One Piece RPG
Karatê Cindy - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [M.E.P] Veruir
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:16

» [Mini-Aventura] Veruir
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Veruir Hoje à(s) 08:14

» Mise en place
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 07:24

» I - A Whole New World
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Makei Hoje à(s) 07:01

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Skÿller Hoje à(s) 04:45

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Licia Hoje à(s) 03:45

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 03:15

» Sidney Thompson
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Zed Hoje à(s) 01:19

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:49

» Seasons: Road to New World
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 00:26

» Hello darkness my old friend...
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Zed Hoje à(s) 00:09

» Phantom Blood
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Licia Ontem à(s) 23:50

» [M.E.P]Kujo
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Kujo Ontem à(s) 23:42

» [Mini-Aventura] A volta para casa
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Ryoma Ontem à(s) 23:30

» Enuma Elish
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 23:07

» Xeque - Mate - Parte 1
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Ceji Ontem à(s) 22:22

» Ain't No Rest For The Wicked
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Hoyu Ontem à(s) 22:00

» BOOH!
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:35

» [LB] O Florescer de Utopia III
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 21:27

» Meu nome é Mike Brigss
Karatê Cindy - Página 2 Emptypor Oni Ontem à(s) 21:07



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Karatê Cindy

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptyQui 20 Ago 2020, 20:14

Relembrando a primeira mensagem :

Karatê Cindy

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Cindy Vallar. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Oni
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 19/01/2013

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptyQui 10 Set 2020, 22:19




Fazendo o gosto



Cindy sentaria-se à mesa com os dois e ouviria com bastante atenção à atendente.

Por ser muda, pegaria o cardápio e colocaria em frente à ela, apontando para as opções que queria pedir.

Seus dedos apontariam para exatamente a mesma salada que Zaki pedira e também para o mesmo suco verde. Logo após isso, a pirata apontaria para Clap e pediria uma porção maior da mesma salada para ele, aumentando a distância entre as mãos de forma a tentar dizer para a atendente que o pato comeria mais que os outros, além de também pedir água para ele.

''Vegetariano...?'' certamente em sua dieta como soldada sequer havia pensado na possibilidade de uma existência sem proteína ou de não comer sangue. ''Ele segue soltando informações sem se explicar... É como se sempre houvesse mais para descobrir sobre ele, e ele fizesse questão de ser superficial...''

A amazona ajeitaria a postura na cadeira, deixando a coluna bastante ereta e cruzando uma perna sobre a outra. Ergueria o queixo altiva e um tanto aborrecida pelo mar de mistérios que havia dentro do tritão e começaria a pensar bastante.

Assim que a atendente voltasse com a comida a amazona buscaria comer da mesma forma que o tritão, imitando todos os seus passos, um tanto quanto desconfiada a princípio mas progressivamente buscando saborear ao mesmo tempo em que comparava as próprias reações às reações dele, buscando entendê-lo cada vez mais.

Cheiraria o suco verde antes de bebê-lo com uma expressão séria, e então o bebericaria aos poucos e buscaria identificar o gosto.

Quando a atendente voltasse ela apontaria para as bebidas alcóolicas e pediria que ela trouxesse dois copos: Um para ela e um para Zaki.

Ela nunca havia bebido álcool antes, mas tinha uma forte impressão de que se ela pedisse para o tritão acompanhá-la ele dificilmente a deixaria sozinha.

Ofereceria o copo para ele com um gesto sério, arqueando as sobrancelhas em pedido, e então pediria um brinde com ele. ''Espero que o álcool o faça se soltar ainda mais...''

E então viraria o copo.

Quando a atendente voltasse pegaria o seu caderno e escreveria: - Qual a coisa mais incrível da ilha?

E esperaria que ela respondesse em voz alta. Sugeriria tal local para Zaki. Afinal, caso ele dissesse que não queria ir ela ao menos descobriria para onde ele realmente queria ir.


''Eu nunca imaginei que passaria por tantos problemas apenas para conhecer uma pessoa...''

Percebia a própria postura ereta novamente e então descruzaria as pernas e ficaria encurvada...







[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[ ] Conhecer Torino
[ ] Conhecer  Baterilla
[ ] Ir para o Farol
[ ] Aprender perícia Natação
[ ] Desenvolver relação com Zaki

Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptySex 11 Set 2020, 14:54

Karatê Cindy


O diferente atrai



Horário: 11:30
Temperatura: 19°C
Localização: Torino Kingdom

Pedindo exatamente o mesmo que Zaki, ele começava a dar um riso de vergonha e logo dizia: — Nananinanãooo! Moça pra ela pode ser essa moqueca de banana e pro pato uma grande salada! – Com uma cara boba de raiva, Zaki continuava: — O suco beleza... dois verdes então.

— Certooo! Já volto então... . – Se retirando a menina corria para cozinha e já passava para os cozinheiros o que deveria ser feito.

— Só você mesmo Cindy heheheh... aiai, tem que parar de me copiar, desdo cais guria, eu gosto mais de você quando vejo sua forte personalidade menina!

O clima era bem descontraído entre os dois, mesmo com as brincadeiras de Cindy, Zaki sabia levar na brincadeira e de vez em quando também brincar com ela.

Se mantinha com a postura forte e firme de sempre, queria conhecer mais sobre o tritão.

Com a chegada dos pratos, ele com um olhar brilhante, agradecia pela comida e com seu garfo e faca começava a degustar aquela maravilhosa salada.

Clap não perdia tempo e já se deliciava, Cindy dava a primeira garfada no prato escolhido por Zaki, a explosão de sabores em sua boca era algo incrível, fazia tempo que não comia algo tão saboroso como aquilo

Mesmo que se forçando a se portar de uma forma durante a degustação, ela não aguentava e se soltava, comia a comida na maior naturalidade e felicidade.

Tomava o suco verde, que não era ruim como aparentava, antes mesmo que desse tempo de descansar, ela já requisitava dois shots de uma bebida típica da ilha.

Zaki só olhava as maluquices feitas por Cindy, recebendo o copo, ele dizia: — Um brinde então! Ao futuro garota! – encostando os copos e com o som se espalhando, ‘tim-tim’, eles tomavam o shot.

Com a expressão de Cindy e Zaki, era visível como a bebida era forte.

Questionada sobre o lugar mais incrível, a garota dizia: — Com certeza nossa biblioteca! Se quiserem ir até lá, seguiam a rua e chegando lá poderão ver nosso grande tesouro.

—Uouuu! Deve ser de fato incrivel lá, deseja conhecer Cindy? – Agradecendo a comida e de pé dizia: — Vamos?!... calma antes temos que pagar a comida, tem alguns trocados Cindy? hehehh....



Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 
Garçonete Jinx:
 
bichaelson


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptySab 12 Set 2020, 11:09




Um peixe muito difícil



Seu plano lhe parecia perfeito: Se não poderia arrancar de Zaki como sua mente funcionava ao tentar forçá-lo, devido ao quanto era evasivo, não iria tentar forçar a barra e lutar contra ele. Portanto, apenas o permitiria ser ao máximo ele mesmo o possível e o imitaria se pondo no lugar dele, tanto para incomodá-lo para que percebesse o que ela estava fazendo quanto para realmente entender o seu ponto de vista.

''Por que alguém não comeria carne??'' ela se perguntava com um rosto amargo enquanto pedia a mesma comida que ele.

Mas Zaki simplesmente não a permitiria imitá-lo ao comer o mesmo prato também.

Ela virou o olhar bruscamente da atendente de volta para ele e teve de conter a própria irritação para não estragar o ambiente calmo que o havia entregue para se expressar até então. ''Ora, maldito...'' conteve o movimento raivoso de sobrancelha. ''Ele vai usar o fato de eu estar deixando ele livre para me atacar de volta... Entreguei todas as armas ao meu inimigo e ainda o deixei escolher o campo de batalha...'' respirava fundo para não deixar transparecer.

Percebia-se errada assim que a comida chegava.

Seus olhos se arregalavam e suas narinas puxavam ar bruscamente de espanto. Tal explosão de sabores eram algo que ela nunca havia sentido, e que a comida nutritiva e que mais se parecia com uma ração do local em que ela crescera nunca haviam tido sofisticação o suficiente para proporcioná-la.

Expressando alegria e em absoluto transe - e, novamente, comia como uma dama e respeitando regras de etiqueta com a sua postura que aprendera em Zomana sem nem mesmo perceber devido a estar presa ao sabor - e em garfadas cada vez mais rápidas entre si, tamanha era sua empolgação com o sabor novo.

O mundo lhe pareceria mais colorido e belo, e durante alguns instantes até mesmo se esqueceria da sua tentativa de fazer Zaki ter alguma expressão intensa de si mesmo.

Bebericava o suco verde bem aos poucos, virando o copo para cima devagar conforme de olhos fechados sentia o sabor escorrendo pela sua boca. Pedia os dois shots de bebida ainda em êxtase e durante um instante esquecia a razão de tê-los pedido...

— Um brinde então! Ao futuro garota! - A amazona brindava e então devolvia o copo à mesa. Ouvia a atendente e Zaki sobre a biblioteca. E então, neste momento, com uma expressão serena e encarando o horizonte...

....Sua alma vibrava de raiva.

Acertaria um soco na mesa com bastante força usando os lados da mão e olharia para o fundo dos olhos de Zaki.

''Até mesmo comigo tentando persegui-lo ele é capaz de me fazer o bem de volta...'' se exasperava o encarando com raiva com a mão ainda na mesa. ''Eu caí na armadilha...'' ela encarava tudo aquilo como um desafio que estava perdendo. ''Ele deve estar achando tudo isso muito engraçado...'' como sempre, uma parte sua queria rir e a outra parte se sentia orgulhosa e ofendida. Tentar vê-lo agindo ao pensar em si mesmo e não no próximo, tentar vê-lo se impondo, competindo, falando sobre quem era e sobre o que acreditava, ou tendo qualquer espécie de pensamento egoísta ou expressões de sua própria natureza sem pensar no outro eram como tentar pegar água com os dedos abertos e vê-la escorrendo por entre eles... Como entrar no oceano e tentar buscar um peixe que não apenas escapava de sua rede como também apresentava os cenários mais belos do fundo do mar apenas para se provar superior...

Ela se recostaria novamente na cadeira e cruzaria os braços e as pernas, usando uma postura que poderia muito bem soar como a de uma garota mimada não fosse a aura realmente intimidante que emanaria bem como.... Sua vontade contida de dar risada.

Olharia a conta do local e tiraria o seu dinheiro para pagá-la. Seguiria em direção à biblioteca junto a Zaki e Clap e a princípio buscaria acompanhá-lo e observar bem a biblioteca.

Procuraria por livros que falassem sobre a própria ilha em que estava, bem como livros que dissessem algo sobre o mundo, sobre os tritões, quem sabe sobre o Governo Mundial, nobres, animais como Clap, amazonas, pessoas que não comem carne... Buscaria folhear eles para sanar suas dúvidas imediatas, mas não iria muito longe...

Em sua infância lhe ensinavam apenas o necessário para a guerra, e apenas o que soldados precisavam saber. Sempre quis ir além... Mas nunca foi muito de descobrir o que havia além antes de chegar lá. Os mistérios ainda a excitavam a conhecer o mundo e era justamente a curiosidade que a instigava a resolver os desafios... E, talvez por isto mesmo, é que a forma como Zaki sempre demonstrava ter mais dentro de si apesar de ter coisas incríveis sobre ele mesmo em sua superfície - como o sabor que acabara de provar e suas técnicas de luta - e ela não possuir nenhuma forma de descobri-lo ainda mais estivessem a desconcertando tanto. ''Desgraçado...''  






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[ ] Conhecer Torino
[ ] Conhecer  Baterilla
[ ] Ir para o Farol
[ ] Aprender perícia Natação
[ ] Desenvolver relação com Zaki


____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptySeg 14 Set 2020, 22:13

Karatê Cindy


O diferente atrai



Horário: 12:30
Temperatura: 19°C
Localização: Torino Kingdom

Recebendo a conta de 30 mil berries, Cindy desembolsava o valor e sem dar pra trás, pagava sem maiores problemas.

Se retirava do local, durante sua saída a atendente se curvava agradecendo pela preferencia do local, caminhavam então até a biblioteca, a ansiedade de Zaki era perceptível, de fato conhecer coisas novas pareciam o intrigar muito.

Seu tamanho era excepcional, a energia emanada por lá, trazia muito um sentimento de euforia, qual seria o limite de coisas possíveis de se aprender por lá?

—Uouuuu – Zaki dizia contemplando a biblioteca por fora.

Entrando na biblioteca, Cindy podia ver a imensidão de possibilidades, os mais diversos livros eram encontrados por lá.

O bibliotecário então se dirigia a eles com um sorriso e dizia: — Bem-vindos senhores! Se vieram em busca de conhecimento, estão no lugar certo! Se precisarem de algum livro em especifico e não consigam encontrar, venham falar comigo, tenha um ótimo dia e uma ótima leitura!

— Ah... por sinal, o pato infelizmente não pode entrar, mas temos um curral a lateral para manter os animais por lá durante a leitura!

Muitas coisas vinham a sua cabeça e queria matar algumas charadas, com sua procura, podia achar três livros que a cativavam, um sobre o mundo e suas várias raças, classes sociais e civilizações; ainda em sua procura, um livro que falava sobre nutrição e suas diversas formas e por fim uma sobre a hierarquia mundial atual.

Podia perceber que Zaki pegava um livro sobre meditação, meteorologia e geografia, coisas bem diferentes entre si mas que podiam falar mais sobre o Tritão.

Ainda dentro da Biblioteca, Cindy podia sentir que alguém estava a vigia-la, mesmo sentimento que teve ao chegar na ilha.

Quem estaria a espreita a olhando?



Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 
Bibliotecário :
 
bichaelson


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptySab 26 Set 2020, 13:11




Observação



Os livros que interessavam à pirata envolviam as raças, classes sociais e civilizações e também nutrição. A escolha sobre os livros revelavam algo profundo sobre ela: Desde a forma como havia se portando, passando pela razão pela qual evitava ficar com a postura correta bem como não havia feito sua rotina de treino mais cedo de manhã. E, somando-se a tudo isto, também estava ligada à razão pela qual queria entender o máximo possível sobre Zaki. Tudo envolvia apenas uma coisa... Algo que ainda não havia emergido à superfície nem mesmo para a própria Amazona racionalmente, que apenas conseguia sentir a angústia e o incômodo que a impeliam a querer conhecer Zaki ainda mais...

E falando em Zaki, os livros que ele lia acabavam chamando ainda mais a sua atenção do que os que a mesma havia pego. Como se valesse mais descobrir a razão dele para lê-los do quê a própria para ler os que lia. ''A ansiedade de Zaki...É tal como a minha...'' percebia. ''Ele se empolga tanto quanto eu mesma pelo insólito. Talvez seja esta curiosidade que nos una e...''

Uma ideia estalava em sua cabeça.

Se ela pudesse descobrir o que quer que fosse de mais específico que acelerasse o coração dele, ela poderia muito bem obrigá-lo a explodir de verdade de emoção. Conduzi-lo através da curiosidade, talvez... Observá-lo parecia render frutos... E o quão assustador era notar tudo o que se poderia absorver de uma pessoa apenas a olhando foi o que fez sua espinha gelar ao perceber que ela mesma estava sendo assistida.

Suas narinas se expandiram e o ar adentrou seu pulmão como uma onda gelada.

''Eu não sou do tipo de me deixar vigiar...'' Dizia-se arrastando a cadeira para trás e adiando a própria leitura conforme se levantava e seguia na direção em que havia sido vista.

Perseguiria aquele que a observava usando a sua audição aguçada afim de encará-lo de frente.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[ ] Conhecer Torino
[ ] Conhecer  Baterilla
[ ] Ir para o Farol
[ ] Aprender perícia Natação
[ ] Desenvolver relação com Zaki


____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptySeg 28 Set 2020, 20:59

Karatê Cindy


O choque



Horário: 13:30
Temperatura: 19°C
Localização: Torino Kingdom

Os livros falavam sobre o leitor e para Cindy, isso era visível, sua intriga aumentava a ver as escolhas de Zaki, qual era a peça do quebra-cabeça que faltava para desvendar o real Zaki?

Tinha ideias de como poderia fazer isso, mas faltava encontrar o momento para tal, suas ideias eram comprometidas pelo sentimento de estar sendo vigiada, antes mesmo que começasse suas leituras, se levantava.

Zaki dizia: —Tudo certo pequena?

Usando sua audição aguçada, podia identificar onde estava seu perseguidor, ao olhar para o teto, por uma janela, podia ver um homem mascarado e armado com uma grande arma.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Ao ser visto, ele tomava uma atitude, disparava com sua arma em direção a menina.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


O tempo, passava devagar, em um piscar de olhos, ouvia um estrondo, sentia o vento se espaçar, Zaki a empurrava contra as prateleiras, mas por que?

Logo perdia a visão do homem, sem entender bem, Zaki preocupado dizia: — TUDO BEM?! FOI ATINGIDA? – girava a menina para procurar por resquícios de sangue.

Percebendo melhor, via a janela destroçada e ao seu lado, pouco menos de 2 metros, um buraco de bala, por pouco não foi atingida.

Entrando pela porta, uma senhora dizia: — Alguém aqui era dono do pato a frente? Parece que o levaram, seguiram direção ao norte da ilha, adentro da floresta!

Muitas coisas aconteceram em pouco tempo, o que ela faria com tanta informação?



Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 
Mascarado :
 
bichaelson


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Jean Fraga em Ter 29 Set 2020, 20:20, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptySeg 28 Set 2020, 22:12




Soldada Renascida



Parecia voltar inteiramente para si mesma, mesmo com sua crise de identidade.

Pegaria suas tonfas e as posicionaria corretamente no antebraço. Os dois membros apontados para o chão e o queixo apontado na direção do oponente, olhando-o em posição de guerra por cima dos ombros. Trincaria o abdome, apertaria os músculos dos braços e travaria a mandíbula com força.

Abraçava completamente seus treinamentos de guerra, tudo o que aprendera com Zomana, tudo o que tirou dos nobres que a queriam apenas como máquina de guerra, todo o seu lado de ''soldada'' do qual havia se distanciado no dia anterior para se descobrir em outras ilhas, de outras formas. O seu incômodo que a fizera não se alongar mais cedo, que a fizera querer descobrir mais sobre Zaki e que também a fizera querer se afastar de suas raízes ao ponto de sentir que não pertencia mais a nada e que portanto não se conhecia se afastara: Ela se conhecia. Não havia mudado nada. Naquele instante, fazendo as pazes com o seu próprio passado, ela era apenas uma máquina desumanizada e programada apenas para resgatar Clap independentemente do que precisasse fazer.

Sua mente regredia para quem fora ''E está tudo bem.'' refletia.

Até mesmo se esquecia da cultura de Zaki, alguém que ela respeitava tanto pela bondade que gostaria de usar os conhecimentos sobre ele para preencher o próprio vazio deixado pela desromantização do seu próprio passado. ''Clap e Zaki são tudo o que eu tenho'' se amarguraria mordendo o lábio e encarando o local onde o inimigo estava com força. ''Tudo o que eu tenho certeza que quero ser.''

Saltaria em uma das prateleiras da biblioteca e utilizaria sua habilidade de alpinismo para pisar no local certo, correlancionando-a com velocidade à sua habilidade com acrobacia para se impulsionar para outra prateleira de forma a escalar com os pés usando os apoios e a agilidade para subir com velocidade.

Correria por cima das prateleiras de livro da biblioteca em zigue-zague afim de evitar um segundo tiro. Buscaria tornar difícil para aquela arma de precisão mirar em si com tais movimentos, ao mesmo tempo em que dispararia na direção dele evitando possíveis ataques.

Quando estivesse próxima o suficiente dele abriria mão do zigue-zague: Por mais que não pudesse gritar, utilizando a sua aceleração e abrindo os braços dobrados em noventa graus durante o seu salto em linha reta, giraria as tonfas em alta velocidade e abriria a boca com uma postura muito próxima a de uma felina selvagem. Quem sabe seria possível ouvir até mesmo o seu rugido no silêncio.

Buscaria se acelerar em linha reta de tal forma afim de surpreendê-lo com a mudança de velocidade, atingindo o equivalente a um gancho na sniper dele para mudá-la de direção utilizando a mão direita e o equivalente a um cruzado utilizando a tonfa diretamente em seu rosto com a mão esquerda.

Buscaria evitar os possíveis ataques dele bloqueando-os com sua arma mas, o mais importante, é que ela não o deixaria sair de perto dela independentemente do que ocorresse. Não importa se precisasse utilizar sua audição aguçada ou o que quer que fosse para persegui-lo, precisava mantê-lo perto para ter alguma pista de para onde haviam levado Clap.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[ ] Conhecer Torino
[ ] Conhecer  Baterilla
[ ] Ir para o Farol
[ ] Aprender perícia Natação
[ ] Desenvolver relação com Zaki


____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptyTer 29 Set 2020, 20:19

Karatê Cindy


Acerto De Contas



Horário: 17:30
Temperatura: 19°C
Localização: Torino Kingdom

Poucos segundos eram suficientes para tira-la daquele estado que vinha tendo, a calmaria do dia e a leveza do andar.

Clap era uma das poucas coisas que ainda tinha e perde-lo seria inaceitável, era tanta raiva, que durante seu percurso a janela, mal havia percebido que ele já não estava mais lá.

No entanto, com a informação dada pela mulher sobre uma direção, ‘norte’, ela sabia para onde ir, mas onde seria o norte? Essa pergunta não a parava e usando sua audição aguçada, ela seguia os barulhos feitos no andar de Clap.

A caminhada perseguição durava horas e ao meio da mata, o silencio voltava a dominar, não ouvia sequer o som dos pássaros, o dia passou correndo e a noite vinha chegando.

Ofegante, chegava Zaki, os primeiros barulhos então eram ouvidos, a respiração ofegante de seu amigo e o quebrar dos galhos ao chão, ele dizia: — Vo-você é rápida, consegui algo? Durante o caminho não vi opções a não ser seguir por aqui, então acabei te achando.

A mata era densa, composta de altas arvores, vegetações rasteiras e medias, rochas de diversos tamanhos espalhados por ela.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ouvia então, sem saber exatamente da onde, era como se a voz a rotacionasse: — Então finalmente chegou Cindy Vallar... eu já venho a observando e seguindo a messes, HIHIHIHI!! Quero descobrir com minhas próprias mãos se você é uma amazona de verdade... - A voz sumia e se dissipava pela mata.

Preso a uma arvore a sua frente, Cindy conseguia ver Clap amarrado.

— Quer jogar um jogo? HIHIHIHIH! Nem tente se meter peixão, o assunto é entre eu e ela.

Aparecia então a sua frente, o mesmo homem mascarado de antes, armado até os dentes com armas brancas e em sua esquerda, no coldre, uma pistola.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


—Vamos começar? HIHIHIHI - Com um sorriso sadico, o homem estava frente a garota, afinal, qual relação com seu passado esse homem teria? para saber da sua linhagem amazona.



Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 
Mascarado :
 
bichaelson


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Jean Fraga em Qui 08 Out 2020, 14:39, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptyTer 29 Set 2020, 22:49




Aposta Alta



Seus batimentos cardíacos de repente paravam de serem ritmados: seu coração vibrava.

Um frio percorreu sua espinha e sua garganta fez o som de uma bolha quando ela engoliu em seco.

Encarava o chão segurando as tonfas, aceitando a situação desvantajosa em que estava posta de uma maneira soturna.

Seus ombros subiam conforme ela respirava fundo, e desciam conforme ela levantava a cabeça e expirava o ar silenciosamente por entre os lábios.

Com uma expressão fria, como se seus olhos fossem camadas de gelo que seguravam criaturas marítimas prestes a romper rumo à superfície ela encararia o inimigo.

''Eu estou sempre pronta para desafios...'' pensava como se uma criatura se debatesse dentro de si. ''Mas esta aposta é muito alta.'' refletia para consigo. ''Não que eu tenha podido escolher... Eu já estou no jogo.'' começaria a girar as tonfas com os punhos apontados diagonalmente para o chão e encarando o oponente.

''Eu estaria interessada no jogo apenas pelo maldito ser misterioso... Mas me vigiar durante meses? Saber sobre Zomana? Sequestrar Clap... Este é o melhor jogo para o qual já fui convidada...'' encararia as armas brancas dele e também a pistola com um olhar zombeteiro de dançarina.

Seus sentimentos de medo, angústia e excitação se misturavam em uma sede doentia por vitória.

Os dentes à mostra em descaso.

A questão era: O oponente queria saber se ela era uma verdadeira amazona. E Cindy Vallar era tão amazona que nos últimos dias tinha até mesmo se envergonhado por isso.

Sorriria.

Partiria em direção ao oponente deixando a responsabilidade de cuidar de Clap para Zaki.

Se deslocaria em três dimensões de forma a tornar difícil para o inimigo mirar, enquanto ela estaria usando a sua acrobacia para saltar por entre as árvores as utilizando de apoio e sua vantagem de aceleração para se mover o mais rápido possível. Saltaria por entre pedras, correndo e pulando se necessário para impedir a mira do mascarado e se aproximar dele.

Utilizaria sua audição aguçada para não perdê-lo do seu radar: Já havia percebido que ele possuía habilidades com a voz capazes de parecer que elas vinham de todos os lados, mas as suas diversas armas brancas e o seu peso certamente ressoariam naquela floresta. Estaria atenta a isto.

Uma vez que estivesse próxima o suficiente, giraria as tonfas com cada vez mais velocidade em torno do próprio eixo e então pararia de correr na frente dele.

Não o atacaria.

O encararia nos olhos com a mesma frieza descrita anteriormente, esperando que ele a atacasse.

Em sua guarda estaria a prova de que era uma amazona.

Caso ele a atacasse com armas brancas de lâminas curtas como um adaga por exemplo, a pirata buscaria girar as suas próprias armas de forma a apontar o lado maior delas na direção do inimigo, buscando usar a vantagem do cumprimento para fazer movimentos retilíneos de forma a acertar os pulsos do membro com a arma atacante frontalmente, a fim de chegar antes no inimigo.

Se ele buscasse atacá-la com uma arma branca de tamanho médio, ela posicionaria a tonfa na diagonal diante da arma e empurraria o ataque para o lado de forma a bloqueá-lo e ao mesmo tempo fazê-lo ''escorrer'' para longe dela, usando a própria velocidade do golpe para distanciá-lo de si.

No caso de armas pesadas, como aquelas do estilo bárbaro, buscaria se aproximar ao máximo do oponente de forma a dificultar que os seus ataques - que geralmente exigem amplitude - pudessem ser utilizados com facilidade, e buscaria atacar os seus antebraços antes que os golpes fossem concluídos.

Na hipótese de as armas utilizadas pelo mesmo serem de arremesso, o que era bem provável, tudo o que a Amazona poderia fazer seria girar as suas tonfas de forma a criar ''escudos'' com a velocidade das mesmas, buscando aumentar as próprias chances de esquivar os ataques em sua direção.

Quanto a armas de fogo quanto a pistola, sua estratégia seria usar a extensão de sua arma para atingir a arma em si para evitar o disparo em sua direção.

Tentaria ouvi-lo para prevê-lo e acelerar ao máximo possível para evitá-lo, repetindo suas estratégias de defesa quantas vezes fossem necessárias, se mantendo próxima a ele sempre que possível.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[ ] Conhecer Torino
[ ] Conhecer  Baterilla
[ ] Ir para o Farol
[ ] Aprender perícia Natação
[ ] Desenvolver relação com Zaki


____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 12
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptyQua 30 Set 2020, 14:21

Karatê Cindy


Desafio Aceito!!



Horário: 18:00
Temperatura: 19°C
Localização: Torino Kingdom

O desafio foi aceito, Cindy não daria para trás, tinha algo para resolver até com sigo mesmo sobre este assunto, mesmo com todo medo e angustia, sua euforia era maior que isto.

O homem ainda estático em seu lugar, sacava as duas ninjatos que ficavam em suas costas, curvava-se um pouco, por usar mascara, era difícil saber para onde ele olhava.

Mesmo usando usa audição, ele era imperceptível, como um gato sem fazer barulhos, rapidamente aparecia atrás dela, desferindo com ambas ninjatos, um golpe de cima pra baixo.

Era defendido por Cindy e suas tonfas, porém, antes que ela o empurrasse, ele soltava a ninjato de sua mão esquerda,a mesma mão que pegava Vallar pela gola de sua roupa e a jogava lateralmente contra uma arvore, onde batia e caia ao chão.

Antes de sua ninjato encostar o chão, ele já a pegava.

— Vamos criança HIHIHIHIHIHI! As amazonas que eu já enfrentei, eram mais forte que você, vezes mais! HIHIHIHIHI!

Ele sumia e agora usava suas habilidades de já apresentadas, tanto sua habilidade de se locomover sem propagar som, como sua fala que se espalhava e chegava aos ouvidos de Cindy por todas as posições.

— Em Briss você estava usando um bastão certo?...

Por poucos instantes, ela se virava e bloqueava um forte ataque do mascarado, ataque que a fazia afundar um pouco na terra, ataque ainda, feito pelo antigo bastão de Cindy.


— Lembra disso? Talvez tenha que te ensinar a usá-los melhor garota HIHIHIHI...


Dando um Mortal para trás ele se afastava e dizia: — Falta o instinto de uma amazona em você...



Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 
Mascarado :
 
bichaelson


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Jean Fraga em Qui 08 Out 2020, 14:39, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Karatê Cindy - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 23
Localização : Bahia império nagô

Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 EmptyQui 01 Out 2020, 07:12




Perfeição



Cindy Vallar estava intrigada.

Nunca havia tido a audição enganada de forma tão bem feita por um oponente antes disto, e nunca havia precisado se preocupar com tantas armas ao mesmo tempo. A cada movimentação dele surgiam mais perguntas na mente da amazona, para cada fala do homem ela possuía centenas de perguntas sobre seu passado para ele. Mas era muda. ''A única forma de perguntá-lo será através do combate...''

O homem se afastava dela após tê-la atacado com o seu próprio bastão.

Deixava-o ir, notando como havia afundado na terra com o seu último golpe. ''Bastão deve ser a sua arma principal...'' apertaria os olhos buscando reduzir as possibilidades. Afinal, aquele fora o seu ataque mais forte até então... Embora ela ainda não tivesse certeza.

Com a dor no ombro após a pancada contra a árvore, ela refletia ainda mais sobre o ultraje que era ter a sua cultura desrespeitada e a si mesma reduzida a apenas ''a mais fraca das amazonas'', ''aquela que não sabe usar o próprio bastão'' e ''sem instinto de guerreira''. Bem... Estava difícil para ela se defender de tais acusações. ''Eu não posso fazer perguntas para ele ainda...'' ajeitaria a postura afastando os pés uns dos outros e deixando-os na altura dos ombros. Ergueria o queixo e alinharia a coluna, forçando o abdome para mantê-la estável. Começaria a girar as tonfas na altura da cintura de forma que elas formassem um círculo na horizontal dos seus lados. Construiria uma expressão sólida como uma fortaleza ao franzir o cenho. ''Eu ainda não lhe dei as respostas apropriadamente.''

Encararia o vazio, a escuridão que se formava na floresta.

Não importava o quanto ele fosse bom em manipular o som da própria voz e em esconder os sons das próprias manifestações... ''Ele continua sendo de carne e osso.'' e não importava o quanto a sua carne e osso fossem movediços... Se ela não pudesse ouvi-los... ''Eu vou ouvir a forma como eles alteram as coisas ao redor deles.''

Aceleraria a forma com que rodopiava as tonfas. Alternaria os movimentos entre diagonal para baixo, horizontal e diagonal para cima, a fim de manter uma corrente constante de todos os lados. Se concentraria em cada uma destas correntes de ar lançadas. Talvez, para quem visse de fora, sem saber do seu plano, aquilo parecesse algo inofensivo, já que ela havia feito algo bem parecido na troca de golpes anterior e daquela vez o fora...

Se não poderia ouvir o corpo dele, ouviria a distorção que o corpo dele faria no ar das tonfas girando em alta velocidade. O fato de as tonfas, que seriam a origem da distorção do som, estarem encostando no corpo com superaudição de Cindy talvez a ajudassem a notar ainda melhor as alterações do som gerado. Se concentraria nestas e, assim que o oponente se aproximasse e ela sentisse as distorções, não o atacaria. Ainda que pudesse. Apenas bloquearia.

Bloquearia até a perfeição. Buscaria segurar todos os seus ataques e não ser atingida por nenhum deles, não deixar que nada passasse, como da última vez. ''Esta será a minha resposta para o tipo de Amazona que eu sou.''

Usaria a mesma estratégia de bloqueio de antes, mas desta vez com muito mais atenção. No caso de armas brancas curtas, ''estocaria'' frontalmente o membro atacante do oponente usando o lado maior de suas tonfas para usar a vantagem do tamanho de suas armas contra ele, visando chegar antes do ataque dele a fim de desarmá-lo. Na hipótese de ataques com armas médio alcance, buscaria prender a tonfa ao antebraço com força e posicioná-la diagonalmente em relação ao golpe, de forma a fazer com que o ataque do inimigo ''deslizasse'' através da sua arma, o empurrando levemente e usando a própria força dele no seu bloqueio, apenas a redirecionando. Para armas pesadas ela buscaria se manter o mais próxima possível do inimigo, de forma a evitar que ele pudesse concluir seus ataques que necessitavam de espaço, ao mesmo tempo em que buscaria atingir os membros atacantes com as tonfas bem coladas no próprio antebraço para impedir que os ataques fossem concluídos. Para armas de fogo sua estratégia seria bem parecida, buscando se manter ou tão próxima que poderia desviar a rota das balas ao atingir a arma, ou longe o suficiente para se esconder atrás de uma pedra ou árvore, buscando usar a aceleração para as duas situações. E, se fosse ter de lidar contra armas de arremesso, também giraria as tonfas com maior velocidade para usá-las de ''escudo''.

Sua mais nova preocupação, adicionada pelos ataques que acabara de receber, eram justamente a habilidade que o oponente possuía de lutar corpo-a-corpo, o que a surpreendera. Em caso de ataques em que ele buscasse se aproximar dela para agarrá-la, usando a tonfa bem colada ao antebraço, ela buscaria afastar as mãos do inimigo conforme a direção em que elas estariam indo e dar um passo para ''fora'' da direção para o qual o corpo do mesmo ia, de forma a usar a própria velocidade dele para se afastar dele. No caso de ataques diretos, como socos ou chutes, Cindy apontaria o lado maior de sua arma em direção ao ataque dele com a mão direita, visando que seu soco, chute, cabeçada, ou seja lá o que fosse, caísse diretamente na ponta de sua arma, afim de fazer com que toda a sua força fosse direcionada novamente contra ele mesmo durante o bloqueio.

Fintas e ''falsos'' ataques certamente fariam parte da estratégia ilusória do inimigo e, para isto, ela teria de usar a sua própria perspicácia nutrida no lixão, esgoto, e depósito de Latem. Tudo o que vira Dan e Vergil fazer, e tudo o que ela própria havia feito para evitar os Agentes. Apenas utilizaria este novo lado de sua personalidade, que nunca aprendera em Zomana, afim de ver possíveis articulações do oponente que pudessem tentar enganá-la, buscando agir mais rápido do que elas. Caso ele fingisse utilizar uma estratégia para esconder uma segunda, a pirata usaria a mão não-dominante para evitar a estratégia secreta já que, afinal, todas as suas possibilidades de defesa descritas anteriormente usam apenas uma mão.

Todas as vezes em que o oponente sumisse de sua vista ela utilizaria sua estratégia de detecção constantemente, girando as tonfas em torno de si e ouvindo as distorções feitas na corrente intensa de ar que criava.

Todo o seu foco e espírito estariam concentrados em não se permitir ser atacada de forma alguma pelo inimigo. Buscaria as posturas perfeitas em seus bloqueios, como já havia treinado a infância inteira à exaustão. Venceria-o por todas as suas companheiras, e usando tudo o que aprendera em Zomana e em Latem. Buscaria não possuir nenhum fio de cabelo fora do lugar... Esqueceria-se de Zaki, Clap e do mundo ao seu redor. Entraria no transe inebriante do combate.







[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[ ] Conhecer Torino
[ ] Conhecer  Baterilla
[ ] Ir para o Farol
[ ] Aprender perícia Natação
[ ] Desenvolver relação com Zaki


____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Karatê Cindy - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Karatê Cindy   Karatê Cindy - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Karatê Cindy
Voltar ao Topo 
Página 2 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Torino Kingdom-
Ir para: