One Piece RPG
A inconsistência do Mágico - Página 5 XwqZD3u
One Piece RPG
A inconsistência do Mágico - Página 5 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» 2345MEIA78, Tá na hora de molhar o biscoito
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Vincent Hoje à(s) 03:26

» Ficha - Montmorancy Abigail Stephenarth
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:24

» Montmorancy Abigail Stephenarth
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:23

» Garanhão Mustache
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:15

» Dragunov
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 02:13

» Carregada de Culpa / Amanhecer em Prata
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Masques Hoje à(s) 02:02

» Uma promessa ao céu
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 00:29

» O som das ondas é o meu chamado... Adeus, meu filho!
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Minerva Yesta Hoje à(s) 00:09

» Richard Bright
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor TerryBogard Ontem à(s) 23:44

» Uncontrolled: Drinks and Violence
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Mad Ontem à(s) 23:12

» Takamoto Lisandro
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:08

» Pandemonium - 9 Brave New World
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 21:15

» Um Encontro Destinado
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Cloe Kaminari Ontem à(s) 19:48

» Ep 1: O médico e o marinheiro
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Wild Ragnar Ontem à(s) 19:30

» [MINI - Matheo] Sons de explosão
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Matheo Ontem à(s) 19:09

» Bebida, Mulheres e Teimosia
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 18:27

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 18:26

» Cap. 1 - Pirate's Glory
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 17:49

» Steps For a New Chapter
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor GM.Milabbh Ontem à(s) 16:35

» [Mini-Mila] - Último Capitulo
A inconsistência do Mágico - Página 5 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 16:34



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 A inconsistência do Mágico

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 77
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyTer 25 Ago 2020, 18:26

Relembrando a primeira mensagem :

A inconsistência do Mágico

Aqui ocorrerá a aventura do(a) agente do governo Kebara Oniguchi. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyQua 11 Nov 2020, 03:24


Free?


"Uhhh... Livre hmm" Um flashback do mar passou em sua cabeça, lembrava-se da diferença entre as liberdades. No mar com sua família, por mais que estivesse "preso" dentro de um barco, as possiblidades eram infinitas, agora que estava "solto no mundo" via-se amarrado ao governo e suas obrigações."Eu acho que só queria descansar um pouco, talvez me juntar ao governo tenha sido um impulso desgraçado... mas... O que eles fariam?" Pensava em sua família novamente, eram todos unidos, mas ao mesmo tempo não se tornavam dependentes uns dos outros, cada um tinha sua função e de resto a liberdade era total deles... Liberdade...

Sua mente divagava sobre o conceito de liberdade que queria até ouvir a voz de Kalista se despedindo dele. - Ótimo trabalho também... E mais uma vez o silêncio externo era engolido pelas diversas ideias e pensamentos na cabeça de Kebara. Espreguiçava e afofava seu chapéu. O gentil toque no chapéu fazia com que o garoto viajasse em sua mente para outro momento de sua infância. Facas atingiam seu chapéu, seu irmão mais velho o olhava e dizia "Cuidado, você é meu alvo, se ficar se mexendo não vou acertar." utilizando-o de alvo para mais um de seus treinos com facas. Tudo isso era interrompido por sua mãe que entrava no local berrando com os dois. "Um é um maníaco e o outro é um bobo... Meus filhos..." Sorria ao lembra das brincadeiras e brigas em família. Um sorriso, realmente não se via tão sentimental assim há tempos... Talvez nunca. Iria até seu quarto para se trocar, respirar um pouco e ver o que poderia fazer de bom.

Enfim, após seu breve descanso, andaria até a biblioteca no centro da cidade a procura de algo, não sabia ao certo o que buscava, sua mente tinha um milhão de coisas fluindo, entretanto nenhuma era produtiva. "Eu preciso me encontra. Preciso me tornar mais... firme."  Talvez a seriedade que lhe faltava, algo que percebia em giGarner quando ela se comunicava, por mais que não tivesse tanto tato para interagir com os que a respondiam, ela tinha um jeito de falar que era firme. Lembrou-se também de seus pais, sua mãe conseguia tudo através da lábia, seu pai muito mais pela intimidação e era isso que Kebara desejava no momento.


-Aprendizado de intmidação-
Chegando na biblioteca procuraria alguns livros sobre a mente humana, traumas, linguagem corporal e tudo que pudesse encontrar sobre grandes nomes do Governo e da Pirataria. Ao entender a mente humana, procuraria saber medos comuns, padrões de fala, tipos de relações afetivas e o que as fazia mudar. Já ao chegar na parte de linguagem corporal, procuraria entender todas as melhores formas de se portar para mostrar força, manter uma presença mais forte do que o inimigo sem precisar de contato físico. A leitura faria com que ele aprendesse bastante, se perderia nas ideias enquanto observava as pessoas andando no local, seu cérebro não focava em algo específico, na verdade, ele só tinha olhos para as interações sociais, via pessoas de diversas formas interagindo, via quem se sobressaia e quem era submisso à quem. Após isso acompanharia alguém fazendo bullying com outra pessoa, aquele momento era impressionante, Kebara sem expressão alguma apenas observava o quanto a pessoa mais forte provava ser mais forte apenas com as palavras, apenas intimidando o colega. Continuaria sua leitura após essa pequena distração com o que acontecia ao seu redor. Leria por mais algumas horas até sentir-se capaz de exercer o ato da intimidação.

Fim do aprendizado-


"Preciso acabar com Baco e sua gangue aqui... devo usar o Governo ou fazer por conta... Eu..." Não tinha uma resposta, estava confuso, o conflito era mais profundo do que apenas encontrar Baco, Kebara não desejava se mostrar dependente do Governo Mundial, mas ao mesmo tempo não podia agir tão solitário, afinal, como não sabia o que queria da vida, havia o perigo de acharem que estava desertando. Pensava estrategicamente em todas as possibilidades para agir da melhor forma, mas nada vinha ao certo em sua mente, não conseguia organizar suas ideias. Andaria para lá e para cá na universidade até que encontrasse com Kiara e Tchago.

Procuraria um local com pouco movimento para conversar com ambos. - Tchago, não me esconda mais nada. Kiara já sofreu demais por suas gracinhas com o Baco. Quero saber tudo que está acontecendo aqui. O que você sabe? O vazio de seus olhos encontraria os olhos de Tchago e num tom mais controlado procuraria respostas do rapaz. - Ele tinha envolvimento com certas pessoas da marinha não é? Eu posso estar me metendo em encrenca por investigar isso, mas o que aconteceu com a Kiara não vai mais acontecer com ninguém. Vou precisar de algumas coisas... Falaria enquanto afofava seu chapéu, sua fala era séria mas sua ação era um tanto quanto aleatória.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyTer 17 Nov 2020, 22:31

A inconsistência do Mágico


Cartas a mesa


Kebara logo após a despedida, entrava em profundos pensamentos, ele e seu irmão, em mais um treinamento.

Lembranças boas que o deixavam com certa saudade, indo ao seu dormitório, trocava de roupa e decidia ir para a biblioteca.

Baseado em pessoas que havia conhecido e sua forma de aproximação, ele percebia que faltava algo nele e por lá poderia aprender isto, pegava os livros necessários e começava seus estudos, ficou boas horas estudando e relendo o que havia pego e seguiu para testar isso na pratica.

Uma coisa havia ficado decidido em sua cabeça após esse tempo de descanso e estudo, Baco deveria sucumbir, saia então para se encontrar com Tchago e Kiara.

Sentados num banco afastado da praça da universidade, logo em seguida chega os dois, que se sentavam juntamente de Kebara, Tchago então dizia: — C-certo..., Pelo o que ouvi de seus capangas, Baco está fazendo alguns transportes ilegais pelo porto, ao interceptar o que vocês transportavam, levaríamos para o galpão, qual era o nome mesmo?...

Pensava um pouco e continuava: — 37! Galpão 37, deve ser lá onde ele faz a transição das coisas para os barcos.

Respondia então a pergunta de Kebara, — Bom, se isso realmente for verdade, a marinha deve estar fazendo vista grossa, mas afinal qual seria o ganho deles com isso?

— Olha cara, você é marinheiro e pode acabar dando problema pra você, eu e Kiara, podemos, sei lá..., se esconder, tem certeza que quer se meter com Baco?

Kebara dependendo de suas futuras ações, estaria mudando totalmente o rumo a qual havia tomado até então, mas afinal, o que o jovem decidiria?



Off:
 
Informações:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyQua 18 Nov 2020, 03:18


Plan?


"É..." Ouvia as palavras de Tchago e deixava sua mente divagar novamente. Tudo aquilo que pensou voltaria como um tsunami incontrolável, o perigo de agir de má fé para com o governo, ele já havia ouvido histórias, não seria apenas uma bronca, sua vida estaria em risco. Tentava visualizar as possibilidades para cada uma de suas ações, porém a incerteza era sempre o que aparecia, o rapaz estava claramente confuso e isso novamente afetou sua face, conseguia manter a calma, mas mostrava um rosto preocupado.

"Eles mandariam pessoas atrás de mim assim que suspeitassem que eu os traí ou fiz algo pelas costas deles... Mas eu não posso admitir essa palhaçada aqui. Os ensinamentos deles são vagos, de nada me servem, não no momento... Abrir portas mas me fechar em uma gaiola?... É..." O garoto respirava, sua apatia voltava a ser exposta em sua face.

- Já comecei a lidar com ele não é mesmo? Imagina só se me colocam em uma missão para ajudar esse velhaco. Prefiro acabar com ele de uma vez. Tá na hora do Mágico dos OniCircus, Kebara Oniguchi voltar de vez.... Já chega de brincar de bom moço. Admitia suas origens da pirataria e pela primeira vez diria para alguém quem ele realmente era. Deixou-se levar pelo momento, sabia que só dessa forma não iria se distrair e perder-se em seus pensamentos. Talvez não concordasse com tudo que dizia no momento, mas precisava passar confiança para seus colegas. - E eu tecnicamente não estou fazendo nada pesado, só pegando um serviço que eles... nós... recusamos fazer e... vou fazer.

"Eu só preciso ter certeza que esse velho não vai estar aqui incomodando esses dois... Mas preciso garantir minha segurança também."  Pensava enquanto em sua cabeça um mapa dos lugares que já visitou era formado, não era um mapa detalhado, era um mapa de relações. Naquele momento Kebara pesava quais eram sua melhores opções para lidar com a situação, mas percebia que colocar o casal em perigo novamente apenas aumentaria sua preocupação. "Eles podem até ser ligeiros e saber lidar com problemas, mas eles não tem o perfil..."

"O perfil de um pirata? GARARARARA! Não isso não existe. Olhe as pessoas lá embaixo, tá vendo? Então, todos poderiam ser piratas. Você tem que pensar no perfil para trabalhar com você em harmonia. Não podem ser apenas pessoas que você gosta. Tem que ser pessoas que você sabe que mesmo estando em perigo vão conseguir vencer, pessoas que você tem medo de perder, mas que ao mesmo tempo consegue colocar toda confiança do mundo que eles não vão perder jamais... Nossa família é isso, cada um de nós... Todos bem diferentes, mas no geral, nos encaixamos perfeitamente. Caso um de nós suma, sabemos que estará bem e que se ele ou nós precisarmos o respeito e a presença serão recíprocos... É... Agora fica quieto e observa as pessoas."

Kebara mais uma vez se perdia em uma conversa com seu pai, uma daquelas conversas que tinham juntos no telhado de algum prédio enquanto observavam as pessoas da ilha que iriam saquear. "Não são piratas, mas são amigos importantes. Eles ficarão seguros, vou garantir isso... Mas... será que eu... É... eu devo ser isso mesmo... O tempo vai dizer."


- Ah e TchaTcha-san, eu não sou Marinheiro, sou Agente do Governo... As consequências serão bem piores... Por isso vocês vão ter que sumir por um tempo, não sei como eles vão lidar com o que estou pensando em fazer... Dava um pequeno sorriso, um tanto quanto falso, mas amigável.  - Vai ficar tudo bem, só preciso que vocês saiam da ilha ou se escondam até que eu acabe com essa coisa do Baco. Se forem pegos por qualquer um dos lados novamente, acho que não tem volta. Sua mão iria até seu queixo e com sua cabeça um pouco inclinada tiraria algumas dúvidas.  - Preciso de alguns itens, mini bombas de fumaça, bomba de luz e se possível um par de adagas melhores. Se conseguir serei eternamente grato. O plano já está elabora. Vou fazer meu show.

Não tinha um plano, mas tinha convicção e um desejo de fazer a justiça que acreditava funcionar. Daria seu dinheiro para que Tchago arranjasse os itens que desejava e aguardaria para ver onde o tal galpão se localizava. Tentava evitar falar com Kiara diretamente, pois sabia que era muito possível ela se opor ao seu plano.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyQui 19 Nov 2020, 20:36

A inconsistência do Mágico


O inicio do fim


Eram muitas coisas viajando pela mente do garoto, quantas possibilidades, quantas ações que gerariam reações especificas, o que era certo a se fazer?

A reação do casal ao ouvir o sobrenome de Kebara, os deixavam de olhos abertos, Tchago dizia: — Você era um deles? Hmmm... talvez faz mais sentido agora! Todo misterioso né Oniguchi! Hahah.

Lembrava-se de uma conversa com seu pai e logo volta para a realidade, ainda com incertezas sobre o correto, de logo corrigia Tchago e em seguida passava as instruções da operação.

Logo Kiara se metia na conversa e falava: — Olha... eu prefiro não opinar, porem se for para acabar com isso de uma vez por todas, tenho alguns tios que moram em Ilusia, Tchago pode conseguir o que você precisa e eu e ele vamos para lá...

Tchago então dizia: — Vai dar tudo certo Kiara, Kebara sabe o que faz, bom, vou atrás dessas coisas e apareço em algum tempo.

— Certo, enquanto isso, vou arrumar nossas coisas e falar com eles... – Levantava-se e em seguida se retirava, Tchago pegava a grana de Kebara e também saia, ficava então o menino, sentado no banco.

Algum tempo depois Tchago voltava com o solicitado e dizia: — Como pedido, consegui o que você desejava, deu 30 mil tudo! Boa sorte, de verdade, obrigado, ficarei te devendo uma!

Então Tchago se curvava e agora, se retirava, Oniguchi, começava sua caminhada direção ao porto, o sol começava a descer e aos poucos a noite chegava.

Andando pelo porto, ele encontrava esse galpão 37, por fora, não parecia ter nada demais, era um grande galpão, sem guardas de Baco por fora, apenas uma patrulha frequente de marinheiros.



Off:
 
Informações:
 
Itens adquiridos:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Jean Fraga em Ter 24 Nov 2020, 19:19, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyTer 24 Nov 2020, 04:30


Plan?


"..." Pela primeira vez sua mente mantinha o silêncio. Era o primeiro momento que sentia um alívio real, sabendo que Kiara e Tchago estariam seguros em uma outra ilha Kebara podia finalmente agir sem pensar nas consequências que seus colegas poderiam acabar tendo.

"Agora sou eu... e eu..." Apalpava seu chapéu após receber os itens de Tchago, sentia-se determinado, mas ao mesmo tempo um pouco confuso, não sabia ao certo como realmente agiria. Pediu os itens para que pelo menos parecesse possuir um plano. Agora era a hora de descobrir se sua paciência e determinação seriam o suficiente para lidar com o que estava por vir.

"Marinheiros indo e voltando por aqui, seriam todos eles corruptos? Será que eles sabem o que Baco planeja? Será que é muito perigoso para eu mexer com eles?." Um segundo de incerteza batia no rapaz, bem, agora que seus amigos estavam seguros, será que realmente era necessário eliminar Baco? Esse pensamento bateu na cabeça de Kebara por algum tempo até que o rapaz cedeu, ele entendeu o que devia fazer. "O cara é sujo... vai ser divertido estragar os planos dele..."

Andaria quieto até o portão do galpão, caso qualquer um dos marinheiros o parassem para questionar, usaria 3 coisas, sua face apática, voz monótona e um olhar intimidador.
- Não tenho tempo para vocês. Sinceramente. Seu tom era seco, não abriria oportunidade para conversas, queria intimidar aqueles marinheiros o suficiente para que os fizesse não interagir com ele novamente.

Caso conseguisse entrar no galpão, andaria furtivamente, faria silêncio e se colocaria em algum canto escuro, com o intuito de escutar e ver o que estava acontecendo. Sua intenção era acabar com Baco antes mesmo que ele percebesse o perigo.

Se fosse visto ficaria em silêncio e com o mesmo olhar seco e intimidador olharia para a pessoa que o viu. - Eu só falo com o chefe. E ficaria parado esperando alguma resposta.

Desde o início de sua caminhada carregaria uma de suas facas escondidas na manga esquerda e uma das bombas de fumaça em sua manga direita, estaria pronto para defender-se de ataques aleatórios e caso um grande número de pessoas viessem em sua direção utilizaria a bomba de fumaça para desaparecer no meio da fumaça.

"O que eu tô fazendo?."  

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptySex 27 Nov 2020, 01:49

A inconsistência do Mágico


O inicio do fim


Itens sem reais intenções, apesar de conterem boas utilidades, onde e como Kebara os usaria? Seu foco agora, era outro, tantos marinheiros fazendo ronda por ali, o que seria isso?

Apesar das incertezas, uma coisa era certa, Baco era podre e deveria sucumbir, pelo menos por autossatisfação.

Se aproximava do portão, mas logo era barrado por dois marinheiros, que ao ver a intimidação de Kebara, olhavam um para o outro, começavam a rir, o da direita, então tentava acertar um soco no nariz de Oniguchi.

O mesmo que estava muito bem preparado, tirando sua adaga da manga, ele cortava metade dos dedos do homem, enquanto ele caia ao chão, o outro suando vendo aquilo, corria e fugia de Kebara.

Adentrando no galpão, ele se escondia pelas sombras e lá via, podia ver tudo que Baco traficava, mas a cena não era boa, vários homens que pareciam capangas, transportando o que pareciam escravos, desde Humanos, Minks a homens peixes.

Todos com vestígios de feridas, muitos com roupas de prisioneiros de cadeia, — Vamos! Andando! – um dos capangas dizia a um escravo que estava andando lentamente.

Podia ver ao fundo uma sala, pela janela, podia ver o rosto de Baco, avistava finalmente seu alvo, sentado numa mesa e no lado contrário, um homem com uma capa de marinheiro.

Além dos escravos que chamavam muita atenção de Kebara, era transportado drogas e também armas.

Do caminho de onde Oniguchi estava até a sala, tinham além de caixas, prateleiras, um grupo de 3 capangas faziam a ronda do local, enquanto outros movimentavam os carregamentos.

— Unh? Sangue?! – um homem entrava no galpão e dizia, — De quem é esse sangue?

Outro capanga dizia, — Deve ser de algum escravo...

Onde teria ido parar o corpo do marinheiro que Kebara havia deixado para trás?



Off:
 
Informações:
 
Itens adquiridos:
 
Baco:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptySex 27 Nov 2020, 15:27


CHAOS


Foi necessário apenas um corte... agora se pego desprevindo, Kebara com certeza iria parecer estar traindo a marinha... Via os dedos do marinheiro rolarem pelo chão e pensava... "Não tem mais jeito, agora eu tenho que terminar essa droga." Se não terminasse teria que se explicar para autoridades acima dele e, bem... Kebara não tinha a melhor das credibilidades com autoridades. De agora em diante seu futuro seria decidido de acordo a partir do resultado de sua invasão.

"É mais problemático do que pensei..." Observava o ir e vir dos capangas, as pessoas algemadas e todo o perigo envolvido em estar ali, não só isso, mas a presença de alguém da marinha com aquilo tudo acontecendo era mais preocupante ainda. Kebara observava tudo e aos poucos tentava bolar um plano, mas toda hora se distraia com a quantidade de coisas a se observar e entender.

"O inimigo do meu inimigo..." Considerava as opções e sabia que talvez sozinho não conseguiria ter sucesso com tanta facildiade. Kebara era o tipo de pessoa que preferia evitar a fadiga, dando um jeito simples para resolver grandes problemas."Não tem garantia que eles vão me ajudar se eu os soltar... Bem, o caos acontecerá de qualquer forma..."

Observaria a movimentação dos capangas e agiria no momento mais oportuno, não podia simplesmente acabar com Baco e fugir, tinha que acabar com toda a operação. Analisava calmamente a movimentação, via que percebiam o sangue e não tinham interesse nele, tinha que agir rapidamente, soltar os prisioneiros poderia ajudar Kebara na questão de números. O rapaz contava suas lâminas. 4 adagas, 3 bombas e muita determinação. Segurava duas adagas em uma mão só e na outra tinha duas bombas de fumaça.

- É agora ou... agora. Esperaria um minuto para agir... Estava colocando tudo naquela jogada. Primeiramente lançaria a primeira bomba de fumaça distante dos capangas e prisioneiros."Primeiramente a distração... e depois..."  

Assim que começasse a comoção correria furtivamente até os prisioneiros, caso algum dos capangas o visse e tentasse impedir faria o possível para finalizar ele rapidamente com cortes direcionados à garganta, olhos e pulsos, lembrando que carregava duas adagas em uma mão só.

"O truque de verdade." Chegando nos prisioneiros daria uma adaga para algum deles que parecesse mais forte e a outra para qualquer outro. Sabia que não tinha tempo para simplesmente soltar todos, mas precisava agir de alguma forma. Após entregar as adagas, lançaria mais uma bomba de fumaça, mas dessa vez próximo dele, para evitar as chances de errar, queria que os capangas perdessem a visão dos prisioneiros e também de onde ele estava indo.

Assim que jogasse a bomba, Kebara ainda tentando ser silencioso correria para as prateleiras e tentaria derrubar, caso não conseguisse, empurraria as coisas que estavam nelas com o intuito de causar mais confusão e disfarçar os sons de onde ele estava indo. Sacaria suas outras duas lâminas, agora uma em cada mão e esperaria para agir novamente.

-Imagina só se tivesse um carregamento de armas do meu lado, que coisa horrível seria se meus prisioneiros usassem para atacar né... Falaria isso de um ponto e moveria em outra direção, para que ninguém conseguisse ver onde estava exatamente. Kebara tinha apenas um plano no momento, instaurar o caos. Caso fosse visto por alguém usaria de suas acrobacias para tentar eliminar a pessoa, sempre mirando na garganta e olhos. Sua bomba de luz estaria em sua mão esquerda, parecia ter outros planos para ela.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyQua 02 Dez 2020, 22:14

A inconsistência do Mágico


O inicio do fim


A partir do ponto onde havia chegado, a volta já não era mais possível, suas atitudes tinham impactos nele e em seu atual cargo, ir contra a marinha, criaria um caminho, talvez não muito desejado ou planejado.

Eram muitas informações e pouco tempo para bolar um plano, seguia da ideia do menos e mais, uma pequena ação que desencadearia uma sequência de acontecimentos.

Era momento de se preparar e botar o plano em ação, posicionado e armado até os dentes, Kebara usava do melhor momento, um dos prisioneiros tropeçou e caiu no chão.

— Ei! Levanta ai seu merdinha! – começava a puxar o preso que visivelmente estava acabado fisicamente.

Oniguchi lançava as bombas de fumaças, ninguém entendia nada, repentinamente, o ambiente ficava todo coberto da fumaça.

O capanga que antes levantou o detento, agora era pego desprevenido e dilacerado com rápidos cortes de Kebara.

Com sua rápida ação, ele entregava as adagas para dois detentos que pareciam entender seu plano, enquanto muitos começaram a fugir, outros pegaram armas que encontravam em caixas próximas e se preparavam para o confronto.

Era muita informação para se processar, os capangas ficavam perdidos, caixas e algumas prateleiras caiam, a fumaça, o excesso de som no ambiente, tudo combinado, criava um verdadeiro caos.

Os tiros e confrontos começavam a acontecer, Kebara, assim que avistado, já tomava as medidas e eliminava, marinheiros ou capangas.

Aos poucos, os capangas e a marinha, começava a se retirar do galpão, o problema era, será se realmente eles não voltariam?

Afinal, Kebara havia acabado de mexer com uma comeia de abelhas, durante todas essas coisas, podia perceber um carro começando a dar partida, dentro dele, Baco.

Vindo das sombras, era recebido com um soco, era do homem que antes havia visto com Baco.

— Um traidor? Um agente? Ou quem sabe um marinheiro? Vamos garoto, me conte quem você é enquanto eu mato você.



Off:
 
Informações:
 
Itens adquiridos:
 
Baco:
 
Marinheiro:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptySab 05 Dez 2020, 14:58


Magic


"Oh bosta." Era a única coisa que pensava enquanto ouvia o carro ligar, não queria ficar preso numa batalha sem sentido enquanto seu alvo real escapava. Aos poucos Kebara pensava e sabia que tinha que fazer o homem que o atacava vir juntamente dele próximo ao carro, não podia perder tempo.

"Esse cara vai ficar me batendo na cara até quando?" Se questionava enquanto sua mão ia ao seu rosto onde o homem havia socado. O encarava por um instante e ao ouvir o homem dava um pulo para trás.

- Oi oi oi... Se você fosse inteligente mesmo saberia quem eu sou só pela minha roupa, meu deus, não se fazem mais marinheiros como antigamente. Você é um velho. Ao fazer o comentário, Kebara correria na direção oposta, indo em direção ao carro dando partida. Caso o homem o alcançasse, atacaria ele no abdômen com uma rápida estocada para que ele sentisse o impacto e o corte tentando diminuir sua velocidade. Usaria de seus dons acrobáticos para saltar dando mortais em direção ao carro.

- 20 mil berries pra quem parar aquele carro e render o velhote de trás. E prometo tentar ajudar se vocês ficarem de guarda aqui até eu terminar de falar com o velho. Instigaria os prisioneiros a ajudar sua causa mais uma vez, mas de qualquer forma tentaria chegar no carro antes que ele desse a partida. Se o marinheiro conseguisse alcançar Kebara novamente o rapaz miraria seus golpes da mão esquerda nas pernas dele e os da mão direita no pescoço alternando os alvos a cada dois ataques, tornando-se prevísível, mas ao mesmo tempo procurando qualquer mudança na postura dele.

Se conseguisse chegar no carro em paz tentaria render Baco ficando atento aos seus arredores.- Nos encontramos de novo, velhote? O que você pode me dar em troca de sua vida?- O jovem comentava como se realmente quisesse negociar, mas em sua mente já estava decidido a cortar a garganta do velho. Tinha apenas uma de suas facas na mão, a bomba de luz voltava a ficar na mão direita, o rapaz continuava com um plano para o uso daquilo.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 17
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 18

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyQua 09 Dez 2020, 20:29

A inconsistência do Mágico


O inicio do fim


Rindo da cara do menino, ele dizia: — Se você soubesse ler e vendo minha capa, teria corrido na mesma hora moleque..., talvez tenh-... – antes mesmo que pudesse continuar sua fala, percebia q o garoto já não estava mais lá e logo o via correndo atrás do carro, — Volta aqui peste!

Kebara podia perceber pela capa do marinheiro, que ele era um oficial, ele sozinho talvez não conseguiria, mas e com a ajuda dos fugitivos? Botando uma recompensa em quem parasse o carro, não demorava muito para vários detentos, começarem também, a correr atrás.

Saindo do galpão, conseguia fechar o carro juntamente dos outros, muitos pulavam em cima do carro, o travando no solo, Oniguchi, puxava Baco para fora do carro e o rendia, era respondido com: — Você acha que é a lei garoto? E que as coisas ficaram assim? Me mate e vire o próximo inimigo da marinha.

Vindo de uma posição a qual ele não podia perceber, recebia um tiro no ombro, Baco conseguia se arrastar um pouco de perto de Kebara, — Garoto! Se você quer continuar vivo, saia daqui e terei piedade com você.

Ao fundo começava a ver a chegada do antigo marinheiro e uma pistola, a maioria dos fugitivos já haviam sumidos e sobra ele , baco e o marinheiro por ali, — Vamos Garoto, me conte seu nome...



Off:
 
Informações:
 
Itens adquiridos:
 
Baco:
 
Marinheiro:
 
Machucados:
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico - Página 5 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 EmptyQui 10 Dez 2020, 03:20


Don't blink


"Droga..." Era o único pensamento na mente do garoto enquanto grunhia com a dor. Fechava um de seus olhos involuntariamente reagindo a dor que sentiu. Tentava ignorar a dor e pensava em como lidar com a situação em que se envolveu agora. Acabou se distraindo e não percebera o rank do marinheiro com quem Baco conversava, o mesmo maldito que acabara de atirar em seu ombro.

"Desviar de balas não é uma das coisas que aprendi... droga." Mais uma vez tentava olhar criticamente para sua situação, mentalizava um tabuleiro de xadrez, onde Baco era o rei do adversário e o marinheiro sua torre. "Contra os dois eu sou apenas um rei... nesse tipo de situação não tem como ganhar, talvez apenas enrolar..."

- Ih rapaz, meu nome é Kebara... Oniguchi... do... Fazia várias pausas na hora de se apresentar, o conflito mental retornava, o rapaz não tinha certeza se iria se apresentar apenas como Oni, sobrenome que deu para o governo, ou Oniguchi, sobrenome que sabe ter uma má fama entre os que conhecem sua família. Mas o maior conflito de todos veio quando pensou sobre o que era... Agente do Governo? Pirata? Só mais uma pessoa? Alguém fazendo justiça? Perdia-se em seus pensamentos até que finalmente voltava sua atenção para o marinheiro.

- E você, corrupto-san, quem é? Se juntar com um velho como ele é um grande perigo... Seu braço segurava mesmo que caído ainda segurava firme a bomba de luz, enquanto o outro apertava sua lâmina. - O velhote tá pagando bem mesmo né... Seria uma pena se ele... Ao terminar sua frase, discretamente largava a bomba de luz e fechava seus olhos, seu intuito era criar uma distração rápida com o flash, mesmo que o marinheiro não fosse cegado, Kebara se aproveitaria da surpresa. Naquele mesmo segundo seu corpo voaria em direção à jugular de Baco, tentaria desferir um golpe rápido e assim que terminasse usaria o carro de apoio para impulsionar-se para longe dali através de piruetas. Se conseguisse fugir da visão do homem, Kebara furtivamente tentaria subir no telhado do galpão e de lá observaria a movimentação do homem.

Caso o homem não o perdesse de vista, ao invés de observa-lo, Kebara correria e saltaria em direção aos becos e quebradas da região. "Os caras fugiram sem nem pedir a recompensa, grande dia... Só tô perto da morte... só isso." Apertava seu ombro tentado fazer o sangramento parar.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico - Página 5 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A inconsistência do Mágico
Voltar ao Topo 
Página 5 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: