One Piece RPG
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ato III: Not Fast but Furious
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Yamazaki Raizo Hoje à(s) 14:36

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 14:27

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor DarkWoodsKeeper Hoje à(s) 12:16

» X - A vontade de um Rei
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 12:09

» [Mini-DarkJohn] O começo de algo
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor DarkJohn Hoje à(s) 11:34

» Mess in Grand Line: The Red-Haired Arrived
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Akise Hoje à(s) 10:13

» LightPoint!Os herois e amigos se reunem novamente!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Noah Hoje à(s) 08:53

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:42

» [Mini- Yoru] Aula de kenjutsu!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Yoru-san Hoje à(s) 04:00

» I - As rédeas de Latem City!!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 01:42

» Ficha Saito Hiraga
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Saito Hiraga Hoje à(s) 01:38

» X - Some Kind Of Monster
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:24

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Nolan Hoje à(s) 01:09

» [Ficha] - Koji
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Proto_ Hoje à(s) 00:24

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Subaé Ontem à(s) 22:44

» A primeira conquista
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:01

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 21:46

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Shogo Ontem à(s) 20:31

» [M.E.P-DarkJohn] O começo de algo
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 20:12

» Mini- aventura de Saito Hiraga
Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 20:10



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Episódio 1 - Qual a sua Justiça?

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptySab 27 Fev 2016, 15:03

Relembrando a primeira mensagem :

Episódio 1 - Qual a sua Justiça?

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Carnelian Velvet. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 31/10/2011

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptySeg 21 Mar 2016, 20:01

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
#PartiuAwaShells
Post: 15 | Localização: Shells Town| Aparência: Uniforme padrão da Marinha e Óculos.

O treinamento foi encerrado e aproveitado com sucesso. Velvet foi descansar, porém seu dia ainda não havia chegado ao fim. Ele via um soldado entregar algo ao tenente e pouco tempo depois ele recebia uma correspondência escrita pelo superior. A curiosidade existia, mas o soldado conseguiria se controlar.

Pronto! Velvet-kun, preciso que faça uma simples missão para mim, pois preciso arrumar a bagunça do quartel... preciso que leve essa carta para esse endereço aqui!

O jovem olhou o endereço e guardou o envelope entre a calça e a cueca, cobrindo com a blusa que vestia, deste modo a carta não ficaria suja com seu suor e nem amassaria se a levasse com a mão. O soldado em seguida ficava em posição de sentido esperando o resto das ordens.

Assim que chegar ao local, entregue para a senhora Hadatso em nome da marinha! Não abra o envelope e não deixem roubar também, confio em você garoto! Se você me perguntar onde fica o endereço já te aviso que eu não sei onde é exatamente, vai ter que procurar próximo Awa’s Shells, uma loja para turista algo assim. Boa sorte!

- Sim, Senhor!

Respondeu de maneira firme e confiante embora sua respiração não estivesse nas melhores condições. A sua primeira missão estava para começar e ele sequer sabia por onde começar, era novo na ilha e mais novo ainda na Marinha. Como proceder? Pensou. Era difícil começar, mas sabia que uma vez iniciado, os caminhos surgiriam e assim a primeira atitude tomada foi a de se uniformizar corretamente para que as pessoas reconhecessem sua profissão e quem sabe assim lhe ajudassem por respeito à instituição.

Sairia andando pelo quartel, sempre mantendo atenção para os arredores, do inicio ao fim, assim não seria pego de surpresa por algum ataque surpresa. Quando estivesse prestes a sair do QG perguntaria para os guardas do portão se sabiam qual o caminho mais rápido para o Awa’s Shells. Caso não soubessem ou fizessem alguma pergunta demonstrando interesse, Velvet responderia que iria passar na loja para comprar algo antes de ir dormir, afinal era novo na ilha e tinha muito pra conhecer. A resposta não era uma total mentira, portanto não daria sinais flagrantes e terminaria o possível questionamento. Caso os guardas não saibam, perguntaria aos transeuntes que encontrasse no caminho, seguindo o caminho que apontavam e algumas ruas depois perguntaria a outro, desta forma evitaria seguir um caminho falso, algo difícil, mas possível de acontecer.

- Obrigado…

Agradecer era fundamental para passar uma boa imagem, tanto dele quanto da instituição. Caso encontrasse o local, entraria se estivesse aberto ou bateria se estivesse fechada. Na hipótese de conseguir entrar e/ou ser atendido, perguntaria aonde poderia encontrar Hadatso-san. Se questionado o motivo, responderia que estava à mando de um amigo e que poderia encontrar com ela ali mesmo no meio de todos para evitar suspeitas. Se Hadatso aparecesse, entregaria o envelope. Se alguém que não fosse a senhora aparecesse, diria que só falaria diretamente com ela e ficaria parado ali até que ela aparecesse. À qualquer momento, caso alguém lhe ataque ou faça algo suspeito contra ele mesmo ou um cidadão, tentaria interferir, gritando palavras de ordem para que o mesmo se acalme e em seguida tentaria controlar a situação mantendo a disciplina no local. Caso recebesse algum ataque, tentaria esquivar com saltos diagonais, sempre recuando.
Considerações:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyTer 22 Mar 2016, 03:13

~~ Narração ~~


Guardava cuidadosamente o envelope e saia da enorme construção da marinha, antes que saísse do pátio do quartel, decidiu-se abordar um aliado marinheiro para obter informações sobre a loja de Awa’s. O marinheiro ouvia e em seguida indicava o caminho dizendo que ao passar o centro da cidade, haveria uma entrada para a floresta que terminaria na costa da ilha onde ficava a praia e algumas lojas para turistas.

Já tendo as informações e afirmação do local, Velvet traçava seu rumo até a entrada da floresta, já era tarde, o sol estava quase se pondo, mas o trajeto era tranquilo, passava pelo centro da cidade e percebia os comércios fechando como de costume em tal horário. Logo avistava a entrada na floresta, era destacado pois as arvores eram separadas por uma trilha continua feita de tijolos acinzentados. Levava em torno de meia hora até passar por todo caminho, era tranquilo, alguns casais pareciam passear pelo local também. Velvet chegava ao final da trilha e pode avistar a praia com algumas pessoas ainda curtindo o pôr do sol, pode avistar ao lado esquerdo algumas barracas, lojas e casas, provavelmente as casas eram trabalhadores que moravam ao lado de seu trabalho. Velvet seguia até o pequeno comercio e pode avistar a loja com o nome Awa’s Shells. Batia na porta e poucos segundos depois uma mulher de idade mediana aparece. – Boa tarde, já estamos fechando. O jovem ferreiro perguntava onde ficava a casa da senhora Hadatso. – A sim, você é colega do Hadatso-san... a sua esposa trabalha na loja de roupas para turistas, a casa dela é logo ali! A mulher terminava de falar enquanto voltava a fechar seu estabelecimento.

O soldado iniciante seguia o lugar indicado pela mulher, uma casa de madeira simples, não era muito grande, mas era fácil de achar por estar próxima. Ao chegar lá bateu na porta e passos vinham de dentro, rapidamente a porta se abre e Velvet ficou surpreso. – Papai, papai, você chegou?! Um casal de crianças abraçava Velvet em sua cintura, uma devia ter por volta de 5 anos e a outra por volta de 4 anos, o garotinho era maior que a garota, provável que fosse o mais velho. – Filhos voltem aqui, não é o pai de vocês é um colega marinheiro! Uma mulher aparecia na porta carregando um filho nos braços. – Aaaa... desculpe senhor! O garotinho falava ao pegar a irmã pela mão e se aproximar da mãe e ficar olhando Velvet. – Ué... aonde está o Ryuhei? O jovem soldado nada falava incialmente e esticava o braço para entregar a carta para a mulher. A senhora Hadatso largava a criança no berçário e voltava até a porta para pegar a carta. Ela abria e começava a ler, as pupilas da mulher se mexiam buscando ler o conteúdo e lagrimas começavam a cair pelas bochechas da mulher... quanto mais lia, mais lagrimas eram liberadas. – Não pode ser... nãooooo... isso não é justo! A mulher estava aos prantos, se ajoelhava e deixava a carta cair no chão. – Mamãe, mamãe o que houve? A jovem garotinha agarrava a blusa de sua mão puxando enquanto fazia uma cara triste ao ver sua mãe chorando. – Mãe onde está o papai? O garotinho perguntava ao parar do lado de sua mãe, mas a mulher parecia impossibilitada de falar, pois suas mãos cobriam o rosto enquanto as lagrimas percorriam entre os dedos e caírem no chão da madeira.



Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyTer 22 Mar 2016, 18:11

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Poker Face
Post: 16 | Localização: Shells Town| Aparência: Uniforme padrão da Marinha e Óculos.

O soldado iniciou sua missão buscando por informações e ao conseguir, viajou por algum tempo até encontrar o lugar certo pelo anoitecer. O casebre dos Hadatso não era luxuoso, porém em seu interior havia a maior riqueza de todas: Crianças felizes. Elas abraçavam o soldado achando que era seu pai, cegas de saudades. Hadatso-san parecia ser uma pessoa pacífica e Velvet não teve dificuldades para lhe entregar a correspondência achando que seria uma boa notícia, todavia estava errado.

Não pode ser... nãooooo... isso não é justo!

Mamãe, mamãe o que houve?

A situação era triste. Madame Hadatso chorava sem parar e seus filhos não sabiam o que fazer para lhe acudir e o soldado de cabelos rosas estava mais perdido que PTista em fila de vaga para emprego. Ele sequer sabia o que fazer, pois estava surpreso com a cena e completamente despreparado.

Droga, será que é o que eu estou pensando?

Só havia uma maneira de sair do escuro. Então, ele agacharia e pegaria a carta aberta e leria seu conteúdo. Caso a possível viúva lhe impeça, apenas pediria desculpas e retirar-se-ia do local partindo de volta para o Quartel, mas pararia em um bar, restaurante ou adega para se alimentar antes de seguir o caminho. Na hipótese de ler o conteúdo e tratar-se da morte do senhor Hadatso, Velvet dobraria a carta e procuraria algum móvel do cômodo e colocaria a correspondência, oferecendo em seguida seus pêsames para a viúva. Ofereceria um abraço, aperto de mão ou o que mais ela pedisse. Na hipótese de ser qualquer coisa exceto a morte de Hadatso, tentaria entender o motivo de tanta dor e ofereceria ajuda da maneria supracitada.

Caso esteja deslocado, tentaria ser útil e adentraria a residência da dona buscando por água para lhe levar um copo e ajudar nesse momento tão difícil. Caso não ache ou seja impedido de alguma forma, acenaria com uma breve reverência e diria que estava para voltar ao Quartel, também perguntaria se ela gostaria de mandar algo para o Tenente ou se precisava de algo além, oferecendo seus próprios serviços em seguida para ajudar em algo.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyQua 23 Mar 2016, 00:40

~~ Narração ~~


O jovem ferreiro ainda perdido dentro daquela situação, sem saber exatamente o que fazer, visualiza a carta e pega imediatamente, a mulher se quer presta atenção e o jovem pode ler o conteúdo. “Senhora Hadatso, venho lhe informar que hoje seu marido Ryuhei Hadatso faleceu nessa tarde. Num bravo ato heroico, Hadatso-kun tentou prender um homem infiltrado em nosso quartel general, em todos esses anos seu marido foi de enorme ajuda para nossa marinha, foi um homem bravo, fiel e destemido todo o tempo, como diz o ditado, ‘Os reis deixaram aqui suas coroas e cetros; os heróis, suas armas. Mas os grandes espíritos, cuja glória estava neles e não em coisas externas, levaram com eles sua grandeza. ’ Sinto muito por sua perda, mas a marinha não esqueceras do bravo homem que deu sua vida pela justiça. Preciso que venha até o quartel pela manhã para assinar alguns documentos se possível e caso queira ver seu marido. A marinha cuidara da senhora, assim como Hadatso-kun cuido de nos. ASS: Tenente Jay Woolfs.” Assim terminava o conteúdo da carta, com assinatura do tenente marinheiro.

Após o jovem ler a carta e realmente entender que seu primo havia matado o homem, um choque viria à tona, mesmo que no fundo ele já imaginasse o que de fato era iminente. – Ah... desculpe, entre por favor, estávamos esperando meu esposo para jantar! A mulher colocava-se de pé, limpava os olhos e pedia para Velvet entrar. Sua única opção era aceitar, uma pequena mesa na sala era o local da janta, almofadinhas acomodavam os joelhos para poderem se alimentar. A mulher fazia um sinal para que o jovem garoto sentasse para acompanharem, ela fazia um sinal para seus filhos. – Queridos... queridos. Eu recebi uma notícia que o pai de vocês... as lagrimas eram impossíveis de se segurar provavelmente a mulher amava demais seu esposo. – Ele... foi em uma missão especial, vai demorar para voltar! Não é mesmo senhor? A mulher fazia uma pausa esperando que o garoto pudesse lhe ajudar já que as crianças estavam quase chorando. Carnelian talvez se sentisse mal, pois seu coração era mole demais em alguns momentos, pelo menos ajudar um pouco a família não lhe faria mal.



Histórico Velvet:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyQua 23 Mar 2016, 18:38

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Okay
Post: 17 | Localização: Shells Town| Aparência: Uniforme padrão da Marinha e Óculos.

O que era pior? Descobrir uma verdade doída ou passar uma vida inteira em negação? Velvet sabia bem a resposta. Ele preferia a verdade mais dolorosa a uma doce mentira. Esse era o seu caminho, melhor ou pior era um simples ponto de vista. Ler a carta fazia com que tal decisão tivesse seu peso modificado. Ele agora tinha certeza da morte do colega e como não era mentiroso sentia-se muito mal pelas crianças.

Merda…

O ferreiro não se sentia culpado pelos assassinatos cometidos pelo primo. Se os marinheiros fossem fortes talvez tivessem sobrevivido. Culpar-se pelas mortes alheias era a mesma coisa que não comer algo porque tem gente passando fome no mundo. Velvet era um garoto tímido, porém não era bobo e devido às dificuldades passadas na infância, ele até poderia ser considerado alguém maduro. Todavia, não era do tipo que enganava as pessoas. Ele era apenas seguro de si e naturalmente altruísta, algo devido a sua empatia. Estar na pele alheia era uma habilidade possuída desde jovem e que certamente lhe traria problemas sérios no futuro.

Queridos... queridos. Eu recebi uma notícia que o pai de vocês... Ele... foi em uma missão especial, vai demorar para voltar! Não é mesmo senhor?

- Hm…

O soldado não mentiria para as crianças, mas também não discordaria da mãe então apenas adentraria o recinto e olharia para os órfãos de pai com todo o carinho que tinha. Ele se via no lugar da mãe, porém não concordava com a mentira. As crianças viveriam com a esperança do pai chegar um dia e quando soubessem de sua morte certamente sentiriam muito mais devido a tanto tempo de espera. Falar a verdade causaria muita dor, porém tragédias fazem parte da vida e independente da idade, é necessário divulgar a verdade. Doa a quem doer!

- Ei, crianças… Vamos brincar?

Diria tentando ser animado, embora seu coração sofresse por elas. Ele procuraria pelos brinquedos deles e tentaria brincar algum tempo, interpretando papéis com bonecos, fazendo barulho de motor com carrinhos e até tomando chá com bonecas. Tentaria entreter o máximo de tempo possível as crianças até que a madame Hadatso possa se recompor e dar a devida atenção aos filhos. Tentaria também ajudar a mãe com afazeres domésticos simples e o que mais estivesse dentro de suas possibilidades. Caso fosse convidado para jantar, sentaria à mesa e acompanharia os demais na refeição. Aceitaria sobremesa e por fim despedir-se-ia para seguir o seu caminho de volta ao quartel.

- Hadatso-san… Desejo forças do fundo do meu coração. Estou partindo agora… Adeus!

Levaria consigo qualquer coisa que ela mandasse, seja um bilhete, caixa, etc. Também acenaria para as crianças e partiria. Não havia motivos para estender a estadia no local, afinal já havia feito a sua parte. Durante o caminho de volta ao quartel, ficaria atento aos arredores, afinal "the night is dark and full of terrors". Caso fosse atacado, tentaria esquivar e evitar qualquer tipo de golpe. Tentaria identificar o agressor, mas caso não consiga, apenas fugiria correndo sem parar. Na hipótese de chegar ao Quartel, reportar-se-ia ao Tenente Woolfs e esperaria pelas ordens. Se fosse dispensado, procuraria o dormitório e iria dormir para ter uma boa noite de sono, algo que lhe faltava há muitas semanas.
Considerações:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyQua 23 Mar 2016, 23:26

~~ Narração ~~


Após brincar um pouco com as crianças, ajudar mesmo que forçado a mulher sobre a mentira do pai e acompanhar a senhora Hadatso na janta, Velvet já poderia se sentir melhor. Após se despedir, a mulher acenava em formato de agradecimento, o ferreiro acenava para a mulher e os filhos. Era noite, o céu estrelado, as nuvens escuras e uma lua minguante, uma bela paisagem enquanto Velvet dirigia-se de volta ao quartel.

A caminhada era tranquila e foi bom para fazer a comida descer, pois a janta na residência foi muito apetitosa. Chegava em frente ao quartel e o local estava com diversos guardas do turno da noite, o portão estava fechado, mas ao verem o integrante deixava-o entrar, pois o tenente havia explicado para alguns guardas sobre o retorno do garoto e aparência dele. O QG estava mais rigoroso sobre as entradas dos soldados e etc... pois com a infiltração do assassino poderia ocorrer outra, algumas medidas foram tomadas e o sistema foi modificado. Carnelian entrava no quartel e de cara pode avistar seu superior, o humanoide estava conversando com alguns recrutas novos e em seguida percebeu o soldado ferreiro chegar mais perto. – Hó... voltou Velvet-kun?! Vida de marinheiro não é fácil, não é verdade! O lobisomem proferia enquanto demonstrava sua face entristecida. – Soldado, amanhã partira um navio para Loguetown... como estão precisando de soldados e temos alguns fora do quartel, leve Velvet-kun! Ele pode ser de grande ajuda na futura guerra que irá eclodir naquela ilha! O soldado acenava com a cabeça. – Garoto? Pode dormir nos alojamentos, não é muito luxuoso, mas pode tirar um bom sono, amanhã o navio partirá cedo! Espero que tenha sucesso Velvet-kun! O tenente falava ao tocar no ombro do jovem ferreiro. Começava a andar até um corredor e dobrava para a direita. – Velvet Carnelian correto? Então vamos no dormitório, amanhã partiremos no navio da marinha. O soldado falava ao chamar o jovem garoto e seguirem até os quartos da marinha. Velvet ao entrar pode ver algumas camas e já poderia dormir.

O soldado tocava no braço do ferreiro e acordava-o. – Bom dia soldado, vamos zarpar em meia hora, se arrume depressa! Terminava de falar e ia até sua cama para arruma-la, enquanto isso Velvet poderia se arrumar e ambos partirem. Ao sair do quartel, pode avistar alguns marines seguindo pelo mesmo caminho, demorava em torno de 15 minutos para chegar até o porto. Passava um pouco mais longe da floresta que havia entrando anteriormente e sem se dar conta, já estava no porto de Shells. Havia alguns navios da marinha, era fácil distinguir com as cores e o símbolo. O marine fazia sinal para Velvet adentrar pela rampa e logo em seguida zarparem. Um soldado estava na rampa e fazia uma contagem para cada membro que embarcava. Velvet ao entrar pode avistar alguns mastros, o navegador se preparado para dirigir, alguns soldados ajudando a puxar a rampa e a ancora. Em poucos minutos o navio já estava navegando pelas águas de East Blue.



Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyQui 24 Mar 2016, 00:54

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Aponta pra fé e rema
Post: 18 | Localização: Shells Town| Aparência: Uniforme padrão da Marinha e Óculos.

Uma bela refeição seguida de uma caminhada sem olhar para trás; Não conseguiria mesmo se fosse obrigado. Olhar para a frente era o dever e também obrigação de um heroi. Deixar o passado lhe afetar só o faria sofrer e como um defensor da Justiça ele não poderia hesitar, pois um momento de dúvida poderia colocar tudo a perder. O adeus dito servia para encerrar o capítulo daquela história. Shells Town era o começo de tudo, mas certamente não seria o fim. E assim, certo de seus ideais, ele caminhou noite adentro até chegar ao Quartel e ser recepcionado por guardas noturnos. Em seu interior, Woolfs conversava com outros soldados e parecia explicar o funcionamento pós-infiltração. A segurança estava mais rígida e Velvet se sentia mais protegido, apesar de confiar mais em si mesmo de agora em diante. Depender de terceiros seria a última opção.

Após uma troca de palavras com Woolfs, ele era encaminhado para uma viagem. O alvo seria Loguetown. - Velvet Carnelian correto? Então vamos no dormitório, amanhã partiremos no navio da marinha. - Disse um soldado enquanto lhe acompanhava até o dormitório e que também lhe acompanharia na viagem. Poucos minutos depois e já estavam dormindo, pelo menos Velvet estava, afinal precisava de descanso, muito descanso.

Bom dia soldado, vamos zarpar em meia hora, se arrume depressa!

- Ahn?!?

Acordava completamente atordoado. Depois de tanto tempo sem dormir bem, seu corpo estaria precisando daquela cama como uma criança precisa de amamentação. Todavia, assim como uma mãe desnaturada que prefere dar Nan, o soldado de cabelos rosas era tirado de seu descanso, forçado a se arrumar para seguir na viagem para a próxima ilha. Ciente do tempo, ele se arrumou o mais depressa possível e partiu carregando consigo apenas as manoplas que havia forjado e os óculos no rosto para disfarçar a cara de sono. Alguns minutos de caminhada pela ilha, passando por lugares já visitados, e alcançava o porto repleto de navios da Marinha.

- É… Como deve ser o mar?

Diria perplexo ao avistar tamanha imensidão. Apesar de ter viajado da Grand Line até Shells, Velvet viajou dentro de uma caixa de frutas sem ver a luz do sol por semanas. Tanta privação e sofrimentos (cheiro de fruta podre, fome e sede) não lhe incomodavam mais. As dores eram físicas e a liberdade ganha compensou todas as dores. As sensações já foram enterradas no inconsciente e todas as experiências navais - de agora em diante - seriam novas e cheias de energia. O sono já não existia mais e os óculos provavelmente estariam em sua cabeça. Uma nova fase estava para começar.

Adeus, Shells Town… Olá, Loguetown…

O soldado então procuraria algo para fazer na embarcação. Tentaria ajudar a carregar caixas, amarrar cordas ou até mesmo serviços de limpeza. Caso não houvesse algo para fazer ou sobrasse algum tempo, treinaria o corpo, para ser mais especifico sua agilidade. Quanto mais rápido fosse, mais forte seria, pensou. Também treinaria sua vitalidade, correndo e fazendo exercícios aeróbicos para que tenha mais fôlego e consiga durar mais tempo dando o máximo em suas futuras batalhas.

Considerações:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyQui 24 Mar 2016, 13:58

~~ Narração ~~


O dia estava ótimo, o vento soprava lentamente, os soldados estavam animados, o navegador parecia cantar uma cantoria baixa e Velvet se encontrava sem muito o que fazer. O marine que havia lhe trazido aproximou-se do jovem ferreiro. – Vai levar um tempo para chegarmos na ilha, acredito que quase um mês, o vento está fraco, vou confirmar com o navegador... os dormitórios, banheiros, cozinha, sala de treinos e forja são lá em baixo! Por enquanto está tranquilo aqui em cima, mas pode ficar olhando para aprender, sempre é bom! Se precisar de algo é basta falar, quando chegarmos em Loguetown todos serão avistados. Assim o soldado terminava de falar e seguia andando até o navegador, parecia ser um amigo antigo pelo sorriso e aperto de mão.

O boxeador poderia utilizar o tempo a seu favor, poderia desenvolver suas habilidades físicas, mentais e seu oficio também, pois segundo o marine, demoraria um mês para chegarem. Não era tão ruim, pois Velvet estava com seus colegas marinheiros num bom navio e com tempo para aperfeiçoasse, pois em sua última luta, percebeu suas falhas, era o tempo que ele precisava para poder aumentar suas habilidades. Os dias eram tranquilos, o vento sempre soprando calmo, as ondas lentas, alguns marines pescando, outros fazendo algumas tarefas simples. Tinha marinheiro faltando no quartel general de Logue, mas no navio havia cerca de vinte soldados, tinha marine sobrando.


Posts até Loguetown 01/06


Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptyQui 24 Mar 2016, 16:58

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O poder do sol
Post: 19 | Localização: Shells Town| Aparência: Uniforme padrão da Marinha e Óculos.

Vai levar um tempo para chegarmos na ilha, acredito que quase um mês, o vento está fraco, vou confirmar com o navegador... os dormitórios, banheiros, cozinha, sala de treinos e forja são lá em baixo! Por enquanto está tranquilo aqui em cima, mas pode ficar olhando para aprender, sempre é bom! Se precisar de algo é basta falar, quando chegarmos em Loguetown todos serão avistados.

As palavras do soldado acalmavam a ansiedade do Carnelian. Ele poderia agora relaxar e enfim desfrutar da paisagem. O navio parecia não querer se mover. Os ventos eram praticamente inexistentes e isso adiava o tempo de chegada. Todavia, Veru teria bastante tempo para treinar e evoluir como pessoa.

- É a primeira vez na minha vida que eu recebo os raios de sol diretamente no meu corpo. Eu consigo sentir a minha pele quente…

Conversaria consigo mesmo, apontando o tempo em que passou num cativeiro. A fuga também fora em um cativeiro e ao chegar na ilha foi direto para o Quartel, aonde foi para a seleção, treinamento e luta, seguido de um longo tempo na Enfermaria para enfim partir para a primeira missão já com o sol indo embora. Portanto, esta era a primeira vez que seu corpo recebia o calor matinal, algo que melhorava a saúde e o ânimo de qualquer um.

Durante os dias que passasse no navio, faria um regime intenso de treinamento, sendo totalmente físico voltado para vigor e agilidade na parte da manhã, treinamento de combate à tarde e no período da noite faria tarefas no navio para ajudar seus companheiros de farda. Não queria ser só um estorvo, aproveitador, para seus colegas. Ajudaria com o que pudesse, sejam tarefas domésticas ou com forja. O importante era estar ali para fazer a sua parte. Escolheria o período noturno para aproveitar ao máximo o sol. Tanto tempo isolado dele lhe fazia ter uma pele pálida e frágil. Receber seu calor poderia melhorar sua pele disposição.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


PARA O AVALIADOR:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Marciano
Emissário da Morte
Emissário da Morte
Marciano

Créditos : 73
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 6010
Masculino Data de inscrição : 15/09/2014
Idade : 26
Localização : Na Monstrolandia...

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptySab 26 Mar 2016, 17:50

~~ Narração ~~


Os dias iam passando e o sol sempre se destacando logo pela manha, mas a lua tomava seu lugar e sua beleza no turno da noite, Velvet não estava acostumado com tais paisagens, mas de fato apreciava constantemente. Logo a mordia acabava e o marine era ordenado a ajudar os soldados em algumas tarefas. Era algo bom, poderia desenvolver seu corpo e suas habilidades.

Varria o convés, passava panos nas paredes, levava baldes cheios de água para ajudar os outros marines a limpar a bandeira, o mastro e etc... sim a marinha deixava sempre bem limpo seu simbolo. Algumas pausas o navio fazia para pescar e pegar os peixes para almoço e janta, Velvet não tinha habilidades de pesca, mas ajudava a descer a âncora e subi-la quando partiam. O navio não era muito moderno, era necessário fazer manualmente algumas coisas, assim como fechar e abrir as velas da embarcação. Já havia se passado duas semanas, Velvet se quer tinha notado a mudança em seu físico, mas músculos agora já poderiam ser avistados, nada muito exorbitante, mas algo natural com o trabalho bruto no navio. Era bom ele aprender como liderar o navio, como funcionava todas as funções, como por exemplo erguer as bolas de ferro e deixá-las próximas dos canhos. Essa parte era bem árdua, mas Velvet se quer reclamou de qualquer tarefa, realmente era um jovem que tinha nascido puramente marinheiro.


Posts até Loguetown 02/06


Histórico Velvet:
 

____________________________________________________

~Fala / Narração

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conquistas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Van
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Van

Créditos : 4
Warn : Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 5010
Masculino Data de inscrição : 31/10/2011
Idade : 31
Localização : -

Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 EmptySab 26 Mar 2016, 17:58

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Fim do começo
Post: 20 | Localização: Shells Town| Aparência: Uniforme padrão da Marinha e Óculos.

E assim o tempo passou com o soldado de cabelos rosas treinando e aprendendo cada vez mais. Ele mantinha bom relacionamento com os companheiros e se esforçava para fazer novas amizades, pois assim teriam confiança entre eles diante de uma situação difícil. Era importante ter companheirismo e eles sabiam disso.

- [color:1d47=#pink]Vamos lá!

Tentaria empolgar durante as tarefas e à si mesmo durante o treinamento físico. Seus músculos já começavam a se desenvolver, algo normal para alguém cujo treinamento era árduo, porém bem feito, além, é claro, da ótima alimentação fornecida pelo grupamento de nutrição do navio, os famosos cozinheiros.

É muito bom sentir o calor do sol…

Apesar das queimaduras, aos poucos ele se acostumava com os raios de sol que nunca haviam tocado sua pele até então. Viver preso em um cativeiro não era saudável e só agora sua pele conseguia se acostumar e a ardência diminuía. Olhar para o horizonte acalmava as dores, porém nenhuma se comparava às de seu primo eliminando seus companheiros.

Kahr… Eu nunca mais perderei!

PARA O AVALIADOR:
 


____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] |
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/ocanilbr
Conteúdo patrocinado




Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Episódio 1 - Qual a sua Justiça?   Episódio 1 - Qual a sua Justiça? - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Episódio 1 - Qual a sua Justiça?
Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: