One Piece RPG
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Licia Hoje à(s) 04:25

» Vallerie P. Breathnach
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:48

» Vallerie P. Breathnach
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 03:46

» [Mini-Aventura] A volta para casa
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 00:38

» Enuma Elish
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 00:10

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 00:04

» [Kit - Makei] Red Saber/Mordred Pendragon
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Makei Hoje à(s) 00:02

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Pippos Ontem à(s) 23:31

» Xeque - Mate - Parte 1
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 23:26

» Arco 5: Uma boa morte!
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:12

» Supernova
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:34

» I - O bêbado e o soldado
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Masques Ontem à(s) 21:39

» Capítulo I: Raízes Perdidas
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 21:30

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:27

» Drake Fateburn
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 19:59

» Hermínia Hetelvine
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:51

» Akira Suzuki
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:49

» Sette Bello
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:46

» Bell Farest
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor Far Ontem à(s) 19:43

» Alipheese Fateburn
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 19:31



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptySeg 10 Dez 2018, 16:13

Relembrando a primeira mensagem :

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) piratas Aaron DeWitt e Masimos Titã Howker. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Doodles
Game Master
Game Master


Data de inscrição : 08/08/2017

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyDom 21 Jun 2020, 09:02



THE CALAMITIES


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Demon Blood Casino - Post 14




Bell Farest



Bell sequer notaria a diferença em seu montante ao dar aqueles trocados em berries ao rapaz da canoinha, porém a felicidade deste ao receber essa pequena quantia de dinheiro era evidente e sincera, mesmo que só com aquilo ele não fosse capaz de comprar praticamente nada. Agradecido, o menino remou para longe como já foi descrito que faria, porém antes disse que faria um trato no casco do navio caso encontrasse alguma rachadura. Ao lado de sua companheira Vayu, o Farest seguiu caminho até a entrada do casino onde foi barrado pelo segurança que identificou na mesma hora de que clã ele pertencia. Logo em seguida, o príncipe do navio que Bell “roubou” a vaga veio subindo as escadas pelo outro lado, ele estava acompanhado de alguns seguranças e uma bela mulher destacada pelo azul e também pela sua altura bem superior ao do baixinho de vermelho.

- O quê? Saia… - Começou o príncipe Lowie a dizer em um tom bem maior do que o seu tamanho na hora que Bell surgiu no caminho dele para oferecer um serviço de proteção.

Vayu estranhou a atitude do parceiro e arqueou a sobrancelha direita.

- Espere, Lowie-chan. - Pediu a princesa azul tomando a dianteira para ficar frente a frente com o faraó. O príncipe pareceu não gostar de ter sido chamado assim, mas não disse nada, o que era curioso se comparado a quem ele vem se mostrando ser.

Ela definitivamente era mais alta que o tal de Lowie, o que não era algo difícil de acontecer, mas poderia ser uma surpresa para Bell perceber que ela também era alguns centímetros maior que ele, ou pelo menos seriam da mesma altura caso ela retire os calçados. Talla pode ser considerada uma mulher alta para os padrões femininos (ok, no mundo de One Piece isso talvez não se aplique), mas além de suas pernas, a mulher poderia chamar atenção também pela sua “elegância forte”. Seja pelas vestes dela, pelo seu corte de cabelo ou pela sua postura, ela não demonstra ter as características do estereótipo da princesa indefesa, mesmo que não pareça ser uma guerreira, a aura que Talla apresenta indica alguém mais independente. Por mais bela que seja a Princesa Safira, seu verdadeiro charme não está em sua beleza.

- Hmm. - Assim que parou diante de Bell, Talla tocou o queixo dele e ergueu sua face para que os olhos vermelhos dele ficassem fixos aos seus. Caso o espadachim já estivesse fazendo isso, a pegada dela serviria apenas para que o mesmo não desviasse o olhar. A princesa provavelmente não tinha nenhum poder proveniente de uma Akuma no Mi capaz de fazer algo do tipo, mas de alguma forma o Lâmina Demoníaca sentia que aquele olhar estava penetrando as profundidades da sua alma. Foram cerca de dez segundos que ela permaneceu nisso, e ao final, depois de conseguir o que queria, ela sorriu levemente com o canto da boca, fitou Bell dos olhos às pontas do pé e então soltou-lhe o queixo. - Ele entra comigo.

E por incrível que pareça, o plano inicial do Farest deu certo, talvez não por conta da sua proposta, mas sim pela pura sorte de ter conseguido de alguma forma chamar a atenção da princesa azul. Obviamente Bell iria se atentar ao fato de que Talla citou apenas ele na permissão de entrada, então seria importante que ele lembrasse ela de que Vayu também deveria ser incluída, pois era sua companheira. Se isso não fosse feito, a espadachim seria deixada para trás e certamente ficaria irritada, porém se o faraó optasse por falar alguma coisa a respeito, então a princesa olharia rapidamente para a mulher de cabelos brancos e daria as costas, sem se importar demais.

- Ela também. - E com um tom de voz seco, Talla autorizou os seguranças do cassino a deixarem Vayu entrar também. Ela, seus seguranças e o príncipe baixinho seguiram para o interior do Demon Blood.

- Tsc… Não gostei dela. - Cochichou Vayu para que somente Bell pudesse ouvi-la.

E para começar a ambientalizar a cena seguinte, uma música que pode ser que esteja tocando no fundo do cassino, mas na verdade não faz muito diferença ou importância. (OFF: A soundtrack dessa parte da aventura pode ser esse álbum inteiro, acho que combina bem com a pegada do Demon Blood que esconde umas paradas mais sombrias. Eu particularmente não sou o maior fã desse álbum deles kkkk mas acho que vai combinar melhor que uma trilha clássica de cassino.)

Provavelmente aquilo que estavam prestes a ver não seria nenhuma grande surpresa, pois já deviam estar esperando um ambiente muito luxuoso, repleto de pessoas que vão desde uma clara nobreza até alguns de aparência mais suspeita que dariam para indicar qual era o objetivo deles ali. O Demon Blood possuía todos os jogos que se pode encontrar em qualquer cassino de qualidade, portanto bastaria Bell e Vayu irem até qualquer mesa ou máquina de suas escolhas, mas claro que nada seria de graça e é por isso que seria essencial que fossem até um guichê trocar suas berries em fichas. Cada berrie equivale a uma ficha para apostas e ao sair do cassino essas fichas podem ser trocadas novamente em dinheiro, podendo ser um valor maior ou menor do que aquele que gastou inicialmente.

Dentre as diversas máquinas, a mais comum provavelmente é o caça-níquel, e nelas elas o sistema de uso é um pouco diferente, pois para acionar a máquina é preciso depositar valores de mil em mil berry, sendo que quanto maior é a aposta, maior é a recompensa. Nas mesas havia mais variedade de jogos, vários de carta, vários de dados, alguns até mesmo incluíam o arremesso de dardos, portanto caberia a dupla escolher o que fazer. Enquanto Bell poderia tratar tudo com mais naturalidade, Vayu estava com os olhos brilhando como se estivesse dentro do paraíso.

Agora alguns pontos referentes às localidades do cassino, essa parte onde estavam agora é a área principal, cheia de mesas, jogos e uma movimentação considerável de pessoas, sendo que a maioria dessas tinham aparências relativamente comuns e por conta do ambiente mais focado na diversão individual de cada um, era difícil dizer quantos dos que estavam ali eram realmente fortes ou então quantos ali eram marinheiros e agentes à paisana.

Placas de proibido fumar poderiam ser identificadas por Bell em diversas paredes e pilastras, portanto se fosse da intenção dele fazer isso sem arrumar confusão, ele deveria ir até a área aberta do navio que poderia ser facilmente acessada caminhando para as saídas laterais pela direita. Já na parte esquerda do salão estava o bar e a cozinha, sendo que esta segunda a entrada era exclusiva para funcionários, porém qualquer um podia ir até o bar e pedir um drink que seria feito por um bartender. E se há cozinha, há comida, portanto garçons andavam por todo o cassino distribuindo finger foods e taças com alguma bebida, tudo sempre de alta qualidade, porém não necessariamente com sabores que eles, Bell e Vayu, estariam acostumados.

Também era no lado esquerdo que ficavam as entradas para os banheiros, que por intuição os espadachins já sabiam que talvez conseguissem encontrar lá alguns “vendedores especiais”. E por fim, no extremo oposto às portas de entrada, estavam as escadas para a parte inferior, todas bem protegidas por seguranças, o que significava que era um lugar exclusivo para pessoas autorizadas ou com algum grau de importância.

O príncipe Lowie parecia reclamar alguma coisa com a mais alta, não seria possível ouvir exatamente o que, seja por conta do barulho ou simplesmente porque tanto faz para Bell o que esse cara diz. Com toda sua arrogância, o baixinho seguiu andando pelo cassino cm suas pernas curtas, metade dos seguranças dele o acompanharam e a outra metade ficou ao lado de Talla, mas a mulher agitou a mão esquerda sinalizando que eles deveriam ir também, deixando-a então sozinha.

Bell conseguiu conquistar o direito de entrar no Demon Blood se oferecendo para ser segurança dos príncipes do Reino de Murloc, que por sinal ele sequer sabe ainda que possuem esse título na nobreza mundial, então quem sabe agora seja uma boa hora para puxar assunto… Ou será que o espadachim vai preferir ligar o foda-se e sair fazendo o que bem quiser?

- O que lhe trouxe até o Demon Blood, Farest? Gosta de jogar ou está a procura de outra coisa? - A princesa não olhou para a Calamidade durante a sua fala, mas certamente estava fazendo essa pergunta para Bell, que não teria dúvida disso no instante que Talla virasse a cabeça alguns graus para o lado para poder olhar o espadachim que talvez ainda estivesse alguns passos atrás dela.

OFF:
 

HISTÓRICO DA AVENTURA:
 

FERIMENTOS:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyQui 25 Jun 2020, 15:14

IN
Por mais estranho que fosse, minha oferta de um "emprego", havia sido aceita por aquela mulher, sabia muito bem no entanto que isso não significava exatamente trabalhar de segurança, ao que parece ela havia se interessado por outra coisa... e como o segurança estava bem atenta aos meus olhos, bom, admito que esse fator entrega um pouco minha identidade, mas quem sabe seja até melhor, ser tratado como um aliado da marinha me evita grandes problemas. Bom, por hora apenas ignorei o fator que havia levado a aceitar meu acordo, até porque o baixinho não parecia nada interessado, e apenas segui os passos dos demais em direção ao interior. - Ah, claro, não podemos esquecer que somos um pacote... Dois pelo preço de um. - Diria, brincando e acenando para que Vayu me seguisse, principalmente após o aval por parte da "contratante". - Ao menos nos salvou 20 milhões... - Sussurrava de volta para Vayu, querendo ou não havia sido uma boa troca.

Passo a passo poderia ver melhor e mais de perto as belezas que aquele navio escondia, mesas de jogatina, mercado negro, e tudo que há de ilícito reunido em um lugar só, quem sabe até mesmo escravos? Sabe-se lá do que esses ricos gostam, vai entender. Bom, como também estava por ali, não poderia julgar muito, apenas segui os ricões, e assim que os seguranças foram dispensados, abracei a oportunidade para entender um pouco melhor sobre os motivos de estarmos dentro sem pagar um tostão, e bom, ao que parece ela também estava bem interessada. - Eu? Nada demais... Ela por outro lado... Talvez me matasse se não entrássemos, então digamos que não tive muita escolha. Sorri, mostrando que não estava realmente falando sério, mas querendo ou não era a verdade, Vayu estava muito mais interessada nos jogos do que eu, mas quem sabe encontrasse algo de interessante por outras partes, claro, isso não poderia negar.

- Você se importa? - Diria puxando um cigarro do bolso, juntamente com o isqueiro, e caso sua resposta fosse positiva, levaria o cigarro a boca e me dirigia em direção a parte aberta do navio, tendo em vista que várias placas me diziam que aquele local não poderia fumar, portanto deixava para apenas ascender o fumo do lado de fora. Para matar o vício, algumas tragadas seriam feitas antes que pudesse relaxar por completo e retomar a conversa. - Sabe como é, um pouco difícil de largar.... Mas como estava dizendo, não posso dizer que sou um fã de casinos, mas quando se tem algum dinheiro sobrando quem sabe posso encontrar algo interessante por aqui. Você conhece nosso clã, sabe como somos. - Diria dando de ombros, tentando despista-la do fato que não tinha mais conexão alguma com esse povo, o que esperava manter por baixo dos panos pelo menos por mais algum tempo.

- E quanto a você... Nobres? - Indagava, tentando descobrir um pouco mais sobre a identidade tanto da mesma quanto do baixinho que lhe acompanhava, afinal querendo ou não precisava saber um pouco melhor onde estava me metendo. Enquanto escutava o que teria a dizer, no entanto,, meus olhos caçariam os arredores procurando entender melhor o que acontecia naquela área do navio, talvez fosse apenas um refúgio para fumantes, ou quem sabe algo além, bom, é sempre bom estar atento. Se Vayu, por outro lado, estivesse entediada tanto antes quanto durante todo esse processo, apenas acenaria para a garota concordando com que ela tomasse outro rumo para sustentar seu vício, o jogo. Talvez mais tarde acompanhasse a garota de alguma forma, mas no momento estava um tanto ocupado, principalmente tentando compreender melhor a situação e estudar melhor esse navio afim de encontrar tudo que possuía para me oferecer.


- Por acaso já ouviu falar em ilha do céu? Muitos acham que é loucura, eu? Estou começando a acreditar. - Continuaria conversando, caso o assunto acabasse em algum momento, e nossa conversa acabasse por ali mesmo. Afinal de contas mesmo estando dentro do navio minha intenção ainda continuava sendo entender melhor sobre Skypiea e como chegaria lá sem... Digamos, morrer. O que era bem importante, certo? Bom, talvez ela não fosse a pessoa mais adequada a se perguntar, mas não me custava nada, e quem sabe até conseguisse conquistar um pouco melhor a sua confiança, uma poderosa aliada? Nada mal.

Far:
 
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 99
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyQui 02 Jul 2020, 01:11



THE CALAMITIES


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Parceiro de Jogos - Post 15




Bell Farest



Diferente de Bell, que demonstrou pouco interesse no que o cassino tinha a oferecer e foi fumar um cigarro, Vayu não perdeu tempo e correu para trocar seu dinheiro em fichas para os jogos, só que de certa forma a atitude dela era até parecida com a do seu parceiro, afinal ambos foram em busca de saciar seus vícios. A princesa então seguiu o espadachim até a área aberta do navio, não se importando nem um pouco com o que a mulher desconhecida que deixou entrar no cassino poderia fazer. Talla tinha os olhos atentos aos seus arredores, e isso era algo que Bell conseguiria perceber em pouco tempo de conversa. Primeiro ele respondeu a pergunta dela tentando mostrar ainda alguma ligação com seu clã, evitando maiores perguntas, em seguida questionou a alta de maneira parecida.

- Me chamo Talla Califord, sou a princesa do Reino de Murloc. Aquele que entrou comigo é meu irmão mais velho, Lowie, também príncipe. - Se apresentou ela de maneira bem rápida, não precisando entrar em mais detalhes como a localização deste reino, influência, relação com o Governo Mundial e etc. - Os motivos para meu irmão vir aqui não vão além do que normalmente se busca em um cassino… Porém não posso dizer o mesmo dos meus interesses nesse navio. E a menos que eu esteja muito enganada, acho que você poderá me ajudar nisso. - Ela olhou novamente ao redor e em seguida para um relógio em seu pulso, deixando mais do que na cara que ela estava esperando alguém. - Ilha do céu? Bem… Meu parceiro falou sobre isso um tempo atrás, mas não levei muito a sério. Talvez seja verdade, talvez seja apenas uma lenda, o fato é que não me interessa nem um pouco no momento.

Bell também pretendia fazer o mesmo que Talla e observar o cenário a procura de algo que chamasse a sua atenção nessa parte do cenário, mas acabaria não vendo nada além da paisagem marítima, mesas com cadeiras e mais algumas pessoas fumando. Nada de mais aconteceria ali se não fosse pela chegada de uma jovem mulher de cabelos lilás vestindo um kimono vermelho “com um estilo chinês”. Ela tinha um sorriso cínico em sua face e seus olhos estavam fixos em Talla, indicando qual era o motivo de sua aproximação, e por isso, caso o Lâmina Demoníaca esteja realmente fazendo o papel de um guarda-costas, talvez ele acabasse entrando no caminho entre as duas, pois algo no instinto do espadachim indicavam uma energia poderosa vindo da desconhecida.

- Andando com outro Farest, Talla? Por acaso enjoou do outro? - Diria a mulher de vermelho independente da movimentação feita por Bell, a diferença é que se ele tivesse continuado na dele, essa pergunta seria feita em um tom irônico e provocativo, enquanto no caso em que o espadachim se coloque na frente da princesa, o olhar e o tom dela seriam bem mais agressivos.

- Meus gostos não interessam a você, Wanda. - Respondeu Talla não demonstrando medo perante a aura oculta da outra.

- Humm… Interessante, pelo visto os Farest escondem algo mais interessante do que a cor de seus olhos. - Comentou Wanda secando Bell com seus escuros olhos puxados e um sorriso malicioso que o espadachim conseguiria traduzir facilmente. - Espero que esse seu Farest dê conta. O evento começa em uma hora, não se atrase, princesa. - Caso Bell estivesse perto o bastante dela, ela passaria a mão quente sobre o peito do espadachim e desceria ela lentamente até a sua barriga, escrevendo com os dedos o número 66. - Mas em uma hora podemos fazer muita coisa, não acha? - E com uma leve piscada, tivesse o movimento dela anterior ocorrido ou não, Wanda se afastaria da dupla, seguindo para o interior do cassino, mais especificamente para a área das escadas protegidas por seguranças.

- Antes que pergunte… Wanda estava se referindo ao meu “parceiro de jogos” quando falou do outro Farest. Achei que iria encontrá-lo aqui como de costume, mas já tem uns dias que seu Den Den Mushi não recebe chamadas, então não já não tenho esperanças de que ele vai aparecer aqui. - Ela deu mais uma olhada nos arredores para ter certeza de que a pessoa que estava procurando não iria aparecer. - Isso é algo que poucos sabem, mas os olhos de um Farest tem força aqui dentro, então preciso de um substituto quando a hora chegar… Posso explicar melhor em um lugar com menos ouvidos.

Talvez essa conversa pudesse se estender um pouco mais dependendo do que Bell falasse em seguida, mas caso ele continuasse mantendo sua identidade o mais misteriosa possível e continuasse sem fazer muitas perguntas, a princesa apenas sinalizaria para que ele a seguisse assim que o cigarro já tivesse terminado. No fim, o caminho que Talla seguiria era o mesmo feito por Wanda, indo em direção aos seguranças que guardavam as entradas para escadas para o andar de baixo.

- Ele está comigo. - Disse ela para um dos seguranças ao mesmo tempo que mostrava o cartão negro de membro VIP que também foi apresentado para entrar no cassino. Após a permissão sido concedida, a princesa começou a descer as escadas e esperou que Bell fizesse o mesmo.

A princípio o lugar onde eles chegavam não era nada demais, porém também não era um indício de que era o único andar que esse enorme cassino tinha a oferecer. Essa área trata-se de um extenso e largo corredor com portas tanto na esquerda, quanto na direita, cada uma delas com uma numeração que ia de 1 até provavelmente 99, a julgar pelo número alto da parte onde estavam. Todas as escadas que podiam ser vistas na parte superior levavam até este corredor, e para onde o fim deste levava continuaria sendo uma dúvida para Bell, pois não poderia ainda ter essa resposta.

- Neste andar estão os quartos comuns dos membros VIPs do Demon Blood. Ainda não é aqui que devemos ir, mas é perfeito para quem busca uma conversa mais reservada. - Explicou Talla seguindo na direção do corredor que levava para os números menores, sendo que no momento eles estavam próximos dos quartos de número 70. - Siga-me, meu quarto é o 57.

Não iria demorar para eles chegarem nas portas 60, inclusive entre os quartos 60 e o 59 existia um banheiro masculino que Bell poderia usar caso quisesse despistar a princesa para seguir um outro convite (kkk), mas se não for necessário ele poderia simplesmente continuar seguindo Talla até o cômodo 57. Ela abriria a porta com o mesmo cartão VIP que usou nas vezes anteriores, mas agora o espadachim poderia notar o número referente ao quarto refletir na superfície escura do cartão junto com o nome “Demon Blood Casino” (Demon Blood Casino - VIP 57).

Obviamente o valor para ser um membro VIP desse cassino não deve ser nada barato, por isso que os benefícios precisavam ser a altura do preço, e isso já podia ser visto pelo interior desses quartos que tinham ainda mais luxo que toda a parte superior vista anteriormente. Uma cama larga e confortável, frigobar, Den Den Mushi para fazer pedidos e também um com sinal de TV, duas poltronas, uma mesa com quatro cadeiras e até mesmo uma pequena varanda, porém curiosamente o local não conta com banheiro ou chuveiro, indicando que esse tipo de higiene deveria ser feita nos espaços públicos. (OFF: pode acontecer de aparecer mais itens e decorações nesse cenário, então faço eles aparecerem caso seja necessário.)

OFF:
 

HISTÓRICO DA AVENTURA:
 

FERIMENTOS:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
(Link da ficha na imagem)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyTer 21 Jul 2020, 14:11

Where am I
Não demorava muito para que a jovem se apresentasse, uma princesa? Nada mal... Pensava mesmo sem esboçar nenhuma reação, não conhecia muito bem o tal reino de murloc, mas aparentemente eram reconhecidos devido a forma como foram liberados para entrada com tamanha facilidade. - É um prazer princesa... Me chamo James Farest. - Afirmava, tentando roubar a identidade de um de meus camaradas, quer dizer ex-camarada. Mesmo que isso acabasse por não ser muito bom para minha reputação, afinal ela poderia descobrir a qualquer momento, caso nem ao menos dissesse meu nome poderia gerar uma certa desconfiança. - Com certeza, o cassino não me interessa muito para falar a verdade... Mas o que de mais interessante poderíamos encontrar aqui? - Indagava com um sorriso malicioso, que logo era interrompido por uma presença desconhecida, uma mulher um tanto quanto peculiar, mas que imediatamente elevou meu estado de alerta, fazendo com que minha mão fosse de encontro a espada, sem realmente sacá-la.

A provocativa nas palavras demonstrava que as duas claramente se conheciam, e pelo jeito não pareciam ser tão amigas assim, quem sabe oponentes em jogo? Sabe-se lá do que se trata essa conversa, minha mente já estava entrando em tela azul. Agora, escondem mais do que a cor dos olhos... Será que ela estava desconfiando de algo? Bom, permaneci quieto. - O que está implicando? - Indagava, com um olhar agressivo. Mas me acalmava um pouco após o convite, sem demonstrar interesse apenas dava de ombro, as agressivas não faziam muito meu tipo, apesar de que sua aparência de fato chamava a atenção, nunca gostei de nada que venha tão fácil, pensava, olhando brevemente para a princesa, quem sabe consiga algo melhor...

Não tardava para que a garota começasse a se explicar, não que ela me devesse respostas, mas ao que parece ela está tentando ganhar meu consentimento para ajudá-la em algum tipo de jogo, muito provavelmente não tão legal (no sentido jurídico) assim. - Seu parceiro de jogos também era um Farest? Interessante... Mas não entendo por que eu poderia substituí-lo, aliás, de quem está falando? Quem sabe eu conheça o sujeito... - Afirmava, tentando colher um pouco mais de informações, para tentar entender onde estava me metendo, ou melhor com quem estava me metendo. - Se ele não recebe mais chamadas, pode ser um problema para nós Farest. - Afirmava, deixando que a mesma seguisse em frente com as palavras. - Olhos de um Farest? Bom, sempre fomos alvejados por conta deles, tanto com relação ao mercado negro, como para trabalhos mercenários... Mas para jogos? Realmente não entendo. - Diria, coçando a cabeça um tanto confuso.

Finalizando meu cigarro com uma última tragada, lançaria o mesmo ao mar, seguindo os passos da jovem em direção ao andar superior, ao que parece também havia me tornado um membro vip por tabela, quer dizer, enquanto estivesse com ela. Sendo assim apenas, concordei com a cabeça e a seguir diante aquele enorme corredor, passando de sala em sala e vendo os números que aparentemente iriam de 1 a 100, talvez até houvessem mais quartos nos andares superiores, sabe-se lá o tamanho desse barco, com uma estrutura completamente projetada para esse tipo de atividade. Bom, deixando isso um pouco de lado, engolia em seco ao passar pelas portas 60, sabendo muito bem o que poderia estar me esperando, mas apenas deixei passar e seguimos diretamente para o quarto 57, o destino em que a princesa almejava. Torcendo para que o baixinho não estivesse lá para encher minha paciência, adentrava o cômodo, logo atrás da garota, observando os móveis que dedecoravam aquele quarto, de fato esplendido.

Logo, me sentaria em alguma das cadeiras que estivesse disponível, se fosse possível pegando algo no frigobar, talvez uma bebida alcoólica? Ou apenas algo para matar a cede, caso não fosse possível encontrar nada com álcool, o que era até provável visto que aquele local estava mais para um quarto de hotel, do que qualquer coisa. - Então... Decidi aceitar ajuda-la em seu pequeno jogo, mas preciso saber mais sobre o que vai acontecer. Tudo ainda está muito misterioso, e se quer saber tô mais perdido que cego em tiroteio. Afirmava, esperando receber alguma luz para entender do que se tratava, e se realmente valia a pena me meter nisso. - Algo mais que eu deva saber? - Indagava, afinal não gostava muito de segredos, e a cada passo que dava dentro desse navio parecia descobrir um fato a mais que não sabia sobre a garota, e até mesmo sobre meu clã, que parecia de fato estar envolvido no meio de todo esse esquema, bom, ao menos um dos meus "irmãos".

Far:
 
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyQua 02 Set 2020, 14:07

Transição




Dentro de toda situação ao qual  se encontrava, em meio a aquele ambiente luxuoso, ele poderia ter visto a moça conferir se havia algum movimento no corredor, antes que fechasse novamente a porta e se  colocasse para falar - Eu me surpreenderia se não estivesse pelo menos um pouco perdido.-  ela teria comentado enquanto aproximou-se de uma das paredes, se encostando nela, sua voz carregava alguma tensão, em sua face também era visível. - Basicamente, o que estou atrás é algo de grande valor, não sou a única no entanto mas… Provavelmente sou a jogadora mais disposta a correr riscos e esta é a minha vantagem.- Ela respirou fundo quando terminou de falar, um pouco incomodada com o que poderia tê-la feito perder um pouco da confiança do rapaz.

- A realidade é, eu não poderia em público admitir que a existência de um lugar como a ilha do céu existisse, tem algo lá que eu quero recuperar… E olhos como os seus são necessários.- Ela teria dito em um tom mais sério, deixando mais claras as suas intenções, sem que ali houvessem tantos rodeios como todo o local, todo os acontecimentos antes pareciam fazer. Mais uma vez, ela respirou fundo e então teria dito - Eu posso contar com você mesmo? Com tudo o que  reuni, não espero que a recepção seja das melhores.- Ela direcionou seus olhos ao rapaz, havia alguma expectativa, algum brilho neles, como se esperasse ansiosamente por sua resposta, suas mãos, estavam tensionando sobre a parede quase como a garra de um gárgula, mostrando que ela considerava estar se arriscando.

Bell poderia ter nesse momento mil perguntas, talvez no local privado em que estavam, seria este o melhor momento para tal, incluindo também entender melhor, como ela pretendia chegar lá, caso seguisse o seu plano era bem possível que ela mostrasse mais de suas paginas, de suas intenções para o rapaz, desde que ele lhe passasse segurança.

Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyQua 02 Set 2020, 14:41

Real deal
Tudo aquilo só ficava cada vez mais estranho, porque diabos ela precisaria de mim para fazer algo como um jogo... Bem, deixei isso um pouco de lado a fim de ajuda-la, visto que me concedeu uma passagem direta para aquele navio. Mas ao que parece minha estadia naquele local não seria a das mais longas, prestando mais atenção nas palavras que saiam de sua boca, poderia compreender um pouco melhor do que se tratava, e de fato não parecia ter muito a ver com algo clandestino desse navio, não que isso fosse lá boas notícias, mas talvez Vayu ficasse um pouco descontente. - Grande valor? Conseguiu minha atenção... quem sabe se me disser o quanto, me interesse ainda mais. - Diria dando de ombros com um breve sorriso, mas não interrompendo a sequência de ideias que sairiam em seguida.

- Então você realmente conhece essa tal de Skypiea ?! - Diria, retirando um mapa que havia conseguido anteriormente através de Rak'Ash, por algum motivo aquele cara estava andando com um desses em seu bolso, então muito provavelmente esse seria seu próximo destino, e consequentemente o dos seus aliados das falsas calamidades. Portanto, posso presumir que meus companheiros também estariam indo atrás de suas próprias vinganças, e para lá que estava rumando meus passos, apesar de não saber exatamente como, não até agora... - Só não entendi direito esse interesse pelos meus olhos, mas tudo bem, já que estamos aqui... Não vou dar para trás, só espero que você saiba chegar até lá. Diria, virando brevemente minha face para alcançar alguma janela, tomar um ar e tentar digerir o que estava sendo dito.

- Só uma coisa princesa, você que vai convencer Vayu a sair desse navio... Eu não tenho nada a ver com isso, não sou doido nem nada. - Diria, levando a mão aos cabelos, coçando as madeixas, sabia que não seria fácil tirar aquela garota viciada de seus tão sonhados jogos de cassino. - Mas falando de negócios. Como você pretende chegar até lá? A todos que perguntei agora, não fazem a mínima ideia de como um barco inteiro possa navegar até uma ilha do céu, para falar a verdade nem mesmo eu acreditaria isso antes de ter esse mapa em mãos. - Diria, entregando o mapa para a jovem, caso ela decidisse dar uma olhada, aguardando que a mesma indicasse algum tipo de instrução, esperando que ao menos tivéssemos um plano a frente.

- Se é isso, vamos lá. - Diria, se tudo estivesse resolvido, seguindo em direção ao saguão principal para encontrar Vayu, e assim que encontrasse passaria a olhar fixamente para a princesa, no aguardo de que ela cumprisse o que havia mencionado anteriormente. Já que não estava afim de apanhar tão cedo no dia, sabia que não seria uma tarefa fácil, e por sinal até dava uma risadinha em tom irônico, como se desse boa sorte.

Far:
 
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyQua 02 Set 2020, 17:56

Plano



Instigado pela possibilidade do grande ganho, houve obvio um maior interesse da parte do rapaz, afinal de contas nem mesmo relógio trabalha de graça, porque ele o faria? Ainda mais porque dificilmente, seria algo que seria sem riscos, se realmente precisavam de seu apoio. Notando o interesse do rapaz, um sorriso era tecido no rosto da princesa, carregando um pouco de malícia mas, não ao ponto de estragar a beleza do ato de sorrir. - Estamos falando de pelo menos mais de 100 milhões, sem contar objetos que podem dobrar ou até triplicar esse valor.-  Ela teria concluído, passando uma boa ideia de que realmente ir com ela era um excelente negócio.

- Conhecer é uma palavra forte… Eu sei como chegar lá  e que é possível que a recepção a habitantes do mar azul como chamam, não seja das melhores.- Ela teria concluído assegurando o rapaz de que ela tinha os recursos para ir em direção a sua busca, mesmo que claramente a ideia de valorizar seus olhos, não fosse confortável de modo algum.  Mas, ela teria lhe assegurado seu preparo com a resposta para a sua próxima pergunta - Eu já tenho alguém confiável negociando os termos para que ela possa vir junto.- E com isso, a maior das inseguranças talvez fosse ali sanada.

Ela pegaria então o mapa, não parecia pela sua expressão particularmente ser alguém que tivesse experiências em ler mapas mas, era boa o suficiente para pelo menos entender sobre o que se tratava. - Acredito que o navegador do  barco provavelmente poderia lhe explicar melhor do que eu sobre  como chegar mas… Usaremos de um fênomeno natural para nos alavancar, a parte da súbida é a mais fácil.- Ela teria explicado de maneira mais leiga mas, suficiente para explicar como seria feita a viagem e quando terminou de ver o mapa o enrolou novamente e entregou de volta, para que o rapaz pudesse mostrar ao navegador.

Com isso, ela já teria ido em direção a porta, não demorando muito para que fosse acompanhada pelo próprio rapaz em direção ao saguão principal, onde Vayu teria acenado para  Bell, ao seu lado havia um Rapaz bonito de cabelos brancos e olhos vermelhos…. Provavelmente a pessoa,  que convencerá Vayu. A princesa com todos ali reunidos teria dito. - Nosso meio de transporte já esta pronto, certo Cross?-  Ela teria confirmado com o alvo que logo lhe respondeu. - Esta tudo preparado para a partida, há algo que nossos convidados precisem fazer antes de partirmos?-  O rapaz teria perguntado, dando a chance para que respondessem. Vayu simplesmente teria negativado com a cabeça, algo que poderia surpreender muito afinal, o que o rapaz havia lhe dito para que ela abandonasse tão fácilmente a ideia?

Caso não tivessem mais nada a fazer, a princesa guiaria o grupo por um caminho ao qual, até então não haviam passado, algo que provavelmente ela era uma das poucas pessoas a conhecer o caminho para onde estavam indo e naquele momento, quando finalmente ela parou de andar,  poderia ver que tal como era absurdo que aquele local tivesse 100 andares, havia ali estacionado  vários navios menores, sendo um deles, pronto para partir. A estrutura do local e o modo como tudo ocorrereu de forma rápida, era de certo modo surpreendente e até mesmo confuso afinal, ela já contava com seu sucesso em convencer.

Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptySex 04 Set 2020, 15:30

Sky?
Realmente tudo se tornava mais inspirador ao ouvir o valor que aquilo poderia me gerar de lucro, um sorriso de orelha a orelha já se abria, e um belo gesto de positivo vinha automaticamente as minhas mãos levantando-a de um jeito bobo. - Parece bom. - Diria, tirando a expressão que havia surgido em minha face em questão de segundos para me focar aos detalhes, principalmente com relação a como chegaríamos lá. - Espero que saiba o que estava fazendo... Ainda planejava ter ao menos mais uns meses de vida. - Dizia, ironicamente, levando os braços para trás um tanto despreocupado com uma situação tão perigosa, passando a seguir em direção a porta, me escorando enquanto a mesma fitava o mapa mais a fundo.

Apesar de estar bem entusiasmada e saber o que quer, aquela princesa não parecia de fato entender o que estava fazendo, bom, ou apenas era tola ao confiar completamente em um navegador que sabe-se lá de onde vem, afinal de contas eu também era um deles... Mas deixando isso um pouco de lado, ainda um tanto hipnotizado pelos lucros, apenas acenava com a cabeça, abrindo a porta enquanto finalizava a conversa de uma forma curta, mas sem dar a entender que estaria apenas me jogando de cabeça para sua pequena aventura particular. - Sei, espero que ele ao menos entenda como esse fenômeno funciona... Para falar a verdade antes de chegar aqui eu cheguei a presenciar algo parecido, uma espécie de tufão estava se formando, e como não tinha muita noção sobre o que era, achei melhor apenas me afastar... Mas agora que mencionou, posso ver um pouco de similaridade. - Afirmava, após me lembrar sobre o fenômeno que presenciei a poucos metros daquele cassino.

Bom, sem mais nada para fazer por ali apenas seguia em direção ao hall, acompanhando nossa nova "companheira", até que chegássemos a Vayu, que por sinal já parecia estar dando bem com um tal de sei lá quem, mas que porra é essa ?! Ou ela está ficando muito doida, ou sou eu. - Mas o que é isso mulher? Decidiu assim fácil largar o carteado? Acho que preciso de vocês de vez enquanto... - Comentava sorrindo um pouco, e dando a entender que não conseguia convence-la de forma tão fácil assim. Por fim fechei minha expressão ao olhar melhor para aquele rapaz estranho, olhos vermelhos, uma feição fechada... Talvez mais um Farest, se isso não acabar logo, vou acabar sendo descoberto, e bom, se descobrirem que me chamo Bell, não será nada agradável, e logo agora que estava evitando brigas. Pensava levando as mãos ao rosto, escorrendo-a, e por fim apenas concordando com o que era dito naquele local.

Por enquanto deixava isso um pouco de lado, e apontava a frente. - Damas primeiro - Afirmava, deixando que Vayu e a princesa tomassem a frente, seguindo por um caminho estranho e que não havia tomado conhecimento, mas sem muito mais o que dizer apenas seguiria seus passos até que estivéssemos no navio e prontos para partir. - Então, capitão... Qual o próximo passo? - Indagaria virando-me para o mar a espera de que o barco deixasse o cais em direção ao possível local onde o tal fenômeno natural aconteceria.

Far:
 
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptySab 05 Set 2020, 08:01

Execução.



Como era esperado a surpresa do rapaz em relação a Vayu realmente ocorrera, em geral era uma mulher de personalidade forte e por isso o mérito era ainda maior ao convencê-la de deixar de fazer o que tanto estava instigada a fazer, onde ela teria apenas dito - O carinha aqui, é melhor com as palavras do que eu esperava hahaaha- Ela dizia, zoando a própria situação mas, ainda sem revelar muito do que havia realmente a convencido a ir, talvez parte da diversão fosse deixar essa dúvida plantada na cabeça do rapaz.

Quando já estavam posicionados no local onde estava preparada a embarcação, em resposta as suas palavras, por um momento Vayu, teria abaixado-se de maneira cortez, como se pudesse dar a passagem enquanto andavam por um momento, algo que não durou mais do que um ou dois segundos, o suficiente para ela insinuar e se divertir com aquilo por um momento. A princesa por outro lado, teria apenas tomado a frente, junto ao rapaz pálido, seus olhos estavam sempre na princesa, parecia ser um servo realmente leal.

Passaram por alguns navios, até que chegassem no que estava mais ao fundo, já preparado para o embarque, para a partida, enquanto subiram a ponte, um rapaz loiro, portando uma espada, seria aqueles a recebê-los. - Bem vinda vossa alteza, os preparativos já estão feitos, partiremos a sua ordem..- Ele disse em tom respeitoso, abaixando levemente a sua postura, enquanto a moça teria feito sinal para que ele se erguesse com uma das mãos enquanto lhe disse. - Partiremos de imediato, sim? Estarei em meus aposentos, já vou me preparar para o momento mais importante.- Ela teria comentado, gerando uma resposta simples do rapaz que apenas dizia - Sim senhora, pode deixar.- Enquanto separaram-se, o homem já indo em direção a sala de maquinas para ligar o motor e a princesa, junto ao alvo iriam para o interior do navio, sumindo de vista.

Vayu, teria seguido após um tempo, parece que já haviam lhe dado instruções e ela não estava lá muito no humor de ser atirada do barco, então foi tratar de cuidar da própria segurança. Bell teria ficado sozinho mas, não por muito tempo, até que o capitão voltasse da sala de maquinas, e o barco já teria começado a se mover, onde era o momento em que perguntar se fez oportuno. - O primeiro passo é localizarmos o evento, um homem extra para me ajudar com as velas, não seria de todo ruim, caso entenda de navegação. Ele teria dito, enquanto pareceu prender uma corrente ao redor da própria cintura, uma corrente que estava ligada ao leme. Independente da resposta do rapaz, o barco não demoraria para descer o que pareceu ser uma rampa de água e logo começar a afastar-se do gigantesco local ao qual se encontravam anteriormente, revelando que o céu estava limpo.

A parte da navegação, seria simples, O moreno poderia encontrar uma corrente para se prender também, ligada mais próxima do mastro, onde poderia ajudar com as velas, o mar estava tranquilo por parte do caminho mas, conforme se aproximavam da direção que o homem guiava, poderiam ver uma precipitação que agitava as águas de maneira turbulenta, quase como se fosse um redemoinho, onde ele dizia - Abaixe as velas e se prenda! Do contrário vai sair pra fora na hora do impacto!- Ele teria dito, guiando o barco para algo que parecia insano, para o cenro do redemoinho, em uma situação que era verdadeiramente assustadora, para aqueles que estivessem do lado de fora.

Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Far
Pirata
Pirata
Far

Créditos : 53
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Masculino Data de inscrição : 05/07/2015
Idade : 22
Localização : Your worst nightmare

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptyQui 17 Set 2020, 13:50

Where Am I
Realmente tudo se tornava mais inspirador ao ouvir o valor que aquilo poderia me gerar de lucro,A tal princesa já parecia saber o que estava fazendo, quer dizer ao menos ao ponto de confiar o trabalho duro na mão de seus subordinados, que por outro lado pareciam retribuir a confiança de alguma maneira, e tudo já estava ajeitado e pronto para partir. Até mesmo a recepção ocorria de forma tranquila, e apenas acenava com a cabeça para todos ali em volta, sem muita intenção de puxar assunto, afinal de contas sequer conhecia os indivíduos e não tinha o menor interesse de conhecer caso isso significasse entregar minha identidade. Por outro lado, não tardei em seguir a princesa até que um deles pedisse por uma ajuda, aparentemente precisavam de alguma ajuda com as velas, e claro, isso seria o mínimo que poderia fazer. - Terá minha ajuda. - Diria, seguindo em direção a uma das velas para que pudesse controlar assim que me fosse autorizado.

Em seguida, após baixar as velas para seguirmos em direção ao desconhecido, seguiria para algum local onde encontrasse uma daquelas correntes que todos estavam usando, e imaginava que não fosse atoa, e claro, devido ao alerta não iria parar para testar. - Feito, espero que seja o suficiente... - Afirmava, um pouco descrente sobre tudo aquilo, afinal de contas não fazia a minima ideia sobre o que poderia acontecer, se realmente o evento seria assim tão forte, ou será que estariam apenas exagerando? Para falar a verdade não sabia nem se esses homens já haviam feito algo assim antes em suas vidas. Balancei minha cabeça tentando retirar todos os pensamentos que estavam divagando e deixando minha mente turbulenta, apenas me concentrava em me segurar no navio, e mexer as velas caso fosse necessário.

Assim, que chegássemos no centro do redemoinho no entanto, minha mente só poderia focar em uma coisa... Fodeu. Imaginava, engolindo em seco e sacando uma das espadas para fincar no mastro e me manter preso o suficiente para não sair voando, o pior dos desastres que poderia acontecer, afinal, mesmo que soubesse nadar... Já não poderia mais. Suspirava a cada novo movimento do barco e cada possível desdobramento desse evento, torcia apenas para que estivéssemos indo para o lugar certo. Se fosse o caso de algo extremo acontecer, e perdermos nosso navegador, rapidamente avançaria em direção ao timão, tentando tomar controle do barco, ao menos o suficiente para não acabarmos caindo do redemoinho ou até mesmo nos chocando com algum outro material ou objeto pesado que estivesse no caminho. Com a concentração e foco a flor da pele, precisava sobreviver de qualquer forma, e realmente espero que Vayu também...

Far:
 
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS


____________________________________________________


Fala (#B22222 - FireBrick)
Pensamento (#4682B4 - SteelBlue)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Alipheese
Comodoro
Comodoro
GM.Alipheese

Créditos : 56
Warn : 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 10010
Feminino Data de inscrição : 31/03/2013
Idade : 26
Localização : Olympo- 5ª Rota

7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 EmptySab 19 Set 2020, 14:27

Skypiea.



Por um grande momento, era possível, ainda que seguisse as instruções que naturalmente parecesse loucura o que estavam fazendo, já que contrariava muito da noção de qualquer navegador são, era quase em especial para um usuário como ele, um movimento suicida e sua insegurança era completamente plausível.

No entanto, ao seguir as instruções, em meio aos giros algo teria acontecido, um forte impacto na parte inferior do navio começaria a elevá-los com violência, em um elevado Geyser. Bel quase iria de encontro direto ao chão mas, seu movimento previniu que algo lhe acontecesse enquanto começaram a ganhar mais e mais altura até que somente o branco pudesse ser visto, enquanto alcançaram as núvens.

O fênomeno continuou a subir um pouco mais e então cessou… gerando momentos horripilantes de uma queda livre que teria feito voar tudo o que não tivesse muito bem amarrado ou que não se segurasse bem, até que um ultimo impacto, dessa vez em uma nuvem havia ocorrido, mas estranhamente quando o navio se chocou contra ela, serias o mesmo que se chocasse contra o chão, estilhaçando toda a parte inferior do navio que agora, encontrava-se danificado.

Estavam em uma parte onde poderia ver várias nuvens e mais ao horizonte até mesmo o que parecia ser uma cidade ou vila. As lendas mostravam-se reais, haviam chegado a Skypiea.

Histórico:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ação
Pensamento
Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty
MensagemAssunto: Re: 7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!   7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse! - Página 14 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
7º Capítulo - A Guerra do Apocalipse!
Voltar ao Topo 
Página 14 de 15Ir à página : Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Alabasta-
Ir para: