One Piece RPG
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Rumo à Grand Line?
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 23:19

» Unidos por um propósito maior
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 22:57

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor TheJoker Hoje à(s) 22:52

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Mazino Hoje à(s) 18:17

» Um Rugido Inicial
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Graeme Hoje à(s) 16:51

» [MINI-BlackHole] Um bom malandro
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Far Hoje à(s) 16:24

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Oni Hoje à(s) 14:36

» Faíscas da Revolução
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor ArcenioStorm Hoje à(s) 8:22

» Phantom Blood
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Licia Hoje à(s) 5:22

» [MINI - Masques] A far off dream
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Masques Hoje à(s) 2:57

» [Ficha] Jin Ryuji
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Kallieel Hoje à(s) 2:03

» O Sapo Mágico
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 2:03

» A justiça não é cega!
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 0:04

» Cap.2 - O caminho de sangue
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor ADM.Tidus Ontem à(s) 18:25

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 17:49

» Akira Suzuki
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Ceji Ontem à(s) 14:53

» II - Eternas Ondas
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Mephisto Ontem à(s) 11:21

» Jhonathan Wolf
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Gyatho Ontem à(s) 11:08

» Al mare!
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Fanalis B. Ria Ontem à(s) 7:21

» For Whom the Bell Tolls
私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Emptypor Greny Ontem à(s) 4:27



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 私の名前はアイコ、海の王女です

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 47
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySeg 29 Jan 2018 - 13:38

Relembrando a primeira mensagem :

私の名前はアイコ、海の王女です

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Aiko. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kajiyashiki Aiko
Membro
Membro


Data de inscrição : 25/01/2018

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySex 23 Fev 2018 - 16:45


Nunca havia se passado pela cabeça de Aiko que Sven pudesse cogitar ser um membro de seu bando, quando ouviu o rapaz dizer que a seguiria não conseguiu esconder o fato de não saber como reagir, virou o rosto afim de desviar o olhar e num ato de compulsão remexeu os bolsos para encontrar as balas que tinham sido obtidas através de seu pai, empunhou algumas deles e as colocou na boca, eram várias, cerca de quatro ou cinco, era quase tudo o que lhe restava, mas naquele ponto já estava sentindo-se cansada e com extrema vontade de ingerir açúcar, a partir daquilo não disse mais nada, apenas deixou que o silêncio dissesse por si só o que as palavras apenas tornaria mais constrangedor.

Aiko sempre buscava manter o pensamento positivo sobre as coisas, e no fundo do coração clamava por seu caminho até o porto fosse calmo e sem mais confusões mas teve certeza que sua história estava sendo escrita a linhas tortas quando um dos patrulheiros apareceu a sua frente, seus trajes amarelos o destacam em meio ao ambiente alvo e sua arma já mirava seu alvo, daquela distância nada poderia ser feito e desviar de uma bala era praticamente impossível, todavia Fernand Ice se mostrou ser uma ilha totalmente diferente do que era a três anos atrás, tudo havia acontecido tão rapidamente que a jovem num piscar de olhos se viu em meio a uma fumaça com um forte cheiro e que incomodava seu olhos, era impossível não levar as mãos ao rosto e esfregar os punhos contra os olhos e nariz, era uma sensação totalmente incomoda que lhe provocava até mesmo tosses.

Ainda estava tentando entender o que estava acontecendo, aquilo aparentava ser obra dos patrulheiros - o que não era de todo errado -, Yennefer que era parte desse esquadrão surgiu do nada e se contrapôs a seus próprios amigos, nocauteando aquele que foi revelado como Bart, entre tosses a mais tosses a loira buscava ainda proteger seu rosto do composto no ar que aos poucos sumia revelando aos olhos de todos o cenário a sua volta —Não importa o que você disse, eu não recebo ordens, eu dou ordens. — Contradisse Aiko em meio a pausas nas quais limpava seus olhos irritados, ergueu o rosto e direcionou seu olhar ao porto, estavam tão próximos que conseguia sentir que sua saída da ilha já não era tão difícil, eis que num entrada triunfal apareceu o provável líder daquele esquadrão, Red ou Edmund como revelou Yennefer que parecia não se importar em explanar o nome de todos aqueles homens que insistiam em serem reconhecidos pelas cores que trajavam.

Sem pensar duas vezes a loira atenderia a 'suplica' da atendente da pousada e seguiria em direção ao navio deixando com que a mesma lidasse com os problemas que tinha arranjado no processo, mas Sven não parecia compartilhar de tal pensamento, suas palavras sempre cobertas de mel o faziam realizar atos dos quais ele não precisava se envolver, assim como fez com Aiko estava disposto a fazer com Yennefer. Um suspiro de indignação fora exalado pelas pequenas narinas da garota que logo erguia sua espada para por fim lutar sua última batalha. Sven sempre tomava a iniciativa, talvez até nisso ele quisesse ser cavalheiro e por isso Aiko sempre agia como uma sombra em seus movimentos, sua força bruta nunca foi algo que pudesse tomar como ponto forte, todavia seu corpo pequeno lhe proporciona mais facilidade em se mover. Enquanto o garoto montava em sua mente toda uma estratégia de avanço Aiko agia por impulso e deixava que seu corpo se movesse e respondesse as investidas por instinto.

Logo atrás do avanço de Sven estaria Aiko, apenas alguns passos atrasada em relação aos dele, sua Claymore estava cortando a neve enquanto sua portadora adotava uma postura baixa, não estava se preocupando em se defender já que Bjarke fazia a linha de frente todo seu foco era na ofensiva. Seus olhos ainda sofriam com o lacrimejar e era inevitável piscar várias vezes mas naquele processo estava fazendo o máximo para manter-se o mais focada possível. Esperando com que o garoto conseguisse um bloqueio, um desvio de movimentação da lança a loira daria um passo para o lado direito saindo por de trás do jovem rapaz e avançaria com um corte vindo da lateral na horizontal antes que o homem pudesse tomar qualquer medida contra Aiko buscaria rolar na neve para trás do grande alvo onde tentaria atingir com um chute a fossa poplítea na busca de desequilibra-lo, no caso de atingir seu objetivo alvejaria o braço com que o homem mais utilizava para manusear sua lança com um corte profundo próximo ao ombro.    


Histórico:
 


Objetivos:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
AIKO
there might be a million roses in the world, but you're only, because you're my rose
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 52
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySab 24 Fev 2018 - 11:03



Vermelho


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


-Você fala demais!- Respondia em um grito para Sver, o espadachim avançava enquanto Aiko seguia alguns passos atrás do cavalheiro a pirata estava confiante que Bjarke seria capaz de bloquear e repelir os golpes transferidos pelo patrulheiro, atrás da dupla estava Yennefer um tanto surpresa com a reação mas agora que os piratas lutavam ao seu lado ela agora parecia meio receosa de disparar, apesar de que alguns segundos atrás a mesma não tinha visto problema em criar uma cortina de fumaça que cobriu tanto o patrulheiro quanto os piratas. O homem esperou Bjarke estar no seu alcance para transferir um ataque, o patrulheiro colocou as suas duas mãos na ponta da haste da lança e levou a ponta oposta que portava a lamina para o alto de sua cabeça, rapidamente ele desceu com o golpe imitando um movimento básico de kendo onde em vez de fazer uso de uma katana ele usava a lança, o cabo da lança se chocava contra a cabeça de Sven o derrubando de imediato na neve, Aiko ainda estava um pouco distante do alvo conseguia pular para o lado desviando da lamina da lança, mas o patrulheiro era rápido e imediatamente avançou poucos passos para frente em um “dash” para que a Kajiyashiki ficasse no alcance do raio de sua lamina, durante essa movimentação para frente ele já começava a girar seu corpo e consequentemente acertando também a jovem loira com a haste da lança no braço direito da pirata que também era derrubada na neve.

Yennefer ao perceber que Sven e Bjarke caiam perante o patrulheiro, começou a disparar suas flechas contra o vermelho que tentava desviar de maneira estabanada e as vezes até mesmo arriscava a golpear os projeteis com sua lança, a arqueira começou a correr tento circular o patrulheiro para flanquear o seu alvo, mas o que o vermelho tinha de chamativo ele também tinha de experiência o grande homem correu em direção ao Bjarke fazendo com que ele ficasse entre o patrulheiro e a arqueira para que a mesma não arriscasse disparar de maneira insensata arriscando acertar o médico.

Bjarke se encontrava no chão de frente ao patrulheiro com uma distância de cinco metros entre o médico e o lanceiro, Aiko por sua vez estava a quase sete metros de seu alvo mas devido a movimentação de reposicionamento do lanceiro, agora o caminho dos piratas para o porto estava livre mas estava obvio que o vermelho não permitiria que eles escapassem. Aquele combate havia chamado a atenção das pessoas que transitavam o porto, todas ficavam afastadas da luta mas pareciam um tanto curiosos sobre a confusão que era gerada.

Os olhos da dupla já não mais os incomodava no entanto ao perceber que os dois piratas tinham sido facilmente derrubados pela força e a destreza de um único homem lhes dava um gosto amargo –Vocês perderam sua oportunidade de dialogo garoto, vocês escolheram fazer uso da força ou já esqueceram que vocês começaram o ataque no ultimo encontro?- O homem virou seu olhar para Kajiyashiki –Aquela garota já estava sob custódia nossa mas vocês decidiram reagir.- Seu olhar se voltou para Sven.-Este vai ser o túmulo de vocês- O homem voltou a posicionar para o combate e parecia pronto para atacar.


Histórico Aiko:
 
Histórico Bjarke:
 
FERIMENTOS:
 
LEGENDAS:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 3
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 23
Localização : Loguetown - East Blue

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySab 24 Fev 2018 - 22:54







Time Is Running Out ♪






Jogado em meio a neve, Bjarke se afundava em frustração, se perguntado como não pode prever um movimento tão simples, foi confiante demais e descuidado, essa humilhação era o preço a ser pago por seus atos de displicência. Não sendo suficiente o seu fracasso total, seu avanço descuidado ainda deu brechas para o Patrulheiro acertar sua companheira e capitã, os golpes não foram suficientemente fortes para ferir seu corpo bem treinado, mas não pouparam sua honra e seu orgulho.

Sentindo o gélido abraço de Fernand Ice Island, Sven pensava por um momento que talvez o Patrulheiro Vermelho fosse demasiadamente forte para ser derrotado, mas, quase instantaneamente, afastava tais pensamentos, já que acreditava que não conseguiria vencer nem o mais fraco dos adversários com dúvidas fazendo pesar sua mente e seu coração. Em sua consciência, o jovem médico tinha plena certeza de estar fazendo o certo, estava lutando pelo seu futuro, pelos valores que defendia e, acima de tudo, por Yennefer e Aiko, a crença de estar lutando para defender coisas que verdadeiramente apreciava reacendiam a determinação do espadachim.   

Ainda prostrado e cercado pela neve, o jovem se dava conta de que, além do alto grau de dificuldade do combate, tinha pouquíssimo tempo para debilitar o Líder dos Patrulheiros e fugir. As crianças serviram bem ao seu propósito, mas os patrulheiros Azul e Verde não ficariam sofrendo com paus e pedras para sempre, além disso, o Patrulheiro Amarelo poderia recobrar seus instintos e efetuar um novo disparo a qualquer momento. Sem desperdiçar mais de seu precioso tempo, Sven tentaria levantar, rapidamente, em uma espécie de rolamento enquanto se afastava um pouco de seu adversário no mesmo movimento, tentando assim diminuir as chances de ser atingido por uma súbita estocada.  

Finalmente recomposto, Bjarke tentaria ajustar sua postura novamente, adotando uma porte lateral no tronco em relação a Edmund, com o cabo de sua lâmina bem segurado pela mão direita e braço direito estendido, sem ter a flexibilidade comprometida, enquanto visava criar uma distância entre os dois, com o fio de sua espada pronto para rebater os avanços da ponta da lança inimiga. - Se, em uma possibilidade bem remota, eu realmente morrer aqui, você poderia colocar na minha lápide: ''Aqui jaz um bom malandro, conquistador.''? Se não for pedir demais é claro. - Diria ao Patrulheiro, antes de avançar.

A investida de Sven já havia sido destroçada uma vez, mas agora, além de não sofrer mais com um flagelo que assolava seus olhos, o jovem teria uma abordagem diferente. A distância entre os dois ainda proporcionava vantagem ao seu inimigo, então Bjarke simplesmente dispararia, visando reduzir o intervalo entre ambos. Era claro que sofreria novamente os golpes da lança de Edmund, mas estaria melhor preparado agora. No caso de um golpe diagonal ou horizontal, por qualquer um dos lados, independentemente da altura, Bjarke não tentaria simplesmente interceptar o trajeto da ponta ou haste da lança até seu corpo com sua espada, seu objetivo era golpear fortemente a arma do inimigo, já que, se a haste fosse de madeira, poderia se partir com um golpe se a força necessária fosse empregada, no caso de não quebrar, a arma poderia ser jogada violentamente para o lado, dificultando sua recuperação, na pior das hipóteses, se acertasse, apenas bloquearia o golpe.

Era improvável que o Patrulheiro repetisse o golpe, mas, se durante seu avanço, Sven sofresse com um golpe vertical, interceptaria a haste ou ponta da lança, posicionando a espada sobre sua cabeça enquanto seguraria a mesma com as duas mãos, visando mais força e firmeza. Se previsse outro golpe vertical e se sentisse seguro o suficiente para realizar o movimento, o médico tentaria esquivar do golpe, pulando para o lado mais conveniente enquanto avançava e, depois que arma inimiga descesse ao chão, golpearia a haste da mesma, de cima para baixo, atrapalhado sua recuperação e, na melhor das hipóteses, desarmando o homem.

Seu tronco, pernas e cabeça eram alvos tentadores enquanto avançava, então, se prepararia para a hipótese de uma estocada, independentemente da altura. Caso percebesse a ponta da lança inimiga buscando seu corpo, Bjarke posicionaria a espada entre seu corpo e a ponta da arma inimiga, se aproveitando da postura adotada anteriormente, assim que achasse o momento apropriado, golpearia violentamente a arma inimiga, visando jogar a lança para um dos lados, qualquer que fosse o mais conveniente no momento, ou até mesmo para cima. Depois de desviar o curso da lança, manteria o corpo de sua espada entre ele e a arma deslocada do inimigo, buscando não dar brechas para um golpe instintivo de recuperação.

Diferentemente da investida anterior, que foi desenfreada e descuidada, Sven avançaria mais calmamente, tentando sabotar os golpes de Edmund enquanto ganhava terreno sem se afobar. Após receber o primeiro golpe, ficaria atento ao tempo e, se sofresse um segundo ataque, contabilizaria os segundos que se passaram entre os golpes, tendo assim uma janela segura de tempo para agir posteriormente, assim sendo, o médico bloquearia, para em seguida avançar se aproveitando do tempo que o inimigo precisava para desferir outro golpe. Chegando perto o suficiente do inimigo para desferir um ataque, Bjarke esperaria por mais um golpe ou um empurrão e, bloqueando o golpe ou desviando do empurrão deslocando seu corpo para trás, visando sair do alcance de tal investida, tentaria encaixar um corte horizontal abaixo da linha do tronco de seu adversário, se aproveitando dos segundos que teria com a guarda do Patrulheiro aberta, buscando debilitar ambas as coxas do oponente.

Se, em algum momento, Sven enxergasse uma oportunidade de avançar com mais ferocidade até o patrulheiro, como num caso em que o inimigo tropeçasse ou deixasse sua arma cair por exemplo, aproveitaria tal oportunidade, abrindo mão de sua investida calma e contida, avançado com a maior velocidade possível e projetando um golpe diagonal que abrisse o peito e abdômen de Edmund. Na hipótese de perceber que conseguiria travar a arma do inimigo com algum movimento simples e seguro, faria uso de tal oportunidade, criando assim um avanço mais tranquilo e aumentando as chances de sucesso de um futuro golpe desferido por Aiko.


Histórico Bjarke:
 

Considerações:
 

____________________________________________________




Última edição por Bjarke em Sab 24 Fev 2018 - 23:01, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kajiyashiki Aiko
Membro
Membro
Kajiyashiki Aiko

Créditos : Zero
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 10010
Data de inscrição : 25/01/2018

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptyQui 1 Mar 2018 - 14:29


Aiko estava caída a neve pela milésima vez desde que havia retornado, não era um problema, afinal ela sempre se levantava para um novo round. Naquele momento a loira pode entender um pouco mais da situação onde estava inserida, seu oponente pareceu não se abalar com a desvantagem numérica, pelo contrário, Edmund soube muito bem como lidar num conflito dois contra um e ainda mais, castigara tanto a garota quanto o médico. A jovem ainda afundada sentada sob o solo alvo encarava aquele casaco rubro ao mesmo tempo em que levava sua mão até a região do braço onde foi atingida - como se aquele ato amenizasse sua dor - sua mente ainda tentava entender o que havia acontecido, a investida dupla parecia tão promissora que nem mesmo cogitou ser completamente anulada. Suspirou, sabia que não seria fácil passar por aquele amontoado de músculos, apoiou-se em sua espada presa a neve colocou-se mais uma vez em pé com um sorriso presunçoso de excitação e preocupação, um mix de emoções se faziam em sua mente que focava apenas a vitória.

Seus ouvidos captavam todos os tipos de som, o mar atrás do cais, as pessoas que murmuravam entre si tentando entender o que se passava, os breves discursos...Durante confrontos Aiko se tornava uma pessoa de poucas palavras, para si aqueles que viam tempo para jogar fora palavras não estavam focados, e consequentemente mais cedo ou mais tarde abririam brechas para sua derrota. Suas pernas estavam entre abertas, um pé mais a frente do outro e sua Claymore segura com ambas as mãos, esperou alguns minutos, deixou com que mais uma vez Sven tomasse a iniciativa esperando a oportunidade de aparecer num momento de guarda baixa ou abertura forçada.

Sua preocupação era em relação ao tempo, uma luta extensa permitiria com que o resto daquele grupo abrupto se reunisse mais uma vez, Aiko estava apreensiva e até mesmo ansiosa para embarcar de vez em direção para fora da ilha, seus olhos se recaíram sobre Sven que brandia sua espada em mais uma ofensiva, naquele instante a garota não fez nada para ajudar, ao contrário, se moveria sorrateiramente sob a neve até onde estava o homem vestido de amarelo e como fez da primeira vez buscou guardar a arma que ele portava. Não tentaria utiliza-la, mas tê-la em sua posse impediria com que o confronte de espadas fosse interferido por tiros, logo após se aproximaria de Yennefer que parecia não acrescentar muito no combate. —Você que conhece esse cara melhor que nós, qual o ponto fraco dele? Tem algo que dê pra gente fazer e tirar esse idiota do caminho?


Histórico:
 


Objetivos:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
AIKO
there might be a million roses in the world, but you're only, because you're my rose

____________________________________________________

know your place
aiko

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 52
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptyQui 1 Mar 2018 - 22:41



Edmund o Guerreiro


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Depois de terem sido facilmente derrubados pelo patrulheiro vermelho a dupla percebia a necessidade de novas estratégias para derrubar seu oponente, Aiko aproveitando o avance de seu companheiro contra o Vermelho ela ia em direção ao Amarelo que ainda estava caído inconsciente e fazendo proveito disso pegava o rifle do patrulheiro e rumava em direção de Yennefer, Kajiyashiki perguntava para a arqueira sobre a existência de algum ponto fraco em Edmund, mas ao encarar o semblante de preocupação que a arqueira expressava já dava para deduzir qual seria sua resposta. –Ele simplesmente não tem um, por que você acha que escolheram ele para ser o líder?- Falava a mulher enquanto mirava no patrulheiro esperando alguma janela para que pudesse disparar contra o alvo, sua voz não soava rude ou debochado mas sim preocupada Yennefer mordia seu lábio inferior demonstrado seu nervosismo pelo combate. –A única coisa que ele deixa a desejar é em velocidade mas ainda assim ele não deixa de ser absurdamente forte e resistente.- Falou a mulher finalmente disparando uma flecha que voou por alguns centímetros acima do ombro do patrulheiro.

Sven avançava contra o patrulheiro que girou sua lança fazendo com a lamina da mesma ficasse posicionada para trás e com a ponta da haste Edmund executava uma estocada mirando acertar o abdômen do médico mas o espadachim já esperava por isso, quando a ponta nua da madeira estava em seu alcance o espadachim executava um golpe empurrando todo o corpo do cabo para a esquerda deixando a guarda do patrulheiro aberta, apesar de ter sido um golpe forte ele não tinha conseguido partir a madeira mas ainda assim dava para tirar proveito do momento, o espadachim se aproximou o suficiente para executar um corte horizontal no tronco do oponente mas Edmund ao perceber a aproximação de Bjarke ele começava a dar alguns passos para trás fazendo que o corte de Sven não fosse fundo o bastante mas assim que a espada passava cortando as vestes de seu oponente o médico pode ouvir um som metálico e agora que o corte havia rasgado pedaço da roupa de Edmund era possível ver um malha de aço por debaixo do manto vermelho, mesmo o homem sendo lento ele tirava proveito da proximidade de Bjarke e usava sua mão direita para executar um soco no rosto de Sven em um golpe poderoso e pesado, a mão do patrulheiro cobria toda a parte lateral do rosto do espadachim que graças a seu vigor não caia mas cambaleava para trás enquanto por um momento tudo a sua volta parecia girar.

Com Bjarke um pouco afastado Yennefer encaixava duas flechas em seu arco e disparava contra o oponente rubro, zumbindo em meio ao vento uma das flechas encontrava seu caminho até o ombro do patrulheiro enquanto a segunda acertava o peito, Edmund parecia sequer sentir o ataque e com a mão que antes tinha acertado o rosto de Sven agora era usada para quebrar as flechas e remover o casaco sobre seu peito revelando uma armadura de metal por debaixo de suas vestes, o peito e os ombros eram cobertos por placas de metal e por debaixo desse peitoral de ferro ele usava uma camisa de malha de aço que protegeu seu abdômen anteriormente, agora sem um manto cobrindo seu rosto e seu tronco os piratas podiam ver o verdadeiro Edmund um homem alto de pele pálida e longos cabelos loiros presos em um rabo de cavalo, uma braba longa que cobria toda parte inferior de seu rosto exceto pela boca, seus olhos eram azuis e fitava os piratas com um brilho mortal. –Vai precisar de muito mais que isso para me derrubar!- O guerreiro mais uma vez assumia uma postura de combate, agora estava claro o motivo da grande resistência de Edumund. –Tsc, uma armadura era só isso que faltava!- Diferente da roupa chamativa a armadura tinha uma aparência simples e lisa.

Os mais curiosos ali no porto tentavam manter o espaço para que os piratas lutasse mas ao mesmo tempo se mantinham atentos para a luta e alguns ate mesmo se manifestavam vibrando e comemorando com o desenvolver da luta, Sven continuava na frente do patrulheiro com apenas alguns metros de distância já Yennefer começava a correr buscando se reposicionar para fazer uso de um ângulo melhor, Aiko agora também portava o rifle do patrulheiro Amarelo se encontrava alguns metros atrás de Sven onde antes estava a arqueira.


Histórico Aiko:
 
Histórico Bjarke:
 
FERIMENTOS:
 
LEGENDAS:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 24
Localização : Lvneel - North Blue

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySex 2 Mar 2018 - 1:34



Roxanne.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




.......- " Devo ser sincera com vocês, a manhã de hoje vai de mal a pior. Não sei se pelo fato de, ainda cedo, um velho gordo ter caído sobre mim no chão do bar ou por meu dinheiro estar quase acabando. Apenas tenho a certeza de que alguma cabeça de cavalo com meu nome costurado dentro foi enterrada nessa maldita ilha. A do meu ex-namorado, quem sabe." -

.......A porta da taverna se abriu e timidamente, Roxanne seguiu caminho batente a fora. O sol estava a pino e, no segundo passo que deu, sentiu-o cegar sua vista.  Afinal o dia já havia raiado apesar de todos dentro do estabelecimento ainda estarem desmaiados, a noite anterior havia passado um pouco dos limites e, a última lembrança que Rox tinha dela, envolvia algumas cordas, pianos e um maldito velho gordo caído com a cara no meio de suas pernas.

.......As pessoas passavam pela rua, havia certo movimento, a rotina pouco regrada da garota não lhe permitia ter bom discernimento de que horas eram, isso e o fato de ainda estar um pouco embriagada, é claro. Enquanto andava, Roxanne sentiu um embrulho em seu estômago, o enjoo matinal novamente a incomodava, era comum as primeiras horas do dia serem um pouco difíceis para a mulher, contudo, isso não fazia que seus hábitos ou rotina mudassem. Para Rox, a vida era vivida um dia de cada vez, cada segundo sendo único e maravi...

.......O líquido quente e grosso escorreu por sua boca, a garganta ardeu, a barriga se comprimiu e os olhos lacrimejaram. O gosto de bile agora entorpecia seus sentidos, se é que isso ainda fosse possível. Tonta e desconsertada, Roxanne buscou apoio em um transeunte próximo, a visão dobrada a fez errar o homem, rodopiar entrelaçando as pernas e cair sentada no chão.

.......~ Definitivamente essa ilha me odeia. ~ - Novamente em pé, Rox inconscientemente partiu a esmo indo em direção ao porto, qualquer habitante assíduo do comércio local sabia onde a garota ia após sua costumeira cerimônia matinal. Os primeiros anos do vício haviam sido diferente, sentia uma ansiedade, alguns sintomas anormais e no mesmo instante a vontade de fumar sua erva a invadia, não obstante, os últimos anos haviam mudado essa rotina, não havia ansiedade, nervosismo, nem nada. Doença? Não lembrava. Todo dia Roxanne ia até o comércio comprar seu medicamento e todo dia ela consumia tudo aquilo que comprava, hoje não seria diferente e era isso que Rox faria. - Olá, me veja uma porção generosa de erva, a cannabis mais pura que você tiver, por favor. - Diria ao encontrar o vendedor, fumar era como se fosse uma espécie de simpatia, uma que levava muito a sério.

.......~ Talvez hoje encontre alguém de bom coração para me tirar daqui, ou só alguém querendo se divertir, o que seria muito melhor, é claro. ~ - Hoje Fernand Ice teria de se despedir de sua visitante, e com toda certeza suas noites e seus rapazes não seriam mais os mesmos. - "Ah, antes que eu esqueça, me chamo Roxanne d'Lamour, os intímos me chamam de Rox, e quase todos que eu conheço são bastante íntimos, então... Bom, Rox ou Roxanne, você quem sabe, e caso ainda tenha dúvida, meu remédio é a cannabis, maconha, erva danada, bango, breu, fino, hemp, dona juanita, ganja, caroçuda, biricutico... Enfim, você sabe."







Objetivos:
 

Histórico:
 

Narrador:
 

Galera:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Luna em Sab 3 Mar 2018 - 6:07, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Meursault
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Meursault

Créditos : 3
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 8010
Masculino Data de inscrição : 28/01/2018
Idade : 23
Localização : Loguetown - East Blue

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySex 2 Mar 2018 - 2:24







Fear cuts deeper than swords ♪






O jovem espadachim finalmente conseguia pressionar um pouco seu oponente, o fio de sua espada buscava carne, pele e sangue, para encontrar apenas anéis de metal, mas não se sentiu frustrado, mesmo quando o Patrulheiro, finalmente despido do manto da justiça, acertou de forma brusca sua face. O impacto foi violento, ao menos o suficiente para fazer Bjarke se afastar, dando ao inimigo tempo para se recompor. A pancada trazia à tona lembranças do passado, Sven lembrava das inúmeras vezes que tinha apanhado dos seus irmãos mais velhos, tanto em brigas como em brincadeiras, e pensava agora que talvez devesse lhes agradecer por isso, caso um dia se reencontrassem. Já recuperado do pequeno atordoamento causado pelo soco, Bjarke finalmente olharia nos olhos do homem, de aparência austera e longos cabelos loiros, para em seguida dizer. - No rosto não, se você estragar, vai ganhar o ódio de algumas mulheres. - O sarcasmo na sua voz era quase palpável, o Médico exibiria um último sorriso antes de avançar contra seu adversário.  

Desde a primeira vez em que se cruzaram, Sven havia julgado o homem, atribuindo para ele uma força que agora parecia se desfazer perante seus olhos, como uma névoa ao se dispersar, abrindo espaço para o sol prestes a surgir. Na mente do Espadachim, Edmund estava em nível muito acima do seu, sendo mais forte, mais resistente, mais veloz e mais experiente, de forma que só se submeteu nessa contenda por ter que defender aquilo em que acreditava, mas suas impressões o enganavam, assim como uma rosa, que a primeira vista parece bela e indefesa, mas sempre podia mostrar seus amargos espinhos.

A armadura concedia uma grande vantagem para o Patrulheiro Vermelho, mas, como quase tudo na vida, era uma faca de dois gumes. O preço a ser pago pela segurança em combate era uma redução considerável em sua mobilidade, que até agora o homem não havia deixado transparecer devido a sua habilidade. Ciente da situação e se sentindo cada vez mais confortável com o combate, Bjarke aceleraria, atingindo a maior velocidade que conseguisse no menor tempo, diminuindo ainda mais a distância existente entre os dois, que agora já não beneficiava tanto seu oponente, na medida em que seus passos deixariam rastros na neve, se sentira mais confiante e não existiriam dúvidas em sua mente.

Até esse momento, Sven havia adotado uma postura reativa em relação ao seu oponente, se defendendo e encaixando golpes apenas quando surgia alguma oportunidade, mas sentia que agora era hora de tomar a iniciativa e dominar o ritmo do conflito, conduzindo os movimentos do seu inimigo, como se faz em uma dança. Em sua investida súbita, Bjarke seguraria firmemente sua lâmina com a mão direita e tentaria encaixar um golpe rápido e brutal nas pernas do inimigo, na altura do joelho. Se o golpe acertasse seria ótimo, mas o médico já esperava que Edmund bloqueasse o ataque com sua lança, se de fato isso ocorresse, Bjarke se aproveitaria e giraria seu corpo, enquanto  tentava avançar e ultrapassar o inimigo. Sua arma cederia perante o bloqueio da haste da lança e giraria junto com seu corpo, em sentido horário, e, enquanto o homem avançava e girava, o fio de sua espada buscaria novamente a perna do inimigo, mas dessa vez por trás, visando acertar a panturrilha esquerda do Patrulheiro, mas precisamente na altura em que se encontra o músculo solear, já que, se o golpe acertasse e as pernas de Edmund estivessem desprovidas de qualquer tipo de proteção, o ataque debilitaria mais ainda a mobilidade do alvo.

Se o fio de sua lâmina rasgasse a carne do Líder dos Patrulheiros e abrisse uma fonte carmesim que faria jorrar sangue, maculando a neve com seu calor e cor vibrante, Sven aproveitaria o momento e o fato de estar de costas para Edmund e correria em direção ao navio, esperando que Aiko e Yennefer dessem alguma espécie de cobertura na medida em que ele se afastaria, fazendo balas e flechas irem de encontro ao metal que guardava a carne do homem de longos cabelos loiros. Em sua mente, a manobra daria tempo o suficiente para todos se dirigirem até o navio e embarcarem, enquanto o Patrulheiro sofreria para tentar persegui-los devido ao ferimento.

Se durante sua investida, Bjarke observasse algum movimento de corpo por parte de Edmund, como tentativas de soco, agarrões ou empurrões, tentaria esquivar, jogando peso do seu corpo para trás, visando sair do alcance do inimigo, para em seguida retornar, ou inclinando seu corpo para o lado mais apropriado no momento enquanto alterava sua trajetória no mesmo sentido, retornando para a rota original pouco antes de atacar, após ter efetuado o desvio. Se o Lanceiro tentasse desequilibrar Sven com qualquer espécie de golpe nas pernas, o jovem tentaria interceptar o golpe com sua espada, no caso de tal investida vir pela lateral, se viesse em forma de estocada, rebateria a lança do inimigo com força, jogando a mesma para o lado mais oportuno, defendendo e ao mesmo tempo dificultando outro ataque do inimigo, que também ficaria com a guarda aberta.

Se os avanços do médico fossem rechaçados por um golpe com a haste da lança, a hipótese da ponta sendo descartada devido a curta distância existente entre os dois, o mesmo tentaria apaziguar o impacto da haste com a lateral da lâmina de sua espada, para em seguida conduzir a haste ao chão enquanto avançava, visando dificultar a recuperação do inimigo, não importando se o golpe viesse horizontalmente, verticalmente ou diagonalmente. No caso de uma estocada por parte do Patrulheiro vermelho, Bjarke tentaria posicionar sua espada entre seu corpo e a lança inimiga, esperaria o momento certo e, pouco antes de sofrer o ataque, empurraria a lança para um lado, com a lateral de sua lâmina, enquanto desviava para o lado oposto e continuava avançando.

Após conseguir debilitar Edmund e se desvencilhar do combate por qualquer meio, Sven gritaria para suas companheiras. - Atirem! - E correria até o navio sem olhar para trás, esperando que elas o seguissem depois de ganharem algum tempo com os disparos.




Histórico Bjarke:
 

____________________________________________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Kajiyashiki Aiko
Membro
Membro
Kajiyashiki Aiko

Créditos : Zero
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 10010
Data de inscrição : 25/01/2018

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySex 2 Mar 2018 - 15:27


Aiko estava perplexa, seus olhos não podiam acreditar naquilo em que viam. Era impossível que a situação se mostrasse cada vez mais adversa, se perguntava se Edmund trajava aquela armadura desde sempre ou havia se reforçado naquele meio tempo, de todo modo não fazia diferente. Yennefer que na pousada pareceu tão confiante em executar sua distração agora estava se vendo tão encurralada quanto a dupla. Aiko levou a mão até sua testa, uma súbita dor tomou conta da região, uma dor aguda e extremamente incomoda, a loira sabia o que era, estava lhe faltando glicose correndo em suas veias, seu sangue clamava por açúcar como nunca, de joelhos Aiko buscou em seus bolsos tudo o que tinha juntado até então para satisfazer seu corpo, algumas balas e biscoitos, não pensou duas vezes antes de sem discernir uma coisa da outra jogou todos boca a dentro, mastigou uma, duas vezes e engoliu em seco, esperava que aquilo fosse o suficiente para que pudesse se manter em pé por mais algumas horas ou se não estaria em uma situação extremamente difícil. Limpou a boca com seu antebraço, suspirou com os olhos fechados sentindo seus joelhos afundados a neve se molharem com a umidade. —Sabe a grande vantagem dos piratas em relação a pessoas comuns e marinheiros? Piratas fazem o que for preciso para possuírem o que desejam. — Um sorriso maldoso brotou no límpidos lábios de Aiko, sua mente trabalhava cada vez mais de forma suja, apesar de não ser tão ruim como desejava, estava nesse caminho. Ainda tinha um desequilibrio entre o que pensava, o que dizia e como executava mas naquele instante tinha um momento de estabilidade.

Esperando com que seu corpo voltasse a lhe responder e tivesse pleno funcionamento seus olhos recaíram sobre o rifle que havia pego, suas mãos ainda um pouco tremulas a seguravam com força, fitou a sua frente onde Sven travava um embate um a um com o líder dos patrulheiros, aquele sorriso presunçoso ainda estava desenhado em seu rosto e apoiada em seus joelhos colocaria-se em pé. —Me dê cobertura! Não deixe com que nenhum dos civis banque uma de herói. — Nem mesmo havia encarado Yennefer, sua voz transparecia com muita calma como se aquela situação estivesse totalmente sobre controle, a loira caminhava até onde o patrulheiro amarelo estava, desmaiado em cima do solo fofo e gélido, desprotegido. A Claymore era arrastada, sendo guiada pela sua mão esquerda e sob seu ombro direito estava o rifle, quando estava novamente próxima de Bart faria com que o cano da arma encostasse no topo da cabeça do mesmo, por precaução Aiko sentaria em cima dele também, para caso acordasse não pudesse se desvencilhar tão facilmente e ainda mais, ao lado de seu pescoço afundaria a lâmina de sua espada, se tinha aprendido algo naquele ilha era que precaução nunca era demais. —Edmund! — Gritava a garota. —Você que ama tanto a justiça, acha justo que um de seus companheiros morra por conta da sua obsessão em nos prender? Não sei o quão transtornado você é, mas se quiser continuar com isso, prefere que ele morra com uma bala alojada na cabeça ou que ele nem mesmo tenha cabeça? — Parou por um instante permitindo que ele entendesse o que ocorria e qual era sua posição —Só queremos sair da ilha, nós embarcamos, vamos embora e nunca mais vamos nos ver, parece bom para ambos os lados. Não estamos devendo nada, até está lâmina que detenho foi paga, pergunte ao velho. Se formos analisar criticamente, lutar com um idoso não é crime, ou é? — O humor existente em suas falas era surreal, claramente não era um cenário propicio para tal mas Aiko as vezes incorporava uma confiança maior que o comum. —Tenho certeza que dessa distancia eu nunca erraria esse tiro, parece tão fácil tirar a vida dele, mas não depende de mim e sim de você. Retire essa armadura e deixe sua lança no chão e se afaste com as mãos pra cima. Então iremos embora, okay? — Um sorriso infantil surgiu, talvez o contraste entre aparência e ações causasse um choque na maioria das pessoas mas Aiko era daquele modo desde sempre, impulsiva e ousada. 


Histórico:
 


Objetivos:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
AIKO
there might be a million roses in the world, but you're only, because you're my rose

____________________________________________________

know your place
aiko

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Ventus
Mercenário
Mercenário
ADM.Ventus

Créditos : 52
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 10010
Masculino Data de inscrição : 15/12/2013
Idade : 25

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySab 3 Mar 2018 - 1:46



Esse é o show da Luna


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Agora que o segredo da resistência do patrulheiro era revelada o grupo agora conseguia formular planos para que tal obstáculo fosse ultrapassado, Sven era o primeiro a executar sua investida mirando acertar um corte na perna do guerreiro, Edmund por sua vez fincava sua lança no solo fazendo que lamina ficasse no topo em um ângulo de sessenta e cinco graus e com a parte inferior do cabo ficando entre a lamina da espada de Bjarke e a perna do patrulheiro, o pirata já estava pronto para o bloqueio e girava seu corpo pronto para um segundo golpe mas Edmund não era só um homem de armadura, o corpo do homem acompanhou o giro do espadachim e em resposta ele girava a lança fazendo que a lamina que antes estava inclinada sobre sua cabeça agora descia entrando em choque contra a espada de Bjarke fazendo o barulho do aço ecoar no ar e repelindo o golpe do espadachim fazendo sua espada encontrar com a neve no chão, o homem que com a outra ponta nua da lança acertava o rosto de Sven em um golpe lateral fazendo que o patrulheiro ficasse com seu ombro posicionado na frente do médico e logo ele avançava com seu ombro acertando Bjarke em cheio o fazendo voar alguns metros. –Com golpes tão previsíveis até mesmo uma tartaruga como eu pode desviar.- O homem parecia estar prestes a avançar contra Sven mais uma vez até que uma flecha acertou sua coxa.

Yennefer estava em cima de uma pequena barraca no meio da multidão e devido a surpresa de algumas pessoas que acompanhavam aquela luta parecia que a mulher tinha chegado ali sem ninguém notar sua presença, mais uma flecha era disparada contra o patrulheiro acertando a ombreira direita e ficando fincada lá assim como a flecha que tinha acertado sua coxa. –Eu estou tentando poupar a vida de vocês mas parece até que vocês desejam a morte não é mesmo.- O homem quebrou a flecha em sua coxa e correu em direção de Yennefer tentando não mancar enquanto a mulher preparava outra flecha para ser disparada até que a voz de Aiko parava os dois. –Edmund!- O homem parou onde estava movendo apenas seus olhos para a direção da loira sem sequer mover a cabeça e nem um milímetro de seu corpo, ele ouvia todas as palavras de Aiko sem esboçar nenhuma reação. –Faça...- Sua voz era desprovida de qualquer sentimento e logo ele voltava correr em direção de Yennefer. –Bart se provou ser indigno do manto amarelo, foi derrubado inúmeras vezes, se deixa levar pelas luxurias da carne e sequer cuida de seu corpo.- Yennefer ainda estava chocada pelas palavras do homem o que levou ter uma reação lenta em seus disparos errando todas as flechas que eram disparadas contra Edmund. –A vida deste homem já não mais me diz respeito algum.- As pessoas que estavam próximas da barraca que Yennefer havia assumido como posição começavam a correr ao ver que lanceiro se aproximava, Edmund saltou erguendo sua arma para cima de sua cabeça e desceu um golpe reto e liso contra a arqueira a fazendo cair contra a barraca e a destruindo com a sua queda somada com o peso do lanceiro.

Não era possível ver Yennefer entre os escombros da simples barraca mas a lamina da lança estava suja de sangue e pingava sobre os escombros, o patrulheiro se virou para Aiko e a encarava de maneira fria se posicionando para a batalha. –Se já terminou ai porque não se junta a batalha ou deixara que aquele homem lute por você?- Até o momento o homem pareceu ter poupado os piratas evitando usar a ponta de sua lança mas dessa vez na investida contra Yennefer ele pareceu não ter se segurado e o resultado tinha sido catastrófico.



Roxanne d’Lamour


Mais um dia e mais uma ressaca para Roxanne alguns poderiam dizer que tal comportamento era fruto de sua infância conturbada e para essas pessoas existia um “foda-se” da estranha mulher, a mulher acordava com o taverneiro tentando varrer o lugar mas a tarefa se mostrava um desafio quando se tinha tantos homens no chão, a mulher saia da taverna vomitando em meio a neve e quando levantava sua cabeça ela via uma cena um tanto estranha, um grupo de crianças junto com dois husky siberianos atacavam dois homens com trajes coloridos, os homens não reagiam mas pareciam afastar as crianças que começavam a correr com os cães seguindo elas –AHAHAHAHAHA ESSES CARAS SÃO UNS TROUXAS MESMO!- Falava um dos garotos. –Ei cadê meu docinho de cocô- Dizia outra enquanto se afastavam –É coco seu idiota!- Uma outra voz infantil se pronunciava. –Culpa do narrador que não lembra a diferença...- Voltava a falar uma das crianças. Rox não tinha tempo e nem cabeça para tentar entender o que umas crianças barulhentas falavam e foi para o único lugar que ela sabia que tinha seu medicamento.

Fernand Ice não era uma ilha fértil e mesmo a região levemente mais fértil da ilha era limitada para a plantação de alimentos fazendo que o porto fosse o único lugar capaz de fornecer sua erva e na noite anterior ela tinha escutado sobre um tal de Cody que fornecia diversos produtos e recursos de outras ilhas e blues para Fernand Ice mas por ser o único ele acabava cobrando preços absurdos para seus clientes. A ilha estava a mesma deste que Rox tinha chegado, conseguiu um abrigo para a tempestade de neve da noite anterior na taverna e acabou ficando por lá mesmo com algum homem que já sequer lembrava mais, chegando no porto parecia ter alguma certa comoção com um homem vestido de vermelho e um outro grupo de pessoas mas a ressaca da mulher a impedia de dar alguma atenção para aquilo e seguiu pelo porto até onde encontraria esse tal Cody –Ah claro você quer seda também? Faço 20.000 berries tudo, um belo desconto para uma bela mulher. ahaha- Falou o homem com alguns galanteios pegando o dinheiro e entregando o troco para Roxanne, o preço não pareceu tão abusivo quanto os outros falavam mas antes que ela fosse capaz de dizer algo o homem continuava. –Ei você sabe o que tá rolando ali? Tem uma galera olhan.... PUTA QUE PARIU!- O homem gritou arregalando seus olhos.

Roxanne até o momento não tinha parado para analisar nada a sua volta e sequer tentar entender o que acontecia naquela ilha mas pela reação do vendedor ela acabava por instinto se virando para ver o que estava acontecendo e ao se virar ela via um homem usando um peitoral de ferro e portando uma lança encarando uma garota loira que tinha um rifle apontado para um homem gordo de amarelo que mesmo com o rosto coberto ela podia sentir uma certa semelhança no rifle que a garota portava e na cor amarela das roupas do homem no chão, uma das barracas que vendia especiarias no porto estava destruída com o lanceiro pisando sobre seus escombros.

Durante sua estadia na ilha ela tinha ouvido falar de um grupo de patrulheiros coloridos que estavam tentando tornar Fernand Ice Island um lugar um pouco mais seguro, cada um deles portava uma cor e um estilo de luta, muitos os consideravam fortes enquanto outros os consideravam uma piada, a cor amarela chamava atenção de Rox, era gordo e sua altura talvez lhe era familiar mas a única coisa gritando era o amarelo ridículo das roupas daquele homem.


Histórico Aiko:
 
Histórico Bjarke:
 
Histórico Luna:
 
FERIMENTOS:
 
LEGENDAS:
 
FEEDBACK DE GERAL:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
~[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]|[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]~
Olá Convidado seja bem-vindo(a) ao One Piece RPG.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luna
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Luna

Créditos : Zero
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Banido10
Masculino Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 24
Localização : Lvneel - North Blue

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySab 3 Mar 2018 - 4:23



Submarino Amarelo.



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




......."- Até no deserto nascem flores. – O hipócrita do meu ex-namorado costumava dizer isso toda vez que algo desse errado e, mesmo a noite passada tendo sido uma merda, e a manhã de hoje pior ainda. Devo admitir que, as coisas por mais estranhas que parecessem, estavam enfim dando certo."

.......Roxanne guardava sua erva no meio de seus pertences enquanto o velho chamado, Cody, seguia puxando conversa. O homem tinha um estilo meio despojado, unhas pintadas de preto, capelo arrumado, broche e cachecol. Em uma ocasião normal, muito provavelmente poderia ser um dos companheiros de cama da garota, porém, faltava uma perna ao rapaz e para Rox, sobrava uma enorme quantia de um péssimo humor negro.

.......- "Quando o assunto é ‘bolar’ um, sou a melhor, na realidade, sou a melhor em praticamente qualquer assunto, a não ser que você seja uma careta, aí muito provavelmente você vai querer conversar sobre arte, seus sentimentos e como me ama, durante esse papo, das duas uma. Estarei, ou acendendo minha compreensão com você, ou engatilhando meu descontentamento."

.......O pseudo comerciante chamava sua atenção, a garota não havia percebido, mas ali, muito próximo do caminho pelo qual havia vindo, acontecia uma movimentação esquisita. – Que estranho, não vi nada quando passei não. – Roxanne, enquanto olhava o alvoroço e conversava com o traficante, ia enrolando seu cigarro com uma precisão cirúrgica, realmente a garota era boa e ágil naquilo, as mãos mais pareciam parte de um processo industrial.

.......Obrigado, perneta!! – Enquanto se virava novamente para o comerciante e acendia seu cigarro recém-fabricado, Rox fazia uma careta, dando a Cody um sorriso descontraído e amigável. O aroma forte e robusto a inundou por dentro, a primeira tragada ficou retida em seus pulmões por aquilo que parecia levar uma eternidade, extasiada, de olhos fechados as sensações foram surgindo, o coração mais leve, o cérebro parecendo estar lentamente se descolando do crânio, a língua dormente... ~ Pelo amor de Jha, o bagulho é do bom!! ~ - Os olhos lentamente abriam enquanto a fumaça era expelida pelo nariz, a garota mais parecia uma maria fumaça.

.......- "Preciso confessar, não gosto de roupas amarelas, são especialmente chamativas de uma maneira depreciativa, a não ser é claro que você queira ser mordida ou perseguida por um macaco. Aí elas irão lhe cair muito bem. Além disso, pare e pense comigo, quando você quer chamar alguém de medroso, você chama ele do quê? Amarelão. Quando alguém peida e não sabemos quem foi, como descobrimos quem é que peidou? O que tá com a mão amarela. Qual é a vaca que caga na panela? A Amarela. E quanto tá doente, o que as pessoas falam? – Você está bem? Tá meio amarelo. -  Sei que a brisa é forte, mas convenhamos, amarelo definitivamente é a pior cor que existe."

.......- Sabe Cody, acho que dormi com aquele cara gordão a noite passada. Sim, o ridículo de amarelo. – Lentamente a sensação de estabilidade atingia suas mãos e corpo. Enquanto dormia, Rox não podia fumar e isso, muitas vezes lhe causava crises de sua doença logo pela manhã. ~ Quanta firmeza, dedos precisos, mãos firmes, mente aberta, mas ainda falta algo... ~ - Essa noite poderia ser você, os pernetas não fazem muito meu tipo, bom, os gordos com fantasia por banana também não. – Roxanne sorria e se inclinava sobre os pertences de Cody, os peitos fartos enchendo-lhe o espartilho, procurava algo em específico, algo que não era da natureza, algo humano. – Você por acaso me consegue alguma coisa que dispare? Uma pistola talvez. Quero corrigir meu erro da noite passada.  – Caso o comerciante não tivesse nada do tipo, Rox partiria calmamente na direção do alvoroço, procuraria a menina que anteriormente havia visto portando um rifle amarelo e com uma descontração anormal, pediria. – Hei menina, me empresta o rifle? Quero corrigir uma coisa.

.......Obtendo a arma, Rox sorriria para o homem gordo que muito provavelmente havia tido a melhor noite de sua vida horas antes e, com a desenvoltura de uma dama, apontaria a arma para a cabeça do rapaz, mirando com precisando e disparando uma, duas, três vezes entre engatilhadas e passos na direção do mesmo.  Tentaria acompanhar seus movimentos de esquiva mirando sempre um pouco a frente da trajetória de corrida do mesmo. Caso fosse atacada, em um primeiro momento, apenas tentaria saltar para trás, pulinhos ágeis e curtos, recuando e quando necessário, tentaria se esquivar abaixando seu corpo, tentando passar abaixo dos golpes do oponente.

.......- "Muitas vezes a vida nos dá raros momentos, situações curtas e instantâneas em que conseguimos corrigir nossos erros, infelizmente para a maioria, para mim, toda hora era hora de corrigir meus erros e, bom, quando o assunto é fazer a coisa certa, eu costumo errar muito."






Objetivos:
 

Histórico:
 

Narrador:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Você não me vê na batalha?
É claro que estou lá, veja só o terror e o medo neles.


||Legenda||

|- "Roxanne - Intervenção" - |
|~Roxanne - Pensamentos~ |
|Roxanne - Fala|


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Luna em Sab 3 Mar 2018 - 6:04, editado 10 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kajiyashiki Aiko
Membro
Membro
Kajiyashiki Aiko

Créditos : Zero
Warn : 私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 10010
Data de inscrição : 25/01/2018

私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 EmptySab 3 Mar 2018 - 5:24


THE END OF
the f**king world


S

ua boca ficou entre aberta aos escutar tais palavras, como um homem que prezava por justiça e tinha o posto de líder, um cargo que emana confiança para com seus seguidores podia desistir e menosprezar a vida de um companheiro daquele modo? Aquelas palavras praticamente eram uma autorização de assassinato em público, querendo ou não, o peso daquela morte recaíria sobre os ombros de Edmund uma vez que haviam inúmeras testemunhas ali presenciado seus atos inconsequentes, movidos por uma visão errônea de equanimidade, tudo isso para capturar piratas que nem mesmo possuíam recompensas por suas cabeças, fato que logo se alteraria, Aiko respirou fundo, se aquele homem estava agindo daquela forma pensando que suas palavras não passavam de um blefe ele estava errado e pagaria por subestima-la —Acredito veemente que em algum momento você irá se arrepender disto, talvez não hoje, nem amanhã mas o sangue desse homem estará em suas mãos, o povo de Fernand Ice ira te culpar tanto quanto eu por essa morte, então, vamos dividir a culpa. — Ócios do ofício, Aiko havia decido a muito tempo que evitaria confrontos, sangue e morte sempre que possível, a diplomacia seria sempre sua primeira opção, mas entendia muito bem que para ser respeitada como desejava não poderia recuar diante situações como aquela, levantou-se das costas daquele homem e se colocou em pé, a arma ainda estaria encostada firmemente em sua cabeça, seu indicador em posição; Aiko não se daria tempo para pensar duas vezes e num milésimo de segundo o gatilho seria puxado.

Seu coração acelerado em conjunto com um gosto amargo em sua boca lhe apresentavam um nova sensação, era assim o sentimento de se tirar uma vida? Sua mão tremula ainda segurava o rifle, ergueu um tanto sua cabeça ao céu, um sorriso de canto se fez presente, o que se passava em sua mente naquele instante talvez fosse indescritível —Isso é um horror — Sussurrou —Mas não é nada com o que eu não possa me acostumar. — Aiko aparentava ser uma outra pessoa, seus olhos tampouco apresentavam o brilho de outrora, aquela curvatura em sua lábios se assemelhavam muito, mas não poderiam ser considerados um sorriso, sua mente talvez ainda processasse toda a experiência recente e sua personalidade incorporasse aquilo que achava válido —Você não precisa me pedir duas vezes, mas me diga, quanto será minha recompensa por tirar a vida de dois civis? — Aiko não sentia ódio de Edmund, nem mesmo um fio de tal sentimento, era algo mais próximo do que havia passado com o velho da loja de armas, se sentia apreensiva e ansiosa por alcançar um objetivo maior, todavia ter alguém como obstáculo lhe impedindo de chegar no que almeja a fazia querer castiga-los por isso.

Aiko não havia prestado muita atenção em Yennefer naquele meio tempo, mas ela sabia se virar - e se não soubesse, que aprendesse -, suspirou e antes que pudesse pensar no que fazer em seguida escutou ser chamada, desviou o olhar até a pessoa em questão e sinceramente Aiko viu a balconista da pousada que de alguma forma havia se envolvido, um pouco diferente talvez, ela estava vestida daquele jeito? Sua voz um pouco mudada, a loira sentia algo estranho naquela figura mas com certeza a face era pertencente e Yennefer. —Claro, faça o que quiser com isso, eu já brinquei bastante. Além de tudo precisaria me livrar disso para poder lutar. — O rifle jogado ao ar na direção da garota não era mais responsabilidade de Aiko que apenas empunhou seu lâmina para agora confrontar Edmund mais uma vez.

Entendia bem que seu tronco estava super protegido pela malha e armadura, seu alcance era maior e sua força mais devastadora, a única coisa que conseguia pensar era em abusar de sua velocidade e tamanho mas ainda sim era pouco perante todos os atributos apresentados. Daria passos laterais com a espada postada a sua frente, sabia que avançar de qualquer modo seria um erro, por isso por mais tempo que levasse era importante traçar um estratégia mesmo que simples. Reféns pareciam não valer nada à ele, atacar simultaneamente era pouco efetivo e correr não lhes seria permitido. O confronto era obrigatório. Seu ataque começaria com um avanço em linha reta, seu corpo adotava um leve inclinação permitindo com que sua espada tivesse mais 'espaço' em relação a seu posicionamento, quando estivesse a um metro aproximadamente do líder dos patrulheiros elevaria sua lâmina em um corte vertical, com origem atrás de seu corpo, passando por cima de sua cabeça e sendo encaminhada a cabeça ou ombros do adversário (uso da técnica); Aiko reconhecia que aquilo não iria feri-lo mas a única forma de se defender seria com a aste de sua lança ou esquivando. Na primeira opção, Aiko tinha convicção de colocar força em seu golpe para tentar partir a madeira e assim desarma-lo, se optasse por esquivar o fator decisivo entrava em jogo, sua mobilidade reduzida. A Kajiyashiki era rápida e pequena, então deduziu que se recuperaria mais rápido que o homem e assim poderia desferir um novo ataque agora contra suas pernas - único local desprotegido -, o alvo seria seu joelho direito, um estocada, perfura-los com a ponta de espada poderia debilita-lo de vez.

Quebrando a lança ou não, Aiko recuaria três passos para trás passando o turno para Sven; Se não conseguisse a abertura para atingir seus joelhos faria o mesmo, permitindo e dando espaço tanto para com que Yennefer obtivesse alguns momentos de espaço para efetuar os disparos, tanto para com que Bjarke também colocasse em prática suas ideias.



Histórico:
 

Objetivos:
 

Técnica:
 

...:
 



'me chame de rei, me chame de demonio, a água esquece o nome dos afogados.

...

____________________________________________________

know your place
aiko

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Kajiyashiki Aiko em Sab 3 Mar 2018 - 6:57, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty
MensagemAssunto: Re: 私の名前はアイコ、海の王女です   私の名前はアイコ、海の王女です - Página 6 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
私の名前はアイコ、海の王女です
Voltar ao Topo 
Página 6 de 14Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 10 ... 14  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: