One Piece RPG
Apenas UMA Aventura - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 07:12

» 10 Anos de OPRPG - Bingo!
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Marciano Hoje à(s) 06:35

» Cap. 2: Da alvorada ao Crepúsculo, os aspectos da liberdade surgem!
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Wesker Hoje à(s) 05:00

» Draguren Hynno
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor OverLord Hoje à(s) 04:31

» Duncan Dellumiere
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Wesker Hoje à(s) 03:11

» Aaron DeWitt
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Yami Hoje à(s) 01:40

» There's no good man in the west
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 01:31

» [Mini-Shinki Karan] Ficha
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Quazer Satiel Hoje à(s) 00:21

» O bando nasce! Nobreza contra ralé!
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Aesop Ontem à(s) 23:24

» Hey Ya!
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Megalinho Ontem à(s) 23:23

» Naomi Yumi
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 23:22

» Capítulo I - Despedida
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 23:16

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 23:04

» Joe Kerr
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 22:38

» Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 22:34

» Laith Kinder
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:33

» Karyo Shen
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:30

» Noskire M. Hughes
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:27

» Alexsander Kaelum Colt
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:22

» Hizumy Mizushiro Mayan
Apenas UMA Aventura - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 21:20



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Apenas UMA Aventura

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 44
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptySex 26 Jul 2019, 18:31

Relembrando a primeira mensagem :

Apenas UMA Aventura

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Song jun Wang, Hakuho e Glitzky Platzken. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Visastre
Civil
Civil


Data de inscrição : 16/07/2019

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptyQui 29 Ago 2019, 18:26

Is that some ninjutsu technic?!


Novamente tinha seu ataque impedido pelo ninja, que parecia além de tentar ser um super herói desnecessário nas horas vagas, também ter adicionado empata treta na sua lista de hobbies. Song estava frustrada devido a ter sua ofensiva parada tão facilmente, mas logo se desfazia de tal sentimento quando seu meio irmão e toda a trupe que o acompanhava também chegava. -Esquentar? O que você quer dizer com esque- Antes que pudesse terminar sua fala, algo sobrenatural se mostrava a sua frente. A samurai não fazia a mínima ideia do que ou porquê aquelas coisas estavam aparecendo ali, mas viu uma boa oportunidade de fuga na distração dos dois subordinados de Setsumi. Aproximar-se-ia então de Haku, dando um pequeno sorriso para a pequena criatura em seu ombro e olhando com estranheza o ser em suas costas. -Largue esse traste aí e vamos dar o fora daqui Haku. O pequeno pode vir, acho que já fez dele seu pet de qualquer forma…- Devido a seu traço de liderança, era institivo para a espadachim despejar ordens em momentos que necessitavam de uma decisão. Não tinha visto aquela pessoa nas costas de Haku até então e não era do tipo que fazia caridade por desconhecidos, logo, decidiu dizer aquilo a seu companheiro, afinal, um peso a menos facilitaria a fuga. -Ele deve servir pra distrair esses dois pelo menos, hihih- E partiria então rumo a saída mais próxima que conseguisse encontrar.

-Quem diabos colocou fogo aqui?! E que merda era aquela lá fora?! Já ouvir falar de ninjutsu mas não achei que aquele ninja lá em cima fosse capaz de fazer tal coisa.

Enquanto corriam, soltaria essa rajada de perguntas ao ar, mas não necessariamente esperando por uma resposta, apenas para extravasar sua frustração. Como estava com o kimono do local por cima do seu, tiraria ele enquanto caminhava para enrolar e usar como uma forma de "abanar" o fogo durante o trajeto e, sabendo das tendências carregadoras de seu irmão, caso em algum momento ele a pegasse no colo, faria o mesmo processo para limpar o caminho de possíveis chamas mais altas. "Ele realmente curte sair carregando os outros…" Pensaria brevemente enquanto soltaria um sorriso. -Seu pet tem um nome? Precisamos de um nome. É macho ou fêmea? É castrado?- Questionaria a seu irmão, ignorando completamente o fato do pequeno ser estar ali e ter vontade própria. Ela sabia muito bem que quando o mink colocava as mãos em algo e tomava posse, dificilmente ele soltaria tal coisa, ou deixaria que está coisa fosse embora, mesmo que isso fosse contra a vontade dela. Caso alguém entrasse no caminho tentando impedir sua saída, algo que acreditava ser improvável devido a confusão gerada pelo incêndio, como estava em fuga em velocidade não teria muito tempo para preparar ou pensar nos golpes, então faria algo simples com cortes transversais da esquerda pra direita e de cima pra baixo, apenas para abrir caminho. Se chegassem ao lado de fora, suspiraria aliviada. -Putz! Só agora me toquei que acabei nem comendo nada lá dentro… Constataria, só percebendo agora que seu objetivo inicial ao adentrar no local havia sido deixado de lado no meio daquela confusão. Se já estivessem do lado de fora, olharia melhor para aquela coisa que havia surgido no céu, tentando entender o que diabos estava acontecendo naquela ilha, enquanto ajustaria o enfeite que provavelmente estaria fora do lugar devido a toda aquela correria.

Objetivos da Aventura:
 


Histórico:
 
Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Soldado
Soldado
Van

Créditos : 4
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptyQui 29 Ago 2019, 20:07



O incêndio tomou conta do estabelecimento e em poucos minutos o caos tomava conta. Gritos e desespero dos clientes e alguns funcionários, muita luta para tentar fugir da taverna, mas um trio seguia um caminho oposto. Eles subiam os degraus na busca por Song e ao encontrá-la, Haku sentia um alívio enorme em seu estômago. Se algo acontecesse com sua irmã, aquele bar se tornaria um cenário de filme de terror, daqueles assombrados pelas almas assassinadas no lugar. Mas não foi o caso, então tá tudo bem, pensou o mink com um semblante mais leve, mesmo estando em perigo por causa do fogo e da fumaça.

Enquanto fugiam, Song soltava seus comentários, alguns irônicos, e o boxeador tentava responder do jeito que entendia, porém, a jovem mal lhe dava tempo para pensar pois falava sem parar, praticamente.

Eu não sei o nome dele e nem se é castrado… mas a gente pode resolver isso facilmente...  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O olhar assassino combinado às garras e dentes afiados dariam uma aura aterrorizante ao intimidante raposa. Entretanto, faria isso por poucos segundos, apenas para mostrar que não estava falando sério, mas se fosse necessário seria capaz.

E na bagunça do fogo, sem explicação lógica, algum tipo de buraco começou a surgir no céu em diversos lugares diferentes. O que estava acontecendo? Ele não fazia ideia, por hora, preocupava-se apenas em fugir daquele lugar em segurança e proteger seus queridos. Seguiria Jun sem hesitar, avançando atrás da capitã e de olho nas possíveis ameaças em seu caminho. Havia a hipótese de algum segurança tentar atrapalhar a fuga ou bloquear a passagem. Neste caso, usaria suas capacidades físicas para mover-se com toda agilidade e rapidez que pudesse e faria dois cortes diagonais formando um X em seu(s) oponente(s). Se algo bloqueasse o caminho, como uma porta ou parede, tentaria retalhar com suas garras ou socos caso fosse duro demais para ser cortado.

Considerações:
 
~> Conteúdo da Aventura...


Histórico do Hakuho:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Pierce
Revolucionário
Revolucionário
Pierce

Créditos : Zero
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 10010
Data de inscrição : 25/07/2017

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptySab 31 Ago 2019, 19:21



Glitzky Platzken BOOM…


Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 



O mendigo subia nas costas do selvagem ao meu lado, ele com certeza não tinha a mínima noção de bons modos, havia me traído, enganado e agora queria levar minha carona.
“HEY… Desse do meu selvagem… Esse aqui já tá ocupado…”


Dizia eu balançando minha pequena perna em direção ao caronista sem grandes chances ou esforços de alcançá-lo, já que estava mais concentrado em me segurar ao mink ruivo.

No entanto ao subirmos e encontrarmos a amiga do selvagem, algo inexplicável aparecia no céu, não sabia bem o que era, mas tinha grande chances de ser alquimia e se algum alquimista daquele nível estava nos blues, com certeza poderia ser problema, ou uma chance de estudar mais a fundo e descobrir como fazer minha pedra filosofal, no entanto, de imediato, era apenas uma chance de fuga.

Na hora da fuga caso a moça falasse chamasse os portais de ninjutsu, diria:

“Não, não é ninjutsu… Aquilo muito provavelmente é alquimia e duvido que seja algo que eles fizeram, alguém tão poderoso não se juntaria a gente tão fraca, fora o fato de que eles pareciam tão perdidos como a gente… Tenho a sensação de que isso pode ser mais complicado…”


Caso me chamassem de pet e comentassem castração, diria:

“HEY… Não sou pet, sou um alquimista júnior e um cientista diplomado em química botânica… Diploma que eu mesmo me dei, mas isso não importa… E se vocês tentarem me castrar eu juro que faço uma mistura que vai dar tanta coceira no orifício anal de vocês, que vocês vão querer se coçar com adagas, então mantenham suas mãos bem longe do meu aparato sexual.”


Caso Song reclamasse de não ter comido nada lá dentro, diria:

“Você já olhou aonde é que estávamos moça? Você devia agradecer que a senhorita que não foi comida lá dentro… Você sabe qual as estatísticas de garçonetes estupradas em bares de ralé como esses? Vou te dar uma dica… É um número alto… “


Se em algum momento visse algum revólver ou pistola caído no chão, tentaria pegá-lo se não estivesse em algum lugar de difícil acesso, em seguida voltaria a correr com o grupo.

Se conseguissemos sair do perigo, eu olharia para trás e diria:

“Estranho, invoquei um elementar de fogo, em bares normalmente eles tem muita bebida estocada, com um elementar solto, ele devia achar a bebida, sei lá, fazer uma explosãozinha mais significativa… Hummm… Acho que no fim não invoquei um elementar tão forte assim.”








____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mirutsu
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mirutsu

Créditos : 14
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/05/2018
Idade : 17
Localização : Parnamirim, RN

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptyQua 02 Out 2019, 23:17



Apenas uma aventura





Todos

O caos começava a se instaurar no bar, com as labaredas de fogo ardente consumindo os objetos que estavam no térreo, com as cadeiras e mesas sendo engolfadas pelas chamas. Os pedaços de madeira já começavam a cair devido ao fogo, e as pessoas começaram a fugir daquele local, tossindo devido a fumaça preta que foi formada no térreo do local, lugar onde ficava a cozinha, e onde tinha se originado o incêndio. Era possível notar os cozinheiros, fugindo para fora do estabelecimento, levando o que conseguiam de ingredientes em mãos e gritando xingamentos ao infeliz que havia causado tal infortúnio no seu local de trabalho, enquanto os transeuntes observavam e começavam a se agitar na rua. Felizmente os clientes e os trabalhadores do local conseguiram sair sem grandes perdas e apenas alguns cozinheiros chegaram a sofrer de queimaduras leves.

O trio havia percebido tal movimentação através de um buraco feito na parede, assim como os estranhos portais que haviam surgido no céu anteriormente, que por algum motivo, começavam a se fechar e desaparecer no ar. Um pouco mais longe na rua, era possível ver alguns homens correndo em direção ao bar, trajando roupas brancas. Marinheiros. Em um esquadrão de exatamente dez homens armados com rifles, os marinheiros se aproximavam cada vez mais rapidamente ao notar a fumaça preta que exalava do estabelecimento incendiado. Era notável a mudança do semblante da população geral ao ver a Marinha atuar de forma tão eficaz, e até algumas pessoas saltavam e aplaudiam os marinheiros que se deslocavam para o incêndio.

Na dianteira da formação do esquadrão, um homem se destacava. Seu porte físico era grande, possuía a pele negra e chegava a medir aproximadamente dois metros. Seus cabelos eram crespos, e ele possuía um corte de aspecto militar. Utilizava a vestimenta padrão da marinha, com vestes brancas e azuis. A grande diferença era sua camisa sem mangas, que possuía um broche dourado, revelando uma posição de maior prestígio em meio daqueles soldados. Seus braços pareciam bem trabalhados, tendo uma semelhança com os de Hakuho em tamanho, e ele não portava armas, onde em suas mãos havia no lugar luvas de boxe na cor vermelha. Pelo visto, o homem confiava em suas habilidades de pugilista. Seu semblante era um tanto intimidador, com uma cara mal-humorada e séria, combinada com uma raiva que era expressa nas palavras que o homem dirigia aos seus subordinados.

- Vocês todos, apaguem essa merda desse incêndio! Eu vou entrar nessa porra! - O homem gritava com os outros marinheiros, enquanto apontava a mão para as chamas que saíam do local, e com um salto, o homem adentra o bar pela porta da frente, desaparecendo da visão do trio, sendo encoberto pela fumaça negra e pelas chamas alaranjadas.

A situação para o grupo começava a se tornar insustentável, e rapidamente o enorme marinheiro deveria chegar onde os três estavam, mas, havia algumas possíveis saídas para o grupo, caso eles quisessem fugir. Em um dos quartos haviam janelas que davam para a rua, mais especificamente para um beco que era um bom lugar para se usar como rota de fuga.  

- Eu não sei vocês, mas, eu tô dando o fora daqui!- Nanji rapidamente se move para um dos quartos, e notasse no semblante do rapaz que ele parecia muito nervoso enquanto percorria seu trajeto. Com um pequeno gancho com uma corda amarrada que ele retira de seu bolso, o ninja rapidamente ajusta-o na janela e desce para a rua, logo em seguida correndo desesperadamente por um beco e logo desaparecendo de vista.

Marco que estava nas costas de Hakuho, se desprende do grande mink, e corre em direção ao quarto para onde Nanji tinha ido - Fujam, fujam! - o rapaz exclama em meio da sua corrida, e aproveitando-se do gancho de Nanji, o jovem desce rapidamente pela janela, dessa vez levando o gancho com corda consigo. Muito provavelmente por conta do nervosismo e desespero do momento, o jovem Marco não havia notado que deixara Hakuho, Glityzk e Song na mão, sem ter a corda necessária para a situação de escape.

Se o grupo quisesse fugir, eles teriam que improvisar de alguma maneira, talvez utilizando de algo que encontrassem nos quartos que haviam no corredor, para assim então fugir do prédio que estava em chamas. Claro, isso se os três não quisessem lutar contra o marinheiro que havia adentrado o estabelecimento. Estava nas mãos do trio, e eles teriam que decidir o que fazer o mais rápido possível.

OFF:
 

Marinheiro que adentrou o bar em chamas:
 

Falas:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Soldado
Soldado
Van

Créditos : 4
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptySex 04 Out 2019, 20:39



A realidade era sempre mais chata que a ficção, não à toa uma grande quantidade de pessoas abusava de entorpecentes para ter uma “viagem” para fora da realidade, mesmo que seja momentânea. Embora a experiência vivida por Hakuho parecesse o uso de substâncias psicotrópicas, ele tinha realmente vivido. Mas o que é viver? É sentir? Ver? Tocar? Não era hora de discutir assuntos tão profundos, não quando tudo ao seu redor estava pegando fogo.

Então… Perdi meus berries… Não me pergunte como…  

Diria após “ressurgir” depois de ser abduzido por um dos portais e passar por uma experiência, digamos, “diferente”. Não queria comentar sobre o ocorrido porque eram muitas informações para processar que achou melhor ignorar todas, afinal, dificilmente passaria por isso novamente. Entretanto, a experiência serviu para abrir seus horizontes e ver as infinitas possibilidades fora de seu mundinho selvagem. Era uma maneira de abrir sua cabeça e mostrar que ele era limitado e isso não seria mais aceitável. A semente ficaria em seu subconsciente e aos poucos cresceria, porém, no momento ele tinha algo mais importante para se preocupar.

Do chão não passa!

A fala saiu com seriedade, dando ainda mais graça ao comentário que poderia ser interpretado como uma boa piada, contudo, Hakuho estava falando sério e, como sempre, pegaria sua irmã à força no colo e com o ratinho de estimação em seu ombro saltaria pela mesma janela que outros usaram cordas para descer. O mink não se preocupou com a altura pois confiava em seus anos usando as árvores para caçar e treinar. Era forte e resistente, embora não tivesse noção do que pudesse acontecer dependendo da altura. Por conseguinte, a prioridade era manter todos a salvo e ele sempre se colocaria em perigo para defender os seres por quem tem algum tipo laço porque foi isso que seus pais lhe ensinaram e tinha como objetivo respeitar ao máximo as vontades deles.

No final da queda, tentaria avaliar os danos sofridos e, se possível, continua carregando-os para longe dali, tentando sair do perigo para só então respirar fundo e analisar se estava tudo bem entre eles. – Hey, filhote… O que faremos agora?   – Perguntaria se estivessem a salvos.

Na hipótese de não conseguir saltar e ficar preso, tentaria achar algo no quarto para tacar na janela ou buscaria uma nova janela para poder quebrar e fugir do local. Se conseguisse fugir do local em chamas, mas tivesse inimigos para enfrentar, usaria toda sua aura ameaçadora para diminuir a moral dos inimigos e facilitar um possível confronto. Caso um combate fosse inevitável, pediria para Glitzky ficar perto de Song para que ele possa ter menos pessoas para se preocupar durante o confronto.

Tem certeza disso?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Considerações:
 
~> Conteúdo da Aventura...


Histórico do Hakuho:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Pierce
Revolucionário
Revolucionário
Pierce

Créditos : Zero
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 10010
Data de inscrição : 25/07/2017

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptySab 05 Out 2019, 17:59



Glitzky Platzken BOOM…


Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 



A situação tava indo de mal a pior, mas a marinha aparecia me trazendo alívio… Bem, foi um alívio até eu lembrar que a causa do incêndio era eu e que estava agora me relacionando com bandidos, com certeza eu não seria resgatado por eles, mas sim preso ou pior.

Ainda agarrado às costas do selvagem ruivo com a mão esquerda, batia nele com a outra mão para chamar-lhe a atenção, mais vezes e mais rapidamente do que o necessário puramente por desespero, não que eu fosse causar algum dano, mas com certeza aquela chatice ia chamar atenção.

“HEY HEY HEY… Vamos sair daqui que a situação vai ficar feia… Bora bora…”


No caso do ruivo pular pra fora do prédio, gritaria sentindo minha alma sair do corpo de medo:

“POR AI NÃÃÃÃÃOOOOOOOOO AHHHHHHHHHHHHH”


Após isso ajudaria a fuga olhando para trás e avisando o ruivo caso ainda estivesse sendo seguido, sempre gritando os avisos em desespero enquanto agarrado a seu ombro com as mãos e o corpo leve e peludo balançando atrás dele como uma capa, uma pequena capa.





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mirutsu
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mirutsu

Créditos : 14
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/05/2018
Idade : 17
Localização : Parnamirim, RN

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptySab 05 Out 2019, 21:54



Apenas uma aventura





Todos

Situações desesperadas precisam de medidas desesperadas. Isso era algo que Hakusho sabia e tinha noção do que fazer naquele momento. Ao momento que os marinheiros começavam a controlar as chamas do estabelecimento, juntamente com o apoio popular, que levavam baldes de água de suas próprias casas pra auxiliar no incêndio, era possível escutar os passos pesados e o rangido da madeira sendo causado pelo marinheiro que havia entrado no bar em chamas, na medida que o fogo ia se apagando, provavelmente subindo os degraus da escada para alcançar o trio que estava no corredor.

Encoberto pela fumaça, uma grande silhueta apareceu no final do corredor, e o grupo sabia muito bem quem era. Nesse momento, o marinheiro fez uma expressão furiosa, e estendendo o braço, ele apontava para Hakuho e os outros que estavam com ele.

-Ei vocês aí, parados!- O marinheiro rapidamente começou a disparar em direção ao grupo grupo furioso como um búfalo, mas, num reflexo rápido, Hakuho colocou sua leve irmã Song em seu colo, segurando-a com ambas as mãos, e já com Glitzky em seu ombro, partiu para o quarto onde tinha a janela que dava para o beco, por onde Marco e Nanji haviam fugido. Com um impulso, o grande Mink pulou pela janela, que pelo menos estava aberta, e por isso ele não se feriria com cortes de vidro. Durante o pulo, Glitzky gritava assustado, enquanto se agarrava no pescoço de Hakuho. Era compreensível esse medo por parte do roedor, já que altura era de aproximadamente 4 ou 5 metros, mas, Hakuho não tivera tempo de calcular essa distância e pelo calor do momento e as circunstâncias impostas não se tinha outra opção.

Rapidamente a queda foi terminada, mas, não da maneira que se esperava. Na aterrissagem, Hakuho caiu de mau jeito, quando uma de suas pernas escorregou antes da outra tocar no chão. O grande mink havia batido o seu ombro forte contra o solo, e logo percebeu a área ficar com um tom roxo e um tanto dolorido. Glitzky tinha tido sorte, pois estava no ombro oposto de onde Hakuho havia sofrido o baque, e fez uma aterrissagem relativamente tranquila, principalmente por causa de seu tamanho e peso. Na verdade, quem mais sofrera com a aterrissagem fora Song. Por estar nos braços de Hakuho na hora em que o mink havia escorregado, fora arremessada para longe, e havia batido a nuca  contra uma das paredes do beco, e aparentemente havia ficado desacordada com a pancada. Glitzky e Hakuho se levantavam quando perceberam o estado de Song, mas, sem ter tempo para pensar eles escutaram um enorme grito, que ecoou pelo beco todo.

- Rápido seus desgraçados, eles estão aqui no beco!- lá em cima, na janela de onde os três haviam pulado, estava o marinheiro boxeador, com os braços cruzados. Com a potência daquele grito, era certeza que os marinheiros na frente do bar haviam escutado o chamado, e logo eles estariam ali para fechar a passagem. Após isso, o marinheiro que estava na janela dá as costas e desaparece, voltando-se para o corredor. O fim do corredor dava para uma rua que levava para o porto, se seguisse o sentido da direita. Era um bom lugar de fuga, já que nos últimos tempos, corriam boatos da fiscalização precária e até mesmo casos de corrupção por parte dos marinheiros que ali atuavam juntamente com os piratas. Para o lado esquerdo, o grupo provavelmente daria de cara com o esquadrão de marinheiros em sua frente. Não havia muito tempo para pensar, e o grupo deveria decidir qual caminho eles deveriam tomar rapidamente, e teriam também que tomar conta do corpo desacordado da pobre Song. Agora estava nas mãos de Glitzky e de Hakuho o rumo que tomariam.


Ferimentos:
 

Marinheiro que adentrou o bar em chamas:
 

Legenda:
 

Notas importantes para o avaliador:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Soldado
Soldado
Van

Créditos : 4
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptyDom 06 Out 2019, 12:00



A tentativa de fuga foi bem sucedida. Conseguiram fugir do local em chamas e ninguém morreu na queda. Hakuho era resistente o bastante para aguentar aquele impacto, mas, é claro, não havia como sair impune e acabou machucando seu ombro e deixando Song inconsciente. Entretanto, não havia problemas, ele a protegeria com todas as forças, mesmo que precisasse sofrer muito por isso. Diante de uma encruzilhada, ele só tinha duas opções e por mais que um combate contra aquele Sargento parecesse apetitoso, ele precisava garantir a segurança de sua Capitã.

Vamos por ali!  

Seguiria em direção ao porto. Eles precisariam fugir e mesmo sabendo navegar, acabariam perdidos pois ele não sabia pilotar uma embarcação. Contudo, os barcos e construções no local poderiam servir de esconderijo temporário até que sua lesão fosse embora e sua líder acordasse. Caso Glitzky hesitasse, o raposa o pegaria e o carregaria à força. Se ele estivesse ainda em seu ombro não teria problemas para correr.

Hey, filhote… Estamos em uma situação ruim…  

Desabafaria para com o pequeno sem esperar respostas interessantes do Mink pois não sabia que ele era inteligente. Ele ainda o considerava um animal de estimação que falava, nada apenas.

Durante a fuga, havia a possibilidade de serem pegos ou fechados, nesse momento um combate seria inevitável, mas ele esforçar-se-ia para não lutar e usaria suas capacidades físicas para mover-se saltando e em ziguezagues, buscando a fuga à todo custo. Na hipótese de chegarem no porto, procuraria por algum lugar inóspito e esconder-se-ia com os companheiros. Aproveitaria esse momento para respirar fundo e tentar se recompor.

O que eu faço sem você, pequena?!  

Começaria a ponderar o que estava fazendo com a própria vida. Não tinha pensado na hipótese de algo acontecer com sua irmã. O que seria dele? Quais seus planos futuros? Ter colocado suas motivações em cima de uma pessoa apenas o deixava… vazio. Pensamentos, alguns ruins e melancólicos, tomavam conta de sua mente exausta tal qual seu corpo após a fuga. O que seria do pugilista sem sua Rainha?

Considerações:
 
~> Conteúdo da Aventura...


Histórico do Hakuho:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Pierce
Revolucionário
Revolucionário
Pierce

Créditos : Zero
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 10010
Data de inscrição : 25/07/2017

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptyQua 09 Out 2019, 00:56



Glitzky Platzken BOOM…


Histórico:
 
"Falas"
Objetivos:
 




A queda fora brutal, o impacto contra as costas do ruivo me deixava sem ar e eu rolava para o chão enquanto buscava voltar a respirar, em poucos segundos e algumas tossidas depois consegui respirar e fiquei em pé, falando com animação, porém quase sem ar:

“YEY… A gente ta vivo huhuhu…”

Eu congelava quando ouvia o marinheiro gritar para perseguirem a gente de novo e rapidamente pulava de volta as costa do grandão.

“AHHH… ELES VÃO MATAR A GENTE”


Assim que estivesse nas costas do grandão, caso passasse perto de algum pedaço de madeira que estivesse pegando fogo de um lado e do outro não, pegaria este pelo lado não aceso e levaria essa tocha com a gente.

“Vai pela direita na bifurcação… Pelo porto temos uma chance de fugir, até porque dizem que anda meio mal conduzida a vigilância de lá…”

Seguiria então relando a parte em chamas da “tocha” caso a tivesse em todo forro de tecido ou material inflamável que passasse por perto da gente, fosse isto o teto de palha de uma casa, a lona de uma barraca de um vendedor, o vestido de uma dama, até mesmo o cabelo longo das pessoas, o desespero de precisar fugir por minha vida me faria literalmente passar fogo em tudo que fosse inflamável, principalmente em barris de piche, muito comuns próximos a bares, salões e portos, devido ao piche ser usado como impermeabilizador e protetor de madeiras que precisam ser muito lavadas ou navegar no mar… O fato dele ser um hidrocarboneto altamente inflamável e difícil de apagar poderia gerar um caos naonde eu viesse a conseguir incendiar um barril disso. Por fim uma vez no porto, esperaria passarmos na frente de um bar, onde com minha mira arremessaria a “tocha” contra as garrafas de bebidas alcoólicas à mostra, a ideia era que a madeira quebrasse alguns vidros, cujos conteúdos se incendiaram nas chamas que incendiariam as garrafas próximas em uma reação em cadeia incendiária.

Eu sabia que isso daria uma trilha de migalhas para a marinha, mas se o melhor lugar pra se esconder uma árvore é numa floresta, o melhor lugar para se esconder uma centelha de pirataria é num incêndio criminoso.





____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mirutsu
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mirutsu

Créditos : 14
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 24/05/2018
Idade : 17
Localização : Parnamirim, RN

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptySab 12 Out 2019, 00:16



Apenas uma aventura





Todos

Numa situação desesperadora, a dupla precisava agir rapidamente. Com sua irmã ao chão, Hakuho rapidamente corre em sua direção. Ligeiramente olhando a sua situação, uma pequena linha de sangue escorria de sua cabeça, mas, nada que parecesse grave. No entanto, Song não dava nenhum de consciência, estando ainda desmaiada por causa da batida. Segurando-a com apenas um braço, Hakuho conseguia levantar sua irmã com facilidade, obviamente com o braço que não sofrera o dano de queda.

Glitzky procurava algum pedaço de madeira, que possuía alguma chama, mas, nada achou. A Marinha conseguira conter o incêndio rapidamente, e parece que ele não havia se alastrado muito para a parte superior do bar, logo, não havia queimado as tábuas de madeira do andar de cima. No beco também não se tinha muito o que usar, apenas algumas pequenas pedras e umas caixas de papelão vazias, que possuíam nada além de poeira e provavelmente eram utilizadas para depositar lixo.

Após falarem rapidamente, Glitzky sugere que fossem para a direita, que daria para o sul de Shells Town, onde ficava o porto da cidade. Hakuho com um maior esforço segura o mink com sua mão esquerda, que pertencia ao braço com ombro fraturado. Colocava o mink no ombro direito, e segurava Song com seu braço direito também. Disparando para fora do corredor, Hakuho vê que pelo lado esquerdo da rua, vinham alguns marinheiros. Para sorte do trio, a rua estava um tanto quanto movimentada no momento, por causa de toda a confusão que tinha acontecido por perto. Pessoas iam e vinham, e isso dificultava a movimentação do esquadrão, e também tornava impossível a utilização de armas de fogo, logo que poderia atingir um inocente. A única coisa que eles poderiam realmente fazer, era alcançar o grupo numa perseguição. Hakuho disparava desviando dos transeuntes, esquivando da maioria e até empurrando alguns pelo caminho, por causa de seu grande corpo. A rua era asfaltada com pedras e cimento, e era recheada de barracas de fruta e alguns comércios de itens, geralmente feito por ambulantes. A medida que o trio corria, chegaram numa parte da rua que era uma enorme ladeira, e com uma velocidade ainda maior Hakuho pegava distância dos marinheiros, que tinham dificuldades em seguir o grupo.

Logo o chão de pedra fora subsistido pela madeira do porto. Homens vendiam peixes e frutos do mar lá, juntamente com instrumentos voltados para a pesca e navegação, e não se via sinal de marinheiros no local. No entanto, haviam alguns barcos ancorados de aspecto duvidoso, todas de tamanho pequeno. Obviamente, não deixariam a mostra as velas negras e as bandeiras com caveira, mas, era sabido que quase todas aquelas embarcações eram de piratas ou de corsários. Numa das três embarcações que estavam lá, se tinha alguns homens transportando algumas caixas e barris, provavelmente suprimentos para se poder viajar pelos mares. Uma característica interessante seria as cores de suas velas, que eram na cor rosa. Na embarcação á direita da anterior, não se tinha muita movimentação, a não ser de 2 homens que estavam no barco, e olhavam para o porto, fazendo assim a guarda do pequeno navio que tinham. Por último, ao lado do navio com velas de cor rosa, tinha um pequeno e ordinário návio, que em sua parte frontal, havia entalhado na madeira uma enorme caneca de cerveja espumante. Em frente ao navio, sentado em uma caixa de madeira, se tinha apenas um homem, que possuía cabelos longos negros, e usava bigode. Trajava roupas leves, e parecia entendiado, sentado com os braços cruzados. Quando percebeu a chegada do grupo, logo voltou a atenção para eles, observando-os com um olhar de interesse.

O grupo agora teria que pensar no que fazer a seguinte. A Marinha já havia sido despistada, mas, os atos do grupo com certeza colocaram os marinheiros em alerta. Seus próximos passos deveriam ser cuidadosos.

Ferimentos:
 

Homem de cabelos negros:
 

Legenda:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar
registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Mirutsu em Ter 15 Out 2019, 22:58, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Soldado
Soldado
Van

Créditos : 4
Warn : Apenas UMA Aventura - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 30
Localização : -

Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 EmptySab 12 Out 2019, 11:48



O cenário não era dos mais favoráveis e a fuga parecia cada vez mais problemática. Hakuho conseguiu carregar seus amigos para fora dali e durante a corrida tomou um grande susto ao notar seu animalzinho de estimação falar. Não só isso, ele era inteligente e bem humorado. Não era um hamster e sim um mink de estatura pouco abençoada.

Ei… Eu sou Hakuho… qual seu nome, pequeno?  

Perguntaria para saber como chamá-lo, bastante curioso sobre o humanoide em seu ombro. Seria ele inteligente ao nível dos humanos ou apenas um mink comum? O tamanho da cabeça de alguém era diretamente proporcional a sua inteligência? Difícil, senão eu seria mais inteligente. Pensava enquanto observava os arredores.

O que acha da gente pegar carona em algum desses barcos? Eu preciso de mais tempo até poder lutar...
 

Diria olhando para o ombro machucado, o qual diminuía suas capacidades físicas e o impedia de atuar com 100% de seu potencial. As opções eram interessantes, talvez tivessem mais sorte no barco de bandeira rosa pois estavam com uma fêmea ferida. Entretanto, um homem de cabelos negros e boa aparência os observava sem temor, talvez até interessado no trio "animal". Ouviria o pequeno e seguiria seu conselho caso fosse compatível com suas ideias, se não fosse, ignoraria porque o boxeador não gostava de ser contrariado. Por conseguinte, iria até o moreno e pediria ajuda.

Ei… Você pode nos dar uma carona para fora da ilha? Em troca eu te ajudo com algo e não te mato!  

Apesar de fala ter um certo humorístico, o olhar do raposa era ameaçador e sua aura assassina o deixava ainda mais perigoso, contudo, tal postura poderia passar como "forçação de barra" e soar engraçado para uma pessoa comum. Dificilmente um ser humano comum conseguiria sentir o desejo homicida de um assassino. Logo, tal cena poderia ser engraçada. Mas caso não fosse, poderia gerar grandes problemas pois animais encurralados tendem a atacar e se isso acontecesse, Hakuho estaria preparado.

Na hipótese de ser atacado, contra-atacaria imediatamente com cortes usando suas garras em golpes diagonais. Protegeria instintivamente os pontos vitais, mas não ficaria em bloqueio/esquiva e sim atacar de volta. Confiava em sua resistência física, logo, seria uma disputa de quem era capaz de aguentar mais tempo numa trocação franca.

Na hipótese do moreno charmoso aceitar a ajuda, adentraria a embarcação e procuraria um local seguro e confortável para repousar sua irmã. Em seguida, procuraria um lugar para si e tentaria massagear o ombro para diminuir a dor. Ficaria em estado de alerta pois havia a possibilidade de ser vendido pelo navegante como um procurado, entretanto, não desperdiçaria o momento e descansaria o quanto pudesse para estar em condições melhores se fosse preciso.

Considerações:
 
~> Conteúdo da Aventura...


Histórico do Hakuho:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Conteúdo patrocinado




Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Apenas UMA Aventura   Apenas UMA Aventura - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Apenas UMA Aventura
Voltar ao Topo 
Página 4 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: