One Piece RPG
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P] Nash
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor TsubasaNash Hoje à(s) 13:40

» ~ RESET ~
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Jin Hoje à(s) 13:35

» [Kit - Garou]
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Ainz Hoje à(s) 12:06

» V - Into The Void
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 11:03

» Mini - DanJo
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor DanJo Hoje à(s) 02:51

» Crisbella Rhode
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Ventus Hoje à(s) 02:48

» A Aparição de Mais Um Meio a Tantos
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Wave Hoje à(s) 00:53

» O vagabundo e o aleijado
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Ghastz Hoje à(s) 00:40

» Mini Aventura - Agyo Shitenno
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:16

» O Legado Bitencourt Act I
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Faktor Ontem à(s) 22:16

» Apenas UMA Aventura
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Van Ontem à(s) 17:49

» Bellamy Navarro
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Greny Ontem à(s) 12:43

» Unbreakable
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor Ainz Ontem à(s) 11:55

» (Mini) Gyatho
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 01:02

» (MEP) Gyatho
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:55

» [MINI-Tenzin]Here we go again
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:53

» [M.E.P]Tenzin
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:43

» [Extra] — Elicia's Diary
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 00:27

» M.E.P DanJo
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:27

» Mini Aventura - No Mercy
Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 00:20



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG

Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


Compartilhe
 

 Chapter Zero - The Path of Order

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas


Data de inscrição : 04/02/2013

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptySex 26 Maio 2017, 17:27

Desculpas


Era incrível, no sentido negativo da palavra, como todos os dias na marinha eram cansativos. No meu primeiro dia eu havia feito inúmeros treinos forçados e quase fui feito de escravo, embora o fato de eu ser soldado naquele dia tenha dado a oportunidade dos superiores abusarem do meu trabalho; e no meu segundo dia, vulgo hoje, eu havia pego chuva, logo de cara havia recebido uma missão do chefe do QG e tive que organizar um bando de novatos... E se não bastasse, minha cabeça estava raciocinando mais do que o normal. Não, eu não quero dizer que queria ser burro, mas tem horas mais apropriadas para ficar pensando no raio que o parta.

Com meus neurônios acalmados, eu percebia que a missão havia feito eu suar e feder pra caralho um bocado, e o que se faz quando se esta catingando, amiguinhos? Exato, você ignora e passa perfum... Não, não, não! Você toma um banho! Onde já se viu, sair por ai todo suado, sujo e com cheiro de rosas. Deve dar um contraste do caralho. Bom, VOLTANDO, eu fui para o vestiário tomar UM BANHO, não passar perfume, e logo me despi e fui para a cabine. Isso mesmo, CABINE! O fato de aquele QG ter cabine já demonstrava que ele era superior ao de Wars, mesmo Wars tendo tenente e Shells não. Por esses e outros motivos que eu acho que esse pessoal de patente alta se afasta cada vez mais do povão das patentes baixas. A água escorrendo pelo meu corpo dava uma sensação de tranquilidade e, obviamente, limpeza. Era estranho como antges eu estava pensando de mais, e uma vez que entrara no banho meus pensamentos haviam sumido, quando normalmente se ocorre o contrario. Eu aproveitava o banho, quando percebi que alguem entrava: Rin. Quer dizer, não novato das orelhas bugadas, e sim a garota que conheci em Wars - Você só pode estar brincando… - Eu sabia que ela tambem estava em Shells, mas não esperava ver ela tão cedo, vulgo no mesmo dia. Parecia que havia sido uma surpresa tanto para mim quanto para ela que NOVAMENTE nos encontrávamos no vestiário, e ela foi logo para uma cas cabines.

Não tardou muito e Rin entrou também, dessa vez o soldado do sexo masculino, e como eu não queria ficar naquele silencio gélido, falei com Rin macho, acho que vou voltar a chamar ele de Ores para evitar confusão, como se Rin femea não estivesse lá também - Decidiu seguir meu conselho e limpar a bunda? - Seria bem constrangedor se ele não respondesse, mas felizmente ele teve a decência de não em deixar falando sozinho - Ah olá de novo. Um bom banho é sempre bem vindo. Ajuda a relaxar... - Ficamos em silencio por alguns segundos, visto que eu não sabia o que falar, e ele não tinha o que responder, ate que decidi voltar no assunto do ninja adormecido - Sakaki ainda não acordou? ele deve ter tomado um golpe bem forte - Mas dessa vez Ores me deixou falando sozinho, então me calei e decidi parar de falar. Mesmo sendo o ultimo a chegar, Ores foi o primeiro a sair, me deixando novamente sozinho com Rin. O gelo continuou, pois aparentemente nenhum de nós dois sabia o que falar, e logo nos arrumamos e seguimos nossos caminhos. Eu queria ter falado com ela, eu TINHA que ter falado com ela, mas eu havia travado. Eu havia sido meio rude em Wars mesmo anteriormente tendo dito que queria ajudar ela, e queria me desculpar, e ver ela so fez eu pensar mais no assunto. Mesmo assim, tudo o que consegui fazer foi seguir o caminho que Ores foi, e logo me deparei com o mesmo, junto de um grupo de marines observado algo. Ao me aproximar, percebi ser um show de magica. Serio que marmanjos daquela idade estavam que nem otários vendo magica? Aquilo devia ser muito foda para juntar tanta atenção daqueles paspalhos. Eu queria ir conferir mais de perto o que era tão impressionante assim, mas não havia me recuperado direito do banho. Logo percebi que so tinha uma coisa que podia fazer para esquecer daqui: Falar com Rin.

Decidindo ignorar o grupo de magica, ao menos por enquanto, me viraria e iria procurar Rin. Caso não a achasse mesmo depois de muita busca, voltaria deprimido para o grupo vendo magica. Caso a achasse, mas ela estivesse ocupada, esperaria ela se desocupar e então me aproximaria, e falaria também caso a achasse desocupada - Rin, eu... Eu vim me desculpar. Ontem em Wars, depois da missão, eu fui um pouco rude com você e... Você estava certa. Eu me exaltei por nada. Ainda não tinha entendido o peso de ser marine... Espero que me desculpe por ter meio que descontado em você - Caso ela não aceitasse minhas desculpas, eu suspiraria e diria - Tudo bem, esta no seu direito... Espero que consiga ir para a Grand Line como me disse que queria - Me viraria e iria melancólico de volta ao grupo assistindo o show de magica. Caso ela aceitasse as desculpas, diria - Obrigado, isso tira um peso enorme da minha consciência. Bom, se tudo der certo, talvez possamos fazer outra missão juntos uma hora dessas... - Então olharia o uniforme dela, se fosse de Soldado, continuaria - Você não foi promovida a Sargento? Ou só não pegou o uniforme ainda? - Caso ela não tivesse sido promovida, diria - Estranho, eu fui promovido quando cheguei em Shells, talvez não tenham tido a oportunidade de falar sobre isso com você. Se realmente ainda não tiver sido promovida, talvez eu possa fazer eles mudar de ideia, porque, convenhamos, nós dois sabemos que você se saiu muito melhor do que eu naquela missão - Caso ela só não tivesse pegado o uniforme ainda, diria - Ah, então recomendo que pegue logo, o uniforme de Sargento é muito melhor que o de soldado - Caso ela estivesse com uniforme de Sargento, o que indicaria que foi promovida, diria - Vejo que foi promovida também. Bem mais merecida do que eu - Após tudo, independente do uniforme, diria - Bom, eu vou indo. Parece que um bando de paspalhos ficou vidrado em um show de magica lá... - apontaria por alto a direção - ...E eu estava indo antes ver o que chamava tanto a atenção deles - E em seguida iria para o local. Se Rin decidisse ir também, completaria - Então vamos - E iria para lá com ela.



OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyo
Civil
Civil
Hyo

Créditos : 6
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 8010
Data de inscrição : 30/11/2016

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptySex 26 Maio 2017, 21:26

Assim que saiamos da sala do Hamaku, antes que eu pudesse falar qualquer coisa para Rin uma forte e aguda dor atingia meu estomago, a única reação que eu tinha no momento era correr em direção a enfermaria ignorando o jovem cão, assim que eu chegasse a enfermaria eu explicaria para a enfermeira sobre a dor detalhadamente.

-assim que conclui a missão estava com meu companheiro conversando com o Hamaku e assim que sai da sala dele pude sentir uma forte e súbita dor a única reação que tive no momento foi a de correr para a enfermaria de novo, desculpe pelos problemas.

Eu abria um sorriso envergonhado, nunca imaginaria que uma dor de barriga pudesse me tirar de cena por tanto tempo, assim que eu estivesse devidamente sem  dores ou já estivesse medicado eu apenas sairia da enfermaria e seguiria em direção a que estivesse indicada no papel que recebi de meu superior.

"a dor me atrapalhou tanto que eu nem me lembro do que Rin havia me dito"

Enquanto caminhava eu me perdia em meus pensamentos tentando lembrar do que Rin havia me dito antes de eu começar a correr em direção a enfermaria, enquanto andava ao caminho indicado no papel eu levaria a mão até o bolso e pegaria um isqueiro, também pegaria um de meus cigarros e acenderia o mesmo levando o mesmo até a boca dando uma forte tragada, aquela dor foi tão forte que tinha me feito esquecer que já estava com muita vontade de fumar, se eu chegasse no local indicado para pegar a minha recompensa antes de terminar de fumar, eu apenas apagaria o cigarro antes de entrar no local, jogaria o cigarro no chão caso isso acontece e pisaria em cima do mesmo a fim de apagar a brasa, em seguida me abaixaria e pegaria o mesmo e jogaria na lixeira mais próxima, se tinha algo que eu não queria naquele momento era ter atenções negativas de outros marinheiros e um incêndio não seria nada bom, nunca se sabe oque se pode ter em uma lixeira.

Assim que entrasse na sala eu diria para o responsável pelo local, entregando o papel ao mesmo.

-olá meu nome é Hyo e vim pegar a minha recompensa, também gostaria de saber se posso deixar o meu dinheiro guardado aqui ou devo abrir uma conta em um banco, e por acaso o senhor atendeu um garoto com um aspecto canino? O nome dele é Rin, caso ainda se lembre dele, poderia me informar para onde ele foi?

Assim que tivesse finalizado tudo lá eu seguiria tentando encontrar Rin  ou Lars, tendo em vista a péssima condição de meu uniforme eu iria até a alfaiataria, apesar de não conhecer muito bem as instalações ainda, eu já tinha ido aquele local antes e não deveria ser difícil encontra-lo de novo

Assim que eu conseguisse encontrar a alfaiataria eu entraria na mesma e caminharia em direção ao responsável pela mesma e falaria ao mesmo.
Olá, me orientaram a vir buscar outro uniforme tendo em vista que o meu já não está em condições muito boas já , tive uma primeira missão um pouco problemática.

Se até esta altura eu ainda não tivesse encontrado Rin ou Lars eu perguntaria ao alfaiate

-por um acaso a senhora não viu o sargento Lars ou um  novato com aspecto de cão? Tive alguns problemas e acabei me perdendo deles e também não saberia me dizer aonde posso tomar um bom banho?.

Assim que pegasse o uniforme agradeceria o responsavel com um –obrigado,  guardaria o novo uniforme na mochila tendo em vista que eu estava precisando aquela altura de um banho, caminharia em direção aonde tivesse sido indicado pela mulher para tomar banho, caso ela não soubesse me dar a informação eu perguntaria para os marinheiros até alguém me informar aonde eu poderia tomar um banho.

Assim que eu chegasse no vestiário aonde pudesse tomar banho, eu caminharia em direção ao chuveiro que estivesse disponível, ou se não tivessem chuveiros disponíveis eu apenas aguardaria que algum desocupasse assim que tivesse algum liberado eu caminharia em direção ao mesmo, penduraria minha mochila em algum lugar alto para a mesma não molhar, tiraria o uniforme  sujo e guardaria o mesmo na mochila, em seguida iria em direção ao chuveiro abrindo o mesmo deixando a água cair em meu corpo, tiraria a faixa do curativo da mão tendo em vista que aquela altura a dor que eu sentia provavelmente já era quase nula, se por acaso Lars ou Rin estivessem no vestiário naquele momento eu sorriria para quem estivesse lá e diria.

-tive alguns probleminhas e me atrasei um pouco, peço desculpas para você Rin por ter o ignorado enquanto falava comigo, isso não ira se repetir.

Assim que tivesse terminado o banho, encontrado ou não os meus companheiros eu me secaria e colocaria o novo uniforme, em seguida sairia do local, se tivesse encontrado Lars e Rin eu apenas os seguiria se ainda não tivesse encontrado os mesmos, assim que eu saísse do local eu perguntaria para os soldados se eles teriam visto o cão, falando a aparência dele e perguntaria a direção em que ele foi, se ninguém o tivesse visto eu apenas seguiria procurando o mesmo até encontra-lo.


Histórico:
 
off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Fala (#008B8B - Darkcyan)
Pensamento (#228B22 - ForestGreen)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teru
Soldado
Soldado
Teru

Créditos : 37
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2014
Idade : 22
Localização : F3 + Teru

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptySab 27 Maio 2017, 00:11


Chapter Zero - The Path of Order
The First Jorney

I bite way more than I bark
A Dog In Big City XXIII
.

Depois de um bom e altamente apreciado banho, Rin estava novamente limpo e num novo uniforme, ele não era diferente visto que apenas se tratava de um bem, algo não danificado o que era sempre bom. Depois do banho Rin coçava o seu corpo como já tinha habito de fazer, talvez um hábito de cachorro ou talvez um momento de fraqueza porém isso não importava pois trazia-lhe alguma paz de espírito e no final era tudo o que importava naquele momento. Passeando pelo local, o mink deparava-se com algo que julgava não ver tão cedo, especialmente num quartel da marinha, um espectáculo de magia mais digno de uma festa de crianças do que um verdadeiro estabelecimento militar porém parecia de certa forma interessante e uma vez que não tinha nada melhor para fazer, aquela parecia ser a melhor opção.

— Eh o que se passa aqui? Quem é o magico? - Perguntaria o mink a um dos marinheiros que estaria ali a observar o espectáculo.

Caso o marine lhe respondesse, esta seria a melhor forma de tentar aprender algo de útil visto que o cachorro já tinha visto carteiristas a usar ilusionismo para roubar carteiras e outras coisas menos honestas porém muito interessante de ver e mais engraçados de praticar... caso não fosse apanhado. Se o marine a qual perguntasse não tivesse disposto a dizer-lhe o mink iria tentar passar pelo meio de alguns soldados para se aproximar e conseguir ver de mais perto, talvez perguntasse ao suposto magico o nome dele e questionar se o mesmo estaria disposto a ensinar-lhe algumas coisas.. de um marinheiro para outro. Durante o caminho o cachorro tinha reparado que o outro marine, o suposto Lars também tinha seguido pelo mesmo caminho que ele mas não parecia correcto perturba-lo novamente, o moço nem sabia o nome dele e pelo andar das coisas ele tinha quase a certeza que o mesmo não tinha interesse nenhum em faze-lo.

Talvez numa outra altura, talvez fosse melhor interagir com ele numa outra altura visto que era sempre bom ter alguma amizade com alguém de um rank superior seria útil, especialmente caso algum dia enfrenta-se algum tipo de problemas ou inconvenientes que não pudesse resolver normalmente. Caso não conseguisse tirar nenhum proveito daquela demonstração de magia, talvez fosse apropriado ir ver como é que Hyo estava visto que da última vez que o tinha visto o moço tinha ido a correr para a enfermaria devido a uns barulhos estranhos no estômago no entanto esse é um problema para outra altura.

Objectivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

L£t Me bE yOur gUIdE, in tHiS pAth of MeGaLoMaNiA


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Narração   -   Pensamento  -   Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 30
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 19

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptySeg 29 Maio 2017, 01:59

Narração 12



Ceji


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Lars escolhia não dar tanta atenção para o show de mágica no momento, optando por procurar a outra pessoa que chamava-se Rin, a que não tinha pelos ou focinho de cão, ele havia assuntos inacabados com a marinheira.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após certa procura, o sargento finalmente encontrou quem queria, a garota estava sentada em um dos cantos, no chão mesmo, lendo o que parecia ser um mangá de romance. Aparentemente ela estava quase no final e, para sorte de Lars, ela cessou a leitura instantes antes dele abordá-la.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Rin concordou em ouvi-lo e, após o longo porém necessário pedido de desculpas, a mesmo tornou a responder em um tom amigável.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Eu aceito suas desculpas… Apenas se me comprar a próxima edição -dizia a garota enquanto mostrava para Lars o que lia-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O loiro rapaz então notou as vestes daquela a quem ele conversava, a mesma estava obviamente uniformizada, com o mesmo uniforme que ela para ser mais específico, demonstrando que ela havia sido promovida assim como Lars. E isso foi visto como uma oportunidade de Sparkbolt continuar o assunto, comentando sobre a promoção de Rin.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ah, para de ser puxa saco vai -respondeu a sargento, batendo com o livro no peito de Lars-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]E, conforme ele levantava, ela também o fazia, enquanto afirmava que não tinha mais nada a fazer por ali. Ambos seguiam para o show de mágica mas perderam quase todo o espetáculo, ao menos viam faces conhecidas.


Teru



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ao contrário da reação de Lars, o mink ficou surpreso pela a aglomeração de soldados, sargentos e afins assistindo ao pequeno espetáculo. Afinal, ver tanta gente no mesmo lugar impressionados era algo que de fato chama a atenção de qualquer um. Após questionar sobre quem estava a fazer o show de mágica, um dos integrantes da plateia respondeu, um mink urso-panda para ser mais exato.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Você não o conhece? Ah você deve ser um novato correto meu caro amigo? Bem, aquele que está a apresentar o show é ninguém mais ninguém menos que David Bowie, ele é ótimo com ilusão, também usa bastante algemas e baús trancados em seus truques! Ele é conhecido por ser perfeito para missões de infiltração e essas coisas do tipo saca?!-o fofo urso preto e branco parecia animado e era obrigado a falar alto devido ao burburinho proveniente das ovações dos demais-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Rin esgueirava-se então por entre a platéia, até poder ter uma boa visão do mágico, um homem peculiar que, apesar do uniforme da marinha, parecia uma atração de circo real. Seu cabelo era vermelho e chamativo bem como seu rosto maquiado, completamente pálido com um raio carmesim cobrindo sua face diagonalmente. Curiosamente, o cão pôde ver pouco, apenas viu um truque envolvendo levitação de objetos pequenos e um em que ele abria sete cadeados de uma pequena caixa em alguns segundos. Então o show acabou permitido a aproximação do mink.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]—[color=DarkOrchid]Quer aprender como eu faço? Mas isso estragaria toda a mágica e a surpresa! Se tiver CER-TE-ZA que quer esse infeliz fim para suas futuras apreciações à shows de mágica eu posso te ensinar.[/i] -dizia Bowie-


Hyo



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Como era de se esperar, Hyo estava em uma situação completamente diferente a de seus companheiros, este se encontrava na enfermaria e se dava conta que precisava de banho e roupas novas, além de seu salário, por isso levantou e foi procurar onde deveria sacar o dinheiro.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O lugar onde deveria ser pego o dinheiro era relativamente próximo da alfaiataria, na verdade fazia parte do caminho entre a mesma e a enfermaria, isso facilitou bastante. Após explicar sua situação e o que queria fazer ali, além de perguntar sobre seus companheiros, Hyo recebeu sua resposta.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Bem, então quer deixar seu salário depositado? Claro, será fácil, apenas irei rapidamente registrá-lo aqui e estará feito. A propósito, não há como eu lhe dar a recompensa sobre os bandidos entretanto, pelo o que entendi é a mesma recompensa que o mink de mais cedo fez correto? Ele, se não me engano, está nas proximidades do vestiário. -disse o atendente.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O soldado então foi até a alfaiataria e fez o que tinha de fazer, a mulher que é responsável pelo local parecia completamente descontente com o que via, como se já houvesse ocorrido antes e apenas fazia o que devia ser feito sem nem dar uma palavra sequer. Permitindo que Hyo fosse até onde deveria ir para tomar seu banho.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]No caminho, acabou por passar por um show de mágica, onde pôde avistar Rin, o cão, de relance. Ao chegar no vestiário, Hyo pôde notar que o local estava vazio e ele teria por sorte todos os chuveiros livres para o ele. De banho tomado e uniforme trocado o soldado seguiu para onde havia visto o mink mais cedo, onde por surpresa se deparou também com Lars.
off:
 

Citação :
Sakaki: Costelas: 6/6  curado vai amenizar a dor quando terminar a contagem, mas ainda precisará ser tratado
Braços: 4/4 curado
Hyo: Mão 5/5 curado
Cabeça: 3/3 curado
Ceji: Pernas 5/5 curado
Forte dor na Cabeça 4/4 curado
Teru: Corte superficial, ao longo de quase todo o tronco curado (foi tratado…)

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
TND... TND NEVER CHANGES
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teru
Soldado
Soldado
Teru

Créditos : 37
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2014
Idade : 22
Localização : F3 + Teru

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptyTer 06 Jun 2017, 22:35


Chapter Zero - The Path of Order
The First Jorney

Aprendizado: Ilusionismo
A Dog In Big City XXIV
.

Aproximando-se de forma cautelosa ao grupo de marines que observava o espectáculo com grande admiração e entusiasmo, Rin perguntava a um dos soldados que por coincidência se tratava de um mink igual a si, não exactamente igual visto que o jovem tinha semelhanças a um canideo e o marine em questão parecia um urso ou um panda, algo grande e de aspecto almofado. Era a primeira vez que tinha visto um mink daqueles, mas tendo em contacto que existiam todo o tipo de animais ferais em formato humanoide nada daquilo lhe surpreendia especialmente quando já tinha visto humanos a voar e peixes a caminhar sobre terra firme como se fosse uma pessoa normal e comum porém isso pouco importava pois o mink fazia a gentileza de lhe esclarecer um pouco sobre o que se passava naquele momento de diversão.

Você não o conhece? Ah você deve ser um novato correto meu caro amigo? Bem, aquele que está a apresentar o show é ninguém mais ninguém menos que David Bowie, ele é ótimo com ilusão, também usa bastante algemas e baús trancados em seus truques! Ele é conhecido por ser perfeito para missões de infiltração e essas coisas do tipo saca?!

Ah ta. Não sabia mas parece interessante...

Esgueirando-se por entre a platéia de forma calma e discreta, o mink usava o seu tamanho reduzido para passar entre os brutamontes até que finalmente pode ter uma boa visão do mágico, alguém que sem dúvida nenhuma era alguém demasiado ridículo para fazer parte da marinha, especialmente quando nem a menos de uma hora tenho lhe mandado trocar de equipamento por andar com um fardamento ligeiramente danificado, mas pelos vistos as regras nem sempre se aplicavam a todos. Este individuo peculiar, que apesar do uniforme da marinha parecia um autentico palhaço graças ao seu cabelo vermelho e demasiado chamativo para alguém que fazia infiltrações, eram apenas superados pelo seu rosto maquilhado num tom pálido com um trovão carmesim desenhado de forma a cobrir o rosto.

No entanto não foi o seu aspecto lastimável que despertou a sua atenção e acima de tudo não foi a sua aparência que o manteve ali, ironicamente do pouco que pôde ver envolvia algo semelhante a levitação de objectos pequenos e um em que ele abria sete cadeados de uma pequena caixa em alguns segundos. Com uma pequena dose de aplausos e alguns elogios o espectáculo cessava e isto dava ao cachorro a chance de se aproximar do magico e conversar um pouco com o mesmo.

Boas, belo espectáculo. Muita gente gostou do que você fez. Esses truques parecem engraçados, onde aprendeu?

Quer aprender como eu faço? Mas isso estragaria toda a mágica e a surpresa! Se tiver CER-TE-ZA que quer esse infeliz fim para suas futuras apreciações à shows de mágica eu posso te ensinar.

O lado negativo é esse? Perder a minha apreciação de magia parece um mau menor, mas vai me ensinar o que? Como flutar? Atravessar paredes? Pelo menos me ensina algo que valha a pena, se for me ensinar aquele truque idiota de adivinhar a carta nem vale a pena.

Hahahaha você é um moço estranho. Você não só quer estragar a magia para você como quer estraga-la para mim também. Deixa eu acabar aqui de arrumar as minhas coisas que eu te mostro.


Inicio de Aprendizado



Afastando-se um pouco do magico e deixando-o arrumar as suas coisas, Rin dava ao mago alguma privacidade de modo a manter um pouco dos seus segredos de veterano. O cachorro estava meio intrigado visto que era algo que já tinha visto na rua várias vezes e apesar de não ser nada essencial para a sua sobrevivência, parecia ser algo de interessante para se saber e mostrar aos amigos naqueles momentos mais mortos, não que ele tivesse muitos amigos porém era a intenção que importava.

Bem moço vamos começar pelo básico, eu sei que você sabem que eu sou mas eu não quem você é. Todo soldado tem um nome, qual é o seu?

Terumi, Rin Terumi.

Terumi? Esse nome é bem familiar, das poucas vezes que eu fui ao quartel militar de Las Camps tinha lá uma mulher bem assustadora. É familiar seu? Hmm pensando melhor acho que não, ela é humana e você não é "totalmente" humano. Nada contra claro foi apenas um comentário... Mas focando no assunto. O que você sabe sobre magia ou ilusionismo em geral?

Rin cruzou os braços baixando as suas orelhas caninas uma para cada lado e limitou-se a olhar para o céu, ele não tinha nada de concreto para responder e por uma questão de integridade acho adequado não dar uma resposta idiota e inventar ou mentir parecia ser uma ideia menos sensata visto que David sabia mais do que ele sobre o assunto. O ideal foi mesmo mencionar algo de senso comum de modo a não parece totalmente ignorante, especialmente pois o objectivo era aprender algo e não passar a impressão de ser um espertalhão.

Honestamente? Tudo o que sei sobre magia ou ilusionismo são coisas péssimas e no mínimo menos positivas. São aqueles truques que os ladrões usam para roubar não?

Porra moço, você não é muito normal não. Falar de roubo e ladrões na central da marinha vai acabar para você... De certa forma esta certo, não é a forma mais honesta de usar a magia ou melhor dito de aplicar ilusionismo

Existem formas honestas de usar a magia?

Para começar vamos estabelecer algumas bases. Magia e ilusionismo são coisas diferentes. O que vocês chamam de "magia" é a básica arte de iludir os sentidos da pessoa que esta a ver através de recursos simples como uma esfera, um baralho, uma caixa ou como eu fiz no meu espectáculo abrir fechaduras sem lhes tocar. Por sua vez "ilusionismo" é a arte cénica de entreter e sugestionar uma audiência criando ilusões que confundem e surpreendem, geralmente por darem a impressão de que algo impossível aconteceu, como se o executante tivesse poderes sobrenaturais.

Eu não vejo diferença na explicação...

Veja dessa forma, magia é como se fosse um filme, algo encenado e programado. Tudo segue uma ordem especifica para um objectivo especifico. Por exemplo: eu quero fazer um truque de cartas, eu pego num baralho vejo qual a ordem das cartas, de seguida eu deixo alguém escolher uma carta e digo para essa pessoa não me mostrar a carta que escolheu e colocar no fundo do baralho. Eu seguro a carta e finjo que estou baralhando as cartas e mudando a ordem, se seguida mostro a carta que eu já tinha garantido ser a certa e mostro para a pessoa. PER-FEI-TO! ISSO É MAGIA AOS OLHOS DO PUBLICO. Para eles eu adivinhe uma carta perdida no meio de muitas, sem nenhuma dificuldade.

Isso parece batota e de certa forma incorrecto...

Eu bem falei que você ia perder o amor a magia. Mas enfim isso é magia, algo programado, algo estipulado e controlado. Por outro lado "ilusionismo" é algo mais complicado, ilusionismo consiste em fazer pequenas sugestões para atingir um objectivo. Vamos usar um exemplo pratico

David retirou uma moeda do seu bolso esquerdo e segurou-a entre os dedos com um sorriso estranho do rosto, a moeda parecia normal e sem nenhum tipo de imperfeições, este era um facto que o cachorro conseguiu confirmar pessoalmente visto que o magico fez questão de mostrar ao mink e até mesmo entregar-lhe a moeda para que o moço possa ver e pegar na mesma. Depois de uma curta observação e de tentar partir a moeda para ver se era falsa (uma tentativa sem sucesso), o mesmo  entregou a moeda de volta no magico e observou o que o mesmo fazia, ele colocou a moeda na mão direita e escondeu-as atrás das costas, Rin apenas mantinha os braços cruzados olhando para o mesmo e momentos depois David colocou as mãos cerradas em frente do corpo deixando que o mink tentasse adivinhar onde estava a suposta moeda.

Em que mão esta a moeda jovem?

Na mão esquerda.

Muito bem agora vou praticar ilusionismo.. a moeda vai desaparecer da minha mão esquerda. Pronto?

Sim, pode começar.

Efectuando uns movimentos vistos, movendo a moeda de uma mão para a outras, jogando-a no ar e agarrando com a ponta do dedo indicador, o magico fazia questão de mostrar as suas mãos sempre segurando a moeda. Rin apenas seguia a moeda com os olhos sendo esta uma tarefa algo fácil para um humanoide de sentidos apurados, depois de uns bons quinze a vinte segundos David parou com um expressão algo séria no rosto.

Francamente... O seu uniforme esta sujo aqui no seu ombro, deixa que eu arranjo. Vocês novatos não dão importância ao valor desse uniforme mesmo...

Cerrando a mão esquerda e usando a mão direita para limpar o ombro do mink, David fez questão de até ajeitar o chapéu do cachorro porém Rin mantinha os olhos na mão esquerda visto que era mais que evidente que era onde estava a moeda. Assim que acabou de fazer o que pretendia, o mago colocou novamente as mãos de punho cerrado em frente ao corpo e voltou a fazer a mesma pergunta que a pouco.

Mais uma vez em que mão esta a moeda?

Na esquerda...?

Mantendo-se em silêncio e imóvel por alguns instantes, David mantinha contacto visual com Rin mantendo o mesmo sorriso hipócrita no rosto como se estivesse a atiça-lo, o cachorro mantinha-se calmo e apenas esperava que o mesmo revela-se a mão para ver se tinha razão, o homem tinha apenas duas mãos logo a probabilidade de acertar era de 50% o que não era totalmente impossível.

ERROU!  Quer tentar novamente?

Só pode estar na direita então.

ERROU! E sabe porque que errou? Pois a moeda esta no seu bolso esquerdo.

Não não esta. O uniforme é novo e eu não coloquei la nada...  - respondeu o cachorro de forma arrogante até que ironicamente encontrou a moeda.

Isto foi ilusionismo, enquanto você se distraiu com o toque no ombro eu coloquei a moeda no seu bolso esquerdo. Sabe porque que você não reparou? Porque graças ao ilusionismo em sugeri a você para que olhasse para o ombro direito, você não tinha nada no ombro mas como eu falei dele você ignorou a moeda e me permitiu coloca-la onde quiser.

Isso parece igual a batota da magia

A diferença entre isto e a magia é que este truque não funciona sempre. Você podia não ter olhado para o ombro e eu teria de fazer outra coisa para desviar a sua atenção. Usando o seu exemplo dos ladrões, sabe como é que eles roubam as velhas da ruas? Ele chegam no alvo, um vai por trás e um pela frente, o da frente fala com a mulher e distrai a criatura o melhor e o máximo possível e o de trás tira o que quer. Ela fica tão focada no da frente que o de trás nem existe na percepção da velha.

Isso faz sentido... mas ninguém é assim tão idiota...

Não? Ninguém é assim tão idiota? Você próprio disse que o uniforme era novo mas acreditou quando eu disse que ele estava sujo HAHAHAHAHA

Ficando sem resposta ao processar o erro das suas acções, o mink ficava de boca aberta sendo incapaz de dar uma boa desculpa para o que acabou de acontecer, fazia realmente todo o sentido o facto de um uniforme era novinho em folha e acabado de tirar do saco, não fazia nenhum sentido estar sujo. Especialmente quando Rin tinha a certeza do facto mas mesmo assim caiu no erro de aceitar livremente o que lhe tinham dito.

Como pode ver não se trata de inteligência, mas sim de atenção. Quando eu conto historias assim ninguém acredita mas sentiu em primeira mão. Não tem resposta. São coisas normais, fraquezas biológicas que um bom ilusionista sabe explorar.

Isto parece tão idiota, mas é tão simples e eficaz que me custa acreditar

A diferença entre um bom ilusionista e um bom magico é simples. Um magico tem de ser um bom actor, ele esta a cumprir um papel e apenas tem de ser o mais convincente possível pois ele já tem a garantia que o truque vai dar certo.

E um bom ilusionista?

Um ilusionista tem apenas de ser o mais comum possível, quantos menos você se sobressair melhor você será. Se ninguém reparar em você tem a oportunidade de fazer o que quiser.

Sentando-se ao lado do cachorro de forma calma porém exausta, o magico sacava de um cigarro e um isqueiro e olhava para o céu, Rin apenas observava o artista colocando o cigarro na boca e acendendo-o com com a ajuda do isqueiro. Pela postura do homem parecia mesmo que o homem ia dormir ali mesmo ou no mínimo tirar um pequena sexta visto que se colocava confortável e usava a sua mala como suporte de cabeça.

Agora que você sabe o que é e como funciona, considere mais de metade do ensinamento feito. Eu já te expliquei o geral, o resto você tem de descobrir sozinho. Precisa de pratica e treino, sorte também é um factor fundamental

Só isso? Não me vai dar algumas dicas?

De uma forma não existe nada que possa te ensinar jovem. Se quer ser magico, compre um kit de magia e treine num espelho. Se quer ser ilusionista apenas tente, você tem literalmente de explorar os momentos de distracções das pessoas. Quer roubar algo do bolso esquerdo? Mande a vitima olhar para a direita. Quer roubar um chapéu? mande ele olhar para baixo. Coisas simples assim. Não posso elaborar mais. Somos marines, não vou te ensinar a roubar com perfeição.

Eu sei que é simples mas parece ... sei la. Apenas esperava um treino mais complexo.

Baixando as orelhas em sinal de desilusão, Rin preparava-se para abandonar o local visto que era mais que óbvio que David tinha desistido ou melhor dito "terminado" o seu curto ensinamento, era um pouco decepcionante visto que o cachorro nem teve a oportunidade de colocar o que aprendeu em acção especialmente porque algo como aquilo era estupidamente complicado de treinar, Rin não podia ninguém para treinar com ele visto que tal como Bowie disse, eles eram marinheiros e marinheiros eram suposto serem os bons da fita. Para não falar que mesmo que alguém fosse ingénuo o suficiente para aceitar, isso iria derrotar o objectivo do treino pois estariam atentos ao que iria fazer aumentando consideravelmente o grau de dificuldade ou anulando por completo o objectivo do treino, quando finalmente se preparava para deixar o mago em paz, o mink sentiu algo ou alguém puxando a parte de trás do seu uniforme e quando olhou era nada mais que David que se levantava após jogar o cigarro no chão e apagando-o com o pé.

Vamos testar então. Maior parte dos marinheiros que estão aqui são pessoas que viram o meu show. Escolhe 3 delas, de preferência umas longe das outras, estude o comportamento delas.

Para que?.

Ue? Um pequeno teste, eu tenho 3 chips de casino. São falso e vieram do meu kit de magia. Eu vou colocar esses chips nas três pessoas que você escolher. A sua função será apenas recupera-las sem que elas notem

E se elas notarem?

Moço, se eles reparem a responsabilidade é sua. E os problemas também. Você queria um teste, este é um teste. Agora escolha três pessoas.

Olhando em geral, Rin ficava um pouco hesitante em escolher, havia tantos marinheiros naquele lugar porém nenhum deles era o que se poderia chamar de alvo visto que muitos deles, para não falar de quase todos, eram sem exagero nenhum mais altos, largos ou mais músculos que ele e o que lhe levava a escolher era sem dúvida alguém que não o matasse caso Rin falhasse o seu "treino". Começando por pessoas magras Rin apontou para dois soldados em cantos opostos do local, um era loiro e sem exagero nenhum com mais de dois metros de altura e outro era baixo e largo como um barril, o comprido estava encostado na parede escrevendo no que parecia ser um livro ou talvez um diário e o gordo estava a mexer com um relógio de bolso  ou algo semelhante. Usando as sugestões de Bowie, Rin procurou alvos que já tivessem distraídos com algo de modo a não se tornar chamativo no entanto o verdadeiro problema estava em escolher a terceira pessoa.

Quem escolheu?

Bem... que tal o loiro com o espelho ali ao fundo? E talvez o gordo do outro lado com o relógio estranho.

Eu tinha dito três não?

Sim mas acho que dois serão suficientes. Para não levantar suspeitas e tals...

Levantando os ombros em sinal de indiferença, Bowie caminhou em direcção a loiro portando uma caneta na mão e um sorriso no rosto, a distância não era grande mais distinta o suficiente para que a distância entre Rin e o suposto "alvo" fosse significativa. Quando Bowie se aproximou ao loiro, ambos começaram a conversar e após alguns abraços e autógrafos a única coisa de chamativa que o mink observou foi o toque que o mago fez no bolso traseiro do marinheiro antes de se despedir e caminhar no outro canto da sala em direcção ao outro marinheiro.

"Com tanto sitio para colocar, não acredito que esse desgraçado colocou a ficha no bolso de trás?"

Continuando a observar, Rin cruzou os braços ainda tentando imaginar uma boa desculpa para mexer no rabo do outro sem ter problemas, se fosse consigo ele não iria tolerar mexerem-lhe ali sem reagir e parte de si tinha quase a certeza que essa era uma opinião partilhada tanto em mink como em humanos. Enquanto isso Bowie chegava junto do outro marinheiro, o gordo com um relógio estranho na mão, parte de si reconhecia aquele "equipamento" em algum lugar mas infelizmente não conseguia lembrar-se do nome por mais que tentasse. Estudando os gestos ou melhor dito, tentando decifrar do que raio ambos estavam falando, a conclusão mais lógica é que o assunto era o utensílio estranho que o gordo tinha consigo visto que tanto ele como Bowie pegaram nele, olharam para ele e depois desistiram.

Após uns eternos cinco ou mais minutos de dialogo, Bowie despedia-se do gordo e ia para uma secção isolada assinalando para que Rin avança-se, infelizmente o cachorro não tinha visto nada de suspeito e apenas assumiu que David não conseguiu colocar a ficha. Começando pelo loiro, Rin olhava em redor em busca de algo que lhe ajudasse a descobrir o que fazer naquele momento visto que chegar perto de alguém com cerca de dois metro e colocar a mão no bolso era tudo menos discreto, talvez algum desculpa idiota fosse o suficiente para começar e a partir daí as coisas iriam desenrolar mais facilmente.

Eh boa tarde? Desculpe estar a perturbar mas... não viu por ai um lenço branco?

— Lenço? Eu tenho cara de pegar roupa suja dos outros? Me poupa garoto

Não, não. Claro que não. É que... bem.... eu sou novo e uns marinheiros roubaram meu lenço e colocaram no bolso de outro marinheiro. Ele era bem parecido com você por isso que vim pergunta. Ele não vale nada mas com tem um valor emocional...

O loiro tirou os seus olhos do seu espelho e olhou para o cachorro um pouco frustrado mas eu ver o jovem naquele situação e talvez estando ele antes naquela situação, decidiu dar a Rin o beneficio da dúvida e atender ao seu pedido apesar de ainda estar bastante incomodado com a situação, especialmente pelo seu tom de voz.

— Olha eu nos bolsos tenho: a minha carteira e um pente. Nada mais.

Não. Me desculpe, eu quis dizer que eles colocaram no bolso de trás...  Podia apenas verificar?

Respirando alto em sinal de frustração, o marinheiro loiro virou os bolsos do avesso deixando os seus conteúdos caírem ao chão, meia dúzia de papeis de rebuçados (incluído um ou dois rebuçados ainda intactos), um talão de compra e a suposta moeda que Bowie tinha escondido.

— Porra garoto! Olha o que eu fiz por sua causa!

Me desculpe, eu pego por você. É o mínimo que posso fazer depois de ter lhe dado esse trabalho todo.

Indo rapidamente para o local onde tinha caído tudo Rin rapidamente pisou na moeda de modo a que esta ficasse escondida na sua sola e apanhou os restantes itens devolvendo no proprietário. Tal como David lhe tinha dito, Rin tentou ser o mais discreto e natural possível para que o marinheiro loiro não repara-se o que estava a suceder.

— Valeu. Desculpa não poder ajudar com o seu lenço. Eles fazem isso com os novatos todos. Não liga não.

Compreendo. Enfim obrigado pela ajuda e desculpa esse trabalho todo.

Arrastando a sola pelo chão de modo a conseguir levar a moeda consigo, Rin arrastou uns bons dois a três metros antes de se baixar para a apanhar, a moeda de plástico estava toda suja e com aparentes risco na superfície no entanto isso não importava pois o mink tinha conseguido a moeda.

Oi, o seu relógio esta estragado? Você ja esta mexendo nele a um bom bocado.

Quem é você? Nunca te vi aqui antes.

O meu nome é Rin, sou novo aqui. Não conheço muita coisa mas como vi você lutando com essa coisa aqui sozinho vim apenas meter conversa..

Novato? Só podia... Essa "coisa" se chama log pose seu inculto. O meu capitão mandou eu ia buscar um do inventário mais deixei cair saporra durante o espectáculo de magia e agora ela não funciona..

log pose? Isso faz o que exactamente?

O marinheiro olhou para Rin sem reacção e bateu com a palma da mão do rosto em pura desilusão, o mink por momentos ficou confuso e apenas inclinou a cabeça por ao lado em sinal de confusão esperando algum tipo de resposta ou justificação a sua pergunta.

Você é muito burro mesmo. Como é que você entrou na marinha jovem? Log pose é um instrumento de navegação. O oceano é tão grande que sem estas "coisas" como você chama, muita gente morria em alto mar

Ah, desculpa. Não sabia... posso pegar? Talvez eu consiga arranjar

O que? Não! Claro que não, não vou dar um instrumento a um principiante que nem sabia o nome. Vai dar uma volta e me deixa em paz.

Okay, desculpa. Vou andando...

Quando se preparava para abandonar o marinheiro gordo, Rin reparou num pequeno grupo de marinheiros que abandonava o local, talvez era hora de jantar e eles tinham sido chamados ou talvez se tratava de um exercício colectivo ou uma chamada de urgência ou talvez se tratava de um grupo de marinheiros amigos a ir embora. Seja qual fosse a explicação era algo que Rin não sabia a mínima ideia visto que era algo tão aleatório porém algo que tinha a certeza era que o marinheiro gordo, que estava tão focado na bússola estranha também não saberia. Voltando para junto do marinheiro, Rin fez questão de puxa-lo pelo bolso do uniforme esquerdo de modo a conseguir espreitar o que estava dentro mas infelizmente não viu nenhuma moeda e apenas captou a atenção parcial do mesmo e ironicamente o mesmo não estava feliz por o ver novamente. O cachorro foi para o lado direito e apontou para a confusão enunciando o seguinte:

Olha. O seu capitão é aquele ali ao fundo te chamando?

Porra! Aquele me apanha sempre na pior altura. Será que ele descobrir que eu quebrei o Log Pose? Será que contaram para ele?

Em sinal de pânico o marinheiro gordo virou-se em direcção ao grupo e tentou procurar o suposto superior que o tinha chamado, no entanto Rin aproveitou a oportunidade para bisbilhotar dentro do bolso direito e por coincidência achou a moeda e único item ali dentro. Usando dois dedos e sendo o mais rápido possível, Rin retirou a moeda e colocou-a no seu bolso antes que o marinheiro gordo repara-se e uma vez que já tinha o que queria bastava simplesmente sair dali e voltar para junto de Bowie.

Não. Pera. Não é para você. É para aquele outro marinheiro ali atrás. Erro meu

Porra seu cachorro miserável! Quase me matou de ataque cardíaco! Sai daqui!

Sendo praticamente escorraçado para longe do marinheiro, Rin regressava para junto do magico respirando fundo em sinal de alivio visto que nenhum deles tinha apanhado o cachorro a mexer nos bolsos. Ele não tinha sido perfeito em nenhum aspecto, apenas teve a sorte de ter outras circunstâncias a mascarar o que pretendia fazer, algo que ironicamente era essa uma senão a mais forte estratégia para o uso de ilusionismo. Assim que chegou junto de Bowie esteve estava sentado no chão por cima das suas coisas com as costas contra a parede fumando um cigarro e brincando com o seu isqueiro, ligando e apagando-o repetidamente.

Eae? Conseguiu ser expulso da marinha?

Expulso? Como assim?!

Eu disse para você ser discreto e você começou conversa com os dois e foi expulso pelo último.

Mas eu consegui as moedas sem que eles reparassem. Não era esse o objectivo?

Conseguiu como?

Devolvendo as duas moedas, fazendo questão de as colocar sobrepostas uma da outra de modo a que a moeda não riscada ficasse por cima, o mink começou então a explicar a história de como tinha conseguido fazer o que lhe tinham pedido. Era algo um pouco estranho visto que Rin tinha quase a certeza de que David  estava de longe a observar o que ele fazia para ver se fazia batota ou algo do género mas pelos vistos não, o magico ou não tinha acompanhado ou simplesmente não tinha interesse suficiente para prestar atenção nas tentativas de um novato e tendo em conta que ele era considerado um profissional, a segunda opção era mais provável.

No loiro eu inventei uma historia de um bem roubado e disse que vi com ele, o moço esvaziou os bolsos, a moeda caiu e eu pisei nela antes de ele reparar.

Hahahaha você teve sorte. Eu não contaria isso como um sucesso.

No gordo eu aproveitei  o pânico dele devido ao Log pose quebrado, disse que o capitão dele estava lhe chamando e quando ele olhou tirei a moeda do bolso dele

Esperto. Se eu tivesse de avaliar daria 4 estrelas de cinco, mas como um deles foi muita coincidência e você falou com eles fica apenas 3 estrelas de cinco. Parabéns, você passou.

Obrigado... acho eu.

Ilusionismo usa muito a "misdirection" ou seja se você controlar para onde o alvo esta a olhar, consegue tirar partido do seu ponto morto. Lembre-se disso e se mantiver essa sorte, não deve ter muitos problemas. Uma dica no futuro, se você esta tentando ser discreto, não se apresente para a pessoa que quer roubar. Hahaha isso é bem retardado.

Com um simples aperto de mão e o simples adeus, Bowie pegava nas suas coisas e começava a ir-se embora acompanhando o grupo de marinheiro que também abandonavam o local pelos seus próprios motivos, Rin chegou a oferecer-se para lhe ajudar com as coisas mas este apenas recusou e partiu de forma independente deixando o cachorro sozinho para organizar os seus pensamentos. Realmente tinha sido uma experiência interessante e apesar de não ter sido exactamente o que esperava, visto que nem sequer tinha noção do que ia fazer, era sem dúvida nenhuma algo que lhe tinha deixando genuinamente satisfeito de ter experimentado.


Fim de Aprendizado


Objectivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

L£t Me bE yOur gUIdE, in tHiS pAth of MeGaLoMaNiA


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Narração   -   Pensamento  -   Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptyQua 07 Jun 2017, 20:46

Jogando Tempo Fora


Ver Rin havia feito eu perceber que realmente precisava me desculpar com ela. Por mais egoísta que pudesse parecer, eu precisava fazer aquilo não só por convivência nossa, mas também pelo peso de consciência que aquilo estava me causando. Sim, a Rin não havia sido a única com a qual descontei, mas eu não me desculparia com aquele Tenente baitola nem fodendo, porque ele havia sido cuzão e tinha merecido umas verdades. Eu queria fazer pior, mas além da distância entre as ilhas me impedindo, meu respeito ao/à amante dele com o qual eu havia feito amizade me impedia.

Bom, continuando, eu havia ido atrás de Rin para me desculpar, e logo a achei lendo um mangá de romance. Ver ela lendo mangá me fez perceber o quão estranho era a distribuição de trabalho em algumas ilhas: achar marinheiros e vendedores de armas era fácil, mas achar livrarias, papelarias e coisas parecidas? Parecia que o foco militar e nautico era muito maior do que os outros comércios, e me surpreendia só ter notado aquilo agora. O mangá que Rin terminava de ler quando eu me aproximava parecia ser uma obra de romance, e eu não nego que fiquei um pouco curioso, principalmente por não ter tido a oportunidade ao longo da vida para ler muitos mangás ou livros, mas eu havia ido lá com um objetivo, e não iria me distrair fácil assim.

Como ela já havia terminado o mangá, a mesma ouviu o que eu tinha a dizer, e não realmente parecia que tinha guardado alguma coisa contra mim, mas adicionou uma condição para me desculpar - Tá, eu te desculpo, mas só se comprar a próxima edição para mim - Dizia a mesma me mostrando o mangá. Eu queria dizer que parecia que ela só queria de aproveitar da minha boa vontade, mas o orgulho e prazer de estar recebendo salário (diariamente, por sinal) subiu a cabeça e eu concordei. Nesse momento, me toquei que ela estava com uniforme de sargento, e percebi que o que provavelmente havia nos feito sermos promovidos tão rápido não deveria ter sido histórico, mas sim nosso ótimo desempenho na missão. Há males que vem para o bem, afinal. Após um rápido comentário sobre a promoção dela e sobre ter sido mais merecida do que a minha, eu disse que iria "inspecionar" o que causava tanto tumulto no pátio, e Rin acabou vindo comigo.

Fazendo o caminho de volta, chegamos novamente ao grupo vendo o show de mágica. Nós pegamos só o final, mas mesmo vendo uma coisa ou outra, ainda não entendia o porque de tanta gente se juntar para ver. Qual era a graça de ver alguém usando um monte de truques para te enganar e depois te deixar no mistério? Realmente eu não via sentido, mas aquele pessoal via. Eu não podia negar que aquele tipo de show tinha alguns truques legais, mas o fato de eu não poder aprender a fazer aquelas paradas por capricho dos "mágicos" só diminuía a graça. Talvez essa repulsa toda venha do fato de eu ter tentado replicar uma magica quando criança e falhado miseravelmente...

Mais uma vez estávamos sem o que fazer, então me dirigiria a Rin - Então, a próxima edição do mangá que queria que eu comprasse, já estreou e você queria ou você queria quando estreasse? - Se já tivesse estreado, falaria - Bom, quer ir ver agora? - Se a resposta fosse positiva, eu pediria para dar uma olhada no mesmo. Olharia o preço e a edição. Em seguida discretamente daria uma folheada rápida para ver o conteúdo. Se eu acabasse sem querer lendo o mangá após a folheada, o que provavelmente aconteceria, e ela chamasse minha atenção, eu pigarrearia e fecharia o mangá rápido - Tá, vamos lá - E iria procurar uma loja que vendesse mangás para procurar a próxima edição. Entretanto, se ela dissesse que queria que eu comprasse a próxima edição quando estreasse, eu diria - Posso dar uma olhada? - E se ela permitisse, o pegaria. Olharia o preço e a edição. Em seguida discretamente daria uma folheada rápida para ver o conteúdo. Se eu acabasse sem querer lendo o mangá após a folheada, o que provavelmente aconteceria, e ela chamasse minha atenção, eu pigarrearia e fecharia o mangá rápido - Ok, quando estrear é só avisar.

Caso fossemos comprar a edição naquele momento, eu começaria a procurar uma loja que vendesse mangás. Eu tentaria me lembrar do tour que aquelas duas haviam me dado pela ilha para procurar tal loja. Achando, eu entraria e começaria a procurar o tal mangá, e se achasse iria comprar e dar para Rin. Se eu percebesse que ela estivesse olhando algum mangá/livro com ar de desejo, mas sem iniciativa de comprar, eu iria até ela e, após olhar o preço e constatar que não fosse muito caro, e perguntaria - Tô vendo que está de olho nesse daí. Quer que eu compre também? - Caso ela dissesse que sim ou negasse por timidez, eu pegaria e compraria para ela. Se ela dissesse que só dando uma olhada, e realmente só estivesse fazendo isso, eu diria - Bom, pode me ajudar a escolher alguma coisa? Estava pensando em comprar algo para ler quando tiver tempo livre - E diria isso também caso ela não estivesse olhando nada em específico.

Caso o tal mangá que ela queria ainda não tivesse sido lançado, eu diria - Então podemos ver se tem alguma loja que venda mangás nessa ilha, só para dar uma olhada. Eu sinceramente nunca tive a oportunidade de ir em uma loja dessas, mas sempre tive vontade - Caso ela concordasse, eu procuraria do mesmo jeito descrito acima, entrando caso achasse. Lá dentro eu daria uma olhada nas coisas, e depois diria - Pode me ajudar a dar uma olhada? Queria comprar algo para ler no tempo livre - E caso ela aceitasse me ajudar, começaria a procurar algo interessante.

Caso eu não achasse nenhuma loja do tipo, ou descobrisse que não existia nenhuma loja do tipo na ilha, diria - É... Então só na próxima ilha, mesmo... - Então voltaria para o QG caso não estivéssemos lá, e pediria para dar uma olhada no mangá de Rin. Se ela argumentasse que aquele não era o primeiro volume, eu diria - Então me faz um resumo do que já aconteceu, oras - Eu leria o mangá, discutindo com ela o que ia lendo, e depois de acabar, diria após uma pausa - Eu entrei na marinha a dois dias e nem sei mais o que fazer enquanto não estou trabalhando... Que merda - Então me levantaria e continuaria - Na missão que eu liderei teve um novato que desmaiou e não estava acordando... Acho que vou ver se ele está bem - E iria com ou sem ela ver o estado de Sakaki.
Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyo
Civil
Civil
Hyo

Créditos : 6
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 8010
Data de inscrição : 30/11/2016

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptyQua 07 Jun 2017, 23:55

Depois de finalmente ter tomado meu banho eu já podia me sentir mais relaxado apesar da missão ter sido dura parece que o dia já estava acabando, assim que eu saia do vestiário eu voltava novamente aonde eu tinha visto Rin anteriormente, aquilo aparentemente era um show de magica e apesar de parecer ser algo interessante naquele momento não me chamava atenção.

Assim que eu chegava novamente ao local eu podia ver Lars se retirando do mesmo, enquanto o cão estava entretido com o show de mágicas, eu não queria interromper nenhum dos dois então eu apenas seguia andando pelo quartel, andar pelo quartel sem ter um objetivo me lembrava de uma das coisas que eu gostava de fazer quando era mais novo que era ler, quando eu era menor eu passava um bom tempo lendo livros voltados a arqueologia e que também gostava de estudar história e geografia, também tinha estudado um pouco sobre lógica porém não foi algo que estudei a fundo, conforme eu caminhava meus pensamentos começaram a parecer algo bom de tentar se fazer, afinal além de estar entediado eu não estava mais em nenhuma missão e estava com o tempo livre então enquanto eu andava pelo quartel eu tentava avistar a biblioteca, apesar de não saber como funcionaria a biblioteca por ser um marinheiro novato aquilo não parecia ser uma má ideia.

Conforme caminhava procurando a biblioteca eu acendia mais um cigarro, e começava a observar com atenção os locais que estava passando a fim de encontrar a mesma, se por acaso eu encontrasse a biblioteca eu entraria na mesma em silencio, para não atrapalhar ninguém caso tivesse alguém lendo algo, assim que entrasse na mesma eu caminharia em direção ao responsável e falaria em um tom de voz claro porém não muito alto.

-olá meu nome é Hyo, queria saber como faço para pegar algum livro aqui, ou se posso ler um pouco algum dos livros que tem aqui, na verdade estou querendo algum livro sobre lógica, você teria?

Assim que a pessoa me informasse aonde teria o livro eu seguiria em direção do mesmo, assim que estivesse com o livro em minhas mãos, caminharia em direção a uma das mesas da biblioteca, escolheria uma aonde não tivesse muita gente e tivesse uma cadeira para sentar e me sentaria na mesma, abriria o livro e começaria a ler o mesmo devagar e com atenção a fim de tentar melhorar o meu raciocínio logico.


Histórico:
 
off:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Fala (#008B8B - Darkcyan)
Pensamento (#228B22 - ForestGreen)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 30
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 19

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptySex 09 Jun 2017, 14:54


Narração 13



Teru


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após aprender o que devia ser aprendido, Rin ficou parado como uma estátua, uma rocha ou algo semelhante. Não sabia-se o porquê, talvez era muita informação para ele processar de forma tão repentina ou quem sabe apenas não estivesse tendo devaneios.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Bowie estava já pronto para ir embora mas hesitou por um instante, para comentar algo com o cão, olhando-os nos olhos que permaneciam congelados no tempo, o mágico falou.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Érr… Estou indo a um seminário ou algo do gênero sobre invasão e tal, acho que eles ensinam como fazer aqueles lances com trancas e tudo mais, isso seria útil para meu show então né… Quer vir comigo?

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]David parecia confuso, aguardando a resposta do Mink.


Ceji



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Lars decidiu puxar assunto após, mais uma vez, ficar sem o que fazer. Virando-se para Rin, Sparkbolt perguntou-a se o tal livro o qual ela citou outrora já havia de ter sido lançado ou se seria uma estreia futura. A garota, solene e calmamente respondeu.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Sim, já lançou.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Logo após, o sargento perguntou se ela queria o acompanhar em uma ida em busca de um estabelecimento onde pudesse comprar o tal livro, aproveitando o momento para dar uma olhada no mesmo. Folheando o mangá, Lars notou que se tratava de uma história de lutas frenéticas com romance… Entre homens. Certamente algo que provavelmente não era de seu gosto. A edição era 005, mostrando que era algo lançado a não muito tempo, seu preço estava marcado como 20.000B$

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após não muito tempo de caminhada, encontraram uma loja simples de tamanho médio, vitrines de vidro como é de se esperar bem como sua porta, não vendia algo definido pois tinha de tudo; perfumes, chaveiros, cigarros, isqueiros, brinquedos… E havia uma pequena banca dentro deste estabelecimento que vendia os mais variados tipos de artigos para leitura.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Após comprar o que Rin queria, Lars perguntou a mesma o que ele poderia obter para si, e a garota respondeu de bom grado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Acho que LazyGuy combina contigo. É a história de um jovem rapaz extremamente preguiçoso que adquiriu poderes e é obrigado a salvar o mundo por uma entidade misteriosa. Inclusive está em promoção, custando apenas 10.000

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Voltaram então para o QG, com tudo comprado (ou não), sentaram-se e começaram a conversar mais uma vez, falando dessa vez do que estavam lendo, Rin parecia bem empolgada com seu novo  capítulo de sua série favorita, até que Lars levantou a questão de ver o estado de Sakaki, a garota se ofereceu para ir junto e ambos foram a enfermaria. Chegando lá, viram que a mesma se encontrava quase vazia, haviam apenas os funcionários e o próprio Yato, que se encontrava dormindo, porém se a expressão de dor de outrora, era como se estivesse realmente apenas cochilando.


Hyo


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Em uma parte completamente diferente do QG, encontrava-se Hyo, que buscava uma biblioteca pelo Quartel. Acendendo o cigarro e tragando-o enquanto caminhava, via várias alas da Central da Marinha, como refeitório, o próprio local onde se guarda o dinheiro, o caminho que leva até a prisão do local e, enfim, a biblioteca.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Dando uma última tragada e adentrando a sala após apagar o cigarro, o rapaz se direcionou até o que aparentava ser o bibliotecário, de cabelos loiros e longa barba, apesar de parecer ter uma idade avançada era bem preservado pelo que parecia, possuindo bastante cabelo e o vigor de um jovem, abaixando-se e andando de um lado para o outro, apenas um único detalhe lhe era estranho, ele era extremamente baixo, após ser perguntado sobre livros, sobre lógica em especial, o pequeno grande homem virou-se e encarou o marinheiro nos olhos, com a testa franzida em uma expressão de puro rancor, o bibliotecário bufou então e foi até seu balcão, onde pegou um grande livro e o colocou sobre a superfície.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Esse aqui é o melhor que temos. Eu mesmo escrevi essa joça. -disse o “anão”, sua voz era rouca e grossa, e seu tom era de alguém rabugento-

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Na capa do livro estava escrito “Como Não Ser Um Completo Idiota em 200 páginas” seu autor era “Thorbjörn Englund” provavalmente o nome do bibliotecário.


off:
 

Citação :
Sakaki: Costelas: 6/6  curado vai amenizar a dor quando terminar a contagem, mas ainda precisará ser tratado
Braços: 4/4 curado
Hyo: Mão 5/5 curado
Cabeça: 3/3 curado
Ceji: Pernas 5/5 curado
Forte dor na Cabeça 4/4 curado
Teru: Corte superficial, ao longo de quase todo o tronco curado (foi tratado…)
Thorbjorn:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
TND... TND NEVER CHANGES
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Teru
Soldado
Soldado
Teru

Créditos : 37
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 04/01/2014
Idade : 22
Localização : F3 + Teru

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptyQui 15 Jun 2017, 19:22


Chapter Zero - The Path of Order
The First Jorney

I bite way more than I bark
A Dog In Big City XXV
.

Com uma curta sessão de estudo e acima de tudo uma experiência única, Rin estava de certa forma feliz e satisfeito, a explicação tinha sido clara porém breve e o "treino" tinha sido rudimentar apesar de eficaz, sem dúvida nenhuma era bom ver que as coisas simples e eficazes continuavam sem dúvida nenhuma bastante claras. Preparando para deixar o mago seguir o seu caminho e começando ele a seguir o seu, o mesmo hesitou e voltou para trás para comentar com o cachorro algo que lhe ajudaria a queimar mais um pouco de tempo antes do jantar.

Érr… Estou indo a um seminário ou algo do género sobre invasão e tal, acho que eles ensinam como fazer aqueles lances com trancas e tudo mais, isso seria útil para meu show então né… Quer vir comigo?

— Ah sim, eu também já tinha ouvido falar sobre isso. Como maior parte dos malfeitores costumam fazer reféns, um ou dois capitães ou talvez eram sargentos acharam que era uma boa ideia fazer essa palestra. Tendo em conta que a hora de jantar ainda esta longe... Sim eu posso

Sem nada para fazer e curioso sobre o que iria aparecer na suposta palestra, Rin iria acompanhar o magico mantendo as suas orelhas caninas erguidas e atentas ao que lhe rodeava, ele ainda não sabia exactamente onde é que ficava o local onde iriam aprender sobre fechaduras e arrombamentos entre outras coisas visto que não existia nenhum tipo de sinalização 100% evidente porém o mink tinha quase a certeza que se acompanha-se Bowie ele acabaria por encontrar o lugar mais tarde ou mais cedo visto que tinha a quase a certeza de que a explicação seria prestada dentro do quartel da marinha.

Objectivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

L£t Me bE yOur gUIdE, in tHiS pAth of MeGaLoMaNiA


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Narração   -   Pensamento  -   Fala
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ceji
Caçador de Recompensas
Caçador de Recompensas
Ceji

Créditos : 2
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 04/02/2013

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptySab 24 Jun 2017, 22:48

Livros


Leitura. Uma arte antiga que se perpetua até os dias de hoje. Antigamente, os livros e pergaminhos eram usados para guardar informações e transmitir recados, mas com tempo e com a popularização dos livros, a leitura gradualmente passou a englobar inúmeros temas. Receitas, história, ciência, estórias de temas variados, livros passaram a ser uma pilar central da construção da visão de mundo de muitas pessoas, e não é para menos que é considerada uma atividade totalmente lucrativa. Todo livro, seja ele feito para isso ou não, traz opiniões e visões de mundo do autor, e quem lê tem a oportunidade de avaliar aqueles pontos de vista e talvez até mudar seus próprios. Não é incomum livros abrirem portas e horizontes àqueles que os leem, já que novos pontos de vista auxiliam a ver o mundo de maneira mais ampla, mas também por ser um exercício para a mente. Ler, entre muitas coisas, é um ótimo meio de desenvolvimento da criatividade e inteligência, pois muitos livros trazem temas para reflexão, e ler estórias adiciona repertório nas próprias ideias do leitor. No final, entretanto, o benefício mais famoso da leitura é a capacidade de acalmar e servir de contratempo. Não importa o quão reflexivo ou complexo o livro seja, a grande maioria dos livros atuais são para informar ou para divertir, e esses segundos são os mais famosos. Que tipo de leitor nunca sentiu aquela nostálgica sensação de ficar passando os olhos se deliciando com as paginas, quando de repente se percebe em um transe onde as palavras das paginas saltam e se projetam em sua mente? De fato, livros e quartinhos, seus primos, trazem muitas vantagens, mas nem tudo são ventos bons. Ler pode também ter seu lado negativo, por como exemplo entrar em um estado ascendido onde sua mente reflete em milésimos de segundo sobre a história e utilidade dos livros após ver algo que não queria ter visto, como uma história sobre combates frenéticos e romance entre homens.

Rin queria que eu comprasse o próximo volume daquele mangá como pedido de desculpa, então eu fui logo perguntando se o volume já estava à venda ou teria eu esperar. Após saber que já estava à venda, e que eu provavelmente iria comprar em pouco tempo, decidi dar uma olhada no tal mangá, e Rin me deixou vê-lo. Bom, em resumo, eu preferiria não ter visto. O mangá era uma combinação bizarra de combate e romance entre homens... Algo que realmente não me interessava, mas após folhear as paginas e pensar no que AQUILO podia conter, minha mente crashou por um instante. Eu logo voltei a realidade é devolvi o mangá, tentando me lembrar de alguma coisa durante o crash mental e falhando, apenas com o pensamento de um livro. É, fazer o que, algumas coisas são feitas para serem um mistério, e eu provavelmente adicionaria o que havia pensando naquele instante nessa lista - ...Tá. Eu não vou perguntar sobre isso. Vamos logo comprar o... - Parava por um instante para ver a edição - ...Volume 6.

Não foi muito complicado achar uma loja que vendesse. Mesmo não estando acostumado com aquele tipo de loja, não foi difícil identificar. A loja tinha um tamanho médio e parecia vender de tudo, então fomos direto à seção que nos interessava. O pequeno projeto de banquinha tinhas vários exemplares de mangás, e me apressei para pegar logo o que Rin queria e comprar, deixando claro pro vendedor que estava comprando para Rin, já que não queria me passar por esquisitão no meu primeiro dia na ilha. Após a compra eu dei mais uma olhada nos mangás e livros e me lembrei de que antes estava pensando em ler, e fui pedir informação para a pessoa que parecia saber mais do assunto do que eu: Rin - Acho que LazyGuy combina contigo. É a história de um rapaz extremamente preguiçoso que adquiriu poderes e é obrigado a salvar o mundo por uma entidade misteriosa. Inclusive está em promoção, apenas 10.000 - Por algum motivo o nome da obra me fez pensar em LazyTown, embora nunca tenha ouvido falar dessa coisa na minha vida... Mais um item para os mistérios insolucionáveis - Ei, como assim combina comigo? Está me chamando de preguiçoso? Pois fique sabendo que ficar parado é uma das poucas coisas que eu não consigo fazer. Enfim, se está em promoção eu vou comprar. É como aquele velho ditado: se o mundo te da limões, faça uma limonada - então pegava 10.000 do bolso - Mas lembre-se de ter a água e o açúcar - E pegava o tal livro/mangá e o comprava.

A visita a loja foi bem construtiva para mim, mas talvez meu gosto não tenha curtido tanto. De qualquer maneira, eu havia conseguido me desculpar com Rin e fazer tudo voltar ao normal, e isso era uma coisa boa. Rin estava bem empolgada com aquele mangá estranho, e isso me fazia imaginar o que ela via naquilo, ou se havia mais do que eu havia visto. Eu só sabia que não iria conferir denovo. Logo eu me lembrei de Sakaki, o novato que havia desmaiado na missão, e fui junto de Rin verificar seu estado. Chegando na enfermaria, vi que ele ainda estava lá desacordado, mas dessa vez parecia mais dormindo do que desmaiado. Ele parecia estar melhor, mas não era o suficiente para acabar com minha preocupação, afinal, ele estava sobre meus cuidados. Decidi deixar ele em paz e logo estávamos andando novamente pelos corredores do QG quando uma memória voltou a minha mente - Hey, Rin, eu estava me lembrando de algo sobre a missão de ontem, e... Aqueles caras deformados, você tinha feito aquilo com os punhos?! Eu sei que você tinha dito da dupla personalidade violenta e tals, mas aquilo necessitava de muita força, viu? De onde tirou aquela força toda? - Se ela evitasse o assunto ou explicitamente não quisesse responder, diria - Ta, desculpa puxar esse assunto, se não quiser falar, você não precisa - Se ela respondesse algo como treino ou liberação de estresse acumulado, responderia - Só isso? Nossa. Eu diria que quereria ver eu mesmo, mas não quero acabar que nem aqueles caras. Hahahahaha - E independente do caso, após isso eu iria olhar para o horizonte ou para o nada, caso estivéssemos totalmente dentro do QG, e diria - Sabe... eu só estive nessa ilha por mais ou menos um dia, mas já estou pensando em sair. É incrível como essa ilha pode ser ao mesmo tempo tão diferente e tão parecida com Wars. Quer dizer, ao menos o QG daqui tem uma direção mais responsável, mas... Sabe, é tão monótona quanto. Acha que estou falando demais? - Falaria mais como um pedido de opinião. Eu não conseguia ver aquela ilha com olhares muito diferentes do que via Wars, e isso me fazia pensar se essa sensação continuarei não importaria o Blue que estivesse. Eu havia pensando em ir para a Grand Line, lugar de onde saíram muitas das histórias dos meus pais, mas ao mesmo tempo também achava no fundo que estava sendo muito radical. Menos de uma semana na marinha e já indo para a Grand Line? Não sabia se isso era talento ou idiotice. Quer dizer, eu não poderia desconsiderar o fato de que eu havia sido promovido em apenas um dia, mas ainda me parecia muito. Caso Rin dissesse que sentia o mesmo ou ao menos concordasse, diria - Acha que seria exagero ir para outra ilha, ou até para a GL por causa disso? - Caso ela discordasse, dizendo que fazia total sentido ou ao menos demonstrasse entusiasmos pela Grand Line, eu daria um sorriso, preparado para o próximo passo - Haha, foi o que pensei... mas que desculpa eu daria para ir para outra ilha? Ah, que se foda, se fosse para dar desculpa para tudo eu nem estaria aqui. Deve ter missões que levem para outras ilhas, isso é o de menos - Caso ela discordasse sobre minha opinião sobre a Shells no início da conversa, eu diria - Bom, realmente sair da ilha depois de um dia é complicado... Acho que só se eu pegasse uma missão que como consequência me levasse a outra ilha ou a Grand Line... Parando para pensar, é uma ótima ideia! Rin, você é um gênio! - Me viraria como que para ir para a sala de Hamaku, mas pararia - Nossa, isso foi tão clichê. Rin, se quisesse ir para algum lugar, qual seria?

Spoiler:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

R.I.P. Lars:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenway
Pirata
Pirata
Kenway

Créditos : 30
Warn : Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 10010
Masculino Data de inscrição : 25/11/2016
Idade : 19

Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 EmptySex 30 Jun 2017, 01:58


Narração 14


Teru


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Concordando com Bowie, Rin o seguia. Nada indicava claramente onde ocorreria a tal palestra, contudo, se o senso de direção do cão não estivesse lhe enganando, eles estavam indo para o local onde eram realizados treinos como malhação ou simulações de combate.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Agora, após menos de um minuto completo, o mink tinha certeza sobre a localização do seminário, no local de exames físicos ele via algo simples, um tenente velho de pé com alguns soldados em volta, aparentemente havia começado a pouco o aprendizado, não demorou até que ouvisse o homem se pronunciar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Meu nome é Eisi Dici rapazes — pigarreava —Vou lhes ensinar o que aprendi enquanto ainda era um novato, como vocês  — catava um pouco de secreção de sua garganta e cuspiu no chão, sem classe alguma — Mostrarei apenas o básico é claro, ensinarei como entrar em um local fechado sem ter que foder com a merda toda e perder o elemento surpresa… Desculpe o palavriado — o homem agora seguia para uma caixa que ficava em cima de uma mesa, ele tinha uma fechadura semelhante a de um porta.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]O senhor gesticulava e falava passo-a-passo, explicando o que fazia e porquê, utilizando algumas ferramentas específicas para a ocasião, em uns 10 minutos — demora oriunda do fato de ter que explicar com cuidado — estava tudo pronto, nada mais deveria ser feito e o tenente convidava os soldados que quisessem a tirar dúvidas com eles, porém todos pareciam desinteressados incluindo Bowie que dizia para Rin que aquilo o bastava.


Ceji


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Lars continuava apenas a conversar com Rin, já no Quartel, comentava sobre a missão de anteriormente, dizia sobre os corpos deformados em específicos que encontrara quando conheceu Rin.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Aquilo não foi nada demais, sério, sempre fui conhecida pela força bruta e por descarregar meu estresse quando necessário… Pode parecer mentira mas é a mais pura verdade — dizia, sorrindo no final da fala, meio envergonhada e, após rir sobre o comentário de Lars, respondia a mais uma de suas falas — Sim, eu até que te entendo, as ilhas em geral são realmente entediantes, por isso viso ir para a grandiosa Grand Line o quanto antes!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Sparkbolt agora expressava sua opinião sobre o que faria para sair dali, em suma ele se mostrava indiferente sobre dar desculpas ou encontrar motivos, como qualquer jovem ansioso apenas queria ir direto ao assunto, sem ter que pensar demais. Questionando sobre que lugar a garota queria ir, ela dizia, de forma tímida e baixa, que não tinha certeza por não conhecer plenamente a Grande Rota.
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
TND... TND NEVER CHANGES
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG!
Links para ajuda
:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty
MensagemAssunto: Re: Chapter Zero - The Path of Order   Chapter Zero - The Path of Order - Página 10 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Chapter Zero - The Path of Order
Voltar ao Topo 
Página 10 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Shells Town-
Ir para: