One Piece RPG
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P.] Likes: Ghouls
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Likes: Ghouls Hoje à(s) 21:25

» [Mini-Likes: Ghouls] Teoria Humoral
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Likes: Ghouls Hoje à(s) 21:21

» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Sting L3 Hoje à(s) 20:20

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor jaum11 Hoje à(s) 20:01

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 19:34

» Ficha~Pierce~
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 19:04

» [Ficha] Violet
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Violet
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 18:58

» Buki Bijin
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Bijin Hoje à(s) 18:43

» [Mini - Lind] Testando novas águas
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Lind Hoje à(s) 18:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Khrono Hoje à(s) 18:00

» Takamoto Lisandro
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 16:34

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Kyoki Hoje à(s) 16:30

» [Ficha] Hakuho
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Van Hoje à(s) 13:42

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 13:02

» [Mini Shelvinho] O Início da Lenda
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Khrono Hoje à(s) 12:44

» [Ficha] Song Jun Wang
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Visastre Hoje à(s) 00:53

» [Mini - Inim] O errante
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Wallerf
Membro
Membro


Data de inscrição : 08/02/2019

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptySeg 11 Fev 2019, 21:06


Após tomar uma certa quantidade de chuva ao ponto de sua roupa grudar em sua pele, fez com que Urek ficasse irritado,  mas após entrar no local conseguiria abrir um sorriso,  – "Sabe, eu estava precisando ir numa loja de minério próxima ao castelo. Preciso pegar um material para finalizar este trabalho[...] – Se você quiser, pode cuidar da loja enquanto vou lá. Vou demorar cerca de trinta minutos, porque é um pouco distante. Quando eu retornar, se estiver tudo nos conformes, lhe dou uma espada de segunda mão. Nada muito vagabundo. Ela vai servir para o que quiser." Antes mesmo que terminasse de ouvir essas falas Urek interromperia o dono do estabelecimento, com um sorriso aberto e olhos acesos de felicidade exclamando - " Claro, pode deixar eu tomaria conta do lugar para o senhor até por um dia inteiro se precisasse,a propósito me chamo Urek, Urek Mazino Falaria isso estendendo a mão para cumprimentar o senhor-"Gostaria também que eu desse uma organizada no local?" - Perguntara o jovem espadachim, que já percebera a desorganização no local, ansioso para que o velho saísse e voltasse para que ele finalmente tivesse uma espada pra chamar de sua.

Urek estava muito feliz pois após anos de treinamento finalmente poderia começar a traçar sua caminhada, porém antes de sair o senhor indaga o jovem rapaz: – "Pretende ter uma espada para o que mesmo, garoto?" - Urek que já se encontraria feliz com a situação falaria ao homem -"Pretenderia sair desta cidade, me alistaria na marinha e mudaria esse mundo injusto, onde piratas fariam coisas ruins e tornariam vidas mais miseráveis". - Franzindo um pouco os olhos num tom mais serio e confiante.

No momento em que estaria sozinho Mazino seguiria as instruções do velho de como cuidaria do local, estaria admirando cada peça pronta, cada metal sem forma tudo isso procurando as espadas que o ferreiro já tivesse produzido, caso alguma lhe chamasse a atenção se atreveria a pegar e manusear a mesma, mas tomaria cuidado para não danificar o local pois isso poderia lhe custar muito caro. Antes que o velho saíra da loja, Urek lhe desejaria uma boa ida à mina

Após aquele momento nada passaria mais na mente do jovem rapaz do que o que ganhar aquela espada significaria para o início de sua jornada.


Fala NPC
Fala/Pensamentos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Cabo
Cabo
GM.Hisoka

Créditos : 22
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptyQua 13 Fev 2019, 02:03



Mini-Aventura

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Giphy



A proposta caiu como uma luva para Urek, que não apenas mostrou-se animado com o trabalho sugerido pelo ferreiro, como também buscou acrescentar uma nova tarefa. Quando ouviu, o homem estendeu os risórios num sorriso jubiloso e alçou as sobrancelhas, insinuando uma aprovação do vigor do jovem. Entretanto, balançou a cabeça em negação segundos depois, fazendo questão de agradecê-lo e explicá-lo o motivo pelo qual não gostaria de uma faxina no recinto:

– Hahaha! Muito obrigado, rapaz, mas eu prefiro assim. Eu me sentiria perdido se as coisas estivesse em seu devido lugar! Confuso, não? Hahahaha! – Ele moveu o olhar para o canto superior direito, como se pensasse na natureza das próprias palavras. No fim, riu ao perceber que realmente detinham sentido. – Meu nome é Erik! Muito prazer. – Comentou com um sorriso sem dentes, retribuindo o cumprimento de Urek. Sua mão era tão grande que acabou amorando a do rapaz numa cena hilária. Urek também pôde sentir sua pele áspera, resultado dos longos anos de labuta.

Em segundo plano, a cadência da bátega sobre o telhado minguou, ao passo que o diálogo entre Erik e Urek se tornou mais animado, ganhando força após a pergunta do ferreiro. Ele não estava apenas puxando assunto enquanto a chuva não chegava ao seu fim. Havia uma curiosidade plena expressa em seu semblante cada vez mais entusiasmado com cada palavra dita pelo seu cliente. Para um ferreiro como ele, saber os fins cobiçados com a espada que fabricou parecia deter um quê de importância.

– Entendo... Para ser sincero, não costumo fazer armas para marinheiros, já que não temos um quartel general aqui. – De lábios franzidos, ele deu de ombros, denotando certa despretensão. – Mas você parece ser bem determinado, rapaz. Meus sinceros boa sorte! – Ratificou o desejo com um meneio positivo com a cabeça e um leve toque em seu ombro. Segundos depois, ele ergueu a cabeça para o teto, observando a falta de ruídos em seu telhado, o que indicava que a chuva havia cessado. – Bem, vou aproveitar para ir. Volto em breve. – Ele fortaleceu a pegada no ombro de Urek ao apertá-lo suavemente com os dedos, saindo do estabelecimento posteriormente.

Cerca de dez minutos já haviam decorrido desde a partida do ferreiro. Urek, por sua vez, manteve passos fleumáticos pelas dependências da loja, vislumbrando e analisando as armas dispostas pelo ambiente. Erik não parecia ter uma especialidade, uma vez que o garoto tinha se deparado com diversos tipos de equipamentos, como espadas, bastões, maças e, até mesmo, pistolas e rifles, todos com seu modelo único ao ponto de serem distintos dos demais.

Num determinado momento de sua exploração, uma katana de uma única mão o chamou a atenção. Ela era longa, fina e tinha um corpo férreo brilhante. A lâmina era separada do porta mão por uma estrutura em forma de uma flor pentâmera na cor bronze. Já a base era emoldurada com um tecido verde adornado com pequenos losangos vermelhos enfileirados verticalmente. Incitado por sua vez beleza, Urek ousou tocá-la, arriscando alguns movimentos no ar. Os golpes provocavam um sibilo sutil em detrimento do ar sendo cortado pelo gume.

Estava tão enlevado com a katana em mãos que esqueceu o tempo passar. Sua atenção apenas foi reavida com a abertura da porta, cena que fez seu estômago arrefecer em sobressalto. Contudo, não foi Erik quem adentrou no estabelecimento. Era um rapaz bastante magro e esbelto, detentor de cabelos havana. Ele não vestia camisa, trajando somente uma bermuda marrom até a altura do joelho. Entretanto, o que mais chamava a atenção era a katana carregada em sua mão direita, embora em estado embainhado. Suas sandálias de madeira provocaram um fragor agudo a cada abalroada contra o assoalho, acompanhando seus passos até o centro da morada, onde distava aproximadamente dois metros de Urek.

– Yoy, yoy... Quem é o dono dessa joça? – Ele inclinou a cabeça lateralmente e questionou com desdem, não desviando o olhar de Urek. Ao fim do comentário, mostrou os dentes num sorriso presunçoso, espichando os orbiculares.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 His

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Rose
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wallerf
Membro
Membro
Wallerf

Créditos : 6
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Data de inscrição : 08/02/2019

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptyQua 13 Fev 2019, 08:20


De fato Urek perceberia uma “harmonia” entre Erik e o seu local de trabalho, riria com o mesmo após sai afirmação: -“De fato você baila neste lugar”– Urek apesar de ser grande após sentir sua mão ser engolida pela do ferreiro ficaria encabulado, porém daria uma risada de canto de boa.

“Te entendo, nossa cidade é bem pequena e para um jovem como eu a saída mais fácil poderia ser se tornar um pirata, mas eu vou lutar contra o sistema” - Disse o jovem rapaz que poderia ser o primeiro a dizer a Erik que desejaria ser um marinheiro, e estufaria o peito com orgulho após receber o complacente elogio de Erik sobre sua determinação.

“Até mais Erik, vá em segurança!” – Exclamou Mazino, quando o ferreiro saia pela porta do estabelecimento. Como seria sua primeira vez em um estabelecimento como aquele Urek estaria vislumbrado com todo aquele armamento, até que encontrou a coisa mais linda que veria na vida, incitado pela beleza daquela arma Urek não resistiu em manuseá-la, o som que ela emitiria seria sublime para os ouvidos do espadachim.

Como estaria entretido com o balançar da espada o único som que lhe causaria mais euforia seria o da porta abrindo, contudo seu anfitrião ainda não chegaria, após perceber que não era Erik, Urek procuraria a bainha da espada que empunhava, e procuraria guarda-la mantendo-a em sua mão esquerda, olharia imediatamente para a mão do rapaz que entrara na loja, e em seguida olharia para os olhos do rapaz que o indagara, e com firmeza responderia - “O dono da mesma não se encontra, mas me chamo Urek Mazino, no que poderia lhe ajudar?” – Manteria um olhar firme enquanto esboçaria um sorriso amigável para o rapaz.

Porém como já teria sido orientado pelo seu pai de criação, Urek ficaria extremamente alerta para qualquer movimento que o rapaz em sua frente pudesse fazer de suspeito. Se já estivesse familiarizado com o local, já bolaria uma estratégia para prevenir qualquer ação suspeita do rapaz, tais como:
    -Se estivesse atrás de um balcão ou uma mesa, que fossem soltos, já se poria em prontidão para chuta-la arremessando-a em direção do rapaz, afim de lhe bloquear a visão e usaria de sua aceleração para fazer uma investida contra o adversário mirando seu lado direito que é onde sua espada está embainhada, visando passar para traz do oponente e tentar cortar a parte de trás dos joelhos do mesmo o subjugando a sua mercer.
      -Caso estivesse frente a frente com o rapaz sem nenhum obstáculo, usaria seu dedão esquerdo para empurrar um pouco a katana para fora da bainha, a fim de esperar o ataque do adversário que se fosse algo perfurante, daria o lado e sacaria a espada não por completo mas que desviaria o ataque se impulsionaria para a abertura do flanco do adversário focando cortar o tendão do ombro e apontaria a espada em direção à nuca do mesmo.
      -Caso fosse um corte em diagonal, vertical, ou horizontal, sacaria a katana, impedindo o mesmo, conseguindo bloquear o ataque do adversário, usaria da bainha em sua outra mão em direção à garganta do adversário, na intenção de que o mesmo foque em desviar perdendo nem que por um segundo a atenção em Urek, onde tentaria aproveitar, para poder cortar a mão do oponente, deixando-o sem condições de brandir a espada, e mais uma vez subjugasse o oponente a fim de que o mesmo não tivesse condições de atacar.
-- Dentre outras alternativas

Porém Urek ficaria atento às ações do rapaz, onde caso o mesmo não oferecesse perigo, não o atacaria ou incitaria uma briga, mas nunca deixaria de ficar alerta contra qualquer tipo de ataque, onde ainda sim, procuraria algum tipo de auxílio na sala para um possível confronto futuro.

Falas/Pensamentos
Combate


OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Cabo
Cabo
GM.Hisoka

Créditos : 22
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptyQui 14 Fev 2019, 18:06



Mini-Aventura

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 QIvb



Urek não pareceu se intimidar com a natureza devassa do novo cliente, retrucando-o de maneira resoluta. Assim que ouviu a resposta, o sorriso cínico outrora estampado na feição do garoto desmanchou-se, dando lugar a um olhar malicioso. As íris vislumbraram todo o interior da dependência, de cabo a rabo, como se buscasse a melhor arma no recinto. Foi algo similar ao que Urek fizera quando estava só, no entanto, suas intenções eram as melhores possíveis, ao contrário das expressas no semblante do inquilino.

– Hum... Esta! – Os músculos faciais voltaram a estender ao ver a katana na mão de Urek, fitando-a de olhos estoicos. – Como poderia me ajudar? Huhuhu... – De braços abertos, ele abafou uma risada entre a glote, altivando os lábios proeminentes no rosto travesso. – Sabe, parça... Fiquei gamado nessa espada aí! Que tal passar ela pra cá!? – Com a mão livre, ele gesticulava bastante durante a articulação, majoritariamente com os dedos indicador e médio.

Urek demonstrou não ter entendido o pedido do rapaz - embora não fosse uma solicitação puramente dita -, pois manteve-se calado por longos segundos após a fala do menino. Por outro lado, talvez quisesse somente evitar quaisquer confusões, afinal estava fazendo um serviço ali. De qualquer forma, independentemente do motivo que o levou a ficar em silêncio, a atmosfera tensa não agradou o cliente nem um pouco. Era visível a tensão em sua têmpora, cuja derme parecia reter uma veia inquieta, assim como em seu semblante cada vez mais furibundo.

– Tsc! Não me ignore, caralho! – Vociferou com o tronco e pescoço inclinado para a frente tão enfurecido que foi incapaz de controlar a saliva que esvoaçou entre os dentes. Imediatamente após o grito, ele virou para a bancada mais próxima, logo a sua esquerda, e tapeou a superfície horizontalmente, atingido uma série de ferramentas e utensílios que foram ao chão, provocando um chorrilho de bulícios. – Eu disse que eu quero essa aí! E se eu falei que eu quero essa merda, você me dá. Entendeu, parça!? – Disse de sulco nasolabiais entesados, demonstrando todo seu desprezo e ódio. Parecia ser uma pessoa muito orgulhosa que odiava ser contrariado ou desmerecido.

Após estalar a língua no céu da boca, o garoto segurou a bainha de sua katana horizontalmente afrente do tórax com a mão esquerda, deslacrando-a paulatinamente com a mão oposta. O atrito da lâmina contra o material do estojo provocou um sibilo agudo concomitantemente ao refúlgido do gume que refletia a luz da lâmpada no teto. A arma completamente nua amorava seu rosto, senão pelos pequenos olhos sicários e sobrancelhas adstritas. Então, com um delicado movimento de sua articulação carpo-metacarpial, o menino rodou o gume de modo que Urek pudesse lobrigar seu rosto revérbero no metal.

– Você está muito fudido, parça. – Sua voz saiu exígua entre os dentes junto ao semblante repleto de carquilhas, indicando claramente um tom de ameaça.

Por sorte, Urek dispunha de uma certa bagagem adquirida com os ensinamentos de Zahard, seu pai de criação, portanto, ele manteve-se sereno, ainda que houvesse uma figura aterradora acareando-o. Assim, buscando meios pelos quais ele pudesse se defender caso fosse atacado, ele notou que o adversário estava a pouco mais de dois metros e meio a sua frente. Além disso, parte dessa distância era tomada por uma mesa de madeira com algumas cordas e ferramentas em sua superfície, o que assegurava-o certa proteção.

Um relâmpago postemo à bátega alumbrou o estabelecimento através das janelas de vidro. Pouco antes de sua luz dissipar, seu trovão sucedeu-o, marcando o exato átimo do avanço do garoto em direção de Urek. Atento e de prontidão para revidar, ele chutou o balcão a sua frente na direção do rapaz. Sua força e destreza não eram tamanhas a ponto de provocar um intenso choque, mas seriam suficientes para entretê-lo por alguns míseros milésimos, o bastante para que ele agisse num contra-ataque.

Concomitante a um brado, a mobília foi talhada ao meio em duas partes simétricas pela lâmina do traquina, criando uma passagem no ponto de contato para que ele atravessasse-a ileso. Entretanto, assim que a visão retomou o foco do recinto que outrora fitava, ele notou que Urek não estava mais lá. Agilmente, o discípulo de Zahard investiu pelo lado esquerdo, correndo celeremente até as costas do adversário, quando moveu sua espada horizontalmente e em baixa altura. Seu inimigo, no entanto, demonstrou muita fugacidade e habilidades acrobáticas ao saltar e rotacionar o corpo em pleno ar, usufruindo da metade da mobília anteriormente retalhada para apoiar seu pulso e aterrissar com segurança no assoalho.

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 4e259ea83cd70c29839d2d9b9e86c1055b4c3b34r1-500-283_hq

– Tsc! Também sei fazer isso! – Alertou ele junto a um chute contra o pedaço do balcão, lançando-o com força contra o peito de Urek. A colisão fez o rapaz cambalear para trás até ter o movimento cessado por outra mesa em suas costas, esta de metal e fixa no chão. Seu tórax doía pelo choque e havia certa dificuldade para respirar. Seu inimigo, por sua vez, estava a apenas dois metros a sua frente e parecia pronto para mais um assalto.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 His

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Rose
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wallerf
Membro
Membro
Wallerf

Créditos : 6
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Data de inscrição : 08/02/2019

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptyQui 14 Fev 2019, 20:39


O jovem rapaz não tomou consideração de que seu oponente já brandia uma espada, e tentou enfrenta-lo de frente, cometendo um erro crucial - "Claro que ele seria forte, e teria grandes habilidades, até mesmo uma espada ele já empunhava" - Pensaria o inexperiente espadachim, que tentaria prender um pouco a respiração para tentar normalizar o fluxo respiratório, também sentiria dor nas costas na região, mas o jovem rapaz não teria tempo para fraquejar e tentaria se recompor e para mostrar confiança traria um riso de empolgação, já que nunca havia enfrentado outro homem que não fosse seu pai.

Urek após bater no balcão passaria sua mão em cima do mesmo, para tentar encontrar algo que o ajudasse a enfrentar este oponente que lhe é superior, como alguma serragem ou pó de ferro, que seriam usados numa tentativa de limitar a visão do seu oponente, e a falta de experiência ja havia deixado-o em desvantagem, e o mesmo tem um sonho que não pretenderia deixar esvair naquele momento.

Urek traçaria uma estratégia que talvez lhe desse vantagem contra o rapaz, o mesmo já havia estado mais tempo que seu adversário dentro do recinto e provavelmente reconheceria melhor o local que seu adversário, caso encontrasse algo no ambiente que lhe desse a vantagem sobre seu inimigo tentaria usa-lo para que não fosse pego desprevenido mais uma vez, dobraria sua guarda perante o adversário, pois o mesmo já teria percebido a diferença de habilidades entre os dois.

Urek colocaria sua espada frente à seu corpo apontada para seu adversário tentando mostrar que estaria pronto para o 2º round, mesmo tendo saído pior na primeira tentativa, Sabia que deveria reverter a situação a seu favor, mas como o jovem rapaz faria isso? Até que lhe veio um estalo na mente, um bem perigoso mas caso fosse sua única alternativa não teria mais o que fazer a não ser apostar...

- "Você é bem forte, qual o seu nome?" - Perguntaria ao rapaz e logo após saber seu nome tentaria provocar o mesmo dizendo: - "Sempre bom saber o nome da nossa presa" - Diria Urek tentando desestabilizar o seu adversário que se mostrou ser facilmente irritável - "Não me diga que é apenas isso que você tem" -Diria com um tom de zombaria. À espera de um ataque imprudente do adversário Urek se prepararia para o ataque, mas não só apenas esperaria que seu oponente o atacasse, e sim, tentaria uma estratégia simples de finta, usando de sua aceleração tentaria enganar o inimigo propondo seu tronco para uma direção e caso a mesma funcionasse usaria de seu jogo de pernas para se mover para o outro lado, e tentaria devolver uma injúria para o seu adversário, tentando empatar o "jogo".

Mazino, flexionaria os joelhos tentando se manter mais relaxado com a situação, mas ainda poderia sentir seu coração batendo a mil, caso o seu adversário não atacasse ou se sentisse provocado, Urek avançaria com cautela usando um jogo de pés para tentar ludibriar o adversário,  usando de ataques rápidos perfurantes e em diagonal.

Caso encontrasse algo no ambiente que o ajudasse não hesitaria em procurar utiliza-lo para sua vantagem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Cabo
Cabo
GM.Hisoka

Créditos : 22
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptySab 16 Fev 2019, 02:37



Mini-Aventura

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Giphy



O pedaço de mobília ruiu no assoalho num baque surdo, sucedendo a curvatura de tronco por parte de Urek em resposta ao impacto. Seu semblante recheado de pregas exprimia sua dor e, aliado à respiração penosa, indicava um momento de fragilidade que seu adversário poderia abusar; e assim o fez. Vergando o busto, ele investiu contra Urek rapidamente, erguendo ambos os braços de modo a alçar sua espada, pronto para arriá-la num corte vertical. Todavia, pouco antes de concluir o movimento, ele teve sua visão prejudicava por uma fuligem atirada em sua face. Ela estava sobre a mesa, resultante dos detritos das colisões durante o processo de manejo das armas resultante dos detritos das colisões durante o processo de manejo das armas.

– Argh! Droga! – Resmungou irritadiço, balouçando o braço esquerdo afrente do rosto para afastar a desagradável pulverulência. Com seu assalto interrompido, ele viu que o recuo era sua melhor opção naquele momento.

Enquanto o travesso esfregava os olhos marejados com o antebraço livre, Urek pensava numa maneira de tomar as rédeas do combate. Ele estava agindo precipitadamente em acreditar que seu oponente fosse muito superior, uma vez que analisou pouco de sua movimentação e aptidão para inferir tamanho parecer. Talvez a experiência deixada por Zahard tenha tornado seu estilo de luta num constante diagnóstico do inimigo e reconhecimento dos próprios limites. De qualquer forma, Urek atinou que a melhor maneira de garantir uma vantagem naquele instante fosse a partir da provocação. A ilação não foi errônea, afinal o rapaz tem mostrado, desde o início, que tem um pavio bem curto.

– Kled, parça. Mas por que um rato como você quer saber o meu nome, ein!? – Indagou de olhos e sobrancelhas desiguais em estranheza. – O que!? Tsc, é um rato mesmo! – Sobressaltou os sobrolhos ao ouvir o repto de Urek, fomentando sua taxa respiratória em detrimento do estresse em seguida. Ele movimentava o tronco para frente e para trás inquietamente, ora ou outra deslocando alguns passos afrente.

Subjugado pela impaciência em decorrência do acinte de Urek, Kled avançou impetuosamente, desta vez com uma menor perícia quando comparada aos movimentos anteriores. A lâmina de sua espada obstruiu o fulgor da lâmpada do teto por um breve segundo antes de descer violentamente. O discípulo de Zahard não ficou inerte, insinuando uma evasiva para a direita, a qual fora muito bem observada por Kled, ao ponto dele mudar a trajetória de seu próprio corte. Entretanto, tudo não passou de um blefe por parte de Urek, que o ludibriou ao jogar o corpo para a esquerda celeremente. A katana do travesso talhou apenas o ar antes de colidir contra o balcão de metal, causando um sonido agudo súbito.

– Droga, seu rato escorregadio! – Ele rechaçou frustrado, mostrando os dentes na lateral da boca.

A acometida tempestuosa não cessou. Kled girou o tronco e pé de base, provocando uma cisão horizontal que por pouco não lanhou o tórax de Urek. Era difícil saber se era o discípulo de Zahard quem estava mais confiante, ou se a avidez do invasor era quem estava comprometendo sua competência. De todo modo, a dominância do duelo havia ganho um novo lado. Usufruindo de sua aceleração, Urek desfilava pelo ambiente, tateando o assoalho com os pés agilmente ao passo que vergava o tronco no átimo certo. A lâmina de Kled zunia sucessivamente em seu ouvido, mas sem ocasionar-lhe dano algum.

Após seis golpes ineficazes, o travesso suspendeu a agressão, arquejando inerte na expectativa de revitalizar o fôlego. Era, ironicamente, um cenário completamente oposto ao que ocorrera minutos antes. Agora foi Urek quem tomou a iniciativa, avançando contra o adversário com golpes velozes em diagonal. Mesmo parado, Kled demonstrava um reflexo sobrenatural, estorvando os ataques ao pôr sua katana em oposição a do rapaz. Faíscas esvoaçavam pelo ambiente ao contato aliadas a altos estrépitos metálicos.

– Chega! – Brandou o garoto no intervalo entre dois golpes. Antes que fosse acertado pelo próximo, empunhou a espada com as duas mãos, colidindo-a fortemente contra a de Urek, fazendo-o se desequilibrar. A arma do discípulo de Zahard voou por cima de uma bancada e rolou pelo chão até parar três metros a sua direita. – Já era! Você vai se ajoelhar aí, eu vou pegar a espada e sair por aquela porta! Entendeu!? – Urek sentiria o álgido metal do gume contra o seu pescoço. Kled o encarava severamente, demonstrando imensa inflexibilidade em sua feição. Encurralado naquela situação e dispondo de poucas escolhas, o que Urek faria?

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 His

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Rose
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wallerf
Membro
Membro
Wallerf

Créditos : 6
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Data de inscrição : 08/02/2019

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptySeg 18 Fev 2019, 17:00


A vantagem era de Mazino, parecia que tudo correria conforme sua vontade, mas de repente seu oponente consegue virar o jogo, e com uma lamina encostada em seu pescoço, Urek se vê praticamente derrotado por um inimigo que não lhe era tão superior, o que teria feito com que esta luta terminasse deste jeito? Seria a falta de força de Urek, seria sua dificuldade em machucar as pessoas? Ou o mérito seria extremamente do seu oponente? Teria como o jovem espadachim sair daquela enrascada? –“Não”- Pensou o jovem, -“Não posso perder aqui, se não conseguir sair dessa como vou fazer pra mudar este mundo? Me recuso a perder”- Onde por um momento estaria um olhar morto, daria lugar à um cheio de vida.

-“ ENCERRE LOGO A BATALHA SE DESEJA TANTO ESSA ESPADA”- Gritou Urek, afim de causar uma intimidação momentânea em Kled. Caso o adversário estivesse mais distante onde apenas a sua lamina encontrasse o pescoço de Urek , o garoto tentaria remover a lamina de seu adversário do seu pescoço enquanto se abaixaria e rolaria em direção à sua espada, caso obtivesse êxito nesta ação, Mazino pegaria sua espada e se levantaria exclamando – “Vou lhe dar a chance de se render, pois a partir de agora, suas chances de vitória são zero!” – Mas caso seu adversário estivesse perto do corpo do rapaz, Urek tentaria segurar a espada do adversário colocando uma mão na lâmina e uma no cabo onde está a mão do rapaz, tentando fazer com que o mesmo se afastasse dando uma solada um de seus joelhos, caso conseguisse, Mazino correria em direção à sua espada e tentaria pega-la e se recompor.

Lembraria que seu pai lhe ensinara a ser um vencedor, onde o rapaz exclamaria e por causa de seu coração mole o garoto se segurava muito nas batalhas com medo de ferir as pessoas, onde apenas com essa experiência de derrota, poderia ter definitivamente ou quem sabe por um breve momento se libertado destas amarras. Emanando assim uma aura de confiança e determinação inabalável

Caso conseguisse mais uma vez se recolocar na batalha Urek tomaria a dianteira, indo em direção a Kled em zigue-zague, caso conseguisse se aproximar do adversário, traria sua espada de trás zunindo-a debaixo para cima em diagonal no intuito de contar o tronco do adversário do abdome até o ombro, usando as duas mãos para que a força aplicada fosse maior e se caso seu adversário defendesse, teria no mínimo seu equilíbrio prejudicado dando uma abertura para Urek usar sua espada mesclando golpes perfurantes e cortantes, usando as perfurações para mirar nos ombros do adversário e os cortes no abdome e tórax.

Caso seu adversário conseguisse esquivar ileso da primeira investida, Mazino mudaria de direção correndo em volta do inimigo, e de repente avançaria em uma linha tênue e quando chegasse perto do adversário tentaria uma finta, dando a intenção de perfurar a cintura ou coxa esquerda do adversário, tentando fazer com que o mesmo reaja à essa ação, freando assim seu corpo e conduzindo uma serie de cortes na sequência de cruz e logo após um xis afim de causar um imenso dano em seu oponente. Os olhos vermelhos de Urek emanariam um brilho como se o garoto tivesse entrado em êxtase e nada mais lhe importasse a não ser aqueles momentos, sua mente estaria limpa de qualquer outra preocupação, onde nada mais a não ser a batalha lhe importasse.

Caso obtivesse êxito em subjugar seu oponente Urek tomar-lhe-ia a espada para que o mesmo não pensasse em um contra golpe mais uma vez. Olharia a seu redor e verificaria o estado da loja, caso a mesma estivesse destruída Urek diria em um tom mais calmo –“Erik vai me matar por destruir este lugar“ – Logo após procuraria uma corda e amarraria Kled esperando Erik voltar para que pudesse lhe pedir desculpas!

Caso Seu inimigo tomasse o primeiro passo, ao invés de recuar, Mazino iria de encontro, tentaria usar de fintas e movimentações rápidas com seus pés, como troca de base e giros, afim de encontrar uma brecha na guarda do adversário, usaria de perfurações rápidas visando a mão dominante do adversário, afim de acerta-lo e comprometer seu manejo da espada, caso conseguisse, Mazino partiria para a retaliação final de seu oponente, poupando-o a vida no final, apesar de ser um inimigo, Urek não planejava tirar a vida daquele homem, a não ser que fosse sua única chance de sobreviver.


Agradecimentos e comentarios:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Cabo
Cabo
GM.Hisoka

Créditos : 22
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptyTer 19 Fev 2019, 05:10



Mini-Aventura

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Tumblr_mbhpicMGlP1qc3plfo1_500



Mesmo encurralado, Urek não se entregava à derrota. Talvez fosse sua intensa devoção em tornar-se um magnífico marinheiro no futuro ou simplesmente a ambição em cumprir a tarefa designada por Erik. De qualquer forma, a mente indômita não cessava nem ao menos por um segundo, poupando o abandono da própria fé numa estratégia arriscada. Isso porque sabia que, desarmado e com o gume inimigo rente ao pescoço, seria questão de milésimos até ter a garganta trucidada. Precisava usar da inteligência. Não sairia daquele cenário com um milagroso movimento célere ou algo do gênero, já que provavelmente nem o mais habilidoso duelista seria fugaz o suficiente para não ter a cabeça decepada na circunstância em que se encontrava. Urek reconhecia a importância de uma distração, mesmo que a mais chula possível. Assim, fez questão de provocar Kled, embora desta vez sem motejá-lo, mas sim instigá-lo numa espécie de provação.

– Está duvidando de mim, parça!? – Ele falou após engolir em seco, demonstrando com clareza sua hesitação em finalizar o rapaz. Kled podia ser um orgulhoso briguento, mas nem de longe era um assassino.

Seus dedos pestanejaram no cabo da espada, afastando-a levemente do pescoço de Urek. Era o espaço que o rapaz queria. Então, aproveitando do momento de hesitação, ele agarrou a katana do oponente e o impediu de forçar sua lâmina, afastando-o com um chute em sua coxa posteriormente. Sua pernas não eram muito potentes, uma vez que não era um lutador físico, porém o golpe seria suficiente para fazê-lo verter o membro inferior em dor e cessar uma provável movimentação rebote, aquiescendo-o a recuperar a espada. Após o breve instante tumultuoso, ambos voltaram a encarar um ao outro no que pareceria se tratar da retomada do duelo, quando a porta do estabelecimento mais uma vez se abriu, agora com Erik surgindo da entrada.

– Mas o que é isso!? – Ergueu a cabeça num sobressalto ao vislumbrar a cena. As íris entremeavam Urek e Kled, buscando entender o que havia acontecido desde sua saída, até finalmente cessarem no menino travesso. – Você de novo!? Não acredito que esperou eu sair para fazer confusão mais uma vez! Eu tinha falado para você parar de vir aqui, não foi!? – Contestou com uma feição enfurecida numa postura ainda não experienciada por Urek. Seus músculos faciais crispados sequer pareciam combinar com o simpático homem que ele conhecera há vinte minutos.

– Tsc! Droga! – Queixou-se Kled, imediatamente virando o corpo para que, num ímpeto, se jogasse contra a janela mais próxima, rasgando-a em destroços. Uma escolha perigosa que lhe custou uma série de escoriações pelos braços que usara como escudo, mas necessária dado o imbróglio em que tinha se metido.

– Esse moleque... Tsc. – Estalou a língua no céu da boca, negativando a cabeça em desencanto. – Está tudo bem, companheiro? – Entrou devidamente no estabelecimento, fechando a porta em sua costa. O rosto antes colérico agora denotava preocupação com Urek, tateando suavemente seu corpo em busca de ferimentos. – Peço desculpas. Nunca imaginei que ele fosse voltar. Já fazia uma semana... Pensei que ele tinha desistido depois da última vez. – Revelou que já conhecia Kled enquanto retirava o casaco molhado, colocando-o sobre a bancada em seguida, momento em que notou o desastre em sua loja. A mobília quebrada, os utensílios pelo chão, alguns deles até destruídos. – Que coisa... Não se preocupe, rapaz, sei que não foi sua culpa. Ele queria esta espada, certo? – Apontou com o mento para a arma carregada pelo menino. – Sabe... Estava pensando em lhe dar uma de segunda mão, mas pode ficar com esta mesmo. Ela é boa e vejo que empunhou ela bem. – Mostrou um sorriso brioso cujo lábio superior era coberto pelo espesso bigode grisalho.

Dicas e Instruções:
 


____________________________________________________

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 His

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Rose
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Wallerf
Membro
Membro
Wallerf

Créditos : 6
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Data de inscrição : 08/02/2019

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptyTer 19 Fev 2019, 09:33


BAM! Ouviu-se a porta abrir e um furioso homem que estava na mesma, o adversário de Urek se viu em desvantagem e bateu em retirada. Após o frenesi da batalha o rapaz sentiria em seu corpo o resultado desta luta. –“Erik, este rapaz já lhe incomodou antes?”- Perguntara o rapaz no intuito de saber quem era seu deveras habilidoso oponente –“Conte-me mais sobre sua relação com ele”.

-“Mas Erik, essa espada deve ser muito cara, tem certeza que quer passa-la para mim?"- Indagou o jovem, preocupado com o bem estar da loja de seu amigo, ainda fazendo algumas caretas e apalpando o corpo onde doía. –“Se tem certeza em me dar esta espada, eu farei dela meu bem mais precioso, e farei dela o meu primeiro degrau para escalar o mundo.”- Demonstrando agora uma grande felicidade ao encarar a lamina da espada, onde poderia se ver uma lagrima de felicidade transbordar de seus olhos e cair sobre a lâmina.

-“Erik, vou te mostrar algo que fiz a um tempo e que um dia você poderá dizer que ajudou a criar”- O jovem se referiria à sua tatuagem que cobriria toa a extensão das suas costas, bateria no peito com orgulho e diria ao ferreiro, -“Essas serão um dia as 'Asas da Liberdade', que mudarão este mundo”.

ilustração:
 

Mazino se poria em prontidão para ajudar o homem a arrumar o local, e disse que quando fosse um homem reconhecido no mundo, faria questão de voltar à Dawn Island para que o mesmo pudesse ter chegado. Todavia já estivesse liberado de seus afazeres, Mazino se oria em direção à sua casa para contar a seu pai como foi seu dia, mostrar sua nova espada e também para se despedir do mesmo pois alçaria voo em direção ao Novo Mundo.


~FEEDBACK~

Visando uma maior qualidade nas orientações, a Staff gostaria de saber a opinião do que achou do orientador em que teve a responsabilidade de narrar. É uma pergunta básica que deve ser respondida com sinceridade, ajudando bastante a qualidade de orientação dos orientadores, afinal os mesmos saberão onde estão indo bem, pecando e assim melhorando gradativamente. Então a questão é a seguinte: "O orientador demonstrou um regular/bom/ótimo trabalho? Desde a parte de tirar dúvidas, as dicas, o carisma do orientador com você (principalmente a atenção que foi dada durante a mini-aventura), o desenrolar dela e por fim se reconheceu uma maior clareza do sistema narrativo."
Opinião: Cara só tenho a elogiar sua narração, me ajudou bastante com o meu português, sem contar com minha organização textual, o que eu achei estranho mesmo foram seus horários para postar, porém isso não vem ao caso, pois cada qual tem seus horários estipulados por si próprio. Continue assim, que tenho certeza que no futuro será o melhor orientador desse fórum. Abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
GM.Hisoka
Cabo
Cabo
GM.Hisoka

Créditos : 22
Warn : [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 15/06/2017

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 EmptyTer 19 Fev 2019, 17:43



Mini-Aventura

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Original



– Infelizmente, meu caro... Ele tem me atormentado o mês inteiro. – Desabafou junto a um suspiro, expressando certa indignação. – Relação? Eu não chamaria de relação. Ele é um ladrãozinho famoso aqui na região, mas como não temos um QG na ilha, a marinha não consegue dar o devido suporte. – Comentou de tronco vergado, ocasionando numa voz abafadiça, enquanto recolhia os utensílios derrubados e os situava no devido local.

Eram muitas tralhas espalhadas pelo chão repleto de farpas e destroços do balcão destruído. Certamente havia muito trabalho pela frente, mas Erik sentia-se bastante aliviado em saber que o prejuízo fora ínfimo se comparado com o preço de muitas de suas armas que poderiam estar nas mãos do gatuno. Ele havia sido realmente bem sincero quando ofereceu a katana para Urek, já que era a sua melhor forma de retribuir o belo serviço prestado.

– Claro, claro. Você a merece, jovem! – Limpou um fio de suor que escorria pela têmpora em decorrência do cansaço. O corpo, já molhado pela bátega, agora era abafado pelo líquido salino externado na pele labuta. – Oh! Terei certeza de guardá-la em minha memória. – Mostrou um sorriso sem dentes que sucedeu o semblante banzado ao vislumbrar a tatuagem do menino.

A faxina no estabelecimento perdurou até o fim da tarde, quando as nuvens carregadas já haviam exaurido do céu, dando lugar a um sol poente alaranjado, tingindo por completo a abóbada celeste outrora umbrosa. Urek retornou para sua residência com sua mais nova aquisição em mãos, embainhada e cerrada amorosamente pelos dedos contentes. Estava ansioso para contar à Zahard os acontecimentos daquele dia tão marcante e, claro, iniciar a sua longa jornada para trazer a paz ao mundo.

~Mini-Aventura ENCERRADA~


Observações:
Muito obrigado por esta mini-aventura, Urek! Como já citei, foi de muito agrado para mim tê-lo acompanhado nesta curta jornada. Fico contente que tenha gostado do que propus a você. Espero que use o conhecimento aqui adquirido em suas aventuras pelo fórum!

Minhas últimas ressalvas a você são:

Atente sempre ao português. Embora não exijamos que nossos jogadores sejam letrados em língua portuguesa, é sempre importante que a quantidade de erros sejam encurtados ao máximo. Para isso, tente sempre fazer uma releitura de seu post após criá-lo, de modo a retificar as falhas que sempre passam desapercebidas. Eu, por exemplo, faço uma revisão de um parágrafo sempre antes de passar para o parágrafo posterior, fora a revisão geral no fim da escrita.

Se possível, procure por um template para você. Não precisa ser nada muito sofisticado. Basta ver o meu, que é bastante singelo, porém cumpre a função de ornar meu texto. Não é obrigatório, claro. Você não perderá nota em sua aventura pela construção estética de seu post, entretanto, tenha certeza que se sentirá muito melhor com ele bem ataviado ;D.

Pense bastante antes de criar seu personagem. Devo frisar que ele é fixo por, no mínimo, seis meses. Isto é, depois de criar sua ficha, caso arrependa-se, somente poderá produzir um novo em meio ano! Não estruture um personagem que dependa de uma akuma no mi para você ter felicidade em narrá-lo, por exemplo. Além disso, saiba que o crescimento aqui é lento e progressivo, então conceba um personagem interessante desde o início. Não tente criar alguém que apenas será divertido com determinados objetivos, como level, poderes ou akuma, como citei.

Por fim, nunca se acomode! A evolução é constante, meu caro. Saiba que você sempre pode melhorar, independentemente do quão bom esteja. Os melhores players do fórum compreendem muito bem esse ponto e é por isso que estão sempre no topo! Bem, boa sorte, companheiro!

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.



____________________________________________________

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 His

[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Rose
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO   [MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI UREK] MINI AVENTURA UREK MAZINO
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: