disso, haviam três atiradores ali próximos, que começaram a apontar para  o rapaz, ele poderia ver e se preparar para isso, ou acabaria ganhando alguns orificios a mais. Além disso, era importante ele lembrar, por mais óbvio que fosse que… Tirar as shurikens  por pior que fosse, seria melhor do que lutar ignorando elas.
histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptyTer 24 Nov 2020 - 21:57

The Hero Rises!

O alarme não parecia ser a melhor situação para nós, por mais incrível que parecesse, talvez eles estivessem todos dormindo e estavam se preparando?! Porra, venham rápido, bando de imprestáveis! A saraivada parecia estar segurando bem a barra a ponto em que entrávamos em combate com o mink e tínhamos um ligeiro sucesso em pará-lo. Percebia a aproximação de um ninja e shurikens eram presas em meu corpo, enquanto que outras bloqueava por instinto, uma surpresa da qual não estava contando.

Além da dor, o metal gelado fazia com que fosse um incômodo, pensava, se isso na verdade não era um ataque pensado do que uma simples jogada de shurikens. Mas, no calor do momento, era um luxo do qual eu não tinha para pensar. Em um movimento rápido e rangendo os dentes para aguentar melhor a dor puxaria usando as luvas para evitar cortar os dedos. – Tenente! Segura o filho da puta! - Gritaria de forma firme e concentraria em manter minhas tonfas colado aos meus braços de forma a ter uma rápida reação em caso de necessitar realizar um bloqueio.

Nisso, rapidamente manteria a minha atenção no meu alvo primário, o ninja na minha frente. Com as tonfas em punho e meus joelhos flexionados, partiria em um avanço rápido em sua direção. Normalmente, como já aconteceu antes na casa do nobre e sua filha, eles eram ágeis e bastante esquivos e por isso teria que me movimentar com uma velocidade similar ou superior

O avanço seria em formato de rápidos saltos para frente concentrando a força em meus membros inferiores de maneira a desviar para alguma direção visando atingi-lo em meio a sua tentativa de esquiva, procurando executar uma finta em meio aos golpes de forma a provocá-lo ir para uma direção estando preparado, com o trabalho de pés mais apurado de forma a poder reagir de forma rápida.

Os golpes seriam simples, mas potentes de forma a tentar acabar com o combate em instantes, alternaria entre usar o lado mais longo da tonfa e o mais curto para confundir o meu inimigo e mirar normalmente os golpes em seu torso, a não ser que visse uma oportunidade crítica para acertá-lo em outra região.

Minhas defesas seriam mais trabalhadas, desta vez, já que tinha maior atenção para qual me focar e seriam principalmente vindo de longa distância como senbons, shurikens ou as próprias balas que estavam me mirando e a maneira de bloqueá-las seria colocar as tonfas na direção da bala prestando atenção por onde estavam vindo, devido a área de minha arma e o formato, acredito que o melhor jeito seria tentar repeli-las para outra direção, independente de qual fosse, apenas para escapar delas. Com ataques mais curtos, manteria as minhas armas de forma separada, a não ser que viesse golpe com duas mãos, colocando a tonfa no caminho do metal inimigo e procurando forçar para uma nova direção, de forma a abrir uma oportunidade para eu atacar. Dividiria a minha atenção par armas médias como a ninjaken e para curtas como kunais ou semelhantes.

Um cuidado do qual tomaria seria em relação a aproximação de outros comédias em minha direção com armas de diferentes maneiras e tentaria bloqueá-las da mesma forma que contra o ninja, com isso, teria uma melhor chance de bloquear os golpes.

Respiraria profundamente nos movimentos de meu braço, sabendo que a dor era provável naquela situação principalmente vindo de onde estavam as shurikens. Se a maneira que o combate estivesse indo fosse proveitoso, verificaria como que estava a situação do tenente e se havia alguma maneira de ajuda-lo, até porque para nós realizarmos o caminho até a catapulta seria em dupla, porque além disso seria problemático.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Vício: 04-10


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Vice-Almirante
Vice-Almirante
GM.Alipheese

Créditos : 88
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 4ª Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptyQua 25 Nov 2020 - 15:11




O alarme já pareceu estar tocando por uma eternidade até que…  Cinco soldados apareceram, já armados e prontos para batalhar, destacou-se entre eles uma loira barulhenta que saiu gritando QUINZE CABEÇAS PRA CADA UM! QUEM PEGAR MENOS QUE ISSO VAI PAGAR MEU ALMOÇO PELO MÊS!- Ela bradou, pegando sua espada e avançando como uma louca pro meio de cinco soldados e… Olha, ela parecia tar dando conta. Atrás dela vinha um Mink grandão [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], que respondia - VOU PAGAR O CARALHO, NEM TEM 15 PRA CADA  UM!- Ele resmungou avançando logo por detrás dela,  enquanto os outros trÊs começaram a se juntar aos atiradores, onde era possível ver algumas flechas arqueando por cima, vinda do lado aliado, o que atrapalhava   duas catapultas de atirarem de forma continua.

Maik agora, teria um reforço, um ganho moral imenso, de se considerar que não estava desamparado, mas assim como o reforço aliado havia chegado, o inimigo também. E com isso no campo de batalha, haviam um total de  100 membros da garra, contando com os que já haviam caído no campo de batalha, tornando-se assim uma defesa real contra um ataque massivo naquele QG, as forças para segurar? Não eram mais do que 9 homens que estavam do lado da justiça, o que a Loira havia proposto, no fim talvez não fosse assim tão viajado?

Além do reforço, ele tinha um ninja a frente, um que não parecia como os inimigos comuns que haviam ao redor que estavam lhe dando reforço, movimentar-se atento a aquilo seria problemático, os dois titãs brigariam ao seu lado enquanto o homem a sua frente avançou rapidamente com um corte de baixo pra cima, quando ele o fez o geriatra bloqueou com uma de suas mãos, e quando o fez, o som de disparos que  miravam na  sua direção e quando bloqueou com o outro braço, o ninja teria dado um forte chute com a palma do pé para o jogar para trás, onde outra saraivada de tiros havia vindo, bloqueada com sucesso.

O chute do ninja, nada mais teria feito que quebrar sua postura, mostrando que aquele era um complemento, não sua arma principal. Em meio aos disparos que eram feitos Mai avançou, sobre uma saraivada de tiros que intercalavam em seus intervá-los, onde quando o ninja se colocou ao lado do que pareceu uma esquiva, Maik com seu conhecimento teria pensado que era a sua oportunidade afinal, no momento em que tocou os pés no chão, seria o seu momento de aceleração zero, um esquivador jamais poderia fazer algo nessa situação   e quando o faz o ninja colocou sua ninjaken no caminho  forçando a postura para baixo, e dada sua estatura muito menor que a do velho, era um caminho limpo para que dois tiros o atingissem dessa vez,  antes que o ninja forçasse mais a ninjaken para baixo e executando um giro com as mãos, teria retornado a espada a bainha, entrando em uma postura ao qual pareceu se preparar para algo.

Diferente das shurikens que apenas ardiam, os tiros pareciam queimar intensamente em sua clavicula, onde ele sabia que deveria tirar aquilo quando houvesse a possibilidade e que a dor, seria presente nos movimentos mais intensos. Além disso a preparação do ninja, denotava qual seria o seu próximo golpe, aproveitar disso enquanto se mantinha atento aos trÊs atiradores, agora que sabia que ele era um bloqueador, era a sua chave para a vitória, usaria ele  do próprio adversário para evitar disparos dessa vez, vendo que compartilhavam de uma mesma característica?

histórico:
 
ferimentos:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptyQua 25 Nov 2020 - 17:17

The Hero Rises!

Quando não tinha muitas esperanças de que a ajuda fosse vir do lado aliado, alguns começavam a aparecer e era possível notar dois deles, uma era uma moça loira que brandia uma espada e o outro era um fucking Minotauro que avançava com ferocidade na linha. Além disso, parecia que atiradores estavam começando a atrapalhar as catapultas e elas já não lançavam pedras freneticamente. Uma esperança maior do que tínhamos antes surgia e eu percebia que estávamos conseguindo ganhar uma vantagem, mas parecia ilusória, pois apareciam ainda mais inimigos a nossa frente. – Jantar? Concentre-se em sair vivo. – Resmungava. – E eu pensando que as coisas seriam mais fáceis. Bom, se eu morrer, será fazendo alguma coisa útil de minha vida. – Resmungava uma segunda vez.

Voltando ao foco em combate, as coisas não melhoravam muito e o combate com o ninja era obviamente atrapalhado pelos demais, chegando até mesmo a me acertarem o que gerava uma grande dor e ardência no local. – Porra! – Machucados como este me aconteciam com uma frequência bem maior da qual gostaria, não era a primeira vez que sentia estar em grande perigo. Na verdade, esse último mês foi o caos encarnado. Bela ideia ter virado marinheiro. Cala a boca, velho! É mil vezes melhor que ficar sentado do lado de uma forja quente!

E as reclamações em minha cabeça eram mais claras do que tudo, desde as últimas aventuras esse comportamento tinha ficado mais ligeiro, mas agora, em uma situação extremamente complicada, era plausível que ela voltasse. Meu inimigo estava pronto para executar algum tipo de golpe mais potente do que os demais e os atiradores apontavam em minha direção, era quando percebia que além do ninja ser um maldito portador de vinte armas diferentes, ele também era um bom bloqueador.

Com esse conhecimento, forçaria os meus músculos em meu torso para avaliar o dano e sentia uma grande dor em meus braços principalmente ao força-los, não apenas as shurikens atrapalhavam aquela região, assim como os tiros. Eu tinha que continuar, sabia disso e por isso forçaria essa região uma segunda vez e combateria fogo com fogo. Rangeria os dentes mais uma vez e sentiria meus músculos ficando mais rígidos, onde impulsionaria o meu corpo para frente em um grande avanço rápido procurando, desta vez, acertar a ninjaken com uma das minhas tonfas e a segunda procuraria abrir caminho em direção ao seu torso em um Simple Slash!.

Se observasse que não teria tempo para utilizar uma técnica ou algo parecido, seria o momento em que eu fortaleceria meus braços para segurar o impacto de sua ninjaken e teria total atenção em suas mãos, olharia diretamente para elas como se ignorasse completamente o que estava ao meu redor e procuraria ter foco suficiente para avançar minhas tonfas de forma paralela em direção a elas e por onde estaria a apontar a sua arma. Seria nesse momento em que forçaria meus braços para frente de maneira a frear o seu avanço e ataque e bloquear com o máximo de eficiência. Além disto, empurrá-lo para trás na tentativa de abrir a sua guarda e golpear o seu pescoço com o máximo de força que conseguisse reunir devido aos danos.

Quanto aos atiradores, teria maior atenção em minha posição, buscaria utilizar o corpo do ninja como um meio de evitar que eles atirassem em mim, movimentando meu corpo em uma semicircular ao seu redor e tentando olhar para quais estavam disparando para saber por onde deveria ter maior cuidado antes de um segundo disparo do mesmo. Meus pés, moveriam a like Muhammad Ali em seu auge de forma a interceptar qualquer movimento de contra-pé pulando em cada movimento, pois por mais que eu estivesse velho, minha juventude era mais nítida do que a de alguém de dezenoves anos.

Sabendo qual era à sua maneira de defender, moveria minhas tonfas de forma a provocar um desafio em uma área mais afastada de sua arma e provocando um golpe com a minha segunda tonfa. Da mesma forma que também provocaria fintas para tentar atrair a sua arma para uma direção e indo para outra. Se realizasse tal feito algumas vezes, golpearia de forma mais direta em direção ao seu torso, procurando dividir a sua atenção e manter os meus ataques de maneira confusa.

Me atentaria maior a minha defesa, que assim como antes demonstrou algumas falhas, principalmente ao ter que defender mais de um alvo ao mesmo tempo, procuraria prever as suas movimentações de ataque, me atentando não a apenas as suas mãos como aos seus pés e ao notar algum chute parecido, invés de simplesmente bloqueá-lo com as minhas armas, moveria um dos meus membros inferiores para bloquear de forma a tentar evitar a mesma abertura que tive anteriormente.


Histórico:
 

Técnica:
 

Objetivos:
 

Vício: 05-10


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Vice-Almirante
Vice-Almirante
GM.Alipheese

Créditos : 88
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 4ª Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptyQui 26 Nov 2020 - 13:08



A batalha tomou proporções enormes, onde a marinha se via encurralada de modo como nunca antes, A Garra realmente era uma organização que poderia fazer frente militar como exército e partiu para o tudo ou nada, se qualquer um dos poucos bravos soldados que não tivessem ali lutando recuasse, seria certamente o fim de Budou como todos conheciam. A pressão sobre o ombro de cada um, só não iria doer mais do que os ferimentos inevitaveis da batalha, a loira que lutava, mal conseguia conter os solados que enfrentava e já mais, apareciam para a encurralar, os atiradorees, tinham de dividir a sua atenção, entre não deixar as pessoas da linha de frente cairem e impedir que os outros atiradores catapultassem o teto que havia sobre suas cabeças a massa de corpos que ia se acumulando era sufocante e a sensação de que os inimigos não tinham fim, era um inferno.

Maik, teria o ninja avançando em um rápido golpe de Iai, onde sacou rapidamente sua Ninjaken para realizar um corte de baixo pra cima, que visava o partir ao meio, e com seu avanço usou uma das tonfas para bloquear, quando o fez o choque metálico logo cintilou de forme estridente onde na disputa de forças, o ninja acabava por levar a pior e sua posição, era perfeita para que o idoso utilizasse sua técnica e o golpeasse, quando isso ocorreu, o corpo do ninja teria voado contra um dos atiradores, enquanto os outros dois o visaram com um disparo cada.

Quando isso ocorreu, desta vez, Maik foi esperto e acompanhando o corpo do Ninja foi capaz de evitar os disparos, apesar de parecer um desafio realmente a altura, o Ninja não mais levantaria após o golpe bem encaixado, dando a entender que na verdade era levemente mais forte do que um soldado comum da Garra, poderia ser extremamente ameaçador, caso sua resistência não fosse botada a prova e… Para seu azar, foi uma prova ao qual ele não passou.

Maik agora que havia derrubado não um, mas dois de tabela , se via com os dois atiradores se preparando, ao recarregar a arma, próximo dele poderia ver que Honflower estava na vantagem e eventualmente derrubaria o titã e não parecia que qualquer lado achava seguro se meter na briga dos dois, a sua frente haviam vários soldados de infantaria menor, carregando lanças que começaram a partir na direção dele, como se quisessem cobrir a catapulta que havia ali próxima dele.

Se olhasse o campo de batalha, ele saberia que se liberar de sua parte era o melhor que poderia fazer, estavam lutando em núcleos individuais e mesmo que houvesse um tenente ali, faltava uma voz mais ativa para que estes núcleos, ainda que poderosos não fossem esmagados pelos números.

A luz da esperança, cabia a ele trazer.

histórico:
 
ferimentos:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptySex 27 Nov 2020 - 15:30

The Hero Rises!

O ninja não era tão durão quanto eu achava que fosse e isso, para falar a verdade, era um alívio. Com isso, um atirador caia em meio ao combate o que havia deixado dois restantes, mas lentamente alguns lanceiros se aproximavam do combate. Dando uma leve bizoiada ao redor, percebia que a marinha estava bem dividida, mas não estava cedendo a enorme pressão criminosa que enfrentávamos no QG. - Segurem as linhas! (HOLD YOU LINES!) - Gritaria em meio ao combate e guardaria as minhas tonfas em seu coldre e puxaria a lança, que embora usada e não fosse tão potente ou soubesse usar tã bem quanto as minhas armas forjadas, era uma alternativa para compensar o alcance de meus inimigos e se assemelhava próximo o suficiente de um bastão para o que eu queria realizar.

Sabia que os atiradores seriam um grande problema em qualquer avanço meu, mas eles estavam recarregando as suas armas e para eu conseguir entrar em meio a uma linha de lanças, eles tinham que estar ocupados. Minha primeira ideia era me movimentar com velocidade de forma que eles tentariam um ataque, o que provavelmente seria uma estocada já que não teriam espaço para algo muito além disso, por isso, executaria de imediato, pisando por cima do ninja que estava desacordado e correndo na direção as lanças e quando notasse que o alcance deles chegaria onde eu estava, pararia, aproveitando da aceleração para posicionar os meus pés de maneira que não avançassem aquela linha. No momento em que percebesse que eles estocariam, ou pudessem realizar tal ato (é uma situação hipotética, se escrevi de maneira que pareça cometer uma previsão além do normal, peço desculpas) movimentaria minha lança em forma giratória vindo da direita para esquerda na tentativa de bloquear as suas pontas e fazer com que elas ficassem desordenadas.

A garra, embora tivessem números, não aparentavam terem soldados treinados e talvez isso fosse o suficiente para bagunçar a sua ordem, mas caso não fosse, movimentaria um tanto para trás na tentativa de fazer sua linha avançar e desta vez realizar um golpe horizontal com a lança na direção das hastes de sua arma, procurando ter força o suficiente para empurrar, no mínimo, um soldado para o lado e novamente tentar bagunçar a sua formação.

Procuraria calcular o tempo em minha cabeça para que isso fosse feito o suficiente antes que os atiradores pudessem carregar, e caso viesse a atirarem seu chumbo em minha direção, daria um passo maior, onde rotacionaria em 360º a lança ao redor do meu corpo na tentativa de bloquear suas balas.

Se fosse possível ter bagunçado a sua linha das maneiras tentadas, eu avançaria com vigor na direção do primeiro homem, tentando primeiramente focar em levar o do centro, pois, embora fosse o mais “protegido” também era o que deixava a formação mais “frágil”. Em um momento oportuno, MaikLynn explicará para vocês o porquê desse pensamento. Agora, foco, seu velho!

O golpe viria em uma ascendente na tentativa de acertar diretamente o seu queixo em um forte golpe. Visto que a minha lança também não era a arma correta para um combate tão próximo, jogaria ela para qualquer lado e rapidamente puxaria as minhas tonfas de seus coldres, direcionando novos ataques de forma veloz na direção dos lanceiros, grande parte mirando suas cabeças ou torso, evitando golpes letais, não era meu estilo, por mais que achasse merecerem. Minha ideia era que com o tanto de espaço que teriam, não fosse o suficiente para eles se locomoverem rapidamente e com isso, facilitar o meu trabalho. Não descartaria a possibilidade deles terem armas de curta distância e com isso ficaria atento aos seus golpes, tentando acertar com a parte mais longa de minha arma em seus braços para me defender ou tentando utilizar toda a haste de minha arma para proteger o meu corpo no mesmo estilo de defesa anterior.

Teria que ficar atento a ficar preso em meio a eles, pois, se recuassem, era plausível que me deixassem cercado e notando qualquer aproximação lateral, me locomoveria na direção da catapulta visto que meu avanço seria pelo meio, não deveria estar tão longe daquela grande estrutura.

Enquanto tivesse no meio dos lanceiros, minha preocupação se cessaria com os atiradores visto que qualquer disparo poderia atingir um aliado e isso era péssimo para eles. Mas ela voltaria a sua atenção no momento, ou caso, passasse pelos lanceiros até a catapulta, procurando mover minhas tonfas na direção das balas na tentativa de bloqueá-las com rápidos golpes no ar.

Alcançando, ou possivelmente, a catapulta, minha ideia seria chegar desferindo golpes rápidos em quem estivesse próximo e pulando em meio a sua estrutura para me defender de possíveis ataques e ganhando cobertura contra os disparos dos inimigos. Além disso, tentaria identificar pontos fracos da mesma, fosse alguma corda esticada (normalmente são as que dão sustento) ou algo próximo disto.


Histórico:
 

Técnica:
 

Objetivos:
 

Vício: 06-10

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Achiles em Sab 28 Nov 2020 - 11:46, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Vice-Almirante
Vice-Almirante
GM.Alipheese

Créditos : 88
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 4ª Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptySex 27 Nov 2020 - 21:56



Como um trovão a voz de Maik resoaria pelo campo de batalha, dando ali uma carga de energia, de confiança e acima de tudo, de esperança, os números estavam sendo superados pela qualidade e a batalha que antes parecia impossível, começou a ter uma luz, esta luz que só aconteceu porque agora, eram capazes de segurar as linhas, mostrando que mesmo o local onde a marinha era a mais fraca, ainda se fazia a prova de ser a organização militar capaz de segurar o governo pelo mundo.

Destrambelhada, no meio do ponto esquerdo de onde a batalha acontecia uma carruagem com dois canhões começou a disparar e estourar no meio do campo de batalha, sobre a carruagem, uma grande careca brilhava e junto a ele estavam outros que formavam [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] O caos que eles causavam no campo de batalha causou um rompimento do rittmo de batalha que ajudou Maik a avançar os lanceiros estocaram, todos de uma vez, algo que teria sido uma trajédia… Se não fosse a aceleração absurda do idoso que repeliu com um giro os golpes os forçando a recuar, ouviu junto ao som dos canhões um bem perto dele ao qual até o teria desorientado por um ou dois segundos, que acertou os lanceiros.

- Foi mal ai coroa! era o que o gordinho teria dito, logo levando um socão do careca que dizia - Coroa? Esse cara só de tar lutando nessa idade é um herói!- ele dizia, parecendo ter um respeito entre carecas, de seu próprio jeito afinal, era muito jovem. O atordoamento não durou o suficiente para que o afetasse em sua performance de batalha, os atiradores tentaram o visar mas, diferente de Maik, eles haviam sido bem afetados pelo tiro que passou bem perto deles e com isso, teriam errado o disparo e atingido um ao outro naquela situação caótica, naquele momento ele avançou em direção a catapulta e como uma batalha para conquistar o território, outros soldados vieram em sua direção e pareciam prontos para o atacar.

De cima ele poderia ver que aquele não era mais o momento para proteger mas, para avançar, as linha sinimigas estavam abaladas e se ele mantivesse a catapulta, junto ao grupo novato e os outros poderiam por fim a Garra, não seria um trabalho fácil mas, parecia agora, possível. Alguns dos que tentavam avançar na direção de Maik eram abatidos por disparos e naquele momento, ele também poderia ver, que bastava cortar uma das cordas de apoio para inutilizar a catapulta… Cabia a ele agora, novamente ser aquele trovão que rasgava o campo de batalha ao liderar, já que os marinheiros estavam também desorganizados novamente para a situação.

histórico:
 
ferimentos:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptySab 28 Nov 2020 - 12:10

The Hero Rises!

- Coroa é sua mãe, filho da puta! – Porra, nessa idade e me chamando de coroa? Se foder caralho! Mas obrigado pela ajuda! E a linha de lanceiros a minha frente tinha sido limpada pelo canhão do que parecia ser uma carruagem enviada do inferno para aqueles homens apenas para busca-lo. Foda-se quem eram, não me importava, mas tinham sido de grande ajuda. Alguns dos meus músculos doíam, principalmente os que haviam sido acertados pelas balas, meus braços estavam pesados e tinha tido uma leve desorientação, só que se comparado as minhas últimas lutas, eu estava em um estado de saúde muito acima do costume.

Meu avanço tinha sido firme e eu estava na posição do qual gostaria, ainda haviam vários inimigos para lidar e os disparos acertavam alguns próximos a mim, percebia que era o momento de contra-atacá-los, mas sequer sabia como mandar essa mensagem para os marinheiros ou que sequer me ouviriam. Um tanto incomodado ou sequer sabendo o que eu estava fazendo ou se era a escolha correta para aquela hora, gritava, com todo o ar de meus pulmões. – MARINHA! AVANÇAR! – E mesmo sem saber qualquer forma de realmente fazer minha voz alcançar ou atiçar seus corações, teria gritado.

Um sargento comandando a linha não parecia ser algo muito agradável para os superiores, ou demonstrasse iniciativa, mas foda-se não é hora para isso, para de divagar velho! Notando a corda para inutilizar a catapulta, rapidamente puxaria a karambit de meu colete e procuraria cortar o mais rápido possível a corda e apenas pararia caso percebesse que algum inimigo estava próximo o suficiente para me parar.

Nesse caso, sacaria uma única tonfa para poder bloquear seus golpes, tentando utilizar de movimentos acrobáticos para me movimentar pela própria catapulta, fosse pulando em cordas ou segurando na madeira para girar o corpo, entre outros movimentos parecidos. De forma a sempre tentar escapar de seus golpes e evitar ser cercado pelos membros da garra, voltando minha principal atenção para cortar a corda e inutilizar a arma de guerra.

Fosse então que eu focaria realmente no combate contra os inimigos e movimentaria minhas tonfas de forma rígida ao meu corpo e bateria com a parte mais longa na direção de seus torsos como vinha fazendo nesses casos, bloquearia os golpes colocando a minha arma na linha de seu golpe e focando empurrá-lo mais para baixo ou cima, na tentativa de evitar qualquer contato de sua arma com meu corpo. Rangeria os dentes cada vez mais, na tentativa de segurar o máximo a dor que eu sentia em meus membros superiores e golpearia de forma frequente em avanços rápidos usando toda a potência de meus membros inferiores.

Respiraria de forma contínua e expirando a cada golpe, inspirando antes de dá-los de forma a poupar um pouco do fôlego que havia gasto durante toda a aquela guerra e, ao ter um tempo a mais dentro do combate. Sentia uma leve seca em minha boca e a vontade de procurar um cigarro dentro dos meus bolsos, a nicotina agitando a adrenalina em meu corpo e não parecia que deveria ter muito tempo até que ficasse sem ter outro cigarro. Respiraria profundo quando essa situação viesse, tentando focar na situação mais importante, por agora.


Olharia aos arredores para verificar a situação dos outros marinheiros e se algum estava precisando de alguma ajuda precisa e estaria pronto para avançar na direção dele e tentar golpear algum de seus inimigos, na tentativa de ajuda-lo a ficar mais livre.

Verificaria se a carruagem também não estivesse próxima de tal local, na ideia de poder subir nela e me locomover de forma mais rápida. – Me jogue naquela direção! – E assim ter um avanço ainda mais rápido além de colaborar com meus colegas de trabalho.


Histórico:
 

Técnica:
 

Objetivos:
 

Vício: 07-10

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Vice-Almirante
Vice-Almirante
GM.Alipheese

Créditos : 88
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 4ª Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptySab 28 Nov 2020 - 13:59



 Apesar da fúria de ser chamado de coroa, ainda mostrou-se ali uma figura confiável, experiente e na medida que ele gritou para que avançassem, a marinha começou a conquistar o território em seu avanço e respirar começou a ficar mais fácil, mesmo os atiradores, ao combater outros atiradores tinham naquele estágio alguns ferimentos mas, estavam com todo o seu espirito ali, não havia mais como recuar, era tudo ou nada e a Garra, mesmo acuada mostrava-se assim.

Uma torrente de homens armados partiu em meio a luta de Honflower e o  mink apenas para que a colisão de ambos fizesse com que voassem longe, mais e mais aqueles que estavam na barricada começaram a fechar o cerco, Maik avançou em meio ao caos já estabelecido com os tiros de canhão que estouravam  várias vezes, onde aquele esquadrão continuou ali a ajudar, o cheiro  do campo de batalha começou a ser exalado ainda mais fortemente, onde o sangue misturava-se com um cheiro forte e putrido, o próprio chão estava todo danificado e a batalha estava encaminhando para o seu fim, alguns homens da garra começaram a apresentar ali sinais de que a sua força de vontade não era grande o suficiente para que lutassem  para a própria morte, com seus golpes, Maik teria em seu avanço derrubado mais quatro soldados rasos da organização com seus golpes poderosos quando então, um grito teria ecoado.

- ABAIXEM SUAS ARMAS, ESTA É UMA BATALHA PERDIDA! Uma voz feminina de uma [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]se colocou em meio aos inimigos da garra, naquele momento parecia que em seus braços, carregava o líder que havia idealizado todo aquele ataque, a motivação dos homens visto que estavam cercados, havia acabado e naquele momento era possível ouvir todos eles jogarem suas armas a frente, tal como o grande mink, teria dado um porradão e Honflower e então antes que voltassem a lutar, ajoelhou-se ao chão, plenamente rendido.  Caberia ainda a eles executar as prisões, prestar o socorro a aqueles que precisassem para que pudessem encontrar o julgamento e a justiça da maneira correta, a batalha havia chegado ao fim.

histórico:
 
ferimentos:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Tenente
Tenente
Achiles

Créditos : 51
Warn : The Hero Rises! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 EmptySab 28 Nov 2020 - 20:32

The Hero Rises!

Sentia o cheiro pútrido e forte do sangue correndo o ar e a pólvora queimada em meio ao combate, os meus inimigos deixavam as suas armas no chão. Com a adrenalina cessando eu sentia as dores ficando maiores e percebia que finalmente a batalha havia cessado com a marinha sendo vencedora. Mas, não estava tranquilo ou sequer perto disso, sabia que muito ainda tentariam fugir e o restante deveria ser preso, me perguntava se a marinha tinha algemas o suficiente para executar a prisão de todos ou sequer havia uma prisão grande o suficiente para tal. – Começem as prisões! – Gritaria, olhando para os lados e com as tonfas ainda em mãos, pronto para qualquer resistência, começaria a empurrá-los para o centro do local. – Movam os criminosos para o centro! – A tentativa era de minimizar o espaço que os criminosos ficassem para que facilitasse as prisões.

Eu avaliaria se os fugitivos, era óbvio que teriam alguns, estariam para correr e para qual direção, eu olharia para a carroça e verificaria se eles estavam atentos a isso. – Turma do barulho! Ali! – E apontaria, gritando para que eles os perseguissem. E procuraria ter minha atenção mais voltada as prisões do que as perseguições, até porque a carroça poderia realizar isso com uma facilidade ainda maior.

Eu me encaminharia em direção a mulher que tinha dito as ordens e procuraria rendê-la por completo, colocando-a no chão e colocando meu joelho em sua costa levemente enquanto seguraria as suas mãos. – Fique quieta e não se mova! – Teria feito ela largar o corpo do suposto líder daquela invasão, não me importando com seu cadáver.

Estaria atento para qualquer um dos criminosos tentasse agarrar alguma arma do chão e me acertar, nesse caso, puxaria com velocidade as minhas tonfas para aparar o golpe e tentar rapidamente acertar um gancho em sua barriga e rapidamente deitá-lo no chão para que ele não resista uma segunda vez. – Alguém pegue as algemas! Me ajudem a organizá-los! – Gritaria para alguns. – Ajudem os feridos! – Gritaria uma segunda vez, não dava ordens em si, era mais ideias do que uma voz propriamente dita.

Caso viessem com as algemas, procuraria focar em prendê-la primeiramente e continuaria para os outros criminosos, colocando todos deitado no chão de barriga para baixo, procurando fazer com que eles tivessem rendidos no chão e com maior dificuldade para fugir de qualquer forma. Não me importaria se eles tivessem desconfortáveis ou qualquer outra ação.

Se conseguisse prender a todos, começaria a ajudar os marinheiros a levarem eles para a prisão. – Tenente, você está bem? – Falaria ou gritaria para ele, verificando sua situação. – Consegue manter a vigia por mais um tempo? – Perguntava para evitar um segundo ataque e que fugissem. E no fim, ascenderia um cigarro do qual procuraria inspirar o máximo possível.


Histórico:
 

Técnica:
 

Objetivos:
 

Vício: 08-10


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

Arco 01 - Budou Island
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Arco 02 - Grand Line
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




The Hero Rises! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: The Hero Rises!   The Hero Rises! - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
The Hero Rises!
Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Budou Island-
Ir para: