One Piece RPG
Tróia - Parte 2 - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Sidney Thompson
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Zed Hoje à(s) 12:50 am

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Fukai Hoje à(s) 12:49 am

» Seasons: Road to New World
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 12:26 am

» Hello darkness my old friend...
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Zed Hoje à(s) 12:09 am

» Phantom Blood
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Licia Ontem à(s) 11:50 pm

» [M.E.P]Kujo
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Kujo Ontem à(s) 11:42 pm

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 11:30 pm

» Enuma Elish
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 11:07 pm

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Blum Ontem à(s) 10:44 pm

» Xeque - Mate - Parte 1
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Ceji Ontem à(s) 10:22 pm

» Ain't No Rest For The Wicked
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Hoyu Ontem à(s) 10:00 pm

» BOOH!
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Oni Ontem à(s) 9:35 pm

» [LB] O Florescer de Utopia III
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 9:27 pm

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Furry Ontem à(s) 9:24 pm

» Meu nome é Mike Brigss
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Oni Ontem à(s) 9:07 pm

» The One Above All - Ato 2
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 9:07 pm

» Que se ascenda o fogo!
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 9:01 pm

» Mise en place
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 9:01 pm

» [MINI - Gates] O Pantera Negra
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 8:46 pm

» [M.E.P - Gates] O Pantera Negra
Tróia - Parte 2 - Página 5 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 8:44 pm



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Tróia - Parte 2

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptyTer Fev 06, 2018 3:58 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Tróia - Parte 2

Aqui ocorrerá a aventura do(a) agente Achiles Wolf. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Achiles
Sargento
Sargento


Data de inscrição : 01/09/2017

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptyQua Mar 21, 2018 11:41 pm


Tróia - Parte 2




O combate estava se prolongando mais do que o esperado, minhas táticas de me defender estavam começando a se tornar cada vez mais previsíveis e quando via, havia tomado diversos golpes e estava ainda mais machucado do que anteriormente, para a minha alegria, o meu treinamento anterior havia dado resultado, golpes eram acertados e Crasus parecia também não estar mais em seus 100%.

Ele agora assumia uma nova posição de combate, suas falas começavam a se tornar mais concentradas e um pouco menos convencidas, um novo estilo de combate que ainda não foi aperfeiçoado? Não fazia a menor ideia do que aquilo se tratava, meus olhos fixados em meu oponente. Minhas dores tomavam conta de mim, minhas costelas doíam e eu tinha uma boa certeza que com aqueles golpes elas haviam fraturado elas, meu nariz sangrava e não podia deixar de ter que passar meu nariz por baixo para limpar o que escorria, meu maxilar também estava estranho, podia senti-lo maior e meu corpo por inteiro doía. Chegou a hora de parar com as tentativas de surpreendê-lo e ser mais direto, esquivas? Cansadas e previsíveis, movimentos que agora deveriam ter sido acertado após uma brecha apenas tinham me feito pagar um preço bem maior por eu atrasá-los e contra que ele se recuperaria mais rápido que o previsto.

- Estilo aperfeiçoado? Bom, eu não tenho nada disso. – Não haviam mais tempo para provocações, o momento crítico havia chego e eu já havia sofrido demais. Esperaria por sua movimentação, observava-o girando pela sala como um lobo atrás de sua presa, seus olhos fixados em mim e a seriedade contínua. Um leve flashback começava a passar em minha mente nesse momento, as palavras de Karonte sobre Ortega e minha família.

“- Você deseja se tornar forte? Você acha que tem um caminho fácil para isso?! Diga-me Achiles, você prefere se tornar um valentão ou lutar por algo que valha a pena?! - Meu pai me repreendia por ter ferido aquele garoto da última vez. Minha mãe trazia band-aids para meus arranhões, mas o único que eu pegava era um no meu nariz, não estava arranhado ou quebrado, mas era uma lembrança daquele dia, nunca me tornaria um valentão que fazia as coisas por raiva. - Quer usar sua raiva? Use-a para tornar seus golpes mais fortes em quem vale a pena bater. Lembre-se disso.

- Apenas tenho a minha raiva. Crasus? Obrigado. – As palavras que meu pai haviam me dito começavam a se transformar em uma motivação, a raiva começaria a se concentrar em meus punhos, mas não em um estado de fúria, apenas em concentração pura. Minha perna direita mais para trás e a esquerda mais a frente, pensava em utilizar a minha mão da mesma forma que ele fazia, mais minhas costelas apenas ficariam mais doloridas com esse tipo de movimento, teria que usar os meus braços da melhor forma possível e que não ficassem cansados, minha guarda estaria baixa apenas com eles um pouco mais a frente, tentaria manter minha respiração firme e calma para não forçar muito de meus pulmões e provocar uma dor maior em minhas costelas fraturadas como eu suspeitava que estavam.

Esperaria pela sua primeira movimentação, suspeitava que ele viria com um golpe alto como estava sempre usando em seus ataques, mas independente disso, daria um salto grande para trás com velocidade, queria atraí-lo até uma parede próxima. Com uma parede em minhas costas, eu usaria da mesma para pegar impulso jogando um de meus pés para trás e flexionaria a minha perna rapidamente e estendendo-a em seguida quando estivesse quasse batendo as minhas costas na parede, com o impulso e embalo, procuraria avançar em sua direção com um salto e soco de direita direcionado ao seu olho direito. Tendo êxito, não pararia a ofensiva, seguiria de uma sequência de dois ganchos alternados e um direto direcionado para o seu maxilar.

Não tendo uma parede em minhas costas tão próxima, procuraria continuar dando leves saltos para trás para manter distância de seus ataques, tendo meus olhos fixados totalmente em suas movimentações para não perder o “timing” de seus ataques, movendo-me rápido ou dando saltos para sempre escapar de seus movimentos. Continuaria mantendo a guarda baixa para ter mais facilidade em realizar os meus movimentos, puxando levemente o cotovelo para o lado inclinando-o se fosse preciso. Não olharia para trás e dependeria da minha familiarização com a sala após isso, tendo rodado por essa área e já estando nela há um bom tempo deveria ter uma noção bem mais ampla de para onde eu estaria indo e quanta distância havia uma parede as minhas costas, para estar sempre de costas ao ar eu precisei olhar bem para onde estava indo e precisava reconhecer isso em minha estratégia atual. Se em algum momento ele viesse com um possível clinch, moveria o meu braço esquerdo para frente do meu corpo e com toda a força que eu conseguisse reunir, golpearia com o braço direito para cima em um gancho vertical focando acertar na parte de dentro de seu maxilar enquanto movimentaria o meu corpo para trás como um “fadeaway”. Também não me esqueceria do tapete verde de antes, se em algum momento viesse a escorregar ou pisar sobre o mesmo, tentaria agarrá-lo e girar o meu corpo em 360º fixos procurando atingir Crasus com ele, com êxito, não perderia tempo para saltar em sua direção com uma cotovelada de direita como havia feito antes, sendo direto ao ataque e não pensando em mais nada, tendo sucesso, continuaria com as outras sequências já planejadas.

Tendo sido agarrado em um momento, seja no momento do salto ou antes, tentaria cuspir em seu rosto, por mais que não fosse do meu estilo usar truques sujos como esses, momentos de desespero se toma medidas desesperadas, tendo conseguido cuspir em seu rosto, forçaria a minha cabeça para trás e para frente tentando uma cabeçada caso ele ainda não houvesse me soltado. Meus punhos se moveriam praticamente sozinho se ele me soltasse, o primeiro movimento seria em direção as suas partes íntimas prosseguindo de um gancho vertical em direção a sua garganta. Com êxito, não pararia, ganchos alternados em seu rosto até que o grandalhão viesse ao chão nocauteado. Não pretendia parar também em caso de ter acertado uma sequência anterior, usando parte dessa como continuação.

Estaria em apuros com uma luta no chão, minhas costelas e dores estariam cada vez piores nesses momentos e provavelmente seriam alvos fáceis, mas tentaria encaixar meus golpes da mesma maneira pensada anteriormente em outra estratégia que pretendia ter usado.

Ao cair ao chão derivado de algum golpe, tentaria rolar rápido para o lado e tentar me levantar com um giro, assumindo as mesmas posições e tentativa de ataques de antes, faria o mesmo se viesse a bater contra alguma parede ou coisa parecida.

Se por algum momento eu estivesse próximo de alguma das cadeiras de antes, não hesitaria em usá-la como uma arma para tentar bater ele com ela caso estivesse próximo demais ou lançá-la em sua direção. Caso estivesse próximo demais pela porta que havia sido quebrada, tentaria pegar a minha mochila que deveria estar próxima dali e correr para fora, me direcionando até a fonte e tentando parar atrás dela.

Meus movimentos após isso seriam de tentar rodear a fonte o mais rápido que eu pudesse, tentando aproveitar do costume do terreno que havia adquirido para não escorregar entre as pedras ou na neve, mas caso viesse a acontecer, me jogar ao chão para evitar alguma torção com o pé e já tentando ao mesmo tempo agarrar a perna do mascarado se fosse me seguido. Tentava provocá-lo com aquele tipo de movimento a ponto que ele tentasse algo a mais e nesse ponto falhasse pulando para cima de mim, com isso, eu flexionaria o máximo que eu pudesse dos meus joelhos e tentaria dar um salto para sua direção tentando acertar em cheio com um direto em seu estômago.

Não poderia retirar o fato de que ele poderia me alcançar em qualquer momento com sua velocidade superior, mas só pararia de correr quando ele me empurrasse ou me acertasse, nesse caso, tentaria me levantar o mais rápido possível com um giro ou kip-up dependendo do meu pensamento do que seria mais correto no momento, mas sem hesitar em tomar uma decisão escolhendo a primeira que viesse a minha cabeça e tentando chegar novamente a fonte.




Objetivos:
 

Histórico:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptyQui Mar 22, 2018 11:32 am

Warriors Of The World


O garoto já estava nos seus momentos um tanto quanto preocupantes, ele já estava em um ponto onde sentia precisar recorrer a qualquer coisa que tivesse a sua disposição, e Crasus estava preparado para seu último recurso, ele iniciaria agora sua preparação para a técnica principal, ele avançava pra cima de Achiles começando com um soco alto, o garoto, dessa vez tomava distancia se afastando um pouco para trás e rapidamente se esquivando do golpe, mas era nesse exato momento que se abaixando o homem assumia uma postura como se fosse a de um corredor nas arraias, ele se preparava ele forçava completamente o músculo das suas pernas contra o chão, era notável que tal se contraia e explodia como se aumentasse de tamanho, o mesmo para os braços.

Ele avançava em um dash único onde voava em direção ao agente, o abarcando com os dois braços em um estrondoso voo, que o jogava contra a porta da parte interna que levava pra a segunda sala a quebrando com o impacto dos dois, tal golpe machucava, bastante mas não só isso, a parte traseira do garoto acabava sendo perfurada por um pedaço da madeira que adentrava ali na região próxima ao ombro, mas não a ponto de restringir movimentos, os dois estavam ao chão naquela hora, e caído sem muita demora com um Kip-up Achiles levantava assim como o caçador fazia o mesmo, as ele girava ao chão retomando posição. - Muito bem garoto, agora um de nós dois cairá eu ou você- Ele avançava mais uma vez mas dessa vez preparado o garoto conseguia a tempo mover para o lado saindo da frente, ele retomava posição mas um soco feroz estava bem na direção do seu rosto na verdade um pouco pior.

Achiles que já estava perto da parede na hora que desviou já tinha tomado um impulso em tal momento, e voava com o soco em direção ao rosto, como ainda se reposicionava não havia tempo pra esquivar e o homem literalmente socava o soco do agente, o choque dos punhos era violento e o barulho que se ouvia eram ossos quebrando não de um mas dos dois, ambos quebravam os punhos nesse choque de socos, era notável que a respiração de Crasus estava cansado, seja o que fosse aquilo que ele estava usando esgotava ele, parecia que estava com toda a certeza que derrotaria o garoto apenas na primeira investida, mas parecia que não tinha sido possível, mesmo tendo quebrado seu punho o garoto não parava a ofensiva, um gancho e depois outro, e logo um direto de direita bem no maxilar do grandão que se vendo pressionado, aplicava um chute no joelho do boxeador de cabelos brancos, aquilo doía mas não parava ele ainda, fazendo com que o homem recorresse uma terceira vez a sua técnica, dessa vez partindo bem de perto atingindo com a cabeça bem na barriga do jovem o fazendo cuspir sangue.

Mas aquela era a última força do garoto, ele mesmo após a cabeçada estava de pé, e aquilo colocava o revolucionário em um sentimento de falha, seu corpo já estava em pé apenas com o espírito, mas ele tinha coragem e avançava com suas últimas forças ele partia com um clinch agarrando o boxeador que tentava acertar as partes íntimas dele, mas era bloqueado com um joelho, e rapidamente ele seguia com o segundo move que acertava a garganta dele fazendo tal homem soltar, nesse momento exato ele terminava o que estava por fazer, mas avançava de novo contra Achiles era um gancho, dois e três e quatro, enquanto o jovem bailava pela sala esquivando de todos eles, e por uma última vez ele recorria a técnica que usava anteriormente, e desa vez usava ela apenas pra se aproximar já não tinha forças para encerrar ela como antes, mas bem na hora que tal ocorria, o jovem estava pronto pra finalizar ele com um gancho bem no maxilar, depois de sair da frente de seu movimento com sua esquiva é claro, e no exato segundo Crasus movia a cabeça para baixo a removendo da frente do golpe e agarrando o pulso dele subia com o cotovelo na horizontal forçando um gigantesco golpe com toda a força que lhe restava, partindo o antebraço do agente.

E caindo em seguida sem forças no chão, ele estava caído com o rosto no solo, ele então dizia algumas palavras antes de desmaiar. -É parece que nós empatamos em? Da próxima vez eu vou vencer- completava ele apagando completamente após essas palavras que finalizavam a luta intensa daqueles dois, apesar de todo quebrado aquela era uma vitória, por mais que ele não pudesse ver pôr o corpo estar todo coberto, e o homem não demonstrar dor aparente, talvez pelo seu orgulho, Crasus já estava com costelas fraturadas, o maxilar quebrado, o nariz igualmente, o estômago doendo, os braços em completa dor muscular pôr o tanto que havia forçado na técnica, e com danos internos pelo tanto de socos que havia tomado, na verdade outro homem talvez tivesse desmaiado quando foi jogado pela porta, estava em um estado tão ruim quanto se não pior que o do garoto, as últimas palavras dele quanto ao empate se referiam ao fato de o garoto apenas usar um dos braços pra combate, ou seja, em quesito técnico ele não teria como continuar, sim ele tinha uma mente doentia.

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptyQui Mar 22, 2018 3:10 pm


Tróia - Parte 2




Golpes atrás de golpes e uma técnica que eu nunca havia visto ninguém usar antes, a potência como uma bala de canhão vindo em minha direção e era esmagado contra a parede que quebrava em minhas costas. Tudo parecia estar se encaminhando para um mal caminho, mas continuava de pé, mantido pela minha força de vontade. Os olhares e socos disparados traziam cada vez piores dores, nossos punhos se quebravam em um poderoso soco e podia sentir o meu antebraço em outro golpe do mascarado sendo quebrado.

Nesse último golpe, sua força simplesmente se esvazia, Crasus ia ao chão no momento mais inesperado e parecia que aquela técnica havia trazido uma exaustão enorme como efeito colateral. Meus olhos simplesmente já não se mantinham abertos tão bem, a dor era enorme e conforme a adrenalina ia diminuindo em meu corpo, o frio começava a vir mais forte e os meus machucados doerem mais. Não sabia como iria levá-lo até o QG, mas sabia que será uma tarefa difícil.

Era possível perceber o quão fácil seria matá-lo naquele momento, mas não era certo, ele havia salvo uma garotinha e até onde eu sabia, nenhum das outras pessoas da mansão haviam sido feridas a não ser eu. Olharia ao meu redor, procuraria por um pedaço reto de madeira ou metal que tivesse o comprimento de meu braço, separaria o mesmo colocando sobre um lugar que eu lembrasse, procuraria por algumas cordas de qualquer material disponível de, pelo menos, trinta centímetros. Tendo achado, posicionaria as cordas na metade de seu comprimento abaixo da tala improvisada em um ponto mais a frente perto do pulso e outro mais atrás perto do cotovelo. Colocaria o meu braço sobre a mesma e puxaria uma ponta e depois a outra para o centro fazendo um círculo, usaria dos meus dedos para passar uma ponta por dentro e agarraria a segunda com os meus dentes, puxando-a e deixando-a bem apertada e firme, faria o mesmo procedimento uma segunda vez nesse pedaço e depois repetiria pela terceira e quarta vez em um outro ponto. Em caso de não conseguir realizar o nó, tentaria mexer levemente o meu braço para uma das pontas tentando usar apenas dos meus dedos para fazer o movimento enquanto deixaria o braço esquerdo como predominante da realização de maiores movimentos.

Tendo conseguido amarrar a minha tala improvisada sobre o meu antebraço, lembrava que Six havia dito sobre uma sala médica, mas em todo o meu passeio, não havíamos passado por lá me levando a pensar que deixei de olhar algum canto. Eu estava acabado depois daquele combate, estava ferido e ainda precisava de um longo caminho pela frente, me aproximaria de Crasus. - Empate? Creio que eu que tenha saído vitorioso. – Se havia algum significado a mais naquilo, não sabia. Tentaria agarrar na gola de sua roupa e começaria a arrastá-lo, meus ferimentos doíam, mas não podia parar.

Caso conseguisse ver algum kit por ali ou algo que indicasse remédios como analgésicos, rapidamente iria em sua direção, jogaria soro fisiológico em meus ferimentos para que não infeccionassem tão rapidamente, tomaria algum comprimido ou alguma pomada anestésica que colocaria em meus ferimentos para diminuir a dor, caso houvesse algo para inchaços, não deixaria de passar também.

Pararia apenas para agarrar a minha mochila mordida por uma cabra, mancaria, mas tentaria forçar o máximo do meu joelho bom, meu destino era o QG de Loguetown. Se estivesse muito difícil de carregar o homem, entraria novamente na mansão e agora começaria a procurar por uma corda ou corrente de tamanho maior, caso encontrasse, rapidamente voltaria até o mascarado. Não passaria mais que três minutos longe do mesmo independente da situação. Amarraria a corda ou corrente em sua cintura e enrolaria o resto em minha mão esquerda, continuaria a puxá-lo. Em último caso de não conseguir, amarraria a mesma em minha cintura onde forçaria mais as minhas pernas e inclinaria mais o meu corpo.

Meus olhos agora estavam concentrados, ignoraria qualquer pessoa que viesse a falar alguma coisa, mas se fosse um marinheiro, pararia. Olharia para o mesmo. - Sou um agente, este é um procurado capturado. – Se fosse possível, mostraria a minha medalha de agente. - Me ajude a carregá-lo. – Pediria a sua ajuda devido ao meu estado atual, mas não pouparia esforços se o mesmo negasse, repetiria isso quantas vezes fosse necessário para um marinheiro.

Estaria esperto caso o grandalhão estivesse prestes a acordar, se ele se movimentasse, fosse sequer um movimento simples de braço para o lado ou uma mexida de cabeça, pararia e daria um soco forte de esquerda em seu rosto para que ele continuasse a dormir, se ele acordasse, daria mais até que viesse a dormir novamente ou morrer.

Não poderia fazer nada caso algum trombadinha viesse interromper em meu caminho, com todo o meu corpo cansado e apenas a minha mão esquerda para usar, tentaria ao máximo usar do meu corpo para desviar de seus golpes e tentar acertá-los com socos simples e forte, torcendo para que algum aliado chegasse próximo.

Ao chegar ao QG, continuaria a andar mesmo que marinheiros entrassem em meu caminho, só pararia ao encontrar Akame, Ramiel, algum marinheiro/agente de patente maior que a minha ou o grupo de agentes de antes. Nesse caso, olharia com orgulho e sorriria. - Vós trago Crasus. – Desamarraria se tivesse algo em minha cintura e agora começaria a me apoiar em alguma coisa, meus passos seriam em direção a enfermaria, me apoiando na parede e tentando chegar ao máximo, mesmo que fosse de joelhos ou engatinhando. Só então ao chegar na porta da enfermaria que fecharia os meus olhos levantando a mão esquerda. - Hey, eu preciso de ajuda aqui. – Daria o maior sorriso que eu conseguisse encontrar naquele momento e usaria do resto de minhas forças para deitar em uma casa, se não desmaiasse antes.

Esperaria o tratamento e tentaria tirar um sono após isso, descansar seria o melhor que eu faria naquele momento esperando apenas pela a minha boa recuperação.



Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptyQui Mar 22, 2018 11:11 pm

Warriors Of The World


A vitória do rapaz sobre o revolucionário era notória, mas agora as preocupações dele se faziam outras, era uma questão de ajustar o braço de maneira improvisada, ele pegava o que era de restos da madeira da porta e colocava amarrando ela como uma tala improvisada, ele tinha um extenso trabalho para fazer tal coisa justamente pelo pouco costume de usar a outra mão mas com um certo cuidado, ele aos poucos terminava de fazer por mais que notoriamente não tivesse ainda habilidade com aquela mão, depois de alguns minutos ele finalmente estava pronto e partia em direção ao QG arrastando Crasus consigo como podia, claro que não antes de ver a ironia por trás do que a cena proporcionava, ele poderia escolher matar a qualquer momento aquele ser, mas no fim das contas, não via a necessidade visto que tal, não havia ferido inocentes, nem nada como isso, ele colocando a mochila nas costas, partia.

A caminhada iniciava árdua mas logo na saída Jason vinha em toda velocidade correndo pra tentar ajudar, ele havia voltado pelo combate, estava preocupado com o boxeador e sua imprudência, mas ficava bem mais tranquilo vendo ele arrastar o grandalhão. - Rapaz parece que você derrubou ele mesmo em.- Falava mordendo o último pedaço de uma coxa de frango e jogando o osso pra direita, já pegando o homem para que Achiles não precisasse carregar o peso, ele olhava de cima a baixo também o estado do garoto. - E parece que ele te atropelou também.- E ajudava ele ate chegar no QG, lá eles rumavam pra onde estavam os dois principais superiores, Jason carregava o desmaiado revolucionário.

Akame arregalava os olhos ao ver que Achiles estava de pé no fim das contas, Ramiel batia com a mão no rosto já pegando o kit médico e se preparando para começar o tratamento dele, Six, Five, One, Nine, Seven estavam perplexas o inimigo que as afrontou por tanto tempo e foi capaz de lidar ate mesmo com Nine e Seven juntas, era de fato um feito memorável, e havia ganhado o respeito daquelas moças. A líder das agentes se aproximava dele estendendo a mão para que ele apertasse. -Bom trabalho garoto, acaba de prender um revolucionário de 10.000.000 de beris.- e jason ouvindo se espantava- não eram 7?- já que o que eles tinham visto antes falava de sete, entretanto era desatualizado. -Devem ter visto o cartaz dele ainda do North Blue.- e puxava de dentro do terno o atual com os a recompensa atual do procurado. -essa recompensa atual vem desde sua chegada ao East, pois ele acabou se envolvendo em grande escala de conflitos por aqui, e derrotou muitos agentes.- falava ela inda com aquele ar de que se fazia impressionada com o fato dele ter derrotado o homem, claro que estava mito ferido, mas não tirava a glória dele de ter sido muito bem-sucedido.

Ramiel chamava ele para que deitasse ali na maca que ele trazia pro local. - Vamos deita ai, Jason leva o procurado junto das agentes.- e assim fazia o garoto enquanto que o ceifeiro sentia orgulho, mas, ao mesmo tempo, estava um pouco bravo por ele ter agido imprudentemente, entretanto não o repreendia pois de certo modo ele sabia que nunca teria feito diferente e cresceu dentro da organização dessa maneira ele logo aplicava a anestesia tratando um a um fos ferimentos, ajustando faixas na mão ou e nos braços, deixando tudo certinho para que ele pudesse organizar as coisas, demorava alguns minutos ate que ele estivesse pronto, mas logo estava completamente tratado. - Muito bem garoto, está bem vivo, e parabéns, acho que é seu primeiro feito grande, considere-se escalado pra ir comigo pra Grand Line, claro que vai ter de ficar se cuidando durante o tempo de melhoria, mas ate a partida você estará bem.- falava ele liberando um sorizão ao ver o garoto, ele apenas esperava que ele se recuperasse rápido e estava certo, por mais que fossem golpes fortes, não havia nada de muito pesado neles então o garoto logo estaria bem

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptySex Mar 23, 2018 12:14 am


Tróia - Parte 2




Essa foi por pouco! Meu estado estava deplorável, mas era o bastante para começar a caminhar em direção ao QG, Jason aparecia em meio ao caminho para me prestar ajuda e eu sentia uma certa emoção ao vê-lo ter chego para me ajudar, ele era um fiel companheiro. Não havíamos problemas para chegar até nossos superiores, a expressão deles eram mais do que satisfatória para mim, Akame, as agentes e até mesmo Ramiel estava surpreso com esse feito, o médico rapidamente já estava pronto para cuidar dos meus ferimentos, embora talvez estivesse meio irritado com o fato da minha imprudência, mas fazer o quê, sou assim.

Quando recebia a notícia de que havia capturado um homem de 10 milhões de berries, não acreditava. Estava perplexo com isso, eram alguns milhões a mais de recompensa do que estava esperando saber, não fazia pelo dinheiro e sim para salvar vidas, mas isso me deixava ainda mais feliz. Eu havia salvo várias vidas e protegidos de muitos agentes ou efeitos colaterais de suas ações atrás de um nobre vendo que ele qual havia matado uma criança por ter vindo a procura de Norwich.


“Pai? Mãe? Sintam orgulho de mim! Olhe meu feito! Salvei vidas!”


Jason ajudava as garotas a levar o procurado e eu deitava em uma maca, o ceifeiro já se adiantava preparando tudo para começar os meus tratamentos, várias faixas e itens diversos dos quais eram arrumados um por um, eu não conseguia esconder tamanha felicidade com meu sorriso não saindo do meu rosto por nem um momento. Minha mente estava a toda e parecia que a ficha ainda não havia caído depois de tanta emoção que passei. A minha felicidade apenas aumentava quando os tratos haviam seu fim e Ramiel me escalava para seguir até a Grand Line ao seu lado, os meus machucados deveriam ter um cuidado extra, mas estaria bem até a partida e isso me deixava mais do que alegre. - Muito obrigado por tudo, Rams. Espero que consiga fazer bem mais feitos como esse, mas sem sofrer tanto porque isso tá doendo para um C#%#%$#! – Sorriria para o homem e diria. - Devo ter que fazer um relatório provavelmente, mas antes disso, deixe-me descansar um pouco. – Deitaria a minha cabeça sobre a maca, esperava que alguém me trouxesse um travesseiro e/ou uma coberta e fecharia os meus olhos independente se trouxessem.

Tentaria dormir o mais rápido que pudesse, a anestesia combinada a exaustão deveriam ser o bastante para que eu dormisse rapidamente. Mal podia conter a minha felicidade e empolgação naquelas palavras, minha vontade era de socar a coisa mais próxima e sair saltitando daquela sala.

Ao acordar, olharia para os lados, veria o que estava a minha volta e procuraria por alguém que estivesse próximo. - Bom dia, boa tarde ou boa noite. Você pode chamar Ramiel ou Akame para mim, diga que estou pronto para realizar o relatório. – Esperaria por sua resposta considerando que ele diria sim, mas caso a mesma fosse não, me levantaria da cama e começaria a me dirigir até a sala de Akame e não estava tão mal a ponto de não conseguir andar.

Meus pensamentos agora de manhã eram outros, as dores deveriam estar grandes após o descanso já que meu corpo estaria mais frio, Crasus conseguia mexer ambos os braços em igualdade, usar de um estilo de luta mais de rua e isso lhe deixava bem mais poderoso do que qualquer outro boxeador que eu já havia enfrentado, eu havia aprender aquilo para me tornar cada vez mais forte e não apanhar tanto quando apanhei desta vez.

Tendo eles encaminhados para mim ou ao contrário, diria para Akame se ela estivesse em sua sala. - Vim prestar o relatório, Akame. – Olharia em sua direção e esperaria que a mesma viesse a me dar um papel e caneta, mas caso ela dissesse para eu falar em voz alta, negaria. - Quero ver como me saio usando apenas a minha mão esquerda, Crasus conseguia usar ambas, quero ser capaz disso também. – As coisas sempre começavam pelo mais básico e por isso começaria escrevendo o relatório com a minha mão esquerda.

Apoiaria a minha mão direita sobre o papel se não doesse, mas caso doesse, pegaria algo de sua mesa que pudesse servir de peso para o papel não voar colocando-o na ponta da folha. Me sentaria em uma de suas cadeiras e escreveria em letra de forma, uma letra após a outra, independente de quanto tempo passasse, escreveria com detalhes e me esforçando para que saísse o mais compreendível possível.


Citação :
Cheguei a missão sem problemas, Six e suas agentes me cumprimentaram e começaram a me guiar pela casa, dei algumas ideias sobre como poderíamos melhorar a nossa defesa e algumas foram rebatidas devido a alguns detalhes e outras foram aceitas. Após conferirmos a casa toda, comecei a me posicionar, eu e Jason cuidamos do andar inferior e as garotas estavam no superior. A ronda foi tranquila até o momento em que uma das garotas gritaram, por algum motivo, Crasus estava querendo invadir sorrateiramente a mansão e tal atitude não deu certo. O nobre saiu voando pela escada e amorteci sua queda, as garotas desceram em seguida levando o nobre com elas, o mascarado se cansou e sua força foi tanta que quebrou a janela com um soco e fez a mesma deslizar pelo corredor. Subi a escada e tentei enfrentá-lo, mas o que era para ser uma armadilha completa, atingiu nós dois, o cloro foi capaz de levar nós dois até o chão do primeiro andar.

Eu consegui em um movimento rápido me levantar mais rápido que ele e jogá-lo contra a porta de entrada, a mesma se quebrou e ele caiu do lado de fora. Ele se levantou rápido e chamou dois lobos treinados consigo, consegui pensar em uma estratégia para eles, mas acabou não dando muito certo, embora tudo se resolveu quando Jason acertou um dos lobos e eu consegui escapar do outro. Crasus entrou no meio e começamos uma luta por ali depois de ele enviar os lobos atrás de Norwich. Estávamos nós dois e reconhecíamos um ao outro conforme a batalha ia passando, esquivas, socos dados e acertos que doíam cada vez mais. Um estilo de combate que eu nunca havia enfrentado, o homem era um monstro. Uma garotinha acabou tentando sair pela porta, mas o mascarado salvou a garota de um pedaço da mesma que ia cair sobre a sua cabeça, deixando-a  ir ilesa. Em meio a tudo isso eu conseguia encaixar algum dos meus golpes e fazer com que ele sofresse, usei algumas coisas da mansão para conseguir uma vantagem, mesmo que mínima. Toda essa batalha foi desenrolando até que ele me respeitou ao máximo a ponto de usar uma técnica que nunca havia visto, usou o máximo de seu corpo e conseguiu me acertar atravessando uma parede comigo, em um duelo de forças, meu pulso quebrou e ele ainda conseguiu quebrar o meu antebraço em um movimento rápido, depois disso ele caiu de exaustão e dor.

Acabado e totalmente terrível, comecei a carregá-lo até o QG onde me encontrei com Jason em meio ao caminho, ele me ajudou a carregar o homem até o QG. Eu creio que desde o início seu objetivo foi eliminar APENAS os nobres, ele enfrentou agentes por estarem em seu caminho, mas ele protege pessoas inocentes, por mais que não venha a machucar inocentes, talvez machuque indiretamente devido a causas de suas ações.


Se em algum momento, a caneta ou lápis viesse a cair, tentaria quase me deitar ao chão para agarrá-la, tentando não movimentar o meu braço direito a ponto que doesse. Caso a letra começasse a ficar ilegível e não houvesse um conserto para isso, pegaria a folha e amassaria a mesma, voltando a escrever do início da mesma forma. Escrever dessa forma seria difícil, minha pegada no lápis/caneta não seria boa o suficiente e eu tentaria corrigi-la, pegaria de formas diferentes movimentando os meus dedos ou me apoiando mais na mesma para tentar ver qual forma ficava mais fácil de se escrever, meu costume era de sempre usar a minha mão esquerda como apoio e minha mão direita talvez não fosse capaz de realizar isso devido a estar quebrada.

A frustração em meio a isso seria enorme, o costume de não usar a minha mão esquerda e ver como isso influenciava até nas coisas mais simples como escrever um relatório ou amarrar alguma coisa, eu precisava melhorar isso, a habilidade de Crasus para movimentar o seu corpo em igual independente do lado era o que fez dele um lutador mais completo do que eu, embora sua arrogância talvez tenha ditado seu fim, ou foi sua técnica não completa...

Poderia ter levado trinta minutos ou horas para escrever, quando terminasse, olharia para Akame. - Está pronto. Há alguma coisa que quer que eu faça? – Esperaria por sua resposta mais uma vez e caso não houvesse nada, me movimentaria em direção ao refeitório, estava faminto e provavelmente os talheres seriam mais um desafio!

Em caso de Akame ou Ramiel não estarem presentes no quartel a esse horário que acordasse, esperaria sentado na maca ou em frente a sua porta, aguardando ansiosamente até o momento em que chegassem. Se demorassem muito, voltaria a deitar na maca e dormiria novamente, onde quando acordasse, repetiria.






Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptySex Mar 23, 2018 4:05 pm

Golden Time Lover


Após tudo Achiles estava um tanto feliz por o que rolava ali, e claro dolorido e expunha isso na sua resposta ao ceifeiro por mais que na cabeça desse só se passasse uma coisa “Rams? De onde ele tirou isso” era a segunda vez que ele pensava desde a viagem, tudo estava bem e então ele ia deixar que o garoto descansasse. - Tudo bem rapaz, vá dormir.- ele então se arrumando com o lençol que tinha ali, logo se deitava adormecendo, era um processo extremamente rápido pra ele dormir naquele estado, no outro dia acordava já extremamente melhor, não sentia muitas dores claro que sem fazer movimentos que forçasse diretamente o local, se os fizesse poderia ai sim doer, isso se devia a algo que Ramiel injetou.

Sim essa substância fazia a musculatura relaxar, assim quem acordava não estava com dor na hora, já parecia ter dormido mais de 15 horas, já sendo 14:00 na hora que se levantava dali, ele logo partia para a sala de Akame que ficava lá perto, isso por que não tinha ninguém ali, mas era certeza que deveria haver alguém ao entrar Six estava na sala tinha terminado de reportar tudo pra a mulher, no caso feito o que havia presenciado de sua parte, Achiles se apresentava já dizendo que ia fazer o relatório.- Muito bem então.- Falava ela entregando papel e caneta na hora, e só depois pensava, quando via ele já sentado começando a tentar escrever e rasgando o papel com o erro de força aplicado -Você é destro não?- e o garoto explicava o por que daquilo, ela entendia de certo modo e pegava uma resma com 100 folhas, já que imaginava que ia ser longas horas.

Ele então começava sua série de tentativas, primeiro ele sempre acabava deixando a caneta cair, rasgando os papéis, e outros momentos ate escrevia mas ficava ilegível (Tipo eu escrevendo com minha mão boa mesmo Tróia - Parte 2 - Página 5 2869820699) mas já depois de várias horas de tentativas e erros quase 40 folhas saindo erradas ele chegava num ponto que ficava legível, claro que ele praticamente desenhou a letra linha a linha ate conseguir no fim, não era perfeita mas possível de ler, e então ele levantando dali, entregava tal pra mulher perguntando se havia algo a mais pra fazer. -Bem não tem não, apenas vá buscar seu dinheiro no banco, das duas missões de hoje e mais sua porcentagem do procurado, tem 8.040.000 te esperando lá.- falava ela dando um sorrisinho de canto.

No fim ela estava feliz de ele ter se destacado e na verdade agora era o momento certo.- Na verdade quase me esqueci de algo.- falava ela assim que Ramiel entrava na sala, já com uma pasta na mão. - Depois do seu destaque na última missão, decidimos que você deveria ser promovido, bem-vindo oficialmente você é uma agente graduado, bem-vindo a CP5, estaremos em dias partindo para a grand line e você virá conosco para a primeira missão de proteção.- completava ela com um sorriso ao encerrar tal frase. Ramiel dava um tapinha de leve nas costas dele que acabavam com uma leve dorzinha quando recebia o golpe, mas nada serio. - É isso ai rapaz, vamos para a grand line.-

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptySex Mar 23, 2018 10:21 pm


Tróia - Parte 2




Como já era de se imaginar, meu sono vinha rápido. Meu sonho era de causar uma certa estranheza misturada com várias emoções, duas imagens em meio a uma névoa que quanto mais se aproximava, mais nítida ficava. Duas pessoas que me conceberam a esse mundo, sorrindo em minha direção e minha reação não era a outra a não ser lágrimas enquanto tentava esboçar um sorriso para eles. Seus olhares eram de orgulho e nenhuma palavra era dita.

Acordava sem uma boa reação, meus ferimentos haviam tido uma enorme melhora considerando as dores do dia passado, algo que Ramiel havia me dado poderia ter sido a causa dessa enorme melhora. Meus passos se dirigiam até a sala de Akame e ao entrar me encontrava com Six também dentro. Estava ali para realizar o relatório, mas não parecia que teria a maior facilidade para escrever vendo que já na primeira folha usava força a mais que rasgava o papel. Explicando-a o porquê de realizar dessa forma, ela me entendia me entregando folhas o suficiente para que eu, pelo menos, conseguisse deixar legível.

O tempo passava e parecia que estava melhorando, uma versão saia legível e não estava rasgada, era de se comemorar, meu trabalho por ali estava feito. Ao entregar, era notificado que não haveria mais nada a fazer a não ser pegar o meu salário e minha recompensa pela captura de Crasus, meu sorriso não saia do meu rosto, parecia um bobo balançando a cabeça para frente e para trás sem a ficha ter caído.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Uma das melhores coisas ainda estavam por vir, uma promoção devido aos meus esforços anteriores e a melhor parte disso era poder ir junto com Ramiel para a Grand Line. Rams havia entrado na sala nesse meio tempo e confirmava as boas novas. Minha primeira reação era jogar o meu braço esquerdo para cima em comemoração fechando e forçando os meus músculos. Eu estava atoa, não sabia o que fazer, estava no paraíso, rodeado por diversas mulheres, lutas constantes e progredindo cada vez mais, o que eu poderia querer o que fosse melhor que aquilo?!

Olhando para Akame dentro da sala, não podia deixar de sorrir para ela, sua beleza era encantadora e Six também me atraia bastante, não conseguia me concentrar olhando para aquelas duas garotas, mas haviam coisas que eu havia dúvidas. - Agradeço bastante por tudo isso, mas tenho algumas dúvidas. O que é a CP5? O que estarei a proteger nessa missão e será que eu poderia ter roupas novas? Crasus também acabou comigo. – Ainda meio dolorido pela última frase, ouviria as suas respostas com toda a atenção e me aprontaria para sair da sala com as novas roupas ou ir para o lugar indicado que precisasse. Antes de sair, perguntaria para Ramiel. - Onde fica o banco? – Sabendo da resposta, olharia uma última vez para as garotas e daria piscadelas para ambas.

Minha direção agora era o banheiro do quartel, procuraria por placas ou seguindo andando livremente e despreocupado com qualquer coisa, havia tempo para essa procura e não pouparia meus esforços. Com as minhas roupas em mãos, tomaria um banho ao achá-lo, jogando todas as roupas rasgadas em um lixo perto, cuidaria para não descolar os curativos de meu corpo e manteria o meu braço o mais longe possível da água. Ao me vestir, olharia para um espelho, se houvesse.

Agora você está parecendo um novo homem e bem mais confiante, não é mesmo, Senhor Achiles, agente graduado do governo mundial?! Na falta de um band-aid, agora tenho vários em meu nariz. Meu cabelo também parece estar um pouco diferente do que estava. Hmmm

Desta vez, seguiria novamente para a enfermaria, ao adentrá-la, perguntaria para um médico ou uma enfermeira. - Teria como renovar os meus curativos? – Pediria me sentando em uma das macas e retirando as minhas roupas superiores. Ao seu término, me vestiria novamente e agora me dirigia até o banco mundial.

Caminharia pelas ruas de peito estufado e de braço com tala, mas estaria confiante, apesar de estar sempre olhando para os lados e tentando evitar becos ou vielas em meu trajeto. Ao chegar ao banco mundial, iria até o balcão. - Com licença, me chamo Achiles Wolf, gostaria de retirar o meu salário e recompensa ganha por missões como agente do governo. Dos quais gostaria de sacar apenas dois milhões de berries e continuar com o resto em minha conta. – Daria um sorriso para a/o atendente esperando que meu dinheiro viesse a ser me dado, guardaria em meu bolso, se fosse preciso assinar alguma coisa, tentaria fazer o mais esforço com o meu braço esquerdo para deixar novamente a minha escritura legível em letra de forma.

Meus objetivos por ali estavam feitos e agora começavam uma nova procura pela cidade, procuraria por lojas de itens e uma loja de vestimentas onde eu pudesse achar um colete para o meu peito. Ao achar, adentraria a loja de qualquer maneira, galante e firme em minha atitude, mas, ao mesmo tempo, despreocupado com tudo. - Boa tarde, gostaria de comprar um kit de primeiros socorros/colete. – Pagaria o preço necessário pelo item e guardaria em minha mochila ambos em diferentes bolsos. Caso em algum momento eu olhasse uma floricultura pelo caminho, compraria um buque das flores mais belas que a atendente me indicasse pagando o preço necessário e guardando-a também em minha mochila.

Se estivesse a demorar muito tempo e me deixar cansado, desistiria de suas buscas. Precisava ver Rannah e não havia um momento melhor para isso. Com dinheiro no bolso, um sorriso largo e passos largos, meu corpo se guiaria até o quartel onde começaria a minha busca pela garota partindo dos dormitórios femininos e perguntando a algumas das garotas que eu reconhecia por ali a sua procura.

Caso não estivesse conseguindo encontrá-la, esperaria sentado do lado de fora do dormitório feminino e com a minha mochila a frente para não amassar as flores. Ao encontrá-la, sorriria para a mesma. - Hey Rannah! – Expressaria a minha alegria ao vê-la. Eu sabia de sua perda, mas nesse momento talvez ela estivesse melhor, independente disso, retiraria de minha mochila as flores. - Trouxe isto para você. – Sorriria ao entrega-las esperando que não fosse alérgica. Se por ventura, ela perguntasse de meus machucados, começaria a contar toda a minha missão recente, detalhe por detalhe, mas escondendo o fato de ter achado as agentes lindas ou entregando o remédio para a One. - Vamos sair novamente hoje? Um pouco de alegria para você deve ser bom. – Em caso de ela aceitar, lhe levaria para algum restaurante chique que tivesse por perto ou ao restaurante de antes.


Objetivos:
 

Histórico:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptyDom Mar 25, 2018 1:59 pm

Moment Of Peace


[/color]O garoto depois de ser promovido perguntava sobre o que era a CP5, pergunta que já tinha sido respondida antes por duas pessoas diferentes, Karonte e o próprio Ramiel, e depois onde era o banco que ele já havia ido pegar o salário da missão anterior, olhando pra ele de certo modo imaginando que devia estar um pouco mexido depois do combate, podiam ter sido as pancadas na cabeça. - Olha eu te expliquei isso faz um tempo, e você foi no banco ontem.-Olhava pra ele meio que raciocinando se ele parecia se lembrar disso, ou ao menos se ele focava no ponto e via que já tinha a ideia do que estava perguntando, mas de toda forma Akame explicaria. Diferente das 4 primeiras CP’s essas agem na GL a diferença é essa em principal, fora nivel de comando e patente.- Completava com a informação do banco. - É quase ao lado do QG, você sai na porta e dá uns passos seguindo a rua e encontra o banco, quanto ao uniforme pegue ele amanhã, deve estar vindo uma leva deles ai.- sim era uma localização extremamente fácil principalmente pra alguém que saiu andando pela ilha e conhecendo lugares, além de que foi lá anteriormente. Nada impedia de ele ter esquecido, mas de fato já sabia.

Depois de ter essas informações readquiridas ele partia do local, o primeiro lugar era a enfermaria pois estava no caminho, mais próximo que o vestiário, a mulher dizia que não tiraria as coisas agora, estavam todos um pouco ocupados, pelo fato de alguns marinheiros acabarem de chegar bastante feridos, então toda a equipe estava ali empenhada apenas nesse papel, desse modo seria mais viavel só tomar o banho quando as bandagens pudessem ser compradas. Indo pra segundo destino o que seria o banco lá apenas se apresentava para a atendente e pedia apenas 2.000.000 dos 8 que ganhou e partia para a cidade atrás de um colete e flores, as flores eram de fácil acesso, enquanto os coletes ele não conseguia, ele comprava rosas vermelhas (10.000) se dirigindo de volta ao QG, e lá já ia procurar por Rannah entretanto ele tinha a notícia que ela havia partido para Shells, o enterro dos pais dela seria lá por um pedido de tal, para ser enterrado na ilha que nasceu algo desse tipo, quem explicava isso a ele era Amber.- Há ela partiu pra shells, só deve pisar aqui amanhã, foi pra o enterro dos pais, se quiser eu coloco as flores no quarto.- falava olhando pra ele com um olhar um tanto triste, e estendendo a mão, caso ele entregasse ela se afastaria já indo para dentro do dormitório. Se não ela faria o mesmo mas sem as flores.

Já saindo dali, quem encontrava ele era One, ela vinha calma como sempre, porém estava fora das roupas de trabalho apenas um short curto e uma camiseta regata verde com o desenho de uma guitarra nela, e já perto dele explicava sua vinda. - Eu vim aqui por que akame me disse que queria treinar mais seu braço esquerdo certo? Eu tenho umas coisas na sala que a gente treina poderiam ajudar pra você fazer esse tipo de coisa.- ela falava apenas esperando que ele desse alguma resposta concreta e isso a levaria ao próximo passo, depois que ele respondesse o chamaria para seguir ela. -Me siga.- diria tranquilamente caminhando ate o local, mas antes de tudo ela questionaria. - Como foi lá na casa?- ela perguntava sem virar o rosto pra trás sem um motivo claro pra isso talvez puramente curiosidade, ou preocupação, afinal já havia lutado com ele antes e tinha ideia da força que o homem derrotado tinham naquele lugar. E tudo isso é um ponto provável.

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 


Última edição por GM.Mephisto em Dom Mar 25, 2018 4:43 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptyDom Mar 25, 2018 3:42 pm


Tróia - Parte 2





Um momento de amnésia que era tolerado pelos meus superiores me indicando o caminho de que eu deveria seguir e o que era CP5 novamente. Seguindo para a enfermaria infelizmente fui surpreendido por não poderem trocar os meus curativos e assim não tomei um banho ou troquei de terno, qual caminhei vestido pelas ruas de Loguetown retirando o meu saque e encontrando apenas rosas, mas nenhum colete ou kit, infelizmente

Ao procurar por Rannah, tinha uma notícia de que não encontraria ela por ali por ter partido para Shells ao funeral de seus pais, era difícil aquela situação e eu não era o único que parecia compartilhar da dor. Entregaria as flores em suas mãos e com um olhar mais triste, acenaria a minha cabeça. - Agradeço. Fique bem. – Daria um leve sorriso de canto desanimado.

One compartilhava do caminho oposto a qual eu seguia e a garota trajava roupas casuais e estando bem bela e tranquila. Ela estava ao meu encontro e me dizia que Akame havia dito sobre o meu desejo de treinar mais a minha mão não-predominante, haviam objetos que poderiam ser utilizados para isso e com uma empolgação e sorriso começaria a acenar a minha cabeça. - Se você puder me ajudar com isso, eu ficaria bem grato. – Continuaria a seguir perto dela e ouvindo a sua pergunta sobre como havia sido a luta contra Crasus. - Foi a luta mais difícil da minha vida. – Passaria a mão sobre a minha testa dando a expressão de suado, talvez naquele momento após não sequer parar um momento e continuar mancando devido ao meu joelho me desse um calor a mais e o suor viesse a escorrer. - O homem era forte, ágil e resistente, nunca havia enfrentado alguém que me desse tanto uma surra como ele me deu lutando desarmado. Creio ter aprendido bastante sobre o seu estilo e são ferramentas que podem até me ajudar no meu futuro, mas não nego que foi um inimigo mais do que assustador. - Estaria mais pensativo nesse momento colocando a minha mão sobre o meu queixo e antes que chegássemos, perguntaria para a mesma. - E sua queimadura, está melhor? Aliás, você está linda. – Me aproximaria mais tentando ficar do seu lado nesse momento, meus passos soariam da mesma intensidade da garota esperando chegar logo no local.

Assim que chegássemos, pararia por alguns segundos e olharia tudo em minha volta, analisaria cada detalhe e objeto, janelas e afins. Olharia mais uma vez para One e daria um sorriso para ela. - Como começamos?! – Diria empolgado, com cabeça erguida e peito estufado, meus olhos centrados em sua direção mesmo podendo estar um pouco exausto devido as caminhadas recentes e não estar recuperado. Se em algum momento me faltasse ar, tentaria parar, respirar fundo e tentar controlar a minha respiração a partir daquele momento, caso viesse a acontecer dentro da sala, procuraria por uma cadeira para me sentar e começaria o processo.

Seguiria suas indicações, ordens e/ou pedidos, sentando-me em algum lugar ou pegando algo que fosse necessitar, caso houvesse mais alguém na sala, cumprimentaria com um aceno de cabeça ou um sorriso se fosse mulher. Meu terno ainda estava rasgado e provavelmente eu cheiraria a suor ou cloro, mas isso se resolveria com um banho e roupas novas. Em algum momento, surgiria uma dúvida em minha cabeça da qual perguntaria a garota. - Vocês também lutaram contra o mascarado antes, o que aconteceu nessas lutas? – Esperaria sua resposta ouvindo e expressando uma face mais séria e menos brincalhona.



Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mephisto
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Mephisto

Créditos : 111
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 06/04/2017
Idade : 22
Localização : Wars Island (North Blue)

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptySeg Mar 26, 2018 11:23 am

One


Depois de seu Tour o que estava a sua frente era One ele aceitava a ideia e passava a seguir ela, explicando o que tal havia perguntado e de certo modo falando sobre algo que havia visto anteriormente as queimaduras no corpo dela, e rapidamente se pronunciava sobre tal.-Bem estão melhorando aos poucos, uma hora devem ficar bem, e obrigado pelo elogio.- ela falava um pouco inexpressiva no momento, apenas se locomovendo, ate que se aproximava da sala, ela olhava para ele adentrando no lugar, era bem demorado durante a caminhada, pois ficava afastado do resto do QG ainda dentro dele, mas era uma instalação independente aparentemente do resto do prédio. A maçaneta era girada, e já se podia ver o interior, era o que se esperava de uma sala de treino, vários sacos de areia pendurados, um ring no meio do local, provavelmente por que elas deviam entrar em confrontos entre si para poder treinar em combate contra outras pessoas é claro, equipamentos base como barras fixas, supino, pesos de tornozelo, pesos de pulso, e tudo mais que se imagina, essas coisas bases, e algumas mais específicas, como bonecos de treino, sim aqueles bonecos de madeira que simulam partes de um corpo humano, aos outros também que são como um enorme tronco com vários pedaços protuberantes.

Ela então entrava no ringue, colocando apenas uma faixa amarrada na mão direita. -Bom eu sou naturalmente canhota, mas não tenho hoje diferenciação nas mãos, pra quem luta boxe, ter apenas uma das mãos útil vai se tornando cada dia mais um pé no saco, creio que deve ter percebido isso. Alem de que as vezes deve ter notado que inimigos usando as pernas são horriveis.- Falava ela se escorando nas cordas, e se preparando, provável que não fossem lutar em si, mas deveriam ao menos fazer algum tipo de treino já que foi o prometido anteriormente quando ele seguiu pra aquele ambiente, já que seguia o que ela havia mandado, e então aproveitando antes de começarem qualquer outra coisa ele questionava sobre o que aconteceu com elas na luta contra Crasus. Era uma história bem longa já que haviam mais de uma vez que o encontraram e tiveram que lidar passo a passo com ele, da forma que as coisas sempre acabaram mal pra ambos os lados, o Norwitch era um outro problema por estar sempre atrapalhando tudo, então elas sofreram um tanto.

A moça então começava a explicar com o que tinha de noção do que aconteceu, ela não parecia ter qualquer pendência ou mesmo algo ruim/traumático em relação a ele; apenas realmente histórias, e desse modo seu rosto continuava igual, sem muitos problemas, calma e pacifica.- Foram dois encontros com ele antes de tudo, primeiro numa mansão em Wars Island, onde falhamos na missão, ele com mais 8 revolucionários atacaram o lugar, foi o inferno na terra, eles capturaram toda a família Norwitch, não sabemos se eles estão vivos, e nem se morreram mesmo, mas uma equipe realmente poderosa foi enviada atrás deles, eles estão infiltrados no que seria uma base na GL, apenas Crasus ficou pra trás, já que eu e Nine salvamos o homem que você viu ontem.- falava ela coçando a axila como se fosse um ato normal pra si, difícil ver alguma mulher fazer isso, ate pra rapazes não é tão comum ainda mais seguido de outras ações desse mesmo gênero coçando o que não descreverei, pois o ban vem a cavalo que eu to ligado.

Desse modo logo começava ao que seria o segundo encontro. - Depois disso, o que ocorreu foi no Zeppelim, ele nos encontrou com uma outra máquina e bateu contra ela, e quando caímos, ele buscava lá embaixo, então tivemos um combate com ele no solo da ilha, foi extremamente pesado, mas conseguimos pegar o nobre de volta, e depois disso seguimos para o QG, foram quase 4 dias sem dormir, e eu estava ferida da explosão, tossia o tempo todo pela fumaça, foi algo bem pesado.- completava ela já terminando tudo que tinha de fazer nas suas preparações repassando o que ela queria que o jovem fizesse, era agora que o treino começaria. - Vamos lá, eu quero que você tente me acertar com esse braço o primeiro passo é ver o quanto você entende de usar ele e qual sua habilidade, então use toda a potência do seu soco, e ataque o maximo de vezes, ate conseguir me acertar ao menos uma vez, ou ate eu dizer chega.- depois de tudo apenas esperava centralizada no ring para que ele treinasse a mão em questão.

Spoiler:
 

____________________________________________________

Make love, not war


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

2017 Achievements:
 


2018 Achievements:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Tróia - Parte 2 - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 EmptySeg Mar 26, 2018 8:52 pm


Tróia - Parte 2





Sentia alegria em saber que suas queimaduras estavam melhorando, a sala era enorme e um pouco separada do QG, mas isso não mudava o quão belo aquela área de treinos era, vários equipamentos e um ringue no centro, tudo pronto para um bom treino. Sua faixa na mão direita e ela começava a falar sobre seus encontros com Crasus, uma história que tem um tom bem triste e difícil, mas do qual expressava com seriedade e sem qualquer expressão visível.

Seu jeito de ser era incomum, gestos que pareciam atípicos a uma mulher, sua ideia era de treinar comigo usando apenas da minha mão esquerda. Meus olhares eram meio estranho quanto a isso visto que não era a única coisa da qual eu sofrera consequências depois do combate, mas isso tornava as coisas ainda mais divertidas! - Então vamos! – Começaria retirando a minha mochila de minhas costas e o meu paletó mesmo que houvesse uma dificuldade quanto a isso, me apoiaria na base do ringue e retiraria meus sapatos e subiria no mesmo.

Daria leves pulos para testar as condições das minhas pernas e corpos, vendo se ainda haviam algumas áreas doloridas ou o remédio de Ramiel ainda estava fazendo efeito. - Eu tive problemas e acabei parando em Conomi, uma ilha repleta de revolucionários e quase não saí vivo depois daquilo. – Pararia de pular, manteria a minha perna esquerda mais atrás e a direita mais a frente, expondo a área mais frágil do meu corpo, mas teria mais força em meus golpes de esquerda.

Meus olhos fixariam em seus movimentos e pés, acenaria a cabeça quando visse que ela também estava pronta, andaria de lado movendo primeiro a minha perna direita me aproximando, se ela começasse a girar pelo ringue, faria o mesmo. Caso continuasse parada, me aproximaria mais da mesma.

Meu ataque começaria pelo lado mais óbvio, o esquerdo. Um jab de esquerda e um passo para frente, tentando me aproximar mais da garota, a continuação diferenciaria se viesse ou bloqueio, esquiva ou acerto. Em caso de acerto, continuaria dando jabs de esquerda. Uma esquiva seria seguida de flexionar bem meus joelhos e em um movimento de 360° rodado para um gancho diagonal na direção de seu estômago, tendo êxito ou não, prosseguiria com um cruzado de esquerda para saltar para trás se o golpe fosse esquivado, caso contrário prosseguiria com mais dois jabs e cessaria o ataque indo para o centro do ringue mantendo a guarda alta.

No caso de um bloqueio que apenas desse algum passo para trás, prosseguiria com uma sequência de dois jabs na direção de seu rosto e um gancho tentando acertar o seu maxilar, estaria sempre avançando tentando encurtar o espaço e deixá-la contra as cordas ou os cantos, se viesse a acontecer tal momento, prosseguiria com sequências de três jabs na direção de seu rosto e tentaria acertar com um direto mais centrado em seu estômago. Se viesse a parar o meu soco em algum momento, tentaria recuar, para eventualmente retornar a sequência.

Em algum momento, One viesse a tentar me acertar, procuraria me esquivar tentando inclinar o meu corpo e movimentar a minha cabeça para baixo no movimento de um arco, movimentando com passos rápidos para trás e tentando contra-atacar se achasse o momento oportuno com um gancho em sua costela. Se abrisse a sua guarda continuaria com a primeira sequência de golpes de antes, caso contrário, continuaria na tentativa de esquivar.

Se em algum momento viesse a ser acertado, tentaria aguentar a dor e tentaria um golpe rápido na direção de sua queimadura, caso os golpes viessem a me acertar em uma área que ela soubesse que estava ferida, caso contrário, procuraria contra-atacar na direção de seu rosto. Não demoraria para tentar realizar um kip-up se viesse ao chão e procuraria tentar tomar o centro do ringue atacando a garota.

A emoção de uma luta era sempre boa e não poderia recusar lutar contra uma garota tão bem, em algum momento se houvesse uma pausa para respirar no combate ou ambos estivessem longe de um do outro, me pronunciaria. - Que honra de lutar contra uma garota boxeadora. – Seu gênero para mim não importava, meu desejo de lutar era maior e minha atração por garotas era ainda mais empolgante, quem sabe o que poderia vir em meio aos traços de um combate?



Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 2   Tróia - Parte 2 - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tróia - Parte 2
Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: