One Piece RPG
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Phantom Blood
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Johnny Bear Hoje à(s) 5:29 pm

» [Ficha] Kiryu Yamamura
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 4:00 pm

» Kiryu Yamamura
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 3:59 pm

» For Whom the Bell Tolls
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 11:25 am

» Gato de Convês
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Oni Hoje à(s) 11:19 am

» Apresentação - 2: Falência ambígua
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor GM.Furry Hoje à(s) 10:55 am

» V - Into The Void
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 9:15 pm

» Bizarre Adventure: Welcome to the Jungle
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 8:56 pm

» 1° Versículo - Gadeus, os Ateus do Gadismo!
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 6:53 pm

» Prólogo - A primeira perna é a direita
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 6:43 pm

» Timbre Mudo
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Oni Ontem à(s) 9:33 am

» Sangue e Pólvora! O Caminho do Atirador!
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Jabuloso Ontem à(s) 6:07 am

» [MINI - Lily Ann] Rainha das Rosas
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Kylo Ontem à(s) 1:55 am

» O Legado Bitencourt Act I
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Ineel Ontem à(s) 1:42 am

» [MINI-Amador Amoroso] NANANAAA
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Kylo Sex Fev 21, 2020 10:57 pm

» I - Dançando No Campo Minado
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Achiles Sex Fev 21, 2020 8:52 pm

» Conto I: O que Dizem as Raposas?
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Vincentão Sex Fev 21, 2020 2:58 pm

» The New Terror of Pirates
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Vincentão Sex Fev 21, 2020 1:07 pm

» Apresentação \o/
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor GM.Kekzy Sex Fev 21, 2020 11:33 am

» I - A Match Made In Heaven
II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Emptypor Teo Sex Fev 21, 2020 10:33 am



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 II - Armas Químicas & Poemas

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 73
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptyQua Maio 08, 2019 10:07 am

Relembrando a primeira mensagem :

II - Armas Químicas & Poemas

Aqui ocorrerá a aventura do(a) agente Natasha Romanov Natreyeva. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 28/01/2018

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptyQua Out 02, 2019 6:36 pm



Chacun voit midi à sa porte





Meursault ficaria surpreso ao saber que Louise era sua chefe e ficaria ainda mais admirado ao saber que a mulher também era uma das superiores de Anael. O espanto não era causado por nenhum preconceito devido ao fato dela ser uma mulher ou qualquer outra ideia retrógrada e estúpida, apenas não havia passado pela cabeça do jovem que uma mulher tão bela e, aparentemente, delicada, poderia executar certos serviços um tanto quanto desagradáveis que se fazem necessários quando se é um agente do Governo Mundial. Da forma que fosse, a competência da mulher não poderia ser questionada de nenhuma forma, o celestial era uma criatura insuportável e dedicada, se Louise era sua superior em termos de hierarquia, certamente havia feito por onde merecer, era bom manter isso em mente. Depois do susto inicial com a ideia, Grimm começaria a se animar com as possibilidades que surgiam de tal fato, um sorriso depravado surgiria em sua face e ele começaria a comentar livremente as fantasias que passavam em sua mente, com uma animação nítida, na tentativa de suprimir o discurso tedioso de seu colega.- Então ela é nossa chefe? De verdade mesmo? Isso é uma maravilha! - Ele saltitaria de alegria enquanto comentava a situação. - Sabe o que é melhor que uma mulher? - Meursault faria uma pausa muito pequena antes de prosseguir, de forma que seria impossível responder. - Eu sei que não sabe, não perca seu tempo, mas não precisa se afligir, estou aqui e posso responder. É simples meu amigo, uma mulher empoderada e independente. - O jovem adquiriria um semblante mais austero e reflexivo, como se um pensamento sério e realmente importante tomasse conta de sua mente. - Será que ela tem um fetiche com subordinados desleixados e indisciplinados? Espero que sim. - Sem esperar uma resposta, simplesmente rumaria até o destino de sua comemoração.

A Casa de Eva era como o Jardim do Éden na visão do agente em treinamento, o que significava que deveria ser algo similar ao purgatório para o celestial, mas Grimm não deixaria que sua consciência pesasse com isso, a noite era sua e uma noite desagradável nunca havia matado ninguém, ao menos até agora, Anael com certeza conseguiria aguentar, no pior dos cenários com leves traumas e cicatrizes emocionais que carregaria para sempre. Quando o homem externasse suas preocupações, Meursault responderia de forma tranquila e natural. - Estou falando sério, essa é minha forma de recarregar as baterias e eu sempre posso tomar banho cinco minutos antes do encontro, assim fico limpo por mais tempo. - O raciocínio realmente parecia fazer sentido em sua cabeça, de forma que dificilmente uma observação feita por Anael seria validada. Assim que o horário do encontro com Louise fosse mencionado novamente, Grimm ficaria chocado, bateria com as duas mãos na mesa, de forma brusca, e cuspiria qualquer líquido que tivesse na boca, sem nenhum cuidado. - Cinco da manhã? Você não disse que esse emprego era bom? Eu tenho quase certeza que isso é ilegal, é praticamente escravidão na verdade, não temos um sindicato? Vamos lutar pelos nossos direitos Anael, uma revolução começa aqui, vamos nos livrar das correntes das praticas trabalhistas abusivas. - As palavras seriam ditas com seriedade, quiçá de forma inspiradora, mas tudo iria por água abaixo quando o jovem tivesse uma ideia do que poderia acontecer. - Na verdade esqueça, se ela marcou tão cedo, certamente quer me encontrar a sós, sabia que tinha rolado uma química entre nós. Agora tudo faz sentido. - Meursault olharia o celestial da cabeça aos pés antes de fazer um comentário ácido, apenas para não perder o costume. - Você vai precisar malhar um pouco mais se quiser ser padrinho no nosso casamento. - Assim que presenciasse a cortesia de Hana, Grimm agradeceria de todo o coração. - Eu poderia amar você se Hugo não tivesse feito isso antes, mas não fale essas coisas, ele vai achar que eu não sou popular e você sabe que todos aqui me amam. - Ele repensaria por um momento na situação e voltaria a se dirigir para a mulher. - Na verdade, meu amor, pode falar o que quiser, desde que consiga manter ele com a boca fechada, é um preço pequeno a se pagar e todos ficam felizes. - Meursault simplesmente se deixaria levar pelo ritmo da música, pelas bebidas e pela presença inebriante de certas garçonetes durante o decorrer da noite.

Assim que Anael entregasse o uniforme, a insígnia e os livros, Meursault se emocionaria e daria um abraço no celestial. - Eu não odeio você o tempo todo, só na maioria das vezes. - Após tal declaração, guardaria tudo o que havia recebido em sua bolsa e se dirigia até o Quartel General, mas antes, se despediria adequadamente. - Acho que é melhor eu ir, já está quase na hora. Nós vemos amanhã. - Chegando ao Quartel General, Meursault tomaria um banho, tendo cuidado de ficar bem aprensentável para sua superior, trajaria as vestes apropriadas e aguardaria na sala em que o encontro havia sido marcado. Enquanto esperava a chegada de Louise, leria o livro trago por Anael que versava sobre sedução.

Histórico:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptyQui Out 03, 2019 9:41 pm

Floresta fechada e escura, era tudo que eu imaginava e que eu não queria, aquilo era um inferno, eu não conseguia enxergar nada direito e nós éramos um alvo perfeito, qualquer bom estrategista podia acabar conosco sem a gente nem perceber, mas lá estava eu seguindo ordens. “Ahhh o que eu não faço pelos meus objetivos futuros…” Para piorar tudo isso a estrada era ruim tornando a viagem um inferno desconfortável. “Se essa estrada horrorosa estragar o vinho, espero que esse nobre não venha nos culpar por isso…” A orquestra de sons que era possível ouvir deixava mais óbvio o meu medo de sermos emboscados, pois era praticamente impossível perceber o que era somente um animal e o que era possíveis inimigos, isso considerando que os animais não serão inimigos, era facilmente imaginável ter que proteger os cavalos do ataque de algum predador com fome demais pra se preocupar com o resto.

Além de toda aquela barulheira e problema com a estrada, algo grande, a ponto de ser maior que os cavalos, passou por nós numa velocidade tão grande que eu nem consegui perceber direito o que era naquela escuridão. A garota que estava comigo não conseguiu ver nada então eu precisei descrever melhor para ela e dizer para ela avisar o resto usando o den den mushi. - Era algo que parecia ser maior que os cavalos, e muito rápido também, não to gostando disso, avisa eles que seja lá o que isso for, pode estar a espreita da carroça ou somente de passagem mesmo…

Mais um tempo havia passado, com aquela escuridão toda, parecia que a gente não tinha saído do lugar, era uma sensação muito ruim e mais um motivo para me deixar irritada e preocupada. Yuzuhira parecia estar cansada e sonolenta “Como ela consegue tá assim em um momento desses? Além disso ela quer dormir?” Eu não estava cansada ainda, talvez fosse a preocupação com tudo aquilo que podia ou não acontecer na viagem mal planejada e extremamente idiota que estávamos fazendo. - Melhor não, são muitas variáveis para dar problema e é melhor nós duas estarmos acordadas para caso algo aconteça. - Se ela dormisse eu iria a acordar. - Ei… mantenha o foco, pense em alguma coisa… fale algo, sei lá, mas não durma. - Diria para a acordar a garota, e se ela começar a dormir de novo, simplesmente iria chacoalhar sua cabeça para que ela acorde logo e siga focada.

Manteria meu foco nos arredores para tentar avistar o que eu conseguisse naquela escuridão dos infernos, principalmente aquele vulto, estava preocupado no que aquilo podia ser, era rápido demais para ser algo normal, e meu mau humor naquele momento só servia para me fazer pensar no pior. - Cuidado. - Diria se necessário para avisar de algum perigo iminente, tentando me proteger da forma que eu conseguisse, saltando para fora da carroça ou então para outro lado que, tentaria evitar saltar para cima dos barris pois não queria causar um acidente desagradável naquela viagem. Caso perceba algo que ainda não tomou uma atitude mas que eu julgue que vá causar algum perigo a nós, animais parecidos repetidamente passando ou olhando demais ao passar perto da carroça, diria para a garota avisar Shishiu, pois algo podia estar nos seguindo ou esperando um momento certo para atacar, ou até mesmo algum animal grande podia estar afastando outros animai.

Esperava chegar logo, aquela missão já estava problemática demais e o quanto antes chegarmos no nosso destino melhor seria, não queria ficar mais um segundo se quer naquela floresta, até descarregaria o vinho se fosse para sair logo dali sem precisar entrar em algum combate contra ladrões ou animais selvagens. “Ok… talvez não tanto… seria de certa forma interessante bater em um animal selvagem… ainda mais no escuro… problemático pra caralho mas interessante de certa forma…”
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptySab Out 05, 2019 6:30 pm



NARRAÇÃO



Cena: Linda

Yuzuhira teria avisado a outra dupla sobre o estranho vulto avistado por Linda. - Aqui é Yuzuhira, só para reportar que Linda percebeu um vulto estranho passando pelas redondezas, é grande e parece ser rápido, tomem cuidado. - Falou a mulher enquanto ainda segurava o den den mushi que respondeu quase na mesma hora, era a voz de Shishio. - Certo, ficaremos de olhos abertos para qualquer movimentação, continuem com o bom trabalho. - Com isso a ligação se encerrava. A caravana seguia ao meio do breu iluminando alguns metros à sua volta, os sons provenientes da vida noturna ainda cercavam os agentes que se aventuravam em meio aquela noite. Aqueles com noção de tempo entenderiam que já poderia passar das dezoito horas mas a velocidade daquela viagem não dava despertaria nenhuma esperança de estarem perto de terminar seu objetivo.

Era fácil de se imaginar que isso poderia despertar algum tédio para as pessoas comuns mas o ambiente não permitia nenhum vacilo, a escuridão deixava todos alertas, ou pelo menos era assim que deveria ser. - [bocejo] Mas eu fiquei acordada até tarde ontem ansiosa com a minha primeira missão... - Reclamava Yuzuhira  lutando para se manter ou parecer atenta. - Sem contar que faz horas desde que comemos algo. - Dizia ela sentindo seu corpo pesar, ela já se sentava de forma mais relaxada em seu lugar e seu corpo já começava a se apoiar no de Linda como se a ruiva fosse algum travesseiro. - A carroça também fica balançando igual um berço, não tem como não resistir. - Para ela aquilo poderia fazer algum sentido mas a carroça não balançava e sim dava solavancos brutos como um carro ao passar por um buraco ou um quebra-molas muito alto, na verdade tais solavancos era bem preocupantes já que poderiam causar danos estruturais no veículo como soltar ou quebrar uma roda.

Em resposta a sua sonolenta companheira Linda chacoalhou a garota forçando-a despertar do seu estado de repouso. - Okaaaay~ já acordei. - Pelo menos era o que parecia, era em meio de tal conversa que o den den mushi começou a fazer o seu característico antes da voz de Shishio sair dos lábios do pequeno animal. - Aqui é o Shishio vocês estão na escuta? - Ouvindo a voz do líder Yuzuhira quase saltou de seu banco pelo susto, imediatamente a garota tentou parecer mais acordada enquanto respondia a ligação. - A-ah, sim senhor estamos aqui.- / - Nos avistamos algo similar ao que vocês descreveram, não deu para tirar muitos detalhes mas parece ser um predador local, infelizmente se nós afastarmos agora para lidar com a criatura poderemos acabar deixando a carga desprotegida a outros perigos da floresta, ao mesmo tempo estaríamos em risco de se perder assim que a caravana se fosse. De qualquer forma isso não muda nosso trabalho, por enquanto continuem observando e a qualquer sinal de perigo me sinalizem antes de tomar a iniciativa em algo, câmbio desligo. - Com isso a ligação se encerrava sem ao mesmo ouvir comentários ou perguntas feitas pelos agentes em treinamento, o que parecia incomodar um pouco Yuzuhira.

- Não seria melhor a gente só acabar com o bicho já que ele pode ser um problema? Para que ficar enrolando aqui...- Comentou ela parecendo um pouco frustrada com a decisão de seu superior, de qualquer forma a viagem continuou em meio ao breu, se antes teria se passado das dezoito horas agora a viagem chegava a marca das dezenove. Tudo parecia continuar na mesma até a carroça parar. - Random 1: A merda… - / - Random 2: O que houve? - / - Random 1: Tem um lamaçal no caminho, se seguirmos por ele vamos acabar atolando por causa do peso. - Explicou o condutor apontando para o caminho a frente onde um grande lamaçal se estendia por alguns cinco a seis metros de distância mas sem dar muita noção sobre a profundidade. As carroças atrás aos poucos foram parando e por isso não demorou para Shishio mandar outra mensagem. - Qual a situação? - / - Lama.... Muita lama.- Tentou explicar de forma reduzida enquanto a explicação e a conversa entre os agentes continuava Linda pode ouvir os civis conversando. - Random 1: A gente podia tentar cobrir com algumas tábuas ou sei lá, fazer um caminho com algumas pedras... - / - Random 2: Olha eu não sei se temos tantas tabuas não, não seria melhor dar a volta por um outro caminho. - / - Random 1: Esse caminho já é complicado demais, dar a volta iria nos levar por um caminho mais complicado, não sei se seria possível… Se algo ruim acontecer quem vai se foder sou eu. - Tal conversa dava noção para Linda das opções enquanto Yuzuhira ainda descrevia a situação para Shishio.


Cena: Grimm

O ânimo no bordel era grande, a cerveja apesar de barata caia bem com os petiscos oferecidos por Hana, a banda ia mudando seu repertório para músicas da mesma época que a primeira, Grimm e Anael tinham a sua interação com o celestial comentando que não estava tão acima do peso como comentado por Meursault para só depois ele entender o que Grimm queria dizer com “padrinho” o que fazia o anjo voltar a comentar sobre ética e valores no local de trabalho mas logo era calado por um dupla de senhoritas que se aproximaram fazendo comentário que deixavam o anjo envergonhado demais para falar algo. No geral tinha sido uma noite divertida, tinha bebido e comido com um amigo, viu e talvez tenha trocado gracejos com algumas beldades e até mesmo tinha ganhado mais uma rodada de hidromel para beber antes de sair, algo que tornava um desafio maior sair da Casa Eva sóbrio.

- Eu também tenho que ir… Preciso ver como as coisas vão na… na… na loja! - Terminou o celestial apresentando algum sinal de embriaguez, apesar de possuir uma livraria Anael tinha uma equipe de funcionários que trabalhavam para ele, havia alguns adolescentes alternativos lá mas a gerencia era boa, se Grimm se esforçasse até poderia lembrar do nome da loja, algo como “Saraiva”.

Seguindo caminhos diferentes Meursault chegou no QG recebendo encaradas estranhas dos marinheiros que trabalhavam no local, o primeiro motivo para tal é que estava tarde, se tivesse alguma noção de tempo ele poderia entender que já passado das quatro mas o grisalho faltava de tal talento, o segundo motivo era que ainda não estava uniformizado. - Ei só pessoas autorizadas são permitidas aqui dentro, você possui algum tipo de autorização? - Perguntou um marinheiro que se colocava no caminho de Grimm, felizmente antes que precisasse responder ao guarda um voz familiar vinha de trás do marinheiro. - Ele é um dos novos agentes, pode deixá-lo passar. - Falou a mulher já conhecida pelo lutador, seu tom de voz era calmo apesar de possuir certa autoridade em seu comando, o marinheiro saiu do caminho de Meursault o deixando seguir seu caminho.

Infelizmente aquele não era o melhor momento para a mulher ver Grimm, seu estado era deplorável mas talvez o grisalho não soubesse de tal informação. - Eu vou… Eu vou estar resolvendo uns assuntos… Sinta-se livre para descansar e me encontrar no horário combinado... - Os olhos de Louise tentavam esconder qualquer julgamento que ela fazia naquele momento mas era possível ver ela analisando o mais novo recruto dos pés a cabeça em cada pausa como se quanto mais ela olhasse mais informações eram processadas. Após tal comentário a superior seguiu seu caminho deixando Grimm seguir o dele, foi só então que o lutador teve a liberdade de seguir até o vestuário e finalmente tomar um banho e se trajar com o uniforme do Governo.

Meursault seguiu para a sala onde se encontraria com a sua superior, enquanto esperava ele lia o livro sobre sedução aprendendo toda a ciência por trás da arte dos xavecos e outras coisas que entravam no campo da sedução. Pelo tempo que esperava Louise chegar Grimm terminava parte de sua leitura, o suficiente para aprender a perícia, foi quando Louise entrou na sala com mais três figuras. - Ah que bom, você já está aqui. - Comentou ao perceber o agente já no local. - Deixe-me começar as apresentações. - Terminando tal comentário todos se juntavam naquela sala da administração onde antes Grimm tinha se encontrado com Rafael.

A primeira figura era um homem negro um pouco menor que Grimm, além de possuir o uniforme similar que o grisalho ele também usava um tapa olho esquerdo, a segunda parecia ainda ser uma criança, um pequena garotinha engravatada de cabelos brancos assim como os de Grimm, a última também era do sexo feminino, ou pelo menos era o que parecia, cabelos longos e negros presos em um rabo de cavalo, apesar do terno tal mulher também usava uma máscara que cobria a parte inferior de seu rosto. - Estes são Lázaro, Alice e Sayuri... - Falou ela na mesma ordem da descrição. - Esse é o Grimm, ele passou no exame um pouco depois de vocês terem concluído o seu… Eu os reuni aqui pois estarei os caminhando para o seu primeiro trabalho como agentes em treinamento, como membros da CP 2 é nosso dever zelar pela harmonia do North Blue. Atualmente estamos movendo nossas forças para ilhas que possuem uma necessidade maior, neste tempo vocês estarão sendo analisados… Pensem nisso como um período de experiência, alguma pergunta? - Com isso Louise esperava os recrutas se pronunciarem antes de chegar na parte que importava.

Lázaro se manteve em uma postura séria, Alice a criança ficava quieta ali parecendo um pouco tímida mas se esforçando para não passar uma imagem errada de distração ou algo do gênero, Sayuri escondia qualquer emoção ou reação diante das informações disparadas por Louise de trás de sua máscara e seu olhar sereno. Se Meursault compartilhasse da espera e não tivesse nada para pronunciar a loira seguiria em diante. - Vocês vão ter duas horas para resolver seus assuntos na ilha e empacotar as suas coisas, irão pegar a primeira missão de vocês no porto com o Agt.Rafael, isso é tudo. - Terminava ela esperando qualquer resposta ou reação antes de dispensar a equipe.

Legendas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptyDom Jan 12, 2020 10:02 pm

Shishio ficar sabendo da situação era importante pois estaria preparado para caso algo ruim aconteça. Agora eu tinha o problema da garota comigo ali “Como ela consegue dormir nesse lugar e num momento tão importante, odeio ter que trabalhar com gente que não posso confiar que vai estar atento durante uma missão.” Pra quem estava cansada a garota estava um tanto apressada para enfrentar a tal sombra. - Olha, considerando a escuridão toda que a gente tem é melhor se preocupar com combate somente quando necessário, enfrentar algo que parece um animal no seu habitat natural a noite e com essa velocidade que ele parece ter, seria um grande estupidez, além do mais estaríamos caçando ele o que torna tudo mais difícil ainda. Enfim, te mantém acordada pra qualquer perigo que tá tranquilo. - Estava um pouco irritada com a companhia mas não tinha o que fazer naquele momento.

Tudo segui relativamente bem até um monte de lama aparece na estrada, o que travava nosso caminho, antes de fazer qualquer pergunta, olharia em toda a volta e tentava me lembrar do caminho para saber se a estrada parecia molhada ou que havia recentemente chovido, claro não era nenhuma especialista nisso, mas dava para ter uma noção olhando em volta. - Isso é normal acontecer nesse caminho, andou tendo alguma chuva forte recente? - Perguntava para os dois homens que haviam falado do local enquanto olhava em volta e tentava notar algo diferente ou qualquer coisa que me chame atenção. Esperava a resposta deles enquanto ouvia a garota falando com Shishio pelo den den mushi e explicando de forma simples a nossa situação.

Após a resposta dos homens diria para Yuzuhira ficar mais alerta, nós éramos presas fáceis ali, ainda mais se a resposta dos caras for que aquela lama não era comum estar ali naquela época. Se este for o caso fica pensativa por um segundo “Isso é um problema pode ser uma armadilha, ou para usarmos o outro caminho ou para nos atacar quando tentarmos passar pela lama”, após isso diria para minha colega passar para Shishio a informação. - Yuzuhira diga para Shishio que podemos ter caído em uma armadilha, os homens disseram que este monte de lama não é normal nesta época do ano e também não houve chuvas, a armadilha pode ser para nos atacar por agora ou então caso a gente escolha o outro caminho que os homens falaram e eu vou pegar informação com eles agora. - Uma breve pausa e voltaria a falar com a garota. - A e se o projeto de nobre vim encher o saco tu lida com ele que eu to tentando resolver o problema aqui, viu Yuzu. - Eu realmente não queria ter que lidar com aquele cara chato.

Querendo saber sobre este caminho iria falar com os homens, tentado adquirir o máximo de informação possível. - Esse caminho que vocês falaram, me contem como ele é? Mais iluminado de alguma forma? Floresta mais densa? Muitas pedras? Montanhas? Defina esse complicado que você falou, preciso de todas as informações possíveis sobre este local para que Shishio possa tomar uma decisão decente. - Esperava a resposta deles e passaria as informações para Shishio através da minha colega sonolenta. - Olha eu acho que podemos arriscar o outro caminho. - Responderia caso Shishio peça minha opinião e o caminho não seja tão ruim estrategicamente falando. - Talvez seja melhor descobrir se conseguimos passar pela lama antes de tentar. - Diria caso o caminho será algo realmente ruim, com muitas montanhas e que nos deixe mais lento do que já estamos andando. Sempre atenda a minha volta pronta para reagir, afinal a noite é escura e cheia de terror, eu lembro de ler isso em um livro a muito tempo, e acho que é uma ótima frase para o momento atual. Sempre de ouvidos abertos para sons se aproximando muito rápido ou então aquela sombra que já apareceu, não queria ver aquilo, mas se era um predador aquele era um ótimo momento para ele ataca.

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptySeg Jan 13, 2020 1:41 pm



NARRAÇÃO



Cena: Linda

Quando a situação não poderia ficar pior Linda se vê parada em meio do percurso, aquela tinha sido uma longa viagem e o destino não parecia interessado em facilitar as coisas para agente agora, olhando a sua volta com mais atenção ela podia ver que sim a estrada, usando de todo eufemismo possível para descrever tal caminho, estava sim úmida, olhando ao redor ela poderia ver uma poça e outra de lama. - Random 1:Parece que sim, olha a gente até pode tentar atravessar mas tem o risco de ficarmos atolados aqui e tentar procurar um outro caminho nessa escuridão não me parece uma boa ideia. - Respondeu aquele que pilotava a carroça, pedindo mais detalhes sobre o caminho alternativo o homem coçou sua cabeça parecendo inquieto com a ideia, afinal tinha sido ele a insistir dizendo que sair do caminho não era um boa ideia. - Random 1:Não tem outro caminho, moça… A gente pode tentar sair desse caminho e fazer o nosso próprio pela floresta mas com uma caravana desse tipo é apenas loucura... - Continuou ele parecendo imaginar os cenários. - Random 1:Poderíamos cruzar com algum animal selvagem ou bater em alguma coisa e danificar a roda, um buraco ou uma pedra em nosso caminho é o suficiente para danificar uma dessas rodas. - Terminava ele depois de pontuar as consequências que um caminho alternativo poderia trazer.

Com o raciocinio lógico que a ruiva tinha ela podia entender o que piloto tentava passar, uma carroça que por si só já é pesada carregando uma carga corre sim o risco de se danificar caso passe por um buraco ou algo similar, isso sem contar com os cavalos que podem torcer o tornozelo se pisar em falso e com uma caravana daquelas ficar parado tempo demais era testar a sorte contra os perigos que a ilha pode fornecer. - Random 2: Ah velhote você é apenas neurótico demais, fala sério.. Okay eu vou tentar ver o que posso fazer aqui. - O rapaz que acompanhava o cocheiro saiu de seu lugar levando com ele uma das lamparinas que iluminavam a carroça, aos poucos ele ia procurando por pedras para posicionar no lamaçal para depois de posicionadas ele por a tábua de madeira sobre elas, no entanto agora ele estava no processo de procurar pedras largas o bastante para fazer tal trabalho. - Por que estão demorando tanto? Por que estamos parados!? Alguém aqui pode dar alguma explicação? - A voz do representante ia ficando cada vez mais próxima indicando que o irritante homem estava se aproximando até que. - GAROTAS CUIDADO! - A voz do agente tarado e irritante cortou a do falso nobre por um momento e foi então que Linda pode ver em meio às sombras pares de olhos vermelhos, brilhando ao reflexo das tochas que a caravana trazia.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Shishio mandou falar que ele vai cuidar da retaguarda, eu protejo o Sr.representante e a carga enquanto vocês cuidam da dianteira. São apenas lobos terminando com eles a gente segue viagem. - Terminava Senku caminhando com sua guarda alta e tentando guiar o representante de volta para a sua carruagem. Yuzuhira já sacava seu revólver e disparou contra um dos lobos errando por pouco já que no último momento a criatura pulou contra o civil que antes procurava por pedras, a criatura caia sobre o homem derrubando-o no chão enquanto o lobo sobre o coitado caído agora tentava morder o mesmo, o homem lutava gritando por socorro tentando afastar o lobo de si mas não tinha forças para o empurrar ou para o segurar por muito mais tempo. O número de lobos ainda era desconhecido afinal estava escuro demais para se tirar um número e era difícil escutar todos pois os cavalos começavam a ficar agitados e o som da luta tornava tudo mais confuso.

Legendas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptyQua Jan 15, 2020 7:58 pm

No fim, nossa única real opção era atravessar a lama e de forma lenta naquela escuridão desgraçada. “Essa missão só vai de mal a pior, certeza que logo logo vão seremos atacados por animais famintos a noite…” Pelo menos os os 2 homens eram proativos e já estavam começando as preparações para que possamos passar pela lama. E o homem irritante irritava outra vez, la vinha ele gritando e reclamando. “Isso vai, berra bem alto chama atenção de tudo que é bicho que tive na volta..”, então o que eu imaginava aconteceu, lobos nos atacando e o primeiro a sofrer foi um dos homens que estava começando a preparar tudo para passarmos a lama.

Shishio já havia percebido o ocorrido então já tinha passado as ordem pro maluco chato pra caralho, logo eu já tinha o que fazer. - Yuzuhira vou salvar o homem cuida dos cavalos... - Falava enquanto corria em direção ao lobo que estava atacando o homem, durante a corrida tomaria cuidado para não ser atacada por outro lobo que estivesse à espreita, utilizando minha velocidade e noção de tempo mudaria minha trajetória com um pequeno salto na hora certa para não perder embalo e conseguir seguir para golpear o lobo com um chute na barriga, se não precisar me esquivar daria o chute após o embalo. O lobo não saindo daria um chute rodado com minha de forma a acertar o calcanhar na cabeça do lobo tomando cuidado para não acertar o homem junto, o chute não precisava ser perfeito na cabeça, podia acertar um pouco o pescoço do bicho, o importante ali era que eu precisava retirar o lobo e salvar o cara, se não aquela caravana iria demorar mais ainda para chegar no destino.

Conseguindo salvar o homem iria o ajudar a se proteger na carroça. - Vai pra carroça!! - Enquanto ele se dirige a carroça eu vou o tentar o proteger, sempre chutando os lobos no rosto que seria o alvo mais fácil no momento. Conseguindo proteger ele ou não era hora de derrotar os lobos restantes, os animais provavelmente tentariam me atacar com suas garras ou mordidas, então caso eu veja algum pulando em mim tentaria dar um chute de baixo pra cima com o bico do pé, sempre focando o pescoço ou a cabeça, mas neste caso a barriga era o suficiente, eles eram lobos e talvez um demonstração de força maior que a deles fizesse eles lentamente desistirem, esperava por isso pelo menos, não queria ter que lidar com todos os lobos ali.

No mais Lobos que não fosse pular em mim daria um chute na lateral do rosto deles, me esquivando pequenos saltos para lado, se fosse possível tiraria a perna do ataque dobrando o joelho e aproveitaria para chutar de volta o lobo. Minhas esquivas sempre seriam para um dos lados, de preferência o que tivesse menos inimigos, e então daria um contra ataque no lobo chutando com o bico do pé no rosto dele ou na região das costelas. Tentava proteger os cavalos também, não podia deixar os lobos matar um deles, então sempre tentaria focar no lobo que estiver atacando, não iria para cima tentando um ataque sem ser para defender os cavalos ou um dos condutores da carroça, era melhor me manter próxima a luz do que ir para o escuro. Se um dos lobos conseguir me derrubar tentaria me desvencilhar colocando o dedo no olho do lobo e dando joelhadas no seu tronco. Esperava que tudo aquilo acabasse logo, e eu fosse capaz de descansar em paz.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptySex Jan 17, 2020 11:21 am



NARRAÇÃO



Cena: Linda

O cenário de luz tênue trazia um clima macabro para aquele combate, os civis sendo pessoas comuns ficaram sem reação perante uma situação como aquela então tudo que podiam fazer era sair do caminho dos agentes. Linda disparou em socorro ao civil correndo de forma acelerada e mirando um chute na criatura que agredia o ajudante do cocheiro, o golpe acertou em cheio sendo bastante efetivo ao ponto de fazer o animal cair alguns metros de volta a mata escura. -Ah… Obrigado!- Falou o homem voltando correndo para a carroça, Yuzuhira seguiu disparando contra os lobos mas ela tinha dificuldade em tal tarefa pela escuridão além do raio que as lamparinas conseguiam iluminar mas nem por isso ela era completamente inútil, ocasionalmente seus tiros acertavam as criaturas ou ao menos servia para espantar os animais.

Enquanto Linda ajudava o homem a voltar para a carroça um dos lobos que ainda estava a espreita tentou aproveitar do momento para atacar a agente executando um salto em sua direção, a mulher fazia um bom trabalho para esquivar do bote mas não conseguiu ser veloz o bastante para revidar a investida, por sorte assim que a criatura pousou ela foi alvejada com um tiro no pescoço disparado por Yuzuhira. Linda se posicionou perto dos cavalos que estavam assustados com aquela situação e por isso as vezes eles empinavam enquanto relinchavam alto e por vezes davam coices no ar devido ao nervosismo, por causa da distração que tal situação causava e da preocupação de um possível coice a ruiva acabou vacilando sendo ataca por um outro lobo que se encontrava a espreita, a criatura mirou bem no tornozelo da ruiva não só buscando feri-la mas também puxando-a para a escuridão.

Tudo tinha sido muito rápido e repentino para Linda, primeiro ela via um cavalo empinando com um alto relincho que a distraia e até mesmo assustava pois os cascos pareciam mira-la mas de repente um rosnado rápido e uma forte dor surgia em seu tornozelo e pronto, ela caia de cara no chão e era arrastada para a escuridão da mata. -LINDA!- Gritou Yuzuhira não como um flerte e sim com extrema preocupação vendo a mulher sendo arrastada para as sombras, com medo de acertar a ruiva com um disparo a agente pareceu hesitar no tiro dando assim tempo para o lobo arrastar a ruiva para fora do campo de visão da atiradora. Em meio a escuridão a lutadora só ouviu os rosnados e sentiu a criatura investir contra ela, por instinto a ruiva começou a dar joelhadas sentindo acertar o lobo mas ao mesmo tempo sem saber exatamente onde acertava mas sentia estar sendo efetiva.

Legendas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptySab Fev 01, 2020 8:56 pm

Consegui salvar o homem foi o melhor que pude fazer naquele combate, depois disso tudo simplesmente desandou numa velocidade incrível, os cavalos relinchando na minha volta me fizeram perder o foco e ser agarrada por um lobo que me puxou para o escuro, minhas joelhadas pareciam estar fazendo efeito então era aquilo que eu seguiria fazendo. “Merda… Maldita ideia de proteger os cavalos de muito perto…” Seguindo as joelhadas no lobo tentando acertar as costelas do bicho mesmo sem ver direito, o golpe seria somente com a perna direita pois a esquerda ficaria tentando fazer com que o lobo pare de me arrastar caso ele continue fazendo isso, se conseguir colocar a sola do meu pé na barriga do lobo aproveitaria para usar toda minha força para lançar o lobo para longe, o suficiente para o afastar e eu correr de volta para a luz e para as carroças. Durante o tempo que estava ali sendo atacada pelo lobo, utilizaria meus braços para defender o meu rosto e pescoço, afinal uma mordida ali podia se um problema bem grande depois, era difícil ver o que estava acontecendo então manteria meus braços cruzados tentando evitar as mordidas.

Conseguindo afastar o lobo, seja dando joelhadas ou o empurrar para trás correria na direção da carroça o mais rápido possível, como estava tudo escuro imagino que a carroça era fácil de achar, afinal ela era a única luz no local além de estar parada. Mas existia a possibilidade do lobo ter me arrastado então caso não consiga ver a carroça, tentaria seguir os barulhos do combate, esperava que ainda fosse possível ouvir principalmente os cavalos assustados com os lobos. Chegando na carroça, se ainda houvessem lobos iria os atacar com chutes com a ponta da bota na barriga dos lobos, desta vez tentaria me manter a uma distância segura dos cavalos para evitar que o pior aconteça de novo. Esperava acabar logo com aquilo e poder simplesmente me livrar daquela desgraça, já estava suja de ser carregada pelo lobo na areia molhada e no barro, o que me irritava mais ainda. “ Já não basta a sonolenta agora vo ta toda suja de barro? Já quero um banho e nem acabo essa escolta ainda…” Caso sofra outros ataques de lobo, tentaria me esquivar com um salto para trás e contra atacar com um chute na cabeça do lobo, caso o lobo faça uma investida muito alta, na direção do meu peito, cabeça ou pescoço, me esquivar para trás não resolveria então iria me esquivar para o lado e contra atacar com um chute na barriga do lobo.

Tudo dando certo me sentaria quieta na carroça sem falar nada, puxava um cigarro e começava a fumar enquanto ficava olhando em volta, se perguntarem se está tudo bem, responderia - Foi só um arranhão. - E continuaria fumando enquanto os homens preparavam tudo para sairmos do local, se precisar sair para não atrapalhar os homens era o que eu faria e ficaria ao lado da carroça numa distância que não fosse os atrapalhar. Esperava que possamos avançar logo para o local de entrega dos vinhos. Estava muito irritada com tudo, aquela escolta feita pelo representante já era toda errada, mal planejada, o pior caminho possível, o cara era burro, tinha um colega irritante achando que eu era uma lady indefesa, uma colega como sono e quase dormindo em uma carroça balançando e batendo, a chuva recente fez a gente ter que parar de avançar, e por fim e mais irritante, eu estava suja de lama e provavelmente com mordidas de lobo. “Eu podia dizer que isso não tem como piorar, mas provavelmente tenha como.”
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptyTer Fev 04, 2020 2:14 pm



NARRAÇÃO



Cena: Linda

Linda continuou executando suas joelhadas contra a criatura causando certo dano em cada golpe mas o lobo não cedia em sua investida fazendo todo o possível para alcançar a mulher com as suas presas, a ruiva por sua vez tentou levar sua perna livre contra a barriga do animal o que dada a situação não era uma ação muito complicada, fazendo força ela conseguiu empurrar o animal ganhando tempo o suficiente para se levantar e correr em direção a luz que a caravana emitia ali. O lobo também não demorou muito para se recuperar daquele movimento e por isso o mesmo também se levantou e começou a perseguir a ruiva em direção a caravana, Linda podia ouvir o rosnar da criatura e o som de seus passos junto do farfalhar dos arbustos, em meio de tal cena ela também podia ouvir os tiros de Yuzuhira e os civis assustados, era provável que a companheira estivesse enfrentando o restante dos lobos que ainda estavam ali.

Ao chegar na caravana a ruiva via Yuzuhira em cima da carroça, mais um lobo morto além do que tinha sido derrotado antes e um lobo correndo de volta para a floresta parecendo recuar, Yuzuhira por instinto se virou em direção de Linda ainda um pouco assustada e por impulso atirou contra a agente, ou pelo menos era isso que parecia pois assim que Linda olhou para trás ela veria o lobo que antes a perseguia cair com um tiro em seu ombro. - Ah você está bem! - Falou ela um pouco mais aliviada enquanto descia da carroça e recarregou a arma, com um segundo disparo a mulher acertou na cabeça do lobo dando fim ao seu sofrimento como se fosse a coisa mais casual de seu dia. - Acho que eles foram embora agora... - Comentou ela olhando ao redor tentando confirmar a teoria até o den den  mushi começar a tocar. - Estamos limpos aqui, a situação aí também alívio? - Ainda segurando seu revólver a agente pegou o den den mushi com a outra mão ainda tentando manter sua atenção no perímetro. - Por enquanto sim... - O ataque tinha sido o suficiente para acordar Yuzuhira, ela passava um breve relato da situação atual enquanto os civis trabalhando ali desciam juntos para montar uma passagem sobre o terreno incerto.

Com mais cinco minutos a dupla terminou de montar umas placas de madeira sobre toda lama e barro que a chuva produziu no caminho enquanto Linda ficava ali sentada fumando durante esse tempo, Yuzuhira no tempo em que eles faziam isso tinha ido checar no representante e no companheiro Senku, retornando ela se sentou ao lado de Linda. - Estão todos bem, a que missão complicada… Definitivamente não foi assim que eu imaginei o meu primeiro trabalho. - Comentou a atiradora suspirando novamente após se queixar ali, o piloto e seu companheiro voltavam ainda um pouco tensos com o que tinha acontecido mas felizmente o fato de não terem perdido ninguém aliviava um pouco de seu medo. - Estamos prontos para ir agora. - Falou o piloto assumindo seu lugar e retomando a viagem.

Ainda era um percurso difícil a ser seguido pela madrugada mas eles pelo menos passaram por ali sem o risco de atolar, continuando seu caminho a viagem foi passando em seu ritmo lento por mais duas horas até chegarem nos portões da Capital. Os guardas locais ficavam entre o caminho da caravana e passagem. - Guarda: Alto lá, o que trazem na carroça? -  Linda poderia notar que aqueles guardas não eram marinheiros e nem agentes do governo, pareciam ser uma força militar própria de Lvneel diferente de Budou Island onde a proteção cabia apenas para a marinha. O homem que conduzia exibia alguns documentos para um dos guardas enquanto os demais faziam uma vistoria rápida para se certificar que estava tudo okay, talvez a ruiva se questione do porque o representante não resolver aquele assunto e caso procurasse saber não demoraria para descobrir que o homem estava dormindo.

A vistoria terminaria sem nenhum problema e a passagem era autorizada, com mais uns trinta minutos de viagem eles chegavam a um galpão onde os barris começavam a ser descarregados com o representante acordando para supervisionar o trabalho feito é claro. - Ah eu tenho que ficar de olho em tudo não é mesmo, pelo menos chegamos... - Reclamou para ninguém em específico apenas fazendo a cena e o drama de sempre, enquanto ele reclamava em um canto Shishio reunia os seus agentes no lado de fora do galpão. - Quero agradecer a todos o bom trabalho feito nessa missão, Linda Von Paumgartten, apesar do seu temperamento eu não tenho o que reclamar sobre a sua conduta nesta missão, a partir de hoje o seu período de treinamento termina sendo considerada agora uma Agente Graduada. Que isso sirva de lição para vocês dois. - Shishio fazia uma pausa e olhava para as pessoas trabalhando no balcão parecendo se certificar que tudo estava bem. - Nos fundos do balcão tem uma área de serviços, aqueles que quiserem descansar, comer alguma coisa ou até mesmo tomar um banho estão liberados, saímos ao nascer do sol. - Com isso Shishio dispensava seus agentes pelo restante da madrugada os deixando livres para descansarem.

Legendas:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 30

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptySeg Fev 17, 2020 6:15 pm

Me livrar do lobo não foi fácil mas no final eu consegui sair daquela situação complicada, percebia o som do lobo me seguindo enquanto corria em direção a luz da carroça, chegando na carroça por um segundo me assustei com a garota apontando a arma para mim, mas ela estava somente atirando no lobo que me perseguia. “Finalmente ela acordou, mas precisava de um monte de lobo pra isso…” Tudo então parecia terminar, o lado de Shishio já avisava que os lobos estavam recuando e do nosso lado eles também já estavam perdidos na escuridão. Sentada na carroça fumando era o que conseguia me acalmar naquele momento, observava os homens trabalhando e cada tragada no cigarro parecia um peso a menos nas minhas costas.

- Tu não viu minha primeira, ser atacado por bárbaros enquanto protege uma carroça com prisioneiros não é muito diferente de lobos. - Respondia a garota com um tom de mau humor. Me sentia um pouco estranha respondendo ela, estava muito irritada a uns minutos atrás, talvez o fato dela ter dado um tiro certeiro quando eu saia da escuridão tivesse me amolecido um pouco, mas era bom que ela não se acostumar com aquilo, não é todo dia que eu sou assim. Os homens terminavam o trabalho e a carroça seguia em frente, jogava meu cigarro fora e respirava profundamente. - Finalmente… - Duas horas depois a civilização aparecia, aquilo me trouxe uma alegria diferente, acho que só queria me livrar daquilo tudo e ir para a próxima missão, aguentar aquele representante de nobre já tinha sido a pior parte da missão, os lobos até que foram fáceis comparado aquele cara chato.

Os guardas ali eram diferentes dos outros, eles pareciam guardas particulares mas o protocolo de documentação e inspeção acaba sendo o mesmo de sempre. Começava a ficar um pouco ansiosa com o final da missão, agora com tudo mais tranquilo e sem grandes possibilidades de sermos atacados com os guardas e tudo mais, meu foco agora com a chegada saído do meu ódio ao representante para a ansiedade com a conclusão da missão, queria saber logo meu desempenho, apesar de particularmente considerar que foi ruim, muitos erros e como sempre acabei deixando meu temperamento levar o melhor de mim, isto era algo difícil de controlar, e provavelmente nunca iria mudar em mim.

Desta vez o representante aparecendo não iria estragar minha alegria inexistente, na verdade, ele até conseguiu um pouco tirar aquela ansiedade, mas como logo após ele já sumiu e não encheu mais o meu saco foi só por um breve momento. Shishio juntou o grupo e começou a falar, quando ele comentou sobre mim já sabia parte do que vinha, meu temperamento como sempre era um certo problema, mas então a surpresa chegou, a promoção. Não consegui esconder meu sorriso no momento que ele falou, mantive a compostura por um momento e respondi tentando esconder o sorriso. - Sim senhor, vou procurar melhorar meu temperamento. - Era difícil esconder um sorriso ali mas lá estava eu tentando.

Terminando ele indicava um local para que possamos nos arrumar e descansar para o outro dia, e era isso que eu faria, primeiro tomar uma banho e limpar as feridas dos combates, tirava minha roupa e entrava no chuveiro, ficava uns minutos aproveitando a água escorrendo pelo meu corpo antes de fazer a parte básica da limpeza. Saia do banho e me arrumava, e ia comer a fome estava batendo e meu estomago queria ser agraciado com coisa boa, o que eu achava difícil mas a esperança por uma boa janta era a o que me movia. Comia e bebia o que tinha no local, mesmo querendo algo bom teria que ficar com o que tivesse, e então iria descansar, de preferência dormir até a hora de nos encontrarmos novamente, prepararia tudo necessária para o outro dia, deixava minha roupa dobrada próximo a mim os sapatos no chão e então era hora de descansar. No outro dia acordava e iria ao encontro de Shishio para a partida do local.
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | Mudanças Importantes | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Pirata
Pirata
ADM.Ventus

Créditos : 85
Warn : II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 EmptyQua Fev 19, 2020 1:43 pm



NARRAÇÃO



Cena: Linda

Linda estava finalmente livre daquela missão o que concluía seu segundo serviço para a organização e assim trazendo a ela uma promoção, seguindo para o lugar indicado pelo o seu supervisor a mais nova agente graduada foi até o banheiro daquele galpão onde pode tomar um banho e limpar os seus novos machucados e hematomas gerados no conflito contra os lobos. Saindo do banho ela não tinha ali uma muda nova de roupas afinal aquele galpão não era uma base do governo e sim um lugar disponibilizado no momento para o descanso do grupo, na cozinha ela pode encontrar na geladeira bebidas como uma jarra de água, outra de suco e algumas latinhas de cerveja, como comida ali tinha uma caixa de pizza que no seu interior ainda tinha três fatias, fora isso tinha um pacote de salsichas, um pequeno pote com presunto e outro com queijo.

Na cozinha ainda tinha armários e um fogão talvez ela pudesse encontrar ingredientes para fazer uma refeição apropriada ali mas Linda não possuía nenhum dote culinário então precisava se contentar com o que tinha, os outros dois agentes em treinamento já estavam descansando em um quarto nos fundos do galpão, era um cômodo simples sem muita mobília mas tinha algumas camas feitas no chão para os agentes, provavelmente aquele quarto servia para alguma outra coisa naquele depósito mas tinha sido arrumado na última hora para os agentes poderem dormir ali e descansar após a sua missão. Yuzuhira já estava dormindo, Senku pegava suas coisas e os panos que faziam a sua cama para dormir em um outro canto fora do quarto tentando ser um cavalheiro e deixando o quarto apenas para as mulheres.

Com isso a ruiva pode dormir tranquila pelo o resto da madrugada o que infelizmente não dava muito tempo para dormir já que o grupo sairia ao nascer do sol, o que dava um pouco menos de quatro horas, devido a todos os conflitos e confusões da noite anterior e da madrugada, a falta de descanso fazia a mulher acordar com uma grande exaustão já que o corpo tinha acabado de entrar em repouso, tinha regiões que começavam a doer e de forma nenhuma desejavam se mover mas Linda era obrigada a se levantar, era isso que a sua posição na agência exigia. O que impulsionou a mulher se levantar naquele momento era o cheiro de comida, após se arrumar com grande dificuldade ela foi até a cozinha e encontrou Yuzuhira preparando uma refeição com as salsichas e alguns ovos que ela tinha encontrado, Senku preparava a mesa deixando os pratos, talheres e copos em posição.

- Le Mademoiselle vai se juntar a nós? Venha tome café com a gente afinal nenhum de nós deve muito tempo para descansar.- Falou Senku de sua maneira galante como sempre, ela podia sentir o cheiro de café e talvez fosse bom comer um pouco antes de sair mas ela já tinha comido antes de deitar então ficava a sua escolha participar ou não daquele café da manhã.

Saindo de lá ela poderia ver que Shishio já estava caminhando em direção ao galpão indo de encontro a Linda e a dupla ainda em treinamento. - Bom dia, descansaram bem? - Perguntou ele olhando para o trio, a dupla apenas acenou um sim com a cabeça apesar de suas expressões cansadas indicarem uma outra resposta. - Bem essa é a vida reservada para os agentes mas cortando a conversa casual e indo direto ao ponto. Agt. Linda você vai seguir para Polestar Island no East Blue junto da Agt.Sanngriðr, o Agt. Blue vai entrar em contato com vocês na Praça de Execução em Loguetown amanhã no fim da tarde, é bom que vá agora para não se atrasar. Você vai precisar pegar o Zepelin, Sanngriðr já está de esperando na estação. - No fim Shishio passava instruções para a ruiva chegar a estação sem mais problemas e terminando de responder todas as suas possíveis perguntas ele se virava para a dupla. - Agora a missão de vocês é escoltar o representante de volta para Budou com... - E nisso Linda já poderia seguir para a estação tendo Polestar island como o seu novo destino.

Legendas:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: II - Armas Químicas & Poemas   II - Armas Químicas & Poemas - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
II - Armas Químicas & Poemas
Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Budou Island-
Ir para: