One Piece RPG
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Draguren Hynno
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 13:13

» Evento Natalino - Amigo Secreto
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 12:41

» Construindo o Começo
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:15

» Gato de Convês
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Ainz Hoje à(s) 10:54

» Mini - Datekyo
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Datekyo Hoje à(s) 01:55

» O Ronco do Bárbaro
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Ghastz Hoje à(s) 00:51

» De pernas pro ar! A revolução de Yumi
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Wild Ragnar Ontem à(s) 23:53

» [Ficha] Nox Valentine
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Catuios Ontem à(s) 23:30

» Sangue e Pólvora! O Caminho do Atirador!
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor rafaeliscorrelis Ontem à(s) 22:48

» Unbreakable
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Ainz Ontem à(s) 22:13

» Reisi
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Tatsumi Ontem à(s) 21:26

» [M.E.P] Alvin
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Alvin Stigma Ontem à(s) 20:53

» [Mini- Alvin] O garoto e a serpente
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Alvin Stigma Ontem à(s) 20:50

» O Legado Bitencourt Act I
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Faktor Ontem à(s) 19:10

» O vagabundo e o aleijado
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Tensei Ontem à(s) 18:22

» [FICHA NOVA] - Niyah Fonseca
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor Fonseca Ontem à(s) 18:10

» Cap. 1: Laços entrelaçados, as chamas da revolução se erguem!
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor PepePepi Ontem à(s) 17:43

» Laith Kinder
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:57

» Niyah Fonseca
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 15:36

» Masimos Titã Howker
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Emptypor ADM.Ventus Ontem à(s) 14:57



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Haddes
Membro
Membro
Haddes

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Data de inscrição : 08/04/2019

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptySeg 08 Abr 2019, 10:03

Nome: Haddes
Idade: 19
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal (1,81m)
Estilo de Combate: Gatuno
Localização: LogueTown
Grupo: Civil
Vantagens: Ambidestro
Desvantagens: Esquizofrenia
Voltar ao Topo Ir em baixo
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 9
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 20

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptyTer 09 Abr 2019, 22:11

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.


____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Haddes
Membro
Membro
Haddes

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Data de inscrição : 08/04/2019

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptyQua 10 Abr 2019, 09:11

Deitado sobre uma cama e com o corpo todo coberto com uma edredom branco, um jovem rolava dum lado para outro, até que finalmente o mesmo caí de sua cama com o edredom enroscado em seu corpo. Por causa do tombo o jovem rapaz levanta o corpo lentamente enquanto mostrava uma expressão sonolenta que logo em seguida olhava em sua voltar, depois de alguns segundos analisando o seu entorno, o jovem rapaz balança a sua cabeça de um lado para o outro ferozmente e logo em seguida bate com a duas palmas da mão em suas respectivas bochechas.

-Eu tive aquele pesadelo de novo, onde eu era perseguido por pedaços de carnes gigantes querendo me devorar... -Apos dizer em tom baixo o jovem sente um leve arrepio em sua espinha. O rapaz atendia pelo nome de Haddes, e possui uma estrutura muscular normal para um jovem de 19 anos, não possuindo belos músculos de um lutador experiente em artes marciais e nem um corpo de um frango desnutrido, seu corpo era moreno seguido de um cabelo curto com um tonalidade preta e olhos castanhos.

Depois de se levantar e desenroscar o edredom de seu corpo, Haddes começou a se espreguiçar produzindo o som de estalo que vinham tanto de seus braços como de suas costas e logo em seguida o mesmo começou a dizer. -Hoje eu finalmente completo 19 anos e posso tentar me alistar na marinha. -Com um sorriso no rosto Haddes começa a vestir uma muda de roupa que deixou próxima de sua cama noite passada, que era composta de um moletom preto, uma calça branca e um tênis preto. Após vestido o jovem começa a caminhar para fora de sua casa com o destino de ir até a base da marinha mais próxima.

Chegando fora de sua casa Haddes olharia tudo em sua volta como o fluxo de pessoas, clima e a paisagem da cidade. Depois de ter feito isso, ele iria se aproximar da pessoa mais próxima e perguntaria:

-Bom dia(tarde ou noite), pra que direção ficar a base da marinha? -Depois de ter perguntado Haddes esperaria pacientemente a resposta do mesmo, caso ele fosse rude ou não queira responder o jovem iria perguntar para outra pessoa que esteja passando no local. Depois de ter pego a informação que precisava Haddes agradeceria a pessoa e seguiria em direção ao local informado com um sorriso no rosto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 9
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 20

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptyQua 10 Abr 2019, 22:28

~Post NEGADO~



* Ola Haddes ^~^ Tudo bem contigo?  Primeiramente não desanime por ter um post negado, a mini aventura é um local para corrigir os erros e evitar de comete-los durante a aventura, onde de fato os acontecimentos se tornam validos dentro do fórum. Agora chega de enrolar e vamos para a parte da orientação.

Seu post a principio não tem nenhum erro grave, tive que pensar bem se negaria ele ou não, você introduziu seu personagem dentro do post e tomou uma ação, isso por si só é ótimo.
"Então porque meu post foi negado." Certo, vamos para a justificativa.

1 - Você cometeu um pequeno Godmode criando uma casa e até mesmo o edredom, não é o tipo de coisa que influenciaria muito dentro do jogo, se fosse apenas isso eu teria aprovado, mas apenas para ressaltar qualquer informação do cenário é dever do narrador descrever, para então que você possa interagir com o que foi proposto, eu entendo perfeitamente que é difícil começar um post aonde não se tem nenhum tipo de informação e não se pode criar nada, no seu caso foi algo simples, porem existem narradores mais rigorosos que podem não gostar e outros que relevariam, então no melhor dos casos se é possível evitar é melhor fugir de situações assim.

2 - Como disse anteriormente você introduziu seu personagem dentro do post descrevendo a aparência dele e as roupas que usa, sua proposta para ele me pareceu ser boa, porem senti falta de mais detalhes sobre a personalidade, por exemplo quando o Haddes acorda do pesadelo e sente um arrepio na espinha, mas como ele se sente em relação a esses sonhos? Ele fica com medo? Irritado? Ou já esta acostumado com os pesadelos.
Outro ponto é o fato dele querer ser um marinheiro, o aniversario é um bom estopim para fazer o personagem decidir tomar alguma ação para mudar de vida, inclusive dentro do anime isso é utilizado, mas porque exatamente ele quer ser um marinheiro? Seria algum sonho de infância? Ou algum objetivo em particular? O primeiro post é o momento para você apresentar seu personagem, então não tenha de descrever a personalidade dele e contar um pouco de sua história podendo ser até mesmo por flashback, isso torna sua narração mais enriquecida e trás mais vida ao seu personagem.
Ainda nesse mérito a desvantagem que você escolheu é muito boa para construir o caráter e a personalidade do personagem, as vozes que o Haddes escuta graças a esquizofrenia, o que elas dizem? Como seu personagem se comporta em relação a elas? Narrar essas características é o que torna um personagem único e mais interessante.

Acredito que isso é tudo, apenas gostaria de lembrar que voce não precisa se limitar a uma ação por post, por exemplo quando o Haddes pede a informação sobre a base da marinha mais próxima, o que ele faria se a encontrasse? E se ele não conseguisse encontra-la, o que faria? Continuaria procurando? Ou perguntaria para outra pessoa? Você pode tentar realizar esse tipo de ação dentro fórum, isso faz com que o narrador tenha mais opções para construir uma história.

Qualquer duvida pode me perturbar e se em algum momento fui rude ou grosseira peço desculpas, pois não foi minha intenção :c, to aqui para tentar te ajudar dentro dos limites de meus conhecimentos, não desanime, seu post não teve nenhum erro grande mas essas duas coisas pequenas juntas me fez nega-lo, eu sinto que você pode fazer um post ainda melhor.
Irei deixar alguns exemplos de post abaixo, e também algumas dicas sobre o funcionamento da mini.

POST 1:
 

POST 2:
 

POST 3:
 

Outra dica é sobre a formatação do post, quando esta centralizado se torna mais cansativo de se ler. Procure deixa-lo justificado para que a leitura se torne mais agradável, deixarei o código abaixo.
Código:
<blockquote>[justify]INSIRA SEU TEXTO AQUI[/justify]</blockquote>

Estarei aguardando sua resposta.*


Dicas e Orientações do Makei. escreveu:

Então, vamos lá, nessa mini-aventura será avaliado o seu desempenho em quatro principais aspectos para prepará-lo para realmente começar a sua aventura.Não se preocupe em relação aos erros, pois através dele pode vir a experiência e eu estou aqui para lhe dar uma mão quando isso acontecer para lhe mostrar a direção certa.

~ De início eu gostaria de recomendar a ler esses posts para entender um pouco melhor do sistema do forum -
https://www.onepiecerpg.com/t12170-uma-boa-narracao
https://www.onepiecerpg.com/t34187-tutorial-narracao-ceu-ou-inferno ~


As quatro etapas de nosso breve tempo juntos  são:

1- Primeiro Post: O primeiro post é talvez a parte mais difícil de todo processo, tanto por exigir um pouco de criatividade, mas com a limitação de não narrar o cenário, quanto por ser o primeiro contato com o sistema desse RPG. Na minha humilde opinião, apesar da adversidade, é o melhor momento para desenvolver e demonstrar a personalidade do seu personagem para sua orientadora, caso você queira trabalhar com a idéia de um background ou mesmo passar mais sobre o interior do que o exterior aqui também é um bom campo para você trabalhar, também é o ponto onde é interessante você passar o seu objetivo e como você deseja prosseguir, para que possamos dar sequência, caso consiga encaixar!

2- Interação: Aqui é onde vamos começar a trabalhar de verdade, eu irei lhe apresentar o mundo e personagens que estão nele nessa fase eu vou avaliar a interação do seu personagem com o cenário, com o mundo  que lhe cerca como sua capacidade de se relacionar com npcs e interagir com aquilo que lhe é dado.

3- Combate: Essa é para muitos a parte mais divertida, mas é onde é essencial que você pegue bem a idéia para que não tenha dificuldades. Aqui é esperado de você que saiba trabalhar tanto movimentos ofensivos como defensivos com o melhor possível em detalhes e descrição. O grau de dificuldade é inferior ao das aventuras oficiais, mas é um dos pontos mais importantes para se trabalhar nesse nosso contato.

4- Finalização:  Por fim, quando você tiver demonstrado saber desenvolver direitinho tudo o que lhe for cobrado e estiver preparado essa é a melhor parte! Você estará pronto para começar no fórum, aqui iremos trabalhar com a idéia de fechamento, com um arco de um anime ou mangá a finalização deve deixar em aberto para uma próxima aventura, é o cliffhanger que tanto odiamos.Não se pode conquistar tudo em uma aventura ou episódio/capítulo só, certo? E É assim que as coisas também funcionam aqui e como você também ira prosseguir na ultima postagem de sua futura aventura.

Tendo explicado as etapas do processo que passaremos, gostaria de alertar sobre os dois maiores erros: GodMode e Linearidade.

Linearidade: Nesse fórum, é muito importante considerar mais de uma situação para o resultado de suas ações, você deve considerar diversas rotas de resultados diferentes, que se espalham como raízes de uma árvore. Por exemplo, você tenta conseguir uma arma com um NPC um tanto quanto rabugento, o resultado natural e não conseguir, mas você deve colocar no seu post como reagiria caso conseguisse e como lidaria com a hipótese de falha, isso é muito apreciado aqui.

GodMode: É um dos erros mais comuns, e uma das minhas maiores alegrias já que posso negar post com isso, o GodMode consiste em algumas atitudes, como narrar algo além do seu personagem, dizer como estava o clima, por exemplo, ou usar um tempo verbal que dê a ideia de sucesso nas ações praticadas pelo jogador, como dizer acerto um golpe no lugar de acertaria um golpe, por exemplo.

Depois de tudo isso, finalmente vamos para alguns conselhos específicos sobre o primeiro post:

Personagem: O primeiro post é ideal para apresentar seu personagem, aproveite esse espaço para passar ao orientador uma noção geral da persona utilizada, trabalhando aspectos como personalidade, ambições e motivações. Essas características mais subjetivas tem um peso muito grande no fórum.

Tamanho e Formatação: Recomendo fazer pelo menos dois parágrafos, com pelo menos cinco linhas em cada, dá pra colocar uma boa quantidade de informação, se não enrolar muito. Não precisa forçar algo grande se não estiver inspirado, a qualidade sempre supera a quantidade. Separar a cor da narração de falas e pensamentos, ajuda muito ao leitor.


~ Dicas para o primeiro post ~



- Tente estabelecer uma personalidade para o seu personagem, fazendo uso de falas, pensamentos e a narração em si.

- Você tem liberdade para descrever tudo relacionado ao seu personagem, pensamentos, personalidade, roupas, história, ações, flashbacks, quanto mais profundo melhor, desde que não fique enfadonho.

- Use um corretor ortográfico antes de postar. O uso correto e formal da língua portuguesa é um fator determinante na qualidade de sua narração

- Estabeleça cores diferentes para falas e pensamentos, indicando as cores que usou para cada um através de uma legenda.

- Faça uso da ferramenta “Pré visualizar” e revise o post, muitos erros podem ser evitados com esse simples ato.

- Poste ações no futuro baseadas em possibilidades.

- Dica de Ouro: Se tiver tempo disponível, leia a aventura de jogadores mais experientes.


Com isso eu acredito que passei o básico para que possamos criar uma boa aventura ! No meio do caminho estarei a disponibilizar mais dicas e te explicar mais detalhadamente do sistema então esteja atento(a) ! Na dúvida só me chamar por MP ou pelo Discord - Licia#0785


____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Haddes
Membro
Membro
Haddes

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Data de inscrição : 08/04/2019

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptyQui 11 Abr 2019, 11:39

Deitado em algum lugar, um jovem garoto moreno dormia rolando de um lado para o outro, até que o mesmo levanta o corpo ferozmente enquanto mostrava uma expressão assustada junto com corpos coberto de suor que logo em seguida olhava em sua voltar, depois de alguns segundos analisando o seu entorno, o jovem rapaz balança a sua cabeça de um lado para o outro ferozmente e logo em seguida bate com a duas palmas da mão em suas respectivas bochechas.

-Eu tive aquele pesadelo de novo, onde eu era perseguido por pedaços de carnes gigantes querendo me devorar... -Apos dizer em tom baixo o jovem sente um leve arrepio em sua espinha,"Depois que eu deixei de ser vegano eu estou tendo esse sonho com mais frequência... talvez eu devesse voltar a ser vegano?" Enquanto se perguntava isso uma voz suave e feminina soou na sua cabeça "-E voltar a comer aqueles matos? você tem algum problema mental? o jovem simplesmente balançou a cabeça como se responder aquilo fosse uma simples perda de tempo. O rapaz que se perdia em pensamento sobre a sua alimentação atendia pelo nome de Haddes, o mesmo não era muito diferente dos outros jovem na sua idade na questão de massa muscular, não possuindo um corpo escupido pelos deuses ou nem um corpo magricelo, tudo na sua maioria normal, seu corpo possuindo uma tonalidade morena seguido de um cabelo curto com um tonalidade preta e olhos castanhos. Haddes sempre foi um jovem introvertido e na sua maioria alegre com a vida e sempre disposto a ajuda o próximo, odiando poucas coisas na vida como pessoas que maltratam animais, lutas sem sentidos e piratas, principalmente piratas. E possuindo um forte senso de justiça levou ele a admira a marinha, como uma defensora dos mares que expurga o câncer conhecido como piratas que se alastra com uma praga.    

Haddes cresceu com a sua família, que era composta de sua mãe e pai, até uma de 16 anos. Onde como comemoração ao seu aniversario, sua família decidiu embarcar em um cruzeiro, no qual deveria ser uma data feliz para o jovem garoto, acabou sendo infelizmente a data onde seus foram brutalmente mortos por piratas bem na sua frente e em meios aos gritos de agonia, não só de seus pais como também de outros passageiros, levou o jovem a desencadear um distúrbio de esquizofrenia. Sem pais e nem lugar pra voltar o jovem conseguiu ser salvo por uma embarcação da marinha que passavam próxima ao cruzeiro, que o deixo num orfanato em Loguetown.

Depois de se levantar, o jovem aspirante a marinheiro começou a se espreguiçar produzindo o som de estalo que vinham tanto de seus braços como de suas costas e logo em seguida um sorriso brotou em seu rosto antes de começar a dizer. -Depois de três longos anos treinando eu posso tentar entrar pra marinha. - Mas antes que Haddes pudesse dar um passo, sua barriga começou a roncar produzindo sons parecido de um fera que ficou anos sem comer, e junto uma risada aguda seguida de algumas falas masculinas pairavam sobre a sua consciência, "Hihihihi... Haddes, pequenos Haddes você achar que vai conseguir? Desista, porque não tentar virar um pirata? riqueza, poder e mulheres estariam tudo ao seu alcance." -Em meios as tentações de sua cabeça, o jovem manteve um postura inabalável como se aquilo fosse normal no seu dia-a-dia, -NUNCA!!- Com um grito Haddes bate com força a cabeça no chão em respostar a voz na sua cabeça.

Depois de alguns segundos sem a voz na sua cabeça, Haddes olharia em volta esperando encontrar alguma coisa para comer. Caso não achasse nada que pudesse saciar a sua fome, o jovem não poderia fazer nada a ser aguentar até conseguir ser parte da marinha onde não faltaria comida para os recrutas, ao menos era isso oque o jovem esperava. Depois de passar três anos em Loguetown, ele não passou a maioria do seu tempo treinando, as vezes ele ficava a distancia observando a base da marinha admirando e que não pudesse espera a hora que ele estivesse pronto para ele virar um marinheiro, e nas outras vezes ele ajudava algumas lojas as limpando para ganhar um pouco de dinheiro. E sem perder tempo o jovem seguiria rumo a base da marinha que ficava no centro da cidade.

Se no caminho até a base da marinha o jovem encontrasse alguma pessoa que necessite ou aparenta precisar de ajuda, Haddes se ofereceria de bom agrado perguntando. -Você precisa de ajuda? não precisa fica acanhado,pois eu... -Haddes estufa os peitos. -Um futuro marinheiro irei te ajudar. -Enquanto esperava a respostar do mesmo, o jovem mostrava um sorriso bobo.

Mas caso ele chegasse até o centro da cidade sem nem uma interrupção, o jovem observaria não só base da marinha como também o fluxo de pessoas em sua volta. Depois de alguns segundos olhando em volta, e caso encontrasse alguma pessoa vestida de marinheiro, Haddes iria em direção ao mesmo e quando chegasse próximo do mesmo. - Oi como faço pra entrar pra marinha? - Esperaria a respostar do mesmo, e logo em seguida seguiria a instrução dada pelo marinheiro.

Se em meio ao fluxo de pessoas não encontrasse nem um marinheiro, Haddes seguiria pra dentro da base da marinha e faria a mesma pergunta para outro marinheiro lá dentro.

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 9
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 20

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptyQui 11 Abr 2019, 23:18

O jovem Haddes era despertado de seu sono graças a um exótico pesadelo, que passou a incomodá-lo com certa freqüência após a mudança nos hábitos alimentares que o rapaz adquiriu alem do ligeiro calafrio que percorreu seu corpo também havia a voz em sua cabeça tentando importuná-lo, porem o futuro marinheiro apenas ignorou-a pois julgou melhor não perder tempo com aquilo em sua mente.

Haddes ainda deitado em sua cama dentro do orfanato em que foi criado após a tragédia que ocorreu com seus pais, o local possui uma arquitetura simples com as paredes construídas com tijolo e cimento pintadas de branco, porem havia algumas infiltrações  fazendo com que se formasse marcas de umidade e a tinta estava descascando próximo aos cantos, o orfanato aparentava ser bem antigo, e apesar das dificuldades era um local muito bem cuidado e limpo, pois os voluntários que trabalham nele se dedicam para manter sempre um ambiente acolhedor e saudável para os órfãos que ali chegam desamparados, após levantar-se o jovem Haddes logo clamou sobre seu grande objetivo pelo qual tanto havia esperado para realizar, tornar-se um marinheiro, porem novamente as vozes decidiam assombrá-lo mas dessa vez o rapaz irritado golpeou o chão com a própria testa em uma tentativa bem sucedida de fazê-la parar, a pancada no chão de madeira foi forte o suficiente para deixar a pele avermelhada mas não chegando a sangrar, a maior parte das crianças que dormiam no mesmo quarto ficaram preocupadas com o comportamento elas sabiam que ele tinha algum problema mas não são capazes de entende-lo, então as crianças apenas ficavam olhando de longe se perguntando se poderiam fazer alguma acoisa, outras voltavam a dormir pois o sono e a falta de preocupação falavam mais alto e a minoria ficava assustada, pois tratava-se de crianças que haviam chegado ao orfanato à pouco tempo e não conheciam direito o rapaz.

O aspirante a marinheiro então pode sentir um aroma apetitoso de almoço pronto, ao passar pela porta do quarto Haddes chegava até o refeitória que possuía algumas mesas e bancos de madeira, o estado físico e a qualidade dos moveis não são das melhores, porem eles apresentam uma boa resistência e cumprem muito bem sua função, mais ao canto havia duas grandes panelas de ferro, uma contendo arroz e a outra curry de carne e legumes, apesar de simples a comida cheirava muito bem e era muito nutritiva para que as crianças do orfanato não fiquem doentes, os voluntários distribuíam pratos de porcelana junto com as talheres, apesar de não ser mais uma criança Haddes era bem recebido no orfanato, afinal ninguém ali teria coragem de expulsar alguém tão bondoso e altruísta como ele.

Após estar devidamente alimentado o futuro marinheiro caminhava sob o chão de paralelepípedo da imponente cidade de Loguetown com suas construções de concreto altas e bem conservadas fazendo o orfanato no qual Haddes fora criado parecer ainda mais velho, o clima estava muito nublado sinal de que iria em pouco tempo, a temperatura era agradável as nuvens cobriam fazendo a sensação térmica diminuir, a base da marinha ficava à menos de um quilometro de distancia do orfanato, Haddes então caminhava até o seu principal objetivo, apesar da natureza caridosa que o garoto possui os de mais civis pareciam estar com pressa naquele dia, todos andavam com passos largos e rápidos na direção oposta a base da marinha, porem havia um homem que caminhava tranquilamente admirado os prédios da cidade, é um sujeito aparentando ter quarenta anos, usava sandálias da madeira, roupas semelhante a um kimono roxo que não cobria as pernas dele na altura dos joelhos, a veste do homem ficava bem larga em seu corpo esguio, o sujeito estava com seus cabelos negros presos em um pequeno rabo de cavalo, ele carregava uma katana e possuía um cavanhaque com falhas, o homem estava tão distraído que nem parecia se importar com as pessoas afobadas que o ultrapassam e nem mesmo reparou em Haddes a ponto de quase esbarrar no garoto, o homem apenas continuou seguindo seu caminho sem nem mesmo desculpar-se.

Ao andar um pouco mais Haddes finalmente chega até o quartel general da marinha em Loguetown, ao contrario do restante do caminho nas proximidades do quartel o fluxo de pessoas era praticamente havia apenas dois guardas vigiando a entrada do portão de ferro que estava aberto, ambos os marinheiros usavam bonés brancos com o símbolo da marinha, camiseta branca com detalhes em azul, calças azul marinho, sapatos escuros sociais e um lenço azul preso a gola da camiseta, os dois estavam com a barba feita e cabelo cortado, e ambos seguravam um rifle aparentando estar ansiosos  e trêmulos, mais ao canto do portão há uma garota loira tambem vestindo o uniforme da marinha, porem ela usa calças pretas o lenço na camiseta preso na camiseta é verde alem de não utilizar boné, ela trajava óculos escuros, possuía uma tatuagem “C-3” no braço esquerdo e uma medalha de prata pesa próximo a região do busto, a loira demonstrava estar ainda mais ansiosa e muito irritada com algo a ponto de uma veia elevar-se em sua testa enquanto ela batia o pé no chão diversas vezes para conter a irritação.

Assim que Haddes aproximou-se do quartel general a marinheira logo caminhou com passos pesados até o rapaz, olhando para ela melhor o jovem Haddes poderia reparar que a garota não aparentava ter mais do que dezessete anos talvez possuindo até menos, ela era magra mas seus braços eram bem definidos e usava luvas de couro que cobriam os punhos dela mas deixava os dedos livres, os longos cabelos dourados dela estavam penteados para trás, a marinheira cruzou os braços e encarou Haddes de maneira irritadiça enquanto escutava o que o rapaz tinha para dizer.

- Oi como faço pra entrar pra marinha?

Após ouvir a pergunta de Haddes a marinheira ainda mantendo seu semblante mal humorado apontou apenas se polegar por cima dos ombros na direção do portão da marinha e disse enquanto analisava o garoto a sua frente de cima  a baixo com desinteresse.
- Pirralho se quiser virar marinheiro é só realizando os testes, fale com alguém da recepção aqueles preguiçosos vão te explicar melhor do que eu, é só entrar pelo portão e virar na primeira direita, não tem como errar, mas você veio em péssima hora é melhor voltar amanhã. -
Apesar de aparentar ter menos idade a marinheira tratava Haddes como se fosse mais velha e não fazia questão de disfarçar o tom grosseiro em sua voz como se quisesse despachá-lo dali, mas ela não demonstrava que iria impedi-lo caso prosseguisse para o interior da base. Enquanto a marinheira respondia Haddes um grupo de criminosos algemados era escoltando para o interior do quartel general, cerca de sete criminosos algemados enfileirados todos usando camisas de manga longa e calças listradas de preto e branco, os criminosos caminhava descalços e possuem aparência bem intimidadora fazendo com que os guardas que estavam em frente ao portão começarem a tremer de nervosismo, a loira então olhou por cima dos ombros observando os criminosos e rangeu os dentes enquanto resmungou nervosa. - Cadê aquele velhote imprestável, ele sempre some nas horas importantes. - E continuou a bater o pé no chão.

Haddes também pode sentir que aquele crimonosos eram problemáticos, provavelmente piratas famosos no East Blue que foram presos e estão sendo transferidos para a base da marinha em Loguetown, haviam três guardas escoltando os piratas dois caminhavam atrás da fila carregando um rifle e uma katana cada ambos estavam bem arrumados com o uniforme em prefeito estado, e outro mais a frente que estava responsável por guiar a escolta, porem este estava com os cabelos e barba sem corte, alem do boné cobrir boa parte do rosto.

Orientação:
 

____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Haddes
Membro
Membro
Haddes

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Data de inscrição : 08/04/2019

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptySab 13 Abr 2019, 20:54


Antes da saída de Haddes do orfanato, que a muito tempo se acostumou com a aparência simples mas com um ar de uma casa antiga, e como também os defeitos que vinham nela no qual o jovem não ligava muito, pois mesmo depois de perde seus pais ainda achava um lugar confortável para se morar. O mesmo sentiu um aroma delicioso de alguma comida pronta, que abriu ainda mais o seu apetite, e como se asas tivesse nos seus pês o jovem voou em direção ao refeitório, onde lá ele avistou duas grandes panelas de ferro, uma contendo arroz e a outra curry de carne e legumes, vendo aquilo Haddes não pode deixar de ficar extremamente feliz, pois desde muito tempo curry vem sendo a sua comida preferida.

Depois de encher o bucho de comida Haddes seguiu rumo a base da marinha, no qual não demoraria muito para chegar ficando menos de um quilômetro dele. Enquanto caminha em direção ao seu destino o jovem sempre que caminhava pela rua da cidade ficava maravilhado com os altos prédios feitos de concreto com um estado bem conservado, e com um clima nublado dando indicio de que possa ter a chance de chove em pouco tempo mas ainda assim com um temperatura agradável. O fluxo de pessoas era constantes andando com um pouco de pressa em direção oposta da base da marinha, o jovem venho a pensar que talvez por ser horário de pico as pessoas estejam com pressa para ir para o seus trabalhos ou pela chuva que se aproximava. Mas em meio as pessoas um homem acabou por se destacar mais e assim chamando a atenção de Haddes, talvez pela sua roupa exótica que diferencia do resto das pessoas ou por ser o único que caminhava tranquilamente enquanto admirava os prédios da cidade, homem estava tão distraído admirando que não parecia se importa com a pessoas afobadas que o ultrapassam e também quase esbarrando Haddes por não ter telo percebido, por sorte o jovem abriu caminho a tempo para o homem passar e assim uma da vozes na sua cabeça voltou a tagarela.

"-A se fosse eu, colocava o pé na frente pra aprender a olhar pra frente... Haddes larga um tapa no pé na orelha dele pra ele aprender a para de ser trouxa." -Escutando oque a voz masculina da sua cabeça tinha a falar, Haddes simplesmente balançou em discordância pra o mesmo enquanto via o homem se distanciando.


Depois de caminhar mais alguns minutos Haddes finalmente chega a QG da marinha, chegando lá o jovem se depara com com só dois guardas ambos ao lado de um grande portão de ferro, os dois guarda vestiam a tipica roupa da marinha segurando um rifle, e mesmo estando a distancia Haddes ainda conseguiu perceber que os dois guarda aparentava estar ansiosos e trêmulos, e junto a eles um garota loira demostrando está irritada com alguma coisa, uma das características da garota que mais chamou a atenção de Haddes foi a formar diferente dela se vestir comparada com os outro guardas e a tatuagem no braço esquerdo escrito "C-3".

"Sera que ela tem uma patente mais elevada?" Enquanto se aproximava essa duvida bateu na cabeça de Haddes, percebendo a aproximação dele a garota aproximou-se do jovem que logo que chegou em frente del cruzou os braços e o encarou enquanto esperava pra ouvir oque ele tinha a dizer. Observando-a de mais perto Haddes não pode deixar de mescara a sua surpresa em relação a idade da garota, sendo ela muito mais jovem que ele talvez dois a três anos mais jovem, mas mesmo com essa curiosidade ele seguiu em frente com a sua duvida de como entrar pra marinha.

A jovem marinheira após ouvir a perguntar de Haddes fez um gesto com o polegar de sua mão apontado-o por cima de seu ombro em direção ao portão da marinha, enquanto isso ela respondeu Haddes de uma formar como se a diferença de idade fosse ao contrario, sendo ela a mais velha e o jovem mais novo. A formar como a garota respondeu Haddes não o deixo de nem uma formar irritado, muito pelo contrario ele a admirava por ser uma pessoa tão jovem mais mesmo assim conseguiu se ingressar na marinha antes dele, mais a vozes da sua cabeça não nutria o mesmo pensando.

"-Mais que garotinha mais mal educada, ela não aprendeu a respeitar os mais velhos?" -Enquanto a voz feminina na sua cabeça mostrava sua insatisfação em relação ao tom da menina, Haddes percebeu um grupo de criminoso algemados sendo escoltados para dentro do QG da marinha e que logo em seguida a marinheira loira também os percebeu e não deixou de ranger os dentes antes de remusgar algumas coisa, no qual Haddes não prestou atenção noque ela falou mais sim nos prisioneiro que se fosse pra descreve-los de alguma forma seria "Problema", pois eles poderiam a muito tempo ter deixado de ser piratinhas comuns para ser piratas com alguma fama no East Blue por está sendo escoltado e transferidos daquela forma.

-Era por isso que a pessoas estavam com pressa pra se distanciar do QG da marinha? Espero que o homem vestido de kimono roxo não fique distraído e acabe parando aqui. -Enquanto Haddes ponderava sobre os acontecimentos passados a voz masculina na sua cabeça se pronuncio "-Garoto essa é uma boa chance de fazer um estreia como pirata, imagina sua foto no jornal escrita "Jovem liberta piratas sobre o nariz do QG de Loguetown" e além disso eles poderiam ficar em divida com você." Ouvindo a ideia suicida da voz na sua cabeça não pode deixar de falar baixo enquanto mostrava um sorriso seco -Você é louco... -A voz na sua cabeça não pode deixar de rir antes de falar "-Hihihi nós somos... e sumir na sua mente.

Depois de espera os criminosos serem escoltados para o interior do QG da marinha Haddes se viraria para a marinheira e com um sorriso no rosto começaria a dizer.

-Obrigado jovenzinha, mas não vai ser por causa disso que vou deixar de fazer oque posso hoje, pra fazer amanhã. -Antes que ela se pronunciasse Haddes seguiria em direção a recepção do QG da marinha que ficava após entra pelo portão e virando na primeira direita, explicada pela própria marinheira. Chegando lá Haddes perguntaria para o(a) recepcionista -Boa tarde eu gostaria de fazer o teste pra virar marinheiro. -Em seguida esperaria a resposta do mesmo e seguiria a explicação dada por ele(a), fazendo tudo que fosse pedido.

Mas caso não der para realizar o teste Haddes não poderia fazer nada a não ser lamentar no orfanato até o dia seguinte onde poderia tentar novamente.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 9
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 20

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptyDom 14 Abr 2019, 21:05


Em oposição às vozes em sua mente Haddes permanece focado no objetivo e passa pela marinheira loira que apenas limitou-se a suspirar de insatisfação dando de ombros, até que começar a caminhar atrás do rapaz moreno permanecendo alguns passos atrás dele, assim que a loira passou pelos portões ambos os marinheiros que estavam de guarda bateram continência em sinal de respeito e falaram ao mesmo tempo. - Segundo Sargento Letícia, estamos as suas ordens!! -, a sargento por sua vez fez um sinal com as mãos para que os soldados permanecem no portão enquanto Haddes adentrava a recepção do quartel general, passando por uma porta de madeira marrom ao lado de uma janela aberta.

A sala de recepção é um ambiente simples porém bem arejado e limpo, totalmente construído em concreto como o restante da base havendo alguns bancos de metal soldados no chão porém todos estão vazios neste instante, em frente aos assentos está um guichê com diversos documentos amontoados em três colunas de tamanhos diferentes, e detrás das pilhas de papéis estava um homem careca com um bigode grisalho vestindo uma camisa social azul e usando óculos de grau com armação circular, ele não se parece em nada com um marinheiro mas sim como um secretário ou recepcionista, e ao escutar a voz de Haddes o homem retirou o óculos e limpou as lentes com um lenço e então virou-se para o garoto enquanto piscava algumas vezes como se fosse um tique nervoso.
- Ohhh, um candidato! Não esperava receber ninguém hoje, as pessoas estão com medo de aproximar-se do QG graças aos piratas do Camaleão, escutei boatos de que a tripulação é muito conhecida por seus disfarces e podem enganar qualquer um. - Então que repentinamente o homem acerta a própria cabeça com um tapa fraco deixando escapar uma risada cômica. - Desculpe garoto, eu sempre me distraio e começo a falar muito fugindo do assunto. - O recepcionista então inclinou-se atrás do guichê e puxou um papel e caneta os colocando em cima da bancada. - Aqui está, preencha esse formulário, enquanto termino de guardar esses documentos. -

O formulário era bem simples, pedindo apenas o Nome e Idade do candidato e o tipo sanguíneo caso fosse conhecido, um espaço pequeno para colocar uma foto e um grande retângulo em branco tomando boa parte do papel que serve para os superiores fazerem anotações sobre o desempenho do participante, e em pouco menos de cinco minutos as montanhas de papéis foram diminuindo até praticamente sumir enquanto o recepcionista ia guardado elas em gavetas diversas, ele então secou o suor que escorria da testa usando as costas do antebraço e caminhou para uma porta preta de madeira localizada atrás do guichê e logo voltou carregando armas diversas, lança, katana, rifle, pistola, faca, jutte, mas apenas uma de cada, e espalhou as armas pelo balcão. - Escolha uma dessas garoto, geralmente o protocolo a ser seguido o teste de combate vem por último, mas como estamos com pouco pessoal dentro da base terei que fazer uma alteração nessa ordem. - O recepcionista estava um pouco ansioso para descobrir qual arma Haddes escolheria que novamente voltou a falar fugindo completamente do assunto mas não sem antes conferir os dados do futuro marinheiro a sua frente. - Eu realmente admiro vocês com coragem de arriscar a vida pelo bem dos outros, só de pensar que o capitão dos piratas do Camaleão ainda não foi capturado e está em nossa cidade querida Loguetown me faz tremer de medo. - O comentário novamente veio acompanhando de outra risada engraçada enquanto o recepcionista . - hohoho! -

Orientação.:
 


____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Haddes
Membro
Membro
Haddes

Créditos : Zero
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Data de inscrição : 08/04/2019

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptySex 19 Abr 2019, 23:16


Chegando em frente ao portão que a muito tempo Haddes tinha visto dois marinheiros de guarda mostrando expressões de que estavam ansiosos e trêmulos, os dois guarda subitamente bateram continência e falando em unisom fazendo com que o jovem quase desce um pulo pra trás com a informação de que a pequena garota era na verdade uma segunda tenente, em resposta aos guardas a sargento simplesmente fez um sinal com a mão fazendo com que eles ficassem de guarda enquanto Haddes fosse para a recepção do quartel general que fez com que o jovem ficasse mais surpreso e admirando a garota.

Depois de passar por uma porta de madeira ao lado de uma janela aberta Haddes se encontrava num ambiente construído quase completamente de concreto com algumas parte feita de base e não muito a frente se encontrava alguns bancos de metal soldados no chão só que totalmente vazios, enquanto olhava para os bancos vazios uma voz masculina voltou a soar na sua mente com um de sarcasmo “-O que que houve? até parece que estão transferindo criminosos altamentes perigosos hihihi.” Junto a isso uma voz suave e feminina se pronunciou em dúvida “- Mas não estão transferindo aqueles piratas?” Depois de uns segundo de silêncio e sua mente a voz masculina voltou a falar “-Esqueci que você não tem nem um senso de humor… triste.” Enquanto escutava, Haddes balançou a cabeça confirmando que era verdade, em resposta a voz feminina disse num tom alto “- Claro que eu tenho senso de humor! minhas piadas são muito melhores que a sua.” Ouvindo oque ela falou a voz masculina não pode deixar de disse com escárnio “-Já que você e tão boa por que não conta uma piada? “ Ouvindo o seu pedido a voz feminina não pode deixar de hesitar antes de responder e pensar numa piada “-Claro… hmm… já sei, o que o boi disse pra vaca?” Depois de pensar um pouco a voz masculina disse “-Não sei, oque ele falou?” Percebendo que ele não sabia a resposta, a voz feminina disse em meio a risos -Ele disse... HAHAHA... TE AMUUUUU HAHAHAHA...

Enquanto isso Haddes tinha percebido que mais a frente do bancos tinha um guichê com diversos documentos empilhados, se aproximando do guichê o jovem percebeu um homem careca que usava um óculos que diferente dos guardas no portão esse homem não se parecia em nada com um marinheiro, depois de Haddes se pronunciar o homem careca percebeu a presença do jovem limpou seu óculos com um lenço que acabou por retirar seguidos de algumas piscadas no qual o jovem não incomodou em pergunta se ele possuía algum tique nervoso. Depois de ouvir oque o homem tinha a falar Haddes descobriu que nome do bando dos piratas que estavam sendo transferidos era Piratas Do Camaleão, junto a isso o homem pegou um fomulário e uma caneta em baixo do balcão, o formulário pedia alguma informação básica como nome, idade e o tipo sanguíneo no qual Haddes respondeu se pressa Nome: Haddes Holloway, Idade do Candidato: 19, Tipo Sanguíneo: AB+.

Depois de cinco minutos o recepciona fez com que a montanha de documento fosse diminuindo constantemente até acabar, depois de ter feito tudo e guardado os documentos em diversas gavetas o homem se dirigiu para uma para uma porta de madeira preta bem próxima do guichê, enquanto o homem estava fora Haddes não pode deixar de conter a felicidade em seu rosto, não demorou muito para que o homem apareça voltando com diversas armas e as colocando-as sobre o balcão.

Olhando para as armas sem saber o porque dela estarem ali o homem careca acabou por dizer que como estão com falta de pessoas ele teriam que pular direto para para o teste de combate e para isso ele teria que escolher uma arma, observando as diversas armas espalhada pelo balcão as vozes em sua cabeça voltaram a zumbir começando pela masculina "-Escolhe a lança quanto, maior a arma mais forte ela é." E junto a ele a voz feminina também pronuncio em discordância "-Do que adianta ela ser grande mas feia? pegue uma katana que possui uma beleza unica." Ouvindo os dois brigarem para decide qual arma ele deveria pegar, Haddes optou por não dar ouvido a eles e aproxima a sua mão numa faca entre a as diversas armas.

Enquanto aproximava sua mão sobre a faca Haddes acabou por escutar do comentário do recepcionista sobre o capitão do piratas do Cameleão e não pode deixar de mostrar um sorriso confiante -Não precisa se preocupar é só questão de tempo até que ele seja pego e o martelo da justiça ganha sobre seu ombro, e também não tem como ele conseguir entrar no quarto geral da marinha sozinho. Depois de se pronunciar Haddes pegar então a faca, com a faca em sua mão direita o jovem dar alguns passos pra trás do guichê e começa a corta o ar com faca tentado se acostumar com o seu peso.


-Isso vai servir, para onde eu devo ir Sr.recepcionista? e contra quem eu vou ter que lutar? -Com animação estampada em seu rosto Haddes não pudia espera pelas as instruções do homem no qual ele seguiria passo a passo. Se caso ele levasse Haddes diretamente para o seu oponente, o jovem começaria a dotar uma postura seria enquanto analisava o seu oponente, mas caso aconteça qualquer outro imprevisto o jovem não teria escolha a não ser seguir o rumo.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
love.licia
Membro
Membro
love.licia

Créditos : 9
Warn : [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco 10010
Feminino Data de inscrição : 20/01/2019
Idade : 20

[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco EmptySeg 22 Abr 2019, 23:48

Haddes terminou de preencher o formulário como lhe foi instruído pelo secretário e escolheu a faca como arma para a realização do teste físico, mesmo que isso significasse ir contra a opinião das vozes em sua mente, além de ter reconfortado o recepcionista medroso com palavras esperançosas.

O velho funcionário por sua vez limpou os óculos com um lenço branco e soltou outra de suas risadas cômicas. - Hohoho! Você está certo jovem Haddes, é praticamente impossível um reles pirata do east blue, invadir o imponente quartel general de Loguetown, por favor me siga pois imediatamente guiarei vossa pessoa até a o local onde será realizado o teste físico.. -

E como uma brincadeira do destino assim que o secretário terminou sua frase dois estalos em sequência de armas fogo sendo disparadas ecoaram pelo pátio vazio, o velho funcionário sem saber qual atitude tomar acabou por desesperadamente abrir a porta da recepção bem a tempo de ver um homem vestindo um uniforme da marinha passar correndo na direção do portão, Haddes pode reconhecê-lo pois era um dos marinheiros que guiava a escolta porém dessa vez ele estava sem o boné cobrindo o rosto e revelando olhos enormes quase que saltando pelas laterais do rosto com a íris totalmente preta e dilatada lembrando um réptil, e instantes depois mais dois estalos acontecem dessa vez seguidos por gritos de desespero.

TRAIDOR!!! OS PRISIONEIROS ESTÃO FUGINDO -

O secretário estava paralisado de medo a ponto de nem conseguir mover-se, as pernas dela tremiam enquanto tentava gaguejar alto. Porém ele não teria muito mais tempo, afinal dois primeiros fugitivos corriam na direção do funcionário indefeso que provavelmente será atropelado pelos piratas.

Orientação.:
 

]

____________________________________________________

Ficha
Aventura

- Fala. -
"Pensamento."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco   [MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-Haddes] Eu Não Sou Louco
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: