One Piece RPG
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
FAQCalendárioInícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [Mini - Chikara] - Vamos para algum lado ?
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Roy Collins Hoje à(s) 13:02

» [Mini Shelvinho] O Início da Lenda
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Khrono Hoje à(s) 12:44

» [Mini - Lind] Testando novas águas
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Lind Hoje à(s) 01:38

» [Ficha] Song Jun Wang
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Visastre Hoje à(s) 00:53

» [Mini - Inim] O errante
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Khrono Ontem à(s) 23:25

» [Ficha] Miyamoto Ryuma
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Miyamoto Ontem à(s) 22:52

» [Mini - Van] Seguindo conselhos
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 21:12

» [MINI-*JAUM11*] *O INÍCIO*
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 20:19

» Anitha Degar
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Degar Ontem à(s) 19:34

» [Ficha] Boney Pepino
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Pepino, o Breve Ontem à(s) 14:44

» Alipheese Fateburn
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 13:46

» [Kit - Gyro Zeppeli] Blum vai pegar
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Blum Ontem à(s) 13:25

» Ficha~Pierce~
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Pierce Ontem à(s) 09:58

» [Mini - Kyoki] Uma Jornada Inesperada.
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor GM.Hisoka Ontem à(s) 02:20

» [Ficha] Violet
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Nana. Dom 21 Jul 2019, 22:17

» [Mini-SWGSwordWarrior]O Começo
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor Khrono Dom 21 Jul 2019, 21:56

» [MINI - Gust ] O Início do fim
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 21:00

» [MINI - Pepino, o Breve] Rascunho
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 20:54

» Maya Snow
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor ADM.Hoyu Dom 21 Jul 2019, 20:14

» Meu perfil / mini-aventura
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Emptypor ReiDelas Dom 21 Jul 2019, 14:41



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and Fire

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
gamabuga
Membro
Membro
gamabuga

Créditos : 6
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Data de inscrição : 25/02/2018

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptyQui 01 Mar 2018, 14:50

Nome: Nihal
Idade: 12
Sexo: Feminino
Raça: Celestial (Shandian)
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Lanceiro
Localização: Shells Town
Grupo: Civil
Vantagens: Aerodinamicidade (1)
Desvantagens: Sonâmbulo (1)


Última edição por gamabuga em Sex 02 Mar 2018, 19:48, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zuzu Hijra
OKAMA
OKAMA
Zuzu Hijra

Créditos : 18
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Feminino Data de inscrição : 13/10/2017

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptyQui 01 Mar 2018, 22:36

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou uma Orientadora, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P, que corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso será seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, ela será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei a sua Orientadora.




Dicas e Orientações:
 
OFF:
 

____________________________________________________

“I wish you could know what it means to be me
Then you'd see and agree that every man should be free...”. ♫


[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Zuzu_h10

Quer saber mais sobre o okama way? Ficha na imagem, honey... ♫  

Pavão Misterioso ♫
E não sou mais um transviado... ♫
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
gamabuga
Membro
Membro
gamabuga

Créditos : 6
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Data de inscrição : 25/02/2018

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptySex 02 Mar 2018, 21:12

Nihal não tinha certeza de onde estava, sequer de como chegara ali. A última coisa de que se lembrava eram os canhões sendo disparados... as imagens daqueles navios azuis com enormes bandeiras brancas ainda martelavam sua cabeça. "Marinha"... foi a única palavra que conseguiu distinguir em meio aos gritos da multidão enquanto o ataque tomava toda uma parte de Skypeia.

Foi então que ouviu um seco comando. Um homem parado encima de um dos conveses apontou para a baía. Foi o anúncio de um bombardeio. Em instantes, o mar de nuvens foi preenchido por explosões e caos. A cada segundo um novo estouro era ouvido do litoral e cada vez mais construções eram destroçadas. Nos poucos segundos que podia olhar ao redor, enquanto corria, a menina via os amigos que sempre brincou sendo consumidos pelas chamas. "N-não!" - Exclamava em um agudo tom de criança, nitidamente banhado pelo desespero. A corrida pela própria vida, porém, a impedia de deixar as emoções transbordarem da sua mente. Precisava continuar fugindo.

Enquanto tanto Skypeans quanto Shandians sucumbiam, seja pelos soldados que os assassinavam em terra, ou pelos constantes tiros dos galeões, por um milagre, a menina, mesmo estando em meio à destruição, não foi atingida pelas rajadas. O assalto, porém, foi tão potente que, por um curto intervalo de tempo, uma fenda foi aberta no Mar Branco-Branco. Uma pequena fenda que selou o destino da garota para sempre.

Um leve tropeço durante a corrida a fez passar pelo buraco. Assim que atravessou o chão, os barulhos do ataque tornaram-se abafados e distantes. A cada momento, o único som que passava a predominar em seus ouvidos era o do atrito de seu corpo com o vento. Tudo ao redor se tornava branco: encima, embaixo, até mesmo o horizonte. Foi durante essa queda surreal que teve o tempo para se perder em lágrimas, que logo eram arrancadas de seu rosto pela ventania. Uma explosão de emoções tomou conta da razão. No fim das contas, tinha apenas doze anos.

Assim que se aproximava do limite do Mar Branco, seu corpo caía em uma velocidade inacreditável. O suficiente para perfurar sem problemas a larga camada conhecida como Nuvens Marítimas. Foi depois disso que tudo ficou confuso. Sua consciência a abandonava lentamente enquanto via uma coisa que jamais pensou existir: um mar azul.

Era tudo que lembrava até o presente momento. Como sobreviveu... não era algo que conseguia responder. Talvez suas asas tivessem servido para alguma coisa, afinal de contas. Não lhe restava mais nada do que uma vez já conheceu. Na verdade, ainda estava tentando convencer a si mesma de que tudo aquilo realmente era real. Estava cansada, com sede e com fome. Antes de tudo, tentaria encontrar algum lugar para se recuperar. Não tinha ideia do que esperar desse mundo, mas não tinha tempo para questionar essas coisas.

Procuraria algum estabelecimento que a indicasse a presença de comida e bebida. Nunca esteve em tavernas. Desconhecia a existência de bebidas alcoólicas, por isso, não saberia filtrar esse tipo de especificação. Se encontrasse o lugar, tentaria adentrá-lo. Senão, procuraria um local aonde, pelo menos, soubesse que dava para descansar.

Se conseguisse adentrar o local, procuraria a pessoa responsável pela comercialização de tais bens. Se não a encontrasse esperaria em algum lugar aonde pudesse sentar até que ela aparecesse. Se a encontrasse, primeiro tentaria, mesmo sendo difícil no momento, exibir o semblante mais alegre e confiante que conseguisse. Se aprendeu alguma coisa com os Shandians do seu povo, era que mostrar fraqueza era a pior coisa a se fazer. Nunca passou por uma situação aonde realmente precisasse pôr isso em prática, mas agora parecia ser o momento em que mais necessitasse desse conselho. "...Posso... comer alguma coisa?" - Se ele negasse a ela, persistiria falando "Por favor!" repetidamente até que reagisse de alguma outra maneira. Se pedisse por dinheiro, responderia: "Eu... não posso pagar os Extols depois?" - Se ele aceitasse dar comida a ela, tentaria dar o sorriso mais verdadeiro que conseguisse, respondendo com um alto: "O-obrigado!" - E esperaria o mesma trazer para ela para continuar a conversa.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zuzu Hijra
OKAMA
OKAMA
Zuzu Hijra

Créditos : 18
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Feminino Data de inscrição : 13/10/2017

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptySab 03 Mar 2018, 18:59


        Se a guerra não tem rosto de mulher, é impossível que tenha qualquer semelhança com a pureza de uma criança. Nihel, mais uma filha do conflito, despencou dos céus no solo de Shells Town, a ilha ensolarada do East Blue. Mas ela não sabia disso e tampouco se importava, afinal, seu pequeno corpo suplicava por descanso e um prato de comida. Os horrores daquela batalha tinham acabado, mas o seu desenrolar na vida da menina estava apenas se iniciando.

        Andou desolada, sozinha e perdida por entre as ruas e vielas da cidade, procurando qualquer sinal de um lugar que oferecesse a ela algum alento. Não demorou muito para encontrá-lo, já que estava quase no horário de almoço daqueles estranhos homens, mulheres e crianças sem asa. O cheiro da comida impregnava suas narinas e fazia seu estomago revirar-se em dor, quase se sobrepujando sobre as dores que sentia – oras, além de tudo o que passara em sua terra natal e cair em uma praia totalmente diferente das que existiam em Skypeia, ainda teve que andar por uma extensa faixa de terra até encontrar o concreto que batiza a enorme cidade – nas pernas e na alma.

        Em meio a olhares estranhos dos transeuntes e comerciantes, Nihel parou em frente a um estabelecimento muito bonito, com flores brancas e vermelhas na janela, paredes na cor azul-bebê e com uma placa muito acolhedora: “Comida caseira da Tia”. Lá dentro, uma senhora com seus 40 anos, cabelos castanhos em um coque, olhos azuis e um sorriso muito simpático, exibia com orgulho o seu avental bordado e seu vestido na mesma cor do seu restaurante, que contava com pouquíssimas mesas, mas tinha uma atmosfera muito reconfortante.

        A garota entrou tímida, com um sorriso amarelo que logo, logo chamou a atenção da mulher que se aproximou.

        - Posso... comer alguma coisa?

        - Não se-

        - Por favor, por favor, por favor, por favor, por favor...!


        Com um risada gostosa e maternal, a dona do restaurante abaixou-se, ficou na altura de sua “cliente” e lhe explicou calmamente:

        - Calma, meu anjo... Eu estava dizendo que não se preocupasse, pois assim que vi seu olhar e suas roupinhas sujas, sabia que precisava de uma boa comida para levantar a moral! – segurou a mão de Nihel e continuou – Meu nome é Nala e o seu? De onde é? Quer ir para a cozinha ficar comigo enquanto faço algo para você?

        Nala estava sendo extremamente gentil e uma conversa poderia ser bom para a menina, mas era preciso que esta aceitasse trocas algumas palavras com sua nova conhecida.



Dicas e orientações:
 

____________________________________________________

“I wish you could know what it means to be me
Then you'd see and agree that every man should be free...”. ♫


[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Zuzu_h10

Quer saber mais sobre o okama way? Ficha na imagem, honey... ♫  

Pavão Misterioso ♫
E não sou mais um transviado... ♫
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
gamabuga
Membro
Membro
gamabuga

Créditos : 6
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Data de inscrição : 25/02/2018

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptyTer 06 Mar 2018, 23:48

Nihal caminhou por um bom tempo. Antes mesmo de conseguir chegar à região movimentada da ilha, ainda teve que percorrer o extenso litoral da mesma. Olhava para todos os lados... não conseguia entender como podiam haver tantas pessoas sem asas. Homens, mulheres, crianças... a única diferente naquele lugar era ela mesma. Todos eram cidadãos desse estranho mundo abaixo das nuvens. Eram... iguais àqueles homens fardados que levaram tudo embora.

Não fosse, porém, a dor em seus pés e o ranger de seu estômago, talvez já estivesse chorando de medo em algum beco. Na sua procura desesperada por algum lugar para comer, deparou-se com um estabelecimento bem peculiar. Em contraste com os cores mortas do concreto de das casas, esse lugar era banhado por tons vívidos e acolhedores. Com paredes azuis e chamativas flores brancas e vermelhas apoiadas na janela, era quase como uma sutil luz naquele mar de escuridão. Olhando aquelas decorações com um brilho de criança nos olhos, vislumbrou uma pequena placa: "Comida caseira da Tia".

Seu cérebro quase não raciocinou as demais palavras que estavam ali, pois a única que tomou conta da sua cabeça foi a primeira. Ao entrar no restaurante se deparou com uma moça que, apenas pela primeira vista, já pôde sentir a aura alegre que a mesma emitia. Com roupas tão coloridas quanto o lugar em que estava e um sorriso que Nihal já não via há muito tempo, ela deu à menina a coragem que precisava para conversar.

Talvez a introdução não tenha sido uma das melhores, mas a dona alegremente a acolheu: "Meu nome é Nala e o seu? De onde é? Quer ir para a cozinha ficar comigo enquanto faço algo para você? "

Nihal, por alguns instantes, quase se esqueceu da tristeza que a consumia. Era quase como se esse pequeno restaurante fosse um lugar isolado do resto do mundo. Ela tentaria respondê-la com o mesmo entusiasmo que recebeu: "Meu nome... é Nihal! Eu sou de... de..." - Por alguns instantes as memórias voltariam à sua mente. Acabaria deixando escapar uma rápida feição de tristeza antes de continuar a falar. "Bom... eu sou de longe..." - Tentaria seguir Nala até a cozinha, o que não seria muito difícil, visto que estavam de mãos dadas.

Se ela indagasse a origem da tristeza da menina, ela hesitaria por alguns instantes. "...é..." - De certa forma, não queria falar sobre o que havia acontecido. Mesmo com toda a atmosfera brilhante que a envolvia, a imagem que penetrou na sua cabeça sobre os seres sem asa parecia não sair de jeito nenhum. Por isso, tentaria forçar uma risada e, de olhos fechados, diria: "É que eu estou com muita fome...!"

Se insistisse em saber de onde a garota era, ou perguntasse como era o lugar, Nihal não saberia como responder. Sempre que pensava em Skypiea, se lembrava das coisas que aconteceram recentemente. Por alguns segundos, se perderia em pensamentos. Mesmo com tudo o que passou, ainda havia muitas coisas incríveis lá... Tentaria jogar para longe as memórias ruins e extrair apenas as coisas boas que se lembrava. "Lá... tem muitas coisas divertidas... é tudo colorido e bonito. Na vila sempre acontece alguma coisa de diferente. Uma vez deixaram um Breath Dial cair no chão e ele saiu voando descontrolado pela rua. Todo mundo começou a correr tentando segurar ele!" - Ria enquanto falava. "Lá tem de tudo... Tem até uma cobra gigante! E o pessoal é sempre tão..." - Sua voz, a cada palavra, parecia crescer no tom, de empolgação. No entanto, no meio da frase pararia abruptamente, como se não quisesse continuar a falar.

Se ela perguntasse o que a menina queria comer, ela responderia quase que imediatamente: "P-peixe!" - Afinal, era o que sempre comia na sua antiga casa e, também, o prato que mais gostava. Apesar de que o peixe que tinha em sua mente era bem diferente dos que existem no mar azul. Porém, sem conhecimento de tal fato, apenas aguardaria de olhos brilhando a tão esperada refeição.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zuzu Hijra
OKAMA
OKAMA
Zuzu Hijra

Créditos : 18
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Feminino Data de inscrição : 13/10/2017

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptySex 09 Mar 2018, 18:58


        Nala, com um sorriso tão afetuoso quanto o de uma mãe para com a sua filha recém-chegada, responderia animada:

         - Nihal! Seu nome é tão lindo! E é parecido com o meu, o que acha disso, eim? – deu uma risada gostosa enquanto continuava ouvindo a garota – Longe? Mas longe quanto? – puxou a menina pela pequenina mão até a cozinha.

        Escondida por detrás de uma singela porta, uma cozinha lindíssima se revelou para as duas. Os utensílios lustrosos, coloridos e bem organizados, abria o apetite de qualquer, mesmo no caso da pequena, que já estava se contorcendo de fome.

         - Enquanto eu preparo um peixe bem gostoso com batatas, me conte mais sobre a sua cidade? Estou muito curiosa, Nihal. Até por que, depois vamos procurar seus pais, certo?

        - Lá... têm muitas coisas divertidas... É tudo colorido e bonito. Na vila sempre acontece alguma coisa de diferente. Uma vez deixaram um Breath Dial cair no chão e ele saiu voando descontrolado pela rua. Todo mundo começou a correr tentando segurar ele! –
a menininha ria enquanto falava  - Lá tem de tudo...

        Antes que ela pudesse terminar, um barulho muito alto interrompeu sua fala tão agitada e feliz – o que deixou Nala um pouco desconfiada, pois desde que Nihal chegou, parecia uma criatura extremamente triste -, chamando a atenção da cozinheira. Sem pensar duas vezes, limpou as mãos no avental e saiu sem dizer nada, mas com uma expressão séria.

        No salão, os clientes começaram a levantar e ir embora, deixando somente uma dupla em pé. Uma mulher alta, com cabelos loiros e o rosto cumprido demais, acompanhava um homem baixinho, barrigudo e com um queixo muito quadrado. Era um casal, no mínimo, horroroso.

        Com uma voz autoritária, o homem ordenou:

         - Nala, pague a sua dívida com o pirata Scutter ou morra aqui!

        - Nunca tive dívida alguma com aquele imbecil! Esse lugar é meu e da minha família! Recuso-me a casar com ele e isso não chega nem perto de um débito com ele! Que vá ao inferno Scutter e seus capangas! –
a voz firme daquela mulher retumbava pelo local, elevando a moral de qualquer um...que tivesse ficado ali. Uma pena que isso não aconteceu.

        Com um sorriso malicioso, a mulher passou a língua sobre os lábios, tirou um pequeno cilindro do bolso da calça e com um rápido movimento, o transformou em uma lança afiadíssima, partindo sem hesitar para cima da cozinheira. Contudo, tão rápido quanto a loira, Nala desviou da estocada, abaixou-se e deu um chute certeiro na mão que segurava a arma, jogando-a para longe – mais precisamente para o lado de Nihal – e continuando a ofensiva com uma sequência de chutes impressionante.

        Todavia, aquela não seria uma luta fácil, já que era uma situação de dois inimigos para uma heroína. Focada na moça com cara de cavalo, Nala não conseguia ver a aproximação do homem, que durante aquele meio tempo se preparava para atacar com uma luva repleta de espinhos.

        Nihel observava aquilo tudo e tinha a opção de fugir – algo que a sua nova amiga aprovaria -, porém, seria digno fazer isso? A menina tinha que tomar uma decisão rapidamente, pois o destino de Nala podia ser definido ali, na sua frente.


Dicas e orientações:
 

____________________________________________________

“I wish you could know what it means to be me
Then you'd see and agree that every man should be free...”. ♫


[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Zuzu_h10

Quer saber mais sobre o okama way? Ficha na imagem, honey... ♫  

Pavão Misterioso ♫
E não sou mais um transviado... ♫
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zuzu Hijra
OKAMA
OKAMA
Zuzu Hijra

Créditos : 18
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Feminino Data de inscrição : 13/10/2017

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptyQua 14 Mar 2018, 18:58

Mini-Aventura CANCELADA...

Mini-aventura cancelada por inatividade. Caso queira reabrir sua mini mande PM para algum orientador, GM ou ADM.


____________________________________________________

“I wish you could know what it means to be me
Then you'd see and agree that every man should be free...”. ♫


[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Zuzu_h10

Quer saber mais sobre o okama way? Ficha na imagem, honey... ♫  

Pavão Misterioso ♫
E não sou mais um transviado... ♫
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bowel
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Bowel

Créditos : 75
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Data de inscrição : 13/09/2015
Idade : 29

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptySex 22 Jun 2018, 02:43

~Mini Reaberta a pedido do palyer~

____________________________________________________

Ficha | Aventura

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Linda_sign_1

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares QKBJs1B

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: Regras | Mudanças Importantes | Crie seu Personagem | Mini-Aventuras
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
gamabuga
Membro
Membro
gamabuga

Créditos : 6
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 10010
Data de inscrição : 25/02/2018

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptyDom 24 Jun 2018, 01:38

Aquela pequena porta que dava lugar à cozinha foi como os portões do céu para a menina. Assim que viu os utensílios organizados pela sala, seu estômago parecia grunhir de felicidade. Deixaria finas gotas de saliva escaparem pela sua boca, tentando limpa-las logo em seguida com a mão direita. Foi durante uma das conversas mais reconfortantes que teve até então. Pôde relembrar todos os momentos que haviam sido suprimidos da sua cabeça pelo medo. Era quase como se estivesse, mesmo que por pouco tempo, de volta em casa.

Sua mente voltou à realidade quando um barulho enorme invadiu o salão. Os clientes saíam do restaurante, deixando apenas uma dupla de pessoas: uma loira de cabeça alongada, e um homem baixinho e gordo. "Nala, pague a sua dívida com o pirata Scutter ou morra aqui!" - Disse o homem. Aquela palavra mexeu com a sua cabeça. "Morra...", escutou-a não apenas com a voz do homem, mas como uma mistura de todas as vezes que já a ouviu antes. Como se nesse breve momento aquelas memórias recentes invadissem de novo sua mente.

Nala retrucou. Mais uma vez ela trazia luz ao caminho escuro da garota. Com um chute, desviou a lança do oponente, fazendo a arma cair no chão, seguindo o movimento de diversos chutes incrivelmente aplicados. Mesmo presenciando tal ato de heroísmo, Nihal tremia por dentro. Sua mente se desestabilizava a cada impacto que ouvia. Não estava preparada para ver algo assim de novo, tão cedo.

Olharia para a lança. "....." - Ela lembrava dessa arma... desse formato. Pelo visto, algumas coisas não mudavam no 'mundo de baixo' que ela acabara de descobrir. Engoliria o choro. Precisava se recompor. "Você é uma Shandian!", pensava, com os olhos fechados. "Uma guerreira celestial... que foi ensinada a lutar. A caçar. A sobreviver.", continuava. Não sabia por que trazia esses fatos em sua mente nesse momento, apenas buscava algum refúgio daquela cena ao seu lado. Foi apenas quando lembrou de uma última coisa, que teve certeza do que fazer. "E o mais importante...". Era isso. De todas, era essa a lição mais importante que aprendera no vilarejo. Tentaria engolir suas lágrimas iminentes e, logo em seguida, pegar a lança que caíra no chão. "...A nunca deixar outro guerreiro para trás."

Nala já cuidava da mulher... Nihal sabia que deveria cuidar do outro. Ele preparava luvas cheias de espinhos. A menina nunca vira algo assim antes, mas já era tarde para se abalar. Rapidamente cerraria os punhos no cabo da lança. Com um grito, tentaria atirar a arma na direção do oponente.

Não podia dar tempo para que ele tomasse a iniciativa. Ao mesmo tempo em que a lança avançava, Nihal tentaria correr em sua direção. Caso a lança acertasse o oponente, a menina tentaria saltar para cima do homem e terminar de fincar a arma em seu corpo. Se ele a segurasse com as mãos, usaria os seus pés para a tarefa. Caso o mesmo bloqueasse a lança, ela esperaria que ele avançasse. Se o fizesse, avançaria junto e, no último momento, tentaria rolar por baixo das suas pernas, pegando a arma que jazia no chão, lançando-a mais uma vez na direção dele. Se não conseguisse rolar, apenas tentaria desviar e correr na direção da arma. Se ele segurasse a lança nas mãos, ela tentaria, com um salto, dar um chute na ponta de trás da lança, impulsionando-a através da mão do oponente na direção do seu corpo do mesmo. Mas, se ele contra-atacasse seu salto, fecharia as mãos em um 'X', para que os espinhos não causassem danos catastróficos, e esperaria o impacto. Caso, no entanto, o homem desviasse da lança, a menina tentaria correr na direção de Nala, subindo em seu corpo durante a investida e saltando para frente; com o auxilio de sua Aerodinamicidade, que descobrira que existia durante sua queda da ilha do céu, tentaria planar o máximo possível pelo salão até chegar na posição em que a lança caíra, tentando, logo em seguida, pegá-la e, aproveitando-se da possível surpresa do oponente, jogaria mais uma vez a arma em sua direção.

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makei
Orientador
Orientador
Makei

Créditos : 32
Warn : [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares 9010
Masculino Data de inscrição : 07/08/2017
Idade : 23

[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares EmptyDom 24 Jun 2018, 15:37

Combate


As coisas realmente não pareciam estar tão boas, como um show de horror, as palavras daquelas pessoas poderiam ser o fator decisivo na mente da pequena garota… Será que é tão difícil achar uma luz no meio de tanta escuridão que o mundo nos abrange ? No final… A vida sempre é um caminho banhado pelo sangue, seja ela nos céus ou na terra, todos tem seus sonhos abalados e destruídos por pessoas como essas… O que fazer ?

Os ensinamentos de seu povo era uma virtude e não podia simplesmente abandonar aquele pequeno pedacinho de aconchego e carinho que havia tido ao lado de Nala, afinal, Nihal também era uma Shandian !  Uma Guerreira ! Com a lança em mãos, agora era o momento de resolver as coisas, podia ver aquele gordinho com uma luva cheia de espinhos, o problema era… O que fazer novamente ? Não podia deixá-lo ter a iniciativa, não podia deixar sua amiga para trás !

Com um grito, finalmente fez a sua investida, lançou aquela lança em direção do gordinho ao mesmo tempo que avançou para acompanhar um segundo ataque, coisa essa que pegou o seu inimigo desprevenido, acertando as suas manoplas, fazendo com que a lança repelisse para cima e fazendo-o perder a postura, contudo a nossa protagonista não havia terminado por apenas isso, usando de suas vantagens a mesma pulou por cima de seu inimigo, pegando a lança em pleno ar e se virando para lançar novamente contra o rapaz que apenas havia uma expressão assustada do que estava acontecendo, o mesmo havia visto a morte passar pelos seus olhos, a lança ? Havia passado raspando sobre o seu grande queixo, abrindo uma ferida sobre ele. - Sua maldita… Eu vou te matar ! - Bradou o gordinho um pouco desesperado, não tinha como explicar direito, apenas que havia tido muita sorte daquela lança passar de raspão pelo seu queixo, o que o fez ficar extremamente irritado com tudo isso. Agora do outro lado ? O combate de Nala havia chegado a um impasse, as coisas não pareciam tão boas, já que a Mulher havia mostrado outra lança em mãos, o que a dava uma vantagem em distância, dificultando um pouco as coisas para a sua companheira Nala que estava totalmente concentrada em seu combate, como se confiasse completamente em Nihal.

E agora ? A lança estava logo atrás do Gorducho irritado, Nala não tinha como ajudar e nossa protagonista estava sem nada em mãos… Seria interessante arriscar algo ? Será que se focar no homem a sua frente era o correto ou ajudar a Nala para finalizar o combate dela rapidamente fosse interessante ? São tantas opções que apenas dependeria de Nihal decidir o que fazer.

Legenda:
 
Dicas e Orientações !:
 

____________________________________________________


[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Ren1 [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Ezgif-com-gif-maker-2
        Ficha       ~ ~        Aventura


~> Fala <~
~> Pensamento <~


Medalhas:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares   [MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-gamabuga] Um pássaro nos Mares
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: