One Piece RPG
Wu-HA! - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» A Ascensão da Justiça!
Wu-HA! - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 17:33

» Wu-HA!
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Oni Hoje à(s) 16:47

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 16:38

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Saitoshiba Hoje à(s) 15:45

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Alek Hoje à(s) 15:08

» Cap. 2 - The Enemy Within
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 14:21

» [Mini-Cadmo] Prelúdio
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Kiyomi1 Hoje à(s) 14:08

» [Mini - Moonchild] As a living shadow
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:01

» Hey Ya!
Wu-HA! - Página 3 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 12:06

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 10:50

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 8:54

» Em busca da resistência
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 5:30

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 5:09

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Meursault Hoje à(s) 4:53

» X - Some Kind Of Monster
Wu-HA! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:59

» Primeiros Passos
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:09

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:07

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Wu-HA! - Página 3 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 21:19

» Alejandro Alacran
Wu-HA! - Página 3 Emptypor Buggy Ontem à(s) 20:27

» A inconsistência do Mágico
Wu-HA! - Página 3 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 19:42



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Wu-HA!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptyTer 1 Dez - 19:36

Relembrando a primeira mensagem :

Wu-HA!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Cindy Vallar. A qual não possui narrador definido.


Equipe One Piece RPG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Oni
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 19/01/2013

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptyTer 29 Dez - 20:21




Socorro 2



Apoiava os dois braços no chão tentando se levantar... Os braços tremiam e ela voltava a deitar-se. Assistiria recostada e com fagulhas por pupilas o corpo de Olung voltar para o lugar e as feridas que havia feito nele se curarem.

Seu corpo havia ido até o limite para acertá-lo definitivamente, e, quando estava prestes a abatê-lo de uma vez por todas fora surpreendida... ''Mas não de uma forma ruim.''

Levantaria-se e sentaria com as pernas cruzadas desta vez. Se esforçaria o máximo possível - sem conseguir - não expressar o frio que crescia em sua barriga. ''É como nas lendas que minha mestra me contava... Uma akuma no mi...'' apoiaria o cotovelo no joelho e o queixo na mão deste mesmo braço... Viraria para o lado, quase sorrindo, evitando encarar o Homem-Gordo. ''E é tão impressionante quanto eu pensei que seria'' refletiria admirada, uma atitude alegre bem diferente da que a amazona estava tendo nos últimos dias.

Como se fosse tímida, voltaria de frente para ele devagar, desta vez sem tentar esconder seu fascínio, apenas o fitando como se visse um espetáculo apesar de estar batalhando contra ele.

Ele gargalhava e a convidava para lutar...

....E Cindy recusava.

Com dois movimentos do queixo na horizontal ela negava o convite dele, apenas mantendo-se sentada em uma posição relaxada.

''Usar esta técnica me cansa bastante... Talvez eu possa me aproveitar do momento.''

O adversário não podia se levantar e por isto mesmo ela se manteria parada. ''Esta é a melhor forma de fazê-lo usar aquilo de novo...''

Fingiria de uma maneira muito mal interpretada que estava bocejando, apenas para ser anticlimática. Duraria longos quatro segundos bocejando sobre a palma da mão... Para então olhar Olung nos olhos com um olhar provocativo.

O homem não poderia levantar-se para alcançá-la... O que faria restar-lhe duas opções: Não atacá-la, ou usar sua akuma no mi para se esticar até ela e tentar buscá-la para perto de si ou machucá-la de longe. De qualquer forma, Cindy apostaria em uma das duas.

Esperaria no máximo uma hora naquela posição.

Caso o oponente demorasse muito de tentar atingi-la com sua akuma no mi ela tocaria na própria barriga, com sua expressão mais irônica de todas, como se fingisse estar com fome. ''Quantas refeições ele deve ter por dia?'' pensaria lembrando-se dos elefantes de sua terra natal.

Transformaria aquela batalha em um duelo entre espíritos. De tão competitiva, usaria sua teimosia para se motivar a manter a posição. Em outros contextos, ela certamente buscaria atacá-lo de diversas direções diferentes e machucá-lo tantas vezes que o obrigaria a gastar toda a gordura do corpo para recuperar os ferimentos até ele não possuir mais nenhuma. ''Embora fosse muito mais empolgante... Só por enquanto eu prefiro não preocupar o Reita.''

Caso Olung agisse como ela esperava e esticasse a gordura em sua direção, ela aguardaria que ele esticasse a massa o máximo possível para atingi-la e então se levantaria em alta velocidade. Usaria sua aceleração em uma corrida contra a gordura para se aproximar dele o mais rápido possível, antes que ela chegasse perto para protegê-lo ou curá-lo. Usando sua acrobacia e alpinismo novamente, saltaria o mais alto possível - e se necessário saltaria uma segunda vez no corpo do inimigo - afim de se aproximar da altura da sua cabeça. Ajeitaria a tonfa da mão direita na altura do ombro e a seguraria com força com a mão, mantendo a tonfa da mão esquerda na frente do corpo durante seu movimento rumo ao rosto do inimigo... E então mergulharia com toda a força usando a tonfa da mão direita em um direto com sua arma na direção de sua testa, visando uma região que possuísse pouca gordura, esperando que o impacto atingisse seu crânio. Revezaria entre jab e direto o máximo de vezes possível contra a testa do inimigo, objetivando acertar em um local mais ósseo do que lipídico, de forma que as gordura não pudessem curá-lo quando voltassem.

Caso após uma hora ele não tentasse fazer qualquer movimento, seria o espírito da amazona que ficaria abalado. E por isto ela se levantaria revoltada e começaria a saltitar no mesmo lugar... Preparando-se para disparar na direção dele de uma vez por todas. ''Me desculpe, Reita...'' daria dois socos no ar usando as tonfas e aceleraria na direção do inimigo.

Buscaria se movimentar mais rapidamente do que ele, correndo de um lado para o outro em ziguezague. Tentaria socar sua barriga em uma posição sem se aproximar muito, e então correria para as suas costas para socá-lo. Seu plano - se é que poderia ser chamado de um plano - seria acertá-lo em diversas posições diferentes, de forma a fazer com que ele acumulasse gordura em um ponto para defender-se para logo correr em uma direção onde a gordura não fora acumulada para atingi-lo ali, visando acertar de forma a trazer impacto para áreas menos protegidas pela gordura, de forma que camadas mais profundas sofressem danos que não poderiam ser curados pela gordura.

Estando próxima ou longe do inimigo, a todos os momentos estaria utilizando sua audição aguçada para evitar possíveis ataques dele, fossem eles com a gordura  ou com o próprio corpo. Para tanto, saltaria para longe dos seus ataques usando a audição para se guiar ou então faria rolamentos de forma a evitar seus golpes. Usaria a vantagem da sua velocidade contra ele para isto, estando também sempre atenta à possibilidade de ele tentar prendê-la com a gordura novamente, desde o momento em que dispararia em sua direção até o momento em que o estaria atacando, evadindo esta possibilidade ao atacá-lo rapidamente e sem fazer muito contato.

De qualquer forma, tudo ainda seria sobre desesperá-lo ao ponto de fazê-lo querer pedir socorro. Sem, é claro, deixar de admirar-se com o espetáculo que estaria diante de si.





[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[5 posts] Treinar Karatê Tritão
[ ] Desenvolver vantagem Liderança
[ ] Aprender perícia natação
[ ] Conversar com o homem chamado Jake
[X] TORNEIO DE LUTA SHONEN MAL ASSOMBRADO
[ ] Prêmio do evento de halloween
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptySab 2 Jan - 0:10




Wu-ha

Farol ~ Noite ~ Arena



12 minutos...

26 minutos...

38 minutos...

43 minutos...

58 minutos...

Uma hora... UMA HORA. Por algum motivo Cindy acreditou que aguardar iria fazer o Ulong atacar primeiro. Ulong... o homem que assim que chegou no campo de batalha SENTOU NO CHÃO. Cindy sem base alguma quis testar a paciência do adversário, o qual apenas ficou sentado brincando com algumas pedras. -Err... Você tá esperando o que? Eu sou o cozinheiro dos Straduss Pirates... eu tenho não ligo de sentar e não fazer nada, esperar a comida ficar pronta é parte da minha missão... Sem contar que a Fat Fat que eu sou igual um urso pronto pra hibernar... não ia sentir fome... Que ideia foi essa... eu hein. Tava descansando? Ulong comentava assim que via a inquietude de Cindy.

O Moltus-san que é impaciente... Na verdade até acho que ouvi ele xingar quando se passaram 17 minutos sem ação... Não tenho certeza... Enfim... Pode atacar. Olung mostrava bastante maturidade e uma calma inabalável na luta... já do outro lado... Cindy saltitava impaciente, seu plano, cheio de furos simplesmente não funcionava.

Assim que Cindy começava a correr em ziguezague os olhos de Olung começaram a seguir cada movimento dela, até mesmo seus olhos eram mais lentos que a garota. Mesmo sentado o homem era um monumento, um obstáculo enorme no caminho que Cindy gostaria de seguir.

Por alguma razão Cindy achou que a melhor área para atacar um homem que controla a gordura de sua barriga... era a barriga... Assim que atacou com uma de suas tonfas, a barriga do homem basicamente engoliu a arma da garota, a qual a soltara imediatamente. Antes que a garota pudesse rolar para longe, a barriga de Olung expelia sua tonfa em alta velocidade. Por sorte a mira do rapaz era ruim e acertava de leve o tronco de Cindy, o ataque deixaria apenas uma pequena escoriação.

Olung parecia incomodado, sua barriga começava a vibrar em alta velocidade enquanto Cindy rolava para longe dele. Sua barriga pulsava de forma estranha, criava pequenos canais onde parecia levar a gordura remanescente para seu corpo inteiro. Uma fumaça saia do corpo do homem, seu corpo estava extremamente diferente. A única constância eram suas roupas e óculos... até que as roupas se rasgaram também.

Você não está lutando à sério né? Eu falei... É uma pena você não poder gritar... FAT FIT MODE.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Com um salto, Olung em sua nova forma quebrava o chão que se encontrava. Seus músculos pulsavam estranhamente, a gordura de seu corpo tomava conta de tudo nele. Seu punho cerrado ia em direção ao centro do estômago de Cindy, entretanto com uma pequena vibração de seu corpo ainda se adaptando a nova forma, o soco foi direcionado ao ombro esquerdo da garota. No momento do impacto Cindy perceberia o que era estar na Grand Line. Aquele homem não chegava aos pés de Don Karthuss, mas com apenas um soco conseguia deslocar o ombro da garota, lançando-a em alta velocidade [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], a qual quebraria assim que em contato com seu corpo. Assim que levantasse Cindy teria que se preparar para a próxima investida do homem. O mesmo deixava ambas as mãos espalmadas e corria em direção da garota.

É o fim... FAT FIT MASSACRE!!!. O golpe furioso estava chegando na direção de Cindy... E agora?


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Histórico:
 


NARRAÇÃO

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 23
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptySab 2 Jan - 10:08




Socorro 3



Se tivesse tido tempo, sua reação seria lenta. Torceria os músculos faciais em confusão e se permitiria ficar chocada, virando o rosto vagarosamente na direção do seu ombro deslocado para checar o estrago para só então berrar de dor.

Mas como não o possuía, sua única reação era o rosto confuso com a visão afundada num transe dolorido e vazio e um som como um ronco de dor, aumentando de volume progressivamente num compasso constante e rouco até se transformar em um ganido agudo conforme a pirata voava na direção da parede. Ao se chocar contra a pedra e expelir todo o ar dos seus pulmões, um dos seus olhos estaria inflamado de prazer e, no outro, estaria um pedido de socorro. ''Eu posso morrer...'' regurgitaria estas palavras pela boca na forma de um gemido como o de um bêbado.

Aquele foi o ataque mais forte que recebera em toda a sua vida.

Lapsos explodiriam em sua mente. Lembrava de Vergil arrastando seu corpo furado de balas após vencer o agente. Lembrava de Zaki a ajudando a fugir da mansão em chamas. Lembrava do sangue espirrando do cadáver da Lamuria e como por pura sorte conseguira salvar Clap... ''Eu não sou forte. Meu plano foi péssimo.'' deprimia-se.

A solidão era palpável como a própria dor. E ninguém ali poderia resgatá-la, é verdade. Tal pensamento a fazia se sentir pequenina diante do mundo. Mas ao mesmo tempo também feroz como nunca fora. Existia um prazer em apostar numa competição na qual sentia que iria perder, e tal prazer inebriaria a dor e o medo de Cindy... Mas desta vez não. Desta vez estava absolutamente dividida. Nunca sentira tanto terror em uma batalha justa como naquele momento.

''Eu vou com tudo. Se eu perder, perdi.'' falava sobre a própria vida na ponta da tonfa.

Mas o farfalhar de suas roupas a lembrariam de que aquelas vestimentas não eram dela, mas uma herança gentil, um memorando, um espólio de uma guerra que não batalhara e que deveria fazer por merecer. Uma lembrança triste que ela poderia entristecer ainda mais.

Você acabou de chegar na Grand Line... Você prometeu vingar nossos amigos... Palavras não significam nada pra você não? É por isso que você não fa

Você não está lutando à sério né? Eu falei... É uma pena você não poder gritar...

Como se uma serra elétrica se ligasse dentro de Cindy um grito inaudível ecoaria em sua mente. Sentiria as vibrações do oponente gigantesco se aproximando dela e buscaria trazer tudo de si. Dobraria bem os joelhos para se preparar e tentaria manter os olhos abertos caso sentisse alguma fisgada de dor no braço nas movimentações a seguir. Já no braço direito, seguraria a tonfa com toda a sua força e rangendo os dentes.

Tentaria calcular com a mente a aproximação do inimigo. ''Pela posição ele vai dar dois ataques diferentes, um com cada mão...'' saltaria para trás assim que julgasse necessário para se proteger, indo em direção à parede. Deixaria que o oponente se aproximasse mais para usar a parede para se impulsionar na direção que julgasse mais segura para evadir o ataque do mesmo. A razão de ir para a parede era tanto tomar distância em relação a si e o inimigo se aproximando - e talvez evadir um ataque com isto - quanto para assumir uma posição na qual tivesse ainda mais opções para se esquivar: Estando no meio, poderia encontrar caminhos para fugir do inimigo tanto para baixo quanto para cima ou em qualquer um dos outros ângulos do qual poderia saltar dali. Também lhe seria vantajoso que o inimigo atacasse a parede, já que isso poderia criar ainda mais distrações. Usaria o máximo de sua aceleração para explodir a energia nos joelhos dobrados os alongando e fugir do oponente.

''Eu não consigo falar e nem preciso. E você não consegue me ver...''

Quando fugisse dos golpes buscaria ir longe o suficiente para evitar danos que possíveis detritos da parede pudessem causá-la mas ao mesmo tempo se aproveitar da brecha que se abriria após o inimigo perder o golpe.

VOZ AMALDIÇOADA: SINO METÁLICO

Cindy saltaria em direção à cabeça do oponente na maior velocidade que conseguisse. Tentaria manter o braço esquerdo o mais parado possível, o que menos complicado utilizando uma técnica que usa principalmente o peso das pernas para se equilibrar. Despejaria toda a energia da gravidade acumulada no braço direito no movimento diagonal descendente em direção ao rosto do inimigo... Caso estivesse de frente, acertaria diretamente entre as lentes do seu óculos afim de amassá-lo contra sua face. Caso estivesse de lado, faria a mesma coisa, mas desta vez mirando nas pernas do óculos afim de afundá-la na têmpora do adversário.

- WU-GAH... - Gemeria junto ao seu grito de guerra. Em seu rosto, uma mistura estranha dos seus dois olhares se misturaria. Ambos os olhos estariam com uma espécie de fogo, um desejo ardente, mas também com um ar de súplica. Seria como se o seu pedido de socorro se misturasse com seu ímpeto, e agora ela aguardava ser resgatada por si mesma, com seus olhos implorando para que sua nova investida desse certo quase como se implorasse que os dados caíssem favoráveis mesmo sabendo que já haviam sido lançados...

Caso tudo falhasse Cindy buscaria ao máximo saltar para longe do inimigo e manter a distância aproveitando-se da vantagem da velocidade.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[5 posts] Treinar Karatê Tritão
[ ] Desenvolver vantagem Liderança
[ ] Aprender perícia natação
[ ] Conversar com o homem chamado Jake
[X] TORNEIO DE LUTA SHONEN MAL ASSOMBRADO
[ ] Prêmio do evento de halloween

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptySeg 4 Jan - 17:31




Wu-ha

Farol ~ Noite ~ Arena



As vibrações no corpo de Olung eram constantes, a gordura em seu corpo agora se amontoava em ambas as mãos, uma cena estranha, entretanto curiosa. Sua expressão facial era de pura concentração, mal piscava, sabia que o risco de seu próximo ataque era grande, mas sua opção ofensiva era apenas essa.

A decisão de Olung de tomar essa forma foi devido a última investida de Cindy, onde ele viu que ela não entendera sua habilidade, mas tinha agilidade suficiente para fugir, por isso necessitou mudar sua aproximação para essa forma muito mais violenta e difícil de controlar. A batalha seria decidida por aquele que acertasse o primeiro golpe.

Ao se aproximar, a gordura nas mãos de Olung se moldava em várias pequenas mãos assim aumentando seu alcance. Mais uma vez com um movimento bruto quebrava o chão e voava na direção de Cindy. A garota havia feito uma boa decisão? Colocar-se conta a parede poderia ser o fim para ela, entretanto, tornava o ataque de Olung ainda mais previsível, afinal, ele tinha que acertar um obstáculo imóvel.

O voo do homem monstruoso era rapidamente evadido pela ligeireza sorrateira da jovem garota, a qual escorregava por baixo dele evitando que qualquer uma das mãos dele a tocassem. Escorregar por baixo de Olung foi uma ótima ideia, mas custava ainda mais dor em seu braço, o qual não tinha apoio nenhum e movia-se com a mesma velocidade que o corpo dela.

BANG. Olung chocava ambas as mãos na parede, a imensidade da força total daquele homem era risível. O choque fazia com que toda a estrutura tremesse, se o rapaz tivesse mais controle de sua movimentação com certeza iria pulverizar Cindy. Segundos após o ataque o corpo de Olung inchava voltando para sua forma original, entretanto o rapaz pingava suor.

Cindy utilizando sua habilidade Sino metálico voava mirando na cabeça de Olung, o qual pingava suor. Novamente a velocidade do movimento de Cindy fazia com que a garota sentisse uma dor excruciante, olhando de relance perceberia que o local do golpe já estava roxo.

Um pouso forçado acontecia na cabeça de Olung, o qual no mesmo momento revirava os olhos, Cindy finalmente tinha atingido um local onde a gordura não chegava. O cansaço do colosso somado ao impacto em seu único lugar desprotegido fazia com que ele caísse no chão desacordado, junto dele vinha parte da parede que desmoronava rapidamente.

A rápida movimentação de Cindy no ataque anterior fazia com que a garota tivesse pouca energia para mover-se com facilidade, sendo assim alvejada por uma enorme pedra, a qual a fazia cair de cara no chão. Antes que ambos pudessem ser soterrados pelas pedras Cindy sentiria uma mão tocando-a e segundos depois estaria sã e salva deitada no chão, ao olhar para o lado veria Olung também deitado no chão. Sua cabeça estava confusa, mas ao prestar atenção veria Don Karthuss acima dela.

-E aí, consegue lutar ainda?

Ao tentar se levantar Cindy perceberia que pouco a pouco já não estava mais sentindo seu braço. Sentia muita dor, mas não conseguia mover o maldito braço. Olhando ao seu redor  veria Reita encostado numa pedra a encarando.

-Pff... Demorou demais. Olha seu próximo adversário. - Reita apontava para o quadro de lutas e lá estava: Cindy x Reita. O rapaz se levantava e olhando sério para Cindy estenderia seu bloco de notas e a caneta. -Se você quiser lutar comigo, saiba que eu não vou pegar leve... Aquele Moltus lutou contra o Zaki e acabou com ele rápido demais... Só eu ou a Zuni seremos capazes de enfrentar ele... Mas se você realmente quiser tentar a sorte contra mim... se prepare. - Falava de forma seca, Cindy ao observar o rapaz veria que ele não tinha nenhum ferimento sequer, exceto por uma marca de queimado em suas ataduras.

-Ali está ocorrendo a batalha de Zuni... Zaki foi levado para um médico com urgência... - Ao olhar a luta de Zuni, Cindy não conseguiria nem ao menos acompanhar os movimentos de sua colega, ela movia-se com maestria desviando de todos os ataques do tritão monstruoso, entretanto percebia que ela só conseguia fugir, não conseguia achar abertura para nenhum ataque.

-Como você é uma Rover... Don Karthuss te deu passe livre para descansar até a próxima luta começar, mas você tem que decidir agora. Você vai querer lutar comigo ou vai desitir. Qual vai ser? -

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Histórico:
 


NARRAÇÃO

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 23
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptySeg 4 Jan - 23:28




Apenas Palavras



''Isto é ultrajante...''

Conseguinte a ouvir a forma como Reita falava de maneira seca quanto a Zaki estar em estado grave a boca de Cindy se torcia em desprezo. Caminhava na direção de Reita com as sobrancelhas rasgando sua testa de forma diagonal, seus olhos amarelados empalidecidos de raiva, as rugas da testa, as narinas puxando o ar da caverna com força em busca de se acalmar. Mantinha a distância em relação a ele como se estivesse prestes a atacá-lo. Aquela seria sua forma de dizer o que pensava: ''A maldita criança me acusa de não cumprir minhas promessas e de não ter palavra. Diz suas inúteis letrinhas sonoras sobre navios serem substituíveis e companheiros não, mas quando Zaki, meu melhor amigo de todo o mundo, está ferido de maneira grave ele age desta maneira insensível e despreocupada... E até mesmo me acusa de ser fraca e estar prestes a morre-''

Neste momento as sobrancelhas de Cindy voltariam a ficar retas na horizontal, mas logo se curvariam as duas para cima, em uma expressão completamente nova. Lembraria-se do momento em que saltou na direção de Olung, de como sentia-se enfrentando um obstáculo como o próprio elefante de Zomana que ela sempre temera mas nunca deixara de desafiar. Lembraria-se do prazer de estar prestes a morrer, apostando sua vida na ponta da tonfa e esperando que o seu máximo funcionasse daquela vez. Rememoraria o momento instantes atrás, quando seu golpe derrotou o gigante e as pedras quase a soterraram junto a ele, mas ela ainda estava satisfeita apenas por tê-lo derrubado. Seu olhar estaria com as duas sobrancelhas curvadas. A boca estaria aberta como se estivesse prestes a falar algo que a justificasse. Sua feição nova era culpa. Lembrava do que Zuni a havia dito sobre como Reita agia de forma infantil quando estava preocupado com os companheiros morrerem. Havia novamente posto sua natureza doentia sobre a vida dos companheiros ao se arriscar novamente de maneira imprudente. ''É isto. Me desculpe... Eu vou desistir da luta. Eu vou ficar junto de Zaki, pois estrategicamente Reita tem bem mais chance de vencer e ele precisa de mim...''

Sua respiração intensa se apaziguaria, e ela ficaria bem mais passiva e cabisbaixa.

Mas voltaria a levantar o olhar com fogo nos olhos.

''Não.''

Desta vez não seria raiva, mas determinação.

''Não é isto que o Reita quer ouvir.''

O Rover Pirate tinha medo de que a história com seus falecidos companheiros se repetisse. E esta era toda a fonte da forma infantil como ele agia. Racionalmente, Cindy chegara a conclusão de que deveria deixar a luta para Reita. Entretanto, por puro instinto, e talvez por conhecer o garoto, achava que nem mesmo ele queria esta resposta. Não diria palavra alguma, apenas manteria seu olhar determinado para ele. ''Eu preciso lutar contra Reita e vencê-lo...'' apertaria os olhos como se estivesse mirando em algo distante, embora estivesse observando o companheiro bem à sua frente. ''...Para salvar ele. Para mostrar para ele que não precisa se preocupar comigo morrendo...'' quanto mais refletia sobre este raciocínio colateral e improvável, mais acreditava nele. ''...E eu não vou morrer...'' daria mais um passo para a frente para olhá-lo.

- Eu não vou morrer. - Responderia ao invés do sim ou do não. - Eu vou olhar o Zaki, e a depender de como ele estiver lutaremos.

Daria as costas para o piloto dando um passo doloroso de cada vez, com a mão no ombro dolorido e tentando manter-se de cabeça erguida começaria a procurar por pistas que lhe indicassem aonde o tritão estava sendo atendido para que pudesse chegar lá.

Nem mesmo Cindy saberia se aquelas eram apenas palavras egoístas de alguém prestes a lutar ou um prenúncio do que realizaria.

''Eu acho que vou ter que descobrir...''






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[5 posts] Treinar Karatê Tritão
[ ] Desenvolver vantagem Liderança
[ ] Aprender perícia natação
[ ] Conversar com o homem chamado Jake
[X] TORNEIO DE LUTA SHONEN MAL ASSOMBRADO
[ ] Prêmio do evento de halloween

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptyQui 7 Jan - 23:16




Wu-ha

Farol ~ Noite ~ Arena



Não era tão simples assim... Cindy contorcia as sobrancelhas, encarava e parava de encarar Reita, tinha todo um conflito interno e o rapaz não parava de encarar ela com a mesma cara de antes. O silêncio deles tinha como música de fundo os sons dos socos e chutes desferidos no combate de Zuni e Moltus... ah e é claro, os vários berros animados de Don Karthuss.
-ENCHE A CARA DELE DE PORRADA!!! E AÍ, QUAL VAI SER, NÃO ACERTA UM SOCO NA CARA DELA???? VAI ZUNI-CHAN! VAI MOLTUSSSSSSS!!!!!

Gritava como uma tiete nas arquibancadas de grandes estádios, enquanto isso o clima era tenso entre os Rover Pirates. Cindy após seus minutos de confusão mental e decisão sobre o que seria melhor fazer, estendia o papel com sua fala para Reita. O rapaz pegava o papel, olhava rapidamente e voltava seus olhos diretamente aos da garota, uma intensidade sem fim em ambos os olhares. Assim que Cindy movia-se para ir a procura de Zaki, Reita segurava-a pelo braço puxando-a de volta.

-Ótimo! Você não é egoísta como eu pensei. - Reita tinha um grande sorriso no rosto, estava com um semblante tranquilo, na verdade esbanjava paz. - Pela sua cara você tá brava pelo jeito que eu falei do Zaki né? HAHAH Desculpe, eu precisava saber.. -
O garoto segurava a mão de Cindy e a levava até outro túnel da caverna. Assim que passasse o túnel Cindy veria uma cruz vermelha, paredes brancas e um cheiro agradável misturado com algumas gotas de sangue no ar. Perceberia que estava em uma área hospitalar.

-Foi mais ideia dele do que minha, eu só queria saber uma coisa, o resto ele falou que nos conta junto, então vem logo... - Reita percebia que até o momento continuava de mãos dadas com Cindy e a largava rapidamente, ficando vermelho igual um pimentão até que finalmente se recompor.

-Err... ele está aqui... - Ao olhar veria Zaki sentado em uma maca improvisada com seu peito todo enfaixado e um sorriso malandro em seu rosto.-Eu pedi para que Reita te desafiasse e mencionasse brevemente meus ferimentos, queria ver como estava sua cabeça. - Zaki pausava, entrelaçava os dedos e os levava até o queixo, parecia apreensivo antes de falar. - Eu não queria que nenhum de vocês lutasse com Moltus na final... Cindy, você não perdeu o controle dessa vez, mas toda vez que você é colocada contra a parede você acaba agindo sem pensar nas consequências físicas para você... foi assim que machucou seu ombro não? E Reita, seus ataques são extremamente precisos, você tem uma agilidade invejável, entretanto Moltus usa o karatê tritão combinado com aquelas adagas dele. Se em um rápido combate corpo-a-corpo ele já conseguiu me subjugar, imagine o que ele fará com você... vocês.

-Pera ae, você tá pedindo pra nós desistirmos??? Você é maluco??? VOCÊS APOSTARAM NOSSO BARCOOOOO. - O jovem falava indignado com a postura do tritão.

-Não, eu não posso pedir isso, conhecendo vocês dois eu sabia que não desistiriam, mas eu precisava saber como estava a cabeça dos dois. Reita, eu vi que na sua luta você fica muito animado e testando seu oponente, mesmo sem saber a extensão da força dele... E Cindy, você acha que domina a luta... É bom quando isso é verdade, mas às vezes é bom pensar com mais cautela. Bem, eu não vim dar bronca em nenhum dos dois. Eu queria ver como estavam suas cabeças... Usem a cabeça, se forem lutar entre si, não usem força total... Ambos levam as lutas à sério demais e sei que vocês tem coisas a resolver, mas esse não é momento. Lutem com o intuito de continuar lutando, até mesmo fora daqui. - A mensagem de Zaki era passada para a dupla, na verdade toda a encenação foi um plano de Zaki para testar o emocional de ambos, alguém desequilibrado emocionalmente não seria páreo para Moltus de acordo com Zaki.

-Antes de mais nada a Cindy precisa imobilizar o braço dela. - Reita pegava alguns itens de primeiros socorros e imobilizava o ombro da garota, tinha um bom conhecimento do que estava fazendo, considerando que não moveu o braço dela mais do que devia e fez todas as voltas com cautela e precisão.

-Er... a amiga de vocês desistiu da luta e saiu correndo para o barco de vocês... er... vão lutar ou o que? Eu e Moltus estamos esperando... Lutem entre si ou só mandem o próximo adversário de Moltus. Sem titubear. Don Karthuss colocava apenas a cabeça pela fresta do túnel para se comunicar com o trio, após isso ficava de pé na porta olhando um relógio imaginário querendo apressar o trio.

-Se a Zuni desistiu... o estilo dela realmente não parecia encontrar brechas no estilo de luta de Moltus... Bem... E aí, Cindy. Resposta direta. Vamos lutar? Devo lutar com Moltus? Eu preciso ver a Zuni, mas ela ficaria P da vida se eu perdesse nosso barco por isso hahahah. - Reita retomava todo seu jeito bobo de falar, estava mais relaxado, parecia mais com o garoto que Cindy conhecera.

- Independente da decisão, estou com vocês, só... usem a cabeça, crianças. - Zaki falava enquanto se deitava novamente, havia feito muito esforço e os pontos em seu peito ainda não estavam 100% seguros. Cindy mais uma vez tinha uma escolha em mãos. Reita esperaria sua resposta, caso fosse positiva ambos iriam para a arena iniciar sua luta, caso fosse negativa Reita iria enfrentar Moltus e Cindy teria que se retirar da caverna.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Histórico:
 


NARRAÇÃO

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 23
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptySab 9 Jan - 15:00




O Próximo Capitão



A pirata nem mesmo se aborreceu quando revelaram que o estado de Zaki não era tão grave.

Abraçaria-o com toda a força e sentiria sua pele escamosa com intensidade como se tivesse acabado de recuperá-lo da morte. Fecharia os olhos apenas para sentir melhor o seu amigo bem...

Ouviria os conselhos dele sobre luta e os absorveria. ''Eu não... Eu não posso mais perder o controle. A sensação completamente nova... De ter pessoas que dependem da minha responsabilidade... É este sentimento que eu devo buscar aproveitar...'' refletiria suspirando arrependimento.

Quando Reita estivesse bem próximo dela tratando-a não pararia de encará-lo com um olhar que buscava se manter sério mas que sugeriria admiração e orgulho. ''Eu não ligo se ele terminar sendo o capitão... Ele tem um grande coração e é bastante cuidadoso...'' suas lembranças a levariam para o navio, nos momentos em que sua mente lutava para reaver a consciência após Don Kartuss desmaiá-la. ''Ele é péssimo em se comunicar. Talvez mais do que eu. E é muito mais otimista... Entretanto, se preocupa e cuida bem mais dos outros do que eu tenho feito...'' suspiraria novamente. ''Será que eu tenho jeito?'' riria com amargura e se recostando afundando em algum ponto de apoio. ''Zuni tem muito mais capacidade de ler o coração dos outros, e é também muito mais responsável... E ela já é a vice-capitã...''

Suspiraria um tanto triste de novo. Cada vez mais consciente do próprio egoísmo.

''Se eu ao menos pudesse ser mais como eles...''

E seria neste momento em que Don Karthuss apareceria com a notícia de que Zuni havia fugido e deixado o combate para eles dois.

A decisão voltava para Cindy. ''Desta vez não como desafio, mas responsabilidade.'' começaria a refletir sobre os próprios motivos para aceitar lutar contra Reita. Ele nem mesmo estava preocupado com ela morrer como pensava que estava antes então... Por quê? Por que já estava decidida ao combate que iria contra toda a estratégia de possibilidade de vitória?

''Talvez por querer um desafio difícil por puro egoísmo... Talvez porque eu não sei se o Reita é capaz de fazer o que é preciso... Mas de qualquer forma...'' chegaria à conclusão. Rememoraria-se da inocente em que havia enfiado uma faca no coração na mansão no dia anterior para salvar Clap e Zaki e como aquilo ainda a perseguia. ''...É por que eu sou uma péssima pessoa.'' Como se estivesse usando as pálpebras para carregar um peso enorme e quisesse descansar por um momento as deixaria cair bem devagar, as levantando tão devagar quanto, com seus olhos paradoxalmente mortos e determinados revelando-se após piscar. ''E por isto só eu posso ser a capitã.''

Mas no fundo também sabia que aquilo não era o suficiente. E que tinha muito o que aprender com Reita, Zuni e Zaki para ser uma verdadeira líder. Se fosse apenas por maldade, seria melhor que Moltus se tornasse o capitão de uma vez. Para começar, deveria ser muito mais responsável e transcender quem era ela para pensar cada vez mais em grupo.

- Moltus é bem esquentado. - Escreveria para Reita. - Por isto a melhor forma de ajudar a sua capitã é não calar a boca e continuar sendo o idiota irritante de sempre na arquibancada após perder pra mim.

Sairia dando risada em caminho da arena após deixar aquela mensagem. Mas não realmente acreditava que pudesse vencer.

''Não achar que dominei a luta... Não achar que dominei a luta... Não achar que dominei a luta...''






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[5 posts] Treinar Karatê Tritão
[ ] Desenvolver vantagem Liderança
[ ] Aprender perícia natação
[ ] Conversar com o homem chamado Jake
[X] TORNEIO DE LUTA SHONEN MAL ASSOMBRADO
[ ] Prêmio do evento de halloween

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptyTer 12 Jan - 16:02




Wu-ha

Farol ~ Noite ~ Arena



-IRRA!!! Chegou a hora! Don Karthuss gritava empolgado para assistir a próxima luta. Reita e Cindy se encaravam no campo de batalha. A dupla foi para outra arena, visto que a que Cindy lutara antes havia sido completamente destruída por Olung.

-Por direito a capitã dos Rovers deveria ser a Zuni, então depois que eu acabar com você e com o Moltus eu vou passar o título de capitã para ela. Essa ainda não é a luta que vai definir quem de nós é mais forte, Cindy. Por isso me desculpe. - O rapaz falava segundos antes de correr com ambos os braços abaixados na direção de Cindy.

Seu corpo movia-se rápido e o fazia parecer parte da natureza, movendo-se como a fina brisa que passava no buraco. Chegando próximo de Cindy o rapaz ficava ainda mais rápido acertando-a com seu ombro em seu estômago. O rapaz movia-se como um trem carregando a garota pela barriga. Seu destino era a parede, a qual ficava próxima das costas de Cindy a cada segundo.

Histórico:
 


NARRAÇÃO

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 23
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptySex 15 Jan - 22:41




Luta Difícil



- BWAH! - Saliva explodia boca a fora junto com ar e antes que percebesse uma dor obscura tomara seu abdome e ela se percebia sendo carregada em alta velocidade em direção à parede.

Lembraria-se num átimo da impotência de caminhar pelos corredores escuros da mansão mal-assombrada da LaMuria. De como todas as suas reações soavam lentas. Das decisões que tivera de tomar.

Moldaria um olhar de ferro franzindo o cenho em determinação e forçaria os músculos do abdome ao máximo para deixá-los tão resistentes quanto pudesse. Utilizando todas as suas habilidades acrobáticas levantaria as duas pernas as dobrando e poria todo o peso do corpo para a frente, como se mergulhasse, buscando usar a velocidade do inimigo ao seu favor ao redistribuir o peso do corpo inteiro de uma forma a cair às costas de Reita, buscando ser o mais rápida possível para cair com as pernas dobradas no chão e se afastar para longe dele acelerando. Se não fosse possível tomar esta ação por se perceber presa a ele, a amazona levantaria as pernas da mesma forma, mas desta vez para chutar a parede atrás de si com os dois pés e forçar a própria velocidade com que o pirata viera contra ele ao assumir um apoio fixo enquanto ele ainda estaria se movimentando. Sua intenção seria lançar o peso do corpo contra o pirata, apenas contra a parte superior do seu corpo, de forma a desestabilizá-lo e poder desvencilhar-se se afastando do mesmo se empurrando para longe dele usando sua tonfa. Caso nada funcionasse e ela de fato recebesse o ataque sendo arremessada contra a parede, buscaria reaver o máximo possível da própria consciência após a dor para fazer um rolamento por cima do lado direito do corpo para longe do pirata antes que receber qualquer outra investida.

Uma vez longe, começaria a reassumir sua posição de combate desta vez bem mais atenta.

''Ele é tão rápido que é difícil de vê-lo'' pensaria com as pupilas saltitando em todas as direções. ''Mas será que ouvi-lo...''

Cindy rolaria por cima do lado direito do corpo rumo a uma parede, ficando de costas para a mesma. ''Ele se move em minha direção... O som ecoa na parede atrás de mim e então eu reajo... Nenhum ataque virá das costas...'' tinha plena consciência de não ter controle do campo de batalha. Mas precisaria obter o máximo dele para ter alguma chance de reação. Faria seu olhar mais concentrado e ergueria a tonfa à altura do rosto, assumindo uma base flexível e reativa nas pernas com os joelhos um tanto dobrados e os pés alinhados para mudar a posição do ataque facilmente.

Se concentraria em ouvir e ver o oponente e, caso o detectasse, buscaria atacar na direção à qual ele estaria vindo. Giraria a tonfa em um movimento que viria de dentro para fora, visando acertar o inimigo com um ataque rápido e lateral usando o máximo da própria aceleração para que a tonfa quicasse contra ele para então utilizar a aceleração da arma em um ataque que viria da direção contrária, desta vez a girando em um movimento de pulso que a fizesse vir de fora para dentro, visando atingir dois ataques rápidos contra o mesmo, sendo o segundo de uma direção mais difícil de prever e ainda mais poderoso. Assim que o atacasse, caso conseguisse, caminharia para longe do mesmo, mas sempre mantendo as costas na parede. O objetivo de tais ataques - que repetiria quantas vezes julgasse necessário - seria se aproveitar da extensão da própria arma para impedir que o inimigo se aproximasse, ainda que não pudesse vê-lo direito, e mirando sempre no centro do que quer que detectasse como sendo seu corpo para ter mais chances de acertar.

A depender do quanto pudesse ver da movimentação do inimigo reagiria de formas diferentes. Em ataques retilíneos com os punhos como jabs e diretos buscaria caminhar de lado para longe dos golpes lançando o peso do corpo para trás e ''varrendo'' os ataques da frente do próprio rosto, utilizando um misto de esquiva e bloqueio ao mesmo tempo ao bater contra seus pulsos com a tonfa. Caso o inimigo se aproveitasse da sua cabeça pendendo pra trás nas esquivas para atacar a região da cintura que ficaria ''para a frente'' com este movimento, a amazona daria um salto para longe ''varrendo'' os ataques com a tonfa nas partes inferiores e prosseguiria revezando entre esquivas, bloqueios e saltos.

Na hipótese de cruzados daria uma investida para o lado oposto ao qual o golpe estaria vindo ao mesmo tempo em que giraria a tonfa com um movimento rápido de pulso de forma a atacar o braço atacante e adentrar a guarda para então com outro movimento rápido de pulso usar do apoio estabelecido para girar a tonfa em direção ao rosto do oponente, saltando para longe logo após e reestabelecendo a guarda.

Se o movimento fosse um gancho também saltaria para longe do golpe, desta vez bloqueando com o antebraço coberto pela tonfa e usando a força do golpe para ir ainda mais para trás. Também estabeleceria a guarda novamente.

Em qualquer chute que recebesse buscaria usar as tonfas pra ''varrer'' a perna em uma direção que deixasse o inimigo sem apoio ao mesmo tempo em que iria para longe da mesma.

Estaria constantemente atenta a fintas, usando o ''rebote'' dos movimentos com tonfa para buscar ser rápida o suficiente e bloqueá-las. Também estaria atenta a uma possível investida em fora de agarrão, ou ataques com a cabeça e quaisquer outras partes do corpo. No caso de tentativas de agarrão ou golpes não convencionais, buscaria usar as capacidades acrobáticas ao seu favor, saltando na parede atrás de si e então saltando em uma direção também não convencional para evitar o adversário com movimentos mais complexos cpmo rolamentos ou cambalhotas para longe.

''Reita me deu força para ser responsável nas duas últimas lutas... Então esta é uma batalha difícil para mim. Mas pensando bem...''

Em nenhum momento durante o seu combate utilizaria o braço esquerdo dolorido.

Mas também não buscaria protegê-lo de nenhum ataque.

''É só uma hipótese.''






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[5 posts] Treinar Karatê Tritão
[ ] Desenvolver vantagem Liderança
[ ] Aprender perícia natação
[ ] Conversar com o homem chamado Jake
[X] TORNEIO DE LUTA SHONEN MAL ASSOMBRADO
[ ] Prêmio do evento de halloween

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptyTer 19 Jan - 19:35




Wu-ha

Farol ~ Noite ~ Arena



Wu-ha... Wu-ha... O grito de guerra de Cindy ecoaria por sua mente tentando motiva-la, os gritos eram altos, não era apenas sua voz, era toda sua ilha, todas as pessoas que já passaram por ela, um grito ensurdecedor, algo digno de grandes arenas... Esse grito era tão alto que fazia a garota não escutar algo ainda mais importante que sua motivação, seu corpo chegando no limite.

As dores no braço imobilizado não paravam após tratado, apenas diminuíam a intensidade e era mascaradas pela adrenalina de lutar com seu colega. Cindy utilizava o peso de seu corpo para manter-se na luta, mas assim que mostrava o mínimo de resistência Cindy sentiria o corpo de Reita descolar do seu, fazendo com que a garota perdesse o equilíbrio por apenas um instante, entretanto era tempo o suficiente para que Reita desse um rápido passo para trás e um impulso para frente com seus braços paralelos indo em direção a cabeça da garota.

Por sua agilidade e facilidade com acrobacia Cindy conseguia utilizar a tonfa para defender-se de um lado, entretanto o outro não tinha nenhum tipo de defesa e o punho de Reita se aproximava do rosto da garota... entretanto no último segundo ele mudava o rumo de seu ataque, sua mão passava em frente ao rosto de Cindy e segurava o outro braço com a tonfa com as duas mãos, uma em direto contato com a tonfa e o outro em seu ombro. Reita utilizava o peso de seu corpo para [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] Cindy.

O som do choque das costas de Cindy com o chão era alto, tão alto que trazia a garota de volta a sua realidade, o grito de guerra Wu-ha sumia, finalmente podia ouvir os berros de seu corpo, dor e descanso, ela devia permitir-se sentir ambos, não poderia mais ignorar sua dor e seu corpo iria coloca-la para descansar naquele mesmo momento... onde tudo... escureceu. Cindy apagava naquele momento, o choque de seu corpo com o chão foi extremamente intenso.

Farol ~ Manhã ~ ...

Cindy retomava consciência e via Zaki e Zuni sentados observando o mar.

Histórico:
 


NARRAÇÃO

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 23
Warn : Wu-HA! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 EmptySex 22 Jan - 21:50




Lamúrias



A amazona flutuava durante um instante, sem nada em que se apoiar.

Via o corpo de Reita descolado do seu por breves momentos, sendo eles o suficiente para fazê-la perder completamente a base para se manobrar rumo a revanche.

Ouvia o punho dele se aproximando do lado do seu braço ferido e não fazia o menor esforço para proteger aquele lado. Apertava as pálpebras como se estivesse medindo algo com os olhos, aguardando - já que também não possuía outra opção - para ver se o pirata iria acertar seu braço machucado como forma de ter vantagem na luta. ''Não é o meu braço, mas o meu rosto...'' acabava por perceber após a trajetória do golpe mudar... Entretanto AINDA estava errada. Fechava os olhos com força, aguardando o impacto, e ao invés dele sentia um ataque gentil no estilo alavanca que a lançava no chão.

- FFSSSSSUUUU - O impacto das costas no chão levava seu peitoral para cima, arqueando a coluna e lançando a barriga para frente tamanha a dor, sugando o máximo de ar possível. Por mais contraditório que soe, foi quando ela abriu os olhos após o susto que tudo ao seu redor se apagou...

... A escuridão a fustigava e as sombras bruxuleavam como se chamas invisíveis estivessem projetando-nas. Várias camadas de tons obscuros abafavam a pirata com calor, e, tamanha a vertigem que a tomava concomitantemente à sua caminhada de pés incertos no solo oco poderia muito bem estar de cabeça para baixo.

Suas pernas se cruzavam em busca de equilíbrio enquanto andava e suas mãos tateavam o escuro de um lado para o outro em busca de um apoio que nunca vinha. Luz laranja e dourada irrompiam na escuridão e se transformavam em um bafo vermelho carmesim conforme se apagavam até revelarem uma porta no fundo do corredor. Como se para provocá-la, sons de elefantes distantes e tambores de guerra vinham da sala que havia se revelado.

Correu desesperada até ela, sentindo que o corredor quadrado em que estava girava como um dado em uma aposta doentia. Perdendo toda a estrutura para manter os passos firmes que costumava ter. Soluçando alto e segurando o choro até poder vislumbrar o que havia após a porta.

Era Reita.

E Lecufier apontava uma arma para Zaki e outra para Clap.

O Rover Pirate tinha uma faca na mão, mas coragem nenhuma para devorar o coração da mulher à sua frente.

A cabeça de Zaki explodia e Clap tentava correr em vão.

Pensamentos sobre o filho de Zaki e sobre quando o pato a salvou irrompiam na mente da amazona.

Agora era ela quem estava no lugar de Reita, com a garota embaixo de si.

Tentava esfaqueá-la. Aquilo serviria. Daria para salvar todos os companheiros. Só ela teria como dar um fim ao sofrimento. Apenas ela era ruim o suficiente. Apertava o cabo da faca com força. Levantava-o o máximo possível. Rangia os dentes como se rugisse. Apertava os lábios até sangrar. Descia com toda a sua determinação rumo ao coração dela. Não deixaria que ninguém morresse.

Mas não adiantava.

Seu braço estava atado.

A dor que ignorava para se manter à frente do combate apenas se tornava pequena quando comparada ao estresse pós-traumático que a colocava para lutar.

Mas já não adiantava. E seus amigos morreriam não por falta de determinação, mas por algo bem pior. ''Eu sou fraca.''

Um grito sincopado, um berro de dor, logo era acompanhado por uma orquestra de trombas, trombones e tambores de guerra crepitando os ossos dos mortos em sua terra natal abafados pelo som do seu próprio pescoço torcido por uma corda de forca ao balanço da queda em chamas segurando sua garganta e segurando sua voz.

Do lado de fora do sonho, justamente por não poder falar, as chamas desceriam como lágrimas de magma pelos seus olhos. Acordaria ainda chorando, absolutamente frustrada e decepcionada, sentindo a dor com dez vezes mais intensidade do que antes.

Seu olhar deprimido e cabisbaixo, as olheiras pálidas... Os lábios que não podiam dizer com palavras, mas que poderiam dizer com expressões... Tudo soaria como um pedido de desculpa de alguém que falhou com os companheiros.

Observaria o mar junto com Zaki e Zuni. ''Eu amoleci.''






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[5 posts] Treinar Karatê Tritão
[ ] Desenvolver vantagem Liderança
[ ] Aprender perícia natação
[ ] Conversar com o homem chamado Jake
[X] TORNEIO DE LUTA SHONEN MAL ASSOMBRADO
[ ] Prêmio do evento de halloween

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Wu-HA! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Wu-HA!   Wu-HA! - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Wu-HA!
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Farol-
Ir para: