One Piece RPG
Segundo ato: Revelação - Página 2 XwqZD3u
One Piece RPG
Segundo ato: Revelação - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Ep 1: O médico e o marinheiro
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Rangi Hoje à(s) 01:56

» O som das ondas é o meu chamado... Adeus, meu filho!
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Subaé Hoje à(s) 01:51

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Koji Hoje à(s) 01:04

» Pandemonium - 9 Brave New World
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:17

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Kyo Ontem à(s) 21:28

» Razão
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 21:27

» Razão
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 21:26

» I did not fall from the sky, I leapt
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Formiga Ontem à(s) 20:33

» Ato I - Antes da tempestade
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Dante Ontem à(s) 19:52

» All we had to do, was cross The Damn Line, Elise!
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor King Ontem à(s) 19:23

» Vou te comer
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Scale Ontem à(s) 19:19

» Drake Fateburn
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor CrowKuro Ontem à(s) 17:06

» I - Justiça: Um compromisso obstinado!
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Hammurabi Ontem à(s) 16:01

» A HORSE WITH NO NAME
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Skÿller Ontem à(s) 14:40

» Vol 2 - The beginning of a pirate
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor GM.Milabbh Ontem à(s) 13:58

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 11:09

» Steps For a New Chapter
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Achiles Ontem à(s) 10:14

» Um novo recruta: o nome dele é Jack!
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor Arrepiado Ontem à(s) 08:30

» Em Busca do Crédito Perdido
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor PepePepi Qui 04 Mar 2021, 23:55

» A Ascensão da Justiça!
Segundo ato: Revelação - Página 2 Emptypor CaraxDD Qui 04 Mar 2021, 23:28



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Segundo ato: Revelação

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 77
Warn : Segundo ato: Revelação - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 EmptySeg 27 Jul 2020, 22:54

Relembrando a primeira mensagem :

Segundo ato: Revelação

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Baltazar. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Padre
Civil
Civil


Data de inscrição : 14/11/2018

Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 EmptyQua 19 Ago 2020, 14:27

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
Baltazar Vincent Encausse
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
A proposta de brincarem de esconde esconde era uma surpresa, visto o lugar onde estavam e até deixava o rapaz um pouco receoso diante da proposta.

Está tudo bem se o fizermos? — Dirigia a pergunta ao enfermeiro mais próximo.

Logo retornando a atenção para a menina concordando positivamente com a cabeça e não deixando de sorrir ao olhar o rosto dela, era realmente um bom momento.

SÓ NÃO SAIA DO NAVIO. — Pedia em voz alta enquanto fechava os olhos e começava a contar. Abria um sorriso ou dois ao perceber que a menina tropeçava, mas, voltava mais dedicada do que nunca a sua tarefa.

48, 49 eeeee 50! AÍ VOU EU. — Ao abrir os olhos, levantou-se, o clima naquela sala estava visivelmente leve o que aquecia o seu coração, como não acontecia em muito tempo.
 
Onde será que ela foi?

Procurou nos olhos dos enfermos alguma dica que pudesse utilizar, já que estava confuso e sem poder se guiar pelo barulho. Garantindo de checar parte por parte da sala dos enfermos, porém, já esperando que ela não estivesse lá, partiria.

De volta ao corredor, se perguntou se existiria alguma chance mesmo que ínfima dela ter ido na direção da sala de Wanda ou até mesmo sairia do navio chegando a causar um problema ou outro do lado de fora. Era difícil não pensar na marinha.

Optou por seguir até a parte de cima primeiro, apenas para verificar se ela não havia saído, após subir e dar uma boa olhada ao redor, voltaria para dentro e olharia próximo dos mantimentos, não havia muitos lugares que uma menina daquele tamanho pudesse estar.
OFF:
 

Histórico:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Soldado
Soldado
K1NG

Créditos : 17
Warn : Segundo ato: Revelação - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 EmptySex 21 Ago 2020, 14:46




Segundo Ato: Revelação

Toroa Island ~ ??:?? ~ 26º



Com o consentimento de um dos enfermeiros Baltazar começava sua brincadeira com a garotinha, que não deixava de demonstrar o quão alegre estava. O esparadrapo em seu joelho marcava uma ferida, mas os choros que antes ela fazia estavam longe de cogitação, não passavam nem mesmo pela sua cabeça. Realmente rir é o melhor remédio! Não só ela como o ambiente demonstrava uma tranquilidade e paz bem diferente dos clamores de antes.

Terminando a contagem os pacientes se entreolhavam curiosos em como o rapaz procuraria pela menina. Um senhor de bom porte físico sorria e apontava com o nariz para fora da sala. Como se indicando a direção. O enfermeiro também sorria e indicava com o polegar para suas costas, também apontando para fora da sala de enfermaria.

Procurando por ali nada via além de caixas e pessoas conversando, dormindo ou bebendo. Via ao longe, em um dos cantos escuros que davam passagem ao andar inferior do navio, os traços e tecido de um vestido tremelicando com o vento tentando se esconder de algo. Via também as gorduchas e curtas pernas de uma criança, mas não via seu rosto ou corpo por completo.

Alguns rapazes passavam frente a caixa, onde alguma coisa se escondia, mas nada percebiam de diferente. Durante isso Wanda sai de sua sala e da uma longe e meticulosa olhada em todo o ambiente frente a porta de seu pequeno escritório, entrando no mesmo após isso. O revolucionário que havia entrado em sua sala avisa a dois outros, que estavam sentados em barris e conversando para que avisem ao timoneiro que eles estão de saída. O enfermeiro parecia perceber isso e adiantava boa parte de seus serviços apressando os mesmos.

A missão de encontrar a garota na brincadeira era tomada por mais uma “sidequest”, preparar para descer do navio dos revolucionários.


Histórico:
 

OFF:
 
NARRAÇÃO - V

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Podem cortar todas as flores, mas não podem deter a primavera.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Padre
Civil
Civil
Padre

Créditos : 6
Warn : Segundo ato: Revelação - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 14/11/2018
Idade : 24
Localização : Mauá, SP

Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 EmptyQui 27 Ago 2020, 00:39

Baltazar Vincent Encausse
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


As dicas eram dadas, despreocupado e esquecido do que havia ouvido, pouco se preocupava com a partida do navio, mesmo que aquilo de fato fosse um problema. As dicas eram recebidas por um Baltazar sorridente, que acenava positivamente com a cabeça, agradecendo e logo se virando na direção da porta.

Logo após sair da sala, considerou abordar uma pessoa ou outra, perguntando em que direção ela teria corrido, mas, logo desistiu da ideia achando-a idiota.

Certo, para onde vamos agora?

E foi aí que seus olhos a encontraram, aquelas pernas eram irreconhecíveis, seu alvo estava a vista.

Ahá. — Disse em voz baixa, até ser surpreendido. Seu rosto desviou-se olhando por cima do ombro e novamente a encontrando. — Senhora Wanda? Estranho...

A atitude da mulher era suspeita. Baltazar não ignorava possibilidades, poderia ser um hábito dela sair de sua sala e fitar o ambiente e retornar, mas, para ele não era comum. Intrigado, ouviu então o que havia acontecido.

Merda...

A partida do navio era um problema, primeiro porque os PirArts estavam ancorados em Toroa Island, e precisava devolver Dórian para eles são e salvo, segundo, porque seu objetivo era em Las Camp. O caminho até a temida Grand Line poderia lhe dar mais respostas e um propósito maior, que ainda não havia encontrado, a situação era difícil.

Correndo em alta velocidade, iria até a menina, caso a encontrasse, seria direto e sério, porém, ainda gentil.

Oi, o tio precisa ir embora, o navio vai zarpar, foi bom brincar com você.

E sorrindo, partiria em alta velocidade até Dórian. Caso não a encontrasse no mesmo lugar, infelizmente, ela seria ignorada e ele só partiria diretamente até a sala dos enfermos.

Com o parceiro desacordado, restava carregá-lo para fora do navio e era o que faria. Levantando o corpo dele da maca, o ajeitaria o colocando nas suas costas para então partir do navio, mesmo que precisassem saltar para água para isso.

OFF:
 

Histórico:
 



____________________________________________________

Objetivos escreveu:
Primários:
( ) Aprender ilusionismo.

Longo Prazo:
( ) Comprar botas.
( ) Conseguir uma recompensa.
( ) Conseguir uma Akuma no Mi.
( ) Adquirir Vantagem: Aparência Inofensiva.
( ) Adquirir Vantagem: Adaptador.
( ) Adquirir Vantagem: Liderança.
( ) Aprender o ofício "Gatuno".
( ) Aprender a usar os Haki's.
( ) Aprender um Rokushiki.



Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Soldado
Soldado
K1NG

Créditos : 17
Warn : Segundo ato: Revelação - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 EmptyQui 27 Ago 2020, 15:27




Segundo Ato: Revelação

Toroa Island ~ ??:?? ~ 26º



Procurava e procurava, mas não achava a garotinha. Ele parecia ter visto ela por detrás de uma caixa, mas quando enfim chegava lá nada via. Ela parecia ter ido para outro lugar. Era lógico de voltar para a enfermaria e, junto de Dorian, sair do navio. Ver a movimentação dos homens ante a ordem de colocar o navio em movimento parecia bem energético e empolgante. Ele poderia se sentir motivado, talvez por memórias ancestrais, em viajar novamente. E suas motivações futuras ante a infinidade do mar era bem promissora.

Na enfermaria Dorian estava se levantando e colocando sua camisa, de botões e aberta no peito, suas calças e com dificuldades calçando os sapatos. As mãos envolvidas naquele pano branco de atadura junto de todo o seu tronco não deixavam de chamar sua atenção, porém era compreensível quando o enfermeiro lhe entregava uma muleta de madeira escura. Dois tapinhas fracos em suas costas eram o suficiente para se despedir. – Você vai melhorar! – Proferiu o enfermeiro. Os outros pacientes ou já haviam saído ou estavam de saída.

Vendo fora da enfermaria a movimentação em colocar os itens em seus devidos lugares era bem ágil, além de ver Wanda supervisionar tudo. Ela se dirigia até o andar superior.

Subindo eles viam a ponte erguida até a doca em que o barco estava atracado. Muitas pessoas saíam, o que chamava a atenção de dois soldados da marinha ao longe. Dorian e Baltazar estavam fora do navio quando perceberam o quão grande era aquele porto. A doca era larga e bem comprida, levando até o porto. Várias outras pequenas embarcações estavam presas a grossas cordas marítimas, subindo e descendo com o vai e vem da maré.

- E agora? – Perguntou Dorian, com um braço apoiado sobre os ombros de Baltazar, mesmo com a notável diferença de altura entre eles.

Observando o porto viam que haviam várias lojas e mercados de pescadores da região. A direita via que a avenida do porto levava para a cidade e a esquerda viam claramente a enorme instalação da marinha. A bandeira flamulava a toda força do vento com aquele símbolo mundialmente conhecido. Várias pessoas caminhavam no porto, nas docas apenas poucos homens. Todas pareciam bem ocupadas com seus afazeres. O navio dos revolucionários ainda não havia saído, mas já era visível que os dois soldados pareciam ter se multiplicado em dez e começavam a correr na direção da embarcação. – Parados aí! – Gritou um franzino soldado. Fora do galeão viam a grande bandeira balançando e nela um símbolo único: uma mão vermelha dentro de um círculo dourado e vazio. – São revolucionários! Vocês estão presos! – Continuou gritando o mesmo soldado. Os que acabavam de sair do barco, talvez de maneira combinada, mas certamente não planejada, dificultavam o caminho dos soldados ao ficarem parados bloqueando a passagem.

Histórico:
 
NARRAÇÃO - VI

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Podem cortar todas as flores, mas não podem deter a primavera.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Padre
Civil
Civil
Padre

Créditos : 6
Warn : Segundo ato: Revelação - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 14/11/2018
Idade : 24
Localização : Mauá, SP

Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 EmptyQui 27 Ago 2020, 22:31

Baltazar Vincent Encausse
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


A menina havia sumido, não foi totalmente uma surpresa, mas, foi o suficiente para deixá-lo incomodado e com a esperança de que ela tivesse se escondido dentro do navio e logo a encontrariam.

Mesmo com a preocupação, havia certo deleite ao ver toda a ação executada pelo ânimo da partida, era até recompensador poder lembrar-se da sua família mesmo em um momento como aquele.

Espero que vocês estejam bem... Pai... Mãe...

Na enfermaria era uma surpresa ver Dórian já de pé, dado que minutos atrás ele parecia derrubado, se alegrando principalmente com a ideia de não precisar carrega-lo, pelo menos o auxilio como podia e até sorriu com a afirmação do enfermeiro.

Sim, ele vai.

Ao subir até o andar superior, cumprimento Wanda com um aceno de cabeça e então olhou de soslaio para os marinheiros que os encaravam com desconfiança. "Típico", era o que pensava.

A pergunta de Dórian era recebida com estranheza, visto que com o tanto de pendências importantes, aquela perguntava soava cômica.

Agora nós voltamos pro seu navio, pra encontrar Dianne, sua capitã? Você se lembra de como viemos parar aqui?

O objetivo era ser uma pergunta retórica, mas, direta. Não tinham tempo a perder e Baltazar precisava ajudá-lo a chegar em segurança, ser capturados pela marinha de novo estava fora de questão.

Aproveitando a bagunça que estava feita pelos soldados tentando parar o navio e as pessoas que os barravam, tentava passar despercebido com Dórian pelo canto menos vigiado.

Vamos sair daqui, mas, eu sou novo nessa cidade, você vai ter que me guiar até o seu navio, tá bom?

OFF:
 

Histórico:
 



____________________________________________________

Objetivos escreveu:
Primários:
( ) Aprender ilusionismo.

Longo Prazo:
( ) Comprar botas.
( ) Conseguir uma recompensa.
( ) Conseguir uma Akuma no Mi.
( ) Adquirir Vantagem: Aparência Inofensiva.
( ) Adquirir Vantagem: Adaptador.
( ) Adquirir Vantagem: Liderança.
( ) Aprender o ofício "Gatuno".
( ) Aprender a usar os Haki's.
( ) Aprender um Rokushiki.



Aventuras:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
K1NG
Soldado
Soldado
K1NG

Créditos : 17
Warn : Segundo ato: Revelação - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 30/04/2020

Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 EmptySex 28 Ago 2020, 15:48




Segundo Ato: Revelação

Toroa Island ~ ??:?? ~ 28º



Dorian levava uma mão a cabeça, como se sentisse dor, o que não seria nada estranho dado seu estado. Ele apertava um pouco de cabelo no topo frontal da cabeça, tentando de alguma forma apaziguar a dor que sentia, e de modo moderado respondia. – Certo, vamos! – Não demorou em caminhar junto de Baltazar entre a pequena multidão que ali se formava.

A doca estava relativamente cheia, porém a passagem das pessoas por ali não tinha muita dificuldade, O problema eram os guardas que poderiam reconhecer os dois “fugitivos” que acabaram de sair de um navio claramente reconhecido como dos revolucionários. Porém a facilidade de se esconder e disfarçar no ambiente os salvaram de um grande problema.

Andaram alguns bons metros antes de enfim chegar em terra firme, onde não havia mais o balançar de barcos, pontes e nem nada do tipo. Sentiam o firme solo rochoso daquela avenida, porém não era hora de descansar ainda tinham de sair dali e procurar o navio de Dianne para entregar são e não tão salvo Dorian para o grupo de piratas. O enfermo amigo de Baltazar não parecia muito bem, mas ainda assim erguia um braço para apontar uma direção. – Por ali, sempre deixamos o navio no mesmo lugar. – Sussurrou com uma certa dificuldade.

O sol começava a esquentar e aquilo poderia agravar ainda mais a situação da dupla.

Crianças corriam pela larga avenida mercante, junto de outras crianças que sorriam ao ar. Eles brincavam de várias formas, jogando bola, soltando pipa, emulando lutas, mas todos pareciam se divertir. O movimento de carrinhos de compras também era intenso, algumas senhoras os puxavam pela avenida e quase todos estavam cheios de frutas e verduras. Era uma manhã até que normal, pelo que dava a perceber.

Casas e prédios rentes a orla eram a principal ambientação por ali, junto de é claro vários e vários pontos comerciais. Seguindo mais adiante a dupla via um bar, uma loja de armas e outro centro comercial, este bem mais excluso e o único a estar fechado. Do bar saíam alguns jovens e outros mais velhos, todos com o as bochechas rosadas de tanto beber álcool.

Durante o caminho Dorian indicava mais uma vez: - Quando encontrar uma loja de roupas toda frufru é só virar a esquerda e seguir direto até o portal que leva aos campos floridos e depois a floresta. – Ele pausou por alguns instantes quando uma tosse o interrompeu. – Não é difícil de achar...

Histórico:
 
NARRAÇÃO - VII

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Podem cortar todas as flores, mas não podem deter a primavera.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Segundo ato: Revelação   Segundo ato: Revelação - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Segundo ato: Revelação
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: West Blue :: Toroa Island-
Ir para: