One Piece RPG
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Arriscando a sua vida pelo objetivo - O Despertar do Rei da Destruição
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 17:44

» Enuma Elish
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 17:09

» A inconsistência do Mágico
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 16:34

» Mep-Ruriel
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Ruriel o Ruivo Hoje à(s) 16:28

» [Mini-Ruriel]
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Ruriel o Ruivo Hoje à(s) 16:24

» O Regresso do Anjo Torto
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor DanJo Hoje à(s) 15:18

» Meu nome é Mike Brigss
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Shiro Hoje à(s) 14:38

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 14:05

» [MINI - Gates] O Pantera Negra
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:46

» Xeque - Mate - Parte 1
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor TheJoker Hoje à(s) 13:31

» Art. 4 - Rejected by the heavens
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 12:50

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Furry Hoje à(s) 11:20

» [M.E.P] Joe Blow
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:56

» [Mini-Aventura] Joe Blow
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 09:55

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor gmasterX Hoje à(s) 09:54

» [M.E.P] Veruir
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:16

» [Mini-Aventura] Veruir
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:14

» Mise en place
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 07:24

» I - A Whole New World
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Makei Hoje à(s) 07:01

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Emptypor Skÿller Hoje à(s) 04:45



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptySex 04 Set 2020, 15:06

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Tony Redstorm. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptySeg 07 Set 2020, 20:56



Bastardos Inglórios

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Sem consequências? É, bem. Parecia ser um privilégio enorme ou mesmo só um pretexto para cometer erros e sair impune. E digamos que sou profissional em cometer erros então talvez… Só talvez não seja uma má ideia, embora eu odeie do fundo do meu coração todos esses fardados de merda. Ainda assim, é um pé no saco ter que ouvir esse cara falando comigo toda vez que encontra uma oportunidade, e depois de ceder, decidi só soltar um suspiro e fechar os olhos enquanto baixava a cabeça ponderando sobre o assunto. - E não tem nenhuma outra forma melhor de conseguir dinheiro aqui além de lavar a cueca do superior e a louça nas horas vagas? - Diria em um tom desinibido e levemente provocativo para o marinheiro. Um sorriso sutil no lado do meu rosto surgiu junto do deboche.

Digamos que minha relação com o governo e os “detentores da lei” nunca foi tão dentro dos conformes ou mesmo agradável. Chegava a ser repulsivo ver marinheiros exalando orgulho de sua profissão, entretanto nem todos eles podiam ser culpados pelas maçãs podres. - Bom, vá na frente então. Eu te alcanço depois. - Diria para o tal médico que insistia em criar laços comigo, qual era o apelido que eu dei pra ele mesmo? Até isso eu conseguia me esquecer. Enfim, fazer o quê. A verdade é que só estava enrolando-o para que me perca de vista de uma vez. Se me perguntasse o motivo de ir depois, daria de ombros despreocupadamente e suspiraria - E isso importa? - Findaria andando por aí, procurando alguma coisa que se revelasse atraente ou possivelmente uma forma de conseguir dinheiro e sair daqui o quanto antes. Minha vida acabou sendo uma corrida, transitando de lugar para lugar, depois que meu lar simplesmente explodiu.








Objetivos, Ficha, NPC & Histórico:
 

00F:
 

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 25
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptyTer 08 Set 2020, 16:49




Ato 157

Loguetown ~ ??:?? ~ 26º



Loguetown não era nada diferente do costume a aquela época do ano. A noitinha chegava assim como as lojas e bares noturnos, que não desperdiçavam esforços em destacar suas belezas mais complexas e chamativas para atrair o maior número de clientes beberrões possível. Damas, garotas e até cortesãs começavam a transitar pelas ruas mais escurinhas trazendo seus perfumes de cheiro forte e doce e seus cabelos entrelaçados ou lisos que esvoaçavam com as brisas salgadas do mar.

Alguns prédios começavam a acender a luz, assim como os postes metálicos nas ruas. Os poucos que caminhavam uniformizados vinham de distritos operários e iam para casa, com o semblante cansado e roupas sujas. Poucos rapazes e homens conversavam nas esquinas, se despedindo para uma noite de descanso antes de começar tudo de novo no outro dia. Outros se reuniam para conversar e fumavam cigarro ou tomavam um gelado caneco de cerveja. Afinal estavam aproveitando o pós-turno.

O herói então se encontrava em uma larga e longa avenida, talvez a principal da cidade. Via disposta em suas calçadas diversas pequenas lojas, via lojas de roupas, floriculturas, marcenarias e carpintarias. Era atrativo aos olhos ver como as pessoas se comportavam ao observarem os itens a venda. Jovens garotos saltavam de emoção ao verem as lâminas e as armas atrás de um vidro transparente, moças sorriam ao verem roupas e adornos. Ocorriam acasos onde viam também garotas se encantarem um uma espada ou um rifle ou rapazes comentarem sobre roupas bonitas e bem elegantes.

Tony da tempestade vermelha via Loguetown, talvez como ele nunca tinha visto antes. Amplas oportunidades e diversos caminhos que poderiam ser traçados. Suas habilidades e suas capacidades mentais e físicas nunca estiveram melhores.

O que ele faria?

OFF:
 
NARRAÇÃO - I

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptySex 11 Set 2020, 16:23



Se eu quisesse tua opinião...

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Passos incertos que tateavam um lugar totalmente desconhecido. Nunca fui de explorar muito, meus olhos jamais perceberam a tal beleza da novidade ou do exótico. Sem tantas opções, minha única perspectiva era encontrar uma forma de sobreviver e matar o tempo até que o próprio relógio ou outra coisa me matasse. Com o menor tédio possível até lá, e isso incluía comer mais pizza e espancar mais algumas caras. Algo que com certeza exigiria uma arma.

Pelo menos uma que eu saiba usar, algo que não tenho já faz um bom tempo. Com um pequeno objetivo em mente, anotei o rumo que minha mente decidiu trilhar e fui até uma das lojas de arma. Atípico ver que garotas se interessam por essas coisas, mas eu não diria que era algo ruim. - Pode esquecer, você não vai saber como usar isso. - Falaria esboçando um sorriso provocante para alguma garota enquanto apontava para a espada que capturou seu olhar. Irritar as pessoas sempre foi o melhor remédio que já experimentei. E bem, faz algum tempo que não brigo com ninguém.

Sem demorar muito ali, prosseguiria até o balcão com as mãos nos bolsos procurando meu dinheiro. Um investimento no futuro, é claro. - Vou levar uma dessas espadas. - Não estava com saco para barganhar ou ficar de enrolações hoje. Esse nunca foi meu ponto forte mesmo. Tudo que me restava seria analisar o material e ver se era no mínimo aceitável, e depois, procurar alguma pousada pra passar a noite num lugar onde não tenho lar.









Objetivos, Ficha, NPC & Histórico:
 

00F:
 

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 25
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptySeg 14 Set 2020, 15:26




Ato 157

Loguetown ~ ??:?? ~ 26º



A garota bufava com aquilo. – Você não sabe com quem está falando... – Também sorriu, porém com uma crescente raiva interna. Ela continuava olhando para Tony, mesmo espreitando a chamativa espada de canto de olho. As duas garotas que estavam com ela se sentiam desconfortáveis com aquilo, a expressão delas claramente demonstrava que queriam ir embora. – Lana, vamos, deixe esse idiota pra lá. – Sugeriu a loira.

De fato, a lâmina que a garotas olhavam era bem diferente das outras no interior, sobre as prateleiras, da loja. Ela tinha sua bainha negra com linhas douradas. Um desenho de algum tipo de animal parecia enfeitar a bainha. Seu cabo, de vários fios pretos e dourados, também era bem inusitado, diferente de outra espada. Seu preço era exorbitante assim como o nome espalhafatoso dela: “Rasga Sangue: setecentos e cinquenta mil berries”.

As garotas saíam, mas aquela chamada por Lana ainda olhava na direção de Tony.

Dentro da loja o rapaz via que o vendedor já se preparava para fechá-la. Guardava alguns papeis e limpava as prateleiras e mostruários pela loja. – Meu último cliente de hoje! Veio ao lugar certo! O que deseja? – Sorriu simpaticamente. – Claro, é pra já! – Exclamou animado o vendedor. Ele já era um senhor de idade avançada, mas se movimentava como um garoto quando o assunto era vender armas. – Temos estes modelos aqui, são simples, mas são “ferro” pra toda obra! Hehahehaheha! – Sorriu. Os preços variavam entre trinta mil e quinhentos mil. – Qual lhe chama mais atenção? – Indagou.

As espadas que eram dispostas eram em sua maioria bem simples, algumas continham algum adereço estético como desenhos na bainha, um nó de corda mais grosso do cabo ou a lâmina um pouco mais curva ou estendida, porém em sua maioria não variavam tanto. O vendedor, por sua vez, aguardava o tempestade vermelha responder.

NPC Comum  CC6600 / FF6633


NARRAÇÃO - II

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptyQui 17 Set 2020, 20:06



Se eu quisesse tua opinião...

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Eu não me lembrava direito de quando acabei tornando-me tão… Assim. Na verdade, eu não costumo lembrar de quase nada, nem mesmo do meu café da manhã. Espera, eu comi algo? Só tenho uma certeza: A ausência de medo no meu semblante não é e nunca foi bravura.

- Então prove. - Levantei um dedo e um sorriso sutil provocando mais uma vez enquanto dava as costas adentrando a loja. Cara, sinceramente eu estava bem entediado e um pouco de perigo me faria muito bem. Um pouco não, muito.

Contemplando por alguns segundos aquela belezinha imaginei o que poderia fazer com aquilo - a espada, não a garota -. Talvez morrer com um adorno bonito na bainha, ou matar alguns patifes e conseguir mais dinheiro. No fim, quase todo rico é feliz, não é? Então quem sabe eu não encontre alguma solução nisso. Dentro da loja não pensei em enrolar muito, com os bolsos furados do jeito que eu tô não existe nem tempo pra ficar babando na vitrine. Quando indagado, responderia preguiçosamente - O que couber no meu bolso - Bocejando pegaria trinta mil deixando no balcão, esperando pela espada. Mas por hora, não tinha a intenção de usá-la. Não com as minhas mãos. Honestamente, a tal da Rasga-Sangue parecia ser bem mais atraente, e sou um homem monogâmico quando o assunto são espadas.

Saindo da loja com a espada meia-boca, jogaria-a embainhada para a garota segurá-la se ela ainda estivesse ali. - Vamos fazer uma aposta. Prove que estou errado e leve a espada. Promoção Imperdível! Estou precisando de um corte de cabelo novo, sabe? - Abriria ainda mais o semblante alegre, na real intenção de irritá-la puxando uma mecha enquanto dava alguns passos para frente. Esticando a ponta com a mão, deixaria o fio estendido. - Se não tirar meu ombro fora, pode levar a espada. Ou me corta, tanto faz na real. - Dei de ombros, ainda sorrindo. As batidas do meu coração acelerariam brevemente perante a ansiedade. No fim, ela poderia simplesmente sair dali com a espada sem fazer nada. Mas isso não importa.

Os olhos que fitavam o perigo sem medo, escondiam uma covardia. Em fato, eu tinha medo de viver. E o perigo era a única coisa que fazia meu coração bater, e a vividez surgir.

Será que seria hoje?







Objetivos, Ficha, NPC & Histórico:
 

00F:
 

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 25
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptySeg 21 Set 2020, 08:50




Ato 157

Loguetown ~ ??:?? ~ 26º



Já dentro da loja o vendedor se alegrava com a nova venda, talvez a última daquele dia. – Certo, certo. – Correu até uma das bancadas de madeira protegidas por uma tela de vidro, puxou a tela para o lado, arrastando-a, e retirou uma espada simples. Seu cabo era de tecido rígido e amarrado e a bainha era verde com duas linhas verticais de cor branca que desciam do cabo até a base da bainha. Um laço também verde no cabo finalizava o retoque da lâmina. – Aqui está esta belezinha. Heh. Toda sua! – Abriu um largo sorriso de contentamento.

Não tardou para que Tony saísse da loja, ainda encontrando Lana alguns metros a frente observando outras vitrines com suas amigas, a próxima era de sapatos e elas, menos Lana, estavam boquiabertas com os modelos da última temporada de moda. – Olha que lindo este! Lana, presta atenção aqui! – Disse uma que tentava chamar a atenção de sua amiga, ao qual voltava a perceber o Redstorm, agora com uma espada em mãos.

Subiu a sua mente, talvez, que talvez seria a hora de provar o que o rapaz queria. Ela era surpreendida pela espada voando em sua direção, as garotas arregalavam os olhos com aquilo e retrocediam rapidamente, mas Lana, com reflexos bem apurados, pegava a espada pela bainha sem estremecer nem um pouco. “Uau!”, sussurraram as garotas ao verem aquilo.

Ouvindo o que o rapaz de cabelos brancos e atitude inconsequente dizia Lana abria um breve sorriso. Suas mãos delicadas empunhavam o fio com um certo conforto e até mesmo habilidade. Ela não segurava a espada brutamente como alguém tentando usar algum tipo de objeto pela primeira vez sem nenhum conhecimento, não, ela sabia muito bem o que estava fazendo. – Você é muito idiota. – Parou por um instante, fechou os olhos, colocou a espada ao seu lado e puxou a lâmina com velocidade. – Hunf! – A garota rasgou o ar, a espada não era nem mais visível a olho nu devido a alta velocidade que atingia. “Vuuum!”, gritou o vento que balançava o cabelo de Tony.

Toma essa porcaria. – Disse embainhando a espada e a entregando ao rapaz. – Eu não sujo minhas mãos com essas tranqueiras. Se você se diz um espadachim de verdade não deveria sair andando com brinquedos como este. – A mão estendida ia na direção de Tony, segurando a lâmina embainhada.

Em uma mão do rapaz estava a outra parte de seu fio de cabelo, intacto, porém, com um perfeito corte mediano.

NPC Comum  CC6600 / FF6633

Histórico:
 

NARRAÇÃO - III

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptyTer 29 Set 2020, 03:57



Se eu quisesse tua opinião...

Post largado no trajeto do moonwalk.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Os batimentos subiram de imediato perante o perigo. É claro, embora eu fingisse muito bem, ou pelo menos tentasse fingir depois de tanto tempo, ainda sentia algo dentro do meu peito. Uma lembrança do meu instinto de sobrevivência, a preservação. A droga que eu tanto usava pra tentar encontrar um pouco de diversão por hora. Sentindo o som do ar rasgando próximo de minha cabeça e mão, deixava meu coração vibrar naquela dança cortante. E essa sensação era boa. Sentir, era bom, na verdade.

Não existe nada pior do que o vazio.

Daria alguns passos para longe da espadachim depois da peça teatral, largando meu cabelo e tentando esconder o peito ofegante. - Isso só prova que você é uma boa cabeleireira. Parabéns, inclusive. - Iria bater uma palma e sorrir de maneira provocante, como sempre. Um sorriso tão mentiroso feito tantas vezes, que tornou-se natural. Mas é claro, ainda era interessante irritar as pessoas. Cada bufada de raiva, era uma piscadela de diversão para os meus olhos. E talvez uma faísca, uma ideia. - Já que você já deu seu showzinho pras amigas, me diz - Pegaria a espada despreocupadamente, apenas guardaria-a em minha cintura. Mas estava bem longe de querer usá-la - Quem te ensinou a cortar cabelo desse jeito? - Esperaria alguns segundos e tendo a resposta, pensaria mais um pouco no assunto. - Enfim, te vejo por aí. - Daria as costas e levantaria a palma estagnada no ar como uma despedida. Provavelmente iria atrás desse cara, ou de algum outro trabalho. Só tinha preguiça de perguntar pros outros onde e como.

Talvez bater no mestre de alguns novatos como o dela renda algum público e dinheiro, sei lá? Honestamente, eu nunca tive as melhores ideias. Mas todo mundo tem que começar de algum lugar. Ninguém quer dormir na rua. Isso já é sentir demais. Sentir a cabeça, o pescoço, a coluna, tudo na manhã seguinte. É sentir demais até pra mim. Fala sério.






Objetivos, Ficha, NPC & Histórico:
 

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 25
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptyTer 29 Set 2020, 23:12




Ato 157

Loguetown ~ ??:?? ~ 26º



- Cortar cabelo? – Ela bufava de raiva, olhava pra ele penetrantemente como se estivesse lançando adagas em seu rosto. – Ta me tirando? – Explodiu. Suas amigas a puxavam pelo braço. – Deixa esse maluco pra lá, vamos embora. – A loira também olhava para Tony, porém era mais curiosidade do que desafio. O vento gelado tocava a pele do rapaz. A noite estava próxima e parecia que iria chover. Um transeunte qualquer via aquela cena, do outro lado da rua, e comentava com quem lhe acompanhava.

Pois bem, a personalidade forte de Redstorm era bem singular, porém não deixava brechas para outras interpretações, ele era bem direto quanto ao que dizia e quanto ao que fazia, e tudo isso com muita... individualidade. – Você não merece esse tipo de treinamento. Você usa a espada para diversão... Merda...  – Por alguns segundos era visível que a garota parecia ter caído em si quanto ao que fez. Seus olhos de arrependimento corriam pela calçada e paravam frente aos olhos de Tony. – Jax. – Disse antes de sair.

Finalmente ele tinha conhecimento do nome de quem provavelmente treinou a garota. Interessante era que o nome parecia tão comum. Será que transpareceria toda a habilidade que a Lana demonstrava?

Bem, o nome ele já tinha restava então procurar por tal. E como ele faria isso? As ruas a este momento começavam a “trocar o tipo de movimento” que por ali transitava. Era esperado que durante o horário comercial as multidões seriam repletas por trabalhadores, vendedores e operários, mas ali era mais composta por turistas e casais a passeio. Um cruzamento largo e bem movimentado parecia ser o centro daquele bairro, ele estava a duas ruas adiante. Um pequeno beco se localizava ao lado da loja de armas, ao qual Tony comprou a espada, o beco era bem sujo e fedido, nada anormal. Do outro lado da rua um pequeno bar e restaurante abria as portas, o provável dono do estabelecimento gargalhava com um rapaz que com ele conversava.

Bem longe de onde Tony caminhava era visível algumas embarcações. O porto da cidade acabava de receber um galeão. A bandeira não era da marinha, e muito menos parecia ser de uma companhia de pescadores.

NPC Comum  CC6600 / FF6633
Lana 9966ff

OFF:
 
NARRAÇÃO - IV

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Toda vez que eu fecho os meus olhos, para não derramar lágrimas, o meu jardim mais regado, floresce minh'alma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dante
Orientador
Orientador
Dante

Créditos : 2
Warn : Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada 10010
Masculino Data de inscrição : 30/03/2013
Idade : 21
Localização : Vivo me perguntando onde

Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada EmptyDom 04 Out 2020, 02:18



Se eu quisesse tua opinião...

Eu tirava é na porrada
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




- E quem disse que eu quero ser treinado? Heh - Dava as costas sem olhar pra trás, vendo somente o mundo que havia à minha frente. Qual será o segredo que ele guardava, em que todo mundo tinha um objetivo concreto, e eu, só fragmentos? Bom… Pelo menos agora eu tenho um nome. É um começo.

Coçando a cabeça, olhava para toda aquela paisagem nova de Loguetown. Conomi island parecia ser só uma vila de caipiras perto disso aqui, mas não dá pra dizer se é algo melhor ou pior. Mas a primeira coisa a chamar minha atenção, ou melhor dizendo, meu paladar, foi o bar. Já fazia algum tempo que não bebia algo, e talvez daqui algumas horas já tivesse um espaço pra mais pizza. - Whiskey com gelo. - Já estaria tentando me sentar em algum lugar livre perto do balcão enquanto pedia ao barman. Não importava-me em interromper sua conversa. Aliás… Seria até bom um pouco de silêncio.

“Só espero que seus copos sejam bem limpos.”

Eu precisava de um tempo, um descanso. Puxar cordinhas pra lá e pra cá num navio por uma ou duas horas - talvez meia - era demais pra mim. Nós seres humanos fomos feitos pra descansar ao anoitecer, certo? Esse tipo de coisa nunca deveria ter mudado.

“O que será que era aquele navio mais cedo?”

Com o antebraço sobre o balcão, esperaria a bebida e assim que chegasse, trataria de dar alguns bons goles aos poucos. Queria aproveitar ao máximo, já que esse era um dos poucos momentos que eu realmente gostava de dar atenção à cada detalhe. - Então… Sabe onde tem alguma pousada ou lugar pra largar corpo morto por aqui? - Dizia de maneira casual, embora a última sentença fosse mais um maneirismo meu do que piada ou verdade. Esvaziando o copo, pensava nos meus passos seguintes. Dormir ou comer.

- Você sabe onde o espadachim Jax mora hoje em dia? - Continuaria com o semblante despreocupado, deixando escapar um bocejo pensando no quão bom poderia ser meu travesseiro hoje. Melhor que o da minha falecida cama, espero. - Um velho amigo meu… Tenho saudades, sabe? - Não esperava que ele engolisse todas minhas mentiras, ninguém nunca cai. Mas, o simples fato de me explicar, criava um conforto.







Objetivos, Ficha, NPC & Histórico:
 

____________________________________________________

Tiro de sorte? Sorte é não tomar um tiro meu
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty
MensagemAssunto: Re: Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada   Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: