One Piece RPG
Escuridão total sem estrelas - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Akira Suzuki
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:58

» Lurion
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 10:57

» O Legado Bitencourt Act I
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Ineel Hoje à(s) 04:15

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 23:54

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:20

» Seasons: Road to New World
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 22:04

» Supernova
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 21:56

» Hey Ya!
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 21:55

» Cap.1 Deuses entre nós
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Thomas Torres Ontem à(s) 21:05

» The One Above All - Ato 2
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:44

» A inconsistência do Mágico
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 19:27

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 18:23

» As mil espadas - As mil aranhas
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 17:46

» [Mini - Cass Sabach] A fumaça cresce no horizonte
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Jinne Ontem à(s) 16:34

» Um Destino em Comum
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor (Orochi) Ontem à(s) 15:13

» A busca da liberdade
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Dogsofain Ontem à(s) 14:12

» Karatê Cindy
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 13:11

» Meu nome é Mike Brigss
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 12:03

» Enuma Elish
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 10:12

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Escuridão total sem estrelas - Página 2 Emptypor Furry Ontem à(s) 09:59



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Escuridão total sem estrelas

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptySab 09 Maio 2020, 18:04

Relembrando a primeira mensagem :

Escuridão total sem estrelas

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kenzö Tenma. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
K1NG
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptySeg 18 Maio 2020, 22:42




Escuridão total sem estrelas

Primeiros passos



- ... – O cego respirava fundo. Que dia estranho, esperava ele acabar logo aquelas três horas e ir logo comer alguma coisa, ele começava a sentir fome, além de que era bom tomar um café da manhã reforçado para seu alistamento. Enfim, não sendo um momento tão apropriado para pensar demais, logo após dar uma varrida na loja, ele decidiu então aguardar novos clientes, próximo ao balcão. Aguardaria ali, de pé mesmo, aquele bendito sino tocar referenciando alguma pessoa entrando na loja. – Imagino como deve ser esta loja... será que é bem clara? Será que dá pra ver a rua pelos vitrais? Heh. – Conversava sozinho imaginando o invisível.

Tenma se sentia bem entediado depois de um tempo. “Nada pra fazer, apenas esperar alguém com dinheiro aqui para lhe vender uma arma para fazer sabe se lá o que.” Pensou. “Quem sabe uma boa alma aparece aqui.” Felizmente seu pensamento parece ter sido ouvido por alguma entidade leitora de mentes. “Que bom!”, porém nada daquilo era como ele imaginava. O cliente parecia conhecer bem a loja, afinal, chegou já retirando e pagando um arco e aljava, esperava ele. – T-ta bom... – Balbuciou sem certeza ao ouvir aquela voz feminina deixar a loja. “Que estranho...” Guardaria o dinheiro em alguma gaveta ou caixa registradora que ali estaria.

Novamente o marasmo continuava, ele coçava a cabeça, cantarolava alguma música de infância, estalava os dedos das mãos... nada de diferente além daquele paradeiro. Felizmente o silêncio atormentador era cortado pela mesma voz do rapaz de antes, o que lhe propôs o emprego. – Você novamente... – Sorriu. – Na verdade posso ver pra você. – Responderia se dirigindo para trás do balcão, batendo a bengala no chão para não esbarrar em nada, porém, antes de adentrar a porta que ali estaria ele perguntou. – Mas como é o nome dele? E o seu? – Indagaria, que de certa forma era óbvio para chamar pela pessoa que aquele rapaz se referia. Após a identificação, caso fosse feita, ele sim chamaria. – Ô fulano, sicrano está te chamando. Está aí? – Exclamaria sem gritar, porém, em um volume considerável. Em seguida retornaria ao balcão enquanto tentava identificar o que o rapaz fazia abrindo a vitrine. Era de fato interessante saber o que ele estava fazendo, afinal, suas desconfianças não paravam, infelizmente. – A pólvora tem a ver com isso? – Perguntou novamente. – Não quero me intrometer nem nada, apenas quero ajudar. – Sorriu ao final da frase de forma sugestiva.

Não lhe eram dadas muitas escolhas, após a saída do rapaz Tenma iria em direção a vitrine para checar se estava tudo certo, afinal, era seu trabalho. Olharia ao lado direito, primeiramente, onde a mulher de voz refinada comprou o arco, ele tatearia as prateleiras e estantes para reconhecer se estava tudo conforme viu da última vez. Em seguida ele seguiria para o lado esquerdo, tatearia para ver se estava também tudo nos conformes, porém algo lhe vinha a mente. Da última vez que olhava por ali ele percebeu que naquele lado as armas estavam bem mais próximas, uma possível falta de espaço, do que o normal. Seria interessante estabelecer estes fatores, pois, ele poderia estar fazendo algo muito feio. A voz de seu pai vinha a sua mente, como se estivesse ao seu lado. “Roubar é muito feio, Tenma!” O cego continuaria checando a loja após a saída do rapaz, porém, ainda estaria atento a clientes que poderiam adentrar o estabelecimento, o costumeiro – Bom dia, o que procura? – E o cordial atendimento seriam característicos. Não obstante ele também estaria atento se a presença da pessoa que estava nos fundos da loja também seria perceptível, ora, caso se ele não estivesse ali onde estaria? E pior, o que faria um cego sozinho naquela loja? “Tsc... faltam quantas horas ainda?”, pensou com ansiedade e com o estômago roncando.

Tenma decidia se acalmar um pouco, não era natural aquilo acontecer. Tentava se lembrar de momentos calmos, em especial seu antigo trabalho. – Por que eu parei de trabalhar lá mesmo? – Refletia em baixo som. – A sim... por isso... – Sussurrou se respondendo.

Era importante não deixar exponenciais oportunidades lhe escapar, logo, caso o rapaz retornasse à loja, o que imaginaria Tenma que não demoraria muito, o cego perguntaria: - Como anda lá? Queria poder ajudar... – Diria de forma bem interesseira, além de demonstrar mais atenção aos sons que o rapaz emitiria. Estaria ele com passos pesados, como os últimos que ele deu ao sair da loja? Estaria ele ofegante ou algo do tipo? Estaria também acompanhado, ainda que se esta companhia estivesse do lado de fora da loja? Eram questões consideravelmente importantes.

Histórico:
 

Objetivos:
 


Última edição por K1NG em Qua 20 Maio 2020, 18:57, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 1
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptyQua 20 Maio 2020, 18:49





Kenzo Tenma

Fim da Manhã



Quando Tenma resolvia colocar o dinheiro recebido dos clientes na caixa registradora, puxava uma outra gaveta ao invés disso, sentindo a movimentação de algumas moedas de ouro mais pesadas que o normal caírem no chão. Caso examinasse, descobriria que eram maiores que moedas normais e traziam insígnias presas a elas, se tratando de medalhas.

- É o Scrudge. Eu... Ah... E-eu... Eu sou o João. - Ele respondia e continuava por ali, mexendo nas armas. Tenma chamava o ferreiro, que não respondia, apenas parava de bater em sua forja. Um silêncio estranho se perdurou por um tempo, e então Tenma realizou suas perguntas. João não respondia e apenas podia-se ouvir o som de sino à porta durante a sua saída. Dessa vez, caso Tenma resolvesse averiguar as vitrines mais uma vez, veria que estavam vazias. Todas as armas ao lado das armas de fogo, incluindo as mesmas, haviam sido levadas.

A loja então passava por um longo tempo de inatividade, ninguém entrava e ninguém passava por lá. Nem mais um pio era dito ali perto, e nenhum som vinha da forja lá atrás. Tenma já estava ficando ansioso pelo fim de seu tempo de trabalho, mas agora tinha surgido uma nova problemática com relação aos armamentos desaparecidos. O calor no interior da loja estava começando a aumentar, passando a ficar até mesmo um pouco abafado ali dentro. Por fim, antes que Tenma pudesse tomar alguma decisão sobre o que deveria fazer, o sino da porta tocava novamente. - Oxente. - Rosemeri entrava, parecia cansada e surpresa com algo. Não dava para saber ao certo se era com a vitrine vazia, mas era o mais provável. - Quê que se passou aqui?!





Histórico:
 

____________________________________________________

Escuridão total sem estrelas - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 23
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptyQua 20 Maio 2020, 22:02




Escuridão total sem estrelas

Primeiros passos



Era bem problemático ter de ouvir aquela situação sem ao menos saber de que se tratava. Era horrível não poder agir com total confiança ante ao que estava acontecendo, porém, era seu dever cuidar da loja enquanto Rosimeri não voltava. – Enfim... – O cego guardava o dinheiro em uma gaveta que esperava ser a caixa onde ficavam registrada as notas, porém algo peculiar era encontrado, na verdade caía de lá. – O que é isso? – Diria se abaixando para pegar. – Moedas? – Indagou com grande dúvida. Ele ainda não sabia quanto ao que fazer, em suma todas as situações o deixavam bem confuso. A pessoa que estava atrás da loja já não fazia os mesmos barulhos de antes, quem sabe se ela ainda estaria lá? E João também não o respondia. – O que está acontecendo aqui? – Sussurrou muito desconfiado. Tentaria ver, pelo tom de voz do rapaz que estava mexendo com as armas, se ele realmente estava falando a verdade ou não. Poderia ser “previsível” de acordo com a entonação e o modo com que ele respondia. Tinha certeza em sua fala? Ele falava a primeira coisa que vinha a sua mente? Era isso o que Tenma tentaria julgar.

Porém não era hora de permanecer ali nas mãos da miserável dúvida. – Que calor... – Balbuciaria ao balançar a borda de seu quimono. – Mas o que... – Sua frase era interrompida pela de Rosemeri. Ele sem nenhuma preparação, sendo pego completamente de antemão, responderia: - Eu... realmente não sei. Aquele cara que trabalha aqui, acho que é João, mas não tenho certeza. – Diria enquanto pensava no que diria ante ao calor que subia. – Ele apenas pegou as armas que estavam nesta vitrine e saiu junto com o Scrudge... – Completou, porém sem antes finalizar seu raciocínio antes arquitetado. – Eu realmente acho que fomos roubados e ele parece ter colocado fogo na loja! Isso justifica o cheiro de pólvora que senti quando ele entrou! – Finalizou enquanto tentava localizar a origem do calor. Ele não tinha muitas escolhas, era de grande importância se assegurar da segurança dele e de Rosemeri. Porém não deixaria aquela situação atrapalhar. Balançaria sua bengala horizontalmente pelo caminho da loja, iria na direção de onde o calor mais era emitido, porém com cautela. Aproveitaria para se atentar a estalos de qualquer coisa sendo queimada. – Talvez a forja ...! – Disse tentando imaginar onde era a origem do calor.

Suas ações seriam primariamente apagar a origem do fogo, se de fato houvesse um. Ainda com a bengala ele tentaria interceptar qualquer caminho de pólvora delineado na loja, uma explosão seria a pior coisa que poderia ocorrer e, devido ao fato de o silêncio ter se instaurado no ambiente, provavelmente não havia mais ninguém próximo a loja. O rapaz tentaria também apagar o fogo com qualquer coisa, ou superfície, que ali estivesse. Se possível procuraria alguma lona, ou algo parecido, para apagar o fogo. Era de se imaginar que em uma forja poderia haver algo do tipo, e isso seria de grande utilidade. Ele também procuraria alguma fonte de água, seja uma torneira ou algo similar, jogaria a água na base do fogo. Caso não houvesse nenhum fogo, apenas um calor anormal saindo ele trataria de diminuir aquilo, era notável seu esforço em não deixar com que aquela situação piorasse, logo, tentaria apagar a fonte de calor com o que fosse necessário.

Tenma estava muito preocupado, o que dirá se tudo aquilo fosse planejado para acabar com Rosimeri. Primeiro o caso no porto, misterioso, e agora isso. Esse João, como disse, e que o cego desconfiava, com certeza era um dos maiores suspeitos. – Isso não está nada certo.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 1
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptySex 22 Maio 2020, 20:15





Kenzo Tenma

Fim da Manhã



A primeira reação de Tenma era a de realmente procurar uma fonte de calor pela loja, seguindo o raciocínio lógico que poderia explicar de alguma forma aquele calor infernal que ele já vinha sentindo há algum tempo por ali. Explicava-se rapidamente para Rosemeri, que assentia com a cabeça, tendo entendido um pouco do que havia acontecido. - Caralho, macho! Eu sabia...! - Ela corria para o balcão, recolhendo alguns itens de importância para ela. Salvava os seus documentos e as medalhas que possuía nas gavetas, deixando até mesmo o dinheiro para trás ao ouvir sobre a desconfiança de incêndio.

Tenma seguia para a porta nos fundos, abrindo-a e percebendo que o calor se intensivava, realmente havendo fogo na parte detrás, onde possivelmente se encontrava a forja daquele lugar. - Me ajude aqui! - Rosemeri seguia entregando ao homem um caixote pesado contendo alguns itens. - Mete lá pra fora! Aqui nós tem a pólvora das munição, esse lugar num vai ficar bom não! - Alertava sobre a gravidade do que estava para acontecer, e então ela se distanciava, parecendo seguir até o interior da loja e se perder da audição de Tenma.

Caso Tenma resolvesse se salvar e salvar os itens a si entregues, esperaria ao lado de fora por mais ou menos dois minutos, quando Rosemeri sairia, com uma bolsa de couro amarrada ao seu tronco. Seu rosto estava completamente suado e sua testa estava cheia de fuligem, coisas das quais apenas o cheiro da fuligem seria sentido por Tenma.
- Olha... Tá aqui... - Ela surgia, entregando a Tenma uma katana com um cabo de bengala, que podia ser utilizada como uma caso encaixada em sua bainha de madeira. A voz de Rosemeri parecia completamente diferente, desanimada e triste, mas fazia o possível para esconder isso. Pela rua, era possível perceber a comoção de pessoas que começavam a murmurar em frente a loja, assustadas pelo o que estava acontecendo. Aos poucos a fumaça negra começava a surgir nos céus acima da loja de armas.

- O seu pagamento e tal... Valeu por tudo... E desculpa ter te metido nisso, sei lá... Agora... Tenho contas a acertar com um certo alguém. - Ela dizia, firme. Tenma estava livre para seguir o seu rumo, qualquer que fosse ele.





Histórico:
 

____________________________________________________

Escuridão total sem estrelas - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 23
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptySab 23 Maio 2020, 01:32




Escuridão total sem estrelas

Primeiros passos



Não era nada bom ter de suportar aquela injustiça. Era um momento em que Tenma não ligava mais para a sua volta, focava apenas em tentar ver o sofrimento de Rosimeri. “Droga...” Seus pensamentos não conseguiam descrever a raiva de ver algo como aquilo acontecer, era lamentável ter de suportar pessoas assim ainda no mundo. Ele queria acabar com isso, porém não sabia nem por onde começar. O que mais quebrou seu coração foi receber a espada mesmo após uma situação como aquela, afinal, o que era uma espada para quem perdeu toda uma loja? – Rosemeri, eu posso ajudar. – Disse sem titubear. – Melhor, eu vou ajudar! – Confirmou.

O cego imaginava que ela estaria indo atrás do vagabundo que colocou fogo em sua loja de armas, aliás aquele velho que forjava alguma coisa também estava envolvido, pois ele saiu junto do “João”. Também deduzia o rapaz que eles não deviam estar tão longe, pois levaram armas e isso seria um atraso devido ao peso, mas nada disso era concreto, afinal desconhecia as posses e habilidades do ladrão. Tenma tentaria concluir que eles ainda estavam na ilha e em algum local escondido. – Rosemeri, pode ter certeza que vou retribuir a oportunidade que me deu. Qualquer coisa que for de ajuda eu me disponho! – Continuou tentando ganhar a confiança da mulher..

Era possível que ela não aceitasse o pedido, afinal, um acontecimento como aquele mexeria com os sentimentos de muitos. O que seria triste, pois Tenma continuaria a seguir a mulher, insistiria em lhe ajudar mesmo que ela não quisesse. Em seu ponto de vista era mais do que sua obrigação a ajudar depois de não só lhe dar uma oportunidade como também criar um item que era bem específico para com sua deficiência. No fim das contas ele provavelmente conseguiria ver se a katana era boa mesmo. Caminharia próximo a ela, atento aos sons que envolviam o ambiente, ignoraria os comentários negativos que poderiam pairar, e se concentraria no mais importante: pistas para achar o criminoso e seu acompanhante. Tentaria perguntar a ela: - Sabe de algum provável lugar que eles estejam? – Diria com certo receio, tentando evitar uma reação negativa.

Sua atenção quanto a sua própria localização também seria bem notória. Utilizando da espada como guia o cego tatearia pelo caminho, com uma certa precaução, evitando esbarrar ou empurrar pessoas ou objetos. Tentaria também não se perder de Rosemeri, talvez o silêncio seria uma das coisas que ela utilizaria para reprimir uma raiva ou tristeza que sentia. Enfim, não era o papel de Tenma julgar, ele estava ali para ajudar.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 1
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptyTer 26 Maio 2020, 13:33





Kenzo Tenma

Início da Tarde



- Olha, não tem nada a ver com você... - Rosemeri dizia ao perceber a vontade de Tenma em lhe ajudar. Ela parecia querer distanciar o rapaz daquela situação toda com todas as suas forças, como se escondesse algo. - Eu já esperava por essa. - Ela começava a se distanciar, andando pelas ruas do distrito comercial enquanto Tenma insistia em seguí-la, pondo o máximo de suas habiliades perceptivas para isso e até mesmo utilizando-se de seu novo presente para reconhecer o terreno a sua volta, tateando-o com a ponta da bainha da espada. Se ele parasse para examinar melhor a bainha, veria que se tratava de uma katana comum, apenas possuindo aquele cabo curvado para servir como uma bengala, ainda assim, deveria-se ter cuidado ao manuseá-la para que a lâmina não soltasse de sua bainha.

Durante o caminho, Rosemeri andava até uma zona até que meio próxima da área comercial. A movimentação ainda parecia ser constante e havia uma boa quantidade de pessoas que conversavam pela área. Tenma, no entanto, era capaz de perceber que havia um cheiro de mar por perto, e um som de gaivotas distantes. - Eu sei exatamente onde eles estão. - Ela respondia para o rapaz, agora meio que já aceitando a sua ajuda devido a grande insistência. Ela seguia até a entrada de um navio pequeno de pesca, e Tenma seguia junto através de uma rampa de madeira que fazia acesso ao navio. O cheiro de peixe era gritante naquela embarcação.

- Eles são piratas. Eu sabia desde o início, e sabia que não podia confiar neles... Mas eles vieram com um papo de que queriam largar essa vida... Buscar novos objetivos... E eu não neguei ajuda. - Ela dizia, sentando-se em um banquinho logo no convés da pequena embarcação. - Eu sei bem como é difícil mudar de vida nesse mundo... Bom... Eles devem estar em algum dos navios pelo porto. Irei fazer uma busca, mas o porto é bem grande e possui diversas embarcações. E talvez eles já estejam se preparando para zarpar... - Rosemeri fazia silêncio por alguns instantes. Qualquer dúvida que Tenma pudesse ter, aquele seria o momento ideal para perguntar, enquanto ela ainda se preparava para a caça.




OFF:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

Escuridão total sem estrelas - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 23
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptySeg 01 Jun 2020, 09:57




Escuridão total sem estrelas

Em busca da justiça!



- Não preciso saber mais do que isso, Rosemeri. – Responderia Tenma com sua expressão mudando drasticamente. O rosto pacífico e calmo de antes era tomado por um semblante de raiva e indignação. Suas mãos seguravam o cabo curvo da espada com mais firmeza, além de demonstrar uma respiração mais profunda. Ele realmente estava com raiva, porém se esforçava para controla-la. – Isso é ridículo, como as pessoas estão a mercê de algo tão... tão podre... – Sussurrava, sem perceber que falava relativamente alto. Era como se um peso voltasse a recair sobre suas costas, o peso da responsabilidade herdada.

Ainda que ouvisse as gaivotas e sentisse o cheiro do mar, ele ignorava isso por alguns instantes para focar nas informações principais. – Piratas aqui no porto prestes a zarpar. – Continuou sussurrando enquanto formava um quadro mental. – Bem, eles estão muito bem armados. Seria um perigo irmos despreparados, não acha? – Indagaria o cego com uma curiosidade no que Rosemeri seria capaz de fazer. – Eu consigo me defender, mas... – Dizia olhando para o chão. – Ainda não sou tão habilidoso quanto deveria. – Continuava em um tom envergonhado. – Mas ainda assim estou preparado para irmos atrás deles! Já que sabe onde estão só basta saber como vamos interrompe-los, pegar suas armas de volta e prender aqueles malditos! – Proferiu. Na metade da frase uma lâmpada acendeu em sua cabeça. – Aliás, que conveniente. A marinha ainda está aqui no porto? – Perguntou com um tom sugestivo.

Seus próximos passos seriam seguir Rose no caminho para os piratas, porém algo lhe deixava bem intrigado. Ela havia entrado em uma embarcação, mas qual? Onde eles estavam? – Hum... – Suspirou o cego. Não era de se imaginar que infelizmente ela também pudesse o colocar em uma enrascada, porém preferia não pensar nisso. “Ela não faria isso. Não, não faria”. Ele seguiria a moça com bastante cuidado, atento as sons e vozes ao seu redor, aliás utilizaria este momento para colher ainda mais informações sobre o que fosse necessário. Talvez alguém pudesse comentar sobre um carregamento de armas em algum navio, poderia saber também se havia mais alguém com a dupla de criminosos. Era possíveis ajudas que ele conseguiria para contribuir com Rosemeri.

Caminharia com atenção, balançando a espada disfarçada de bengala com precaução, tomando cuidado com degraus, buracos e principalmente pessoas e objetos. Não queria causar problemas. Ele também estava atento em ouvir a mesma voz dos dois ladrões, logo, caso conseguisse, direcionaria seus passos para a mesma, alertando Rosemeri sobre a localização deles. – Não é a voz do “João”? – Diria enquanto olhava na direção da voz.

Era de se pensar o que eles fariam caso encontrassem o “João”. Não seria ético chegar batendo no indivíduo, mas era justo que eles fizessem o necessário para pará-lo. Porém o roubo das armas era o que mais traria problemas a dupla, eles tinham muito com que se defender, além de que eles também poderiam estar acompanhados. – Tsc... – Resmungava Tenma ao pensar nos problemas que o rodeavam. – Uma hora ou outra eu vou ter de enfrentar isso... – Se motivou ao pensar no futuro. Um soldado da justiça não poderia se deixar abalar por casos tão pequenos assim. Se ele não conseguisse defender a vida de uma única pessoa e proteger seus sonhos e ideais o que dirá de um batalhão? – Vamos conseguir, vai dar tudo certo. – Sussurrou Tenma continuando a se motivar.

Histórico:
 

Objetivos:
 

OFF:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 8010
Data de inscrição : 20/02/2019

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptySeg 01 Jun 2020, 11:04


Narração
Primavera
Localização: Dawn Island

Kenzo Tenma
A situação era desesperadora para ambos Rosemeri e Tenma e era quase impossível de dizer quem estava mais irritado. Enquanto corriam pelas ruas do centro comercial, em direção ao que parecia ser um porto, o cego parava e analisava todas as informações que havia reunido e pensava em tudo que poderia acontecer, em especial na segurança dele e de Rosemeri a qual estava zangada demais para levantar esse tipo de questão - Huh? Perigoso? - ela dizia após ouvir as palavras de Tenma - Não, nenhum sinal da Marinha. Existe a polícia aqui da capital, mas acho que não vamos precisar. Nós consegue! - e então mulher seguia para dentro da embarcação, seguida pelo cego.

A embarcação tinha um forte cheiro de peixe, então Kenzo conseguia deduzir que provavelmente era um barco pesqueiro, com espaço suficiente para no máximo 3 pessoas ali, também podia se ouvir um som de madeira velha quando se pisava nele. Enquanto prestava atenção aos detalhes, conseguia ouvir barulhos de armas ali dentro, como se alguém tivesse pego um revólver - Rapaz provavelmente num vamos conseguir voltar sem briga, então é melhor se preparar bem, viu macho? - e então havia um som da madeira, como se alguém tivesse sentado na embarcação. Após isso, era possível escutar o som da água, e logo se vinha a sensação de movimento com o vento batendo no rosto de Tenma e era claro que pequeno barco estava começando a se mover, provavelmente com a utilização de remos, pelas pequenas bufadas que Rosemeri soltava, como se estivesse fazendo força.

Não demorou muito tempo e Kenzo já conseguia escutar algumas vozes na distância, algo entre três ou quatro pessoas, festejando em algum lugar próximo - Esses malditos...você tem de sorte de não poder ver, mas eles estão festejando em uma das montanhas perto da capital. Precisamos chegar devagar e atacar de surpresa! - ela dizia, enquanto o som do remo batendo na água ficava muito menor, até o ponto em que parava de repente. O cego escutava novamente o som da madeira e logo em seguida, o som de um splash na água, como se alguém tivesse pulado. Era possível também escutar o som do vento em algumas árvores e pássaros cantando e voando naquela região - Vamos lá, podemos conseguir pegar eles de surpresa se a gente for por aqui, por favor, me segue e não faz barulho!




Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 23
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptyTer 02 Jun 2020, 00:17




Escuridão total sem estrelas

Em busca da justiça!



Era revoltante ter de lidar com aquilo, nada bom. “Sem condições...”. Tenma não conseguia tirar da mente aqueles malditos pensamentos de que tudo o que aconteceu na loja como também com Rose eram ações desprezíveis do bandido fora da lei do mar. Piratas, pelo menos do ponto de vista do cego, eram o tipo de pessoas mais detestáveis que existem. Não se importam com a ética e bom proceder humano e se empenham em objetivos egoístas e malignos. Dignos de uma justiça severa e nada agradável. Saber que teria que lidar com aquilo era louvável, suas motivações aumentavam ainda mais com o passo que eles desvendavam aquele mistério, que era bem claro aos olhos, e conseguiam lidar com os problemas que surgiam. Era notável que a mesma expressão de raiva não saia do rosto do rapaz, porém um olhar mais preocupado também surgia ante a tão vis expressões.

Proteger Rosemeri era uma de suas maiores prioridades, talvez este lema era o que infundia em seu julgamento do que seria justo ou não, talvez até mais. Considerava a vida de um simples civil como muito mais importante do que destruir com a vida de um bandido, ele tinha a convicção de que conseguiria cuidar do roubo e dos ladrões, porém só o fato de pensar em ver aquela mulher morta lhe doía os ossos. – Isso não pode... – Hesitou. – Isso não vai acontecer! – Sussurrou com certeza em seu tom de voz.

Neste momento suas mãos já empunhavam sua espada de forma mais prática para o combate. Colocava ela ao seu lado esquerdo, com a mão direita sobre o cabo e a mão esquerda empunhando a bainha, como se prestes a sacá-la. Ele também caminharia com enorme atenção, muito mais do que a aplicada na cidade. Qualquer erro ali seria fatal, custaria talvez uma ferida grave ou até mesmo a morte, então o cego se precaveria quanto aos barulhos que fizesse. Tentaria ser o mais silencioso e furtivo possível, tentaria também evitar deixar rastros de sua presença, não tocando em nada e muito menos fazendo grandes marcas pelo caminho, como pegadas profundas. Para isso controlaria sua respiração e também tentaria pisar em locais sólidos e de superfície lisa. Sua lâmina tinha um alvo marcado: “João”.

Imaginar o que poderia acontecer ao encontra-lo era algo que lhe aliviava, pouco, mas ainda assim aliviava. Ele pensava que poderia discursar algo que promovesse a justiça e bondade, mas isso seria como pérola aos porcos para aqueles piratas. Apenas a proclamação de que eles seriam presos era o suficiente para acabar com aquela festa. – Vocês não sairão daqui livres! – Bradaria com grande convicção e em um tom de voz dominante, caso encontrasse o grupo de meliantes. – Devolvam o que roubaram e poderemos resolver isso de modo pacífico! – Continuaria, com confiança. – Porém sei bem que vão preferir o caminho mais difícil. – Alertaria.

Era importante também para a dupla que conseguissem combinar um plano, eles não poderiam chegar lá e simplesmente esperar que o grupo de bandidos se entregassem, era preciso muito mais do que isso. – Rosemeri, que tal se você se esconder e esperar o momento certo para atirar em um deles? Como uma forma de alerta, ou algo parecido. – Sugeriu enquanto se lembrava do barulho das armas na embarcação. – Eu posso chamar a atenção deles e você os surpreende, em especial o líder deles, com um belo tiro. – Continuou, direcionando seu rosto para a direção da mulher. – Lógico que você não vai matar um deles, quero entrega-los vivos. Vai render uma boa recompensa, espero eu. – Terminou de falar, com um tom baixo e bem suave.

Tenma não esperava nada de bom daquela missão, ele esperava o pior da forma mais horrível possível, era importante se precaver de todos os modos. Mas a justiça em seu peito dilacerava com o medo e ansiedade que sentia, era como se já fosse parte de seu ser buscar por ideais mais amplos e bem mais honestos do que a maldade da pirataria. Esperava um dia fazer isso como um agente da lei, como um marinheiro.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 8010
Data de inscrição : 20/02/2019

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptyTer 02 Jun 2020, 14:51


Narração
Primavera
Localização: Dawn Island

Kenzo Tenma
A mente de Tenma era assolada por seu senso de justiça, enquanto Rosemeri caminhava de forma calma por aquela floresta, como se ela já fosse acostumada de alguma forma com aquela situação. O caminho também não era nada vantajoso para nenhum dos lados, terra seca e alguns caminhos de areia difíceis de locomoção eram o maior difícil, porém não demoraram até encontrar com os tais piratas. Como esperado, quatro deles. Kenzo aproveitava a oportunidade para alertar sua companhia sobre seu plano e a garota parecia consentir, apenas se afastando de perto e parecendo se esconder em algum lugar próximo, pelo som de algum tipo de folha sendo puxada.

Logo que isso se resolveu, o cego então se aproximou do bando. Ele gritou e bradou suas palavras com intensa confiança, aparentemente pegando todos seus inimigos de surpresa. Rapidamente se podia ouvir sons de passos fortes e alguns objetos se movendo, o som do metal indicando algumas coisas para Tenma: Um deles parecia ser um portador de espada, algum deles tinha algum tipo de arma de fogo, outro parecia ter botas de metal, enquanto o último não foi possível de se identificar exatamente o que era. Graças a sua audição, também foi possível perceber a posição de todos e parecia que o homem da espada era o primeiro, se aproximando devagar.

Levou pouco tempo até que o cego pudesse ouvir a voz de algum deles, no caso, uma voz bem familiar - Você acha mesmo que vamos ter medo de um cego?! Foi bem fácil de colocar fogo na loja, mesmo com você dentro! - e logo após uma enorme risada, era o João, sem sombra de dúvidas. Junto dele, todos os outros pareciam rir igualmente. Após as risadas passarem, o espadachim avançou na direção de Tenma e se preparou para o combate, pelo som da lâmina, era possível dizer que o homem era destro e vinha tentar um ataque pela esquerda de Kenzo.




Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 23
Warn : Escuridão total sem estrelas - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 EmptyTer 02 Jun 2020, 18:21




Escuridão total sem estrelas

Em busca da justiça!



A disposição da cena, na mente de Tenma, já era muito bem estabelecida. Ele conseguia localizar os alvos assim como particularidades de cada um. Sua audição era sua maior arma, ou seja, conseguiu com notável esforço direcionar a voz de cada um dos bandidos. Contou quatro, mas nada impedia de haver mais deles. Ele também notava a ofensiva de um deles, sendo talvez uma arma suja por achar que o cego não conseguiria se proteger. Além disso, e ainda mais ultrajante, fora ouvir a voz de João, aquele maldito pirata. – Você vai se arrepender amargamente do que fez. – Proferiu o cego com calma na voz e de forma monótona. Sua espada, preparada em suas mãos, despertavam para o florescer sangrento.

Um dos piratas corria, imaginava ele, em sua direção. Era um alvo relativamente fácil, afinal, ele já havia treinado várias e várias vezes contra golpes assim. Não é difícil alguém querer golpear um cego por pensar que ele não consegue “ver” a sua frente. Com grande agilidade e também percepção auditiva Tenma se preparava para realizar uma técnica bem específica contra movimentos assim. – Existe uma flor de seis pétalas. Ela nunca se sujou com a maldade e impureza deste mundo. Que você vá em paz assim também. – Discursou. – Saque rápido: Lírio!

O cego se posicionaria da melhor forma possível para desferir um corte contra a região direita do tronco do rapaz que lhe atacava pelo lado esquerdo. Seria um corte bem rápido e com uma precisão inumana, porém o que mais chamava a atenção para tal golpe seria a calma e paz de Tenma em realiza-lo. Logo, empunhando o cabo de sua katana com a mão direita e desembainhando ela com grande agilidade, ele desferia tal corte de modo a causar o maior dano possível contra a região direita do tronco. Aproveitaria de seus conhecimentos com a anatomia humana para cortar onde seria o mais próximo da região pulmonar. Após tal movimento se prepararia para mais ofensivas. Caso o oponente desviasse ou bloqueasse o golpe, Tenma se colocaria em posição de defesa, com a espada a frente do corpo levemente curvada para frente e com um foco nos alvos sonoros mais próximos. Curvaria seu tronco, visando melhor mobilidade e também mais agilidade em adquirir impulsos.

Também se prepararia para receber outras investidas, o que seria péssimo. De certo modo ele estava bem indefeso em um campo aberto, porém contava com o elemento surpresa que era Rosemeri. Tenma também tentaria se defender de qualquer movimento corpo a corpo que lhe sobreviesse, sendo assim ele utilizaria de sua agilidade além de sua audição aguçada para tentar localizar a movimentação adversária, além de se preparar para bloquear movimentos ofensivos, sejam frontais como posteriores, também se prepararia para bloquear movimentos laterais. O mais notável em sua forma defensiva de combate é que ele utilizaria da lâmina da espada para tanto defender como contra atacar, causando qualquer tipo de dano possível ao deslizar a lâmina contra as superfícies direcionadas a ele.

- Armas são coisas muito perigosas para estar nas mãos de vis criaturas! – Responderia o cego com grosseria. – Vocês com certeza vão pagar pela desgraça que cometeram hoje. – Continuaria, com um semblante muito sério e focado, em especial na direção da voz de João. Sua mão direita no cabo da espada e a esquerda empunhando a bainha. Uma pose de honra de um guerreiro samurai.

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Escuridão total sem estrelas   Escuridão total sem estrelas - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Escuridão total sem estrelas
Voltar ao Topo 
Página 2 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: