One Piece RPG
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [LB] O Florescer de Utopia III
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Hoje à(s) 21:45

» Seasons: Road to New World
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Hoje à(s) 21:29

» [Ficha] James Howlett
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Lurion Hoje à(s) 21:26

» The Victory Promise
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Hooligan Hoje à(s) 21:07

» [FICHA] Sonny Delahunt
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Shogo Hoje à(s) 21:02

» Karatê Cindy
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 20:19

» The One Above All - Ato 2
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 19:26

» Cap. 2 - A New Day
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor ADM.Tonikbelo Hoje à(s) 19:03

» Bakemonogatari
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor yaTTo Hoje à(s) 18:48

» Arco 4: Segredos enterrados em gelo!
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 17:43

» ~ Acontecimentos ~ Cactus Island
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 17:17

» Um Destino em Comum
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor (Orochi) Hoje à(s) 17:08

» Xeque - Mate - Parte 1
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor GM.Midnight Hoje à(s) 16:51

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor AoYume Hoje à(s) 16:42

» A busca da liberdade
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 15:23

» As Crônicas de Mizushima – Episodio № 01: Apresentando Mika Mizushima!
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 13:44

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Furry Hoje à(s) 12:43

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Kekzy Hoje à(s) 12:30

» [FICHA] Samantha Rusbé
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Dragonmbr Hoje à(s) 11:55

» Supernova
Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Emptypor Shroud Hoje à(s) 10:04



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Escaping Mean! Run Ria, Run!

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptySeg 13 Jul - 14:44

Relembrando a primeira mensagem :

Escaping Mean! Run Ria, Run!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Fanalis B. Ria. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Fran B. Air
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 30/11/2017

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptyTer 21 Jul - 19:26

[
Prison Break! Part 15!

Eu sabia que escapar na base da pancadaria seria impossível naquele lugar, então nem adiantaria manter minha mão quebrada ou algo do tipo, isso só me atrapalharia ainda mais em uma possível fuga. Então deixaria que a mesma se recuperasse por completo, o plano agora era tentar fugir na conversa já que provavelmente não poderia contar com ajuda externa. O mais certo é que algo impediu o Macaco de vir me ajudar ou ele foi preso tentando, embora ainda exista a leve possibilidade de que ele esteja correndo atrás de alguma forma para me tirar daqui, o que me levava a pensar em meu companheiro. “Aquele Macaco… Será que o símio também também foi pego? Queria ter alguma confirmação, as coisas vão se complicar se ele estiver em Utopia e formos levados pra Ennies Lobby.”

Comeria rapidamente e deixaria o prato limpo de volta no lugar, dessa vez infelizmente o Mordomo não estava na cela para o incomodar. “Não vi quando o Mordomo saiu, deve ter ido dar uma volta ou algo do tipo.” Aproveitaria a ausência do mesmo para me higienizar e tomar um banho sem remover o biquíni e de torneira mesmo já que não me deixavam ir para o banheiro, ao enxaguar meu corpo, me ensaboar e depois me enxaguar novamente utilizando as mãos mesmo para jogar água se é que não existia uma ducha no banheiro, sem nem me importar em virar algum tipo de atração para os guardas, ainda mais porque pelo que tinha visto aquela cadeia era bem diferente da prisão de Dream Whater.

“Parando pra pensar, é bem estranho existirem tantos guardas homens em uma ala feminina de prisão… Vai entender como funcionam esses marinheiros.” Pensava enquanto estivesse a me lavar. Acabando, faria uma trança em meus longos cabelos ruivos, não tinha mais porque esconder minhas mãos já que estavam quase curadas, poderia simplesmente falar que ainda estavam se recuperando da luta contra a capitã e queria um visual diferenciado para quando fosse falar com o tenente.

Enquanto as fizesse, avistaria o Mordomo adentrando a cela ao atravessar as grades, onde ele se espreguiçava se sentando de costas contra a parede, parecia cansado,  que me levava a o questionar sobre o que fazia. - Onde você tava? Achei que finalmente tinha me libertado... - Para que ele me respondesse com um sorriso safado. - Estava dando uma volta, descobri que as marinheiras treinam todo o dia e ficam bem suadas… Depois elas tomam banho todas juntas em um banheiro cheio de chuveiros. - Ele apertava o ar com as mãos em sua frente, onde seu rosto estava levemente corado, um sorriso abobalhado e um leve sangramento nasal, o que me fazia sorrir de volta sem ligar muito para o que escutava. “Quando ele era vivo, não mostrava esse lado tarado.”

Acabando as tranças, me deitaria na cama sobre os braços cruzados em cima de algum travesseiro olhando para o teto e aguardaria que o tenente ou outros guardas viessem me buscar, tudo que podia fazer era imaginar formas de seduzir o tenente se é que aquilo era mesmo possível, coisa que não demorava até que o Mordomo perguntasse. - Acha que pode seduzir ele? O tenente... - Com a pergunta, eu me manteria por alguns segundos olhando para o cima sem o responder até que comentaria confiante, embora não muito animada com como as coisas estavam caminhando. - Até onde eu sei, só de existir eu já encanto qualquer ser vivo existente desde que seja encantável… A questão é: será que o tenente é seduzível? Ela parecia ser um bruto e pelo jeito a Licia é meio mentirosinha... -

Continuaria pensativa onde talvez até mesmo caísse no sono já que não faria nada de importante nesse meio tempo, a questão é que quando viessem me buscar, sorriria e me levantaria empolgada indo em direção às grades ao falar animada. - Agora vamos ver qual é que é! - Seguiria com quem quer que viesse me levar até a sala de interrogatório, reclamando se me puxassem com força pelos braços como da última vez ao dizer. - Deem uma maneirada, sou uma dama, sabiam? - Embora não fosse utilizar isso para fugir, nem nada, já tinha me conformado que dessa forma não daria certo. Chegando na sala, me sentaria esperando o tenente se ele já não estivesse lá.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milabbh
Narrador
Narrador
Milabbh

Créditos : 36
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptyTer 21 Jul - 21:23




narração - escaping mean! run ria, run!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Mais uma vez os planos mudavam, era muito complicado pensar em uma estratégia que daria certo naquele lugar, uma vez que a segurança era intensa e sozinha, Ria não conseguiria dar conta de todos os guardas, decidindo que, por hora, o melhor era tentar uma conversa. Pensava em seu companheiro macaco, não sabia que fim ele havia levado, se ao menos ela soubesse que ele estava se escondendo pela cidade esperando o momento de ajudá-la, ficaria mais tranquila, mas não tinha como obter essa informação, então apenas se preocupava na cela.

Quando termina de comer, a ruiva percebe a ausência de seu mordomo, mas não dá muita importância à isso, indo cuidar de seus afazeres. Enquanto tomava seu banho, alguns olhares curiosos eram atraídos, contudo, em momentos assim, mulheres eram escaladas para ficar de guarda, se já não estivessem por lá.

Ria se perguntava o motivo de terem tantos guardas homens na ala feminina, e sua indagação tinha fundamento, uma vez que ela quase não viu mulheres. ~ porque a narradora sequelou ~ Após estar cheirosa e arrumadinha com seu novo visual, ela falaria com o mordomo, perguntando de sua ausência, e talvez tivesse sido melhor não ter perguntado, sua lembrança daquele homem vivo agora era outra.

Ria jazia deitada em sua cama, ponderando sobre qual era a melhor tática para seduzir o tenente que pensava tão mal dela, como já havia deixado claro. O mordomo a questiona e ela pensa sobre. Era realmente uma bela mulher e facilmente encantaria homens à rodo mundo afora, mas dentro de uma prisão da marinha, após ter matado marinheiros? Ainda mais sendo uma informação fornecida por "Alicia". Só a tentativa diria.

Adormecida na cama, ela é acordada de uma vez, por um Tenente Elias de pé do lado de fora da cela, com os braços cruzados e cara de bravo, ele dizia.

- Pois bem "madame", vamos? - Ele falava a frase dando bastante ênfase negativa no madame. Isso seria no mínimo interessante.

O tenente a escolta sem nem encostar nela, já que ele se considerava forte o suficiente para interceptá-la em uma possível fuga. Chegando na sala, ele abre a porta para a prisioneira, que se senta e é questionada.

- O que tinha para me dizer? Devo começar a listar novamente?! - Ele dizia com escárnio em sua voz, pegando um bloquinho de notas e um lápis.

Era o momento de Ria demonstrar todo o seu talento para seduzir.

Histórico:
 

Imagens:
 

Considerações:
 

Off:
 

                                     

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptyTer 21 Jul - 23:45

Prison Break! Part 16!

A verdade é que independentemente da aparência do tenente, eu não tinha como ter o mínimo interesse nele, não só por eu ser uma pirata e meus ideais divergirem completamente dos dele, mas também porque eu não sentia nenhuma atração pelo sexo oposto. Minha única vantagem naquela situação é que eu poderia ser conhecida facilmente como “Fanalis B. Ria, a melhor atriz do mundo”, só não tinha fama por tal feito por não querer seguir esse caminho mesmo.

Seu tratamento para com a minha pessoa não me incomodava, era muito diferente disso, sabia que ele estava abaixo de mim em um contexto geral, então apenas o respondia sorrindo. - Sim! Vamos sim, “senhor”. - Deixava o Mordomo sentadinho em minha cela e torcendo para que ele não viesse junto, onde ele falava tranquilamente, por mais que sentisse ironia em suas palavra. - Boa sorte, Senhorita Ria. Acho que você vai precisar. - Mas na sala é que pretendia esquentar as coisas, talvez se eu estivesse sem as algemas poderia o apagar agora que não haviam guardas, mas mesmo assim, as chances da capitã estarem lá eram absurdas pela quantidade de dias que haviam se passado desde a sirene, então nem me atreveria a fazer nada.

Mais uma vez sentada só de biquíni, dava um leve sorriso para ele com os olhos fechados e o respondia tranquilamente brincando como se fosse um encontro mesmo. - Nossa, você vai direto ao ponto mesmo, nem vai me pagar uma bebida antes? - Aguardaria sua resposta esperando que viesse de forma mais mansa e delicada, embora se não fosse, continuaria mantendo a tranquilidade naquele ambiente desconfortável onde qualquer pirata estaria se descabelando ao falar. - Vocês marinheiros são mesmo uns brutamontes, não é? -

Com essas palavras, mantendo e pose e o tom confiante, continuaria apontando com o indicador para cima. - Façamos o seguinte, Tenente, vamos conversar um pouco tranquilamente. Que tal? - Apontaria para o tenente esbanjando um sorrisinho maldoso ao concluir proferindo.  - Quero saber mais sobre você! - Observando sua reação a cada palavra ao o olhar diretamente nos olhos para tentar perceber qualquer sinal de que ele estava fingindo ser durão, continuaria. - Vamos lá, você não deve ser esse cara casca grossa que aparenta, não é? -

Caso ele estivesse com a mão na mesa ou a colocasse na mesma em algum momento a partir desse ponto, colocaria minha mão sobre a dele mais para ver sua reação que qualquer coisa, se recuaria com sua mão, manteria a mão dele ou ficaria bravo. Então olhando diretamente com os olhos vermelhos que fariam com que qualquer pedra preciosa sentisse inveja de forma totalmente sedutora, comentaria. - A garota que fica na cela em frente a minha, aquela de cabelos azuis, ela disse que o nome dela era Alicia… De acordo com ela, vocês ficaram, eu não esperava por aquilo.  - Deixaria que ele falasse o que quer que fosse antes de concluir meu raciocínio dizendo com a voz mais baixa e sensual. - Estranhamente, quando ela disse aquilo, a verdade é que seja verdade ou mentira, eu senti ciúmes. -

Olharia fixamente para ele, se essa frase não me desse nenhuma informação, nada daria. “É agora, um desviar de olhos, um vermelhinho no rosto, um sorrisinho estranho, qualquer coisa que fizer de diferente e vou saber se é possível mesmo te seduzir ou se estou perdendo meu tempo aqui.” Apesar de parecer uma doce garota querendo apenas saber mais sobre o marinheiro por fora, por dentro eu não passava de uma sádica querendo brincar com seus sentimentos a ponto de sair daquele lugar, o que provavelmente seria algo insanamente difícil de se fazer.

Talvez ele quisesse muito acabar com aquilo ameaçando ir em bora em algum momento ao me levar para cela ou ficasse me pressionando para falar, nesse caso, daria algum gostinho para ele das informações. - Não sei se o East Blue é sua jurisdição, mas em Loguetown eu e minha tripulação explodimos todos os navios que estavam no porto para ajudar os revolucionários com sua palavra... - Seguraria o queixo com o indicador e o polegar comentando ao olhar para cima. - Até que eu me envolvo bastante com os revolucionários, né? Hahaha. - Terminando com uma risada meio sem graça fingindo não gostar de me envolver com esse grupo, apesar de não ligar.

Então voltando com um olhar fixo para o Tenente, balançaria as pernas em cima da cadeira ao continuar a conversa realmente empolgada por me lembrar dos meus companheiros. - Quando a gente tava subindo pela Reverse Mountain, alguns navios da marinha tavam seguindo a gente, mas acabou que meu navegador deu um jeito de subir com o navio de lado fazendo uma manobra bem doida. - Tentaria imitar com as mãos o movimento do navio enquanto o descrevesse para assim continuar. - Os marinheiros não conseguiram acompanhar e afundaram, então acho que meio que foi culpa nossa também… E teve o farol… Mas depois a gente fala disso. -

Me levantaria já esperando que ele fizesse algo se eu fosse tentar algo ofensivo, mas não ia, apenas me posicionaria ao lado dele com o rosto bem próximo do ouvido e começaria a falar baixinho, quase como se fosse um sussurro. - A verdade é que… E-eu meio que gosto de você... - Deixaria a vergonha em minha fala o mais óbvia possível por mais que fosse meio que indiferente ao tenente e mulheres como a ruiva que conheci no bar de Loguetown fizessem mais o meu tipo.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milabbh
Narrador
Narrador
Milabbh

Créditos : 36
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptyQua 22 Jul - 11:24




narração - escaping mean! run ria, run!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Seria complicado seduzir alguém por quem Ria não sentia a menor atração, mas como já demonstrado, ela possuía um talento nato para a arte da mentira e enganação, mais conhecida como atuação. Não se deixando abalar pelo tratamento grosseiro para com sua pessoa, ela segue o tenente, escutando as palavras do mordomo, que fica na cela aguardando seu retorno.

Sentada seminua, a pirata solta gracejos na direção de Elias, que sem entender apenas a encara e responde.

- Não gastaria meu salário com isso. - Diz apontando para ela.

Quando acusado de ser um brutamontes, ele apenas dá de ombros e continua a encarando, esperando uma resposta, que não vem de imediato, ao invés disso, Ria começa a fazer perguntar para Elias, que em uma expressão confusa e irritada responde.

- A interrogada aqui é você, o resto não interessa.

Sem se dar por vencida, ela continua tentando obter informações, agora trazendo "Alicia" à tona, além de colocar sua mão sobre a do tenente, que como um verdadeiro cavalheiro puxa de uma vez com uma expressão de ódio e responde.

- Não me toque novamente ou terei que tomar medidas drásticas, detenta. - Disse enquanto segurava a mão tocada por Ria e segue. - A garota que fica na sua frente se chama Ari Gleenwood, uma ex agente do governo, mentirosa compulsiva e bipolar. Aparentemente, colocaram as malucas no mesmo bloco, não é?! - Ele diz rindo sarcasticamente para a ruiva.

Ria esperava uma reação envergonhada do tenente, ou algo que indicasse que sua sedução estava funcionando, ao invés disso, ela recebe um olhar confuso e.... Enojado? Aquele tenente realmente não era fã dela. Sem paciência ele diz irritado.

- Vai me falar por quê pediu outro interrogatório ou terei que escotá-la novamente até sua cela?

Ria assume sua culpa no incidente de Loguetown, o marinheiro ouvindo aquilo, realmente pega seu bloco e anota o que ela diz. E não para por aí, ela fala sobre um naufrágio na reverse mountain envolvendo marinheiros, o que só serviu para alimentar ainda mais o ódio do homem.

- Bom, parece que você fez bastante coisa mesmo, mal posso esperar para te ver presa em Impel Down.... - Quando Ria se aproxima e fala em seu ouvido, Elias apenas vira de uma vez e agarra seu braço, guiando-a para fora da sala e de volta à sua cela, ele abre a grade e a atira lá dentro dizendo. - Para reafirmar nosso amor, você ficará sem comida novamente nesse almoço! - Ele sai bufando.

Ari, mais conhecida como "Alicia" olha a cena e diz.

- Bom, parece que você não se saiu muito bem na sedução ne? hihihi.


Mais um plano fracassado, e agora?

Histórico:
 

Imagens:
 

Considerações:
 

Off:
 

                                     

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptyQua 22 Jul - 21:31

Prison Break! Part 17!

Eu confiava nas pessoas, mesmo com as outras falando que era mentira, ainda dava um voto de confiança até que o mesmo fosse quebrado, então depois de voltar para minha cela com a fala de Ari, a encararia irritada ao dizer nervosa. - Pois é Licia, ou eu deveria dizer Ari Gleenwood... - Meu rosto claramente demonstraria minha intenção assassina, por mais que não fosse fazer mesmo que as grades não nos separassem já que até que dava um pouco de pena pela garota doida de pedra.

O Mordomo que me aguardava sentado de braços cruzados me encarava por alguns breves segundos até comentar. - Eu sabia que era mentira, você devia parar com essa mania de confiar em todo mundo, mesmo assim, achei que tinha que pagar para ver mesmo... - Daria com os ombros em resposta, pois sabia que ele estava certo, mas não queria dar muita atenção, já que geralmente as pessoas são confiáveis mesmo.

Olharia para cima imaginando o que meus companheiros estariam fazendo para tentar me tirar daquele lugar. “Provavelmente nessa altura do campeonato o Macaco já deve ter se juntado com o Urso e eles vão chegar aqui fazendo alguma coisa muito maluca pra tentar me tirar daqui, o que pode dar muito bom ou acabar com os dois presos, acho que só esperando pra ver.” Por confiar logo de cara nas pessoas que acabei conhecendo pessoas tão leais, então não tinha a mínima intenção de ficar desconfiando de tudo e todos.

Me sentaria contra a parede de Delacorte mais uma vez, ela tinha se tornado meio que minha amiga mesmo naquele lugar, então era para a garota que eu podia chorar quando algo não dava certo. “É isso, mais um plano que foi por água abaixo, um marinheiro de alta patente que começasse a gostar de mim e me tirasse desse lugar seria perfeito, agora a marinha tá ganhando de três a zero… Mesmo que Ari estivesse mentindo, quem diria que o tenente seria tão sério e profissional?” Encostada lá, chamaria a atenção de morena. - Ei, Dalecorte, você tá podendo conversar? -

Mesmo que ela dissesse que não, continuaria, precisava me desabafar para alguém. - Você estava certa sobre a garota aí na frente, ela é uma mentirosa descarada mesmo, o nome dela é Ari. - Olharia para minhas mãos e as fechando com força continuaria. - Eu fiz de tudo pra tentar fazer com que o tenente gostasse de mim, mas ele simplesmente não ligou pra nada. Eu ia até confessar sobre o que eu fiz no farol pra ele liberando dezenas de piratas que estavam lá pra Grand Line, mas ele ficou tão puto que nem quis me escutar, o que você acha dele? -

Olharia para a cela de Ari e escutando o que Delacorte tivesse para falar, continuaria minha fala. - Eu nem gosto do tenente, até pra mim foi difícil de fingir que tinha alguma coisa, sabia? - Me levantaria indo de encontro às grades olhando para a cela de Ari com o rosto levemente corado. “Tirando essa loucura bizarra, essas mentiras malucas e os papos lunáticos, até que ela é legal… Sem falar que é fofa...” Balançaria a cabeça para os lados meio abaixada resistindo a tentação. “Não, deixa quieto essa louca, de doida já basta eu.”

Voltaria a responder Delacorte já meio cansada mesmo ainda sendo de manhã, já que fingir ser alguém que eu não sou é desgastante até para mim. - Acho que é isso… Vou ficar aqui deitada mesmo com fome já que não vou ter almoço. Pena que não deu certo com o tenente. Hahaha. - Daria uma leve risada descontraída, embora segurasse a barriga meio desconcertada, odiava passar fome mesmo que um pouco.

Tentaria adivinhar mentalmente as horas e olharia para o relógio confirmando-as, acertando ou não, me manteria deitada pensando nos outros e no que poderiam estar fazendo enquanto esperasse para ver se algo de interessante acontecia naquela prisão. Já não aguentava o quão monótonas as coisas estavam por ali, era tudo muito estressante por ser totalmente parado e sem ação.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milabbh
Narrador
Narrador
Milabbh

Créditos : 36
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptyQui 23 Jul - 16:22




narração - escaping mean! run ria, run!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Voltando irada de sua tentativa frustrada de sedução, Ria encara a antiga "Alicia" pelas grades da cela, olhando de volta para a ruiva, ela se sente levemente ameaçada, mas como ex agente do governo, já estava acostumada com esse tipo de coisa, então apenas da de ombros e vira para sua cama.

Parece que o voto de confiança de Ria não tinha dado certo, um dia ainda podia custar caro para a pirata, como o mordomo mesmo apontava. Pensando em seus companheiros, um urso e um macaco, ~que me lembram muito outra galera~ ela imaginava o que estariam fazendo para ajudá-la, mas talvez eles fossem espertos o suficiente para saber que tentar bater de frente agora era suicídio.

Sentando na parece da cela que a separava de sua mais nova amiga, ela se lamenta, o placar estava pendendo para o lado da marinha, que parecia muito profissional, ou será que só nutria um ódio intenso pela pirata que já aprontou poucas e boas com eles?  De qualquer forma, a ruiva começa a conversar com Joan, que responde.

- Fala ai. - Ela ouve o que sua vizinha tem para dizer e continua. - Ari né? Não ligo pro nome, ela é louca de pedra. Você fez isso no farol é? Muito bom huahuahuahua. Sobre o tenente, é o que te falei antes, um virjão da marinha, que só se importa com o trabalho dele, nunca vi sendo gentil com ninguém aqui.

Ria olhando para Ari, a maluca, continua escutando Delacorte, e depois continua.

- Eu imagino, logo com o Elias, era melhor esperar a Katt voltar, pelo menos ela é mais bonitinha huahuahuahuahua.

Ainda encarando Ari, pensamentos mundanos passam na cabeça ruiva de Fanalis, que pensava melhor sobre. Talvez não seja uma boa ideia misturar esquizofrenia com bipolaridade não é? Se despedindo de Joan, ela se deita na cama.

- Se sobrar um osso eu te dou. - Ela diz em tom sarcástico enquanto senta na cama para esperar a refeição.

Observando a claridade da cela, ela chuta um horário, 11:30, e confirma para ver o quão perto estava, foi por pouco, o relógio marcava 11:32, mas aos poucos estava melhorando sua noção de tempo. Que, inclusive, passava extremamente devagar naquela situação, nada de bom acontecia, porém, enquanto pensava nisso uma guarda chega e grita em alto e bom tom.

- Bom dia senhoras!! Hoje é dia de banho, fiquem de pé encostadas na parede ao lado da grade às 17:45. Quem não estiver afim, só daqui a dois dias. Isso é tudo.

Ela marcha com passos pesados para fora, não foi possível vê-la da cela de Ria, mas a voz foi escutada clara como o dia. Pelo menos agora ela tinha algo para ficas ansiosa, certo?
Histórico:
 

Imagens:
 

Considerações:
 

Off:
 

                                     

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Última edição por Milabbh em Sex 24 Jul - 0:50, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptyQui 23 Jul - 20:36

Prison Break! Part 18!

Dava um sorriso sem graça e agradecendo a mulher, negava sua “generosidade” com a sobrancelha direita tremendo em sinal de nojo. - Tudo bem, pode ficar com o osso se sobrar algum... - Não tinha a mínima chance de comer as sobras de alguém, provavelmente se precisasse disso para sobreviver, morreria de fome mesmo. Mais um dia de fome era o que me aguardava, mas não tinha problema, logo eu daria algum jeito de sair daquele lugar e faria um banquete de sopa de algas.

“Hum, então temos direito a tomar um banho, mesmo que uma vez a cada dois dias. Mas de algemas mesmo?” Com a fala da guarda, enquanto eu pensava em alguma possibilidade de fuga, o Mordomo que estava com um tabuleiro shogi jogando sozinho até parou com uma risada abobalhada ao comentar. - Banho… Na verdade banho feminino, você vai né Senhorita Ria? Você tá bem suja... - Eu realmente não estava em minhas melhores condições, não foi um banho de torneira que me salvou, então dando um leve sorriso o respondia ao me sentar em sua frente. - Vou sim e nem vou dizer pra você ficar aqui… Já vi que vai ir junto julgando por esse sangramento nasal. -

O sangue escorria por sua narina direita e pingava em seu quimono quando ele respondeu tentando ser sério, embora sua voz ficasse tão abobalhada quanto sua expressão. - É… S-sim, não tem o que fazer, afinal eu tô na sua cabeça e sempre estou com você faça chuva, faça Sol.  - De forma que o respondia calmamente olhando em seus olhos distraídos. - Sei… Pelo menos quando te convém você vem comigo, né? -

Olharia para o jogo e sem nada para fazer, o chamaria para jogar sentada ali mesmo na beliche da cela, sem me importar com qualquer guarda que passasse. - Vamos jogar, Mordomo? Eu meio que tô sem nada pra fazer mesmo.  - O que o levava a organizar o tabuleiro ao dizer. - Tava demorando, jogar sozinho é uma chatice, Senhorita Ria. - De forma que ficássemos jogando até que chegasse a hora. Caso alguém perguntasse o que estava fazendo, mesmo que movimentando o ar e olhando para a cama sem nada, responderia normalmente sem tirar os olhos do “jogo”. - Tô jogando shogi aqui, me deixa em paz que isso é complicado. -

Durante o jogo, tentaria mentalmente cronometrar o tempo a cada 30 minutos onde sempre olharia no relógio para confirmar se tinha acertado, isso até que viessem me chamar para o banho, onde pararia tudo que estivesse fazendo e me encostaria na parede ao lado da grade como solicitado pela carcereira. Assim que fosse possível faria como mandado até que chegasse no banheiro.

Não tinha nem ideia de como seria o banheiro do QG, podia ser desde uma fila cheia de garotas para um mísero box, até um lugar enorme cheio de banheiras com capacidade para várias garotas e vapor em todo ambiente, simplesmente não sabia o que esperar. De toda forma, analisaria todo o trajeto que era feito entre as celas e o banheiro já que mesmo que com uma chance remota, poderia existir alguma falha na segurança que pudesse permitir a minha fuga.

Sendo que enquanto andássemos, se tivesse a oportunidade de falar com Joan, puxaria assunto para não ficar muito suspeito olhar para os lados procurando dutos de ar, portas que não tivessem trancas, armários com roupas de marinheiro e coisas do tipo. Começaria com uma pergunta calma. - Já sabe que dia vamos para Ennies Lobby? Já estamos aqui faz uns 2 dias, mas ninguém nem me falou nada. -

A tranquilidade em minha fala faria com que qualquer um que estivesse de fora provavelmente achasse que estávamos em uma excursão escolar e não sermos condenadas a passar o resto de nossas vidas na maior prisão do mundo. Assim que ela me respondesse, ainda observando o ambiente, continuaria. - Acha que Katt joga no outro time? Ela parecia ser bem séria, mas era tipo, milhares de vezes mais sexy que o tenente.Tipo, eu pegava de jeito. Riaaahahaha. - Daria uma gargalhada ao falar sobre o que faria com a chicoteadora se tivesse oportunidade.

Quando chegasse no banheiro e o adentrasse, retiraria o biquíni que vestia para tomar finalmente um bom banho tentando entender o lugar ao o olhar de cima em baixo. “Será que eles não tem algumas roupas aqui, mesmo listradas? Acho que já deu de mostrar minhas curvas pra esses marinheiros tarados, será que não?”

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milabbh
Narrador
Narrador
Milabbh

Créditos : 36
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptySex 24 Jul - 1:46




narração - escaping mean! run ria, run!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Seu orgulho não a deixava aceitar nem um mísero ossinho, mas tudo bem, em breve ela poderia comer de novo, isso é, se andasse na linha. Como aquele QG parecia ser um antro de gente maluca, era uma surpresa eles terem organização com banhos e segurança, de qualquer forma, chegava o momento de virar gente de novo, e Ria o aproveitaria, assim como o mordomo.

A ruiva e seu companheiro invisível de cela ficam jogando até a hora combinada, cronometrando o tempo para não perder a hora, errando por alguns segundos às vezes, ou minutos em outras. Quando chega a hora marcada, a marinheira de antes vem com um batalhão de mulheres uniformizadas, todas pareciam soldados, duas em cada porta de cela, a chefe dá a ordem e as celas são abertas. As prisioneiras escoltadas para fora e levadas até o local do banho.

O QG mais parecia um labirinto, e se tinha alguma chance de fuga ali, Ria não percebeu, ela decide então falar com Joan, que agora podia olhar para ela enquanto conversava.

- Ouvi rumores de que o tal comodoro chega hoje, parece que ele se atrasou no caminho, talvez o tenente vá buscar a gente na cela mais tarde. Pelo menos vamos limpas ne huahuahuahua.

A duas amiguinhas continuam sua fofoca, achando que estão na Disney, falando sobre seus crushs e indo tomar um banhão comunitário.

- A Katt parece enrustida sabe? Por isso ela é tão irritada. O tenente eu não sei nem o que dizer sobre, o típico brutamontes que só sabe falar de marinha, não tenho paciência.  - Ela diz revirando os olhos ao falar do homem. - Ahh, então a gente teria que disputar a capitã! huahuahuahuahua.

Após uns 5 minutos caminhando, chegam ao destino. Por dentro parecia um banheiro comum, com azulejos brancos e duchas, eram várias, divididas por paredes, mas não tinha portas e nem cortinas. Cada soldado mulher parou em uma parede de divisão e a chefe ficou na porta do banheiro. Todas a postos para qualquer tentativa de fuga.

Ao final do banho, elas se secam e recebem mudas limpas de roupas, que eram completamente laranjas, para que pudessem ser avistadas de longe se houvesse uma fuga. Depois de limpas e vestidas, elas são conduzidas de volta às celas, ao chegar lá, as duas são surpreendidas. Um homem alto, magro e musculoso estava parado, olhando a cela das duas. Seus cabelos brancos mexiam, ao passo que olhava para as mulheres que voltavam. Seus olhos vermelhos se arregalavam e um sorriso enorme brotava em seu rosto, com um grito ele exclama.

- Joan e Ria channnn, vocês volataram!!! - Ele se adiantava e pegava nas mãos das duas, cumprimentando vigorosamente e dizendo. - Me desculpem pelo atraso, por favor, não fiquem tristes comigo.... Precisamos nos apressar, já devíamos estar no mar! Já pegaram tudo ne pomponzinhas? Que pergunta boba, claro que já, vamos indo então, seus amigos já estão lá também riazinha.

Ele pega as duas pelos braços e sai saltitando com elas em direção à saída. Passando pelo pátio, alguns homens começam a seguí-lo, 4 para ser mais exata, todos tenentes, inclusive Elias, que parecia feliz com a situação. Durante o caminho praticamente arrastado, o homem para por um instante e fala.

- Minha nossa!!! Perdão meus bombons, eu não me apresentei. Meu nome é Hector Orsini, serei o acompanhante de vocês durante essa viagem, espero que a gente se dê bem. - Ele olha preocupado para a ruiva e diz. - Fiquei sabendo que o grosso do Elias te deixou sem comida, não se preocupe Ria chan, te darei um banquete!! - Ele aperta seu braço gentilmente enquanto olha de cara feia para Elias, e continua saltitando até as docas, onde um barco está ancorado. Não haviam dúvidas, aquela era a embarcação de um comodoro.

Com a rampa em posição, todos embarcam, exceto os tenentes, que voltam para o QG. Os homens no barco ajudam na escolta das prisioneiras até o porão, onde as celas estavam localizadas. Joan e Ria acabam ficando vizinhas novamente e se a cela do QG já parecia indestrutível, aquilo ali era piada, o revestimento da caixa da cela e as grades eram todos feitos de kairouseki. Hector respira fundo olhando ao redor, para nas duas e diz.

- Fiquem à vontade no meu navio. Ria chan, já peço para trazerem sua comida. Até mais docinhos! - Ele sai saltitando até a escada do porão.

A pergunta que não queria calar nesse momento era, o que diabos acabou de acontecer?!

Histórico:
 

Imagens:
 

Considerações:
 

Off:
 

                                     

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptySex 24 Jul - 12:59

Prison Break! Part 19!

Aproveitava ao máximo aquele banho, não sabia quando teria outra chuveirada daquelas, então limpava o máximo que conseguia cada parte de meu corpo, inclusive lavando meus longos cabelos ruivos. Depois me vestia com aquelas roupas de prisioneira, não me importava muito com como me vestisse, só achava que já estava bom de ficar andando por aí como se fosse uma nudista onde pensava em apenas em uma coisa enquanto colocasse as roupas. “Marinheiros tarados malditos...”

Ao voltar para as celas e ver aquele homem, ficava meio que sem entender o que estava acontecendo, onde quando ele pegava minhas mãos, dava um sorriso estando ao mesmo tempo surpresa e sem graça. “Que cara estranho, mas até que ele é engraçado...” Simplesmente não tinha ideia do que estava acontecendo o respondendo meio confusa. - O-oi? - Mas quando fala de meus companheiros, meu semblante se fecha quase que instintivamente. “Os outros já estão no navio? E agora? Eu ia tentar fugir com eles durante o transporte, o que eu faço?”

O que estava acontecendo? Eu era uma garotinha em algum tipo de passeio ou uma pirata procurada altamente perigosa? Dava para ver que aquele cara não era normal de longe, encarava os músculos dele juntamente de sua aparência confiante. “Que personalidade descontraída, esse cara com certeza é forte pra estar tão à vontade assim… Provavelmente bem mais forte que a capitã se ele for o tal comodoro que Dalecorte tinha falado. Fugir dele é mesmo possível?”

Quando o comodoro falava sobre comida, dava um sorriso juntamente com um provável ronco de meu estômago e o respondia normalmente, como se não estivesse sendo levada para passar o resto da minha vida em uma prisão. - Sim, aquele Elias… Pensa em um cara deselegante! Tirou minha comida várias vezes por nada, acho que ele me marcou. Sabia? - Olhava para o tenente com cara de brava também acompanhando a deixa do comodoro, onde o Mordomo que nos seguia fazia o mesmo falando de forma séria. - Esse tenente tá sem moral mesmo. Eu bem que queria ter conseguido servir alguma comida pra você Senhorita Ria -

É isso, não tinha nem sinal do Urso ou do Macaco, agora éramos só eu Yue e Boujin para fugir daquele lugar e nem sequer tinha visto os dois ainda. “Será que eles estão mesmo aqui? O navio é bem menor que o QG, talvez se eu gritar eles me escutem e Yue já deve ter acordado e estar 100% curada, ela ficou 2 dias descansando afinal.” Me aproximaria da cela de minha vizinha e a questionaria. - Enquanto andávamos aqui no navio, você viu uma loirinha fofa ou um negro bonitão por aí? Não vi nenhum dos dois... -

Ficaria pensativa com a resposta da garota e de se gritar era realmente uma boa ideia, até que decidia por fim o fazer, onde começaria a chamar por eles com as mãos na frente da boca para tentar aumentar o som enquanto o Mordomo colocava os indicadores nos ouvidos. - YUEEE! BOUJIIIN! YUEEEE! BOUUUJIN! YUUUUE! VOCÊS PODEM ME OUVIR? É A RIA, EU TÔ AQUI! - Se escutasse alguém me respondendo, dentro da cela mesmo iria até o local mais próximo da direção onde viesse o som e tentaria escutar o que a pessoa dissesse ao continuar gritando. - TÁ TUDO BEEM COM VOCÊ? -

Se algum marinheiro viesse reclamar da gritaria, abaixaria levemente a cabeça o encarando diretamente nos olhos e diria irritada. - Pode chamar o comodoro aqui, por favor? - Ele parecia ser um cara legal e bastante confiante, tinha que tentar algo. Caso o comodoro viesse, faria o pedido com uma expressão totalmente sincera de preocupação. - Comodoro, será que não teria como colocar Boujin e Yue na minha cela ou pelo menos em celas próximas? Queria ver como eles estão... - Aguardaria ansiosa por sua resposta.

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Milabbh
Narrador
Narrador
Milabbh

Créditos : 36
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Data de inscrição : 13/04/2020

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptySex 24 Jul - 13:41




narração - escaping mean! run ria, run!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Ouvindo o comodoro, Ria ficava surpresa, aquilo não era nem de longe o que se espera de uma figura importante da marinha. Mas apesar de sua personalidade amigável, ele era um homem muito precavido, por isso já havia transferido os amigos da ruiva para o barco.

Após tanto tempo sendo tratada como uma pessoa extremamente perigosa, era surpreendente alguém conversar com ela daquela forma, mas a ruiva pensava certo, aquele homem era possivelmente uma das pessoas mais perigosas e poderosas que ela já havia encontrado, só não digo uma das mais estranhas porque o páreo está acirrado.

Os companheiros animalescos de Ria não estavam em lugar nenhum, o que podia ser muito bom, ou muito ruim para ela, só o tempo diria. Mas uma coisa ela sabia, Yue e Boujin estavam naquele barco. Ela então decide perguntar se Joan viu alguma coisa.

- Não, eu tava mais olhando pro comodoro maluco mesmo. - Ela dizia atônita sem entender direito o que acabara de acontecer.

Preocupada com seus companheiros, Ria decide chamar por eles. Respirando fundo e amplificando o som com as mãos, ela grita, mas não ouve resposta. Ao invés disso, um guarda chega e fala.

- Silêncio prisioneira, ta maluca? - Ele diz enquanto desce as escadas até o porão e ouvindo o pedido de Ria continua. - O comodoro tem mais o que fazer do que ficar conversando com prisioneiras.

Quando ele termina de falar, um Hector com um semblante totalmente diferente aparece nas escadas, ele parecia genuinamente bravo. Apoiando seu pé nas costas do guarda que estava parado nos degraus, ele chuta. O homem vai ao chão rolando escada abaixo, parando ajoelhado e pede desculpas.

- Acho bom se arrepender mesmo cãozinho, não bote palavras em minha boca! Agora suba, e fique longe das prisioneiras. - Ele diz cerrando os dentes, enquanto segura um prato de comida, que entrega para Ria quando a cena termina, ouvindo o que ela tem a dizer. - Ria chan, primeiramente, me desculpe o comportamento daquele neandertal. Sobre seu pedido, eu conheço sua fama danadinha! Então não posso fazer isso por você, mas não se preocupe, seus amigos estão bem, Yue já até acordou, mas ainda está de cama. Não fique tão preocupada, é péssimo para sua linda pele. - Ele diz olhando carinhosamente para a ruiva, depois para o prato que entregou e fala. - Não deixe esfriar, a comida está ótima! Se precisar, pode chamar riazinha, você também Joan chan!

O homem sorri para as duas e sai novamente. Agora elas estavam sozinhas, e o barco começava a zarpar, suas chances de fuga estavam cada vez menores. O que fazer em um barco reforçado em alto mar, presa com um homem estranhamente simpático e poderoso?

Histórico:
 

Imagens:
 

Considerações:
 

Off:
 

                                     

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fran B. Air
Pirata
Pirata
Fran B. Air

Créditos : 32
Warn : Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 10010
Feminino Data de inscrição : 30/11/2017
Idade : 24
Localização : The Wonderful Land

Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 EmptySex 24 Jul - 20:10

Prison Break! Part 20!

Colocava a mão na direita olhando com seriedade para o comodoro, ao menos até o momento que ele falava que Yue estava bem e já tinha acordado inclusive, onde suspirava pegando algum ar. - Ufff. Se eles estão bem, tudo bem então. - Apenas estranhava a última olhada que ele deu no prato, mas dava de ombros, o comodoro não parecia o tipo de homem que faria algo e além disso, as palavras de Joan da primeira vez que fui comer comida de prisão ecoavam em minha mente. “Se eles forem me colocar pra dormir, não vai ser me envenenando com a comida.”

Apesar do marinheiro ser estranho e totalmente fora da caixinha em relação ao esperado, eu ainda confiava nele, parecia ser só mais um homem fazendo o seu trabalho. Além disso, mesmo não me assustando, na presença dele o clima era pesado de uma forma diferente de quando a capitã ou o tenente estavam na sala, ele parecia simplesmente ser tão forte, que nem eu e nem as outras prisioneiras teriam chance alguma, então ele tinha total liberdade para agir como quisesse, era como se não passássemos de bonequinhas de pano para ele. “O pior é que mesmo ele estando na posição em que está, não está subestimando nem a mim e nem às outras prisioneiras, então não vou ter margem nenhuma para escapar enquanto ele estiver por perto, a única saída que sobrou foi Ennies Lobby ao que tudo indica.”

O mordomo que segurava uma espada de madeira a balançando com força atacando o ar em golpes verticais comentava. - Acho que vai ser bem mais difícil do que você esperava, não é Senhorita Ria? - Me sentaria e começaria a comer o respondendo um pouco irritadiça por não saber o que fazer para libertar os outros e sair daquele lugar. - Sim, no instante em que o comodoro trouxe Yue e Boujin pro barco antes de mim, ele ganhou a disputa, agora é 4 a 0 pra marinha, eles não me deram nem sequer uma oportunidade de fuga, até agora o sistema deles tá funcionando perfeitamente. - Finalizaria o prato pensativa sobre a situação.

“Esse comodoro claramente não vai me deixar fazer nada e vai levar tudo na brincadeira enquanto faz tudo de forma altamente profissional...” Seguraria o queixo com a mão. “Essa cela é ainda mais fortificada que a outra e completamente forrada por kairouseki? O que quer dizer que mesmo sem as algemas não vou conseguir fazer nada aqui...” Deixaria meu prato no lugar para que algum marinheiro o recolhesse e analisaria cada perímetro da cela tentando procurar por qualquer fraqueza na estrutura da mesma ou coisa que não fizesse parte dela para que eu desse alguma serventia para o que quer que fosse.

Me vendo fazer isso, sem parar seu treino o Mordomo comentaria. - Você não desiste mesmo, não é Senhorita Ria, acha mesmo que vai conseguir fugir assim? - Eu sabia que ele tinha razão, mas mesmo assim, tinha que tentar, por mais que a chance fosse remota, qualquer coisa que pudesse me dar alguma vantagem sobre o comodoro seria útil, então o responderia, mesmo que de forma irônica. - Vai que... - Se não encontrasse nada, me deitaria olhando para cima por alguns segundos e diria. - Chega… Me acorde se algo acontecer, acho que vou descansar um pouco mesmo. - Fecharia os olhos e tentaria dormir um pouco e sonhar já que tinha que estar em 100% da minha condição física para uma provável fuga em Ennies Lobby. Onde o Mordomo apenas sorriria respondendo. - Tenha bons sonhos. -

Objetivos:
 

Histórico:
 

Feitos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Convidado, consistência é o segredo! Só vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Escaping Mean! Run Ria, Run!   Escaping Mean! Run Ria, Run! - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Escaping Mean! Run Ria, Run!
Voltar ao Topo 
Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Utopia-
Ir para: