One Piece RPG
"I See You" Parte 1 - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Jack Reed
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor BlackHole99 Hoje à(s) 00:07

» Rumo à Grand Line?
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:19

» Unidos por um propósito maior
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Milabbh Ontem à(s) 22:57

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 22:52

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Mazino Ontem à(s) 18:17

» Um Rugido Inicial
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Graeme Ontem à(s) 16:51

» [MINI-BlackHole] Um bom malandro
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Far Ontem à(s) 16:24

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Oni Ontem à(s) 14:36

» Faíscas da Revolução
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor ArcenioStorm Ontem à(s) 08:22

» Phantom Blood
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Licia Ontem à(s) 05:22

» [MINI - Masques] A far off dream
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Masques Ontem à(s) 02:57

» [Ficha] Jin Ryuji
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Kallieel Ontem à(s) 02:03

» O Sapo Mágico
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 02:03

» A justiça não é cega!
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 00:04

» Cap.2 - O caminho de sangue
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Sex 29 Maio 2020, 18:25

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Kiomaro Roshiro Sex 29 Maio 2020, 17:49

» Akira Suzuki
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Ceji Sex 29 Maio 2020, 14:53

» II - Eternas Ondas
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Mephisto Sex 29 Maio 2020, 11:21

» Jhonathan Wolf
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Gyatho Sex 29 Maio 2020, 11:08

» Al mare!
"I See You" Parte 1 - Página 4 Emptypor Fanalis B. Ria Sex 29 Maio 2020, 07:21



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 "I See You" Parte 1

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Milho
Civil
Civil
Milho

Créditos : 4
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 18/02/2016
Idade : 25
Localização : East Blue

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptySab 23 Jul 2016, 16:09

Relembrando a primeira mensagem :

"I See You" Parte 1

Aqui ocorrerá a aventura do civil Zeno Hawk. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

É isso mesmo, Convidado, eu voltei.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Zeno Hawk
Civil
Civil


Data de inscrição : 17/07/2016

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptyTer 14 Mar 2017, 17:14

Confronto em Alto Mar!!!




Zeno que ainda andava com dificuldade, sendo constantemente atrasado pela tala em sua perna esquerda, colocava sua muleta improvisada de lado e com sua mão direita segurando a pistola, que a poucos dias atrás pertencia ao seu ex-conselheiro traidor, se posicionava no canhão junto de Eustass. Ouvindo o estranho nome do bando, Zeno não podia evitar sentir certa curiosidade e estranheza, se perguntando que tipo de piratas eram aqueles...

Por toda a sua vida Zeno havia morado em Fernand Ice Island, uma terra desolada coberta por gelo, sendo aquela a primeira vez que saía e que navegava pelos mares. E por ironia do destino, em poucos dias de viagem eles já se confrontavam com um desafio que poderia finalizar antecipadamente qualquer pretensão que o jovem poderia ter, aquela perigosa sensação de ser confrontado por algo novo e desconhecido, enchia Zeno, ao mesmo tempo, de empolgação e medo, era algo controverso porém tentador, algo que parecia agitar a alma e o coração do rapaz, que com um largo sorriso em seu rosto diria: - Então, é isso que aguarda aqueles com coragem de navegar pelos mares... HaHaHa...Maravilhoso!!! Zeno nunca havia se sentido tão vivo e livre antes, era como se todas as células em seu corpo vibrassem de animação, e ele prometia a si mesmo que aproveitaria cada segundo daquela experiência.

Olharia para a pistola que Eustass segurava, e depois olhando para frente diria em um tom de brincadeira tentando dar uma leve aliviada na pressão do momento além de dar uma motivada em Eustass: - Tem certeza que você sabe usar isso daí? Se percebesse medo ou insegurança vinda dele, Zeno diria sério: - Eu sei que isso pode ser assustador, principalmente para nós que não estamos acostumados com esse tipo de situação, porém, lembre-se de que você não está sozinho, todos estão preparados para lutar e dar tudo de si para proteger esse navio e as pessoas que estão nele.

A medida que o navio inimigo se aproximasse, Zeno tentaria usar sua aguçada visão para encontrar os lugares mais vulneráveis, como barris de pólvora e aglomeração de pessoas, que fizesse mais estrago ao acertar com o canhão, - Eustass cuida da pólvora e abasteça o canhão, pode deixar a mira comigo!!! Zeno falaria antes de entrarem na zona de alcance dos canhões, se Eustass reclamasse, ele diria: - Serio!? Você quer discutir AGORA? Se mesmo assim Eustass fizesse questão de ser o atirador, então Zeno apenas daria um leve suspiro, simbolizando o quão inútil aquela discussão era, e trocaria de postos com Eustass, começando assim ele mesmo a recarregar o canhão.

Fosse atirando ou recarregando o canhão, Zeno daria tudo de si, usando todas as suas habilidades físicas e mentais com o único objetivo de destruir o inimigo a frente. Tentaria seguir todas as instruções do Capitão Philips, afinal, ele provavelmente já havia passado por esse tipo de situação diversas vezes, tornando-o muito mais experiente no assunto do que Zeno. Se algum dos inimigos entrasse no navio e tentasse acertar Zeno, ele tentaria atirar o mais rápido que conseguisse, mirando em partes mais obviamente vitais, como cabeça e saco, tentando manter uma distância segura do inimigo, afinal com sua perna ainda imobilizada, não seria sábio deixar que se aproximassem. Porém, se Zeno fosse alvejado por algum golpe, ele tentaria usar sua perna em bom estado para impulsiona-lo para o lado contrário do golpe, sempre tentando se manter o mais distante possível do(s) inimigo(s) e contra-atacando de imediato com rodadas intercaladas de 3 tiros cada.



Off:
 



Objetivos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 29
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptyQua 15 Mar 2017, 11:26


Zeno

Shot


Zeno tentava aliviar a pressão daquele grupo, mas sem perceber o quanto suas palavras podiam soar estranhas para Eutass.

– O único que não está acostumado é você garoto. Enquanto andava por ai furtando estávamos quase sempre em conflito naquela ilha. Mas você estava distraído de mais pra olhar pra qualquer coisa que fosse o seu nariz não? – respondia Eutass com um tom bastante acido em sua voz.

Ao que constava os sobreviventes daquela luta em Fernand eram todos dos patrulheiros da noite, todos estavam acostumados a lutar. Talvez não em mar, talvez não contra piratas, mas sabiam bem o que era estar com o fio da navalha pressionado em seus pescoços.

– Calem a boca. – rosnou Phillips. – MARK, VIRE A BOREST AGORA. – gritou o capitão. E com isso o navio se colocou na direção do sol poente, seria difícil para o navegador ver qualquer coisa a frente, mas isso se aplicaria também ao navio pirata que dificilmente poderia navegar diretamente até eles, pois não passariam de uma sombra contra o sol.

Zeno conseguia já enxergar os piratas dentro do navio, não conseguia ainda identificar qual seria a capitã, mas via pelo menos 30 homens a bordo da embarcação. Muitos a frente, movendo os canhões, mas a maioria deles encontrava-se no meio do navio remando. Doze paz moviam-se com precisão entrando em saindo da agua impulsionando assim o navio pirata em direção ao seu alvo.

Não houve discussão sobre quem atiraria, Zeno já estava em posição e Eutass em melhores condições para erguer as balas e carregar a pólvora. Tomando a decisão Zeno começou a apontar para a parte lateral, onde poderia acertar os remos, se não, os remadores.

– Aguardem o alcance. – alertou o capitão que provavelmente era acostumado ao alcance de seus canhões.  O navio pirata por fim se aproximou o suficiente, sessenta metros os separavam quando Phillips anunciou para dispararem. E foi assim que o primeiro tiro de canhão de Zeno acertou o mar. Mas não só o dele, o tiro do próprio capitão acertou o mar. O navio pirata havia habilmente alterado o curso quando os disparos estavam prestes a ser realizado, afastando-se metros decisivos para os tiros errarem.

O navio pirata também realizou disparos logo a seguir, estes passaram igualmente perto, mas erraram devido a dificuldade que enfrentavam em medir a profundidade devido ao sol.

– Garoto mire mais baixo, os outros mais longe. – Phillips comandava para que assim, mesmo se o barco pirata se afastasse ou aproximasse eles teriam alguma uma chance maior de acertar.

OS três canhões foram recarregados e ajustados. Zeno continuava mirando nos remos, mas agora para uma situação onde o navio pirata viesse a se aproximar mais. Dispararam em conjunto. Os tiros assoviaram, cruzando o mar e cobrindo a distância que os separavam. Os tiros dos outros passaram por sob o navio. Um arrebentou uma corda da vela o outro nada acertou. O tiro de Zeno acertou a agua novamente, mas tão próximo ao navio que quebrou dois remos.

– Não parem, continuem. – bradou Phillips.

O tiro dos piratas dessa vez acertou. Um ao menos. A explosão veio da amurada direita, onde a bala entrou cravou em uma das paredes dos quartos atrás de Zeno. Felizmente poucos destroços voaram na posição onde eles estavam, mas foi por pouco que não acertou Natasha e Aktor.

A troca de tiros continuou alguns com mais sucesso que outros. Zeno conseguia as poucos atrasar o avanço do navio pirata, mas independente de estar ou não usando remos o navio deles era mais rápido.  Finalmente o navio pirata os alcançou. Ganchos para a abordagem, enquanto outros piratas começavam a disparar  contra a embarcação mercante dando assim cobertura para a instalação dos ganchos.

Histórico:
 

Eu ia ir adiantando, mas com o post assim mais curto do tempo para vc ir montando uma estratégia. Os navios estão agora a 8m. A escada para o segundo andar vem da direita para a esquerda, sendo assim tem cobertura da própria escada para se proteger dos tiros.


Mais ou menos isso a disposição:
Spoiler:
 

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Zeno Hawk
Civil
Civil
Zeno Hawk

Créditos : Zero
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/07/2016
Idade : 26
Localização : Fernand Ice Island

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptyQui 16 Mar 2017, 20:36

Batalha no Navio!!!




Zeno lamentava não terem sido capazes de deter os inimigos antes que eles invadissem o navio, afinal, além de ser um atirador, ele também estava com sua movimentação prejudicada por causa de sua perna esquerda imobilizada, por causa dessas razões, seria perigoso deixar algum dos piratas chegar perto demais, então tendo em mente que precisaria se manter afastado além de conseguir destruir os piratas o mais rápido possível antes que eles dominassem todo o navio, sugeriria ao Capitão Philips: - Capitão, o que acha de nos dividirmos em duas equipes: uma continua manuseando os canhões, dando o máximo de dano possível no inimigo, além de dar cobertura para a outra equipe, que tem como objetivo deter os piratas que estão entrando no navio e acabar com os ganchos de abordagem. Esperaria a resposta do Capitão, se ele recusasse a ideia, Zeno apenas diria: - Tudo bem, então você tem um plano melhor? Ouviria com atenção e seguiria as instruções de Philips, tentando se esforçar ao máximo esperando não deixar que com sua perna ainda imobilizada atrapalhasse, afinal por mais que odiasse admitir, as palavras de Eustass estavam certas, entre todos ali, ele era um dos mais inexperientes em um combate real, por isso, seguir as ideias, instintos e a estratégia do experiente Capitão Philips poderia ser a melhor escolha no momento.

Porém, se o Capitão concordasse com o plano de Zeno, ele diria: - Certo, mas saibam que é crucial que ambos os grupos obtenham sucesso em suas missões, afinal, de nada irá adiantar se conseguirmos destruir o navio deles, porém falharmos em acabar com os ganchos, assim eles simplesmente invadiriam de vez o nosso navio e tentariam toma-lo, e da mesma forma, não adianta nada se só conseguirmos destruir os ganchos e o navio inimigo continuar inteiro, pois eles apenas disparariam outros ganchos, por isso os dois precisam ser destruídos... Deixaria que o Capitão escolhesse quem seria de cada equipe, afinal ele provavelmente era a pessoa naquele lugar que mais sabia sobre as habilidades de cada tripulante.

Se Zeno fosse da equipe dos canhões, ele tentaria mirar na parte de baixo da embarcação, esperando que a água do mar pudesse entrar pelos buracos, retardando e afundando o navio, porém se isso não desse certo ele tentaria acertar repetidamente o mastro do navio inimigo, pois uma vez sem ele, Zeno esperava que aquilo se tornasse apenas uma grande canoa a deriva, mas se esta estratégia também não funcionasse, o jovem iria se limitar a tentar acertar os piratas no navio, afinal se tudo havia falhado, então só restava tentar matar um por um... Ocasionalmente Zeno tentaria, usando o canhão, dar cobertura para para o grupo que estava responsável por cuidar dos ganchos. Se precisasse desviar de algum ataque inimigo, Zeno abaixaria e tentaria usar o próprio canhão como cobertura para se proteger.

Se Zeno ficasse no grupo dos combatentes que teriam que cuidar dos ganchos, ele iria se manter recuado, tentando usar a escada como cobertura, estralaria os dedos e começaria a  atirar mirando nos ganchos, se os piratas entrassem no navio, ele gritaria para os outros de sua equipe: - Segurem os piratas e deixem que eu cuido dos ganchos! Dito isso ele continuaria tentando derrubar os ganchos, Zeno tentaria usar toda a sua genialidade combinada com sua ótima visão para decidir o melhor lugar para acertar o tiro, para que com sorte conseguisse fazer o gancho se soltar, porém se mesmo assim ele não conseguisse, Zeno tentaria se reposicionar, buscando uma melhor visão dos alvos, e que ao mesmo tempo service de cobertura, provavelmente o mastro. Se durante o tempo em que tentava acertar os ganchos, algum dos piratas o atacasse com uma arma de longo alcance, ele usaria onde estivesse de cobertura tentando se defender da melhor forma que pudesse, porém se o ataque fosse a curta distância (considerando também golpes de artes marciais), ele recuaria cerca de dois passos largos, colocando seu peso na perna em boas condições tentando não forçar a outra, e independente do tipo de alcance do atacante, Zeno tentaria revidar com uma série de disparos, mirando no tórax do inimigo.

Mesmo se fosse seguindo as ordens do Capitão Philips ou seguindo o seu próprio plano, Zeno iria sempre tentar usar sua visão aguçada para enxergar mesmo os inimigos mais longes tentando evitar qualquer tipo de surpresa indesejada ou ser pego desprevenido. Se avistasse a Capitã do navio inimigo, a analisaria tentando ganhar informações sobre ela, e tentaria avisar o Capitão Philips da posição da Capitã inimiga. Se Philips concordasse com seu plano e dissesse que podia escolher a posição que poderia ficar, Zeno escolheria atirar o canhão, afinal com sua perna naquele estado, aquela era provavelmente a decisão mais sábia. Se algum dos piratas fosse em direção ao quarto onde Natasha e Aktor estavam, Zeno tentaria atirar nele, de preferencia pelas costas se fosse possível, ou mirando da cintura para cima, tentando atirar de modo que os estilhaços de suas balas não entrassem no quarto, se errasse ou o inimigo conseguisse entrar no quarto, ele praguejaria em sua mente: "Merda...logo agora..." E avisaria alguém que estivesse mais perto do quarto para ir ajudar Natasha e Aktor, se não houvesse ninguém perto, ou se todos estivessem ocupados, ele diria em voz alta enquanto se apressava em direção ao quarto: - ALGUÉM ASSUMA MINHA POSIÇÃO!!! Iria para lá ele mesmo, enquanto reclamava ainda mais em sua mente: "Mas droga é essa!? Esses dois só me dão trabalho..." Ficaria atento para se desviar se fosse preciso, se impulsionando no chão com sua perna boa, e se apressaria o máximo possível para o quarto, se conseguisse chegar lá usaria a porta e/ou parede em que a porta estava fixada como cobertura enquanto tentava atirar no(s) pirata(s).



Legenda:
 



Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 29
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptySab 18 Mar 2017, 09:05


Zeno

Shot


Zeno sugeria um plano para Phillips. Mas novamente suas capacidades de ler e interpretar o texto falham.
Citação :
 Finalmente o navio pirata os alcançou. Ganchos para a abordagem, enquanto outros piratas começavam a disparar contra a embarcação mercante dando assim cobertura para a instalação dos ganchos.
Ainda assim Phillips concordou e disse para ele.
– Fiquem livre para tentar. – Já com pouca paciência. E já não falando mais com Zeno ele gritou para o navegador. – Trave o leme e desça Geen.  Vocês joguem as grades ao mar. – disse ele para dois dos seus homens que eram lanceiros. Os atirados permaneceram ali, encostados na parede que usavam para se proteger dos tiros disparados do navio pirata.

O maior numero de piratas fazia que houvesse pelo menos dois atiradores piratas para cada marujo.  Zeno aproveitando a troca de tiros conseguiu chegar até o canhão, foi com esforço e sorte, pois os disparos piratas continuavam acertando agora o chão onde ele estava no segundo anterior. Conseguiu virar o canhão, mas a proximidade não o permitia mirar para baixo, pois como canhões de deck feitos para atirar a distancia seus mecanismos eram limitados já que 99% dos tiros deveriam ser dados um ângulo para cima a fim de mandar a bala mais longe. O máximo que descia era uma posição reta e esta não lhe adiantava muito. Assim sendo tentou virar o canhão o suficiente para mirar no mastro, mas a posição que tinha de se manter para não ser alvejado tornava o trabalho difícil.

Da posição que estava e nas vezes que arriscou erguer a cabeça para cima do canhão Zeno foi capaz de localizar a capitã, ou assim imaginou que fosse já que ela era quase idêntica a jolly roger que o navio ostentava.
Spoiler:
 
Devido aos sons dos disparos não era possível ouvir as ordens que ela dava, assim Zeno apenas avisou o capitão de que a havia visto próxima ao mastro centrar.

Aktor e Natasha eram levados para baixo naquele momento, para junto da carga. Só havia duas passagens lá para baixo e as grades que as fechavam foram jogadas aos mar. Zeno sentiu que o navio começava a desacelerar.

O navio pirata recolhia as velas e eles começavam a ter que além de se impulsionarem terem de tracionar o pirata fazendo assim sua velocidade diminuir progressivamente.

– Saia logo dai antes que você se mate com essas suas ideias estupidas garoto. – gritou o capitão Phillips para Zeno. Afinal havia sido bastante ingênuo imaginar que os piratas iriam permitir que canhões fossem manobrados a essa curta distância. - Criem um perímetro, protejam as entradas. Precisamos nos limitar a um local menor e de difícil acesso para que os números não contem tanto.

Explicava Phillips enquanto ordenava aos homens para que descessem para o porão.
– Eles querem a carga, então dificilmente vão sair explodindo as coisas.
Explicou Phillips quando um dos igluitas o questionou sobre a possibilidade de jogarem uma bomba para baixo.



Histórico:
 



____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Zeno Hawk
Civil
Civil
Zeno Hawk

Créditos : Zero
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/07/2016
Idade : 26
Localização : Fernand Ice Island

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptySab 25 Mar 2017, 12:43

Encrencas no Porão





Zeno ouvia o Capitão Philips enquanto praguejava em sua mente por seu último plano não ter saído como havia esperado, "Realmente...ainda me falta muita experiência em combate..." o jovem também pensava sobre a Capitã inimiga, "Mas que ser estranho era aquele...com aquela aparência e o aviso do Capitão Philips, eu tremo só de imaginar o que 'aquilo' faz com os capturados..." Determinado a não cometer mais erros, Zeno respiraria fundo tentando clarear sua mente e prestaria atenção ao seu redor, na situação atual, nos ânimos dos que estavam ali, e no avanço do inimigo. A ideia do Capitão era arriscada e dependendo da resposta dos piratas, poderia significar o fim de todos eles, porém, ainda era a melhor do que qualquer ideia que Zeno pensava, tendo isso em mente o jovem concordaria com o plano do Capitão Philips e se posicionaria no porão da melhor forma que fosse possível, tentando encontrar um lugar que o permitisse manter uma distância segura, visando sua perna ainda imobilizada que provavelmente atrapalharia qualquer tentativa de desvio ou esquiva que talvez precisasse fazer se ficasse perto demais da entrada, porém não atrapalhasse a execução ou a mira de seus tiros.

Zeno estralaria os dedos e colocaria a sua bandana, pertencente ao uniforme dos snipers da Patrulha da Noite, cobrindo seu nariz e boca, esperando poder se proteger de algum ataque de gás, afinal, se aqueles últimos dias o haviam ensinado algo, era que nunca se sabia o que podia acontecer, e além do mais: 'O homem preparado vale por dois'... Quando (e se) os inimigos tentassem entrar no porão, Zeno tentaria agachar e/ou se apoiar onde estava e atiraria mirando na cabeça e braços dos piratas, segurando sua pistola com as duas mãos tentando ter mais equilíbrio no tiro, usando sua aguçada visão para visualizar o quanto antes o número e a direção em que os inimigos atacavam. Zeno se esforçaria ao máximo para abater o maior número de inimigos possíveis, se precisasse desviar de algum ataque, o jovem iria tentar rolar para o lado no qual tivesse mais espaço, tentado ficar o mais longe possível do atacante, além de tomar cuidado para não machucar e/ou forçar ainda mais a sua perna imobilizada.

Zeno seguiria as instruções do Capitão Philips, confiando na experiência daquele velho lobo do mar, enquanto ficava atento a qualquer tipo de 'possibilidade' na qual pudesse tirar algum proveito, se os piratas não entrassem no porão ou fizessem algo totalmente inesperado, Zeno perguntaria sarcasticamente para o Capitão Philips: - E então 'sábio' Capitão, o que fazemos agora?



Off:
 

Legenda:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 29
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptySeg 27 Mar 2017, 15:43


Zeno

Shot


Zeno decidiu seguir o plano de Philips, não talvez por concordar ou por acha-lo ideal, mas sim apenas porque esse se apresentava melhor do que os que haviam conseguido bolar. Ainda assim preocupava-se que podiam acabar encurralados lá em baixo.

Os igluitas ajudaram a levar Aktor lá para baixo, Natasha desceu logo atrás. Lá em baixo estava escuro, de modo que os que entravam tinham dificuldade de enxergar onde iam, mas logo que os olhos se ajustavam conseguiam cada qual encontrar um esconderijo atrás do barris de mercadoria. A entrada para o porão por sua vez era bem iluminada o que lhes daria certa vantagem em ver quem tentasse entrar muito antes destes perceberem qualquer coisa.

Estavam há quase um minuto lá quando sentiram o solavanco dos navios se encostando e os piratas começarem a pular a bordo. Ouviam-se os gritos e gargalhadas do mesmo enquanto corriam. O balanço parou, todos no andar de baixo estavam em silencio, podia-se sentir a tenção no ar, tal qual uma corda de violão bem tensionada pronta para arrebentar. Qualquer respirada mais alta parecia um berro naquele lugar.

Em alguns pontos era possível observar a poeira voando atravessando filetes de luz que se infiltravam pelas frestas. Naquela situação, onde os nervos estavam nos limites o corpo parecia absorver todos os detalhes ao redor.  Zeno não se via consciente desse fato naquele momento, talvez notasse mais tarde que se tentasse lembraria de cada detalhe daquele dia, pois todos estariam sendo gravados em ferro em sua mente, lembrar-se-ia mesmo não sendo quem era, mesmo que sua mente já não fosse naturalmente aguçada. Pois é isso que a morte nos trás, uma lividez tão grande que é quase infinita. Uma capacidade sobre-humana a qual o corpo recorre para sair vivo.

Alguém começou a caminhar acima, as tabuas rangendo sobre o peso. Talvez a capitã? Os feixes de luz sumiam conforme eram bloqueados pela movimentação e voltavam  a aparecer assim que liberados.
– Phillipssssssss, meu amorrr. Porque se esconde meu BB. – Zeno que não estava muito longe de Phillips percebeu que o mesmo se arrepiou inteiro com aquela voz, e pode ver o medo pela primeira vez no rosto do marujo. – Estou com saudade, meu BB, de você e dos seus homens, hihihihihi. – dessa vez não fora apenas Phillips a se arrepiar e o próprio Zeno pode sentir o terror daqueles homens, mas em seu próprio corpo.[/color]

– Não sejam pegos vivos. – disse Phillips mais uma vez em voz baixa e resoluta.

Zeno sentia-se suar, talvez a primeira vez que contatasse esse fato. O seus rosto estava quente por de trás da bandana e seu semblante preocupado com seu destino imediato.


Histórico:
 
[spoiler]

Sim eu podia ter adiantado, mas não o fiz. Porque? Como disse até a terceira pagina eu vou dando dicas, tentando lhe fazer perceber as opções. E dando leves colheres de chá. No post anterior indiquei que faltou um pouco da compreensão geral da situação, afinal disse que os piratas atiravam contra o navio. Você podia muito bem ter tomado um tiro ao sair da cobertura, pois bem não tomou. Agora acatou as ordens de Phillips e fez considerações sobre os piratas tentarem invadir o porão.

Mas ignorou que vocês poderia atacar antes disso n? Você pode sempre fazer suposições sobre o cenário, quando eu ainda não o descrevi. Como era o caso agora. Você podia inserir casos onde procuraria coisas especificas no cenário, pois se a qualidade do seu post me agradar você encontrará essas coisas como recompensas. Você também podia supor a descrição que dei de enxergar os piratas se movendo acima através das sombras que se passam pelas frestas e usar isso em algum plano. Pode me mandar PM se necessário também, fazendo perguntas antecipadas sobre o cenário se quiser encaixar em planos específicos em seu post.

Você limitou-se ao obvio. Que poderiam jogar uma bomba de gás para baixo, ou que invadiriam saltando para dentro.  As vezes se você surpreender o narrador com um plano as coisas podem ocorrer melhores para você, pois eu mesmo me sentirei tentado a seguir aquela linha de raciocínio por achar ela interessante. To considerando um pouco mais de 3 pages, pq n era eu a narrar antes.

____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Zeno Hawk
Civil
Civil
Zeno Hawk

Créditos : Zero
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 17/07/2016
Idade : 26
Localização : Fernand Ice Island

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptySab 01 Abr 2017, 17:13

BURN THEM ALL!!!





Zeno suando, e com sua tensão crescendo a cada segundo, com uma pressão psicológica que o pressionava cada vez mais para o abismo do medo, tentava se acalmar enquanto observava as reações do Capitão Philips e de todos os outros marujos que ali estavam, depois que eles haviam ouvido a estranha fala da Capitã inimiga. "Mas que tipo de monstro ela é, para causar tanto desespero neles? Pensando bem, não estou afim de descobrir..." Zeno concentraria sua visão, olhando pelas arestas do teto acompanhando cada movimento dos piratas, se percebesse que eles iriam atacar o porão, de cima mesmo, ao invés de tentarem ir pela entrada, atirando e/ou incendiando o teto, Zeno primeiro tentaria rolar para longe do perigo, procuraria por algo que pudesse usar como proteção ou cobertura, achando ou não, começaria a atirar mirando na Capitã Inimiga, ou se ela estivesse longe, em algum pirata que estivesse mais próximo.

Se enquanto os piratas estivessem procurando por eles, Zeno percebesse que tinha a Capitã no alvo, ele olharia para Philips e sussurrando muito baixo, porém levantando a bandana para que o mesmo pudesse acompanhar os movimentos do lábio do jovem e entendesse o que ele estava falando, diria: - Eu tenho ela na mira, pode ser a nossa melhor chance, atiro ou não? Abaixaria a bandana e esperaria a resposta de Philips prestando muita atenção nos lábios do mesmo e em sua postura corporal, para entender qualquer resposta que ele poderia dar, se fosse negativa, Zeno olharia para a fresta no teto preocupado se estava deixando uma ótima oportunidade passar, mas acatando a ordem de Philips, não atiraria. "Talvez essa seja a melhor escolha, afinal, uma vez que eu atirasse, estaríamos entregando nossa localização e perderíamos o fator surpresa..." Porém, se Philips desse sinal verde para que Zeno atirasse, o jovem respirando fundo, tentando fazer o mínimo de barulho possível, seguraria sua pistola com as duas mãos tentando ter uma maior precisão, e mirando na enorme cabeça da Capitã (se pelas frestas do teto ele só conseguisse ver os pés ou a perna dela, Zeno usaria sua genialidade para tentar calcular mentalmente onde estava a cabeça, baseando-se na imagem dela que ele havia visto mais cedo) e atiraria duas vezes, tentando mandar o segundo tiro um pouco mais baixo do que o primeiro, esperando que assim pelo menos um deles acertasse o alvo, tendo acertado ou não Zeno atiraria mais quatro tiros consecutivos, agora mirando na região da cintura da Capitã, tendo acertado ou errado, Zeno mudaria de posição, saindo do local que havia realizado os tiros e tentaria ir para algum lugar no porão que oferecesse proteção, carregaria sua pistola prestando atenção no teto acompanhando a movimentação dos piratas e atiraria no inimigo que estivesse mais próximo, depois mudaria de posição novamente, tentando achar alguma cobertura que o protegesse.

Se em qualquer um dos casos, Zeno percebesse que os piratas iriam adentrar o porão, o jovem tendo quase que uma epifania, procuraria ao seu redor por algum barril e/ou compartimento que tivesse óleo de baleia, um dos produtos que Philips comprava de Fernand Ice Island, se não encontrasse nada do tipo, Zeno se resumiria a esperar pacientemente os piratas invadirem, e ao sinal deles, começaria a atirar, tentando sincronizar seus ataques com os outros marujos, para assim abranger uma área maior, acertando um número superior de inimigos, usando qualquer móvel e/ou objeto não inflamável como proteção. Mas, se conseguisse achar um objeto que contivesse óleo de baleia, ou qualquer outro líquido inflamável (Álcool, Rum...), ele tentaria com cuidado trazer para si, destamparia e/ou faria um buraco no objeto, talvez com uma coronhada de sua pistola, e jogaria na entrada do porão torcendo para que o óleo se espalhasse pelo chão ao redor daquela área. Enquanto manuseava o objeto com o óleo, Zeno tomaria muito cuidado para não se sujar com ele, usando as luvas velhas que havia pegado de Rodrik enquanto mexia com aquilo, se elas ficassem muito lambuçadas, ele apenas as descartaria jogando pro lado, se alguém perguntasse o que ele estava fazendo, ele sussurraria em resposta: - Fazendo o que eu faço de melhor, usando o cérebro! Se Philips reclamasse que ele estava danificando sua mercadoria, Zeno responderia sussurrando com um certo tom de incômodo na voz: - Pelo amor de Deus homem!!! Você da mais valor pra sua mercadoria do que pra sua vida!? E independente da resposta, continuaria com seu plano. Se tivesse sucesso em lambuçar a entrada de óleo, Zeno esperava que os piratas que entrassem, escorregassem no óleo, e tivessem dificuldades de se locomover, permitindo assim que os marujos e igluitas que ali estavam conseguissem atingi-los mais facilmente. Se tivesse sucesso em seu plano de retardar e prejudicar os movimentos dos piratas que invadiam, Zeno atiraria freneticamente neles, tentando abater o maior número de piratas no menor tempo possível, ao mesmo tempo em que tentaria se proteger em alguma cobertura, para evitar qualquer ataque inesperado, quando e 'se' os piratas começassem a se acumular na entrada, Zeno atiraria no chão lambuçado de óleo, tentando faze-lo incendiar, se o impacto e a pólvora remanescente nas balas não fosse o suficiente para começar o fogo, então o jovem procuraria algo ao redor que pudesse ajuda-lo (uma tocha, fósforos, lanterna antiga a base de óleo...), se não encontrasse nada que poderia começar o fogo, ele procuraria alguma coisa de ferro e/ou metal perto da entrada, e atiraria cerca de três vezes tentando acerta-la, esperando que a faísca ocasionada do choque entre a bala e aquela superfície fosse o suficiente para inflamar o óleo e incendiar todos os piratas por perto. Se não conseguisse incendiar a entrada, Zeno apenas continuaria mantendo distância, atirando nos piratas besuntados. Porém se Zeno conseguisse incendiar a entrada, mas o fogo atingisse algum dos tripulantes do navio ou igluitas, ele ignoraria pensando: "Bem, isso que é estar no lugar errado na hora errada...", se alguém o questionasse dizendo que daquela forma ele acabaria destruindo todo o navio, ele responderia sem dar muita atenção: - Esse navio é forte, ele aguenta! "E mesmo se não aguentar, uma vez que tenhamos matado todos os piratas, podemos apenas roubar o navio deles..."

Se o fogo se alastrasse no porão a ponto de começar a colocar todos ali em perigo, incluindo Zeno, ele tentaria pegar algo para se enrolar, talvez algum saco ou cobertor que estivesse por perto, se não achasse nada usaria seu casaco dos Snipers e envolvendo-se com ele tentaria sair do porão, mantendo sua bandana bem amarrada no rosto, para não se intoxicar com a fumaça, assim como vestiria sua toca protegendo o cabelo, e o óculos para que a fumaça não atrapalhasse tanto sua visão, ao mesmo tempo em que tentava usar a cortina de fumaça originada do incêndio como distração para passar despercebido pelos piratas, porém, se ele não conseguisse atravessar o fogo e sair do porão pela entrada, Zeno recuaria e começaria a rapidamente empilhar objetos que estivem por perto para subir neles e tentar quebrar o teto de madeira para sair, mas se conseguisse sair do porão pela entrada em chamas, rapidamente descartaria qualquer objeto seu que estava pegando fogo. Se fora do porão os inimigos o avistassem, ele tentaria buscar cobertura por perto e revidaria atirando, se precisasse se esquivar pularia no chão e rolaria para o lado em que ficasse mais longe do inimigo. Se conseguisse sair do porão sem ser visto iria se afastar e procurar por algum lugar que fornecesse proteção além de permitir que Zeno tivesse uma ideia da situação atual (quantos inimigos ainda estavam vivos, se alguns dos aliados havia escapado do porão e qual a situação dos Capitães).



Legenda:
 

Objetivos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] / [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Furry
Game Master
Game Master
GM.Furry

Créditos : 29
Warn : "I See You" Parte 1 - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/03/2015
Idade : 28

"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 EmptySeg 03 Abr 2017, 10:44


Zeno

Shot

Um plano se formava na mente de Zero, audacioso em sua estrutura, mas possivelmente efetivo. O garoto finalmente parecia usar sua inteligência de forma racional? Talvez sim, talvez não....

Foi necessário não mais do que um olhar para Phillips enquanto apontava sua arma na direção dos passos no deck. Não era possível visualizar a figura que caminhava, mas era sim possível saber onde ela estava, visco que tampava a luz que antes passavam pelas frestas. Usando seu intelecto avançado o jovem calculava a possível posição da cabeça da capitã, visto que anteriormente há havia visualizado. Phillips lhe havia balançado a cabeça em concordância e com isso não só Zeno, mas outros também apontaram suas armas para o teto.

Mais tabuas rangeram, não era só agora o passo da possível capitã, mas sim de outros tripulantes que se moviam no deck. Zeno julgava que a capitã seria a primeira sombra se movendo e nesse raciocínio o jovem fazia mira naquele alvo, enquanto outros miravam aleatoriamente entre os outros andantes. Ninguém viu da onde veio o sinal, ou quem foi o primeiro a disparar, mas após o primeiro disparo muitos outros se seguiram, uma cacofonia sonora de madeira rachando e homens gritando. Os gritos dos atacantes misturado com o dos atacados, gritos de guerra e gritos de dor. O deck enxiasse de buracos a surpresa do movimento fez com vários piratas fossem atingidos, Zeno viu seu alvo caindo sobre um dos joelhos, mas se levantando a seguir, ele havia acertado, mas não havia conseguido um dano fatal.

Havia parecido ser um longo tempo, em que os tripulantes abaixo de deck atiravam sem parar, mas na verdade nem mesmo dois segundos haviam se passado quando os piratas restantes se davam conta do que acontecia e atiravam de volta. Para estes uma tarefa mais difícil, pois eles não tinham como ter nenhuma noção das posições exatas dos seus atacantes. O resultado foi uma troca desenfreada, onde tiros e lascas de madeira encherão o porão.

Zeno havia rodado e encontrava-se quase em posição fetal atrás de um báu que devido a seu tamanho o protegera das lascas. Na queda batera sua perna e está agora latejava irradiando a dor para a suas costas. Os tiros cessaram após o que devia ser menos de dez segundos, os ouvidos de Zeno zuniam e o ar estava tomado por poeira. Ouvia-se alguém tossindo no recinto e também gemidos abafados de homens que logo seguiriam o caminho com Davy Jones.

Ninguém novamente havia dito para parar de disparar, nem da parte dos marujos nem da dos piratas, talvez aquela fosse outra concordância silenciosa. Zeno, devagar se dirigiu a um dos barris. Tiros haviam acertado no mesmo, de movo que após um golpe da coronha do revolver a tampa cedeu. O barril com pouco mais de um metro de altura de mostrou pesado para Zeno manobrar, ainda mais com sua perna danificada.

Phillips lhe enxotou com um sinal de mão, mas em seu rosto e olhar Zeno viu aprovação naquele olhar, mas será que Phillips teria ajudado se tivesse entendido o restante das intenções de Zeno?

Natasha não estava longe e olhava para Zeno com um olhar preocupado, teria ela percebido? Ela e Acktor pareciam bem. A poeira começava a baixar e os passos em cima faziam ainda mais ruído que antes. Devido à poeira Zeno não conseguia ver em quantos ainda estavam ali em baixo.

Phillips, sem a noção completa do plano de Zeno espalhava o óleo sobre ambos os acessos do porão, o que era também a provável ideia de Zeno. ( Você falou que espalharia na entrada, no desenho que fiz havia duas em pontos diferentes, então imaginei que iria querer aplicar seu plano em ambas não?) Os piratas haviam se aproximado bastante delas, de modo que mal havia acabado de derramar o óleo e Phillips foi alvejado por alguns disparos que por pouco não o acertaram.

Zeno conseguia ver que os piratas aproximavam-se das entradas, agora portando escudos de madeira em frente ao corpo com aros de metal em volta. Entendo naquele momento qual era o plano dos piratas e sorrindo ao perceber que seu estratagema com o óleo daria bons resultados.

Os piratas logo começaram a saltar para dentro, uivando gritos de guerra que logo viraram gritos de confusão e surpresa quando seus pés nada encontraram além de um chão gorduroso e escorregadio. Piratas caíram de forma desajeitada, outros caíram por cima dos primeiros antes de terem tempo de perceber o que acontecia a seus companheiros. A queda havia inutilizado completamente os escudos, protegendo os piratas apenas dos outros piratas que caiam sobre eles, mas sem eficácia qualquer contra os tiros que os tripulantes disparavam. Alguns golpes de lança eram aplicados por de trás de caixotes onde os atacantes se protegiam do óleo e conseguiam atacar impunemente os piratas.

Infelizmente a excitação levou Zeno um pouco longe de mais, seu plano havia se mostrado bastante efetivo, os piratas em ambas as entradas haviam caído perante a investida, mas tomado pela certeza que outros piratas viriam a pular e que agora o chão coberto po corpor os impediria de escorregar o garoto pegou uma lamparina instalada numa das vigas e a jogou na direção do óleo.

– Maldição garoto você .... – Phillips se calou pela súbita aparição do fogo.

Havia uma pequena falha no plano de Zeno, uma pequena, mas fatal. Como antes visto por eles, um dos marujos de Phillips renovava o alcatrão da embarcação.... E bem... Este era um produto bastante peculiar, pois ao mesmo tempo que impermeabilizada o navio ele também o deixava muito vulnerável ao fogo.

A cor havia abandonado o rosto do capitão, os piratas que estavam próximos também embranqueceram. Gritos de fogo foram ouvidos vindo do deck. Zeno sem lhe dar atenção começou a correr para a outra saída. Via-se piratas correndo também no andar de cima, voltavam para o seu navio, afinal eles deviam separar ambos os navios para que o seu próprio navio não queimasse.

– Voltem homens... Separem as amarras se não iremos queimar junto. – gritava a capitã em plenos pulmões. Havia um resquício de dor em sua voz.

– Você se precipitou garoto. – dizia Phillips com o olhar desconsolado . – Teríamos conseguido fazer eles desistir, ainda não era a hora para morrer.

Natasha estava encurralada em um canto, as chamas não estavam perto da mesma, mas a jovem tentava mover Aktor. Eutass corria para ajuda-la. Os outros igluitas pareciam ter sucumbido no ataque, bem como dois marujos de Phillips. Zeno correu para fora, escorregou no óleo, caiu sobre os corpos dos piratas. A fumaça já se acumulava no teto do porão e vazava pelas aberturas, as chamas cresceram consumindo os corpos dos piratas e alastrando-se pelas vigas, queimando o teto e já tomando conta de algumas das caixas mais próximas. Assim que as chamas corroessem a madeira e liberação mais óleo era impossível calcular o que aconteceria ali. Zeno finalmente teria percebido o que fizera?

Suas botas estavam escorregadias e seu corpo coberto de sangue. Tossia e seus pulmões e olhos ardiam. Ainda tinha forças, movido pela adrenalina e pelo desespero, mas sua perna o atrapalhava, bem como a tala. Conseguiria sair do porão, mas será que o que lhe esperava adiante seria assim tão melhor?



Histórico:
 

E esse sou eu quando paro de dar chances Pai do ano.

Parabéns pelo post. Foi bom até a parte que você se emociona e toca fogo. Há dois ou três posts fiz menção ao alcatrão. Ou tenho quase certeza que fiz. Porque lembro de até ter pesquisado ele no google ksokasosak. Bom plano com o óleo para escorregar, se tivesse ficado apenas nele teria dado bom. Teria sido uma luta difícil, você teria enfrentado a capitã e tal, bom.... Agora se vira ai aksokasoksoksaosa. Interprete bem o personagem, o desespero e tal que vc se fode mesmos, mas de qualquer modo vc se colocou numa situação que apenas é se foder ou se foder, ou se foder. xD Ficou bem escrito o combate? To um pouco enferrujado ainda. Há mais uma coisa, em luta contra NPC eu não considero tanto, mas lembresse que você tem 3 de VDA, ou seja, seriam 3 tentativas de ataques por turno. Pode fazer mais tentativas desde que elas sejam condicionais em alguns casos específicos onde quando ocorrer um não ocorrerá o outro. Contra NPC eu relevo isso, mas contra player preste bastante atenção nisso. Bem lembrado em recarregar a arma



____________________________________________________



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




"I See You" Parte 1 - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: "I See You" Parte 1   "I See You" Parte 1 - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"I See You" Parte 1
Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: