One Piece RPG
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» X - Some Kind Of Monster
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 22:59

» [Mini-Cadmo] Prelúdio
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Makei Hoje à(s) 22:23

» Primeiros Passos
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 22:09

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Nolan Hoje à(s) 22:07

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 21:19

» Alejandro Alacran
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Buggy Hoje à(s) 20:27

» A inconsistência do Mágico
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 19:42

» Ep 1: O médico e o marinheiro
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Wild Ragnar Hoje à(s) 19:30

» Onde terra e mar se encontram, o início da jornada!
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 19:29

» Vol 1 - The Soul's Desires
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor GM.Milabbh Hoje à(s) 18:29

» Cap. 2 - The Enemy Within
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor King Hoje à(s) 17:31

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Dogsofain Hoje à(s) 16:57

» Battle Tendency
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Rimuru Hoje à(s) 16:45

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Achiles Hoje à(s) 16:35

» Contrato de Sangue
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Greny Hoje à(s) 16:12

» The One Above All - Ato 2
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor CrowKuro Hoje à(s) 13:18

» Mini - Casslol
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor casslol Hoje à(s) 09:54

» Cap.1 Deuses entre nós
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Gin Yamazaki Hoje à(s) 07:44

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Meursault Hoje à(s) 07:02

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Emptypor Kyo Hoje à(s) 06:00



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQui 19 Nov 2020, 22:29

Relembrando a primeira mensagem :

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) revolucionária Azura V. Pendragon. A qual não possui narrador definido.


Equipe One Piece RPG

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário


Data de inscrição : 22/04/2012

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyTer 01 Dez 2020, 17:33


A luta contra a criatura feita de gelo dava início, estava muito interessada para saber oque estava escondido dentro daquela passagem, as cores dos cristais daquele lugar eram muito bonitos, Halahj poderia muito bem ter escondido algo interessante ali. “Acabar com isso logo!” Com esse pensamento corria para desferir o primeiro golpe na criatura.

Assim que minha perna atingia o joelho do monstro, sentia o impacto trincando a região do monstro, em seguia me distanciava para poder continuar lutando, o mesmo era bem lento, oque era perfeito para mim, minha velocidade era bem maior do que a dele. - Vamos acertar a cabeça! Soltava correndo em direção a criatura.

Mas infelizmente não havia calculado o espaço direito, assim que saltava na direção do monstro, minha cabeça batia com tudo no teto, a dor era dilacerante, minha cabeça zunia por conta do impacto com o local, sentia meu corpo caindo, e quando dava por mim a criatura desferia mais um golpe batendo no busto da minha armadura, me arremessando longe, dessa vez batia as costas com tudo na parede do fundo da prisão. “Droghh…” A dor do impacto fazia todo meu corpo latejar, mas aquilo não me pararia, aquela situação fazia ficar cada vez mais com raiva, raiva aquela que usaria como combustível naquela batalha.

Ignorando as dores que meu corpo apresentava, fazia força para sair do buraco que tinha sido jogada graças a força do bicho. - Parece que é mais inteligente do que parece! Falaria olhando para a criatura que estava vindo em minha direção.

A criatura não estava para brincadeira, e estava na hora de levar as coisas mais a sério, pois se o construto perdesse o controle, poderia soltar vários dos presos que estavam ali com sua destruição. Com isso fazia o movimento brusco com os braços em forma de X para liberar as lâminas da minha manopla, em seguida colocaria ambas as mãos no chão, assim tendo os meus quatro apoios para o meu estilo de combate costumeiro.

- Se age como um animal, vamos lutar como um! Falava com um sorriso para a criatura, esperaria ele se aproximar com tudo, e assim que ele estivesse bem perto de mim, utilizaria do soru para poder passar em meio as pernas do construto para assim me reposicionar e ter mais espaço para a batalha.

Assim que conseguisse me reposicionar para a batalha, olharia para a perna no qual tinha conseguido rachar a estrutura do construto. Utilizando da minha aceleração, correria em meus quatro apoios na direção do monstro, quando estivesse próximo o suficiente, rapidamente me agacharia estendendo minha perna direita para lateral, revestindo a lâmina das minhas botas e em seguida fazendo uma movimentação da direita para esquerda visando acertar a perna do monstro com o máximo de força possível, o objetivo era quebrar a perna que já estava quebrada, para que assim ele caísse e ficasse mais debilitado no combate.

Caso percebesse um ataque vindo em minha direção, utilizaria do soru para me reposicionar o mais rápido possível, assim esquivando do possível ataque ele o monstro poderia desferir contra mim, caso bloquear fosse mais propenso, rapidamente me levantaria colocando o bracelete na frente para poder absorver o golpe.

Caso o primeiro golpe falha-se ainda agachada utilizando da minha perna esquerda como base apoiando no chão junto com meu braço direito, revestindo a perna direita, executaria um chute de baixo para cima com minha perna direita na direção do abdome do construto a fim de fazer o mesmo cair. Caso o mesmo tentasse um contra ataque tentaria pular na direção contraria afim esquivar, mas caso fosse mais propício o bloqueio tentaria colocar o braço mais próximo do ataque na minha frente para assim que o ataque acertasse o bracelete.

Daria várias cambalhotas para tomar distancia do monstro e assim voltaria a pousar em meus quatro apoios, tinha de manter uma batalha frenética contra o construto, a final ele era lento, a velocidade seria o fator decisivo para aquela batalha, começaria uma corrida em sua direção, utilizando da minha aceleração para atingir o ápice da velocidade o quanto antes. Quando tivesse em uma distância media do mesmo, utilizaria do soru para poder dar um salto em sua direção, revestindo as laminas da minha manopla da mão direita, com a palma da mão reta arquearia o braço para desferir um grande arranhão, tentaria acertar o tórax que tinha esse cristal estranho diferente do restante do corpo.

Caso o mesmo bloqueasse, tentaria usar do bloqueio para empurrá-lo e em seguida, mantendo apoio com a perna esquerda no chão, tentaria dar um giro desferindo um chute tentando acertar a lâmina da minha bota nos braços do construto. Caso percebesse um ataque vindo em minha direção, utilizaria do soru para poder me reposicionar e tentar efetuar o golpe.
Historico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 3
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyTer 01 Dez 2020, 20:08





Capítulo X

Ato I




Assim que chegávamos ao território da nova ilha, rapidamente percebia que o lugar possuía um clima extremamente diferente daquele da ilha de meu pai. O meu corpo tremia sem parar com o frio durante aquela caminhada por entre as florestas da ilha até o nosso destino: Um enorme castelo perigosamente próximo da borda de um imenso precipício.

Meu tio Eugênio, que costumava trabalhar com Wander Winterfell nessa ilha, não parecia nada assustado com o posicionamento do castelo, e com isso eu também tentava me tranquilizar um pouco ao ver aquela cena. - Brrr... - Abraçaria Isara durante o percurso, tentando aquecer-me mais um pouco mas ficando bastante preocupada com a situação dos piratas de meu pai, que tinham me acompanhado até aquele inferno gelado.

Assim que chegássemos ao interior do castelo, encaminharia-me até o homem de cabelos pretos que tinha nos guiado até o castelo, apresentando-me antes de tudo. - Eu sou Mao di Lut Ima. É um prazer... - Engoliria em seco, com bastante sede depois de andar lá fora naquele clima seco. - Estou respondendo um chamado de reforços por parte dos Revolucionários daqui. Entrei no exército recentemente, mas já tive outros grandes feitos antes, e venho responder o chamado como Princesa de Chaos Island, e trago os homens de meu pai comigo, Shogo Kawada, Kazumi e Vrowk. - Diria, então apontando para cada um dos Lordes do Chaos, indicados por meu pai e pertencentes ao antigo bando pirata que tinham com Wander Winterfell, antes que o loiro virasse revolucionário. - Cada um deles está responsável por um grupo de homens, e eu me responsabilizo por eles, não se preocupe... Agora, se possível... Vocês teriam roupas quentes? Hah... - Soltaria uma risada sem jeito, meio desconfortável por pedir algo assim tão repentinamente. - De nada seremos úteis se virarmos picolé. - Reforçaria o pedido com um argumento bastante sólido.

- Aliás, ouvi dizer que a comandante Azura está por aqui. É verdade?







Objetivos:
 
NPCs:
 




Meu Histórico:
 

____________________________________________________

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 31
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQua 02 Dez 2020, 00:20


Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

NARRAÇÃO
Arstotzka
Madrugada
Tempestade de Neve, -4ºC



Era uma batalha difícil e Azura já estava bem machucada. Esperava que o golem se aproximasse para o atacar, mas a criatura se movia vagarosamente em sua direção, o que poderia chegar a ser entediante se não fosse o calor da batalha. Ela queria utilizar do soru para atravessa por baixo do monstro e chegar do outro lado, mas simplesmente não tinha espaço, seu corpo cheio de cristais sobressalentes ocupava grande parte do corredor, o que não permitia que ela tivesse tal locomoção apenas com sua agilidade.

Sendo assim, ela se posicionava e partia para cima do monstro como conseguia, por mais que estivesse debilitada e com graves ferimentos, agia como se não fosse nada, embora seu corpo cobrasse onde a cada movimento brusco que fazia, mais danificava seu próprio corpo já que a garota parecia simplesmente não ligar para seu estado e se precaver em seus movimentos. Quando se aproximou da criatura, a chutou com sua bota bem no trinco que tinha causado antes, o que fazia com que a perna da criatura se partisse, onde ele se desequilibrava caindo de forma desengonçada em cima da garota com seu enorme corpo rochoso.

Sua primeira inciativa para escapar era o Soru, realmente era a forma mais fácil de sair dali dada a velocidade lentificada do golem, mas seus ferimentos não ajudavam, o que fazia com que bem na hora que ia fazer o esforço a mais para fugir, ela não aguentasse de dor se ajoelhando e cuspindo sangue. Como essa foi sua tentativa inicial, não dava tempo de bloquear a criatura, coisa que poderia ter sido feita facilmente se fosse sua intenção desde o início.

O golem simplesmente desmoronava em cima dela a esmagando contra o chão com o enorme punho que tentava utilizar para não cair se apoiando enquanto atingia Azura. Naquele instante ela não sentiu apenas o peso da criatura, como o enorme calor que começava a queimar todas as partes do corpo da garota que encostavam nele, sem falar na temperatura da armadura que começava a subir, fazendo com que ela suasse por todo corpo conforme iam se formando as queimaduras.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Nesse instante o golem fazia força para baixo para empurrar seu próprio corpo um pouco para cima, o que fazia ainda mais pressão com seu punho quente contra Azura que cuspia ainda mais sangue enquanto a criatura amputada removia o braço de cima dela se preparando para dar o segundo soco contra a garota que estava de bruços esticada mais parecendo uma barata esmagada que qualquer outra coisa.




Enquanto essa luta desengonçada se desenvolvia na prisão do castelo, em seu salão principal algo inusitado ocorria. Chegava do meio daquela tempestade ninguém mais, ninguém menos que Mao di Lut Ima, A Filha do Caos, acompanhada por Shogo Kawada, Kazumi, Vrowk e a garota que a abraçava de volta, Isara. Apesar de Azura nem sequer saber da chegada dessas pessoas, com certeza um futuro brilhante parecia começar a aparecer naquela ilha escura devido a madrugada e a nevascas que se desenrolava.

Quando chegou, se apresentou e perguntou sobre suas roupas, o que levava o guia a responde-la. – Prazer, meu nome é Sung Jin-Juan. Eu já deixei avisado, é só subirem aquelas escadas e os quartos de vocês estão no corredor a esquerda, todos possuem roupas, comida e chás quentes. – Ele apontava para a escadaria enquanto falava o que tinham preparado.

Quando questionado sobre Azura, o homem soltava um sorriso fazendo um gesto obsceno apertando o ar com as mãos. – Sim... A comandante Azura tá ajudando a gente, Wander é meio aventureiro e nunca dá conta de suas responsabilidades, ai o Velho Luis que é o segundo em comando vive assumindo tudo. Azura tá dando uma forcinha pra gente nesses tempos difíceis. Mas podem ir descansar, amanhã vai ser um longo dia!  -
Considerações:
 
Histórico Azura:
 
Histórico Alek:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 3
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQua 02 Dez 2020, 04:06





Capítulo X

Ato II




Acenava positivamente com a cabeça, sorrindo e então indicando para os piratas de meu pai. - Ouviram o homem. Podem descansar e beber seus cházinhos. - Voltava-me novamente a Sung, fazendo-lhe uma pergunta um tanto quanto mais indiscreta. - Alguns deles preferem rum, seria possível...? E pra mim... Vocês não teriam achocolatado quente, né? Hah... - Sorriria meio sem jeito, tremendo por todo o corpo com uma onda fria que passava por meu corpo, apesar de que ali dentro, no castelo, era com certeza mais aquecido do que lá fora.

Em seguida seguiria pelo corredor que levava aos quartos, apenas para que pudesse finalmente me aquecer em algum lugar com roupas melhores, sentar-me à cama e, após me cobrir com as roupas mais quentes e cobertas possivelmente mais grossas, fecharia os olhos, usando do poder da visão mágica de minha Akuma para flutuar pelos corredores do castelo.

Queria buscar, primeiramente, quarto por quarto, atrás da visão de Azura em algum deles. Caso não a encontrasse, a procuraria pelo resto do castelo, vasculhando corredores, banheiros, cozinhas e quaisquer outros quartos que eu não tivesse permissão para entrar fisicamente.

"Tá de madrugada, eu duvido que ela tenha ido muito longe nesse frio." - Pensava, continuando minha busca por todo o castelo. Levando o tempo que precisasse até encontrá-la ou até vasculhar toda a área do edifício sem encontrar. Não era como se estivesse com muito sono, afinal, tivera uma viagem tranquila num geral.

Caso a encontrasse, abriria os olhos, encerrando a conexão com a minha visão mágica. Levantaria-me de minha cama e então deixaria o quarto. Abaixaria-me ao lado de Isara, dando-lhe um beijo na testa antes de sair. Em seguida, já de posse de minhas novas roupas de peles quentes, sairia apressada, seguindo o caminho que tinha feito mentalmente com a visão de minha Akuma, até que pudesse encontrar Azura fisicamente. - Oi... - Acenaria.

Se, no entanto, revirasse toda a dimensão do castelo sem encontrá-la, cerraria as atividades de minha visão mágica e deitaria na cama, enrolando-me nas colchas pronta para descansar. Não esqueceria, claro, de repousar as pistolas em cima do criado-mudo, tirando-as dos coldres em minha cinta-liga.







Objetivos:
 
NPCs:
 




Meu Histórico:
 

____________________________________________________

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQua 02 Dez 2020, 11:36


A batalha começava a ficar cada vez mais complicada, o foco era conseguir me reposicionar para enfim ter mais espaço para lutar, mas a criatura era gigantesca tomava espaço do local como um todo, oque fazia o mesmo parecer com um grande bloco de gelo com braços. Oque restava era continuar o ataque visando acertar o joelho que tinha sido trincado recentemente.

A cada movimento sentia como se meu busto tivesse sendo rasgado por dentro, o golpe que o monstro tinha desferido aquela hora tinha sido mais forte do que eu esperava, mas graças à velocidade baixa do construto, conseguia acertar a perna do mesmo, no qual se quebrava. “isso” pensava vendo as partes de cristal do monstro sendo destruídos.

Oque eu não esperava era que o mesmo cairia em minha direção, como um grande tronco sendo derrubado, por conta dos meus ferimentos, não conseguia sair a tempo do local, oque fazia com que o corpo do construto se chocasse com o meu. O peso da criatura era demais, mas não era o único fator que estava dificultando aquela situação, o corpo do monstro era quente, mas quente o suficiente para poder queimar o meu próprio corpo, aquilo fazia agonizar de dor, completando com uma grande tossida de sangue que sujava o corpo do monstro.

“Será esse meu fim!?” Pensava quando chocava no chão, estava completamente ferida, a armadura que era feita para me proteger estava tendo o efeito contrário naquele momento, sentia o suor escorrer pelo meu corpo onde passava pela queimadura fazendo com que ardesse mais ainda.

O golem fazia mais força para me suprimir, sentia como se a qualquer momento meu corpo fosse ser achatado e ali a minha história fosse chegar ao fim, não conseguia falar nada pois meu sangue saia mais e mais da minha boca. “Não posso morrer aqui!” Pensava quando percebia que o peso tinha sido tirado de cima de mim, via o punho do construto se levantando, e se preparando para desferir mais um soco.

“Agora!” Apesar do meu corpo está em seu limite, tinha de usar o resto da energia que tinha para poder bloquear o golpe, com isso ignorando o máximo de dor que estava sentido, me viraria colocando as duas palmas das mãos, revestindo a perna direita com o Haki do armamento, utilizando dos braços como apoio jogaria meu corpo para cima assim esticando a perna direita para bloquear o golpe do monstro. Utilizaria dos braços como apoio para absorver o impacto do golpe.

Como o mesmo está sem uma das pernas, isso geraria um desequilíbrio maior na criatura, com isso flexionando os braços, ignorando a dor que estava sentindo tentaria jogar o próprio peso da criatura contra ele empurrando o mesmo. Caso desse certo, tentaria voltar a ficar de pé, mas não ficaria parada ali, daria alguns saltos para trás a fim de me distanciar um pouco da criatura, priorizando sempre por tentar bloquear qualquer golpe dele, tentaria colocar o braço em forma de X, mantendo o braço direito na frente imbuindo ele com o Haki do armamento para assim absorver o impacto do golpe.

Com uma distância considerável, observaria se o monstro tivesse tentando se levantar novamente, no primeiro sinal que ele estivesse fazendo isso, forçando o chão novamente para impulsionar com minha aceleração, tentaria ignorar toda a dor que estava sentindo, não era hora de fraquejar e sim acabar com aquela luta, assim que tivesse a uma distância média do alvo, utilizaria do soru para atacar de uma forma tão rápida que seria difícil o construto reagir, com um salto em meio ao soru na altura do peito dele, esticando minha perna direita e recolhendo a perna esquerda revestindo a ponta do meu pé direito com o haki do armamento. Aproveitaria do impacto colocando a perna esquerda no chão, arquearia a perna direita para assim usar do desequilíbrio do monstro e passando o revestimento do haki da ponta da bota para a lâmina que estava no calcanhar, tentaria acertar um segundo golpe, para assim tentar manter ele novamente no chão.

Caso percebesse um ataque vindo em meio a minha investida, utilizaria do haki do armamento para imbuir meu braço direito, colocando o mesmo na frente do golpe, fixando minhas pernas no chão para assim absorver o ataque, assim que possível daria pequenos saltos para trás para assim me afastar do inimigo.

Caso o mesmo ainda estivesse no chão, era o momento para poder desferir um golpe a fim de extravasar o máximo de raiva possível, assim correndo na direção do mesmo, para não dar tempo de o mesmo se levantar, utilizaria do Soru para me aproximar, estendendo a palma da mão, para assim as lâminas ficarem retilíneas. Começaria a desferir uma grande quantidade de golpes de direita e esquerda utilizando de minha aceleração com o máximo de força possível, além de que utilizaria do haki do armamento nas lâminas, tentaria alternar o revestimento entre os braços conforme ia aplicando os golpes, para assim perfurar o cristal colorido no corpo da criatura. Caso percebesse que o mesmo tentaria algo contra mim, tentaria bloquear utilizando da perna direita para assim chocar o golpe dele com a minha bota, mais especificamente a lâmina da bota, e em seguida voltaria a tentar o golpe. Confluindo ou não o golpe, tentaria dar alguns saltos para me afastar da criatura e poder ver o cenário da luta.

Historico:
 

____________________________________________________

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 24
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Novidades em Breve

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQui 03 Dez 2020, 11:06




Azura se encontrava numa situação bastante complicada, aquele enorme golem de gelo parecia estar realmente furioso e dando tudo de si para destruir a revolucionária. Embora ele não tivesse uma boca, os cristais de gelo nas suas costas vibravam com tanta intensidade que se emitiram um barulho semelhante a de um rugido que fazer tudo em volta estremecer. Contudo, Azura não se dava por vencida, dando tudo de si para conseguir continuar a lutar e, se fosse forte o suficiente, vencer aquela batalha.

Preparada para mais um golpe da criatura, Azura conseguiu bloquear o soco de gelo e o choque da perna da revolucionária contra o monstro resultou numa grande shockwave, fazendo a criatura se desequilibrar e acabar por cair de costas. Com isso Azura se levantou e ganhou o máximo de espaço entre ela e o seu oponente gelado, que tentava se levantar com bastante dificuldade, parecia que ele também já estava no seu limite. Aproveitando o momento de fraqueza do golem, Azura fez o máximo de esforço para correr em velocidade máxima para desferir um poderoso golpe acertando uma das juntas do braço direito que se apoiava no chão, quebrando-o e fazendo a criatura cair mais uma vez.

Mais um rugido era liberado pela criatura e dessa vez a sua queda fez o chão e as paredes estremecer com mais violência, podendo ser sentido por todo o castelo. Não estando contente com o seu resultado, Azura tentou mais um golpe em sequência, mas dessa vez o monstro parecia estar um pouco mais preparado, tentando agarrar Azura com o seu único braço disponível. Azura e o monstro trocavam mais uma vez uma demonstração de força, por instantes parecia que o monstro iria ganhar dessa vez, evidenciado pelas marcas no chão próximo de Azura, onde os seus pés se soterravam ligeiramente, todavia o monstro cedeu e o seu braço caiu no chão.

Como se estivesse desesperado, o monstro gélido dava de tudo para se levantar e Azura demonstrava um total de zero piedades, atacando-o com uma fúria animalesca, cavando o gelo do monstro, encontrando um bloco de cristal com algumas marcas estranhar. Azura se encontrava quase no centro do monstro, quando ele se levantou com ela ainda no seu interior, furioso o golem a agarrou e aproximou do seu rosto. Era claro o facto de o golem começar a se demonstrar mais fraco, visto que ele não a agarrava com tanta força. Por falta de força, e membros, o golem apenas conseguiu jogar Azura para longe, caindo no chão sem muito dano. O monstro pegava no seu braço partido como se fosse um porrete e parecia preparado para um choque final.

Enquanto isso, do outro lado do castelo, Mao fazia um pequeno pedido para o revolucionário que recebia ela e o seu grupo de piratas - Bem piratas são piratas, não é? - respondeu entre suspiros - Posso até dar algum álcool, mas não podem é ficar completamente bêbados. Irei preparar algo para você enquanto descansam nos quartos.

O quarto preparado para Mao e sua trupe tinha todos os tipos de roupas, seria difícil não encontrarem algo que lhes servisse ou agradasse. O quarto tinha várias camas e sofás com alguma idade, mas ainda assim eram bem confortáveis e perfeitos para a Princesa de Chaos usar as suas habilidades para procurar por Azura, contudo ao se deitar, parecia por momentos ter sentido o castelo tremer - Vocês sentiram isso? O castelo acabou de tremer. Essa porra vai cair no abismo! - perguntou um dos piratas preocupado, contudo parecia que os restantes não haviam sentido nada - Relaxa cara, é só o frio mexendo com a sua cabeça. - respondeu outro pirata fazendo troça.

Mao parecia ter bastante dificuldade para encontrar Azura, mas o castelo era gigante e havia bastante tempo de sobra. Contudo, quando mais se aprofundava no castelo, percebeu que as paredes pareciam tremer, como se existisse alguma coisa batendo na parte mais baixa do castelo. Seguindo essas pistas, Mao acabou por chegar na parte da prisão do castelo e no final do corredor, onde as celas deixavam de estar ocupadas por prisioneiros mas sim por pedaços de gelo e algemas vazia, a princesa de Chaos podia ver Azura atacando ferozmente uma criatura de gelo, cavando o centro da criatura.

Quando Mao abriu os olhos, percebeu que os piratas que estavam consigo já haviam começado a beber o rum e, na mesa de cabeceira, existia um copo com chocolate quente com 2 cubinhos de marshmellow. Ao olhar para a caneca, podia ver uma ondulação no líquido quente - Eu já falei que não tô maluco! - disse Vrowk - Esse castelo tá tremendo! Vai cair a qualquer momento!

Isara percebera que Mao já estava “acordada” - Achou o que procurava? - perguntou a garota sorrindo, sentada numa almofada ao lado da cama de Mao - Quase acordaram você para entregar o achocolatado, mas eu impedi a tempo. Não se preocupe com eles, eu passo o olho. - a garota dava um gole do seu chá. Mao rapidamente dava um beijo na testa de sua companheira e saia para procurar Azura.


off: é isso

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQui 03 Dez 2020, 13:12


Os rugidos da criatura faziam com que eu despertasse do transe que aquelas dores estavam me fazendo sentir, vendo o punho do construto se aproximando fazia a chama que estava dento de mim arder intensamente como se a vida tivesse voltado para dentro do meu corpo. “Eu sou...” - Azura Pendragon, a guardiã do céu! Gritava ao fazer meu corpo voltar a se movimentar, bloqueava o golpe do monstro chocando minha perna contra o punho dele, apesar das dores voltava a me sentir viva e pronta para dar um fim naquela batalha.

O choque dos golpes faziam com que o lugar tremesse, e graças aos Deus conseguia fazer com que o mostro caísse me dando espaço para respirar, meu corpo tremia, não conseguia distinguir se era pela dor ou por estar excitada com a batalha. Com um sorriso em meu rosto corria em direção ao monstro, conseguia desferir a maioria dos golpes planejados, a cada golpe sentia como se o local fosse desmoronar, a luta estava bastante tensa, não me surpreenderia se as pessoas no castelo achasse que o prédio estava sendo engolido pelo precipício.

O monstro em meio a um dos meus golpes me agarrava, estava diferente das outras vezes, mas ainda sim fazia com que cada pedaço do meu corpo latejasse de dor, em seguida ele me jogava para longe, meu corpo quicava pelo corredor. - Arhhgg! Soltava tentando segurar um pouco do sangue que vinha a minha boca.

Escutava novamente o rosnado da criatura, logo em seguida me levantava, a dor ao me levantar podia ser visto em meu rosto, quando olhava para o construto conseguia ver ele segurando um dos seus braços destruídos como se fosse um porrete, preparava oque parecia ser um golpe com todas as suas forças restantes. “Persistente, seja lá oque deve estar escondendo, eu vou descobrir!” Pensava com um sorriso no rosto tentando disfarçar as dores que estava sentindo.

- Estou impressionada com você, ainda não sei se me entende, mas essa luta de longe foi uma das mais difíceis que já tive! Assim como percebia que o monstro estava fraco, conhecia meu corpo, não aguentaria mais muito tempo lutando, tinha que dar tudo de mim nos próximos golpes.

Visando o construto, usaria de minha aceleração para correr o mais rápido possível em sua direção, assim que tivesse próximo do mesmo saltaria esticando a perna direita e arqueando a esquerda, o movimento lembrava muito os que já tinha feito antes, mas tinha outra coisa em mente, revestindo primeiramente a perna direita com o haki do armamento, visaria acertar o tronco da criatura e assim que atingisse o mesmo utilizaria do corpo e impacto para continuar chutando alternando entre a perna direita e esquerda, como se fosse uma metralhadora, em alta velocidade para assim quebrar o resto de seu corpo, assim como alternaria as pernas para os chutes, alternaria o uso do Haki em cada perna para dar o máximo de mim.

Caso em meio a minha investia percebesse que o construto conseguiria acertar seu golpe, rapidamente pausaria minha corrida e utilizando a perna esquerda como apoio, arquearia a perna direita revestindo o mesmo com o haki para assim bloquear o golpe do monstro, caso o bloqueio fosse efetuado com sucesso, empurraria o braço do mesmo com a perna, e utilizando o soru para me reaproximar, tentaria desferir os golpes planejados.

Esperava que assim a criatura estivesse no chão, olharia para o teto para assim não cometer o mesmo erro de mais cedo, caso percebesse que tinha margem para saltar e efetuar o golpe, começaria uma corrida assim que estivesse a mais ou menos dois metros daria um salto visando ficar mais alto que o monstro, mas não o bastante para poder bater a cabeça no teto novamente, mas caso não conseguisse controlar a força do salto, utilizaria dos meus braços para que assim que tivesse próximo ao teto, colocaria eles na frente, utilizando o teto de apoio para pegar impulso para que assim caísse na direção do monstro, arquearia a perna direita revestindo ela com o haki do armamento para que assim que estivesse caindo desse um grande golpe com o máximo de força possível.

Assim que percebesse movimentação estranho para tentar me acertar em meio a mais essa investida, rapidamente fixaria as pernas no chão para que pudesse colocar ambos os braços na frente em forma de x, revestindo o braço direito que ficaria na frente para absorver o impacto com os braceletes da manopla e assim bloquear o ataque. Em seguida utilizaria da soru para poder me afastar e tentar efetuar o golpe novamente.

Caso ainda sim, não tivesse terminado a batalha e eu ainda estivesse de pé, olhando para o construto, partiria correndo na direção do mesmo, assim que tivesse próximo ao mesmo daria um salto em sua direção e utilizaria o Soru para pegar o mesmo desprevenido e com o braço direito revestindo as lâminas da manopla com haki e com o punho aberto, tentaria desferir um golpe com toda a minha força visando acertar o cristal que estava ressoando, o objetivo era tentar fincar as lâminas da minha manopla e assim quebrar aquele aquela criatura para assim finalizar a luta.

Percebendo que o construto faria uma ofensiva a minha corrida, tentaria arquear a perna mais próxima do golpe, revestindo a mesma com haki, tentaria bloquear o golpe com a parte da lâmina da bota para assim acabar de quebrar o único meio de ataque que o mesmo tivesse e ao mesmo tempo me manter segura, em seguida daria alguns saltos para trás para assim me manter em distância para avaliar a situação.

Historico:
 

____________________________________________________

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 3
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQui 03 Dez 2020, 20:21





Capítulo X

Ato III




A forma como eu havia encontrado Azura não tinha sido muito do que eu esperava, para bem dizer a verdade. Sairia, preocupada, da cama. - Tá bem. Sou grata. - Levaria a caneca de chocolate quente em mãos, bebericando um pouco dele através dos cubos de marshmallow, apenas para que o líquido em seu interior não derramasse, considerando que teria de andar com certa pressa. - A boca. - Tiraria um dos marshmallows da caneca, balançando-o acima do líquido para que não pingasse enquanto o levaria até a boca de Isara, esperando que ela abrisse pra isso. Lançaria-lhe um sorriso doce e me viraria para os piratas. - Irei dar uma volta, não façam bagunça. Isara ficará aqui no meu lugar. - Diria, firmemente, indicando a garota loira.

Deixaria o quarto e então procuraria em volta, com os olhos fechados e com o máximo de velocidade que conseguisse, o quarto do revolucionário que tinha me recebido no castelo. Quando o encontrasse, tomaria um novo gole de meu achocolatado e seguiria aos trotes rápidos em direção ao seu quarto, batendo em sua porta antes mesmo de parar de andar. - Um médico. Rápido. Na prisão. - Diria rapidamente, sem muito tempo a perder com informações extras e irrelevantes. Caso ele ainda não estivesse muito convencido, completaria: - Azura está ferida.

Esperaria algum tempo para que ele arrumasse um médico. Permaneceria ali, encostada em uma das paredes de pedra do castelo, batendo os pés com certa ansiedade, segurando a caneca de chocolate em frente ao corpo com ambas as mãos, uma em sua asa e a outra segurando-a pelas bordas superiores. Vez ou outra ergueria a caneca até os lábios, bebericando mais um pouco de seu conteúdo. Quando conseguissem um médico, seguiria pelos corredores em direção ao local que eu havia encontrado com a minha visão anteriormente, visivelmente transtornada em cada uma das vezes que visse o líquido em minha caneca ondular e o chão tremer.

Ao finalmente alcançar a prisão, passaria a segurar a minha caneca de chocolate apenas com a mão destra, agarrando-a pela alça e mantendo-a sempre um pouco a frente do corpo, para evitar que algum movimento abrupto o derramasse em minhas vestes. Com a mão canhota, apalparia a pistola presa no coldre de minha cinta-liga, puxando-a para cima e empunhando-a em frente, preparada para disparar contra qualquer alvo que pudesse ter machucado Azura.

- Oi? - Perguntaria, em voz alta, assim que chegasse onde esperava encontrar Azura, buscando-a vez ou outra com a visão mágica caso ela não estivesse mais no mesmo lugar. Assim, caso a encontrasse, indicaria a garota para o médico, aproximando-me então logo em seguida. - Beba, vai lhe fazer bem. - Diria para a garota, oferecendo-lhe minha caneca de achocolatado quente assim que percebesse sua condição de executar movimentos básicos. - Coma o cubo também. - Diria, referindo-me ao cubinho de marshmallow.







Objetivos:
 
NPCs:
 




Meu Histórico:
 

____________________________________________________

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 24
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 25
Localização : Novidades em Breve

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptyQui 03 Dez 2020, 23:07




O estado que Azura estava era lastimável, a luta estava de igual para igual e Mao percebia que Azura precisava de ajuda o mais rápido possível. A princesa de Chaos dava um gole no se achocolatado quente, saboreando o maravilhoso sabor que aquecia o seu interior. - Ahhhh… - disse Isara abrindo a boca para comer o marshmellow, dando um beijo no dedo de Mao que segurava o doce. Mao declarava que estaria de saida por breves momentos, deixando Isara no comando e ordenando para ninguém fazer bagunça - Sim, senhora! - responderam os piratas em unisom.

Mao procurava pelo revolucionário que a havia recebido anteriormente, encontrando-o na cozinha do castelo com Elliot e Alice. O primeiro se tratava de um mink canino que parecia estar bem agitado negativamente, ele batia a perna direita no chão enquanto batia com os dedos da mão esquerda na mesa a uma velocidade incrível - Ter algo errado… - dizia o mink. Já a mulher de cabelos roxos parecia tentar acalmar o seu companheiro - Você está exagerando, Elliot. Foi só um pequeno tremor, o castelo não vai cair.

O revolucionário que havia recebido Mao percebeu a chegada dela na cozinha e imediatamente perguntou se ela precisava de alguma coisa, mas nenhum dos três imaginara que Mao pediria ajuda para Azura - Azura? Perigo?! - perguntou Elliot se levantando e pegando no seu machado e começando a farejar o ar, claramente buscando o odor dela. - Nos leve até ela. - disse a garota - Eu sou médica.

Mao liderava então o caminho para Alice e Elliot, mas enquanto Azura ainda tinha uma luta para terminar na parte mais esquecida do castelo. Azura se preparava para os seus últimos golpes, correndo em direção da criatura a revolucionária se lançava com um poderoso chute no seu torso, infelizmente para o golem ele não conseguia atacar Azura rápido o suficiente para impedir o seu ataque. A Fúria Carmesim lançava chutes revestidos de haki no mesmo local, causando fraturas no gelo que havia sido escavado pouco tempo atrás, não demorou para que chegasse ao bloco de cristal no centro do monstro. O cristal tinha um brilho metálico e peculiar, mas assim que foi exposto ao exterior os movimentos do monstro começaram a ficar ainda mais lentos até que por fim eles cessaram com um último rugido.

O corpo de Azura estava completamente ferido, aos poucos começava a ficar mais ela se mover e certamente voltar para o topo do castelo seria uma tarefa impossível de se completar sozinha. O golem começava a cair aos pedaços no chão, fazendo novamente com que o chão tremesse com certa agressividade, causando a queda de Azura no chão. Atrás do golem, parecia que existia alguma coisa atrás da parede que o golem protegeu, mas essa sensação foi de apenas de breves momentos, como se fosse uma miragem.

Azura ficou no chão cerca de 5 minutos até que, para sua grande sorte, a Princesa de Chaos chegava com Alice e Elliot para a socorrer - Azura bem? - perguntou Elliot claramente preocupado ajudando Azura a se levantar. Mao rapidamente oferecia um pouco do seu nescauradical achocolatado quente para Azura, talvez aquilo ajudasse a esquecer o sabor do sangue que tinha em sua boca. - O que aconteceu aqui? - perguntou Alice vendo o estado de Azura - Vamos para a enfermaria, rápido!

O grupo demorou um pouco para chegar até a enfermaria, Elliot e Alice faziam o seu melhor para carregar Azura pelos braços durante todo o caminho. Ao chegarem lá, Alice pediu para que Elliot esperasse fora da enfermaria - Mas… Mas… - choramingava Elliot preocupado com Azura - Elliot esperar… - suspirava saindo da enfermaria. Alice não perdeu tempo e pegou em todo o equipamento disponível para cuidar de Azura - Você consegue tirar a roupa? - disse Alice com um estetoscópio nas orelhas, embora aquilo tivesse mais um tom de ordem que de pedido. - Sei que está frio mas é mesmo necessário. - Alice dava início ao diagnóstico logo de imediato para começar o tratamento das feridas logo em seguida - Da próxima vez peça ajuda... Você não é feita de ferro, sabia? - existia um tom de medo misturado com alívio na voz de Alice.

off: podem usar o caminho da prisao ate a enfermaria para conversarem entre vcs
off2: o player do youtube ta bugado n sei pq e to com preguiça de arrumar entao vai ficar assim mesmo fds

____________________________________________________

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Alek
Pirata
Pirata
Alek

Créditos : 3
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Feminino Data de inscrição : 09/06/2013
Idade : 22
Localização : Penumbra - 5ª Rota

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptySex 04 Dez 2020, 16:08





Capítulo X

Ato IX




Ainda com um pouco de preocupação, seguia ao lado de Elliot e da médica, que carregavam Azura com eles. Dessa maneira, tentaria manter a garota acordada conversando um pouco. - Eu espero que haja uma explicação muito boa pra tudo isso. - Olhava para o seu corpo, completamente ferido, e mordicava o lábio inferior, preocupada. Tomaria mais um gole de meu achocolatado, caso ainda tivesse. - Bom... Espero que você não tenha esperado tanto. - Dizia durante o percurso até a enfermaria, finalmente me referindo a minha chegada em Arstotzka, que era o ponto de encontro combinado desde o nosso último encontro na dimensão de churrasco de Trêsze.

Ao chegar na enfermaria, colocaria a caneca de achocolatado em alguma cômoda próxima e então ficaria observando o tratamento da médica. - Quer ajuda? - Perguntaria pra Azura, me aproximando e ajudando-a a retirar sua roupa conforme percebesse as necessidades de movimentação dela, assim como tentando evitar encostar nos seus ferimentos ao máximo possível. Também permaneceria por ali, de prontidão, para atender às necessidades da médica.

Assim que o tratamento fosse feito com algum sucesso, seguiria para o lado de fora da enfermaria, buscando pelo revolucionário de antes, Elliot. Caso tivesse dificuldade para encontrá-lo, buscaria-o com minha visão mágica. - A Comandante Azura ordenou que você, Jake e Tom vigiem o lugar que a encontramos mais cedo. Não deixem que nada nem ninguém entre ou saia de lá. - Diria, após uma continência.
Voltaria então para a enfermaria e sentaria-me em algum assento na enfermaria que estivesse mais próximo da cama de Azura. Estava um pouco cansada de toda aquela movimentação e também da viagem, na qual eu não tinha parado para descansar nem um pouco. Agora, conforme a adrenalina se esvaía após toda aquela confusão, o meu corpo se amoleceria enquanto eu jazeria sentada em algum canto confortável. As pálpebras pesavam mais do que eu estava acostumada a suportar, e, por fim, fechavam-se. Minha mente enegrecia-se e afundava em um poço de sonhos.







Objetivos:
 
NPCs:
 




Meu Histórico:
 

____________________________________________________

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Falas da Mao
Falas da Aggy
Falas de Players Aliados
Falas de NPCs Aliados
Falas de Inimigos




RIP:
 


Última edição por Alek em Sex 04 Dez 2020, 19:49, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 EmptySex 04 Dez 2020, 18:53


As táticas utilizadas para dar um fim naquela luta estavam dando certo, finalmente tinha entendido como lutar contra aquela criatura, a cada golpe via estilhaço dos cristais do construto voando, aquilo me deixava em estase assim que o cristal no centro do monstro ficava exposto, percebia que aquilo fazia os movimentos do monstro que já eram lentos ficassem cada vez mais decadente até cair todo no chão.

“Finalmente!” Estava ofegante, toda aquela batalha tinha acabado comigo de certo modo, antes que pudesse dar o primeiro passo para poder caminhar, sentia o sangue vindo a minha boca, levava minha mão direita a minha boca tentando evitar que o sangue saísse, o gosto ferroso me deixava um tanto enjoada. - Essa porra me deu mais trabalho do que esperava! Quando os últimos pedaços da criatura caiam no chão, o impacto fazia com que o local tremesse novamente, já com o corpo fraco não conseguia me manter de pé, aquele tremor fora o suficiente para me fazer cair no chão sentindo uma grande dor.

Caída no chão não tinha forças o suficiente para poder me levantar, não sabia se os guardas no início da prisão tinham escutado a batalha, ou que alguém do castelo iria me procurar, a final eu estava no fim do castelo em um local onde não havia nenhum prisioneiro para ser vigiado. - Droga, morrer na prisão! Pensava o pior, os ferimentos eram tantos, não sabia se conseguiria descansar a tempo de conseguir sair dali e procurar ajuda médica.

Após um tempo, conseguia escutar alguns passos vindo em minha direção, com a visão um pouco turva, conseguia ver algumas pessoas se aproximando, quando já estavam perto, arregalava meus olhos, pois não esperava ver aquela pessoa ali. “Mao...” Logo atrás dela estava Elliot e Alice. “Droga, lá vem esporro!” Pensava em ver a jovem médica.

Elliot ajudava a me levantar, perguntando se estava bem, com um sorriso para o garoto falaria. - Tranquilo, foi só uma lutinha bob...a! Franzia o rosto sentindo a dor, olhando para frente, via Mao se aproximando também parecendo preocupada com a minha situação, Elliot me ajudava a me levantar enquanto Mao oferecia um pouco de sua bebida, dava alguns goles, a cada gole sentia um pouco de dor, mas o gosto era bem melhor do que estava na minha boca. - Não é whisky, mas serve! Falaria dando um breve sorriso para a garota de cabelos violetas.

- Você está diferente! Soltava olhando para a garota, Mao realmente estava diferente, por sua vez Alice analisava meus ferimentos e logo pergunta oque tinha acontecido ali. - Bom achei o tal monstro que tinha sequestrado o garoto! Dava uma pausa por conta da dor. - Ele foi duro de derrotar… Literalmente he he! Novamente colocava a mão em minha boca segurando o sangue que tentava sair.

Alice então informava que me levaria para a enfermaria, o local era mais meu quarto do que meu próprio aposento, mas não tinha oque fazer, a missão não havia terminado, aquela passagem escondia alguma coisa, para aquele golem esta protegendo.

A caminhada para enfermaria parecia mais longa do que o normal, Elliot e Alice me apoiavam para poder conseguir me levar, enquanto isso Mao fazia algumas perguntas, Wander tinha pedido discrição sobre o assunto, mas pelo que me lembro a garota era sobrinha dele e Alucard confiava nela. - Estava investigando algumas coisas, e fui atacada por essa criatura, aparentemente guarda alguma coisa perto daquelas celas! Falaria pausadamente para não me esforçar muito.

- Mas não se preocupe, estou cuidando disso! O fato era que não podia deixar outra pessoa tomar conta daquilo, foi encarregado para mim, creio que não teria muito mais dificuldade depois do que eu enfrentei.

- Um pouco haha, estou na ilha tem um tempo, creio que quase um ano na ilha! Respondia a garota dando uma pequena pausa. - Mas não se preocupe, eu estive bastante ocupada aqui! De fato, desde que sai do farol e daquele evento maluco na ilha, tinha sido um ano bem longo.

Finalmente, havíamos chegado a enfermaria, Alice mandava Elliot sair do lugar o mesmo parecia estar um tanto chateado, o mink era um fofo em estar bem preocupado comigo. Em seguida a garota pedia para retirar minha armadura, em seguida Mao se prontificava a me ajudar, apenas acenava com a cabeça positivamente.

Após retirada da minha armadura, estava nua, sentia meu corpo muito mais leve, estava precisando de um descanso, meus volumosos seios tomavam um ar, o local estava frio, mas era um frio bem agradável para falar a verdade. - Fique tranquila Alice, acha que eu a guardiã do céu morreria ali? Dava um sorriso para a garota enquanto deixava ela cuidar dos meus ferimentos. - Descansarei um pouco antes de voltar ao trabalho! Falaria com um grande sorriso.

Estava com o corpo cansado, mas aquilo não deixava o fato de pensar na missão e no lugar que aquele golem estava protegendo, não poderia deixar ninguém entrar naquele lugar, ou qualquer coisa sair de lá, enquanto estivesse de repouso precisaria de alguém vigiando aquele local. - Mao, quero te pedir um favor, sei que acabou de chegar e não conhece muita gente aqui. Dava uma pausa olhando em volta para ver se tinha outras pessoas no local além de nós, então abaixava meu tom de voz. - Peça para que Elliot, Jake e Tom fiquem de vigia no local onde vocês me encontraram, não deixe ninguém entrar ou sair daquele local, diga a eles que é uma ordem! Assim relaxava o meu corpo para poder descansar.

Historico:
 

____________________________________________________

Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Conteúdo patrocinado




Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty
MensagemAssunto: Re: Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!   Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas! - Página 3 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
Voltar ao Topo 
Página 3 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11, 12, 13  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Arstotzka-
Ir para: