One Piece RPG
Rumo à Grand Line? - Página 17 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Azarado Hoje à(s) 17:31

» Arco 5: Uma boa morte!
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 16:47

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Furry Hoje à(s) 12:41

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 11:37

» Escuridão total sem estrelas
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor K1NG Hoje à(s) 11:33

» Xeque - Mate - Parte 1
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 11:19

» Cap. 2 - The Enemy Within
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor King Hoje à(s) 10:41

» Vallerie P. Breathnach
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:48

» Vallerie P. Breathnach
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:46

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 00:38

» Enuma Elish
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 00:10

» [Kit - Makei] Red Saber/Mordred Pendragon
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:02

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Pippos Ontem à(s) 23:31

» Supernova
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:34

» I - O bêbado e o soldado
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Masques Ontem à(s) 21:39

» Capítulo I: Raízes Perdidas
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 21:30

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:27

» Drake Fateburn
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:59

» Hermínia Hetelvine
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:51

» Akira Suzuki
Rumo à Grand Line? - Página 17 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:49



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Rumo à Grand Line?

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 10 ... 15, 16, 17
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptyQua 24 Jul 2019, 14:18

Relembrando a primeira mensagem :

Rumo à Grand Line?

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçadores de Recompensas Takamoto Lisandro, Nakamura Blumayden e Don Reed’s Wayne. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Handa
Membro
Membro


Data de inscrição : 20/02/2019

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptySeg 31 Ago 2020, 12:00

Jornal


As coisas no Farol definitivamente eram resolvidas diferente de onde eu costumava viver. Rapidamente Takamoto desafia o velho que aparecia para uma disputa, mas um pouco diferente, ele iria cozinhar para o velho e caso conseguisse satisfazer ele, ganharíamos um Log. "Log? O que ele quer dizer com Log? Hmmmm...", eu definitivamente não conseguia dizer o que aquilo era, mas tinha um tom familiar, talvez já tivesse ouvido algo com o mesmo nome nas histórias do meu pai.

Logo em seguida o homem nos jogou alguns jornais, um deles ficou com Takamoto. Fiquei extremamente curiosa, não era sempre que se tinha oportunidade de se ler um jornal, no caso, eu nunca tinha lido um. Rapidamente me sentei no chão ali mesmo e comecei a ler pelas páginas daquela coisa.
- Sabe, eu nunca tinha lido um desses. Será que tem algo de interessante? - eu dizia, enquanto passava as páginas.

As histórias sobre a Grand Line eram muito mais simples do que eu podia imaginar, sendo situações bastante desinteressantes. Uma delas era sobre uma suposta ilha das aranhas, falando como alguns marinheiros haviam acabado com algum tipo de tráfico de drogas ilícitas, sendo aparentemente algo de piratas e revolucionários - Sabe, eu nunca gostei muito da Marinha, mas acho que nesse caso eles podem ter agido certo. Eu não sei da história inteira, então podem ter mudado ela para parecer que os marinheiros foram os heróis. Não conheço muito sobre o Exército Revolucionário, então não tenho certeza se são bons ou não. Você sabe de algo, Diabo Ruivo? - diria, esperando uma resposta de Takamoto, voltando logo a ler o resto do jornal - Olha só, a próxima notícia também fala um pouco do Exército Revolucionário...e sobre piratas! Essa tal de Chaos parece realmente interessante. Acho que até entre o povo do governo existem confusões, huh? - a próxima notícia era sobre os Blues, porém não tinha tanto mais interesse neles, afinal de contas, agora eu estava indo para a Grand Line. Não havia sentido eu me informar sobre coisas do passado, já que não voltaria para lá tão cedo. Logo fecharia o meu jornal.

Era fato que aquele mundo era um pouco mais complicado do que eu imaginava, e as batalhas entre a Marinha e os Revolucionários me deixavam curiosa. Não seria possível trazer a paz para os dois lados? Meu objetivo é ajudar a todos, então não posso ter eles brigando desta forma. Eu definitivamente teria que me adaptar à brutalidade da Grand Line. Finalmente iria me levantar de onde estava e então iria avisar Takamoto - Eu vou dar uma olhada nos arredores enquanto esperamos dar o horário para a sua disputa, Ruivo. Vou tentar voltar no horário, mas nada garantido, já que posso achar algo interessante por aqui! Até mais! - falaria, em seguida começaria a caminhar pela região do Farol, procurando encontrar coisas para fazer e passar o tempo, focando bastante na minha audição para ouvir coisas como histórias ou boatos que poderiam me ajudar em meus objetivos.

Objetivos:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 19
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptySeg 31 Ago 2020, 15:16


Cap. II
Rumo à Grand Line?

A aposta
O doce gosto do arroz com maionese

- Quê? Ele aceitou a aposta? – Ficava incrédulo, pois pensara que seria um tipo de batalha complexa ou que exigisse bastante força, mas o embate era simplesmente fazer o velhote gostar da sobremesa. Isso parecia tão simples que fazia-me desconfiar da atitude do velho. E se ele não gostar da comida o que vai acontecer com a gente, eles discutiram isso?

Eu não sabia se era um teste ou algo do gênero, mas o velhote dava para a gente os jornais. E como é de costume, é claro que o mais antigo cairia em minhas mãos. – Droga! Por que ele deu isso pra gente? Será que é uma espécie de teste ou algo do tipo. – Não conseguia me concentrar ao certo, mesmo assim abria o jornal para tentar distrair um pouco meu cérebro.

Mas isso? – A primeira página falava sobre uma tal de Singularidade. – Isso... Isso aqui é real?! – Pensava que tinha sido uma espécie de sonho, só me lembro de ser chamado para outro mundo e morrido em águas raivosas. A tal notícia fazia-me deixar mais confuso e agitado. – Calma... Vamos tentar ler outra coisa aqui... Hm... Grand Line, é bom saber o que está a nossa frente. – O primeiro tópico já começava bom, nele dizia que um novo grupo maligno se formava. – Não dá tempo de voltar não?

Pera... Deve ter alguma coisa de boa aqui... – O segundo fazia-me segurar o folego. – Essa ilha Utopia... É melhor evitar ela... Esse nome aqui... Carlos Lazo é familiar... Pera aí, ele é um sargento?! – Relembrava-me daquele outro mundo esquisito no qual um bando de bois me seguiu, esse tal de Carlos não foi o cara que acabou sendo enconchando pelo Takamoto? – A marinha nunca foi tão amistosa com a gente, agora que não vai ficar mesmo...

O próximo tópico era completamente absurdo... Agora vai me dizer que tem como um esqueleto ganhar vida, isso era uma afronta para qualquer médico. – Esqueleto... Quê?! Foi naquele momento que Taka se assustou e acabou esbarrando-se com Lazo. Isso que dizer... – Continuava a ler o jornal e começava a rir. – Quer dizer que aquele esqueleto com boia é na verdade um símbolo da paz? Hehehe! Taka, você precisa ler isso aqui. – O ruivo pegava o jornal e caia na gargalhada. – Símbolo da paz? HAHAHAHA! Tá se sentido protegido, Blum? Porque eu não tô! – O senso de humor do jornal e do cozinheiro era genial. Apesar da notícia ter aliviado o clima, a gente ainda estava frito e tudo dependeria do ruivo.

Então voltávamos para embarcação, é claro que acompanhava o boxeador, pois tínhamos a missão de vencer aquela aposta e o meu corpo suplicava pela comida branca e amarela. – Não esqueci, vou fazer seu prato. Segura firme aí. – Sentava-me na mesa, enquanto esperava pelo o tesouro. – Bem, ainda temos um bom tempo. É só confiar no Taka... – Não demorava muito que o ruivo entregasse uma panela cheia daquela maravilha dos deuses, sem hesitar me deliciava com aquela graciosidade.

Logo Takamoto conseguia terminar a sobremesa do velhote, o seu cheiro era doce e gentil. Mas será que ele seria suficiente? O ruivo deixava o prato em cima da mesa e voltava a cozinha para pegar algo. É claro que eu não podia deixar de provar, logo experimentava o prato. – Está ótimo... Só que falta só mais... Um pouquinho de mayo aqui... Hm... E um pouco de arroz...

- Voltei, Blum, cadê o... – Um momento de impulso fazia-me fazer uma grande besteira, eu acabei comendo a sobremesa. Paralisava e não conseguia responder. – Entendi... Eu consigo fazer algo melhor! – Não esperava por essa resposta, agora não tínhamos muito tempo, desse jeito seria impossível ele entregar uma nova sobremesa. – Tem algo que posso ajudar? – Não tinha muita experiencia com comida, mas talvez eu fosse útil em cortar alguma coisa.

- Desculpe por isso... – Acabava cometendo uma falha. – Tentei deixar a comida mais saborosa... Bem, ficou muito bom até... Mas como vamos saber se ele não vai mentir? – O cozinheiro abria um sorriso no rosto e respondia. - É só fazer uma comida boa o suficiente que ele não seja capaz de mentir. – Eu podia está maluco, mas eu enxergava uma aura de fogo emanando do ruivo.

Histórico:
 

NOVOS OBJETIVOS:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Masques
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Masques

Créditos : 8
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 10010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2020
Idade : 22

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptyQua 02 Set 2020, 12:14


Act 10
Rumo à Grand Line?




Deitado na cama onde estava repousando eu permanecia um tanto quanto inquieto, desejava ir com o resto da tripulação do Hawk para o farol mas sentia na pele o grande não que meu corpo dizia. Vários lugares, uma coleção de hematomas para se lembrar do momento mais intenso da minha vida, por um lado era uma lembrança boa de como sobrevivi a Reverse Mountain e me alegrava o fato de já ter uma história para contar assim que chegasse em casa.

Por outro lado, a dor e o repouso necessário me fazia duvidar de como eu classificava aquele momento. De acordo com que eu me perdia nos meus pensamentos eu gradativamente percebia um peso em minhas pálpebras, talvez a adrenalina tinha passado e meu corpo estivesse colapsando, ou os remédios que Blum me deu eram mais fortes do que eu achava.

De qualquer forma, em um momento eu estava vendo o teto de meu quarto no Hawk e após uma piscada, me encontrava sentado em um escritório. Com as pernas cruzadas em cima da escrivaninha na minha frente e reclinado em uma poltrona, meu clássico chapéu deitado em meus olhos. Eu estava com um terno cinza, não que fizesse diferença… tudo era preto e branco nesse mundo.

Quando se envolve com o mundo crime de tão perto quanto eu me envolvi tudo se torna cinza, não há mais cores vivas apenas tonalidades de cinza, umas pendendo mais pro lado negro, outras pra luz. O crime definitivamente tinha caído desde que eu tinha voltado a ser detetive na cidade de Dreamland, mas eu ainda tinha que caçar o meu arque nêmesis

O Ladrão de Chapéu Coco, era um homem aproximadamente de 1,80m usava um sobretudo negro e um chapéu de caubói, afinal de contas ele era um ladrão de chapéu coco e não o ladrão do chapéu coco, outra sacada astuta das minhas habilidades de detetive. Eu tinha uma dica dada por um dono de um restaurante famoso por atrair usuários de chapéu coco, aparentemente ele havia um assalto em massa após um apagão. Mototaka Sandroli era seu nome, se eu visse cores nesse mundo criminoso eu diria que ele era ruivo mas eu não podia saber. De qualquer forma, ele havia me entregado uma coisa, um lugar.

Uma festa produzida pelo dono de maionese mais famoso da cidade, Bakamura Nlum, um homem de negócios astuto que era do alto escalão, se a festa ia acontecer com certeza ia haver um assalto ali. E eu estava pronto, havia informado a polícia para que ficassem prontos, esse seria o meu dia. Ou noite, eu não sabia, tudo era cinza.

A delegada de polícia estava na festa a paisana pronta para reagir caso necessário, Ares Hotwood, um prodígio policial era astuta no gatilho e mais veloz ainda com suas pernas para chutar os bandidos para o infinito, mas eu era levemente mais rápido. No meio de meus pensamentos a luz da festa acabava, esse era o M.O do ladrão! Sendo mais astuto que a própria astúcia em si, tirei minha vela da acme que nunca acabava para iluminar, podendo então ver o ladrão.

BANG! Um tiro pegava no mesmo, que saía correndo mancando e atirando de volta, o que me fez ter que esconder atrás de um balcão. Ares havia sido atingida no ombro, mas dizia que iria viver e que eu deveria pegar o bandido por ser o melhor detetive de Dreamland, eu acenei com minha cabeça positivamente e saía correndo em direção a porta.

Não era bom, ele não estava ali, eu teria que rastreá-lo de alguma forma. O que eu poderia fazer para encontrá-lo? Claro estava no nome do que eu acabei de narrar, rastros! Ele havia sido atingido na perna então pude deduzir que os rastros de sangue eram dele e comecei a segui-los. De alguma forma ele deve ter os percebido pois o rastro terminava assim que saía do beco.

Ele tinha que ter fugido para algum lugar, ou trocado de roupas de alguma forma para esconder a calça molhada de sangue que havia gotejado até ali. Eu deveria observar o lugar para então encontrar alguma coisa que poderia me ajudar a chegar nele, ou então alguém com quem ele tivesse feito negócio ou falado.

Observando o local, pude ver que havia uma loja de roupas ali e o dono estava contando dinheiro em suas mãos, assim como estava vestindo um chapéu coco. Indaguei-o sobre o homem e ele havia me dito exatamente para onde o bandido estava indo… pro beco no outro lado da rua.

Seguindo a infinidade de becos retos de dreamland eu havia chegado no meu inimigo, meu arque nêmesis e ali travaríamos a batalha de nossas vidas eu pedia que ele removesse o chapéu e a máscara e fui novamente surpreendido pelo destino. Ele era ela, e ela era a minha queda da escola Kairi Highwind, eu estava em conflito não poderia prendê-la, por um momento de fraqueza a deixei fugir, mais um dia em Dreamland, eu havia rastreado um bandido mas havia encontrado só mais um tom acinzentado.


Do nada acordava um pouco assustado com Urahara em meu quarto, eu limpava um pouco do suor enquanto olhava fixadamente para cima tentando entender o que diabos eu havia sonhado agora há pouco, não era de tudo louco talvez parte disso fosse me ajudar mais pra frente, ou talvez não.

”Parece que eu acabei de ler um livro ruim de detetive.” Respondia Urahara com um sorriso meio envergonhado enquanto aceitaria o lanche dado por ele. Enquanto comia eu então indagaria ”Cê sabe o que o pessoal foi fazer? Eu tô com vontade de ir lá mas ainda estou dolorido.”

Depois da resposta de Urahara eu lembrava do porquê de termos vindo aqui no primeiro lugar e indagaria Urahara mais uma vez ”Já sabe onde encontraremos nosso fugitivo?”


Objetivo:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

" Si vis pacem, parabellum. "

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Info:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptySeg 07 Set 2020, 13:15




Rumo à Grand Line
Karthus²



A aposta era feita e aceita com sucesso, Karthus poderia achar que tinha alguma chance, mas sabendo que tinha um tempo maior do que pensei, realizaria uma nova receita que iria fazer o paladar do velho esquecer qualquer outro doce que tenha comido na vida, iria superar meu pai nessa batalha. – Pode apostar que vou entregar antes do anoitecer. – Estendia meu punho e o fechava em sinal de determinação, suas últimas palavras que não foram tão boas e mal pude corrigir o apelido ao qual ele ouviu de Ares. – Ah não.. Agora ele vai lembrar de mim por diabo ruivo.. Esqueci de dizer meu nome. – Os dois ao meu lado liam o jornal, a última vez que peguei em um foi quando íamos para Lvneel e como o mundo não para, deveria ter mais artigos atualizados.

Chegava próximo de ambos e Ares era a primeira a indagar sobre revolucionários. – Primeiro, pare de me chamar de diabo ruivo, vão pensar que sou do mal. Segundo, meu pai já cozinhou para diversas figuras do mundo, eu diria que não importa onde a pessoa está ou é, o importante é o coração. Se são bons ou ruins depende das suas intenções. – Fiquei até orgulhoso de falar, era uma das minhas melhores opiniões, foi graças as férias na praia que pude realmente colocar isso a prova já que muitos daquelas pessoas poderiam ser piratas ou revolucionários, acho que a paz poderia até existir se os dois lados se ouvissem um pouco ou se respeitassem. – Beleza, eu vou me concentrar na receita. – Era o que dizia ao receber as palavras da anjo, depois era o Blum a falar sobre o jornal. – Símbolo da paz? HAHAHAHA! Tá se sentido protegido, Blum? Porque eu não tô! – Eu não acreditava que o esqueleto que me assustou era considerado uma figura tão importante assim já que me assustei com ele evento passado, basicamente era um morto-vivo da marinha, um fantasma da justiça, ele pode até ter boas alcunhas.

Estava na hora de fazer o prato, ainda tinha alguns recursos básicos no Hawk, poderia fazer uma sobremesa simples com um toque moderno, Blum me acompanhava e sua cara relatava o que queria de mim, seu famoso arroz com maionese. – Não esqueci, vou fazer seu prato. Segura firme aí. – Fazer a sobremesa e o prato do meu irmão eram as primeiras tarefas a serem cumpridas. – Leite, açúcar, farinha de trigo, ovos. Posso até fazer um bolo. – Meus olhos reluziam, poderia fazer uma cobertura especial com ingredientes achados no Farol, primeiro fiz a massa e enquanto deixava no forno, fiz o prato do Blum. Tinha que sair para ver se havia alguma iguaria deste lugar que dizem ser o epilogo da Grand Line, deixei o bolo descansando enquanto sai.

Na verdade, voltei, pois, tinha esquecido algo importante. – Voltei, Blum, cadê o... – Meus olhos arregalaram, na minha frente uma figura azul comendo o bolo e havia entendido as ações do meu irmão. – Entendi... Eu consigo fazer algo melhor! – Ele sabia que o bolo seria algo simples, precisava de uma sobremesa que pudesse arrancar dos lábios de Karthus que foi a melhor coisa que ele comeu em anos, assim como Blum perguntou. – É só fazer uma comida boa o suficiente que ele não seja capaz de mentir. – Teria que recorrer as minhas maluquices, sairia do navio em busca de um ingrediente ao qual tinha até uma hipótese de existir por essas bandas devido a umidade e as rochas. – Preciso de cogumelos! – Sorria enquanto desbravava os arredores, se encontrasse a Ares não deixaria de perguntar. – Ei Ares, viu algum cogumelo por aqui? – Teria que avaliar sua estrutura, coloração e dado aos meus conhecimentos em botânica ver se seria comestível, iria fazer o melhor tiramissu de cogumelos do mundo.


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 61
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptySex 11 Set 2020, 08:27

Narração




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O Ladrão de Chapéu Coco, o maior Mayoman do mundo e a policial mais Hotwood da parada, todas as imagens ainda encontravam-se em sua mente ao falar com Urahara — Não, apenas atravessamos a montanha, não tive tempo de fazer nada sobre... - comentava — Não supôs isso, aspirante a detetive ruim? - gracejava do sonho — Eles foram visitar o Farol para ver se encontravam alguém - respondia — Devem voltar em breve - pontuava. Não tardou para escutarem o som de passos ao lado de fora, no convés — Já devem ter chegado, na verdade - ia até o lado de fora. Antes de ultrapassar a porta, comentava — Aliás, por que não o procuramos? - indagava, gesticulando com a cabeça para o lado de fora — Esta terra vermelha com certeza é boa para se procurar pegadas - saia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Era esta a resposta que Max havia encontrado? Sua profunda tristeza se esvaia ao explorar o mundo assim? O objetivo herdado de seu pai já não lhe apetecia mais? Poderia ajudar os jovens e crianças que passaram o mesmo que ele assim? Era tudo que podia se perguntar, ainda na cama, mas as respostas não seriam encontradas ali. Apenas cruzando a porta e pisando na terra vermelha que começaria a encontrar as respostas que precisava e que, talvez, houvessem ficado nubladas naqueles últimos momentos de euforia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Já tendo lido o jornal e feito suas gracinhas, o grupo encontrava-se de volta ao convés da embarcação. Ao menos, Blum e Takamoto. O cozinheiro imediatamento se dirigia até a cozinha do Hawk, onde encontrava os ingredientes necessários para fazer um bolo. O cheiro dócil e o calor em suas mãos ao retirar a travessa da sobremesa do forno se alastrava por toda a embarcação. Repousava-o na mesa e se distraia por um tempo, até que... ao virar em direção ao bolo... onde estava ele?! Tudo que se podia ver eram migalhas, Blum e... a pata selvagem - a qual ainda não havia sido nomeada!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Enquanto isso, fora da embarcação, Ares passeava pelos arredores do Farol. Não havia muito ali e também não via pessoas. O que podia encontrar, primeiramente, eram coisas naturais, como um cardume de peixes que saltitavam mais distantes da costa, alguns cogumelos aos sopés da montanha, onde o sol não alcançava, algumas aves que vez ou outra pousavam longe, o vento sibilante que fazia estranhos sons ao passar pelas cavernas e... e também havia um outro som, algo que parecia mais um murmúrio, o qual se misturava com o som do vento. O que era? Não conseguia distinguir, apenas se aproximando, o que logo o fez. "Temos visitantes!" - era o que escutava, junto de barulhos metálicos, de passos e algo semelhante a gargalhadas. Só quando Hotwood se aproximava da caverna que Takamoto indagava sobre ela, percebendo que ainda não havia voltado. Não havia passado muito, no entanto, mas já não se via mais a anjinha por aí.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]





Off




____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 19
Localização : Ilha do Gelo

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptyQua 16 Set 2020, 13:40


Cap. II
Rumo à Grand Line?

Rumo à Grand Line?
Desfecho?

Mesmo com o infortúnio que ocorria Taka não perdia seu ânimo e ia caçar cogumelos. Eu até ajudaria, pois, afinal de contas, se perdêssemos a aposta sabe lá o que aconteceria com a gente e parando para pensar um pouco, eu ficaria horrível careca. Enfim, não tinha conhecimento algum nesses fungos, apenas sei que alguns são venenosos, e pela minha sorte sabia muita bem qual escolheria...

Infelizmente não poderia fazer nada, apenas aguardar a deliciosíssima comida do cozinheiro e rezar para que ela seja aprovada. O tempo passava a cada instante e tinha medo que o céu estrelado começasse a sujar aquela imensidão de azul claro.

Só restava-me ver como estava os tripulantes da embarcação. Procuraria por alguém que eu já tivesse tratado e analisaria como estava o paciente. Primeiramente pressionaria o músculo da região onde ocorreu a lesão e perguntaria se o mesmo estava sentido alguma espécie de dor. Se sim, aplicaria novamente um gel anti-inflamatório e massagearia o local. Caso sentisse ainda muito desconforto daria um remédio anti-inflamatório, depois aplicaria uma compressa de gelo na região.

Na hipótese de me encontrar com Max, indagaria-o. – Vejo que já está melhor, mas não vá exagerar muito, hein? – Caso ele perguntasse sobre minha visita no farol, responderia com certo desconforto. – Parece que precisamos de um tal de Log para avançarmos pela Grand Line, só não sei exatamente do que se trata isso. – Pausaria. - Bem, Taka fez uma aposta com um velhote para ganhar esse Log e para isso ele precisará fazer A SOBREMESA. – Assumiria um semblante assustador. – E se perdemos a aposta... Se prepare para tudo, até para ficar careca.

Quando Taka chegasse, pediria. – Deixe ajudá-lo. Não temos muito tempo. – Meus talentos com a cozinha eram medíocres, se não horripilantes, exceto para mayo com arroz, porém devia existir algo na culinária que eu poderia ser útil como, por exemplo, cortar algumas coisas. Poderia não ser habilidoso na faca, mas, talvez, eu desse para o gasto já que tenho experiência com uma espada.

No final das contas, agora devia apenas acreditar que iriamos ganhar aquele tal do Log. Eram tantas incógnitas(já estava perto de ficar de noite? Taka conseguirá encontrar os cogumelos? Don ainda tá na bebedeira? O que Max iria fazer fora do navio? Eu conseguiria dar um nome apropriado para o gatinho? E onde diabos aquela celestial se meteu?) que minha mente começava a bater na minha cabeça a seguinte pergunta. – Será que iriamos Rumo à Grand Line? - Resmungaria aos ventos.

Histórico:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Blum em Sex 18 Set 2020, 12:05, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Masques
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Masques

Créditos : 8
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 10010
Masculino Data de inscrição : 27/05/2020
Idade : 22

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptyQua 16 Set 2020, 19:50


Act 11
Rumo à Grand Line?




A vergonha de que Urahara tivesse visto de alguma forma alguma parte do meu sonho era de fato um tanto quanto grande, talvez o suficiente para me fazer arregalar os olhos assim que ele fizesse a piada relacionada á ele. Porém não durava muito, a situação na qual eu me encontrava era quase deplorável, enquanto todos ali estavam tentando fazer algo ou explorando a ilha eu estava preso a uma cama, descansando. Eu queria salvar pessoas, queria ser alguém que inspirasse e não alguém que se encontrasse precisando de ajuda toda hora.

O convite de Urahara entretanto ao menos despertava um certo interesse, o meu objetivo, aquele que deu o ponto de ignição da minha aventura estava mais próximo do que eu esperava. Era hora de fazer alguma coisa "Não vamos procurá-lo..." eu dizia enquanto encarava a parede, porém olharia nos olhos de Urahara e continuava " Vamos encontrá-lo!.

Talvez as pessoas ali não entedessem o porquê de eu estar fazendo aquilo naquele momento, mas o fato era de que eu precisava daquilo. Eu precisava alcançar algum objetivo, eu precisava retirar algo. Me levantaria da cama vestindo minhas roupas usuais, camisa de manga longa preta, calça preta e a bota de couro. Se possível vestiria algumas luvas também pretas, com o objetivo de usar como se fosse um "uniforme" talvez.

Eu saía e via meus companheiros no convés, com certo remorso e vergonha de não acompanhá-los na saída do navio eu continuava meu caminho em direção a terra vermelha do lado de fora sem muita conversa com eles. Ao encontrar Blum eu afirmaria caso ouvisse ele perguntar sobre minha condição "Tudo bem. Quase 100%, agora sobre exagerar não posso prometer muita coisa. Aliás como foi a exploração da ilha?" Aguardaria a sua resposta, se ouvisse sobre a aposta de Takamoto eu ficaria triste por um instante por não participar disso, porém eu tinha um objetivo "Blum, me faz um favor, ajuda o Takamoto a fazer a melhor sobremesa de todas e se ele não fizer...Estarei pronto para ficar careca com vocês! Porém eu preciso fazer algo agora com o Urahara. Eu estarei de volta em breve, então guarde meu lugar no Hawk!" Eu sorria para afirmar a minha certeza de que voltaria a ficar com o grupo assim que resolvesse qualquer pendência do objetivo. Eu acenava para Blum enquanto saía de Hawk com Urahara.

Apesar de ter sorrido naquele momento as minhas dúvidas e incertezas sobre mim mesmo estavam gritando, eu precisava, além de encontrar o pirata, me encontrar no farol e voltar para a tripulação com a cabeça 100% no lugar. Pronto pra outra queda, pronto pra ser quem eles precisam que eu seja. Assim que saíssemos de Hawk e nos encontrássemos na ilha eu diria a Urahara " Vamos ver se encontramos algumas pegadas que não sejam da galera, caso necessário, a gente pode ir nesse homem que eles encontraram para indagar sobre o pirata."

Prosseguiria então para procurar algumas pegadas que fossem em uma direção diferente da que ia pra mesma direção em grupos o que provavelmente identificaria os meus companheiros. Caso Urahara encontrasse algo tentaria ir ver o que ele havia encontrado, andando de forma que não atrapalhasse no que ele havia encontrado no caso de serem pegadas ou algo do tipo. Se nós não encontrássemos nada, tentaria seguir as pegadas para o caminho para encontrar o homem a quem Taka havia apostado, para indagá-lo sobre o homem que procurávamos.

Tentaria também não invadir o momento de Urahara, seguindo sua deixa quando pertinente. Tentaria abstrair esses conhecimentos do sonho que estava tão vívido em minha mente, de qualquer forma eu estava rumo a jornada para encontrar a mim mesmo, para que pudesse voltar para o grupo e ser quem eles precisam que eu seja, quem eu precise que eu seja.

Diria pra Urahara "Eu sei quem eu quero ser. Não um marinheiro, não um caçador de recompensas, ao menos não só um caçador de recompensas, eu quero ser quem eles precisam que eu seja. Agora, vamo achar esse cara e ir Rumo a Grand Line?


Objetivo:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

" Si vis pacem, parabellum. "

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Info:
 



Última edição por Masques em Qua 16 Set 2020, 20:06, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 52
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptyQua 16 Set 2020, 19:51




Rumo à Grand Line
SÓ VEM



Era a hora da caça aos cogumelos, não podia perder tempo já que ele próprio era meu pior inimigo, tinha coisas para fazer e preparos a executar ainda mais se o ingrediente tivesse que ser dessalgado. – Karthus perderá com toda certeza, não irei perder novamente, nunca mais. – Refleti sobre meus combates recentes, tinha que me tornar forte a cada passo que dava, pelo menos o suficiente para proteger aqueles que quero. Sai do navio fitando o ambiente do farol mais uma vez, era como se estivéssemos em uma montanha ou num rochedo gigante, me pergunto se vai ter uma ilha assim na Grand Line, imaginei até um vulcão adormecido ou acordado jogando lava para todo canto.

De pés no chão, olhei ao redor procurando por lugares úmidos e sem sol, cavernas eram as melhores rotas a se tomar para achar os cogumelos. Os fungos adoram um cantinho molhado e fresco, Ares estava zanzando por aí, porém não havia sinal da falsa divina, não tinha sinais das pessoas. Me disseram que o lugar ainda era bem movimentado e teria que ter cuidado, mas não vejo ninguém para ter tanta cautela assim. Dava de ombros e sorria para começar a caminhada em busca dos cogumelos, já imaginava o que faria ao pega-los, teria que verificar sua toxidade e em frente teria de fazer a massa do meu tiramissu os usando. Primeiro teria que dessalgar o ingrediente sabendo que ele poderia ser salgado devido a maresia, ferver bem na água e esperar secar, teria que usar uma frigideira acelerando o processo e deixar o cogumelo crocante a ponto de poder quebra-lo em minhas mãos.

Juntaria ele com farinha de trigo afim de ligar os dois, usaria os ovos e adicionaria leite aos poucos questionando se ficaria homogêneo o suficiente. Faria finas camadas em uma forma para assim traçar os tiramissus como waffles que teria um recheio de creme branco e café obviamente. Dado aos suprimentos, teria de recorrer ao café, açúcar e leite podendo abusar do amido de milho para dá consistência nessa sobremesa.

Já tinha tudo mentalizado em minha mente, precisava agora achar o principal ingrediente, um material fresco sempre faz a diferença na gastronomia. – Cadê vocês? Cogumelos?! – Andaria por aí e exploraria cavernas tomado todo o cuidado de não me perder. – Quando eu ganhar essa aposta.. Acho que finalmente podemos ir.. Rumo à Grand Line?


Offs:
 

Histórico:
 

VOU EDITAR O HISTORICO ANTES DO POST DO HANDA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Última edição por Takamoto Lisandro em Sex 18 Set 2020, 12:10, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 8010
Data de inscrição : 20/02/2019

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptyQui 17 Set 2020, 20:16

Rumo à Grand Line?


O Farol definitivamente não era como eu esperava. Pelas histórias que haviam me sido contadas era esperado que aquele local estivesse cheio de pessoas e de confusão, ou até mesmo cheio de festas e alegrias por terem conseguido chegar tão longe. Porém não era nada disso, apenas um local vazio e com pouca movimentação.

Após caminhar um pouco pelo ambiente, eu me encontrava admirando um pouco mais daquele local e sua natureza. Haviam peixes e aves, todos passando por ali e seguindo seu destino. Era difícil não olhar para aquelas criaturas e se imaginar no futuro. "Eu estou aqui. Finalmente estou prestes a embarcar nesse mundo de aventuras, e talvez eu não volte mais para a ilha que cresci. Eu sei que estou destinada para a grandeza, mas tenho medo dessa grandeza se encontrar como um sacrifício. Minha tripulação não é das melhores ou mais cuidadosas e provavelmente vamos ter grandes problemas daqui em diante se depender do Diabo Ruivo e sua capacidade natural de arrumar desafios" e com esse pensamento iria me sentir ali, olhando para os céus e movendo um pouco minhas asas "Eu me pergunto o motivo de não perceberem imediatamente que eu sou a filha de Deus. Tenho até asas como um anjo. Será que me falta imponência? Eu preciso começar a ir atrás disso o quanto antes, caso contrário, ficará ainda mais complicado conseguir seguidores..."

Tendo passado esse tempo refletindo, voltei a caminhar pelo Farol e estava até mesmo pensando em ir até o navio, já que talvez minha busca estivesse terminada. No entanto, enquanto voltava, percebi as cavernas que eu ainda não havia explorado e algum tipo de som vindo delas. Rapidamente me aproximei, dado que os sons eram similares a vozes e não levou muito tempo para que também pudesse ouvir sons metálicos. "Será que realmente existem pessoas aqui além de nós?", pensei. De repente ouvi uma fala bem clara vindo daquele local e algumas gargalhadas, sem perder tempo, me coloquei em posição de combate. Não sabia o que poderia sair dali, mas eu tinha que estar preparada...

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Tenente
Tenente
Kekzy

Créditos : 61
Warn : Rumo à Grand Line? - Página 17 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 EmptyQui 08 Out 2020, 16:13

Narração




[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Hotwood não temia um ambiente hostil; ou ao menos, ainda não conhecia um. Ela não estava mais nos pacíficos Blues, onde as crianças brincavam, mas na Grande Rota, onde apenas os adultos podiam sentar à mesa — Preparem as armas e se aqueçam! Vamos agir antes do Cochrane! Soube que é um bom e grande navio, iremos pegá-lo e zarpar imediatamente! - ao permanecer ali e se aproximar de sorrateira, Ares escutava um plano. A que navio exatamente eles estavam se referindo?! Poderia ser o... os primeiros passos vinham em sua direção e já não tinha mais tempo de ponderar. Uma luz de tocha se aproximava e, logo, um rosto emergia das sombras da caverna. Era o rosto de um homem jovem e, atrás dele, uma mulher e outro rapaz — Nós iremos investir rápido e-oh!?! - o moreno conversava casualmente, quando de repente sacou uma cimitarra da bainha em sua cintura, cometendo um crime divino ao apontá-la para a Filha de Deus. Os outros dois também reagiram ao percebê-la, tendo o loiro pego uma sacola fechado a nó e a mulher de cabelos castanhos sacado duas pistolas, as quais apontavam para a madeira que se encontrava em uma fria. E era sua impressão, ou havia mais alguém atrás deles?

[...]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O sol estava forte enquanto Takamoto colhia seus cogumelos. Sua empreitada pelos sopés da montanha não o levaram muito longe, como Ares havia ido. Tão logo achou alguns cogumelos brancos, vermelhos e  verdes voltou à embarcação após colhê-los. Precisava se apressar para cumprir o prazo com Karthus! Enquanto isso, Blumayden e Max trocavam informações enquanto aquele dava uma vistoria nos ferimentos deste e renovava o tratamento, deixando-o mais confortável. Urahara estava ao lado deles e não deixava de comentar — Não iremos muito longe! - falava, como em forma de promessa para afastar as preocupações médicas que Blum poderia ter.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Assim, Max e Urahara deixaram a segurança do Hawk e pisaram na terra vermelha. De início, Evans pôde perceber que era fácil deixar uma pegada ali, bem como era fácil apagá-las. Todavia, não precisava delas para alcançar o Farol, visto que era visível mesmo à distância. Ainda, com seu precário senso de rastreio, conseguia ver as pegadas, mas quando elas se misturavam, logo se confundia, não sabendo mais qual era compatível com qual e se havia alguma mudança de trajetória, algum detalhe estranho ou afim. Por sua vez, Urahara parecia bem atento ao chão ao passo que caminhavam — Só o poeta vive de palavras bonitas, você precisa aprender a perseguir se quer encontrar alguém, não acha? - naquele momento, abaixava a sua sombrinha, apontando para o chão com a ponta dela — Vamos começar, então. Me diga o que vê - instruía.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Pirata - Centro:
 

Pirata - Direita:
 

Pirata - Esquerda:
 






Avaliação



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:

AVALIAÇÃO "RUMO À GRAND LINE?"















Nome da Aventura: Rumo à Grand Line?
Link: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Participantes: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Localização da Aventura: Lvneel Kingdom - North Blue

Takamoto Lisandro


















Perdas:
● B$5.800.000 (Valor de todos os gastos, já descontado o valor da recompensa) OK

Ganhos:

● Perícia: Marcenaria (Post 2) OK
● Compras para o Explosive Hawk: 4 Advanced Cannon, Abastecimento, Balas de Canhão OK
● Itens: Mochila Grande, Tábua de Madeira, Shakeira, Roupas de Praia  (Calção, óculos escuros e casaco de praia - Evento) OK
● EXP: Esse +4 (Evento) peça no momento da atualização da ficha.
● Roupas: Taka Normal, Taka Pika e Taka Family Friend Family Friend... AHAM... OK

Abaixo --- OK
Explosive Hawk - Atualizado:
 


Exp: 26 XP

Localização: Farol - Grand Line OK

Relação de personagens: Ele faz!  OK

Blum


























Perdas:
● N/A OK

Ganhos:
● 2x Katanas (Level 2) OK
● Kit médico (Kit com 20 Bandagem(1), Bisturi (2), Cauterio(1), Tesoura(1), Serrote(1), Serra(1), Linha de sutura 20 usos(1), Agulha de sutura (1), Pinças (2), Dilatador(1), Afastador(1), Broca e furadeira manual(1), Cinzel(1), Martelo(1), Estetoscópio(1), Medidor de pressão arterial (1), Pinos(10), Alcool(1l=6usos) OK
● Perícias: Farmácia, Estratégia e Diagnose OK
● B$: 6.095.000 (Todas as despesas descontadas) OK
● Seagull Newspaper - Março e Abril OK
● Roupas: Traje Especial de Banho Mayo, Traje do gato, Sobretudo com capuz, Colete, Camisa Preta e Camisa Azul OK
● Vício: 0/10  OK**

Exp: 26 XP
Localização: Farol - Grand Line OK

Relação de personagens: Ele faz! OK

Masques


























Perdas:
● N/A OK

Ganhos:
● N/A OK

Exp: 6 XP

Localização: Farol - Grand Line OK

Relação de personagens: Ele faz! OK

Handa


















Perdas:
● N/A OK

Ganhos:
● Bikini e Peruca (Evento) OK
● +4 de XP (Evento) Pedir no momento de atualização da ficha.
● Sea-Gull Newspaper Maio e Junho;  OK

Exp: 7 XP

Localização: Farol - Grand Line OK

Relação de personagens: Ele faz! OK

Buggy



















Perdas:
● N/A OK

Ganhos:
● N/A OK

Exp: 2 xp

Localização: Farol - Grand Line Negado


Relação de personagens: Ele faz! OK




Quantidade de posts do(s) Narrador(es): 7 - Alencar + 7 Posts; 38 - Kekzy 9 Créditos*


Feedback Takamoto:
 

Feedback Blum:
 

Feedback Handa:
 

Feedback Masques:
 


Feedback Buggy:
 

Feedback Alencar:
 

Feedback Kekzy:
 


Off

Não houve nada a alterar na avaliação, então postei logo para apagar o fogo no rabo e deixar a galera curtir, mas o post sai em breve.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty
MensagemAssunto: Re: Rumo à Grand Line?   Rumo à Grand Line? - Página 17 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Rumo à Grand Line?
Voltar ao Topo 
Página 17 de 17Ir à página : Anterior  1 ... 10 ... 15, 16, 17

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Lvneel Kingdom-
Ir para: