One Piece RPG
~ Arquipélago Sabaody ~ XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 06:00

» 1° Act - It's Navy Time
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor PepePepi Hoje à(s) 05:47

» The Claw
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Achiles Hoje à(s) 03:55

» The One Above All
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Achiles Hoje à(s) 03:21

» ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor DanJo Hoje à(s) 03:20

» Una Regazza Chiamata Pericolo
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Milabbh Hoje à(s) 01:28

» Art. 3 - Our memories
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 00:54

» Unidos por um propósito maior
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Milabbh Hoje à(s) 00:49

» [MINI-Fenrisulfr] Começo
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:19

» VI - Seek & Destroy
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:21

» Al mare!
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor John Knudarr Ontem à(s) 23:07

» [MINI-HITSU] - Hope
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor hitsu Ontem à(s) 22:24

» [Mini] Am I really need do this?!
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Jinne Ontem à(s) 21:52

» [MEP] Vinsmonke Nizako
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Jinne Ontem à(s) 21:50

» [M.E.P] Hitsu
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Jinne Ontem à(s) 21:50

» Along Comes A Spider
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Ceji Ontem à(s) 21:40

» What do You do For Money Honey
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Lawrence Ontem à(s) 21:14

» Fim de Jogo
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor GM.Noskire Ontem à(s) 20:55

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor JaponeisLK Ontem à(s) 20:16

» Terminando assuntos inacabados
~ Arquipélago Sabaody ~ Emptypor Aokine Daiki Ontem à(s) 19:24



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 ~ Arquipélago Sabaody ~

Ir em baixo 
AutorMensagem
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 93
Warn : ~ Arquipélago Sabaody ~ 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

~ Arquipélago Sabaody ~ Empty
MensagemAssunto: ~ Arquipélago Sabaody ~   ~ Arquipélago Sabaody ~ EmptyTer 21 Jul 2020, 22:55


Mapa

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Informações Principais

Nome: Arquipélago Sabaody.
Regente: Governo Mundial (sempre que um problema surge os civis entram primeiro em contato com a Marinha que, se necessário, entrará em contato com o Governo Mundial para saber o que precisará ser feito).
População: Alta.
Clima predominante: N/A.
Religião: N/A.
Geografia: O Arquipélago de Sabaody é, na realidade, uma enorme floresta manguezal no meio do oceano, composta por 79 árvores gigantes conhecidas como Yarukiman Mangrove. Essas árvores são os maiores manguezais do mundo e são fortes o suficiente para crescer do fundo do oceano até o topo. Elas não afundam no oceano durante a maré alta, como as outras árvores de mangue, e a textura em suas cascas tem um aspecto tão distinto que se assemelha a grandes bastões de doces. Ao andar pelas raízes das Yarukiman Mangrove é possível ver “bolhas de sabão” sendo formadas direto do “chão”, isso acontece porque essas árvores produzem uma resina especial que naturalmente cria essas bolhas resistentes que dão um visual único para o local. Cada árvore é chamada de bosque e serve como uma ilha onde os habitantes podem construir suas casas e cidades. As pessoas podem ir de um bosque para outro através das várias pontes construídas, conectando-se em torno das muitas raízes das árvores. Ao todo existem 79 árvores e elas são divididas em áreas de acordo com a numeração a qual pertence.
Log Pose: O “Arquipélago” Sabaody não é de fato um conjunto de ilhas, portanto não possui campo magnético para afetar Log Poses. Geralmente navios chegam aqui por acaso, pois o Log Pose atualizado na última ilha de cada rota sempre aponta para a Ilha dos Tritões, e ao se aproximar da Red Line, os navegadores ficam perdidos sem saber o que devem fazer e acabam durante a procura achando Sabaody. Outra forma natural de chegar aqui é por correntes marítimas já conhecidas por aqueles que navegam muito pela região e sabem de cor a localização do arquipélago (Marinha, Governo Mundial, navios de carga e etc).
Tempo de viagem para a próxima ilha: 90u.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




Bosque 1 a 29

Por conta do tamanho exagerado do arquipélago, os marinheiros não são capazes de controlar com a mesma eficiência todas as regiões de Sabaody, e o resultado disso pode ser visto nos Bosques 1 até o 29 que são popularmente conhecidos como uma área sem leis. Aqui os criminosos no geral possuem uma liberdade maior para transitar pelo arquipélago sem se preocupar com a Marinha, porém ainda precisam ficar atentos aos grupos de caçadores de recompensa que existem aos montes nessa região, pois sabem que aqui é o lugar mais provável de se encontrar piratas para capturar.

Também é possível dizer que aqui se concentra a parcela mais pobre da população de Sabaody, mas existem também estabelecimentos de luxo que são administrados por pessoas capazes de dar segurança para seus visitantes mais ricos. Falando nestes, quando algum nobre decide visitar essa área do arquipélago, muito provavelmente ele está buscando a compra, troca ou venda de escravos, algo que é totalmente liberado aqui e que a Marinha é obrigada a fazer vista grossa e não intervir em estabelecimentos ou grupos que praticam esse comércio, muito pelo contrário, algumas vezes são forçados a protegê-los.

ATENÇÃO: Aqui tritões e sereias são extremamente discriminados, portanto aqueles que possuem essa raça devem andar disfarçados em Sabaody se não quiserem sofrer as consequências dessa desvantagem que aqui é muito pior. Narradores, favor interpretar corretamente o preconceito dos habitantes e lembre-se que a Marinha pode chegar rapidinho em qualquer bosque do arquipélago.

Citação :
Tabela de preço de cada raça no mercado de escravos

Humanos: B$5.000.000
Tribo dos Braços Longos: B$7.000.000
Tribo dos Pernas Longas: B$7.000.000
Tribo dos Pescoços de Cobra: B$7.000.000

Minks: B$7.000.000

Anões: B$7.000.000

Tritões: B$10.000.000

Gigantes:
Macho: B$50.000.000
Fêmea: B$10.000.000

Sereianos:
Machos: B$10.000.000
Fêmeas com menos de 30 anos (cauda não bifurcada): B$70.000.000
Fêmeas com mais de 30 anos (cauda bifurcada): B$10.000.000

Usuários de Akuma no Mi: valor negociável.
Outras espécies raras: valor negociável.

OBS: Os comerciantes de escravos sempre irão pagar aos seus fornecedores o preço apresentado na tabela, mas na hora que os escravos são colocados à venda em uma loja eles obviamente irão custar um pouco mais. O mesmo se aplica aos leilões na hora de ser definido o valor inicial para o “produto” leiloado.
OBS2: Marinheiros e Agentes são instruídos a chamarem lojas de escravos de “escritório público de empregabilidade” e ir contra esse sistema pode custar o fim da sua carreira ou mesmo a sua prisão.
OBS3: Uma bomba-coleira é colocada no pescoço de todos que forem capturados para serem vendidos como escravos. Essa coleira só pode ser removida com o uso da chave certa, com perícias de arrombamento ou com o uso nível mestre do Busoushoku no Haki. Aqueles que possuem o controle remoto da bomba podem explodi-la apertando um único botão, sendo ela fatal para NPCs de nível 6 ou menor, mas em players, se a explosão for aplicada no pescoço causando um dano crítico, esse dano é de 800 e não ignora a resistência. Mesmo tendo grandes chances de não ser fatal, ainda pode causar ferimentos graves e incapacitar o personagem até que seja tratado.

Happy Face (Casa de Leilões de Escravos)

Localizada no Bosque 1, essa casa de leilões de escravos é a mais famosa de toda a Sabaody e a mais procurada por nobres ou qualquer pessoa que tenha dinheiro suficiente e interesse de comprar um escravo. Dizem que ela foi fundada no passado por um Tenryuubito, mas hoje este não atua mais no local e passou todo o comando para o empresário Bingo, que vem conseguindo administrar muito bem os negócios. A Happy Face não cobra para entrarem no estabelecimento e qualquer um pode frequentá-lo, desde que esse não apresente nenhuma característica de tritão. A casa possui centenas de cadeiras disponíveis para seus visitantes, é extremamente confortável e bem protegida pelos membros da Shadow Hand, pela divisão do vice-almirante Dorian Black e também por alguns seguranças (de level 4), porém certamente são as apresentações de Bingo e o seu talento para falar com o público que tornam os leilões da Happy Face praticamente um espetáculo.

Shavas’ Drink Bar

Localizado nas redondezas do Bosque 13, o bar da Shavas é um local muito frequentado por piratas que procuram beber em um lugar mais “tranquilo”. Apesar de não ser um espaço muito grande, o bar é muito confortável, tem bebidas de qualidade e um clima agradável para quem procura um ambiente para relaxar longe de todos os problemas que o arquipélago pode oferecer. Vez ou outra alguns músicos pouco conhecidos se apresentam aqui para começar a criar uma boa fama na carreira e no futuro ter chance de fazer um show no Sabao Dome. Protegido pela família P. Khaah, que mora no segundo andar do bar, esse não é um lugar onde você vai querer causar confusão devido a força desses membros que no passado foram piratas de renome.

Loja de Escravos do Korutão

Localizado no Bosque 22, essa loja é uma das mais famosas de Sabaody quando o assunto é venda de escravos, perdendo talvez apenas para os leilões da Happy Face. Aqui as “mercadorias” ficam à mostra em vários andares de vitrines para os visitantes da loja poderem escolher o que levar. O vidro das vitrines é bastante resistente, mas além disso os escravos também ficam sempre muito bem algemados e com os colares-bombas no pescoço para evitar tentativas de fuga. Korutão é o dono da loja e possui uma lábia boa na hora de apresentar as qualidades de seus “produtos”, talvez sendo esse um dos motivos do seu sucesso em vendas. Assim como as demais lojas do tipo, ela é protegida pelo vice-almirante Dorian Black e sua patrulha de marinheiros.

Bubble Buffet

Um restaurante estrelado e de luxo que pode ser encontrado dentro do Bosque 24 e é muito frequentado não apenas pelos nobres que passam pelo local, mas também por piratas e criminosos que gostam de apreciar esse tipo de ambiente mais requintado ou então saborear uma comida com uma qualidade elevada. Claro que após dizer tudo isso fica óbvio que o preço de uma refeição nesse restaurante não é barata, mas aqueles que estão acostumados com esse padrão gastronômico já não ligam para isso. Hauls, o chef e proprietário do Bubble Buffet, é um antigo vice-almirante que hoje dedica seus anos de aposentadoria ao trabalho gastronômico, portanto não liga para criminosos que passam pelo seu restaurante desde que estes paguem pelas refeições e respeitem o ambiente, caso contrário ele mesmo fará que sofram uma punição. Assim como na maior parte do território de Sabaody, aqui não é permitido a entrada de tritões ou qualquer coisa que se pareça com um.

Áreas Portuárias

Nos Bosque 27, 28 e 29 existem alguns portos muito usados por criminosos que querem chegar ao arquipélago por um lugar mais seguro e sem muitos problemas. Apesar de ser possível atracar navios em praticamente qualquer bosque de Sabaody por conta da sua geografia única, os portos são o local ideal para o transporte de mercadorias ilegais do mercado negro ou, principalmente, de navios escravistas. Por estarem dentro da área sem lei, os portos não são protegidos por ninguém em especial, portanto não é difícil encontrar caçadores de recompensa rondando a região na espera da chegada de algum grupo pirata.

Personalidades Importantes

Shadow Hand:
 

Nome: Daryl McDevil
Descrição: Daryl McDevil é um nome bastante famoso por conta da sua história que repercutiu no mundo todo, essa história é um pouco mais conhecida por cozinheiros, mais ainda por habitantes do East Blue e praticamente impossível de nunca ter ouvido nada a respeito caso tenha crescido em Gecko Islands. Podemos dizer que ele possui duas personalidades bem distintas, a primeira é a sua natural como Daryl McDevil e a segunda quando está atuando como o palhaço Bingo.

Bingo: O nome da sua caracterização já foi mais famoso que o seu próprio, mas hoje nem todo mundo lembra que esse personagem havia um nome diferente. De todo modo, McDevil ainda faz uso de Bingo para apresentar os leilões da Happy Face, mas agora sua atuação não é mais tão parecida com a do antigo palhaço, pois ele não precisa mais controlar seus transtornos e efeitos colaterais das diversas drogas que usa antes de subir ao palco. Esse é um dos motivos do porque seu comportamento pode ser visto por alguns como estranho e perturbador, principalmente para aqueles com Coulrofobia, o medo de palhaços. Seus espetáculos como apresentador dos leilões variam na mesma frequência que seu humor, podendo ter dias que ele faz algo completamente voltado para o humor (ácido) e outras onde ele faz torturas ao vivo com os escravos à venda e, são estes os espetáculos mais aplaudidos, o que não é surpresa alguma considerando a índole daqueles que frequentam esse lugar. Bingo, no entanto, ainda se preocupa em manter o profissionalismo e não faz nada que prejudique demais as “mercadorias” e possa acabar forçando uma pausa no espetáculo porque o escravo morreu (o que não é impossível de acontecer por diversos motivos).

Daryl: Fisicamente falando já não existe muitas diferenças entre Daryl e Bingo, pois o ator já não retira mais a caracterização no seus dias comuns, podendo ter algumas diferenças apenas no fato de que é um fumante compulsivo fora da fantasia e também no penteado que pode variar mais no caso do palhaço. McDevil costuma performar como Bingo sempre sob efeito de entorpecentes, sendo este o seu lado mais assustador e agressivo, mas quando está sóbrio ele tem uma personalidade um pouco mais contida e tranquila, porém não se engane se acha que ele é menos perigoso como Daryl, pois sem a atuação de palhaço é mais difícil enxergar seus sentimentos e consequentemente torna sua agressividade mais imprevisível. Ele também é o clássico clichê de palhaço que não tem senso de humor quando está fora da sua atuação, sendo muito difícil fazê-lo sorrir independente de qual sentimento lhe afete. Por mais que não atue mais como cozinheiro, Daryl ainda pode fazer alguns de seus “hambúrgueres especiais” caso alguém interessado entre em contato.

A famosa história de Daryl McDevil, o Palhaço Demoníaco:
 

Grupo: Pirata.
Cargo: Gerente da Happy Face e Anel Principal da Shadow Hand de Sabaody.

Ficha Técnica:
 

OBS: É completamente impossível derrotar McDevil sozinho mesmo que se esteja no limite de experiência do level 6. Dois é o número mínimo de players necessários para ter alguma chance de conseguir derrotá-lo sem o efeito de drogas, sendo que sob o uso dos entorpecentes esse número mínimo sobe para três e ainda assim não é recomendável enfrentá-lo sem uma estratégia montada dentro da aventura. NPCs não aumentam as chances de vitória e possuem altas chances de serem brutalmente assassinados por Daryl e/ou seus aliados caso também estejam no campo de batalha.
OBS2: Players que estiverem dispostos a arriscar enfrentar Daryl estarão automaticamente sob avaliação de indicação de morte e a staff precisa ser avisada pelo narrador para que a batalha seja supervisionada. (Tecnicamente isso se aplica a qualquer batalha contra um NPC da ilha que tenha level mais alto que o dos players.)



Nome: Wendy Wazer
Descrição: Wendy é a namorada de Daryl McDevil, ou pelo menos é nisso que ela acredita. Enquanto a ruiva é completamente louca de amor pelo palhaço, esse sentimento claramente não é recíproco e tudo que Daryl faz é abusar e se aproveitar da garota. É injusto dizer que não há ao menos uma amizade sincera por parte de McDevil, afinal os dois se conhecem já há muito tempo e essa médica apaixonada já o salvou diversas vezes, porém é óbvio que a Dra. Wazer não está interessada em ter apenas uma amizade com o seu “Bombonzinho”. Esse “namoro” entre Daryl e Wendy pode ser facilmente resumido como um relacionamento abusivo, e do pior tipo possível, não apenas por McDevil ser completamente transtornado, mas também por Wazer ser incapaz de enxergar o mal que ele lhe faz e até acredita que o jeito que o palhaço lhe trata é na verdade o seu jeito de demonstrar amor. Apesar de manter o relacionamento ativo com Daryl, Wendy também tem casos amorosos frequentes com Samara Fennz, outra integrante da Shadow Hand, porém independente do quão bem Samara lhe trate, a ruiva sempre irá voltar para o palhaço. Sua personalidade é normalmente a de uma mulher bastante animada e positiva, mesmo quando a situação claramente não condiz com isso (tipo rir de uma histórica trágica ou ao presenciar algo perturbador), o que apenas reforça sua imagem de ser uma pessoa que não bate bem das ideias. Wendy gosta de provocar e irritar as pessoas ao seu redor, mas seu maior talento é sem dúvidas a sua sensualidade que ela sabe usar muito bem para conseguir aquilo que quer, porém muitas vezes todo esse charme acaba sendo motivo para ela se irritar com certos tipos de homens, e estes não costumam viver por muito tempo, ou se vivem, guardam sequelas que jamais irão se esquecer.
Grupo: Pirata.
Cargo: Membro da Shadow Hand.

Ficha Técnica:
 


Nome: Samara Fennz
Descrição: Samara é uma mulher determinada que não abaixa a cabeça facilmente e tem uma personalidade forte bastante presente, portanto a sua alcunha como dominatrix não vem apenas da sua aparência. Fennz durante muito tempo da sua vida foi cobaia de cientistas em um laboratório do Governo Mundial e por conta disso acabou desenvolvendo uma imunidade bastante alta para venenos, e mesmo aqueles que são ainda desconhecidos pelo corpo dela são muito mais facilmente combatidos, tendo um efeito bastante reduzido. Como já deve ser esperado, a história desses cientistas não terminou bem uma vez que Samara se tornou poderosa o suficiente para se voltar contra eles e matá-los para alcançar sua tão sonhada liberdade. Sozinha no mundo e sem ter para onde ir, a garota se viu obrigada a entrar no Submundo da Grand Line e assim começou a trabalhar como uma mercenária. Aproveitando dos talentos que adquiriu no laboratório, Fennz passou a produzir venenos especiais os quais usa de maneira diversa e muitas vezes inesperada para conseguir eliminar seus alvos, como por exemplo a sua técnica Beijo da Morte, onde ela beija suas vítimas com veneno escondido em sua boca. Sam consegue extrair veneno de qualquer fonte, mas tem uma admiração maior por aqueles que retira da plantas e sementes. Apesar de saber a sua posição dentro da Shadow Hand e reconhecer a força e talento do seu líder, Samara não é muito próxima de Daryl McDevil, desaprovando totalmente a maneira como ele trata Wendy, as duas inclusive possuem um caso amoroso e Fennz tenta de todas as formas convencer a amante a esquecer o palhaço, mas ainda sem sucesso. Por conta do seu passado, a Dominatrix não é muito favorável ao sistema escravista que o arquipélago e a sua organização financiam, porém se tem uma coisa que ela aprendeu ao longo da vida é que para sobreviver também é preciso fazer algumas coisas que você não quer.
Grupo: Pirata.
Cargo: Membro da Shadow Hand.

Ficha Técnica:
 


Nome: Rubeus Dragnor
Descrição: Rubeus Dragnor, a Guilhotina Vermelha, foi no passado um dos piratas mais poderosos e temidos do mundo, mas hoje já tem bons anos que ele largou essa vida e vive tranquilamente no Arquipélago Sabaody como um simples e pouco conhecido Mecânico de Revestimento. A prova de que seu nome está fora da mídia há muito tempo é que Rubeus dificilmente é reconhecido por alguém que não seja um “nerd” de piratas e saiba tudo sobre as lendas da velha era. Ainda que sua identidade seja descoberta por um marinheiro, ninguém do Quartel General de Sabaody é forte o bastante para conseguir capturar o lendário Rubeus Dragnor, para isso talvez fosse necessário enviar o QG inteiro e mesmo assim não há garantias de que seriam capazes de prendê-lo, o que significa que independente do resultado esse ato poderia acabar desestabilizando a segurança do arquipélago que já é bem difícil de ser controlada. É por isso que a menos que o Guilhotina volte a causar problemas, não há motivos para as forças do Governo Mundial se mobilizarem para tentar capturá-lo. A idade pode ter mudado um pouco da personalidade ameaçadora de Rubeus, ou talvez ele nunca tenha sido tão assustador quanto as histórias diziam, o que importa é que hoje Dragnor é um senhor de idade bastante em forma, simpático e muito prestativo com aqueles que o procuram, principalmente se estes forem piratas ou revolucionários que carregam uma vontade parecida com a de seu antigo capitão.
Grupo: Civil/Pirata.
Cargo: Mecânico de Revestimento (Autônomo).

Ficha Técnica:
 

Serviços de revestimento do Rubeus:
 

OBS: Rubeus nunca sai da sua área de trabalho, vagando no máximo pelas redondezas do Bosque 28. Somente grandes eventos como sagas ou situações aprovadas pela staff podem levar esse personagem a aparecer em outros bosques ou intervir de alguma forma relevante na aventura de um jogador independente do grupo que ele pertença ou das ações que ele esteja fazendo (essa regra não se aplica para idiotas que tentarem atacar a ele ou a sua casa).

Nome: Hauls Tokken
Descrição: Diferente das outras lendas do passado que podem ser encontradas no arquipélago, Hauls é facilmente reconhecido, principalmente pelos marinheiros que sempre comentam sobre o restaurante do vice-almirante aposentado e contam as histórias de seus grandes feitos aos novatos de Sabaody. Mesmo para piratas ou membros dos outros grupos, Hauls é uma figura bastante conhecida e sua fama para alguns pode ser comparada a dos grandes astros da música que frequentemente passam pelo Sabao Dome. Além do reconhecimento como marinheiro, Tokken também é renomado no ramo gastronômico por conta do seu restaurante, e claro, pela sua comida que tornou ele estrelado. Hauls não se importa com quem frequenta seu restaurante desde que esse se comporte como uma pessoa civilizada e não cause confusão, exatamente por isso que ele não permite a entrada de tritões e sirenos, não por ser uma pessoa preconceituosa, mas para preservar a segurança e paz do local. Por mais que ele trabalhe sempre visando os lucros, seu espírito de marinheiro em querer ajudar o próximo ainda existe e sempre fala mais alto quando se depara com alguém precisando de comida e que não tem condição de pagar por uma refeição, e nesse caso não importa de que raça a pessoa seja. Hauls é contra o sistema escravista que a Marinha e o Governo Mundial fingem que não existe no arquipélago, e é mais contra ainda aos responsáveis pela existência dele, sendo este o principal motivo para que nunca tenha aceitado se tornar um Almirante. Quando encontra marinheiros que carregam um pensamento semelhante ao seu, o tratamento de Hauls a estes se torna diferenciado, ajudando-os com treinamento, refeições ou até mesmo com problemas envolvendo certas coleiras explosivas.
Grupo: Civil/Marinha.
Cargo: Dono e Chef do Bubble Buffet/Vice-Almirante Aposentado.

Ficha Técnica:
 

OBS: Hauls nunca sai da sua área de trabalho, vagando no máximo pelas redondezas do Bosque 24. Somente grandes eventos como sagas ou situações aprovadas pela staff podem levar esse personagem a aparecer em outros bosques ou intervir de alguma forma relevante na aventura de um jogador independente do grupo que ele pertença ou das ações que ele esteja fazendo (essa regra não se aplica para idiotas que tentarem atacá-lo ou causarem confusão em seu restaurante).


Nome: Dorian Black
Descrição: É o ex-comodoro que comandava o QG de Utopia e foi transferido para Sabaody para reforçar o esquema de segurança dos “escritórios públicos de empregabilidade” e garantir que nenhum deles seja alvo de piratas e, principalmente, revolucionários. Dorian é um exímio espadachim que foi selecionado a dedo pelo Governo Mundial para ser uma verdadeira máquina de combate completamente devoto à “Justiça Absoluta” seguida por alguns membros da Marinha. Seu trabalho se destaca não apenas pela sua força, mas também pela sua extrema frieza na hora de realizar suas ações movidas pelo seu senso de justiça muitas vezes controverso. Mesmo acreditando cegamente nos seus próprios ideais, Dorian jamais desacata alguma ordem que venha de cima, por isso um de seus objetivos na organização é chegar ao topo onde não precisará dar o braço a torcer e poderá pôr completamente em prática a justiça que acredita ser a certa. Black busca sempre resolver seus problemas de um modo excludente, isto é, não tem misericórdia com seus inimigos e, com seus parceiros, não costuma fazer amizades.
Grupo: Marinha.
Cargo: Vice-Almirante.

Ficha Técnica:
 


Nome: Korutão
Descrição: Koruto, ou Korutão como é mais conhecido, é o vendedor de escravos mais procurado pelos interessados nesse tipo de produto. Por conta da sua proximidade com todos os grupos de caçadores e com alguns grupos de marinheiros, Korutão consegue receber com mais facilidade as mercadorias de qualidade, sendo geralmente o segundo nome que os caçadores procuram quando querem vender um novo escravo capturado (o primeiro costuma ser Daryl McDevil da Happy Face/Shadow Hand). Apesar de não ser o homem mais forte do arquipélago, Korutão também não é o mais fraco, podendo se defender bem de ataques que venha a sofrer ou, pelo menos, se manter vivo até que Dorian Black ou outros marinheiros surjam para salvá-lo.

Sobre a sua personalidade podemos dizer que ele é bastante preconceituoso e enxerga os escravos como animais da pior espécie, algo não muito distante da visão que a grande maioria dos habitantes de Sabaody tem. Apesar de ter um perfil forte e inicialmente uma aparência intimidadora, Koruto é um covarde capaz de fazer qualquer coisa para se manter vivo se perceber que sua força não é suficiente. Entretanto, fora de batalhas, Korutão é bastante confiante na sua lábia e se considera melhor do que os demais vendedores de escravo, sonhando ainda com o dia que talvez possa roubar o lugar de Bingo como apresentador dos leilões da Happy Face.
Grupo: Civil.
Cargo: Dono da Loja de Escravos do Korutão.

Ficha Técnica:
 


Nome: Shavas Khaah
Descrição: Shavas começou sua história como pirata sendo conhecida como “A Pirata das Cinzas”, mas na medida que foi avançando na Grand Line e ampliando seus feitos ela conseguiu ter sua alcunha alterada para “A Rainha das Cinzas”, indicando que já não era mais aquela novata do passado. Shavas tem esse título por um motivo bem óbvio uma vez que ela luta com um lança-chamas e tinha como marca registrada queimar os navios e cidade que saqueava. Porém existe ainda mais um detalhe na sua história, pois Shavas dizia que seu objetivo era se tornar a “Rainha do Mundo”, mas como todo lugar por onde ela passava era queimado, todos começaram a dizer que desse jeito ela iria provavelmente reinar em um mundo de cinzas. Ela é bastante poderosa e já chegou a ser uma das candidatas ao título de “Rei dos Piratas” antes mesmo dele de fato existir, porém ela optou por se aposentar depois que o romance com o seu imediato, Big Negg, gerou seu primeiro filho. Assim que Byros Khaah nasceu, Shavas percebeu que nenhum tesouro seria mais valioso do que seu filho e por isso não havia mais sentido em continuar navegando em busca de um título que não lhe importava mais. Hoje, a Rainha das Cinzas se dedica a cuidar do seu bar no Bosque 13 e auxilia piratas com dicas de como podem chegar ao Novo Mundo e sobreviver aos perigos que a jornada deles agora terá. No passado sua personalidade poderia ser descrita da mesma maneira que se descreve o fogo, mas com o tempo essa sua chama interior foi se tornando mais fraca e Shavas se tornou uma mulher mais tranquila e menos instável, porém certas situações ainda podem fazer a velha Rainha das Cinzas aparecer, principalmente aquelas que envolvem sua família ou até mesmo seu bar. (Dica: também não é recomendável rir de seu nome, isso pode fazer você ter o cabelo queimado e ganhar uma mudança no PP ao se tornar careca.)
Grupo: Civil/Pirata.
Cargo: Dona do Shavas’ Drink Bar e Ex-Capitã Pirata.

Ficha Técnica:
 


Nome: Pyro ”Big Negg” Khaah
Descrição: Big Negg era um cara muito temido na sua época como pirata por conta da sua agressividade e força em combate, mas hoje, aposentado e focado em cuidar da sua família, Pyro é uma das pessoas mais tranquilas que você poderá conhecer, sendo inclusive uma ótima pessoa para bater um papo reflexivo e fumar um cigarro de sua escolha. Apesar de parecer que tem um raciocínio um pouco lento depois que fuma, Big Negg na realidade está pensando em coisas demais ao mesmo tempo, podendo dessa forma ser considerado um gênio que lhe dará respostas tão complexas e a frente do seu tempo que irão parecer não fazer sentido. Ele é uma pessoa com uma presença muito agradável e estará sempre dando conselho aos frequentadores do bar de sua esposa, onde inclusive ele trabalha não apenas como músico fixo, mas também como garçom. Sempre que algum artista se oferece para fazer uma apresentação no Shavas’ e mostra que tem talento na área, Pyro recomenda que este vá até a gravadora de seus filhos para tentar dar início a uma carreira no ramo da música. Ainda que não seja mais a ameaça que um dia fora, Big Negg continua sendo um capoeirista habilidoso que supera em muito outros lutadores de chute, o problema é que ele geralmente não tem oportunidade de mostrar isso, pois sempre que uma confusão acontece no bar e Big Negg finalmente fica pronto para lutar, Shavas já teve tempo de resolver tudo sozinha. Dentre todas as características físicas de Big Negg, aquela da qual ele mais se orgulha é sem dúvidas a sua grande e grossa... cabeleira de dreads.
Grupo: Civil/Pirata.
Cargo: Músico do Shavas’ Drink Bar e Ex-Pirata.

Ficha Técnica:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
(Link da ficha na imagem)


Última edição por GM.Doodles em Ter 21 Jul 2020, 23:16, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 93
Warn : ~ Arquipélago Sabaody ~ 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

~ Arquipélago Sabaody ~ Empty
MensagemAssunto: Re: ~ Arquipélago Sabaody ~   ~ Arquipélago Sabaody ~ EmptyTer 21 Jul 2020, 22:56


Bosque 30 a 39

Essa é sem dúvidas a parte mais divertida de Sabaody para aqueles que estão visitando-a pela primeira vez, ou até mesmo para aqueles que já vivem aqui e buscam fazer alguma atividade diferente. Com parques de diversão, estádios para apresentação de grandes artistas ou mesmo pequenas casas de show para atrações menores, essa área do arquipélago é muito visitada por aqueles que buscam um momento de descontração ou até mesmo por um artista que deseja tentar alavancar sua popularidade.

ATENÇÃO: Aqui tritões e sereias são extremamente discriminados, portanto aqueles que possuem essa raça devem andar disfarçados em Sabaody se não quiserem sofrer as consequências dessa desvantagem que aqui é muito pior. Narradores, favor interpretar corretamente o preconceito dos habitantes e lembre-se que a Marinha pode chegar rapidinho em qualquer bosque do arquipélago.

Shabon Shopping

Localizado no Bosque 30, esta é a maior construção comercial de Sabaody, contendo três andares e centenas de lojas, o Shabon Shopping possui uma enorme variedade de comércios e nele pode ser encontrado roupas, acessórios, armas e até mesmo escravos de luxo. O preço de se alugar um espaço no Shabon é alto, por isso é comum que as lojas daqui sejam bem mais caras que o normal, mas também muito mais fácil de se encontrar algo de qualidade. Todos os empresários da Grand Line ou mesmo dos Blues buscam tentar garantir uma área de vendas no Shabon Shopping, por isso não é difícil encontrar aqui filiais de lojas existentes também em outras ilhas do mundo.

Sabao Dome

No Bosque 31 encontra-se esse enorme estádio de apresentações e não existe um único músico de sucesso mundial que não tenha se apresentado aqui ao menos uma vez em sua carreira. Com a incrível capacidade para 100.000 pessoas aproximadamente (quantidade pode variar, já que alguns tamanhos podem ocupar mais ou menos de um espaço) o Sabao Dome, pode arrecadar em um show lotado mais de 5 bilhões de berries somente com a venda de ingressos. Apesar desse valor elevado, se descontado todos os impostos, gastos para a produção do show, divulgação, salário dos funcionários e a parte de todos os empresários envolvidos, apenas 10% do que é arrecadado em um show vai para o artista em si. O valor mínimo de um ingresso é B$50.000 e aumenta de acordo com a popularidade do artista podendo chegar até B$500.000, não incluindo o valor entradas vip ou de camarotes.

Sabao Movie & Theater

Também no Bosque 31 está o Sabao Movie & Theater que é do mesmo proprietário do Sabao Dome. Esse teatro é o local ideal para a apresentação de artistas performistas, sejam eles atores, dançarinos, mágicos e etc, todos que querem ter um espaço para aumentar sua fama podem vir até aqui tentar melhorar sua carreira, mas não é garantido que terão bons resultados de primeira. O teatro tem uma capacidade bem menor que o estádio, cabendo 10.000 pessoas no grande salão onde encontra-se o palco principal de apresentações. Entretanto não se engane, no geral a área é tão grande quanto a do Sabao Dome, acontece que aqui também existe um cinema para a transmissão de filmes (mercado que ainda está crescendo mundialmente) e algumas lojas focadas na venda de produtos de artistas como Tone Dials com suas músicas, roupas, posters e outros colecionáveis. Os ingressos no Sabao Movie & Theater variam entre B$10.000 e B$100.000 dependendo totalmente do artista que está se apresentando, porém a entrada para o cinema é sempre B$10.000. Apenas 10% do que é arrecadado no valor do ingresso é dado ao artista, exceto na venda de produtos em seu nome, pois isso depende totalmente do tipo de acordo que foi feito com a empresa/pessoa responsável pela fabricação destes.

Sabaody Park

Esse parque de diversões é muito popular dentro do arquipélago, seja entre as crianças ou mesmo entre os adultos, pois apresenta uma grande variedade de brinquedos e barracas de jogos que são considerados de boa qualidade e muito divertidos, sendo que algumas podem até mesmo premiar com pelúcias e brinquedos aqueles que vencerem ou tiverem um bom desempenho (tiro ao alvo, por exemplo). Por B$50.000 você pode visitar qualquer brinquedo do parque durante 1 hora, precisando renovar o seu cartão depois do fim do tempo limite. As barracas de comidas não estão inclusas no valor do ingresso e são cobradas separadamente. O Sabaody Park é tão imenso que faz parte de três bosques, o 32, 33 e 34, e existe uma bilheteria para compra do cartão em todas as três entradas. Por conta do preconceito, tritões e sereias não podem frequentar o parque, o que torna bastante comum que alguns deles tenham o sonho de infância de visitá-lo um dia, porém mesmo disfarçado é sempre um risco andar entre os numerosos humanos.

Sabaody Grand Hotel

No Bosque 35 é possível encontrar esse enorme hotel que se destaca por conta da estrutura de seus quartos que são construídos dentro de bolhas. Essas bolhas são feitas com a resina da Yarukiman Mangrove e pintadas na parte externa para dar privacidade aos hóspedes e também mais segurança, já que a tinta utilizada reforça a resistência dessas bolhas que já são bem fortes por natureza. Os quartos contam com um sistema de circulação de oxigênio natural, pois são acoplados nos galhos das Yarukiman Mangrove e elas mesmas fazem a troca gasosa. O Sabaody Grand Hotel é muito bem protegido por marinheiros, pois trata-se de um hotel que costuma ser usado pelos nobres ou pessoas importantes que aguardam a permissão para entrar na terra sagrada de Mary Geoise. Tirando a estrutura única e relevância de seus hóspedes, não há nada que o torne diferente de um hotel comum.

Sorveteria Ice Queendom

Essa sorveteria situada no Bosque 36 é a principal atração do local, sendo muito frequentada não apenas por crianças, mas também por adultos, principalmente por aqueles que estão interessados em um sorvete diferenciado. A Ice Queendom possui diversos sabores de sorvete disponível no seu cardápio, sendo que alguns deles são bastante estranhos e certamente não recomendável para crianças, apesar de toda a temática ao redor da sorveteria dar a entender que elas são o público alvo. Além do estabelecimento fixo no Bosque 36, a IQ também possui carros e barquinhos que transitam pelo arquipélago para vender os sorvetes… E também transportar mercadorias ilegais. Esses veículos de venda possuem uma música característica que qualquer um que ouve reconhece na mesma hora que se trata do carro/barco da Ice Queendom. Recentemente a IQ lançou um sorvete de chocolate chamado Shadow Child que tem sido um grande sucesso entre adultos e crianças, pois além de saboroso, essa sobremesa contém como ingrediente especial uma uma droga viciante que adormece a língua e se ingerido em grandes quantidades causa um efeito de relaxamento geral e até mesmo algumas visões alucinógenas.

Personalidades Importantes

Nome: Ayana B. Ott
Descrição: Ayana é uma jovem e bela garota de traços delicados, mas delicadeza certamente não é a melhor palavra para descrever a sua personalidade ácida. Uma das suas atividades preferidas do dia-a-dia envolvem irritar seu grande amigo e sócio, Marvin, mas ele não é o único que sofre nas mãos do talento de Ayana em irritar pessoas. Falando em talentos, a garota também é uma doceira de mão cheia, mas atualmente tem trabalhado apenas na sua sorveteria chamada Ice Queendom, onde nela pode extrair ainda mais do potencial de sua Akuma no Mi, dessa vez no ramo dos negócios. Também é por conta do seu Fruto do Diabo que Ayana detesta fazer exercícios físicos e odeio quando o clima está quente demais, pois de acordo com ela, ela não gosta da sensação de estar derretendo… Literalmente. Ayana gosta de ser carregada por Marvin quando é necessário andar pelo arquipélago, e caso não seja possível ela usa algum meio de transporte para evitar ao máximo atividades físicas e, principalmente, o sol, por isso tem consigo sempre uma sombrinha, muita água gelada e, às vezes, picolés que ela usa não apenas para se refrescar, mas também provocar alguns homens.
Grupo: Pirata.
Cargo: Dona da Sorveteria Ice Queendom e Membro da Shadow Hand.

Ficha Técnica:
 


Nome: Marvin Bravo
Descrição: Marvin é considerado um Supernova devido a sua recompensa elevada alcançada em menos de um ano atuando como pirata e agente do submundo, sendo atualmente o integrante mais recente de todos os três grupos da Shadow Hand. Esse valor alto se deve aos seus feitos de destruição bastante notáveis pela Grand Line, principalmente aqueles onde ele teria ficado em estado de fúria, pois é como ele mesmo diz “você não vai querer irritar uma pessoa como eu”. Atualmente é sócio da Sorveteria Ice Queendom ao lado de Ayana, que sabiamente percebeu como o poder do fisiculturista poderia ajudar na produção de milk shakes, além de ser um adicional muito grande para segurança dela. Sabendo que Marvin se torna muito mais poderoso quando está irritado, Ayana constantemente está a provocá-lo para deixá-lo sempre o mais perto possível do ponto de fúria, pois uma vez que lute ao lado dele nesse estado, os dois são praticamente uma dupla imbatível. Apesar da sua relação com uma sorveteria, ele odeia crianças ou qualquer coisa que tenha uma aparência “não adulta”, mas para evitar descontar sua raiva nesses pequeninos, Marvin gosta de fazer desenhos para simular seus alvos e então atacá-los com seus socos furiosos. Seu corpo é extremamente resistente e suas técnicas de fortalecimento como Tekkai e o Busoushoku reforçam isso ainda mais, entretanto seu Haki da Observação e habilidades evasivas não são muito bons.
Grupo: Pirata.
Cargo: Sócio da Sorveteria Ice Queendom e Membro da Shadow Hand.

Ficha Técnica:
 


Nome: Byros Khaah
Descrição: É o filho mais velho de Shavas e Big Negg e o único que se dedicou arduamente a ficar tão poderoso quanto seus pais, mostrando até mesmo que se já não os superou, não vai demorar muito para acontecer. Considerado um gênio, Byros não possui apenas um QI elevado, mas também uma incrível facilidade em aprender e dominar técnicas, não sendo à toa que tanto o seu Busoushoku, quanto o seu Soru já alcançaram um alto nível de domínio. Mesmo podendo dizer que ele é mais habilidoso que seus pais, ainda falta um pouco de experiência por parte do primogênito dos Khaah para conseguir vencer uma luta a sério contra os seus velhotes.

Byros dificilmente desrespeita seus superiores ou mesmo os seus pais, sendo um homem bastante sério, muito inteligente que está sempre focado e possui uma grande honra e orgulho. Como nasceu e cresceu em Sabaody, Byros se deparou constantemente com as injustiças desse mundo e por isso se juntou ao Exército Revolucionário na primeira oportunidade que teve, não demorando muito para que com sua força e dedicação ele alcançasse a patente atual e começasse a liderar a célula de atuação em Sabaody. A recompensa alta do Jaguar Negro muito se deve ao número de escravos que ele já libertou, mas principalmente pelo assassinato brutal que fez e ainda faz à donos e vendedores de escravos, sendo que estes primeiros em grande maioria são (ou eram) nobres com algum nome importante.

Recentemente a inteligência de Byros foi superada por uma boa emboscada feita pela Marinha e o mais novo vice-almirante da área, Dorian Black, que acabou dizimando completamente seus companheiros. Apenas ele sobreviveu ao “Massacre Negro” orquestrado por Black, mas ganhou uma cicatriz no rosto para jamais lhe permitirá esquecer esse dia e, principalmente, o homem responsável por isso. Hoje completamente desolado e se sentindo culpado pelo ocorrido, Byros não pretende mais trabalhar em equipe e tenta agora atuar sozinho pelo arquipélago, vagando com velocidade como onça para ajudar os necessitados que encontra. Suas áreas de atuação envolvem tudo dentro do bosque 1 ao 39, mas evita todos as áreas mais movimentadas como parques e estabelecimentos que não são de sua família.
Grupo: Revolucionário.
Cargo: Sub-General.

Ficha Técnica:
 


Nome: Pyro “P.K” Khaah Jr.
Descrição: Apesar de lutar de forma muito semelhante a de seu pai, P.K não é muito chegado em combates e prefere viver uma vida pacífica no ramo da música que é onde ele realmente se sente confortável. Não é tão forte quanto seu irmão mais velho, Byros, mas também não é inexperiente como seu irmão do meio, Ross, por isso sabe se virar bem quando é necessário entrar em uma briga. Apesar de carregar um pouco do semblante sério de seus irmãos, P.K herdou mais do que apenas o nome de seu pai, não apenas no estilo de combate e no talento musical, mas também um pouco do seu humor. Mesmo sendo sem dúvidas o filho mais animado dos Khaah, Junior também tem estranhas oscilações de humor, ora estando muito feliz e empolgado, ora estando muito triste e sem confiança. Talvez se tivesse nascido com a mesma dedicação de Byros, P.K teria potencial para superá-lo em força, mas a sua frequente baixa de autoestima lhe faz acreditar que viveria sempre na sombra do irmão, sendo incapaz de reconhecer a enorme força que existe dentro dele. Atualmente trabalha no Shabon Shopping junto de alguns amigos na antiga gravadora de seu irmão Ross, que deixou ela para ele depois que conseguiu se tornar o dono do Sabao Dome e do Sabao Movie & Theater. Com a Musikhaah Records, P.K ajuda músicos novatos a alavancarem suas carreiras como artistas dando a eles a oportunidade de gravarem Tone Dials com suas músicas e botar à venda, além dele ser a maior chance destes de conseguirem entrar em contato com Ross para uma apresentação no Sabao Dome.
Grupo: Civil.
Cargo: Produtor e Empresário da Musikhaah Records.

Ficha Técnica:
 


Nome: Ross Khaah
Descrição: Ross é o filho do meio de Shava e Big Negg, e diferente dos outros dois irmãos, ele não demonstrou nenhum interesse no campo de batalha, dedicando-se mais aos estudos e no fortalecimento de seus conhecimentos. Mesmo buscando estar sempre longe de qualquer confusão, é notável que a genética guerreira dos Khaah também está presente em Ross, para isso basta olhar para a incrível velocidade e agilidade que o empresário possui mesmo sem nunca ter levado os treinamentos de sua família a sério. Ele pode não ter dado muita atenção e dedicação ao seu corpo, mas Ross certamente compensou tudo se tornando um homem bastante inteligente, principalmente na área empresarial e na produção de artistas, sabendo extrair e aproveitar com maestria os talentos de qualquer um.

Por conta a diferença de estilo de vida, Ross não é muito próximo de sua família, principalmente porque sempre teve um pouco de inveja de como Byros sempre era elogiado pelos seus pais por ser bom em absolutamente tudo. Ainda que não rejeite seus familiares, é evidente que Ross tem um carinho maior por P.K, principalmente porque percebe que o garoto é mais próximo do seu “lado da linha” do que que da de seus pais e Byros. Também herdou a seriedade de sua mãe e é o tipo de pessoa que leva o trabalho muito a sério para poder sempre alcançar a perfeição, sendo esse um dos motivos pelo qual deixa sua família como segundo plano e também porque é visto por muitos como uma pessoa grossa e arrogante. De toda forma, por mais que não goste de admitir, se um dia as coisas vierem a ficar realmente preocupantes, Ross escolherá priorizar sua família ao invés de qualquer outra coisa.

Como dono do Sabao Dome e do Sabao Movie & Theater, Ross é o responsável por produzir os eventos e por isso está constantemente à procura de talentos na área ou artistas já consolidados para marcar shows no arquipélago. Como empresário ele tem uma boa fama e costuma pagar bem seus convidados de acordo com o grau de popularidade deles. Seu irmão P.K é de grande ajuda na hora de achar novos talentos para fazer pequenos shows, porém como Ross é bastante exigente, é preciso que o artista se prove minimamente bom para ter uma chance de se apresentar em algum dos dois Sabao.
Grupo: Civil.
Cargo: Atual proprietário do Sabao Dome e Sabao Movie & Theater.

Ficha Técnica:
 



Nome: Mikkel Bartosz
Descrição: Mikkel é um agente que se difere um pouco de alguns de seus colegas de trabalho por conta de suas atitudes pacifistas que muitas vezes entram em conflito com o protocolo que é passada aos agentes pelo Governo Mundial. Mesmo tendo sido selecionado e criado desde pequeno para ser uma arma de assassinato, Bartosz sempre relutou em seguir a risca as missões que lhe eram dadas, o que acabou gerando desgosto de muito de seus superiores. A prova de que Mikkel vem sendo boicotado pode ser vista no trabalho atual dele, onde mesmo sendo um agente da CP9 ele foi colocado como segurança de um hotel em Sabaody. Por mais que possa parecer que é uma honra única poder proteger os nobres que se hospedam nesse hotel, certamente essa função poderia ter sido facilmente designada apenas aos membros da CP8 presentes ou os marinheiros locais. De toda forma, Bartosz não se incomoda com isso e faz o seu trabalho como deve ser feito, na verdade faz ainda mais do que deveria fazer, já que seu código de honra lhe coloca para ajudar pessoas mesmo quando estas não são nobres. Ele não é estúpido e consegue controlar seus instintos diante de certas injustiças, mas se for possível que ele faça alguma coisa sem por a sua carreira em risco, ele fará, mesmo que para isso ele tenha que se ferir e atuar coisas como “desculpa, eu entrei na frente sem querer”. Mikkel pode ser considerado uma pessoa reservada, quieta e tímida, mas o que importa é que ele tem um bom coração, algo que de certo modo é bastante raro entre os agentes do alto escalão.
Grupo: Agente do Governo Mundial.
Cargo: CP9 e Segurança do Sabaody Grand Hotel.

Ficha Técnica:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
(Link da ficha na imagem)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 93
Warn : ~ Arquipélago Sabaody ~ 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

~ Arquipélago Sabaody ~ Empty
MensagemAssunto: Re: ~ Arquipélago Sabaody ~   ~ Arquipélago Sabaody ~ EmptyTer 21 Jul 2020, 22:58


Bosque 40 a 49

Essa é a área mais visitada e movimentada de todo o arquipélago, tendo um fluxo muito grande de pessoas por conta do foco comercial. Apesar do Sabaody Park ser uma grande atração, a variedade de lojas e restaurantes que esse conjunto de bosques oferece para os turistas é extremamente encantador e atrativo. Começando pelo fato de que aqui os produtos envolvendo as bolhas especiais de Sabady fazem muito sucesso e praticamente todo mundo que vem até o arquipélago tem vontade de experimentar ao menos um. Dificilmente você encontrará uma residência aqui, e se encontrar provavelmente ela também faz parte do comércio de algum vendedor. É uma região frequentada pelos mais pobres e também pelos mais ricos, assim como também existem lojas com preços adequados para todas as classes sociais.

ATENÇÃO: Aqui tritões e sereias são extremamente discriminados, portanto aqueles que possuem essa raça devem andar disfarçados em Sabaody se não quiserem sofrer as consequências dessa desvantagem que aqui é muito pior. Narradores, favor interpretar corretamente o preconceito dos habitantes e lembre-se que a Marinha pode chegar rapidinho em qualquer bosque do arquipélago.

Shabondy Super Market Grove

Esse é o nome dado ao conjunto dos Bosques 40, 41, 42 e 43 que são os lugares com maior concentração de comércios nesta região. Dependendo do horário do dia e da época do ano esses bosques podem estar bastante movimentados, pois aqui é o local onde os habitantes do arquipélago vem para conseguir comprar praticamente tudo que precisam. Também é aqui que se encontram as lojas de souvenirs de Sabaody ou itens especiais feitos com as bolhas criadas pelas Yarukiman Mangrove. Como a quantidade de estabelecimentos aqui é muito grande, os preços também podem ser variados, sendo difícil listar todos ou mesmo algum que se destaca.

Porém, é possível dizer que um dos produtos mais vendidos aqui é o Bon Chari, um tipo de veículo que flutua com a ajuda da bolha de Sabaody, ele é bastante semelhante a uma bicicleta, mas pode ser feito em outros formatos de acordo com a criatividade do criador. Um Bon Chari individual comum pode ser alugado por B$500/posts ou então comprado por B$10.000, porém o que pouca gente sabe é que as bolhas de Sabaody estouram quando saem da atmosfera do arquipélago, tornando todo item feito com elas inútil em qualquer outro lugar.

Bosque 4i20

É uma área do Bosque 42 que se destaca por ser frequentada por um grupo bastante específico de moradores de Sabaody ou visitantes familiarizados esse tipo de ambiente. Mary Jane, a dona da loja I Wanna Love You, é considerada a rainha deste lugar por ser a responsável por produzir a melhor erva da região e todos aqui respeitam muito ela, quase que tratando-a como uma divindade transcendental. Esse local pode ser classificado como uma pracinha, inclusive existindo algumas raízes de Yarukiman que lembram bastante uma pista de skate e por isso muitos dos frequentadores usam elas como uma maneira de praticar esportes. Por incrível que pareça esse não é um lugar “mal frequentado”, na verdade para aqueles que são mais hardcore podem até achar ruim o fato de que o pessoal daqui é em grande maioria filhos playboys de nobres que querem pagar de bandidos e que não aguentam nem meia hora nos bosques sem lei.

Dormidouro - Base dos “Sleep Not”

O Bosque 44 não é um local muito frequentado pelas pessoas do Arquipélago Sabaody, pois muitos acreditam que o lugar é amaldiçoado e muitas histórias absurdas circulam a respeito de mortes nessas redondezas. Isso porque alguns acreditam que o número 4 é amaldiçoado (4 em japonês = Shi; Shi = morte) e traz azar instantâneo para qualquer um que entrar nesse bosque. A essa mansão é praticamente a única construção ativa dessa região e o principal motivo pelo qual ainda ocorre a movimentação de pessoas por aqui. Os membros do clã Sleep Not deram a sua base o nome de Dormidouro, e a sua aparência de castelo gótico não contribui muito para diminuir a fama do Bosque 44. Aqueles que vêm até aqui ou estão completamente perdidos, ou estão precisando muito dos serviços do clã.

Personalidades Importantes

Nome: Mary Jane
Descrição: Mary Jane é a dona de uma loja de artigos musicais que pode ser encontrada no bosque 42 do Shabondy Super Market Grove, mais especificamente na área 4i20. A loja se chama I Wanna Love You e fica dentro de uma raiz de Yarukiman Mangrove, coincidentemente sendo também um lugar muito bom para o plantio um certo tipo de planta que ela gosta bastante de fumar. Se alguém chega na sua loja, aponta para seu crachá de identificação e fala “Mary Jane? Esse é meu nome preferido”, ela automaticamente sabe que na verdade ele está ali para comprar outra coisa… Ou mesmo que seja coincidência, ela acabará oferecendo a planta à pessoa mesmo assim. Big Negg, por exemplo, é um dos frequentadores mais ativos da sua loja. Por ser provavelmente a pessoa mais da paz que você vai encontrar na vida, a personalidade dela se resume basicamente nisso, não tendo nada que diferencie muito do estereótipo hippie. Além dos artigos musicais diversos, Mary Jane também é uma das lojistas que vende álbuns de artistas gravados em Tone Dials, sendo ela inclusive uma das pessoas que costuma indicar os músicos novatos a procurar Big Negg para fazer uma apresentação no bar da Shavas.

Loja I Wanna Love You:
 

Grupo: Civil.
Cargo: Dona da I Wanna Love You e Rainha do Bosque 4i20.

Ficha Técnica:
 


Clã Sleep Not, os Sonâmbulos

Corey Traumfanger é o líder e é justamente por conta das habilidades dele que o clã possui essa temática que envolve sonhos. Como todos os membros possuem de alguma forma envolvimento com esse tema, eles passaram a ser conhecidos como “Os Sonâmbulos”. Todos os membros do clã usam máscaras, portanto a verdadeira identidade deles é um segredo às vezes até entre eles mesmos, e por conta desse trunfo, os caçadores podem andar pelos bosques do arquipélago sem chamar atenção de suas vítimas. As máscaras não precisam necessariamente possuir um significado.

Traumfanger e os Sleep Not atuam em Sabaody caçando piratas e até mesmo capturando alguns destes para vender como escravos, porém, Corey não permite que o seu clã capture e venda civis, mesmo se estes forem tritões e sereias. Tramfanger além de ser super protetor com sua irmã, também trata os membros do seu clã como parte de sua família e por isso é muito admirado por eles. Essa admiração é tamanha que todos os membros dariam sua vida não apenas pelo seu líder, mas também pela sua irmã Conny, pois de certa forma mesmo sendo conhecidos como Os Sonâmbulos, todos eles compartilham do mesmo sonho de Corey. Geralmente eles andam em duplas de um level 6 com um level 5, mas isso não necessariamente é uma regra.

Para os interessados em se juntar ao clã, basta ter um ponto de vista parecido com o de Traumfanger e querer ajudá-lo a realizar seu sonho de curar sua irmã, tendo isso as chances de ser aceito são grandes, mas também será necessário adquirir uma máscara.


Nome: Corey Traumfanger.
Descrição: Após ter comido a Zou Zou no Mi - Model: Baku, Traumfanger se tornou capaz de se transformar nesse youkai devorador de sonhos e adquiriu também domínio sobre os poderes dele, tornando-se um verdadeiro caçador de sonhos. Esse título já caminhava ao lado de Corey muito antes dele se tornar um akumado, pois como caçador de recompensas ele ganhou fama por adorar capturar piratas sonhadores e cheios de esperança de que iriam viver uma aventura épica. Ganhando os poderes de um Baku, Traumfanger transformou sua alcunha em O Devorador de Sonhos fazendo dela não apenas algo de sentido figurado, mas também literal.

Por conta do que piratas fizeram à sua irmã, Corey odeia piratas e não possui nenhum tipo de empatia ou misericórdia para aqueles que lembram de alguma forma os responsáveis pelo ataque ao seu vilarejo. Contudo, por mais que isso lhe deixe também bastante irritado, existem alguns piratas que não seguem a mesma filosofia de violência, e para estes, Traumfanger dá apenas uma boa surra para destruir seus sonhos ingênuos e então dar a eles uma passagem direta para Impeldown.

Graças ao que aconteceu em seu passado, Corey é uma pessoa que até hoje vive uma vida infeliz, pois mesmo depois de gastar anos de sua vida para vingar sua irmã, a felicidade ainda estava longe de ser alcançada já que Conny ainda continuava naquele estado triste e obrigada a viver em uma cama. Devido aos poderes da sua Zou Zou no Mi, Corey é incapaz de dormir, mas mesmo assim, está o tempo todo sonhando acordado com o dia que conseguirá curar sua irmã e devolver a ela a vida que merece.

A história de Corey Traumfanger:
 

Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Líder do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 

OBS: Corey não é tão forte quanto Daryl McDevil, mas o nível de dificuldade para enfrentá-lo pode seguir as mesmas regras do palhaço. Lembre-se também que Traumfanger passa bastante tempo com sua irmã para mantê-la protegida, portanto dificilmente ele sairá andando por aí entrando em batalhas difíceis sem um bom motivo para isso, afinal ele acha que se morrer as chances de curar sua irmã acabam e por isso não hesitará em tentar fugir se correr risco de vida.


Nome: Mick Zamass.
Descrição: Mick é o braço direito de Corey e o co-fundador do clã Sleep Not, estando junto de Traumfanger praticamente desde o início de sua jornada no South Blue, pois eram amigos de infância e ambos perderam seus familiares no ataque da mesma tripulação pirata. Zamass é um espadachim habilidoso que treinou com um mestre do estilo das Espadas Infinitas (Mugentoryu) e devido ao seu talento se tornou um dos seus melhores alunos até então. Assim como Corey, Mick odeia piratas, mas diferente de seu amigo, ele é mais intolerante e o simples fato de alguém se denominar pirata já é motivo para merecer a morte, portanto se Traumfanger não estiver presente para impedi-lo, qualquer pirata que ousar incomodá-lo será assassinado caso a batalha seja vencida. Zamass tem uma aura assassina intimidante bastante presente e é um dos motivos para os boatos a respeito do clã em Sabaody não serem muito bons, mas na verdade nenhum de seus companheiros tem uma aparência muito family friendly. É muito mais impaciente e agressivo que Corey, não demonstrando ter muita capacidade de liderança devido ao seu temperamento e suas escolhas muitas vezes impulsiva, o que o leva a ter constantes discussões com outros membros do clã. Zamass é teoricamente o único do Sleep Not que não carrega em combate nenhuma temática do sono, mas ele discorda, ele também bota pirata pra dormir, mas no caso dele a diferença é que não acordam nunca mais.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 


Nome: Sid Cameron.
Descrição: Após a morte do último carpinteiro do clã, Sid foi recrutado para assumir esse papel, sendo então um dos membros mais recentes do grupo. Por conta da desvantagem gerada pela Bazu Bazu no Mi que lhe faz ouvir constantemente um zumbido ensurdecedor em sua cabeça, Cameron se tornou uma pessoa extremamente perturbada, mostrando um comportamento muito esquisito onde fica claro que ele com certeza está sofrendo uma agonia tão grande que se matar seria a única solução. Sid já foi encontrado pelos Sleep Not após ter comido a Akuma no Mi, mas acreditam que mesmo antes de devorar o fruto ele já sofria de algum distúrbio psicológico que teve a situação agravada com o início dos zumbidos. A capacidade de raciocínio de Cameron é bastante lenta e ele não consegue completar direito as suas frases, mostrando sempre estar confuso com tudo que acontece ao seu redor, porém ainda com isso ele consegue ser um ótimo carpinteiro e também um adversário formidável. Mesmo seu tom de voz e a sua postura corcunda fazer parecer que ele está sempre com dor, nem mesmo a morfina de Paul é capaz aliviar sua agonia, mostrando que seu sofrimento é muito mais psicológico do que físico. Dormir também era uma tarefa complicada para Sid, mas graças aos poderes de Corey ou uso das drogas de Joey, ele se tornou capaz de dormir e é esse o seu único momento de tranquilidade.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 


Nome: Shawn Declown.
Descrição: “Mais um clichê de palhaço? Acho que o criador de personagens está ficando sem criatividade”, essa seria uma frase que Declown diria ao analisar ele mesmo. Sim, Corey não tem ao seu lado as pessoas mais sãs do mundo, e Shawn é mais um da lista de loucos que fazem parte dos Sleep Not, sendo também um membro da época do South Blue. O palhaço parece sofrer de algum distúrbio esquizofrênico onde ele pode jurar que na verdade é apenas um personagem de um RPG de One Piece, pois de acordo com ele o tesouro One Piece é o que dá o nome do mangá que inspirou o tal RPG. Mesmo sabendo que ninguém vai acreditar no que ele diz até porque ele mesmo admite que é confuso demais fazer alguém entender, ele insiste em fazer piadas envolvendo essa realidade paralela.

Quando não está quebrando a quarta parede, Declown é uma pessoa completamente sádica que gosta de caçar piratas pelo puro prazer de poder bater em alguém sem ser julgado. Apesar de ser incapaz de sentir empatia e rir da desgraça alheia que acontece em Sabaody sem mover um dedo para ajudar, algo na história de Corey e sua irmã Conny conseguiram tocar o palhaço… “Ou então é algo forçado que não faz sentido nenhum só para fazer cena bonitinha onde um monstro como eu mostra ter algum sentimento”, é, Shawn também diria algo do tipo. Por fim, por mais sociopata que Declown seja e não se importe muito com a maioria das pessoas ao seu redor, existe ainda alguém que desperta nele um sentimento de fúria, e esse alguém é Daryl McDevil, pois de acordo com ele: “só há espaço para um clichê de palhaço assassino nessa ilha”.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 


Nome: Paul Hogshard.
Descrição: É mais um dos membros mais antigos do Sleep Not e certamente o principal motivo para que o clã ainda não tenha sido extinto, pois é graças ao seu talento médico que a vida de muitos de seus companheiros foi salva anteriormente. Comparado aos demais caçadores que o acompanham, Paul tem grandes chances de ser o mais fraco deles, inclusive sua aparência e presença é muito pouco intimidante se colocada lado a lado. O fato é que Hogshard nunca foi muito o cara das batalhas, sequer sabendo exatamente que tipo de estilo de luta ele iria utilizar e acabou passeando por vários deles até encontrar aquele que mais combina com sua personalidade e só foi capaz de ser criado devido aos poderes da sua Akuma no Mi da morfina. Dopando seus oponentes com tal droga, Paul consegue enfraquecê-los até o ponto que consiga nocauteá-lo ou simplesmente relaxá-los tanto que acabarão caindo no sono. Hogshard tem consciência da sua fraqueza e jamais subestima seus oponentes, independente de quão fraco este pareça, algo que por sinal é o que geralmente lhe faz ter a vantagem inicial em um combate. Talvez seja por efeito do seu fruto, mas Paul é dono de uma calma inabalável e parece que não existe nada que consiga preocupá-lo ou assustá-lo.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Venda de Morfina:
 

Ficha Técnica:
 


Nome: Joey Hawkins.
Descrição: Hawkins é um dos membros do Sleep Not que se uniu à Corey já na Grand Line, porém sua entrada não é tão recente, já que ele foi um dos participantes da última batalha que inclusive matou alguns dos integrantes do clã. Diferente de alguns outros membros da sua família do North Blue, Joey não acredita em nenhum tipo de superstição ou pseudo-ciências, sendo completamente devoto a ciência e no que ela diz como sendo verdade ou mentira. Dentre todos os membros do seu clã de caçadores, Joey é provavelmente o que mais leva a sério o trabalho como mercenário e não vê problema nenhum em capturar qualquer alvo que seja, desde que seja pago para isso. Sabendo que Corey pode desaprovar algumas das vítimas que caça, Hawkins costuma fazer isso secretamente. Ainda assim, o caçador não faz trabalhos que envolvam a captura de civis para se tornarem escravos… Mas matá-los à mando de alguém que pague bem é outra história. Como homem da ciência, Joey não tem qualquer cuidado ou respeito com a fé alheia, inclusive se irrita mais do que deveria quando se depara com pessoas mais religiosas ou, de acordo com ele, ignorantes.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 


Nome: Chris Moscatt.
Descrição: Chris é um tarado pervertido que não tem muito respeito por mulheres. Uma das prioridades da sua vida é ir em locais onde pode “caçar” o sexo oposto e assim satisfazer seus prazeres, sendo que nem sempre ele admite receber um não como resposta, principalmente se ele não estiver sóbrio. Por conta dos poderes da sua Akuma no Mi, Moscatt criou um gosto peculiar por sangue, e isso somado ao seu vício por mulheres lhe fez ter um prazer a mais em tirar isso delas durante suas investidas. Por conta do seu estilo de combate e a sua temática com sangue, é muito comum que suas batalhas resultem em cenários manchados de vermelho, o que acabou sendo um dos motivos para a sua alcunha de Mosquito Sanguinário. Sua personalidade abusiva e suas insistências em perseguir mulheres faz dele um verdadeiro homem-mosquito, afinal poucos animais nesse mundo são mais chatos do que um pernilongo. Provavelmente uma das características mais interessantes de Moscatt está na sua capacidade de se esquivar e na sua velocidade que já eram altas antes mesmo de se tornar um akumado, porém depois de combinar suas aptidões com seu Kenbunshoku e suas antenas, o caçador desenvolveu praticamente um radar de localização que abrange todo o Arquipélago de Sabaody e também tem extrema eficácia para detectar perigos. Isso é uma ótima vantagem para combates, mas também muito útil para navegação e localização, sendo também um dos membros mais antigos do clã ainda na época do South Blue.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 


Nome: James Rowl.
Descrição: James Jim Rowl é um viciado em lutas, e para ele não importa quem seja, pois se aceitar cair no soco sem levar pro pessoal, então essa pessoa já terá o seu respeito e quem sabe até a sua amizade. James gosta de deixar claro em seus combates que ele não está fazendo isso com a intenção de prejudicar seu adversário, afinal ele é um caçador de recompensas e dependendo de quem for seu alvo isso pode soar estranho. A sinceridade e o carisma de Rowl devem ser suficientes para convencer a maioria daqueles que desafia, inclusive ele gosta de tirar o dia para sair pelo arquipélago buscando pessoas que pareçam forte e que ele ainda não tenha lutado contra. Ganhar ou perder, isso não importa, desde que tenha se divertido, mas é claro que ele sempre vai bater para vencer. Sendo uma pessoa bastante atenta, James costuma sacar rápido quando aquele que está enfrentando vai jogar sujo e sacar uma arma ou então quando o outro “não sabe brincar” e leva a briga pro pessoal ou a sério demais.

Como nem toda luta que ele entra pode seguir as regras de um combate de boxe (ou de outras artes marciais que não usam armas), Rowl sabe lidar bem com inimigos que vão lutar com seus próprios estilos, até porque ele ainda trabalha como caçador de recompensas e terá momentos que seus duelos amistosos não serão válidos. Devido a sua paixão pela luta, James já desafiou todos do Sleep Not e já trouxe muita confusão para seus companheiros uma vez que constantemente precisa ser ajudado por ter arrumado briga com quem não deveria (os vice-almirantes da Marinha e membros da Shadow Hand, por exemplo).

A segunda paixão de Jim é a cozinha e por isso gosta de relaxar preparando algo gostoso para comer e repor suas energias. Apesar da aparência e do seu porte físico mais agressivo, fora das batalhas Rowl é um “doce de pessoa” e tem um fraco por crianças, não conseguindo recusar nada que elas pedem para ele (um fato interessante é que James já desafiou Daryl McDevil após saber da história dele, porém quase foi morto pelo palhaço se não tivesse sido salvo pelos membros do seu clã).  Sua falta de intimidade com alguns dos Sleep Not também se deve ao fato de que James é o integrante mais novo do grupo, tendo se juntado após a morte do cozinheiro anterior.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 


Nome: Craig Hellraiser.
Descrição: Craig é um excelente ferreiro e o responsável pela reforma e também criação de muitas das armas dos membros do seu clã. De todos os Sleep Not, Hellraiser é o único que nenhum dos membros jamais viu a verdadeira face, isso porque além de ter tido um acidente com a fornalha quando era mais novo, Craig também é muito tímido e inseguro quanto a sua aparência e até mesmo suas qualidades. Por conta dessa timidez, pouco se sabe sobre ele, alguns acreditam até que ele seja mudo, mas na verdade ele fala sim algumas palavras, principalmente com Corey, aquele com quem tem uma relação melhor desenvolvida. É um dos membros que se uniu ao clã já na Grand Line, mas não foi chamado para cobrir a posição de alguém, inclusive tendo participado da batalha que matou alguns dos membros mais antigos. Quando precisa trabalhar em duplas com alguém, Craig anda com James Rowl, pois por mais que seja um membro recente, é alguém que consegue lhe trazer conforto assim como Traumfanger. (PS: Craig tem apenas 14 anos, mas ninguém sabe disso. A idade baixa pode indicar gostos mais infantis para algumas coisas e por isso há uma boa relação com James que tem um personalidade de paizão.)
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Membro do Clã Sleep Not.

Ficha Técnica:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
(Link da ficha na imagem)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 93
Warn : ~ Arquipélago Sabaody ~ 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

~ Arquipélago Sabaody ~ Empty
MensagemAssunto: Re: ~ Arquipélago Sabaody ~   ~ Arquipélago Sabaody ~ EmptyTer 21 Jul 2020, 22:59


Bosque 50 a 59

É nesse conjunto de bosques que se concentra os serviços navais, principalmente aqueles voltados para o revestimento de embarcações com a resina das árvores Yarukiman Mangrove, revestimento este que é de extrema necessidade para permitir que navios consigam chegar à Ilha dos Tritões que fica no fundo do oceano. Por conta desse foco marítimo, também é aqui que fica o porto principal do arquipélago para a chegada de mercadorias (legais) e navios de civis. Piratas que desejam fazer o revestimento de suas embarcações acabam tendo que procurar docas menos populares e escondidas ou então ter a sorte de encontrar algum mecânico de revestimento pelo arquipélago que se disponibilize a fazer esse serviço para eles onde quer que seu navio esteja ancorado (mas o preço pelo serviço continuará o mesmo).

ATENÇÃO: Aqui tritões e sereias são extremamente discriminados, portanto aqueles que possuem essa raça devem andar disfarçados em Sabaody se não quiserem sofrer as consequências dessa desvantagem que aqui é muito pior. Narradores, favor interpretar corretamente o preconceito dos habitantes e lembre-se que a Marinha pode chegar rapidinho em qualquer bosque do arquipélago.

Porto Principal de Sabaody

Situado nos Bosques 50, 51, 52 e 53, o Porto Principal é grande o bastante para permitir o trânsito de centenas de navios (mas varia de acordo com as dimensões deles) e empregar um número ainda maior de funcionários. Por estar mais próximo da área turística de Sabaody, isso facilita que os visitantes cheguem mais facilmente até lá, porém aumenta a distância que os marinheiros precisam percorrer para chegar até o porto e manter a segurança. Ainda assim, isso não costuma ser um problema e a região é muito bem protegida, sendo bem difícil para os piratas usarem esse porto se seus navios principais.

Docas de Revestimento

É possível encontrar espalhada por toda essa região, incluindo no próprio Porto Principal, as Docas de Revestimento que servem para realizar o serviço envolvendo a cobertura de embarcações com resina de Yarukiman Mangrove. Esse trabalho permite que navios naveguem debaixo d’água e assim consigam chegar até a Ilha dos Tritões, ou até mesmo alguma outra ilha próxima. É possível contratar esse serviço em qualquer doca e ele leva cerca de alguns dias para ser instalado, sendo que o tempo e o preço varia de acordo com o tamanho da embarcação. (PS: Cada doca tem seu próprio dono e seu próprio nome, porém assim como lojas comuns, elas estão em abundância e nenhuma realmente se destaca significativamente para entrar como um local importante, ou seja, cada narrador inventa a que quiser.)

Go Go Parking - Base dos Energetic Riders

Além de ser a base do clã de caçadores chamado Energy Riders, esse local também é um estacionamento e oficina de motos especiais conhecidas como Motos Anfíbias. Essas motos são marca registrada dos membros do Energetic Riders, pois elas permitem que eles corram com os veículos não apenas em terra, mas também em água através de um mecanismo que ativa bóias nas rodas sem que elas percam velocidade. Antes os Energetic Riders também vendiam as motos no Go Go Parking, mas por conta da quantidade de acidentes que os motoqueiros estavam criando, a Marinha proibiu que civis comprassem as motos e aqueles que já a possuíam estavam agora proibidos de pilotá-las pelos bosques do arquipélago. O único bosque onde o uso das motos é liberado é no Bosque 55, local onde também está localizada o Go Go Parking.

Personalidades Importantes

Clã Energetic Riders

Apesar de não serem tão poderosos e temidos quanto os Sleep Not, os Energetic Riders são o clã de caçadores (ou motorcycle club, como preferem se chamar) mais ativo do arquipélago e inclusive são os principais responsáveis por movimentar o comércio de escravos da região. É obrigatório que todos os membros saibam pilotar uma moto e tenha a sua própria Moto Anfíbia para correr pelo arquipélago, e por mais que isso atualmente seja uma ação ilegal, a Marinha tem mais com o que se preocupar do que prender os motoqueiros da Energetic Riders. Além das técnicas de pilotagem, todos os integrantes carregam consigo armas e acessórios que os ajudem na captura de “escravos em potencial”. Possuem um número bem elevado de membros, mas nem todos saem andando de moto por locais movimentados, dando preferência a se movimentar pelas águas ou bosques mais desertos.


Nome: Ivana Christ
Descrição: Ivana é a atual presidente dos Energetic Riders e a principal responsável pelo ramo de “negócios” que o clube se encontra no momento. Ela é preconceituoso assim como a maior parte dos habitantes de Sabaody, incentivando seu grupo a caçar todos que não sejam humanos, pois de acordo com ela são raças inferiores que nasceram para servirem como escravos. Seu ódio no entanto é muito maior por tritões, pois quando era mais nova sua casa foi invadida por um grupo de tritões e o que fizeram a ela e sua família jamais foi esquecido. Ivana é uma excelente piloto de moto e sua alcunha de Relâmpago Verde faz referência a velocidade que ela corre pelo arquipélago e pela sua cor de cabelo característica que por sinal também é uma cor presente no animal de sua fruta Zoan. Viciada em adrenalina, quando está pilotando a sua Salamander ela ama passar por percursos cheio de obstáculos e fazer manobras arriscadas pelas raízes de Yarukiman Mangrove, o que inclusive assusta alguns civis e irrita muitos marinheiros.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Presidente dos Energetic Riders.

Ficha Técnica:
 


Nome: Senna Ostrik
Descrição: Senna é frequentemente vista correndo pelos bosques do arquipélago, sendo provavelmente a única pessoa que você pode ter chances de encontrar em absolutamente qualquer lugar de Sabaody. Sua alcunha de “a Maratonista” se deve justamente a estar constantemente correndo de bosque em bosque, sendo seu objetivo diário percorrer todos os 79 e consegue fazer isso tranquilamente, geralmente ficando um pouco mais cansada apenas no percurso dos dez bosques finais. Diferente dos outros membros do clã Energetic Riders, Senna não pilota uma moto anfíbia (apesar de saber fazer, se necessário), porém mesmo não sendo “rider”, ela é bastante “energetic” e isso pode ser facilmente visto em sua personalidade agitada. Durante a sua maratona, Ostrik gosta de fazer algumas pausas para beber água e fazer refeições saudáveis, além é claro de ajudar seus membros em missões de captura de escravos, até porque o dinheiro para pagar seu almoço não cai do céu. De maneira geral, ela também compactua com os pensamentos preconceituosos da presidente do clã.
Grupo: Caçador de Recompensas.
Cargo: Vice-Presidente dos Energetic Riders.

Ficha Técnica:
 


Nome: Sucre Ramirez
Descrição: Por conta da dificuldade que os revolucionários têm para atuar com eficiência no arquipélago, diversos espiões foram designados a ficar rondando os bosques e recolhendo o maior número de informações possíveis para repassar para o exército, e no caso, Sucre Ramirez, o Farol, é o principal deles. Esse codinome surgiu por conta da posição em que o espião se encontra no Porto Principal de Sabaody, auxiliando os revolucionários a se infiltrar ou trazer armamentos e suprimentos para dentro do arquipélago sem precisar fazer uso dos portos mais isolados onde a Marinha já espera encontrar algo de errado. Seu verdadeiro nome sequer é Sucre Ramirez, mas mesmo sua real identidade é desconhecida para o Governo Mundial, sendo alguém que nunca foi descoberto como membro do Exército Revolucionário e detentor de uma recompensa. Apesar de ter uma força alta, ela vem de um talento natural, pois Sucre não costuma gastar muito tempo treinando e por conta disso não sabe utilizar nenhum Haki ou mesmo técnicas de Rokushiki. Quando está atuando como Sucre Ramirez, sua personalidade é séria e intimidadora, mas quando está entre revolucionários seu verdadeiro eu surge, pois Sucre, ou melhor, Natascha Cauldron… é um okama.
Grupo: Civil/Revolucionário.
Cargo: Gerente do Porto e Espião do Exército Revolucionário.

Ficha Técnica:
 




Bosque 60 a 69

Esse é o conjunto de bosques reservado exclusivamente para a Marinha. Aqui é onde está localizado o QG do arquipélago, hotéis para marinheiros, um hospital, um porto exclusivo, quadras de treino, um laboratório de pesquisas e outras coisas mais que a Marinha achou que seria importante existir aqui. A principal missão dos marinheiros de Sabaody é a missão de patrulha, pois devem sempre tentar manter a ordem no arquipélago que é um local muito visitado por piratas que desejam atravessar a Red Line e ir para o Novo Mundo. Entretanto, devido a imensidão de Sabaody, muitas vezes a Marinha não dá conta de cuidar da segurança de todos os bosques e algumas áreas são deixadas a mercê dos criminosos para priorizar outras mais importantes. Já existiram episódios onde o caos causado por piratas no arquipélago foi tão grande que reforços de Marineford precisaram ser chamados para ajudar a conter a baderna, e na maioria deles não terminou nada bem para os criminosos.

QG da Marinha de Sabaody

Um enorme quartel que ocupa praticamente todo o bosque 65 e tem capacidade para centenas de marinheiros. Sob o comando dos vice-almirantes, Kaen, a espada da Marinha e Mufaza, o escudo da Marinha, esse QG trabalha constantemente no dia-a-dia estratégias de envio e movimentação de patrulhas focadas na captura de piratas. Apesar dos líderes do quartel não serem grandes fãs dos “escritórios públicos de empregabilidade”, eles e seus subordinados seguem fielmente o dever de manter os nobres protegidos e moverão seus soldados imediatamente se houver uma emergência envolvendo algum deles (o número de marinheiros enviados sempre será equivalente ao grau de importância desse nobre em questão).

Porto Exclusivo da Marinha

Esse porto fica localizado nos Bosques 63 e 64 e está bem próximo do Quartel General, permitindo que os marinheiros transitem entre os dois locais com bastante facilidade. A Marinha utiliza esse porto para organizar seus navios de guerra e preparar suas frotas para possíveis avanços, mas principalmente para o transporte de cargas, onde por aqui recebem as armas e suprimentos para os marinheiros locais. Também é por esse porto que são enviados os prisioneiros capturados no arquipélago, e por onde geralmente chegam os marinheiros que vieram de outro QG ou que estão retornando de uma missão. Não existe um marinheiro fixo para cuidar do porto, sendo uma função rotativa e às vezes com mais de um encarregado.

Laboratório de Pesquisas da Marinha do Paradise

Esse laboratório tecnicamente está no bosque 66, mas sua construção é tão próxima do QG que as duas construções estão praticamente acopladas. Como o nome obviamente já indica, é aqui que ocorre boa parte das pesquisas do Governo Mundial e onde muitos dos projetos mais bem sucedidos da Marinha nasceram, porém hoje não é mais o laboratório principal da organização, já existindo um ainda mais avançado no Novo Mundo. Nem todo cientista que aqui trabalha é marinheiro, podendo ser apenas um civil contratado, assim como nem todo marinheiro que trabalha aqui é cientista, podendo ser apenas um responsável pela proteção do ambiente. Entretanto, marinheiros que querem se aventurar no ramo da ciência são sempre bem-vindos.

Quadras de Treinamento para Marinheiros

No bosque 68 existem as quadras esportivas e área de lazer, o que pode acabar sendo visto também como uma extensão do Hotel da Marinha, enquanto que no bosque 67 estão as quadras de treinamento que permitem os marinheiros treinar qualquer estilo de combate com qualquer arma a disposição. Todos os marinheiros do QG de Sabaody precisam passar pelo menos uma hora nas quadras, seja para treinar de fato alguma coisa ou apenas para aquecer os músculos antes da rotina de missões no arquipélago.

Hotel da Marinha

No Bosque 69 pode ser encontrado o Hotel da Marinha… Ou motel, como alguns gostam de dizer. Não é apenas por conta da piada que pode ser feita por causa do bosque em que o hotel se encontra, mas também pela estadia gratuita e pelo serviço e conforto que o local oferece com facilidade aos marinheiros, permitindo assim que muitos viessem a usar do ambiente para segundas intenções. Quanto maior é a patente do marinheiro, melhor será a qualidade do quarto que terá disponível.

Personalidades Importantes

Nome: Kaen Yaibaou
Descrição: Junto com Vice-Almirante Mufaza, Kaen é o líder do QG de Sabaody e trabalha diariamente para tentar manter o arquipélago o mais seguro possível, sendo ele o responsável pelo grupo que patrulha os “bosques sem lei” e a área residencial dos bosques 70 a 79. É considerado uma pessoa engraçada e bastante animada, sendo bastante popular e querido entre os outros marinheiros por conta da energia boa que ele passa para quem está ao seu redor. Kaen é o tipo de cara que dificilmente você vai ver cabisbaixo ou que deixará alguém se sentir triste enquanto ele estiver por perto, mas claro que sempre sabendo seus limites do quando e sobre o que fazer piada, sabendo também respeitar os sentimentos dos outros. Um dos motivos para gostar de cuidar da área mais perigosa do arquipélago se dá por conta da sua paixão por aventuras, e como acabou sendo encarregado de ficar cuidando do QG de Sabaody, essas patrulhas é o mais próximo de diversão que ele consegue ter em seu trabalho.
Grupo: Marinheiro.
Cargo: Vice-Almirante e líder do QG de Sabaody.

Ficha Técnica:
 


Nome: Mufaza Tateou
Descrição: Junto com Vice-Almirante Kaen, Mufaza é o líder do QG de Sabaody e trabalha diariamente para tentar manter o arquipélago o mais seguro possível, sendo ele o responsável pelo grupo que patrulha os bosques 30 a 59, ou seja, toda a área turística de Sabaody. Diferente do seu parceiro e também líder do QG, Mufaza não é tão carismático e por levar o trabalho bem mais a sério acaba tendo menos fãs dentre os marinheiros, mas isso não significa que ele é uma pessoa detestável, apenas não é tão divertido quanto Kaen. Mufaza não é uma pessoa sem senso de humor, acontece que apenas tem uma dificuldade em entender piadas e principalmente ironias, levando tudo muito ao pé da letra, ainda assim, ele às vezes se arrisca fazer umas graças para animar seu esquadrão, mas acaba passando vergonha por não ter timing ou jeito para a coisa. Um dos seus hobbies preferidos é ir no “bosque 4i20” para botar medo nos playboys que por ali ficam, e isso sim é algo que ele depois da boa risada com seus subordinados. Apesar da personalidade mais séria, Mufaza se dedica totalmente a proteção não apenas da população, mas também dos marinheiros sob seu comando, pois mesmo sem o seu escudo gigante, ele continuará sendo o Escudo da Marinha.
Grupo: Marinheiro.
Cargo: Vice-Almirante e líder do QG de Sabaody.

Ficha Técnica:
 


Nome: Hinatarina
Descrição: Dizem que Hinatarina não só já foi uma poderosa almirante da Marinha, como também treinou marinheiros que vieram a se tornar almirantes também. Ninguém sabe exatamente quantos anos ela tem e alguns dizem que Hinatarina já está no QG de Sabaody há mais de 100 anos, o que realmente pode ser verdade, pois nenhum marinheiro ou funcionário do quartel sabe dizer quando foi que ela chegou lá. Muitos boatos circulam a respeito dela, já sendo hoje em dia impossível saber o que foi de fato um feito seu, o que é um exagero e o que é uma mentira inventada por alguém. Por conta da idade avançada, Hinatarina não fala, não ouve, não enxerga e se movimenta de forma bem lenta, podendo ser encontrada de vez em quando andando aleatoriamente pelo QG, o que deixa bem óbvio que seu Haki da Observação ainda funciona muito bem. Dizem que quando ela está irritada uma aura negra surge ao redor do seu corpo criando tentáculos de energia que podem esmagar qualquer um, já outros dizem que já viram ela usar esses tentáculos para agarrar objetos que estão em lugares que ela não pode mais alcançar, independente disso, é fato que ninguém tem coragem de desafiar a ex-almirante e é melhor ninguém ousar irritá-la. Tirando essa estranha sensação que Hinatarina passa de que é capaz de matar todo mundo do QG se quiser, ela é até que uma senhorinha muito fofa.
Grupo: Civil/Marinheira.
Cargo: Ex-almirante aposentada.

Ficha Técnica:
 


Nome: Dhaval Sunada
Descrição: Dhaval é muito semelhante a Mufaza no jeito de pensar e agir, sendo bastante devoto à Marinha e dono de diversos códigos de honra que fazem dele um cara bastante respeitado, mas devido a sua personalidade mais quieta e reservada, o urso não tem muitos amigos próximos. Por conta da sua força e dedicação ele foi escolhido como o segundo em comando no esquadrão de patrulha do vice-almirante Mufaza, atuando nas mesmas áreas que o leão e fazendo um excelente trabalho. Um pouco dessa personalidade fria de Dhaval se deve ao seu passado, onde ainda muito jovem e no começo de sua carreira na Marinha ele acabou perdendo seu irmão gêmeo, Dhival (um urso-pardo), que foi assassinado por piratas. Nesse episódio, Dhaval e seu irmão foram feitos de refém por várias semanas até que fossem resgatados, mas infelizmente Dhival não sobreviveu a todas as torturas que sofreram e veio a falecer. Dhaval nunca teve muito interesse em se tornar um marinheiro e fez isso apenas para acompanhar seu irmão, mas agora, sentindo-se culpado por não ter dado a devida importância ao trabalho, Dhaval jurou que se tornará um grande marinheiro para honrar e representar seu irmão. As espadas congelantes Kurofuyu e Shirofuyu são uma herança da família Sunada e foram cada uma delas dada a um dos filhos de Dhorival Sunada, mas agora Dhaval carrega não apenas a Shirofuyu, mas também a espada de Dhival, a Kurofuyu.
Grupo: Marinheiro.
Cargo: Comodoro.

Ficha Técnica:
 


Nome: Bella Beckmann
Descrição: Bella é extremamente egocêntrica e convencida, tendo total confiança de que é de fato a melhor atiradora da primeira metade da Grand Line e não hesita em dizer isso para qualquer um que encontra. Por mais que ela possa estar enganada quanto ao ranking que ela mesma se colocou, ela não está mentindo quanto a sua extraordinária habilidade como atiradora para os níveis do Paradise. Vindo de uma família que no passado já teve atiradores bastante renomados, Bella apenas herdou esse talento e faz jus a fama dos Beckmann. Ela é a segunda no comando das tropas de Kaen e o acompanha nas missões pelos bosques sem leis, onde lá se diverte bastante caçando piratas com sua mira precisa de até cinco bosques de distância.

Extremamente competitiva, Bella adora desafiar outros atiradores para provar que é melhor que eles, sendo que em todas essas vezes ela de fato foi superior e nunca teve sua confiança abalada por uma derrota. Essa competitividade excessiva faz da garota um pouco chata demais, pois muitas vezes ela também faz apostas para provar que é melhor em outros tipos de atividade como por exemplo quem come uma maçã mais rápido, e por mais que fique triste se for derrotada nesses desafios, somente os que envolvem seu EDC importam de verdade.

Sua alcunha como “Luz de Calmaria” surgiu no dia em que Bella conseguiu, durante uma invasão em massa de piratas, matar o capitão da tripulação com um único disparo realizado do topo de uma árvore de mais de 50 metros. Mesmo o número daqueles piratas sendo enorme, assim que eles perderam o capitão sem sequer saber exatamente o que aconteceu, o estado de choque em que eles ficaram permitiu que o restante dos marinheiros do QG local, mesmo em menor número, fossem capazes de derrotá-los.
Grupo: Marinheira.
Cargo: Comodoro.

Ficha Técnica:
 


Nome: Kyouraku Kurohageta
Descrição: Kyouraku é temido e respeitado por muitos por provavelmente empunhar uma das armas mais poderosas do mundo, o MagnaMjolnir, também conhecido como “O Martelo do Deus dos Deuses do Trovão”. A força de Kurohageta é superior à da grande média de vice-almirantes e alguns até arriscam dizer que ele pode estar no nível de um almirante, mas ele mesmo não se considera tão poderoso assim e dá praticamente todos os créditos a arma que carrega. Apesar de comandar os marinheiros da Divisão Científica, Kyouraku não é um homem da ciência, na verdade ele se considera um “tiozão” extremamente burro, principalmente perto de Vander Watts, aceitando que sua função no planeta é ser um soldado - “não preciso de um QI elevado para descer a porrada”. Apesar de se sentir um fracassado perto do garoto, Kyou gosta bastante de Watts e tem uma relação de irmão mais velho com ele.

Como Vander Watts atualmente está trabalhando em Sabaody, Kyouraku também está preso a essa ilha ao qual ele considera extremamente chata, pois dificilmente alguma coisa vai acontecer para de fato colocar seu protegido sob ameaça, principalmente porque o laboratório fica praticamente dentro do QG com outras centenas de marinheiros. Por conta disso ele costuma sair andando pelos Bosques sem leis para buscar algum entretenimento, geralmente apenas observando confusões alheias, pois sabe que se resolver lutar a sério com alguém ele acaba deixando todo o bosque onde está com risco de ser destruído, e também é por conta disso que ele na maioria das vezes sai sem o MagnaMjolnir.
Grupo: Marinha/Governo Mundial.
Cargo: Comandante dos marinheiros da Divisão Científica de Sabaody e guarda-costas do Dr. Vander Watts.

Ficha Técnica:
 


Nome: Dr. Vander Watts
Descrição: Vander Watts faz jus ao título de Prodígio da Ciência e seu nível de inteligência está 300 anos à frente do seu tempo, sendo assim capaz de pensar e criar coisas que uma pessoa normal jamais chegaria perto. Apesar de não ser considerado o melhor cientista do mundo e nem o homem mais inteligente, Vander Watts tem apenas 15 anos e isso é um absurdo se considerado tudo que ele já fez com tão pouca idade e tudo que ele ainda pode fazer quando tiver o dobro dela. Por ainda ser um adolescente, Watts tem uma personalidade bastante rebelde e complicada de se lidar, pois odeia receber ordens e se lhe pedirem para fazer algo que ele não acha interessante, ele simplesmente não faz a menos que receba algo muito bom em troca. Vander também não gosta de ser tratado como “o segundo melhor”, e frequentemente usa isso como desculpa para não fazer alguma coisa, pois se existe alguém melhor do que ele, que seja essa pessoa a fazer então.

Sua inteligência muito acima da média faz com que Vander Watts soe um tanto quanto arrogante, pois frequentemente se pega sem entender o porquê algo que é tão óbvio e fácil para ele, sequer faz sentido para os demais. Sua paixão por estar sempre querendo criar algo novo e aprender mais sobre tudo é o que provavelmente fará com que Watts se torne no futuro o melhor cientista do mundo, e é claro que isso faz dele um holofote para aqueles que estão interessados no que ele é capaz de oferecer, e por isso não é à toa que Vander Watts tem pessoas tão poderosas ao seu redor, como por exemplo Kyouraku que para o garoto é como um irmão mais velho e o único que consegue - às vezes - fazê-lo mudar de ideia.
Grupo: Marinha/Governo Mundial.
Cargo: 2º Melhor Cientista da Divisão Científica da Marinha.

Ficha Técnica:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
(Link da ficha na imagem)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 93
Warn : ~ Arquipélago Sabaody ~ 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

~ Arquipélago Sabaody ~ Empty
MensagemAssunto: Re: ~ Arquipélago Sabaody ~   ~ Arquipélago Sabaody ~ EmptyTer 21 Jul 2020, 23:00


Bosque 70 a 79

Apesar de aqui não ser o único lugar onde pode ser encontrado casas em Sabaody, esse conjunto de bosques é exclusivamente voltado para a área residencial. Como aqui não é possível encontrar grandes comércios além do básico e essencial, quando os moradores dessa área querem comprar algo mais refinado ou visitar algum estabelecimento diferente eles devem cruzar todo o arquipélago, seja por terra ou por água (geralmente contornando por fora para evitar passar os bosques sem leis). Quanto menor é o número do bosque, mais nobre é o bairro e as pessoas que ali habitam, mas isso não é à toa, pois os números mais baixos são os que ficam mais próximos dos bosques da Marinha.

ATENÇÃO: Aqui tritões e sereias são extremamente discriminados, portanto aqueles que possuem essa raça devem andar disfarçados em Sabaody se não quiserem sofrer as consequências dessa desvantagem que aqui é muito pior. Narradores, favor interpretar corretamente o preconceito dos habitantes e lembre-se que a Marinha pode chegar rapidinho em qualquer bosque do arquipélago.

Alameda Azul

Cobrindo as áreas dos bosque 70 a 74, a Alameda Azul é onde moram os habitantes mais ricos de Sabaody e consequentemente onde existem as casas mais caras e bonitas do arquipélago. A região é muito bem protegida pela Marinha que possui seu QG a poucos bosques de distância e diariamente manda tropas de marinheiros para patrulhar o bairro e mantê-la o mais segura possível. Por conta da presença da ponte que liga a Alameda Azul aos bosques mais perigosos de Sabaody, essa ponte é muito bem vigiada por marinheiros para impedir que suspeitos a atravessem. Também é graças a essa ponte que os nobres da região conseguem ir e voltar com uma certa facilidade de locais “duvidosos”.

Alameda Vermelha

A Alameda Vermelha é formado pelos bosque 75 a 79 e é a segunda parte do conjunto residencial do arquipélago. Por se encontrar mais próximo das pontes ao norte que dão acesso aos bosques sem leis, esse bairro acaba sofrendo algumas invasões de criminosos que assaltam os civis da região, que também são ricos, mas não tanto quanto os moradores do bairro vizinho. Por ficar um pouco mais isolado dos bosques da Marinha, os marinheiros demoram um pouco mais para chegar até aqui em situações de perigo, por isso que é importante que patrulhas sejam feitas com frequência na Alameda Vermelha para aumentar a segurança dos moradores.

Sede do Seagull Newspaper

A Sede do Seagull Newspaper fica localizada no Bosque 72 dentro da Alameda Azul e é aqui que são feitas as matérias do jornal mais conhecido do mundo. Existem jornalistas e fotógrafos espalhados por diversas ilhas, assim como também existem pequenas filiais do Seagull Newspaper que servem para facilitar a distribuição e o controle das gaivotas, porém é aqui em Sabaody que todas as matérias são escritas antes de serem distribuídas em jornais pelos mares. A sede é uma grande construção dividida em diversos setores especializados em um tipo de notícia, sendo a maioria deles dividido por mares, porém há também setores especiais para assuntos secundários como esportes, moda, entretenimento, e etc. O lugar é muito bem protegido por marinheiros e somente funcionários com o crachá da empresa ou pessoas autorizadas têm permissão para passar da recepção. Artistas que querem usar do jornal para divulgar sua arte podem vir até o local tentar uma negociação, principalmente se for um fotógrafo e tiver fotos úteis para notícias.

Personalidades Importantes

Nome: Leon Bluonner
Descrição: Leon é um dos nomes mais importantes do meio jornalístico da atualidade, sendo inclusive mais conhecido que o próprio dono da Seagull Newspaper, porém não significa que tem mais influência e poder de decisão que ele. Leon começou sua carreira muitos anos atrás como um mero fotógrafo e hoje ocupa os dois cargos mais importantes da empresa, ficando obviamente abaixo apenas do dono. Por mais que ame o que faz, Bluonner sabe que não é uma tarefa fácil e, ultimamente com o mundo vivendo a Grande Era dos Piratas, o nível de estresse pelo excesso de trabalho tem afetado bastante seu humor, por isso muitos que trabalham na empresa acreditam que ele não vai aguentar muito mais. Ainda que esteja sobrecarregado e parece agir como um robô super exigente, Leon ainda é um profissional excelente e o impacto que as notícias da Seagull têm no mundo a cada edição estão aí para provar.
Grupo: Civil.
Cargo: Diretor Geral e Editor-Chefe do Seagull Newspaper.

Ficha Técnica:
 


Nome: Mayumi Kasawara
Descrição: O que Mayumi tem de excelente fotógrafa ela também tem de excelente fofoqueira, tendo provavelmente algum tipo de sexto sentido para descobrir podres de pessoas importantes. Em todas as ilhas por onde passa, Mayumi sempre descobre o segredo de alguém e divulga de maneira sensacionalista e exagerada, sem se importar com o impacto que uma mentira ou mal entendido pode trazer para a vida da pessoa, pois para ela tudo que importa é “hitar”. Desde traições românticas até marinheiros corruptos, a garota já conseguiu descobrir coisas surpreendente chocantes, mas na maioria das vezes o que ela costuma fazer é apenas agir como uma paparazzi chata que persegue artistas. Chata inclusive é algo que pode definir Mayumi muito bem, pois poucos conseguem passar muito tempo perto dela já que tudo que ela faz e fala parece ter como objetivo aumentar sua fama, e como ela parece não se importar com ninguém, a garota acaba sendo odiada por muitos.
Grupo: Civil.
Cargo: Fotógrafa do Seagull Newspaper.

Ficha Técnica:
 


Nome: Zhane
Descrição: Zhane (nome artístico de Zario Nezuki) costumava fazer parte do BTW, uma boyband bastante popular que terminou alguns anos atrás após certos desentendimentos e polêmicas envolvendo outros integrantes. Como era o membro mais popular do grupo, Zhane continuou como um artista solo e aumentou ainda mais a sua fama e sucesso, levando muitos a dizer que o disband foi a melhor coisa que poderia ter acontecido, mas claro que ainda existem os fãs do BTW que choram até hoje com o fim do grupo. Atualmente ele também é o rosto da marca de chocolate Nickers que vem crescendo cada vez mais nas vendas graças ao sucesso do artista.

O sucesso de Zhane é tamanho que sempre que ele lança um álbum novo as vendas explodem e os Tone Dials se esgotam em poucas horas, sendo que o mesmo também acontece com os ingressos para seus shows. Por onde passa sempre existem multidões de fãs femininas (em grande maioria) que gritam seu nome e consequentemente despertam um certo sentimento de ódio para aqueles que não gostam de Zhane ou até mesmo do tumulto que ele provoca. Muitos criticam o seu talento musical, dizendo que ele não tem nada de tão especial e a maior parte do seu público só o idolatra porque é um cara bonito, o que em partes pode até ser verdade, mas não muda o fato de que ele é bastante esforçado e empenhado em dar o melhor aos seus fãs, seja em estúdio ou ao vivo.

Curiosidade: apesar da sigla do grupo BTW ser lida como o já esperado “By The Way”, seu real significado é “Boys to World”.
Grupo: Civil.
Cargo: Astro Musical e garoto propaganda da marca Nickers.

Ficha Técnica:
 


Nome: Mira Minnie
Descrição: Seu título como “supernova” da música é uma referência direta ao título dado aos piratas novatos que em menos de um ano ultrapassam a marca de 100.000.000 de berries em suas recompensas. Mira também é uma novata na música, porém em menos de um ano suas canções conseguiram conquistar o mundo por conta não apenas do seu talento ou da sua voz encantadora, mas também do seu enorme carisma e da beleza do seu sorriso contagiante. Diferente do também popular, Zhane, Mira Minnie não é uma dançarina, e mesmo que algumas de suas músicas até tenham uma coreografia básica, seu destaque é realmente nas letras que escreve e no seu talento vocal. Atualmente Mira é patrocinada pela marca de chocolates originada em Yotsuba Island no East Blue, a Hershells.

Por mais que poucos tenham coragem de dizer que Mira Minnie não tem talento, muitos dizem que ela só chegou aonde chegou porque é privilegiada e já nasceu em uma família nobre de Sabaody, os Fairdalmian. Por conta da sua origem nobre e do lugar onde cresceu, Mira Minnie acha a escravidão algo normal e inclusive possui um medo patológico de tritões (tritãofobia), considerando eles de fato monstros que saem das profundezas para matar humanos. Fora esse preconceito que foi induzida a ter, ela é uma garota bastante doce com aqueles que considera “normal”, também é muito educada com seus fãs e é vegetariana, mostrando ter uma empatia muito grande por animais ao ponto de tratá-los melhor do que os raças escravas, o que é bastante contraditório.
Grupo: Civil.
Cargo: Astro Musical e garota propaganda da marca Hershells.

Ficha Técnica:
 


Nome: Reika Kim
Descrição: Reika é uma modelo famosa por já ter sido capa de diversas revistas de moda, sendo ela a responsável por diversas tendências no mundo afora, e foi por conta dessa popularidade e influência que ela recebeu o título de mulher mais bonita do mundo, pois mesmo que muitos possam negar a posição dela nesse ranking, dificilmente poderão dizer que ela é feia. Reika recentemente também se tornou uma atriz de cinema, já tendo inclusive recebido prêmios pela sua excelente atuação em filmes também bastante premiados. Toda a indústria do cinema ainda é muito recente e está ganhando espaço aos poucos pelas ilhas, por isso a fama de Reika se deve mais ao seu trabalho como modelo do que as suas atuações em filmes ou teatro.

A sua fama como modelo não é à toa, tanto é que a elegância parece ter sido algo criado pela própria Reika Kim, sendo extremamente educada e refinada. Hoje em dia já tem alguns anos desde que ela recebeu o título de mulher mais bonita do mundo, mas mesmo não estando mais tão jovem quanto era, sua beleza ainda é algo admirado por muitos. Por conta da agenda apertada, Reika prioriza muito os momentos que pode tirar para relaxar em sua mansão na Alameda Azul, geralmente escolhendo algum rostinho bonito (independente do gênero) para fazer isso ao seu lado e juntos aliviarem um pouco o estresse.
Grupo: Civil.
Cargo: A mulher mais bonita do mundo.

Ficha Técnica:
 




História

O Arquipélago Sabaody é a ilha final do Paradise, a primeira metade da Grand Line, e por isso se encontra próximo da Red Line. Embora seja chamado de arquipélago, na verdade é uma enorme floresta de mangue crescendo no meio do oceano e cada árvore da floresta serve como uma "ilha" na qual as pessoas vivem. Uma vez que é apenas um grupo de árvores e não uma ilha como as encontradas na Grand Line, ela não possui atração magnética para afetar a Log Pose.

Ao todo são 79 árvores que compõe a estrutura do Arquipélago Sabaody, e essas árvores são chamadas de Yarukiman Mangrove, tendo algumas características especiais, mas a principal delas é a capacidade de produzir uma resina especial que permite criar bolhas de sabão mais resistentes que o normal. Essas bolhas podem ser reproduzidas, como também podem ser feitas de forma natural pela “respiração” das árvores, e é por isso que todo o cenário do arquipélago possui bolhas flutuando ao redor.

Devido ao fato de o local estar próximo da Red Line, é um ponto de parada altamente visitado para todos os tipos de viajantes que querem se preparar antes de entrar no Novo Mundo, a segunda metade da Grand Line, ou até mesmo por pessoas que querem ir até Mariejoa e estão esperando uma autorização.

Além de seu ambiente único e de ser um centro comercial em expansão, Sabaody também é notável pela frequente presença dos Nobres Mundiais, os Tenryuubitos, que costumam visitar a região por conta do próspero comércio de escravos que é diretamente financiado e apoiado por eles. Diferente da maior parte do mundo onde a escravidão foi completamente proibida, aqui em Sabaody ela ainda é normalizada e por ordens do Governo Mundial, nenhum marinheiro pode atrapalhar os negócios de um “escritório público de empregabilidade”.

Atenção Narradores: No momento Tenryuubitos estão proibidos de aparecer em aventuras e interagir com players. Eles podem ser citados ou até mesmo aparecer um primo de terceiro grau de um Tenryuubito que se acha super importante, mas nenhum evento envolvendo um verdadeiro Dragão Celestial está permitido até segunda ordem.

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
(Link da ficha na imagem)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Doodles
Game Master
Game Master
GM.Doodles

Créditos : 93
Warn : ~ Arquipélago Sabaody ~ 10010
Masculino Data de inscrição : 08/08/2017
Idade : 25

~ Arquipélago Sabaody ~ Empty
MensagemAssunto: Re: ~ Arquipélago Sabaody ~   ~ Arquipélago Sabaody ~ EmptyTer 21 Jul 2020, 23:00

NPCs

Aqui estão todos NPCs e tesouros existentes na ilha.

OBS: Nenhum deles é um NPC importante da ilha, todos são NPCs criados por players como intuito de auxiliar narradores.
Lembre-se que para usar esses NPCs ou tesouros os mesmos devem ser solicitados no topico respectivo e aguardar aprovação. Usos não solicitados e aprovados serão negados na avaliação de aventuras.

Link auxiliar:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Siga as informações do link acima tanto para solicitar o uso de NPC quanto o uso de tesouro. A solicitação é feita nos links abaixo. Escolha o NPC, clique no link e solicite no tópico do mesmo. Caso o NPC/tesouro já esteja em uso não poderá ser usado em outra aventura, com a exeção da aventuras estar a pelo menos 3 meses parada, nesse caso siga o descrito no link auxiliar.

~Frotas da Marinha~

N/A

~Piratas~

N/A

~Revolucionários~

N/A

~Caçadores de Recompensa~

N/A

~Civis~
F
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


~Agentes do Governo~

N/A

~Tesouros~

N/A

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
(Link da ficha na imagem)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




~ Arquipélago Sabaody ~ Empty
MensagemAssunto: Re: ~ Arquipélago Sabaody ~   ~ Arquipélago Sabaody ~ Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
~ Arquipélago Sabaody ~
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Arquipélago Sabaody-
Ir para: