One Piece RPG
Tróia - Parte 1 - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» V - Into The Void
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:03

» Mini - DanJo
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor DanJo Hoje à(s) 02:51

» Crisbella Rhode
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 02:48

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor Wave Hoje à(s) 00:53

» O vagabundo e o aleijado
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor Ghastz Hoje à(s) 00:40

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:16

» O Legado Bitencourt Act I
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor Faktor Ontem à(s) 22:16

» Apenas UMA Aventura
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor Van Ontem à(s) 17:49

» Bellamy Navarro
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor Greny Ontem à(s) 12:43

» Unbreakable
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor Ainz Ontem à(s) 11:55

» (Mini) Gyatho
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:43

» [Extra] — Elicia's Diary
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:20

» [Mini-Rosinante-san] O homem que quer ser livre
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:15

» Retornando para a aventura
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:13

» Começo
Tróia - Parte 1 - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Tróia - Parte 1

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Achiles
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 01/09/2017

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptyTer 19 Set 2017, 00:49

Tróia - Parte 1





Os marinheiros que falavam comigo eram metidos e chatos, os dois pareciam me subestimar da forma mais desprezível possível, mas aquilo realmente não me importava, o que me importava era conseguir me alistar com sucesso para o governo mundial naquele momento, agora, se surgisse uma oportunidade de acabar com aqueles dois marinheiros...Meu sangue estaria fervendo para isso.

Eles me deixavam passar e eu conseguia sentir o nervosismo entrando um pouco em minha cabeça, era aquela hora que eu iria começar de verdade a viver e aquilo me empolgava ainda mais. Eu infelizmente não encontrava aquelas duas moças que eu havia visto mais cedo, mas eu tenho certeza que as encontraria de novo com o destino e tentaria ver se tinha uma chance com algumas delas, elas tinham me achado atraente e isso me fazia bem feliz.

Eu chegava em um galpão ainda maior que o anterior, mas as cores tinham mudado e ele parecia bem mais desgastado, três já me esperavam ao lado de Pilo, o homem que havia visto falando com o Sargento Thor mais cedo, ele tinha largado a capa que segurava e trocado por uma garrafa de água, o ar estava horrível para a realização de um treinamento, mas aquilo não iria me impedir de continuar. Ele começava a anunciar sobre uma garota que havia chego atrasada e que acabava por atrasar o começo. " Uma garota?! Opa, ai já está onde eu gosto! Espero que ela chegue logo aqui! Só vai aumentar meu animo !"

Em instantes, um pássaro passava pelo espaço, o que chegava a me assustar, pois não esperava aquilo, mas tentaria recompor a minha postura, enquanto Pilo gargalhava eu conseguia ver um largo colar, mas aquilo não tinha importância para mim, pelo menos, não por enquanto. " Cadê, cadê, cadê aquela garota? Ela está atrasada e ainda demora?! E o que diabos um pássaro está fazendo aqui? "

Estava muito empolgado para começar o alistamento e então tentava me aproximar mais de Pilo, se o pássaro se tornasse arisco, eu pararia e lentamente me moveria para trás, mas não deixaria de falar - Senhor, se me permite perguntar, o que teremos que fazer? Estou empolgado! - Abriria o sorriso e mostraria meu polegar com o resto da mão fechada, fazendo um sinal de positivo para o mesmo. Eu me prepararia para começar, começaria a me espreguiçar tomando cuidado para não assustar o pássaro e voar para cima de mim, então faria isso em uma distância segura do mesmo. Se o pássaro voasse para cima de mim eu tentaria deitar no chão e deixa-lo passar por cima de mim, olharia em sua direção e iria me preparar para rolar no chão para a direção que estivesse mais longe da parede se ele viesse mais uma vez. - Hey senhor, prenda essa pássaro - Diria se o pássaro estivesse me atacando.

Estaria esperando que a garota chegasse logo, então se nada disso acontecesse, eu ficaria aguardando por ela, se a jovem fosse bonita e assim que ela chegasse eu olharia em sua direção, tentaria analisa-la da cabeça aos pés e tentaria ser o primeiro a falar com ela. - Demorou um pouco, mas compensa pela sua beleza. -  E em seguida olharia para o instrutor e esperaria suas instruções e explicações.
Sinal do Joinha:
 

Objetivos:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptyQui 21 Set 2017, 01:15

Tróia - Parte 1
05




- Empolgado pelo quê? Não fique empolgado ainda, bastardo! - responde o Agente dando um peteleco com dois dedos na cabeça do menino. Ele o olhava profundamente e a sensação que queria passar era de uma tensão fora do comum, dizendo: - As crianças de hoje em dia não sabem respeitar os mais velhos. Vê essa linha? - aponta para uma faixa em que o garoto pisava e continua: - Não invada esse espaço se não for autorizado!

Pilo dá um passo para trás, pega a garrafa com água e toma um gole. Ele olha novamente para os garotos e já via uma jovem cachorra vindo para o local de treinamento. Fitando o humano falador ainda mais profundamente, diz:

- Onde você está vendo pássaro, menino? Está falando do que passou voando?! Calma. Certeza que ele não vai te matar. - terminava rindo da cara de bobo daquela criança.

A Mink vinha às costas do quarteto de recrutas e eles não a podiam ver. De repente a menina acelera o passo e chegando à retaguarda de Achiles, grita o empurrando:

- O que você faz aqui? Ainda teve coragem de vir depois do que fez?

O Agente fica extremamente confuso, mas ri rapidamente da reação da menina enquanto os outros três garotos se afastam. Pilo torce para que a briga começasse. Seu sorriso sádico observa o embate e sua mente alucinada bate as ideias decidindo inverter um pouco o sistema comum para os recrutamentos. Ele se aproxima, separa os dois e segura a menina pela gola do vestido azul que usava. Irritado, apesar de por dentro chafurdando a lama em risos, intimida:

- Você é louca? Está querendo ser dispensada antes mesmo de ser aceita?! - empurra a menina para distante dos outros quatro e continua em tom sério e perverso: - Isso que dá aceitar fazer o treinamento inicial simultâneo para recrutas a Governo e Marinha. Vocês juntos são um desajuste para essa corporação!

Um dos três meninos até então silenciosos se aproxima da Mink e sussurra inocente de que Pilo não poderia ouvir com sua audição aguçada:

- Por favor, fique quieta. Você não conhece a fama de louco desse treinador. - Pilo ria-se por dentro ao confirmar seu prestígio. Ele não liga e só reage sorrindo de olhos fechados. Aquela feição o trazia a expressão de assassino que tem.

Ele volta à posição próximo da mesa, devolve a garrafa ao apoio de madeira e então se decide explicando ao grupo o que eles deveriam fazer:

- Agora quietos, eu quero que observem bem esse galpão. Ele deve ter uns duzentos metros de perímetro. Mudei a primeira parte do treinamento de vocês e será logo o exame físico. Nós vamos treinar suas aptidões motoras. Quero ver se são atléticos! - gargalha e então segue: - Eu quero que vocês deem cinco voltas ao redor desse galpão. Enquanto vocês dão a primeira volta eu vou abrir o portão e pegar uns apetrechos. A cada volta vocês terão de carregar um novo adereço!

Ele se vira, pega uma imensa chave de dentro do bolso da calça, destranca o cadeado e se volta para os meninos. Eles ainda estavam parados! Irritado, grita:

- Vão! O que fazem aí estáticos, imbecis?!

- Idiota. - instiga a Mink antes de começar a corrida.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptyQui 21 Set 2017, 03:22


Tróia - Parte 1



" Ei! Não me culpe por estar empolgado, não posso estar empolgado? " Pensava ironicamente, eu tinha recebido uma dura do agente que se achava o cara mais parrudo do pedaço, mas ele era um superior, eu tinha que respeita-lo até mesmo depois de ele ter me dado dois petelecos. Pilo estava tentando me inspirar medo, dizia que eu estava pisando em uma faixa proibida. Eu tentava ficar calmo com a atitude dele.

Ele recuava e ia tomar sua água, até eu falar do pássaro que havia passado voando. Para a minha sorte, ele só dava uma risada da minha cara e não me expulsava da inscrição mesmo eu tendo falado muito, era até legal ter feito alguém rir, por mais que tivesse me rebaixando. Mas isso acabava com toda a graça quando fui empurrado para frente. Era a maldita daquela garota que havia me acertado bem no meio. Eu estaria bravo, se eu não estivesse encantado mais uma vez por sua aparência. Pilo nos separava e começava a fazer um discurso chato por causa da metida que se achava a certa, mas era gostoso ter visto ela tomar uma bronca junto comigo."Há-há"

Aquilo estava começando a me deixar ainda mais empolgado e com vontade de começar logo o alistamento, meu pedido era atendido assim que Pilo terminava de tomar a sua água e voltava a discursar longamente sobre a alteração que fazia. Ele explicava detalhadamente o que faria e que seria um exame físico. "Físico? Acho que nisso eu não terei problema algum. Ainda aproveitarei para mostrar para essa metida que sou mais atraente e que posso sim ser digno de ser do governo. " São cinco voltas apenas em uma corrida um pouco longa, creio que eu conseguiria completa-la sem problemas, o único problema disso é os itens que ele irá nos dar para dificultar, fico pensando o que seriam. Assim que o foco voltava para minha cabeça, o avaliador já nos dava outra bronca por ainda não ter começado e a garota me chamava de idiota!

Eu olharia para ela e mostraria minha língua. " Foco!" Começaria a prestar atenção em meu trajeto e tentaria disparar na frente, utilizaria a força dos meus calcanhares para me impulsionar para frente e colocaria minhas mãos abertas, com força em minhas pernas e uma leve inclinação no meu corpo para frente, tentaria alcançar minha velocidade máxima até ter o momento da curva, jogaria o peso do meu corpo para a direção que eu precisasse virar e diminuiria a minha velocidade, após a curva, tentaria forçar minhas pernas ao limite para conseguir o máximo de velocidade possível em cada pisada no chão até o momento da curva em que eu repetiria o mesmo processo. - Extreme Running! - Gritaria depois da primeira curva


Demonstração:
 

No momento em que eu estivesse dando a volta, olharia para Pilo e tentaria agarrar o item enquanto estivesse correndo, se o adereço fosse algo circular, eu ficaria feliz, colocaria ele pelo meu braço esquerdo até o meu pescoço, e voltaria a correr da mesma forma que estivesse correndo antes. Ficaria mais desanimado se fosse algo que eu tivesse que segurar, mas seguraria ele com a minha mão direita tentando aguentar o seu peso e correr da mesma forma que estava correndo anteriormente. Mas eu estaria ainda mais triste se o objeto fosse algo que eu tivesse que arrastar, tentaria arrastá-lo apenas com minha mão direita se fosse o suficiente, caso não fosse forte o suficiente para realizar isso, tentaria arrasta-lo com as duas mãos para trás e correndo o mais rápido que eu pudesse. Se eu acabasse por derrubar o adereço, tentaria segurar ele ou coloca-lo no meu pescoço das formas de antes e seguiria fazendo o mesmo para cada adereço que o avaliador fosse me dando até finalmente completar as cinco voltas.

Em seguida, iria para um canto e colocaria todos os objetos no chão, sentaria por um momento e tentaria ver a garota de antes que tinha me acertado bem onde mais dói. Sorriria para ela e acenaria. - Fui bem, não acha? - Descansaria por um breve momento e me levantaria, olharia para o avaliador e seguiria em sua direção após todos terem terminado. Me aproximaria lentamente tentando ver se não estava invadindo o espaço delimitado que o mesmo tinha me dito anteriormente. - Senhor, o tempo está seco e todos estamos cansados, poderia nos dar uma garrafa igual a sua antes de começarmos a próxima etapa? - E sorriria para ele. Esperaria que Pilo atendesse o meu pedido, abriria a garrafa com força e beberia metade, o resto jogaria sobre o meu corpo para me refrescar sem me preocupar com quem tivesse do meu lado. Se ele recusasse ou me desse outra bronca, me afastaria e ficaria onde ele pedisse. Esperaria pelas suas instruções novamente com esperança que não fosse reprovado naquele teste.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptyDom 24 Set 2017, 02:38

Tróia - Parte 1
06




- Mais um imbecil que não leu o regimento e esqueceu que eles precisam agir em equipe. - diz Pilo ao observar o garoto arrancar na frente deixando seus quatro companheiros a alguns metros de distância.

Quando Achiles dobra a primeira esquina do galpão o Agente remove de dentro uma tábua de cinco metros em comprimento. Ele deixa no chão enquanto espera os alunos darem a volta quando Wolf aponta na última curva e o Agente começa a rir.

- Seu idiota, você vai precisar esperar pela gente. - grita a Mink, mas ele não dá ouvido e quando se depara com o objeto que deveria carregar tenta levá-la apenas com a mão direita e sozinho. Ele tropeça no peso e dá uma cambalhota caindo no chão com o peso em cima de seu corpo.

Poucos segundos depois os quatro companheiros alcançam o recruta assistindo Pilo extremamente decepcionado com o caso. O treinador sequer se mexe. Ele apenas fica parado criticando a situação com seus olhos baixos. Eles ajudam o garoto e conseguem erguer a madeira juntos, mas deixam Achiles no chão. Pondo-se à frente do grupo que para, o Agente diz:

- Você está tentando boicotar esse treinamento... Como é seu nome... - volta lentamente para a mesa e lê o nome do garoto em um papel preso ao objeto. Ele olha para os garotos ainda segurando o peso e diz: - Achiles, não é? Você... Pare com o que estava fazendo porque seus companheiros vão continuar sozinhos. Seu treinamento será diferenciado já que você gosta de trabalhar individualmente. - ele olha para os quatro e eles simplesmente seguem calados. A garota estava enraivecida, mas não havia o que fazer.

O Agente volta para a mesa, abre novamente a porta do galpão agora mostrando seu interior. Dentro se podia ver um grande vazio do lado esquerdo enquanto o lado direito estava repleto de bugigangas e dezenas de bombonas. As bombonas pareciam cheias, contudo de perto era possível perceber que algumas estavam pela metade ou vazias. A grande maioria era de cinco e dez litros, mas pelo menos 1/3 era de vinte e cinquenta litros.

Rapidamente Pilo entra no galpão olhando de relance para o garoto como num comando para ser seguido. Ele pressiona um interruptor à direita e a luz do recinto acende mostrando a parede nas cores brancas e mofadas na base onde tocava o chão. O telhado era totalmente revestido em aço e havia uma lona no fundo que parecia tampar algum buraco na cobertura. O treinador para a dois metros do portão, se vira e diz:

- Como notei que você gosta de trabalhar duro e sozinho, sua tarefa vai ser remover todas essas bombonas e levar para o espaço de descartes. Logo na entrada do QG, ao lado da guarita, você vai ver um grande container preto. Com toda certeza todas essas bombonas cabem lá. Se você for rápido talvez termine antes do fim do expediente! Lembrando que fechamos às 18h. Se demorar só poderá continuar o treinamento amanhã. - ele riu sabendo de certeza que o menino jamais terminaria. Ele volta para fora do galpão carregando uma segunda verga de madeira. Ele se vira e termina: - Se precisar de algo pode procurar. Imagine que o galpão agora é seu e boa sorte. Vou prosseguir aqui com os garotos. Até já quando voltar para verificar seu trabalho porco.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:


Última edição por Kyougin em Qui 05 Out 2017, 01:37, editado 1 vez(es) (Razão : UM CODE ERRADO)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptyDom 24 Set 2017, 04:39


Tróia - Parte 1



Todo o seu plano se conseguir ganhar a porcaria da corrida ia por algo abaixo quando se deparava que o alistamento era em grupo. " Mas que .....! " Uma raiva crescia dentro de mim por causa dessa maldita condição, mas eu entedia o que aquilo ia passar, eu ficava como um bobo e um idiota no meio dos outros 4 recrutas e do professor que se achava o máximo. Aquilo tudo estava me deixando com uma enorme raiva, mas a beleza da garota brava era espetacular que me acalmava, Ah! Ela é linda!...

Pilo estava extremamente irritado e me mostrava um monte de itens aleatórios e várias e várias bobonas de água. Era algo que simplesmente acabava por desanimar um pouco com minha esperança de me tornar um agente do governo, e o pior de tudo era fazer aquilo sozinho. Eu podia sentir minha raiva ferver no meu sangue mais uma vez, era revoltante. Utilizando da observação, conseguia ver uma lona no telhado de aço e aqueles itens poderiam me ajudar de alguma forma. O agente me passava todas as instruções, ele debochava daquilo como se eu não pudesse concluir aquilo até dar as seis horas. Eu tinha minhas dúvidas, mas ainda tinha a esperança de conseguir. Olharia para ele e abriria um enorme sorriso. - Pode deixar, Pilo. Tentarei concluir isso da maneira mais rápido possível. - E daria meu sinal de joia novamente mesmo que ele não estivesse virado para mim.

Olharia mais uma vez para onde tinham as bugigangas e me aproximaria, com as minhas mãos procuraria mexer naqueles itens a procura de algo que me servisse, estava em procura de uma corda ou um tipo de plataforma com rodas para ajudar-me a carregar, mexeria as coisas mais leves e a colocaria para minha esquerda, as coisas mais pesadas moveria para a direita até encontrar o que eu procuro. Caso eu conseguisse encontrar, voltaria às bombonas, começaria a contar cada uma até ter um número bom, contando em dois em dois para agilizar o processo. Retornaria até o que eu tinha encontrado, se fosse a plataforma com rodas, colocaria algumas bugigangas na rodas traseiras para que ela não se movesse, com cuidado, flexionaria meus joelhos e inclinaria um pouco a bombona com a mão esquerda, com a direita eu passaria por debaixo dela e tentaria a levantar o máximo que eu pudesse e colocaria na plataforma, repetiria o mesmo processo até dar o limite das bombonas na plataforma sem que ficassem empilhadas. Em seguida, precisava retirar o máximo de peso possível, tiraria o terno, jogaria em cima das bombonas e abriria todos os botões da camiseta, após isso, tiraria os apoio de trás das rodas e começaria a empurrar a plataforma da melhor forma possível tomando cuidado com algum piso íngreme e iria lento olhando pelo lado para ver por onde estava indo, tomaria cuidado também com os participantes do alistamento para que não entrasse na frente deles, eu lembraria pelo caminho que vim e seguiria na direção da entrada do QG, olharia ao redor procurando o contêiner preto ao lado da guarita e seguiria em direção a ele, abriria o mesmo se ele não tivesse aberto, colocaria a plataforma do lado dele e descarregaria as bombonas da mesma forma que usei para levantar-las e colocar no carrinho, abaixaria elas lentamente até o chão do contêiner e de lá moveria cada uma até o fundo empurrando-a, voltaria com a plataforma até o galpão e repetiria o processo.

Esperançoso que tivesse uma corda ali, e conseguisse ela invés da plataforma, pegaria e verificaria se ela é grande para conseguir amarrar os dois galões juntos e sobrar espaço para eu puxa-los, se possível, começaria com os mais leves, faria um laço enorme que pudesse acomodar os dois dentro, daria um nó e puxaria os galões com força o suficiente para arrastá-los sem danifica-los muito e que fosse rápido o suficiente para terminar antes das seis, iria até a entrada do QG, olharia onde está a guarita e procuraria pelo contêiner preto, abriria o mesmo se ele não tivesse aberto e colocaria as bombonas no fundo para ter espaço para acomodar as maiores, voltaria até o galpão e repetiria o processo.

Com azar de não ter nada dentro daquela bagunça que pudesse me ajudar a carregar as bombonas, tentaria verificar as tampas de cada um se estavam devidamente tampadas, se estivessem sem as tampas, tentaria ver se dentro da bagunça tivesse uma que encaixasse, com sorte, elas estariam tampadas e eu poderia deita-las no chão, usaria minha força para faze-las rolar e com minhas mãos iria controlar as direções que ela tomava, começando pelas mais leves, iria fazendo esse processo de rolar a bombona até o contêiner preto, ergueria ele e o empurraria até o fundo do contêiner, voltaria ao galpão e faria novamente tudo de novo até ter rolado todos as bombonas que estivessem naquele lugar.

E com mais azar de não poder ter tampar as bombonas, começando pela mais leve simplesmente tentaria arrasta-las erguidas com a minha força pelo QG até a entrada,  olharia para a guarita e tentar avistar o contêiner preto que Pilo havia mencionado anteriormente, abriria-o se estivesse fechado, levantaria com cuidado a bombona para não derramar a água e colocaria até o fundo do galpão, retornaria até Pilo e continuaria realizando essa atividade até que todas as bombonas estivessem dentro do contêiner e eu pudesse fecha-lo.

Esperaria que tivesse terminado tudo aquilo antes das 6 horas da tarde, assim que terminasse de organizar todas as bombonas dentro do contêiner preto, olharia para a cara de Pilo e daria mais um sorriso, verificaria se a garota ainda estava lá e a olharia com um sorriso no rosto também, em frente dele, me despencaria no chão, provavelmente estaria exausto após tanto esforço físico e diria. - E então, me dei bem? - e tentaria erguer mais um último polegar em sua direção, esperaria sua resposta enquanto tentava descansar um pouco e fechar os botões da camiseta que havia aberto mais cedo, olharia para ele e esperaria suas instruções. "Ah!... Depois de tanto esforço, as estratégias que eu montei deram certo, ainda bem. Ainda não estou expulso do alistamento. "

Se não tivesse conseguido terminar a tarefa ou não tivesse dado tempo, iria até ele e diria: - Me desculpe por atrapalhar o treinamento, eu gostaria de ter mais uma chance. - E esperaria sua resposta, se a resposta fosse não, sairia do QG e procuraria algum bar ou taverna a procura de reconfortar a minha dor com uma bebida alcoólica, caso ela fosse sim, esperaria suas instruções ou apenas seguiria em direção a procura de algum bar ou taverna para tentar recuperar minhas forças com uma boa bebida.

Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptySex 29 Set 2017, 11:39

Tróia - Parte 1
07




Na sua busca Achiles encontra um carrinho que poderia usar para carregar as bombonas. Em um total de sessenta recipientes ele organiza em pares e posiciona com cautela sobre a plataforma da ferramenta de transporte. Já eram 14h e ele começa a carregar os vasilhames e quando chega ao contêiner consegue enxergar seus amigos que já retornavam a quarta volta ao redor do armazém. A Mink estava na ponta e eles agora carregavam nada. Eles vinham relaxados, mas atentos ao próximo adereço que Pilo transferia. Era uma barra de metal de espessura mediana. Assim que os garotos tomam a barra eles caem no chão.

Enquanto isso o menino volta para recarregar o carrinho e não tinha problemas no caminho. No armazém ele carrega e escuta a garota reclamar enquanto eles escutam o Agente brigar com eles:

- O senhor só consegue reclamar da gente. Eu quero ver se você com você. Duvido que consiga correr com essas doidices na mão. - rindo-se, o Graduado nem reage e apenas entra no armazém, olha Wolf enquanto esse ajeita as bombonas, pega outra barra e enfrenta os garotos:

- Pois bem, vamos ver se vocês conseguem ser mais rápidos que eu. Sozinho, eu vou dar a última volta com vocês. Se vocês perderem eu tenho de dizer que serão penalizados e infelizmente o treinamento vai ficar mais difícil. Se ganharem eu acho que posso até pular a próxima etapa do treinamento. - ele olha os garotos e continua sussurrando: - Até porque eu duvido muito que consigam ganhar do maior atleta desse Quartel!

Achiles termina de organizar a segunda rodada de bombonas e ele observa que só é possível carregar dez delas por vez mesmo variando os tamanhos. Voltando para o pátio na direção do imenso balde de metal que levava os potes podia ver os cinco começando a corrida. No pátio ele ainda via os quatro rapazes na reta antes da primeira curva do galpão enquanto Pilo já havia desaparecido na aresta. Chegando ao contêiner, descarrega e volta apressado. Ele via Pilo na reta já voltando para o portão e nem sinal do grupo. O Agente chega e solta a barra no chão, mas o garoto não vê. Quando ele chega ao galpão esbarra o carrinho na barra e a rota dianteira da direita entorta. Não parecia que aquilo prejudicaria o processo de transporte das bombonas, mas ele teria de ter mais cuidado.

Vendo o acontecido, Pilo diz:

- É incrível como a gente não pode confiar em novatos. Espero que você consiga terminar. - ele olha para o relógio e termina: - Já são 14h37min. Será que você consegue? Olhe quantas faltam! - ele aponta e anota algo no papel acima da mesa.

O quarteto chega, cai no chão com a barra de metal e desacreditado outro dos quatro fala para os companheiros:

- Ainda não estou acreditando que esse cara conseguiu correr mais que a gente com esse peso. Que desgraçado. - ele estava inconformado e a Mink afrontosa também. Ela se aproxima da barra enquanto fala:

- Eu duvido que essa barra tenha o mesmo peso da nossa. - ela segura o metal e Pilo se vira rindo já prevendo o que aconteceria. - Vejam só. Tenho certeza que é mais leve. - ela tenta erguer, mas a barra nem sai do lugar. Com a aceleração do corpo na tentativa de levantar ela acaba sendo impulsionada para trás e cai de bunda no chão.

- Eu falei sua debiloide que jamais me venceriam. Agora você, Achiles, volte à tarefa que eu vou cuidar desses aqui. Você é o próximo! - diz o Agente virando de costas para o Wolf e esperando os garotos se erguerem ou se ajudarem a levantar.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:


Última edição por Kyougin em Qui 05 Out 2017, 01:38, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptySab 30 Set 2017, 01:11


Tróia - Parte 1



Sorte?! Era o que eu tinha conseguido, havia achado um carrinho, aquilo me ajudaria em todo meu trabalho e conseguiria com sorte concluir antes das 6 horas e continuar meu treinamento hoje mesmo. Eu começava a realizar o procedimento de carregamento e descarregamento das bombonas e isso conseguia subir o meu ânimo. Na minha primeira volta eu conseguia ver a Mink guiando o grupo, ela era realmente linda, mas a força do grupo era bem afetada pela minha falta, assim que eles terminavam de colocar a barra no chão eles tombavam cansados. Eu conseguia ouvir uma briga do avaliador com os estudantes por não estarem fazendo a prova com eficiência e ela desafiava ele, aquilo seria interessante de ficar observando se não tivesse trabalho a concluir para começar a realizar o meu sonho. O mais engraçado daquilo era ver o nosso instrutor se vangloriar como o maior atleta do quartel. " Isso eu gostaria bastante de ver, se é tão bom como diz. "

O pior de tudo é que são sessenta bombonas e só posso carregar dez de cada uma, aquilo me atrapalhava e chegaria a demorar ainda mais para a conclusão. Pilo era veloz, antes mesmo de eu conseguir vê-lo correndo, ele já havia feito a primeira curva. Eu estava bem ansioso para ver aquilo e voltava rápido, eu conseguia observar o avaliador chegando na linha de chegada e o grupo ainda estava bem atrás. " Passo para frente, cadê eles? Estão tão atrás assim carregando sozinhos? " Porcaria! Eu batia o carrinho na barra que o instrutor havia deixado no chão e advinha? O rabugento mais uma vez me dava uma bronca por simplesmente não ter visto o metal, aquilo acabava com meus ânimos mais uma vez e ele ainda duvidava da minha capacidade de terminar aquilo em tão pouco tempo.

O quarteto era fraco, sem dúvidas, eles estavam exaustos e tinham perdido para o instrutor que levou a barra sozinho, eles afrontavam Pilo e o resultado não podia ser o mesmo, BRONCA! Aquilo devia ser a coisa mais favorita do avaliador que nos estudava com a mais mínima cautela. A mink tinha caído no chão de bunda e aquilo me trazia uma risada por dentro, mas ela estava brava, não queria irritá-la mais. Eu ouvia o avaliador me dizendo para voltar à minha tarefa, independente disso, eu não iria deixar um colega no chão sem nem ao menos oferecer a minha ajuda.


Colocaria me a frente da senhorita e estenderia minha mão para ajuda-la a se levantar. - Deixe-me ajudá-la, prometo que não tentarei tocar em seu rosto mais uma vez. - E daria um sorriso para a garota, puxaria sua mão se ela a agarrasse, caso contrário voltaria as bombonas, empurraria o carrinho para perto delas e olharia para a roda, verificaria se estava muito torta e se aquilo estava a atrapalhar o desempenho da plataforma de metal. Não havia muito o que eu fazer para consertar aquilo, não sabia realizar tal feito, colocaria algo atrás do carrinho para ele não sair rolando e ergueria a bombona a altura mínima que precisasse para coloca-la em cima sem mexê-lo ou vira-lo. Em seguida, continuaria organizando-os no carrinho até chegar em seis bombonas. " Com isso, não deve danificar tanto a rodinha " começaria a mover o carrinho com cuidado, verificando se o carrinho não estaria puxando para algum dos lados, não precisava ter muita pressa para isso e ficaria atento no caminho em direção ao contêiner, ao chegá-lo, realizaria quase o mesmo processo, ergueria a bombona a altura mínima e a colocaria no mesmo, moveria-o até o final até que o carrinho estivesse completamente descarregado e então voltaria para o armazém em busca de mais bombonas tomando cuidado para não esbarrar o mesmo em algum lugar ou coisa no trajeto. Repetiria tudo isso até finalmente ter movido todas as bombonas com sucesso, se houvesse imprevisto como o carrinho girar ou tombar, ergueria os recipientes e depois o carrinho, colocaria tudo no mesmo lugar de antes e continuaria o meu trajeto avisando para algum dos marinheiros no caminho. - Há líquido ali. - Apontaria com o indicador - Toma cuidado! - e seguiria o caminho normalmente. Caso a rodinha estivesse atrapalhando, tentaria empurrar com mais força e tentar seguir em linha reto forçando o carrinho, se a rodinha quebrasse no meio do caminho e o carrinho tombasse, levantaria as bombonas e colocaria elas em um canto ou encostada na parede, colocaria duas na parte de trás do carrinho para ter um equilíbrio e empurraria-o com calma para não tombar as bombonas, repetiria o mesmo processo com todas as restantes buscando as que eu tinha deixado para trás primeiro.

Quando terminasse, colocaria o carrinho no armazém e tomaria um pouco de ar, procuraria em minha volta por Pilo e tentaria o encontrar, se não o visse de imediato iria até um dos marinheiros que provavelmente estaria passando por ali ou começaria andar pelo quartel até achar um dos marinheiros, pararia o em sua frente e perguntaria. - Senhor, me desculpe incomodá-lo, mas onde está o senhor Pilo? - E esperaria que me desse a resposta, seguiria na direção apontada se ele soubesse, caso não, acenaria com a cabeça e continuaria perguntando até que eu o visse ou alguém me indicasse a direção certa e eu achasse ele lá.

- Pilo-sama! - Gritaria quando estivesse um tanto longe dele assim que o visse. - Terminei as bombonas, estou pronto para continuar! - E daria um sorriso com um joinha enquanto fosse em aproximando dele e esperaria sua bronca/instrução.

Objetivos:
 

Off:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptySeg 02 Out 2017, 11:52

Tróia - Parte 1
08




Achiles ajuda a Mink sentada sobre as pernas e ela sequer tem reação para ser grosseira com o rapaz. Ela se surpreende e apenas sorri, agradecendo:

- Obrigada. Agora vá senão Pilo vai prejudicar a nós dois. Depois nos falamos. - e então ela caminha na direção do Agente e olha para trás procurando os três companheiros.

Eles ficam em formação na frente do treinador enquanto Wolf entra novamente no galpão e começa a empilhar as bombonas com demasiada cautela. Ele está certo. A ferragem do carrinho já está oxidada internamente, está fragilizada e ele não sabe disso; com o dano ao equipamento apenas aumenta as chances de que o instrumento auxiliar se quebre! Ele segue e faz mais duas viagens, somando-se agora 32 recipientes transportados. Restava-lhe agora apenas os vazios, mas ele continua com a estratégia de poucos vasilhames percebendo só agora que poderia levar mais (apesar de que o vento de certa forma já prejudica a execução da tarefa).

Os garotos se afastam um pouco seguindo o Instrutor e vão para uma área à esquerda do galpão, mas Achiles ainda os pode ver no meio do pátio do QG. Fazendo a quinta rodada de transferências das bombonas, um forte vento atinge as latas e elas tremem, mas não saem do lugar. O garoto havia se organizado bem para que sua execução fosse ideal! Já são 15h e depois de outras idas e vindas restam quatro delas entre a oitava e nova volta. Pilo aparece no galpão e ajuda o rapaz a levar essas últimas a pé; cada um leva um par de bombonas e eles concluem a tarefa com total êxito. O Agente se posiciona a sua frente e parabeniza:

- Muito bem. Você fez isso sem reclamar. O último que teve de fazer isso rosnava o tempo todo! Vamos... Eu vou começar a última etapa do treinamento e vocês precisam fazer em equipe. - ele caminha para o pátio e lá está Thor e os outros quatro rapazes.

O Sargento está com uma roupa diferente, mais despojada e sublime mantendo sua postura integra. Os rapazes estão apreensivos e o calor está a toda. O mais pesado dos companheiros sua intensamente e tenta enxugar o calor na blusa sem muito sucesso. No pátio, Hamaku começa:

- Meninos, o Pilo me chamou para acompanhar vocês nessa etapa do treinamento. Vocês precisam lutar contra um superior e por isso nós estamos aqui. Como essa turma está com uma quantidade maior de interessados em Governo, esse Agente falastrão que vai lutar contra vocês. Eu vou observar pra que ele não ouse matá-los. A luta será limpa e vocês não usam armas! Aqueles que não tem habilidades corporais e precisam de armas, bem... Boa sorte... No treinamento queremos ver suas capacidades básicas! - Pilo se aproxima de Thor cinco metros à sua frente. Eles estão no centro do pátio e um grupo pequeno de Marinheiros assiste a cena.

Os garotos estão a dez metros do Agente em linha reta e a Mink está apreensiva com a fala do Sargento. Em seu semblante era possível perceber o desespero e um dos meninos ao seu lado tenta acalmá-la, dizendo:

- Rannah, vai dar tudo certo. Eu imagino que ele não pretende matar a gente. - sorri desacreditado das próprias palavras.

Pilo olha para Thor, balança a cabeça e então volta para os rapazes. Ele fala:

- Vocês estão prontos? Se não quiserem nada antes de serem trucidados, podem fazer o primeiro movimento. É, digamos, parte da rotina deixarmos os recrutas atacarem primeiro!
Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:


Última edição por Kyougin em Qui 05 Out 2017, 01:38, editado 1 vez(es) (Razão : UM CODE ERRADO)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptySeg 02 Out 2017, 16:34


Tróia - Parte 1






SORRISO! Ela finalmente tinha me dado outra chance de conquistar o coração dela novamente, Ah! Todos os esforços para fazê-la sorrir finalmente deram resultados. Eu voltava a realizar o meu trabalho com as bombonas, dotava a estratégia de carregar em poucas quantidades e aquilo tinha fruto para mim, o carrinho estava mais leve e de uma organização adequada, conseguia levar e trazê-lo sem problemas nenhum até mesmo quando o vento atrapalhava o meu andamento, quando eu havia de carregar as últimas bombonas restantes, Pilo vinha me ajudar, não que fosse necessário, mas ele fazia aquilo de bom grado e eu podia sorrir para ele independente de todo o esforço solo realizado. Ele parecia estar orgulhoso de mim por ter carregado tudo aquilo de forma rápida, organizada e de bom grado por não ter reclamado. " Não reclamei falando " Pensava dando um sorriso nos meus pensamentos.

Quando voltávamos ao pátio eu podia ver Thor que iria nos observar nessa parte do treinamento. " Grande homem "  Os meus colegas que estavam realizando o alistamento comigo também já apresentavam alguns sinais de cansaço enquanto que o mais rechonchudo parecia que tinha saído do banho sem ter se enxugado de tanto suor que escorria. " Como você consegue suar tanto?! " Começava a rir nos meus pensamentos mais uma vez até que a voz de Thor me chamava a atenção começando um breve alerta e instrução daquele teste. " Sem armas? Isso com certeza pode me favorecer, embora eu tenha certo receio com meus companheiros. "

A garota parecia estar apavorada e um dos colegas tentava lhe acalmar, eu sorriria para ela e diria. - Tudo ficará bem. - Eu me colocaria mais a frente dos meus companheiros no centro, não passaria nenhuma estratégia, mas havia pensado em uma. " Surpreender e tentar cercá-lo, é assim que eu farei, creio que irão pensar que irei agir sozinho novamente, mas isso ficou claro que é um trabalho em grupo contra alguém que é visivelmente bem mais forte que todos nós. " Era um pensamento longo que eu já havia trabalhado a pouco tempo, eu me colocaria em posição de corrida de novo e olharia uma última vez para meus companheiros, sorria em direção a Rannah, esse era o nome dela e ficaria sério.

Meu primeiro movimento era correr em direção a Pilo, abusaria da minha velocidade, eu era mais rápido que os meus companheiros como já demonstrado anteriormente e esse era o momento que eu tinha que abusar disso, eles provavelmente pensariam que eu era um retardado que partiria para cima sozinho, mas eu viraria para a direita circulando o avaliador, tentaria cercá-lo pela direita olhando de lado e tentando me movimentar para atrás dele ficando no meio de Thor e de Pilo, mas mantendo uma distância do instrutor, se ele tentasse se aproximar de mim em qualquer momento, eu procuraria mantê-lo distante movendo para trás com os pés sem virar minhas costas para ele e tentando esquivar me abaixando de um chute alto ou me movendo com velocidade para a esquerda em caso de um chute vertical e tentando dar um soco com meu braço direito em sua costela. Olharia com atenção se fosse um chute médio, procuraria me mover para trás dando um pequeno salto e apoiando minhas mãos para trás para tentar minimizar o impacto caso eu acerte alguma parede ou pessoa que estivesse atrás, em um chute baixo ou uma rasteira, eu tentaria pular e tentar acertar um golpe "marreta" na cabeça dele utilizando dos meus dedos entrelaçados e batendo com a parte de baixo da mão.

Não sabia o estilo de combate que o avaliador era capaz de utilizar, então me prepararia para caso ele utilizasse o mesmo do meu, se ele tentasse se aproximar usufruindo-se de socos, tentaria escapar dos jabs movendo-me para algum dos lados, dos cruzados fazendo uma gangorra e tentando acertá-lo com um soco vindo da diagonal com meu punho esquerdo em direção a sua cabeça ou sua clavícula e dos golpes verticais me esquivando rapidamente para alguns dos lados, se visse que tinha algo atrás de mim, uma pessoa ou alguma parede tentaria me esquivar dos golpes abaixando bastante e tentando acertar um gancho logo após o golpe.

Caso o cerco estivesse quase bom e ele não tivesse feito nenhuma movimentação, procuraria esperar que um dos companheiros fosse o primeiro a atacar, esperaria ele chegar bem perto de Pilo e então aceleraria em sua direção tentando prever para onde o instrutor iria se movimentar e tentar acertar um golpe forte em seu corpo com um cruzado de direita, recuaria em seguida com a cabeça mais abaixada tentando voltar a formação de cerco, esperando que o avaliador partisse para cima, utilizaria-me das mesmas defesas para se ele tivesse se movimentado.  

Se tudo viesse casa a baixo e nada desse certo, a movimentação ou eu tivesse sido acertado por um golpe, tentaria me reagrupar com meus companheiros, me levantando se estivesse caído e correndo na direção deles sem virar as costas para Pilo. - Temos que bolar uma estratégia se quisermos ganhar dele, alguma ideia? Já gastei a minha.  - diria após me aproximar deles e esperaria alguma resposta em posição de combate esperando que Pilo fosse agir antes de nos dar um folego.

Eu estava feliz por estar em um combate, amava lutas, embora eu não estivesse lutando em um mano-a-mano, conseguia sentir a adrenalina subindo meu corpo e me dando uma empolgação, eu não conseguiria conter o sorriso em acertar um golpe ou me levantar após ter sido acertado, era aquilo que me motivava, sentia toda a pressão de estar lutando contra alguém superior e também meu futuro sendo decidido naquele momento, era algo que eu queria, me alistar para me tornar um agente, fazer as pessoas sorrirem da mesma forma que eu sorrio independente da situação em que estejam enfrentado.

Objetivos:
 

Off:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kyougin
Narrador
Narrador
Kyougin

Créditos : 8
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 25

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptySeg 09 Out 2017, 22:58

Tróia - Parte 1
09




Pilo caminha para frente tranquilamente enquanto Achiles corre em semicírculo visando a posição de cerco. Ele acompanha o garoto com os olhos, mas está mais interessado no recruta mais exposto e frágil. Ele não pretendia machucar nenhum dos meninos, mas ensinaria que eles precisam estar atentos e dispostos a todo o momento. Ele fala enquanto observa a Mink se recompor e se colocar em posição de combate:

- Prestem atenção. A primeira lição em um combate físico com um oponente desconhecido mais forte: se você não é um suicida, reúna a equipe e ataquem juntos deixando o mais fraco na retaguarda. Esse não pode ficar ao alcance. Não ajam sem planejamento como estão fazendo agora! - ele deixa o terceiro rapaz nervoso e irritado.

Esse reage e corre na direção do mestre e esse movimento faz que Wolf reaja também. Eles se movem e o Agente fica em uma virabhadrasana de postura impecável, porém com os braços livres da posição. Quando os meninos estão perto suficiente Pilo apoia a mão esquerda no chão, gira no ar em um chute-giratório com as pernas em espacate. Ele parece um peão por alguns instantes! O golpe atinge o garoto, mas não é suficiente para atingir Achiles. O chute lança o menino no chão e Pilo realiza um rolamento para recuperar a posição de pé, desviando em cima da hora de um soco cruzado que o boxeador disparou.

- Por pouco, garoto. - ele está de costas para Wolf, mas podia vê-lo pelo olhar periférico. Ele está atento na direção do rapaz atingido, esperançoso que ele não tenha se machucado a ponto de precisarem para a luta, por isso não notou Rannah.

A Mink ataca de baixo para cima se aproximando via um rolamento. Ela desfere um golpe de punho fechado, mas Pilo desvia e segura seu braço com as duas mãos, girando o corpo sobre o centro de gravidade e lançando ela em cima de Achiles. Os dois garotos caem no chão e Thor se afasta dando mais espaço para o combate. O Agente fica de costas para o gordo que corre num ataque suicida. Pilo escuta seus passos e no momento final vira e desfere um chute na barriga do garoto que cai sobre os joelhos em um urro de dor.

- Vamos. É tudo isso que são capazes de fazer juntos? - enfrenta ele quando o boxeador termina, dizendo:
Temos que bolar uma estratégia se quisermos ganhar dele, alguma ideia? Já gastei a minha. - o sargento aproveita a deixa e completa a fala do garoto:
- Se eu fosse vocês tentaria atacar em conjunto, simultaneamente. Como podem ver, ele é bem mais rápido que vocês. Será que ele é capaz de desviar de todos se atacarem juntos? - escutando aquilo Pilo sorri e conserta sua postura e fica de pé novamente e relaxado.

Dados:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Falas - | "Pensamentos"
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

DADOS MEMORÁVEIS:
 

Aventuras:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Achiles
Pirata
Pirata
Achiles

Créditos : 38
Warn : Tróia - Parte 1 - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 01/09/2017
Localização : Loguetown - East Blue

Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 EmptyTer 10 Out 2017, 01:38


Tróia - Parte 1






Eu havia conseguido passar tranquilamente para a parte de trás de Pilo que começava uma discurso, ele dizia que precisávamos trabalhar em equipe, era o que eu estava planejando a realizar estando na posição de cerco. Aquela leve provocação realizada pelo instrutor fazia um dos recrutas partir para cima dele, instintivamente e já preparado para quando fosse atacar, eu também me disparava em sua direção. Ele era ágil e conseguia fazer uma posição que eu nunca havia visto antes, com velocidade ele parecia trabalhar sobre suas mãos e pés fazendo uma bananeira e agitando um giro rápido que acertava o garoto que tinha se irritado. " Por pouco! " Literalmente por pouco, o golpe não me acertava o que me favorecia a chance de revidar, infelizmente o meu cruzado era falho e passava perto de Pilo. Rannah se aproximava por um ponto cego do homem que favorecia a nós, mas infelizmente ele era ágil o suficiente para escapar de seu golpe preciso e o que resultava em um completo desastre, jogando tanto a mim quanto a garota para perto de Thor.

Pilo reclamava da nossa falta de competência em lhe acertar, mas ele também era ágil e forte o que não nos possibilitava tamanha facilidade. Eu perguntava aos meus companheiros se eles haviam alguma ideia e Thor nos proporcionava uma dica. - Obrigado pela ajuda. - Pilo não estava visando atacar e sim contra-atacar, todos os seus golpes foram efetuados pensando nisso o que gerava um certo tempo para pensar sem me preocupar com isso. Eu colocaria a mão sobre a minha boca pensando sobre o assunto, precisava bolar uma estratégia e rápida, não estava tão próximo aos outros recrutas e dois deles pareciam já ter caído aos golpes do instrutor. Rannah era minha única escolha.  " Temos que atacar juntos, para isso não há dúvidas. Agora como? PENSE! Achiles, pense. "

Uma ideia surgia em minha cabeça, era a hora de formar uma dupla com a garota. - Rannah. - Esperaria que ela olhasse para mim ou falasse algo. - Ataque pela esquerda. Eu tentarei pegá-lo no contra-pé. - A ideia contava em fazer uma estratégia simples utilizando o ataque e a esquiva do companheiro e do adversário, tentaria pegar o instrutor em um momento que ele abrisse a guarda. A primeiro momento, esperaria que meus companheiros estivessem se reerguendo, olharia para eles com a intenção que eles olhassem para mim também, ao meu primeiro ver se alguém começasse a correr em direção ao instrutor, partiria ao seu lado e esperaria que Rannah também fosse ao seu meu. Se ninguém dessa essa "partida" eu começaria a correr em direção a Pilo.

Dependendo da distância, visaria em acelerar ou não meus passos para não chegar antes que um dos meus companheiros. O primeiro ataque seria vindo de um deles e esperaria Pilo se mover, assim que ele fizesse, sendo bloqueando ou se esquivando para algum lado, aceleraria em sua direção e tentaria acertar suas costelas, visando o desestabilizar e fazê-lo cair ou pelo menos causar uma dor forte. Se ele fosse para trás eu daria espaço para Rannah atacar e faria o mesmo movimento até que ele esquivasse ou bloqueasse o golpe.

Obviamente ele não ficaria parado e tentaria nos acertar de alguma maneira, pensando no chute de antes eu tentaria me afastar assim que o instrutor demonstrasse a mesma posição de antes, dando um passo para trás e esperando fim de sua execução partindo para cima assim que ele parasse de girar. Ele também demonstrou utilizar de chutes altos e médios, abaixaria com velocidade para baixo preparando um soco e no momento que ele tentasse utilizar um chute rodado ou um chute algo e aproveitaria dessa brecha para acertar a coxa da perna que ele estivesse utilizando de base. Um chute médio eu tentaria me esquivar movendo meu corpo para um dos lados se ele fosse reto, se fosse na horizontal tentaria dar alguns passos para trás para me distanciar dele e tentaria me aproximar novamente para lhe acertar um soco no estômago. Ele ainda não tinha utilizado agora, mas se viesse com uma rasteira ou chute baixo tentaria pular em sua direção utilizando da aceleração para forçar as minhas panturrilhas e coxas ao máximo para dar impulso ao salto e tentar lhe acertar um soco no rosto com força. Caso ele viesse com um chute na vertical, procuraria girar para o lado oposto da perna que ele estivesse usando para dar o chute.

Seria um alívio conseguir acertar o instrutor pelo menos uma vez e esperava que aquilo agisse de forma suave e tranquila para nós, provavelmente ele teria me acertado ou acertado alguns dos meus companheiros, mas esperava termos agido de forma coesa para conseguir acertar, muitas vezes dois socos de uma vez não eram tão eficientes quanto um soco seguido de outro. Um golpe devia ser o bastante para que Thor ou até mesmo Pilo parasse o treinamento para prever hematomas ou complicações desnecessárias.

Se eu fosse acertado em meio ao combate eu procuraria me erguer o mais rápido possível do chão recuperando o meu fôlego em seguida, se eu estivesse no chão e Pilo continuasse o seu ataque, procuraria girar para um dos lados assim que visse o seu pé se mover em minha direção e me levantar o mais rápido possível me colocando em posição de combate e tentando me esquivar das mesmas maneiras que estava a utilizar antes.

Se o combate tivesse seu término, procuraria chegar ao lado de Rannah, estendê-la a mão se ela estivesse deitada, se eu tivesse deitado e ela me oferecesse, aceitaria e levantaria. Ao estar ao lado de Rannah, sorriria para ela e diria. - Bom trabalho. - E me sentaria ao chão, deveria estar exausto ou perto disso, colocaria meus joelhos para frente e meus braços em cima deles. Esperaria um tempo ou até Pilo/Thor nos chamarem e seguiria ao lado deles.


Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ficha na Sign
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Tróia - Parte 1   Tróia - Parte 1 - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Tróia - Parte 1
Voltar ao Topo 
Página 2 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: