One Piece RPG
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:29

» Hey Ya!
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 02:56

» [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 02:55

» Enuma Elish
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 02:32

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 02:08

» [Ficha] Raveny Moonstar
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:38

» Raveny Moonstar
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:36

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 01:11

» Escuridão total sem estrelas
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:39

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Kiomaro Hoje à(s) 00:27

» Arco 5: Uma boa morte!
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 23:58

» A inconsistência do Mágico
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 23:45

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Furry Ontem à(s) 22:54

» Seasons: Road to New World
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Volker Ontem à(s) 22:44

» Ain't No Rest For The Wicked
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Hoyu Ontem à(s) 21:55

» I - O bêbado e o soldado
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor Domom Ontem à(s) 21:49

» Um novo tempo uma nova história
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 21:29

» Ruby Belmont
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:47

» Drake Fateburn
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:38

» Alipheese Fateburn
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 19:10



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyQua 13 Set 2017, 16:48

Relembrando a primeira mensagem :

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Kazuki Heiatsu. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kazuki :3
Membro
Membro


Data de inscrição : 16/01/2016

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyDom 24 Set 2017, 12:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


COMO ASSIM?!? Após ler três vezes a carta sucessivamente e não demonstrar nenhuma grande reação o homem finalmente entendeu o que havia acontecido e revelou-me a trágica realidade. — Eu não tenho irmão algum. Pelo que me parece você foi enganado pelo velho Tom! — Perplexo encarei o velho por alguns segundos e por fim com a boca escancarada aceitei aquilo, eu havia sido totalmente ludibriado. O velho jogou o papel para mim e eu ainda perplexo segurei-o.

Um dos homens que carregava os caixotes parou e vendo a minha situação riu e se aproximou dizendo: — Garoto, você foi enganado pelo velho mais gabela de toda a ilha! Não me diga que você comprou algum utensílio dele e não conferiu? Não me diga que fez isso, fez? É pior do que eu pensava!  — Falou o homem imediatamente voltando a trabalhar. E eu em seguida logo abriria a caixa que continha os produtos dados a mim pelo velho astuto e os conferiria para ver se realmente estavam todos ali e se estavam em boa condição(algo que provavelmente não estaria).

Ainda com a minha patética cara perplexa e minha boca escancarada ouvi essas palavras do tal Capitão Eustass(nem sei se o nome dele é esse mesmo). — Mesmo que tente ir atrás dele, esse velho se esconde em cada buraco que dificilmente o encontrará! Agora saia do meu caminho! Tenho uma viagem a comandar! — Vociferou o homem me ignorando e seguindo seu rumo. Finalmente tendo aceitado a situação e abrindo um sorriso sem graça perguntaria ao Capitão do navio. — Por favor, mesmo eu tendo sido vítima de uma situação idiota como essa o senhor deixaria eu embarcar com você e sua tripulação no navio? — Diria por fim ignorando aquela última situação embaraçosa e voltando a animar-me com o inicio da minha jornada pirata.

Caso o homem permitisse(algo que eu duvido que ocorra) eu entraria com um sorriso de orelha a orelha no navio e arrumaria minhas coisas(as que estivessem em bom estado dentro da caixa) e depois ajudaria os homens dele a levar os caixotes para o navio. Se ele não permitisse eu não insistiria mais e agradecendo pelo atenção do homem eu retornaria aquela mesma loja(mesmo sabendo que provavelmente não o encontraria) e tentaria recuperar o máximo de dinheiro possível, mesmo que fosse necessário roubar, afinal, eu serei um pirata. Além disso eu o procuraria, mesmo que provavelmente não o achasse. E depois perguntaria aos clientes da loja(se houvesse algum) sobre o paradeiro do velhote. Caso eu conseguisse algum informação eu a seguiria e o procuraria, caso eu não conseguisse nada ou ao seguir a informação não encontrasse coisa alguma eu desistiria de encontra-lo e daria outro jeito de arranjar dinheiro.

Esse ''jeito'' de conseguir grana seria tentar entrar na cidade alta e procurar minha antiga e detestável casa. Para entrar eu verificaria se teria guardas por perto e tentaria aproximar-me sorrateiramente me escondendo entre as pessoas ou pelas construções, caso eu fosse identificado eu correria e tentaria fugir deles e despista-los pela cidade alta. Se eles me cercassem ou fizessem contato físico eu tentaria os nocautear socando as mandíbulas deles e tentando fugir para minha antiga residência no meio do caos.

No caso de eu chegar lá, tentaria saltar os muros utilizando minhas habilidades acrobáticas e ao chegar correria em direção as portas e tentaria arromba-las com minha força ou entrar pela janelas quebrando-as. Caso não houvesse ninguém em casa eu pegaria o máximo de dinheiro possível indo nos quartos dos meus pais e depois fugiria da mesma forma que entrei. Se houvesse alguém eu os ignoraria e faria o mesmo, porém se eles tentassem me impedir ou gritassem por ajuda eu tentaria os nocautear(de leve) fazendo os dormir  e tentaria retornar o mais rápido possível para cidade baixa(para que lá eu pudesse me esconder em algum beco ou local com poucas pessoas).

Se eu não conseguisse voltar eu me esconderia na cidade alta em algum beco ou local escuro e pouco visível e esperaria a poeira baixar para que eu pudesse retornar a cidade baixa.

Considerações:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptySeg 25 Set 2017, 23:43



Aventura


Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos




— Por favor, mesmo eu tendo sido vítima de uma situação idiota como essa o senhor deixaria embarcar com você e sua tripulação no navio? — suplicou Kazuki para o velho. De início, o velho apenas ignorou a súplica do rapaz, porém, rapidamente um dos marujos se aproximou do velho e falou algumas palavras em seu ouvido, algo relevante, pois ele voltava para onde o rapaz estava desolado.

— Muito bem garoto. Pensei melhor e pode até ser interessante você conosco. Na verdade, você é irrelevante. Você tá precisando de carona e eu de homens para trabalhar para mim. Então, levo você para onde você quer ir se você me ajudar o que acha? — propôs o homem. Caso o jovem recusasse, ele apenas viraria e seguiria. Porém, se o rapaz aceitasse, ele chamaria outro homem, mais alto e forte, para explicar o que fariam.

— Muito bem seu molenga. Vamos trabalhar! Pegue aqueles caixotes e leve até o interior da escuna. Muito cuidado com isso! — ordenou o homem empurrando o jovem garoto em direção as caixas. Elas eram pesadas, provavelmente Kazuki as levaria com muita dificuldade. — Muito bem, agora junte as redes de pesca. Agora! — gritou o homem. Com o decorrer das atividades, o jovem — se tivesse capacidade — poderia notar que o meio dia se aproximava com a posição do sol. — Pronto? — questionou o homem — Agora entre naquela escuna antes que eu te deixe!

Lá dentro, haviam outros homens totalmente cansados. O capitão estava no ponto mais alto da escuna observando o caminho. O homem que havia supervisionado Kazuki levantava a âncora. — Muito bem! Vamos partir! Rumo ao mar! — bradou a voz rouca do velho. Três homens estavam sentados do outro lado da embarcação, à frente de Kazuki, puxado redes de pesca. À direita estavam dois amarrando algumas cordas. A sua esquerda estavam dois puxando cordas. — Procure algo para fazer! — bradou o homem de antes.

Código:
[spoiler=Histórico do NOME DO PLAYER][b]Nome do Player:[/b] Fica o nome do player
[b]Nº de Posts:[/b] Contagem dos posts
[b]Nº dos posts de desvantagens:[/b] Para controle de players com desvantagens do tipo: Compulsivo, Cleptomaníaco, vício.... Usado da mesma forma que o campo do EdC.
[b]Ganhos:[/b] Tudo que o player ganha no decorrer da  aventura, itens, perícias, ...
[b]Perdas:[/b] Tudo que o player perde, itens, etc..
[b]NPCs:[/b] Nome do NPC/ Relacionamento
[b]Extras:[/b] Localização, ferimentos, etc..

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kazuki :3
Membro
Membro
Kazuki :3

Créditos : Zero
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/01/2016

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyTer 26 Set 2017, 18:10

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Após terminar meu pedido despropositado aguardei a resposta do velho.
Como o esperado ele apenas me ignorou e foi seguir o seu próprio caminho, eu também estava pronto para pôr os ''pés na estrada'' novamente e seguir para aquele inconveniente estabelecimento porém como toda vez que eu julgo algo como ''certeza que vai acontecer'' e não acontece, dessa vez não foi uma exceção. Guiado pelas mãos do destino um homem (provavelmente da tripulação do velho) se aproximou e sussurrou algo no ouvido do velhote, algo que o fez ''magicamente'' tomar uma outra decisão. E se aproximando de mim novamente ele propôs:

— Muito bem garoto. Pensei melhor e pode até ser interessante você conosco. Na verdade, você é irrelevante. Você tá precisando de carona e eu de homens para trabalhar para mim. Então, levo você para onde você quer ir se você me ajudar o que acha? — Indagou o velhote esperando a minha reação ou resposta. Quanto a mim, animado por dentro e sentindo uma felicidade sem igual responderia gritando:

— SIM!!! MUITO OBRIGADO! FAREI TUDO O QUE DIZER! — Diria entusiasmado mesmo que alguns estranhassem minha atitude. Após essa animada afirmação um homem alto e robusto chegou próximo a mim, por pedido do capitão, provavelmente para me explicar minhas tarefas. — Muito bem seu molenga. Vamos trabalhar! Pegue aqueles caixotes e leve até o interior da escuna. Muito cuidado com isso! — Disse o homem me empurrando em direção aos caixotes.

Segurei um caixote após jogar fora minha antiga caixa( a que não continha nada dentro e não passava de uma armação) e continuei a levar com certa dificuldade o caixote, devido ao enorme peso da carga, em seguida fiz novamente e continuei o processo. Após fazer repetidas vezes e quase não sentindo mais meu ombro ou minhas pernas recebi outra ordem do meu supervisor.
— Muito bem, agora junte as redes de pesca. Agora! — O obedeci e executei também esta atividade. Executando todo esse ''exercício'' e após já ter vertido suficiente sudorese e estar umedecido por glândulas sudoríparas em plena atividade escutei o homem robusto falar:— Pronto? — Quanto a mim, ofegante e cansado apenas levantei o polegar em sinal de positivo e esperei sua próxima fala. — Agora entre naquela escuna antes que eu te deixe!—

Chegando ao local deparei-me com vários outros homens em estado semelhante ao meu e o homem que havia me supervisionado durante essa série de atividades estava levantando a âncora preparando para zarpar. — Muito bem! Vamos partir! Rumo ao mar! — Disse o velhote após observar o caminho. Sentindo aquele entusiasmo e agitação dentro de mim novamente revigorei-me e lembrei-me que aquele era o início da minha jornada pirata.

Percebi alguns homens em volta de mim realizando inúmeras atividades e antes que eu pudesse descansar apenas alguns segundos um homem bradou: — Procure algo para fazer! — Ao virar-me para a direção de onde vinha a voz percebi que era meu supervisor.
E com um sorriso incomum no rosto(devido a meu cansaço) fiz novamente o sinal de afirmação com o polegar e segui para o lado direito do convés onde haviam homens amarrando cordas e resolvi ajuda-los.

Em algum momento oportuno em meio ao ciclo de atividades eu perguntaria a algum homem da embarcação. — Ei, vocês são apenas um barco pesqueiro mesmo? — Perguntaria apenas curioso para saber com que tipo de pessoa eu estava navegando, não que eu esperasse algo ruim, muito pelo contrário, eu estava até a me divertir com esse início de viagem.
Histórico do Kazuki:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyQui 28 Set 2017, 14:42



Narração


Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos



Kazuki, curioso com quem estava viajando, se dirigiu até um amontoado de homes que estavam sentados ali. O primeiro era grande, robusto, facilmente tinha mais de dois metros. Era moreno, com lábios grandes e carnudos, tão grandes quanto suas sobrancelhas. — Você também não sabe? Eu já havia pensado em questionar isso! — bradou surpreso o homem.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

— Nós! — bradou outro homem tão forte quanto o primeiro — Nós estamos indo em um longo e interminável caminho amoroso, onde nossos sonhos e felicidades irão ser preenchidos e nos sentiremos realizados, podendo nos amar, ou amar uns aos outros, porém, não sou um Okama, sou um Nakama! — afirmou.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O outro era bem menos que eles. Ele permanecia sério, como se não ligasse para o que os seus aparentes amigos haviam falado. — Nós estamos na mesma situação que você. Precisavam sair da ilha, então um velho os ofereceu passagens e alguns objetos, aí... Estão aqui! — explicou ele.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

— Mas, você também foi enganado, Naksu! — reclamou o moreno, deixando o baixinho muito irritado. — Eu nunca iria duvidar de um velhinho que afirmou estar doente e precisava de dinheiro! — respondeu o baixinho. — Ele me falou que precisava visitar sua filha em outra ilha... — informou o moreno, cabisbaixo. — Eu tenho meus motivos, não vou falar! — bradou o loiro. — Ninguém quer saber... — comentou o baixinho. — E você? O que aconteceu e o que pretende nessa viagem? — questionou o moreno.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kazuki :3
Membro
Membro
Kazuki :3

Créditos : Zero
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/01/2016

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyQui 28 Set 2017, 15:49

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Você também não sabe? Eu já havia pensado em questionar isso!— Respondeu um homem de lábios carnudos e sobrancelhas que se assemelhavam a pelagem de um urso-negro, assim como seu corpo, que era descomunalmente grande (comparado a mim). Logo em seguida outro homem de enorme estatura se aproximou e entrando na conversa explicou-se: — Nós estamos indo em um longo e interminável caminho amoroso, onde nossos sonhos e felicidades irão ser preenchidos e nos sentiremos realizados, podendo nos amar, ou amar uns aos outros, porém, não sou um Okama, sou um Nakama! — Ouvi atentamente a explicação deste e sorri, feliz por estar conhecendo dialogando e conhecendo novas pessoas, e esse sentimento que me fez sentir que minha jornada estava realmente começando.

Em seguida aproximou-se um homem relativamente baixo e com expressão séria disse: — Nós estamos na mesma situação que você. Precisavam sair da ilha, então um velho os ofereceu passagens e alguns objetos, aí... Estão aqui! — Após esse comentário parei por alguns segundos e analisei a tripulação. Se todos eles fossem apenas pessoas precisando de carona que entraram na embarcação por seus próprios interesses e unidas pelo destino, aquela realmente seria uma viagem divertida e excepcional. — Mas, você também foi enganado, Naksu! — Retrucou o "homem-urso". — Eu nunca iria duvidar de um velhinho que afirmou estar doente e precisava de dinheiro! — Respondeu "Naksu" levemente alterado. — Ele me falou que precisava visitar sua filha em outra ilha... — Disse novamente o "urso" meio desanimado. — Eu tenho meus motivos, não vou falar! — Falou agora o "Okama Nakama". — Ninguém quer saber... — Retrucou o baixinho logo em seguida. Observando todo aquele diálogo e com minha animação estourando comecei a rir distraidamente e depois gargalhei sem parar. — HAAHAHAHAHAHA! Vocês são divertidos! HAHAHAHA— No meio das minhas gargalhadas incontroláveis o moreno alto (que eu havia apelidado de "urso") indagou:— E você? O que aconteceu e o que pretende nessa viagem? —

Cessando as gargalhadas e tomando fôlego responderia animado ao homem: — Quanto a meus objetivos, almejo ser livre pelos oceanos e poder navegar todos esses mares fazendo o que eu quiser.— Faria uma pequena pausa e abrindo um imenso sorriso continuaria minha fala.  — Vim parar aqui por causa de um velho vendedor que me enganou e me fez chegar nessa embarcação, para minha sorte o velho mesmo tendo me enganado ajudou-me a encontrar um navio para finalmente sair de Dawn Island e começar minha jornada pelos mares. — Olharia para os céus um instante e depois continuaria. — Especificamente quero ir para a Grand Line, e como qualquer um que almeja chegar lá vou passar por Loguetown. — Finalizaria meu "discurso" e olharia a reação deles, após isso voltaria ao trabalho.
Considerações:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptySab 30 Set 2017, 18:57



Narração


Organ Island - A Ilha Orgânica



De acordo com o que Kazuki falava os olhos dos dois maiores recém-conhecidos brilhavam grandiosamente, mas, logo deram vez a um semblante decepcionado. Mal sabia o garoto que todos ali haviam sido enganados pelo mesmo velho. Quando o jovem citou que iria para Loguetown, isso chamou a atenção do menor deles.

— Mas, você sabe que essa embarcação vai para Organ, certo?— falou ele. Aquela informação era nova para Kazuki, que pensava estar indo para Loguetown. Aquele navio cargueiro iria para Organ Island, onde deixaria alguns peixes para certos animais no Zoológico da ilha, informação que era desconhecida por Kazuki. — Se não me engano, eu ouvi que estamos indo para Organ deixar alguns caixotes em algum lugar... — completou o moreno.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

— Que falta de educação a nossa, não nos apresentamos certo? Meu nome é Takeo, Takeo Maunten! — falou o moreno, se apresentando. O loiro então levantou e, fazendo algumas poses estranhas, ele tirou sua camisa e se apresentou. — Meu nome é Louis, Louis Aisumaunten! Ao seu dispor! — falou pegando a mão de Kazuki e a beijando. O menor rapaz, furioso, chutou Louis e, explodindo em raiva, se apresentou. — Meu nome é Kanatsu! E você se controla, loiro bigodudo dos infernos!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Enquanto o grupo conversava, o responsável por eles chegou e não gostou do que viu. — Cuidem! Estamos chegando a nosso destino e vocês têm coisas a fazer. Se arrumem e peguem aquelas caixas! — apontou para quatro caixotes pesadíssimos — Vocês vão os levar até o Zoológico da ilha! — afirmou. Realmente estavam se aproximavam. Se Kazuki observasse bem, ao fundo estava a aparência de uma ilha, era Organ Island.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kazuki :3
Membro
Membro
Kazuki :3

Créditos : Zero
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/01/2016

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyTer 03 Out 2017, 12:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O baixinho pareceu confuso ao escutar-me dizer que iria para Loguetown.— Mas, você sabe que essa embarcação vai para Organ, certo?— A notícia de início deixou-me desconfortável, saber que na verdade eu não iria para o local combinado (no caso Loguetown) daria brecha para que muitos outros se revoltassem, porém como a pessoa calma e otimista que sou apenas abriria um leve sorriso e imóvel ouviria o que mais eles tivessem para dizer. — Se não me engano, eu ouvi que estamos indo para Organ deixar alguns caixotes em algum lugar... — Completou o "urso". — Então significa que depois dessa
parada ainda posso continuar e ir para Loguetown né?—
Finalizaria minha fala com um sorriso na face e esbanjando todo meu otimismo. — Que falta de educação a nossa, não nos apresentamos certo? Meu nome é Takeo, Takeo Maunten! — Disse o moreno, a partir de agora eu não precisaria mais chama-lo de "urso". O loiro com corpo robusto logo se levantou e após fazer sucessivamente vários movimentos estranhos e inclusive tirar a própria camisa se apresentou.
— Meu nome é Louis, Louis Aisumaunten! Ao seu dispor! — Terminou e beijou minha mão. Estranhei de início a ação mas depois dei uma leve gargalhada, que durou pouco pois em seguida o baixinho exaltado chutou Louis e com muita raiva fez o mesmo que os outros dois e se apresentou. — Meu nome é Kanatsu! E você se controla, loiro bigodudo dos infernos!— Após esse lindo "gesto afetuoso" começaria a rir descontroladamente da reação do baixinho.

Em meio a todas essas apresentações o responsável pelas nossas tarefas se aproximou e ordenou que nos arrumássemos e que transportássemos alguns caixotes para um certo Zoológico na ilha, ao observar o horizonte notei uma ilha e concluí que já estávamos chegando em Organ Island. Quando finalmente o barco atracasse na ilha eu obedeceria minhas ordens e seguindo o grupo deixaria os caixotes onde quer que fosse. Após cumprir a tarefa eu procuraria uma pequena brecha para diálogo me dirigiria aos três homens de antes. — Ei Kanatsu, Takeo e Louis — Chamaria-os discretamente pelo nome. — Que tal explorarmos essa ilha e vermos se encontramos algo de interessante, talvez algo para comer, algumas pessoas ou algum animal legal? — Perguntaria esperando uma resposta rápida, caso eles não respondessem ou recusassem eu seguiria floresta adentro me distanciando do grupo, caso alguém me perguntasse para onde eu estaria indo eu com um sorriso sincero no rosto responderia: — Vou dar uma olhada na ilha, se quiserem me acompanhem. Se não, peço que me esperem para zarpar, vou apenas ver se encontro algo para me divertir! — Finalizaria e esperaria atentamente a resposta.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyQui 05 Out 2017, 12:26



Narração


Aventuras em uma Ilha Orgânica



A proposta feita por Kazuki era um tanto quanto tentadora, porém, eles tinham coisas para fazer antes disso. Descarregando as caixas, o jovem rapaz podia perceber que na ilha predominava uma densa floresta que só não dominava as bordas da ilha, onde o grupo de marujos estava. Os recém-conhecidos amigos de Kazu carregavam dois caixotes de uma vez só, enquanto o garoto carregava apenas um. — No que tinha falado antes — parou para abaixar um caixote que estava no ombro — eu acho uma boa ideia. Já terminei a minha parte e os rapazes também. Vamos lá? — questionou o moreno.

— Para onde pensam que vão? — questionou o superior — Vocês levarão essas caixas até o interior da ilha. Cuidem! — bradou o homem. Ao carregar, o jovem poderia notar que realmente a floresta era bem densa, porém, uma guarda passava por lá monitorando a ilha. Um dos responsáveis pela guarda questionou a presença daquele grupo ali, mas, após uma rápida conversa com o encarregado, ele seguiu seu destino, deixando que o grupo seguisse.

— Ei olha por onde anda palhaço! — bradou uma grossa voz. Kazuki não sabia de onde vinha, mas, se olhasse para baixo, veria um humano de baixa estatura, sim, um anão que havia sido chutado pelo loiro de grande porte. Ele não estava só, com outros dois anões, eles carregavam cestas em suas costas, repleta de frutas. — Por isso que odeio esses forasteiros! Ainda irei acabar com todos eles! — resmungava o homem indo embora.

— Se aquele baixinho tivesse falado mais, eu teria acabado com a raça dele! — bradou Kanatsu, cerrando seus dentes. O moreno robusto apenas riu da situação. Todos seguiram. Enfim chegavam ao interior da ilha. Era uma área civilizada onde uma grande construção contrastava comparada a outra. A ilha estava em movimentação. Curiosamente, todo humano tinha um pet, que andavam juntos pela ilha. Era de caninos até felinos, macacos, cobras, os mais diversos possíveis.

— Vamos lá, agora vamos nos dividir! Eu, o loiro e o baixinho vão para Marian. O restante vão até o Pet Shop. É a maior construção! — informou o encarregado. O caminho até o pet shop era calmo. Kazuki poderia ver diversos animais pela ilha, além de donos amáveis. O local era calmo. Lá havia diversos animais que tomavam banho e eram cuidados por homens e mulheres. Uma idosa monitorava tudo e era quem recepcionava os marujos.

— Oh, vejo que as rações e objetos chegaram! Venham rapazes, por aqui! — falou a mulher indicando onde eles deveriam colocar os caixotes. Era um local escuro e nos fundos do estabelecimento. Lá o rapaz poderia, se tivesse atenção, alguns animais presos lá, porém, a mulher disfarçaria ficando na frente e indicando o local onde eles poderiam colocar as caixas. — Muito bem, quanto custou? — questionou ela.

Importante!:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kazuki :3
Membro
Membro
Kazuki :3

Créditos : Zero
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/01/2016

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptySab 07 Out 2017, 15:40

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Comecei a descarregar algumas caixas junto aos meus recém-conhecidos companheiros e pude notar a densa mata que cobria praticamente toda a margem da ilha. — Hehehe! Interessante..— Comentei para mim mesmo e depois voltei as atividades. Após fazer meu animado convite de explorar a ilha observei Takeo que pelo visto tinha algo para falar.  — No que tinha falado antes... eu acho uma boa ideia. Já terminei a minha parte e os rapazes também. Vamos lá?— Convidou também ele, dando mais ênfase a minha proposta. Antes que sequer pensássemos numa maneira de escapar para a mata nosso supervisor provavelmente notando nosso comportamento "peculiar" logo manifestou-se: — Para onde pensam que vão? Vocês levarão essas caixas até o interior da ilha. Cuidem! — Como já era esperado não conseguimos iniciar nossa "exploração" logo de início mas no caminho para o interior da ilha pude observar ainda mais a verdejante mata que aparentemente cobria bem mais que a metade da ilha. Durante nosso "passeio" fomos interrompidos por um guarda que perguntara o que estávamos fazendo ali, mas após uma rápida explicação pudemos seguir nosso caminho.

Ouveram também algumas situações cômicas enquanto seguíamos para o interior da ilha, Louis havia tropeçado em alguns anões que irritados comentaram algo sobre o quão irritante os forasteiros eram. E após isso Kanatsu dissera que iria ter acabado com eles caso eles continuassem. Enfim, seguímos até o interior da ilha e lá encontramos uma área com civilização, notei algo peculiar nas pessoas de lá, pois cada uma tinha um animal de estimação de diferentes tipos e alguns até selvagens. — Vamos lá, agora vamos nos dividir! Eu, o loiro e o baixinho vão para Marian. O restante vão até o Pet Shop. É a maior construção! — Mandou o supervisor. Dessa forma Takeo e eu fomos ao Pet Shop. Chegando notei novamente uma grande diversidade de animais e seus respectivos donos, o local exalava um ar de tranquilidade e de paz. Achei divertido o fato de que em uma cidade onde a maioria das pessoas tem animais de estimação, um Pet Shop deve ser um estabelecimento bem "influente" na ilha. Entrando no estabelecimento vi um pessoal dando banho em alguns animais e uma certa senhora que pelo visto iria nos atender.

Oh, vejo que as rações e objetos chegaram! Venham rapazes, por aqui! — Falou a mulher nos recepcionando e indicando o local onde deixaríamos os caixotes. Era um local com pouco luminosidade nos fundos da loja, dei uma rápida olhada no lugar para ver se achava algo interessante e apesar de esforçar a vista tudo que eu enxergava era escuridão. Já estava me preparando para sair e voltar para a "luz" quando notei algo diferente, algo que se destacava nessa escuridão. É como dizem, após alguns segundos nossos olhos se adaptam e podemos ver quase que "claramente" no escuro, e o que eu havia achado era no mínimo intrigante. Alguns animais estavam presos lá dentro, algo que ao meu ver não é nada legal. Além disso a mulher pusera-se na frente desses animais, para disfarçar a presença deles, uma atitude que apenas atiçou ainda mais minha imensa curiosidade. A velha provavelmente para tirar a nossa atenção dos animais indicara onde era para deixar os caixotes e logo lançou uma pergunta: — Muito bem, quanto custou? — Eu viraria-me para Takeo para perguntar o preço e aproveitaria e sussurraria algo no ouvido dele: — Distrai a coroa, coloque-a fora desse quarto, tenho que verificar algo estranho. Confie em mim.— Diria da forma mais breve possível e me viraria novamente para a senhora esperando que ele a informasse o preço e a distrai-se. No momento em que ela não percebesse mais minha presença e que ele a "enrolasse" eu entraria de fininho nos aposentos e iria interagir com os animais "domando-os" e se aquilo fosse realmente uma "prisão" para eles eu buscaria um jeito de liberta-los, procurando alguma chave ou o que quer que abrisse suas "celas". E se ela me encontra-se eu sutilmente perguntaria para que lado fica o banheiro. Caso ele não concordasse em distrai-la eu esperaria ela sair do cômodo e voltaria para ver os animais, caso ela me achasse eu perguntaria a ela onde fica o banheiro. Caso ela não me encontrasse eu observaria os animais e interagindo com eles buscaria uma forma de "liberta-los".
Histórico do Kazuki :3:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alê
Narrador
Narrador
Alê

Créditos : 2
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 12/07/2015
Idade : 21
Localização : Farol - Grand Line

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyTer 10 Out 2017, 09:43



Narração


Problema no Pet Shop



— O que... O que você está... — Já era tarde. Kazuki já havia partido e Hideo tinha que se virar para distrair a velha que já voltava com certa quantia de dinheiro, mas, sem saber quanto exatamente era. — Então, quando foi mesmo, garoto? — Questionou ela — Aliás, não eram dois, onde está o outro? — Questionou ela pegando os óculos em sua cabeça e “melhorando” sua vista, procurando Kazuki.

Enquanto isso, o jovem voltava para onde havia deixado os caixotes. Ao chegar lá, ele avistou os animais que tinha suspeitados. Alguns estavam muito magros e feridos, ao ponto de não conseguir mais se mover — era o exemplo de um cachorro que havia ali — Por outro lado haviam animais sombrios que permaneciam presos em gaiolas. O simples rosnar deles poderia fazer qualquer um tremer de medo — Três cachorros de grande poste que babavam muito, além de terem seus olhos avermelhados.

Curioso, o rapaz procurou algum meio de livrá-los dali, porém, enquanto procurou as chaves, Kazuki deu de cara com a velha que cuidava do local. — O que temos aqui, um curioso está invadindo meu local de trabalho — Carregou a escopeta que tinha na mão — Vamos ver se consigo deixar ele como um queijo suíço! — Afirmou ela apontando a arma para o jovem rapaz.

O local era um pouco apertado, como um quarto de solteiro. Haviam duas portas. A que ambos entraram e outra no sentido contrário. As jaulas ficavam à direita do rapaz e o animal desnutrido e destruído a esquerda, amarrado pelo pescoço em uma coleira que já havia ficado frouxa para seu pescoço há tempos. A mulher restava a frente da primeira porta, impedindo que Kazuki pudesse passar.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


SUPER IMPORTANTE:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kazuki :3
Membro
Membro
Kazuki :3

Créditos : Zero
Warn : Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 10010
Data de inscrição : 16/01/2016

Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 EmptyQui 12 Out 2017, 17:01

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Voltei o mais "silenciosamente" possível para o local onde anteriormente eu havia deixado os caixotes, o mesmo local que estranhamente tinha animais engaiolados. Observando melhor as criaturas presas pude perceber diferentes comportamentos, alguns estavam em estados preocupantes e a beira da morte enquanto outros agiam de modo diferente, como se estivessem furiosos e prontos para matar e foi observando essas feras enraivecidas que pude notar um certo trio peculiar, eles eram gigantes, pareciam o próprio cérbero dividido nas suas três partes. Cada um deles botaria medo até no mais bravo e viril dos homens ( o que não era muito meu caso) porém por um motivo que apenas eu conhecia, eles não me amedrontavam nem um pouco. Ao meu ver, eram apenas animais com incrível potencial para me auxiliar na minha jornada. — Interessante — Sussurrei após dar uma última olhada nos cachorros e como já planejado anteriormente por mim, busquei encontrar o mais rápido possível as chaves para libertar aqueles animais, em especial aqueles três cachorros que futuramente dariam bons mascotes. Porém, como todo bom plano ele não poderia ser concluído tão facilmente, virando a cabeça para o lado notei que minha "discreta" volta ao local não tinha sido tão discreta.

A velha aparentemente frágil e sensível devido a idade, estava apontando uma escopeta carregada para mim. — O que temos aqui, um curioso está invadindo meu local de trabalho. Vamos ver se consigo deixar ele como um queijo suíço! — Disse a velha que agora me parecia muito mais ameaçadora. Buscaria analisar o local, sendo a pessoa adaptadora que sou, tentaria me adaptar rapidamente a situação inusitada e percebendo as duas portas do cômodo e tendo consciência da  localização dos caixotes tentaria saltar por cima deles antes que qualquer tiro pudesse me atingir, utilizando minhas habilidades de aceleração e acrobacia. Caso conseguisse executar essa ação empurraria os caixotes com força para o lado visando fazê-los cair em cima da velha para que graças ao impacto a escopeta caísse da mão dela e ela ficasse desarmada. Após isso eu tentaria pegar a escopeta e gritaria para meu companheiro: — Takeo! Preciso de uma ajudinha aqui. — E esperaria a sua chegada para que pudéssemos tirar os animais da jaula e fugir. No caso da escopeta não cair das mãos da velha eu verificaria rapidamente se ela estava em pé, se estivesse eu tentaria me agachar por trás dos caixotes e derruba-la por trás com um empurrão. Se ela não estivesse em pé eu incitaria os três cachorros a ataca-la, mesmo que presos, confiando que eles conseguissem se libertar sozinhos. E depois gritaria por Takeo.

Caso em alguma dessas ações eu fosse atingido por algum tiro tentaria virar-me o mais rápido possível para que o tiro ferisse apenas meus braços ou algum ponto não vital. Se isso desse certo eu tentaria saltar usando minhas habilidades acrobáticas até o fundo do cômodo, para fugir pela porta dos fundos. Caso não funcionasse e eu fosse atingido em algum outro lugar tentaria estancar o sangue com minha jaqueta (pressionando no local da ferida) e tentaria me jogar atrás de algum dos caixotes. Após isso tentaria incitar os animais a atacar a velha e esperaria por ajuda de Takeo.
Histórico de KAZUKI :
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos   Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Despertar De Um Sonho de Velhos Tempos
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Dawn Island-
Ir para: