One Piece RPG
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Em busca da resistência
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 03:11

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor GM.Thomas Hoje à(s) 01:37

» Xeque - Mate - Parte 1
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Jacob Allan Hoje à(s) 01:14

» A inconsistência do Mágico
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 00:49

» Hey Ya!
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:50

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor gmasterX Ontem à(s) 22:51

» Livro Um: Graduação
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 22:48

» A Ascensão da Justiça!
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor K1NG Ontem à(s) 22:46

» Ato I - Antes da tempestade
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Razard Ontem à(s) 22:43

» Right Punch, Left Punch!
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Razard Ontem à(s) 22:43

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Razard Ontem à(s) 22:42

» Hizumy Mizushiro Mayan
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Mizushiro Hizumy Ontem à(s) 22:36

» X - Some Kind Of Monster
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:11

» Takamoto Lisandro
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 21:44

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 21:09

» Alipheese Fateburn
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 21:02

» Alejandro Alacran
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 20:12

» Wu-HA!
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 16:47

» Making Wonderful Land a Real Wonder
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 16:38

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Emptypor Saitoshiba Ontem à(s) 15:45



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Arco 5: Uma boa morte!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptyDom 11 Out 2020, 01:20

Relembrando a primeira mensagem :

Arco 5: Uma boa morte!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) revolucionária Azura V. Pendragon. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário


Data de inscrição : 22/04/2012

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptyQui 15 Out 2020, 18:31



A conversa com meus colegas de equipe seguiu de forma anatural e tranquila, as ordens foram dadas, mas infelizmente não tinha muito oque ser feito, me levantava enquanto cada um ia saindo, antes que pudesse seguir para meus novos equipamentos, escutava a voz de Alice. Em seguida me virava olhando para pequena mink que estava com uma voz um tanto preocupada, pedindo para que eu descansasse, o pedido era sincero e aceitava de coração, mas o fato que estávamos em meio a uma guerra, não podia perder tempo descansando, ainda mais que agora meu corpo estava melhor.

- Verei oque posso fazer! Respondia a garota, em seguida soltando um breve sorriso para a mesma, que saia pedindo para me manter hidratada, e se possível de água, aquilo me fazia soltar um breve riso voltando a falar. - Ai eu já não prometo nada hi hi hi! Rindo da situação me aproximava de onde estavam meus equipamentos, enquanto me arrumava, Natasha dizia achar interessante o grupo que acabava de ver.

- Sim eles são maravilhosos, empenhados, vejo um grande futuro para eles na revolução! Falava terminando de me arrumar colocando as botas antigas em um baú, assim que começava a me distanciar, Natasha perguntava se poderia ficar com minhas botas antigas. - Claro, o intuito era outra pessoa poder usar, e se você luta usando suas pernas elas vão te ajudar bastante! Com um riso no rosto me despedia da mulher e seguia em direção a sala de reuniões.

O Objetivo agora era claro, ter uma conversa com o velho e enfim treinar o Haki, estava quase pronta para seguir de volta a ativa na guerra, só precisava de fato saber controlar todas as habilidades que poderiam me vir a ser uteis na guerra. “Precisamos começar a unir o povo para lutar contra a marinha, antes que o governo envie reforços para esses filhos da puta!” Pensava chegando finalmente na porta da reunião.

Abria a porta sem cerimonias, e já começava a falar com o velho a minha frente, logo então o mesmo informava, que o comandante-geral Wander estava ficando um tempo fora do comando, aquilo fazia minha sobrancelha se levantar de uma forma bem debochada. - Quer dizer que a bonita perde uma luta e já que tirar o corpinho da guerra!? Falava, estava estressada com a situação, o momento de finalmente darmos uma investida definitiva contra a marinha estava chegando.

- Isso é estressante, os piratas que tinham me falado estar do nosso lado, como ficará a situação deles? Agora mais do que nunca precisaríamos deles! Antes de ir para o treinamento tinha muito mais coisas para resolver, precisávamos de todas as nossas forças disponível para enfim destruir nossos inimigos, apertava o pau do nariz com o indicador e o polegar em forma de tirar a tensão que estava acumulando na região lacrimal.

- Enfim, vamos treinar, o melhor que fazemos! Terminaria de falar então seguindo em direção da área externa do castelo.

Treinamento Haki do armamento.

Chegando do lado de fora do castelo, me aproximaria do Luis e prestaria a atenção no velho, tudo que ele tem para falar sobre a nova habilidade que de certa forma tinha se despertado contra o Vermillyon. Assim ficaria ali o tempo necessário para aprender dessa técnica, executando todos os movimentos necessários e praticando até conseguir utilizar tranquilamente, executaria tudo que o velho pedisse para assim estar pronta para utilizar o Haki do armamento.

Assim que terminasse o treinamento, sairia do local para assim descansar e me preparar para voltar a ativa em campo, estava animada para bater de frente com qualquer coisa que se colocasse em meu caminho. Depois de descansar, seguiria para a sala de reuniões para saber oque tinha de novo para fazer na ilha.

Historico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
GM.Milabbh
Game Master
Game Master
GM.Milabbh

Créditos : 52
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySex 16 Out 2020, 15:12



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

NARRAÇÃO - ARCO 5: UMA BOA MORTE!


Winterfell Quarters - 09:00h (4 dias depois)

Durante o caminho para a parte externa, velho Luis decidia comentar sobre a conversa na sala de reuniões, e sorrindo ele exclama.

- É bom ver que temos pessoas animadas como você na causa. Sabe, eu e Wander somos velhos guerreiros, acho que a derrota pesou no espírito daquele saco de ossos. - Enquanto dizia isso, Luis encarava a neve que seguia caindo no pátio. - Não se preocupe, ele voltará a tempo da revolução. Mas enquanto isso, você citou piratas do nosso lado... Bem, não sei a qual bando você se referia, mas definitivamente não são todos. - O velho parava e assumia uma feição mais séria. - Tivemos relatos de invasões piratas em um vilarejo a leste daqui. Como sabe, a maioria dos cidadãos simpatiza com nossa causa, precisamos fazer jus a essa simpatia, já que a marinha ficará de braços cruzados com a guerra... Depois de seu treino, venha até a sala de reuniões e te explicarei melhor.

Esboçando um sorriso confiante, o pequeno senhor andava pela neve que engolia seus pés. Parando no meio do pátio branco, ele olha para cima e seu sorriso muda, agora com uma feição mais desafiadora. Seus olhos baixam para Azura e ele ergue o braço, envolvendo-o em um manto negro e brilhante.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


- Parece que dessa vez teremos que treinar na neve... Comecemos então? - Ele nem esperava a resposta e avançava na direção da moça, com um ataque leve ele a derruba sentada na gélida neve. - Ora vamos, você é o futuro da revolução, consegue fazer melhor!

Com isso, o treinamento começa. O início era muito árduo, uma vez que Azura ainda sentia seus músculos doerem, bem como seus ossos do crânio que até pouco tempo estavam gravemente feridos. Mas com o passar dos dias, gradualmente ela deixava de sentir os antigos machucados, pois agora tinha novos para se preocupar. Luis pegava pesado no treino, e explicava detalhadamente o que a jovem tinha que fazer, além de dizer todas as opções que teria com aquela habilidade no futuro, para que ela já começasse a pensar.

Se o início pareceu difícil, o fim parecia que estava no início. Em outra noite de nevasca, 4 dias depois daquela em que o treino começou, tempo esse em que eles paravam apenas para dormir e comer, Azura finalmente estava pronta. Ela não conseguia atacar o velho, mas defendia seus ataques e já tinha controle sobre seu Haki. Sem muita cerimônia, ela apenas cai convalescendo na neve e acorda na manhã seguinte na cama da enfermaria, sob um olhar penetrante de Alice.

- Que bom que acordou!! - Ela estava sorrindo, mas rapidamente formava um bico enorme e continuava. - Digo, que irresponsável!! Desmaiar de exaustão no meio da noite em uma nevasca?! Aqui, toma isso antes que fique com hipotermia. - Ela oferecia uma colher cheia de sopa morna para Azura.

POST 05

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Pendragon:
 

Considerações:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Falta de Humildade:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySex 16 Out 2020, 21:51



Estava indignada com a atitude do então comandante-chefe do castelo, as coisas começava a apertar, inimigos mais fortes a aparecer, e ele vai tirar um tempo sabático, indagava sobre tudo que estava acontecendo. E como se tivesse uma resposta pronta para tudo que eu falasse, Luis falava que ambos já eram velhos com incontáveis batalhas em suas costas, e que logo mais Wander retornaria a tempo para a batalha final.

Aquilo não me reconfortava, mas ao menos fazia suspirar, aquilo era um problema para mais tarde, e pelo visto talvez não pudesse contar com o dito melhor atirador do mundo, preciso ainda mais aprender novas técnicas para que assim na hora do vamos ver, possa depender apenas de mim e do poder que foi confiado a mim por Urias e as demais ex guardiãs.

Em seguida Luis, falava sobre os piratas que tinha citado, uma coisa que tinha pleno conhecimento, era que piratas são espíritos livres, respondem a si mesmo, e que de alguma forma Wander tinha conseguido unir forças com um bando bem forte. Mas não existiria só eles de piratas na ilha, e que sim pelo visto tinha alguns que estavam aproveitando da guerra entre a marinha e o exército revolucionário, para saquear as vilas menores que tinham na ilha.

“Um comportamento de covardes, se me deparo com um desses, o picadinho para os lobos seria certo!” Pensava apertando meu punho direito, Luis tinha razão, não bastava apenas espantar a marinha da ilha, tínhamos que proteger a população a qualquer custo, mostrar que eles estão melhores sem o governo mundial.

- Certo, vamos treinar, depois lidaremos com a situação dos piratas! Falaria assim seguindo para o campo de treinamento.

Assim que abria as portas do castelo para enfim chegar ao pátio, o frio congelante da ilha tomava meu corpo, fazendo me arrepiar por completo, o lado de fora estava diferente dos outros treinamentos, antes que era um clima agradável como se fosse o fim do inverno pronto para entrar na primavera, estava com a cara de um inverno longo e duradouro. “Essa ilha ainda me surpreende!” Pensava enquanto caminhava com Luis que quase se afundava em meio a neve.

Então logo mais Luis voltava a utilizar da estranha técnica que revestia seu braço em um manto negro, mas antes que eu pudesse ter uma reação o mesmo partia em minha direção me acertando e fazendo cair em meio a neve. - Hahah parece que não tá para brincadeira, gosto assim! Falaria me levantando pronta para começar o treinamento.

Quatro dias se passavam de treinamento, era um dos mais difíceis que já tinha feito, nem mesmo a senhora Katherine tinha sido tão dura quanto Luis estava sendo, e aquilo não me importava, só me fazia querer mais e mais, lutava contra o velho para aprender o máximo possíveis, antigos ferimentos foram substituídos por novos. Quando, por fim, exausta, finalmente tinha dominado a habilidade, conseguia revestir partes do meu corpo tranquilamente, talvez não com total maestria como Luis que revestia mais de um membro por vez, mas certamente alguma hora chegaria lá.

“Finalmente...” Foi a última coisa que venho a minha cabeça quando sentia meu corpo ir de encontro com o gelado da neve, caída em exaustão, me restava descansar para enfim voltar aos trabalhos.

Quando abria os olhos novamente, conseguia ver o teto do castelo, dando uma leve olhada em volta, percebia que estava de volta a enfermaria, diria mais que aprecia meu quarto, a final vivia mais lá do que em qualquer outro lugar do castelo. Escutava a voz da Alice que parecia feliz que tinha acordado, mas logo formava um bico em seu rosto me repreendendo pelo treinamento em meio a nevasca.

Dava um breve sorriso para a pequena mink, em seguida me ajeitaria na cama falando. - Calma garotinha, estou bem, apenas ficando mais forte para proteger vocês, e não acontecer oque aconteceu na última vez! Assim aceitaria a colherada de sopa que a mesma me oferecia, era bem gostosa e me esquentava por dentro.

- Mas já estou bem melhor, uma boa noite de sono, fez com que minhas energias voltassem com força total! Me sentaria na cama colocando as pernas para o lado de fora da mesma, gostava de ver a pequena mink, no momento que tinha salvo a mesma, sabia que tinha algo especial nela, algo como se de fato querer protegê-la a qualquer custo. “Será que foi assim que Katherine se sentiu enquanto me guiava na revolução!?” Pensava na mulher que tinha sido como uma mãe após a fuga da mansão.

Pulando da cama me ponde de pé, estava finalmente na hora de voltar a ativa, tínhamos muita coisa para resolver, mensagem sendo traduzida pela central, piratas atacando os vilarejos, a guerra vindo ao seu ápice, ficar ali sentada não resolveria nenhuma das três coisas, principalmente com Wander tirando suas férias.

- Alice, vou te pedir um favor! Dava uma pausa me aproximando da garota e em seguida dando uma grande abraço nela afogando a mesma em meus seios, em seguia a soltando voltando a falar. - Temos algumas coisas para resolver, reúna o pessoal e me encontrem na sala de reuniões! Assim dando um pequeno beijo na testa da garota, sairia rumo a sala de reuniões.

Chegando lá entraria sem cerimonias a procura de Luis para saber mais sobre oque tinha de ser feito, oque eram tantas coisas. - Vamos velho, mande a boa estou cem por cento, pronta para chutar algumas bundas! Falaria com uma grande sorriso dando um soco com o punho direito na palma da minha mão esquerda. Estava pronta para qualquer missão que tivesse para ser designada a mim, prestando o máximo de atenção em todos os detalhes possível, para assim bolar a estratégia.

Historico:
 

____________________________________________________

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
GM.Milabbh
Game Master
Game Master
GM.Milabbh

Créditos : 52
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySab 17 Out 2020, 02:07



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

NARRAÇÃO - ARCO 5: UMA BOA MORTE!


Winterfell Quarters - 09:30h

Ouvindo as palavras de sua comandante, Alice suspira aliviada e sorri ao ver Azura comendo a sopa. Ela ouve atentamente antes de respondê-la animada.

- Fico feliz que esteja bem. Luis te trouxe e disse que deveria falar com ele quando acordasse... Espero que não seja nada demais. - Ela observava Azura se mexendo e saindo da cama e prestava atenção no pedido que se seguia. - Sim, senhorita Azura! Lhe encontrarei em breve.

Com um beijo na testa que fez Alice corar, a comandante se retira do local e ruma para o "escritório" de Luis. Ela novamente já chega entrando sem nem bater, e como se já estivesse esperando por aquilo, ele ergue o olhar com uma expressão de deboche.

- Mocinha... Você não sabe bater? Digo, em portas... Já que em inimigos sabe que é uma beleza. - Ele ouvia a fala da moça e soltava um sorriso exclamando e seguida. - A boa? Será boa se você resolver. - Agora com um semblante mais sério ele continuava. - Parece que a vila que lhe falei foi queimada... Não sabemos a situação atual, por isso, deve ir para lá. Sua prioridade é resgatar qualquer sobrevivente, e o resto eu nem preciso dizer não é...? - Ele então suspirava e se levantava da cadeira, se aproximando da jovem revolucionária. - Não podemos deixar que algo além da guerra aflija essa gente, salve a vila Nadezhda, Azura. Alguma du...


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Antes que o velho conseguisse terminar sua fala, porém, Alice chega com seus companheiros atrás. Aqueles rostos já eram familiares para Azura, mas em uma formalidade, todos ali se apresentam para o combate.

- Chamou, senhora? -  Jake indagava e Alice acenava ao seu lado.

- Qual é a nova aventura?? - Pietra estava claramente animada.

- Mais respeito, está falando com duas pessoas importantes! - Tom sussurrava para a moça enquanto Elliot apenas prestava um continência meio sem jeito.

POST 06

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Pendragon:
 

Considerações:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Falta de Humildade:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySab 17 Out 2020, 05:22



Após a breve conversa com a pequena Alice, não tinha mais oque fazer na enfermaria, estava empolgada, finalmente estava pronta para voltar ao combate, meu corpo pedia por uma boa dose de ação. Com isso seguia meu caminho em direção a sala de reuniões, estava curiosa para saber oque estava acontecendo na ilha, nesses dias que tinha ficado fora de ação.

Não demorava para ir ao encontro do velho, a porta estava destrancada e eu adentrava como planejava sem antes me anunciar, o velho soltava algumas piadas um tanto sarcásticas mas que não era o motivo de estar ali. - Sendo educada levei porta na cara, só entrando sem avisar para ser atendida hihihi! Falaria rindo da situação.

Mas não estava ali para ficar de papo furado como velho, e sim para saber oque tinha de ser resolvido na ilha. Logo então o velho tocava no assunto de dias atrás sobre os piratas que vem saqueando os vilarejos fora da cidade grande da ilha, aquilo era algo bastante revoltante, visto que a marinha deveria estar ali para proteger a população. “Esses filhos da puta só querem saber de controlar a ilha, resolver seus verdadeiros problemas que é bom nada!” Pensava enquanto o velho terminava de falar sobre o pequeno vilarejo desolado.

Salvar os sobreviventes seria algo bem obvio, o resto que fazer nem precisaria que o velho respondesse, pois éramos interrompidos pela entrada da equipe que vinha me acompanhando em minhas últimas missões, estava contente que eles todos estavam ali. - Não se preocupe Luis, meus brinquedinhos novos estão prontos, e doidos para serem usados! Um sorriso malicioso vinha em meu rosto, assim me virava para os outros que perguntavam oque iriamos fazer.

A situação poderia ser diferente das outras missões, não era uma missão mais sigilosa como as invasões contra o governo, agora estávamos indo chutar o pau da barraca. - Podem relaxar, não sou tão careta para essas formalidades todas! Dava uma pausa sorrindo para todos. - Nossa missão parece ser bem simples, mas demanda de nosso comprometimento para salvar o povo que esta sendo negligenciado pela marinha! Me aproximava do grupo olhando para cada um deles.

- A questão que creio que não será apenas nós nessa missão! Dava uma pausa analisando oque poderia ser feito. - Mas antes da estratégia, vamos falar da missão; Luis me falou que a vila Nadezhda fora atacada por piratas, vamos fazer o trabalho que a merda da marinha não faz! Me afastando do grupo me apoiava perto da mesa. - Vamos atrás dos sobreviventes e massacrar os culpados por esse ataque! Um sorriso determinado em meu rosto esperava que todos tinham entendido.

- Mas já vou adiantando, vamos trabalhar em duas equipes, além de vocês, precisarei de mais algumas pessoas para nos acompanhar! Voltando assim a olhar para Luis. - Velho, vou precisar de um grupo maior, a maioria dos presentes aqui vão atrás dos piratas que atacaram a vila, a segunda equipe ficará para pegar os sobreviventes e trazer eles em segurança para o castelo! Falaria para o velho sobre o plano, não que nessa altura precisaria da aprovação dele, tínhamos o mesmo grau de importância e poderia solicitar mais algumas cabeças para nos acompanhar.

- Bom quem liderará o segundo grupo será o Jake, o restante ficará comigo! Dava uma pausa então esperando que todos tivessem entendido. - Jake, como líder do segundo grupo dou a liberdade de escolher as pessoas que vão te acompanhar, darei trinta minutos para todos vocês se prepararem e me encontrar na frente do castelo. Assim finalizaria a conversa. - Dispensados!

Ordens foram dadas, a escolha de Jake para liderar o segundo grupo, era algo para ver se o mesmo estava pronto para subir em sua carreira como revolucionário, e essa missão aprecia ser perfeita para isso. - Bom se não temos mais nada para falar, estarei indo atrás da cabeça de um arrombado! Falaria me referindo ao capitão pirata responsável pelo ataque a vila.

Seguiria então caminhando para o Hall do castelo para assim esperar que o grupo voltasse a se reunir, quando o tempo fosse passando, me dirigiria para o lado de fora para que assim pudéssemos seguir para a missão. Do lado de fora do castelo, e com todos ali fora, voltaria a relembrar nossos objetivos, em seguida me viraria para Tom. - Acho que nem precisa mais eu pedir né? Hi Hi Hi! Falaria rindo para o rapaz, que tem sido o guia em todas as missões. - Pessoal estamos partindo, Tom será nosso guia, se mantenham juntos! Assim sairia caminhando junto do grupo rumo a vila arrasada.

Historico:
 

____________________________________________________

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
GM.Milabbh
Game Master
Game Master
GM.Milabbh

Créditos : 52
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySab 17 Out 2020, 15:51



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

NARRAÇÃO - ARCO 5: UMA BOA MORTE!


Winterfell Quarters - 11:00h

A fala do velho Luis era seguida por uma feição animada de Azura e sua falta de interesse em formalidades. Mesmo dizendo isso, ela não deixa de falar algumas palavras de incentivo para seus sobordinados e frizar a importância de salvar o povo da ilha.

Todos eram contagiados pela determinação da jovem revolucionária, e isso era mostrado em suas expressões. Ela então pedia mais um destacamento de revolucionários para que pudessem ir atrás de sobreviventes.

- Não se preocupe, reunirei quantos puder. - O velho já começava a olhar papeis, provavelmente em busca de nomes que poderiam ser usados.

Azura deixa Jake responsável pelo segundo grupo, e com um aceno respeitoso de cabeça, o jovem se junta ao velho para analisarem quem poderia ser chamado para a tal missão de resgate.

Dispensando seus companheiros, a comandante segue até a entrada do castelo, onde encontra com todos os que a acompanhariam na missão de limpeza. O pessoal do grupo de resgate também chega, e com a ordem de Azura, Tom lidera o grupo em direção a Nadezhda.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


O caminho era difícil como de costume, a neve parecia estar sempre presente naquela ilha, e todas as irregularidades do solo ficavam encobridas, mas por sorte, o sol iluminava seus passos e as tempestades de neve tinham dado uma trégua. Por isso, conseguiam chegar até o vilarejo no tempo estipulado. O que não contavam, porém, era o que encontrariam por ali.

POST 07

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Pendragon:
 

Considerações:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Falta de Humildade:
 


Última edição por Milabbh em Seg 19 Out 2020, 13:12, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptyDom 18 Out 2020, 23:20



A explicação da missão tinha ocorrido de uma forma bastante satisfatória, Luis não mostrava resistência sobre a ideia de ser enviada duas equipes para a missão. Poderia significar que o mesmo estava levando bastante a sério as minhas decisões, mesmo assim não estava confortável da ideia de ter sido cortada da reunião dos comandantes.

Com instruções dadas, dispensava todos para se prepararem, diferente das outras missões que não sabíamos oque íamos encontrar, tínhamos um alvo cravado, piratas. Não era um alvo habitual para nós da revolução, na maioria das vezes sempre tratamos bem aqueles que almejam a liberdade, a prova disso era o bando pirata que estava ajudando com a guerra, mas nem todos são iguais. “O seu direito acaba onde começa o dos outros.” O ditado que minha mãe muitas vezes proferia quando enfrentavam piratas sanguinários que só queriam ver o caos, e certamente os que vamos enfrentar eram desse tipo.

Já no pátio, não demoravam para todos estarem ali, oque me deixava bastante confiante, tempo ali seria crucial, achar sobreviventes e os responsáveis pelos ataques, se dermos sorte chegaremos a tempo para poder resolver tudo isso. Assim dava as ordens para Tom nos guiar, o que era o mais sensato, o garoto conhecia a ilha como a palma de sua mão e até o momento presente ele nunca errou o local da missão e isso eu apreciava bastante.

A caminhada até a vila começava, como de costume a caminhada não era a das mais fáceis, as armadilhas da própria natureza eram constantes na ilha, mas uma coisa era fato, estava começando a me acostumar, erros cometidos na primeira semana já nem poderiam ser repetidos. Até Elliot provavelmente estaria mais esperto com tudo aquilo, e isso me deixava bastante feliz, o garoto que antes falava com ninguém, estava entrosado em uma equipe, e pensar em tudo que ele pode ter passado em terralegre.

Mas minha felicidade era momentânea, logo chegávamos ao vilarejo de Nadezhda, esperava chegar e encontrar o local ao menos de pé, mas tudo que estava vendo era destruição, casas incineradas, não sabia se encontraria sobreviventes. Aquilo fazia apertar meu punho direito com tanta força, uma raiva vinha crescendo cada vez mais, como pessoas podem ter feito isso com inocentes, e como a marinha tem a ousadia de virar as costas para o povo que jurou proteger.

- Isso está errado! Falava dando alguns passos para frente em direção a vila, estava com raiva, pronta para esquartejar o primeiro pirata que entrasse em meu caminho, olhava em minha volta dando uma forte suspirada para poder voltar a centrar as ideias, não podia deixar a raiva tomar conta de mim, ao menos não naquele momento.

- Faremos que as pessoas que fizeram isso pague! Apesar de tentar controlar a raiva, tinha que ser dito, não planejava deixar nenhum dos piratas sair com vida. - Sabem suas atribuições, Jake leve a equipe de resgate, e procure por sobreviventes, se não estiverem na vila, procurem aos arredores, provavelmente alguém conseguiu fugir e se esconder! Dava uma pausa voltando a olhar para a equipe que ficaria comigo.

- Nós da equipe de “limpeza” vamos tirar o lixo para fora! Me aproximaria deles olhando para cada um, em seguida voltaria as minhas atenções para Tom. - Tom você que é bom com mapas, provavelmente é bom para rastrear, acho que poderá trabalhar bem com Elliot, em terralegre ele era responsável por rastrear caravanas de escravos! Com um olhar confiante em meu rosto, me viraria para o mink para ver se ele tinha entendido.

- Enquanto os dois procuram por pistas de pôr onde os piratas podem ter ido, o restante vamos averiguar o local, talvez possamos achar alguém junto com a equipe de resgate e conseguir algumas informações.

- Pietra, vá com a Alice, caminharei pela vila, alguém achar algo, me gritem! Assim dispersaria a equipe, estava estressada com toda aquela situação, não queria preocupar a pequena Alice, muito menos fazer ela presenciar minha forma obscura novamente, tinha de respirar e procurar por pistas.

Bom não era a melhor rastreadora que existia, mas poderia procurar por alguma coisa que poderia ser útil na caçada. Caminharia pela vila em busca de qualquer coisa que pudesse dar indícios de onde poderiam estar os piratas, claro andando sempre de guarda alta, não estava a fim de ser surpreendida por algum pirata remanescente na vila. Caso algum sobrevivente fosse encontrado, perguntaria oque tinha acontecido ali, e para que lado os agressores poderia ter ido, bom era o máximo que poderia fazer naquele momento, mas assim que alguém encontrasse algo, iria de encontro com essa pessoa para enfim bolar o plano seguinte.

Historico:
 

____________________________________________________

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
GM.Milabbh
Game Master
Game Master
GM.Milabbh

Créditos : 52
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySeg 19 Out 2020, 13:11



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

NARRAÇÃO - ARCO 5: UMA BOA MORTE!


Vila Nadezhda - 11:30h

O caminho seguia tranquilo apesar de um ou outro obstáculo natural, proporcionado pela neve e ambiente hostil. Azura estava feliz e se sentia mais acomodada naquele local gélido, e estava orgulhosa por ver como seus companheiros estavam.

O que não contava, porém, era se deparar com uma vila completamente queimada. O preto da madeira carbonizada contrastava com a neve alva, e fazia a paisagem parecer um tanto mais tenebrosa. Talvez a esperança de encontrar algum sobrevivente não devia ser muito alta, e isso fazia o sangue da comandante ferver.

Sua fala de indignação nem era ouvida pelos outros, que ainda estavam atônitos observando toda aquela destruição. Alice e Elliot olhavam com muita raiva em suas feições, enquanto os nativos da ilha estavam claramente sentindo dor profunda.

As ordens de Azura começavam a ser ouvidas por causa de sua escolha de palavras. Se tinha algo que os ali presentes queriam, era fazerem alguém pagar por tal barbárie. Todos estavam a postos, e ao ouvir sua atribuição, Jake acena com a cabeça e faz um sinal para que sua divisão o siga, e eles somem no meio dos escombros.

Enquanto isso, Azura falava com Tom e Elliot, que também entendiam suas missões e logo se dispersavam, bem como Pietra e Alice, que antes de saírem para buscarem vítimas em estado crítico, se detêm para que Pietra fale.

- Sabe... No nosso idioma Nadezhda significa esperança, acho que essa é a pior parte. - Era visível que a moça estava abalada, e Alice logo se adiantava para confortá-la e saírem em sua missão. Deixando a comandante sozinha.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Azura andava por alguns minutos e só via construções carbonizadas, além de eventuais cadáveres irreconhecíveis. Nada era encontrado, por mais que a revolucionária procurasse, qualquer pista que tinha ali, o fogo e a neve fizeram questão de apagar. Isso era realmente desmotivador, será que os piratas que fizeram isso sairiam impunes?

- Ora, ora, se não é a "princesa"... Fiquei me perguntando onde teria se escondido. - Aquela voz não era estranha, pelo contrário, era bem familiar e voltava lá de Terralegre. Anna estava aqui.

POST 08

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Pendragon:
 

Considerações:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Falta de Humildade:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySeg 19 Out 2020, 15:18



Indignada com tudo que estava vendo, não podíamos perder tempo, tanto para encontrar os piratas que causaram isso, ou até encontrar os sobreviventes, não sabíamos qual sereia a condição que eles seriam encontrados. “Tempo é crucial nesse momento, distingue entre a vida e a morte!” Pensava atribuindo as tarefas a todos, caminhava olhando toda aquela cena hedionda a minha frente, quando Alice e Pietra se afastavam escutavam as duas conversando.

E saber o significado do nome da vila, me deixava um pouco mais abalada, apertava meu punho com força, minha vontade era encontrar esses piratas e ir estripando cada um, para sentirem a dor que causaram a essas pessoas. - A escuridão está ao meio daqueles que deveriam viver a luz da liberdade! Falava para mim mesmo, analisando os possíveis inimigos.

Caminhando pela vila, não conseguia achar nada de útil, muito pelo contrário, conforme a caminhada seguia, encontrava cadáveres carbonizados a nível de não conseguir distinguir quem era, poderia muito bem ser uma criança e só de pensar nisso, alimentava cada vez mais minha raiva, vidas de pessoas sendo interrompidas pela ganância das crias da escuridão e como guardiã do céu era meu dever destruí-los os levando ao julgamento de Urias. Retirava a garrafa dos meus pertences afim de beber um pouco para poder dissipar a raiva, como se fosse possível, com a garrafa em mãos daria alguns goles para poder tirar minha mente de tudo aquilo, mas pelo visto não era possível.

“As coisas nessa ilha mostram o quanto precisam de nós, a escuridão tenta atingi-la de todos os lados, seja pelo hediondo governo ou por aqueles que são livres mas têm a escuridão em seus corações!” Urias falava em minha cabeça, concordava com cada palavra proferida pela mesma.

Suspirava após ver tudo aquilo, guardava a garrafa novamente e esperava que a esquipe de resgate tenha tido sucesso, ou até mesmo os outros para encontrar os rastros dos piratas. - Isso é tão revoltante, uma vila que teve a marinha dando as costas para ela… Temos que livrar essa ilha da marinha e desses piratas, Arstotzka se tornara um exemplo de liberdade para o mundo! Falaria pensando no fim da guerra e na nossa vitória, estava determinada para lutar por aquele povo.

Caminhando pelo local, escutava uma voz familiar me chamando de princesa, quando olhava na direção que vinha essa voz, rapidamente associava a voz a pessoa. A filha da puta da caçadora que tinha me sequestrado no farol e me levado a terralegre, ela definitivamente tinha me achado em um momento muito, mas muito ruim. “A agente da escuridão que tira a liberdade das pessoas por dinheiro!” A voz de Urias ecoava como se tivesse marcando um alvo a minha frente, a mulher não precisaria me falar duas vezes para surrar essa puta até o inferno, mas o momento não era propenso estava em meio a uma missão.

- Olha se não é a meretriz do farol! Dava uma pausa dando alguns passos pelo local. - Você não sabe a raiva que tenho de você, mas agora tenho peixes maiores para lidar do que uma mera caçadora! Um sorriso em meu rosto era visível enquanto falava com a mulher. - Acho melhor você sair da minha frente, ou caso queria me atrapalhar, mostrarei o porque de você não deveria ter me sequestrado em um momento vulnerável! Tentava intimidar a mulher, realmente não estava com tempo para lidar com ela, tinha a missão para poder lidar. - Veja isso como uma caridade, pois se fosse em um momento completamente diferente, você estaria de baixo da minha bota nesse exato momento.

Assim sairia do local seguindo direção de onde poderiam estar meus aliados, realmente não estava com tempo e nem paciência para lidar com a caçadora de recompensa, mas não a subestimaria, estaria sempre em guarda alta, para não ser surpreendida por ela ou seus subordinados, e caso ela me atacasse ai sim, extravasaria toda a minha raiva reprimida por ela e pelos piratas ali e agora.

Caso ela tentasse me atacar, bloquearia colocando os braceletes da manopla na frente a fim de aparar o golpe, em seguida me distanciaria para poder ter uma visão melhor do lugar e do meu alvo. Mas caso ela não atacasse e me deixasse em paz iria de encontro com Elliot a fim de ver se encontraram alguma coisa que nos levasse até os piratas.

Historico:
 

____________________________________________________

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
GM.Milabbh
Game Master
Game Master
GM.Milabbh

Créditos : 52
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySeg 19 Out 2020, 16:50



[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

NARRAÇÃO - ARCO 5: UMA BOA MORTE!


Vila Nadezhda - 11:45h

Por mais que tentasse distrair seu pesar e rancor com alguns goles de sua bebida, logo percebia que de nada adiantava. Aquela cena estava gravada na mente de Azura, seria difícil deixar de vê-la no futuro. No fim, ela só esvazia um pouco mais seu cantil e não chega a lugar algum.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A voz de Urias chegava sorrateira e tomava conta dos pensamentos da comandante, que concordava com o que sua mentora fantasiosa dizia até eu tenho que concordar. Ela guardava seu cantil com determinação, queria deixar a ilha como ela era antes da marinha chegar... Não, queria deixá-la ainda melhor do que antes!

Isso a fazia caminhar perdida em seus pensamentos sobre o futuro e seus companheiros, será que haviam achado algo? Contudo, seus devaneios eram interrompidos por uma voz que despertava uma raiva intensa em Azura, e se intensificava ao ser associada com a face de Anna, que ouvia as palavras da revolucionária com um sorriso irônico no rosto.

- Eu sob sua bota? Haha, pelo o que me lembro, não foi assim da última vez que nos encontramos... Na verdade, foi bem ao contrário. - Seu sorriso aumentava ainda mais e ela caminhava em volta de Azura. - Eu até lhe deixaria ir também sabe? Mas acontece que sua recompensa deu uma aumentada, e eu to precisando de grana... - Ao falar isso ela fazia sinal de dinheiro e corria com tudo em direção à revolucionária.

O ataque da caçadora é repelido pelas manoplas de Azura, mas ela não percebe que era tudo um truque sujo. Em um movimento ágil, Anna se abaixa e chuta as pernas da comandante, que cai na neve gélida.

- Vejamos quem vai ficar sob a bota de quem agora, "princesa"! - A caçadora levantava seu pé, se preparando para pisar no pescoço da revolucionária.


POST 09

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Pendragon:
 

Considerações:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Falta de Humildade:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kenshin Himura
Comandante Revolucionário
Comandante Revolucionário
Kenshin Himura

Créditos : 26
Warn : Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 24

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 EmptySeg 19 Out 2020, 23:12


A presença da caçadora querendo ou não era uma surpresa, além de um empecilho, não era momento para poder lidar com assuntos do passado, mesmo nutrindo sentimentos ruins para com a moça, já que foi a mesma que tinha me sequestrado no farol em meu momento mais vulnerável. Não tinha tempo para ficar remoendo lixo, assim apenas a dispensava para poder voltar as minhas atribuições.

Quando ia me afastando a mesma se vangloriava por me capturar da última vez, aquilo me fazia dar um sorriso de canto de boca, era cômico ver a mesma se gabar de um feito no qual eu estava desacordada sem chances de se defender, mas também após enfrentar um bando inteiro sozinha era o mínimo que poderia esperar acontecer. - Você se vangloria por uma covardia, você é engraçada, para não dizer patética! Certamente a mulher não seria nada mais do que um atraso para mim naquele momento, e tinha assuntos mais importantes para lidar.

Em seguida a mesma dizia que poderia sim me deixar ir, mas que minha recompensa tinha aumentado, oque para mim não seria uma surpresa depois de tudo que causai naquela ilha, o governo provavelmente prestaria atenção em meus movimentos. Mas o fato de eu nunca ter chegado a encontrar um cartaz com a minha recompensa, então não tinha ideia de quanto valeria naquele momento.

Mas antes que eu pudesse falar algo, ou apenas sair, a mulher vinha em minha direção, desferindo um golpe contra mim, rapidamente graças aos meus reflexos, conseguia bloquear o golpe com sucesso, mas a mesma utilizava de uma tática que eu mesmo já usei diversas vezes, aproveitava da minha atenção para poder se abaixar e desferir uma rasteira contra mim. Quando caia ao chão um pequeno sorriso se via em meu rosto, apesar de estar com raiva, não podia negar que a mesma fora esperta.

Ela proferia algumas palavras para enfim desferir um chute em meu pescoço, aquele tempo daria o suficiente para poder preparar uma reação, a mesma nunca chegou a me ver lutando, muito menos sabia das habilidades que tinha conquistado desde o farol. Podia dizer que a Azura do farol era uma pessoa completamente diferente da Azura que estava presente naquela ilha, e ela certamente não poderia ter escolhido um dia pior para entrar em meu caminho.

- Soru! Era a única palavra que sairia da minha boca daquele momento, utilizaria do rokushiki para poder me reposicionar, mas não para poder me afastar e ficar em uma distância segura, utilizaria da super velocidade da habilidade, para assim ficar atrás da mulher já saltando para ficar com as botas na altura do tronco da mulher. Era hora de utilizar as botas novas, e suas lâminas, não era mestre em utilizar aquilo, tentaria imbuir a perna direita com o meu Haiki e em movimento na horizontal da esquerda para direita, daria um chute com o máximo de força possível visando acertar o busto da mulher.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Caso a mesma percebesse o golpe e tentasse se esquivar, utilizaria da minha aceleração para dar um segundo impulso e efetuar o golpe, mas caso ela tivesse bloqueado, tentaria usar o bloqueio para forçar a mesma e jogá-la para longe assim efetuando o golpe de qualquer forma mesmo que não fosse tão efetivo caso ela não bloqueasse.

Efetuando o golpe daria várias cambalhotas a fim de tomar distancia e poder ter uma visão melhor do combate, pararia de pé, e com movimentos bruscos com os braços em movimento em “X”, liberaria as garras da minha manopla, estava com sede de sangue, já a algum tempo, e era um momento oportuno para testar as mesmas.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Assim agora estava apta a ficar na minha posição de combate, colocando os dois braços no chão, me dando os quatro apoios animalescos, com um sorriso no rosto, assim que visse a caçadora começaria uma corrida em sua direção, utilizando da minha aceleração para atingir o ápice da velocidade o quanto antes. Quando tivesse em uma distância media da mesma, utilizaria do soru para poder dar um salto em sua direção, e com a palma da mão reta arquearia o braço para desferir um grande arranhão na caçadora, tentaria acertar o tórax da mesma, pois não estava a fim de acabar com a luta tão rápido, queria fazer ela sofrer.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Caso a mesma tentasse se esquivar do golpe saltando, assim que caísse tentaria cair nos quatro apoios e em seguida dar um segundo salto na direção da mulher para que assim o golpe fosse efetuado. Mas caso a mesma bloqueasse, tentaria usar do bloqueio da mesma para empurrá-la e em seguida, mantendo apoio com a perna esquerda no chão, tentaria dar um giro desferindo um chute tentando acertar a lâmina da minha bota nos braços da mulher.

Por último, saltaria para tomar distancia, sempre tomando cuidado para não ser pega de surpresa, ou coisa do tipo, não deixaria espaço para a mulher se reorganizar, em quatro apoios correria na direção da caçadora, quando tivesse bem perto da mesma, utilizando de artifícios de luta de rua, tentaria fazer a neve se levantar para dificultar a visão da mesma, assim utilizando do Soru tentaria me posicionar no ar em cima da garota, com o braço direito tentaria desferir o golpe visando acertar a cabeça dela, e em seguida com o esquerdo desferiria um segundo soco com o máximo de força possível na lateral do corpo da mesma para poder jogar a mulher para longe.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Caso a mesma tentasse bloquear o golpe ou desviar, tentaria mudar a trajetória para conseguir desferir o golpe, mas caso a mesma tentasse um contra ataque, utilizando dos braceletes da manopla, faria um X com os braços para assim absorver o impacto. Em seguida voltaria a correr para efetuar o golpe.

Apos tudo isso, daria várias cambalhotas para me distanciar, terminando em meus quatro apoios, observando o cenário de batalha afim de saber quais seriam os próximos movimentos.

Historico:
 

____________________________________________________

Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 >
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Sempre estarão comigo:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.onepiecerpg.com/t33737-cla-shadows-league
Conteúdo patrocinado




Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Arco 5: Uma boa morte!   Arco 5: Uma boa morte! - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Arco 5: Uma boa morte!
Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Arstotzka-
Ir para: