One Piece RPG
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Corvus oculum corvi non eruit
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Kallieel Hoje à(s) 12:53 pm

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Muffatu Hoje à(s) 12:52 pm

» [Mini] Am I really need do this?!
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Vismonke Nizako Hoje à(s) 12:44 pm

» Escuridão total sem estrelas
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor DanJo Hoje à(s) 11:49 am

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Greny Hoje à(s) 10:41 am

» Art. 3 - Our memories
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 6:03 am

» Segundo ato: Revelação
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Padre Hoje à(s) 5:45 am

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 3:47 am

» O Sapo Mágico
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 2:45 am

» II - Growing Bonds
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor War Hoje à(s) 1:35 am

» Sádica em construção
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Hanabi Hoje à(s) 1:16 am

» Unidos por um propósito menor
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Oni Ontem à(s) 11:06 pm

» Do ferro ao aço
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Vincent Ontem à(s) 10:54 pm

» [Ficha] Fenrir Seawolf
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 10:14 pm

» Unidos por um propósito maior
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 10:06 pm

» Terminando assuntos inacabados
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Aokine Daiki Ontem à(s) 10:03 pm

» Enuma Elish
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 9:56 pm

» Seasons: Road to New World
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Volker Ontem à(s) 9:46 pm

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Licia Ontem à(s) 9:07 pm

» Una Regazza Chiamata Pericolo
Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 9:00 pm



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Chapter I: Tonight, Tonight

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 56
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptyTer Abr 04, 2017 5:59 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Chapter I: Tonight, Tonight

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Akihiro Yoshida. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Ryoma
Super Nova
Super Nova


Data de inscrição : 04/06/2011

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptyQua Dez 06, 2017 3:10 am



Narração


Mahina e o ruivo deixavam de lado a festa que ocorria no local, partindo para uma mesa onde poderiam conversar de modo mais calmo. Akihiro caminhava ao barman, fazendo seu breve pedido de duas canecas com cerveja. Por alguns segundos o homem apenas continuou com seus afazeres, terminando de limpar algumas canecas sujas e guarda-las de modo rápido. Quando finalmente olhou nos olhos do aspirante a caçador, percebeu que havia ignorado um cliente e resolveu acelerar o processo, entregando duas canecas com cerveja ao homem enquanto dizia. – Pode levar, não cobrarei por conta do meu erro. – Sem mais o que dizer, virou-se para a louça suja e retornou com o trabalho observando pelo canto dos olhos o ruivo sair de onde estava, indo para a mesa junto da mulher. Assim que as bebidas foram entregues à mesa e ambos estavam sentados, finalmente iniciavam a conversa importante que decidiria o futuro de cada um.

A pergunta do ruivo pegou ela de surpresa, ficando algum tempo perdida em pensamentos. Com os olhos vagando de um lado ao outro ela pode somente concentrar-se quando viu a caneca de cerveja, levando sua mão ao encontro dela para saborear um pouco da bebida e proferir. – Ir com você? – Perguntou para si mesma se aquela era a resposta correta, se Akihiro era mesmo o parceiro ideal para viajar pelo mundo e foi assim que conseguiu chegar a uma resposta depois de algum tempo. – Sinto dizer que não poderia fazer isto. – Sorriu, curvando a cabeça levemente para desculpar-se pelas palavras que estava para dizer. – Ainda não me sinto próxima o bastante de ti para segui-lo em uma viagem... Você parece ser uma pessoa boa, mas está longe de ter provado ser alguém que eu gostaria de viajar junto. – Os olhos dela em momento algum encontraram-se com os do boxeador, talvez por vergonha de encara-lo depois de tal resposta.

Sem mais razões para permanecer com Mahina e ficar na ilha, Akihiro seguiu ao clã, onde pegou tudo o que estava daquilo que precisaria em Micqueot. Ninguém realmente poderia ajuda-lo no momento, restando somente o porto como opção de um possível caminho até a nova ilha. Em pouco tempo encontrou diversas embarcações, principalmente um pequeno e simples barco com pinturas azuladas e a bandeira da marinha. Algo estranho em tal ilha, já que a marinha não era muito bem recebida em Malkiham. O caminho do futuro caçador poderia ser aquele, podendo conseguir carona por ter capturado um procurado perigoso que deveria ser entregue à um QG e aquela embarcação poderia leva-lo até onde precisava ir. Poucos marinheiros podiam ser vistos por perto, destacando-se apenas dois deles. Um jovem homem de madeixas escuras e pele extremamente clara, além de sua bela aparência facilmente atraindo olhar de mulheres passando pelo porto. Seu traje era o uniforme de um tenente na qual comprovava sua patente superior aos outros. Junto com tal tenente estava também uma mulher de pele um pouco mais escura, madeixas pretas, trajando roupas que não relembravam soldados, mas sim sargentos. Ambos tinham as maiores patentes dentre os marinheiros, pareciam ser os mais influentes dentre aqueles que estavam próximos do barco e não se moviam do lado da ponte que dava acesso ao convés.



NPC's:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nolan
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Nolan

Créditos : 1
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2016

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptyQui Dez 07, 2017 1:55 am

Akihiro voltava para a mesa com as bebidas e fazia um convite a Mahina. Ele queria que ela começasse a viajar com ele, já que ambos gostariam de ser caçadores de recompensa e ele havia simpatizado com aquela linda garota. Mas parecia que o pedido veio muito cedo e já que ambos não se conheciam muito bem a garota acabou recusando educadamente o convite, ficando até um pouco constrangida com tal ato. O ruivo riu um pouco da reação da garota, já que quando a conheceu ela parecia tão forte e decidida. Ele tocaria fraternalmente na cabeça da garota e falaria:

— Não fique constrangida, olhe para mim por favor. — Moveria gentilmente o queixo da garota para olhá-la nos olhos:

— Não estou triste, você tem toda razão. Você é uma garota forte, vai ter sucesso no ramo. Espero te encontrar outrora e te conhecer o bastante para você poder vir numa viagem comigo. Agora preciso ir. — Tendo sua resposta, o jovem ferreiro vira o resto da cerveja em sua caneca, se levantaria da mesa e seguiria para fora do estabelecimento. Ao chegar na porta, olharia bem para a garota e torceria para encontrá-la outra vez.

Com o assunto resolvido entre ele e a linda caçadora que conheceu nas fontes termais o aspirante a caçador seguiria para a sede do clã anti-bullet tanto para pegar a sua tão duramente conquistada primeira cabeça no ramo dos caçadores, quanto para caçar umas informações sobre como chegar à próxima ilha e dar continuidade a sua jornada. Pegar a cabeça foi até fácil, ela ainda estava conservada no freezer do clã, o que era meio macabro. Ele só não teve tanta sorte com as informações, já que ninguém que estava lá sabia algo para ajudá-lo.

Com nada além de 20.000 berries, suas manoplas e a cabeça de seu primeiro procurado numa sacola, Akihiro segue na direção do porto a procura de algum barco que pudesse levá-lo à próxima ilha. Estava meio preocupado, já que temia não estar apto a trabalhar no convés caso precisasse fazê-lo para pagar sua passagem. Seu ombro era o que mais lhe incomodava, mas ele não queria precisar esperar se curar para partir. Ao chegar no porto, havia um bom número de embarcações arpoadas no pier, mas a que chamou-lhe mais atenção era uma azul e branca que lhe fez abrir um grande sorriso, já que sua presença ali era incomum e feliz às necessidades do ferreiro.

Ele se aproximava do barco da marinha com um largo sorriso no rosto, não acreditando na sorte que tinha. Logo de cara percebia que haviam duas pessoas no meio dos poucos marinheiros presentes que trajavam roupas diferentes dos demais. Não conhecia das patentes e da hierarquia da marinha, mas algo lhe dizia que aqueles seriam os superiores daquela tripulação. Iria na direção deles e quando estivesse perto o suficiente para ser ouvido falaria:

— Saudações marinheiros, poderia deixar esse ruivo caçador de recompensas se aproximar e mostrar-lhes o que ele carrega em sua sacola? — Com a devida permissão, ele andaria para perto dos marinheiros e abriria a sacola. A cabeça conservada do mink preservando tanto seu moicano púrpura quanto seus óculos fora de moda de mesma cor.

— Como vocês podem ver, deu um pouco de trabalho para capturá-lo. — Apontaria para as feridas que carregava. — Vocês poderiam me dar uma carona até Micqueot para poder entregar este pirata? Prometo que os ajudarei com o que der no estado que estou.

Naquele momento Akihiro torcia para que sua sorte não acabasse, já que era ir com os marinheiros ou usar suas últimas economias e talvez a força e resistência que não dispunha para ir de carona em outro barco. Se os marinheiros negassem o apoio ele começaria a sondar os capitães de outros barcos sobre o preço das cabines ou em algum trabalho que poderia fazer para pagar a passagem de ida até Micqueot.



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptyQui Dez 07, 2017 3:30 pm



Narração


Quando tudo foi resolvido e Akihiro resolveu aproximar-se da embarcação dos marinheiros, foi rapidamente impedido por dois soldados. Eles pareciam fazer a guarda do local e não permitiam a aproximação do mesmo de imediato, fazendo sinais aos dois superiores enquanto escutavam as palavras do ruivo. Por alguns segundos eles permaneceram quietos, observando o homem que pedia a autorização para sua aproximação, mas logo se voltavam um ao outro e conversavam entre eles. O tenente foi aquele que primeiro falou e olhou diretamente aos olhos do estranho a sua frente. – Deixem ele passar. – Indiferente quanto ao aspirante a caçador, voltou a falar com sua companheira enquanto escutava o que Akihiro tinha para dizer e mostrar. A cabeça do procurado chamava bastante atenção e resumia muito das razões daquela pessoa, deixando ainda mais fácil para os marinheiros decidirem o que fariam com ele.

Entendo. – Observou mais algum tempo o ruivo, mantendo sempre o olhar indiferente no rosto. – É exatamente por esta razão que estamos aqui. – Marinheiros em uma ilha onde não eram aceitos poderia até parecer estranho, mas a real razão da marinha chegar nesta ilha só poderia ser para recolher procurados e entregar as recompensas aos caçadores. – Não nos resta nenhum dinheiro para recompensas e como você quer carona, podemos lhe pagar assim que estivermos na ilha. – As palavras do jovem eram ditas e sem mais nada para falar com Akihiro, virou-se e caminhou na direção da rampa, subindo até o convés e desaparecendo no meio dos outros marinheiros. Fora da embarcação restava apenas o boxeador e a sargento, que esperava os passos do futuro caçador. – Como vamos viajar por algum tempo, acho que seria bom nos apresentarmos... Chamo-me Jewel, sou a segunda pessoa em comando nesta embarcação. O garoto que estava comigo antes é o capitão deste barco, seu nome é Sven... – Ela sorria e logo voltava a falar. – Mesmo que ele pareça muito jovem para comandar, nunca fale sobre a idade dele... Pode acabar sendo ruim para o seu tempo nesta viagem. – Por fim ela esperava a apresentação do homem e logo o acompanharia ao interior da embarcação.

Chegando ao interior da embarcação, Akihiro foi guiado até uma porta onde seria seu quarto. Jewel abriu-a, revelando um local simples com uma cama, mesa de estudos, cadeira e por fim um simples banheiro. – Pode guardar suas coisas aqui, não perca esta cabeça. Quando chegarmos em Micqueot deverá entrega-la. – Ainda com algo para dizer a marinheira sorriu, observando a situação atual do homem para complementar aquilo que precisava explicar. – Enquanto estiver aqui todos vão ajuda-lo, pode pedir aquilo que precisar, menos armas, pois elas são somente para marinheiros... Temos um médico no barco, pode ir vê-lo caso precise cuidar melhor desses ferimentos ou apenas verificar se está tudo bem. Está livre para fazer aquilo que achar melhor, mas aconselharia descansar algum tempo. Essa viagem vai ser rápida e preciso de você bem para explicar o ocorrido, já que não posso apenas aceitar essa cabeça sem saber como aconteceu. Preciso de uma breve explicação, se possível. – Com isto ela apenas aguardou olhando Akihiro.

Já dentro da embarcação, foi possível sentir que a movimentação no exterior ia aumentando, além da movimentação do barco ser iniciada e a viagem realmente iniciar agora que tudo estava pronto.



0/2


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventura | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nolan
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Nolan

Créditos : 1
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2016

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptyQui Dez 14, 2017 10:39 am

O jovem ferreiro se aproximava dos marinheiros que ele achara ser de maior patente, mas ele foi impedido logo ao chegar perto do barco. Eram guardas comuns e talvez Akihiro não tivesse muitas dificuldades caso quisesse passar a força apenas por diversão, mas claro que aquilo não era o certo a fazer naquela situação e também ele não achava realmente que os marinheiros levassem aquilo na brincadeira, então ele apenas mostrou-lhes a cabeça do procurado pedindo para se aproximar e um dos que ele achava que estava no comando permite sua passagem. “Minha suposição estava correta” pensava enquanto o garoto na sua frente explicava os motivos de haver um barco da marinha naquela ilha. Mesmo sendo jovem ele parecia muito forte, aquele cara Akihiro nunca desrespeitaria.

Antes que Akihiro pudesse perguntar o nome do marinheiro ele lhe dava as costas e subia no convés, se misturando à pequena aglomeração de marinheiros que andavam de um lado ao outro em suas tarefas, sumindo da visão do ruivo, sobrando apenas ele e a jovem garota que estava a conversar com o comandante antes de sua chegada. Ela se prontificou a amigavelmente dizer tanto seu nome quanto o nome do comandante daquela embarcação. Sven e Jewel, jovem comandante e linda mulher, Akihiro torcia para conhecer-lhes melhor.

— Não me importo com a idade mocinha, meu nome é Akihiro Yoshida, o ruivo mais bonito dessa ilha, talvez o único, o que me ajuda muito nessa questão, mas não deixe que os outros saibam disso. — O ruivo retardado ria da própria piada merda que soltara, não acreditando em ter falado, ainda mais pra uma pessoa que acabou de conhecer.

Já dentro do barco, Jewel lhe mostrava onde seria seu quarto. Era simples, mas aconchegante. Tudo o que o ferreiro precisava depois dos dias cansativos que ele teve após o início de sua aventura. Logo ele escutava algumas instruções da garota que parecia achar algo nele engraçado, já que o olhava com um sorrisinho de canto da boca que o deixava um pouco irritado. A vontade que lhe dava era a de dar uns cascudos naquela marinheira.

Mas no final ela pensava no bem dele, falando-o para ir ao médico do barco e mandando-o descansar, já que ela queria saber a história daquela cabeça. Ele batia continência em forma de chacota e respondia:

— Sim senhora! Fui em minha primeira missão de captura acompanhado do clã anti-bullet e enfrentamos três piratas que mais pareciam meu jantar, só que putos e com vontade de nos partir ao meio. Pelo que vi só eu me fodi a ponto de precisar ir ao médico, mas parece que peguei o líder deles. — E se virava rapidamente para tirar as manoplas das mãos, guardando-as em cima da cama e deixando a sacola com a cabeça do porco na mesinha de estudos.

— Bem, adoraria que uma jovem e linda garota que está na minha frente me mostrasse onde o médico se encontra, já que é a minha primeira vez num barco da marinha. E se não fosse pedir muito, gostaria que ficasse lá, aí eu diria tanto para você quanto para o médico como consegui estes ferimentos.  — Na verdade era a primeira vez do ruivo em um barco na sua vida. Ele torcia para que ela aceitasse para não ter que tatear às cegas no barco perguntando de marinheiro para marinheiro onde encontrava o médico (ele realmente faria isso caso Jewel se negasse a ajudá-lo). Ao encontrar o médico, Akihiro começaria seu relato desde o início de sua aventura, até a chegada no clã anti-bullet e a luta que teve com o porcaralho que usava uma corrente com um gancho.

O ruivo, preocupado com a situação de seu braço perguntaria ao médico como estava o estado de seu ombro e quanto ele poderia usá-lo bem. Tentaria seguir todas as instruções dadas pelo médico e seria naturalmente amigável, já que se sentia confortável naquele lugar entre os marinheiros. Perguntaria se poderia tomar banho mesmo com as bandagens ou se ganharia uma cicatriz pela luta em seu primeiro trabalho.

Na volta, pediria mais uma vez pra Jewel acompanhá-lo, já que ele era um retardado e ele podia realmente se perder do que por outro motivo. Na sua defesa, digo que as cabines eram por demais iguais para alguém saber qual era a dele andando apenas uma vez pelo barco. Um outro motivo era porque ele tinha curtido a companhia da garota. Ela era bem atenciosa e foi gentil com ele. Se ela não pudesse acompanhá-lo ele iria de cabine em cabine na esperança de ver a cabeça decepada de um humanoide porco na mesa de estudos, mas se ela fosse ele tentaria uma conversa boba com ela. Como ela entrou na marinha, pelo que ela luta, coisas assim.

Então ao chegar na cabine, o ruivo agradeceria à garota a atenção que ela deu para ele e a educação que teve com um desconhecido que chegou para uma carona no barco da marinha (mesmo que o desconhecido fosse um aspirante a caçador de recompensas) e se despediria para ter um tempo de descanso. Já dentro do quarto, Akihiro afastaria as manoplas de cima da cama e deitaria para descansar um pouco. As aventuras que ele teve em um dia valeram mais do que as que teve em toda a sua vida e sua jornada estava só começando.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Nolan em Sex Dez 15, 2017 2:36 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptySex Dez 15, 2017 2:24 pm



Narração


Piadas e explicações surgiam durante a conversa deles, demorando alguns minutos até que uma parte da história fosse contada e desse espaço para Jewel imaginar  o que tinha ocorrido. – Ahumm... Consigo entendê-lo, minha primeira vez em um barco foi exatamente assim. – Sorriu sem mais esconder isto, virando o rosto para observar os corredores de madeira por onde teriam de caminhar até a sala do médico. – Já que é seu pedido, serei eu mesma que cuidarei de ti durante a nossa curta viagem. – Assim que terminou de falar, olhou novamente para o ruivo e percebeu a vontade do mesmo de sair daquele quarto. As razões de permanecer por lá não existiam, levando a dupla ao corredor solitário onde diversas portas se encontravam, algumas com placas de identificação e outras não. O mais importante estava no fim de tudo, na ultima porta que poderiam encontrar por lá, exatamente naquele local era onde encontrariam o médico da embarcação. – Estamos aqui. – Anunciou enquanto abria lentamente a porta, revelando um pequeno e limpo consultório médico.

O homem que os esperava no interior daquela sala era velho, com quase todo o seu cabelo branco, uma grande barba da mesma cor e olhos azuis. O porte físico do mesmo parecia longe de ser bom, talvez pela idade ou mesmo pela falta de cuidado ele se tornou apenas um velho médico. – Oh, Jewel... Que bom te ver, o que procura por aqui? – A voz rouca do homem surgia, questionando a visita daquelas duas pessoas em sua sala. – Relaxa um pouco Doc. – Novamente ela sorria, aproximando-se do velho e batendo algumas vezes no ombro direito dele. – Estou aqui para acompanhar o nosso convidado, Akihiro Yoshida. –  Com um breve sinal na direção do ruivo ela indicava sobre quem estava falando e isto terminava com as duvidas do doutor. – Certo, entendo. Venha rapaz, vou dar uma olhada nesse seu probleminha ai. – Em apenas uma olhada no ruivo ele já conseguia identificar o problema e não precisou de muito para realmente entender aquilo, tocando onde estava ferido, examinando cuidadosamente antes de dar uma resposta concreta sobre o ferimento enquanto escutava toda a explicação de Akihiro.

Jewel permaneceu próxima do ruivo, escutando cada uma das palavras dele sem dizer nada, pois queria uma explicação séria e direta durante o tratamento. Quando ele realmente terminou de dizer tudo aquilo que precisava sobre o confronto contra aquele procurado, os ferimentos e sua viagem até a próxima ilha, Jewel olhou mais uma vez o médico e questionou sobre a condição do homem, fazendo assim o velho explicar qual era o problema ali. – Seu ombro esquerdo ainda não está bem, precisa de mais algum tempo de descanso. Até o fim desta viagem ele já deve estar melhor, mas precisa se manter tranquilo, sem fazer movimentos exagerados. – Ao terminar tal explicação, deixou que Akihiro e Jewel saíssem de sua sala sem mais necessidade de permanecer por lá.

A sargento levava Akihiro de volta para seu quarto, guiando o homem perdido em uma embarcação desconhecida. As questões novamente surgiam durante o caminho e como a  garota era realmente educada, respondia sem problemas o que lhe era perguntado. – Sou de uma família de marinheiros, todas as gerações até agora entraram na marinha e eu não podia desapontar meus pais... Eu até gostei da ideia, pois vai com as minhas aspirações de proteger os mais fracos e prender os malfeitores... – O sorriso de sempre já não estava lá, mas ela ainda continuava a falar. – Admito que não era a única opção, só que a outra seria me casar com alguém que não seria de minha escolha. Então corri de imediato para ingressar na marinha, treinando e me tornando independente... Até hoje me tratam como privilegiada por conta dos meus pais, mas nunca precisei da ajuda deles para chegar até aqui... Ou é isto que eu penso e ainda não sei que eles já me ajudaram a subir na hierarquia. – A conversa tinha sido mais longa do que o esperado, demorando um pouco para chegarem até o quarto do ruivo. Jewel finalmente sorria enquanto deixava seu convidado para descansar, encostando a porta ao acenar em despedida. – Estarei no convés, me chame se necessário. – Finalizou e sumiu da visão do homem, deixando ele para descansar enquanto a viagem seguia.


1/2


2 posts pra curar esse ferimento ai

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventura | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nolan
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Nolan

Créditos : 1
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2016

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptySab Dez 23, 2017 10:19 pm

A marinheira mais uma vez ajudava o jovem ferreiro, desta vez mostrara o caminho pelo barco até o médico e ambos estavam se dando muito bem. Aos olhos dele ela era uma garota legal e divertida, o que o fazia fixar uma nota mental que dizia: “fique perto dela o máximo que puder, ela será uma boa amiga”. Ela levou-o ao doutor que checou todos os ferimentos que ele havia adquirido e lhe disse que ao fim da viagem já estaria bom caso ele não fizesse nenhuma idiotice. Akihiro aproveitou o tempo do check-up e do tratamento para explicar à Jewel como conseguiu os ferimentos e como tomou a cabeça do pirata, tudo do melhor jeito possível para que a garota entendesse o ocorrido e seus motivos, querendo ou não, com certeza a qualidade da viagem e a amizade com todos dependia dessa explicação.

Terminado tudo a garota levou-o de volta ao quarto e quando perguntada explicou sua história e seus motivos de estar na marinha, o jovem ao seu lado escutou tudo atentamente, pois tinha a impressão que aquilo era sério e a garota não conversava sobre aquilo para muitas pessoas. Quando ela terminou de falar ele decidiu que não deveria ficar calado:

— Deixe que falem, o importante é nunca se omitir ou desistir. Você é capaz e por isso está aqui, então deixe de pensamentos desnecessários okay? Ponha um sorriso nesse rosto, você é muito mais bonita com ele. — E sorria aquele sorriso pretensioso que ele tinha.

Jewel se retira do aposento temporário do ruivo, não antes de dizer-lhe que estaria no convés caso precisasse de algo. Ele agradeceria o ótimo tratamento da garota e se dedicaria um pouco ao seu descanso. Deitado em sua cama ele percebera que havia escutado tanto da garota, mas não falara nada de sua vida. Aquilo era injusto e ele fazia questão de conversar com ela outrora, esse obviamente não era o único motivo. Ele achou a presença da garota no mínimo agradável. Ela era bem humorada como ele, além de ser linda (mas isso não importava tanto). Então assim que ele descansou um pouco na cama ele saiu do quarto para procurá-la.

Manopla equipada e segurando a sacola com a cabeça do mink Akihiro subiria ao convés e procuraria Jewel. Caso encontrasse Sven antes ou depois de encontrar a garota, ele o comprimentaria formalmente, mesmo novo aquele garoto exalava força e com certeza não era alguém que ele gostaria de desagradar. Ao encontra-la ele abriria um grande sorriso.

— Aí está você, fiquei preocupado de não conseguir te achar tão pequenina entre todos esses marinheiros. — Antes que ela respondesse algo ele diria:

— Brincadeira, brincadeira. Eu estava precisando me deitar um pouco mesmo, meu primeiro dia nesta profissão nova foi mais agitado do que toda a minha vida como ferreiro.

Então com este gancho o ruivo começa a conversar sobre sua origem e sobre seu trabalho de vida toda como ferreiro ao lado dos seus pais falecidos e explicava que novas aventuras o motivaram a sair da sua ilha e rumar para a grand line. Ademais, ele aproveitaria o resto da viagem contando suas experiências de vida e escutando as dela caso quisesse dividir ainda mais.

Chegando na ilha ele perguntaria se tinha algo que ele podia ajudar no barco e se ela negasse o ruivo perguntaria se ela poderia ir com ele para o QG e mostrar a ilha no geral, já que era um lugar completamente novo para o ferreiro que mal saíra de casa toda a sua vida.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptySeg Dez 25, 2017 3:02 pm



Narração


As palavras do ruivo eram agradáveis de ouvir, deixando a garota feliz por ter ao menos uma pessoa para dizer aquilo a ela. Por conta do momento ela apenas sorriu e deixou o homem ir descansar, pois logo chegariam à ilha para tratar dos assuntos daquela recompensa. Talvez ele tivesse perdido a noção do tempo ou apenas quis realmente descansar, já que havia passado muito tempo naquele quarto. Mesmo demorando a sair do quarto, ninguém realmente se importou de ir até lá e ver como ele estava. Quando Akihiro realmente decidiu sair de onde estava, preparou-se com todos os pertences e foi atrás de encontrar Jewel antes de finalmente chegarem à ilha, pois com apenas um olhar ao chegar ao convés pode perceber que estavam próximos de Micqueot.

No meio de tantos marinheiros no barco, foi um pouco complicado ver a sargento de imediato, mas com algum tempo de procura ele pode encontrar e se aproximar já pronto para desembarcar com todas aquelas coisas no corpo. Jewel estava em um canto isolado, sentada na lateral da embarcação enquanto observava a vista da ilha. Todos os soldados andando impediam o ruivo de vê-la, mas assim que conseguiu alcançar ela, viu de imediato um sorriso brotar no rosto da mesma. Naquele momento ela parecia aproveitar o momento sozinha, mesmo que não fosse por sua própria escolha e agora que finalmente alguém chegava para interagir com ela, sentiu-se feliz e animada. A brincadeira não a incomodou de maneira alguma, deixando-a até mesmo encantada por ter ao menos uma pessoa viva naquele barco, pois todos os soldados pareciam apenas andar e seguir as ordens do tenente. – Sem problemas, fico feliz de conseguir conversar com alguém... Todos os marinheiros aqui tem medo de interagir abertamente com os superiores, acho que dá para imaginar qual a razão. – A voz da jovem saia baixa, procurando não chamar a atenção dos outros enquanto conversava com o ruivo.

Por um longo tempo eles conversavam, conhecendo um ao outro melhor do que antes, além de conseguirem ver que logo iriam chegar à ilha. – Estamos chegando, podemos continuar mais tarde a conversa... Me espere por aqui, vou avisar o Sven e já volto para ir ao QG. – Sorriu e deixou Akihiro para trás, seguindo ao encontro do tenente que a esperava em algum lugar. A espera não foi tão longa, pois o barco já estava prestes a ancorar no porto da ilha. O clima local era bem frio e todos por lá se vestiam com roupas para o inverno. Jewel retornou com uma mochila nas costas, carregando seus pertences para ir de imediato ao quartel general da marinha. – Nós vamos na frente, pois só preciso resolver a questão da sua recompensa, todo o resto vai ser apenas registrado nos documentos. – Ela não falou por muito tempo, terminando de dizer aquilo que precisava enquanto caminhava para a rampa que os levaria à terra firme, onde não havia muitos civis naquele horário. – Me acompanhe. – Em passos longos e rápidos Jewel avançou, tomando distância do ruivo que tentava seguir na mesma velocidade que a garota, só que não parecia possível.

O belo QG da marinha podia ser visto de longe, algo tão marcante na ilha quanto a Adega One, que era protegida pelo tal QG. – Está cedo, vou conseguir falar com o capitão de imediato. – A velocidade de Jewel era tanta, que rapidamente chegavam ao objetivo, mesmo que Akihiro estivesse um pouco acabado por tentar acompanhar a garota. – Me dê essa cabeça, vou pegar sua recompensa. – Sendo entregue ou não, ela pegaria do ruivo e saia correndo para o interior da base, sendo seguida por algum tempo, mas deixando Akihiro para trás. Foi uma espera ainda menor que a da embarcação. A sargento retornou com a cabeça e nenhum dinheiro, mostrando não ter conseguido a recompensa. – Você já é um caçador ou vai ser um? – A pergunta surgia pois anteriormente ele havia dito ser um caçador de recompensas, mas ao entregar tal recompensa ninguém com este nome parecia existir entre os caçadores registrados. – Acho que vamos precisar falar com o capitão sobre isto, ai podemos te registrar e entregar a recompensa. – Finalizou aguardando o ruivo a acompanhar para o tal registro.



2/2


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventura | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nolan
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Nolan

Créditos : 1
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2016

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptySeg Dez 25, 2017 10:54 pm

Talvez tenha descansado por tempo de mais, Akihiro estava tão cansado que bem que isso podia ser verdade. Mas ele achou incrível ver aquele brotinho indistinguível se tornar a grande ilha que conheceria. Devia estar com a mais boba das caras, mas não ligava tanto, ele sabia que era um matutão que mal saia de sua casa em Malkiham, mas esse era o jeito dele, aproveitar ao máximo possível as suas novas experiências.

Quando encontrou Jewel, ela parecia aproveitar a mesma vista, só que para ser sincero, de uma forma bem mais elegante do que aquele ferreiro bobão. Infelizmente (ou felizmente) sozinha e não na companhia daquele tenente amedrontador do Sven. Mas ela parecia solitária, dentro de uma bolha que a separava daquele mar de pessoas mecanicamente programadas para o trabalho braçal que a rodeavam.

Mesmo pensando que não a conhecia tempo o suficiente para tratá-la tão cordialmente, ele tratou-a mesmo assim e a recepção desse ato foi melhor do que esperava. Jewel sentia falta de alguém falar com ela daquela maneira, já que a interação com os robôs de branco e azul não pareciam satisfazê-la já que o zelo deles com pessoas acima na hierarquia os impediam de falar cordialmente com ela. Quando ela falou que os soldados tinham medo de interagir Akihiro segurou um risinho de brincadeira e falou:

— Medo? Uma flor não devia inspirar medo nas pessoas, no mínimo respeito. Enquanto estiver por aqui vou te tratar como minha irmã mais nova, então aguente sargento. — E soltava uma estrondosa gargalhada, parando apenas para bater uma continência meio atrapalhava e voltando a rir, jogando para o caralho a discrição que o tom baixo da garota sugeria para a conversa. Mas mesmo assim ele esperava não ter ido longe demais.

Ela deixou-o para avisar ao seu amedrontador e jovem superior. Enquanto isso ele aproveitava a vista, a primeira ilha que ele iria conhecer, o cheiro do mar, o barulho de todos no trabalho, ordens sendo gritadas e o prelúdio de uma nova etapa da sua aventura. Tudo aquilo ele aproveitava com os olhos fechados, sentindo o momento como dizia seu pai. Quando Jewel voltou, estava toda embrulhada em roupas quentes pronta para partir com a permissão do tenente Sven. Isso o deixava inquieto, ele nunca sentiu muito frio, mas se sentia meio deslocado no meio de todas as pessoas com aquelas roupas grossas.

Com o aviso da necessidade de resolver as coisas no QG, Jewel pediu para que o ruivo a acompanhasse, o que ele achava ser bem fácil, já que ele achava que aquelas perninhas não conseguiriam abrir tanta vantagem dele. Mas nem tudo é o que parece fora do mundinho da forja. Quando chegaram na frente do QG Akihiro arfava de cansaço, olhando para a garota com nada menos do que admiração. Quando ela pediu a cabeça do procurado ele conseguiu apenas balbuciar umas palavras, mas estendeu a sacola para a garota pegar.

Não demorou muito para ela voltar, o ruivo já achava que era um caçador de recompensa, por isso dizia que era um, mas nunca soube de um registro e essa surpresa devia estar estampada em sua cara:

— Eu não sabia que existia um registro, pensei que era apenas ir atrás dos procurados com cartaz e trazer para um QG. Por favor, como posso fazer para me registrar?

Então seguiria ao máximo os dizeres e ordens da garota. Era um mundo novo e ela era a guia. Ao encontrar com o capitão o ruivo se apresentaria:
— Bom dia senhor, meu nome é Akihiro. Eu cacei e abati o procurado que me fez pegar a carona num de seus barcos, mas eu não sabia que os caçadores de recompensa tinham algum registro para se identificar, sempre pensei que era só caçar e levar a cabeça, perdoe minha ignorância e me ajuda nessa por favor. Tenho os caçadores do clã anti-bullet como testemunhas se é que precisa disso.

O ruivo estava sério e aquilo significava muito para ele. Suas mãos suavam de nervosismo, tudo isso por causa da sua falta de conhecimento. Ele sabia que aquela não seria a primeira nem única vez a se ferrar por não conhecer tão bem o mundo, mas a vida estava ai para ser vivida e as experiências ruins e tensas estavam aí para isso.

Talvez ele estivesse fazendo uma tempestade num copo d’água e como não conhecia os protocolos, não sabia se cometera um erro grave. Com uma noticia boa que se resumia em ser aceito como caçador ou uma notícia ruim que seria não acreditarem em suas palavras Akihiro tentaria falar com Jewel, já que estava ali, gostaria de conhecer o lugar:

— Jewel, teria tempo para me mostrar a ilha. É a minha primeira vez em uma ilha vizinha à minha. Eu ficaria muito agradecido e me sentiria com sorte se fosse você a me mostrar. Preciso pelo menos de um lugar pra ficar enquanto estiver por aqui. — E daria o melhor e mais pidão dos seus sorrisos, a companhia da nova amiga era ótima e ele prestaria o máximo de atenção em tudo o que ela falar, os detalhes importavam e ele se apegaria a eles como a liga que segura os lingotes de metal na forja. Era uma cidade nova e aquilo poderia significar a vida fácil ou um tempo de dificuldades no seu novo e temporário lugar.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptyTer Dez 26, 2017 10:32 pm



Narração


A falta de conhecimento não era exatamente um problema naquela situação, pois nem todos se importavam com ser registrado como um caçador ou não, já que a recompensa de um civil capturando algum procurado era exatamente a mesma. O maior problema de não estar no registro da marinha seria a falta de informações sobre a quantidade de recompensa acumulada, pois era isto que registrava a evolução da carreira de um caçador. – A maioria não sabe, já que é apenas a força da marinha saber o quão bom para nós você é. – Comentou enquanto caminhava ao lado do ruivo, levando ele até a sala do capitão. – É uma força simples de registrar a recompensa que você recebe também, assim podemos criar um rank entre os caçadores vendo a quantidade de recompensa conseguida até o momento. – No exato momento em que ela terminou de falar, ambos encontravam-se na frente da porta do tal capitão. Jewel bateu duas vezes e imediatamente recebeu a autorização para entrar, abrindo lentamente o acesso deles aquela sala, deixando que Akihiro também fosse com ela.

Stuart, como era chamado o capitão, estava sentado em sua cadeira atrás de uma mesa de madeira cheia com papeis espalhados por cima. – Capitão. – Jewel prestou o devido respeito ao homem e logo continuou quando viu que ele agora prestava atenção neles. – Estou aqui para tratar dos assunto desta pessoa. – Mostrava Akihiro e também a cabeça que segurava. – Ele pode te explicar o motivo. – Com isto ela deixou o ruivo falar aquilo que precisava, explicando os ocorridos até então enquanto deixava clara sua intenção de se tornar um caçador de recompensas. Levou algum tempo até tudo ser explicado, além de Stuart deixar o silêncio no ar por alguns minutos enquanto parecia pensar, estava observando calmamente Akihiro e analisando o quão serio ele estava naquele momento.

Somente quando o capitão levantou-se de sua cadeira que todos perceberam o quão quieto estava. – Sem problemas, pode ir lá registrar e pegar a recompensa. Dê isto a eles. – Stuart jogou um pedaço de ferro para Jewel, deixando que eles saíssem da sala sem grandes problemas. Akihiro teve que aguardar por um bom tempo até a garota resolver todos os problemas e então voltar para ele, entregando um envelope com exatos 2.700.000 berries. – Este é seu pagamento... E quando precisar entregar a recompensa novamente é só falar o seu nome e estará tudo certo, sem problemas para conseguir o dinheiro. – Por fim o pedido do ruivo surgia, pedindo uma ajuda no conhecimento da cidade, já que agora naquele lugar ele era apenas um estranho sem qualquer ideia de onde estava.

Posso ajuda-lo até certo ponto, mas agora é minha hora de descansar. Te levarei até chegarmos em minha casa, depois de lá é sua vez de explorar. – A primeira parada da dupla foi exatamente na Adega One, o lugar mais conhecido da cidade. – Esta é a Adega One, provavelmente já ouviu falar dela em algum lugar já que este é o exato local onde todos os visitantes passam... O melhor vinho do mundo, como algumas pessoas dizem. – Mais algum tempo de caminhada e encontravam o Banco Mundial, um lugar sem necessidade de explicações, assim como a estação de zepelins a jato. Havia varias tavernas onde o caçador poderia ficar, além de diversas lojas para se comprar tudo o que precisava. Micqueot é uma ilha completa onde se viver é muito fácil e normalmente seguro. – Estamos chegando na minha casa... – Jewel tinha intenção de encerrar a ajuda naquele momento, porém algo chamava a atenção dela e como se fosse normal, pediu silêncio da parte de Akihiro. – Venha. – Parecendo comandar o caçador, ela seguiu em uma pequena abertura entre duas casa e atravessou para outra rua que parecia ter algum problema. Passando rapidamente pela dupla estavam cinco estranhos encapuzados, todos correndo e pulando sobre os obstáculos na rua até conseguirem alcançar os telhados. Seguir tais fugitivos não parecia muito simples e Jewel deixou de lado por hora, indo calmamente até uma loja destruída nas proximidades. – Acho que não vou descansar hoje... – A sargento começava novamente a trabalhar, iniciando com as perguntas para todas as pessoas na loja antes de partir para a investigação.



Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventura | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nolan
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Nolan

Créditos : 1
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2016

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptySex Dez 29, 2017 8:42 pm

Jewel acabou explicando que não tinha nada demais não saber sobre o registro e que muitos caçadores nem se importavam tanto, já que alguém não reconhecido ganharia a mesma recompensa que um caçador conhecido pela marinha. Com isso o ruivo acabou ficando mais calmo, já que pensava que o fato dele não ter explicado bem a sua situação traria problemas para sua estadia e para trabalhos futuros. Mas tudo foi resolvido e com a ajuda da sua nova amiga Akihiro recebeu sua primeira recompensa. Quando ele guardou seus exatos 2.700.000 berries a sensação era de por o mundo no bolso. Seu primeiro pagamento conquistado pelas suas próprias mãos ao matar um procurado. Com certeza era diferente de ganhar a vida na forja e ele gostou disso.

Além do mais, nessa nova vida ele já havia conhecido uns figurões. Sven e o Stuart estavam ai para fazê-lo lembrar que não era forte o suficiente. Ele podia não ter visto os dois lutarem, mas sua intuição dizia que caso eles lutassem, ele devia se certificar de estar ao lado deles.

Com tudo resolvido, Akihiro perguntou à marinheira se ela podia ser sua guia na ilha e ela aceitou mesmo sendo seu dia de folga, o que deixou-o muito feliz, mesmo que fosse apenas até chegar na casa da garota. Eles passaram pela Adega One, pelo Banco Mundial e pela Estação de Zepelins da ilha, além de várias tavernas que poderiam abriga-lo em sua estadia na ilha. Quando Jewel anunciava que sua casa estava próxima a atmosfera muda e o ferreiro percebe que tem algo de errado. Um simples “Venha” dela deixou-o totalmente alerta, tentando acompanhá-la o mais próximo possível.

Enquanto se dirigiam para o local onde ocorreu a confusão 5 encapuzados acabaram passando entre eles e isso obviamente era suspeito, mas como se moviam muito rápido, talvez não fosse possível alcançá-los. Akihiro sabia que não chegaria neles, então seria a Jewel contra cinco e isso era completamente inviável. Já que não daria pra perseguir, a marinheira que já balbuciava que não teria descanso segue para começar as perguntas às pessoas que estavam no local o que aconteceu, mas antes dela começar as perguntas:

— Jewel, estarei aqui pro que você precisar. Você me ajudou tanto e teve tanta paciência. Só me diga o que tenho que fazer.

A partir daí ele seguiria os mandos dela. Qualquer coisa que ela precisasse para facilitar aquela investigação. Tudo na medida do possível claro, já que ele era bem limitado em relação a esse assunto. A seu mando, tentaria interrogar e pegar o máximo de informações possíveis e no fim passaria para ela com todos os detalhes que conseguisse lembrar. Tendo acabado essa etapa ele viraria para ela e mais uma vez perguntaria:

— E agora, o que faremos?


Era a primeira vez do ruivo em uma situação daquelas, ele não sabia mais o que fazer. Não era bom rastreio, então seguiria a garota a qualquer lugar que fosse, sempre tentando olhar ao redor para não ser pego desprevenido por alguém. Aquela seria uma grande oportunidade para ver a Jewel em uma luta e ele estava curioso sobre isso.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 EmptySab Dez 30, 2017 11:55 pm



Narração


A sargento parecia ocupada o bastante para nem mesmo prestar atenção no ruivo, deixando ele de lado enquanto observava a situação, conversando com todas as pessoas no local que poderiam ter alguma informação sobre os fugitivos. – Você não está acostumado com investigações de marinheiros, apenas procure algo suspeito dentro e nas proximidades desse lugar. – Jewel estava extremamente séria, apontando para onde o caçador deveria ir. Akihiro não teve muita opção, seguindo as ordens da mulher, caminhando para dentro da loja e com olhos atentos olhou cada canto do estabelecimento, visando encontrar algum rastro deixado pelos criminosos. Por não saber exatamente o que procurava, ele ficou um tanto perdido entre tantas coisas jogadas pelo chão e mal pode decidir o que era estranho e aquilo que realmente não era acabando por deixar tudo no lugar. A loja onde o homem estava podia ser facilmente identificava como uma joalheria, com vários vidros quebrados e pedaços de joias espalhadas pelo chão. Foi somente do lado de fora, andando ao lado da joalheria que ele conseguiu encontrar algo de diferente, uma foto extremamente nova com alta qualidade jogada sobre o lixo.

Passando por um lugar tão sujo e encontrar algo limpo era estranho, fazendo o ruivo pegar tal imagem e levar diretamente à Jewel. A foto aparentava ser de uma garota, mas também poderia ser confundida com um garoto com traços femininos. No momento era complicado saber quem era e com a ajuda da sargento poderia ficar um tanto mais fácil. – Oh, encontrou algo importante... Mas eu não a conheço... Algum de vocês sabe quem é? – Com a foto em mãos, mostrou à todas as testemunhas e aguardou alguém se pronunciar. Foi em pouco tempo que a dona da loja levantou sua mão, se aproximando da marinheira para responder a pergunta. – Ela parece com a minha filha, espere um minuto. – Rapidamente ela entrou na loja, gritando algo estranho enquanto parecia procurar pela tal filha. Pouco tempo depois a dona retornou com uma garota ao seu lado, empurrando ela para perto da sargento. – Ai esta ela.. Essa foto é sua Mizaki? – Foi preciso um tempo para a foto ser observada, mas a garota que realmente se parecia com quem estava na foto não soube responder exatamente. – Sou eu na foto, mas ela não é minha... Não conheço ninguém que poderia ter tirado ela enquanto não via. – A garota não parecia mentir, estando com suas roupas da escola enquanto na foto parecia ter uma blusa cobrindo tais roupas.

Jewel entendia a situação e parava para pensar um pouco mais, olhando calmamente a foto enquanto mostrava um semblante pensativo ao ver a garota. – Algo foi roubado? – A pergunta foi respondida negativamente, já que tudo parecia estar quebrado e não desaparecido. – Então eles estavam aqui pela garota, não pelas joias. – A razão dessa situação ainda parecia desconhecida, mas eles precisavam proteger ela por hora. Jewel pegava de seu bolso um baby den den mushi, ligando para Sven, que rapidamente respondia a chamada. – Sven, acabei encontrando uma situação complicada no caminho de casa e estarei trabalhando em uma missão, poderia avisar o capitão sobre a situação e enviar alguns marinheiros junto com o Momo? – Era realmente uma pergunta e o tenente levou desta maneira, aceitando os pedidos da marinheira e logo desligando a chamada para efetuar tais ações.

Mizaki parecia um pouco confusa sobre a situação, mas mesmo assim seguia as ordens de Jewel, aguardando os reforços para ter alguma proteção contra os criminosos. – É complicado encontrar alguém sem muitas informações, só que eu tenho o Momo e ele vai conseguir achar os fugitivos com essa foto. – Momo não era o nome de uma pessoa e logo foi provado, pois um cachorro surgia junto com dez soldados atrás de Akihiro, prestando o devido respeito à sua superior enquanto o cão saltava sobre ela. Um cão preto com alguns detalhes em um laranja brilhante. – Certo... Vocês cinco, acompanhem ela ao QG. – indicou cinco marinheiros e deixou eles levarem Mizaki. – Nós vamos encontrar os fugitivos e capturar eles. – Com a foto em mãos e Momo guiando o caminho com base no cheiro de quem poderia ter deixado a foto cair, começando uma longa caminhada pela cidade.



Imagens:
 
Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Aventura | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter I: Tonight, Tonight   Chapter I: Tonight, Tonight - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Chapter I: Tonight, Tonight
Voltar ao Topo 
Página 4 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Malkiham Island-
Ir para: