One Piece RPG
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [FICHA] Bóris Ivanenko
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 23:10

» Bóris Ivanenko
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 23:09

» Henry Meursault
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Meursault Hoje à(s) 19:42

» [FICHA] Akito Wanijima
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Lind Hoje à(s) 16:07

» Glitzky Platzken
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Pierce Hoje à(s) 14:35

» Suzuk Hamada
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Faktor Ontem à(s) 19:10

» [Mini-Haqim] Maelstrom
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Khrono Dom 18 Ago 2019 - 20:15

» [Ficha] Roxas
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Mashx Dom 18 Ago 2019 - 18:55

» [Mini - Nine}
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Nine Dom 18 Ago 2019 - 18:40

» Todo dia um meme educativo do Furry diferente
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Johnny Bear Dom 18 Ago 2019 - 17:02

» [Kit - Rikan Motsai]
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Blum Dom 18 Ago 2019 - 16:04

» Hizumy Mizushiro Mayan
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Mizushiro Hizumy Dom 18 Ago 2019 - 15:31

» Karyo Shen
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor ADM.Hoyu Dom 18 Ago 2019 - 11:38

» Fanalis B. Ria
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor ADM.Hoyu Dom 18 Ago 2019 - 11:08

» Kaleb Blaze
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor ADM.Hoyu Dom 18 Ago 2019 - 10:19

» Doppio Pannacotta
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor ADM.Hoyu Dom 18 Ago 2019 - 10:17

» ||NPC|| Jack e Mari - Lvneel - North Blue
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor PepePepi Sab 17 Ago 2019 - 23:46

» Mini-aventura Shironi
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Khrono Sab 17 Ago 2019 - 21:17

» [Kit - Ken Rock]
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor Ken Rock Sab 17 Ago 2019 - 17:03

» Meng Hao
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Emptypor ADM.Senshi Sab 17 Ago 2019 - 10:09



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Mugen
Civil
Civil
Mugen

Créditos : 6
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 9010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2019

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptySeg 15 Abr 2019 - 11:31

Nome: Mugen Hoshi
Idade: 20
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: 1,75
Estilo de Combate: Espadachim
Localização: Loguetown
Grupo: Civil
Vantagens: Aceleração
Desvantagens: Má Fama
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptyQua 17 Abr 2019 - 3:47

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO His

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Rose

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mugen
Civil
Civil
Mugen

Créditos : 6
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 9010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2019

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptyQua 17 Abr 2019 - 9:18

Na manhã ensolarada da cidade portuária de Loguetown todos estavam no centro da cidade esperando alguns navios que atracariam em breve no porto, alguns eram comerciantes esperando mercadorias, outros eram civis esperando algum conhecido e outros eram apenas curiosos. Em meio à multidão padronizada uma figura destoava ali, era este o personagem de nosso enredo: Mugen, o jovem descrito por todos na cidade como um vagabundo imprestável, e de fato o mancebo não fazia questão de convence-los do contrário. O rapaz andava pelas ruas em meio ao povo de forma insinuante, trajando sua camiseta cinza coberta por um manto vermelho ia despejando sorrisos a esmo com a cabeça levemente inclinada para trás e apoiada nos braços cruzados por trás com os dedos entrelaçados. E ainda provocava quem quer que ousasse trocar olhares com ele.

- E ai galera, como é que vai... - Debochava o garoto - Fala garotinho! - Sem perdoar ninguém.

Mesmo com os olhares feios e narizes torcidos, o afronte de Mugen não cessava, isso era o que ele fazia de melhor de fato. Ali naquele meio, o pilantra via não apenas uma multidão enraivecida por seus atos, via sim algumas oportunidades. O garoto era ardiloso e sabia como conseguir alguns trocados. Avistou ao longe um senhor que nunca houvera visto antes por aquelas bandas, era bem-apessoado e vestia terno e gravata, uma perfeita primeira vítima. Mudando sua postura para uma mais esgueirada, andou de maneira retilínea ao encontro daquele sujeito e propositalmente esbarrou no mesmo, que de forma meio desajeita quase foi ao chão com o impacto repentino, e só não o fez pois o próprio Mugen o segurara pelo braço. O audaz garoto prontamente se desculpou e seguiu seu caminho até sumir no meio da multidão. Seu sorriso maquiavélico dava o tom ao que acabara de fazer, entrando em um beco onde a luz do sol não batia, pode ouvir alguns gritos assustados.

- FUI ROUBADO! FUI ROUBADO! - Já era tarde, pois o ladrão estava longe e ninguém o havia visto.

- Mais um furto bem-sucedido há há! É hora de comemorar! - Dizia a si mesmo enquanto caminhava até um bar de baixa categoria no subúrbio. Ao entrar, a penumbra que tomava o local ia lentamente se dissipando com a pouca luz que entrava ao abrir a porta. Os que já estavam dentro olhavam com cara de poucos amigos mas logo voltavam ao que estavam fazendo. Mugen se dirigiu ao balcão e lá sentou-se, pedindo que me fosse servido um pouco de saquê.

- Me traz um pouco de saquê, meu camarada. - Colocava a carteira e o relógio que havia afanado mais cedo no balcão, mostrando a forma como pagaria por aquilo.



Off:
 
Off 2:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptyQui 18 Abr 2019 - 1:47

~Post NEGADO~


Olá, meu caro! Como vai? O meu nome é Hisoka e eu serei o seu orientador nesta mini-aventura, prazer! Meu trabalho aqui é auxiliá-lo com os sistemas do OPRPG, tal como instrui-lo, da melhor forma, a esmerar a sua própria narração. Antes de tudo, peço que não fique triste e/ou decepcionado com o post negado; lembre-se que você está num tutorial acima de tudo, isto é, os erros aqui não apenas são comuns, como bem-vindos, afinal é o local onde você deve falhar para que eu mostre o caminho certo, de modo que elas não venham a se repetir no futuro, quando você realmente estiver imerso no universo de nosso querido RPG.

Então, meu caro, a sua narração me parece bem desenvolvida; tens um bom vocabulário e seus erros de português se resumem à falta de coesão, majoritariamente em equívocos na utilização de sinais de pontuação – vírgulas e pontos – e uso de conjunções conectivas. É complicado me ater a este tópico, pois exige algo além de uma mera mini-aventura. É um problema que você corrige com o tempo, com bastante prática e experiência. Além do mais, é um imbróglio que não interfere significantemente na narrativa, isto é, é possível compreender a interpretação de seu personagem sem muitas dificuldades, apesar destes defeitos.

Por outro lado, você mostrou um gravíssimo erro que vai de encontro direto ao sistema narrativo do OPRPG, que são os godmodes. Sendo sincero, não há nenhuma parte de seu post que realmente se salva; ela é repleta de godmodes, de cima a baixo; do início do primeiro parágrafo ao término do último. Pois bem, deve estar se perguntando o que são godmodes, certo? Bem, meu caro, você comete um godmode quando faz a narração de quaisquer outros elementos da cena que não o seu próprio personagem. O que isso significa? Que você apenas tem poder sobre seu protagonista. Você não pode narrar o clima, nem o ambiente, nem o cenário, nem outros NPC's, nem outros acontecimentos no geral que não sejam guiados pelo seu herói em primeiro lugar. Ficou difícil? Vou exemplificar:

"Na manhã ensolarada da cidade portuária de Loguetown todos estavam no centro da cidade esperando alguns navios que atracariam em breve no porto"

Aqui você citou o tempo e clima da cidade ao afirmar que estava uma manhã ensolarada, além de controlar outros NPC's e elementos que não seu personagem ao declarar que havia pessoas no centro da cidade a espera de navios.

"Mesmo com os olhares feios e narizes torcidos"

Mais uma vez narrou outros personagens que não o seu.

"Avistou ao longe um senhor que nunca houvera visto antes por aquelas bandas, era bem-apessoado e vestia terno e gravata, uma perfeita primeira vítima. Mudando sua postura para uma mais esgueirada, andou de maneira retilínea ao encontro daquele sujeito e propositalmente esbarrou no mesmo, que de forma meio desajeita quase foi ao chão com o impacto repentino, e só não o fez pois o próprio Mugen o segurara pelo braço. [...] - FUI ROUBADO! FUI ROUBADO! - Já era tarde, pois o ladrão estava longe e ninguém o havia visto."

Esse foi o mais grave, em que você deliberadamente afirmou que conseguia roubar com completo êxito um outro NPC.

"Dizia a si mesmo enquanto caminhava até um bar de baixa categoria no subúrbio. Ao entrar, a penumbra que tomava o local ia lentamente se dissipando com a pouca luz que entrava ao abrir a porta. Os que já estavam dentro olhavam com cara de poucos amigos mas logo voltavam ao que estavam fazendo. Mugen se dirigiu ao balcão e lá sentou-se, pedindo que me fosse servido um pouco de saquê."

Novamente você narrou o cenário, alegando que encontrou um bar, tal como a iluminação do estabelecimento e a maneira como os NPC's que ali estavam o encararam.

Como pôde ver, Mugen, foram muuuitos godmodes. É comum que os jogadores novos cometam um ou dois godmodes, principalmente no primeiro post, porém eles geralmente não interferem de maneira significativa no desenrolar da estória, portanto nós relevamos. Entretanto, no seu caso não tem como, de verdade. Como eu mencionei, seu post inteiro baseia-se em você realizando a sua própria narração, sabe? No ritmo que iniciou, poderia muito bem ter continuado e desenvolvido todo o resto, desenrolando a história a sua própria cadência.

Bem, eu espero que tenha ficado claro o que você pode narrar, e o que você não pode. Lembre-se que você tem domínio somente do seu personagem, nada mais! Todo o resto, isto é, clima, ambiente, cenários, outros NPC's, são descritos pelo narrador, eu no caso! Se tiver dúvidas, pode ver outras mini-aventuras; a maneira como eles fizeram o primeiro post e tudo mais. Enfim, companheiro, é isto. Infelizmente você terá de refazer seu post do zero, porém refriso que seu português é bom, então tens condição de fazer um bom texto, contanto que conserte os erros supracitados. Boa sorte, eu sei que você consegue! ;D.

____________________________________________________

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO His

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Rose

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mugen
Civil
Civil
Mugen

Créditos : 6
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 9010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2019

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptyQui 18 Abr 2019 - 15:02

A expressão debochada estampada na face, o sorriso em apenas um dos cantos da boca e olhar de superioridade com a cabeça levemente inclinada para trás, eram marca registrada deste canastrão, e seu nome era Mugen... mas não que isso fizesse alguma diferença naquela cidade, por ali sua fama – ou má-fama – o precedia e o tornava persona-non-grata onde quer que perambulasse. Para o larápio isso pouco importava, visto que seu objetivo ali não era ser querido, tampouco amado – Eu tô aqui pra fazer dinheiro! – Murmurava o rapaz enquanto caminhava a esmo e em sua mente maquinava alguma forma de conseguir esse dinheiro.

Em seu consciente o jovem mancebo se lembrava das outras tantas vezes em que havia cometido alguns furtos, delitos, pichações e outras contravenções que o faziam ser tão detestável. Só não o prendiam pois jamais foram capazes de pegá-lo em flagrante ou acharam algo que o incriminasse. Sorte? Talvez, mas Mugen acreditava que isso era fruto de sua expertise e habilidade... E de sua influência no mercado negro para se livrar rapidamente dos objetos e bens subtraídos.

- Acho que posso bater uma carteira hoje... – Pensava o safado enquanto seus olhos passavam lentamente por cada uma das cabeças que cruzavam sua frente, procurando aquele que julgava ser a vítima perfeita. Assim que encontrasse o sujeito escolhido, se aproximaria com cautela e tentaria fingir um pequeno esbarrão, para que dessa forma pudesse com calma colocar a mão no bolso do alvo e retirar sua carteira. Se fosse bem-sucedido na missão, seu primeiro plano seria fingir solidariedade e ajudar a vítima a se recompor, saindo de cena o mais breve possível. No caso de ser apanhado, faria o que sempre faz nessas situações, correria e tentaria se esconder em um dos becos da cidade, como um rato. Seu caráter questionável o faziam ser comparado a criaturas sujas do submundo. A situação era tão enfadonha e corriqueira que Mugen já não planejava seus crimes a muito, mas sua confiança não o deixava notar que isso poderia ser um fator de extremo risco à suas pretensões.



Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptySab 20 Abr 2019 - 4:50



Mini-Aventura

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 20180220-yorimoi07-07



Os tropéis acalorados e a celeuma entusiasmada marcavam o centro comercial de Loguetown, a principal cidade do East Blue, que encontrava-se bastante movimentada naquela manhã. Suas residências e estabelecimentos dispostos nas ruas ladrilhadas estavam banhados pelo sol matinal, cujos raios resplandecentes despencavam livres em detrimento da falta de nuvens, que apresentavam-se às mínguas num magnífico céu azul, sem indícios de chuva.

Dentre a multidão de citadinos que cruzavam as veredas, partindo de tenda a tenda em busca de seus suprimentos diários, destacava-se um rapaz de andar pretensioso e sorriso pernóstico. O famoso larápio da região, Mugen, estava pronto para mais um dia de esbulho, com suas íris atentas vagando de ponta a ponta na busca pela vítima perfeita em meio ao aglomerado.

Bastaram poucos minutos até que a vista experiente lobrigasse um vetusto que caminhava a passos lentos, de solas arrastadas no ladrilho. A cabeça careca e cheia de nódoas na pele não era difícil de ser observada, dada a marcha de olhar cabisbaixo que guardava a esperançosa expectativa dos olhos entreabertos guiarem os passos quase às cegas. Em sua mão direita, duas sacolas de plástico com alimentos; algumas maçãs, alface, feijão e tomates.

O rapace sequer pestanejou antes de apressar os passos na direção do macróbio até, propositalmente, chocar-se contra ele. Seu frágil corpo nem ao menos titubeou antes de ir ao chão num baque surdo; à direita, as compras rolaram rua abaixo, a maior parte sendo pisoteada pelos citadinos que não as notaram a tempo, tingindo os paralelepípedos acimentados de carmesim graças as polpas dos tomates.

– Urgh! M-Minhas costas... Ooohh, m-minhas costas... – Resmungou de voz alquebrada, entremeada por gemidos de dor. Sua mão destra trêmula, marcada pela pele crispada, deslizou da coxa até o dorso, indicando a região que sofria com o martírio.

No curto ínterim, Mugen havia conquistado o seu objetivo; a carteira do vetusto estava em sua posse, logo diante de sua mão esquerda. No entanto, a queda do octogenário fisgou olhares de curiosos em meio a multidão, de modo que não tardou até que alguns solidários se apropinquassem para auxiliarem o idoso e, embora o larápio tivesse adquirido seu escopo, sair sem ver a quem poderia levantar suspeitas, o que propiciaria uma situação desvantajosa dentre tanta gente.

Dicas e Orientações:
 


____________________________________________________

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO His

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Rose

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mugen
Civil
Civil
Mugen

Créditos : 6
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 9010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2019

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptySab 20 Abr 2019 - 23:24

Ao perceber que houvera obtido êxito em sua primeira empreitada o larápio regozijava-se por dentro ao mesmo passo que, com muita parcimônia tentava levar o bem subtraído ao fundo de seu bolso. O plano parecia ter sido perfeito, não fosse pelo tombo sofrido pelo ancião ao levar o encontrão do jovem malandro. Suas mercancias espatifavam-se ao chão e chamavam muita atenção de alguns transeuntes que por ali circulavam -  Droga, esse velho tinha que cair logo agora - Mugen atinava que levantaria muito mais suspeitas se não interviesse na situação ajudando o senhor a ser erguer novamente. Devido à avançada idade, sua mão era trêmula e suas pernas já não tinham a firmeza de outrora.

Esticando sua mão na direção da mão do anoso - Venha... Deixe-me ajudá-lo - Oferecendo de maneira fingida uma pequena ajuda ao que acabara de vitimar. Mugen era ligeiro, e prontamente analisou o punho do senhor que acabara de oferecer uma mão amiga, visando um relógio ou pulseira que pudesse estar ornando aquele já envelhecido braço. Se constatasse que havia algum item desse tipo, tentaria puxá-lo para fora enquanto seguraria o braço do idoso com as duas mãos, para encobrir seus sorrateiros movimentos.

As ações do rapaz teriam que ser rápidas, pois ele não gostaria de chamar mais atenção do que já fizera por hora. Seu plano de ação era erguer o velho de bom grado e escapulir com os bolsos cheios dos produtos de seus delitos. A frieza com que o varão agia era de arrepiar os cabelos até mesmo daqueles que já os tinham perdido para senilidade, não poupava sequer um senhor de idade que mal podia se manter aviado. - Vamos meu senhor... - Resmungava em seu íntimo, deixando transparecer em sua face uma leve inquietação pela demora e resmungos de dor... Certamente não era seu forte ser afável. O garotão só precisava esperar o velhote agarrar ou não sua mão, para então avançar com seu próximo passo.

Se tudo corresse bem, Mugen se misturaria em meio à afluência que ali formou-se, abaixando sua cabeça e apressando seus passos para fora do tumultuo, e procuraria o botequim mais próximo, pois estava sedento por um porre de saquê - Nossa, preciso encher a cara hoje... Que dia - Não era de seu feitio se deixar estressar com os percalços da vida, mas seu semblante visivelmente incomodado e um sorriso amarelado, que não conseguia manter estampado sem retorcer todos os músculos faciais, deixavam claro que a atual situação havia saído um pouco de seu controle; coisa essa que não era habitual. Caso algo viesse a dar errado, o indivíduo apelaria para sua melhor qualidade: Improvisação. O garoto já havia se conformado que nesta cidade, sempre teria de agir como um artista circense.




Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptyDom 21 Abr 2019 - 21:02



Mini-Aventura

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 20121124-sakurasou7-5



Sabendo que poderia se envolver em maus lençóis caso não ajudasse o vetusto, Mugen decidiu adiar a sua fuga e amparar o velhinho. No entanto, mesmo a atitude bondosa trazia más intenções na surdina; o experiente gatuno não hesitou em tatear o carpo da vítima para surrupiá-lo mais uma vez, desta vez ao ser atraído por uma pulseira crócea que fulgurou aos raios solares. Com ambas as mãos, então, prestou assistência e o deixou de pé ao passo que usurpou a bijuteria, permitindo que ela deslizasse pelo seu antebraço até o bolso da calça.

– Oh... O-Obrigado, meu jovem... – Deixando escapar um grunhido dentre os dentes banguelas, o macróbio tremeu nos braços de Mugen, até que enfim tivesse pleno equilíbrio. Seus olhos ofuscados pela cataraca, então, cruzaram os do larápio, agradecendo-o junto a um sinuoso sorriso formado pelos seus lábios mirrados, sem perceber por sequer um segundo as segundas intenções do rapinante.

Com dois objetos roubados nos bolsos e o principal vestígio despistado, Mugen preparava-se para continuar sua caminhada, quando um cicio se instalou dentre a pequena roda formada pelos citadinos, a esta altura cada vez menor. Os olhares dos poucos que restaram fitavam o rapace confusos, alguns semicerrados, como quem intentasse reconhecê-lo de antemão. Foi, então, que seu pior pesadelo irrompeu os murmúrios junto a um dedo indicador apontado em sua direção, proveniente de um homem que deflagou dentre o espaço deixado por dois outros.

– Ei! Esse é aquele ladrãozinho da região! Ele roubou minhas compras semana passada! Peguem esse desgraçado! – Vociferou, espargindo saliva a torto e a direita através dos beiços repletos de cólera. Gradualmente, a algazarra acresceu, e outras vítimas do ratoneiro começaram a dar as caras, apresentando seus testemunhos.

– É ele mesmo! O safado roubou minhas cervejas! – Revelou um homem próximo ao primeiro, boquiaberto ao reconhecê-lo.

– Ele roubou até minhas calcinhas! – Anunciou uma voz feminina, imediatamente arrancando faces ruborizadas dos homens presentes em constrangimento, ao passo que alguns outros espargiram sangue pelas narinas, quem sabe imaginando o eflúvio da peça roubada.

Se era realmente verdade, pouco importava; quando menos notou, Mugen estava sendo cercado pouco a pouco por quatro homens, e logo atrás deles a mulher. Eles vinham pela sua frente e pelos lados, deixando apenas sua retaguarda aberta. Entretanto, a rua estava intensamente movimentada e repleta não só de pessoas, como de tendas e barracas. Se optasse por fugir, teria um bom desafio pela frente; por outro lado, lutar contra um quarteto de homens de físico corpulento também poderia não ser a melhor opção, principalmente sem uma espada.

– Vamos revistá-lo, ele deve estar com algo nos bolsos... – O comentário onusto de estresse foi sucedido por estralares de dedos. Os passos firmes e pesados dos revoltos, por sua vez, provocavam baques surdos a cada marcha à medida que seus semblantes neurastênicos não evidenciavam nada mais que o óbvio: desejo de vingança.

Dicas e Orientações:
 


____________________________________________________

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO His

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Rose

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mugen
Civil
Civil
Mugen

Créditos : 6
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 9010
Masculino Data de inscrição : 15/04/2019

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptySeg 22 Abr 2019 - 20:53

Sua tarefa parecia estar se findando por ali, agora que pudera ajudar o senhor que derrubara anteriormente – Oh... O-Obrigado, meu jovem... - Agradeceu-o. Com um sorriso pouco tímido o rapaz retribuía os cumprimentos. Estava virando-se de costas para sair até o enfadonho momento em que finalmente era fulgurado por um urbanita que havia rodeado a situação com o velho. Após a primeira acusação, muitas outras começavam a surgir em meio ao povo. Mugen havia sido reconhecido, e a situação começava a se complicar para o pilantra. A expressão calma e debochada de sempre ia dando lugar a um ar preocupado e aflito no semblante do garoto, - Caramba, não tem jeito... Já me reconheceram. - Murmurava enquanto seus olhos arregalados iam dançando de um lado para outro buscando uma saída fácil.

Não havia como combater quatro homens muito maiores que ele desarmado... Na realidade, seria complicado fazê-lo até mesmo armado. Os dedos dos pés do jovem gatuno se contraiam e descontraiam rapidamente várias vezes, acenando seu nervosismo. Suas mãos estavam suando muito e sua testa franzia-se de várias formas diferentes. Mugen não tinha outra opção se não correr, porém sua rota de fuga não era nada fácil. Olhando por cima do ombro para trás, só havia uma mulher - provavelmente aquela que o acusara de roubar suas roupas de baixo - ali era sua melhor chance de escapatória, pois era pouco provável que esta lhe oferecesse tanta resistência quanto 4 brutamontes. - Certo, terei que sair por ali... - Entretanto não seria tão simples, já que a rua estava movimentada e totalmente ocupada por barracas comerciais.

A melhor chance do garoto seria correr naquela direção antes que os homens o agarrassem, e talvez pudesse até mesmo usar aquele tumulto como vantagem, visto que era menor que os que o seguiriam e de certo, mais ágil. Tendo colocado isso em sua mente, o bandido não queria sair por baixo, então sua confiança mais uma vez falou mais alto e se manifestou em forma de palavras sínicas - Senhoras e senhores - Chamou a atenção de todos, esperando com esse ato que todos parassem por alguns instantes e se ativessem à suas pandegas palavras - É uma honra ser reconhecido por meus fãs... - ria - Mas infelizmente agora terei de deixa-los. Tenho muitos lugares para ir, coisas para fazer... Enfim. Adeus - Curvava-se ante aos perplexos cidadãos levando uma mão às costas e outra à frente do peito, tal qual fosse um verdadeiro artista de rua. Não fosse pego naquele momento, tentaria empurrar com as duas mãos algum mais despreparado que estivesse ao alcance da envergadura de seus braços, para que este viesse a cair por sobre outro e com isso atrapalhar a movimentação dos demais ali, assim poderia ganhar tempo e fugir dando as costas para todos.

Num segundo momento tiraria a mulher de sua frente empurrando-a para o lado e correria em direção às bancas mais a frente, pulando por sobre elas para evitar ter que dar a volta. No percurso, tentaria derrubar caixotes, passar por baixo das barracas, chutaria os pés das quitandas para trazê-las abaixo espalhando a mercadoria e empurraria andarilhos uns em cima dos outros, tudo para dificultar a vida de quaisquer pessoas que o pudesse seguir - Se isso der certo, acho que nunca mais serei pego! - Matutava o jovem enquanto executava seu plano. Mugen sabia que não poderia ser alcançado de forma alguma, senão o xilindró seria de certo seu cruel destino. A face sínica finalmente fora desfeita de uma vez, dando vez à um olhar determinado e firme, visando não somente a sua frente, mas muito além, visando também seus propósitos e sonhos; Mugen tinha muito o que fazer ainda, e mesmo um patife como ele tinha objetivos e metas as quais defendia com obstinação.

Se apanhado, Mugen não poderia simplesmente se render, teria de lutar. Procuraria por perto de onde estivesse algo que lhe servisse para atacar e defender, que pudesse ser usado como espada ou katana, assim era seu jeito de lutar, já que no mano-a-mano laminas eram sua especialidade com certeza.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Game Master
Game Master
GM.Hisoka

Créditos : 30
Warn : [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO EmptyQua 24 Abr 2019 - 3:25



Mini-Aventura

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 53FX



Encurralado pelos quatro cantos, Mugen começou a suar frio e apresentar movimentos inquietos; os dedos das mãos tamborilavam nas coxas ao passo que os dos pés, buliçosos, não paravam sequer por um segundo. Seus olhos dançavam diante dos arredores, até mesmo por cima do ombro, de esguelho, em busca de alguma rota de fuga; ainda que detivesse pleno orgulho de seu trabalho, sabia que todos os seus sonhos iriam por água abaixo se fosse capturado.

Desta forma, a medida que as vítimas raivosas apropinquavam-se a passos resolutos, Mugen notou o átimo perfeito para uma abertura, a qual, claro, foi precedida por um belo show de insolência. O larápio, num gesto petulante, deu às honras de seu digníssimo reconhecimento, porém alertou que teria de sair em debandada sem devolver os pertences roubados. A atitude, evidentemente, arrancou dentes cerrados coléricos dos homens, em especial do primeiro que o revelara, que pôs um pé a frente em completa neurastenia, de veia saltante à têmpora.

– Ora s- Urgh! – Um grunhido interrompeu o retruque cheio de raiva no instante que Mugen o empurrou, jogando-o contra o homem em sua retaguarda, levando ambos ao chão. Eles se debatiam quase que em agonia, ainda que isso dificultasse a recuperação da dupla, tornando a cena, de certa forma, cômica.

Sem perder tempo, Mugen volveu os calcanhares de imediato, agilmente atingindo o ápice de sua velocidade após esbarrar na moça, arrojando-a ao chão junto a um grito agudo. Dali em diante, era o rapace, seus reflexos e sua criatividade; nada mais. Suas longas passadas o permitiram arrancar uma longa distância de vantagem de seus perseguidores, principalmente ao utilizar as tendas para escapar da multidão. Os primeiros movimentos foram perfeitos, intensamente acrobáticos, porém, na quinta barraca, acabou errando o cálculo de seu salto e, enfiando o pé nos meados do tecido, ruiu junto a toda a construção, que despencou numa nuvem de poeira e destroços. O alarido foi prontamente instaurado; correria para lá e para cá, acompanhadas de berros de desespero e vagidos de crianças assustadas. As frutas, verduras e hortaliças rolaram pelo chão, mas rebolaram por pouco tempo quando comparadas à recuperação do lapinante, que irrompeu o tecido com seu rosto cínico, logo blindado pela impavidez ao lobrigar os homens de soslaio já em sua cola.

– AAHHHH!!! VOLTE AQUI, DESGRAÇADO!! – De punhos erguidos aos céus, rijos e repletos de veias, o agora trio espargia saliva a torto e a direito em seus clamores de fúria, pisoteando o solo como uma manada de touros rábidos.

Muitos caixotes, barracas e mercadorias derrubados depois, o rapaz sequer notou quando deflagara de vez a feirinha da região. Os pulmões ardentes como brasa imploravam por oxigênio ao passo que a pele ruborizada vertia suor como nunca, estilando ao solo tão rapidamente ao ponto de formar uma pequena poça no chão arenoso. Mirando os arredores com os olhos esgazeados, veria um cruzamento de três outras ruas; à esquerda, o mastodôntico quartel da marinha fulgurava ao sol com sua magnífica gaivota cerúlea estampada no paredão rochoso ao horizonte; à direita, um bairro convencional da cidade, onde brincavam algumas crianças, talvez de pega-pega dado a correria; às costas, o mesmo local de onde viera, a feira; à frente, entretanto, as pupilas fotografaram um par de botas tateando o solo em marchas lentas, erguendo véus de pulverulência a cada passo. Enfim ascendendo o olhar, uma calça azul e um cinto de couro que cerrava uma camisa branca; à direita do peito, o brasão que acabara de entrever, tal como em seu boné que concebia uma penumbra aos olhos sob a glabela cerrada, de sobrancelhas espessas cindidas pelas madeixas amarelas-torrado.

– Fim da linha, Mugen. – Pronunciou a voz roufenha, direta e ríspida; bastou, então, um breve erguer do mento para que o larápio observasse a feição áspera daquele marinheiro, cujo corpo atlético insinuava boas capacidades físicas. Nas costas, uma espada de lâmina curta e grossa, para duas mãos, vestida por uma fidalga bainha ornada com detalhes em prata.

O corpo fadigado mal tivera tempo de se recuperar da fuga e agora estava diante de um marinheiro. Como havia sido encontrado ainda era um mistério, embora possivelmente sua localização tenha sido repassada pelas vítimas que não foram capaz de alcançá-lo. De toda forma, a batalha era aparentemente iminente e, se a aragem da ventura tem sido contrária ao gatuno até então, ele enfim receberia boas novas da senhora sorte, uma vez que os olhos captaram, de viés, um rútilo à sua direita, da mesma rua em que brincavam as crianças. Um jovem, por volta de seus quatorze anos, cortava o ar lentamente com uma katana singela, presente de seu mais novo aniversário; eram golpes simples, na vertical, sugerindo que ainda estava num processo de aprendizado. De todo modo, seria a sua melhor chance de mudar a balança do duelo, dado que sem uma arma de nada faria.

Dicas e Orientações:
 


____________________________________________________

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO His

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Rose

[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO 0fMOaeE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO   [MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-MUGEN] COMEÇANDO COM TUDO
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: