One Piece RPG
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ares Coldwood
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Handa Hoje à(s) 11:14

» [M.E.P.] - [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:48

» [MINI-Kyoji] Sobrevivência.
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Kyoji Hoje à(s) 10:47

» Ficha - Ares Coldwood
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 09:41

» Ficha - Borium Sartoski
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:44

» Borium Sartoski
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 08:43

» Apresentação 3 - Falência Abrasiva
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Licia Hoje à(s) 08:00

» Tyrael Silverfang
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 07:56

» For Whom the Bell Tolls
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 03:21

» [MINI - Masques] A far off dream
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Masques Hoje à(s) 02:07

» Red Albarn e o Alvorecer de um Herói
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Kiomaro Roshiro Hoje à(s) 01:36

» Capítulo I: Meu nome é Cory Atom! Filho de Kouha Atom
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Kiomaro Roshiro Ontem à(s) 23:08

» Faíscas da Revolução
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:30

» [M.E.P - Masques] A far off dream
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:23

» [MINI - Gon Vinteluas] *SENHORAS E SENHORES!*
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Bijin Ontem à(s) 22:21

» O Sapo Mágico
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:04

» I - Dançando No Campo Minado
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 21:54

» [Mini-Handa] Uma beleza preguiçosa
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Bijin Ontem à(s) 21:47

» [MINI - DJ GBR] 01 | Eco
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor TheJoker Ontem à(s) 21:46

» Navegando por uma nova história. A revolução começa!
Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Emptypor Khrono Ontem à(s) 21:44



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Perdidos na Ilha do Gelo

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 12 ... 21  Seguinte
AutorMensagem
Milho
Civil
Civil
Milho

Créditos : 4
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 18/02/2016
Idade : 25
Localização : East Blue

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptyTer 19 Jul 2016, 12:19

Relembrando a primeira mensagem :

Perdidos na Ilha do Gelo

Aqui ocorrerá a aventura dos civis Takamoto Lisandro e Nakamura Blumayden. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

É isso mesmo, Convidado, eu voltei.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador


Data de inscrição : 29/12/2013

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptyDom 02 Out 2016, 23:14

Takamoto Lisandro Leia Offs!

[justify]Então ele estava nós observando de longe, que maldito pretencioso. A faca parecia reluzir na luz do sol, ele a pressionava no meu estômago, talvez se eu não dissesse onde estava o mapa ele iria me furar ali mesmo, bem... Ele vai me descartar assim que achar o mapa, só esperar o momento certo para atacar. – Oh! Desculpe a brincadeira, o mapa está lá dentro. – Apontava com os dedos indicadores de cada mão para a cabana enquanto soltava uma risada desajeitada. – Eu vou pegar pra você, só um minuto. – Se ele realmente era inteligente não me deixaria ir sozinho na cabana pelo fato que poderia escapar com o mapa ou algo do tipo, esperaria ele morder a isca.

Não sei se ele iria me acompanhar se não eu entraria na cabana e veria o estado do meu amigo, não parecia estar nada bem. Montaria um escudo com moveis da cabana, se eu demorasse muito ele ficaria impaciente, entraria pela porta da frente ou pediria pro seu parceiro atirar em tudo, teria que me precaver dos tiros. Ficaria entre a porta e janela, não saberia por onde ele iria vim, então ficaria atento para as entradas da cabana.

Caso ele entrasse pela janela, não conseguiria se ajustar perfeitamente para defender meus golpes, daria um direto assim que avistasse seu rosto e depois um gancho no queixo em seguida e o puxaria pela camisa para dentro da cabana, não o deixaria fugir deste recinto, ao menos com ele dentro o amiguinho dele não poderia nós metralhar adoidado.

Se fosse pela porta, faria o mesmo lhe dando um direto, se ele tivesse reflexos o suficiente para defender ou desviar com passos rápidos chegaria perto dele, caso ele tentasse me esfaquear tentaria segurar seu braço com a faca e com meu outro braço daria um cruzado em seu rosto, se ele não soltasse a faca daria um soco no antebraço dele.

O mais provável era que ele me acompanhasse, manteria minhas mãos acima do peito demonstrando que não tinha desejo de golpeá-lo. Entraria na casa e apontaria para o baú. – Ali estar o mapa! – Depois sairia andando até o baú ignorando meu companheiro e o corpo morto de Dolphan, me ajoelharia e veria o que tinha dentro do baú. Por favor, tenha algo útil para acabar com esse bandana.


Offs:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alfred
Estagiário Narrador
Estagiário Narrador
Alfred

Créditos : Zero
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 27/07/2015
Idade : 23

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptySex 07 Out 2016, 20:43

Lerigou... Lerigou... Let this map go off my head...~
- Brincadeira... Em brincadeiras assim já matei mais novos que você pirralho... - Bandana bufou, enquanto ele acenou com a cabeça pro ruivo, que se aproximou. Pegando Taka pelo braço, Bandana levou o jovem para o interior da residência de Dolphan. E aquilo era de encher os olhos...

O interior era o de um iglu normal, mas com uma grande coleção de armas de todos os tipos: pistolas, espadas, manoplas, manguais... Taka logo viu um par de manoplas novo em folha, coisa de encher os olhos de qualquer boxeador.

Empurrado com truculência por Bandana, Taka logo se vê de joelhos diante de um grande baú de madeira com detalhes dourados, desgastados pelo tempo, com um grande cadeado na frente. A um outro aceno de cabeça de Bandana, Ruivo chega perto do baú e estoura o cadeado com um tiro. O som deixa Taka surdo e atordoado por uns segundos... até que ele leva um chute de Bandana e volta à realidade. Ainda com aquele "zummm" nos ouvidos, ele se vê diante do que veio buscar... ainda que não com a companhia que desejava. E agora? Quem poderá o defender? O Chapolin Pirateado?

-x-
Spider man, Spider man, does everything a spider can...~

O corte inicial de Blum acertou o chefe do bando, porém não na barriga, mas nas costas, haja visto que o gordão, pelo desejo do narrador, se virou para dar instruções para os seus comandados. O corte foi bem superficial, mas deu para arrancar sangue.

O gordão urrou de dor enquanto o mendigo até uns poucos minutos e um narrador antigo atrás começava a correr e a se esquivar enquanto achava que era o Homem-Aranha. Os piratas, é claro, sacaram as armas e atiraram... sem sair do lugar. Afinal, eles tinham armas. E o intuito das armas é poder matar à distância. Talvez Blum tivesse se "esquecido" desse detalhe. Mas ele se lembrou quando um dos piratas carregou a arma um segundo depois e atirou no pé do ex-mendigo.

A dor explodiu na região afetada enquanto o médico via pontos amarelos explodirem em seus olhos. Dois capangas se aproximaram e o levaram pelos braços como uma boneca de trapos aos pés do líder deles, que prontamente engatilhou uma pistola e apontou diretamente para a cabeça dele.

- VOCÊ É MEDICO? SE FOR, ME TRATE. SE NÃO, VOCÊ MORRE!!

E agora? Será que nossos heróis vão sobreviver aos desafios feitos por um narrador sem criatividade? Será que eu tô pegando muito pesado? Será que eu vou assistir a sexta temporada de GoT de novo?

Sexta-feira, no Piece Reposter.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | ???? | ????


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptySex 14 Out 2016, 22:12


Cap. I
Perdidos na Ilha do Gelo!

Ajudando um pirata
Queria apenas dormir.

Por ironia do destino nada acabava como planejado, mesmo sendo bom em me esquivar o destino sempre pregava peças comigo. Tenho azar desde quando era mais novo e isso não iria mudar agora.

Meu pé latejava, estava sentido uma dor insuportável, rangia os dentes, na tentativa fútil de acabar com essa dor agonizante. Tinha que estancar o sangramento e tomar algum remédio, para então restaurar a paz no meu corpo.

Antes de pensar no meu corpo, tinha que pensar na situação que acontecia comigo. Estava completamente ferrado. O gordão estava apontando para a minha cara e pedia para curá-lo, insinuando-me que era médico, talvez por minha sorte ou sorte dele eu era um médico. Não queria nem um pouco ajudar aquele monte de gordura, mas ao negar estaria colocando minha vida em risco. Não tinha como tentar escapar.

- Apesar de não gostar de tratar dele, não vou conseguir de jeito nenhum me livrar das séries de tiros que vem a seguir, além de estar em uma situação bem delicada. – Suspiraria. – Eu preciso e um kit médico para tratar dos seus ferimentos. – Sabia que o kit iria já estaria nas minhas mãos em pouco tempo. – Se vire para minha frente. – Primeiramente pegarias umas luvas e colocaria nas minhas mãos.

Tiraria os cacos de vidros alojados na barriga daquele maluco, usaria o auxílio da pinça para tirar cuidadosamente. Pegaria um gaze e colocaria pressão sobre o ferimento, até que ele pare de sangrar, jogaria um pouco de soro fisiológico para não infeccionar os ferimentos. Depois cobriria o ferimento com gazes e aplicaria uma fita médica. Faria o mesmo procedimento nas costas do pirata. Se tivesse uma pílula anti-inflamatória daria ao mesmo.

Histórico:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 48
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptyDom 25 Dez 2016, 22:34

Takamoto Lisandro Olá, novo narrador!

Matou pessoas mais novas que eu? Ele é um tipo de monstro que mata crianças? Piratas, ele não me parece um pirata, apenas um bandido mal que rouba a liberdade dos outros e utiliza de violência para acabar com seus adversários. Ele pressionava a faca e utilizava dela para me colocar para dentro do iglu, as armas que antes se encontravam organizadas estavam todas espalhadas depois do tiroteio que o parceiro desse cara havia feito, não me importava com elas, já tinha minhas manoplas e não precisava de nada mais.

Ele me colocava de joelhos diante do baú de Dolphan, o maldito velho que quase me matará, que descanse em paz o cuzão. Ele estoura o cadeado com um simples tiro, ele não se importava nem um pouco comigo, afinal de contas depois de achar o mapa o bandana apenas me mataria em seguida, mas seu plano não daria certo, afinal de contas, eu sou um estraga prazeres.

O zunido da bala me deixava um pouco zonzo, porém meus sentidos retornavam rapidamente. – Filho da pu... – Resmungava baixinho, com o baú aberto restava apenas observar o que teria dentro, talvez tivesse algo útil para acabar com esse ladrão rapidamente ou distrai-lo.


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Donl
Membro
Membro
Donl

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 10010
Data de inscrição : 01/12/2016

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptySeg 26 Dez 2016, 16:55


Narração


O garoto tinha uma sorte tremenda, e após a abertura do baú uma grande fumaça negra saia do mesmo tomando todo o iglu, e jogando tanto o jovem tanto o pirata para longe, fazendo com que ambos se chocassem contra as laterais do iglu, a fumaça se espalhava e não era possível ver nada, absolutamente nada. E após um grande silêncio era possível se ver uma espécie de miados incessantes que logo se transformavam em rugidos e era possível sentir uma presença ali, não tão agradável, assim como o brilho da pele do que parecia uma figura animalesca.

Estrondos eram ouvidos por uma distância razoável assim como o barulho de gelo quebrando, o que estava ali não era nada agradável e parecia querer proteger o baú a qualquer custo, demonstrando isto com rugidos parecidos com o de um leão.

Em uma distância considerável dali o jovem médico conseguia curar o pirata, que após tomar uma pilula anti inflamatória muito forte acabava por deitar-se e dormir, entretanto o outro pirata cercava o ex-mendigo de olhares, pegando em suas duas mãos armas de calibre 28 sendo que uma delas estava completamente carregada, com o efeito do remédio no corpo do gordo o outro pirata parecia dobrar a atenção, um pouco longe ali, no céu era possivel visualizar uma fumaça negra se alastrando pelo céu, o que poderia chamar, ou não a atenção do jovem que estava claramente em uma boa posição de ataque, e poderia tentar um.

copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa

____________________________________________________

[url=[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][/url]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 48
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptySeg 26 Dez 2016, 20:59

Takamoto Lisandro Quem brilha no escuro?

Abri o baú devagar, não tinha pressa, porém ao abri-lo uma fumaça negra saia dele e tomava todo o iglu para si. Era como fosse uma lula explodindo tinta na minha cara, não conseguia enxergar e logo ia para trás devido ao susto. A fumaça negra ofuscava tudo e o iglu estava recheado com ela, nem ao menos sei onde o bandido estava. Fechei meus olhos e coloquei minha mão sobre minha boca e nariz, será que aquilo é venenoso? Não senti quaisquer mudanças em meu corpo, fiquei com os olhos serrilhados tentando encontrar o bandido, seria minha chance de acabar com ele, porém teria que acerta-lo.

Se a fumaça fosse realmente venenosa, tentaria encontrar Paco rapidamente no chão, sabia que estava perto da entrada e usando da minha força tentaria o arrastar para fora do iglu. Depois de arrasta-lo, alertaria o parceiro do bandido que a fumaça era venenosa e diria uma pequena mentira. - Talvez seu amigo estava inconsciente dentro do iglu, vá ajuda-lo. - Depois disso veria ele largar aquela metralhadora gigante que carregava para salvar seu companheiro ou talvez o veria apenas ignorar o fato que seu amigo poderia estar em perigo.

Pegaria meu par de manoplas e as colocaria rapidamente afim de que possa socar o pirata o mais rápido possível. – Cadê ele? – Olharia para os lados e tentaria ver algum tipo de vulto, teria cuidado onde pisar para não tropeçar em algo e fazer barulho. Não queria fazer barulho, isso só daria minha localização para ele. – A fumaça é muito espessa para enxerga-lo. – Concluir.

Tudo estava silencioso, o bandido não pretendia ou não pode fazer nenhum barulho, aquele silêncio apenas aumentava a tensão no iglu. O clima era quebrado com um pequeno miado que aos poucos se tornava um rugido. – Mas o quê? – Não tinha qualquer animal na casa, teria alguma fera dentro do baú? Algo surgia na escuridão, um brilho de algo com um formato de animal, estrondos eram feitos do lado de fora ou dentro da casa, não sabia ao certo sua direção, mas o gelo quebrando era claro como a neve desta ilha.

A fera rugia e rugia, parecia estar tentando nós intimidar, talvez ela seja a protetora do mapa do tesouro. – Dolphan, que tipo de fera você colocou lá dentro? – Perguntei para o além, os rugidos pareciam como de um leão. Fiquei atento a fera, não podia me aproximar no escuro, nem sabia que tipo de animal poderia ser, o bandido não fazia qualquer barulho teria que esperar ele fazer algo para talvez derruba-lo.

Caso ele disparasse na fera sendo que ela brilhava na fumaça, ouviria de onde o tiro tinha vindo e tentaria localiza-lo. Teria cuidado, a besta poderia ir para cima do bandido e neste caso deixaria ela tomar conta dele, caso a besta tivesse sido morta ou ferida e não fosse para cima do bandido, eu mesmo iria.

Andando cautelosamente tentando não fazer qualquer barulho e sabendo a localização do bandido tentaria acerta-lo por trás, não queria estar em sua mira, como não sabia ao certo onde era sua cabeça tentaria acertar a maior parte de seu corpo, o tronco. Com um uppercut com o braço direito, o meu ombro esquerdo ainda doía bastante, tentaria acerta seu estomago ou talvez suas costas, a escuridão não responderia onde eu havia acertado. Não daria tempo para reação e o jogaria no chão após o golpe, e derrubando-o daria um direto de direita onde estaria seu queixo/cara.


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptyTer 27 Dez 2016, 00:18


Cap. I
Perdidos na Ilha do Gelo!

A Oportunidade
RUN BITCH, RUUUNN!!!

De alguma forma a operação tinha dado certo, para o alivio do meu pescoço, por mais incrível que pareça aquele pedaço medonho de banhas ainda foi bater um cochilo. Não sabia ao certo o motivo, mas parecia indicar que o remédio tinha dado tal efeito fazendo com que o homem fosse dormir. Nunca me declarei um homem de sorte, mas dessa vez ela estava comigo. – Que boa hora desse gorducho dormir. Acho que está na hora de dar o fora... Se eu ficar aqui com certeza irei morrer. – Antes mesmo que eu pudesse fazer algo, outro pirata apontava sua arma contra mim.

De repente o mundo interlaçava novos rumos com o universo e tudo mudava, uma nuvem negra aparecia nos céus e tomava a atenção de todos, inclusive do pirata que estava me ameaçando. – Está é minha oportunidade! – Sem hesitar correria para trás em movimentos alternados, tentando escapar dos piratas. – Desculpa pai do Paco. Não posso fazer nada no momento, não sozinho. – No momento não sabia pra onde estava correndo, apenas queria despistar os piratas mais rápido possível. Se não conseguisse sair não teria escolha ao não ser ficar.

Ah... Tô precisando comer um pouco de arroz com maionese. – Mudaria meu percurso e iria até a casa de Paco e veria se tinha restado um pouco de arroz e maionese. Caso ainda tivesse comeria um pouco mais para satisfazer o meu vício. Colocaria o resto arroz em um recipiente de plástico e pegaria o vidro de maionese, e guardaria na minha mochila velha. Então sairia da casa, faria a mesma coisa se não tivesse nada.

- Para onde o Taka? Tenho que ser mais rápido possível. Se eu me lembre ele foi para onde o gelo estava solto, por o pouco que tenho morado aqui eu sei onde fica... E, por favor, não seja a mesma direção onde aquela fumaça sinistra está vindo! – Sempre que ando com ele, esse tipo de situação maluca acontece.

Histórico:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Donl
Membro
Membro
Donl

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 10010
Data de inscrição : 01/12/2016

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptyTer 27 Dez 2016, 13:22


Narração


Após o gelo se quebrando a criatura se revelava, um leão de pelo branco provavelmente teria se adaptado para viver naquelas terras, seu pelo era lindo e parecia ser bem cuidado, mesmo saindo de um baú, talvez uma profecia ou maldição? Taka não queria descobrir e logo tampou suas narinas com medo da névoa, fora a pior escolha para fazer no momento, a criatura pulava contra o jovem quebrando as paredes do iglu, e ficando em cima de suas mãos, apesar de deixar suas pernas livres, o leão se transformava novamente e ficava muito gordo, dobrando assim seu peso o que fazia com que Taka sentisse uma dor imensa devido o enorme peso em seus membros superiores, o que este faria?

Curiosamente uma sorte repentina seguia Blum, que saia correndo após ver que o pirata gordo havia desmaiado devido os efeitos do remédios, mas a atenção do pirata voltava logo e disparava com ambas as armas um tiro de cada, a arma da direta tinha sucesso e atingia de raspão a perna de Blum, que começava a sangrar e latejar ainda mais, já havia sido alvejada anteriormente, então aquele membro se tornava quase inútil, o que fazia com que o jovem tivesse que se arrastar pelo chão, ao chegar na casa de Paco conseguia seu arroz com maionese, mais era questionado sobre sua perna e uma garota que estava na casa pegava um kit de medicamentos e parecia cuidar daqueles ferimentos do ex-mendigo que sentia-se incomodado devido ao álcool e fogo usado para cauterizar seus ferimentos e impedir o sangramento.

copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Blum
Designer
Designer
Blum

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 9010
Masculino Data de inscrição : 27/12/2013
Idade : 18
Localização : Ilha do Gelo

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptyTer 27 Dez 2016, 22:26


Cap. I
Perdidos na Ilha do Gelo!

Sendo ajudado
Uma pausinha só de leve mermo.

Corria sem ligar para o tiro que tinha sido disparado anteriormente por um pirata, não podia parar para sentir a dor. A cada passada que dava a dor aumentava. E não tão inesperadamente outro tiro atingia minha perna de raspão. Tentava gritar, mas não conseguia. Minha voz permanecia muda, mas minha vontade de sair de lá ardia como chamas. Ignorando tudo conseguia então traçar o meu rumo e fugir de lá.

Minha sede por arroz e maionese aumentava cada vez mais, na corrida só conseguia pensar nisso. Tinha que satisfazer o meu corpo com essa doce guloseima. Estava e frente a porta da casa de Paco, minhas mãos estavam trêmulas de ansiedade pela a comida, também um dos motivos era pela a dor que quase estava me acostumando. Sentia um grande aperto na perna. – Não. Não to me acostumando mesmo. – Entrelaçava os meus dedos na maçaneta e abria a porta.

Entrava na porta e ia para cozinha, com muito esforço conseguia encontrar meu vício e saciava-o. Me sentia no manjar dos deuses, colocava o que conseguia na minha barriga. – Ah.. Que gostoso! – Sorria alegremente por dentro, apesar não demonstrar essa expressão por fora. – Agora tenho que ir lá no Taka! - Ao olhar para trás me assustava.

De forma súbita ouvia uma voz doce e amável de uma garota. – Droga, entrei na casa errada. Com certeza vou ser confundido com um bandido ou algo do tipo. Mas tenho certeza que essa é a casa certa! – Ficava paralisado, não sabia ao certo o que fazer naquela situação. Meu coração a pulsar cada vez mais, pensava que ele pularia do meu peito.

Sem poder fazer qualquer reação a garota começava a cuidar dos meus ferimentos delicadamente, não conseguia responder os questionamentos da mesma. Ela já fazia os procedimentos adequados para me tratar. – AaaHHh... – Mordia os lábios. Não parava de pensar em ir até o Taka que não tinha me dado conta que eu estava precisando de ajuda, que irônico. Olharia para os pés e completaria a fala. – Eu não sei se a bala alojou no meu pé ou passou de raspão... – Respiraria profundamente.

- Aí tem algum anti-inflamatório. – Se tivesse algum usaria de imediato.

- Err... Sou amigo do Paco... Preciso ir! – Tentaria me esforçar para me levantar, mesmo se a moça insistisse que ficasse. – Ainda tá doendo muito! – Me apoiaria nas paredes. Minha perna parecia quase que inútil. Me sentaria em qualquer lugar. – Não consigo fazer nada com a perna nesse estado. – Suspiraria.

Mas estava correndo contra o tempo, talvez o Takamoto tivesse em perigo. Mas o mais importante seria ajudar o pai de Paco, será que ele ficaria bem com aqueles piratas por lá.  Não tinha escolha ao não ser esperar o meu ferimento se tratar. Olharia para moça. – Obrigado! – Fecharia os olhos e relaxaria os ombros na tentativa de descansar, aproveitaria o tempo disponível para tirar meleca do nariz.

Histórico:
 

Spoiler:
 

____________________________________________________


LEGENDAS:
Falas #0066FF | Pensamentos - #FF6600
-''Arroz'' ~
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Blum em Dom 01 Jan 2017, 22:05, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Takamoto Lisandro
Narrador
Narrador
Takamoto Lisandro

Créditos : 48
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 20
Localização : Minha casa

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptyQua 28 Dez 2016, 01:39

Takamoto Lisandro Takamoto vs Fera

Seu pelo era algo mágico que brilhava e brilhava naquela escuridão como um farol iluminando a densa noite para os navios atracarem na ilha. Um ilustre e imaculável branco, a fera era elegante e poderosa. Ela não demorava em avançar contra mim, senti uma pressão dentro de meu peito e não consegui reagir a tempo, quebrava as paredes de gelo do iglu e ao sair da fumaça a fera se tornava mais majestosa. Era um leão tão diferente do que eu via nos livros e ouvia falar, ele mudava de forma e parecia estar cada vez mais pesado em cima de mim.

Não conseguia mexer meus braços e nem me levantar, ele parecia ficar cada vez mais gordo, se isso continuasse perderia minha consciência por falta de ar. Meus pulmões eram esmagados pelo peso da fera. – Mal-di-t-o.. – Não conseguia falar direito, deveria manter a calma, porém não conseguia nem pensar direito, milhares de pensamentos eram jogados em minha mente, tudo que queria era sair daquela situação. DROGA! Não conseguia mover nada, mas minhas pernas estavam livres, talvez se eu o chutasse com força, conseguiria escapar.

Usando da minha flexibilidade que adquirir aprendendo acrobacias, tentaria dar um chute na fera para lança-la para frente, teria que usar além de minhas pernas, mover meu torso um pouco para cima, teria dificuldade para fazê-lo, o peso aumentava continuamente.. Se eu conseguisse um pouco de impulso executasse o chute, veria se o a fera movia-se um pouco para frente, obteria espaço para me deslocar e sair de baixo dela e finalmente me levantar, respiraria vagarosamente e puxaria o máximo de ar para meus pulmões. – Não é hoje que vou morrer! – Falaria encarando a fera.

Sempre gostei de animais, porém contra uma besta protetora que tentou me matar sufocado, não deixarei que esse amor pelos animais me impeça de derrota-lo. Não queria mata-lo, afinal de contas, se tivesse uma oportunidade de deixa-lo vivo a usaria. Agora rapidamente equipando minhas manoplas ficaria pronto para o combate, meu braço esquerdo estava agora agonizando de dor, serrilhando os dentes e olhando de frente com a fera, não deixaria que um braço me impedisse de acabar com ela.

Teria que ter cuidado com o parceiro do bandana e o próprio bandana, talvez tivesse a ajuda deles. Não posso me deixar abalar, meu primeiro alvo talvez fosse o mais difícil, a fera em si, seus dentes pareciam afiados e seu olhar selvagem poderia deixar qualquer homem com medo, mas minha determinação de derrotar tudo que está a frente para salvar meu amigo não seria derrotada por um simples olhar felino. – Pode vim!!! – Gritava furioso para a fera, a instigava para vim, não era um ser humano, não raciocinava como um.

Usaria de sua selvageria contra ele, esperando seu ataque prestaria bastante atenção em suas garras e sua boca. Medidas de ataque, ele poderia pular em mim e nesta hora que eu daria um counter. Se ele pulasse em minha direção para travar suas garras em mim, tentaria desviar para o lado com um passo para a esquerda e depois daria um jab pesado de direita no estomago da fera e logo em seguida recuaria. Teria cuidado agora, sabia que o gelo era escorregadio e não cometeria o mesmo erro duas vezes.

Caso ele tentasse me abocanhar, não teria medo de dá um direto de direita em seus dentes. – Vamos ver quem é mais forte, meu soco ou seus dentes, aposto no meu SOCO!!! – Diria ao desferir o direto na face do felino gigante, coragem para enfrentar um desafio de frente, se meu soco fosse preso em sua boca, dispararia um jab de esquerda na cara do felino para soltar meu punho direito, meu ombro esquerdo estaria ferido e não teria tanta força quanto habitual, mas sou conhecido como o soco mais destrutivo de Karate Island, daria um bom dano nesse leão.

Se ele soltasse meu punho recuaria e usaria a mesma estratégia acima, esperar seu ataque e contra-atacar. Se ele vacilasse em seu ataque e escorregasse no gelo, usaria desta vantagem para me aproximar e desferir um cruzado de direita na cara do felino e emendaria um jab esquerdo na sua cara e depois recuaria, ficaria atento para esquivar se seus futuros ataques.


Offs:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Doule II
Civil
Civil
Doule II

Créditos : 6
Warn : Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Banido10
Masculino Data de inscrição : 04/01/2016
Idade : 20

Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 EmptySab 31 Dez 2016, 17:15





Drink of the wine of the wrath of a god

"Eu quero sangue."

Ela já sabia onde estava.

"Essa cidade é um saco."

Mas aquela cidade era chata demais.

"Não tem nada aqui, só iglus e penguins..."

Essa era a única impressão que a ilha deixou.

"Não tem sangue, não tem nada..."

E suas unhas estavam cheias de sangue.

"Eu preciso de sangue..."

E seus lábios com o sangue escorrendo entre eles.

"Mas primeiro..."

"Eu preciso de uma atençãozinha..."

Mesmo sabendo onde estava e em que ilha acabou de chegar, Dolly estava indecisa sobre o que fazer naquele lugar. Ela estava tão focada nas manchas de sangue em suas unhas do que o próprio clima da ilha, quem dera o horário. Dolly somente quer uma coisa antes de sair daquela ilha tediosa; atenção. Seja matando alguém muito importante da ilha, ou cometendo atos que chamariam a marinha imediatamente para aquele local, ela queria chamar a atenção alheia com algum crime. Contudo, não seria possível que a garota pudesse satisfazer seu narcissismo e vontade de se banhar em sangue, sem uma espada. Ela também tinha uma certa mania de tirar as roupas e ficar nua pra chamar a atenção, mas naquele clima gelado, que ela começou a notar depois de acordar para a realidade, seria impossível. Suas unhas ensanguentadas que começavam a congelar lentamente, eram prova de que ela estava desesperada naquele lugar.

"Eu preciso de uma espada..."

Ela estralava os dedos da mão esquerda ao cerrar o punho.

"Talvez, matando alguém com ela, venha a marinha inteira pra cá!"

E com isso dito, ela lambe os lábios com pervercidade.

"Sim, uma espada para matar uma pessoa muito importante."

Seu objetivo estaria marcado. Ela resumiria sua procura por uma loja de armas mais próximas, onde ela provavelmente pegaria uma espada qualquer, deixasse o dinheiro na recepção, e fosse embora da loja sem dar nenhuma satisfação. Mas claro, matar sem deixar suspeitas é o objetivo da garota, pois deixaria o "jogo" mais divertido com vários marinheiros a caçando. Ao somente pensar nisso, a garota começou a ficar completamente excitada e lentamente, apertou o seio esquerdo com a mão direita para se controlar. "Hmm, como é bom imaginar sendo perseguida por vários marinheiros somente por cometer um crime! É algo completamente excitante! Marinheiros musculosos, pra ficar melhor ainda!"

E então, ela soltou seu seio e foi em direção de alguma loja de armas que pudesse oferecer uma espada para a garota. Finalmente a achando, ela se direcionaria a recepção e deixaria a quantia necessária de berries para a aquisição; mais ou menos, um preço médio de 30,000 ou 40,000 berries. Dolly não tinha certeza, mas deixou o dinheiro ali, e então, ela perguntou cordialmente ao vendedor sobre os preços; "Ei, pode me dizer qual é o preço de suas armas, hmm?" Ela também teve certeza de aproximar o busto do atendente, mesmo se o atendente fosse homem ou mulher. Claro que, dependendo da resposta, e se ela fosse capaz de pagar pela arma, ela pagaria a quantia necessária, pegaria a arma e iria para a entrada da loja.

"Agora, o que eu faço?"

Decidiu relaxar um pouco enquanto estava na entrada.
E naquele lugar, ela estaria planejando o que ela faria na ilha.


Objetivos:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Perdidos na Ilha do Gelo   Perdidos na Ilha do Gelo - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Perdidos na Ilha do Gelo
Voltar ao Topo 
Página 4 de 21Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 12 ... 21  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: North Blue :: Minion Island-
Ir para: