One Piece RPG
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 XwqZD3u
One Piece RPG
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor AoYume Hoje à(s) 18:08

» Pandemonium - 9 Brave New World
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 17:50

» Uma promessa ao céu
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Bolin Hoje à(s) 16:32

» Lealdade, Valor e Morte
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Coldraz Hoje à(s) 14:47

» Steps For a New Chapter
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 13:49

» Right Punch, Left Punch!
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Razard Hoje à(s) 13:36

» ~ Acontecimentos ~ The Wonderful Land
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 13:17

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Shogo Hoje à(s) 12:22

» [Mini - Toji]
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 10:33

» Um Encontro Destinado
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Cloe Kaminari Hoje à(s) 05:24

» Drake Fateburn
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 04:49

» I did not fall from the sky, I leapt
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Formiga Hoje à(s) 04:47

» Alipheese Fateburn
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 04:43

» Sophia Aldebaran Rockfeller
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 04:38

» Vol 2 - The beginning of a pirate
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Formiga Hoje à(s) 04:09

» [MINI-HOKI] O Espadachim Negro
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Hoki Hoje à(s) 03:35

» União Flasco: Inicio do Sonho
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 03:12

» I - Justiça: Um compromisso obstinado!
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Hammurabi Hoje à(s) 01:57

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Marciano Hoje à(s) 01:05

» Razão
I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Emptypor Wing Hoje à(s) 00:48



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I did not fall from the sky, I leapt

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 77
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySab 13 Fev 2021, 01:51

Relembrando a primeira mensagem :

I did not fall from the sky, I leapt

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Moon. A qual não possui narrador definido.


Equipe One Piece RPG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Moonchild
Civil
Civil


Data de inscrição : 25/12/2020

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySex 19 Fev 2021, 07:58

skydive
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
De fato, as roupas folgadas não seriam um problema. Estaríamos indo dormir de qualquer maneira, então era bom estar me sentindo mais confortável e aliviado fisicamente. Ainda que eu não tivesse me ferido, pela forma que me joguei no chão antes de ajudar a matar uma das feras é de se imaginar que fiquei bem sujo tanto de terra quanto de sangue, então aquele banho realmente serviu para lavar tudo e me revigorar.

De volta para onde os outros dois estavam, me foi indicado onde encontrar ingredientes para fazer uma boa comida. Eu esperava que eles já tivessem algo pronto, afinal eu imaginava que estaríamos todos cansados depois daquela caçada. De qualquer maneira, não é como se eu não gostasse de cozinhar, então apenas dei de ombros e fui checar o que eles tinham por ali afim de escolher algo legal. Enquanto eu retornava com os mantimentos, ouvi Hagu falar que precisa amputar o braço de Garun.

— Amputar?! — perguntaria assustado mesmo que não fosse eu precisando perder um braço. Surpreso pela naturalidade que a dupla parecia estar lidando com o aquilo, me reservei o direito de não ficar mais observando aquela cena e parti direto para cozinha — Eu vou fazer algo pra ajudar a relaxar, esperem um pouquinho, viu? — avisaria antes de seguir em frente. O prato seria um caldo bem reforçado usando feijão de ingrediente principal, mas atual situação de Garun eu decidi fazer algo equilibrado com algumas hortaliças que pudessem lhe dar forças. A sopa seria leve o suficiente para lhe fazer dormir bem, mas rica em nutrientes para lhe ajudar na sua recuperação desde já. Separaria em uma panela menor uma versão do caldo sem tantas hortaliças para mim, porque eu não estava muito no clima daquilo.

Depois de alguns bons minutos cortando, misturando e fervendo tudo, finalmente ficou pronto. Eu esperava que a dupla tivesse esperado como pedi, então levei primeiro primeiros os pratos e talheres para a mesa antes de levar a panela ainda quente com muito cuidado.

— Pode comer que tá muito bom. — confirmaria confiante com um sorriso no rosto — Principalmente você, Garun. — continuaria antes de sentar à mesa com um prato já preparado com o que eu tinha separado pra mim. Pode parecer que me esforcei no prato por ter algum tipo de simpatia com esses caras, o que não é de todo errado, mas não é porque eu sei que sou melhor que eles (quer dizer, meu braço ainda está inteiro aqui) que vou destratar de graça quem está me ajudando. Moradia, comida e roupa de graça? Eu precisava pelo menos dar um agrado em troca, né. E também porque assim eu podia controlar e comer o que eu queria, mas isso não era relevante naquele momento.

O Mink acabou sendo o primeiro a se retirar e contou com a ajuda do seu parceiro. Eu continuei na cozinha pensando no que deveríamos fazer em seguida quando Hagu voltou. Percebi que iríamos conversar um pouco mais só nós dois.

— Me chamo Moon. — responderia curvando um pouco a cabeça para frente por costume, e então ouviria com atenção o que ele tinha para falar. Aparentemente a recompensa de 330 mil berries agora estaria dividida entre nós quatro, o que significa que eu embolsaria um pouco mais de 80 mil berries ao final de tudo. Era mais do que eu tinha levado de casa, então basicamente daria para recuperar a grana e ainda teria uma porção de lucro. Comecei a me empolgar e continuei atento aos relatos — Mais de um ano nessa situação? Que loucura, hein. — comentaria sobre a cronologia dos fatos. Realmente, não esperava que um problema tão sério como esse levaria tanto tempo para ser resolvido. Os responsáveis pela ilha não ligavam para a população nessa situação? Quer dizer, as famílias precisaram se unir para ver se conseguiam resolver aquilo. Realmente pesado.

— Não sei ela estava tentando avisar de alguma coisa. — comentaria sobre Dona Rilda — Aparentemente o nosso cara é mesmo filho dela e quando eu a conheci ela estava falando super bem dele. Não sei o que aconteceu para ela ficar daquele jeito, mas não acho que ela considerava o filho como o errado dessa história. Ela pareceu triste quando matamos o bicho dele. Ao menos foi assim que eu percebi. — terminaria de expor pensamentos por fim. Percebendo que tinha falado de forma séria demais e que isso entregava alguma experiência pelo menos teórica, comecei a ficar cansado de ter que fingir ser uma criança boba. Eles já tinham me visto lutar afinal de contas, então eu precisava mesmo fingir na frente deles?

— Sobre o símbolo, posso procurar, sim. Mas não agora porque... — levaria uma mão à boca em um bocejo — ... tô ficando cansado também. Depois eu vejo isso, tá? — e após isso eu mesmo declararia o fim daquele papo ao pegar tudo que estava sujo, levar para a cozinha, lavar e então ir até o porão dar uma olhada nos tais livros. Depois de ler o título de cada um deles, selecionaria os livros de Ocultismo, Lendas e Mitologias. Claramente não daria pra ver aquilo tudo antes de pegar no sono, mas se estávamos lidando com o seguidor louco de algum deus imaginário, a informação que procurávamos deveria estar em uma daquelas páginas.

Sozinho em algum quarto pelo segundo andar, comecei a procurar pelo livro de Ocultismo. Até o livro de Lendas eu ainda estava um pouco atento, mas praticamente só folheei o livro de Mitologias em busca daquele símbolo. Quando me dei conta foi por meus olhos se fechando e eu pegando no sono.

Se nada de estranho acontecesse pela noite, eu acordaria só na manhã do dia seguinte. Depois de usar o banheiro do andar para fazer minha higiene, eu seguiria até a cozinha para começar a preparar o café da manhã. Como dito, eu preferia eu mesmo cozinhar porque assim eu controlava o que estaríamos comendo e, portanto, escolheria o que eu quisesse. Durante todo aquele tempo, eu estaria com aqueles livros do lado procurando por alguma informação sobre o tal Vallak ou o símbolo que tínhamos visto.

— Tava pensando em visitar a casa da Dona Rilda. Sabe, ver se encontro alguma dica lá. — comentaria assim que o primeiro dos caçadores levantasse e aparecesse pela sala para falar qualquer coisa — Quais as chances daquele cara ainda morar naquele lugar? Ou fazer de ali de base, sei lá.

Objetivos:
 
Detalhes e Status:
 
Histórico:
 
i did not fall from the sky, i leapt
Voltar ao Topo Ir em baixo
Formiga
Civil
Civil
Formiga

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/01/2021
Idade : 26

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySex 19 Fev 2021, 21:10


~ Narração - 10 ~
Horário: 09:07

Enquanto procurava no livro ele apenas notou uma menção a um demônio chamado Vallak, contudo mesmo tentando vencer o sono, mas, aquela era a segunda batalha perdida por ele. O dia amanheceu e eram por volta das nove horas da manhã, mesmo com o curto tempo, aquele descanso tinha sido algo necessário - Bom dia. - Pronunciou o lobo ao notar a presença do menino, ele estava sentado na mesa, tomando uma sopa feita pelo ruivo - Se quiser, o prato está na mesa. - Disse o robusto homem ruivo enquanto sentava-se na cadeira. Hagu era o último a chegar, estava sem camisa e Moon poderia notar em seu corpo um número altíssimo de cicatrizes espalhadas pelo região do tronco, braços e costas, o rapaz não pronunciou nada, apenas acenou com a cabeça para o menino e sentou-se também na mesa.

Os três começaram a tomar sopa - Nada melhor que minha especialidade, sopa de camarão com ostras! Fortalecer o corpo e a alma. - Jin tentava se mostrar animado perante aquela situação, mas o clima não estava agradável - Disfarçar não é uma opção, né? Vamos falar do que interessa então. - Parou sua fala enquanto segurava o prato com ambas as mãos, em seguida levando-o a boca e engolindo toda a sopa que havia nele, finalizou limpando seu bigode com a camisa e então começou - Não consegui dormir quando cheguei e então procurei, no meio do bagunça lá em cima descobri algumas coisas. Vallak é o nome de um demônio ancestral que, nos livros, era citado como um dos Lordes do Apocalipse. - Parou por um momento enquanto esticou-se para pegar um livro no armário atrás dele - Ele é descrito como o arauto do caos, aquele que trará a morte a todos e que nenhum ser vivo, seja humano ou animal irá vagar pela terra após sua passagem. - Finalizou olhando seriamente para todos na mesa e completou - Sinceramente acho que estamos lidando com um lunático que acha isso verdade. A velha parecia não batia bem dos neurônios, está óbvio que seu filho tem o mesmo problema. - Jin estava convicto que a história sobre Vallak era balela, realmente era, mas não para o nosso antagonista - Vocês sabem que a Ordem não está nem aí para esse caso, essa falsa sensação de segurança que eles passam já me encheu o saco. Precisamos voltar a floresta e achar aquele maldito antes que ele sequestre mais alguém. - Bradou finalizando com um tom mais firme.

- Eu consigo rastrear ele, pelo menos é o que eu acho. Consigo lutar mesmo sem um braço, mas não podem contar comigo como antes, qualquer problema ou atraso que eu causar, me deixem e sigam o caminho até a missão… de qualquer forma, posso ser útil com minha habilidade furtiva, só preciso ficar em uma distância segura para aqueles animais não me notarem. - Falou logo enquanto olhava em direção ao lugar onde seu braço ficava - Se vocês conseguissem aprender a serem furtivos também, ajudaria. Mas são dois idiotas que só sabem partir pra cima fazendo barulho. - Finalizou o homem rindo, os dois davam risada também e Jin falava novamente - Moon, o Hagu nós disse seu nome. Precisamos de você menino, conversamos hoje e o melhor plano é você e Garun tomarem conta daquele homem, deixe as feras comigo e com o Hagu. Iremos sair ao fim de tarde, também pensei em ir na casa de Rilda, seria bom irmos todos juntos para evitar eventuais situações ruins. - Levantou o homem e ia em direção às escadas - Vou descansar até mais tarde, Hagu vá ao Arsenal e veja se tem algo que possa nos ajudar contra aqueles animais. Já você Moon, se puder, fique em casa de olho no Garun ou, senão, acompanhe Hagu ao Arsenal.

Quando Jin saia de cena, Hagu levantava-se e ia em direção a sala, que ficava a três ou quatro passos de onde eles estavam - Garoto fique em casa. Tenho algumas ideias para combater aqueles animais, preciso que passe o olho no lobo. Quer que eu tente trazer algo pra você? - Indagou o homem que agora, já estava devidamente vestido. Após ouvir a resposta de Moon, caso tivesse, o homem sairia da casa calmamente. Ficavam apenas Garun e Moon na mesa - Não consigo ficar parado, vamos lá fora. Se vai me acompanhar atrás daquele maníaco, preciso ver com meus próprios olhos suas habilidades. - Levantou e seguiu em direção aos fundos - Não esqueça da sua arma. - Falou um pouco mais alto. No fundo da casa estava sem roupas penduradas - Bora mais pra lá - Bradou o Mink enquanto ia mais fundo ainda na área, ficava em pé na grama e atrás dele tinha uma grande árvore - Se você lutasse contra um atirador, como diminuiria a distância entre vocês? - Indagou o Mink.


Moon:
 

Legendas:
 


Aparência NPC'S:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Moonchild
Civil
Civil
Moonchild

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Data de inscrição : 25/12/2020

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySab 20 Fev 2021, 02:23

skydive
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Percebendo que tinha acordado atrasado e portanto não poderia escolher diretamente o que comeríamos, apenas pegaria o prato indicado por Jin e pegaria um pouco da dita sopa. Aparentemente o ruivo também era cozinheiro, então eu fiquei um tanto mais confiante de comer aquilo. Quer dizer, não que eu seja paranoico, mas existia a chance de estarem tentando se livrar de mim para ficar com a recompensa só para eles, certo? Me ter cozinhando acabava sendo até uma garantia (pra mim) que nada de estranho tinha acontecido com a comida. Como os outros também já estavam se alimentando, incluindo o próprio Jin, as chances de ter algo na sopa eram mínimas.

Sendo assim, apenas acenaria para todos e começaria a comer. Estava com fome, no fim das contas, ainda que fosse raro eu me sentir faminto logo ao acordar. O combate da noite passada ainda que curto parecia ter consumido uma boa parte da minha energia. Jin parecia de alguma forma animado, mas apenas continuei comendo em silêncio até que ele se tocou que era o único com alto astral naquele momento. Sobre suas cicatrizes, nada a comentar, era de esperar alguém com sua idade ter esse tipo de marcas pela profissão que parecia exercer. Claro que eu jamais ficaria tão machucado independente da idade, mas nem todo mundo tem a sorte de ser incrível, né?

— Então um maluco tá dando trabalho pra uma cidade inteira. — resumiria a situação após o homem explicar o que tinha descoberto. Levaria uma colher em direção à boca e depois de engolir complementaria meu comentário fazendo o que sei de melhor... — Que ótimo. — ... que é ser sarcástico.

Continuei em silêncio enquanto eles criavam o plano de ação. Nesse sentido, eles eram claramente mais experientes, então fiquei apenas ouvindo suas considerações. Se falassem algo que eu considerasse por demais idiota, é claro, eu me meteria. Mas enquanto isso não acontecesse, eu seria apenas um garotinho ainda meio sonolento e com cabelo bagunçado sentado à mesa com os adultos.

Minha expressão pareceu se animar assim que a palavra "treinamento de furtividade" surgiu na conversa. Apesar de ter recebido treinado no estilo de combate dos ninjas, que são por natureza furtivos, o papai nunca me ensinou essa arte porque... Pensando agora, nem eu sei. Mas agora Garun parecia disposto a ensinar o grupo para facilitar o combate que estava por vir. Aparentemente Jin e Hagu eram caso perdido nesse assunto, mas eu definitivamente queria tentar fazer aquilo. Já sou pequeno, então saber me esconder me serviria como uma luva não só agora, mas também no futuro. Aquele era um conhecimento muito versátil, sabe?

— Vou ficar por aqui. — responderia Jin sobre a hipótese de ir até o Arsenal. Nem dinheiro eu tinha, então não existia um motivo para ir até lá — Vou treinar com o Garun, né? — perguntaria olhando para o Mink Lobo com aquela animação queimante que só as crianças sabem ter. Quanto a precisar de algo, pensei bem e tinha algo que eu queria, sim, mas que não tinha nada a ver com aquela caça que estávamos discutindo. Quer dizer, ele perguntou se eu precisava de algo, mas não especificou se era para aquela situação em especial — Se conseguir um livro sobre enganação (lábia)... não vou recusar. — falaria antes de me retirar da mesa e seguir até o meu quarto. Quanto a roupa que eu estava usando antes, decidi lavá-la rapidamente e colocá-la para secar antes de seguir para treinar com o Mink.

Quando eu estava voltando para a sala, dei de encontro com Garun que parecia inquieto. Segundo ele, precisava começar aquele treinamento logo para ocupar a mente. E é claro que eu não recusei, né? Iria pegar a Ninjaken como pedido e então seguiria com ele para os fundos da casa. Não consegui segurar a risadinha quando ele disse que precisaria testar minhas habilidades. Logo ele, que foi ferido no dia anterior duas vezes ao ponto de perder um braço, queria fazer isso comigo que estava ileso? Não me pareceu adequado, mas não disse nada. Quanto ao questionamento feito, era algo que eu tinha pensado na noite anterior, também. Ainda não tinha chegado a uma conclusão, mas dizer "não sei" estava fora de cogitação.

— Acho que o mais adequado é sair da sua linha de visão e me aproximar sem que ele perceba. — externaria o que tinha ponderado antes. Uma mão estava apoiada no meu queixo em uma clara expressão de reflexão — Se ele estiver me vendo, ou eu saio morto ou muito ferido. Agora se não estiver conseguindo me ver... As chances de alcançá-lo sem levar um tiro são bem maiores. — continuaria. A lógica pode parecer óbvia, afinal pegar seu inimigo de surpresa é sempre uma boa oportunidade de assegurar a vitória. Mas numa luta corpo-a-corpo, você e seu inimigo estão na mesmas condições de alcance e portanto só poderão ferir um ao outro se o outro também puder. Contra um atirador não existe essa igualdade. É muito mais complicado, a menos que você seja um atirador também. Não era o meu caso, então...

Objetivos:
 
Detalhes e Status:
 
Histórico:
 
i did not fall from the sky, i leapt

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Formiga
Civil
Civil
Formiga

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/01/2021
Idade : 26

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySab 20 Fev 2021, 15:02


~ Narração - 11 ~
Horário: 09:07

O lobo observava o garoto e ouvia duas palavras com atenção - Você está correto. - Afirmou o Mink - Um atirador é um problema para nós que lutamos a curta ou média distância, antes nós tínhamos bastante trabalho contra esses lutadores. - Concluiu e em seguida deu alguns passos em direção ao menino - Nesta luta preciso que você seja o mais furtivo possível e para isso devo lhe ensinar a ser furtivo. - Parou, respirou e enfim começou - Para ser furtivo o ponto principal é: Você precisa estar em contato com o solo, usar calçados principalmente com o solado mais grosso, nesse início pode e vai te atrapalhar. Sentir onde está pisando, no que está pisando é um dos passos fundamentais para conseguir passar despercebido. - Finalizou sua fala enquanto caminhava silenciosamente pelo local, no chão havia presença de alguns galhos secos da árvore, que claramente fariam barulho se o homem pisasse. Em um determinado momento ele pisou, contudo seu corpo instantaneamente parou e ele controlou minuciosamente o peso que estava em sua perna, o controle foi tão bom que mesmo tendo pisado no galho, nenhum som foi escutado - E esse é o segundo passo! Nunca pise com todo peso do seu corpo, busque tatear com seu pé onde está pisando e se sentir que algo revelará sua localização imediatamente pare. Recomendo que caminhe tocando primeiramente no solo com as ponta dos pés, sempre mantendo o seu peso na perna detrás. - O Mink então pegou mais alguns galhos e espalhou em volta do menino - Treine o bastante para que eu não te ouça, lembrando que minha audição é excelente. - Se distanciou do menino e deitou-se no chão - Lembrando que só vai comer após conseguir.


15:30


O tempo passou e todos estavam agora reunidos novamente na casa, os homens pareciam preparados para a cruzada que fariam atrás daquele lunático da outra noite - Eu tenho certeza que ele está na Floresta, ontem enquanto estava indo atrás daquela fera, pude ver algo que parecia um esconderijo. - Bradou o Mink enquanto ficava de pé - Como está seu ferimento? Consegue mesmo lutar nessa situação? - Falou o Ruivo que naquele momento já estava devidamente armado para o embate que ocorreria naquela noite, isso se, eles achassem o homem - Um braço é o bastante, com dois eu era muito forte. Você bem sabe disso! - Riu o Mink. Hagu estava também devidamente pronto, sua lança estava presa em suas costas e ele carregava uma bolsa nova - Não encontrei seu livro, mas, acho que isso pode te ajudar hoje. - Falou o homem enquanto lançava para o menino (enroladas em um pano) um par de Kunais de qualidade simples - Não é muito, porém um caçador nunca deve sair com apenas uma arma. - Balbuciou.

No momento em que todos estavam para partir fortes socos eram ouvidos na porta e um grito - JIN, LEVARAM MEUS FILHOS. - Uma voz feminina era ouvida e rapidamente o ruivo corria até a porta - Para onde ele foi levado? - Gritou o homem e a mulher prontamente apontou o caminho, o local era na mesma direção na qual eles estavam na noite passada. O ruivo sem esperar partiu em disparada, seguido pelo lobo e por Hagu - Vamos Moon, corre! - Gritou o último. Após correrem o quarteto avistava uma cena diferente da noite anterior, um par de lobos arrastavam uma criança em direção a região da mata oposta a da noite passada e seguindo a mesma direção de ontem uma espécie de tigre levava uma menina em sua boca.

O lobo corria na direção dos outros lobos e Jin em direção ao tigre. Hagu se mostrava indeciso, parecia querer ver primeiro o caminho que o garoto tomaria.



Moon:
 

Legendas:
 


Aparência NPC'S:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Moonchild
Civil
Civil
Moonchild

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Data de inscrição : 25/12/2020

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptyQua 24 Fev 2021, 00:15

skydive
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Me senti satisfeito quando minha resposta foi dada por correta. Ainda que o combate da noite anterior tenha sido o meu primeiro, as teorias que aprendi com meu pai ainda nas Ilhas do Céu se mostraram corretas. Não só isso, mas sou sagaz o suficiente para perceber minhas fraquezas e não renegá-las. Alguns guerreiros mais orgulhosos como eu poderiam tomar a percepção de uma fraqueza como um insulto, mas eu não sou assim: sou muito melhor que a maioria por justamente aceitar minhas falhas (que são poucas, vamos combinar) e então trabalhar para corrigi-las. Eu sei que tenho um ego bem grande para alguém com poucos anos de vida, mas era justamente isso que não me deixava simplesmente encontrar aquele cara uma segunda vez e me deixar ser encurralado por uma situação que eu poderia evitar.

Apenas daria de ombros quando Garun ameaçou me deixar sem comida caso não conseguisse concluir o treinamento. Primeiro que era óbvio que eu conseguiria, e segundo que não é como se eu só tivesse aquela casa para me alimentar. Isso definitivamente não era algo que estava para ele decidir. Estamos trabalhando juntos e sou mais novo, é verdade, mas isso não me torna subordinado de ninguém. Cogitei deixar isso claro, porém o contrato com a recompensa não era meu, então pelo menos por aquele momento deixar o Mink achar que tinha o controle sobre algo pareceu o mais sensato. Dinheiro era uma prioridade maior naquele momento que colocá-lo no seu lugar.

Início do Aprendizado da Perícia Furtividade


Garun então explicou que a furtividade possuía dois princípios básicos: não ser visto e não ser ouvido. Começaríamos treinando o segundo princípio, por ser algo mais próximo da especialidade dele. Sua demonstração foi bem impressionante. No começo pareceu bem como eu imaginava que seria, mas quando ele conseguiu mudar o peso do corpo subitamente para não fazer barulho quebrando o galho eu tive que reconhecer sua habilidade. Mentalmente apenas, claro.

A palavra-chave era sensibilidade. Para ser silencioso, eu precisava ter uma boa noção tátil do terreno em que eu estava pisando. Isso certamente não é algo que se aprende apenas ouvindo alguém explicar. Saber quando pisar mais forte, quando trocar o apoio e até mesmo simplesmente ter o discernimento necessário para encontrar uma rota mais fácil. Segundo Garun, tudo isso fazia parte do exercício da furtividade. Parecia algo complexo, e foi por isso que eu fiquei mais animado.

O terreno daquela área era acidentado e cheio de surpresas barulhentas. Folhas mortas, galhos caídos, lama e todo tipo de coisa que só de encostar poderia ser barulho o suficiente para nos condenar. Em um primeiro momento, optaria por apenas andar e perceber os sons ao meu redor. Ao passo que fazia isso, iria registrando mentalmente. "Isso faz mais barulho, isso é mais sutil". Gradativamente, iria criando um tipo de biblioteca mental de elementos que poderiam existir pelo cenário e seriam potencialmente capazes de arruinar uma infiltração silenciosa.

Agora conhecendo o que me aguardava, começaria as primeiras tentativas. Admito que não foi fácil. Os galhos eram os piores. Mesmo que eu estivesse atento a isso para fazer a mudança de peso igual Garun mostrou, um simples encostar não intencionalmente mais bruto era capaz de fazer um barulho de estalo. Foi quando comecei a perceber o truque de andar na ponta dos pés.

Quando percebeu o que eu estava fazendo, o Mink se aproximou e finalmente explicou aquilo. Ele queria testar minha percepção e ver se eu chegava àquela conclusão sozinho, e como aconteceu ele estava disposto a ajudar ainda mais. Ele disse que diminuir a área do que poderia causar barulho facilitava a ter mais controle sobre essas coisas. Em outras palavras, era mais adequado — ainda que mais cansativo também — usar apenas o necessário dos pés para manter-se de pé.

As horas se passaram e eu sequer tinha tempo de lembrar que sentia fome. Completamente focado naquilo, só me permiti parar quando tivesse um avanço satisfatório. Quando Garun falou que já estava bom, eu ainda assim continuei tentando melhorar. Não aceitaria ser apenas bom: eu precisava ser impecável.

Percebendo minha atenção, o Mink decidiu introduzir então o princípio do não ser visto. A dica dele foi ficar atento ao campo de visão. Os humanos, segundo sua explicação, possuíam quase 180º de campo de visão. "Imagine você de braços abertos", ele disse, "tudo que estiver à frente é potencialmente visto". Mas essa era a parte óbvia, afinal para não ser notado a primeira coisa que se pensa é ficar fora da visão de alguém, certo? Para Garun, na prática não era tão simples assim e até mesmo existiam alguns truques para manter-se invisível mesmo no campo de visão de alguém.

Segundo ele, o que chamava de visão periférica era esse ponto fraco. Tudo aquilo que não está sendo o foco da nossa visão fica borrado e menos nítido. Se aproveitar disso era o segredo para continuar furtivo mesmo que, tecnicamente, a pessoa possa te ver. "Ainda notamos movimento com certa precisão com a visão periférica, mas se você conseguir se misturar com os elementos no limite da visão... bem, é isso que deve aprender", ele disse.

Suspiraria ao final daquilo. Era realmente muita coisa para se considerar ao mesmo tempo. Assim como tudo que aprendi até ali, precisaria de prática. Felizmente, meu professor parecia ter anos de experiência naquilo e estava sabendo me guiar de forma direta. Já eram algumas horas depois do meio dia quando o treinamento foi dado como concluído. "Já está muito melhor que aqueles dois patetas", brincou, "mas não se esqueça de continuar praticando se quiser fazer isso com mais naturalidade".

Fim do Aprendizado da Perícia Furtividade


Voltando a falar da pauta comida, eu sequer falar com Garun seguiria para a despensa pegar algo para preparar a refeição. Minha intenção seria fazer para nós dois, mas se ele por algum motivo tentasse me impedir, eu não teria outra escolha a não ser passar pela porta da frente e avisar que "voltaria logo". Iria até o restaurante da noite anterior, negociaria alguma comida em troca de trabalho e então retornaria para a casa do trio.

Se ele não me impedisse, continuaria por ali até que os demais retornassem. Hagu me pegou de surpresa quando me estendeu aquelas kunais. Eu realmente não estava esperando muito quando pedi pelo livro, mas acho que isso seria mais fácil de conseguir depois que aquelas armas, né? Me senti satisfeito e as posicionei presas adequadamente à cintura. A Ninjaken estava repousada na mesa ao lado do meu prato enquanto a discussão acontecia. Não dei muita atenção até ser a hora de sairmos, quando me armei por completo e estava já focando a mente no que estava por vir.

Aquele grito foi repentino, mas pareceu ser o momento certo. "Nos poupou do trabalho de ter que rastreá-lo", pensei. No que os demais partiram na frente, correria logo atrás deles para não ficar muito para trás. Minha intenção era contribuir ao máximo, assim não poderiam sequer cogitar não me incluir na recompensa adequadamente.

O fato de estarmos indo na mesma direção da noite anterior parecia de alguma forma deixar claro na minha mente que, sim, a casa de Dona Rilda era algum tipo de base para o nosso alvo. Me senti aliviado por não ter ido até lá sozinho como planejei antes, porque com certeza não daria conta daquela quantidade de bicho que vimos antes apenas com minhas habilidades. Eu sou incrível, mas ainda seria um contra muitos. Muito suicídio.

Acenaria com a cabeça na direção do tigre assim que Hagu se mostrasse indeciso. No plano feito antes, eu acompanharia Garun. E era isso que eu iria fazer. Acompanhando na perseguição dos lobos como combinado antes. Eu não pretendia simplesmente deixar que aqueles animais levassem aquelas crianças, ou sabe lá o que o fanático alucinado faz com essas pessoas antes de "doá-las" para o seu deus imaginário.

Ali a minha Aceleração entraria em cena. Iria tentar superar a velocidade dos lobos. Com um saque da ninjaken, tentaria golpeá-lo. Não para feri-lo de imediato, embora se essa possibilidade existisse eu a aproveitaria, mas sim para assustá-lo o suficiente para soltar a criança que carregava. Se desse certo, repetiria o movimento no segundo lobo saltando por cima do primeiro e usando a Aerodinamicidade para me dar um pouco mais de firmeza no golpe aéreo.

Objetivos:
 
Detalhes e Status:
 
Histórico:
 
i did not fall from the sky, i leapt

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Formiga
Civil
Civil
Formiga

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/01/2021
Idade : 26

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptyQua 24 Fev 2021, 13:30


~ Narração - 12 ~
Horário: 15:42

O pequeno Celestial tomava a iniciativa, diferente da última batalha ele agora tinha em seu leque de habilidades uma nova perícia e assim como combinado anteriormente fazia dupla com Garun em sua jornada atrás do malfeitor. O Mink como de costume tomava a dianteira em momentos de ação, era algo que fazia instintivamente e que em grande maioria, lhe colocava em risco. Os lobos por mais que se mostrassem velozes na sua corrida, não atingiam o ápice da sua velocidade, pois o peso do garoto que estavam arrastando e também a posição em que seus corpos se encontravam, não proporcionou esta possibilidade, o menino então não demorava a alcançar seu companheiro e seus inimigos e em uma rápida investida utilizando da aceleração para alcançar o pico da sua velocidade em um curto intervalo de tempo, acertou a lateral do corpo de um dos lobos, que ao ser atingido automaticamente soltou o braço do pequeno refém e grunhiu de dor - Boa garoto! - Gritou o Mink.

Um apito agudo era ouvido, principalmente pelo Mink, pois dada sua audição aguçada sentia um certo incômodo ao escutar aquele som - Esse som… tem algo diferente nele. - Bradou Garun, o mesmo de forma célere se aproximou do menino, que estava encolhido e choramingando - Calma pequeno, já passou. Vou te levar pra casa. - Ao finalizar sua fala eles escutaram um som, parecia que algo estava caindo do céu. BOOOM! Um estrondo tirou o silêncio daquele local, alguns metros à frente puderem notar a presença de um gorila, aparentava ter no máximo dois metros (em pé) e estava com uma corrente presa em seu pescoço. Aquele animal demonstrava uma ferocidade inigualável - Mas que merda esse maluco está fazendo? Gorilas? - Resmungou o lobo de maneira irritada, parecia que ver aquelas correntes lhe fez recordar traumas passados. Em seu único braço carregava o garoto que outrora estava sendo arrastado pelos animais.  

Aproveitando da inércia do Gorila, o mink saltou rapidamente para trás, colocando o garoto no chão - Não corra, fique aqui escondido que logo volto por você. - Bradou Garun enquanto escondia o menino na mata. Voltou rapidamente sua atenção ao Gorila que iniciava sua investida, partindo em uma corrida feroz na direção de Moon e do Mink.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Como de costume o lobo avançava, parecia que essa era a única coisa que ele sabia fazer e em um rápido movimento, lançou-se ao ar dando uma cambalhota, acertando com um calcanhar um forte golpe na cabeça do Gorila. O animal ao sentir o golpe dobrava seus joelhos ao ponto dos mesmos tocarem no chão, mas a fúria que emanava dia seus olhos não lhe permitiu cair e em um movimento preciso, segurou a perna - ou para - de Garou e jogou o mink, que se chocou com uma árvore - Moon, precisamos trabalhar juntos. Vamos atacar sem parar! - Gritou o lobo e novamente partiu contra seu adversário, dessa vez utilizou da sua agilidade para acertar golpes no gorila e simultaneamente esquivar dos ataques nada precisos que ele lançava, parecia mais que estava apenas balançando seus braços de maneira aleatória em uma tentativa de acertar o Mink. Apesar dos golpes recebidos, o gorila se mostrava resistente e parecia que ainda não havia mostrado seu real potencial em batalha.

Moon:
 

Legendas:
 


Aparência NPC'S:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Moonchild
Civil
Civil
Moonchild

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Data de inscrição : 25/12/2020

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptyQui 25 Fev 2021, 00:11

skydive
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
O golpe no lobo cumpriu com seu objetivo e a criança estava liberada dos animais. Eu não diria salva, porque ela ainda está no meio de um possível campo de batalha, mas pelo menos por aqueles instantes estaria viva. Olharia de relance para a outra criança enquanto cogitava continuar a perseguição aos lobos. Com o movimento clássico tirando o sangue da lâmina passando o dedo de forma ágil na lateral, eu a guardei na bainha segundos depois dela ter se sujado. Sou adepto de golpes de saque com aquela arma, muito por influência do ditado várias vezes entoando pelo papai: uma lâmina fora da bainha é uma lâmina morta. Aquela frase se repetia na minha cabeça sempre que eu empunhava aquele equipamento. De certa forma, isso me ajudava a manter o foco.

— Como assim diferente? — perguntaria para Garun sobre o som que, pra mim, não tinha nada de estranho. Não estava muito interessado no garoto, ainda mais porque o Mink já tava lhe dando a assistência necessária. Ficaria observando os arredores enquanto aquilo se desenrolava, porque se aquele apito soou era porque algo podia estar prestes a acontecer.

Não tive muito tempo de analisar as possibilidades porque elas se mostraram certeiras segundos depois. Um estrondo seguido de um rugido anunciou a chegava de mais dos lacaios animalescos do lunático. Desta vez, ele pareceu se empolgar: tinha enviado um gorila.

— Admito que a diversidade dele é interessante. — comentaria em tom de deboche. É claro que não tenho respeito nenhum por quem precisa mandar toda a fauna local para lutar no seu lugar. Aquilo era extremamente patético — Vamos diminuir seu leque de opções então. — concordaria com Garun sobre termos que trabalhar juntos. Em posição de combate, esperaria que o Mink tomasse a dianteira. Se aquele gorila tivesse algum truque escondido, eu preferia deixar que outro fosse surpreendido. Certamente esse não seria um privilégio que eu iria querer para mim.

No diz respeito ao combate, eu tinha traçado um plano de ação poucos segundos depois de ver aquele gigante (para mim, pelo menos pra mim) na minha frente. Recordando rapidamente de uma história que mamãe me contava quando eu era mais novo: quanto maior o tamanho, maior a queda. Eu iria derrubar aquele gorila, com toda certeza.

Flanquearia buscando atacá-lo por trás. Sairia de sua visão e usaria as árvores para me esconder enquanto dava a volta, para então avançar com tudo usando da Aceleração para lhe atingir em um ponto fraco. Com um saque rápido da Ninjaken, moveria a lâmina acumulando todo o ímpeto acumulado à minha própria força física para lhe cortar atrás do joelho. E golpe se seguiria com um giro para o lado levantando a mão, finalizando com um corte atrás do próximo joelho e então um salto para trás tomando uma distância estratégica e segura.

Se durante a investida o gorila resolvesse se virar na minha direção, colocaria meu controle corporal para jogo afim de esquivar de seus ataques. Pelo seu tamanho, eu imaginava que ele não conseguiria ser mais ágil que eu. Eu pretendia usar isso ao meu favor. Seria por isso que assim que esquivasse e algum membro seu (braço, perna) ficasse estendido ao meu lado depois de esquivar, eu o cortaria com a minha lâmina. Com de praxe, tomaria uma distância segura logo após o golpe para não permitir um revide.

Aquele era meu estilo favorito de combate: bater e recuar, sem deixar brechas para que o oponente consiga responder aos ferimentos que recebe. Golpear o gorila provavelmente significaria tomar sua atenção para mim, e eu não me importava de virar o novo foco. Isso permitiria que Garun atacasse com folga logo depois, então eu só precisaria me manter desviando. Eu não conseguia visualizar uma situação em que aquele gorila venceria aquele combate.

Mas nem se ele quisesse muito.

Objetivos:
 
Detalhes e Status:
 
Histórico:
 
i did not fall from the sky, i leapt

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Formiga
Civil
Civil
Formiga

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/01/2021
Idade : 26

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptyQui 25 Fev 2021, 02:03


~ Narração - 13 ~
Horário: 15:59

Garun estava na conhecida "sinuca de bico", pois o mink tentava com todas suas forças realizar seus movimentos com precisão, mas a falta do braço atrapalhava seu senso de equilíbrio ao executar os movimentos - Tsc. Que porra! - Resmungou enquanto desferia ataques da melhor maneira que conseguia e ao mesmo tempo esquivava dos ataques nada técnicos do Gorila. O garoto estava se mostrando inteligente na maioria das situações que estava inserido e nesta luta não seria diferente, flanquear era sua opção de combate. Sua movimentação sagaz trouxe frutos, o corte na região posterior do joelho proporcionou a Garun uma oportunidade, quando o gorila desequilibrou ao ser cortado, Garun direcionou a sua face um forte chute que lançou o robusto corpo do macaco pelo ar. Como dito anteriormente o animal era resistente, ao levantar ele se mostrava bem, mas um tanto quanto confuso das suas ações naquele momento. Levou ambas as mãos na cabeça e em seguida gritou, o animal gritava insanamente enquanto desferia em seu peito forte socos, seu grito era tão intenso que ecoava pelas árvores da floresta de maneira clara.

Moon então assumia uma postura que podia ser dita como uma isca, ele atacava, recuava e se movimentava, intercalando seus movimentos para além de chamar a atenção do Gorila, causar algum dano a ele. O mink percebia o objetivo daquela movimentação e então partia, canalizava toda sua força no único punho que existia em seu corpo, aproveitando que o gorila estava de costas para o mesmo ele aplicou um único golpe, limpo e feroz na região da nuca. Ele não parou, o puro desejo de finalizar seu oponente naquele momento movia de maneira voraz seu punho repetidas vezes no crânio do gorila, que jazia no chão já sem vida - Acabou Moon, vamos prosseguir. - Falou o mink, um sentimento de vitória brotava em seu peito, mas ele sabia que aquilo não seria sua última batalha daquela noite.

Uma presença surgia, o homem da noite passada aparecia atrás da dupla - Vocês tentaram me atrapalhar ontem e hoje no grande dia… vocês também tentam. - Bradou de maneira fria e irritada. Ele levantou o garoto com um único braço, garoto este que tinha de mantido fervorosamente escondido tentando de alguma maneira observar aquela batalha que decorreu mais a frente - Esta criança não serve mais… a morte dela recairá sobre seus ombros. - Ao terminar sua fala uma lâmina fina, porém, grande perfurava a região abdominal do menino e deslizava até a altura da clavícula. O sangue do menino banhava o homem que inerte se mantinha em sua posição, engolindo parte do sangue que escorria pelo seu rosto e com sua língua, limpando seus lábios - Tenho pressa, meu Deus está chegando. Ele me permitiu continuar vivo com um único motivo de trazer o caos a este plano, junto com ele. - Lançou o corpo morto do menino em direção ao lobo, que nesse momento fervia em fúria. A cena de uma criança tendo seu tronco aberto por uma lâmina era algo extremamente horrível - VOCÊ É LOUCO! LOUCO! MISERÁVEL, EU IREI LHE MATAR. - Falou furioso o lobo que ao finalizar sua fala partiu em direção ao homem, tentando agarrar de maneira juvenil seu rosto. O homem se mostrava hábil e se esquivava de maneira simples, colocando seu corpo lateralmente e deixando o lobo furioso passar, mas ele não deixou simplesmente Garun passar daquela maneira e em um rápido movimento com sua espada cortou o antebraço do mink de maneira tranquila - Animais não devem atacar seus mestres. - Falou.

A situação estava complicada o Mink de encontrava no solo, agonizando. O homem então voltava sua atenção para Moon e seus olhos amarelos brilhavam com o transpassar do sol pelas árvores - Venha criança, chegou a hora da sua morte. - O homem então tomava uma postura simples e com uma certa classe, uma mão estava posicionada nas suas costas e sua espada apontada para baixo, segurando com a palma da sua mão voltada para cima - Se não vir o lobinho morrerá ainda mais rápido. - Fincou a ponta da sua espada na região lombar do lobo e manteve-se parado esperando a movimentação do menino, não tinha sinal que Jin ou Hagu dariam as caras naquele momento, tudo ficaria nas mãos do pequeno Moon. Fugir? Enfrentar o inimigo? O que o pequeno gênio faria?



Moon:
 

Legendas:
 


Aparência NPC'S:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Moonchild
Civil
Civil
Moonchild

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Data de inscrição : 25/12/2020

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySex 26 Fev 2021, 01:59

skydive
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Apesar do meu desentendimento não expressado com Garun naquela manhã, era inegável que ele era um guerreiro habilidoso. Claro que eu era bem melhor, né, mas nossa de alguma forma nossos estilos pareciam se encaixar perfeitamente. Sequer armamos um plano estruturado, só concordamos em ficarmos juntos quando a perseguição chegasse, e mesmo assim ali estávamos: coordenando ataques em conjunto só de ver o outro agir. A estratégia de atacar e recuar se mostrou funcional o suficiente quando o gorila parece não saber com quem lidar primeiro. Um único momento de hesitação foi o suficiente para que Garun finalizasse a criatura. Como de costume, limpei o sangue da ninjaken antes de embainhá-la novamente.

De repente, aquela voz familiar e sinistra ecoou vindo por trás de mim. Senti um frio descer pela espinha enquanto me virava naquela direção. É verdade que eu estava ansioso para encontrar logo o nosso alvo, mas não daquela forma. O garoto que tínhamos resgatado há poucos minutos agora estava sendo erguido pelo nosso inimigo. Fomos descuidados ao deixar a criança sozinha, uma vez que já era parte do nosso conhecimento sobre o lunático que ele não lutava sozinho. Ele poderia nos encurralar a qualquer momento.

Não só poderia, como o fez.

Eu definitivamente não ligava para seu discurso. Meu deus isso, meu deus aquilo, eu não poderia me importar menos com aquilo tudo. Eu estava prestes a lhe dar um gostinho da lâmina que eu carregava na cintura quando em sua agressividade ele acabou com o rapaz em suas mãos. Vê-lo usando uma arma por si só foi uma surpresa, porque por algum motivo eu imaginava que ele seria fraco no mano a mano já que precisava se esconder atrás daqueles animais.

Aparentemente, entendi errado e ele não precisava dos animais. Se ele realmente podia dar conta de problemas sozinho, ter um exército deixava de ser tão patético quanto pensei antes. Na verdade, isso mostrava sua dominância. Pensar isso fazia eu me sentir inferior a ele mesmo antes de termos nos enfrentado diretamente. Não preciso dizer que odeio essa sensação.

Meu momento de hesitação durante aquela cena de assassinato foi tempo o suficiente para Garun tomar a frente e atacar nosso inimigo. Acho que ele só não esperava — e nem eu! — que o outro fosse ágil o suficiente para simplesmente sair da frente e ainda revidar. Ver o Mink agonizado no chão pela segunda vez em dois dias, justo quando reconheci seu valor como guerreiro, tornava tudo aquilo ainda mais tenso... e empolgante.

— Não precisa me chamar. — responderia à sua provocação enquanto levava a mão em direção à bainha em que a ninjaken se encontrava — Eu iria até você mesmo que você não quisesse! — declararia antes de inclinar um pouco os joelhos e então avançar na direção do lunático com toda a minha velocidade. A aceleração, como sempre, contava como boa parte da minha investida direta por eu conseguir ir do 0 ao 100 instantaneamente. A forma que ele segurava a espada mostrava realmente conhecimento em batalha. A mão escondida atrás das costas poderia simplesmente ser alguma posição de luta, mas eu sabia que ele utilizava de armas de longo alcance também. Levaria isso em conta durante o meu movimento — Vou te ensinar como as coisas funcionam no Céu.

Com a mão esquerda no cabo da Ninjaken e mão direita segurando na bainha desta, eu esperava que ele revidasse assim que eu desse meu primeiro movimento. Se fizesse isso com a sua espada, eu a bloquearia com a própria bainha. Assim que seu ataque fosse defendido, sem esperar, eu iria aproveitar a mão previamente preparada e sacaria a Ninjaken em uma ataque em arco crescente do início do tronco até o mais alto que minha lâmina fosse capaz de tocar. Recuaria em um pequeno salto logo em seguida, para evitar um revide tal qual fiz antes.

Se durante o avanço ele revelasse a pistola na mão escondida, eu me jogaria de súbito no chão assim que ele colocasse o dedo no gatilho. Aproveitando do impulso, derraparia em sua direção para realizar o golpe crescente da Ninjaken desta vez mirando na sua mão, para impedir que utilizasse a pistola novamente. Então recuaria para aproveitar outra brecha.

Se ele tentasse me fazer de idiota ao desviar para o lado e me fazer passar reto (tal qual fez com Garun agora há pouco), eu estaria preparado para dar um salto para longe do alcance de sua espada e então aproveitaria a brecha para acelerar com tudo para acerta-lhe um golpe na altura dos olhos, de preferência para cegá-lo. Novamente, recuaria após o ataque para esperar uma nova oportunidade de me aproximar.

Objetivos:
 
Detalhes e Status:
 
Histórico:
 
i did not fall from the sky, i leapt

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Formiga
Civil
Civil
Formiga

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 06/01/2021
Idade : 26

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySex 26 Fev 2021, 14:19


~ Narração - 14 ~
Horário: 16:20

O Celestial estava decidido a não recuar, já o seu antagonista esboçava em sua face um sorriso maquiavélico. Partiu em direção ao homem utilizando sua aceleração para extrair o máximo da sua velocidade em um curto intervalo de tempo, seu antagonista não ficou parado e em um movimento vertical aplicou um corte que partiria o jovem ao meio, isso claro, se não fosse devidamente bloqueado pelo menino que em sua mente já havia antecipado um possível ataque do seu oponente. Com o bloqueio sendo realizado com eficácia ele não perdia tempo e atacava com sua Ninjaken, contudo, o homem estava tão atento quanto o menino naquele embate e com facilidade bloqueou o ataque, o parando com sua lâmina - Interessante… - Vocalizou antes de desferir um soco no rosto do menino, lançando-lhe alguns metros atrás.

Voltou a sua postura anterior, levando seu braço para trás e deixando desta vez a lâmina apoiando em seu ombro, enquanto apoiava a bainha na palma na mão - Talvez lhe matar seja algo que não deva ser feito. - Disse o homem enquanto puxada do interior das suas vestes um pequeno apito prateado - O que acha de ficar ao meu lado? Servindo o verdadeiro Deus deste mundo. Se aceitar sua vida será poupada, seu corpo marcado e um novo servo de Vallak surgirá. - Pausou sua fala enquanto olhava para o Mink, que estava caído no chão, respirando extremamente devagar e direcionando seu olhar ao jovem Moon. Aos poucos a vida do lobo estava deixando de habitar o seu corpo - Animais que se acham humanos são um dos piores pecados desse mundo. Animais foram feitos para servir! - No momento em que levava o apito em direção a sua boca ele foi interrompido, múltiplos ataques feitos por uma lança o obrigaram ao mesmo esquivar destes ataques, mostrou uma certa facilidade em realizar tais movimentos - Morra demônio! - Gritava Hagu furioso e lágrimas podiam ser vistas deslizando sobre seu rosto. O ruivo também apareceu e foi diretamente correndo para Garun, mas ao mexer no corpo do lobo percebeu que o mesmo já tinha falecido - Temos que ajudar Hagu, no estado em que ele está vai acabar sendo facilmente morto. - Pronunciou Jin enquanto corria em direção a luta que estava se desenrolando alguns metros a frente.

O vilão se mostrava hábil o suficiente para lidar com o lanceiro, mesmo que este claramente não estava no seu melhor momento. Jin chegava no embate, ele era um pouco mais lento mas tentava de todas as maneiras atingir o seu oponente, realizava movimentos largos com seu martelo. Hagu se mantinha desferindo sem parar ataques direcionados ao homem, estocadas, cortes, girava a lança pelo seu pescoço e mãos enquanto se movimentava atacando. O oponente esquivava, bloqueava com uma certa dificuldade os ataques de Hagu e começava a se sentir pressionado pelo mesmo. Flexionou seus joelhos e saltou para trás, enquanto rodopiava no ar todos ali puderam escutar o som fino do apito que o homem utilizava para controlar seus animais, contudo o comando havia sido parado no meio, Jin ao lançar seu escudo conseguiu interromper o possível chamado - Não terá seus animais contigo! Somos nós e você. - Gritou o ruivo.

O seguidor de Vallak se mostrava furioso - Como ousa? - Proferiu e em seguida levou seu olhar para o chão, tentando procurar o apito que havia perdido - OLHE PARA MIM! - Gritou Hagu enquanto novamente avançava pra cima do homem juntamente com Jin um pouco atrás. Mas como dito antes o comando havia sido mesmo que parcialmente dado e da mata surgia um tigre, semelhante ao que eles foram enfrentar anteriormente. O lanceiro estava cego de raiva e simplesmente não ligou para aquilo, continuou avançando deliberadamente em direção ao seu oponente, o ruivo cuidou da sua proteção e atingiu de baixo para cima a cabeça do tigre, impedindo que ele abocanhasse seu aliado - Garoto, ajude Hagu. Não deixe que aquele homem pegue o apito novamente. - Deu a ordem para o menino e ficou em frente aquela fera, impedindo sua passagem.

Ao observar ele poderia ver Hagu lutando ferozmente contra o homem, que outrora estava sendo pressionado, agora, se mostrava dominante na batalha. Nas brechas deixadas pelo lanceiro ele aplicava cortes em seu corpo, Moon poderia facilmente perceber essa vantagem técnica que estava ocorrendo durante a luta.

Moon:
 

Legendas:
 


Aparência NPC'S:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Moonchild
Civil
Civil
Moonchild

Créditos : 6
Warn : I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 10010
Data de inscrição : 25/12/2020

I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 EmptySeg 01 Mar 2021, 20:11

skydive
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Minhas previsões não foram erradas. Provando mais uma vez ter, sim, nascido para o combate, consegui antecipar os primeiros golpes do lunático de forma precisa. O que eu não esperava é que ele fosse realmente tão ágil e atento, o que no fim resultou nele conseguindo também bloquear meus ataques. Não, foi pior, porque ele conseguiu revidar. Quando sua mão veio de encontro ao meu rosto e me lançou para trás, eu senti uma raiva súbita esquentar todo o meu corpo. Era a primeira vez que alguém tinha me atingido pra valer desde que saí do Céu. Eu sabia que não conseguiria viver eternamente sem ter um machucado sequer, mas algo naquele cara não me deixava feliz por ele ser tão habilidoso. Ele não era digno de encostar em mim. Quando ele fez sua proposta, tive que que ser muito forte para não cair na gargalhada.

— Que mané verdadeiro deus desse mundo. — desdenhei — Deuses não existem. Você é só um maluco que foi longe demais.

De forma objetiva, eu não ligava muito para esse discurso de "animais foram feitos para servir". Eu discordava, óbvio, mas não é como se me deixasse pessoalmente ofendido ele falar algo do tipo. Na verdade, o fato dele ser um louco também contava muito para eu não dar importância para nada do que saía da sua boca. Exceto quando ele ameaçava continuar matando as pessoas. Isso eu ligava, afinal estava diretamente ligado a eu receber minha recompensa ou não.

Se for pra ser um pouco mais empático, eu não queria que Garun morresse daquela maneira. A gente lutava bem juntos e ele parecia ter mais coisas para ensinar. Eu gosto de aprender, isso não é novidade, e aprender de alguém realmente habilidoso me deixava confortável. Me lembrava de casa, dos treinamentos com meus pais.

Seguraria no cabo da Ninjaken deixando claro que eu não tinha aceitado aquela ideia idiota de me render. Quando estava flexionando os joelhos para partir com tudo para cima pela segunda vez, fui interrompido pela investida de Hagu e a chegada de Jin. Hagu parecia completamente fora de si — e com razão! —, então hesitei me juntar à sua investida em um primeiro momento. Daquele jeito que ele estava, era capaz de me atingir sem querer se eu me aproximasse. Voltaria então minha atenção para Jin, que com grande pesar declarou que, sim, Garun já estava morto.

Estava tudo muito frenético. De um lado, Hagu dando trabalho o suficiente para o nosso inimigo a ponto de forçá-lo a recuar para chamar suas feras. Ainda que tenha sido interrompido, um tigre ainda foi capaz de ouvir e apareceu para ajudar. Jin decidiu que tomaria de conta da fera. Eu precisava escolher quem eu ajudaria. Voltaria o olhar de volta para Hagu. Ele era quem estava mais vulnerável e sendo ferido gradativamente. Se continuasse daquele jeito, ele seria o próximo a cair. Não precisaria nem Jin me avisar do óbvio. Mas decidi ser astuto.

Primeiro, avançaria acelerando com tudo na direção que o apito caiu. Eu o guardaria em algum bolso pelas minhas vestimentas. Só então partiria para ajudar Hagu. Com o apito em nossa posse, tínhamos a certeza de que não teríamos mais surpresas.

Ainda que o lanceiro não estivesse usando a cabeça e sendo cobrado por isso, eu não aceitaria ser imprudente da mesma maneira. Foi por isso que usei uma tática que já tinha mostrado para os caçadores antes: dei a volta, flanqueando o alvo. Ele teria que lidar com ataques vindo das duas direções, porque eu pretendia atingi-lo pelas costas o máximo possível.

Mas eu ainda estava atento na chance dele estar com sua pistola. Ficaria atento a qualquer movimento suspeito para sair da frente do disparo. Se ele tentasse pegar a arma comigo próximo o suficiente, machucaria então sua mão para que soltasse aquela coisa. Naquele momento, deixei o bate e recua um pouco de lado. Precisava pressioná-lo o máximo possível com diversos ataques contínuos. Estava colocando pra jogo toda a minha habilidade com aquela arma que estava em minhas mãos.

Objetivos:
 
Detalhes e Status:
 
Histórico:
 
i did not fall from the sky, i leapt

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: I did not fall from the sky, I leapt   I did not fall from the sky, I leapt - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I did not fall from the sky, I leapt
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Black Drum Kingdom-
Ir para: