One Piece RPG
Unidos por um propósito menor - Página 4 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Um Destino em Comum
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Fenrisulfr Hoje à(s) 02:08

» The One Above All - Ato 2
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Thomas Kenway Hoje à(s) 01:43

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Bluesday Ontem à(s) 20:26

» Cap. 2 - A New Day
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor ADM.Tonikbelo Ontem à(s) 18:59

» [Ficha] Song
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor MarionLRZ Ontem à(s) 18:39

» [LB] O Florescer de Utopia III
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Vincent Ontem à(s) 18:12

» Enuma Elish
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 16:57

» Seasons: Road to New World
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Ravenborn Ontem à(s) 15:51

» Arco North Blue: Uma Odisseia no Santuário
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Thomas Kenway Ontem à(s) 15:36

» I - As rédeas de Latem City!!
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Felix Ontem à(s) 15:18

» Akira Suzuki
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 10:58

» Lurion
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 10:57

» O Legado Bitencourt Act I
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Ineel Ontem à(s) 04:15

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Akuma Nikaido Sab 26 Set 2020, 23:54

» Livro Um - Atitudes que dão poder
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor ADM.Tidus Sab 26 Set 2020, 22:20

» Supernova
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Sab 26 Set 2020, 21:56

» Hey Ya!
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Takamoto Lisandro Sab 26 Set 2020, 21:55

» Cap.1 Deuses entre nós
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor Thomas Torres Sab 26 Set 2020, 21:05

» A inconsistência do Mágico
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor CaraxDD Sab 26 Set 2020, 19:27

» Vamos nos aventurar! Anjinhas me aguardem...
Unidos por um propósito menor - Página 4 Emptypor GM.Muffatu Sab 26 Set 2020, 18:23



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 Unidos por um propósito menor

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 59
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptySab 04 Jul 2020, 11:25

Relembrando a primeira mensagem :

Unidos por um propósito menor

Aqui ocorrerá a aventura do(a) pirata Cindy Vallar. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Oni
Pirata
Pirata


Data de inscrição : 19/01/2013

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptySab 08 Ago 2020, 11:28




O berro do fedor.



Não poderia ser ainda reconhecida, considerada ou sequer tida como uma ameaça grande o suficiente para a Torre. Entretanto, ao assistir o Agente descendo o esgoto para ir atrás dela percebeu algo interessante ''Eu também já não posso ser ignorada'' sentia como se, mesmo no escuro do esgoto, sua própria imagem se projetava como ondas sonoras para além dela. Estava sendo ouvida. ''Agora deixemos o Esgoto falar por mim.''

As sombras a protegiam das adagas do inimigo, engolindo as lâminas arremessadas por ele na escuridão bem longe de onde a garota estava. Utilizando a própria velocidade do inimigo contra ele e a ajuda do pé-de-cabra ela conseguia se aproveitar do chão escorregadio para derrubá-lo, fazendo-o cair na sujeira úmida do piso. ''Este esgoto, Agente. Sinta-o. É o que você defende.'' se exultaria internamente com a imagem dele estatelado. ''Guardião do esgoto nobre.'' nenhuma palavra ofensiva que pudesse ter dito poderia substituir a atitude que tomara, de obrigá-lo a sentir o que era.

Mergulhando nas sombras o Agente voltava demonstrando bastante velocidade ao atacar a pirata de repente, deixando-lhe um corte na barriga do qual sequer pôde se esquivar. ''Rápido...'' de olhos esbugalhados rosnava por entre os dentes para evitar tanto a dor do ferimento quanto para conter o reflexo de abrir a boca e resmungar de dor na mandíbula ao ver o oponente se afastando.

Com as pernas fraquejando um tanto e levando a mão que segurava a peça metálica até a barriga ela dobrava os joelhos de leve lutando contra a barriga dolorida.

De olhos vivos e cintilantes ela não se deixaria fraquejar. Buscaria re-aprumar a postura e encarar o oponente montando a guarda para se proteger dela.

''Ele já está derrotado.''

Ela já havia cumprido seu propósito de fazê-lo sentir o que protegia mesmo estando desarmada. Ouvindo a falta de movimentação lá em cima, ela percebia que ele também estava sozinho ali embaixo. Seus companheiros se afastaram. Ela completara os dois objetivos de despistá-los e de entregar a mensagem o esfregando na imundice. Já não precisava de sua fortaleza sombria.

Com os sentimentos ressonando dentro de si, giraria o pé-de-cabra na mão o ajeitando melhor, prestes a disparar, saboreando - mesmo dentro do fedor - o gosto dos segundos antes do confronto contra um inimigo de guarda armada.

Em uma quebra completa da expectativa, assistindo ao inimigo com a guarda alta, a amazona desfaria sua própria posição de investida e levaria a mão com a peça metálica até a altura do nariz, a balançando na horizontal duas vezes em frente às narinas, sarcasmo estampado nos lábios: o símbolo universal de quem afasta um mau cheiro do nariz com as mãos.

E então investiria.

Não possuía armas e nem mesmo habilidade o suficiente, então o seu desafio não estaria no combate, mas na fuga.

Cindy deixaria um braço para trás conforme se impulsionaria, arrastando o pé-de-cabra na água atrás de si mesmo no seu movimento de aceleração.

Quando se aproximasse o suficiente do inimigo, utilizaria a peça metálica para refletir a luz que vinha do bueiro em direção ao seus olhos.

Talvez, do lado de fora, aquilo pudesse ser apenas um flash comum, quem sabe incômodo, mesmo à luz do meio-dia. Entretanto, cercados pelo breu, esperava que o contraste entre luz e sombras fosse o suficiente para afetar a visão do inimigo por alguns instantes.

E então, combinada à sua investida de luz, puxaria o braço que segurava o pé-de-cabra atrás de si e giraria a cintura junto com o braço para lançar gotas de sujeira em direção ao oponente.

Seu plano seria acertar o seu rosto com a imundice, a fim de afetar não apenas a sua visão, como também o seu olfato.

Algo na forma como ele havia identificado-a um pouco antes a fazia acreditar que ele era bastante sensível neste órgão, e talvez o mau-cheiro pudesse afetá-lo bem mais que o normal.

Uma vez o tendo, quem sabe, ainda que momentaneamente, neutralizado, buscaria saltar em direção ao mesmo e usar o corpo dele como apoio para saltar em direção à luz do sol e para fora do bueiro, utilizando o pé-de-cabra pra alcançar melhor a saída como extensão do próprio braço caso fosse necessário.

Estaria atenta em se movimentar para longe de suas facas caso ele as arremessasse durante a investida dela, bem como para utilizar sua audição para encontrá-lo caso se escondesse e sua acrobacia para conseguir se apoiar a todo momento mas principalmente para se acelerar o suficiente para se aproveitar do momentum e fugir do buraco antes de ser atacada pelas suas adagas quando notasse a oportunidade.

Assim que chegasse lá em cima, caso chegasse, tamparia o bueiro e se aproveitaria da dispersão dos agentes do Porto para tomar a rota menos habitada em direção ao lixão de Latem, utilizando a audição para considerar as melhores rotas para a sua fuga.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[X] Chip do DroidSucata
[ ] NPC Acompanhante tritão com Karatê Tritão
[ ] Ir para Torino Kingdom
[X] Conseguir dinheiro
[X] Me divertir
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptyDom 09 Ago 2020, 05:05

Unidos Por Um Propósito Menor


O lixão



Horário: 13:00
Temperatura: 26°C
Localização: Briss Kingdom

Após o golpe, sentia a dor que o mesmo havia causado, mesmo assim, Cindy era forte, se arrumava e mesmo com aquela dor, ela se mantinha de pé.


A luz que vinha da entrada, iluminava um sutil sorriso sádico vindo do Agente, a garota já havia ali cumprido seus objetivos e portanto, não fazia mais sentido se manter por aquele local.


Com uma investida para cima do Agente, que não entendia o sentido daquilo, uma mulher praticamente desarmada, indo para cima dele.


Pela sua aproximação, ele arremessava mais duas adagas, uma que era miseravelmente atirada de forma errada, parecia que o odor lá o atrapalhava a pensar, a segunda que agora fincava no ombro direito de Cindy.


A adrenalina era tanta no momento que ela não parecia sentir a dor da adaga, usando agora o pedaço metálico, ela conseguia fazer com que o homem tivesse que levantar as mãos para cobrir os olhos, que eram cegados pela luz.


Numa rápida movimentação, ela sujava-o com a água do esgoto, que mais uma vez fazia-o ficar tonto, com aquela distração, ela conseguia usa-lo de apoio para sua escalada.


Usando o apoio e o pé-de-cabra, a amazona agora voltava a superfície.


Se dirigindo para o lixão, a situação parecia ter se acalmado, ouvia ainda assim rápidas movimentações a uma distância considerável da direção que ela seguia para o lixão.


Quase na entrada do lixão, a garota era puxada para a parte de trás de um carro já enferrujado, além de puxada, sua boca era tampada.


Ouvia então uma voz famíliar: — Calma, sou eu! Zaki, aqui já não é mais seguro... chegamos e logo tivemos que sair, tem agentes por toda parte, A bia entregou sua parte da grana e suas coisas que ficaram comigo e vazou, parece que ela vai se mandar da ilha por uns dias. – Zaki que ao olhar e ver algumas pessoas passando, destapava a boca de Cindy.


Ao ver a faca em seu ombro, ele dizia: — Caralho caralho, o que que aconteceu com você menina? Vamos ter que cuidar disso, conhece algum local? que seja mais humilde... menos chances de nós acharem. - Com uma cara de preocupado, ele demonstrava de fato se importar com a menina.


— Tenho que sair dessa ilha logo, mas não sei para onde ir... além do mais, não vou te deixar nessa situação, vou junto te ajudar e depois vejo o que falo, meu dinheiro e o seu estão na bolsa, junto das suas coisas, o Clap, trouxe o mesmo comigo, ele esta no galpão abandonado que fica atrás de nós, pegamos eles e vamos!



Na entrada do lixão, com um galpão atrás deles e perto de uma espaços com diversos carros velhos,  eles se encontravam pelo o que se parecia, seguros... O que então agora fariam?




Consideração:
 
Informações:
 
Machucados:
 

bichaelson

Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 22
Localização : Bahia império nagô

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptyDom 09 Ago 2020, 09:45




Velhos amigos.




Tudo o que conseguia perceber era a própria respiração ofegante.

O ar se forçava contra seus dentes e suas narinas e então escapava chocando-se contra suas amuradas dentárias para sair, e ela sentia-o fluindo para dentro e para fora em grande velocidade sem que a mesma pudesse controlar. Sua caixa torácica se preenchia e se esvaziava e o seu movimento automático era o máximo que seu corpo conseguia fazer em nome da sobrevivência.

Piscava e se lembrava da faca atingindo seu ombro.

Piscava e lembrava de sua mão instantes antes de atingir a borda do esgoto.

Piscava e já estava com Zaki, sem ter notado todo o resto do caminho.

Voltava a perceber a própria respiração ofegante, que era tudo o que possuía para si.

Era como se ela estivesse dando braçadas em alto mar, lutando pela própria consciência ativa.

— Calma, sou eu! Zaki, aqui já não é mais seguro... chegamos e logo tivemos que sair, tem agentes por toda parte, A bia entregou sua parte da grana e suas coisas que ficaram comigo e vazou, parece que ela vai se mandar da ilha por uns dias. - Ouviria as palavras distante. Somente havia conseguido enfrentar o Agente pois havia se recuperado um pouco da dor dos outros ferimentos, entretanto, com o ferimento novo, dificilmente conseguiria ser ela mesma naquele momento. Havia atingido seu limite. — Caralho caralho, o que que aconteceu com você menina? Vamos ter que cuidar disso, conhece algum local? que seja mais humilde... menos chances de nós acharem. - As palavras demoravam de chegar a sua mente. Sequer se lembrava de como fora o caminho... Mas certamente graças a toda a dor, adrenalina e ao quanto tudo fora cansativo. — Tenho que sair dessa ilha logo, mas não sei para onde ir... além do mais, não vou te deixar nessa situação, vou junto te ajudar e depois vejo o que falo, meu dinheiro e o seu estão na bolsa, junto das suas coisas, o Clap, trouxe o mesmo comigo, ele esta no galpão abandonado que fica atrás de nós, pegamos eles e vamos!


''Olha para mim...'' seus lábios ensaiariam um sorriso impossível graças a todos os ferimentos. ''Tendo de ser salva...''

Com carinho e nostalgia, lembraria-se de ela observando Clap como um companheiro no começo da aventura. Observando seus ferimentos e checando o seu estado. A forma como as amazonas zomanenses se tratavam ao cuidar uma da outra, observando os seus próprios destacamentos e tratando-se entre si.

Suas companheiras haviam morrido, seu amor por Zomana havia também ruído com os acontecimentos recentes. Entretanto, aquela forma específica de amor ainda florescia em seu peito, e suas amizades novas não perdiam em nada em questão de companheirismo ao que ela tinha com as garotas com que crescera - com a vantagem de este companheirismo não ser utilizado em favor dos nobres.

Não fazia seu estilo ser a princesa indefesa, prestes a ser salva. Mas muito menos faria sentido para ela não se deixar salvar.

Com toda a dignidade que possuía e tentando controlar a respiração o máximo possível para não soar fraca - mesmo que estivesse - a Amazona levaria a mão esquerda até algum local empoeirado próximo de si e escreveria com a ponta dos dedos: DAN. VERGIL. KELVIN. MÃE NEIVA.

E então viraria os olhos para Zaki, o observando com o olhar fraco mas com o máximo de nobreza - no bom sentido - que poderia reunir. Não como um pedido de socorro desesperado e fraco. Nenhum medo incluso nele. Apenas a mais absoluta confiança, como se dissesse: ''Agora é a sua vez, soldado.''

Deixaria que Zaki cuidasse dela dali em diante. Deixaria que ele buscasse quem eram Vergil, Dan e Mãe Neiva, já que ele muito provavelmente já saberia quem é Kelvin. Falando em Kelvin... O DroidSucata de Cindy estava com ele. A razão de toda aquela aventura, a princípio.

E então tentaria segui-lo da melhor forma que seu corpo permitisse, ainda que isso significasse dormir.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[X] Chip do DroidSucata
[ ] NPC Acompanhante tritão com Karatê Tritão
[ ] Ir para Torino Kingdom
[X] Conseguir dinheiro
[X] Me divertir

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptySeg 10 Ago 2020, 21:48

Unidos Por Um Propósito Menor


A fuga continua?



Horário: 13:45
Temperatura: 26°C
Localização: Briss Kingdom

Cindy mal percebia sua chegada ao local, ouvindo as falas de Zaki, palavras que eram quase não ouvidas pela mesma, o cansaço e os machucados já eram muitos e sua cabeça já se perdia entre o real e os seus lapsos de desmaios, como alguém que está caindo de sono.

Olhando-se percebia o seu estado, sua pele era quase que completa por sangue, em seu braço e sua barriga, o sangue cobria a cor de sua pele, a situação não era boa e Zaki percebia isso.

Escrevendo com a terra do chão, ela conseguia escrever um nome, Kelvin, logo apagava, o cansaço e a dor, a faziam apagar, Zaki segurava-a antes mesmo de cair no chão.

Por segundo antes de apagar por completo, Ouvia Zaki dizer ao segura-la: — Porra! Devia ter ido com ela, não posso errar assim... Kelvin né? Então vamos pra lá...

Zaki, agora com botava Cindy em Clap, saia do lixão pelos fundos dali e se encaminhava para a oficina de Rumbless.

Durante o percurso, a amazona, tinha alguns lapsos, acordava e logo voltava a dormir.

Quando o tritão chegava a loja, de longe era visto por Kelvin, que acelerando o passo puxava Clpa, Cindy e Zaki, rapidamente para sua loja, que em seguida fechava a loja.

Passando a mão pelo rosto tirando o suor dizia a Zaki: — O QUE QUE ACONTECEU AQUI? Agora pouco passam alguns agentes pelas lojas verificando algo e em seguida Cindy aparece assim...

Sem pensar muito ele entrava em contato com um amigo medico, que logo estaria ali para ajudá-la.

Ouvindo a explicação de Zaki sobre o que havia acontecido, ele ficava mais calmo e dizia: — Essa menina... sempre aprontando, aqui já não é mais lugar pra ela ou pra você, posso ajuda-los a sair daqui, tenho alguns contatos que podem levar vocês pra Torino. – Ouvindo essas palavras, mesmo sem saber a opinião da garota, o tritão aceitava a ajuda.

Kelvin que então falava: — Certo, me de algumas horas e resolverei isso, na madrugada tiro vocês daqui. – Dizia com um belo sorriso.

Não demorava muito e agora chegava um médico, o mesmo que logo começava os tratamentos para ajudá-la, fazia a satura nos pontos feridos, bem como enfaixava, seu ombro e barriga.

Para que seu osso zigomático curasse de forma correta, ele usava de um bisturi, cortando uma camada de sua pele, ele com um mini placa de titânio e 6 mini-parafusos, encaixava nos dois pontos do osso quebrado os juntando, além de garantir a cicatrização correta, ele fazia com que a osso não ficasse afundado para dentro, ao fim, fechava o corte suturando o local com 8 pontos.

Placa de titânio que era feita no molde correto por kelvin, que ali com seus equipamentos, a ajeitava.

Ao fim deixavam a garota em uma cama, ao seu lado, um traje que Kelvin havia encontrado no seu estabelecimento.

Zaki, dormiu numa cadeira ao lado da cama de Cindy, o homem havia de fato ficado preocupado com a garota e Clap, apoiando seu rosto nas pernas da dona, também dormia por ali.



Consideração:
 
Informações:
 
Roupas deixadas para Cindy:
 
Machucados:
 

bichaelson



Última edição por Jean Fraga em Ter 11 Ago 2020, 21:01, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 22
Localização : Bahia império nagô

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptySeg 10 Ago 2020, 23:06




Amigos ainda mais velhos



Quebrada e partida em pedaços, Cindy se sentia como lixo.


''Sorte que eu estou no lugar certo...'' como uma pilastra tentando suportar a própria consciência ela expressava a sua dureza da melhor forma que podia: um pensamento inteiro. Aquele era mais um grande esforço.

Sua mente fluiria indistintamente no reino da dor. Às vezes aportava na baía tempestuosa da consciência, apenas para descobrir que não havia aonde ancorar-se por muito tempo e ser tragada novamente pela nebulosa perdição.

- GUH - Gemeria a contragosto, sem nenhuma condição de ser dona de si naquele momento.

A forma como a tratavam era como se ela mesma fosse o resto de algo e estivesse se tornando um droidsucata. O que a traria novamente para a dúvida elementar que a havia feito conversar com Kelvin: Como a personalidade de um robô poderia caber em um chip?

Onde estava seu chip?

Quem ela era, se não fosse Zomana?

O que de Zomana era ela?

Qual era o seu combustível, de que restos foram feitos seu motor, que material era sua base?

Ao montar o DroidSucata ela lembrava-se de ter roubado o lixo diretamente da Macnic e de ter assistido às peças fazendo nascimento. Mas lhe faltava a consciência motriz contida no chip. Aquela pequena peça lhe faria ser ele... E Cindy mal podia esperar para saber quais eram as diferenças entre ele e ela mesma, agora que finalmente se compreendia um pouco mais.

Um redemoinho no porto nebuloso sugara a âncora. Agora finalmente rodopiava para longe da consciência e em direção à infinitude incorpórea e simbólica do seu inconsciente. Tudo de inconsistente se chocava entre si conforme tudo rodopiava, e até mesmo pedaços do porto pareciam nunca ter sido estáveis o suficiente e seguiam a dança do redemoinho.

A dor era tamanha que o próprio céu era sugado. A própria areia, base do oceano, também era sugada. Sem ter onde se apoiar, o redemoinho percebia-se uma tempestade, e as formas distintas não paravam de se encontrar nos rodopios e se unir conforme eram chocadas entre si na forma mais caótica que já vira.

- O que vocês são? - Perguntava um dos treinadores.

- AMAZONAS!! - Aquele fora seu primeiro treinamento. Deveria ter, talvez, seis anos de idade. - O que é uma amazona? - Perguntava.

- O que vocês são??

- AMAZONAS!! - Suas mãos calejadas. Oito anos de idade. Ainda não recebera a resposta sobre o que era ser Amazona, mas sabia que era aquilo o que era.

- O que vocês são??

- Perdedora!! - Uma das adversárias a derrubava no chão em uma luta entre bastões. Mas ser amazona significava vencer, seja lá o que fosse.

- O que vocês são??

- Eu reconheço a sua vitória. - Dizia a companheira caída. As duas se reverenciavam. Vencer era o que uma Amazona fazia. E guerrear. E servir. E proteger. Cindy finalmente entendia. Ela era uma amazona. E aquele era seu porto apoiado sobre o nada.

- O que vocês são??

- Amazona!! - Mas quem era Cindy?

Era noite. E as noites eram realmente frias de onde viera. Seus ferimentos ardiam bastante, aos doze anos de idade, e possuía arranhões em todo o corpo e algumas concussões. Naquele dia Cindy certamente fora a pior de todas. Não no sentido de inferioridade, mas de ter corrido riscos mais do que as outras e por isto ter recolhido ainda mais estragos do que elas.

Quando o algodão com álcool caía sobre suas feridas, sendo cuidada pelas três companheiras que a cercavam, ela simplesmente respirava fundo pelas narinas mesmo com tamanha dor. - Você não nos engana, Cindy. Não é nada durona. - Vicky lhe dizia e então dava um sorriso. Cindy sorria de volta.

Sendo uma Amazona, sempre que um nobre entrasse em uma sala deveria estar em posição de sentido. Sempre que recebesse alguma ordem, terminasse ou começasse um treinamento, ou estivesse em dúvida sobre como demostrar respeito, deveria reverenciar-se. Aquelas eram as regras, os protocolos, e segui-los eram o que lhe faziam ser uma guerreira honrada.

Mas não havia protocolo para sorrisos entre amigos. Aquela fora a sua reação natural ao ver o outro sorriso. Ninguém a mandara fazer aquilo. E ao mesmo tempo... Soou tão certo. Talvez aquela fosse ela. Mas não poderia descobrir. Pois era uma Amazona. E amazonas venciam, não demonstravam dor, eram honradas e seguiam protocolos muito maiores do que elas mesmas. Ouvira que os guerreiros de Zomana costumavam ter a cabeça raspada, uma forma de torná-los mais homogêneos e menos individuais. As garotas prendiam os cabelos bem amarrados em coques acimada cabeça, também pelo mesmo motivo. Sua farda cumpria o mesmo papel. A limpeza, retidão, tudo...

Cindy estava novamente na tempestade. Entretanto, desta vez, o redemoinho era um quadrado rodopiante. Aquilo não fazia o menor sentido. Dentro deste quadrado os empregados da mansão giravam junto aos nobres. Odiava aquele redemoinho. O transformava em um redemoinho sem base novamente, como qualquer outro. Isso. Bem melhor. - O que vocês são?!!

- Pirata.

Os empregados desapareciam do redemoinho, e uma criança começava a ser sugada para dentro dele. Assustada, disparava em direção a ele e tentava segurar a sua mão, o que somente a fazia ser lançada em seu lugar no redemoinho que agora era escuridão e esgoto.

- O que vocês são??


- Lixo. Eu não preciso vencer. Eu posso me tornar qualquer coisa. - Uma mão se erguia como se bloqueasse suas palavras como se elas fossem um golpe.

- Você não precisa vencer, mas você deseja. - O agente de sua aventura passada, o adversário mais valoroso que tivera. Ela teve de evoluir o próprio corpo para superá-lo em seus bloqueios, e a sensação e o prazer de superar o desafio foram tamanhas que ela se sentiu até mesma ligada ao inimigo. - Você não pode ser lixo.

- Eu preciso de algumas peças... - Dizia-lhe Kelvin, seu Mestre. - Mas preciso saber do que elas são feitas.

O redemoinho diminuía e desacelerava aos poucos. Se tornava uma brisa leve. Os símbolos indistintos e fundidos se libertavam uns dos outros. O porto voltava para o lugar, apoiado sobre o nada. Agora aquela era a baía das essências. E ela encarava o mar para ver o próprio reflexo.

Do lado da sua própria reflexão, enxergava Zaki, também em busca do próprio.

Os dois se encaravam e ela dava um sorriso.

- Quem vocês são?

- Eu sou o resto de Zomana. - O treinador ficava confuso.

- E o que isto significa?

- Lixo.

- Me explique a recompensa pela sua cabeça? - Perguntava Zaki, na sala onde planejaram o roubo com Bia.

- Pirata.

- Por quê?

- Alguém disse que eu era.

- Quem??

- Lixo. - Lambia os lábios e afiava o olhar em uma postura gananciosa. - E eu vou transformá-lo também.

Caso acordasse dos seus sonhos profundos e das suas reflexões causadas pela dor, buscaria apenas ficar quieta e assistir ao cenário.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[X] Chip do DroidSucata
[ ] NPC Acompanhante tritão com Karatê Tritão
[ ] Ir para Torino Kingdom
[X] Conseguir dinheiro
[X] Me divertir

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptyTer 11 Ago 2020, 21:18

Unidos Por Um Propósito Menor


Ultimas horas em Briss?



Horário: 18:45
Temperatura: 22°C
Localização: Briss Kingdom

Cindy durante os procedimentos, não parecia estar nem sentindo algo, perdida em sonhos que mais pareciam flashbacks, juntos de algumas doideiras do seu inconsciente, ela agora viajava ali.


Zaki e Clap por ali se mantinham dormindo, a manhã teria sido corrida para os dois, bem com para Vallar, que se encontrava totalmente cansada, Clap parecia ter um pesadelo, visto que de vez em quando, dava pequenos saltos, acordava e voltava a dormir, já Zaki, se mantinha quase que imóvel, sem expressões.


Acordando depois de5 horas, ela agora percebia, que a loja estava fechada e com as persianas abaixadas, ao fundo ouvia, alguém construindo algo, seria Kelvin?

Já perto dela, encontrava uma muda de roupas, as dores pareciam ser menores, provavelmente deram algum remédio para a mesma, Clap estava ao pé da cama e ao ver sua dona acordada, ele saltava para cima da cama, passando sua cabeça na dona, como forma de afeto.


Zaki ouvindo os barulhos se aproximava e ao já ver a amazona acordava, chegava mais perto e dizia: — Cindy!? Está bem? Uffaaa... pelo menos está acordada, bom sinal, bom... – Respirando fundo e demonstrando alivio, ele agora dizia: — Kelvin conseguiu nossa saída dessa ilha, para daqui 4 horas, são 18:45, então as 22:45.

— Melhor não se movimentar muito, mais tarde iremos precisar ir até as docas sem chamar muita atenção e assim sair, por enquanto me manterei com você, alguém tem que te proteger, depois vejo o que faço... Enfim, tem uma muda de roupas ao seu lado, seu dinheiro e suas coisas estão na bolsa no chão, de arma, não achei a sua, deixou lá?


— Parece que algum vizinho, viu nossos rostos entrando e saindo de lá, já tem alguns cartez pela cidade, você agora já ta mais conhecida, enfim, o que faremos? Prefere esperar aqui até a hora de sairmos?



Consideração:
 
Informações:
 
Roupas deixadas para Cindy:
 
Machucados:
 

bichaelson

Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 22
Localização : Bahia império nagô

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptyQui 13 Ago 2020, 17:17




O nascimento do robô



— Cindy!? Está bem? Uffaaa... pelo menos está acordada, bom sinal, bom... - Voltando do seu sonho estranho e ouvindo os sons de algo sendo construído naquela oficina de persianas fechadas, voltava à consciência aos poucos. — Kelvin conseguiu nossa saída dessa ilha, para daqui 4 horas, são 18:45, então as 22:45. - Ainda estava buscando compreender a realidade, e por isto piscava um pouco ao receber tantas informações ao mesmo tempo em que cercava a mão em volta de Clap o afagando.

Lentamente, buscava se arrastar na cama e se ajeitar sentada enquanto media as dores ao longo do corpo.

— Melhor não se movimentar muito, mais tarde iremos precisar ir até as docas sem chamar muita atenção e assim sair, por enquanto me manterei com você, alguém tem que te proteger, depois vejo o que faço... Enfim, tem uma muda de roupas ao seu lado, seu dinheiro e suas coisas estão na bolsa no chão, de arma, não achei a sua, deixou lá? - Levaria a mão esquerda até a testa e respiraria fundo para assimilar tantas informações. ''Minha arma...'' — Parece que algum vizinho, viu nossos rostos entrando e saindo de lá, já tem alguns cartazes pela cidade, você agora já ta mais conhecida, enfim, o que faremos? Prefere esperar aqui até a hora de sairmos?

''18:45... Por quantas horas eu dormi? buscaria massagear as têmporas.

Vagarosamente, a garota ferida buscaria se apoiar sobre os braços para medir a dor e se virar para fora da cama. Argh... faria ao tentar se erguer.

Uma vez de pé, se aproximaria de Clap e encostaria o rosto contra o dele, olhando bem no fundo dos seus olhos enquanto faria carinho com a mão esquerda como forma de cumprimento.

Se viraria então para Zaki e se curvaria de leve em direção a ele, como forma de agradecimento. Voltaria à posição normal e o olharia nos olhos durante alguns segundos, lhe entregando um leve aceno com os lábios em form de sorriso. ''Obrigado por ficar comigo..'' esperaria que seu olhar dissesse.

Cindy havia passado a antepenúltima noite na casa de Kelvin, por isto conhecia um pouco o cômodo. Andaria na direção do banheiro onde tomara banho no dia anterior junto com a sua muda de roupas e buscaria se limpar com o banho.

Deixaria que o sangue ressecado, a sujeira do esgoto e a fuligem da casa escorressem para longe de si enquanto refletiria sobre o seu dia como é inevitável em qualquer banho.

''O chip!!'' arregalaria os olhos lembrando-se dele. ''Já não falta nada!''

Continuaria o banho com ânimo renovado e esfregaria bem o sabão em torno do corpo.

Saindo dele, vestiria suas roupas e procuraria o chip em seu biquíni ou em outros locais da casa. Quando finalmente o encontrasse, devolveria-o para Kelvin com um sorriso lânguido no rosto. Puxaria os lábios para apenas um dos lados da face, em uma expressão cansada e ao mesmo tempo durona, estendendo o chip para que o mecânico pusesse seu droid para funcionar.

''Agora só falta a bebida...''

Pararia por um instante e observaria as próprias roupas, virando o pescoço para os dois lados enquanto olhava para baixo para conferir. Era diferente de tudo que já vestira ''Mas não é ruim mudar...''

Procuraria por algo na sala que pudesse cobrir seu rosto, como uma máscara de proteção de rosto de ferreiro ou algo do gênero, e então tentaria sair da loja de rosto coberto. Buscaria levar apenas uma parte do seu dinheiro, apenas o que julgasse o suficiente para comprar coisas de uma pequena lista.

''Mantimentos para fuga... Hm... Eu preciso de uma mochila para levar as minhas coisas, uma arma nova e diferente, um café como o que Bia me deu para o droid e... Hm...''

Ouviria com atenção os movimentos nos seus arredores e usaria seus conhecimentos sobre o lixão para usar as rotas a seu favor, de forma a tentar prever movimentações de agentes para ir para bem longe delas.

Quanto à sua lista, bem...

Cindy entraria nas lojas e apontaria para os itens que queria esperando ser atendida. Um par de tonfas level2 que julgasse boas, uma mochila que julgasse adequada, uma garrafa com café, e, bem...

Se possível, procuraria por algum local onde vendessem uma bomba. Caso não encontrasse ou julgasse inadequado, não compraria. Levaria seus equipamentos novos para a oficina de Kelvin e procuraria algo que lhe lembrasse uma bomba ali dentro.

Caso ainda assim não encontrasse, entregaria-lhe o café para poder servir como combustível para o droid esperando que ele nascesse ali.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[X] Chip do DroidSucata
[ ] NPC Acompanhante tritão com Karatê Tritão
[ ] Ir para Torino Kingdom
[X] Conseguir dinheiro
[X] Me divertir

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptyQui 13 Ago 2020, 23:06

Unidos Por Um Propósito Menor


A fuga continua?



Horário: 22:15
Temperatura: 26°C
Localização: Briss Kingdom

Se massageando ela recobria melhor a consciência, com dificuldades para se levantar, ainda assim ela conseguia, portanto, agora se juntando a Clap, ela podia aquerencia-lo, o mesmo que parecia estar se deliciando com aquele carinho.

Se curvando e sorrindo para Zaki, ele dizia: — Que isso Cindy, precisa dessa mordomia não, apenas tente não se esforçar demais ok? – Saia então do lugar ao qual Cindy se encontrava.

Entrando agora no chuveiro, ela toma um banho, mesmo que não percebesse, ele levava pelo ralo, todo o resto que sobrava daquela antiga Cindy, era relaxante para seus músculos e para sua cabeça tomar um bom banho.

Lembrava-se do Chip, o tão sonhado chip, aquilo a animava, se limpando, ela saia do agora do banho e bota sua roupa, procurando um pouco, achava o chip na bolsa.

Entregando para Kelvin ele dizia: — Olha a menina está toda alegra pra quem parecia estar bem-acabada... anh? Consegui? Ótimo! Posso acabar seu droide ainda antes de você ir embora! Volte em algum tempo e já estará pronto...

Ouvia as palavras e agora pegando uma mascara de solda ela saia do local a fim de fazer algumas compras.

Saindo a busca, ela passava alguma horas nas ruas, comprava em uma loja de armas que ficava num beco, quase na entrada do morro, uma par de tonfas de boa qualidade, que custavam 140 mil, ainda lá comprava uma mochila de tamanho médio que custava 70 mil berries, por lá não achava a garrafa com café, mas lá achava algumas bombas.

O dono da loja que ao perceber que ela parecia estar interessada em bombas, dizia: — Parece que você quer algumas bombas certo jovem? posso fazer essas 4 menores por 1 milhão e 500 mil berries, mas se de fato quiser fazer um estrago, tenho duas aqui pela bagatela de 3 milhões, olha que não é todo dia que se encontra bombas assim HAHAHA.

Vendo as bombas, percebia que as quatro eram de acender, já as duas maiores, era com um controle.

Saindo da loja e na volta para loja de Kelvin ela achava uma banquinha que estava vendo garrafas com café, no valor de 30 mil berries.

Voltando para Kelvin e entregando o café, rapidamente ele pegava e bota em seu droide, o mesmo que agora ligava, se mexendo e rodando para um lado e outro, ele parecia agora esta com vida!

Havia se passado e faltavam 30 minutos para a partida deles dessa ilha, Zaki então com as suas coisa e de Cindy, falava: —Vamos? está na hora... - Kelvin vendo a situação falava a Cindy: — Se cuide garota, que esse robo faça você sempre lembrar se mim seja forte sempre!! fique bem e quando conseguir de noticias hahah. - dava um sorriso e acenava com a mão.

Parece que Zaki já sabia o caminho, portato, foi a frente de Cindy e esperava-a fora do local.


Consideração:
 
Informações:
 
Roupas deixadas para Cindy:
 
Mascara de Solda:
 
Machucados:
 

bichaelson

Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 22
Localização : Bahia império nagô

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptySex 14 Ago 2020, 19:44




Saindo das Sombras



O café adentrava os circuitos do seu droid sucata e ele começava a se mexer.

Seu olhar se afundava na própria realidade em um estado de transe e ela se lembrava de Dan, Vergil e do próprio Kelvin que ali estava. Se lembrava de tudo pelo que havia passado na ilha, desde o roubo do lixo até o roubo da própria mansão do qual havia acabado de participar. ''É como se ele materializasse tudo isto...'' seu olhar, ainda perdido no transe, brilharia ao encarar o robô. ''Mas ele ainda tem de se apresentar a mim.''

Em breve poderia se comparar com ele diretamente e compreender o chip.

Mas lembrar-se de tudo o que havia passado só a fazia sentir ainda mais desprezo pela classe abastada daquela ilha.

Morderia o lábio inferior e vestiria um olhar sombrio.

—Vamos? está na hora...

Cindy rapidamente ajeitaria as suas coisas na mochila que havia comprado.

Ajeitaria a sela de Clap, deixando a mochila bem presa a ela.

— Se cuide garota, que esse robo faça você sempre lembrar se mim seja forte sempre!! fique bem e quando conseguir de noticias hahah. - Como se flutuasse de alegria a amazona daria um sorriso para Kelvin e então uma última reverência. ''Mesmo sem o robô eu nunca me esquecerei de vocês..''

Com uma caneta e um papel, escreveria DKV8 e então apontaria para o seu droid.

Debaixo do D, completaria com ''an.''. Debaixo do V, escreveria ''ergil.''. E então, sob a letra no meio, o ''K'', escreveria ''elvin''. O nome do seu droid seria uma homenagem aos três que a ajudaram a fazê-lo e ficaria marcado para sempre.

Sorriria para ele ao mostrar o papel.

Quebraria o decoro e daria um abraço rápido em Kelvin, se afastando logo após para olhá-lo nos olhos com o brilho ainda vivo.

Ajeitaria DKV8 na sela de Clap e então montaria sobre ele, saindo de uma vez por todas.

''Eu não consigo lidar com isto...'' refletiria ao acompanhar Zaki até o porto manejando Clap de leve ao montá-lo. ''A minha estadia nesta ilha me fez perceber a dimensão da escuridão que a Briss Tower projeta sobre o resto da ilha... Grande... Grande demais.'' lamberia os lábios com pensamentos vorazes enquanto cavalgava.

''Estou decidida.''

Havia pelo menos 24 horas que Cindy Vallar pensava nisto. Desde a noite anterior, quando pusera Clap pra dormir na hospedaria e vagara pela cidade para ouvir a estrutura da Briss Tower. Lembrava-se de ter ouvido seu coração pulsante, cintilante, alimentando o prédio com luz.

''Eu conheço luzes maiores.'' encararia o céu.

Assim que descobrisse em que lugar do porto estava o navio e aonde eles embarcariam ela pararia por um instante, levantaria a máscara de solda do rosto e olharia para Zaki.

Levantando uma das mãos enquanto segurava a rédea com a outra, poria a palma da mão na direção do tritão e a empurraria contra o ar duas vezes como quem diz ''um instante''.

Vestiria a máscara e então partiria em disparada na direção da Torre.

Cavalgaria Clap usando o máximo de suas habilidades acrobáticas e se prendendo bastante às esporas. Pressionaria-o nas ancas com força. E de novo. E de novo. O corpo curvado para a frente como uma caçadora. As rédeas enroladas na mão esquerda. O faria acelerar o máximo que conseguisse ir em linha reta, usando a audição aguçada para escolher a rota menos habitada e se movendo sob a noite com ferocidade buscando modular a velocidade de acordo com a sua capacidade de evitar os obstáculos que pudessem aparecer.

Chegando próxima à torre seria o mais rápida possível: Se direcionaria até o solo acima do local aonde ouvira na noite anterior que havia o gerador.

Encararia a torre rapidamente.

''Esta torre é um propósito muito grande... Grande demais... Ao ponto de serem necessárias diversas pessoas para cuidarem dela. Nenhuma destas pessoas as mesmas que aproveitam-na.'' pararia o seu pato. A postura altiva. O queixo erguido. Uma verdadeira Amazona representando Latem - desta vez reconstruída por si mesma. ''Sua sombra é gigantesca... E suas luzes incômodas... Mas eu conheço luzes maiores.''

Cindy lançaria as bombas sobre o local acima do gerador de energia e começaria a cavalgar para longe enquanto apertava o botão.

Deixaria que Clap fosse o mais rápido possível. Usaria seus próprios sentidos de Aceleração para se adaptar à velocidade do pato e buscar conduzi-lo através da noite para além da explosão, em direção ao barco em que Zaki estava, sem parar momento algum.

Sabia que a sua investida era temporária, e que em questão de horas quaisquer danos que pudesse ter causado seriam sanados. Como sempre, atacaria o gerador de energia pois era um local no qual a segurança não costumava ver valor. Um ataque simbólico como aquele, de tão sem sentido, poderia até mesmo ser imprevisível ao ponto de confundir os seus adversários. Da mesma forma que os nobres não viam valor no lixo que ela roubara, da mesma forma que os Agentes não conseguiam ver a rota pelo esgoto... Esperaria que a falta de visão deles fosse usada em sua vantagem. E é exatamente este o ponto: O ataque de Cindy não era sem sentido, ao menos não para ela.

Conforme calvagaria em direção ao porto imaginaria o dano atrás de si. Buscaria sentir-se tão grande quanto a torre, tão imponente quanto a mesma. Mas mais do que isto: Apagar a sombra que a torre projetava pela cidade, ainda que temporariamente, seria uma despedida perfeita. Deixaria que as estrelas, maiores do que todas a luzes da torre, caso estivessem lá, brilhassem sobre Latem e Geartrópolis igualmente. Sem nenhuma sombra das torres.

''Dan... Vergil... Kelvin... Mãe Neiva... Bia... Zaki...'' refletiria em sua rota acelerada para o navio. ''...Vejam as estrelas.''






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[X] Chip do DroidSucata
[ ] NPC Acompanhante tritão com Karatê Tritão
[ ] Ir para Torino Kingdom
[X] Conseguir dinheiro
[X] Me divertir

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Jean Fraga
Narrador
Narrador
Jean Fraga

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 11/04/2020
Idade : 17

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptySab 15 Ago 2020, 03:42

Unidos Por Um Propósito Menor


Presentinho Final



Horário: 00:15
Temperatura: 17°C
Localização: Briss Kingdom

Cindy já com tudo pronto, se relembrava de tudo que havia passado, todos momentos que havia vivido.

Ajeitava-se para sair, mas antes deveria pegar seu droide, ouvia as palavras de Kelvin e se despedia, com um rosto super animado.

Escrevendo no papel o nome de seu droide, ele dizia: —Ohhhhhhhhh DKV8 né, bem-vindo ao mundo então hahahah. – Sorridente, ele agora abraçava de volta e acenava para a mesma, se despedindo de longe.

Chegava ao porto com Zaki e achava o local onde estava seu barco de fuga, mesmo assim ela tinha outros planos, com um sinal pedia que ele esperasse, ele começa a falar, mas logo parava, não tinha o que fazer.

Seguindo em velocidade com Clap, ela chegava a torre, se posicionava um pouco acima do local do gerador, encarrando a torre, ela já se preparava para o que devia ser feito.

Lançando as bombas sobre o local, ela acionaria o detonador enquanto se afastava usando a velocidade de Clap.

Ouvia de fundo o som da explosão, bem como um ar que a empurrava junto de Clap para mais longe, a explosão havia sido grande e aos poucos o barulho de vidraças e pedaços da construções eram possíveis ser ouvidos, a explosão foi perto do gerador, o que desligava totalmente as funções do predio.

O ar da explosão, foi o suficiente para tirar seu capacete, ficando com o rosto visível, pela fuga muitos a avistavam, o barulho da explosão e a fumaça causada pelos escombros, eram ouvíveis e visiveis respectivamente, de quase toda cidade , aquele era o presente deixado por ela para os ricos de Briss, uma eterna lembrança de Cindy Vallar, a última Amazona.

Sem muitos problemas ela chegava ao barco, parece que os que antes a vieram, estavam mais focados em proteger os ricos, do que caça-lá, Zaki já a esperava lá dentro, ajudando a entrar com Clap, ele dizia: — Parece que deixou uma boa lembrança para os moradores de Briss hein... Hora de recomeçar. – Dizia apoiando o braço sobre o Ombro da Amazona.

O capitão do simples navio, agora falava com a chegada da menina: — Bem-vinda moçinha! Não devemos demorar muito, no amanhecer chegaremos a Torino! -  Animado ele voltava para sala do capitão, o barco era simples e parecia ser usado para transporte de carga.

Zaki se sentava ao lado de uma Fogueira feita ali fora, agora dizia para Cindy: — Como disse... hora de recomeçar, não sei meu rumo, mas sinto que meu futuro será promissor! – Parecia animado com o que estava por vir.

Clpa se acomodava a baixo de uma tenda pequena e ficava deitado por lá, ao fundo e na saída de Briss, podia ver o caos causado pelo seu presentinho.

Cindy, Clap, DVK8 e Zaki agora se dirigiam para Torino...




Consideração:
 
Informações:
 
Roupas deixadas para Cindy:
 
Mascara de Solda:
 
Machucados:
 

bichaelson

Voltar ao Topo Ir em baixo
Oni
Pirata
Pirata
Oni

Créditos : 8
Warn : Unidos por um propósito menor - Página 4 10010
Masculino Data de inscrição : 19/01/2013
Idade : 22
Localização : Bahia império nagô

Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 EmptySab 15 Ago 2020, 23:00




Unidos Por Um Propósito Menor



— Parece que deixou uma boa lembrança para os moradores de Briss hein... Hora de recomeçar. - Acenaria afirmativamente com a cabeça de forma alegre em resposta. ''...Ou talvez continuar..''

Pensava nas chamas atrás de si e na torre desligada. ''Certamente continuar..'' desligar a torre lhe parecia muito pouco. ''Por enquanto ameaçadora. Em breve, tão grande quanto..'' subia no navio e a cidade ficava para trás. Um observador externo, a depender da perspectiva, poderia perceber que conforme se afastasse da ilha a torre diminuiria e Cindy cresceria.

E ela pretendia ir bem longe.

— Bem-vinda mocinha! Não devemos demorar muito, no amanhecer chegaremos a Torino - Cindy se curvaria para ele em um cumprimento e ao se erguer chacoalharia a cabeça em mais um aceno positivo, e então iria direto para ficar próxima a Zaki.

— Como disse... hora de recomeçar, não sei meu rumo, mas sinto que meu futuro será promissor!

Este era um dos momentos em que valeria a pena para ela derrubar a barreira que sua postura entregava e mostrar exatamente o que pensava para ele.

Utilizando seu caderno e sua caneta começaria a rabiscar algumas palavras para o tritão.

- Quando eu resolvi fazer o droidsucata eu não me imaginava quem eu iria acabar conhecendo, o que eu iria acabar fazendo, e nem o quanto eu iria acabar me transformando... Eu estava muito presa aos valores enormes e ideais da minha terra natal, sem nem conseguir perceber o quanto eu queria mudar. Mas eu fui atrás do chip, algo simples, e aqui estamos nós... Propósitos muito grandes nos prendem, Zaki, quando nos focamos apenas neles. Vamos conhecer novas ilhas. Ter novos desejos. Provar coisas novas. Um desejo simples de cada vez... Vendo como mudamos ao realizá-los... Unidos por um propósito menor.

Cindy se encostaria à amurada do navio, seu desejo simples do momento, e encararia o céu noturno e a brisa marítima da ilha que deixava para trás. Deixaria seu robô circular normalmente pelo navio. A postura relaxada. Um novo tipo de Amazona.






[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Cindy Vallar:
 
Histórico:
 



Créditos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] e [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



objetivos escreveu:

[X] Chip do DroidSucata
[X] NPC Acompanhante tritão com Karatê Tritão
[X] Ir para Torino Kingdom
[X] Conseguir dinheiro
[X] Me divertir

____________________________________________________

''.....''

- Cindy Vallar  

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

GUAP:
 

Ser Staffer:
 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty
MensagemAssunto: Re: Unidos por um propósito menor   Unidos por um propósito menor - Página 4 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Unidos por um propósito menor
Voltar ao Topo 
Página 4 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: South Blue :: Briss Kingdom-
Ir para: