One Piece RPG
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Tríade Selvagem
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor GM.Furry Hoje à(s) 12:34

» Ain't No Rest For The Wicked
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 11:56

» Cap. 2 - The Enemy Within
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor King Hoje à(s) 11:38

» Unidos por um propósito maior
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor AoYume Hoje à(s) 08:42

» Art. 3 - Our memories
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 08:07

» 1° Act - It's Navy Time
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 06:00

» The One Above All
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Achiles Hoje à(s) 04:10

» [LB] O Florescer de Utopia III
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:00

» O Regresso do Anjo Torto
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor DanJo Hoje à(s) 03:34

» Azura V. Pendragon
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 03:17

» [Ficha] Fenrir Seawolf
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:09

» Fenrir Seawolf
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:05

» Sádica em construção
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:03

» VI - Seek & Destroy
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:54

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 02:34

» [MINI-Fenrisulfr] Começo
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:19

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Wesker Ontem à(s) 23:58

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:21

» I - As rédeas de Latem City!!
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Kyoji Ontem à(s) 22:35

» The Lost Boy
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 22:11



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 56
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptySex 24 Abr 2020, 20:06

Relembrando a primeira mensagem :

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Anastrianna Criella Galanodel. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Alê
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 12/07/2015

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptyQui 14 Maio 2020, 09:31



UMA ODISSEIA NO SANTUÁRIO
Post: 05  |  Localização: Malkiham island - North Blue  |  Clima: Frio


Capítulo V: Problemas

Anne ~ #F781D8
Shauta ~ #B40404
Kallista ~ #8904B1
Euphemia ~ #0174DF
Lilli ~ #04B486


Pecados. A garota não tinha o entendimento correto a respeito, mas usar a religião para propagar ações bruscas talvez se encaixasse neste sentido. Pensando no que falaria para aquela figura religiosa, a garota tinha sua atenção chamada por Euphemia. A sirena se mostrava bem incomodada em como a garota começava a ficar cercada de homens estranhos.

— Como falei. Eles vão tentar nos capturar... — comentou Kalista, com total desdém.

— Capturar? Não vou deixar ninguém capturar essa garota! Vamos defrontar todos e dilacera-los com nossas garras! — refutou Shauta, surgindo.

— Cabeça oca! Não é momento para lutar! Estamos em minoria! — reclamou a alada.

Anna não sabia de fato o que falar. As palavras daquele homem havia a acalmado, porém, tudo que havia acontecido, a maneira que foi manuseada a situação, ela apenas não conseguia digerir aquilo de uma maneira saudável. Alternando os olhares entre os presentes e o local onde estava ela estava perdida.

— Me desculpe! — afirmou a celestial, curvando-se. — Eu não acredito em apenas um Deus, entretanto, não afirmo que o seu Deus, o Deus de vocês... — olharia para todos os presentes. — Não quero refutar a ideia de inexistência dele. Eu o respeito, mas não me sinto a vontade de permanecer aqui.

Erguida, a garota tentaria sair dali. Decepção era a palavra certa. Ela tinha outra visão da religião dali, ao menos alguma coisa diferente do que ela já viu. O fanatismo religioso era igual o que havia em seu local de nascimento. O quanto mais conhecia a terra dos humanos, mais ela notava não haver diferenças em comparação aos céus.

— Com a licença de vocês! — despedindo-se, a garota se curvaria.

Em uma situação onde ela fosse impedida de partir dali, a celestial não pensaria duas vezes e, bloqueando qualquer tentativa de obstrução sacando seu martelo e usando o cabeamento para bloqueio, a garota buscaria conseguir mais tempo para então, flexionando seus calcanhares, correr dali.

Tendo sua passagem bloqueada, a garota tentaria buscar outra saída, sempre tentando evitar ser pega, bloqueando os golpes inimigos, e até usando o impulso dado ao usar a sua arma como impulsionador, tentando lançar-se a frente por meio dele. Não conseguindo bloquear ou correr, a garota buscaria golpear principalmente as pernas dos adversários, dando foco, se possível, em seus calcanhares, visando desestabilizar e atrapalhar a movimentação dos desconhecidos.

Conseguindo sair dali, a garota buscaria o local onde a mulher havia a convidado para aprender a arte da atuação. Fingir algo naquele mundo se mostrava cada vez mais necessário para a sobrevivência, porém, ruim de diálogo como a garota já era, disfarçar, além de sua aparência, seus sentimentos seria muito importante para isso.

— Onde é mesmo o local? — questionava-se a garota.

— Acredito que seja ali, Anna! — afirmou a anã Lil, surgindo em seu ombro.

— Ah, obrigado lindinha! — comentou Anna, acariciando a cabeça da pequena.

Sabendo o local exato, ou procurando o mesmo, a celestial buscaria encontrar o lugar certo e lá, conseguindo chegar, procuraria o local onde a mulher estaria. Tímida, a garota tentaria chamar a atenção dela com alguma sinalização de sue braço, erguido, ou então se aproximaria o bastante para com uma simples cutucada em seu ombro — que alcançaria com alguns pulinhos, caso fosse alta demais — a garota buscaria estabelecer um contato visual.

— E-Eu cheguei... Eu acho...! — curvando-se. — Me interesso em... Aprender as artes mais enigmáticas deste mundo que é a arte de me disfarçar como uma mentirosa nesse mundo onde as pessoas não aceitam a diversidade!
Afastando-se, mesmo que por alguns segundos, da maneira calma de agir, que costumeiramente era a qualidade da garota, o misto de medo, receio e descobertas negativas daquele local começavam a agir na mente da celestial, que vivia em constante confusão e loucura.



Considerações:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
annavitoria
Membro
Membro
annavitoria

Créditos : 6
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 20/03/2018

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptySeg 18 Maio 2020, 09:40



Sentindo-se perdida e decepcionada, Anna decidiu sair. Antes, afirmou não acreditar em apenas um Deus, arrancando olhares de desprezo das pessoas ao redor. Exceto o padre: ele ouvia a tudo, bem tranquilo, sem esboçar reações de reprovação.

- As portas do senhor estarão sempre abertas, se decidir repensar sobre sua fé – disse o padre, antes dela sair. Depois, virou-se para seus “guardas”, os homens que o acompanhavam. – Deixem que ela vá. Não tem problema.

Voltando para o lugar onde a mulher havia convidado para aprender atuação, perceberia que as portas estavam meio fechadas. Mas a janela estava aberta e, ao ver a garota de fora, a mulher abriu com um sorriso animado.

- Minha querida, chegou cedo! Ainda não começamos as aulas de hoje. – ela sorriu, abrindo mais a porta e a convidando para entrar. – Entre, acabei de fazer um chá.

A mulher a guiou para um cômodo simples e encantador. Havia uma mesa com quatro lugares, com uma chaleira e algumas xícaras. Um jovem de cabelos coloridos (em um tom bem vívido de azul) estava sentado bebendo distraidamente o líquido quente. Ao redor da mesa, haviam muitas araras e penduricalhos, com todo o tipo de roupa e fantasia que a jovem celestial poderia imaginar. Tinha também uma espécie de penteadeira mais ao fundo, com um grande espelho um monte de potinhos de todas as cores nas mesas.

- Esse é o Lucas, nosso figurinista. Ele é o melhor costureiro e maquiador da cidade, pode ter certeza.

O garoto deu um sorriso com o elogio, virando-se para Anna.

- Essa mulher é muito exagerada. Vem, senta com a gente. – Ele ficou alguns segundos prestando atenção na garota. – E então, de onde você é?

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptyQui 04 Jun 2020, 23:05


UMA ODISSEIA NO SANTUÁRIO
Post: 06 | Localização: Malkiham island - North Blue | Clima: Frio


Capítulo VI: Súplica

Anne ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Shauta ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Kallista ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Euphemia ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Lilli ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Aquele ambiente era totalmente mais amigável que a igreja onde a garota havia estado e, tecnicamente, deveria ser o contrário. Aceitando a proposta do rapaz, a jovem celestial sentou-se com os mesmos e, caso tivesse sido oferecido uma bebida para a mesma, amigavelmente a mesma aceitaria.

— Você não deveria aceitar tais coisas de quem não conheces. Vai acabar qualquer dia desses presa em uma loja de criaturas raras! — bradou Kallista.

— Eu estarei aqui para proteger ela! — refutou Shauta, não gostando do que havia ouvido.

— Não precisam brigar. Estamos em um ambiente mais aconchegante, não acham? — falou Anne, incluindo a bela dama e seu figurinista na conversa com um olhar assertivo.

Respirando fundo, a garota se preparava para responder as questões que lhe haviam sido feitas. Por mais que não concordasse com os pontos feitos por Kal, Anne não se mostrava à vontade para revelar sua história totalmente, porém, o mais breve que pudesse ser, a garota tentaria agir.

— E-Eu venho de muito longe — comentou a celestial. — Um pouco mais do que vocês possam imaginar! — riu ela. — Mas eu vejo que o mundo aqui não é dos mais amigáveis... Por isso vejo a necessidade de mascarar o que sinto! Acho que... Vocês podem me ajudar.

Apreensiva, a garota colocaria ambas as mãos em seu colo, fechadas, uma ao lado da outra. A realidade ali era dura. A garota tinha que concordar com Kallista quanto a mesma falava que nem todos são confiáveis. A reação daqueles homens perante a rejeição inicial pela concordância com sua religião demonstrava que, em outro cenário, a garota poderia estar presa em algum lugar desconhecido.

— Eu queria aprender a me disfarçar e atuar. Eu preciso mascarar quem sou e o que sinto, o que penso, o que sou... Eu realmente preciso e espero que possam me ajudar, por favor! — suplicou a garota pensando no que poderia a acontecer futuramente.

— Não precisa agir assim... Ann — comentou Shauta. — Uma guerreira não deve se curvar! Levante-se! Erga-se! Por favor...

— Ela não tem jeito! — bradou Kallista, retirando-se.

— Vocês podem me ajudar? — questionou Anne, ignorando suas amigas.





Considerações:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
annavitoria
Membro
Membro
annavitoria

Créditos : 6
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 20/03/2018

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptyTer 09 Jun 2020, 09:28



Os dois desconhecidos se entreolhavam. A atriz, com um sorriso nos lábios, comentou com a voz carinhosa.

- Claro que podemos. Acho que ninguém seria capaz de resistir a um pedido seu.

- Devo concordar. – disse o maquiador, se levantando e estendendo a mão para Anne. - Venha comigo. Você veio ao local perfeito.

Assim, ele guiou Anne até a penteadeira, de frente ao espelho. Abriu uma gaveta e tirou uma espécie de álbum, com fotografias de inúmeros personagens criados por Lucas. Era difícil reconhece-lo em todas as imagens. Ele conseguiu se transformar em uma linda donzela e em um trabalhador barbudo e parrudo. Era, no mínimo, impressionante.

- Tudo que você precisa é dos materiais certos, habilidade e um pouquinho a mais de criatividade. – disse Lucas, sentando-se ao seu lado.

Na sua frente havia uma infinidade de maquiagens. Ao redor deles, roupas e perucas dos mais variados tipos.

- Quer que eu te ensine? A melhor forma de se disfarçar é aprendendo a se maquiar, se vestir e esconder quem você realmente é. Temos bastante tempo até começar a aula de teatro.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptyQui 11 Jun 2020, 00:58


UMA ODISSEIA NO SANTUÁRIO
Post: 07 | Localização: Malkiham island - North Blue | Clima: Frio


Capítulo VII: Perícias

Anne ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Shauta ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Kallista ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Euphemia ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Lilli ~ [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Início do aprendizado: Perícia em Disfarce

Ao ver aquela quantidade exorbitante de utensílios usados por profissionais do ramo, os quais até eram desconhecidos, Anne seguiu assim como agiu desde que pousou em solo humano: na pura aleatoriedade. Sem saber o que fazer, a garota seguiria de maneira que a mesma indicasse. Naquele momento a bárbara com retoques suaves tentaria aprender o máximo que pudesse acerca da habilidade de disfarçar sua aparência, sentimentos e essência por completo.

— Desta maneira? — questionaria a garota. — Não entendo bem o que estou fazendo, mas sinto que algo bom vai sair daqui...

Com um leve sorriso sem jeito, a garoa prosseguiria sob a tutela daqueles profissionais do ramo. Seguindo seus conselhos, a celestial ignoraria a rejeição de Shauta — que não considerava tais habilidades úteis no campo de batalha — e Kallista — que considerava tal interação com humanos desconhecidos arriscada. O foco da garota era apenas aprender o que julgava necessário e assim seguiu com o apoio de Euphemia e Lili.

— Agradeço muito, desde já, a ajuda que vocês estão me dando! — curvar-se-ia. — Mas não temos tempo a perder. O que faço a seguir?

Demorando o tempo que fosse, a garota tentaria absorver o máximo de informações que pudesse naquela sessão de treinamentos específicos.

Fim do aprendizado: Perícia em Disfarce

Respirando fundo após a cansativa jornada de aprendizado, a celestial procuraria alguma parede ou objeto, este forte o suficiente, para então encostar-se.

— Acho que nunca cansei assim. É um misto de fadiga mental e física... Não sei explicar! — afirmaria a garota, sorridente. — Mas tenho mais um pedido a fazer a vocês, se possível!

Inclinando-se em respeito a presença e ajuda de ambos, a garota esperava alguns segundos para reerguer-se e voltar aos pedidos.

— Eu queria aprender, se possível, a arte da atuação. Eu quero simular minha essência, só que desta vez, além da imagem, desejo simular meus sentimentos e modos de agir, se possível!

Com determinação em conseguir o que almejava, a garota afirmava seu desejo, este que esboçava, por menor que fosse, um sorriso em Kallista. A alada se interessava pelo desejo de Anne em simular seus sentimentos. A emissária do caos via naquela celestial o desejo de se precaver e talvez brincar com os sentimentos alheios.

— Muito bem, pequena Anna! — afirmou de maneira esguia. — Você agora está seguindo por um caminho ao menos... Aceitável!

A garota ao ouvir sua aliada, com um olhar esguio e confuso, a mesma não havia entendido bem o sentido das palavras de Kallista, mas claramente não aprovaria tais coisas.

— Silêncio! Estamos ocupadas! — afirmaria Ann, referindo-se a Kallista.





Considerações:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
tamerex12
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
tamerex12

Créditos : 2
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 19
Localização : Dawn Island

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptyQui 09 Jul 2020, 19:49


Uma Odisseia no Santuário


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]





Malkiham island
18:55h PM
Entardecer frio, 6ºC


Anastrianna já se sentia confiante o suficiente com suas habilidades de disfarces, porém, ainda determinada a ir mais além em seus conhecimentos, ela faz um pedido ao figurinista.

--Hmm, entendo, acho que você e do tipo que não se contenta com pouco certo? (Diz com um sorriso calmo em seu rosto)

--Claro, ficaria feliz em te mostrar alguém que vai poder lhe ensinar essa arte. (fala enquanto da um joinha com a mão)

--Ele é um dos melhores atores que eu conheço, lindo de morrer!! Mas por algum motivo, ele está meio atrasado para seu treino diário hoje, hmm (disse com uma mão na cintura e outra no queixo)

No momento que ele termina essa frase, se escuta a porta abrindo, junto com o frio que vem de fora, entra também um homem alto, de cabelos negros, e olhos pratas.

--Desculpe o atraso! Eu parei no meio do caminho, vi um gato de rua e comecei a brincar com ele, e acabei me distraindo hahaha. (fala tirando seu casaco de frio e colocando no armário)

--Ah desculpe minha indelicadeza senhorita, posso saber seu nome? Meu nome é Romeu (Enquanto se aproxima pega  mão de Anastrianna e a beija)

--Queria que você beijasse minha mão também oras (Diz Lucas fazendo beicinho)

--Se você não tivesse se atrasado, eu nem teria que te explicar, mas tudo bem, essa linda mulher quer aprender a arte de atuação, será se você poderia ensinar a ela?

--Mas é claro! Seria um prazer ensinar a você. (com um sorriso caloroso no rosto ele disse).

--Vamos ali para o canto!


--Ah desculpe, por favor, não interprete da forma errada! (com ambas as mãos na frente do rosto, com suas maças do rosto extremamente vermelhas).

--Certo, o básico de atuação eu diria, é você, independente da situação, jamais deve sair do seu personagem, e o mais importante, é não ficar preso à personalidades que pareçam com a sua! (diz com um dedo levantado)

--Irei tentar interpretar algo totalmente diferente de minha personalidade certo? Por favor, não me leve a mal. (com as mãos juntas como se estivesse rezando)

--Nossa, mas que mina gostosa você é em? Que tal a gente ir ali para o quarto?(Diz ele com uma feição, tarada, segurando o braço de Anastrianna)

Apesar de antes ter demonstrado tamanha timidez, e ser bastante educado, Romeu mudou totalmente sua personalidade e expressão facial, como se fosse mágica, parecendo outra pessoa.

--Desculpe por isso, mas acredito que talvez você consiga entender (disse já com suas bochechas vermelhas novamente)

--Por que você não tenta algo totalmente diferente de sua personalidade? Irei te ajudando no que eu puder (novamente disse com seu lindo sorriso estampado no seu rosto)


Legendas:
 

Imagens:
 

OFF:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptyQui 09 Jul 2020, 23:01



UMA ODISSEIA NO SANTUÁRIO
Post: 08  |  Localização: Malkiham island - North Blue  |  Clima: Frio


Capítulo VIII: Romeu


— Romeu...

A presença daquele humano que acabara de chegar no local fazia a celestial sentir algo que nunca havia passado, era novo, era... Fascinante para ela. Olhando para o homem que colocava seus trajes no local adequado e se aproximava, a criatura vinda dos céus não sabia o que fazer, o que falar, não sabia nem se ao menos estava em pé ou mergulhada no mais profundo sonho, acordada.

— Ele é uma pela peça de história a ser estudada... — boquiaberta, comentou Euphemia.

— Eu acho que estou perdida, digo, não sei... — completou Lilli, encostando-se no ombro de Anne.

Início de aprendizado: Perícia em Atuação

A jovem Galanodel não tinha reação. As palavras vindas e proferidas por aquele humano ecoavam no vazio de sua mente, que estava fora de sinal naquele instante. A cada palavra proferida por Romeu soavam como a mais pura melodia, uma que a protagonista nunca havia ouvido. A cada letra ressoada por tais cordas vocais, a garoa sentia-se mais longe do solo.

— Ele é muito bonito — pensou a celestial. — A pele dele é clara como leite, seus cabelos negros. Ele é realmente um humano?

Totalmente mergulhada naquele turbilhão de sentimentos que, em silêncio, assolavam o seu interior, Anne não entendia o que estava acontecendo, nem o que tinha de fazer, era como se todos os seus sentidos fossem perdidos ali. Era como se...

— Ele te acha gostosa — complementou Kalista, totalmente desconexa do que a garota sentia.

A demônio alada se portava isenta da magia que pairava ali para Anne e suas amigas. Ela não ligava para tais coisas, ao menos não para Romeu.

— Ele me acha... Gostosa... Sim... — pensou a celestial. — ELE ME ACHA O QUE?! — bradou Anne, voltando a si.

Sem nem pensar duas vezes a garoa cerraria seus punhos e, de imediato, tentaria socar o humano. Era imperceptível a vontade da garota de bater nele. Automaticamente a garota voltava de seus devaneios amorosos, talvez, e vislumbrava a realidade mórbida de muitos relacionamentos.

— Bate nele Anne! — bradou Lilli, em um misto de sentimentos de atração e raiva pelo que havia acontecido.

— Usa a marreta, garota! — afirmou Shauta, surgindo ao lado de Anne e indicando a direção que o golpe deveria seguir.

— Eu não vou usar marreta alguma! — bradou Criella, confusa. — Fiquem quietas! Desculpe!

A precipitada ação da garota havia sido feita perante uma tentativa de ajuda do rapaz em ensiná-la a arte da atuação. Mudando totalmente seu semblante, Romeu havia mostrado que havia encarnado um personagem, de começo imperceptível para a celestial. Arrependida a garota curvou-se e a partir daquele momento, buscou aprender o máximo que pudesse sobre a arte da atuação.

Focada nas instruções dadas, a garota seguiria tudo que Romeu indicasse, prestando atenção. Facetas visuais, modos de agir, de falar, de se portar, tudo seria levado em conta para Anne. Ela estava disposta a aprender e engolir sua timidez a força para sair dali uma boa atriz, ou ao menos mediana. Buscando algo diferente do que ela era, a garota se baseou em Kallista para encarnar uma personagem totalmente esnobe e sem graça. A demônio não havia gostado nada disso e sumia. As garotas riam, mas era a quebra de gelo que Anne precisava para seguir.

Prestando atenção a garota tentaria aprender ao máximo tudo sobre a arte de atuar com Romeu durante todo o tempo que tivesse disponível com o rapaz.

Fim do aprendizado: Perícia Atuação.

— Minha mente vai explodir — comentou a garota, sentando-se no canto de parede mais próximo. — Eu me saí bem? — questionaria. — Atuar é bem complicado. Você faz isso há muito tempo, Romeu? Ser um artista em uma ilha, aparentemente, tão religiosa deve ter seus empecilhos.

Relembrando o pouco que sofreu ao visitar a igreja da ilha, a bárbara celestial buscou iniciar uma conversa, ao menos tentar. De fato, a garota nãos sabia o que fazer a partir dali, nem para onde ir. Talvez conseguir dinheiro, ou algum lugar pra ficar. Essas deveriam ser prioridades para aquele momento.

— Acredito que tenha de ir embora agora — comentou erguendo-se. — Tenho que conseguir um lugar pra ficar e dinheiro. Se não terei que atuar como uma garota morta. E será uma atuação bem realista.

Pronta, Anne partiria daquele local caso não houvesse nenhum empecilho para a mesma. Para conseguir algum lugar para trabalhar. Então, caso não se obtiver informações com o pessoal do aprendizado, a garota buscaria algum quadro de avisos de empregos ou, em último caso, visaria ir até uma taverna. Seu pai sempre havia mencionado que as fofocas de um lugar estariam nas rodas de bebida.

Calmamente a garota seguira, buscando sempre observar os arredores. Era um prazer da mesma analisar as situações, pessoas e ambiente. No caminho, certamente a celestial faria isso. Utilizando-se de informações obtidas anteriormente, ou com sua visão, procurando placas, por exemplo, a garota tentaria encontrar o caminho até os locais almejados anteriormente.



Considerações:
 

Histórico:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
tamerex12
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
tamerex12

Créditos : 2
Warn : Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 19
Localização : Dawn Island

Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 EmptySex 10 Jul 2020, 18:26


Uma Odisseia no Santuário


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]





Malkiham island
20:00h PM
Noite fria, 3ºC


Quando Anastrianna faz sua última atuação, por alguns segundos as únicas coisas que se dá para ouvir na sala, são os ventos gélidos lá de fora, e o "tic tac" de um relógio no fundo.

--Bravo!! Você foi perfeita! (disse batendo leves palmas, e sorrindo)

--Ah? Sim eu atuo já algum tempo, diria que uns 8 anos talvez (disse olhando para o chão)

Quando Criella se levanta dizendo que tem de ir, Romeu imediatamente se levanta junto e diz sussurrando a ela:

--Espere um pouco por favor

--Ah Lucas, será se você poderia nos fazer um chá? (pergunta ele)

--Ohh? Normalmente você sabe que eu não faço, mas hoje farei uma exceção
(disse ele se levantando e saindo da sala)

Assim que a porta se fecha, Romeu parecia ter mudado, esboçava um sorriso quase de alivio completo em seu rosto, seus olhos se enchiam de lagrimas, se equilibrando em suas pálpebras inferiores para não deslizar em seu rosto.

--Você é igual a mim! Ahh eu procurei alguém como você por tanto tempo (dizia ele se abraçando)

--Quantas de você são??? (dizia ele com um olhar fascinado)

--Nós somos 5, você quer conhece-los?

Em um segundo, sua feição e postura corporal mudava completamente, parecendo até outra pessoa dentro daquela carcaça vazia.

--Prazer Linda moça, meu nome é Mateo, que tal você dormir em nossa casa hoje? (encarava ele com uma expressão safada em seu rosto)

Seus olhos se reviravam por um segundo, e ele se transformava em uma nova "pessoa".

--Olá!!! Meu nome e Liam, é um prazer conhecê-la!!! (dizia enquanto pegava sua mão e começava a balançar animadamente)

-HehehaHAHA, o..o..olá senhorita, meu nome é Dimitri, sou um pouco diferente dos outros, se é que você me entende heheHAhaha (ele se encolhendo enquanto não fazia contato visual)

--Bem, eles deixaram para me apresentar no final, mas não importa, meu nome e Dane, sou o "real" por assim dizer, os médicos dizem que eu tenho algo chamado de bipolaridade aguda, nós conseguimos perceber que você tem algo parecido certo? Eles quiseram muito falar contigo, então não pude deixar de vim me apresentar também. (fazia uma expressão um tanto sem vida enquanto falava)

Romeu trocava de personalidade novamente, mas ela deveria realmente o chama-lo de Romeu? Afinal eram tantos dentro de um só corpo.

--Romeu que está aqui agora, normalmente sou eu quem controla as coisas, os outros não são tao bons como eu para lidar com as pessoas, mas eu entendo, você é que nem eu, por isso que você foi tão boa em sua atuação, porque você sempre está interpretando um papel como a gente!

--Você disse que estava sem dinheiro, e precisava de um lugar para ficar, sabe, a algum tempo eu e os rapazes já estamos pensando, se nós queremos algo, porque simplesmente não pegamos, nós somos realmente loucos por pensar dessa forma?

--Eles que são os loucos vivendo sua vida de forma tão monótona e sem graça! (colocava as mãos na cabeça)

--Mas nós sempre somos tachados de doentes e diferentes, você não concorda comigo?? (enquanto encarava fixamente ela)

--Venha para nossa casa certo?? Não podemos simplesmente deixar você dormir na rua. (dizia ele enquanto sorria)

Legendas:
 

Imagens:
 

OFF:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário   Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: