One Piece RPG
Vol. 2 - Ascensão do Reino XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Os 12 Escolhidos, O Filme
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 05:24

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Wesker Hoje à(s) 03:53

» Jade Blair
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27

» Kit Phil Magestic
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Achiles Ontem à(s) 21:59

» II - Growing Bonds
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor War Ontem à(s) 21:36

» Xeque - Mate - Parte 1
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Ceji Ontem à(s) 21:20

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Fran B. Air Ontem à(s) 19:58

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Quazer Satiel Ontem à(s) 18:28

» Galeria Infernal do Baskerville
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Blum Ontem à(s) 18:16

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Blum Ontem à(s) 17:48

» Hey Ya!
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 17:25

» Blackjack Baskerville
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Baskerville Ontem à(s) 17:21

» Cap. 2 - The Enemy Within
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 16:07

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Skÿller Ontem à(s) 16:07

» Mini-Aventura
Vol. 2 - Ascensão do Reino Emptypor Akaza Ontem à(s) 16:03



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Vol. 2 - Ascensão do Reino

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3 ... 10 ... 20  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptyTer 19 Set 2017, 13:10

Vol. 2 - Ascensão do Reino

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Samantha Evergreen. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sioux
Pirata
Pirata
Sioux

Créditos : Zero
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 28/05/2017

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptyQui 21 Set 2017, 20:59

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ascensão do Reino


Citação :
Objetivos:
- Aprender perícia atuação e estratégia
- Comprar botas
- Encontrar com o bando


Era um cidade interessante, por isso eu estava muito animada. Tudo é novo nessa ilha e eu queria conhecer o máximo que podia, no mínimo de tempo possível... Pois acho que enfrentar um sargento da Marinha pode me render problemas logo logo.

Loguetown irá me proporcionar grandes aventuras, eu tenho certeza disso! Eu seguia para o centro, fazendo um desvio da minha rota para o Sul, desejava ver a movimentação da cidade, as pessoas daqui, creio que não serei tão caçada a ponto de não poder conhecer o pessoal daqui, obviamente mantendo distância da marinha.

O meu objetivo era ver se encontrava atores ou atrizes, de preferências atrizes, apresentando sua arte por aí, eu queria desenvolver minha habilidades de persuasão através da atuação, a interpretação, como um ator faz ao encantar o público com suas falsas emoções que cativam o público.

Era uma habilidade natural minha, é uma fraqueza para os homens, basta ser bela que os têm na mão... Bom, quanto mais eu aprimorar isso, mais eles vão comer na minha mão, apesar disso não ser da minha personalidade, não desejo subjugar ninguém, apenas representar a força de uma mulher, e essa não se resume a beleza.

Seguindo essa linha de pensamento, iria colocar a compra de botas na minha lista de afazeres, além de estilo um item de combate iria agregar no meus estilo de combate. Deixando esse pensamento de lado, me foco na parte artística e volto a procurar um "mestre" da arte de enganar e fingir.


off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Spoiler Alert:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptySab 30 Set 2017, 14:18


Vol. 2  - Ascensão do Reino




A cidade estava bem movimentada como usual, haviam várias pessoas passeando pelas ruas, crianças segurando a mão de seus pais e assim seguia o dia tranquilo em Loguetown que presenciava um dos climas mais agradáveis com leves brisas e um sol fraco , deveriam ser por volta de duas horas da tarde quando a jovem conseguia encontrar uma série de músicos e alguns homens fantasiados entrando dentro de uma construção grande feita com uma lona enorme, do lado de fora dela estava escrito "Teatro Móvel Três Carinhas" e acima da placa tinham três rostos sorridentes em forma de triângulo. O teatro parecia estar fechado ainda, pois haviam dois senhores de terno e óculos guardando a sua entrada.

Em volta de Samantha, as pessoas passeavam e circulavam, ela estava perto da praça e podia ver também alguns homens com roupa brancas e detalhes em azuis em uma rodinha conversando entre si a esquerda da garota, na direita se viam algumas banquinhas de jornal e um mural de procurados, embora olhasse, não tinha visto se cartaz de procurado na parede, o que podia ser um bom sinal ou ruim.

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sioux
Pirata
Pirata
Sioux

Créditos : Zero
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 28/05/2017

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptySab 30 Set 2017, 22:31

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ascensão do Reino

Minha fama não era o suficiente para estar entre os procurados... Por enquanto.

São 14h da tarde, o clima agradável da ilha me convidava a ficar passeando por aí, sem rumo, a fim de deixar o acaso vir e completar o dia, porém não podia me dar esse luxo, eu tenho objetivos que não podem ser adiados, eu estava com sede de aprender, não sou ingênua em pensar que os meus conhecimentos seriam o suficiente para seguir a fora pelo mundo.

O movimento de Loguetown é bem grande, sentia-me livre para andar pelo complexo lugar sem ser julgada ou repreendida, ninguém me conhece, nenhum deles tem o direito de me julgar, na verdade, nem mesmo um ser deste mundo pode me julgar por minhas características e nem por minhas escolhas, sou dona do meu próprio nariz, arco agora com a consequência dos meus atos! Se precisar, enfrento um batalhão da Marinha, por ter escolhido salvar uma capitã pirata, foi minha decisão e não voltaria atrás, nem se tivesse dezenas de oportunidades.

Por sorte, mesmo perdida em meus pensamentos e gratificada por finalmente estar mais livre do que nunca, encontro algum lugar que parece ser bastante oportuno para desenvolver minha capacidade teatral, afinal, nunca se sabe quando vou precisar interpretar algo ou alguém, se nasci  com pré disposição para esse estilo de vida, não vou nega-lo, vou aprimora-lo.

Alguns artistas entravam em uma improvisada barraca de lona, onde dizia acima do local: Teatro Móvel Três Carinhas.

Acertei em cheio, aí mesmo que procuraria uma aula rápida, curso básico, de atuação. Mas como tudo nessa vida não é fácil, o teatro está bem guardado por dois seguranças que protegiam a entrada, bom, bem guardado é um modo de me expressar, basta usar uma voz mais sensual e uma piscadela que eu podia fazê-los buscar refrescos e uma cadeira para mim.

Eu devia entrar naquele barraco bem rápido, apesar de não ser procurada como outras piratas, discrição ainda é um lema meu e com um grupo de marinheiros por ali perto, eu não desejava ficar exposta. Com a intenção de ser bem cuidadosa e discreta, eu me aproximaria do movimento dos músicos e outros artistas, simplesmente entraria no fluxo, como alguém qualquer, um performancer perdido, seguindo apenas o que os outros fazem.

Furtividade é algo que tenho em minhas habilidades, sou ágil para alguém sem treino, minhas roupas comuns me ajudam a me misturar a multidão, e era o que eu tentaria fazer para entrar no teatro, para assim, procurar por ajuda.

Se conseguisse passar pela segurança e entrar, nesse exato instante, começaria a analisar a área, em busca da parte dos atores do teatro, olharia em todos os ângulos possíveis o lugar para poder ter também em minha mente o espaço que eles têm, e até mesmo rotas de fuga se necessário.

Se fosse barrada, fingiria desentendimento, e ficaria indignada com tal ação, para reforçar isso diria:

- O que está havendo aqui? Poderiam me dar licença, esse teatro não pode ficar sem sua figurante e assistente de palco, tenho muito o que fazer! Apesar de serem lindos e musculosos, o trabalho está em primeiro lugar. - Diria como distração, usando um tom mais suave e calmo.

Se mesmo assim, não conseguisse entrar, olharia para o segurança que estaria me impedindo e falaria menos gentil:

- Gatos, acho que há um mal entendido, qual motivo ou razão que estão complicando a vida de uma moça bela e pacata, como eu?

Esperaria uma resposta deles para poder usar meus dotes contra.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Spoiler Alert:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptyDom 01 Out 2017, 01:23


Vol. 2  - Ascensão do Reino




A jovem olhava com bons olhos para o teatro e via aquilo como uma oportunidade para aprender as artes da atuação, com passos lentos ela se infiltrava no fluxo que seguia para dentro do teatro e conseguia ver os dois seguranças olhando para a garota, eles colocavam sua mão na frente formando um "X" na hora que Samantha iria entrar. - A senhora tem um nome? Não a conhecemos dos últimos shows. - Falava o guarda da direita que era mais alto, ele tinha uma barba grande e cabelos espetados de tom marrom e possuía um físico forte, o da esquerda era mais magro e tinha um rosto liso e cabelo curto e jogado para o lado como se uma vaca tivesse o lambido de tom preto, os olhos de ambos guardas eram castanhos. Eles ouviam a reclamação e pedido de Evergreen e coçavam a cabeça sincronizadamente, aquilo chamava um pouco da atenção de quem estava em volta e eles tiravam o braço e falavam em conjunto. - Me desculpe, nós não sabíamos. - Eles acreditavam na mentira da garota e continuavam a vigiar, a garota adentrava o local.

Um lugar amplo e cheio de arte, aquele lugar levava direto para um palco no centro redondo com uma enorme arquibancada ao seu redor, no palco podiam se ver algumas cadeiras e uma bagunça enorme de instrumentos variando com madeiras, metal, pregos e martelos como se ainda estivessem em construção. A arquibancada era completa por várias cadeiras de plástico vermelhas altas das últimas até a ponta mais próxima do palco para acomodar as pessoas de diferentes tamanho e que não houvessem quem atrapalhasse a visão enquanto estivesse sentado, o teto era simples de formato de cone com madeiras e ferro segurando-o adequadamente, o símbolo do teatro ficava pendurado em uma dessas madeiras, havia uma entrada no fundo do teatro com uma barreira de metal impedindo que a passem.

Um homem com uma prancheta de aproximava, ele usava óculos redondo e lentes fortes, uma camiseta branca com detalhes em espirais pretas, uma calça social preta e uma bota da mesma cor, com um olhar de curiosidade e perguntava-a. - Você é das atrizes que venho fazer o teste para a peça? Diga-me seu nome. - E esperava a resposta com uma pena e tinta em mãos prontos para preencher a prancheta enquanto um fio do seu cabelo arrumado se rebelava e ficava em forma de espiral.

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sioux
Pirata
Pirata
Sioux

Créditos : Zero
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 28/05/2017

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptyDom 01 Out 2017, 23:03

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ascensão do Reino


Tão previsível, me espanto com a capacidade do homem em ser manipulado. Não precisei de muito e pude entrar no teatro, às vezes um escândalo resolve o problema, abre portas ou te coloca nos melhores lugares, basta saber fazer.

Agora que entrei na lona dos artistas, sabia que encontraria alguém que me ensinasse, todavia não pude deixar de notar como era grande o espaço do local, a arquibancada de cadeiras vermelhas, viradas ao palco principal,me deixava até um pouco animada, parece divertido ser um ator e viver das apresentações, conhecer o mundo apenas por ser bom representando alguém que não existe, muito mirabolante isso.

Eu distraída observando os arredores, fui pega de surpresa por um moço, com roupas sociais e uma prancheta, e esse ser está trabalhando ali no teatro, se aproxima e pede:

- - Você é das atrizes que venho fazer o teste para a peça? Diga-me seu nome. - A oportunidade perfeita, assumo uma pose correta, sorrio e responderia a pergunta da seguinte maneira - Sim, querido, vim aqui realizar a audição, me chamo Samantha, espero que gostem de mim, pois já amei o lugar! Para onde posso seguir para realizar o teste?

Seria bem ligeira nas palavras, não queria ficar dando informações sobre mim, não agora que tenho que me manter em demasiado sigilo, e talvez assim ele já me mandasse para a área de testes e eu pudesse realizar o meu, assim estaria treinando o básico da atuação, cumprindo com minha meta.

Caso ele me dissesse para onde seguir, o faria sem problemas, iria confiante e serena como estava antes, nervosismo não é algo que me afetava, apesar de ser bastante emotiva, seguro meus impulsos e vontades de sair correndo para fugir de tudo e todos.

Entretanto, se ele não me respondesse a localização, logo estaria fazendo alguma pergunta à mim, por isso prestaria atenção em suas palavras para responder tudo claramente em seguida, mas o foco ainda iria ser seguir para os testes.

Paciência é uma virtude que me falta, ainda mais quando não há motivos para ficar enrolando as pessoas a minha volta.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Spoiler Alert:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptySeg 02 Out 2017, 15:03


Vol. 2  - Ascensão do Reino






O homem olhava a garota com um sorriso, parecia que gostava de sua atitude, ele desviava seu olhar para o palco e para o caminho de onde tinha vindo e então começava a andar para que a garota a seguisse, de costas ele falava - Me chamo James, serei seu avaliador, siga-me, por favor. - E ambos seguiam em direção a parte de trás do palco, ela agora conseguia ver a saída dos fundos do teatro com clareza e tinha algo como uma cobertura de plástico, ele pegava uma escada com rodinhas e a movia para o palco e travava as suas rodinhas, movia seu braço direito para a escada indicando o caminho a ser seguido e dizia. - Os melhores lugares para uma atriz ter seu teste é um palco e esta parte já está firme e menos bagunçada. - Aquela parte do palco estava mais limpa e o piso era estável, assim que ela subia, conseguia sentir que podia pular, dançar, se mover livremente sem ter medo de acabar caindo dali por causa de alguma irregularidade do piso.

- Se você tiver dificuldades, eu te ajudarei, precisa de alguma coisa? Se não, pode começar. - Dizia ele com um sorriso aberto esperando alguma ação da jovem, James queria ser surpreendido e continha aquele sorriso besta dele que não era nada atraente. Aquilo não parecia estar atraindo a plateia, mas os sons de alguns instrumentos podia ser ouvido vindo da esquerda, algumas marteladas da parte mais central e da frente do palco, mas pelo lugar vasto e por conter bastante objetos não realizava um eco o que não atrapalharia a garota, tinham apenas mais duas pessoas olhando para ela, era uma moça de cabelos loiros, olhos azuis e de cara fechada, parecia não gostar de Evergreen realizando o teste enquanto que a outra era um ator, de cabelos ruivos, olhos verdes e parecia estar apaixonado mal se contendo sentado na cadeira agitado.

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sioux
Pirata
Pirata
Sioux

Créditos : Zero
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 28/05/2017

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptyQua 04 Out 2017, 22:20

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ascensão do Reino


A educação do homem era algo surpreendente! James, como se apresentou, iria realizar meu teste de atriz e o mesmo me guiou até o palco, o lugar ideal para eu realizar minha " apresentação ", disse ele. Me senti animada e ao mesmo tempo ansiosa, eu estou ali de penetra, porém as pessoas parecem nem notar e ainda acabam por ser gentis comigo... Isso deixava uma pontada de culpa em mim, mas algo tolerável.

A audição seria no palco principal, onde havia menos bagunça, um bom espaço para a realização e o barulho das obras que ainda não se finalizaram não atrapalharia meu rendimento, impossibilitando o James de me ouvir ou vice versa e existiam ainda duas pessoas além de mim, para realizarem o mesmo processo que eu, uma menina loira mal encarada, certamente com inveja de mim, e um menino ruivo que nitidamente se mostrava interessado.

Não posso negar minha natureza, sou abusada em todos os sentidos! Para não parecer mal educada, aceno para a loirosa, e dou um piscadela para o garoto, provocar é uma arte que domino, praticamente se tornou um passatempo ou até mesmo um hobbie, por isso não perderia a oportunidade de fazê-lo ficar corado ou até mesmo algo a mais... Retomo a minha atenção ao meu supervisor, ele agora me permitia começar meu teste, nas seguintes palavras:

- Se você tiver dificuldades, eu te ajudarei, precisa de alguma coisa? Se não, pode começar.  - Como é bom ter alguém disposto a te ajudar e ensinar, em resposta, diria - Estou pronta James, podemos começar!


Treino de Perícia: Atuação


- Olha, eu não tenho muita prática nas artes cênicas, esse é um dos meus primeiros testes..   - Comecei explicando para James, o meu instrutor, mas já suspeitava que estava nítido minha inexperiência - Não se preocupe Samantha, queremos ver seu potencial aqui, a experiência você pode adquirir facilmente... Mas a habilidade de encenar nasce com a pessoa, não são todos os seres deste planeta que possuem a capacidade de expressar sentimentos que não sentem, de esconder suas verdadeiras emoções e adquirir uma personalidade diferente da sua!

Todo esse discurso do instrutor não foi somente falado, a expressão facial dele, os gestos com a mão, enfatizaram a fala, tornando-a algo mais teatral do que apenas uma breve apresentação do que é atuar.  Eu sorrio de volta à ele,  quando eu fico sem muito que dizer, apenas percebi que mais estava por vir.

O teste teve seu início quando ele me entregou um script, com algumas falas, da sua prancheta e me deu alguns minutos para ler, e foi o que fiz, os papéis falavam sobre uma garota tímida e introvertida, chamada Aquamarine, que buscava se reencontrar em uma noite de verão seu amado, que ela se referia como Pietro, após anos distanciados. Eu não consegui esconder minha cara de desaprovação para tal conto, a personagem era o oposto de mim, era alguém que eu jamais me tornaria, infelizmente agora eu devia ser como ela.

Ao terminar de ler, antes do tempo acabar, aviso a James que li o script, e o instrutor ficou sério no mesmo instante, parecia ser outra pessoa no lugar dele, perdeu seu ar mais descontraído, e começou a falar:

- Se leu o texto, quero me me responda... Por que não estou vendo Aquamarine na minha frente? - Demoro a entender que ele pedia para eu já interpretar a personagem, a citada Aquamarine - Quais são suas características? - Ele pedia a mim, ainda sério- - Sou tímida e introvertida. - Disse convicta, pelo menos algo sabia...

Mas a expressão de James foi de mal a pior, os outros dois que esperavam para fazer o teste, observando a situação, perceberam a indignação do instrutor e tentaram segurar as risadas.

- Se é tão reprimida, não entendo o motivo de sua postura ser de uma pessoa confiante, seu tom de voz de firmeza, sua expressão de calma, não vejo Aquamarine aí... Continuo vendo Samantha. - Eu me senti um pouco lesada por não ter sido capaz de percebido que eu já devia estar no papel, inserida complementamente nesse outro ser! Entretanto, não sou tola a ponto de repetir o erro duas vezes, agora representaria a bendita personagem.

Minhas carac-cterísticas, Senhor? Talvez um pouco tímida, eu acho, não sei. - Disse a ele, com voz menos forte, em um tom mais gentil, suave, os ombros para baixo e não olhei diretamente para ele, fiquei cabisbaixa.

A reprovação ainda estava estampada na cara dele.

- Na descrição está dizendo insegura? Se não me engano, apenas tímida e introvertida... Não creio que esteja em um estágio que possa incrementar mais adjetivos ao personagem, faça correto desta vez, tenho certeza que consegue completar essa pequena tarefa, não é mesmo?

Agora estava me provocando, talvez ele estivesse sem paciência, eu já estava passando vergonha, parecia tão fácil, era apenas uma simples personagem e até agora eu não tinha conseguido sequer chegar perto de conseguir representa-la, de parecer com Aquamarine, eu estava perdida, e apesar das minhas tentativas falhas, eu parecia aprender menos!

- Você, loira, venha aqui. - Disse James, chamando a invejosa - Represente uma garota tímida e introvertida, por favor.

Eu vi Aquamarine na minha frente, exatamente como imaginamos quando pensamos nela... A garota incorporou a personagem, se tornando ela, seus trejeitos foram deixados para trás e agora ela assumia uma nova versão dela mesma, a que Aquamarine dominava.

Boquiaberta eu percebi que estava a beira da decadência, como ia aprender a deixar de ser eu, para ser uma pessoa que talvez nem exista!?

James percebia minhas feições de desespero, então se aproxima de mim, pega o script de volta, me encara e grosseiramente fala:

- Raiva. - James citou uma emoção do nada para mim, mas já estava pegando o estilo dele, por isso forço todos os meus músculos do rosto a trabalharem, franzindo a sobrancelha, apertando os lábios e cerrando os olhos, expressando raiva por todo meu rosto - Expressão corporal Samantha, não é só o rosto que aparenta ter raiva, é o corpo todo! Esse é o instrumento de trabalho de um ator! O corpo! Use-o, molde-o, pois só assim conseguirá fazer alguém acreditar que o personagem que você interpreta está ali!

Era essa a chave para ser convincente? Usar todo o meu corpo, fazê-lo expressar o que minha voz diz? Era óbvio, incorporar o personagem não é apenas disser algumas frases e unir isso com um tom e expressão bonitos, há mais mistérios nessa arte! Você deve exalar o que propaga, mas não é tão simples como parece.

O instrutor me passa uma lista de emoções, e eu devia encenar todas, utilizando a voz, o rosto, o corpo, tudo que criasse na visão do observador a sensação do personagem, ele corrigia o que tinha que ser corrigido, como: "uma pessoa triste tem um olhar cansado" ou " quando você está apaixonada, você transparece ser mais vivaz e disposta". Foram inúmeras dicas sobre as mais variadas emoções, até que partimos para o mais complicado...

A arte de mentir.

Agora eu devia falar frases, olhando diretamente no olho de James, algumas dessas frases deviam ser mentira, e eu não podia deixar meu corpo mostrar isso, já que infelizmente a expressão corporal entrega quando não estamos falando a verdade, seja olhando para o lado, tapando a boca ou até mesmo coçando o nariz.

- Já que conheceu agora o básico para interpretar emoções, convença-me em palavras que está sentindo tristeza - Eu devia utilizar os métodos para parecer triste e ir além, falar triste, sem esquivar dessa mentira, logo que no momento eu não sentia isso.

Foi difícil, falar algo que não é verdade tende a ser fácil para a maioria das pessoas, mas o corpo entrega a mentira, e um ator jamais deve dar ao público a sensação de mentira, pois tira toda a realidade da peça, dizia James como um provérbio, repetia sempre que eu não era boa o suficiente para convencê-lo da minha atuação.

Treinei bastante tempo a arte de mentir, até o momento em que todos os três participantes do teste estavam de pé, prestes à ensaiar uma pequena peça, onde devíamos por tudo que aprendemos e sabíamos em ação. Esse era o verdadeiro teste.

Eu representava uma garota apaixonada pelo menino, este estava dividido entre a loira, interpretando uma menina com raiva da situação, e eu. A cena consistia em demonstrar esses sentimentos de paixão, indecisão e raiva das nossas personagens em algo real, o texto era livre, desde que seguisse o contexto passado.

Como eu era uma garota apaixonada, fiz meu corpo ficar o tempo todo virado para o lado do garoto, meus olhos o miravam sempre, minhas voz quando se referia a ele era mais sutil, como uma pessoa apaixonada faz, e para afirmar isso ao "público", vulgo instrutor, eu dizia:

- Eu gosto de você, com todo meu coração! Você me completa e me faz sentir feliz, por isso eu estou apaixonada por você! - Declara esse amor a ele, olhando no fundo dos seus olhos, como se fosse a absoluta verdade, não alterei nenhuma característica do meu rosto, para parecer ainda mais verdade, James analisava a situação sem falar nada.

O desenrolar da cena acabou quando o indeciso não sabia qual das garotas escolher, e ambas brigavam por ele, aí James pôs um basta e declarou:

- Para amadores, está bom, mas vão melhorar, basta dar tempo ao tempo! - Parecia que finalmente tínhamos agradado o instrutor, e entre mortos e feridos, o resultado tinha sido bom.

Somatizando tudo o que aprendi, percebo o quão é difícil atuar, expressar no rosto, voz e corpo algo que não é verdade, quando vemos um ator contracenando nem sequer pensamos nisso, apenas reconhecemos a semântica, ou seja, o que eles querem que interpretemos da situação, a raiva da batalha, a dor de um coração partido ou o ardor de uma paixão... A partir de agora, iria me dedicar a essa arte e praticar até me tornar uma mestre em ser ou sentir algo inexistente.


Fim do Treino da Perícia


No fim de todo esse processo, iria agradecer a ajuda do James, que foi muito atencioso comigo, diria como obrigado:

- Eu não acredito o quanto aprendi com você, foi ótimo poder treinar com uma pessoa tão experiente! Agora o que deseja que eu faça? Espero aqui ou posso ir dar uma olhada pelo lugar?

Rotas de fuga sempre são necessárias, ainda mais que já absorvi tudo o que podia, queria dar o fora daqui, antes mesmo que eu tenha que fazer mais alguma coisa.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Spoiler Alert:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Sargento
Sargento
Achiles

Créditos : 47
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : The Wonderful Land - 1º Rota

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptyQui 05 Out 2017, 01:26


Vol. 2  - Ascensão do Reino






James a olhava com orgulho, tinha ficado abismado com sua capacidade e voltava-se a si depois de uma boa viajada pelo universo em sua cabeça, ele a respondia com entonação e sorria para a garota. - A senhorita pode passear por onde quiseres, a obra estará pronta amanhã, desejo muito sua presença amanhã aqui. - E logo voltava com sua planfeta a conversar com os outros pelo que pareciam ser atores, a loira olhava para ela com careta enquanto que o garoto estava nitidamente apaixonado pela jovem segurando as duas mãos na frente a olhando profundamente preso em seus próprios pensamentos e suspirando forte, os olhares podiam ser visto por alguns trabalhadores que iam de um lado para outro pelo teatro. Alguns executivos pareciam ter aparecido, eram homens com ternos de aparência velha e na frente deles ia um jovem de terno apresentando as propostas que o teatro proporcionava para o seu público. Samantha tinha duas rotas de sair daquele local, pela grade de metal que a levaria para a cobertura de plástico que a mesma não conhecia e por onde tinha entrado onde tinha os dois seguranças, mas poderia acabar se dando mal se alguém reconhecesse seu rosto. Ambas tinham seus problemas, a mais segura era sair pela rua porque conhecia, ainda que pouco, a cidade do lado de fora, enquanto que a outra saída poderia lhe encher de problemas se a levasse a um lugar sem saída, a única coisa que ela conseguia ver daquela saída era a cobertura de plástico azul e ao lado dela pregos a prendendo no chão.

O ruivo era dispensado por James que começava a se juntar aos executivos, o garoto ia em direção a Samantha e a tentava galantear mexendo seus cabelos rubros e fazendo uma reverência quando chegava ao seu lado. - Com licença, senhorita, se me permite perguntar... Qual é o seu nome? Achei sua aparência exuberante, gostaria de lhe pagar uma bebida se a senhorita me acompanhasse. - Ele esperava que a jovem agarrasse a sua mão e seguissem o caminho até a taverna.

Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sioux
Pirata
Pirata
Sioux

Créditos : Zero
Warn : Vol. 2 - Ascensão do Reino 10010
Masculino Data de inscrição : 28/05/2017

Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino EmptyQui 05 Out 2017, 18:09

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ascensão do Reino


A oportunidade para sair dali estava com esse menino ruivo que tinha esperanças de ter algo comigo. James até que tinha gostado de passar um tempo comigo, talvez eu fosse mesmo cativante, meu magnetismo pessoal às vezes me surpreendia, pois repele algumas pessoas e atraí outras.

-A senhorita pode passear por onde quiseres, a obra estará pronta amanhã, desejo muito sua presença amanhã aqui. - disse James bem educado, isso até me fez pensar em voltar aqui mesmo no outro dia, contudo não se sabe o futuro.

 Analisando o local vejo duas possibilidades de saída, uma pela grades de metal que existiam por ali perto e a outra foi pela entrada que vim, minha opção seria o lado pelo qual vim, entretanto fui distraída pelos outros aspirantes que ali se encontram. A garota loira com sua cara azeda, e o garoto babando como de comum, ele nem fez questão de nem sequer esconder sua paixonite, pois até pessoas que por ali passaram perceberam.

Antes mesmo de tomar alguma decisão, o ruivo vem até a mim, e me convida para ir com ele tomar uma cerveja, após obviamente de elogiar-me, como o de costume deles, será que originalidade não existe mais neste mundo?

Ele estende a mão para eu acompanhá-lo, e nesse momento penso de forma breve que andar com ele pode me ajudar a despistar a atenção, já que sozinha sou um alvo fácil, portanto sorriria muito alegre agora ele e respondendo seu convite, diria:

- Olha, eu ainda não sei seu nome, mas o meu é Samantha, e eu o acompanho sim, mas não se preocupe, sei andar sem precisar apoiada em alguém...

Então seguiria para fora do teatro dos Três Carinhas, esperando que ele fosse junto de mim, e tinha esperanças de ouvir o nome dele também, não gosto de sair com alguém sem sequer conhecê-la.

Aliás, antes de sair com o garoto de nome X, olharia para trás em direção a loirosa e daria um tchauzinho mexendo os dedos da minha mão, e depois mandando um beijo, assim ela não esqueceria da mensagem que estou mandando: você não é a única aqui que conhece suas habilidades.

Se ela ficasse com alguma reação em resposta, sairia dando risadas dali, caso contrário eu que ficaria séria e não faria mais nada para tentar atingi-la.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Spoiler Alert:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty
MensagemAssunto: Re: Vol. 2 - Ascensão do Reino   Vol. 2 - Ascensão do Reino Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Vol. 2 - Ascensão do Reino
Voltar ao Topo 
Página 1 de 20Ir à página : 1, 2, 3 ... 10 ... 20  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: