One Piece RPG
The Claw - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
The Claw - Página 5 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 04:13

» Um Rugido Inicial
The Claw - Página 5 Emptypor Graeme Hoje à(s) 00:12

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
The Claw - Página 5 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 21:42

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
The Claw - Página 5 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 21:14

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
The Claw - Página 5 Emptypor PepePepi Ontem à(s) 20:02

» [M.E.P.] Keke
The Claw - Página 5 Emptypor Keke Ontem à(s) 19:14

» [Mini - Keke] Entre o aço e o açúcar.
The Claw - Página 5 Emptypor Keke Ontem à(s) 19:12

» [LB] O Florescer de Utopia III
The Claw - Página 5 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 19:11

» III - Grand Line
The Claw - Página 5 Emptypor Bijin Ontem à(s) 19:04

» The One Above All - Ato 2
The Claw - Página 5 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 18:50

» [Mini - Cass Sabach] A fumaça cresce no horizonte
The Claw - Página 5 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:50

» [M.E.P - Cass Sabach] A fumaça cresce no horizonte.
The Claw - Página 5 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:49

» ZoukTamachiroo
The Claw - Página 5 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:48

» ZoukTamachiroo
The Claw - Página 5 Emptypor Jinne Ontem à(s) 17:47

» Aldo Rahner
The Claw - Página 5 Emptypor Shogo Ontem à(s) 16:55

» The Victory Promise
The Claw - Página 5 Emptypor Akise Ontem à(s) 15:11

» 10º Capítulo - Parabellum!
The Claw - Página 5 Emptypor Marciano Ontem à(s) 14:09

» As mil espadas - As mil aranhas
The Claw - Página 5 Emptypor Noelle Ontem à(s) 11:43

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
The Claw - Página 5 Emptypor Furry Ontem à(s) 10:32

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
The Claw - Página 5 Emptypor K1NG Ontem à(s) 08:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 The Claw

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySex 10 Jul 2020, 20:30

Relembrando a primeira mensagem :

The Claw

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheiro MaikLynn Scarlaiti de Orr. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Achiles
Sargento
Sargento


Data de inscrição : 01/09/2017

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptyQua 22 Jul 2020, 14:58

The Claw

- Vodka? Me dá a garrafa inteira. – Teria aceito a bebida alcóolica em lugar aos anestésicos para facilitar um pouco da dor e o alvo da minha reclamação era a falta de medicamentos em uma enfermaria de marinheiros. Esse governo só está decaindo hein... E eu teria deixado a imagem daquela moça em minha cabeça, talvez lhe dando a alcunha de “Beleza que nunca queremos voltar.” Em relação a ser o pior lugar para se estar. Teria até mesmo dado um leve riso interno com essa brincadeira.

Ao chegar na sala do capitão eu me lembrava de sua aparência, ele era um rato que costumava ser bem famoso pela sua safra de vinho e queijo, o que me cheirava até mesmo estranho para um homem da marinha. Ele me dava um argumento um tanto irrefutável e eu procuraria descrever a localização com exatidão citando até mesmo os estabelecimentos próximos a este e em que zona ele se localizava devido ao meu conhecimento pela ilha após ter passado minha vida inteira por estas ruas. E bom, Jonas Malharen deveria ser interrogado posteriormente já que isso era claramente um crime, ainda mais abrigar um homem procurado debaixo de seu teto provavelmente por dinheiro.

Ás vezes eu me surpreendia com o tanto de nobres e ricos que estavam por aquela região, a grande quantia de fazendas de vinho (3) e a riqueza daqueles homens chegava a me surpreender de eles serem tão desleixados em questão da sua segurança. Se eu fosse rico, primeiramente eu teria guardas em cada canto da minha casa, principalmente em um mar tão perigoso como o North Blue. Para a infelicidade do nobre que tinha salvo, ele teria sido um dos que não conseguimos contato já que estava viajando a poucos dias... uma falha... dentre várias dentro da marinha naquele mar. A situação no North Blue era precária...

Após o meu bem dado descanso, eu acordaria procurando olhar para o teto. – Hoje terá que ser diferente. Tenho um negócio para caçar e destruir e um homem a capturar do qual tenho informações valiosas. – Falava em voz alta, não o suficiente para que alguém do outro lado da porta pudesse ouvir. Minha cabeça se virava em direção as minhas armas no chão e principalmente ao colete que havia sido cortado em três partes diferentes. – Olha. Você custou barato e foi bem útil, meu dever é repará-lo, pena que minha habilidade com isto não é das melhores, mas deve ser o suficiente para fazer seu conserto. – Com isto, eu me levantaria para esvaziar a minha bexiga, tomar um banho e escovar meus dentes, não necessariamente nesta ordem. Posteriormente me vestindo apropriadamente e seguindo em direção a forja da marinha onde teria levado o colete apenas, procurando materiais para reparo visto que em meu teste de admissão havia essas ferramentas. Preparando tudo o que eu pudesse para repará-lo e deixa-lo na mesma condição de novo que havia o adquirido, talvez com uma costura nova ou não, tentando usufruir dos conhecimentos que o tenente havia me passado.

Tendo concluído essa parte do dia, ainda havia bastante o que eu fazer até o anoitecer e minha primeira tarefa era procurar um dos tenentes ou a própria recepcionista que poderia ter um conhecimento bem melhor do que um novato com um pouco mais de uma semana de serviço. – Bom dia. Gostaria de saber se reconheceram o homem que eu trouxe ontem. – Teria dito independente da pessoa que havia conversado. A identidade daquele homem pertencente a garra poderia me ser favorável em alguma parte da minha investigação.

Em especial, hoje, eu deixaria para tomar o café da manhã um pouco mais tardio já que meus pensamentos estavam sempre bem cheios de possíveis pistas da investigação com Argus. Tendo a ficha daquele homem em mão ou apenas um não reconhecimento, pararia no refeitório para melhor clarear as minhas ideias e unir os fatos, onde procuraria por um papel e caneta em meio a marinha para poder utilizar.

Citação :
Argus Dimitri, um homem procurado de oito milhões de berries que carrega uma carroça suspeita e barulhenta por volta das seis horas da tarde até alto da madrugada. Possui uma pousada na zona residencial que provavelmente utiliza como refúgio e há um bunker escondido dentro de sua sala que é bastante suspeito.

É possível que ele tenha uma parceria ou acordo com Jonas Malharen devido seu nome não estar explícito como dono do local. Suas visitas referem-se a um restaurante perto de sua pousada onde não parece ter voltado após um simples almoço por lá e um bar do qual é conhecido por ir e sair sem companhia aparente, o nome do local é “Los Lobos”.

Essas eram as informações que estavam em minha cabeça e provavelmente não esclareciam nenhuma das coisas que tinha para dizer. Guardando o papel e a caneta em meu bolso após o uso. Além disso, era uma ótima hora para investigar aquele bunker se eu encontrasse alguém capaz de arromba-lo através de uma maneira furtiva invés da força bruta. Por isso, meu encontro seria com um dos tenentes ou o próprio capitão, se ele ainda estivesse em serviço após ter passado doze horas. Teria feito após uma refeição moderada, nada muito pesado e um suco de goiaba (meu favorito). – Senhor. Bom Dia. Gostaria de saber se há alguém com habilidade de fechaduras dentro da marinha e que possa me ajudar. Eu tenho a localização de um grande cofre ou bunker que Argus tem dentro de sua pousada no seu quarto. É importante saber o que há dentro. – E eu tentaria a sorte. Embora fosse difícil encontrar isso dentro de um quartel já que normalmente eram gatunos que realizavam esse trabalho, poderia não ser impossível. Além disso, agentes do governo eram bem suspeitos, não? Eles eram quem cuidavam da inteligência da marinha e por isso eles talvez soubessem melhor como abrir isso?

Infelizmente, essa era a minha única pista no momento que eu pensava em seguir e por isso, esperaria a resposta do tenente para poder pedir ajuda a este homem. De qualquer forma, procuraria manter a compostura mesmo sentindo uma puta dor nas costas e na frente devido aos ferimentos recentes da luta contra o ninja.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Nome do Procurado: Argus Dimitri

Vício: 03-10

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptyQui 23 Jul 2020, 11:53

I’ve finally found my place
I put the war paint on my face
And I’m ready to give (hey!) whatever it takes
Standing at the edge of the fire

Maik acordava ali falando um tanto quanto sozinho, e o marinheiro que tinha dormido na cama ao lado da dele acordava ouvindo o velho conversar com um colete, ele não falava nada voltando a dormir, mas tinha ficado com a bela certeza de que ele era um louco de certo.

Porem a marinha não tava podendo escolher mesmo, ele só voltava a dormir, enquanto o velho se organizava, fazia tudo que precisava se arrumando e saia do lugar indo pra forja, lá ele aproveitava que ainda era cedo e não tinham outras pessoas na hora.

Ele começava a costurar o colete, não dava pra fazer muito mais, dado o local onde foram os rasgos, apenas colocar mais um pano para aumentar a durabilidade dele por um tempinho.

Logo mais ele tinha terminado essa primeira parte do seu dia começando um pouco além. Ele ia até a moça que olhava diretamente pra ele e logo respondia o que ele queria saber. -Era uma moça, se chamava Hibana Ayame, os trajes largos enganavam bem, é uma ex CP, serviu por alguns meses, estavam atrás dela a um tempo.- ela procurava ali dentre as coisas que tinha no balcão que foram deixadas para o velho.

Uma delas era um envelope que estava recheado de dinheiro, ela entregava pra ele explicando. -Ela tinha uma recompensa por sua cabeça no valor de sete milhões, porém como você a entregou morta só tem acesso a setenta por cento do valor, no envelope tem quatro milhões e novecentos mil.- mesmo com um desconto bem alto o valor era bom, dinheiro suado sempre tem um sabor especial também.

El então ia tomar seu café da manhã, ele chegava no refeitório vazio, pegava um guardanapo e uma caneta aleatória e começava a escrever no guardanapo. Depois de terminar ele guardava no bolso e Via a moça da recepção depois que ele comia seu pão com ovo e suco de goiaba.-Ei você levou uma das minhas canetas haha passou todo agoniado e pegou ela.- e depois disso ele seguia para a sala do tenente Mathias.

Ele adentrava na sala e era recebido no momento com uma grande tranquilidade. Apesar de sua pressa. -Olha, tem apenas um que eu me lembro de cabeça, mas ele já está em missão, é o soldado Pietro Zachary, ele saiu de barco junto do Tenente Mauro, para ver o que aconteceu com o navio de suprimentos que tava vindo pra cá.- ele comentava dando uma olhada nos arquivos se mais alguém sabia fazer isso, mas não havia nada.

Ele então olhava para o velho comentando com ele da situação.-Olha, os dois devem voltar em um ou dois dias. Precisaria de mais alguma coisa?- ele comentava esperando para ver se havia mais algo que pudesse ser feito. Além do mais, já pensou um marine contratando um gatuno aleatório para arrombamento? Me soa criminoso.

ferimentos:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptyQui 23 Jul 2020, 12:43

The Claw

O meu colete não estava em um estado tão bom e eu percebia que mesmo consertando-o agora, provavelmente não duraria mais um corte ou algo similar, era provável que eu tivesse que futuramente comprar um novo mesmo. Ao chegar na recepção, era surpreendido com duas notícias, primeiro, era uma moça ninja que eu tinha matado na noite passada e o seu sangue ainda estava em minhas mãos, ao mesmo tempo que eu me sentia bem, eu não me sentia tanto assim, retirar uma vida era diferente do que criar armas para tal feito... A segunda notícia era a melhor, recebia um envelope com quatro MILHÕES e novecentos MIL. CARALHO, EU NUNCA VI TANTO DINHEIRO EM MINHA VIDA!

- Eh.. hehehehe... - Não sabia nem mesmo reagir a aquela notícia já guardando o envelope em meu bolso e ficando um tanto sem palavras. Quando tinha feito todas as minhas anotações, eu percebia que teria furtado uma caneta da recepção e ficava até mesmo constrangido por tal ação. - Nuss. ME DESCULPA! Não foi por querer, sério mesmo! - E eu, com cuidado, abaixaria a minha cabeça e meu tronco em sinal de desculpa o tanto que fosse necessário para sentir que a culpa saísse dos meus ombros e eu fosse perdoado por um ato tão vil.

Em meio a aquele refeitório, eu percebia uma coisa da qual eu tinha até me esquecido. Tinha um homem dormindo ao meu lado na outra cama ou era impressão minha?! Caralho, todo esse tempo e eu jamais lembrava que o quarto não era só meu.. Mas, onde será que o tenente e sargento dormem, será um dormitório particular? Talvez seja vantajoso perguntar... - No momento é só. Isso meio que me deixa sem muito o que verificar até a noite onde tentarei realizar uma tocaia para Argus... Não acho que ele vá mudar a rota só por terem capturado um de seus membros, até porque houve uma explosão no porto e depois uma briga em uma mansão onde quatro deles foram capturados... - Terminava dizendo deixando que meus pensamentos fluíssem através de minha boca em direção ao tenente para ver se também conseguia algum conselho. - Me desculpe, senhor. Deixei escapar os meus pensamentos. Vou verificar o que está disponível para que eu faça. - Tentaria meio que disfarçar um possível constrangimento relacionado a isso e esperaria sua liberação para poder prosseguir em direção ao quartel onde realizaria um passeio procurando organizar ainda melhor as minhas ideias. Mas, antes de eu sair de sua sala, teria virado. - Senhor, se me permite perguntar, os senhores tem dormitórios particulares? Desde o dia em que fui recrutado eu havia dormido sozinho em meu dormitório e estava até acostumado com tal, quando hoje de manhã percebi que havia um marinheiro do meu lado. Não que isso seja um incomodo, longe disso, apenas estranhei a ocasião e fiquei curioso a respeito. - Novamente teria deixado os meus pensamentos fluírem, mas era uma pergunta válida. De qualquer forma, reclamava comigo mesmo de ter feito isso duas vezes consecutivas e o que diabos estava acontecendo comigo?! Porra...

Em meio ao meu passeio, passaria na enfermaria para verificar se Anastasia, a governanta da mansão, estava por ali ou teria sido encaminhada para outra direção e vendo uma enfermeira que poderia não estar ocupada, perguntaria. - Com licença, ontem a noite uma mulher chamada Anastasia foi tratada devido a um ataque na mansão, sabe me dizer se ela está bem? - Eu estava preocupado com isso já que interferia diretamente no sucesso de minha proteção. Posteriormente, procuraria verificar se ela estava bem e consciente. Com isso, me lembrava do nobre e também da associação de Argus com o laranja dele, me direcionando em direção a sala do tenente novamente. - Senhor. Me desculpe incomodá-lo novamente, ontem a noite eu reportei ao Capitão Stuart em relação as pistas das quais encontrei e há um homem chamado Jonas Malharen que serviu de laranja para Argus Dimitri, gostaria de saber se não há alguém em Flevance para interroga-lo em relação a isso e até mesmo prendê-lo pelo crime? Talvez suas informações seriam de vital importância para minha investigação. - Perguntaria, desejando saber mais sobre isto.

Posteriormente, quando poderia ter feito todas essas ações, me dirigia em direção ao banco uma segunda vez nesta semana, procurando depositar 50% do valor que tinha em bolso no momento e a seguir, me dirigindo até a loja que comprei o mesmo colete, tentando encontrar um igual a este por um valor parecido ou de qualidade melhor. - Bom dia, gostaria de um colete daquele, mas com qualidade melhor, se possível.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Nome do Procurado: Argus Dimitri

Vício: 04-10


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySex 24 Jul 2020, 14:12

I’ve finally found my place
I put the war paint on my face
And I’m ready to give (hey!) whatever it takes
Standing at the edge of the fire

Ouvia o que ele falava sobre a missão mas não pontuava muitas coisas sobre aquilo, apenas mantinha a atenção no que ele dizia. Porem o assunto era outro quando ele falava dos quartos que ele tinha de dividir o que poderia ser um incômodo para ele.-Há sim, você está no dormitório comum, até então você era o único no quarto acho, mas como temos um recruta novo ele passou a habitar ali.- ele dava mais uma olhada nuns papéis que tavam com ele conferindo denovo as missões que ele tinha de realizar antes de prosseguir o assunto.

Ele puxava da gaveta a lista algumas coisas e começava a falar folheando umas páginas de um caderno.-Você agora como sargento pode pedir um quarto depois, fale com a recepcionista e ela deve lhe providenciar algo em um ou dois dias.- ele comentava isso deixando que o rapaz saísse dali sem mais ordens, dado que ele tinha uma missão em curso pra terminar.

Ele saia da sala indo para a enfermaria, onde ele perguntava de Anastasia, e a enfermeira que estava ali respondia, -Ela não corria risco de vida, mas estava mal, assim como o patrão dela foi colocados sob observação numa zona segura.- e ali ele tinha um lapso de memória voltando a sala do tenente que já estava saindo com suas manoplas em punho-Esqueceu de alguma coisa Maik?-Ele questionava antes que o velho voltasse a falar.

Ele explicava a situação para ele de modo que ele ficava por algum tempo falando e quando concluía Mathias repassava os procedimentos pra ele.-Provavelmente tem sim alguém pra checar, como você falou com o capitão Stuart, eu te aconselharia a primeiramente questionar se ele já não acionou os marinheiros daquele lugar por Den Den Mushi, já que ele pode ter alguma informação já.-e era realmente legal essa informação pois quem sabe o capitão já tivesse tomado as medidas necessárias.

Então o Mink se despedia de Maik dizendo. -Estou partindo em missão também, nos vemos logo mais.- e assim ele ia se retirando do lugar. Após isso nosso vovô favorito partia para o banco onde ele levava algumas horas até chegar no lugar, algo tranquilo mas válido, eram já as 16:00 quando ele terminava de fazer o depósito.

O motivo, a fila tava enorme. Ele esperava até que finalmente ele conseguiu depositar tranquilamente tendo ali colocado metade do dinheiro que tinha ganhado no banco. Por fim ele passava na mesma loja de antes que lhe vendeu o colete e pedia um do mesmo mas de qualidade superior, o homem olhava e dizia. -O colete melhor custa 300.000- e jogava ele em cima do balcão pra ele analizar.

Se ele olhasse bem veria que a vibra era bem mais potente que a anterior, as costuras mais bem feitas também, ele provavelmente resistiria a mais golpes que aquele… ou ao menos ajudaria nesse processo de sobrevivência não é mesmo? Seja como for era escolha dele comprar ou não o outro colete.

ferimentos:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySex 24 Jul 2020, 14:41

The Claw

O tenente me passava as informações corretamente e tudo se dizia a respeito da recepcionista no final das contas e se possível, teria passado com ela em meio ao caminho para a saída do quartel. – Bom dia novamente, agora como fui promovido, poderia me reservar um quarto? – Perguntava para a moça, de forma formal e assim que recebido sua resposta teria prosseguido.

As informações que havia recebido da enfermaria me eram tranquilizadoras, saber que a minha escolta tinha sido em um nível bom, agora estava mais satisfeito e poderia prosseguir a minha verdadeira missão de forma menos preocupante. Depois de uma nova conversa com o tenente que já estava partindo para uma missão, ele me dizia pra conversar posteriormente com o capitão que poderia ter melhor notícias em relação a isso já que ele poderia ter acionado a marinha em Flevance.

E porra, vai tomar no cú, quem diabos vai na porra de um banco no horário de almoço?! Que fila enorme do caralho! Não acredito que eu fiquei horas nesse caralho para fazer apenas um depósito! Porra de ilha do caralho! Quero mais voltar nesse lugar não velho. Estou quase considerando o fato de que carregar o dinheiro pode até mesmo ser mais seguro... Porra.

Minha reação era mais do que frustrante e ao mesmo de raiva daquele maldito local que deveria ter mais atendentes e a cidade que deveria ter menos populações querendo ir em um banco no mesmo horário. (Parece até a caixa, se ferrar). Ao passar na loja para verificar a compra de um novo colete, o preço me era caro e felizmente eu tinha o dinheiro para pagar mesmo assim. – É isso mesmo. Vou levar. – Teria dito, não muito satisfeito por causa do preço abusivo, mas ao mesmo tempo bem em estar novamente ligeiramente mais protegido e com certeza que minhas armas ficariam na posição correta. Com isso, reajustaria todo o meu colete de forma a colocar as armas em localizações parecidas com o último ou iguais e teria deixado o colete antigo em uma lixeira não muito longe. – É meio triste ver o desperdício de tanto material, mas infelizmente não tenho como leva-lo até o quartel general, basicamente estou atrasado. – Eu teria ficado um tanto mais frustado e teria dito em uma voz baixa quase nula para mim mesmo, talvez apenas o abrir de minha boca para proferir leves palavras.

Visto que o horário das seis começava a se aproximar e eu tinha uma missão para realizar, apressaria os meus passos em direção a área residencial onde o primeiro relato foi ouvido. Neste local, eu procuraria um beco ou similar de forma a poder me esconder sem estar a vista do homem. Tentaria me manter longe de lixeiras ou semelhantes já que não queria feder e muito menos estar respirando chorume durante o tempo de tocaia. Se notasse que havia uma construção baixa e fosse possível subi-la através de saltos ou escalada, aproveitaria do tempo que tinha para realizar tal ação, onde poderia ter uma melhor visão da rua e também me sentir um tanto mais confortável sentado ou deitado em um telhado, dependendo da melhor forma que eu ficasse ali por cima. Onde aguardaria ficando atento aos sons e principalmente a visão, tentando verificar a quantidade de pessoas que estariam por ali.

Se por motivo do destino (narrador) eu subisse em uma varanda que estivesse habitada, eu ergueria a minha mão em sinal de desculpa. – Missão da marinha. Me desculpe! – E me direcionaria para algum outro lugar que fosse mais tranquilo e menos habitado. Aproveitaria desse tempo livre para poder saciar o meu vício, acendendo um cigarro e fumando-o.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Nome do Procurado: Argus Dimitri

Vício: 05-10

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySab 25 Jul 2020, 13:31

I’ve finally found my place
I put the war paint on my face
And I’m ready to give (hey!) whatever it takes
Standing at the edge of the fire

Passando pela recepção a moça respondia com um sorriso no rosto dizendo. -Certo eu irei providenciar algum, farei uma pesquisa mais detalhada, quando pronto lhe entregarei uma chave.-assim ele saia dali, onde o sofrimento da fila só o fazia ficar puto com aquela ilha, era demais o problema não é mesmo?

Ele depois de conseguir fazer seu depósito pagava pelo novo colete onde o homem que o atendia apenas o respondia cordialmente. -Muito obrigado Senhor, volte sempre.- E assim saindo dali, ele abandonava o velho companheiro costurado sem qualquer amor ou carinho, dado o que ele estava fazendo… Era uma história triste, mas era assim que o homem agia…

O frio e sem coração MaikLynn que abandonava sua criança ferida, seguiu rumo ao seu destino, já as 17:30, ele começava a se arranchar por ali num beco, a visão não era perfeita mas dava pra ver, ele começava seu modo de tocaia até que a senhorinha que tava vindo jogar o lixo fora falava. -Bom esconderijo em? Eu achei ele bem interessante. O homem que você procura veio aqui hoje a tarde. Umas 3 horas atrás.- comentou ela dando um sorrisinho e apenas fazendo um movimento com os labios.

Mesmo sem leitura labial dava pra entender o que era “Ta me devendo aquele café em?” mas logo ela saia dali rebolando e tentando provocar o velho Maik. Percebendo então que ali ia ser um lugar movimentado ele passava a vista denovo indo para a loja que ficava a uns 500 metros dali ele subia se pendurando numa grade de segurança que levava para a laje.

Ele ficava ali em cima onde tinha visão do bagulho que ele queria. Entretanto não havia uma cobertura ali, que não a casinha que deveria levar para a escada que iria para dentro da loja. Então Maik acendia o cigarro e aproveitava algum tempo ali, e até as 20:00 nada realmente tinha acontecido, era hora da janta mas ainda não dava pra ter certeza do que mais o inimigo ia fazer.

ferimentos:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySab 25 Jul 2020, 13:58

The Claw

Embora todo o estresse posterior ao evento de pedir o quarto, aquilo era algo que me confortava em saber que poderia ter um local só para mim dentro da marinha e cada vez me sentia mais parte dessa organização e que estava fazendo a coisa certa. Para o meu azar, o homem teria passado em um horário do qual tinha me esquecido que era possível, já tinha recebido essa informação anteriormente e tinha esquecido. – Sabia que eu estava esquecendo algo. – Comentava comigo mesmo, e percebia que a mulher que me informava isso era a gerente da pousada, no momento, não tinha muito interesse nela, mas porra, que bela de uma ****. É... Outro dia nós vamos nos encontrar, senhora.

Mesmo sem muitas esperanças que o homem fosse voltar por volta daquele horário, eu sentia a necessidade de tentar, era como se você estivesse esperando o ônibus e tinha acabado de vê-lo passar antes de chegar ao ponto, mas uma coisa dizia que se você descesse a rua para pegar um que desse a maior volta seria um erro porque ele poderia passar novamente pelo ponto. Se você me entendeu, sabe o sentimento que eu estou sentindo nesse momento.

Com o cigarro aceso por ali, percebia que não teria uma cobertura contra uma chuva ou qualquer coisa que pudesse vir a cair por cima. Olharia para o céu procurando ver se choveria e a minha tocaia se tornaria um banho molhado, de qualquer forma, não sairia daquele local. – Esperar... É... Isso que eu tenho que fazer. – Eu manteria a minha atenção procurando verificar se não encontrava nada suspeito nas ruas abaixo, tentando usar a minha visão para ter melhor foco na procura de Argus.

Passaria o tempo necessário que fosse por ali, estava sem água o que não me era favorável ou sem o que comer, mas sabia que a minha atenção deveria estar voltada a rua e tentaria ignorar esses fatos. As minhas dores pelos ferimentos deveriam estar melhores após esse tempo, mas ainda sentia a minha costa bem pesada e como se meus músculos ainda lutavam entre si.

Observaria o sol nascer, se fosse o caso e só naquele momento eu perceberia que havia gasto um tempo desnecessário por ali. Desceria de onde estava para verificar algum estabelecimento aberto onde poderia tomar uma água ou comer qualquer coisa, talvez uma padaria. Caso contrário, voltaria até o quartel general para me reabastecer, e sem a sensação de dever cumprido, retornaria para o mesmo local de antes, querendo continuar a minha tocaia ali durante todo esse tempo, em minha mente, apenas uma frase estava repercutindo. “Devo continuar. Devo Continuar.”


Histórico:
 

Objetivos:
 

Nome do Procurado: Argus Dimitri

Vício: 01-10

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySeg 27 Jul 2020, 09:04

I’ve finally found my place
I put the war paint on my face
And I’m ready to give (hey!) whatever it takes
Standing at the edge of the fire

Maik na cobertura começava a perceber o problema… Ele realmente deveria ter trago suprimentos consigo, algo básico de uma vigília, mas isso tinha altas probabilidades de ficar pro outro dia, se é que teria mais um dia para isso… Ele então montava sua tocaia sempre olhando para um lugar, sempre pronto até que derrepente ele via um marinheiro vindo em sua direção…

De longe ele não conseguia ver quem especificamente era mas a postura de corpo não lembrava nenhum marine que ele tinha visto antes, mas mais estranho ainda era que esse tal marinheiro vinha em sua direção caminhando com calma, e cautela, ele só via ele sumindo do nada e derrepente ele tava ali em cima.

E ele sentia uma 12 apontada pra ele. -Gostaria que o senhor viesse comigo, tenho uma denuncia de um tarado bisbilhoteiro nessa rua.- porem a tensão, não durava muito pois assim que Maik se virava o soldado que estava ali apenas cumprindo um chamado o reconhecia.

Ele abria um sorrisão abaixando a 12 e falando. -Maik?!? VÉI sou eu Maik, não ta me reconhecendo véi? Ricardo Rodrigues. - ele tirava o chapéu mostrando o cabelão, e na verdade quando ele falava dava pra notar os dentes da frente meio tortos. Era realmente o cara, porém muito melhor vestido e até tinha diminuído um pouco os “Véi” provavelmente de tomar bifa de tenente do tanto que falava.

Ele então colocava o chapéu denovo relaxando com o que tava acontecendo até mesmo pra ele tinha ficado claro que aquilo ali era uma vigilha.-Bem, as mulheres ali da pousada ligaram para o QG, falando de um possível tarado observando elas, Véi que loucura haha mas vou tranquilizar elas… Essa pousada é sinistra né?- falava ele demonstrando leves arrepios.

Parecia que Ricardo sabia de alguma coisa sobre o lugar, que ele como boca aberta que é nem segurava por um segundo.-Minha mina no passado alugou um quarto aí véi… Cê ta ligado, bagulho sinistro, tinha um cara que entrava com uns caixotes gigantes, falei com ela e organizamos pra ela se mudar… Faz um tempo..- comentava ele bem tranquilo, como se fosse algo do dia-a-dia dele ter visto algo assim… Que mal lhe perguntasse o que diabos tinham nos caixotes?

Seja como for ele parecia ter boa intuição afinal. Aquela noite estava bonita, dava pra ver a lua brilhando e iluminando tudo, entretanto apesar de estrelado não dava pra ver todas as estrelas, dado que começava ali a se formar algumas nuvens que iam cobrindo o céu ao redor das nuvens… E aquele ventinho frio bem úmido, poderia indicar uma possível chuva ou não, quem sabe era só um dia frio.

ferimentos:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySeg 27 Jul 2020, 11:24

The Claw

A minha vigília até o momento era apenas perca de tempo e aos poucos percebia um marinheiro vindo pela rua, sumindo em minha visão e momentos depois aparecendo ao meu lado, sentia a sua presença e havia uma doze apontada em minha direção. Para minha maior surpresa, era Ricardo (do qual sequer tinha feito uma relação com ele na ficha), o homem mostrava ter se tornado um marinheiro conforme eu tinha instruído e agora aparentava estar bem melhor. - Opa! Fala aí Ricardo! - Mas que bando de velha fofoqueira, até parece que eu ia ficar olhando elas, tenho mais o que fazer da minha vida!

- Essa pousada tem um dono pirata, é atrás dele que eu estou e aqui é o melhor lugar que encontrei para fazer uma vigia da região. - Revelava um pouco da minha missão visto que o homem já se disponha a me ajudar em relação a pousada que poderia ser tranquilizada. - E esse cara por acaso é esse aqui? - Eu retiraria a foto do bolso procurando o ângulo correto da luz para que ele pudesse enxerga-la. - Me fala mais sobre esse cara, onde que ele deixava os caixotes e como que ele entrava pela pousada? - Eram informações das quais eu tinha partes, talvez até mesmo inteira, mas era bom saber por uma visão que era confiável. Bom, o homem não era dos mais confiáveis visto o que ele havia feito no porto, mas... era um marinheiro agora, poderia ter aprendido a lição.

- Soldado Rodrigues, quando for falar com as mulheres da pousada, não revele meu nome ou aparência. Deixe esses detalhes ocultos. Não sei em quem confiar e quem pode estar ligado a ele. Além disso, se você o vir, me informe imediatamente. - Confirmava deixando ele informado em relação a isso, minhas palavras eram sinceras e esperaria para ver a sua reação.

Quanto ao tempo, até o momento estava agradável e poderia acabar fechando, o que chegava a ser um tanto preocupante. Eu olhava aos meus lados procurando ver se havia algum papelão ou similar, caso contrário, talvez se a chuva viesse teria que tomar um banho de água suja, infelizmente. Novamente voltaria a olhar pelas ruas de forma a procurar pelo sujeito não perdendo as esperanças que ele poderia vir naquele horário, com o mesmo plano de seguir para uma loja e voltar para lá novamente após ter comprado água e comida.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Nome do Procurado: Argus Dimitri

Vício: 02-10

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 21
Localização : Wars Island (North Blue)

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySex 31 Jul 2020, 03:49

I danced with the Devil,
He tried to get my soul,
I didn't recognized him
On the Dead Man's Road.

O papo dos dois se estendia para o fato de a pousada ter um dono estranho, um pirata para ser mais exato, e na verdade isso como um todo era um saco de se lidar. Afinal eles estavam ainda num dos mares mais perigosos. -Cara uma pousada de pirata parece osso… Véi… Isso nem faz sentido cara...- entretanto Maik não perdia tempo…

O velho vendo que poderia ter alguma informação sacava a fotinha do bolso, e olhava um bom ângulo mostrando ela para que o rapaz conseguisse ter uma noção completa de quem era, tava um pouco difícil mas ele conseguiu enxergar e falar.-Ele mesmo, e rapaz, a gente nunca saiu pra olhar muito por que era meio sinistro, tem um quarto que ele empurrava o bagulho pra dentro, e uma vez a gente passou lá perto antes dele fazer o que quer que fizesse e fedia pacas...- ele coçava o queixo buscando mais coisas na memória.

Ele não tinha visto tudo mas era estranho que um quarto fedesse tanto mas logo em seguida o cheiro sumisse… -Não sei o que ele trazia naquela coisa fechada, mas sei que quando abriu véi… O cheiro subiu forte… De todo modo se ele for mesmo o dono, nessa pousada tem muita coisa que a gente não tinha acesso, tem lugar que é fechado… A lavanderia mesmo tem um portão de ferro que pow nunca vi aberto véi, tentei abrir só pra olhar, mas era trancado a sete chaves...- a descrição que ele dava era parecida com a que ele lembrava do portão de ferro no quarto especial.

De todo modo era tudo util, apesar de não ter muito uma explicação de rota, deu pra se ter mais informações sobre a pousada e sobre o conteúdo desses transportes… entretanto ambos tinham de voltar para o trabalho.-Certo, véi pode ficar tranquilo, falo com elas lá. Toma cuidado que o bagulho parece louco-ele falava descendo dali bem rápido, ele era habilidoso em escalar, saltar e descer…

Parecia até um ladrão de galinha pulando um muro e fugindo de uma espingarda… Na verdade era fácil imaginar que essas habilidades vieram de algo desse gênero. Depois disso o tempo ia passando, o velho mantinha vigilha bem, parecia atento mas… ele acabava cochilando, apenas por duas horinhas, mas foi tão rápido para ele que pareceu apenas uma de suas pescadas… Mas isso tinha ajudado na sua atenção…

E assim quando o sol começava a se levantar por traás das serras, 4:40 da manhã, os feirantes e todos os comerciantes começavam a armar suas barracas, e as 5:30 a feirinha começava onde principalmente os idosos varriam suas calçadas, e as mães de família compravam frutas…

E nesse cenário, o barulho de uma carroça… Maik ouvia fortes passos pisando pelo chão e se movendo, enquanto as rodas rangian, era realmente uma carroça gigante que lembrava mais um riquixá, entretanto o que impressionava era o que estava em cima, um recipiente de ferro enorme que lembrava um container em miniatura.

Era realmente bizarro. E quem dirigia era seu alvo, o homem que ele esperou por horas… Mas o impressionante era que o inimigo era gigante, até mesmo maior que o Howflower, era certeza que ele pesava uns 230 kg de músculos ali, de fato parecia um cara muito bem treinado, ele estava usando um terno, mas seu cinto era estranho… Ele tinha facas no cinto?

Aparentemente ele tinha e eram muitas, incontáveis, e dava pra ver um coldre (imagine aquelas mochilinhas ninjas de naruto) em sua perna também que não se sabe que truques escondiam… Seja como for era a primeira vez que ele encontrava aquele homem em sua frente cara a cara, agora era o momento de agir.

ferimentos:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : The Claw - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 EmptySex 31 Jul 2020, 12:27

The Claw

Conseguia extrair mais informações do soldado e isso era ótimo para mim, o que ele poderia estar escondendo talvez seriam provas de seus crimes e isso se tornava ainda mais preocupante. Sua captura teria que ser rápida, pois não queria que ele fizesse mais nenhuma vítima. A mulher da pousada havia mentido ou talvez desconhecido de uma porta na lavanderia do estabelecimento e isso era preocupante, o que eu pensava que era apenas um local, se tornam dois que ele tem controle dentro daquela pousada de forma secreta.

Ricardo chegava até mesmo a ser engraçado com aquela espingarda descendo de onde estávamos, mas eu sabia que poderia contar com ele para realizar aquela função. Minha vigília continuava e chegava a dar uma leve cochilada, acordando atento quando percebia. Mas, bem no horário correto, pois a minha frente estava o homem do qual eu procurava, trazendo a sua carroça estranha e sua carga era ainda mais suspeita.

Argus era maior que Howflower e também mais pesado, não restava dúvidas que aquele era o homem que eu procurava e suas armas eram peculiares. Eu olharia para onde poderia descer e rapidamente faria o trajeto procurando ficar no mesmo nível de solo que ele. Sentia um calor se erguendo em meu peito e tomava uma decisão. “Surpreendê-lo invés de encarar de frente. É um homem perigoso”. Nesse momento, eu me agacharia de minha cobertura e esperaria. O homem estava perto de pessoas da feira o que era preocupante, não poderia agir dessa forma, e se ele pegasse alguém de refém como eu tinha pensado?!

Meu ataque começaria no momento em que ele se afastasse um tanto mais dos feirantes e eu fosse ter uma liberdade melhor para agir sem ter que me preocupar com os civis ao redor. Ergueria meu corpo até a cobertura, de forma a ficar agachada por ali, talvez até como um NINJA (Ah mlk! MaikLynn aprendendo truques com os inimigos, vai vendo) onde com as duas facas de arremesso dispararia em direção ao seu torso. As facas de arremesso nada mais eram do que uma chave, onde poderia abrir a porta para a vitória. Neste momento, ainda aproveitando do lugar alto, sacaria a minha pistola e dispararia sem limites em direção ao homem. Tomando apenas cuidado para minhas balas fazerem a diagonal e não reta, já que qualquer bala perdida poderia ser perigosa aos feirantes e se elas estivessem nesse ângulo “/” elas atingiriam o chão se errasse.

Tinha certeza que Dimitri não era tolo e pouco burro, não da forma que ela agia e o padrão do qual seguia e com uma altura dessas não seria difícil ele ter a maestria para me alcançar onde estava. Por isso, se ele visse a se aproximar rapidamente ou pulando para me alcançar, eu retiraria a minha karambit, segurando-a em uma das mãos e a pistola na outra e com força em meus membros inferiores, prosseguiria ao ataque. A karambit viria com um golpe ascendente na vertical em sua direção a arma ou punho do mesmo, o segredo estaria na pistola que eu tentaria aproximá-la de seu torso, sem balas ou não para aproveitar do fator de aquecimento da própria arma para ver se conseguia queimar a região. Tendo balas, dispararia, obviamente. Desta forma, tentaria me apoiar no chão ou nele próprio e me impulsionar para trás, guardando ambas armas em seus coldres e puxando rapidamente a minha lança.

Mas, com tantas facas aparentes, ele poderia sequer querer se aproximar de mim e trocar uma disputa de longa distância, o que poderia ser problemático, pois minha intuição não era realizar aquela troca e minha mira nem era tão boa para continuar dessa forma. Então, por isso, eu começaria a me aproximar. Sairia da minha cobertura pela lateral procurando outro telhado e recarregaria a pistola em meio ao caminho ainda tentando manter o mesmo ângulo que eu tinha e visão do meu inimigo. Avançaria de forma circular em sua direção e não direta, pois estaria encurtando a distância conforme fosse subindo de telhado em telhado.

Meus pulos e caminhos ao telhado seriam precisos e tomaria todo o cuidado onde estaria pisando, tentando sempre alcançar o topo das telhas e suas interseções, nunca as pisando meio onde eram frágeis. Quando tivesse distância o suficiente para o ataque, prosseguiria da mesma forma planejada anteriormente para tentar alcança-lo.

Mas, a tática poderia mudar já que ele poderia ter uma arma de médio alcance que seria mais do que problemática, por isso, estaria esperto a essa situação e se visse isso acontecer, largaria minhas duas armas e retiraria a minha lança de minhas costas. Onde procuraria realizar um movimento horizontal para tentar desviar de alguma ponta de sua arma e abrir a sua guarda, onde utilizaria meu pé para encaixar um golpe que serviria mais como uma propulsão do que força em si, tentando usar disso para saltar para trás. Agarrando a minha karambit e a pistola para colocar em seu coldre. Por agora, iniciaria um golpe corpo-a-corpo usando a lança.

Desta vez, meu combate seria mais preciso do que por força bruta, do qual achava difícil superar um homem de no min, 230kg de músculo e alto para um caralho! Pensando desta forma, prosseguiria com avanços pequenos para aproveitar da distância da minha lança e realizar estocadas em direção a possíveis ferimentos das armas de longa distância da qual usei, mas principalmente, a queimadura que poderia ter causado.

De início, aproveitaria para tentar entender um pouco do que o homem estava proposto a seguir em combate, qual era a forma da qual ele defendia e atacava e não vacilaria em minha defesa, colocando-a em primeiro lugar do que qualquer ataque. Por isso, mesmo em meio ao ar, procuraria realizar movimentos horizontais e verticais para bloquear possíveis facas em minha direção, encurtando os joelhos e abaixando meu corpo de forma a conseguir bloquear alvos inferiores. Em meio ao combate corpo-a-corpo, eu prosseguiria de forma ainda mais cautelosa, agiria através de movimentos em direção aos seus pulsos e perna, tentando encaixar minha lança de forma a que ele não pudesse prosseguir, usando da ponta e alcance para ver se acertaria a sua coça, cotovelo, entre outras regiões que fosse difícil dele prosseguir o golpe. Dando, ás vezes, passo para trás para melhor recuperar a distância e se percebesse que estaria ficando encurralado a uma parede, forçaria um golpe horizontal em arco e ao invés de utilizar a força para golpeá-lo com maior força, usaria como distração para forçar meus membros inferiores em um salto lateral e sair da parede.


Histórico:
 

Objetivos:
 

Nome do Procurado: Argus Dimitri

Vício: 03-10


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




The Claw - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: The Claw   The Claw - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
The Claw
Voltar ao Topo 
Página 5 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Budou Island-
Ir para: