One Piece RPG
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Mao di Lut Ima
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Alek Hoje à(s) 04:24

» Evento Natalino - Amigo Secreto
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor K1NG Hoje à(s) 04:18

» [Mini] Albafica Mino
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Albafica Mino Hoje à(s) 03:42

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Dante Hoje à(s) 02:53

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 00:30

» One Piece RPG Awards 2020
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 00:00

» Vol 1 - The Soul's Desires
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 23:55

» VIII - The Unforgiven
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 23:31

» BOOH!
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:06

» [LB] O Florescer de Utopia III
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Vincent Ontem à(s) 22:56

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Revescream Ontem à(s) 22:33

» O Samurai
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor K1NG Ontem à(s) 21:30

» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:28

» Cap.1 Deuses entre nós
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Tensei Ontem à(s) 20:00

» Julian D'Capri, das Mil Espadas
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 19:55

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Adrian/Vampiro Ontem à(s) 19:28

» The One Above All - Ato 2
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 19:01

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 17:47

» Cap IX ~ Esperança ~
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 16:34

» A Ascensão da Justiça!
Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Emptypor K1NG Ontem à(s) 16:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Everybody Ye Ye Ye

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : Everybody Ye Ye Ye - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptyDom 23 Dez 2018, 04:14

Relembrando a primeira mensagem :

Everybody Ye Ye Ye

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) civis Asger e Henry Meursault. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Achiles
Sargento
Sargento


Data de inscrição : 01/09/2017

Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptySab 09 Mar 2019, 23:07




XXII– Highway to hell!



Imaginava que quando os alarmes soassem os homens teriam aparecido com maior velocidade e o que me deixava surpreso era que isso não acontecia, várias portas a frente sendo derrubadas e sequer havia visto, tinha ouvido o grito de algum, mas não tinha percebido quem fosse que estava gritando. Ao achar uma janela, era surpreendido novamente pelo tamanho dela que parecia ser maior, só que quando pulava, acabava entalado e deixando uma cena embaraçosa, com Envy tendo que empurrar a minha bunda para desentalar e cair por ela. Quando olhávamos para trás, conseguíamos ouvir os homens gritando que haviam nos encontrado, estávamos em beco com algumas saídas logo a frente, deveríamos sermos rápidos para sair daquele lugar sem que fossemos seguidos.

- Vamos pela direita, direita sempre! – Falaria em um tom alto o bastante para que os meus companheiros ouvissem e os outros não e então voltaria a correr pelo beco, procurando manter-me atento para emboscadas ou coisas que pudessem ser jogadas por cima para nós, tentando defender os meus companheiros colocando o meu corpo na frente do objeto que apresentasse a queda. Em outro caso, tentaria também me manter atento ao que estivesse a frente, tentando deixar um rastro de destruição para que os que viessem atrás tivessem maiores complicações como jogar barris para trás, mesas ou o que fosse e assim conseguíssemos uma maior distância deles.

Se notasse algum inimigo em nossa frente, usaria a mesma tática da ombrada que havia utilizado antes nos corredores, não me importando quem fosse ou com que arma estivesse, apenas tentando proteger os meus olhos com o outros braço para que não viesse a ser acertado em um ponto frágil e assim conseguisse aplicar a ombrada. Caso os meus companheiros tivessem alguma dificuldade em estar me acompanhando, seja pelo menos rastro ou inimigos, tentaria agarrá-los rapidamente e jogá-los para a frente, tentando manter eu como o alvo principal.

Das mesmas formas que antes, se viesse a ser acertado de alguma maneira, apenas tentaria esquivar o meu corpo para a área mais resistente e tentar contra-golpeá-lo com um soco ou golpe que tirasse o da minha frente ou empurrasse para que pudéssemos continuar sem grandes problemas a nossa fuga. Notaria também se os meus companheiros sabiam algum atrapalho ou caminho mais estratégico ou o que fosse que nos pouparia tempo e conseguiríamos sair daquele local despistando os nossos inimigos. Se tivéssemos a sorte para tal, me encaminharia direto para o ferreiro, esperando encontra-lo em sua forja, ou caso Envy tivesse uma ideia melhor, seguiria ela.


Objetivos:
 
Ombrada:
 
Histórico:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptyDom 10 Mar 2019, 15:54

Depois de passar pela janela eles finalmente voltavam a correr, o garoto se movia pela viela e falava, direita sempre. Nenhum dos dois parava pra pensar e apenas virava com tudo pela direção proposta, eles aos poucos iam adentrando e saindo de becos, até aparecer um pequeno guarda pela frente, vendo tal homem, ele simplesmente esbarrava no guarda, batendo de ombro no mesmo e o jogando pra longe. A corrida seguia até que finalmente depois de quase 10 minutos correndo, eles entrando e saindo de lugares, seguindo a estratégia base de Asger, eles tinham despistado cada um daqueles homens. Estava mais que feito.

Envy respirava fundo naquela hora falando. -É, parece que despistamos eles.- dizia sorridente naquela hora, como se sentisse que tinham feito um bom trabalho, e não estava errada, eles tinham mesmo feito algo bem estruturado, após despistar cada um eles voltavam ao ferreiro, era rápido e eles estavam frente ao tubarão, que naquela hora fazia a ponta de ferro de uma luva seguindo para , havia agulha e linha lá perto o que indicava que ele ia costurar. Ele levantava dali, aparentemente dando as últimas marteladas e pegando a agulha. - Voltaram até rápido, o amigo de vocês não acordou.- dizia ele começando a passar agulha de um lado para outro da luva.

O lugar tinha o cheiro do aço, dava pra sentir aquele odor metálico característico, que poderia ativar as memórias de qualquer um naquele momento. Na mesa Asger poderia ver alguns projetos, uns de armas de fogo desenhados a mão. Outros do que pareciam ser forjas extremamente complexas, armas com dispositivos que giram, travam, e que mudam pra mais que uma. No entanto sua mente ainda não podia entender como essas coisas poderiam ser projetadas, talvez no futuro, ele conseguisse melhor assimilar. -Acho que é isso, uma luva bem feita, e pronta pra entrega. Quase não consegui pensar em algo pra fazer nela, mas ficou bom.- comentava coçando o queixo.

Envy e Saulo sentavam-se no canto da sala, pareciam estar apenas descansando, ela pegava um cantil e começava a dividir o conteúdo com ele, talvez fosse água, ou poderia ser bebida alcoólica, mas era bem difícil dizer, sem se aproximar. Cabia ao tritão tomar suas decisões agora.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Everybody Ye Ye Ye - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptyDom 17 Mar 2019, 00:17




XXIII– In Times of Peace Again


Buiachaca! Grito de comemoração muito usado por nós tritões. Era o grito que comemorava a nossa vitória em despistar aqueles homens, apenas um único guarda estava em nosso caminho e foi facilmente empurrado para o lado após uma poderosa investida. A nossa volta até o ferreiro revelava que Henry não havia acordado ainda, uma coisa curiosa, o veneno deveria ser realmente potente contra os humanos ou ele era muito debilitado de saúde para estar tão enfraquecido ao ponto de sequer abrir os olhos. Era possível sentir o cheiro característico do aço daquele local, principalmente da luva que era costurada por agulha pelo ferreiro, o homem tinha uma técnica boa pelo que aparentava e observava isso quando via de seus projetos sobre a mesa, eram coisas estupendas que não imaginava serem possíveis, na verdade, sequer conseguia imaginar uma forma daquilo acontecer.

O Ferreiro havia conseguido terminar aquela luva e algo começava a me chamar a atenção sobre o mesmo, a habilidade que ele tinha, antes mesmo que descansasse da nossa fuga, falaria com ele. – Como você tinha dito mesmo que se chamava? – Retiraria o meu sobretudo, procurando algum balde com água para mergulhar o mesmo com a intensão de retirar a água de esgoto dele. – Fiquei interessado da maneira que você executa os seus serviços de ferreiro. Vi a maneira como você costurou a luva, será que teria um tempo para me ensinar mais sobre isso? – Perguntaria de forma direta, querendo saber sobre o seu tempo para o mesmo.

- Início do Aprendizado de Costura

Se ele aceitasse, focaria toda a minha atenção para tudo que o mesmo começasse a passar e me ensinar, tentaria também executar da mesma forma que ele me dizia para executar, procurando aprender com os meus futuros erros e executar isso mais para frente de maneira a gravar na memória.

- Fim

Independente do resultado, procuraria uma forma onde poderia suprir as minhas necessidades biológicas, procurando alguma coisa para comer, beber e o banheiro mais futuramente após as outras for nutridas, quando tudo isso tivesse terminado, olharia para os meus companheiros e pensaria em minha mente quanto tempo havia passado desde que saímos e qual era a hora atual, sabendo disso, começaria a calcular quanto tempo havíamos até o pôr do sol e então diria para os meus companheiros. – Com exatidão, temos até ##:## para estarmos pronto para partirmos ao porto. Devemos ficar atentos até lá, sairemos após o pôr do sol e pegaremos algum dos barcos ancorados no porto. Todos de acordo? – Diria em um tom baixo para apenas os dois ouvirem e talvez o ferreiro. Com isso em mente, voltaria para os itens dentro da minha mochila, primeiramente vasculhando os lingotes de ferro e analisando bem todo os seus componentes, tentando ver se encontrava falhas no produto, se encontrasse, iria até o ferreiro e perguntaria para umha voz mais experiente. – Diga-me, você conhece tal defeito? – E mostraria para o tritão.

A partir dali, esperaria ver o que os fatos desenrolariam, mantendo a minha guarda alta para qualquer ataque surpresa, sempre focando em realizar a mesma tática de me esquivar para defender com uma parte mais resistente do corpo e contra-atacar em um golpe direto em seu peito. Em relação ao ferreiro, procuraria saber mais sobre a sua análise, havia um certo conhecimento em analisar os materiais daquela forma, mas talvez o experiente homem saberia melhor sobre mim e também saberia me informar quais eram melhores do que aquele e onde poderia encontrar, por isso, ao fim da mesma, perguntaria. – Você sabe onde encontrarei melhores materiais que esse? – E esperaria de sua resposta.


Objetivos:
 

Histórico:
 



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptyTer 19 Mar 2019, 19:14

O ferreiro dava um leve sorriso quando escutava a pergunta do baiacu, ele então respondia sem demoras. -Gorbek, e posso te ensinar o que quer.- falva ele preparando as coisas e concluindo as botas, ele passava algumas horas explicando aquilo a o garoto, mais ou menos 2 horas de teoria e mais duas na prática. No fim de tudo o tritão demorava algum tempo e caminhava para o banheiro, fazendo o que precisava fazer.

Depois de tudo calculava o tempo, ele sabia que tinha passado 4 horas e faltavam mais de 8 horas até o tempo planejado, e então ele dizia exatamente as horas minutos e segundo que faltavam, e assim os dois assentiram com a cabeça. Depois disso ele analisava todo o material de forja de Godo enquanto ele ficava martelava uma espada que a pouco tinha saído da fornalha, ele afinava as laterais para que pudessem se tornar moldadas em lâminas.

O garoto ia uma por uma e por exatos 40 minutos ele esperava até encontrar finalmente uma que tinha um leve desbalanceamento de peso quando ele segurava, e notava que era um problema, assim ele indagava o ferreiro que explicava. -Não havia visto anteriormente, peso desbalanceado, bem tem sim como consertar eu só preciso melhorar a estabilidade dela.- ele então explicava o metodo de concerto e demonstrava naquela arma tomando ali mais 40 minutos.

Então observando tudo ali, finalmente ele questionava sobre os melhores materiais e então o ferreiro se dispunha a falar sobre. -Melhor que isso você diz? Sim, existe e muito, o melhor lugar é a Grand Line, lá você pode ter ligas metálicas muito melhores. Inclusive conseguir damasco, lá sim tem os verdadeiros materiais, mas o material não é o mais importante da forja.- naquele momento o ferreiro pegava a ultima espada que tinha confeccionado, e entregava a Asger.

Ele dava um sorrisão quando entregava tal arma pra ele e ficava observando o momento, se o tritão analisasse ia perceber que ela era mais leve, mas ao mesmo tempo muito mais robusta, parecia mais grossa, mas com melhor capacidade de corte. Era uma arma mais poderosa que qualquer uma que ele tinha visto ali. -Isso é Engenharia, isso faz a arma se tornar mais forte balanceada. Mas tem outra coisa que quero te mostrar.- Ele pegava ali uma de suas norvas criações e começava a montar ela na frente de Achiles então mostrando

Uma arma de fogo, um revolver bem bonito com cano duplo e então ele explicava sobre tal. -Complexo não é? Isso é Mecanica, eu montei, concertei a arma, e deixei ela pronta. Você é um ferreiro deve compreender.- falava ele dando um sorriso de canto, ele tinha mostrado duas coisas pra o jovem garoto, que poderiam resultar em grandes mudanças na forma como ele forja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Everybody Ye Ye Ye - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptyTer 19 Mar 2019, 23:29




XXIV – Time To Say Good Bye!


Era incrível como que o ferreiro trabalhava, a sua experiência naqueles tipos de armas mostrava o quão habilidoso e o quanto de conhecimento que ele tinha, conseguindo manejar e moldar o aço da maneira que desejava, era uma habilidade que parecia apenas evoluir conforme a prática, adquirindo novos meios de trabalhar e cada vez melhores. O homem havia vindo da Grande Line o que tocava a minha memória e era claro que o meu material do qual planejava usar futuramente não era tão bom quanto que podia ser encontrado nas ilhas após a Montanha Vermelha.

Estava satisfeito com o resultado daquele treinamento que durou por volta de quatro horas, meus companheiros aceitavam esperar mais oito horas até que pudéssemos ir atrás de um barco e sair daquela olha, estávamos fazendo hora extra ali, tínhamos que sair ainda hoje de qualquer maneira e até um bote nos ajudaria, para que depois disso, nem que fossemos nadando até a próxima ilha. O ferreiro estava disposto a me ensinar o quanto quisesse e por isso após moldar uma nova espada, me mostrava o trabalho dele onde começa a analisar. Era uma arma perfeita para os padrões de uma espada, era fácil de conseguir maneja-la pelo seu peso e seu corte parecia mais afiado que mil navalhas coladas. – Fico abismado o quão habilidoso é. Mostra que a força de um tritão não está apenas em suas mãos, também está em sua cabeça. Gorbek, fico feliz de ter te conhecido e se não for pedir muito, peço para que me ensine também sobre mecânica. – E esperaria a sua resposta

- Começo do Aprendizado de Engenharia

Me focaria em todos os ensinamentos que ele começasse a passar, me atentando a todos os detalhes possíveis de serem observados, a maneira como que ele mexia a sua mão e também o ângulo que era deixado o metal, qual temperatura estava a fornalha e quaisquer outros tipos de detalhes que fossem perceptíveis pelos meus olhos. Em qualquer sinal de dúvida sobre o que estava sendo executado, perguntaria. Não deixaria nenhum resquício de dúvida faltando e mesmo que não entendesse na primeira vez, perguntaria novamente, torcendo para que ele tivesse paciência o suficiente para me ensinar.

- Fim

Ao fim do ensinamento, agradeceria Godo novamente, o seu conhecimento e o compartilhamento dele era algo que me deixava bem alegre, ter pessoas como ele da nossa raça era algo incrível e que me enchia de emoções, a força dos tritões de nos mantermos unidos deveria aumentar cada vez mais, um ajudando o outro, sempre segurando a mão do seu familiar e amigo para que possamos estar no topo da cadeia alimentar. Olharia para os meus companheiros e analisaria o tempo restante até nos movimentarmos, se houvesse algum, aproveitaria dele para reabastecer as nossas forças, tomando por alimento os suprimentos que havíamos adquiridos antes e compartilhando com meus companheiros. – Devemos partir logo daqui. Assim que terminarem, formaremos o plano.

Após nós alimentarmos, reuniria a todos, perguntaria a Godo primeiramente. – Você tem um mapa da cidade? – E torceria para que sim, pois tornaria tudo mais fácil. Independente, começaria a lembrar ou observar as rotas para o porto e como poderíamos chegar lá sem sermos vistos e usarmos rotas muito visadas e fáceis de emboscadas. Como tinha passado um bom tempo naquela ilha, sabia de diversos locais dali e isso poderia nos auxiliar. Formando uma ou duas rotas plausíveis em minha cabeça, demonstraria no papel, mostrando e comentando sobre. – Acho que devemos ir por ali e depois virarmos aqui. Teremos mais segurança e velocidade. – E caso tal papel não houvesse, me comunicaria verbalmente através de descrições dos locais. – Aquele local tem aquele negócio, sabe? Devemos ir por ali e terá uma rua a esquerda/direita que nos levará mais facilmente até o porto. – E torceria para que também tivesse um conhecimento geográfico dessa maneira para que possamos entender cada um.

Aceitaria de bom grado as sugestões que viesse, intermediando-as e procurando a melhor solução para cada uma. – Olha. Acho que dessa forma ficaria melhor. O que acha? – Sempre pedindo as opiniões dos meus colegas e transmitindo para cada um esse desejo de tomarmos uma decisão em conjunto, democraticamente. Com o fim dessa parte de plano, ajeitaria todas as minhas coisas para partir, colocando o meu sobretudo sobre o meu corpo e me despedindo de Gorbek. – Novamente agradeço por tudo, pela hospedaria e pelo conhecimento. Talvez possamos nos encontrar novamente no futuro. – Estenderia a mão para um aperto e então partiria junto com os meus colegas. – Antes que eu me esqueça. Se Henry acordar, diga que ele me decepcionou. – E por fim, sairia do estabelecimento, começando a seguir para a primeira rua que tínhamos planejado.

Teria bastante atenção para tudo o que estaria a acontecer ao meu redor, procurando manter o capuz do meu sobretudo escondendo boa parte do meu rosto e andar rapidamente em passos largos para as ruas que havíamos planejado, tomaria cuidado para não ser emboscado tentando não ficar em um lugar por muito tempo, mas também se percebesse uma movimentação de pessoas se fechando a minha frente como em um beco, correria em sua direção em uma enorme investida para que não acabasse encurralado independente de serem apenas cidadãos ou não, não poderia correr riscos. Em caso de termos que lutar, tomaria a linha de frente, assumiria uma postura de um pé para frente e o outro para trás parecida com a que utilizam em lutas do boxe e esperaria que viessem atacar. Para começar, ignoraria o ataque vindo do meu inimigo, independente da forma que fosse executado para tentar contra-atacar ao mesmo instante, esperava que a minha resistência fosse absorver todo o impacto do golpe e assim causaria um dano a mais no meu inimigo, o golpe seria um soco de punho fechado na direção do seu plexo solar, era um golpe atordoante que retiraria o ar dos pulmões se bem executado e era isso que esperava, independente do acerto, tentaria continuar com uma cotovelada em direção ao seu tórax para tentar segurar o seu rosto e trazer o meu joelho na altura do mesmo. Tentaria continuar com sequências de golpes simples em direções ao tórax e rosto dos meus inimigos, não me preocupando em me defender deles, estava sendo descuidado, mas queria mostrar o temor de estarem enfrentando um tritão. – A noite está começando, mas o apocalipse chegou para acabar com vocês! – Gritaria e riria, zombando dos meus inimigos.

A noite estaria linda se não houvesse emboscadas, por isso, se chegássemos ao porto sem maiores problemas procuraria por um lugar para olhar as embarcações e me esconder de possíveis olhares, fosse em cima de algum prédio, atrás de um muro ou até mesmo em uma árvore com arbustos grandes. Procuraria por uma escuna ou navio parecido, tentaria achar um vulnerável que não houvessem muitos guardas, estivesse inteiro e que não estaria próximo muito dos outros para que fosse possível realizar manobras de esquivas para a fuga. – O que vocês acham? – E esperaria a opinião deles.



Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptyQui 21 Mar 2019, 21:16

Asger naquela hora observava o que Godo tinha para ensinar, ele repassava os detalhes e depois acabava pedindo para que ele lhe explicasse mais. O tritão. Se passavam duas horas e tudo que era pra ser aprendido ia sendo repassado, detalhe por detalhe. E depois mais duas horas de pratica. Eles estudavam os projetos e plantas, modelos de armas produzidos, formas de deixar elas mais poderosas e desse modo, tudo ia se encaixando. As produções de Asger davam certo no final e ele finalmente tinha aprendido o que precisava pra executar aquela perícia. -É isso garoto, Engenharia é algo que você vai ter de treinar e vai evoluir com o tempo.- ele olhava a hora depois de terminar tudo, agradecia as aulas e pegava alguma coisa pra comer, faltavam agora duas horas e nesse tempo eles preparavan-se e comiam.

No fim de tudo ele pedia um mapa da cidade, algo que eles não tinham exatamente, mas eles possuíam um pequeno pedaço que podia ser util. -Bom, tem um pequeno pedaço que eu desenhei- talvez o que ele esperasse nessa hora era que fosse talvez um desenho zoado não? Ou quem sabe qualquer coisas problemática certo? Mas não estranhamente ela tinha desenhado um mapa conciso Sim, essa é minha paródia de alguém que tem a perícia geografia, mas não arte ou algo assim, era bem feito e com ele o rapaz ia observando as entradas e rotas e aos poucos ia traçando uma estrategia que ele colocava a cada um deles. No eles concordavam apenas acrescentando informação. -O porto deve estar sendo vigiado, lá é o local mais complicado, provavelmente não saíremos da ilha sem problemas com a marinha, então vamos prontos pra uma luta.- todos se organizavam e partiam.

Asger tinha um trabalho extra ali e naquele momento era algo particularmente importante, que era o de ter precauções de combate, porém estranhamente até chegarem no porto estava tudo normal, mas assim que chegavam de longe eles avistaram uma série com 10 marinheiros na frente de um barco, e ainda ali do lado uma criatura vermelha, segurando duas adagas nas mãos ele desafiava o que estava na sua frente aparentemente os homens marchavam em direção a ele. Que dizia algumas palavras que não dava pra ouvir.

Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Azazel_(Titan)

O tritão preparava-se para lutar no meio daqueles inimigos, ele parecia estar ali pra matar ou morrer. Do lado dos marinheiros as vozes então falavam. -PEGUEM AQUELE HOMEM.- Aparentemente ele era sim o alvo ali, e o que Asger teria de fazer naquela situação, seria difícil contornar, ele ainda estava longe, demoraria 2 minutos na sua maior velocidade pra chegar lá, e ele sabia o tempo exato que demoraria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Everybody Ye Ye Ye - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptySab 23 Mar 2019, 09:17




XXV – Memories!


Os ensinamentos de Godo eram mais uma vez excepcionais, ele tinha o conhecimento e habilidade necessários para ensinar, mostrando também a atitude de estar disposto sempre para sanar as minhas dúvidas, o tempo passado e toda o ensinamento era aprendido. Minha fome também era sanada com alguns alimentos e voltávamos ao foco principal do grupo, a fuga daquela ilha. Eles não tinham um mapa, bem, Envy me surpreendia com um pedaço de um e mostrava me surpreender mais uma vez, pois seu desenho, desta vez, não havia saído um garrancho e estava fácil de entender, estando bem detalhado, era algo que gostava de ver. Não demorava muito até que tínhamos uma estratégia confirmada, por onde deveríamos passar e de que forma, tudo o que precisávamos conhecer para chegarmos ao porto o mais rápido e oculto possível. A sirena deixava claro que deveríamos ir prontos para uma luta, o porto era bem vigiado, também tinha conhecimento disso. Estava feliz por ter que bater em humanos novamente, mas meio receoso por eles terem números grandes e ainda não estarmos com um grupo muito grande.

O nosso caminho até o porto era tranquilo e a nossa chegada era marcada por um tritão vermelho e vários outros marinheiros, era uma cena de batalha que estava prestes a começar, não conseguíamos ouvir o que ele estava dizendo, mas com toda certeza, não estava agradando os ouvidos dos humanos, pois assim que ele terminava, algum deles gritava para pegarem aquele homem. A nossa distância era um tanto grande, demoraria dois minutos até chegar até lá calculando corretamente o tempo e começaria a me movimentar, não deixaria nenhum marinheiro ou humano agredir a minha raça, éramos tritões e tínhamos que nos unir, além que a aparência do tritão de vermelho parecia ser muito chamativa e inspirava confiança que sabia o que estava fazendo, aquelas duas adagas mostraria se ele era realmente habilidoso ou um fracasso por completo.

Começava a passar em minha cabeça os momentos dentro daquela cena, quando  conheci o cego que era bem engraçado com suas piadas e Henry, a primeira vez que olhamos para Envy e não reconhecemos que ela era uma tritã, a maneira que ela falou conosco para conseguirmos escapar, a desconfiança em volta dela e depois nós tendo uma leve briga e ela me mostrando o seu choque junto ao seu irmão, o Mermaid Combat deles. Também me lembro de nós atropelando os primeiros guardas e depois encontrando com os mais poderosos, a maneira que aquele homem de boina vermelha lutava e sacrificando o próprio braço para tentar ganhar aquela luta e depois o mascarado levando-o para tras. “Não está pronto ainda”. Lembrava-me de suas falas. A semana estava bem agitada e sentia o prazer que era estar me movendo toda hora, novamente prestes a entrar em alto mar, me lembrava dos meus antigos companheiros que morreram em meu comando e tinha certeza que agora seria diferente, a minha sabedoria deveria prevalecer, por isso, começaria a me colocar para correr, olharia para os meus companheiros através do meu ombro e também gritaria para eles. – Achamos nossa rota de fuga! Ajudem o vermelho! – E torceria para que ouvissem o meu comando


To be Continued


Objetivos:
 

Histórico:
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
avatar


Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 EmptySex 29 Mar 2019, 17:53

@Avaliador de Aventuras escreveu:
Avaliação Achilles


Perdas:


  • B$ 1.000.000 - ALTERADO - para B$ 1.075.000 (itens de forja = 100k [tirando a bigorna], lingotes = 200k, sobretudo + mochila = 120k, remédios = 650k).


Ganhos:


  • Martelo - OK
  • Bigorna - NEGADO - Não por ter feito uma compra errada, mas vai carregar a bigorna na mochila?? Tenha coerência de comprar e mandar instalarem num navio. Bigorna não é de cartoon que você bota no bolso. (valor da compra já abatido das perdas)
  • Morsa - OK
  • Lixa - OK
  • Par de luvas de couro - OK
  • 4 lingotes de ferro - OK
  • Sobretudo qualidade baixa - OK
  • Mochila grande - OK
  • Perícia: Costura - OK
  • Perícia: Engenharia - OK

Relação de personagens:
● Ela faz

Exp: 9
EdC: 9

Localização: Las Camp - Wast Blue

Quantidade de posts do(s) Narrador(es):
Jinne = 1 crédito
Mephisto = 1 crédito
Feedback Narrador:
 
Feedback Narrado:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: Everybody Ye Ye Ye   Everybody Ye Ye Ye - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Everybody Ye Ye Ye
Voltar ao Topo 
Página 6 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: