One Piece RPG
A inconsistência do Mágico XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Capitulo II: Sangue e navalhas! O Golpe em Las Camp
A inconsistência do Mágico Emptypor Oni Hoje à(s) 13:44

» The Hero Rises!
A inconsistência do Mágico Emptypor Achiles Hoje à(s) 12:10

» Nova Ficha - Regina "Gina" Drake
A inconsistência do Mágico Emptypor Gina Hoje à(s) 9:51

» Art. 4 - Rejected by the heavens
A inconsistência do Mágico Emptypor Ryoma Hoje à(s) 6:47

» Que tal um truque de mágica?
A inconsistência do Mágico Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 3:17

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
A inconsistência do Mágico Emptypor maximo12 Hoje à(s) 0:00

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
A inconsistência do Mágico Emptypor Licia Ontem à(s) 23:32

» Seasons: Road to New World
A inconsistência do Mágico Emptypor Volker Ontem à(s) 22:37

» Vol 1 - The Soul's Desires
A inconsistência do Mágico Emptypor Arthur Infamus Ontem à(s) 22:08

» VIII - The Unforgiven
A inconsistência do Mágico Emptypor GM.Alipheese Ontem à(s) 22:00

» The One Above All - Ato 2
A inconsistência do Mágico Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 20:53

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
A inconsistência do Mágico Emptypor Achiles Ontem à(s) 20:49

» Bakemonogatari
A inconsistência do Mágico Emptypor Milabbh Ontem à(s) 20:39

» Caçadoras Eternas: Almas entrelaçadas!
A inconsistência do Mágico Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 20:25

» Ato 157: Se eu quisesse tua opinião, Eu tirava na Porrada
A inconsistência do Mágico Emptypor Dante Ontem à(s) 19:52

» [MINI-DoflamingoPDC] A pantera negra da ilha montanhosa
A inconsistência do Mágico Emptypor Makei Ontem à(s) 19:43

» [Mini - Nice] A espada que dorme.
A inconsistência do Mágico Emptypor Ryoma Ontem à(s) 19:35

» [M.E.P] Nice
A inconsistência do Mágico Emptypor Ryoma Ontem à(s) 19:34

» [Mini] Albafica Mino
A inconsistência do Mágico Emptypor Makei Ontem à(s) 19:16

» [M.E.P] Albafica
A inconsistência do Mágico Emptypor Makei Ontem à(s) 19:15



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 A inconsistência do Mágico

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 65
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptyTer 25 Ago - 18:26

A inconsistência do Mágico

Aqui ocorrerá a aventura do(a) agente do governo Kebara Oniguchi. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptyQua 26 Ago - 2:39

[quote="CaraxDD"]

It's time!

"Essa caminhada parece ter levado 12 dias, na verdade bem mais, onde é que eu tô? Já não sei nada" Dava uma longa respirada após ouvir Kalista por alguns breves segundos até ouvir Gigarner interromper a garota avisando que chegaram.

Uma coisa incomodou Kebara durante todo o percurso, algo pequeno, mas que de maneira nenhuma estava acostumado. "Eu conheço a Gigarner por 3 minutos e ela já vem gritando ordens e ordens. Não, não é assim..." A voz que gritava na negativa dentro de sua cabeça não era a sua, era a de Kiara, sua mais nova amiga. Kebara imaginava a garota olhando para ele agora, enquanto juntos eram tão lives... Liberdade, era isso que estava incomodando o rapaz, ele nem ao menos acordou de uma luta e já foi privado de sua liberdade novamente tendo que seguir ordens. "No navio a gente seguia ordens, mas não era assim, era algo diferente, será que eu já estou querendo a minha liberdade de novo? Calma, é só a primeira missão."

Talvez por ter saído da mesmice que era sua vida como pirata com seus pais Kebara ficava um pouco inquieto com o fato de ter recebido ordens, por mais bobas que fossem. Ele não era um garoto idiota, ele sabia que se alguém tinha podia mandar ele correr e colocar roupa, essa pessoa podia muito bem mandar ele fazer outras coisa. Liberdade... É, era o que corria na cabeça do rapaz o caminho inteiro.

Mantinha seu conflito interno... bem... interno. Apenas continuava com cara de nada até ser avisado que haviam chegado no local. Kebara observaria tudo que lhe parecesse peculiar, estaria em busca de qualquer coisa diferente, nem que fosse a cor do bigode da próxima pessoa que visse, mas ele precisava de algo para observar, procurava ficar interessado em qualquer coisa que fosse extraordinária e tirasse o conflito de sua mente por alguns segundos que fossem.

Dirigiria-se à Garner independente da situação - Yo GiGarner-sama, você não vai explicar a missão? A Kalista tá sendo bem mais prestativa que você...  Era totalmente insubordinado, o rapaz fazia o comentário sabendo que ela era uma superior, seu espírito incomodador não deixaria de fazer piada com a falta de informação que a mulher deu. - Essa ali é a Kalista, eu sou Kebara e essa é GiGarner. Será um prazer seguir nessa missão com você. O rapaz tentaria se apresentar ao cliente, caso o encontrassem, antes de sua chefe, afinal, a única coisa que lhe foi ensinado na academia foi a limpar, bater e apanhar, ninguém o ensinou nada sobre ser subordinado.  "Eu não acredito que sou um agente do governo... Ninguém me ensinou nada.."

.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 
[/i]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptyQui 27 Ago - 23:13




Sapo Mágico

Las Camp ~ ??:?? ~ 30º



O clima da ilha não mudava muito durante o dia. Já se passou alguns minutos desde que o grupo caminhava na direção de um destino desconhecido, pelo menos para Kebara, e eles ainda teriam de lidar com os problemas que seu ofício traria. Não era muito confortável sentir o calor do sol naquela hora do dia sobre suas cabeças, ainda mais com as roupas sociais que usavam, mas... fazer o que? A Agente Garner suspirava fundo enquanto guiava a dupla. – É uma missão simples: proteger um nobre. Se tudo correr bem não teremos imprevistos durante a missão, porém algo está me deixando incomodada...

Kalista também parecia mais alerta que o normal, ela, talvez inconscientemente, colocava a mão sobre o cabo de sua espada. - ... – Respirava fundo e continuava caminhando.

O prédio em que eles estavam a frente era bem “normal”. A faixada de concreto junto das duas telas pintadas davam a impressão de algo bem requintado, mas ao ver as portas com as bordas metálicas e as dobradiças enferrujando junto do vidro bem sujo e da poeira sobre o descanso das janelas o pensamento poderia mudar completamente. Garner estava parada, estática, parecia analisar aquele local minunciosamente.

O vento balançava o vestido de algumas damas que por ali passavam e, não muito longe, poderiam ver uma praça onde algumas crianças e algumas mulheres se reuniam alegremente. Não havia muitas pessoas nas ruas, mas as que estavam ali pareciam mais se divertir do que ir ou voltar do trabalho. Os olhos brilhantes de Kalista alcançavam as faces das garotas que conversavam sem nenhum impedimento do outro lado da rua, elas se entreolhavam, mas logo mudavam a direção de seus rostos. Estranho. A agente não falava nada, apenas aguardava uma ordem de Garner.

A grande mulher tirava do bolso de sua calça um pequeno cartão de papel, lia o que havia nele e se virava para os dois. – Eu não estou errada. Aqui é ou não é o Hotel Aziza? – Indagou com a costumeira grosseria. Kalista se aproximava da Garner e olhava com atenção ao pequeno cartão. – É sim! Nós estamos no lugar certo. Mas... – Kalista começava a dizer e Garner finalizava. – O que um nobre estaria fazendo em um local como este?

Histórico:
 

OFF:
 
NARRAÇÃO - I

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptySex 28 Ago - 2:08


Right Place?!

"Eu não tenho um minuto de paz." Kebara percebia que mais uma vez algo não ia de acordo com o plano. Eles deveriam escoltar um tal nobre, mas o local que eles encontravam parecia tudo, menos um lugar onde a nobreza ficaria. "Assim como Baco... Mais um rico filho da mãe nos enrolando ou... A missão já deu errado?" Questionava-se coçando o queixo enquanto olhava as coisas ao redor. Não tinha tanta certeza do que estava acontecendo e nem do que aquele prédio representava, afinal, o rapaz era recém chegado na ilha, acabou não tendo um segundo de lazer desde que chegou, tirando o momento em que parou para ler um livro.

"Pff" Insatisfação, aquele breve pensamente de Kebara já lhe dizia muito. Como Agentes do Governo treinados não tinham nem ao menos compostura para fingir que estava tudo bem e agir calmamente? Kebara que já tem a personalidade calma pensava no comportamento de sua superior. "A Gigarner com certeza é forte, mas não consegue esconder suas emoções... Ela trouxe mais tensão ainda para cá. Claro, é importante ficar alerta, mas a ponto de deixar Kalista assim? Será que não foi tensão demais? Gigarner, me mostre que você é uma líder real, Kalista, me prove que agentes são mais do que só pessoas fortes." Seus pensamentos pareciam uma mangueira de bombeiro sem ninguém segurando, voavam para lá e pra cá sem controle nenhum. O rapaz acabava criando um novo objetivo. Por hora seu foco era testar suas parceiras, será que Gigarner tinha realmente a postura adequada de uma Agente do Governo? E Kalista, será que tinha algo mais a oferecer além de ser apenas uma pessoa que corta coisas com espada.  

Gotas de suor escorriam pelo cabelo do garoto, o calor era grande mesmo, ele não havia se acostumado com as roupas que estava usando ainda, por mais que não fossem tão diferentes das que sempre usou, aquelas eram mais... ele. Seu sapo parecia inchar em sua cabeça e isso era dado ao fato da quantidade de suor que aquela coisa deveria estar absorvendo. Não era incômodo, era só... estranho "Depois eu lavo essa coisa."

- Antes de entrar aí acho melhor checar o perímetro então, não é mesmo, GiGarner-sama? Eu vou por ali. Se permitido Kebara procuraria algum lugar para subir e observar o interior do prédio e em seguida relataria para Garner e Kalista. Se não fosse permitido o rapaz simplesmente seguiria as ordens de sua chefe revirando os olhos como uma criança mimada, mas com uma de suas lâminas já preparada para ser sacada caso realmente houvesse algum perigo iminente. - GiGarner-sama. Estou com m-e-d-o me proteja. Comentaria naquele mesmo tom infantil de sempre, somado a falta de vontade já pertencente de sua voz natural, tentando debochar da situação, por mais que estivesse preparado para o pior.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por CaraxDD em Sex 28 Ago - 2:09, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptySex 28 Ago - 14:57




A inconsistência do Mágico

Las Camp ~ ??:?? ~ 30º



Garner ouvia a proposta do rapaz e parecia levantar uma de suas sobrancelhas em surpresa. De fato, fora uma ideia inteligente diante da situação em que estavam. Entrar no prédio aparentemente vazio não parecia ser uma boa escolha, mas vistoriar a sua volta poderia ser o suficiente para encontrar alguma resposta para aquela interessante questão que se formava.

- Certo, você e Kalista seguirão juntos. Irei pelo outro lado, qualquer coisa só voltar para onde estávamos. – Exclamou. A ordem mais saia de forma rígida do que algo que os agentes superiores faziam. Kalista acenava com a cabeça e seguia o garoto com chapéu de sapo rente a instalação enquanto procuravam por alguma pista sequer.

Deixando a Agente Garner para trás e caminhando pelo não muito estreito caminho gramado frente ao prédio, que levava a uma esquina, eles percebiam que o mesmo padrão de vidros sujos e poeira na janela era comum. Infelizmente não viam nada em seu interior além das grossas e escuras cortinas. Em pequenas frestas entre elas os cômodos estavam todos escuros e vazios, porém algo era bem inusitado: todo o interior do hotel estava impecavelmente limpo! As paredes perfeitamente limpas e o chão com tapetes bem luxuosos também muito bem esfregados. Eles viam também que no interior do Hotel não havia nada de inusitado ou anormal, os itens próprios de comércios como aqueles, porém não deixava de dar algum receio ao vê-lo vazio por dentro.

Estranho... – Indagou Kalista sem entender bem aquilo. – Atenção! Alguém está vindo. – Sua quebra de tom em seus dizeres apresentava uma abrupta mudança de postura e atenção. Aquilo parecia ser uma surpresa, mas que logo se tornou bem real quando uma sombra se aproximava na esquina do hotel. As mãos da sombra pareciam ocupadas, ambas seguravam alguma coisa cilíndrica e longa de ponta fina. A sombra era alta e larga, mas isso poderia não ser tão considerado pela deformidade dada pela luz e seus efeitos físicos sobre a terra.

A mão da garota alcançava novamente o cabo da lâmina, enquanto seus olhos não paravam de fitar a sombra no chão gramado.

Histórico:
 

NARRAÇÃO - II

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptyDom 30 Ago - 23:26


Surpresa...?

"Eita." Ficava surpreso ao ver que Gigarner o ouviu, um ponto para ela, afinal, ela ouviu para entender e não para responder. Junto com Kalista observava o prédio. "Limpar tudo que é facilmente perceptível menos as janelas... Será que esse lugar está se passando por um hotel? Igual criança quando esquece de limpar o quarto e coloca todas as roupas e sujeira no armário, assim a mãe só vê a limpeza e nem pensa em olhar o resto... Hmm aaah... hmmm" Sentia-se pensativo e um pouco confuso, na verdade se perdia em seus pensamentos, mas era trazido de volta assim que Kalista sinalizava a estranha sombra.

- Ué, fica pronta prepara a emboscada. Falaria tranquilamente para a garota enquanto a encarava com seu olhar vazio... - Avistamos antes de ser avistados e estamos em maior número, em teoria estamos com sorte. Pelo menos no momento são essas as informações que a gente tem. Indiferente de quem seja, vamos intervir. Seu tom era sério, enquanto falava sua cabeça estava a mil."Dependendo de quem for a gente vai ter a situação sob controle, daí em diante fica mais tranquilo... Ou só piora tudo. E se a Garner já viu ele? Mesmo assim, ela não teria velocidade para pegar ele antes de nós..."

- Me dê cobertura, nós vamos checar juntos, eu vou na frente, me siga, mas com cuidado. Kebara controlaria sua respiração e andaria na direção da sombra, seu corpo estaria um pouco inclinado, deslizava sua adaga segurando-a com a mão esquerda. Seu intuito seria render quem quer que fosse. Caso chegasse na pessoa antes de ser visto tentaria rendê-la com sua faca apontada para sua nuca (ou pescoço se ela estiver de frente). Caso fosse visto antes de conseguir render a pessoa, correria e daria algumas cambalhotas para tentar encurtar a distância entre eles e também para tentar distraí-lo da presença de Kalistam chegando próximo da pessoa, apontaria a faca para ela e ficaria em posição de combate. Deixando-a como elemento surpresa.

Indiferente da situação que ocorresse, Kebara olharia para a pessoa e diria - Eu sou o grande Garner-sama e você vai me contar tudo que sabe sobre esse hotel limpujo... sujimpo... Esse hotel aqui... Enfim! Conte-me tudo que sabe. Aaaa e quem é você mesmo? Usaria o nome de Garner apenas para preservar sua integridade caso tenha feito besteira. Seu tom de voz e olhar faziam de tudo para imitar a Gigarner, por mais que não fosse bom ator, talvez por isso a situação pudesse ser um tanto quanto cômica.


 

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptySeg 31 Ago - 15:24




A inconsistência do Mágico

Las Camp ~ ??:?? ~ 30º



A dupla tinha uma velocidade anormal quando se preparava para emboscar e render aquela pessoa que se aproximava munida de duas coisas longas e pontudas. Eles se dividiam e Kebara tomava a dianteira, prestes a iniciar um combate. A sombra se aproximava lentamente, sem nenhuma pressa e nem pretensão, o que seria excelente para o casal de agentes. Não demorou para que Kalista parasse e se preparasse para seguir Kebara.

A sombra se aproximava a cada segundo. Os passos lentos eram bem monótonos e sem velocidade, Kebara surgia como um borrão frente aos olhos daquele homem, que nada fazia além de gritar e cair para trás, de costas na grama. – Aaahh! – Exclamou assustado. – Q-quem é v-você? – As mãos iam frente ao rosto, como se escondendo quando viu as duas lâminas nas mãos do rapaz de roupa social. Kalista aparecia atrás de Kebara, tentando entender a situação, mas quando ouviu o que seu companheiro de equipe começou a dizer ela expressava uma confusão e tremendo não entendimento. – Hã? – Sua mão soltava o cabo da espada.

A sombra se revelava ser um senhor já de idade avançada, suas roupas sujas de óleo, graxa e outras coisas desconhecidas. Suas mãos tortas e com calos seguravam um cano, partido ao meio, também sujo e bem fedido. A barba grisalha mal feita acompanhava a boca aberta e os olhos arregalados. Ele tentava entender a situação, mas ainda não se levantava do gramado. – Garner? Agente Garner? – Ficava mudo por alguns segundos. – Pensei que o Doutor Arnizalt tinha falado que o agente que iria o escoltar hoje seria uma mulher... – Ele parecia mais confuso do que antes, as mãos iam a cabeça e os olhos se espremiam em uma expressão perdida. – É... ele está lá dentro... pode entrar, Agente Garner. – Expressou enquanto ainda não entendia a situação.

Kalista também o olhava, séria, e aguardava ele tomar alguma decisão. Suas mãos se cruzavam frente ao quadril e os olhos brilhavam com a luz do sol. - ... – Alguma coisa precisava ser feita e agora com as informações, ou pelo menos o esqueleto delas, eles poderiam tomar alguma ação. O senhor continuou no chão por alguns segundos antes de se levantar, bater as mãos sobre o uniforme, levantando um pouco de poeira, e pegava os canos no chão. – Ele não disse o que vai fazer, mas deve ser alguma coisa importante... – O senhor abaixava o olhar, tentava achar alguma coisa nos bolsos, mas falhava. – Eu tenho que ir na estação de tratamento, está faltando água faz um bom tempo...

Kalista aguardava Kebara. – Ele está lá dentro... – Apontou a garota com o polegar e com um sorriso irônico de canto de boca.

Histórico:
 

NARRAÇÃO - III

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptySeg 31 Ago - 21:53


Surpresa???

"Er..." A insatisfação voltava ao rosto de Kebara. "Eu nunca vou acertar quando é um inimigo ou quando é alguém normal? Ninguém me ensinou a identificar perigo na marinha. Oo sempre disse que se é alguém que você não conhece e está numa situação que você controla, o primeiro a tomar iniciativa é quem vai permanecer vivo." Mais uma vez as memórias de seu irmão mais velho fluíam, era o seu melhor amigo, rival e também a pessoa que Kebara mais admirava e curtia incomodar. Estar sem sua família não era trágico, mas finalmente começou a notar as diferenças."Será que... Eu... Não... Ainda não"

- Eu quis dizer "Onde está a gandiosa Agente Garner" velhote, não sei o que você escutou. Tentaria disfarçar a gafe de forma que não fosse notado o quão patético o rapaz tinha sido. - Me diz aí, qual o quarto do Doutor e o que ele tá fazendo ae?. Comentaria casualmente como se nada tivesse acontecido.

Kebara procuraria Garner e seguiria suas ordens.  

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Narrador
Narrador
K1NG

Créditos : 7
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptyQua 2 Set - 14:48




A inconsistência do Mágico

Las Camp ~ ??:?? ~ 30º



O senhor se preparava para sair, mas era indagado pelo agente, que explicava melhor toda aquela confusão. – Ele está logo na recepção! – Explicou, em seguida se virava para seguir seu caminho. – Eu jurava que tinha ouvido ele falar que era a Agente Garner... – Sussurrou em seu íntimo. – A entrada principal está fechada, a entrada dos fundos está aberta. Só explicar aos funcionários que vocês são agentes do governo que eles vão te deixar entrar. – Novamente proferiu, porém desta vez ele pegava os dois pedaços de cano que haviam caído no chão e se direcionava ao arco de entrada do hotel. – Até logo e bom trabalho! – Acenou em despedida.

Kalista começava a caminhar para a parte de trás do prédio, ela sorria dizendo. – Vamos, Agente Garner! Temos uma missão a cumprir. – O sarcasmo era perceptível. Não tardava a atravessar a lateral do enorme prédio, todo gramado e com várias flores e outras plantas na cerca para outros campos. Uma macieira embelezava aquele campo lateral junto de uma pequena piscina estética onde pássaros pousavam.

Chegando nos fundos do hotel viram que duas mulheres, ambas uniformizadas, estavam conversando. Elas não se surpreendiam com a chegada da dupla, e rapidamente diziam. – O doutor está lá dentro, ele acabou de ir pra cozinha. São os agentes, não são? Ele está os esperando! – Sorriam simpaticamente, Kalista retribuía. Antes de chegar propriamente dentro do prédio havia um pequeno saguão, como um corredor. Este dava lugar a várias portas, cada uma com um serviço prestado diferente. Experiências anteriores reconheciam que um daqueles quartos era o lavatório, onde o cheiro de sabão e de roupa lavada era forte. Os outros estavam de portas fechadas. Um homem forte carregava um grande saco preto para fora da porta que levava ao saguão principal. Ele acenava com a cabeça e pedia passagem, afinal o saco preto era realmente grande e parecia bem pesado. – Olá! – Sorriu. Kalista novamente retribuía.

Ao fim do corredor, cerca de vinte metros adiante, eles viam um ser bem magro, esguio e alto, muito alto, facilmente passando dos dois metros e meio. O senhor era perfeitamente vestido, além de ter uma postura requintados de educação e bons modos. Segurando uma carta ele aproveitava um café em uma pequena xícara sobre a bancada ao seu lado. Seu terno preto com um broche dourado e brilhante indicavam que ele só poderia ser quem os agentes estavam procurando. Girava o rosto sobre o ombro e percebia a chegada de ambos os agentes. Não havia sinal da Agente Garner.

Percebiam e confirmavam que o hotel estava sujo apenas pelo lado de fora, de fato por dentro ele estava impecavelmente limpo e com um cheiro de novinho em folha! Os tapetes vermelhos com fios e detalhes dourados brilhavam em beleza, além das cortinas vermelhas que pareciam cachoeiras escarlate com aquele tecido macio de altíssima qualidade. Poucas mesas e cadeiras se distribuíam pela enorme sala, além de luzeiros que se tornavam pequenos brilhos em comparação com o enorme e luxuoso lustre de cristal e brilhantes, pomposo e muito delicado.

O senhor inerte no saguão aguardava a chegada deles com ansiedade e um sorriso simples no rosto.

Histórico:
 

NARRAÇÃO - IV

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A força de um guerreiro não está em sua espada e sim no desejo de cumprir a justiça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
CaraxDD
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
CaraxDD

Créditos : 12
Warn : A inconsistência do Mágico 10010
Masculino Data de inscrição : 03/02/2011

A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico EmptyQui 3 Set - 1:54


Small Garner


"Até essa aí me zoa... Tô um fracasso mesmo" O rapaz ficava satisfeito de ver que Kalista tinha um senso de humor similar ao dele, porém não gostava que a piada da vez era ele, o novo Agente Garner. "Pelo menos eu sou magrinho, diferente daquela jamanta" O rapaz pensava e pensava, mas não se tocava em talvez chamar a Agente Garner para irem juntos até o interior do hotel.

"Imagina se esse saco é a Gigarner HAHAHAHA"Olhava de relance e imaginava sua chefe dentro de um saco de lixo. Na verdade, tudo que era grande e meio escroto lembrava sua chefe, mas Kebara não percebia a relação, apenas se entretinha com seus pensamentos.

Chegando até o grande homem, Kebara tomaria frente, julgando-se o melhor comunicador entre os 3. Não tinha muita sensibilidade com pessoas, mas pelo menos imaginava que conseguia se comunicar bem o suficiente para não incomodar um nobre. - Olá! Estamos preparados para te seguir em nossa missão. A agente Garner logo deve chegar. Como que a gente pode te ajudar? Formalidade casual, acho que esse é o melhor jeito para descrever o tipo de conversa do rapaz. Até tentou manter a seriedade durante toda sua fala, mas só de mencionar a Garner o rapaz já travava um pouco lembrando das formas ridículas daquela mulher. - Doutor de que afinal? Qual é a desse local totalmente estranho de ficar. Questionava casualmente, pois não confiava no Doutor, nobreza que se mistura com sujeira dessa forma normalmente tem um dedinho podre, limpeza não havia. Um local meio sujo e um velho rico casualmente nele. Baco vinha à sua mente.

Aguardaria respostas e ficaria preparado para receber a agente Garner ou então ordens.

.jup




Objetivos:
 


Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




A inconsistência do Mágico Empty
MensagemAssunto: Re: A inconsistência do Mágico   A inconsistência do Mágico Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A inconsistência do Mágico
Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: