One Piece RPG
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Inim] O errante
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Visastre Hoje à(s) 15:35

» Meu perfil / mini-aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 14:41

» [MINI-JuninhoSiq1997] O Inicio
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor JuninhoSiq1997 Hoje à(s) 12:49

» [Mini-Sting] Trabalhos sujos de formas baratas
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:18

» [M.E.P.] Mini-Sting
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 12:16

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor ReiDelas Hoje à(s) 12:10

» [Mini Aventura] - Gravekeeper
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 07:18

» [MINI - Mirutsu] Começo da Jornada
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Mirutsu Hoje à(s) 02:02

» Roy Collins
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 01:06

» [Ficha] - S. Price
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:25

» Shimizzu Price
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:23

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Kyoki Ontem à(s) 21:29

» Ficha~Pierce~
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Pierce Ontem à(s) 21:22

» MEP Kyoki
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 19:20

» [Mini - Benjamin] Os primeiros passos para a vingança
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 19:07

» [Ficha] Violet
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Nana. Ontem à(s) 16:35

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Van Ontem à(s) 14:00

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Blum Ontem à(s) 12:17

» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor Roy Collins Ontem à(s) 08:03

» Rem E. Nuf
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Emptypor GM.Remenuf Ontem à(s) 06:22



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [Mini - Bigodinhos ] - O Começo

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptySab 24 Mar 2018, 21:18

Nome: Bigodinhos
Idade: 25
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Ceifador
Localização: Shells Town
Grupo: Civil
Vantagens: Genialidade
Desvantagens: Fúria
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptyTer 27 Mar 2018, 13:59

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptyTer 27 Mar 2018, 15:18

Aquela duvida não saia da cabeça do Bigodinhos era uma coisa que o consumia e que não o deixava dormir a noite.
"Pirata ou Marinheiro? Quando será que vou conseguir descobrir a minha natureza? Ou será que no fim de tudo vou só ser um simples civil? Dono de uma empresa com um grande navio, uma mansão enorme ..... Náááááá tudo menos isso que tédio de vida meu deus" - Pensava Bigodinhos, era isto a vida dele já há a algum tempo para trás que está sempre a pensar na mesma coisa.
" Mas porque é que eu não consigo decidir?!"- Continuava Bigodinhos no seu pensamento mas a sua expressão não era a mesma, começava a ranger os dentes e a ficar com a sua cara um pouco vermelha.- ESTOU FARTO DISTO!- Gritava.
"Ups, se calhar desta vez gritei muito alto mas continuando com o meu pensamento, acho que já sei o que vou fazer durante uns tempos vou andar atrás de pessoas para ver se consigo formar uma equipa para navegar por estes mares, senão viro marinheiro e tento chegar ao mais alto cargo que conseguir.- Pensava este mas havia uma coisa um pouco estranha nesta historia de onde vinha estas duvidas todas? Tanto a sua mãe como o seu pai não eram nem Marinheiros nem Piratas era simples civis que ganhavam a vida de uma maneira justa e que estavam felizes com isso mas desde pequeno que Bigodinhos sempre quis ser algo diferente, o que já era normal para ele porque ele sempre foi um pouco diferente das outras crianças, nunca se interessou com brinquedos como uma bola, por exemplo. Ele preferia em vez disso fazer montar uma maquete de barco dentro de uma garrafa, coisa que para uma criança pequena não era normal, para além de saber todas as peças do navio de cor e salteado. Agora já dá para entender um pouco melhor a sua luta interior não? Como se ganha sabedoria? Ficar anos e anos sempre na mesma ilha? Ou viajar por essas ilhas foras a descobrir e a estudar coisas fora do comum ? Ninguem podia ficar preso desta maneira a uma só ilha, pelo menos era este o pensamento de Bigodinhos, por isso é que existe este grande dilema na sua cabeça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptyQua 28 Mar 2018, 13:33


Orientação - Fase 01 - Interação e Diálogo!

A dúvida era uma companheira cruel, mas constante na vida de muitos aventureiros. Nenhum, no entanto, deveria dar muito ouvido à essa má conselheira. A vida é feita de escolhas, correto, mas essas escolhas têm de vir naturalmente; após um ou outro período de catarse e profunda interpretação sobre o próprio destino. Com pensamentos deste tipo era que nosso protagonista acordava em uma manhã fria e nublada; sua cabana – Na qual se encontrava – Estava ligeiramente aquecida pela lareira central; mas não providenciava muito conforto além disto.

Bigodinhos estava em sua cama, deitado encarando o teto. Ao seu lado, ele podia ver a mesinha de cabeceira que contava com alguns itens – Uns centavos de berries, sua fiel foice de combate, e um cantil cheio d’água. No vidro da sua janela, ele já podia começar a escutar um ou outro respingar chuvoso que ali se chocava, mas a chuva em si parecia teimar em não se derramar sobre aquela parte da ilha.

Um rádio, ao longe, tocava uma música calma e triste. Parecia algo entre um fado e um bolero, misturando violão, viola e uma voz feminina bonita; que lembrava ao nosso herói a voz da sua própria mãe. Seus pais tiveram grande influência em seu passado, e ele parecia lembrar-se deles com carinho e ternura; o que fazia com que a saudade batesse forte e doída em seu coração. Após um segundo desta percepção, o garoto levantou-se meio que por instinto; buscando um destino a dar para si mesmo.

Caminhando pela sala, ele viu pela janela principal um aglomerado de pessoas. Era um círculo de gente que se voltava em direção a algum evento que ocorria em meio à rua. Todos pareciam cochichar coisas que, dali, eram impossíveis de se ouvir. Eram, em um todo, cerca de 20 pessoas muito juntas, formando aquela espécie de fenômeno social conhecido como ‘’flashmob’’ em volta de algo. Pulavam e pareciam agitados, mas sem uma aproximação cuidadosa e detalhada era impossível saber exatamente sobre o que aquilo se tratava.

No mais, o clima dentro da casa estava afável e aconchegante; caso Bigodes quisesse fazer alguma outra coisa.



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptyQua 28 Mar 2018, 17:02


- Que raio se está a passar com as pessoas de hoje em dia? Estão ali todos agitados. IDE PARA CASA! PODE VIR A CHOVER!

Gritava Bigodinhos para a sua janela.

"Alguma vez eu sairia de casa com este tempo? Ainda por cima de ter esta lareira ... SUGOIIIIIIIIIII. Tão quentinha, meu deus."

Pensava Bigodinhos para si mesmo enquanto olhava para a sua lareira central mas a intriga não saia da cabeça deste, porque seria que estavam ali aquelas pessoas todas reunidas? Estariam a festejar algum feriado? Ou estavam só ali, porque sim?

O dilema era grande na cabeça de Bigodinhos quente e sozinho? Ou frio e talvez a festejar alguma coisa? Não tinha nada a perder, então decidiu que estava na altura de sair de casa e ver afinal o que se passava ali no meio da rua que chamava tanta gente.

Mas caso corresse alguma coisa mal mais valia levar a sua amada. Delacroix...
Era o nome que tinha dado a sua reluzente e fiel foice de combate que andava com ele para todo o lado. Tinha-a comprado a um velho mercador nómada que viajava de cidade em cidade a vender a sua mercadoria. Mal a viu fixou-se nela mas o valor era um pouco alto para o bolso de Bigodinhos pediu ao mercador que a guardasse e disse-lhe que ao fim de 5 dias teria o dinheiro para a pagar. Assim foi, trabalhou duro, em pequenos empregos que apareciam, só para poder ter aquela arma para si e ele sabia que com ela poderia tonar-se noutra pessoa.

Então estava decidido! Bigodinhos com a sua mão esquerda tentava pegar na sua arma que estava em cima da sua mesinha de cabeceira para seguir em direcção e abria-la caso conseguisse. Da sua porta já conseguia ver a multidão no meio da rua, mas continuava sem intender o que se passava. Com Delacroix bem apertada na sua mão, Bigodinhos começaria a sua descida em direção a multidão, um passo de cada vez, o barulho das pessoas a conversar começava a aumentar.

Até que finalmente chegou perto de um cidadão e com o indicador da sua mão direita tocou no ombro do cidadão para que este lhe pudesse fazer uma pergunta caso conseguisse.

- O que se está a passar para estar tanta gente aqui?

Perguntava Bigodinhos, caso o cidadão não lhe respondesse este virava-se para a pessoa que estava ao seu lado e tentava fazer a mesma pergunta. Isto tudo para este descobrir o porque de ter uma multidão ali no meio da rua.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptyQui 29 Mar 2018, 13:17


Orientação - Fase 01 - Interação e Diálogo!

Ajeitando sua fiel foice ao lado de si, nosso herói saiu pela porta da frente totalmente curioso sobre o que decorria ali, no meio da rua. Como dito, haviam várias pessoas ali, mas o alvo de Bigodes era um senhor grisalho que estava um pouco mais destacado da multidão. Ele estava encostado no poste da calçada, coçando sua longa barba branca que ia até a altura do peito. Sobre a sua cabeça, havia um chapéu de palha grande e expansivo, que criava uma sombra grande sobre seu corpo pequeno e aparentemente frágil. O homem quase que se assustou com a abordagem do rapaz

Oh, oi garoto... – Ele começou a responder, enquanto ouvia a pergunta e abria um risinho amarelo – Nossa, você não viu? Seu sono deve ser de pedra mesmo... – Ele apontava para o rosto de bigodinhos, claramente sendo aquela cara típica de quem acaba de acordar – Enfim, foi a maior covardia que já vi na vida. A moça só estava levando a carroça dos pais com a mercadoria da loja para a sua casa, e uns brutamontes atacaram e levaram tudo... O pessoal chamou a marinha, mas até agora não chegaram... Desgraçados preguiçosos! – O velho cuspia no chão logo em seguida, começando a acender um cigarro

Após a explicação do senhor, era possível divisar que de fato havia uma figura no centro daquela confusão. Era uma moça de cabelos branco-azulados, bastante bonita inclusive. Seu rosto era fino e gentil, mas contava com uns bons roxões das pancadas que levou. Estava agradecendo a todos, enquanto tentava recuperar parte da mercadoria que os ladrões haviam deixado para trás. A carroça também havia sido levada, pelo visto, pois a menina estava apenas de pé sobre o chão, tentando por todas as forças não chorar e agradecendo a todos

Obrigado, pessoal – Pegava algumas caixas de tomates e cebolas que haviam no chão perto dela – Vocês são muito gentis, mas não tem o que fazer... Vivemos mesmo num mundo injusto demais e daqui que a marinha apareça, os ladrões já terão há muito ido embora... Longe demais para serem rastreados... Mas mesmo assim, muito obrigado! – Ela sorria, sem muita energia por trás do riso.



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptyQui 29 Mar 2018, 20:09


- … atacaram e levaram tudo ...

Foram estas as ultimas palavras que Bigodinhos ouviu da boca daquele senhor grisalho que se tinha dignado a responder a pergunta que este lhe tinha feito. A partir daquelas palavras o cérebro do nosso pequeno herói bloqueou e a única coisa que lhe estava dentro da sua cabeça era – atacaram e levaram tudo.

O sangue começava a fervilhar pouco a pouco dentro do corpo de Bigodinhos e a fúria começava alastrar-se enquanto este olhava com um olhar um pouco psicotico para o centro de todas as atenções aquela linda rapariga que estava a tentar apanhar parte da mercadoria que ainda restava.

- Quem fez isto ? Tu sabes ?! HUM?! RESPONDE-ME!

Gritava Bigodinhos enquanto ao mesmo tempo tentava com a sua mão direita agarra-lo pela sua roupa e puxa-lo para a beira dele.
Mesmo que o senhor lhe respondesse a raiva que estava dentro de si cegava-o e este nem ouviria a resposta. Desde o meio da conversa que este com a sua mão direita apertava cada vez mais o cabo da sua foice.

Nunca foi muito bom a lidar com este tipo de injustiças, quer dizer … Depende das injustiças se elas merecem-se ele não queria saber agora assim? Uma rapariga delicada como aquela que apenas estava ajudar os seus pais, isso ninguém merecia, era isto que enraivecia mais Bigodinhos. Pessoas trabalhadoras a serem roubadas …

Bigodinhos largaria o senhor caso estivesse com a mão nele e começaria a andar em direcção a rapariga , ele não queria saber de mais ninguém e só estava interessado nela, por isto enquanto passava pela multidão que estava a sua frente este iria dar encontrões as mesmas. Caso alguém lhe dissesse alguma coisa este iria levantar a foice em direcção a cabeça dessa pessoa e olharia para ela com um olhar de quem a mataria se dissesse alguma coisa. Iria depois claramente ignorar essa pessoa e começaria novamente a sua caminhada.

Quando chegasse a beira da rapariga este iria espetar com grande ímpeto a foice no chão fazendo até um buraco o que poderia levar as pessoas a começar afastar-se um pouco do centro.

Algumas caixas de tomates e cebolas estavam espalhadas pelo local, Bigodinhos prontamente tentou apanhar algumas delas para dar a rapariga. Se tivesse as caixas na mão este iria pegar nelas e por ao lado da rapariga e começaria a falar com ela, senão iria logo para a beira dela.

- Estas bem ? Quem te fez isso ? Viste a cara deles ? Como é que eles eram ? Como se chamavam ? Para onde foram ?

Perguntaria Bigodinhos com a voz bastante acelerada só para saber uma resposta.

- Eu estou aqui para te ajudar, para fazer justiça, para matar esses gajos caso seja preciso !

Dizia este para a rapariga.

Caso a rapariga respondesse afirma mente e dissesse o local para onde os ladrões tivesse ido, Bigodinhos pegaria na sua foice e começava a rasgar um pouco do solo com ela, já que estava enterrada no mesmo, até que á levantava e começaria a correr em direção ao local que a rapariga diria.
Se isto não acontecesse ele ficaria ao lado dela e ajudaria a levar o resto da mercadoria para onde ela quisesse e continuaria a conversar com ela tentando anima-la o mais que ele conseguisse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptySab 31 Mar 2018, 02:50


Orientação - Fase 01/02 - Interação e Diálogo/Combate

Eram tritões! – A moça parecia responder a todas as perguntas com essa única resposta – Tritões malvados, fedidos e fortes! Muito fortes! – Ela colocava uma mão no rosto, chorando copiosamente e sem vergonha de demonstrar o nervosismo e a fragilidade. Pelo visto aquela era uma mulher que não havia sido criada para aquele tipo de universo; aonde monstros viajam pelos mares fazendo tudo o que querem sem responsabilidade ou senso de justiça algum. Ponderações à parte, a garota dava a Bigodes exatamente aquilo que ele buscava: Direções.

Sim, moço! Eu não os conheço, mas vi para onde eles foram... Eles saíram correndo pela reserva ambiental ali, para dentro! – A moça apontava um cercado entre dois edifícios. Deveria ser uma linha de cerca de 30 metros, com uma cerca alta de metal e um portão em arco aberto ao meio, sem trancas. Ela explicava – Após pegarem meus pertences, meteram-se ali dentro... Devem estar querendo pegar o afluente do rio que corta a ilha, para desaguar no mar e juntar-se ao bando que deve estar atracado em... Em algum lugar! – Ela não se controlava ao final, e, em soluços, disparava num choro entregue e sem fim. A população ajudava, levantando-a e uma velhinha começava a conduzi-la para a sua casa, para tomar um chá e um calmante.

A promessa do nosso herói foi escutada, e fez a menina voltar-se para trás com olhos em lágrimas; mas uma face de puro agradecimento. A multidão, entretanto, dispersou-se perante a promessa feita por nosso herói; pelo simples motivo de que civis não querem passar nem perto de atos heroicos. Geralmente eles dão muito mais problemas do que soluções, para quem não é versado na arte de ser aventureiro. Entretanto, esse não era um problema para o poderoso ceifeiro Bigodinhos; que, seguindo a sua intenção inicial, havia conseguido o seu próximo itinerário.

Correndo, dobrou a curva do portão e entrou na reserva ambiental. Aquilo era exatamente o que se esperava: Um reduto de pura natureza no seio das estruturas urbanas e civilizadas. Devia ter cerca de alguns campos de futebol de tamanho interno, e o rio principal da ilha o cortava bem no centro. Isso era de conhecimento comum, e todos sabiam, o que não sabiam é que piratas seriam tão ousados a esse ponto. Dentro da reserva, entretanto, não haviam civis – Os que ali deveriam estar provavelmente fugiram ao mero ato de ver as criaturas písceas. Não haviam rastros diretos, mas como toda e qualquer floresta; os rastros deixados e mais fáceis de identificar era a de destruição da mata original.

Entre as grandes árvores, os arbustos menores formavam uma espécie de linha. Essa linha havia sido quebrada fora da trilha, deixando claro para onde os malditos haviam ido. Continuando sua corrida, após alguns minutos, nosso herói começou a ouvir vozes ao fundo, distantes; junto com um som forte de correnteza mais forte ainda. Aproximando-se com mais cuidado, viu que estava em um alto barranco. Lá embaixo, dois tritões cochichavam entre si; portando cada um 5 grandes caixotes de madeira que deveriam ser os pertences da nossa pobre mocinha. O que diziam era impossível de ser ouvido dali, mas talvez pudesse ser escutado após uma aproximação que deveria ser executada de maneira furtiva, sob a pena de ser descoberto!

Caso não se interessasse pelo que dissessem (Informação que poderia ser muito útil, ou não); Bigodes estava livre para atacar com a vantagem de pegar os inimigos de surpresa.



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Informaticbug
Membro
Membro
Informaticbug

Créditos : Zero
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Data de inscrição : 24/03/2018

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptyQua 04 Abr 2018, 16:10


"Tritões... De tanto peixe no mar tinha logo que calhar estes.. Vamos lá ver o que consigo fazer contra eles. Não deve ser só um claramente.

Pensava Bigodinhos para ele próprio enquanto corria em direcção a reserva ambiental, ele sabia que teria que ter uma estratégia bastante boa para os conseguir vencer estes animais ou pelo menos tentar.
Enquanto percorria a reserva natural este reparava na linha de destruição que percorria toda a mata, o que só poderia significar que aqueles monstros estariam mesmo naquele lugar. Também reparou que ali não havia ninguém o que queria dizer que todos os civis ou já tinham fugido ou pelo menos estavam escondidos e que este não poderia contar com a ajuda de ninguém.  
Continuou a seguir o rastro de destruição, até que começou a ouvir vozes, um pouco distantes. Foi se aproximando aos poucos e em silêncio das vozes até que notou que estava numa ravina e que ao olhar para baixo por entre dois arbustos os dois tritões apareciam no seu radar de visão e que cada um pegava em 5 caixas de madeira, que com certeza pertenciam a rapariga.

"Como é que vou conseguir derrotar 2 tritões? Será melhor tentar separa-los ? Mas assim um pode descer o rio enquanto luto com o outro... Tenho que pensar bem."

Pensava o nosso herói mas estava na hora de agir.
Graças a linha de destruição da natureza que havia atrás de si, Bigodinhos virava-se para trás e tentaria apanhar com a sua mão esquerda duas pedras ou dois paus, já que na sua mão direita tinha ainda empunhado a sua foice.
Caso encontrasse os objectos ele iria pousar a sua foice no chão para tentar atirar os objectos em direcção aos tritões para acertar neles.
Como a distância entre Bigodinhos e os tritões ainda era considerável este poderia se deslocar para a esquerda ou para a direita para tentar atirar mais dois objectos, que apanharia enquanto se movia de um local para o outro, fazendo isto mais 2 vezes para tentar confundir os tritões para que estes não conseguissem identificar a verdadeira localização de Bigodinhos e pensarem que poderia haver mais que uma pessoa no topo da ravina, já que este se movia entre os arbustos.
Em todas as acções que Bigodinhos fazia após atirar os objectos este pegaria novamente na foice para mudar de local.
Após o quarto arremesso este tentaria mover-se na ravina até ficar por trás dos tritões e lançaria um ataque com a sua foice empunhada nas duas mãos para tentar acertar com a sua parte cortante nas costas do tritão da direita.
Caso olhassem para este, Bigodinhos no seu movimento descente iria atirar dois borrões de terra em direcção aos olhos dos monstros, para tentar cega-los. Borrões que este teria apanhado antes de saltar em direcção a estes e que estariam na sua mão esquerda, isto significa, que Bigodinhos iria pegar na foice apenas com a sua mão direita para atirar com a esquerda os borrões.

Se nada disto acontecesse e este não encontrasse nenhum objecto no chão. Bigodinhos iria mover-se por entre os arbustos apenas para ficar nas costas dos tritões e lançaria um ataque em direcção a eles.
Com a sua foice segura nas duas mãos este tentaria acertar com a parte cortante dela nas costas do tritão da direita.
Caso este se virasse antes do atacar ser concluído este tentaria acertar na face do monstro, se este defendesse como Bigodinhos estava num movimento descendente ele retiraria a foice e daria um pontapé no tritão para que este se move-se para trás e cai-se no rio.
Se o tritão cai-se ao rio, Bigodinhos não iria perder tempo e arremessaria as caixas com a parte lateral da sua foice ( num movimento tipo golfe ) em direcção a parte superior do corpo do outro tritão.
Ao mesmo tempo que ele acabaria de fazer este movimento começava a correr em direcção ao monstro por trás das caixas ( a visibilidade do tritão iria ser baixa ) para tentar lançar um ataque e caso fosse bem sucedido iria espetar o bico da foice na parte lateral do tritão e puxaria a arma na sua direcção, o que faria uma espécie de corte profundo.

Caso Bigodinhos não conseguisse mandar o outro tritão ao rio com o pontapé este iria dar um salto para trás e com a foice empunhada na sua mão direita iria tentar enfrentar os dois tritões frente a frente.

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Skyblazer
Soldado
Soldado
Skyblazer

Créditos : 13
Warn : [Mini - Bigodinhos ] - O Começo 10010
Masculino Data de inscrição : 28/04/2014
Idade : 27
Localização : Lvneel - North Blue

[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo EmptySex 06 Abr 2018, 02:38


Orientação - Fase 02 - Combate!

Lançando mão de uma boa estratégia, Bigodes põe em prática suas ações. Correndo e movendo-se rápido como o vento, o ceifador arremessa galhos e pedras que vai encontrando no chão para diversas posições diferentes. Abaixo, os tritões começam a olhar para todos os lados, sem saber ao certo o que está acontecendo e demorando a interpretar os barulhos – Típico de seu cérebro geralmente bem menor que os músculos.

Eles olhavam em todos os ângulos e se cutucavam, apontando para os lados e dando as costas exatamente no momento correto para que o nosso herói descesse quase que escorregando na encosta da ravina. Sua aproximação fora furtiva o suficiente para que entrasse em campo de combate hábil e, com bastante força, aplicasse um golpe cortante que partiu diagonalmente o lado posterior do torso de um dos vilões. Sangue espirrou e o monstro tombou para frente, totalmente desacordado pois fora pego de surpresa pelo herói – Impedido, portanto, de obter quaisquer tipos de vantagens defensivas.

Saltando para trás, nosso herói visou ganhar espaço. As caixas não pareciam ser tão leves a ponto de poderem ser utilizadas da maneira que ele planejara – Constatou isto ao ver que a maioria até mesmo se espatifaria antes de um arremesso da forma que pretendia. Notou também que utilizar suas pernas para qualquer outra coisa que não fosse movimentação talvez não fosse a melhor das idéias, tendo em vista que não havia treinado nenhum tipo de golpe durante toda sua vida utilizando-as.

Distante cerca de seis metros do seu inimigo restante, encarou o bicho urrar e rugir com grande fúria; ao iniciar uma investida mortal em sua direção, O tritão avançava com uma velocidade sobre-humana, dentes postos à frente em uma mordida poderosa que veio a acertar o ombro de Bigodes. Ele trucidou a área, mordendo e girando o corpo, literalmente arrancando um bom naco de carne do local. Sob a maldição de uma dor pungente causada pelo ataque do ladrão písceo, restava ao nosso Ceifador tomar mais cuidado em seus movimentos defensivos – Aquele dano causado pelo bicho não era de brincadeira!

Agora ali estavam – Herói e vilão. Encarando-se enquanto a água do rio fazia aquele barulho característico. O tritão rotacionava e estudava o posicionamento de Bigodes, que fazia o mesmo com o bicho. Até que, de um sopetão, o monstro correu mais uma vez – Armando desta vez um soco que mirava a área da cabeça do nosso protagonista. Bigodes viu o tempo desacelerar por um efeito de adrenalina e do seu próprio treinamento, o que lhe dava uma chance para evitar o célere golpe do monstro!



Dicas e observações:
 

____________________________________________________


Ficha | Aventura
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo FcTJa9C
Aqui é Divine Tools, pô!!!:
 

Never Forget!:
 

ஜ۩۞۩ஜ
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty
MensagemAssunto: Re: [Mini - Bigodinhos ] - O Começo   [Mini - Bigodinhos ] - O Começo Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Mini - Bigodinhos ] - O Começo
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: