One Piece RPG
Escuridão total sem estrelas - Página 8 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Dante Hoje à(s) 00:08

» Onde terra e mar se encontram, o início da jornada!
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor rafaeliscorrelis Ontem à(s) 23:32

» Everybody Wants to Rule the World
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Hoyu Ontem à(s) 22:33

» Que tal um truque de mágica?
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 21:57

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Licia Ontem à(s) 20:41

» Um Destino em Comum
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor hitsu Ontem à(s) 20:28

» Bakemonogatari
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 19:09

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 18:49

» Cory Atom
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Kiomaro Ontem à(s) 18:12

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Kiomaro Ontem à(s) 18:00

» Azura V. Pendragon
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 17:40

» The Hero Rises!
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Achiles Ontem à(s) 17:17

» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Noah Ontem à(s) 16:40

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 16:19

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 14:41

» 10º Capítulo - Parabellum!
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 14:34

» [Ficha] - Arthur Infamus
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 14:05

» Livro Um: Graduação
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 13:51

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Veruir Ontem à(s) 11:46

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Escuridão total sem estrelas - Página 8 Emptypor Akise Ontem à(s) 10:35



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Escuridão total sem estrelas

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptySab 09 Maio 2020, 18:04

Relembrando a primeira mensagem :

Escuridão total sem estrelas

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kenzö Tenma. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
K1NG
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyQua 14 Out 2020, 22:35




Escuridão total sem estrelas

Estudos farmacêuticos!



A cena imaginada do dono daquela voz não era nada agradável. Procuraria encontrar algum vestígio no ar de cheiro de tabaco ou algo parecido. Também tentaria ouvir algum outro barulho curioso pelo ambiente, seja humano, animal ou inanimado. Também tentaria distinguir a distância e direção da voz e, sabendo os detalhes, caminharia para tal com calma e tentando expressar educação.

- Bem, senhor, estou com algum tempo antes de minha próxima missão e vim adquirir um pouco de conhecimento antes de ir. – Sua mão ia até o cabelo e em seguida descia até a barba malfeita. – Quero adquirir um conhecimento medicinal suficiente para suprir este detalhe no campo de batalha, perguntei onde poderia estudar sobre e um marinheiro indicou o senhor. – Ele direcionava seu olhar para o velho. – Senhor Tomu, se possível eu gostaria de aprender um pouco com o senhor, seus livros ou seus equipamentos sobre a farmácia. – Finalizou com um pouco de vergonha, é claro, porém tentava não demonstrar isso.

Eram segundos paralisantes, ele já ouviu várias histórias sobre como os militares eram sérios e mal humorados, então esperava uma resposta similar a um tiro de canhão contra seu peito. “Lá vem...”, porém não desistiria de tal.

Com a resposta positiva um sorriso cresceria em seu rosto. – Muito obrigado, senhor! – Trataria de ir na direção orientada para começar seus estudos. Procuraria por livros primeiramente e em seguida perguntaria alguma indicação do doutor. – Poderia me dizer quais o senhor me indica? – Seria uma pergunta mais por educação, afinal ele era inapto na leitura. Até tentaria procurar por livros que tivessem seu tipo de acessibilidade, porém imaginaria que não, ou ainda não. Analisaria os equipamentos utilizados assim como as fórmulas e principalmente medicamentos.

Gastaria o tempo possível para adquirir, assimilar e guardar todas as informações ali adquiridas, afinal era muito importante tê-las. Após isso agradeceria pelo tempo disposto. – Foi um prazer aprender tudo isso, senhor Tomu! – Um gesto de agradecimento finalizaria a interação entre ele e o velho da manipulação.

Após isso, ou depois de uma resposta negativa, finalmente se dirigiria até o local designado para o início de sua próxima designação militar. Um ar de inspiração enchia seu peito.

Histórico:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyQui 15 Out 2020, 22:26

Narração




Tenma pedia o auxílio do velho Tomu para adquirir sua nova habilidade. O velho ouvia o rapaz e por alguns segundos mantinha o silêncio, olhando-o dos pés à cabeça.  - Cof Você não parece um desperdício de tempo Cof Cof o que eu vou te ensinar agora é importantíssimo, é bom cof cof você usar seu aprendizado direito. Tomu então indicava os livros importantes que eram acessíveis ao rapaz. Aconselhou-o durante parte de sua leitura e até mesmo resumiu alguns livros para ele tirando as dúvidas necessárias. Explicava todos os equipamentos com calma tentando descrevê-los em seus mínimos detalhes, mostrando os sons, descrevendo cheiros, tudo que fosse útil para que o rapaz entendesse mesmo tendo suas dificuldades. Ao fim Tomu conversaria com o rapaz.  Você tem talento rapaz cof cof cof. Você está sob o comando de quem? cof cof cof cof... Gostaria de te colocar no meu time no futuro cof... Você cof é disciplinado e cof cof cof cof não enche o meu saco. Pense bem e depois me procure.

Tenma deixaria o velho e iria agora para a entrada do QG esperar as próximas ordens, ouviria os dedos de alguém batendo incansavelmente no balcão. - Ow! Você aí! Tenma né? Tô te esperando. Falava um homem com uma voz um pouco rouca num tom tranquilo. - Sou o responsável pela sua próxima missão. Sua chefe te deixou de lado. Disse que você não tem patente pra continuar indo atrás dos peixão. Sei lá. O homem falava de forma desleixada, entretanto tinha um tom amigável, colocava sua mão no ombro direito de Tenma e dava dois tapinhas. -Mas não se preocupe, sou bem mais legal que ela. Nossa missão vai ser tranquila... Eu acho.

Com a mão no ombro de Tenma o rapaz indicava o caminho para ele fazendo-o andar por várias partes da cidade. Um estranho silêncio pairava sobre o local. O homem parava Tenma e o instruía a se abaixar, o rapaz entrava em um buraco descendo uma fina escada e pisava no chão úmido e cheiro de podre. - Não é o local mais agradável, mas tudo bem você não vai ver nada mesmo hahaha   O homem continuava com a mão no ombro do rapaz mesmo após chegarem no esgoto. - Então, rastros de sangue nos trouxeram da superfície até aqui, mas alguém cortou a luz daqui e... esse cheiro de podre não é o normal para um esgoto. Há suspeitas de que haja um corpo em decomposição aqui. Ella me indicou você pois não depende da visão... Precisamos encontrar esse corpo. Temos que investigar essa cena de crime impossível de se ver... Você é a pessoa ideal para se mover no breu aqui e evitar os perigos do esgoto. hahah

Tenma fora designado para uma missão onde sua deficiência era uma vantagem na verdade. Agora o rapaz deveria tentar investigar a cena e desvendar o mistério por trás da trilha de sangue que foi deixada na superfície. - Eu só sei que há três passagens por aqui, não sei mais nada... Ah verdade, eu sou Ran O. Jimoto... me falaram bem de você... hm.

Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyTer 20 Out 2020, 11:33




Escuridão total sem estrelas

Rastro de sangue!



Isso foi bem... propício?”. Indagou-se o cego que via aquela missão como uma ótima oportunidade de reconhecerem seu valor. Ainda na última missão ele percebeu que de fato conseguia cuidar de si assim como os outros sem nenhum impedimento, ele também conseguiu comprovar sua justiça superior acima de outros companheiros de equipe, mesmo que lhe custasse feridas, cicatrizes e muita dor de cabeça. – Certo, senhor! Espero que eu possa cumprir com meu papel. – Respondeu, educadamente, e com uma breve continência. Respeito era muito importante.

Tenma sacava sua espada, porém não a tirava da bainha, apenas a usava como bengala, tateando o chão horizontalmente. A batia no chão de um lado e depois a levava a outro. – Bem, se alguém teve que fazer isso ele também tinha alguma forma de se orientar no escuro. Eu consigo ouvir com facilidade certos detalhes que outras pessoas deixariam passar... – Disse isso enquanto tentava se concentrar para ouvir qualquer ruído pelos corredores do esgoto. Esperava ouvir passos ou vozes, isso seria importante, e também tentava ouvir algum outro barulho peculiar. Era irônico ouvir barulhos peculiares justamente no esgoto, que cômico! – Bem, ele ainda deve estar aqui. Mas nós precisamos de saber todas as saídas do esgoto, se o elemento que fez isso já saiu dos esgotos ele deve estar em um bairro próximo a uma entrada... Imagino que haja muitas, certo, senhor? – Indagou enquanto caminhava sendo guiado pela sua audição.

Era notório que suas táticas investigativas eram simplesmente “infantis” comparadas com os agentes mais especiais da marinha, mas sua especialidade poderia, e seria, um trunfo nesta missão. “Escute, discirna e procure!” A mão no cabo da espada não tremia, ele não poderia ficar nervoso, mas era inegável que a ansiedade lhe trazia arrepios. “Não posso desapontá-los justamente no que me faz especial, seria uma derrota imensa.

A lâmina certamente estaria preparada quando encontrasse algum sujeito suspeito, prepararia o saque e teria atenção redobrada, afinal poderiam cair em uma armadilha.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyQui 22 Out 2020, 00:39

Narração






- Bem, se esse cara consegue ver no escuro estamos falando de uma habilidade bem mais avançada... Nada comum nos blues... hm Seu tom era curioso e ao mesmo tempo um pouco de preocupação poderia ser percebida em sua fala. Tenma e Ran andavam juntos pelo terrível cheiro do esgoto. Utilizando sua espada como uma bengala e uma extensão de seu corpo Tenma percebia as alterações no relevo e até mesmo batia sua "bengala" em alguns ratos que por lá passavam, ambos se guiavam pelo cheiro fazendo diversas curvas tortuosas nos grandes túneis do esgoto.

- O número de saídas aqui é grande mesmo, mas o rastro de sangue começou na superfície, ou alguém estava fugindo de alguém e acabou morrendo aqui, ou o serviço era matar alguém e esconder o corpo. No momento temos que encontrar e OOOH MERDA. Sua fala era interrompida pelo crescente cheiro de podre no ar, quanto mais se moviam mais forte o cheiro ficava, com certeza estavam no local certo.

Era muito difícil manter uma respiração regular, cada pequena busca por ar trazia consigo aquele cheiro de carne podre somado ao esgoto. Balançando sua espada de lá para cá, Tenma ouviria um som metálico e sentiria um pouco de resistência dali para frente, sua bengala estava sendo arrastada por um mar de moedas e finalmente um corpo.

Daqui em diante o cheiro era insuportável, uma grande quantidade de moedas cercava o corpo. Tocando-o com a bengala saberia que já estava sem vida, algumas batidas em partes aleatórias de seu corpo revelavam o quão inchado ele estava.

Ran não aguentava e deixava seu vômito escapar, parecia sofrer com o cheiro. - Você... consegue... descrever?   Economizava em suas palavras, já não conseguia mais aguentar o cheiro podre que os rodeava.

O silêncio pairava e mais distante ouvia-se passos ecoando na direção da dupla. Era evidente que quem quer que fosse conseguiu ouvir o vômito de Ran, pois segundos após os passos começaram a ecoar ainda mais forte.  - Recuperar... corpo... evidências... evitar combate. Desvantagem para você também.

Um comando curto, entretanto claro, Ran sabia que um confronto no esgoto poderia não ser o ideal, mas também sabia que não poderiam perder as pistas do crime. na verdade a dupla não sabia de nada, nem mesmo o caminho de volta, afinal foram seguindo o cheiro e agora que estavam em frente a ele não sabia mais o que fazer. Um possível inimigo vindo rapidamente em sua direção, nenhuma evidência coletada, perdidos no esgoto com um cheiro extremamente desagradável e moedas ocupando o chão inteiro fazendo barulho para todos que ali estavam. E agora?


Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyQui 22 Out 2020, 22:46




Escuridão total sem estrelas

Rastro de sangue!



O cheiro fazia seu estômago embrulhar. Parecia um motor antigo preparando para um arranque seco sem óleo. – Que nojo... – Bradou, erguendo o braço livre frente ao nariz e boca. Se lembrava da flor-cadáver, era interessante ter essa memória em mente junto com o dia em que teve de prestar esse péssimo serviço a uma senhora bem... peculiar. A lembrança poderia lhe trazer algum tipo de resistência, porém era fato que seu corpo não suportava ficar ali por muito mais tempo. O nariz irritado junto com a ordem clara de evitar combate dada por seu superior era a deixa perfeita para deixar o local, porém as provas e evidências não poderiam ser largadas ali. – Merda... senhor, leve o corpo, tentarei segurar quem quer que esteja se aproximando. – Ele tentava buscar alguma confiança naquela luta que seria um grande perigo a sua vida, em especial a sua saúde. – Eu não quero durar muito, apenas vou tomar o tempo para o senhor sair daqui. Eu consigo me virar apenas pelo barulho dele, e ele está chegando... – Novamente exclamou.

Era óbvio que a batalha teria uma grande desvantagem. O ambiente assim como seus arredores lhe dava um desconforto com respeito aos movimentos que teria de executar. “Curtos e pesados... curtos e pesados”, focalizava em algum tipo de dança da lâmina que aprendeu quando criança. Desembainhar a espada não era problema, ele já havia feito isso mil e uma vezes, porém desta vez parecia ter algo diferente. De fato, o cheiro das flores não lhe ajudava nem um pouco. – Quem está aí? – Perguntou em alto e bom tom, aproveitando também o eco da galeria de esgoto. – Apresente-se! Somos da marinha! – Novamente perguntou, não economizando esforços no volume de sua voz.

Tenma ergueria a lâmina frente a seu corpo, como que preparando uma defesa para um iminente ataque. A lâmina bloquearia a investida, guiado, claro, pelo som dos movimentos corpóreos do elemento que se aproximava. Ergueria também ambos os braços, para ter uma melhor empunhadura da arma, assim como arquearia a coluna e pernas, buscando mais leveza em seus movimentos, assim como melhor impulso para tais.

Aguardaria uma resposta, caso contrário daria passos cautelosos para trás sem perder a direção do ser que ali também estava. Não queria dar as costas, porém não avançaria em sua direção. Sairia escoltando seu superior, dando as direções necessárias com atenção aos barulhos e detalhes vindos de outros corredores da galeria de esgoto. Aproveitaria a abertura que deixavam quando entraram para ter uma direção da saída.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyTer 27 Out 2020, 18:56

Narração








A tensão no esgoto aumentava a cada passo que a pessoa misteriosa dava do outro lado, Ran engolia seco ao ouvir o pedido do rapaz. Carregar um corpo na água do esgoto não era nem um pouco o que ele esperava da missão, ainda mais ser mandado por Tenma. Ouvia-se ele tirando seu blazer desabotoando-o com cuidado, em seguida jogava-o no corpo e o levantava colocando-o em seu ombro. Era um corpo leve, ao mover o corpo mais algumas moedas caiam dele e percebia algumas finas pontas de madeira no corpo, flechas talvez.- Merda, o que tá acontecendo aqui.

Tentava ignorar o cheiro, mas mesmo com o casaco, o corpo estava fedendo demais, coberto de água do esgoto e provavelmente o sangue pingando nele, Ran comentava num sussurro com Tenma. - Não vai dar, não vou conseguir voltar sem você. Não era uma frase fofa, e sim sobrevivência básica, Ran não fazia ideia de como voltar..

O marinheiro também preferia não abandonar seu posto deixando Tenma sozinho.- Aqui nos Blues esse negócio de ser morto em combate não vale a pena. Morra em outro lugar. O tom normal de Ran havia voltado, com uma mão segurava o corpo e com a outra tampava o nariz, assim que ficou sério Ran já não se importava mais com o cheiro como antes.

A distância dos passos ia se encurtando a cada segundo, era possível perceber que agora o eco era realmente apenas um som de fundo para os passos que já estavam no mesmo corredor que a dupla. Ran dava um passo para trás, já não sabia bem a distância entre ele e Tenma, mas sabia que se ficasse no caminho acabaria cortado.


Prestando bastante atenção aos sons à sua frente Tenma ouviria a respiração controlada de uma figura com a mesma altura que a sua. - Podem colocar o meu amigo no chão, por favor? Eu ainda preciso dele. Apesar de sua palavras educadas, seu tom era sombrio. O homem aos poucos se aproximava da dupla.  - Vamos lá, eu ainda não terminei de testar... Devolva o corpo. Ele é meu.

Tenma ouviria o som de uma corda sendo tensionada e em seguida um último comando do homem.
- Se movam de qualquer maneira e eu atiro. Só o de trás, deixe o corpo e leve seu amiguinho embora.

Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyQua 28 Out 2020, 14:25




Escuridão total sem estrelas

Rastro de sangue!



Tenma tentava não expor o nervosismo, talvez um profundo e escondido, medo que lhe deixava nervoso. – Então foi você quem fez isso? – Perguntou de forma retórica. Suas mãos, no cabo da espada, não pareciam bem certas com o que fazer, porém ele tinha uma direção e alvo a sua frente. “Pelo menos ele se aproximou, mais um passo e ataco ele... mas o senhor Ran. Que merda de missão infeliz!”, sua mente tentava acomodar tantas questões que lhe deixavam confusos. Quem era ele? O que ele fazia? O que são aquelas coisas caindo do corpo do defunto? “Droga, droga, droga!”. – Então você será detido! Renda-se, largue o que está segurando e coloque as mãos na cabeça!

O cego sabia muito bem que suas ordens não passavam de palavras vazias para o suspeito, porém era seu papel como marinheiro e arauto da justiça proferir aquilo. Assim como as palavras que provavelmente não teriam efeito quanto ao misterioso ser, ele também se preparava para o pior. Mais uma vez era de se esperar que ele portava uma arma, e pelo som parecia ser algum tipo de chicote ou corda mesmo. Ele também imaginava que os próximos movimentos seriam ofensivos, ou seja, sua tentativa seria de defender o golpe, protegendo a evidência e seu superior. A lâmina a frente de seu corpo, assim como sua postura de combate, não estava apenas de enfeite. Sua espada não titubearia em cortar o ar rumo ao ser misterioso a sua frente. Imaginava que o senhor Ran ainda estaria atrás de si, então não teria tanto com o que se preocupar caso atingisse-o.

Outra questão importante a ser levada em conta era o ambiente. Ele provavelmente tinha mais conhecimento de onde estavam do que Tenma e Ran, o que seria uma desvantagem notável.

Concentrando-se em se defender das investidas o cego tentaria focar sua atenção nos próximos movimentos do ser. Ouviria atentamente cada som emitido, seja respiração, movimentação de membros, passos e afins. Era notório também que a direção de onde os sons eram emitidos influenciaria na forma com que tentaria se defender. A lâmina cruzada diagonalmente para bloquear golpes frontais, assim como uma rápida aceleração em bloquear outros movimentos altos e também baixos. Deslizaria a lâmina contra o corpanzil da criatura que lhe ameaçava na menor chance de efetuar um golpe contra ele.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyTer 03 Nov 2020, 03:26

Narração




A tensão era tão grande que nenhum dos dois parecia incomodado com o cheiro mais, vez ou outra o cheiro tocava as narinas dos ali presentes, mas sua concentração ganhava do desconforto. Tenma dava ordens para o homem, mesmo sabendo que seria em vão o rapaz tinha que mostrar dominância de alguma forma. - Pff KUKUKUKUKU Vocês serão caças melhores então, eu normalmente espero mais tempo... O homem desdenhava da fala de Tenma.

Assim que Tenma movia-se preparando para atacar, a corda que antes havia sido tensionada agora parecia explodir violentamente acionando algo que voava na direção de Tenma em alta velocidade. No instante em que ouviu o som, Ran unia com a informação que tinha anteriormente. - CUIDADO! ELE USA FLECHASSS! Ran voava na escuridão para tentar ajudar seu colega, seu tempo de reação somado aos rápidos reflexos de Tenma evitaram que o pior acontecesse. Ao invés de receber uma flechada em seu peito, Tenma tinha seu bíceps alvejado por aquela flecha. Assim que sentia o contato com sua pele seu braço ficava inutilizado, a fecha atravessava sua carne e o sangue quente escorria pelo braço descendo por seus dedos..- Eu falei para não se moverem KKUKUKU vamos brincar.

Ran ouviria o grunhido de dor de seu companheiro, mas não saberia que parte de seu corpo fora alvejada, entretanto sua mão voltava para o ombro do rapaz enquanto carregava o corpo.Nossa missão era só pegar o corpo, vamos! VAMOS!! Gritava desesperado sem ter certeza do que acontecia em frente.

A dupla ouvia a corda da besta tencionar mais uma vez, o estado de alerta de ambos era alto, não podiam vacilar, de alguma forma o homem enxergava no escuro e tinha uma ótima pontaria ao que tudo indicava. - Isso! ISSO! FUJAM!! Vai ser mais divertido. Vou contar até 30 e vou atrás de vocês KUKUKU

O homem brincava com a dupla, silêncio absoluto reinava por alguns segundos até que o homem começava a contagem. - 1...2... O ato de sadismo do maníaco do esgoto poderia ser a chance perfeita para a dupla escapar.



Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyTer 03 Nov 2020, 14:49




Escuridão total sem estrelas

Rastro de sangue!



A dor fazia a cabeça de Tenma doer muito. Seus dentes rangiam junto com os dedos apertando o cabo da espada com uma força além do normal. – Merda! – Rugiu ante a flechada que recebia no braço. A espada parecia mais pesada, logo ele passava-a para a outra mão. Sabia que era uma situação bem desvantajosa, o que era um grande problema afinal aquela criatura desconhecida também conseguia enxergar no escuro, o que era algo bem... anormal. – Sim, senhor! Vamos! – Sabia que por hora era melhor fugir, não sem puxar o corpo com o resto de suas forças no braço não ferido.

Curvava uma galeria e logo ouvia a voz que lhe dava arrepios. Ele contava. – Senhor, o som da rua vem por ali! Vamos! – Tentou de alguma forma dizer isso como modo de lhe dar um impulso a sair mais rápido dos fedidos esgotos da cidade. O cego seguia o som das ruas, na provável direção de onde a tampa do bueiro por onde entravam estava aberta, o que esperava que sim.

A mão puxava o corpo morto da evidência do crime enquanto ele tentava fugir da voz na escuridão sem saber como ele viria. Sabia que estava armado com uma possível besta, ou arco, e flechas. E isso era um grande problema, pois um combatente a longa distância era a sua maior fraqueza. Era uma oportunidade bem incomodante, mas seu dever gritava mais alto e ele deveria pensar em uma forma de se defender. “Bem, contando a distância em que ele puxou o fio do arco e disparou a flecha, a aquela distância... creio que a distâncias maiores eu consiga desviar... quem sabe aparar a flecha. Porém vai ser bem difícil e com esse braço machucado ainda vou ter mais problemas.” O cego pensou, tentando de alguma forma montar uma tática de defesa. “Tsc... só quero sair logo daqui...” Reclamou em seu íntimo. “Agora entendo porquê os marinheiros ficam tanto de mal humor.

Corriam seu caminho para a saída e chegando lá não demoraria em sair do local. Era uma situação literal de caçada, porém Tenma era a caça. A lâmina estaria preparada para ser usada como forma de se defender, porém o som dos passos e o barulho da linha do arco ser flexionada seriam um gatilho para sua defesa ficar ainda mais ativa e, de alguma forma, seja colocando os braços a frente do corpo ou até, talvez, desesperadamente tentando cortar a flecha em pleno ar. Bem... o cego não tinha muitas opções além de fugir e deixar a evidência salva para ser pesquisada, porém ele sabia que ali estava a raiz daquele problema. – Ele é o criminoso e eu estou fugindo... – Era um verdadeiro dilema.

O futuro poderia lhe reservar algo bom, porém aquilo ressonava em sua cabeça, como um peso na consciência bem grande. “Isso não está certo!”, afirmava em pensamento.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyQua 04 Nov 2020, 03:31

Narração




Fugir era realmente a única opção que a dupla tinha. Com Tenma liderando a fuga seus passos eram apressados e um pouco confusos. Por mais que estivesse tentando focar no barulho da rua, a respiração ofegante de Ran, a dor em seu corpo, a água correndo em seus pés e o homem contando ao fundo eram empecilhos para que o rapaz conseguisse focar como sempre focou.


Levou mais tempo do que gostaria para chegar onde já conseguia ouvir a brisa do lado de fora. Ao fundo ouvia a voz do homem. vinte e cinco... vinte e seis.... Ambos ficariam tensos ao ouvirem que a contagem já estava nesses números. Ran pensava em qual a melhor maneira de colocar o corpo na escada, por mais que não fosse tão pesado para ele, ainda tinha que fazer um pouco de força a mais, mas não podia perder tempo. Segurava o corpo com apenas um braço e começava a subir as escadas. Ao fundo ecoava. trinta... E LÁ VOU EU. Tenma ouviria a voz e em seguida os rápidos passos do homem indo em sua direção.

Ran desesperado subiria ainda mais rápido, dando a brecha para que Tenma fugisse também. O rapaz tentava subir as escadas com apenas um braço, por mais que tivesse dificuldades aos poucos ia emergindo do buraco. Seu coração batia forte rolava no chão afastando-se da saída do esgoto. Tenma aos poucos se recompunha e podia lembrar dos últimos segundos antes de subir as escadas. Ele havia ouvido os passos do homem cessarem muito próximos dele e o homem sussurrava Vai ser mais interessante eu te encontrar... depois, você é minha presa... Ceguinho-san. Essa frase ficaria ecoando na mente do rapaz. O homem havia falado baixo pois sabia que apenas Tenma iria escutar.

Agora já na parte de cima, Ran soltava um pequeno som demonstrando surpresa, o corpo que ele via a sua frente estava cheio de furos das flechas, algumas ainda alojadas, o corpo inchado não permitia entender exatamente a idade da pessoa, mas era um homem. Olhando melhor veria também uma moeda estranha com o corpo. - Cara, não pode ser... O Caçador está aqui... Ran soava assustado, parecia reconhecer a moeda e o jeito que o corpo estava.
- Nossa missão acaba aqui! Vamos correr para o QG, não podemos ficar por aqui. Espero que ele não saiba quem somos. Vamos, rápido, para longe daqui. Ran pegava o corpo e saia correndo.

[/justify]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 EmptyQui 05 Nov 2020, 13:34




Escuridão total sem estrelas

O Caçador!



Aos poucos a respiração voltava ao normal. Mas... tinha algo de diferente ali, Tenma em especial se sentia um pouco incomodado com aquilo. As palavras do tal Caçador ecoavam por tua cabeça, como um filme de terror que demora a ser esquecido. “Quem é esse cara? O que ele quer comigo?”, pensou de forma fútil enquanto se levantava para ir embora. A dor em seu braço perfurado era esquecida por instantes por conta daquela nuvem de preocupação que pairava sobre sua mente.

Seus passos lentos e cansados, além de uma mão no braço ferido lhe davam ainda mais raiva de ser incapaz de cumprir com uma missão tão simples. Se ele apenas tivesse escutado seu superior em pegar o corpo e sair dali nada disse teria acontecido. – Senhor, me desculpe por desobedecer a sua ordem direta. – Disse em tom melancólico, porém com certeza em sua voz. Esperava uma punição por isso. “Eu preciso ficar forte... não consigo nem me defender quanto mais defender uma outra vida.” Ele olhava para o céu, ainda que em vão. “Que isso sirva de lição!” Exclamou em pensamento.

Em caso de estarem próximos ao quartel aproveitaria para ajudar no que fosse possível em levar o corpo morto do rapaz, ainda que com apenas um braço. O sangramento de seu braço perfurado seria um problema caso não tratado. Faria uma rápida análise tátil para identificar a profundidade e gravidade da ferida, também tentaria se lembrar de remédios específicos que fossem bons contra as possíveis infecções que sua ferida pudesse sofrer, afinal ele estava em um lugar que gritava sujeita, vermes e bactérias. Tenma nunca foi um exemplo em se manter limpo, se lembrada até mesmo de sua infância quando ele ajudava sua mãe no jardim e acaba por se sujar todo de terra e grama. Era engraçado naquela época, porém agora ele poderia até mesmo perder um membro por bobeiras como aquela.

Sua cabeça começava a doer de preocupação. E de forma quase que sem pensar ele soltava: - Senhor, se me permite, quem é o Caçador? – A voz bem crua e simples tentava dar o tom de real interesse naquele personagem. O título deveria ser a altura de quem o possuía e certamente depois de ouvir a reação de seu superior em saber quem era o culpado daquele crime ele tinha ainda mais vontade de descobrir essa importante e perigosa figura.

Caso chegassem no quartel trataria de prestar continência para se despedir temporariamente de Ran, se lavar e aproveitar o resto do turno para polir sua espada e pensar bastante sobre o assunto. Aproveitaria para estudar ainda mais algumas ervas combinadas junto com formas de aplicar alguns artifícios a seu combate. A ferida seria tratada o mais breve possível na enfermaria, o que seria bom para observar e aprender um pouco mais de farmácia e enfermagem.

Ainda assim, com tantas formas de se distrair, ele ainda tinha algo badalando em sua mente. “Vai ser mais interessante eu te encontrar... depois, você é minha presa... Ceguinho-san.

- Quem é você?

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 8 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Escuridão total sem estrelas
Voltar ao Topo 
Página 8 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: