One Piece RPG
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Lilith BlackWater
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 15:50

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor K1NG Hoje à(s) 15:04

» Ato III: Not Fast but Furious
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Yamazaki Raizo Hoje à(s) 14:36

» Making Wonderful Land a Real Wonder
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 14:27

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor DarkWoodsKeeper Hoje à(s) 12:16

» X - A vontade de um Rei
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 12:09

» [Mini-DarkJohn] O começo de algo
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor DarkJohn Hoje à(s) 11:34

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Akise Hoje à(s) 10:13

» LightPoint!Os herois e amigos se reunem novamente!
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Noah Hoje à(s) 08:53

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:42

» [Mini- Yoru] Aula de kenjutsu!
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Yoru-san Hoje à(s) 04:00

» I - As rédeas de Latem City!!
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 01:42

» Ficha Saito Hiraga
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Saito Hiraga Hoje à(s) 01:38

» X - Some Kind Of Monster
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:24

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Nolan Hoje à(s) 01:09

» [Ficha] - Koji
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Proto_ Hoje à(s) 00:24

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Subaé Ontem à(s) 22:44

» A primeira conquista
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:01

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 21:46

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Emptypor Shogo Ontem à(s) 20:31



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptySab 14 Abr 2018, 02:15

Relembrando a primeira mensagem :

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Revolucionário Edmund Dante Bjernnsen Romanov. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Dante
Orientador
Orientador


Data de inscrição : 30/03/2013

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptySex 27 Abr 2018, 16:48

For the Win




Um homem quando convicto é capaz de fazer qualquer coisa para clamar sua vitória. Estava claro que isso não se tratava só de mim, havia coisas muito maiores em jogo dependendo do meu desempenho na missão, como a tritã e Shurima. “Ela não sabe mais do que deveria... Ótimo.” Não importava se era uma espiã ou não – Por acaso você sabe onde esse navio está agora? – Ainda desconfiado, iria dar o próximo passo do meu plano, conhecer meu inimigo. Se ela não soubesse, iria fazer a mesma pergunta para Sandro, mas antes de deixar a garota em paz, fitaria seus olhos pela primeira vez – Notei que tu te sentes um pouco incomodada com a minha presença... Não se preocupe, não farei nada que você não mereça – Terminaria com um sorriso largo e macabro, deixando as interpretações em aberto. Isso serviria tanto como uma ameaça quanto como flerte em minha cabeça. Observaria bem suas expressões por uns segundos, enquanto morderia agora minha goiaba saboreando-a muito devagarzinho, e depois me encaminharia a Astrid.

Em meu caminho até a garota estaria ainda nervoso, abrindo e fechando minha mão, com o corpo duro a ponto de estremecer e cair. Não era por causa dos meus flertes e essas bobagens, mas sim do que eu iria decidir a seguir. Eu não estava pronto para fazer o que eu iria fazer – Hey garota – chamaria sua atenção assim que estivesse perto, ainda pensando no que falar, engoliria a seco – Nos de um breve momento – Diria ao garoto com uma expressão neutra, apesar disso, em minha mente eu sentia receio na aproximação dos dois, afinal ele quem me despertara a sensação indesejada de estar sendo observado. Esperando ele se afastar, deixaria escapar melancolia em minha voz enquanto olharia fixamente para minha filha – Chegou a hora – Me inclinaria ligeiramente em sua direção, encostando agora uma mão em cada ombro dela – O seu momento de provar pra si mesma e pro mundo de qual dinastia você foi concebida – Eu nunca a vi numa luta pra valer, só em alguns treinos com o velho do meu pai que obviamente não tinha as intenções de matá-la, como um agente em campo, e essa era a pequena diferença que me preocupava. – Astrid, preste atenção no que eu vou falar: Os seus inimigos não vão hesitar no campo de batalha para te matar, então hesite menos ainda – Me afastaria bruscamente, virando-me de costas para os tripulantes do navio e tomando todo o ar em minha frente, expulsá-lo-ia vociferando – ATENÇÃO SOLDADOS, APROXIMEM-SE – Faria minha voz ressoar por todo o navio em tom de comando, mesmo que eu não tivesse um cargo pra lá de altivo.

Assim que o máximo de pessoas se amontoasse começaria meu breve discurso junto do meu plano de distração para os possíveis olhos indesejados. – Até o anoitecer vamos precisar desse navio com vários botes preparados. Afiem suas lâminas, recarreguem suas armas e certifiquem-se de armazenar uma quantidade generosa de dinamite ou pólvora. – Os explosivos serviriam como um bônus, o grand finale. “É discreto, provavelmente não vai haver sobreviventes então não terá pedido de reforço” Brotaria um sorriso sádico em meu rosto, só de pensar na morte de mais agentes.

Fecharia minha cara agora e olharia por cima de meu ombro para Astrid por alguns segundos, pensando no que eu iria falar agora. Retornando para os soldados, revelaria – E antes de qualquer coisa, vou querer um de vocês comigo para resgatar nossos companheiros. Não vou querer um, mas sim o MELHOR – Daria um ênfase no final, para completar – Os interessados, decidam-se em batalhas NÃO-letais, pelo amor de Odin. – Não tenho dúvidas de que minha filha é forte, mas ao me lembrar de que ela era um espadachim antes de pugilista, ordenaria – Usem espadas de madeira, bambu, estilingues, etc... A luta será decidida por desistência ou nocaute. – Era meio idiota por um lado, bolar uma luta entre meus soldados, mas eu não sabia do desempenho de cada um ainda e essa foi a primeira coisa que passou pela minha cabeça.

Já quase saindo do navio, encontraria Sara no meio de tudo aquilo, e encarando-a, balançaria minha cabeça positivamente como sinal de que a distração estava feita. Chamaria Ana e Sandro, e, em frente à Astrid, encerraria minha retirada em um tom frio, fitando-a com um semblante sério – Traga-me a vitória e nada menos. Mostre a eles o significado do nome... – Meus olhos brilhariam uma vez mais ao dizer o nome que queimava em meu coração – SHURIMA. – Imediatamente daria as costas, e mesmo se o navio não estivesse ancorado a ilha ainda, me atiraria em direção ao mar de forma cômica e sairia nadando até a ilha com movimentos rotativos no braço e nas pernas. Chegando lá, tudo que eu faria seria procurar por aqueles que conheço bem as vestimentas, desde que minha pátria foi reduzida a cinzas. Observaria atentamente pessoas de terno, no caminho para o navio ou a procura dele caso ninguém soubesse. Manteria certa distância, mas sempre observando todos os detalhes possíveis, até mesmo a hora.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 24
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Novidades em Breve

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptySab 28 Abr 2018, 15:37

For The Damaged

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O mundo não era um lugar bonito para se viver quando se descobria que aqueles que estão no poder não hesitariam em destruir reinos para o seu próprio bem. Edmund interrogava Ana sobre a localização do navio marinheiro, ela tinha um tom incerto mas ainda assim informou que o mais provável seria ele estar ancorado num porto privado da marinha. Edmund sorriu e disse algumas palavras a Ana que a deixaram ainda mais nervosa que antes, palavras estas que para muitas mulheres era um ato de abraço fofinho.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após saborear a sua tão amada goiaba, Edmund se dirigiu até Astrid e teve uma conversa séria de pai para filha sobre a batalha que se aproximaria, os olhos da garota pareciam ter um fogo sem fim ao perceber que aquela seria a hora de mostrar ao seu pai de que ela era digna de carregar o seu nome. Mesmo Sandro ter ido para perto de Ana como Edmund havia pedido, o homem não conseguia parar de sentir os olhos de Sandro nele, o seu olhar vago era estranhamente inconfortável para o Cabo, talvez seria para qualquer pessoa.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Bjersen pediu a atenção dos revolucionários e deu ordens para que pudessem cumprir a missão, dando também a oportunidade de um se juntar à equipa principal. Todos estavam motivados, não propriamente com o discurso de Edmund mas sim com a missão em si, todos naquele navio tinham um desejo em comum: Mudar o mundo. Não interessava qual era a missão ou qual o líder desde que os seus desejos por um mundo melhor fossem alcançado, eram como uma grande família. Edmund conseguia ver Sara no meio dos revolucionários sorrindo para ele como um sinal de aprovação.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]- Eu quero me juntar à missão! - disse um homem de cabelos negros e de uma estatura elevada. Outros revolucionários pretendiam se juntar à equipe, mas quando o homem falou todos mudaram de ideia, com a excepção de Astrid que respondeu seriamente - Então vamos lutar pelo lugar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]-Traga-me a vitória e nada menos. Mostre a eles o significado do nome... SHURIMA! - disse Edmund inspirando a sua filha que acenou com a cabeça. O navio estava ancorado bem próximo à ilha, porém não estava no porto. Impaciente, Edmund atirou-se ao mar e saiu nadando até a costa da ilha com movimentos simples, os revolucionários ficaram boquiabertos com a atitude do Cabo mas como perceberam que ele estava bem não se importaram em salvá-lo de si mesmo.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ao chegar na praia da ilha Edmund não conseguiu encontrar nenhuma pessoa vestida de terno, apenas duas crianças que brincavam na neve que pararam para observar Bjersen - Você vai ficar doente, tio! - gritaram as duas garotinhas correndo na direção dele - Você precisa trocar de roupa! Venha, mamãe vai ajudar você! - ambas estenderam a mão para Edmund, ambas com um sorriso puro.


cara q falou q quer participar:
 
gemeas:
 

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 20
Localização : Foda-se :D

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptyDom 29 Abr 2018, 16:52

For the Win




Minha cabeça era tomada por preocupação quando todos recuavam por conta de uma pessoa que carregava uma presença abaladora consigo, doía em meu espírito ter que ser frio com Astrid, mas fazia parte, tornaria ela mais forte. Assim que a garota mostrou sua convicção respondendo o chamado com coragem, em todas as minhas veias um só sentimento pulsava: orgulho. Isso estava associado ao fato de que um dos meus maiores desejos, fora reviver Shurima, era o de ver minha garotinha me superando, ter seu lugar cinzelado na história acima de qualquer rei ou imperador medíocre como eu fui no passado.

Perdido em pensamentos e cego pela minha saída “triunfal”, estaria tremulo depois de me molhar enquanto nevava, para piorar. Na tentativa falha de abraçar meu próprio corpo para amenizar o frio, cerraria minha boca, que não parava de chocar um dente contra outro. Procuraria desesperado pela minha última goiaba nos bolsos, encharcado “Eu me esqueci completamente da neve e do frio.” Resmungaria revirando os olhos, lembrando de tamanha burrice. - Você precisa trocar de roupa! Venha, mamãe vai ajudar você! – Eu já nem sabia mais onde é que eu tava, em todos os sentidos da palavra. Só me restava ir com elas ou morrer de hipotermia – S-S-Suave bora lá – Diria saindo do meu próprio “abraço” e aceitando as mãos como guia, e também como fonte de calor, ainda tentando miseravelmente manter minha pose e voz altiva.

Eu não sei se os agentes já têm minha identidade nos jornais ou algo do tipo, mas o caos que foi feito em Centaurea não pode ter passado em branco. “Principalmente porque pronunciei Shurima incessantemente.” Então mesmo com as gêmeas, tentaria andar discretamente sem deixar que olhassem diretamente para o meu rosto, ficaria cabisbaixo, olharia para o lado oposto e o que fosse possível. Com olhadas rápidas, procuraria nas ruas marinheiros ou agentes durante o caminho, sempre atento.

Se eu não demorasse muito para conseguir a ajuda das gêmeas, logo me despediria e agradeceria para sair às ruas novamente e procurar pelo tal porto ou por movimento suspeito.

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Galaxy Dante em Ter 03 Jul 2018, 00:59, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 24
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Novidades em Breve

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptyDom 29 Abr 2018, 19:31

For The Damaged

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]A roupa molhada e o vento frio não ajudavam Edmund a se manter saudável por muito tempo, seu corpo tremia por todos os lados e ao fim de pouco tempo ele começava a espirrar. Uma pequena constipação antes de uma importantíssima missão de resgate, seria isso o suficiente para impedir Edmund de lutar por suas convicções e sonhos? Para sua sorte a sua última goiaba não tinha se perdido no mar e as inocentes garotas ofereciam ajuda à Edmund, as suas vozes eram tão quentes como as suas mãos que aqueciam Edmund.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após uma curta caminhada chegaram na casa das meninas onde tinha uma linda mulher cozinhando algo com um cheiro muito familiar, um aroma impossível de errar, a mulher estava fazendo goiabada caseira. Quando os três entraram na casa, a mulher lançou um olhar incrivelmente simpático para Edmund - Parece que temos um aventureiro. - disse a mulher rindo. A casa era humilde com dois andares, sendo o primeiro exclusivamente a cozinha, divisão onde se encontravam, e o banheiro cuja porta ficava próximo às escadas. Alguma decoração da Cozinha lembrava Edmund de seu império.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]- Mamãe! Mamãe! - gritaram as garotas em sincronia - O senhor estava nadando com este tempo! Ajude ele por favor! - a mulher não resistiu em dar uma risada, como a goiabada parecia estar pronta a mulher decidiu ir em passadas rápidas até ao andar de cima. As garotas empurraram Edmund até a porta do banheiro, então a mulher voltou com algumas roupas e disse - Essas roupas pertenciam ao meu marido, espero que sirvam. Pode usar o banheiro para trocar de roupa. - O ambiente naquela casa era incrivelmente agradável, talvez fosse a simplicidade ou o aroma ou simplesmente o calor que ela continha.

Historico escreveu:
Ganhos:
Perdas:
Extras: Constipado(Resfriado)
Localização: Briss

post simples mesmo.
Spoiler:
 

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Cubo Nito em Seg 30 Abr 2018, 19:46, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 20
Localização : Foda-se :D

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptySeg 30 Abr 2018, 17:52

Your heart is worn, And the seams are torn




Garotinhas brincando na rua e em casa, sem preocupações. Uma mulher simpática e risonha, que pudera oferecer conforto a um estranho viajante. Talvez esse fosse apenas um pequeno vislumbre de uma vida que eu nunca iria ter, não sem antes alcançar minha paz, que vive em Shurima. Estranhamente aquela cozinha fazia-me lembrar do meu reino e essas memórias dramáticas todas vinham à tona. Todo aquele sentimento de paranóia que estava tomando a minha cabeça se esvaia aos poucos, e por um momento pude sentir tranqüilidade em meu espírito. - Essas roupas pertenciam ao meu marido, espero que sirvam. Pode usar o banheiro para trocar de roupa. – Mesmo sentindo toda aquela serenidade e sensação boa, eu não conseguiria evitar um sentimento que sempre esteve presente comigo – Ah pertenciam... Então você o botou pra fora de casa e é solteira agora? – Ainda mais com uma bela mulher por perto que oferecia hospitalidade. Era mais uma dessas que saiam da boca pra fora, o pai daquelas crianças poderia até estar falecido comigo falando essas bobagens, mas era inevitável.

Meu semblante estaria neutro assim que eu fechasse a porta para me vestir, preenchido apenas por alguns espirros por fruto de uma atitude impulsiva. “Não me arrependo, até que foi bom tomar aquele gelo, talvez me torne mais forte.” Eu só consigo acreditar que essas desgraças que acontecem existem com o único intuito de tornar um ser mais forte. Todos esses problemas que me assolaram no passado, contribuíram para me fazer acordar, e me tornar quem eu sou hoje, mesmo que não seja alguém pra lá de fantástico. Ao trocar de roupas, certificar-me-ia de colocar minha mochila de volta, onde meu dinheiro, jóias e coisas do tipo estariam protegidas.

Com um sorriso sutil no rosto, tocaria a maçaneta revelando agora se as roupas haviam servido ou não, e, independente disso, estava enfeitiçado só pelo cheiro que eu havia sentido da goiabada antes, dando uma longa e desrespeitosa “enxugada” no nariz ao abrir a porta. Mesmo com pessoas que eu jamais vi antes, estava tomado por um sentimento caseiro e minha guarda estaria baixa agora. Já poderia sentir aquela comida em minha boca, sem tirar os olhos da panela. – Obrigado por me receberem, estou considerando ficar doente mais vezes. – Diria com um sorriso no rosto, olhando para a mulher e segundos depois desviando para as gêmeas. – Suas filhas são umas heroínas, tenho bastante a agradecer, mas seria ousadia a minha degustar o milagre que você fez ai na panela? – Eu estava meio sem jeito por ter que pedir mais, só que provavelmente se eu não o fizesse iria perder uma boa goiabada, e isso, eu não posso suportar.

Aproximaria-me das gêmeas, e me agachando encostaria suavemente no nariz de uma das duas com um sorriso puro. Um gesto simples de carinho, enquanto me lembrava da energia que Astrid também tinha quando era mais nova. Seus pés nunca paravam no mesmo lugar, enquanto eu tinha que acompanhá-la garantindo sua segurança. Nunca tive ajuda com isso, pois o meu velho como a própria expressão diz, um velho, e minha esposa morreu no parto. Mas valia a pena cada segundo observar o sorriso da garota mais linda do mundo, e a ver crescendo. Mesmo que meus dedos tremessem ao não saber explicar por que ela não tinha uma mãe igual todos os outros, tudo que eu conseguia fazer era forçar um sorriso e suspirar em minha mente.

- Eu tenho uma filha também – Melancolia em minha voz, todavia em minha face transbordaria um sorriso sincero depois de tempos.

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 24
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Novidades em Breve

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptyQua 02 Maio 2018, 14:58

For The Damaged


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O sentimento de nostalgia acabou por pegar Edmund desprevenido e fantasiando sobre como aquela poderia ser a sua vida se o seu império não tivesse caído, era realmente infelicidade ele não puder passar mais tempo desfrutando daquela sensação. - Ah pertenciam... Então você o botou pra fora de casa e é solteira agora? - A mulher suspirou, porém manteve o sorriso no rosto e falou cheia de orgulho - O meu primeiro marido morreu protegendo a ilha dele. Ele insistiu que eu fugisse... Naquela época eu nem imaginava que estava grávida do meu primeiro filho. - enquanto a mulher falava de seu marido morto sem qualquer problema ou dor, as garotas sentavam-se na mesa com papel e cordas finas. - Isso tudo aconteceu há mais de 17 anos... Depois conheci um homem demasiado simpático e essas florzinhas acabaram por nascer. - a mulher sorriu - Mas eu nunca perdi tempo procurando outro homem, apenas me concentrei em educar as minhas filhas. - então Edmund foi trocar de roupas, o banheiro era bem simples e acolhedor, tudo naquela casa gritava por simplicidade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Quando o revolucionário voltou com as roupas secas, as crianças e a mulher estavam cortando a goiabada em pequenos tijolinhos em papel próprio para conservar comida. -  Obrigado por me receberem, estou considerando ficar doente mais vezes. - as três sorriram com um ar acolhedor -  Suas filhas são umas heroínas, tenho bastante a agradecer, mas seria ousadia a minha degustar o milagre que você fez ai na panela? - uma das garotas ficou envergonhada e mais vermelha que a bandeira revolucionária, ao ver a reação da filha a mulher não evitou em rir - Elas são como o pai delas, o coração delas grita pelo bem de todos. Ah! Onde estão os meus modos? - a mulher levantou-se e estendeu a mão para Edmund - O meu nome é Faye Jötnar. Estas são as minhas filhas, Aphrodite e Athenas. - a mulher suspirou e desta vez disse num tom de pena - Infelizmente a goiabada é mercadoria. Apenas posso deixar comer se pagar 10 mil berries a unidade.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Edmund aproximou-se de uma das gémeas e encostou o seu nariz com o dela, fazendo a garota sorrir de orelha a orelha - AHAHAHA! Você também faz isso? O oni-san sempre faz isso! - disse a garota rindo cheia de alegria e vida. Edmund conseguia ver que a outra gémea escondia um dos pedaços de goiabada no bolso de seu vestido sem que sua irmã ou sua mãe percebessem. - Eu tenho uma filha também – comentou Edmund. A gémea que havia escondido a goiabada rapidamente perguntou - E-ela é forte? - os olhos da garota brilhavam - Ela gosta de ajudar os outros?.

Historico escreveu:
Ganhos:
Perdas:
Extras: Constipado(Resfriado)
Localização: Briss

Roupass: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 20
Localização : Foda-se :D

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptyQui 03 Maio 2018, 05:04

Coz i have been where you are before [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



- Se ela é forte? – Encararia o teto com uma mão no queixo e me questionaria, mas a resposta estava bem clara na minha cabeça. – Ela é bem forte. Talvez até mais do que eu, ela carrega uma espada gigante e não teme mesmo quando seus amigos tremem – Exclamaria com entusiasmo, gesticulando e de olhos semi-arregalados brincando com a garota, para aflorar sua imaginação. Todavia, quando ela me perguntava se Astrid gostava de ajudar os outros eu não saberia responder muito bem, mas um riso abafado surgiria ao me lembrar do quão sinistra a garota pode ser quando quer. – Ela ajuda, sim ajuda sim. – Sem jeito, desviaria o olhar agora para a mulher que outrora atiçou meu paladar.

Não havia nada de errado em me cobrar aquilo, todos precisam sobreviver de um modo afinal. Retirando da minha mochila trinta mil, falaria enquanto me aproximaria feliz como um cão, de encontro ao seu tão desejado osso - Me vê três conto de goiabada. Não tem infelizmente, é seu sustento, então eu pago – Diria tomado pela ansiedade de poder degustar um sabor tão único. – Aliás, o meu nome é Dante, Faye -  Aquele era tanto um lado meu de gratidão quanto de um viciado em goiabas. Provavelmente essa seria a minha ultima ação aqui, se eu não acabasse me surpreendendo em como as expressões da dona haviam superado a morte de um cônjuge. – Eu também perdi o meu par, e não superei até hoje. É como um buraco sem luz no final, um véu negro colado no céu que fica ainda mais escuro à medida que vou avançando. – Eu nunca fui de me abrir com estranhos, mas essa situação era meio complexa. Sentia empatia com Faye, mesmo que ela já houvesse esquecido o seu passado, pois diferente dela, só sou movido por isso.

- Honestamente, eu nunca deixei transparecer isso porque tenho problemas demais a resolver ao invés de perder tempo ficando triste – A esse ponto já teria dado minhas costas, e com um sorriso por cima do ombro acenaria, indo em direção a porta da saída. – Obrigado pelas roupas e pela comida. Nunca mudem, garotas – Encerraria exaltando a beleza na pureza daquelas crianças, e no seu desejo de ajudar os outros, motivo de acabarmos nos conhecendo.

“Espero não ter perdido tempo demais” Pensaria, olhando para o céu imediatamente ao sair da casa, tentando deduzir aproximadamente que horas eram. Totalmente focado agora, sairia agora pelas ruas procurando o tal porto da marinha ou pessoas fardadas. Tudo que eu tinha que fazer agora era observar bem e ser discreto, mesmo que meus espirros denunciassem minha presença vez ou outra.



____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 24
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Novidades em Breve

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptySex 04 Maio 2018, 15:10

For The Damaged

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Edmund revelava os traços de sua filha com grande orgulho, os sorrisos no rosto das garotas aumentava cada vez mais, era como se a sua filha inspirasse as duas pequenas garotas sem mesmo sequer se terem visto alguma vez na vida. Então Edmund decidiu comprar as goiabadas da mulher e, finalmente, se apresentar formalmente, a mulher sorriu ao entregar as goiabadas e aceitar o dinheiro.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Num momento de empatia, Edmund acabava por abrir a sua mente com pessoas que recém havia conhecido apenas por sentir uma conexão, então virou as costas e se despediu das bondosas almas que o haviam ajudado. Ao sair da casa Edmund pôde perceber que não tinha perdido muito tempo na casa, o clima continuava o mesmo, neve que dançava uma doce salsa com o vento.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Edmund andou alguns minutos procurando pelo porto da marinha, não foi muito díficil, visto que à medida que se aproximava o número de civis diminuia e o numero de marinheiros aumentava, a segurança no porto era levada a sério para aquela missão, os revolucionários capturados pareciam ser bem valiosos para o governo. Edmund não conseguiu chegar muito perto do porto sem que chamasse a atenção dos marinheiros, mas conseguia ver o suficiente: um navio com o dobro do tamanho do navio revolucionário em que estava, com grande movimentação no interior e no exterior; algumas pessoas vestidas como civis estavam entrando no navio sem qualquer tipo de carga; um grupo de 3 pessoas vestidas de terno falando com um sargento da marinha proximos ao naivo. Qualquer que fosse o plano de Edmund deveria ser cauteloso para não acabar sacrificando vidas de aliados ou de civis.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes que ele pudesse fazer alguma coisa viu que a garotinha de antes, a mesma que havia escondido uma goiabada no seu bolso, correu até ao grupo de agentes e saltou para o braço de um deles, abraçando-o com toda a força e com um enorme sorriso no rosto. Após falarem sobre algo que Edmund não conseguiu escutar, a garotinha entregou a goiabada para o agente e então correu de volta para casa.

Historico escreveu:
Ganhos: 3 goiabadas.
Perdas: -30.000 brries
Extras: Constipado(Resfriado)
Localização: Briss

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 20
Localização : Foda-se :D

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptySeg 07 Maio 2018, 04:31

A Real Hero [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Tomado pela ansiedade o tempo inteiro, mal pude me deparar que estava nevando há tanto tempo. Na verdade haviam eras que eu não presenciava tal fenômeno, a ultima vez que pude aproveitar esse tipo de coisa, foi a muitos anos atrás, em minha casa... A de verdade. Todo esse lugar, e todas essas ocasiões me lembram Shurima, e isso logo depois de eu ser promovido. É até poético, como se os deuses estivessem escrevendo e roteirizando o meu próprio Edda Lendário. “O Imperador sem Império” Esboçaria um sorriso sutil com a ironia, enquanto estaria olhando para os agentes, segundos depois me surpreendendo com a cena.

Era a garotinha, era pra isso que ela estava escondendo aquela goiabada afinal. ”PUTA QUE PARIU O QUE EU FAÇO AGORA” Isso ecoou gritantemente em minha cabeça, assim como em minha expressão corporal, virei meu corpo imediatamente contra a situação, colocando ambas as minhas mãos sobre meus olhos não querendo acreditar. Na verdade nunca passou pela minha cabeça que esses desgraçados tinham família, filhos ou até mãe. Seria meio surreal demais isso ser verdade, mas era o que eu estava vendo exatamente agora. O pior disso tudo é que ele tinha que ser ligado logo à garota que me salvou... Talvez eles não sejam parentes, mas com o “desejo” de ajudar os outros e toda essa baboseira que marinheiros e o governo fingem ser, pode ser sobre isso mesmo que elas falavam.

Jamais pensei que iria ver agentes como humanos. Quando eu encontro um, só existem meus punhos e a face que eles amassam... O mundo inteiro para, e só existe um único botão, uma única ação POSSÍVEL para eu executar. E não há nada de errado nisso, não há nada de errado em jorrar sangue alheio por todo canto, e desfigurar um rosto até transformar todos os seus ossos em migalhas. Não há nada de errado porque... eu tenho essa certeza de que os deuses estão ao meu lado quando tudo o que resta deles se resume a uma decomposição iminente. Foi para isso que eu nasci, para vingar o meu povo e trazer a destruição iminente do governo. “Eles mataram toda a minha família, eu não vou fazer isso com a deles, seria errado... Mas sim com eles”. Terminaria, olhando bem para as vestes e a estrutura corporal daquele homem, principalmente para o seu rosto. Não quero me esquecer do homem que me fez lembrar que não há nada que possa quebrar minha convicção.

Eu já havia visto o suficiente, era um navio bem grande e isso abalava um pouco minha confiança, mas ainda assim, deve dar certo. Se por acaso alguém me encarasse ou eu achasse estar ameaçado de certa forma, iria me jogar no chão imediatamente, essa era a primeira coisa que eu conseguiria pensar. E então iria começar a abrir e fechar meus braços, brincando na neve desenhando um anjo.  Eu realmente não poderia fazer algo mais gay... Por fim iria procurar um bote abandonado ali no porto mesmo, se possível. Senão, voltaria de onde eu vim, procurando pelo navio ali na orla. Iria acenar enquanto vociferaria – MANDEM UM BOTE – Totalmente neutro, sem esboçar qualquer tipo de emoção depois do que eu acabava de testemunhar.




____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Galaxy Dante em Qua 06 Jun 2018, 19:11, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 24
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Novidades em Breve

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptyQua 09 Maio 2018, 14:44

For The Damaged

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] A neve e o vento trocavam a sua dança para algo mais agressivo, aos poucos a neve ficava mais intensa com o vento e ambos deixavam a constipação de Edmund pior, mesmo ele tendo roupas novas. O revolucionário olhava bem para o agente que a garotinha havia abraçado, quando memorizou a sua cara e, antes que algum marinheiro fosse encher o seu saco, ele voltou para o porto principal onde "todos" atracavam livremente.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Não foi muito difícil achar um bote jogado no porto, principalmente se ele parecesse ser mais velho que o avó de Edmund, todavia ele não apresentava nenhum buraco e nenhum dono aparente. O seu navio não estava ali atracado, porém este estava próximo o suficiente para chegar de bote.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Se Edmund decidisse tomar o bote e voltar para o navio revolucionário, ninguém tentaria o impedir por pegar um bote velho. Uma vez dentro do barco, ele seria capaz de testemunhar a sua filha dando o golpe final no seu oponente com uma espada de madeira, deixando-o K.O, sem esperarem sequer um segundo os revolucionários correram para ajudar o homem. Embora vencedora, a sua filha teria um corte raso no rosto e no lábio inferior. - Seja bem vindo novamente. - diria Sara para Edmund - Como estava a água? - no mesmo instante que a ruiva iniciasse uma conversa com Edmund, Sandro estaria ao lado de Astrid com um kit médico e começaria a tratar das feridas da garota, por algum motivo ambos estariam sorrindo, este era um sorriso que talvez Edmund fosse capaz de reconhecer, um sorriso puro de carinho, quase impossível de fingir.

Historico escreveu:
Ganhos: 3 goiabadas
Perdas: 30.000 berries
Extras: Constipado(Resfriado)
Localização: Briss

Agente em questão: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 20
Localização : Foda-se :D

A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 EmptySex 11 Maio 2018, 04:58

Believe in me, as i believe in you [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Antes mesmo de terminar meu raciocínio, só conseguia me perder com um espirro atrás do outros, e o nariz insuportavelmente entupido enquanto estaria abraçando meu próprio corpo trêmulo, na tentativa falha de gerar mais calor. Uma sensação no nariz que me dava quase tanto ódio quanto o governo mundial. Essa sensação negativa iria se desintegrar a partir do momento em que meus olhos capturassem a belíssima cena de Astrid nocauteando seu colega, que caia por uma causa nobre. Confesso que quando todos os outros pareciam temer me deixei levar pela insegurança também, acreditando que a garota poderia perder. Mas eu havia esquecido quem ela realmente era, assim como fiz comigo mesmo, anos atrás. Segundos depois de pisar no navio, meu espírito seria preenchido com o mais limpo dos orgulhos, o paternal. Um sorriso estampado em minha cara escaparia, e respondendo Sara com os olhos fixos em Astrid falaria – Gelada. Pra. Caralho – Espirraria num canto sem nada, almejando que aquilo aliviasse o nariz entupido, para então voltar a falar – Eu tava tão feliz que me esqueci que tava nevando, mas acho que valeu a pena ficar resfriado, você vai ver. – Diria me aproximando dela, de modo que nossos ombros se encostassem e eu pudesse roubar um pouco de seu calor, enquanto continuaria encarando Astrid.

O garoto realmente me atormentava, mas pelo fato dele ser estranho e observador, e não por se aproximar da minha filha. Era inevitável que ela tivesse algum amor juvenil, eu tenho esperado por bastante tempo para encontrar alguém louco ou suicida o suficiente, quase pensei que fosse impossível. “Tem guerreiro pra tudo no mundo” Pensaria, enquanto soltaria um riso abafado próximo de Sara, recostando meu antebraço direito sobre o ombro da mulher. – Ele é bem estranho, mas ta cuidando dela afinal, talvez eu deva dar uma chance – Olharia para a ruiva agora, fitando sua boca com um sorriso – Fico imaginando quando irei cuidar de você também. Você conseguiu os ternos já? – Se a resposta fosse positiva, iria fazer um sinal com a mão chamando-a e indo em direção a Astrid e Sandro.

O dobro do tamanho do nosso navio me assustava um pouco, mas meu plano ainda assim vai funcionar. “Eu sei disso, porque ele é ridículo” Pensaria, assim que nós cinco estivéssemos reunidos, incluindo Ana e Sara. – Com prazer e absoluta satisfação, tenho o orgulho de te incluir nesse grupo, filha. – Uma brasa esquecida se acenderia em meus olhos, e um sorriso largo surgiria. Eu já estava ansioso para o anoitecer, e a execução da nossa missão – Imagino que vocês já saibam, vamos nos infiltrar lá. Eu vou preparar o disfarce de cada um de vocês, tenho o orgulho de dizer que as habilidades de Shurima não se estendem a apenas força bruta, elas vão muito além – Inclinaria apenas o lado esquerdo do meu lado, sorrindo com orgulho. Assim que os ternos me fossem fornecidos, estenderia para cada um – Vistam-se, eu farei o resto. – A partir disso, tomaria a devida cautela para arrumar os detalhes de cada um, espelhando uma farda que eu conhecia e odiava bem. Especificamente em Sandro, usaria um bigode falso ou um spray para desenhar nele um bigode, não perdendo a chance de zombar do pretendente de Astrid.

Se possível, com esse mesmo spray ou uma peruca com a mesma cor de cabelo do Agente que eu havia visto, faria o meu visual espelhando-o. Pentearia meu cabelo para frente, deixando no mesmo sentido que o homem, e também daria algum jeito de fazer a barba com uma navalha ou algo do tipo. Sem conseguir parar num lugar só devido ao entusiasmo e um pouco de nervosismo, ao finalizar diria para todos – ESPERO QUE TENHAM PREPARADO SUAS PISTOLAS E AFIADO SUAS LÂMINAS, HOMENS. AO ANOITECER VISLUMBRAREMOS A LIBERDADE DE NOSSOS COMPANHEIROS! – Vociferaria aos outros soldados restantes, indo em direção a Sara para terminar o dialogo e deixar toda a parte teórica feita. – À noite sairemos daqui, em dez minutos após nossa saída ou quando ouvir disparos, mande seus homens. Todos em botes, quero que cheguem de surpresa. Eu vou dar um jeito pra isso acontecer sem que percebam. – Me viraria agora, e dando passos em direção a minha filha, repentinamente pararia e olharia para a ruiva de novo – Ah, e não se esqueça dos explosivos, essa é a parte mais importante desse plano bombástico – Terminaria com um sorriso sarcástico. Voltando para meus comparsas, falaria em tom neutro - Dúvidas? -




____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou   A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Ascensão de um Império Act I: Shurima, seu imperador retornou
Voltar ao Topo 
Página 2 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Centaurea Island-
Ir para: