One Piece RPG
Enuma Elish - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 23:54

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Enuma Elish - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:20

» Seasons: Road to New World
Enuma Elish - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:04

» Supernova
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 21:56

» Hey Ya!
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 21:55

» Cap.1 Deuses entre nós
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 21:05

» The One Above All - Ato 2
Enuma Elish - Página 5 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:44

» A inconsistência do Mágico
Enuma Elish - Página 5 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 19:27

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Enuma Elish - Página 5 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 18:23

» As mil espadas - As mil aranhas
Enuma Elish - Página 5 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 17:46

» [Mini - Cass Sabach] A fumaça cresce no horizonte
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Jinne Ontem à(s) 16:34

» Um Destino em Comum
Enuma Elish - Página 5 Emptypor (Orochi) Ontem à(s) 15:13

» A busca da liberdade
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Dogsofain Ontem à(s) 14:12

» Karatê Cindy
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Oni Ontem à(s) 13:11

» Meu nome é Mike Brigss
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Oni Ontem à(s) 12:03

» Enuma Elish
Enuma Elish - Página 5 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 10:12

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Furry Ontem à(s) 09:59

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 04:26

» Arco 4: Segredos enterrados em gelo!
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 01:42

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Enuma Elish - Página 5 Emptypor Wild Ragnar Sex 25 Set 2020, 23:22



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Enuma Elish

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyDom 05 Jul 2020, 14:45

Relembrando a primeira mensagem :

Enuma Elish

Aqui ocorrerá a aventura do(a) marinheira Alipheese Fateburn. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro


Data de inscrição : 31/03/2013

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyTer 04 Ago 2020, 05:17


Achei um amigo dos bons.


Em um primeiro momento, acredito que talvez tenha pensado diferente em meu modo de tratar Apolis, havia em seu comportamento de certo modo dentro do que era posssível, alguma humildade não no sentido de deixar de reconhecer a própria grandeza mas,  pelo modo como a reverência em si, naquele momento pareceu uma cortesia muito além. Era um ponto ao qual me fez entender um pouco mais sobre a sua situação e também como se levasse como um inteiro, como as coisas ocorriam na ilha.

De certo modo, poderia ser visível em meus olhos a surpresa e até mesmo o encanto ao ver uma técnologia como aquela, alguém capaz de projetar algo assim, ia muito além de meu conhecimento e também de meus estudos, pois eu ainda não sabia dispor das ferramentas as quais apenas encontravam-se  no céu. O modo como ele pareceu querer me vender suas invenções me deixou ao mesmo tempo que tentada, também curiosa sobre quem realmente era Apolis. Minha abordagem no entanto, não foi muito feliz e com isso, logo pedi desculpas. - Me desculpa, realmente não era a intenção.- Havia sinceridade em meu modo de falar, em meu olhar e expressão ao qual realmente mostravam como um livro aberto o sentimento.

Mas, exaltar  a sua mente pareceu ótimo, de certo modo provavelmente é o tipo de coisa que mais me alegraria como um elogio pois, apesar de trabalhar muito na forja e sempre buscar inovações nas mais criativas ideias que  já cruzaram a minha cabeça, o reconhecimento, de fato não tem preço. Era impossível não reparar em como seu cabelo dava pistas sobre o seu humor e mais e mais eu começava a entender e também perceber semelhança entre ele e Minos… De certo modo, o que uma mente brilhante vale, se suas criações não podem ver o verdadeiro brilho através de outros olhares? Pensei sobre e de certo modo Minos facilitou muito para que a conversa seguisse um rumo. Mesmo que ele me comparasse a uma anã, eu certamente não tinha barbas como os das histórias que eu gostava de ler ou era do tamanho de um polegar, como os que eu li apenas estudando anatomia… De toda forma, minha ausência de tamanho, em especial frente a seres tão gigantescos se fazia mais fácil de lidar do que no dia a dia.


A pressa era verdadeiramente a minha inimiga ali e o vendo partir para arrumar sua carruagem, respirei fundo e respondi Jibril quando ela veio falar sobre buscar as coisas. - Você poderia fazer a gentileza? Seria muito doce de sua parte...- Eu realmente apreciava o gesto pois, complementava o meu modo de pensar de maneira incrível e apesar de tudo, sem esquecer sobre tudo que havia de ser resolvido ainda,  vivia do bom sentimento e de forma instintiva, sem pensar por puro Zelo eu teria reforçado, seguindo a onda da pista que Jibril havia dado. - Grande e poderoso Deus touro, por favor cuide bem dela pelo caminho, levas contigo o meu mundo, por favor o traga de volta a mim em segurança.- Como a mais bela bravata minha voz passaria a firmeza, a musicalidade em meu modo de falar e claro, a importância real de minhas palavras, por mais pomposa que fosse, até me divertindo de falar como um personagem de um livro, não havia verdade maior do que em minhas palavras a dor, nunca seria enfim, maior que o amor, por pior que fosse em meu coração.

Teria acenado aos dois e me aproximado de Apolis e sua criação, era ainda mais incrível de perto e profundamente interessada, tanto em cumprir  meu dever como em viver aquele momento da forja, eu teria dito - Aceita uma mão? Pequenas como são, de certeza devem alcançar algum lugar difícil de mexer. - Me permiti tentar ser espirituosa, no fim para trabalhos mais delicados era de fato útil que minhas mãos alcançassem o que muitas não conseguiam. Se ele aceitasse, ouviria alguma instrução caso ele tivesse e teria pego as ferramentas para o ajudar, quando houvesse algo que eu não entendesse de maneira intuitiva eu perguntaria - Você pode me explicar mais sobre como funciona? É realmente algo incrível que você tem em mãos.- A sede pelo conhecimento, a empolgação e a vividez de meu modo de falar e agir, poderiam mostrar o quanto eu realmente dediquei-me de corpo e alma com aquilo e  a cada instrução, eu teria o feito de maneira mais veloz,  onde eu teria certeza que me provaria uma mão na roda de se ter ao lado.

No caso de haver a possibilidade de fazer anotações, se ele me parecesse permitir, eu teria feito algumas em meu caderno em especial, caso eu pudesse ver um mecanismo funcionando pela base das conchas que eu conhecia como Dials, eu teria perguntado - Eu imagino que essa técnologia dos Dials pra você seja algo simples, você pode me mostrar  ou explicar como funciona?- Teria continuado, talvez como para o touro faltasse algum amigo para lhe fazer companhia, uma mente seria aquilo que faltava ao grandioso  Deus Apolis, para que pudesse conversar, para que pudesse enfim, compartilhar toda a carga com alguém que pudesse o acompanhar com aquilo.

Era inevitável que a distração e estar fazendo algo que eu amava, não pudesse aos poucos me fazer me sentir mais confortável, dentro do que eu conseguia, comentando inclusive sobre o que eu havia feito - Eu posso mostrar alguns de meus rascunhos,  quando eles voltarem, algumas de minhas invenções.- Comentei, apesar de grande parte ser voltada para o lado mais militar, invenções sempre seriam invenções. E se ele fosse tão parecido nisso comigo, como demonstrou ser, o caminho para a sua confiança seria longo porém, tranquilo. Eu teria colocado na cabeça que primeiro eu precisava entender mais sobre quem era, o que eu poderia aprender, evoluir e talvez até mesmo ensinar pois ali aplicava-se o mais fundamental… Antes de querer correr, primeiro era necessário que aprendesse a andar e  pular etapas claramente não me levaria a lugar algum.  
Objetivos:
 
Histórico :
 

Atributos, vantagens e desvantagens, perícias.:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Furry
Game Master
Game Master
Furry

Créditos : 54
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyTer 04 Ago 2020, 13:30




Seria sensato dizer que para Minos ali estava um excelente dia para se viver. Escondidos no submundo, longe da maioria dos outros seres e de outros contatos estava ali agora a ser exaltado em sua grandiosidade por duas belas jovens. Vapor foi soprado de suas narinas quando expirou com força o ar de seus pulmões e bateu um dos cascos no chão. - MUUUU, NÃO PRECISAVA NEM DIZER. É O DEVER DE UM DEUS ZELAR POR SUAS FIÉIS. - E com isso Minos as promovia a alcoólitas de sua casa. Jibril por usa vez havia desviado o olhar, aquela situação ainda lhe pesava e sem saber como agir se perdia em seu comportamento. - Tentarei não demorar. - Avisou e assim deixou o local com Minos.

>><<

Olhou para o lado, sua mão ainda tocando com suavidade o seu precioso bebê. - Gohhhhh… Talvez sejam úteis mesmo. - Ele observava as mãos de Alip sem questionar se ela sabia realmente ou não fazer o que propunha, afinal já havia chego a conclusão que como uma anã ela só poderia ser uma mestra na forja e nada além.

Aquilo era como um ritual, onde Apolis deixava deser o antigo deus, um titã, um gigante ou qualquer outra coisa que um dia houvesse sido e tornava-se apenas um inventor, um criador orgulhoso sim, mas também alguém que de alguma forma era surpreendentemente fácil de conversar. Ver alguém  do tipo dele sentar-se no chão enquanto mantinha a cabeça inclinada pensando na melhor forma de responder a uma questão era talvez algo antemente não esperado a se presenciar.

Eram explicações curtas das quais ele realmente não contava sobre o completo funcionamento das coisas, mas sim dizia: "Esses armazenam e soltam fogo" "Esses podem coletar o ar e acelerá-lo" "Esses eu uso pra aumentar a pressão ao transformar a água daqueles em vapor." " A mangueira vem daqueles, usei para armazenar o óleo, esse eu queimo para realimentar o sistema." "O principal é o vapor, esses aqui são pra controlar o voo, mas não dariam potência suficiente sozinhos. Teriam que usar os Jets, mas esses são bastante raros." "Esse é o mecanismo que movimenta os coletores, a água acaba antes do óleo então as vezes preciso passar pelas nuvens para repor." "GOH, isso? Fiz só porque era maneiro, parecer um sol voador definitivamente é o melhor. Mas de fato não é eficiente em termos energéticos, mas o que é uma invenção se não possuir também estilo?"


Pouco a pouco o tempo foi passando, Apolis acabou na verdade distraindo-se completamente da função de reparo e havia passado a uma postura completamente didática misturada a de um pai orgulhoso que exibe seu filho enquanto fala de todas as habilidades do mesmo, desse modo o serviço mesmo acabou por ficar para Alip enquanto o mesmo apenas a avalia. "Sim, isso. Agora liga naquele ponto lá e aperta bem. Se não vou realmente virar uma bola de fogo." "Aqui, pega esse. Ele vai soltar uma nuvem ferro, mantém pressionado e martela pra dar a forma, depois rebita." - Instruiu também no concerto da carenagem.


- Talvez outra hora. - Recusou-se no momento a explicar sobre os dials, embora enquanto estava distraído já houvesse falado muito sobre os mesmos. Todavia sua resposta, mesmo que negativa também dizia muito, pois concordava em responder tal questão em outro momento.

Apólis estava ali sentado no chão de pernas cruzadas e com as mãos apoiadas no joelho, a chama em sua cabeça queimava de forma serena com com um brilho amarelado acolhedor. - Nada mal. - Elogiou. - Pegou rápido. Tentei ensinar essas coisas pro Minos, mas com exceção das armadilhas ele foi um completo fracasso. - - Senhor? - Nesse momento uma mulher de corpo esbelto em um vestido de coloração amarela entrou no recinto. A pele da mesma era bastante branca e seus olhos grandes e azuis o que contrastava bastante com seus cabelos negros e ondulados que desciam em cascada por suas costas e ombros. - Ah.. Olá Circe. Pode deixar ai em qualquer lugar, estou meio ocupado agora. - O Senhor estará sempre ocupado, os seus brinquedos não irão fugir mestre coma agora, depois o senhor continua. - Essas driades…. Quem foi que as deixou tão mandonas. - Apólis falou entredentes baixinho. - Desejamos apenas o melhor para nosso mestre e se para isso eu precisar ser um pouco Mandona assim eu serei. - Certo, certo… Mas como diabos você me ouviu? - Isso é segredo.


Apólis se levantou batendo a poeira da roupa, mas sem se preocupar muito em tirar o óleo das mãos enquanto andava na direção de uma mesa que estava localizada em um canto onde Circe agora estava soltando a bandeja com comida. Junto a ela haviam outras duas garotas mais novas com possivelmente não mais do que 12 anos carregando juntas uma grande travessa. - Acredito que o Senhor e a sua convidada devessem primeiro se limpar senhor. - GOH! É só um pouco de óleo e graxa, isso nunca matou ninguém… A não ser que seja ateado fogo, aí você sabe. - Não seja insistente senhor, ou terei de sumir com todo o entulho que o Senhor deixou jogado aqui pelos cantos, você bem sabe que não suporto essa bagunça.

As chamas na cabeça de Apólis quase explodiram aumentando 1m em altura. - VOCÊ NÃO SE ATREVERIA GOH. - Então lave as mãos senhor. - Circe sorria e inclinava a cabeça para o lado fazendo-a parecer extremamente dócil. Ela era uma mulher bonita e madura, talvez já passada da casa dos quarenta e possuía toda a autoridade de uma Governanta. - Você também minha jovem, vá se lavar. Depois lhe mostrarei seu quarto.


Vendo-se obrigado a obedecer Apolis iria até um outro canto do grande "pavilhão" onde havia um outro tipo de "maquinário" com escovas rotativas onde era possível inserir as mãos para que as mesmas fossem devidamente limpas.  

- Você constrói o que? - Já comentou no caminho de retorno a mesa.


____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 53
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyQua 05 Ago 2020, 06:18


Em uma ilha bem distante, enviada pra missão, eu não sou daqui, vim de outro marzão.(kek)


Pra mim, ter aquele tempo foi muito importante, um tempo onde eu pudesse focar em uma atividade que me trouxesse algo bom, que me fizesse pensar, que me desafiasse e ao mesmo tempo me ensinasse tanto. Apolis, quando trabalhando em sua invenção e até mesmo ensinando abandonou completamente a sua postura como Deus, eu poderia dizer até que talvez aquelas fossem suas verdadeiras cores.

Apesar de muitas explicações serem simples, eram o suficiente para eu pegar rapidamente como fazer para ajeitar e no fim, eu havia ficado muito feliz por entender bem melhor de como funcionava aquele veiculo ao qual me teria feito muito feliz eventualmente compreender o suficiente para replicar, já que  imaginava demais, como a sensação de controle pelos céus seria diferentee da sensação de andar no ar como eu fazia.

Ele pareceu bem animado de ter alguém que pudesse pegar melhor sobre o que ele ensinava e acabaria comentando - Provavelmente armadilhas foram o que mais havia chamado sua atenção, porque poderia fazer com que ele fizesse melhor a sua função, ele se preocupa bastante  com sua segurança.- Eu acabaria tendo pensado um pouco alto, era algo fofo de certo modo se fosse parar pra pensar, obviamente haviam desafios  e coisas que as vezes, nós apenas temos dificuldade mesmo, mas na minha cabeça, realmente fazia sentido que mesmo que pra ele tudo isso fosse difícil, que ele se esforçasse para aprender aquilo que o ajudaria a proteger. Uma voz feminina então, teria nos interrompido,  me fazendo prestar atenção ao acabar olhando para a direção que aquilo vinha.

Era uma moça que era bem bonita, tinha provavelmente a idade pra ser a minha mãe ou até mais mas, como ela, também era muito bonita pra idade. Prestei atenção na conversa dos dois,  e realmente naquele momento a figura materna se fez ainda mais em minha cabeça me fazendo inconcientemente, pela lembrança, pela saudade imensa que eu sentia, acabar até mesmo sorrindo de maneira discreta.  Eu conhecia Apolis a pouco tempo e talvez, gostasse até demais do seu lado que parece comigo, que estimula o meu lado criativo mas, através das pessoas que o cercavam, realmente dava pra ver que ele as cativava e apesar de claramente não ser alguém perfeito, como ninguém é cada vez mais,  pareceu a mim, a pesssoa que talvez fosse a chave, para tudo dar certo.

Conforme ele havia se movido, procurei dentro do possível me livrar da fuligem ou qualquer coisa que eu pudesse me livrar sem que me sujasse mais  antes de me aproximar, na verdade eu estava mesmo com vontade de perguntar onde eu poderia me lavar e logo a própria interação entre Circe e Apolis que era bem engraçada  onde eu teria dito com respeito - Claro, muito obrigada.- Teria dito educadamente a ela com uma gratidão genuína, enquanto segui  Apolis para me limpar também, não conseguindo segurar quando vi a maquina - Wow, você realmente tem uma maquina pra facilitar cada  atividade?- Acabaria boquiaberta fazendo a pergunta como reflexo, verdadeiramente impresssionada e com os olhos brilhando, cheios de expectativa de maneira inocente.

Enquanto estívessemos voltando eu teria lhe respondido - Acho que apesar de sempre estar estudando e me fascinar pela ideia de cada vez mais, criar para facilitar a vida como o que você faz, minhas criações até o momento são mais militares.- Comentei tentando explicar aos poucos, tal como ele falando sobre suas criações eu também me mostraria muito orgulhosa e feliz de falar sobre afinal, meu motivo para as construir em meu coração era bonito. - Muitos podem dizer que sua função é muito agressiva mas, o que eu aprendi, eu uso para proteger as pessoas, o próprio motivo de eu ter aprendido tanto foi por isso.- Continuei a explicar e se ele me desse brecha eu continuaria.  - De onde eu venho elas não são vistas como motivo de terror mas, muitas vezes como  a ferramenta para trazer a esperança  e pra mim não foi diferente. Quando eu era muito nova, aprender sobre forja foi o que me permitiu muitas vezes comprar os remédios pra minha mãe e até mesmo trazer um pouco de comida pra casa, foi por muito tempo o meu único jeito de proteger a pessoa que mais queria me proteger no mundo, quando em vida.- Por um momento parei, tomando um ar, levando a mão ao meu colar no pescoço.


Caso ele tivesse me dado espaço, eu então concluiria - Depois que ela partiu, foi o meio que muitas vezes me permitiu proteger a minha nova família, de trazer a paz para o coração de tanta gente que sou incapaz de contar… Mas mesmo estudando tanto, me deparar com uma mente tão brilhante me faz ver, o quanto eu ainda tenho a aprender.- Eu teria dito, talvez já nesse momento me colocando a mesa para comer e se fosse o caso, apesar de ter modos e uma etiqueta grande em mesa, seria muito provável que depois de um longo trabalho, que minha fome me fizesse comer em quantidade algo muito maior do que se esperava pro meu tamanho, enquanto conversávamos, ou melhor, enquanto eu me focaria em ouvir o que ele tivesse a dizer enquanto eu comia.

Objetivos:
 
Histórico :
 

Atributos, vantagens e desvantagens, perícias.:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Furry
Game Master
Game Master
Furry

Créditos : 54
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyQua 05 Ago 2020, 21:29




-... Isso…. Nós nunca pedimos pra ele. - Ele falava sobre Minos ser o guardião do Labirinto. - Depois daquele incidente ele simplesmente assumiu essa função. - Embora ele não viesse a explicar de que incidente falava. - Mas Ele pareceu ficar mais animado depois disso, então deixamos. - Fez uma pequena pausa. - Sem uma função… bem, um proposito? Sim, proposito. Sem um, a mente enlouquece. - Ele começava a acenar com a cabeça. - Mas tenho que admitir que foi engenhoso, qualquer caminho que se tome, se não souber para onde ir você irá parar naquele cômodo… bem… se as armadilhas não te matarem irão te levar para lá. É como se ele falasse com a rocha… É algo que mesmo eu não teria conseguido fazer. - Estava claro o orgulho em sua voz.

Orgulho este que desapareceu logo com a chegada de Circe.

>><<

- Era isso…. Ou ela me faria passar horas me lavando até que estivesse aceitável. - Assim era possível ver que aquela era uma das invenções surgidas pela necessidade de um homem. - Não poderia perder horas com algo tão trivial. Então usei uma semana para construir essa belezinha.


Voltaram a mesa onde ele serviu-se imediatamente de uma maçã ou algo que ao menos se parecia com uma, pois era muito mais quase do tamanho da cabeça da Alva e sua casca era totalmente azul, mas o barulho que fazia ao ser mastigada era inconfundível, assim como o suco que teimava em escorrer pelo canto da boca de Apolis sem sua percepção por estava distraído ouvindo Alip contar sobre seus trabalhos. - Isssu sim qu eo chamu de um depedicio. - Mal Alip havia começado a falar e ele ja disparava uma critica. - Entendo a necessidade de criações militares, mas não usar o seu talento para criar coisas que facilitem o dia a dia é um terrível desperdício. - Terminou de explicar após engolir a fruta que tinha na boca o que mostrava que não era realmente uma crítica, mas sim um lamento de um companheiro inventor. Ele continuava a ouvindo e mais uma vez parecia discordar um pouco do ponto de vista da jovem. - Se fosse para proteger você faria um escudo não? Ou algum equipamento médico? Armas são o que são, se vidas foram salvas por uma ter sido ceifada é a consequência não o propósito, embora há quem veja a ordem inversa se assim desejar.  - Os dois poderiam estar facilmente certos, tudo na verdade dependia de qual direção você estivesse olhando, pois nesse caso ambos os fatores poderiam ser facilmente trocados a depender de uma visão mais romantizada ou mais cínica do mundo.

- Realmente não consigo concordar. - ele voltou a roer a maçã. - Mas realmente são questões difíceis de se chegar a uma resposta, de toda forma. Um desperdicio.

Chegava ao caroço da fruta e o comia também. - Você viu os elevadores? Ou os aquiferos? - A verdade era que Alip os teria visto se houvesse ido andar pela cidade. Ele esperaria alguma resposta, mas no caso de negativa acertaria um ''soco martelo'' na mesa. - Inadimissivel.  

Ele pegou um pedaço de carne com a mão e se levantou. - Vem, vamos. - Começou a andar. - Senhor… - DEPOIS CIRCE, DEPOIS. - seus cabelos queimavam em vermelho vive e nem mesmo Circe nesse momento se atreveu a questioná-lo. - É melhor você ir, ele não houve ninguém quando fica assim, mas não precisa se preocupar. Aqui, pegue. - A Governanta alcançava para ela uma sacola com frutas para que pudesse ir comendo. Apolis então subia em sua carruagem. - Vamos, vou te mostrar. - Ele a convidava para um encontro romântico em seu tapete voador.

Assim que Alip subisse ele começaria a ligar o veículo. - Se você fez certo devemos voltar vivos. - Um leve sorriso maníaco surgiu em seus lábios. - Caso contrário espero que goste de bem passado.


Apolis voaria com Alip, seu plano era mostrar a cidade do alto. O local com os elevadores em pedra que havia falado os quais permitiam às pessoas transporem as montanhas que formavam a maior parte do Olympo, mostraria também alguns carros automáticos, os aquedutos que coletavam água das nuvens e a transformavam em rios que passavam por dentro da cidade. Mas tudo isso estaria sendo mostrado bem do alto e dessa vez sem o fogo queimando a frente da biga.

- Lá é onde Magnus está. - teria dito em um certo momento ao perceber luzes piscando naquela direção. - Ele parece estar se divertindo com alguém. - Haverá novamente um flash de luz.

O local apontado era basicamente no alto da montanha mais alto, local também cercado por nuvens escuras e tempestuosas que piscavam constantemente com cargas elétricas em seu interior.

O que ele desejava do passeio? Nada além de mostrar invenções que havia desenvolvido no passado, ou mesmo aquelas que seus mestres haviam desenvolvido antes de si e bem… Fugir de Circe é claro aproveitando para mostrar como sua Biga voava bem para a anã que o acompanhava.




____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 53
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyQui 06 Ago 2020, 09:59


Vejo enfim a luz brilhar.


De certo modo em muitos quesitos eu pude imaginar que por melhor que fosse minha oratória ao contar a história real do porquê minhas criações seguiram esse caminho que sua reação não seria positiva, tanto por suas invenções serem visivelmente dedicadas em sua maioria para a utilidade no dia a dia, como também pelo padrão cultural ao qual pareceu existir na ilha. No fim, me era bem compreensível o motivo dele ver as coisas daquela forma e por isso, não ousei discutir, não pensava que seu modo de ver estava errado só por ser diferente do meu.

- No entanto, você ainda assim tem razão, vendo suas invenções percebo que há ainda muitos caminhos por mim inesplorados, tenho muito a aprender.- Comentei em resposta ao seu comentário sobre ser um desperdicio, haviam ali muitas ideias as quais eu ainda não havia seguido por um caminho que me permitisse construir, apesar de entender o suficiente para gerar uma automação, havia sido pouca ainda a minha experiência prática em torna-la realidade. Quando ele falou sobre elevadores e eu responderia - Ainda não explorei muito, admito… Então não...- Respondi esperando uma resposta mais emocionada de sua parte.

No entanto, apesar dele parecer ser alguém impulsivo, o ver simplesmente levantando em um primeiro momento me surpreendeu um pouco, me deixando sem entender como agir e Circe teria sido aquela a me ajudar um pouco a saber como deveria agir naquela situação onde eu teria aceitado a sacola e dito - Obrigada, caso Jibril volte, pode explicar a situação por favor? É uma celestial de cabelos rosados, bem bonita.- Eu teria dito com algum carinho na voz, me preocupando com ela caso voltasse e eu ainda não estivesse ali. Eu teria dito logo apressando o passo para alcançar Apolis.


Por um momento quando percebi que tratava-se de um vôo em sua carruagem, hesitei mas, eu estaria mentindo se dissesse que também não ansiava por saber como seria a sensação, desde que o vi chegar nela e com isso, logo subi.- Voltaremos vivos então.- Eu comentei confiante no trabalho, havia calma em minha voz e não era soberba,claramente mas o meu jeito de tentar me enturmar melhor. No entanto, não importava o quanto eu caminhasse pelos céus, a sensação de quando aquilo realmente começou a funcionar e estavamos bem alto mexia tanto com a minha adrenalina que era difícil de dizer muito sobre o quanto era bom sentir o vento sobre os cabelos e a sensação de liberdade inigualável que aquilo trazia.

Era possível ver um orgulho de sua parte em mostrar o tanto que ele havia construído para melhorar a qualidade de vida da população e vendo aquilo, sem pensar muito acabei dizendo - É incrível ver suas criações ajudando tanto o povo… Eles devem sentir a falta de poderem ser agraciados com mais de seu conhecimento...- Minha voz teria sido tranquila e misturou admiração e seriedade, havia tanta coisa que ele fez e tanto que poderia ainda fazer, que o pensamento me havia sido inevitável.


Teria visto então ele apontar a localização de Magnus e as luzes, junto a fala de Apolis me preocuparam pois havia a possibilidade de ser Drake. Enfrentar alguém forte muitas vezes para ele sobrepõe sua razão para preparar-se para tal e eu temia que eventualmente, quando ele tivesse que trilhar seu próprio caminho como na missão que eu lhe dei que ele se colocasse em risco de forma que minhas mãos não pudessem alcançar. Suspirei tentando evitar pensar mais sobre o assunto, tentando acalmar mais o coração e curtir de fato o que estava me sendo mostrado. - É tudo muito diferente do que eu havia visto, quase como um outro mundo… Agora entendo um pouco mais...- Comentei dando uma pequena pausa antes de continuar - Eu conheci muito sobre a tragédia mas, agora eu também vejo a luz que um dia brilhou na história da população… Obrigada por me mostrar isso.- Eu teria dito com um sorriso no rosto.

Eu esperava que talvez, pelo meu modo de falar isso gerasse alguma dúvida e por isso se ele me perguntasse eu teria dito - Eu vi ruínas, eu vi medo quase tanto quanto vi o quão maravilhoso aqui é, ver suas criações e como elas ajudam já essa população me colocou a pensar que eu procurei a pessoa certa.- Minha voz teria vivacidade, esperança nela e com o que eu completaria talvez este se visse mais motivado. - Há sempre ainda muito a aprender e percebo isso ainda mais. - Conclui, entendendo o motivo dele me mostrar aquilo, eu sabia de minha missão, das consequências que aquilo trariam caso eu não tivesse sucesso, eu deveria dar tempo ao tempo para prosseguir em uma coisa de cada vez mas, meu instinto inicial, não havia se mostrado errado, estou no caminho certo.

Objetivos:
 
Histórico :
 

Atributos, vantagens e desvantagens, perícias.:
 

[/quote]

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Furry
Game Master
Game Master
Furry

Créditos : 54
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptySex 07 Ago 2020, 12:40




- Aviso sim. - Circe lhe respondeu em seu tom maternal enquanto fazia um sinal de enxotar com as mãos para que ela se apressasse em acompanhar Apolis. Subiam na biga do deus cocheiro. - Isso é bom, ainda tenho muitas coisas pra terminar. - Meio que comemorava a confiança de retornarem com vida apresentada pela jovem e começava a manobrar. - Não explodimos, já é um bom começo. EIAAAA. - Gritou empurrando uma alavanca para frente e a máquina acelerou de repente em direção a abertura na parede externa.

O barulho do vento era extremo e também fazia frio, mas conforme voavam mais um pouco era perceptível que o ar em seu entorno tornava-se mais quente, mas que ainda o vento vento acabava por roubar-lhes rapidamente o calor o que talvez explicasse a anterior bola de fogo queimando a frente do veículo, talvez aquilo também servisse como uma forma de aquecer o ar e não somente para estética embora houvesse sido isso que Apólis disse. Ao chegar nesse raciocínio a jovem talvez percebesse que as explicações anteriores dele não continham todos os pormenores relacionados bem como também a poderia fazer perceber que pequenos detalhes podem agregar de forma importante a funcionalidade geral, mesmo que ao primeiro momento possam parecer banais.

- Acho que é isso que as invenções deveriam fazer. - respondeu a Alip, o fogo em sua cabeça parecia estar mais calmo, embora fosse difícil de dizer afinal o vento tornava as chamas bastante voláteis… Não que os longos e alvos cabelos de Alipheese estivessem em estado diferente nesse momento, de certo era até um pouco incômodo tê-los sacudindo incontrolavelmente por causa do vento.

A biga embora fosse rápida não necessariamente vencia a velocidade de um pássaro, estes que também podiam ser vistos no céu abaixo deles voando em círculos a distância enquanto pareciam espreitar alguma caça.



- A verdade é que nos dias de hoje a tragédia é mais fácil de ser vista. - A conversa era na verdade feita aos gritos por causa do barulho do vento. - Eu nunca tinha trazido alguém para voar… seria bom algo que diminuísse esse barulho. - Ele se percebeu do fato de estarem gritando o que acabava por dar-lhe outra ideia para seu veículo, umas ideia até então não realizada por não ter sido exposta a situação problemática.   - Minos é muito grande e Circe tem muito medo.


- Eu estava no meio do caminho de criar algum veículo terrestre que as pessoas pudessem usar, até fiz um protótipo. Mas ele acabou sumindo e depois teve a guerra.

As pessoas quase não eram vistas abaixo, passabem por nuvens enquanto Apólis manobrava provavelmente para coletar água. Alip expressa seus agradecimentos. - Você ter entendido já é mais do que o suficiente. - Apólis os dispensava os agradecimentos com um aceno.

- Fazer armas talvez seja uma necessidade, mas não deve ser o foco. - Ele completava, uma coisa no entanto que Alip não sabia era que toda aquela conversa havia tido um propósito, pois do seu próprio modo Apólis á havia avaliado. - Vamos voltar. - A morada de Magnus havia novamente se acalmado, mas mesmo assim Apólis fazia o contorno ao longe. - Ele sempre foi o mais forte, mas esse em si não é o problema. O problema principal é que ele não houve ninguém, é impossível dialogar com Magnus, pois a única opinião que importa para ele, é a dele mesmo. Há duas opções, concordar com ele ou concordar com ele. - Porém éramos um conselho e por isso muitas vezes conseguimos ignorar a opinião dele e fazermos o que era o certo, o que era melhor. Consegue entender o que aconteceu por causa disso não é?


>><<


- Ela passou? - Circe ainda estava lá, parada bastante perto de onde a Biga estacionou. - Muito melhor do que eu esperava. - Respondeu Apólis e seu tom agora era muito mais formal. - Obrigado Circe, é reconfortante saber que sempre posso contar com você. - Estou aqui para servi-lo Lord Apólis. - E o faz de forma magistral. Venha Alipheese, vamos comer agora. Estou disposto a lhe ouvir, agora acredito que posso acreditar nas suas palavras e também sei que ouvirá as minhas.



____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 53
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptySex 07 Ago 2020, 17:49


Se prepare.


De certo modo, eu sabia que muito mais do que combates muitas vezes eram ações simples que impactavam na vida das pessoas e poderia as salvar, abater o mal não era plenamente o único caminho e por muitas vezes eu já havia experienciado isso, situações onde não importava o quão forte eu fosse, qual arma tivesse a disposição, haviam tantos meios de proteger quanto haviam estrelas no céu e Apolis tentou me mostrar isso através de suas criações, mesmo eu planejo muto mais construir, do que destruir e vendo isso, me senti mais segura  em ver que estávamos na mesma página.

Quando ele falou, eu teria ali concordado com ele de maneira não verbal, com um aceno de cabeça. De certo modo a viagem havia sido bem divertida, já que a experiência e até mesmo a vista eram  uma vivência única. Então quando ele começou a contar sobre Magnos, mais uma vez isso se mostrou um obstáculo pois o poder não era o único problema mas, sua personalidade intolerante e como alguém que é assim, conseguindo mais poder… Ficou realmente fácil entender suas motivações - Entendo… É horrível como alguém pode atacar até aqueles próximos… Apenas para ter a sua própria satisfação...-   Acabei comentando, desviando levemente o olhar, havia momentos em que estar certa não era legal e este era um deles.

Ele falava algo quando chegávamos sobre ter passado junto a Circe e em um primeiro momento, genuinamente estive confusa pois não sabia bem o motivo ou do que aquilo tudo se tratava até que ouvindo um pouco mais eu pude entender e acabei comentando - Acho que entendi de quem Minos puxou quanto a gostar de testes.- Teria de maneira leve como uma brincadeira, descendo da biga e me dirigindo de volta a mesa, ele estava disposto a me ouvir, eu também estaria disposta e por isso, ali era possível que nossa conversa pudesse render.

Eu me colocaria a mesa, ajeitando a minha postura para que ficasse confortável e para que a minha voz se fizesse mais fácil de ouvir, sem que eu tivesse de ter muito esforço. Eu imagino que o histórico das pessoas que o procuraram não sejam necessariamente muito bons … Você esta ciente do motivo de tantas pessoas ruins virem do mar azul?- Comecei a conversa de maneira calma, talvez, diferente de Minos ele fosse mais informado e se não fosse eu explicaria caso ele me perguntasse. - Há alguém lá embaixo, que provavelmente seria o par perfeito para Magnos, uma líder autoritária que usa da força para alcançar seus ideais.- Teria dado uma pausa, antes de continuar -Usando da força do que são chamados titãs… Tudo que ela considera uma ameaça, sejam de fato pessoas ruins ou mesmo pessoas boas, que teriam o poder para mudar as coisas… São mandados para cá.- Pegaria algo para beber, dando um gole enquanto provavelmente o ouviria.

Há ainda muita coisa que eu gostaria de conversar e debater mas, se não se importa, eu gostaria de saber sobre suas ideias, é importante entender melhor,  assim como sei que provavelmente você deve ter  perguntas a me fazer.- Eu teria dito, de modo a começar a conversa, era da minha intenção revelar a minha missão, como eu planejava completá-la e como isso poderia mudar a vida das pessoas para melhor, se fosse feito da maneira correta, ele parecia aberto a me ouvir mas, mais do que falar, saber se já há alguma ideia, se já algo acontecendo é importante, assim como também com isso, eu poderia saber mais sobre como consolidar a aliança, quando ela fosse proposta.

Objetivos:
 
Histórico :
 

Atributos, vantagens e desvantagens, perícias.:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por GM.Alipheese em Seg 10 Ago 2020, 06:46, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Furry
Game Master
Game Master
Furry

Créditos : 54
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyDom 09 Ago 2020, 19:49




- Bem sim, mas também  são inevitáveis. A palavra de Minos sobre vocês certamente tem peso, mas eu precisava ver por meus próprios olhos. Mais e mais habitantes do mar azul chegam aqui e cada um deles, em grande maioria, se provou uma pessoa ruim. -Ele chegava a mesa. - É mais fácil descobrir quem as pessoas realmente são quando subestimam você, mas bem… Goh.. Acredito que não preciso lhe dar essa lição.

A Alva poderia não entender o passado completo de Apólis, mas em uma coisa eles eram bastante parecidos. Quando você não é o maior e mais forte precisa ser engenhoso e transformar todas as suas características em suas vantagens para poder fazer o melhor que pode. Apólis não era o mais forte dos titãs e por tal motivo tornou sua mente brilhante em sua força assim como suas habilidades estratégicas em sua forma de ser. Mas ainda era preciso não se enganar, ele realmente é aquele maníaco excêntrico apaixonado por invenções, mas também sabe-se portar como um verdadeiro Lord quando necessário e emanar aquela aura de autoridade que aqueles que já estiveram no comando bem conhecem.

Começavam a conversar e ele dessa vez serviam de carne. - Em partes sim. Consegui capturar alguns dos invasores e extrair deles alguma coisa. Mas como sempre eram criminosos tudo o que consegui foi algo como: Fomos capturados, postos em um navio e lançados para cá por Helena e três gigantes. Não ficou claro em nenhum dos meus interrogatórios do porquê isso acontecer, quero dizer, porque jogar criminosos para cá ao invés de executá-los? Ou porque Quiron participaria disso.

- Não temos saber se o Quiron que conhecemos ainda é o mesmo homem de antes. O jeito como as coisas aconteceram. Algo assim pode muito bem mudar quem somos. - Circe a alguns metros da mesa próxima a uma parede acompanhava a conversa e se manifestou, mostrando-se hábil no que diz respeito a entender o próximo. - O Senhor, meu mestre. Como se sente ao ver que o nosso povo aprova mesmo com todo o sofrimento por qual passam o governo de Magnus? Se o Senhor não estivesse aqui, vendo este sofrimento e com nós ao seu lado não teria quem sabe se sentido traído?

As chamas de Apólis cairam, era possivelmente dificil argumentar com Circe. - E se neste novo local o Senhor fosse mais uma vez tratado como um deus, olhado com veneração e respeito? - Talvez minha postura fosse realmente outra, mas ainda me dói crer que Quiron, ao menos ele, se entregaria a vingança. - Fico feliz por o senhor se sentir assim. Agora irei deixá-los com privacidade. Minos deve estar retornando irei recepcioná-los.

Circe os deixou e Alip continuou querendo agora também saber o que Apólis desejava. - O momento atual …. Minhas perspectivas são nulas. Ao menos a curto e médio prazo. Aos poucos temos conseguido trazer pessoas para o nosso lado, mas Magnus expulsou todos os fortes guerreiro ou os matou. Thanatos está treinando esses homens, mas… Não está indo exatamente bem. Também não podemos nos expor de forma leviana já que podemos acabar sendo capturados e ai não teremos como realmente fazer nada. A verdade é que mesmo se eu e Thanatos lutarmos juntos sem interferências ainda não seriamos páreo para ele.

Ele explicava um pouco melhor a situação que se encontravam. - É só você e a sua amiga? Ou com vocês vieram outros como você?


____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 53
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptySeg 10 Ago 2020, 06:42


Você me ensina e eu lhe ensinarei.


Algo em comum que Apolos e Minos pareciam compartilhar eram uma grande dificuldade em acreditar que seria possível que Quiron pudesse ajudar alguém como Helena, que tanto parecia com Magnus de tantas formas, eu sinceramente gostaria de ter conseguido de fato conversar com ele antes do que aconteceu ter nos trazido aqui, saber mais sobre suas motivações certamente me ajudaria mais do que ter apenas teorias a oferecer e eu não gostava de me apoiar sobre elas sem uma base. Expus meu modo de pensar, tal como era com Minos, talvez pelo próprio modo como eles tratavam a quem já foi o titã, isso me fazia querer crer mais no que eu havia pensado. - Eu comentei com Minos, sobre a teoria de que talvez, ele esperasse que Magnus poderia ser pelo menos enfraquecido por alguém enviado aos céus...- No entanto, enquanto apresentei a minha ideia sobre o que poderia ter acontecido, havia sido Circe que começava a adicionar peças sobre o tabuleiro que realmente complementavam justamente o ponto que faltava para consolidar.

Pensando pelo ponto de que poderia haver rancor, os riscos de levar alguém perigoso aos céus, poderia ser tanto uma punição, quanto uma esperança e o que a moça dizia realmente fazia tanto sentido de modo que realmente eu havia me surpreendido. Por um momento observei um pouco mais da conversa para também ouvir a resposta de Apolis que pareceu pensar sobre o assunto talvez, por uma perspectiva nova, o que teria me feito por um momento sorrir, quando soube que logo Jibril se juntaria a nós.

Se eu dissesse que esperava uma resposta muito positiva sobre as perspectivas atuais, eu estaria mentindo, pela própria construção de tudo o que eu ouvi até o momento, tudo me levou a entender que a esperança era o problema e mesmo uma mente brilhante, pode se ofuscar frente a falta de caminhos claros para um objetivo. Suspirei, e bebi mais um pouquinho antes de começar a falar sobre o que eu pensava, sobre qual também era a minha realidade e sobre também minhas perspectivas.- Bom… Se houve algo que realmente me incomodou, foi a combinação de duas coisas que pra mim, pareceram muito graves.- Diria em um tom de voz mais tranquilo, para iniciar e conduzir a conversa, tal como assim também continuaria sem dar um intervalo muito grande antes de continuar a construir a ideia. - Há quem cuide das pessoas ruins mas, dada a própria situação da ilha não o suficiente para que as pessoas possam viver sem medo… Isso é o reflexo de  que o socorro não chega a tempo. - Eu fechei um pouco os olhos, dando uma pequena pausa pois aquilo me doía mesmo o coração de saber.

- Ouvir isso sobre Thanatos, é inclusive muito do que eu pensei em conversar, a ideia de treinar a população parece o melhor caminho... Mesmo Minos, poderia usar de sua experiência, não em combate mas, como instrutor...- Comecei a desenvolver o raciocínio de maneira a prender a atenção de Apolis. - Mais do que Deuses, mais do que guerreiros vindo de fora, a população precisa de alguém que possa os proteger, este alguém deve vir do próprio Olympo.- Expus o caminho ao qual eu enxergava para que a situação da ilha melhorasse, a criação de novas pessoas poderosas não era algo fácil, tão pouco rápida e também era apenas um dos passos dos muitos que eu tinha para discutir naquela mesa.

-Atualmente… Sobre isso há mais cinco pessoas… Boas e duas de índole duvidosa que subiram o céu conosco… A minha frota acabou ficando na ilha de baixo… Explicando um pouco mais do meu objetivo… Eu quero formar uma aliança e para isso, há muita coisa que precisa ser conversada e ainda mais coisa que precisa ser feita.- Completei… Era plenamente notável que havia muito para se abordar e avançar, mas pra isso eu precisava o ouvir, saber o que pensava e quais eram as dificuldades que ele via sobre a ideia, sobre o que eu havia dito e muito mais do que eu precisava dizer, eu queria que toda a relação fosse feita baseada na confiança e na verdade e por isso, um passo de cada vez era necessário.

Esperava ainda possivelmente a volta de Circe, de Jibril, há altura de se juntarem a conversa era possível que viessem a somar e por isso, chamaria com a mão, dando espaço para que ela se aproximasse quando chegasse pois, poderia até mesmo talvez me complementar em algum momento.




Objetivos:
 
Histórico :
 

Atributos, vantagens e desvantagens, perícias.:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Furry
Game Master
Game Master
Furry

Créditos : 54
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptySeg 10 Ago 2020, 21:56




Slip não havia conhecido Quiron, nem quem ele foi, nem quem era agora. Havia o visto unicamente por um breve relance e talvez por isso fosse-lhe difícil ter chegado as mesmas hipóteses por Circe levantadas. Não que a mulher não gostasse do mesmo, todavia nunca havia sido assim tão próxima dele quanto foram Apólis ou Minos.

- Pode ser um pouco de ambos, ressentimento unido a vontade de se vingar de Magnus. Talvez nem mesmo ele imagine que Magnus não faria nada e deixaria a população a própria sorte. De toda forma, que chance ele espera que alguém que tenha sido capturado por eles tenha contra aquele que os derrotou? - As chamas bruxuleavam em uma coloração quase azulada. - Teria de ser um golpe de sorte muito grande. - Pensava sobre isso, pois talvez um dos guerreiros capturados não houvesse de fato mostrado todo o seu potencial. - Como foi com vocês? - Talvez para alimentar essa possibilidade ele desejou saber.

A conversa seguiu e Apólis pode elucidar melhor a panorama da situação atual que o país vivia. - E quais são as duas coisas? - Seu tom estava mais casual, agora bebia algo que parecia ser um tipo de cerveja embora de coloração marrom escuro.

- Sim, mas também não. Como lhe expliquei, nossa situação não é da que nos dá mais liberdade, então embora possamos agir estamos engessados, por outro lado Magnus não tem interesse em prestar socorro. Então a questão não se dá pelo tempo e sim pela possibilidade. - Enquanto falava ele articulava seu ponto de vista com o auxílio do caneco, o que acabava fazendo a reunião começar a parecer uma conversa de bar entre dois civis que discutem política avançada do reino ao não estarem contentes com as decisões tomadas por seu monarca. Afinal como sabemos, todo camponês em um bar é mais versado em política feudal que qualquer nobre em uma sala de conferências suntuosa.

Seguiram e Apólis apresentava umas das soluções que estavam buscando para amenizar o problema apontado.

Nesse ponto Apólis suspirou um pouco cansado…. - Bem… quando a isso. Você já nos viu não viu? A forma como eu luto não se adequa a maioria das pessoas, Minos se especializou completamente em sua força e nem todos podem ser tão fortes quanto ele… - fez uma pausa e bebeu um gole da sua cerveja. - E bem… Talvez seja possível, mas ele teria que ser treinado para poder treinar e não é realmente algo que fomos capazes. Ele ouve tudo que eu digo, mas isso não quer dizer que entenda. - O que Apólis tentava dizer é que embora Minos pudesse não quer dizer que ele seria adequado ao trabalho. - De nós três Thanatos é o menos inadequado, mas mesmo ele possui alguns métodos …. GOHH, controversos. - As chamas em sua cabeça tremeram ao dizer aquelas palavras. - Concordo que o povo precisa ser capaz de se defender, mas também não é algo que me agrada. Gostaria que eles pudessem apenas viver, ao menos a maior parte deles e por isso que temos tentado treinar uma nova guarda, mas há também um outro problema nisso. - Fez uma pequena pausa antes de dizer uma única frase. - Magnus não gosta de rebites que se destacam.




A última parte ele ouvia bastante concentrado, em sua mão um pedaço de carne no osso parcialmente devorado enquanto ouvia sobre os aliados de Alipheese. - GOHH… Hoje mais cedo, você não acha que… - Alongou a última palavra deixando o que ia dizer morrer. - Espero que seja apenas algum idiota que não tem a cabeça no lugar e não um dos seus. - Tentou desviar do assunto. - Eu consigo entender o que diz, mas… GOH, não consigo entender o porque. Já estamos em um ponto que não somos exatamente capazes de acreditar em boa vontade. - Para ele aquele era um pouco importante, Alipheese havia dito seus desejos e suas preocupações, mas não havia ainda esclarecido para Apólis o que a motivava a fazer aquilo. As chamas na cabeça dele cresceram buscando agora uma coloração mais vermelha alaranjada. - E corte os ideias romantizados. De inventor para inventor, de lider para lider. Porque?

Circe ainda não retornara com Jibril, provavelmente haviam se atrasado ou mesmo a mulher a teria levado até os aposentos que anteriormente comentou para que ela pudesse deixar os pertences.

- Algo que todos aqueles que comandam um dia aprendem ou irão aprender. Nenhuma ajuda é realmente gratuita.


____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 53
Warn : Enuma Elish - Página 5 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 EmptyTer 11 Ago 2020, 15:16


Basta lembrar-se que a bravura esta, em seu coração.

De certo modo o raciocinio faria sentido, se juntos os titãs não foram capazes de subjugar Magnos, esperar que aqueles que foram pelos que estão na parte inferior dessa ilha seria no minimo esperar por um milagre, quase que uma situação como a que nós nos encontramos atualmente onde não houve um combate de fato. Respiraria fundo, tomando um gole para lhe explicar o que aconteceu. - Você se lembra que eu falei que há duas pessoas que vieram conosco de indole duvidosa?- Perguntei de maneira retórica, logo continuando - Houve um plano de sua parte, para fazer com que Helena nos considerasse uma ameaça e nos enviasse para cá. Admito que por já ter travado outras batalhas ao lado dessa pessoa, confiei em simplesmente me deixar ser trazida para cá.- Comentei em um tom calmo, enquanto dedilhava o copo por um tempo, enfim completando - A julgar pela sua guarda, apesar dos números… Realmente seria um milagre alguém que tenha caído em batalha para eles conseguir fazer algo.- Comentei, agora dando prosseguimento a conversa e também o ouvindo.


O deixei concluir seu raciocinio, não seria cortez de minha parte o fazer antes de expor o meu. Analisando toda a situação e como ele explicou comentei - Realmente, aprender o seu estilo de luta não seria algo para qualquer um… No entanto, seu nome ainda pode ser usado para atrair aqueles dispostos e talvez, isso fosse todo o necessário, já que eu poderia cuidar do treinamento se viesse ao caso, a variação poderia só vir a somar.- Comentei, enquanto levantei os braços em um longo espreguiçar, para me esticar, me ajustando novamente em minha postura antes de continuar. - Faz sentido que aqueles que se destaquem sejam um alvo, por isso até que o momento certo chegue a discrição seria necessária e… Conhecer os caminhos ocultos, certamente é um ótimo jeito de fazer as coisas na surdina.- Conclui, de maneira tranquila, onde era possível ver pela minha expressão que aquilo era algo pelo qual eu estava pensando sobre.

Quando ele falou sobre o que vimos mais cedo - Talvez… Mas, se for quem eu penso, não é alguém que cairia de forma definitiva ou que não se possa confiar que se erguerá, quando tiver um apoio.- Comentei realmente demonstrando confiança de que mesmo que não em uma primeira tentativa, que a missão de sua parte seria concluída. Apolis pediu para que eu botasse as cartaz sobre a mesa, apenas a vontade pura e genuína seriam difíceis de se acreditar e oferecer menos que a verdade não era de minha natureza. - O governo mundial deseja que o Olympo se torne um aliado.- Comentei sendo direta, onde o teria olhado nos olhos, antes de continuar a explicar em mais detalhes, sem romantizar a situação.

- Atualmente, tornar isso possível da maneira correta é a minha missão, eu não apoio a crueldade, o envolvimento de inocentes e civis e por isso, é importante que eu consiga completar essa aliança de modo que isso, faça bem a população.- Expliquei a ele de maneira séria e sem desviar o olhar, dando as devidas pausas para respirar, piscar e me fazer mais clara. -No entanto, há alguém que sei que anseia pelo meu fracasso, alguém com o coração tão negro e corrompido quanto do pior vilão, que tem o mesmo objetivo. Esta pessoa, tem influência e a usaria para vir, não com o objetivo de união mas o de conquista. Seus metodos nada mais seriam do que um banho de sangue inocente.- Comentei com algum ranço na voz, já que a simples ideia do que ela seria capaz de fazer, me trazia um escárnio profundo e amargo em minha boca. Teria pego um pedaço de carne, o cortado e colocado na boca, mastigando por um tempo onde por fim, colocaria mais uma vez o meu ponto.

- Eu sei que para conseguir trazer verdadeiramente a paz e a união entre nossos povos, apenas poder, apenas armas não são o caminho e você mesmo, mostrou isso de diversas maneiras hoje. Eu não posso fazer isso sozinha, eu preciso de você, Thanatos, de cada um que estiver disposto a mudar a situação atual.- Eu sabia que a realidade não era bonita, por mais puro que fosse o meu desejo de melhorar a vida daquelas pessoas, sem lógica era impossível estruturar uma base sólida para que pudesse construir um caminho para o que eu buscava. Haviam vários passos e eventualmente a queda de Magnos seria um destes mas, a minha frente estava o guardião do portão para que se pudesse dar os primeiros passos e eu precisava que Apolis tivesse a fé para trabalhar ao meu lado de que o que eu vim fazer dee fato é o bem.




Objetivos:
 
Histórico :
 

Atributos, vantagens e desvantagens, perícias.:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Enuma Elish - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Enuma Elish   Enuma Elish - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Enuma Elish
Voltar ao Topo 
Página 5 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Parthenon :: Olympo-
Ir para: