One Piece RPG
[MINI-Itashi] XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Fiction] — The Legend
[MINI-Itashi] Emptypor GM.Noskire Hoje à(s) 21:31

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
[MINI-Itashi] Emptypor Rosinante-san Hoje à(s) 20:23

» Mini - Serana
[MINI-Itashi] Emptypor Serana Hoje à(s) 19:42

» Unbreakable
[MINI-Itashi] Emptypor Ineel Hoje à(s) 15:43

» [mini-nickgames1234] *East Blue*
[MINI-Itashi] Emptypor nickgames1234 Hoje à(s) 14:50

» Bizarre Adventure: Smooth Criminal
[MINI-Itashi] Emptypor Achiles Hoje à(s) 12:37

» [Ficha] Pandora
[MINI-Itashi] Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 0:20

» ~ Mudanças Importantes ~
[MINI-Itashi] Emptypor DEV.Ryan Ontem à(s) 23:45

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
[MINI-Itashi] Emptypor Wesker Ontem à(s) 22:54

» Apenas UMA Aventura
[MINI-Itashi] Emptypor Van Ontem à(s) 22:00

» O Ronco do Bárbaro
[MINI-Itashi] Emptypor Ghastz Ontem à(s) 18:30

» De pernas pro ar! A revolução de Yumi
[MINI-Itashi] Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 16:00

» Cap I: Veneno de dois Gume
[MINI-Itashi] Emptypor Noelle Ontem à(s) 15:12

» O vagabundo e o aleijado
[MINI-Itashi] Emptypor Megalinho Ontem à(s) 3:29

» Retornando para a aventura
[MINI-Itashi] Emptypor rafaeliscorrelis Qui 14 Nov - 23:00

» [Mini - Asin] - Seja o Equilíbrio
[MINI-Itashi] Emptypor TheJoker Qui 14 Nov - 14:44

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
[MINI-Itashi] Emptypor Wave Qua 13 Nov - 22:34

» Desventura 3.5: O treino para Grand Line
[MINI-Itashi] Emptypor TheJoker Qua 13 Nov - 18:54

» MEP Serana
[MINI-Itashi] Emptypor TheJoker Qua 13 Nov - 17:49

» あんみつ - Anmitsu
[MINI-Itashi] Emptypor Skÿller Qua 13 Nov - 17:39



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-Itashi]

Ir em baixo 
AutorMensagem
Itashi
Membro
Membro
Itashi

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Masculino Data de inscrição : 30/08/2019
Idade : 25
Localização : Aguardando Mini-Aventura

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptySex 30 Ago - 7:23

Nome: Zaandros
Idade: 20
Sexo: Masculino
Raça: Mink
Tamanho: 1,82
Estilo de Combate: Ceifador
Localização: Dawn Island - East Blue
Grupo: Civil
Vantagens: Adaptador, Sentidos Aguçados Visão, Olfato e Audição, Aceleração, Ambidestro
Desvantagens: Coração Mole, Código do Caçador, Código do Herói
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 51
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptyDom 1 Set - 10:34

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

Dicas e Orientações do Makei escreveu:
Yo ! Sempre tenha uma olhada nas Dicas e Orientações que estarão em Spoiler, será pelo meio que irei te ajudar ao passar dicas, orientações e feedbacks de como as coisas estão andando, também é um meio da gente conversar e interagir, então não se sinta acanhado para perguntar se caso tenha uma dúvida !

~ De início eu gostaria de recomendar a ler esse post para entender um pouco melhor do sistema do forum - https://www.onepiecerpg.com/t12170-uma-boa-narracao ~

GodMode - Temido por muitos e destruidores de outros, é um dos maiores vilões das Mini’s, já que a construção do cenário e etc… Se vem totalmente pelo Narrador, então se atenha ao ato de sempre tomar cuidado com ele, a dica que eu posso lhe dar é abusar do Futuro do Preterito  (Verbo + ria , como ; Levantaria, Jogaria, chutaria, etc…) para citar as coisas como ; Poderia estar frio sobre o dia, por isso tentaria pegar uma de suas roupas pesadas para andar pelas ruas da cidade, deixaria essa alternativa de lado caso estivesse a noite por medo de ser assaltado(a). Aqui nós criamos uma situação onde citamos um cenário ao mesmo tempo fugimos do GodMode, ajudando na criação do post.

Linearidade - Nunca tenha apenas 1 caminho a seguir, traga outras rotas e possibilidades ! Isso serve tanto para podermos criar uma aventura legal e divertida como para saber o que o(a) seu(a) personagem lidaria com a surpresa de outros fatores, por isso, ter múltiplas ocasiões sempre se torna um atrativo a ser apreciado na narração !

Mini-Aventura - Se consiste em 4 partes onde iremos testá-los e orientá-los pelo caminho, sendo elas ; Inicialização, Interação & Diálogo, Combate e Finalização.

Inicialização : Considerada para muitos a parte mais chata e uma das mais complicadas pelo simples fato de não puder trazer nada de cenário para o post, as dicas que eu te ofereço são bem simples e de grande ajuda para o início, tente trabalhar com a Personalidade, Características e Aparência do seu personagem e deixando um simples objetivo ao final, um meio que pode lhe ajudar a trazer conteúdo extra para o primeiro post é o uso de Flashbacks, mas tudo isso fica ao seu gosto ! Só não esqueça de não citar nada do mundo afora atual ao mesmo tempo que tenta trazer o máximo possível do personagem !

Interação & Diálogo : Aqui nós iremos ver como você consegue trabalhar com o sistema do fórum, ao usar de Interações com NPC’s e seus diálogos, não sei se já andou dando uma olhada, porém nós usamos o Futuro do Pretérito, onde iremos trabalhar vários casos e possibilidades que possam existir em um simples contato, pode parecer um pouco difícil de início para se acostumar, mas tenha certeza que iremos resolver isso rapidamente !

Combate : O tema considerado por muitos o mais difícil, e eles tem razão ! Pois é aqui que nós iremos trazer todo o potencial do Pretérito, onde iremos tentar imaginar o máximo possível das coisas que possam vir, por isso não tenha preguiça de escrever quando chegarmos ali ! O negócio é loco memo.

Finalização : Acredito que aqui é a parte mais tranquila e sem problemas, já que iremos simplesmente finalizar nossa aventura, saiba que no fórum infelizmente nunca iremos poder trazer a situação “Perfeita” onde você concluiu e resolveu todos os seus problemas, então ter em mente um meio de “Finalizá-lo” é bem importante, parecido com o final de um capítulo onde tentaremos deixar todos os nossos espectadores ansiosos para a próxima parte !

Com isso eu acredito que passei o básico para que possamos criar uma boa aventura ! No meio do caminho estarei a disponibilizar mais dicas e te explicar mais detalhadamente do sistema então esteja atento(a) ! Na dúvida só me chamar por MP ou pelo Discord - Ria
#8212

____________________________________________________

[MINI-Itashi] Unknown[MINI-Itashi] Imagem4[MINI-Itashi] FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Itashi
Membro
Membro
Itashi

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Masculino Data de inscrição : 30/08/2019
Idade : 25
Localização : Aguardando Mini-Aventura

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptyTer 3 Set - 16:42

Como isso era possível? Teria ele novamente se perdido tanto em seus pensamentos, que mal havia olhado por onde anda? Daminem respirou fundo, coçou seus cabelos negros e olhou à sua volta para ver onde estava.

Ultimamente ele estava preocupado com o andamento das suas pesquisas. Não era o melhor em estudar coisas novas, mas gostava de observar o mundo, e deste fazer suposições, muitas delas não sendo muito bem vistas pelas pessoas, afinal, era muito mais fácil acreditar no que se aprendia dos mais velhos. Porém ele não era como as outras pessoas e gostava de brincar com o conhecimento natural das coisas, e a segundos atrás imaginava qual o sentido de nascermos com dois olhos. Um só maior não bastaria?

Seu avô também era um exímio questionador, porém isso lhe custara a vida por questionar o Governo Mundial. Pessoas sensatas saberiam que uma simples pergunta mal colocada seria o bastante para lhes levarem para um interrogatório, porém esta era uma família um tanto quanto sincera demais, e juízo não era algo muito venerável. Entretanto era isso que os fazia diferentes, e era justamente essa diferença que permitiu o rapaz crescer com essa mentalidade. Isso jamais aconteceria numa família comum.

Daminem resmungava consigo mesmo sobre lembrar de anotar suas constatações sobre os olhos humanos quando tivesse a chance, porém agora precisava achar alguém que soubesse fazer navios. Não apenas alguém que os fizesse, ele buscava alguém que pudesse lhe ensinar a fazê-los. Dado de si, ele procuraria alguém que conhecesse algum carpinteiro de confiança, algum carpinteiro que precisasse de ajuda ou quisesse aprendizes, porém, ele também tinha fome e daria uma atenção especial para ver se encontrava um lugar para comer.

O rapaz era alto e magricela, tinha cabelos negros e curtos e uma silhueta de alguém cansado, porém tinha um sorriso caprichado no rosto. Andava com passos muito largos, pois tinha pernas essencialmente maiores do que outros humanos, e frequentemente se perdia por ser muito distraído nos pensamentos.

A qualquer momento ele poderia ver alguma coisa e ficar dias com ela intrigada na cabeça, tal como poderia se apaixonar por alguma garota (o que não era incomum) em algum canto. Porém naquele momento ele só fazia uma cara esquisita, havia acabado de voltar de uma dúzia de pensamentos.

____________________________________________________

~ I T A S H I ~
Boas intenções não são o suficiente para salvar uma pessoa!
Dr. Kureha   

[MINI-Itashi] Abc10

[MINI-Itashi] W10


Última edição por Itashi em Seg 9 Set - 10:31, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 51
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptySeg 9 Set - 1:02

Interação!
Era mais um belo dia que começava em Dawn Island, o Sol começava a nascer, pássaros começavam a cantar, pessoas se levantavam e iam trabalhar tanto no campo, quanto na cidade, todos viviam com mais um dia de suas rotinas enraizadas, mas com Zaandros, as coisas eram um pouco diferentes, ele simplesmente havia decidido ir atrás de alguém que o ensinasse sobre carpintaria e sem um motivo aparente, foi atrás desse aprendizado.

De toda forma, nem sempre as respostas aparecem do nada como uma pessoa ao seu lado comentando sobre aquilo que você quer ouvir. Se quer descobrir algo, o ideal é ir atrás de alguém e perguntar sobre o que quer que seja. Mesmo assim, após vagar por algumas horas pela cidade, com a fome batendo a porta, ele viu o que parecia ser um restaurante, onde haviam pessoas entrando e saindo. Era grande e tinha uma fachada bastante bonita, com uma bela garçonete ruiva atendendo as pessoas que iam entrando.

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 


____________________________________________________

[MINI-Itashi] Unknown[MINI-Itashi] Imagem4[MINI-Itashi] FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Itashi
Membro
Membro
Itashi

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Masculino Data de inscrição : 30/08/2019
Idade : 25
Localização : Aguardando Mini-Aventura

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptySeg 9 Set - 10:03

Onde quer que estivesse ele só conseguia sentir a sensação gostosa que se sente quando o dia está a começar. Aquele sentimento quando ainda há apenas o cantar dos pássaros. Como ele gostava daquilo!
Sempre que acordava cedinho assim ele gostava de escutar o canto dos pássaros e ficar adivinhando quais pássaros eram aqueles.

- "Ei passarinhos! o que é que vocês estão falando aí hein?"

Ele sabia que eles não responderiam, mas por que não? Não havia de saber até tentar, certo? As coisas novas só são descobertas quando se faz o que é corriqueiro de forma diferente.

As pessoas aos poucos foram saindo de suas casas e indo trabalhar. Não era tão comum ele estar acordado tão cedo, porém ele aproveitaria e se esforçaria pra achar alguém que pudesse lhe ajudar.

As pessoas iam conversando para todos os lados. Com o passar do tempo aquele marasmo do começo da manhã ia passando e as pessoas já conversavam às ruas. O rapaz então entrara em um modo de alerta, escutando tudo que todo mundo dizia. Ele fazia um esforço danado pra ouvir mais de uma conversa e tentar tirar delas elementos que o ajudassem em sua busca.

O tempo foi passando e nada. Sobretudo ele não desistiria, logo decidiu que "se as pessoas não falavam sobre o que ele queria escutar, ele faria com que falassem!" Não era comum ele se meter no andamento do universo, ele gostava mais de observar e fazer suas constatações, porém era necessário.

- "Quais perguntas eu vou fazer?"

- "Hey senhor! Você sabe de algum carpinteiro que tenha uma escola de carpintaria?"

- "Moço, tem alguma escola de carpintaria por aqui?"

- "Olá! Eu já te vi em algum lugar não vi antes? Éer... Pois bem, estou procurando algum instrutor de carpintaria por aqui, sabe de algum?"


Não importa o quanto tentasse, seus esforços estavam sendo em vão. Ele andou horas pela cidade e nada de encontrar alguém que soubesse sobre um instrutor de carpintaria.

"Rooooooungh" - Seu estômago já roncava de fome, e ele mal sabia como iria matar sua fome. Estava perdido. Sequer sabia se já tinha passado por ali, já que raramente lembrava detalhes de onde ficavam as coisas. Pensar era mais importante. Algo no seu âmago dizia que ele era responsável por fazer aquilo, já que aparentemente ninguém em volta se importava em extrair do mundo algo diferente do habitual.

Algo despertou sua curiosidade: ele via pessoas, saindo e entrando de um estabelecimento lá ao longe. Era a sua chance! Ele poderia achar ali alguém que soubesse sobre o instrutor de carpintaria!

Contudo algo lhe intrigava:

- Por que as pessoas não estão sequer se interessando em me ajudar? Eu fui tão cordial e educado e mesmo assim, praticamente não paravam pra me escutar...

Um motivo! Era isso! Seu pedido era vago, as pessoas só diriam sim ou não, era obvio! Como não pensara nisso antes?

Antes de chegar ao tal lugar em que se dirigia, ele precisava encaixar um porquê numa frase sucinta e digna de despertar olhares mais atenciosos.

Para entendermos a motivação do garoto, primeiro precisamos voltar um pouco no tempo...

Zaandros não gostava de água, sempre tomava banho uma vez por dia, mas parava por aí, não se arriscava a entrar na água, muito menos em cachoeiras. Esse era o principal motivo para as crianças não se aproximarem dele.

[Criança Qualquer]- Como pode um menino com medo de água?!

Não havia uma criança que o achasse normal. Tinham até aquelas que o jogavam na água de propósito para ver seu desespero. Uma dessas vezes ele chegou a se afogar e ficar quatro dias desmaiado.

Quando ele caiu da cachoeira que jogaram-no, todos acharam que ele ia morrer, inclusive ele. Porém quando ele acordou, havia um homem grande e barbudo do seu lado, roupas pretas e camisa aberta. Estava fumando um cachimbo dourado e lendo um jornal.

Ao perceber que ele havia acordado, o homem sorriu, saiu andando, pegou um barco e saiu velejando rumo ao mar. Não disse uma palavra. Como Zaandros estava fraco não conseguiu acompanhá-lo, mas o fez da janela, ficou vendo o homem ir embora sem conseguir dizer uma só palavra.

Ele nunca esquecera o rosto daquele homem, e ficara sabendo que era ele quem o tinha salvo e cuidara dele até o momento que ele acordara. Até mesmo seus pais que precisavam trabalhar não podiam ficar com ele o tempo todo, porém aquele desconhecido o tinha feito.

Não havia um só dia que ele não lembrava do rosto daquele homem, e tinha prometido para si mesmo que um dia o encontraria e agradeceria por salvá-lo. Ele morreria tentando encontrá-lo se fosse possível, era a coisa mais importante da vida dele, além é claro, de trazer para o mundo uma visão mais crítica e diferente das coisas.


Era por isso que ele decidira aprender carpintaria: ele precisava aprender a reparar o seu barco, quando tivesse um, de modo a não ter que parar sua jornada porque um leme quebrou ou bateu em alguma pedra.

Ele já vinha estudando como navegar a alguns meses com seus pais, porém ele acreditava que mais valia chegar a qualquer lugar, mesmo sem saber aonde ia, do que saber aonde estava indo e não conseguir chegar ao seu destino. Já ouvira falar de várias histórias de pessoas que morreram no mar, porque seus barcos não eram bons o bastante para atravessar tempestades ou que tiveram um simples furo e afundaram.

Mas essa era uma história grande e poderiam achar que ele queria virar um pirata e, com preconceito, não o ajudarem (se é que já não era por isso que não lhe indicavam onde havia um instrutor de carpintaria).

- Vou dizer que um capitão da marinha havia pedido informações sobre algum carpinteiro na cidade. Provavelmente irão me escutar assim.

Enquanto se vangloriava de ter achado algo bom pra falar, ele subitamente era impedido por seu subconsciente: Uma moça linda estava diante de seus olhos.

O ar parecia mais pesado, estava difícil de respirar. Não haviam mais pessoas, não havia mais carpinteiro em suas idéias e muito menos escutava vozes. Tudo que existia era aquela ruiva. Ele precisava perguntar o seu nome.

O que ele faria? Era uma ocasião única no mundo, ele não poderia errar, nem se passar como um tarado.

Depois de respirar fundo, ele se aproximaria do local, cumprimentaria a moca de forma cordial e perguntaria se havia uma mesa disponível e diria que estava com muita fome. Educadamente elogiaria seus cabelos ruivos e sentaria no lugar que ela lhe indicasse, ou esperaria por uma mesa até que estivesse disponível.

Quando fosse atendido, perguntaria para a moça se ela já havia comido, uma vez que estava trabalhando e deveria estar cansada. Perguntaria se não gostaria de lhe acompanhar e se gostaria de ouvir uma história. Escolheria um prato que achasse agradável e perguntaria qual a moça gostaria de comer. Como ele a convidara, nada mais justo que pagar-lhe a comida, mas ela devia pagar o que fosse beber. Afinal, ele ouvira falar que mulheres fortes bebem muito, e ele não gostaria de gastar todo seu dinheiro com alguém, mesmo que fosse uma linda mulher como aquela. Contaria-lhe a história do homem que o havia salvo e que precisava pagar-lhe a dívida por salvar sua vida. E perguntaria se ela poderia o ajudar. Se ela quisesse, a chamaria para seguir na estrada junto com ele, quando o pudesse.

Se ela não aceitasse se sentar à mesa, agradeceria e pediria um cardápio e pediria o prato que mais me agradasse. Pediria desculpas por incomodá-la novamente e perguntaria se ela não conhecia um carpinteiro na cidade. Mesmo tendo uma idéia genial, ele jamais mentiria para uma moça tão bela, e faria uma pergunta diferente da que havia escolhido. E não seria uma idéia ruim: se achasse um carpinteiro, mesmo que ele não fosse instrutor, ouvira falar que carpinteiros geralmente falam muito mal de seus concorrentes, então ele saberia de todos os outros carpinteiros da cidade, e bateria na porta de cada um até que encontrasse um que aceitasse ser seu instrutor.

Se ela aceitasse comer e escutasse sua história, porém não aceitasse seguir a estrada junto com ele, ele perguntaria se poderia chamá-la para sair algum dia, antes que de fato ele fosse embora.

Se ela não soubesse nada sobre algum carpinteiro, ele perguntaria se seria incômodo perguntar para os clientes do restaurante sobre conhecerem algum carpinteiro. Porém dessa vez usaria a estratégia de falar sobre o capitão da Marinha ter solicitado.

Por fim, ele perguntaria em qualquer ocasião o nome dela. Ele esquecia lugares mas não nomes, e mesmo se não lembrasse aonde ficava aquele restaurante futuramente, com um nome ele sabia que podia encontrar a moça novamente.

____________________________________________________

~ I T A S H I ~
Boas intenções não são o suficiente para salvar uma pessoa!
Dr. Kureha   

[MINI-Itashi] Abc10

[MINI-Itashi] W10
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 51
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptySeg 16 Set - 23:23

Post Negado!

*E aí Itashi, tudo bem? Então, eu não ia negar esse post até porque demorei para ter tempo de postar para você, mas não teve jeito, isso porque tiveram algumas coisas que precisam ser corrigidas o quanto antes para que você não carregue isso nas suas aventuras.

Primeiro, cuidado com os GOD modes, você não pode afirmar que as pessoas não conseguiam te ajudar, apenas quem estiver te narrando pode controlar os NPCs e tecnicamente você não recebeu a informação que procurava porque nem sequer tinha tentado conseguir ela, com um simples “Ei, você, onde tem um um carpinteiro por aqui?” Você conseguiria achar algum, bastava chegar em qualquer npc e perguntar, você até poderia colocar que seu personagem ficou bravo por não estar conseguindo informações do jeito que estava fazendo que era apenas andar por aí aleatoriamente tentando escutar uma conversa, mas não dizer que os npcs simplesmente não sabiam, isso seria GOD mode.

A outra coisa, é com relação as suas falas, você não pode colocar coisas como “perguntaria onde é o porto”, você deve perguntar colocando falas. Algo como “me aproximaria de quem quer que aparecesse por meu caminho e diria com um sorriso, esbanjando minha característica confiança. -Olá, saberia me informar onde é o porto? – Se a pessoa não soubesse, partiria para a próxima, até que encontrasse o porto ao seguir a informação dada ou de tanto vagar por aí.” Entendeu? Eu usei uma fala para falar e não coloquei uma ação para falar, é assim que o fórum funciona.

Simplesmente não cabe ao narrador ficar adivinhando o que o seu personagem quer falar, quanto mais você especificar essas coisas e deixar menos a mercê de forma que o narrador tenha que adivinhar, melhor. Então sempre e eu repito, SEMPRE coloque as falas de seu personagem, independentemente do que ele for falar, desde um “- Tchau! -” até um grande discurso, sempre coloque as falas, certo?

Por fim, tome cuidado com as recapitulações, às vezes pode ser legal colocar alguma coisa com relação ao post do narrador quando for importante para o desenvolvimento do seu post como uma reação a alguma coisa, o problema é quando se faz a recapitulação do post inteiro do narrador, isso acaba ficando mais cansativo que ajudando.

Seria isso, agora cabe a você decidir se vai trocar as partes que comentei ou refazer o post por completo, tenho certeza de que o próximo independentemente do que você colocar vai ficar bem melhor.

Abraços e no aguardo.*

____________________________________________________

[MINI-Itashi] Unknown[MINI-Itashi] Imagem4[MINI-Itashi] FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Itashi
Membro
Membro
Itashi

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Masculino Data de inscrição : 30/08/2019
Idade : 25
Localização : Aguardando Mini-Aventura

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptyTer 17 Set - 0:35

Onde quer que estivesse ele só conseguia sentir a sensação gostosa que se sente quando o dia está a começar. Aquele sentimento quando ainda há apenas o cantar dos pássaros. Como ele gostava daquilo!
Sempre que acordava cedinho assim ele gostava de escutar o canto dos pássaros e ficar adivinhando quais pássaros eram aqueles.

- "Ei passarinhos! o que é que vocês estão falando aí hein?"

Ele sabia que eles não responderiam, mas por que não? Não havia de saber até tentar, certo? As coisas novas só são descobertas quando se faz o que é corriqueiro de forma diferente.

As pessoas aos poucos foram saindo de suas casas e indo trabalhar. Não era tão comum ele estar acordado tão cedo, porém ele aproveitaria e se esforçaria pra achar alguém que pudesse lhe ajudar.

As pessoas iam conversando para todos os lados. Com o passar do tempo aquele marasmo do começo da manhã ia passando e as pessoas já conversavam às ruas. O rapaz então entrara em um modo de alerta, escutando tudo que todo mundo dizia. Ele fazia um esforço danado pra ouvir mais de uma conversa e tentar tirar delas elementos que o ajudassem em sua busca.

Não importa o quanto tentasse, seus esforços estavam sendo em vão. Ele andou horas pela cidade e nada de escutar alguém falando sobre um instrutor de carpintaria.

"Rooooooungh" - Seu estômago já roncava de fome, e ele mal sabia como iria matar sua fome. Estava perdido. Sequer sabia se já tinha passado por ali, já que raramente lembrava detalhes de onde ficavam as coisas. Pensar era mais importante. Algo no seu âmago dizia que ele era responsável por fazer aquilo, já que aparentemente ninguém em volta se importava em extrair do mundo algo diferente do habitual.

Algo despertou sua curiosidade: ele via pessoas, saindo e entrando de um estabelecimento lá ao longe. Era a sua chance! Ele poderia achar ali alguém que soubesse sobre o instrutor de carpintaria!

Contudo algo lhe intrigava:

- Será que eu deveria falar com alguém? Que droga.. não queria ter o trabalho de ficar me explicando..


Mas o que devia falar? Antes de chegar ao tal lugar em que se dirigia, ele precisava encaixar um porquê numa frase sucinta e digna de despertar olhares mais atenciosos.

Seria muito incômodo ter que explicar toda a história do porquê estava procurando um carpinteiro que pudesse lhe ensinar carpintaria.

Flashback:
Spoiler:
 

Ele já havia estudado como navegar com seus pais, porém ele queria aprender a reparar o seu barco, quando tivesse um, de modo a não ter que parar sua jornada porque um leme quebrou ou bateu em alguma pedra. Já ouvira falar de várias histórias de pessoas que morreram no mar, porque seus barcos não eram bons o bastante para atravessar tempestades ou que tiveram um simples furo e afundaram.

Mas essa era uma história grande e ninguém pararia tanto tempo para escutá-lo, além de não ser nada efetivo no caso de não saberem. Ele perderia um bom tempo a toa.
Também poderia acontecer de acharem que ele queria virar um pirata e, com preconceito, não o ajudarem (se é que já não era por isso que não lhe indicavam onde havia um instrutor de carpintaria).

Enquanto pensava, ele subitamente era impedido por seu subconsciente: Uma moça linda estava diante de seus olhos.

Num instante, na cabeça dele, o ar parecia mais pesado, estava difícil de respirar. Não haviam mais pessoas, não havia mais carpinteiro em suas idéias e muito menos escutava vozes. Tudo que existia era aquela ruiva. Sua cabeça fritava. Ele precisava perguntar o seu nome.

O que ele faria? Pra ele, era uma ocasião única no mundo, ele não poderia errar, nem se passar como um tarado.

Depois de respirar fundo, ele se aproximaria do local, cumprimentaria a moca de forma cordial

"- Olá, com licença, a senhorita, ou senhora, desses lindos cabelos ruivos, trabalha aqui, certo? Tem algum lugar em que eu possa me sentar? estou andando já tem um tempo, e estou com muita fome."

Se ela lhe indicasse um lugar, sentaria no mesmo, ou esperaria por uma mesa até que estivesse disponível.

Enquanto estivesse esperando, olharia em volta para ver se havia algo no qual pudesse lhe ajudar a encontrar um carpinteiro.

Quando fosse atendido, perguntaria para a moça:

"- Desculpe-me, acho que não perguntei seu nome... Teria eu, a honra de saber?"

Se ela dissesse, ele agradeceria: "- Obrigado, senhora ou senhorita, [nomeaqui]", e se não, pediria desculpas: "- Me desculpe a intromissão, só queria ser cordial."

"- Moça, o que você me indicaria para comer, que não fosse nem muito caro, nem muito raso?"

Para ele por mais que estivesse encantado, a moça ainda seria uma estranha, e poderia lhe indicar pratos bons e baratos, tal como lhe indicar pratos caros, logo, ele olharia se seu dinheiro daria para comer o que fosse indicado, e pediria se fosse possível. Caso contrário tentaria pedir algo mais barato.

Em um segundo momento, perguntaria:

"- Moça, deve estar cansada de trabalhar. Faria companhia para este distraído rapaz que vos fala, a serviço de me ajudar com uma informação que muito procuro? Se aceitar, prometo não tomar-lhe muito tempo "

Se a moça aceitasse, contaria lhe a história do homem que o salvou

Spoiler:
 

Depois diria:

"- Eu preciso muito encontrar esse homem. Desde que vi ele saindo naquele barco, eu desejo agradecer e poder retribuir-lhe o favor"

"- Você não saberia de algum carpinteiro ou instrutor de carpintaria por aqui que pudesse me ajudar?"

Se ela não aceitasse se sentar à mesa, ele diria:

"- Desculpa por incomodá-la novamente. É porque precisava encontrar um carpinteiro na cidade, ou alguém que me ensinasse carpintaria, e temo que não entenda meus motivos, desconhecendo-os, por isso fiz-lhe o convite para escutar minha história." Ele jamais mentiria para uma moça que achasse bonita.

Se ela não soubesse, ou não quisesse dizer, se houvessem pessoas ali, ele perguntaria:
"- Tem algum problema se eu perguntar para as pessoas no seu estabelecimento sobre conhecerem algum carpinteiro?"

Neste caso, caso ela permitisse, ele faria uma pergunta diferente da que havia feito pra ela:

- Um rapaz da marinha me pediu informações sobre algum carpinteiro na cidade, fiquei de procurar respostas para ajudá-lo, mas ainda não consegui cumprir minha promessa. Saberia de algum carpinteiro na cidade? Ou alguém que saiba um pouco de carpintaria?

Se alguém lhe desse alguma direção ele seguiria-la, mas não sem antes agradecer à moça:

"- Obrigado pela refeição e atenção."

Se em nenhum momento ela dissesse que era casada, ele diria:

"- Teria problema em dar uma volta comigo amanhã?"

Se ela aceitasse ele daria um sorriso e se despediria:

"- Obrigado, foi um prazer te conhecer [nome_dela_aqui_se_tivesse_dito], até amanhã! Passo aqui amanhã para te buscar."

Se ela não aceitasse ou não tivesse tido nem chance de fazer a pergunta, ele simplesmente agradeceria

"- Muito Obrigado! Até mais!"

Vagaria em rumo à direção que lhe dessem.

Se ele não conseguisse nenhuma informação sobre um carpinteiro, ele sairia e veria que horas eram.
Se não fosse muito tarde e ainda tivessem pessoas às ruas ele sairia perguntando se sabiam de algum carpinteiro na cidade

- Um rapaz da marinha me pediu informações sobre algum carpinteiro na cidade, fiquei de procurar respostas para ajudá-lo, mas ainda não consegui cumprir minha promessa. Saberia de algum carpinteiro na cidade? Ou alguém que saiba um pouco de carpintaria?

Comentários:
 

____________________________________________________

~ I T A S H I ~
Boas intenções não são o suficiente para salvar uma pessoa!
Dr. Kureha   

[MINI-Itashi] Abc10

[MINI-Itashi] W10
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 51
Warn : [MINI-Itashi] 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptySab 21 Set - 8:56

@Fanalis B. Ria escreveu:
Interação!
Aquela bela ruiva se mantinha parada até que conforme o jovem se aproximou, ela abaixou levemente a cabeça e a coluna se curvando com um sorriso no rosto, mas logo voltando a sua perfeita postura. Com a fala do jovem, ela apontou para uma das poucas mesas que estavam vazias naquele restaurante lotado e ele foi entrando e sentando. Passados alguns poucos minutos dele na mesa com o cardápio, ela se aproximou o perguntando com sua doce voz.

- Já se decidiu, senhor? – Mas teve uma pergunta como resposta, o jovem queria saber seu nome, o que levou a garota a o responder. – Meu nome é Neo. – Pedindo uma opinião sobre o quê comer, a garota apontou para um prato e o disse. – Acho que você deveria comer desse ensopado, ele é muito bom! É feito com carne de primeira e custa apenas dez mil berries –

O jovem concordou já que tinha cinquenta mil berries no bolso, em resposta ela foi saindo na direção da cozinha, sendo que quando voltou com o prato depois de mais alguns poucos minutos, ele a perguntou se não queria se sentar. Em resposta, ela disse com um sorriso, sempre mantendo a elegância.

- Me desculpe, mas tenho que atender outros clientes, se quiser, podemos nos ver depois do trabalho –

Depois de comer, vendo que ela estava mais desocupada, a chamou e perguntou por um carpinteiro, de forma que ela pensou um pouco com a mão segurando o seu próprio delicado queixo e o respondeu. – Sim, na verdade o melhor marceneiro da cidade fica logo na rua de trás, ele tem um grande balcão onde faz barcos incríveis, na quadra logo ao lado dessa onde estamos. –

Feito isso, o jovem agradeceu, recebendo um sorriso de volta em resposta mais uma vez e dizendo que voltaria no dia seguinte, ela o respondeu, parecendo feliz. – Tudo bem! –

DICAS E ORIENTAÇÕES:
 


____________________________________________________

[MINI-Itashi] Unknown[MINI-Itashi] Imagem4[MINI-Itashi] FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 3
Warn : [MINI-Itashi] 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 22
Localização : Loguetown - East Blue

[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] EmptyQui 26 Set - 15:24

Mini-Aventura CANCELADA...


Mini-aventura cancelada por inatividade. Caso queira reabrir sua mini mande PM para algum orientador, GM ou ADM.



____________________________________________________


[MINI-Itashi] VrDfwlm
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[MINI-Itashi] Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Itashi]   [MINI-Itashi] Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-Itashi]
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: