One Piece RPG
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Kekzy Hoje à(s) 04:32 pm

» Os 12 Escolhidos, O Filme
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Ceji Hoje à(s) 04:14 pm

» Meu nome é Mike Brigss
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Oni Hoje à(s) 03:54 pm

» Kit - Ceji
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Ceji Hoje à(s) 03:23 pm

» [ficha] Arthur D.
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 03:15 pm

» Mini-Aventura
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Makei Hoje à(s) 02:25 pm

» [Mini-Aventura] A volta para casa
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40 pm

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34 pm

» Mini-Aventura
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29 pm

» Art. 4 - Rejected by the heavens
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04 pm

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06 am

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58 am

» Jade Blair
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42 am

» Seasons: Road to New World
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26 am

» The Victory Promise
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Akise Hoje à(s) 12:33 am

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Fukai Hoje à(s) 12:27 am

» Kit Phil Magestic
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 10:25 pm

» 10º Capítulo - Parabellum!
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Marciano Ontem à(s) 10:12 pm

» II - Growing Bonds
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor War Ontem à(s) 09:36 pm

» Xeque - Mate - Parte 1
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Emptypor Ceji Ontem à(s) 09:20 pm



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA

Ir em baixo 
AutorMensagem
arthurbrag
Membro
Membro
arthurbrag

Créditos : Zero
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Data de inscrição : 13/10/2020

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty13/10/20, 05:49 pm

Nome: Arthur
Idade: 23
Sexo: Masculino
Raça: Humano
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Gatuno
Localização: East Blue - Dawn Island
Grupo: Civil
Vantagens: Boa aparência
Desvantagens: Mau humor
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty16/10/20, 08:51 pm

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
arthurbrag
Membro
Membro
arthurbrag

Créditos : Zero
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Data de inscrição : 13/10/2020

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty17/10/20, 08:50 am

Arthur acordaria olhando ao redor, tentando descobrir exatamente onde estava. Não era uma situação incomum, suas noites de bebedeira costumavam causar esse efeito colateral. Esperando que estivesse inteiro e sozinho no quarto, levantaria com cuidado em busca de um banheiro para lavar o rosto e encarar o próprio reflexo no espelho.

Ajeitaria sua aparência como pudesse e sairia dali em busca de um lugar que vendesse um café forte. Antes de sair, conferiria seus bolsos para ver se tinha algum dinheiro. Também olharia ao redor do lugar se não tinha nada que lhe pertencesse ali. Tendo certeza que pegou tudo, iria para seu objetivo: café.

Caminharia até uma possível lanchonete, padaria ou qualquer lugar que pudesse atender seu desejo. Sentaria sem falar com ninguém e pediria ao garçom a bebida. Algo em seu interior desejava conquistar um pouco mais do que viver um dia de cada vez, sem ter onde cair morto. Talvez fosse a hora de mudar.

Enquanto esperava o café, olharia ao redor do lugar que havia escolhido. Havia mais alguém nas mesas? E os funcionários? Algum rosto conhecido? Apesar de não querer necessariamente interagir com ninguém, gostava de usar sua observação para descobrir mais sobre o que rodeia.

- Obrigado. – diria, ao receber o café. Tomaria a bebida quente ainda usando seu tempo disponível para observar o lugar.

____________________________________________________

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Tumblr_p7v6w4WId11r7k9lao1_540
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty17/10/20, 10:30 pm

Era mais um grande dia no East Blue, tudo parecia tranquilo em Dawn Island, uma grande ilha onde se localizava o reino Goa. O foco da vez estava entre os becos da grandiosa cidade, jogado no meio de vários outros que tinham feito a mesma coisa na noite anterior. A grandiosa cidade tinha sim seus luxos, com pessoas nobres e obviamente aqueles que conseguiam acordar em suas casas toda manhã. Arthur era um dos poucos que tinha uma rotina diferente, passando boa parte de suas noites bebendo com desconhecidos, dormindo muitas vezes nas ruas assim como tinha acontecido no dia de hoje. O sol não conseguia incomodar todos que dormiam nos arredores, Arthur era um dos primeiros a acordar ao sentir o vento gelado bater em seu corpo, além do cheiro forte de álcool em todos naquele beco.

Existiam cerca de 10 pessoas também desmaiadas nas proximidades, alguns novos, outros velhos e também duas ou três mulheres que tinham acabado naquele grupo. O único acordado se encontrava sem sapatos e camisa, vendo os pertences jogados por cima de uma das mulheres que dormia ali, como se fosse um cobertor e os sapatos usados de travesseiro. A construção mais próxima e aberta naquele momento era justamente um simples café com poucas pessoas em seu interior. Ao entrar ele foi diretamente para o banheiro e lá conseguiu se limpar, arrumar para se mostrar mais apresentável aos outros. Ninguém realmente ligou para Arthur quando este entrou inicialmente, mas agora que o mesmo saia do banheiro as coisas pareciam mudar um pouco. Existiam duas clientes sentadas juntas em suas mesas comendo doces e bebendo um pouco de café ou algo do tipo. Ambas as garotas olhavam Arthur estranhamente, muito por conta do forte cheiro de álcool que ele trouxe consigo.

O único funcionário no lugar se aproximava dele para o atender, pegando seu pedido e também o observando com seriedade. Um bêbado surgir num café nesse horário não era a coisa mais anormal do mundo, principalmente quando ainda estava bebendo. O atender com tranquilidade era a melhor forma de não arrumar nenhum problema. As duas garotas pareciam conversar sobre Arthur, comentando a forma como ele tinha saído do banheiro e também como se vestia. Não era algo que se podia ouvir com clareza, mas algumas partes deixavam isso bem definido. O funcionário do café retornava com a bebida para o seu cliente, trazendo também alguns questionamentos. – Meu senhor, sinto muito fazer isso, mas é algo que devo perguntar... Está com algum problema pessoal? Ou precisa de algum tipo de ajuda no momento, pois seu estado atual não é dos melhores e isso preocupa não só a mim, como também os clientes do meu café. – dito isto ele permaneceu de pé, na frente de Arthur enquanto o olhava com certa preocupação e cuidado, notando que seu mais novo cliente não estava exatamente bêbado mais.

...:
 

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
arthurbrag
Membro
Membro
arthurbrag

Créditos : Zero
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Data de inscrição : 13/10/2020

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty17/10/20, 11:39 pm

“Que decadência” pensaria o moreno enquanto esperava o seu café. “Acordar na sarjeta, feder a bebida e não lembrar de absolutamente nada do dia anterior”. Fecharia os olhos por alguns segundos, tentando entender como estava o seu corpo. Sentia dores de cabeça? Enjoo? “Tenho certeza que sou o verdadeiro orgulho da família nesse momento”.

- Obrigado – diria Arthur, pegando a bebida quente e ouvindo o garçom – E desculpe. Acho que não estou muito apresentável. Tive uma noite péssima.

O garoto beberia o café lentamente, deixando o amargor da bebida dominar sua ressaca. Depois, se viraria para as garotas.

- Desculpe também meninas. Juro o mau cheiro sai depois de um banho. Tá tudo bem.

Respirando fundo, voltaria sua atenção para o garçom.

- Olha, não vou causar problemas. Logo logo me sinto melhor. – Olharia no fundo dos olhos do homem. – Se não se importar, gostaria de um copo bem grande de água também. Me ajuda na ressaca.

Se ele perguntasse sobre pagamento, Arthur daria um suspiro irritado.

- Cara, eu tenho dinheiro. É só que estou muito fodido agora, tá bem? Se precisar eu lavo os pratos, cozinho ou faço o que quiser pra pagar essa porra de café.

Se apenas voltasse com a água, agradeceria. E depois perguntaria.

- Ei, que dia é hoje mesmo? Acho que eu tinha algo importante para fazer mas não faço ideia do que era. Droga de álcool.

O jovem apoiaria a cabeça nas mãos, tentando raciocinar. Precisava fazer algo. O que era? Tudo naquele momento era uma nuvem cinza em sua mente. As lembranças do passado se misturavam com as noites de bebedeira e ele não sabia dizer exatamente em quanto tempo estava nesse limbo.

- Ei, garotas. – diria, depois de um tempo, se ainda estivessem no bar. – Vocês conhecem um cara chamado Calleb?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty20/10/20, 12:04 am

Não existiam muitos detalhes nas lembranças dele, simplesmente sabia que tinha saído para beber, encontrou pessoas no mesmo bar naquela noite e depois disso tudo as coisas se tornaram um borrão. Arthur bebeu muito, não tinha se machucado nem nada do tipo, mas estava com uma leve dor de cabeça, além de sentir vontade de vomitar sempre que respirava fundo. Não era o estado mais agradável do mundo, mas ao menos ele estava fora da loucura que o álcool trás para alguns, tinha como lidar com aquela situação depois de um bom banho e novas roupas. – É, acabei notando. – eram as palavras do ruivo assim que olhava com mais cuidado o rapaz. O café ajudava a limpar um pouco a cabeça dele, até mesmo tirando um pouco desse bafo de álcool. Os pedidos de desculpa realmente acalmavam um pouco a situação, deixando o clima mais leve dentro do possível.

Tudo bem... Só estávamos preocupadas, não é tão difícil alguém no seu estado atacar pessoas aleatórias por aqui. – dizia a de cabelo preso, mostrando um sorriso junto de sua amiga. Elas realmente estavam mais tranquilas depois de conversar com Arthur, só que isso não deixava de ser um problema para outros possíveis clientes entrando no lugar. – Vou buscar sua água, só não fique muito tempo. As duas garotas parecem tranquilas, mas os clientes que normalmente recebo não gostam tanto de pessoas assim. – finalizava já não muito feliz com seu terceiro cliente do dia, trazendo a água para o rapaz algum tempo depois. O tempo passava e mais perguntas surgiam, desta vez direcionadas para as garotas que já nem ligavam muito pra ele. – Não... Acho que não temos nenhum conhecido com esse nome. – a de cabelo solto respondia sem entender muito a razão da pergunta, olhando com dúvidas o rosto de Arthur. Sua amiga estava na mesma, apenas negativando com a cabeça.

Todo o tempo entre a entrega da água, as perguntas e então a resposta das garotas foi o bastante para outra pessoa entrar no café. Um marinheiro solitário entrava no local, observava a situação e de imediato caminhava com um olhar nada amigável na direção de Arthur. O cheiro nos arredores acabava por fazer ele ficar ainda mais incomodado com a presença do rapaz ali, tocando o ombro do mesmo antes de falar. – Me acompanhe. – qualquer tentativa de resistência resultaria no marinheiro segurando ambos os braços de Arthur, forçando este até o lado de fora do café. – Queria apenas aproveitar minha manhã no meu café preferido, mas tinha que ter algum problema logo hoje. – as garotas olhavam aquilo um pouco assustadas, já o ruivo apenas balançava a cabeça negativamente com um olhar de "eu avisei".

O lugar isolado acabou por passar em um beco até chegar num lugar aberto onde não existia ninguém, apenas lixo jogado pelo chão e também um solitário gato preto observando os dois homens se encarando. – Sou um sargento muito irritado com as tarefas do dia, beber algo me faria mais feliz, só que você estava lá. – sem muita enrolação o marinheiro jogava uma faca no chão perto dos pés de Arthur, afastando-se enquanto colocava luvas nas mãos, erguendo-as logo em seguida com um olhar sanguinário. – Por isso você será minha forma de descarregar toda a raiva que sinto no momento. Não adianta correr, vou bater em você até cansar e depois o deixarei seguir seu rumo se conseguir me explicar a razão de estar desse jeito. – finalizava dando alguns pulos no mesmo lugar, aguardando que o jovem fedendo a álcool fizesse seu primeiro movimento.
...:
 

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
arthurbrag
Membro
Membro
arthurbrag

Créditos : Zero
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Data de inscrição : 13/10/2020

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty20/10/20, 11:37 am

Arthur só queria aproveitar sua água, seu café e talvez se perder nos próprios devaneios. A dor de cabeça e a ânsia de vômito eram consequências razoáveis, considerando o estado que o moreno se encontrava. Com certeza poderia estar em uma situação bem pior. E ao ver o próximo cliente chegando no bar e o encarando com desprezo, já imaginaria o que estava por vir.

- Droga... Porquê sempre tem que ter um babaca? – murmuraria Arthur, ao perceber que não teria muita chance de diálogo com o homem que já o arrastava pra fora do bar. Arthur ofereceria um pouco de resistência, mais como uma provocação, praguejando enquanto era levado.  – Deixa as pessoas lidarem as merdas da vida forma que quiserem, porra. Vai se foder.

Se sentindo meio enjoado com o passeio não-desejado, Arthur olharia ao redor e perceberia a situação que se encontrava. Lixo. Gato. Blá blá do sargento pau no cu. E uma faca maravilhosa nos seus pés. Arthur ia rir com gosto, ao ver o homem se preparando para dar uma surra nele. Mas a ideia de lhe dar uma faca não era lá muito inteligente. Talvez essa seja uma vantagem de estar sempre bêbado: as pessoas te subestimam.

- Está com vontade de adicionar mais alguns cortes nessa sua cara feia? – perguntaria Arthur, ainda entre risadas, sentindo a adrenalina correr pelo seu sangue. Pegaria a faca e brincaria com ela entre os dedos, sentindo o peso da lâmina. – Vai ser ótimo contar para seus amiguinhos marinheiros que perdeu a luta para um moribundo.

Arthur seguraria a faca pelo cabo, com os dedos completamente envoltos e com a lâmina virada para o marinheiro. Garantiria a firmeza com o seu polegar e se manteria posicionado atrás da faca.

Apenas correr em direção ao oponente seria uma bobagem. Com um sorriso nos lábios e a faca bem firme, Arthur tentaria fugir, correndo para próximo do lixo. Esperando que fosse seguido pelo homem, usaria a mão livre para jogar todo o entulho em cima do marinheiro. Se ele não gostava do cheiro do álcool, não deveria ficar muito feliz com aquela imundície em suas vestes impecáveis.

Arthur usaria esses segundos de vantagem que esperava ter conseguido para tentar o primeiro golpe. Já que o marinheiro precisaria de força nos braços para espancá-lo, é aí que atingiria primeiro. Arthur focaria em fazer dois cortes profundos, de uma vez só, nos tendões ou músculos do braço. Queria arrancar uma boa quantidade de sangue, mas não o suficiente para deixar a vida do homem em risco.

- Se quiser desistir agora eu não conto pra ninguém – diria Arthur, se afastando um pouco e se preparando para o próximo ataque.

Se, em algum momento, fosse acertado pelo homem, não apostaria na sua velocidade para desviar. Focaria apenas em não deixar a faca sair de sua mão direita e em não ser atingido no estômago, ou demoraria demais para se recuperar. Se percebesse a tempo que seria atingido, o moreno se jogaria no chão, tentando reduzir o impacto do golpe e, aproveitando essa posição para um outro ataque.

Como estaria abaixo do adversário, tentaria agarrar-se em suas pernas e dar uma estocada profunda e forte em sua coxa, puxando a faca para baixo e fazendo um estrago ainda maior na hora de tirar a arma do corpo do oponente. Logo em seguida, se arrastaria para mais longe dali, esperando que no tempo que o homem sentisse a dor do corte fosse suficiente para Arthur se levantar e voltar para a posição de combate.

Conseguindo voltar para a posição em pé, se colocaria novamente atrás da faca em posição de defesa. Usaria alguns segundos para tentar avaliar sua situação. Estava com dor? Sangrando? Havia sido atingido? Esperando que ainda estivesse bem o suficiente para continuar, ficaria se movimentando ao redor do homem. Se ficasse se mexendo poderia evitar que o sargento o acertasse com facilidade.

Se em algum momento, antes ou depois desse momento, Arthur deixasse a faca cair ou tivesse a arma tirada da sua mão, focaria completamente em recuperá-la, mesmo que isso lhe custasse levar algum golpe. A arma era sua prioridade e a única chance de conseguir se dar bem naquela situação.

Esperando que pudesse terminar logo esse combate e sair rapidinho daquele lugar, Arthur focaria o último golpe na região abdominal. Seria o mais complicado, considerando que ficaria mais perto dos braços que queriam socar sua cara, mas esperava ter machucado o homem ao menos um pouco até agora e isso lhe daria mais abertura.

Sem parar de se movimentar de um lado para o outro, tentaria se aproximar do sargento, sempre com a faca bem firme em punho. Quando se aproximasse o suficiente, tentaria contorná-lo, como se fosse atingir suas costas, mas levando o braço em direção ao seu abdômen com um golpe de estocada, esperando ser profundo o suficiente para acabar com aquela briga.

Conseguindo ou não, se afastaria o máximo possível e observaria com calma a situação. O adversário estava machucado o suficiente para se render? Ou ele só estava ainda mais puto e com vontade de acabar com Arthur?  Respirando fundo, aguardaria essas respostas em posição de defesa, se concentrando o máximo para não vomitar depois de toda essa movimentação.

- E aí sargento, raiva descarregada? Posso ir embora? – diria, ainda com a arma na sua frente em posição de defesa.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty22/10/20, 02:55 am

As ações e palavras do simples civil com ressaca só traziam mais raiva vinda do marinheiro, que o olhava com nojo, como se Arthur não fosse nem mesmo uma pessoa aos olhos dele. Qualquer um observando a cena de fora sentiria que o sargento tinha muito mais chance de vencer, principalmente ao olhar o estado em que seu oponente se encontrava. Até mesmo o gato não olhava de forma muito agradável a situação em que o jovem com a faca se encontrava. Os movimentos de ambos eram cautelosos, ainda que estivesse confiante da vitória, nenhum imbecil chegaria ao posto de sargento da marinha e seria descuidado contra um civil armado. Todo o cuidado o levou a avançar na direção de Arthur quando este correu, mas sem se manter próximo demais, vendo todo aquele lixo voar em sua direção quase que em câmera lenta. Não existia muito espaço para ele esquivar pros lados, resolvendo simplesmente avançar contra o lixo, socando este de um modo que nada tão grande acertava as vestes da marinha.

Socar o lixo deixou ambos os braços dele livres para serem atacados, notando a movimentação do civil de forma tão fácil que normalmente teria chances de escapar sem qualquer dano, mas ser pego no meio dos ataques o fez um alvo bem fácil. Arthur procurava golpes preciso em pontos que acabariam com os braços do seu oponente, até conseguindo realizar um corte em cada um dos braços, só não havia sido exatamente nos tendões. Um dos cortes era no dorso da mão direita e o outro fora um corte acima do cotovelo, nada muito profundo. Ambos deixavam algum sangue pelo chão, mas estava longe de o impossibilitar naquele instante. Com os braços de volta à frente do corpo ele avançou, saltando na direção do civil enquanto realizava um soco ainda no ar contra Arthur. A esquiva óbvia fora abaixar-se, escapando por completo daquele primeiro ataque, porém o próximo surgia por baixo o pegando enquanto se descia, acertando um chute em cheio no queixo que acabava jogando o mesmo para trás, caindo sentado no chão.

Pra um merdinha você até que tem alguma experiência em combate, vamos ver se consegue manter o ritmo. – com estas palavras mais um avanço surgia após o civil se erguer, avançando da mesma forma. Ambos sentiam alguma dor, não era nada forte por conta do calor da batalha. Essa segunda parte do combate não era tão cheia de golpes, focando muito mais na movimentação e fintas, sem realmente realizar algum golpe direto contra o outro. Contornar o sargento teve bom uso, atraindo tanta sua atenção para as costas que quando o homem se virou por completo de frente para Arthur encontrou-se exatamente no lugar onde receberia a facada em cheio. O abdômen era acertado sem dificuldades, entrando tão fundo que a reação do marinheiro até impressionou o gato. Sem tempo para sentir dor ele soltou um contra-ataque no rosto de Arthur, lançando o civil longe enquanto a faca permanecia no corpo dele. – PORRA! – gritava, finalmente sentindo a dor. A faca era retirada sem cuidado algum, até mesmo cortando um pouco mais e assim como ele estava atordoado pela dor, o jovem sem a faca no chão sentia o mesmo só que não tinha sido uma facada em seu rosto.

O estado do marinheiro era claramente pior, pois estava perdendo sangue enquanto Arthur apenas tinha ganho alguns hematomas. – É o bastante, vou ter que explicar que merda rolou pra ganhar esses ferimentos... Estive sentindo falta disso, é raro encontrar alguém com vontade de reagir e que consiga me enfrentar. – por conta da marinha ser tão forte naquele mar as coisas ficavam feias pros marinheiros que buscavam alguma emoção no serviço. – Pode ir, vou dar um jeito nessa merda. – sem vontade alguma de continuar ele se encostou numa das paredes, retirando do bolso um baby den den mushi, começando a ligar para alguém, deixando que Arthur fosse para fora daquele lugar.

...:
 

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
arthurbrag
Membro
Membro
arthurbrag

Créditos : Zero
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Data de inscrição : 13/10/2020

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty22/10/20, 10:07 am

Arthur ia sorrir, satisfeito com a situação. Gostava até do desconforto que sentia dos hematomas, como se a dor lhe deixasse mais vivo. Quando o homem permitiu que ele saísse, o garoto não pensaria duas vezes e sairia correndo, fazendo uma continência ao passar pelo homem.

Seguiria correndo o máximo que pudesse, até não conseguir mais e parar em algum lugar calmo e silencioso. Talvez na praia, onde pudesse ficar apenas observando o mar. Quando o sangue esfriasse, tocaria nos hematomas para identificar realmente o quão machucado estava. Depois, respiraria fundo por alguns instantes, fechando os olhos e só sentindo o vento em seu rosto.

Ele precisava mudar de vida. Superar logo essas merdas que aconteceram e seguir com algum novo plano para seu futuro. E é isso que faria.

feedback:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ryoma
Super Nova
Super Nova
Ryoma

Créditos : 81
Warn : [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA 10010
Feminino Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : hell

[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty22/10/20, 04:14 pm


~Mini-Aventura ENCERRADA~

Observações:
- Acredito que não terá problemas em seguir uma aventura normal se conseguir manter o mesmo nível dessa mini e também lembrar de todas as regras básicas que seguiu por aqui. Sua narração é boa e só tem a melhorar se continuar jogando.

O que fazer agora que terminei minha Mini-Aventura?
- 1º passo: Agora que encerrou sua mini-aventura basta criar a sua ficha na Criação de Personagens usando o Modelo de Ficha.
- 2º passo: Corra e crie sua aventura. Onde? Há um tópico chamado Crie sua Aventura, lembre-se de que você somente pode criar uma aventura se sua ficha for aprovada e dentro do limite de pedidos de criação de aventura pendentes. Caso haja alguma pendência espere alguém aprovar a aventura anterior, para postar a sua.
- 3º passo: Aventura aceita? Então procure um narrador, onde? Em T.N.D crie um tópico para solicitar seu narrador, e aguarde o ADM responsável pela área escolher um narrador para você.
- AH! Leia as regras para que você não venha a tomar punições.
- Lembre-se você tem 30 dias para pedir os 6 créditos da conclusão da mini-aventura neste link.

____________________________________________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA   [MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-ARTHURBRAG] COMEÇANDO UMA AVENTURA
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: