One Piece RPG
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Ficha] Hakuho
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Van Hoje à(s) 13:42

» [Mini - Lind] Testando novas águas
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 13:37

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 13:02

» [Mini Shelvinho] O Início da Lenda
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Khrono Hoje à(s) 12:44

» [Ficha] Song Jun Wang
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Visastre Hoje à(s) 0:53

» [Mini - Inim] O errante
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 20:19

» Anitha Degar
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Degar Ontem à(s) 19:34

» [Ficha] Boney Pepino
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 14:44

» Alipheese Fateburn
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 13:46

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Blum Ontem à(s) 13:25

» Ficha~Pierce~
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Pierce Ontem à(s) 9:58

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 2:20

» [Ficha] Violet
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Nana. Dom 21 Jul 2019 - 22:17

» [Mini-SWGSwordWarrior]O Começo
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor Khrono Dom 21 Jul 2019 - 21:56

» [MINI - Gust ] O Início do fim
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019 - 21:00

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019 - 20:54

» Maya Snow
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Emptypor ADM.Hoyu Dom 21 Jul 2019 - 20:14



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras

Ir em baixo 
AutorMensagem
LushuMine
Membro
Membro
LushuMine

Créditos : Zero
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Data de inscrição : 21/12/2018

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptySex 21 Dez 2018 - 23:26

Nome: Noah Lacroix
Idade: 25
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: 1,97 (Normal)
Estilo de Combate: Gatuno
Localização: Shells Town - East Blue
Grupo: Civil
Vantagens: Voz Encantadora
Desvantagens: Insano (Mentiroso)


Última edição por LushuMine em Sab 22 Dez 2018 - 12:33, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptySab 22 Dez 2018 - 12:04

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

VANTAGENS E DESVANTAGENS:
 

____________________________________________________

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Unknown[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Imagem4[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LushuMine
Membro
Membro
LushuMine

Créditos : Zero
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Data de inscrição : 21/12/2018

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptyDom 23 Dez 2018 - 14:16

Os sentimentos que transpassavam o corpo de Noah ao retornar à sua terra natal, Shells Town, não fazia jus algum à realidade que vivera cá outrora. A saudade era, contraditoriamente, uma terrível saudade de ter saudades do que estaria ali, mas não existe mais. O jovem perdeu com o tempo as lembranças de sua família e infância: o rosto dos pais transformaram-se em sombras amorfas, suas vozes perderam-se no limbo do inconsciente, e o amor uma vez sentido já não encontrava-se mais em seu coração. As únicas memórias que atingiam sua mente eram trechos embaçados da guerra civil, gritos de agonia e o terrível sentimento de medo que ali vivenciara. Porém, mesmo estes sentimentos mais vívidos, não encontravam par com a nova cidade reerguida.

"Aqui é... hmm... diferente do que lembrava e do que esperava lembrar."

A cidade havia mudado completamente. Talvez não fosse ali o lugar certo a voltar em busca de respostas sobre o que realmente aconteceu naquele fatídico dia em que perdeu seus pais durante a fuga e invasão coordenadas dos piratas. Talvez seu destino não fosse vingar-se pela série de percas que ocorrera em sua vida. Talvez seu fado fosse ter fado algum. Contudo, Noah havia recentemente libertado-se da vida de escravo a qual os piratas que o sequestraram há anos atrás impuseram-no e Shells Town parecia o ponto inicial ideal para recomeçar a sua vida.

"Por onde começo? Essa tal de liberdade deveria ter um manual para seguir, tsc."

- RROOOOOONK! - Um trovejante som é emitido do estômago de Noah, como se ali fosse o habitat de um poderoso e faminto animal selvagem. Certamente algum restaurante ou feira seriam o lugar ideal para começar sua nova aventura, assim Noah parte em busca de algum lugar que pudesse encher o bucho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptyQua 26 Dez 2018 - 16:20

~Post NEGADO~

* Olá LushuMine! Feliz Natal! Eu irei te orientar durante a mini-aventura, qualquer dúvida que tiver, pode me enviar MP ou chamar pelo discord: Fanalis B. Ria#8212. Mas agora vamos ao post.

Achei interessante seu texto, é sempre legal fazer um resumo da história no primeiro post, mas estou negando ele por dois motivos, o primeiro, que pode ser facilmente concertado, é o GOD mode, o segundo e mais importante é a falta de ações, suas ações foram sentir fome e ir atrás de comida, ou seja, quase nada, o que invalida a possibilidade de um narrador fazer alguma coisa interessante baseada em seu post.

Falando primeiro do GOD mode, isso é quando você cria algo ou fala que aconteceu uma coisa que seu narrador não disse que aconteceu, sem que seja através de uma tentativa, por isso, use sempre de possibilidades e de verbos conjugados no futuro do pretérito (VERBO+IA. EX: andaria, comeria, correria, iria, etc.) você cometeu no seu único paragrafo que continha ações, ou seja, no último:

“- RROOOOOONK! - Um trovejante som é emitido do estômago de Noah, como se ali fosse o habitat de um poderoso e faminto animal selvagem. Certamente algum restaurante ou feira seriam o lugar ideal para começar sua nova aventura, assim Noah parte em busca de algum lugar que pudesse encher o bucho.”

Para que ficasse correto, ele poderia ser escrito da seguinte forma:

“- RROOOOOONK! - Um trovejante som SERIA emitido do estômago de Noah, como se ali fosse o habitat de um poderoso e faminto animal selvagem. Certamente algum restaurante ou feira seriam o lugar ideal para começar sua nova aventura, assim Noah PARTIRIA em busca de algum lugar que pudesse encher o bucho.”

Assim, o GOD mode seria solucionado ao usar “seria” e “partiria”, de forma que os verbos se classifiquem como tentativas de ações e não ações executadas, levando em cona que antes de seu estomago começar a roncar ou de você partir, algo poderia impedir que isso ocorresse, como um raio caindo do céu e te matando por ex (péssimo exemplo hsauhsuahsuh).

O outro problema, como eu disse antes, foi a falta de ações, você vai ir para algum lugar onde tenha comida, mas primeiro, como vai fazer para achar esse lugar? Vai sair correndo por ai igual um maluco? Vai perguntar para as pessoas civilizadamente? O que vai dizer se for perguntar? E quando encontrar o lugar? Vai tentar botar fogo nele? Como? Vai entrar e pedir comida? Para quem? Um cliente? Uma possível garçonete? Quem aparecesse o dono? O que diria? E quando te dessem a comida? Jogaria ela no chão? Cuspiria nela? Comeria até ficar satisfeito? E depois?

Existem infinitas ações e infinitas possibilidades que podem ser tomadas e não cabe ao seu narrador ficar controlando seu personagem para que ele faça alguma coisa, você é quem deve ir lá e tentar fazer tudo, sempre fazendo casos para se algo não ocorresse como você quer, ou seja, quanto mais possibilidades e detalhes melhor. Coloque tons de fala, posicionamentos, tons de fala, expressões faciais, pensamentos, jeitos de andar, quanto mais detalhes você colocar no seu texto, melhor.

Vou passar esse tutorial para narração e alguns posts, quero que você os leia para se inspirar no próximo.

https://www.onepiecerpg.com/t12170-uma-boa-narracao

POST 1:
 

POST 2:
 

POST 3:
 

A última coisa que tenho para dizer, é com relação à estrutura de seu texto, vi que usou o justify, o que é muito bom, mas quero que use também o blockquote para diminuir o comprimento das linhas, algo que melhora o post esteticamente, deixando a leitura menos cansativa na hora de ir de uma linha para outra.

Código:
<blockquote>[justify]INSIRA SEU TEXTO AQUI[/justify]</blockquote>

Vlws e no aguardo.
*

____________________________________________________

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Unknown[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Imagem4[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LushuMine
Membro
Membro
LushuMine

Créditos : Zero
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Data de inscrição : 21/12/2018

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptyQua 26 Dez 2018 - 17:45


Os sentimentos que transpassavam o corpo de Noah ao retornar à sua terra natal, Shells Town, não fazia jus algum à realidade que vivera cá outrora. A saudade era, contraditoriamente, uma terrível saudade de ter saudades do que estaria ali, mas não existe mais. O jovem perdeu com o tempo as lembranças de sua família e infância: o rosto dos pais transformaram-se em sombras amorfas, suas vozes perderam-se no limbo do inconsciente, e o amor uma vez sentido já não encontrava-se mais em seu coração. As únicas memórias que atingiam sua mente eram trechos embaçados da guerra civil, gritos de agonia e o terrível sentimento de medo que ali vivenciara. Porém, mesmo estes sentimentos mais vívidos, não encontravam par com a nova cidade reerguida.

"Aqui é... hmm... diferente do que lembrava e do que esperava lembrar."

A cidade havia mudado completamente. Talvez não fosse ali o lugar certo a voltar em busca de respostas sobre o que realmente aconteceu naquele fatídico dia em que perdeu seus pais durante a fuga e invasão coordenadas dos piratas. Talvez seu destino não fosse vingar-se pela série de percas que ocorrera em sua vida. Talvez seu fado fosse ter fado algum. Contudo, Noah havia recentemente libertado-se da vida de escravo a qual os piratas que o sequestraram há anos atrás impuseram-no e Shells Town parecia o ponto inicial ideal para recomeçar a sua vida.

"Por onde começo? Essa tal de liberdade deveria ter um manual para seguir, tsc."

- RROOOOOONK! - Um trovejante som seria emitido do estômago de Noah, como se ali fosse o habitat de um poderoso e faminto animal selvagem. Certamente algum restaurante ou feira seriam o lugar ideal para começar sua nova aventura, assim Noah parte em busca de algum lugar que pudesse encher o bucho.

A fome não seria, contudo, suficientemente voraz para que este saísse perguntando a todos ou correndo em busca de comida, aquele era, no fim, um momento de reencontro. Seus passos coordenados e firmes, como se algo fosse arrancá-lo do solo aos ares a qualquer momento, desbravariam a cidade até que encontrassem alguma taberna, inicialmente partindo em direção ao sul da ilha. Seus olhos, ao contrário dos passos, estariam perdidos entre estruturas, ruas, animais, civis, marinheiros, caçadores, piratas, na tentativa de - além de identificar alguma taberna e (re)conhecer a cidade - resgatar alguma memória. Sua expressão não demonstraria qualquer confusão de sentimentos ou que estaria temporariamente perdido: seu dom, ou vicio, em mentiras não era só transmitido em palavras alguma vezes - Noah preferia, naquele caso, não chamar qualquer atenção para si.

Caso encontrasse alguma taberna o jovem iria adentrá-la e procurar alguma mesa vaga e, caso não a encontrasse, o balcão não seria problema. Pediria no bar, antes de tudo, algum drink para abrir-lhe ainda mais o apetite. O que Noah visava era, antes de distrair-se parcialmente com sua comida, entender as relações que aconteciam naquele espaço (algum bando de pirata fanfarrão/manda-chuva, se haviam pessoas com comportamento diferente, se haviam pessoas que se destacavam, se haviam locais/civis idosos, qual era o público do local, quem eram os funcionários e o dono e, obviamente, se ele deveria efetuar o pedido no bar ou se tinha que esperar por alguma garçonete - o jovem não  era muito de perguntas). Noah mantinha-se focado em seu objetivo: quaisquer assuntos e boatos que se remetessem àquele dia da destruição do QG ou qualquer civil (provavelmente com mais idade) que puderiam saber sobre o incidente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptyQui 27 Dez 2018 - 12:11

~Post NEGADO~

*Oi! Tudo bem, LushuMine? Eu quase aprovei seu post, mas você mais uma vez cometeu alguns GOD modes, além de que ainda não colocou uma quantia adequada de ações e possibilidades para que quem te narre possa trabalhar, então vou comentar sobre esses problemas a seguir, começando pelos GOD modes.

1- “assim Noah parte em busca de algum lugar que pudesse encher o bucho.”

2- “Noah mantinha-se focado em seu objetivo:”

3- “Pediria no bar, antes de tudo, algum drink para abrir-lhe ainda mais o apetite.”


4- “quaisquer assuntos e boatos que se remetessem àquele dia da destruição do QG ou qualquer civil (provavelmente com mais idade) que puderiam saber sobre o incidente.”

Em 1, eu já tinha falado, mas você colocou “parte” de novo, o que é um GOD mode, como explicado anteriormente, já que deveria estar no futuro do pretérito “partiria”, de modo que possa ou não ocorrer.

No trecho 2, o “mantinha-se” deveria ser “manter-se-ia”, pelo mesmo caso, você não pode afirmar que nada aconteceu, devem ser sempre TENTATIVAS para que depois o narrador diga se ocorreram ou não.

Já no 3, não foi um GOD mode, mas você pediu por algo, a questão aqui é que você não disse como você faria esse pedido, se apontaria para alguma bebida qualquer ou diria algo... Quando você vai falar alguma coisa, deve escrever exatamente a fala, dando um destaque colorido igual os pensamentos em 100% dos casos, não é para quem ler, adivinhar o que você quer dizer, quem for ler, deve ler exatamente sua fala.

Por fim, em 4, você fala sobre uma destruição do QG e sobre escutar disso, ou seja, uma ação bastante improvável que ocorra, fora que você não colocou nenhuma possibilidade para se isso não ocorresse ou algum jeito de despertar o assunto, imagine você na realidade, indo em um bar e tentando escutar sobre o atentado terrorista das torres gêmeas... As chances disso ocorrer são quase zero, sem falar que essa destruição você tirou do nada, não falou sobre isso no resumo da história de seu personagem, nem nada disso, o que deixaria o narrador meio que sem saber o que fazer.

Agora sobre suas ações, desconsiderando os erros mencionados até então, o que você fez foi andar até achar uma taverna, entrar e pedir uma bebida, então ficar tentando escutar uma informação. Percebe que isso é pouco? Não dá para ter um avanço legal na história, sem dizer que está tudo muito linear, você não colocou nenhuma possibilidade, por exemplo, o que faria se não encontrasse nenhuma taverna aberta? Qual bebida você pediria? E se não tivesse essa bebida? Se ninguém estivesse falando de destruição no QG, o que você faria?

Sem conteúdo no seu post, se torna extremamente difícil para quem for te narrar, a pessoa vai acabar te carregando na história, aí você vai ganhar uma nota ruim e vai acabar sendo um NPC de uma história onde os NPCs viram os protagonistas. Mas, você está no caminho certo, estamos aqui para aprender, tenho certeza de que o próximo será aprovado para que terminemos a mini e você possa se aventurar. Vlws e no aguardo.*

____________________________________________________

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Unknown[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Imagem4[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LushuMine
Membro
Membro
LushuMine

Créditos : Zero
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Data de inscrição : 21/12/2018

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptyQui 27 Dez 2018 - 16:02


Os sentimentos que transpassavam o corpo de Noah ao retornar à sua terra natal, Shells Town, não fazia jus algum à realidade que vivera cá outrora. A saudade era, contraditoriamente, uma terrível saudade de ter saudades do que estaria ali, mas não existe mais. O jovem perdeu com o tempo as lembranças de sua família e infância: o rosto dos pais transformaram-se em sombras amorfas, suas vozes perderam-se no limbo do inconsciente, e o amor uma vez sentido já não encontrava-se mais em seu coração. As únicas memórias que atingiam sua mente eram trechos embaçados da guerra civil, gritos de agonia e o terrível sentimento de medo que ali vivenciara. Porém, mesmo estes sentimentos mais vívidos, não encontravam par com a nova cidade reerguida.

"Aqui é... hmm... diferente do que lembrava e do que esperava lembrar."

A cidade havia mudado completamente. Talvez não fosse ali o lugar certo a voltar em busca de respostas sobre o que realmente aconteceu naquele fatídico dia em que perdeu seus pais durante a fuga e invasão coordenadas dos piratas. Talvez seu destino não fosse vingar-se pela série de percas que ocorrera em sua vida. Talvez seu fado fosse ter fado algum. Contudo, Noah havia recentemente libertado-se da vida de escravo a qual os piratas que o sequestraram há anos atrás impuseram-no e Shells Town parecia o ponto inicial ideal para recomeçar a sua vida.

"Por onde começo? Essa tal de liberdade deveria ter um manual para seguir, tsc."

- RROOOOOONK! - Um trovejante som seria emitido do estômago de Noah, como se ali fosse o habitat de um poderoso e faminto animal selvagem. Certamente algum restaurante ou feira seriam o lugar ideal para começar sua nova aventura, assim Noah partiria em busca de algum lugar que poderia encher o bucho.

A fome não seria, contudo, suficientemente voraz para que este saísse perguntando a todos ou correndo em busca de comida, aquele era, no fim, um momento de reencontro. Seus passos coordenados e firmes, como se algo fosse arrancá-lo do solo aos ares a qualquer momento, desbravariam a cidade até que encontrassem alguma taverna, inicialmente partindo em direção ao sul da ilha. Seus olhos, ao contrário dos passos, estariam perdidos entre estruturas, ruas, animais, civis, marinheiros, caçadores, piratas, na tentativa de - além de identificar alguma taverna e (re)conhecer a cidade - resgatar alguma memória. Sua expressão não demonstraria qualquer confusão de sentimentos ou que estaria temporariamente perdido: seu dom, ou vicio, em mentiras não era só transmitido em palavras alguma vezes - Noah preferia, naquele caso, não chamar qualquer atenção para si.

As cegas, por sorte ou destino, Noah estaria se destinando ao Grand Drinqs, uma taverna conhecida por ser um local onde muitos rumores podem ser ouvidos e qualquer pessoa pode ser encontrada. Caso a encontrasse aberta, o jovem iria adentrá-la e procuraria alguma mesa vaga e, caso não encontrasse, o balcão não seria problema. Se por algum motivo aquela famosa e popular taverna não estivesse aberta, o jovem abordaria o civil mais próximo, ou o primeiro que conseguisse encontrar, para pedir-lhe informações.

- Bonjour, Mademoiselle/Monseiur - Sequer ele mesmo saberia o motivo do sotaque barato que teria empregado na abordagem, os impulsos para criar histórias e narrações alegóricas e fantásticas eram mais fortes - Porr acasó saberría o motivô pelo qüal estê estabelecimentó está de porrtas fechadás? - Noah não admitiria que seu pobre sotaque francês não seria dos melhor, contudo confiaria em sua voz encantadora para talvez passar a mensagem que queria - Saberriá aondé poderría encontrrá outrró estabelecimentó qüe poderría comé algô? - Caso não conseguisse sucesso em sua primeira tentativa, tentaria outras 4 vezes até concluir que alguma coisa estaria errada, assim continuaria andando em sua tour pela cidade em estado de alerta, prestando atenção na movimentação da marinha e dos hábitos dos civis (caso algum estivesse na rua ou com sinais de vida em suas casas). Cedo ou tarde, Noah iria se deparar com o Lar das Queixas: Taverna & Hospedagem, e, caso este também estivesse fechado, sua primeira atitude seria idêntica a tomada na taverna anterior. Se, mesmo assim, Noah não obtivesse sucesso o mesmo bateria na porta de forma incessável - se, mesmo assim, seus esforços não fossem suficientes, este sairia batendo nas portas dos civis. Algo estaria muito errado ali e o mesmo precisaria de mais informações para agir.

Contudo, caso conseguissem entrar em alguma das tavernas, Noah se direcionaria ao bar e pediria algum drink para abrir-lhe ainda mais o apetite.

- Me vê uma dosê de rrum escurró, porr favorr - Apontaria, caso à mostra, à garrafa que queria ter uma dose - Ou qüalquê outrrá coisá qüê você tenhá.

Noah queria entender as relações que poderiam acontecer naquele espaço: os bandos de piratas no local ou apenas piratas individualmente, os marinheiros e, se possível, a qual patente pertenciam, os civis e quais seriam suas índoles, se haveriam pessoas que se destacassem seja pelo tom de voz, vestimenta, idade, sexo, aparência, etc., e estaria atento a quais boatos estariam percorrendo entre as bocas, quais o assuntos tratados naquele estabelecimento, o que o povo comentava naquela cidade, se o incidente que ocorrera em Shells Town há anos atrás - a coordenada invasão de piratas e fuga dos prisioneiros com a destruição parcial do QG da marinha, que, na realidade, fora arquitetado e cometido pelo exército de revolucionários, e a verdade acobertada pela marinha - ainda seria um assunto pertinente. Noah, assim como a maioria da população, não sabia o que havia acontecido ali realmente - além disso, o mesmo era ainda uma criança -, porém seu objetivo era descobrir os detalhes sobre o fatídico dia que selou seu destino, e o melhor lugar para começar seria com fofocas e boatos sobre aquele dia - obviamente não esperava nada próximo a verdade ou completar seus objetivos ali. Talvez as respostas não estariam sequer em Shells Town, talvez ali conseguisse apenas pistas, talvez sua aventura ali terminasse com a mesma mentira a qual tem acreditado, ou pelo menos, engolido, desde criança; precisava, contudo, tentar - inclusive para poder aceitar e dormir em paz com a mentira que "acreditava" até então

- Essa cidadê semprrê forrá estê parraisó? - Forçaria um diálogo com alguém o barman que o teria atendido momentos antes - Sintó qüê deverriá terr vindó aqüí muitó antês.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptySab 29 Dez 2018 - 13:51


Era mais um belo dia que começava em Shells Town, o Sol começava a nascer, pássaros começavam a cantar, pessoas se levantavam e iam trabalhar tanto no campo, quanto na cidade, todos viviam com mais um dia de suas rotinas enraizadas, mas havia um jovem, seu nome era Noah Lacroix e havia acabado de chegar na ilha, já percebendo que estava bastante diferente d que se lembrava.

A primeira coisa que o rapaz decidiu fazer, foi dar um fim a sua fome, seu estômago já estava roncando alto, talvez por fazer um bom tempo que não comia nada, não demorou quase nada desde o momento que tomou a decisão, até sentir o cheiro e perceber a presença de um bar. Foi aí que o rapaz decidiu entrar no estabelecimento, adentrando pela grande passagem, onde havia uma porta que já se encontrava aberta, lá dentro, haviam várias pessoas, estando todas as mesas ocupadas, tudo que se ouvia, eram conversas aleatórias de bar, como piadas, assuntos sobre a vida e risadas.

Sem muitas opções, Noah foi até um grande balcão, lá se encontrava uma garota loira, usava claramente as roupas de uma garçonete e estava limpando uma taça com um pano, atrás dela, existiam várias garrafas de diferentes bebidas, mas o que o jovem queria era rum e apontando para uma garrafa, enquanto fazia seu pedido, a garota sorriu, pegou um copo limpo, juntamente de uma garrafa e serviu o jovem.

- Aqui está, senhor. –

Logo depois de a garota o servir, antes mesmo que desse um gole sequer, uma outra garota, dessa vez morena, com olhos verdes como esmeraldas, relativamente alta, de bustos avantajados, talvez a garota mais bonita que Noah tinha visto na vida, se sentou ao seu lado, colocando uma taça sobre o balcão que logo foi preenchida por vinho pela garçonete, foi então que o jovem perguntou à garçonete sobre a cidade, ignorando completamente a garota que se sentou ao seu lado, de modo que a garçonete o respondesse com um sorriso, como se fosse algo bastante normal de ser questionada.

- Como qualquer ilha, já tivemos alguns problemas, como guerras e coisas do tipo, mas hoje em dia vivemos na paz, aqui no East Blue, não acontecem muitas coisas ruins, o pessoal aqui é mais de boa... Eu só não gosto muito de um grupo de mulheres que veio para cá a algum tempo, a mera presença daquelas quengas me incomoda, mas os homens gostam do jeito que se vestem... –


DICAS E ORIENTAÇÕES:
 

____________________________________________________

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Unknown[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Imagem4[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fanalis B. Ria
Pirata
Pirata
Fanalis B. Ria

Créditos : 48
Warn : [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 23
Localização : The Wonderful Land

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  EmptySex 4 Jan 2019 - 12:18

Mini-Aventura CANCELADA...


Mini-aventura cancelada por inatividade. Caso queira reabrir sua mini mande PM para algum orientador, GM ou ADM.

____________________________________________________

[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Unknown[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Imagem4[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  FanalisG
Convidado, continue tentando melhorar e você chega lá, não desista jamais!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras    [Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras  Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - LushuMine] As Desventuras de Noah: uma série de mentiras
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: