One Piece RPG
III - Grand Line - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Blue Guardian! Luca o soldado da justiça!
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Noah Hoje à(s) 16:22

» salve salve
III - Grand Line - Página 2 Emptypor DFoolZ Hoje à(s) 16:19

» [MINI-Kujo]
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Kujo Hoje à(s) 15:57

» Cap.1 Deuses entre nós
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Thomas Torres Hoje à(s) 15:39

» Escuridão total sem estrelas
III - Grand Line - Página 2 Emptypor K1NG Hoje à(s) 14:25

» [M.E.P - TurtleSpeaker] My Way
III - Grand Line - Página 2 Emptypor TurtleSpeaker Hoje à(s) 14:18

» [MINI-TurtleSpeaker] My Way
III - Grand Line - Página 2 Emptypor TurtleSpeaker Hoje à(s) 14:12

» [Ficha] Joe Blow
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 14:00

» Seasons: Road to New World
III - Grand Line - Página 2 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 13:20

» Sorte ou Azar? Uma Ascensão Pirata!
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Quazer Satiel Hoje à(s) 13:19

» Xeque - Mate - Parte 1
III - Grand Line - Página 2 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 13:03

» Apresentação 6 ~ Falência Bombástica
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Furry Hoje à(s) 12:40

» O catálogo continua, Baterilla a cidade da beleza
III - Grand Line - Página 2 Emptypor maximo12 Hoje à(s) 10:28

» [Mini-Aventura] A volta para casa
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Fiest Hoje à(s) 09:27

» Voltei, Dattebayo
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Joe Blow Hoje à(s) 07:32

» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Ineel Hoje à(s) 06:25

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
III - Grand Line - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 06:04

» Primum non nocere
III - Grand Line - Página 2 Emptypor Misterioso Hoje à(s) 04:48

» [LB] O Florescer de Utopia III
III - Grand Line - Página 2 Emptypor PepePepi Hoje à(s) 04:46

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
III - Grand Line - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 04:30



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 III - Grand Line

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptyTer 18 Ago 2020, 01:04

Relembrando a primeira mensagem :

III - Grand Line

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Hinata Bijin. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
PepePepi
Membro
Membro


Data de inscrição : 15/03/2013

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptySeg 24 Ago 2020, 02:05


Narração
Clima Agradável
Manhã

Hinata Bijin
Apesar de não estar contente com a situação de irem até uma segunda ilha, percebia que fazia sentido já que não existia meio dos marinheiros simplesmente aceitarem serem abandonados numa ilha sem poderem se mover mais.

Só que a fala realmente interessante ficava para pouco após isso. Onde ela explicava sobre um supernova de nome Sephiroth, aquilo realmente atiçava a reação em ambos, os dois pareciam olhar para ela de forma ainda mais preocupada. - Um supernova não é algo para se brincar. - Falava o maior quase de forma automática, não era nem mesmo um aviso para ela. - Mas realmente, é muito mais fácil para alguém mandar um espião numa ilha estável dos Blues do que em uma ilha caótica da Grand Line. - Complementava ele aprovando a ideia de Bijin e os outros dois se unirem a viagem. Porém não era só ele que precisava aprovar aquilo. Alberto pela primeira vez não parecia tão perdido, como se a palavra supernova houvesse acordado ele para a situação um pouco mais. - Não recebi nenhuma notícia deste supernova para a ilha que iremos, mas posso te garantir proteção contra ele e seus homens até chegarmos na segunda ilha. - Falava Alberto pela primeira vez mais sério do que assustado.

Hinata ainda possuía algumas coisas para falar e se gabava sobre a sua qualidade como ferreira. - Ótimo. - Falou o capitão Alberto. - Senhor Cruzis, você poderia verificar as habilidades dela nisso enquanto eu vejo com os outros dois como eles navegam? - Perguntava o loiro para o maior. Esse fazia que sim com a cabeça. - Ok... - Continuava falando o capitão loiro e então dirigindo-se para Hiroshi e Seiji continuou. - Me acompanhem os dois por favor. Vamos para o barco. - Falava ele, mas não era só ele que começava a andar na direção do navio. Vários outros marinheiros que provavelmente eram da tripulação também começavam a andar.

Daquela forma Hinata ficava sem seus dois companheiros na frente do capitão Cruzis e de outros marinheiros. Um soldado chegava e informava que a informação era verdadeira. - Imaginei. - Falou o homem ainda confiante. - Vamos ver o que você consegue fazer como ferreira então. - Falava ele indicando para ela segui-lo.

Ao contrário do que talvez imaginasse, a jovem Bijin não foi guiada na direção do quartel general e sim em outra direção. Foram até uma loja de armas que havia ali perto, ela possui como símbolo uma espada, um martelo e um rifle cruzados por trás de um escudo em formato de machado. Quando entraram reparou que o local possuía simplesmente um arsenal vasto e rico, basicamente todos os tipos de armas existiam por ali. Um homem mais velho, ainda claramente em forma e de alguma forma claramente forte os atendia. Apesar de não ser todo musculoso, a própria aura dele emanava ainda mais força do que do próprio capitão Cruzis. - A jovenzinha aqui quer mostrar seus dotes como ferreira. Acho que você seria a pessoa ideal para testá-la. - Falou Cruzis quase que apontando para Bijin com o dedão por cima do ombro.

O velho inclinou um pouco a cabeça um pouco de lado para Hinata e falou. - Claro que posso. Siga-me jovenzinha. Eu me chamo Manolo Torch. É um prazer conhecê-la. - Falava ele indicando para ela seguir com ele para o interior da loja. Onde acabariam em uma forja. - Sinta-se a vontade para fazer o que quiser. Vamos ver do que você é capaz. - O local era obviamente quente. Havia um local perfeito para forja, material em abundância, vários protótipos de armas jogados no chão que claramente foram mal feitos. Ferramentas a vontade.


Legenda:
 

Histórico:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptySeg 24 Ago 2020, 12:59

Viajando para a Grand Line


A conserva seguia entre capitães e a civil, ambos tinham interesse no que cada lado tinha para oferecer, eles precisavam de um marinheiro e homens para repor os mortos, por outro lado Hinata, Seiji e Hiroshi precisavam chegar na Grand Line e como diz o ditado, "uma mão lava a outra". Todavia a espadachim sabia que eles possuíam navios para fazer isso, mas eles realmente precisavam testar as perícias dos civis para ver se o acordo era justo.

Porém o que chamou a atenção da loira era o fato dos capitães a sua frente demonstrarem real preocupação com ela e sua segurança, além disso ela havia recebido uma bela informação, na Grand Line é mais difícil para um supernova agir do que nos Blues.

- Senhores, agradeço a preocupação de vocês. - Dizia Bijin serena e com o olhar firme. - Tudo o que sei sobre esse Supernova foi me passado pela tenente Carmen, sei também que no futuro haverá o dia que estarei face a face com meu perseguidor, por isso me tornar forte hoje é minha prioridade, não posso viver a sombra da Marinha ou qualquer poder, pelo contrário, tenho que ascender para que com minha própria força elimine aqueles que me querem mal.

Então chegava o momento de testar a habilidade dos civis, ver se eles eram tão bom quanto a promessa e o capitão Cruzis acompanhava Hinata, enquanto Seiji e Hiroshi seguiriam com o Capitão Alberto, novamente se separariam, Bijin deu uma respirada mais profunda vendo o irmão seguir para o porto com os Marinheiros, pois da ultima vez que isso havia acontecido o arqueiro acabou sequestrado por piratas.

"Mas dessa vez ele esta acompanhado de Seiji e muitos marinheiros." - Pensava Bijin buscando se tranquilizar. - "Não posso perder o foco no Caminho. A jornada para o divino é mais importante que tudo."

Após a separação dos civis um soldado se aproximava confirmando a versão de Hinata sobre os fatos ocorridos na sua ilha natal, o capitão mostrava que já acreditava na versão da garota que então a guiava para uma oficina de armas, que estranhamente não ficava no quartel, mas próximo a ele.

A loja era grande e tinha a mais diversa coleção de armas Bijin já havia visto fora da Seita, além disso havia armas dos mais diversos tipos de qualidade, não porque o ferreiro era ruim, mas porque há pessoas que simplesmente não possuem condições de comprar ou mesmo usar espadas de alto nível, por isso era normal para um grande ferreiro ter armas de baixa qualidade.

Então um senhor de cabelos brancos, mas que parecia estar em plena forma física, apesar de não ser nada musculoso como muitos ferreiros, aparecia para atender Hinata e o capitão. A jovem loira ficou por um tempo desconcertada com a presença do velho, estranhamente ele parecia ser muito mais poderoso que o capitão que estava ao seu lado.

"Estranhamente parece que nessa ilha habita um dragão." - Pensava Hinata analisando em sua mente a estranha sensação que o velho passava. - "Ainda esta longe, mas me lembra muito meu mestre Houken."

Cruzis então tomava a dianteira e anunciava a intenção dos dois ali no estabelecimento. Aquele velho ali apesar de extrema força parecia muito simpático, o que deixou a espadachim alegre em seu coração, pois na mente da loira, se a humanidade fosse semelhante a esse ferreiro, o mundo tinha a ser muito melhor.

- Eu me chamo Hinata Bijin. - Respondia de maneira simpática e com um sorriso, o primeiro que o capitão poderia ver no rosto de Hinata após se conhecerem. - Se o senhor tiver qualquer conselho para essa novata ficaria muito feliz de receber suas orientações.

Chegando ao local da forja a Bijin observava que havia tudo o que era necessário para produzir qualquer tipo de arma, havia ferramentas, metais e algum lixo, mas nada que deixasse Hinata desmotivada, pois além de um teste aos olhos da Marinha, para a tenra ferreira era uma oportunidade de aprendizado.

Então primeiramente a espadachim pegou o papel e um lápis e começou a rabiscar a espada que faria naquele local, não era nada complexo, mas uma espada longa que poderia fazer com novos detalhes e que seria bem diferente de sua atual arma.

Então separava todo o material que precisaria para forjar a arma e todas as ferramentas necessárias para o trabalho. Com tudo arrumado então a jovem começaria o processo de forja derretendo metal e seguiria os passos de um bom ferreiro, cuidado dos detalhes da arma como a liga metálica, polimento e acabamento, mas sem nunca esquecer o fio da arma.

Uma vez com a espada terminada, Bijin a levaria para o velho Manolo, ela esperaria ansiosa pela avaliação que receberia, ela sabe que no futuro poderia fazer armas ainda mais poderosas, mas hoje esse era o melhor que ela poderia criar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Legendas escreveu:

Fala
Pensamento
Houken passado



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Bijin em Seg 24 Ago 2020, 19:02, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptySeg 24 Ago 2020, 17:12


Narração
Clima Agradável
Manhã

Hinata Bijin
Bijin apreciava um pouco a informação de que realmente poderia estar mais segura na Grand Line do que nos Blues. E assim pôde continuar com a mente mais tranquila enquanto falava com eles. A situação andava de forma calma, um simples teste para ver quão boa como ferreira Hinata era.

Na loja ela se apresentava para Torch e logo se via num local de forja. Claramente a jovem precisava fazer a arma para poder receber alguma dica do experiente ferreiro. A loira fazia uma espada, provavelmente por estar mais acostumada a este tipo de arma. Quando ela a passou para Manolo. Ele a segurou com tamanha facilidade e a manejou em sua frente que parecia claramente um mestre da espada. - Essa espada é melhor do que a espada que entregamos para tenentes. - Falou ele para Cruzis. - Interessante pensar que alguém tão jovem pode fazer isso. - Falava ele devolvendo a espada para Hinata.

off:
 

- Melhores que as que entregamos a tenentes? - Falava o capitão Cruzis meio surpreso olhando para a lâmina na mão de Bijin. - Realmente não sei muito sobre espadas. - Falava ele, mas provavelmente a indiferença era mais por ele ser muito acima daquela arma também. - Não há muito que eu possa te ensinar Bijin. Se você realmente deseja fazer algo melhor a única coisa que te falta é experiência, saber mais dos diversos tipos de armas que existem. Não só conhecê-las, saber porque são como são. Pois a sua técnica para criar armas já possuí perfeitamente. - Falava Torch olhando para a menina e depois com um sorriso no rosto remendou. - Se quiser ficar por aqui e treinar comigo, poderei te guiar por todo o aprendizado. - Falou o homem tentando recrutar ela.

Mas Cruzis deu uma risadinha e interferiu. - Epa velhote. Você também já foi da marinha. Se é para chamá-la, chame-a para a marinha primeiro. - Ele falava aquilo tudo com um sorriso. - Se as armas que você faz são tão boas, ele está certo Bijin, a única coisa que lhe falta é experiência. E a marinha é um ótimo local para adquirir isso. Ir para a Grand Line não é um problema. Voltar não é um problema. - Falava o capitão. - Não só terá a proteção da marinha contra o supernova. Como terá informações especiais dele para conseguir vencê-lo por conta própria. O que me diz? Acha interessante entrar na marinha? - Perguntava o homem para a jovem espadachim.


Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptyTer 25 Ago 2020, 01:07

Viajando para a Grand Line


A jovem protagonista desta história havia finalmente acabado de fazer a sua espada, ela parecia impecável e foi entregue ao senhor Manolo para uma avaliação e como esperado ela era uma espada acima da média, bastava ver as armas que estavam ali, elas não eram ruim, mas não possuíam nada demais.

- Obrigada pelos seus elogios senhor, tive um grande mestre que me orientou. - Dizia Bijin com tom de humildade, pois ela reconhecia Houken como um superior, mesmo sabendo que um dia ela deveria ultrapassa-lo. - Mas terei que me declinar em relação ao convite. Embora meu desejo seja de crescimento contínuo, meu Caminho esta na Grand Line.

Mas havia outro convite que ela teria que medir bem as palavras dela sobre a situação, ela já havia pensado no passado em ser uma Marinheira, até para poder facilitar sua jornada pelo mundo, entretanto ela era orgulhosa e não gostava de seguir ordens ou comandos, ainda mais de seres inferiores que ela, como os simples humanos.

- Senhor Cruzis, meu Caminho é um tanto diferente do da Marinha. - Começava Bijin a falar com sinceridade. - Na minha visão a Marinha não seria mais do que isso que o senhor me apresentou, uma ferramenta para que eu possa usar em minhas jornadas e desenvolvimento. O senhor estaria de acordo com isso?

Então ela se voltava para o dono da loja que ainda estava com a espada na mão, o sorriso da garota era sincero, principalmente por ver que o homem tinha as habilidades necessárias para manusear a espada que ela havia feito.

"De fato seria interessante poder duelar com esse homem". - Pensava Bijin, não como uma forma séria de luta, mas para ela mesmo se desenvolver. - "Gostaria muito de cponvida-lo para seguir conosco a viagem, mas sua força com certeza atrapalharia o meu desenvolvimento, pois onde não há dor não há crescimento."

Pegando a arma e a colocando na cintura Bijin retiraria sua antiga espada e a entregaria para Manolo, era como uma recordação que ela deixaria para o homem que havia cedido o material, local e tempo para a ferreira produzir a nova arma.

- Senhor, aceite essa arma como retribuição. - Dizia a loira com educação para o proprietário do estabelecimento. - Guarde ela como recordação.

Hinata então seguiria o Capitão Cruzis para onde ele lhe dirigisse. Ela não sabia como ele responderia por isso se ela ingressasse ou não na Marinha isso seria uma outra história, pois ela teria muitas outras exigências do que simplesmente usar a Marinha como ferramenta.

Legendas escreveu:

Fala
Pensamento
Houken passado



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptyTer 25 Ago 2020, 01:57


Narração
Clima Agradável
Manhã

Hinata Bijin
A sinceridade da menina era tocante. Ela afirmava que não para o Manolo e parecia recusar mais ou menos a oferta de Cruzis. Não só isso, ela não simplesmente aceitava a espada de volta, como entregava a própria espada para Torch. Esse analisava um pouco melhor a segunda espada e comentava. - Essa se parece mais com as espadas que deixamos com nossos sargentos. - Falava o homem rodando ela algumas vezes de forma bem tranquila. - É uma pena que você não pode ficar, mas desejo-lhe sorte em sua jornada. - Falava o velho numa leve despedida.

Com isso, Bijin e Cruzis podiam seguir caminho. Ao saírem da loja o capitão começava a falar algo sobre a negativa dela. Naquele momento ela via algo diferente do normal. Ele parecia produzir algum tipo de erva em sua própria mão e fazia um cigarro. - Gostei da sua sinceridade. Você falou que usaria a marinha para o seu próprio benefício, como uma ferramenta para o seu desenvolvimento. - Comentava ele dando a primeira tragada. - Imagino que isso signifique que você deseja sempre ficar mais e mais forte. - Ele dava uma pequena pausa. - Afinal, falou até de bater de frente com um supernova.

Nessa pausa Hinata percebeu que eles não estavam se dirigindo ao quartel general e sim ao mesmo caminho que Alberto havia ido com o seu irmão e o seu amigo. - Para um marinheiro enfrentar piratas cada vez mais fortes é simples. É só subir de patente, na grand line é comum capitães como eu e Alberto enfrentarmos Supernovas. E para subir de patente é ainda mais simples. É só prender os piratas mais fracos.

Era uma visão simplista, mas eficiente da situação. - Então o seu modo de usar a marinha como uma ferramenta realmente não me parece um problema caso essa seja a sua única intenção com a marinha. - Apesar de Cruzis estar fumando alguma erva no mínimo suspeita, o tom de seriedade na voz dele era realmente arrepiante. - Não tem problema algum você usar a marinha de ferramente se você para isso não desrespeitar a ordem pública, não ferir civis, não cometer crimes basicamente. - Comentava ele. - Existem diversos marinheiros que são marinheiros meramente por serem bons de briga e assim aproveitarem para lutarem com piratas. Eles estão errados? Não. Existem marinheiros que só querem ficar famosos no jornal, eles estão errados? Na minha opinião também não. Pois todos eles estão promovendo a paz do mundo de uma forma de outra. - Saíam da praça central onde estava o quartel general enquanto ele falava aquilo tudo.

Começavam a andar em uma rua grande que ia em direção ao porto da cidade. - É claro que o ideal seria que todos os marinheiros fossem seres puros que desejam meramente a paz e salvar pessoas. Mas se houvesse tantas pessoas assim no mundo eu duvido até que fosse necessária a existência da marinha. - Falava ele de forma bem simples apesar de ser algo que provavelmente geraria uma discussão intensa com outras pessoas.

- E é claro que existem infelizmente alguns que por não serem os mais puros acabam abusando do poder da organização. E isso com certeza deve ser evitado. - Ele ao falar aquilo olhava para ela meio de lado e continuava. - Se você for realmente uma boa pessoa, usar a marinha como uma ferramenta é um detalhe, pois a marinha também estará te usando como uma ferramenta para promover a paz. - Comentou ele dando um ponto de vista diferente.

Ele parava de andar e perguntava. - Então, o que você poderia me falar disso tudo? Você me parece uma boa pessoa, pois se não fosse nem mesmo pensaria em comentar algo como "usaria a marinha como ferramenta", você simplesmente faria isso e tiraria proveito depois. A minha pergunta é bem simples então. Existe algum outro motivo além de simplesmente "usaria a marinha como ferramenta"? Simplesmente não deseja? Imagina-se cometendo algo que nós da marinha achamos errado? - Como ele havia parado, Bijin acabou dando uns dois passos antes de olhar para ele. Assim ela via o capitão Cruzis com o quartel general no fundo.


Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptyQua 26 Ago 2020, 16:57

Viajando para a Grand Line


Após se despedirem de Manolo Torch Bijin seguia o Capitão Cruzis em direção ao porto. De fato eles não estariam andando no sentido do quartel, o que na cabeça da espadachim significava que já estavam indo em direção ao navio e claro a Grand Line.

- Sim, meu desejo é me tornar forte acima do jamais foi visto. - Dizia Bijin complementando a primeira fala do capitão. - Entretanto não tenho desejo de lutar contra um supernova em específico, você esta confundindo o desejo dele com o meu. Buscar uma luta com um fracassado como Sephiroth não passa de humilhação para mim.

O capitão não sabia, diferente do pessoas da Marinha de Yotsuba Island, mas Hinata e Sephiroth tinham origem na mesma seita, ambos seguiam o Caminho da Espada, mas não importando o Caminho em específico, a seita como todo busca a elevação humana para o divino para levar a uma paz mundial, pois como humanos isso seria impossível. A muitos anos atrás Sephiroth saiu da seita para iniciar sua jornada, mas ele se corrompeu a tal ponto que foi o autor da tentativa de assassinato de uma "colega" de seita e que seguia o mesmo Caminho que ele, o da Espada.

Todavia Hinata não sabe o porquê, mas o fato é supernova se desviou do Caminho e ela já o vê como um fracassado, alguém que tinha toda a potencialidade de superar os limites humanos e agora se deixava tomar pelos sentimentos mesquinhos da espécie.

Mas o marinheiro continuava seu discurso tentando persuadir Bijin a aceitar a proposta de para ingressar a Marinha e muito do que ele dizia fazia sentido, possuía lógica e era a pura realidade, o que deixava a garota admirada em relação ao Capitão é que na mente dele usar a Marinha como ferramenta não seria algo anormal.

- O senhor de fato me surpreendeu ao não ficar ofendido em alguém usar a Marinha como ferramenta. - Disse Bijin olhando para trás de vendo o marinheiro bem posicionado em uma bonita cena final de discurso. - Mas se todos usarem a Marinha como ferramenta a missão dela vai ser apenas um segundo plano. - Disse a jovem se voltando para o porto e dando mais uns passos. - Talvez seja por isso que ela não conseguiu cumprir sua missão, piratas surgem nas águas e revolucionários brotam da terra.

"Hinata, você é uma pessoa com enorme potencial e tem todas as condições de chegar no patamar do divino, mas se um dia você tirar o foco da missão, em por alguma coisa desviar seus passos, inclinar para o lado que for, você tende a se tornar apenas mais uma que lutou e não alcançou seus objetivos."

- Me diga capitão, com toda a sinceridade. - Dizia a loira se voltando para ele com o vento do mar batendo em seus cabelos. - A missão da Marinha não deveria ter prioridade na vida de todos que representam a corporação?

Legendas escreveu:

Fala
Pensamento
Houken passado



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptyQui 27 Ago 2020, 03:30


Narração
Clima Agradável
Manhã

Hinata Bijin
A jovem esclarecia um ponto simples que o capitão havia entendido errado graças a falta de informação do passado da menina. Tirando esse detalhe, o resto da fala do capitão pareciam bastante interessantes, pois o ponto dele era bem diferente do que ela havia imaginado.

Quando ela perguntou sobre a missão da marinha ele indicou para os dois começarem a andar de novo. - Como falei, essa é a missão da marinha, mas simplesmente é irreal imaginar que nós humanos... - Ele dava uma pequena pausa. - Bem, não só humanos, que todos os humanoides, seja qual raça for... bem... como falar, não é possível imaginar que existiriam tantas pessoas altruístas a ponto de que todos os marinheiros possuíssem essa missão em primeiro lugar em seu coração. - Comentava ele andando e dando uma pausa por um tempo. - Como você falou, piratas brotam e revolucionários também. Piratas geralmente são movidos pelo próprio egoísmo e revolucionários acham que podem mudar o mundo para um lugar melhor e por isso querem derrubar o governo que patrocina a marinha.

Ele havia diminuído um pouco o tom de voz ao falar dos piratas e revolucionários, pois era claro que o capitão da marinha falando deles no meio da cidade poderia causar mal-entendidos que poderiam ser chatos. - Não acho que a marinha mereça acabar como provavelmente acabaria caso eles fossem efetivos. Pois mesmo não sendo todos que possuem essa missão em primeiro lugar em seu coração, é impossível falar que não são a maioria que realmente tenta ajudar. Não importa o motivo da pessoa ajudar. - Falava ele mostrando um exemplo super conveniente de um homem ajudando uma velhinha atravessando a rua, mas também mostrava que o homem fazia aquilo para se exibir para uma mulher que havia por ali. - Claro, o ideal é que as pessoas fossem totalmente puras e realizassem os atos por pura bondade. Mas é melhor alguém realizar um ato de bondade esperando algo em troca do que não realizar ato de bondade algum. Simplesmente não existe organização mundial que se sustente com um pensamento tão puritano como o que você descreveu.

Ele dava outra pausa deixando a menina assimilar e percebiam que estavam vendo já os barcos lá ao longe. Bijin percebia que o povo na rua reconhecia o capitão e alguns pareciam felizes de simplesmente vê-lo andando por ali. - Para todos serem guiados pelo mesmo ideal o grupo precisaria ser bem pequeno. Pois todos os seres humanos são únicos, cada um pensa de uma forma, cada um é influenciado pelo outro de uma forma, cada um possuí uma própria empatia, imaginar que todos seriam tão focados a ponto de manterem esse ideal que você disse que a marinha precisa ter em sua mente para sempre é irreal. - O ponto de vista dele ainda se mantinha simples apesar de todo aquele discurso.

- Por isso, como falei, não existe problema algum em indivíduos fortes usarem a marinha de ferramenta desde que ajudem pessoas nesse processo e não cometam crimes. Inclusive... - Ele parava de falar, pois percebiam que Seiji estava apostando corrida com alguns marinheiros. O amigo de infância de Hinata acabava sendo mais rápido do que a maioria deles. Aquilo arrancou um sorriso de Cruzis. Ele relaxou um pouco os ombros e falou com ela provavelmente por uma última vez já que Hiroshi parecia já ir em direção a eles. - Como posso falar. Sim, o ideal é pensar que essa missão estivesse no coração de todos em prioridade máxima. Porém isso é irreal, por isso, sinta-se a vontade para entrar, pois está bem claro que você leva a missão da marinha mais a sério até do que a maioria dos soldados que já me serviram. Seria uma marinheira melhor do que a maioria deles. - Falava ele por fim, restando pouco tempo para Bijin falar algo antes de seu irmão chegar até eles.


Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptySex 28 Ago 2020, 02:36

Viajando para a Grand Line


Hinata olhava com um sorriso para o capitão que continuava argumentar sobre a impossibilidade de ter marinheiros altruístas e coisas do tipo. Afinal precisavam de um grande número de soldados para cuidar apenas de um dos Blues, o que diria do mundo como um todo. Mas a jovem sabia que grandes nomes da história eram aqueles que lutaram verdadeiramente por causas que não eram deles.

- Senhor, não tenho nenhum desejo de convencê-lo do meu ponto de vista. - Dizia Hinata agora se virando para Seiji e os outros marinheiros. - Mas veja aquele meu amigo, eu ofereci dinheiro para ele ficar em sua ilha natal, mas ele resolveu me seguir, não sei o que o futuro lhe reserva, mas sei que foi uma decisão dele. - Dizia a loira colocando o cabelo do lado direito para trás da orelha. - Mas agora sei que posso confiar a minha vida nele, o meu sonho também é o sonho dele, mesmo que ele conheça pouco os detalhes do que almejo, ele esta dedicando a vida dele a mim, claro que ele sabe que precisa se tornar forte, caso contrário ele será um fardo, mas ele não tem salário, promoção, bônus ou qualquer vantagem que seja, ele apenas acredita no meu potencial e no que desejo realizar, com mais 10 pessoas como ele, garanto que posso mudar mais o mundo que toda a Marinha.

A frase de Hinata veio cheia de convicção, sua devoção pelo Caminho não era algo superficial, mas profundo e majestoso, era basicamente impossível conviver com a jovem e não ser contagiado pela sua sua personalidade, Seiji não era da seita, mas conhecia bem o grosso da história e o Caminho que ela seguia e até o momento, vinha sendo fiel a seus dois amigos de infância.

Senhor Cruzis, se não há mais nenhum problema creio que eu já deva me arrumar para a viajem. - Hinata não era muito de dar voltas, como sempre direta e sincera. - Mas fico feliz de sair do East Blue e saber que há bons capitães como o senhor e Thor, espero que tenham sucesso no cuidado do mar.

Legendas escreveu:

Fala
Pensamento
Houken passado



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptySab 29 Ago 2020, 03:40


Narração
Clima Agradável
Manhã

Hinata Bijin
A jovem recusava a proposta do capitão dando o seu ponto de vista sobre lealdade ser importante. O homem não parecia discordar dela. E ela ainda emendava que ficava satisfeita de sair dali sabendo que existiam homens com quem ela poderia contar para cuidarem do East Blue. - Isso com certeza. - Concordava ele satisfeito com a fala dela. - Inclusive saiba que apesar da infelicidade que ocorrera com o seu irmão de ser sequestrado. O East Blue é o mais seguro de todos os mares... bom, pelo menos é onde a marinha consegue proteger todos com a maior facilidade. - Ele não parecia falar aquilo numa mescla estranha entre orgulho e preocupação. Afinal, nem o mar mais seguro do mundo era completamente seguro. - Na Grand Line você com certeza chegará numa ilha onde o supernova não consegue te alcançar tão fácil, mas nada garante que não haverão outros piratas perigosos por lá.

Cruzis não falava mais nada, pois Hiroshi acabava chegando. - O capitão Alberto gostou das minhas habilidades. - Ele parecia orgulhoso do feito.- Inclusive me contou que estamos indo para uma ilha infestada de aranhas. - Informava ele e enquanto isso Seiji parecia continuar correndo com os marinheiros. - E como foi o seu teste? - Perguntou ele curioso. Alberto sinalizava algo para Cruzis e por isso o capitão saía de perto, deixando os dois conversarem a vontade entre eles. Enquanto o capitão ia saindo, Hinata ia notando que o irmão dela parecia se debater mentalmente sobre o que ia falar. - E eu realmente não sei se o Alberto é confiável... só sinto que ele é um completo medroso. - Falava ele meio sem jeito, quem diria que alguém tão bondoso quanto seu irmão falaria algo de ruim de alguém de forma tão aleatória.


Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bijin
Civil
Civil
Bijin

Créditos : 58
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Feminino Data de inscrição : 17/01/2017
Idade : 21

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptySeg 31 Ago 2020, 00:28

Viajando para a Grand Line


Hinata estava calma, o capitão dava seus ultimos conselhos sobre a Grand Line e Bijin gravava suas informações com carinho, ela sabia muito bem que um supernova não tinha onipresença na Grand Line, mas piratas mais fracos e que buscam aliança poderiam querer a cabeça de Bijin como uma troca de favor, caso isso fosse de fato divulgado.

- Obrigada capitão Cruzis. - Essa era a primeira vez que ela se dirigia ao capitão pela sua hierarquia e fazia isso para demonstrar respeito por ele, pois na mente da espadachim soldado, capitão e almirante, eram todos a mesma coisa, simples mortais em seus cargos. - Tomarei cuidado e espero que o mais cedo possível o senhor possa ouvir falar de meu nome.

Então Hiroshi se aproximava, sua expressão já dizia muita coisa e para a irmã da qual nunca se separou. Logo que chegou veio trazendo boas notícias, o Capitão Alberto havia se agradado do desempenho do irmão Bijin e ao que parecia havia conquistado seu lugar no navio.

- Foi tranquilo. - Hinate respondia a pergunta do arqueiro em relação ao teste da irmã. - Veja você mesmo. - Então a loira sacava a espada mostrando o belo desenho, acabamento e polidez da arma. - Ainda tive a oportunidade de conhecer um homem muito interessante, um verdadeiro dragão habita essa ilha.

Então o Capitão Alberto aparecia na vista dos três e Cruzis avançou deixando os irmão a sós. Hiroshi então falou da impressão que teve do capitão do navio, o que deixou Hinata pensativa. Ela sabia que o oficial havia sido recentemente promovido e talvez poderia ser insegurança, mas o medo pode dar brecha ao azar e isso não eram algo que a espadachim estava disposta a passar.

- Lembre-se que você é o navegador. - Disse Hinata com firmeza na voz, mas mantendo o tom baixo. - Você não pode hesitar ao manobrar o barco, se chegar em um momento de combate e sentir que Alberto travou não deixe de comandar o navio. - Disse a loira olhando firmemente para o arqueiro. - Qualquer coisa nós passamos a comandar, mas antes disso, você sabe se tem algum tenente no navio?

Bijin conhecia bem a força dos tenentes e capitães de maneira geral, ela já viu como Thor e Carmen lutavam, tinha ideia de sua força e se houvesse alguém como a oficial de Yotsuba Island como tenente, essa pessoa poderia assumir o comando.

Mas ao chegar perto de onde Seiji estava Hinata observava o esforço o jovem para seguir a viagem, ela precisava ver se ele estava realmente dedicado ou se estava apenas cumprindo o que lhe foi mandado, pois era esse tipo de comportamento que ajudaria Hinata dizer até onde o amigo poderia seguir com ela, pois se houver hesitação a espadachim preferiria deixar Seiji em um lugar seguro.

Se aproximando então dos dois capitães Bijin observava o navio do qual eles iriam navegar, a jovem observava a estrutura do navio, seu formato e desenho. Embora Hinata não entendesse muito de navios, pela entendia de física, mecânica e engenharia e poderia tirar suas próprias conclusões a respeito do que estava vendo.

- Então senhor Alberto. - Dizia Bijin já de frente ao capitão. - Gostaria de saber em quanto tempo o barco vai zarpar e onde ficará meu quarto.

Legendas escreveu:

Fala
Pensamento
Houken passado



Histórico:
 

NPC companheiro:
 

____________________________________________________

OBJETIVOS:

Nessa missão::
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 140
Warn : III - Grand Line - Página 2 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 EmptyQua 02 Set 2020, 04:55


Narração
Clima Agradável
Manhã

Hinata Bijin
Realizava um comentário final em agradecimento ao capitão sobre tudo. Informava a Hiroshi não só sobre ter passado no teste com tranquilidade, como também sobre ter conhecido um dragão, seu irmão parecia surpreso com aquela fala. - Aqui? Fácil assim? - Não que ele necessitasse de respostas, mas a surpresa fez com que ele indagasse mesmo assim.

O capitão Cruzis parecia se perguntar sobre o que os dois estavam falando, mas não chegou a realmente perguntar, pois Alberto havia aparecido e assim ele havia partido. Após se despedir do capitão, ouvia o seu irmão sobre o medo do capitão loiro e acabava realizando comentários sobre ele ser o navegador. Hiroshi até concordava com a cabeça, mas quando ele falava a preocupação era outra. - Com certeza vou mandar quando for necessário. - Respondeu ele sem problemas quanto a essa parte, mas claramente o problema continuava em sua mente, inclusive, parecia que o seu irmãozinho estava estranhamente assustado. - É difícil de explicar... não me parecia que ele teria problemas em ordenar alguém... fez isso com facilidade no meu teste... mas quanto mais você olha para ele e quanto mais próximo dele você está... tudo que emana é medo, não só ele está com medo sempre, como isso parece te atingir. Por isso não consigo confiar nele. - Ele dava uma pausa e batia ambas as mãos em seu rosto. - Deve ser só a excitação por estar partindo para a Grand Line. Confiar em um desconhecido é difícil, principalmente quando ele é apresentado do lado daquele outro capitão que parece bem mais forte. - Falava ele se acordando. - Tem sim pelo menos um tenente, mas não cheguei a ser apresentado a ele. Só identifiquei por causa da vestimenta. Pode ter até mais, tem muita gente no navio que eu não vi. - Respondia ele de forma pronta para sua irmã lembrando-se do que ela havia perguntado.

Enquanto se dirigia para a direção dos dois capitães, percebia que Seiji comemorava que havia vencido os marinheiros na corrida. Se estava só seguindo ordens ou não era uma boa pergunta, mas com certeza estava se divertindo, pois sorria e zombava os marinheiros por ter vencido. Ao finalmente chegar perto o suficiente do navio, ouvia que os dois falavam sobre os suprimentos.

Enquanto eles falavam sobre isso analisava o navio. Ele era simplesmente gigantesco. Tinha mais de cinquenta metros fácil e os mastros pareciam imponentes. Os soldados da marinha enchiam o navio de comida e pareciam conversar tranquilos. O que não condizia muito com os soldados mais próximos dos capitães, que claramente pareciam mais abatidos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Ao chamar a atenção de Alberto um pouco para si ouviu quase que uma pergunta em resposta. - Nós temos alas masculinas e femininas lá dentro. Depende de você se quer dormir com o seu irmão ou se prefere dormir na ala feminina. - Ele dava uma pequena pausa antes de responder a outra parte. - Pretendo partir daqui não mais que uma hora. Só precisamos terminar de abastecer tudo. Qualquer minuto perdido é horrível para a gente. - Falava ele e agora, talvez por estar mais atenta as palavras dele, mas Hinata sentia que realmente havia medo nas palavras dele.


Legenda:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




III - Grand Line - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: III - Grand Line   III - Grand Line - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
III - Grand Line
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Polestar Islands-
Ir para: