One Piece RPG
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» A Ascensão da Justiça!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 17:33

» Wu-HA!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Oni Hoje à(s) 16:47

» Making Wonderful Land a Real Wonder
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Achiles Hoje à(s) 16:38

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Saitoshiba Hoje à(s) 15:45

» Caçadoras Eternas: Pesar Crescente!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Alek Hoje à(s) 15:08

» Cap. 2 - The Enemy Within
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 14:21

» [Mini-Cadmo] Prelúdio
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Kiyomi1 Hoje à(s) 14:08

» [Mini - Moonchild] As a living shadow
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Ryoma Hoje à(s) 13:01

» Hey Ya!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 12:06

» Cap 4: O Silêncio dos Inocentes
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 10:50

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Mephisto Hoje à(s) 8:54

» Em busca da resistência
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 5:30

» Pandamonio, Vol 1 - Rumo à Grand Line!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Fran B. Air Hoje à(s) 5:09

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Meursault Hoje à(s) 4:53

» X - Some Kind Of Monster
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:59

» Primeiros Passos
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 22:09

» Chapter I: Seafret - Oceans ♪♫♪
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Nolan Ontem à(s) 22:07

» Cortes e Tiros, resgate na ilha das aranhas!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor jonyorlando Ontem à(s) 21:19

» Alejandro Alacran
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor Buggy Ontem à(s) 20:27

» A inconsistência do Mágico
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Emptypor CaraxDD Ontem à(s) 19:42



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 [LB] O Florescer de Utopia III

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty03.07.20 0:58

Relembrando a primeira mensagem :

[LB] O Florescer de Utopia III

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) marinheiros Karyo Shen, Calros Lazo, Laith Kinder e Katherine Silverstone. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Vincent
Soldado
Soldado


Data de inscrição : 12/06/2017

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty31.10.20 23:55






Havia conseguido encontrar Helena debaixo de um dos escombros utilizando uma pá feita de biscoito “Espero que essa idiota ainda esteja viva” suspirava enquanto a puxava para perto de mim. A levaria até uma das tendas que haviam sido montadas provisoriamente pelos outros - Eu trouxe alguém que está precisando de ajuda diria inicialmente a quem estivesse ali. Não poderia ignorar os ferimentos que possuía e por isso permaneceria ali por algum tempo para que também pudesse ser tratada - A próxima serei eu diria em um tom autoritário. Após isso poderia continuar buscando por outros dos nossos que poderiam ainda estar soterrados.

Aproveitaria esse momento para pensar em algumas coisas, talvez até conversar com Katherine sobre o futuro e novamente tentar convencê-la a não fazer nenhuma besteira posteriormente. Eu não pretendia voltar a revolução, mesmo que a ideia dela fosse retornar após a plena recuperação de Battos. A sua intenção pouco importa quando se é visto como um criminoso pela maioria das pessoas e também quando se está enfrentando uma das maiores organizações do mundo. Buscaria por estabilidade nesse momento, não quero ficar fugindo de um canto para outro a todo momento “Eu não posso simplesmente deixar os revolucionários para trás, pessoas deram suas vidas para que você chegasse até aqui sabia?”  ela começava a falar um tanto irritada “Ninguém foi obrigado a fazer isso, eles fizeram por vontade própria” não poderia me importar menos “Tomo as minhas decisões com base no que acho correto e não me baseando no que os outros querem, principalmente os mortos que não podem sequer reclamar” diria em seguida.

Obviamente sabia que dificilmente chegaríamos a um consenso agora, mas poderia tentar convencê-la mais um pouco “Você também poderia se importar com aqueles que conversou na marinha”  relembraria ela desse fato “ Vai mesmo trair eles depois de dizer para a Helena que não faria isso?” questionaria. A ideia era pressioná-la  até desistir de sua ideia “Eu não irei fazer isso” se mantinha relutante “Ah é, como pretende ir embora sem fazer isso?” perguntaria com um sorriso no rosto em deboche   “Eu pagarei a dívida e depois falarei com eles, com certeza entenderão meus motivos” isso era um absurdo “Se você diz isso né” suspiraria, encerraria a discussão ali já que ela não cederia.

Inesperadamente os biscoitos se tornavam mais interessantes, o que estava em minhas mãos mesmo estando ensopado ainda era bem resistente. A surpresa maior se dava quando ele virava uma pá assim como eu tinha pensado anteriormente, esse era um novo conhecimento que mudava totalmente a minha perspectiva a respeito do fruto. A questão agora  era até onde poderia ir com esse poder e não mais se era útil ou não já que isso fora comprovado com a pá. Quando estivesse no QG poderia testar isso em breve “Antes você estava reclamando, mas agora tá até gostando” provocou “Claro, eu estava esperando uma coisa e a primeiro momento pensei que tinha ganhado outra” responderia com certo desinteresse.

Após isso não demorou muito para retornarmos e as experiências que havíamos tido nessa batalha se tornavam apenas memórias. Durante esses dias procuraria descansar e também aproveitar os momentos livres para aprender coisas novas, talvez uma nova forma de lutar utilizando os biscoitos quem sabe. Também buscaria por um médico para entender o que tinha sentido antes na batalha, explicaria a ele sobre como havia conseguido visualizá-los mesmo não conseguido vê-los realmente e sobre os sentimentos que haviam desequilibrado a minha mente totalmente - O que pode ser isso? estaria demonstrando certa curiosidade.







~ Histórico ~



Ganhos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], Surra(?), Haki da Observação, Bisu Bisu no mi.
Perdas: N/A.
Posts: 16
Relações com NPC's:

~ Legenda ~


Pensamentos: Katherine - Azura
Fala (ambas)
Personalidade atual: Katherine  


Objetivos:
 



Perícias, Vantagens e Desvantagens:
 


Última edição por Vincent em 24.11.20 8:49, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty05.11.20 9:39



[LB] O Florescer de Utopia III — 016

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O escudeiro, subordinado d'Os Números', se lamentaria durante muitos anos do momento que segurou a perna do tenente e, devido à isso, perdeu a sua mão. Sua mão de espada, mais precisamente. Laith, por sua vez, seguiu como se houvesse pisado em uma formiga.

Aquém disso, os marinheiros permaneceram buscando e salvando os soterrados, embora algumas perdas fossem inevitáveis. Os feridos eram levados para algumas tendas próximas, onde eram tratados, e os mortos eram dispostos em duas áreas distintas do outro lado dos escombros, com os Números ocupando uma área bem maior, graças ao trabalho incansável do tenente Kinder.

Quando a chuva finalmente passou e o sol ressurgiu, já com metade de si escondido abaixo do horizonte, a cacofonia de mortos e feridos havia sido transformada em três grandes grupos, como citado anteriormente. E então não demorou para começarem o transporte dos marinheiros sobreviventes até o QG, com os mais feridos sendo levados para a área médica para tratamentos mais intensos e os demais sendo liberados para se alimentarem e descansarem.

[...]

Os dias se passaram com o QG e seus marinheiros mergulhados numa melancolia que permeava cada canto e cada ser daquela instituição. — Menos o jovem Kinder, é claro, sendo chamado por alguns de 'Algoz'! — Dois dias após o confronto, houve o enterro dos falecidos. Os aliados foram homenageados diante do QG pelo Comodoro, onde armaram uma estrutura com uma foto de cada um dos vinte e quatro bravos guerreiros do mar que perderam suas vidas protegendo aquela ilha e todos os seus moradores. Os civis puderam assistir a cerimônia e levaram flores, dispondo-as em frente ao QG e também próximo dos escombros de onde tudo aconteceu. Os inimigos foram enterrados no cemitério, sem cerimônia ou pompa, com apenas alguns dos familiares dos traidores presentes, consumidos pela dor e pela vergonha.

Nos dias seguintes, Laith e Calros tiveram uma breve conversa filosófica sobre o ocorrido e cada qual ponderou sobre quais seriam seus próximos passos. Laith também recebeu o sobretudo encomendado, literalmente feito sob medida para si. Karyo Shen teve seus ossos remendados, embora a médica indicasse que não era especialista no assunto e o recomendasse consumir muito cálcio com comidas como brócolis, feijão branco e leite. Azura, por sua vez, descobriu que havia despertado o Haki da Observação e, assim como a sua akuma, precisaria treinar para aprimorar suas duas novas habilidades. Kyo visitou Calros algumas vezes, informando-o como podia. Karin o visitou também, acompanhada de Gwen, fofinha como sempre e obviamente escondendo algo, já que não parava de dar risadinhas ao lado do marinheiro, mas sem nunca dizer o motivo.

[...]

Dez dias após o ocorrido, os marinheiros acordaram com a mensagem de que deveriam se apresentar à frente do QG às dez horas da manhã. Um pequeno palanque, mais bem elaborado do que o da última vez, estava sendo montado, mas ainda havia tempo o suficiente para os marinheiros aproveitarem a manhã.

Legendas:
  • Comodoro Hall Jackson
  • Capitã Katt Knockout
  • Tenente Helena Aakre
  • Tenente Günter
  • Tenente Erza Scarlet
  • Sargento Amanda
  • Soldado Kyo Chiba
  • Marine
  • Marines Corrompidos e demais Inimigos
  • Ishisaki Oota
  • Okama
  • Jovem Espadachim
  • Alexander


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Calros Lazo:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Karyo Shen:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Laith Kinder:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Silverstone:
 
Histórico:
 

NPCs, Pets e Afins:
 

Gwen:
 

Bisu Bisu no Mi:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Capitão
Capitão
Kekzy

Créditos : 65
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty05.11.20 17:55












Entreabria os olhos e já não estava mais no campo de batalha. Estava em um lugar conhecido, no qual havia visitado os meus companheiros diversas vezes. "Agora serei eu o visitado... - balançava a cabeça, a fim de me livrar daquele torpor de recém-acordado. Meus ossos ainda doíam, apesar da enfermeira me garantir - ou nem tanto - que estava bem. "Só preciso de alguns cuidados..." - e não deixaria de tomá-los. Devia ser estranho cuidar de uma pilha de ossos pela primeira vez; era aceitável que ela duvidasse de seus conhecimentos quando aplicados a mim. "Bem, não é uma dieta ruim" - avaliava. Feijão branco, brócolis e leite, segundos as instruções, essas seriam rigorosamente as minhas refeições nos próximos dias.


[...]

Não deixando o tempo passar após acordar e fazer uma refeição, usaria de minha foice como muleta para ir até o túmulo de minha falecida amiga. Com a mão no tórax, postado de pé em frente à lápide, permaneceria ali por um bom tempo. "É a segunda pessoa importante que eu tenho que me despedir dessa forma..." - a primeira havia sido o meu pai adotivo, o qual me criou e ensinou quase tudo que sei. Assim como fizera com ele, retiraria meu boné da marinha e colocaria em cima do túmulo. "Me assista de onde estiver. Eu alcançarei a justiça que desejávamos" - não mais de olho para o túmulo, encararia o céu. "Onde quer que estiver, aceite isso como um pedido de desculpas. Não posso ficar aqui para sempre, mas as minhas armas continuarão a proteger a sua memória" - assim, fincaria duas das minhas foices na terra ao lado do túmulo, em forma de X.¹ — Descanse em paz - me despediria, em tom melancólico. Aquela seria a minha marca e, se sonhasse que alguém a perturbara, voltaria todo o mar para punir aquele que o fizera. "É uma promessa" - declarava.


[...]

Nos próximos dias, estaria visivelmente abalado, no que pese tentar manter a postura. Mais fechado, calado, ainda que cumprindo com os deveres. Meu pensamento estava ali, no passado. Encontrava-me em meu período de luto, o que não me poupava de dolorosas reflexões. Quantas vezes já não havia olhado para meus punhos e pensado que me faltava força? Nem o ápice do sentimento de poder que senti ao lutar contra Ishisaki havia sido o suficiente. "Preciso treinar mais. Aproveitar a oportunidade que o Comodoro está aqui e treinar junto a ele, sei que posso aprender muito com o homem, bem como aprendi com a Capitã - remorava as nossas aulas, quando aprendi a utilizar o rokushiki soru. "Se ao menos eu aprendesse a usar a técnica que o Ishisaki utilizou... o Tekkai ajudaria bastante contra golpes que não conseguisse esquivar. E o Geppou que a Capitã utilizou contra o escudeiro..." - já tinha em vista o que precisava fazer para ficar mais forte. Aprender com os meus inimigos também era uma forma de crescimento; e com os aliados, mais ainda.


Por fim, chegava o dia que o Comodoro Jackson havia anunciado. Da última vez que havia convocado todos, havíamos partido para uma grande empreitada contra poderosos inimigos. Agora, entretanto, não tinha ciência de nenhuma nova e recente ameaça. O que ele estava pensando? Honrar os mortos? As condecorações? Eram hipóteses prováveis, mas na situação de Utopia, eu temia pelo pior. De toda sorte, não deixaria de seguir os conselhos médicos e continuaria rigorosamente a minha dieta, tomando um café da manhã bem reforçado no refeitório, atento a ações estranhas por parte dos marinheiros. "Essa paranóia..." - balançava a cabeça, tentando me livrar do pensamento daquela vez em que fomos atacados de surpresa mesmo ali.


Sentado ali, pensava no tanto de afazeres que ainda havia a serem feitos. Não abriria mão de me encontrar com Ishisaki novamente e precisava, também, de um momento a sós com a Capitã Katt, o que o tempo não me proporcionara. Além do mais, precisava dar mais face aos meus companheiros de batalha. Já havíamos passado por tanto que sentia que éramos um sólido grupo. Por isso, mesmo exausto e querendo evitar as memórias, sentaria-me à mesa com eles, se possível. Trocaria as palavras pelos gestos e olhares, os quais eram o suficiente para transmitir breves mensagens sobre minha disposição e necessidades. E, se Gunter estivesse ali, cortaria o silêncio — Eu não deveria tê-la deixado ir... - diria, comendo, mas sem tanta vontade assim.




¹ Os itens a que me refiro constam no Inventário, sendo eles a Sinfonia dos Céus e a Foice Level 3.









~ Histórico ~





Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 17
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Justiça Dupla

Ganhos: Boia de Cavalo Marinho (Evento); Shortinho de Estrelas do Mar (Evento); Haki do Armamento; Haki do Rei; Medalha: Mastermind, Sailor, Brotherhood, Reinforcement, Medal of Prime Service; Bravery.
Perdas: Sinfonia dos céus e Foice - Level 3; 2x Suprimentos (13/20 - atualmente)

NPC's:
Players
Extras: Utopia (30/30)
Missões: Capturar Os Números e Desvendar o Sistema de Difamação da Marinha.














Objetivos



Spoiler:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 158
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty05.11.20 22:35




Posts em Utopia - 82

Na minha estadia no hospital, Kyo acabou aparecendo para me informar algumas coisas. Amanda acabava sabendo por causa do tenente Kinder, mas a soldada acabava me informando da morte do soldado Yagi. Mais uma amostra clara da minha incompetência. Não havia conseguido nem proteger os poucos soldados a meu comando, imagina alguém de mesma patente que provavelmente era mais forte do que eu. Durante essas visitas acabei pensando no meu trabalho como superior e em como podia acabar influenciando as pessoas a fazer coisas que elas mesmas podiam não querer.

Olharia para Kyo e comentaria. — Obrigado pelas informações. — Diria quando ela já claramente não tinha mais nada para comentar comigo. — Não precisa se preocupar em me informar mais. Diria, claramente dispensando-a dessa tarefa que ela levara consigo para depois do dia e não para o momento que havia requisitado em si isso. — Se quiser vir para visitar, sinta-se à vontade, mas não pense nisso como uma obrigação. — Diria com um sorriso para meramente fazer ela ficar irritada.

No entanto, isso não duraria, pois ficaria sério para demonstrar que queria alguma resposta mais honesta. — Antes você falou para lhe chamar como eu quisesse. Mas você não precisa se passar por homem porque o tenente Shen acredita que você é um... também não precisa falar que é mulher se não quiser. — Daria uma pausa para ela lembrar que havia falado disso com ela vários dias atrás. — Eu, pessoalmente eu, acho que fingir ser de outro sexo é algo que você não deve fazer meramente porque te confundiram. Mas o que você realmente quer?

Daria uma pausa para ela pensar no que queria. — Se ser chamada de menino é o que você quer de qualquer forma, não posso simplesmente bater no tenente por ser cego e não ver o óbvio se você quiser continuar sendo tratado como um menino. — Claro que a parte de bater nele era uma piada, se havia algo que ficara claro era o tanto que era fraco em comparação com os tenentes. — Mas se quiser ser identificada como menina eu vou falar com o tenente como ele está sendo cego. Por mais que ele não tenha olhos... — Falaria quase rindo no final pensando se isso realmente poderia influenciar em algo.

Após a resposta dela, seja qual for, comentaria antes dela partir. — Não sei o seu passado exatamente para saber por que alguém tão nova(o) quis entrar para a marinha. — Como falaria dependeria de qual seria a resposta dela. — Como acho que você não vai querer sair, pelo menos me procure se precisar de ajuda para qualquer coisa. Bom, menos para luta, para isso peça para o tenente Kinder ou para o tenente Shen. — Comentaria olhando para o meu próprio corpo.

Ainda enquanto estava no hospital, Karin acabou aparecendo com Gwen. As duas com certeza estavam se dando muito bem. E bem, eu não estava nas melhores das condições. A menina claramente escondia alguma coisa, não sabia se ela queria me contar algo ou que deixasse passar batido naquele primeiro momento. Mas a curiosidade acabou me vencendo nesse primeiro momento. — Alguma novidade? — Perguntaria tentando sorrir e soar melhor do que eu estava.

Após a resposta da baixinha, perguntaria o seguinte caso não fosse essa a novidade dela. — Karin, recebeu alguma novidade do seu pai? — Perguntaria enquanto indicava para Gwen se aproximar de mim por um tempo. Numa possível negativa da menina, comentaria. — Vou ficar aqui no hospital por um tempo ainda. E não sei se é um bom ambiente para o povo ver a Gwen. Por algum motivo o povo acredita que ela é perigosa. —Comentaria com a pequena menina. — Posso deixá-la com você até receber alta? — Se a menina falasse que sim, enquanto acariciava a aranha falaria para ela. — E você trate de cuidar dela enquanto eu estou aqui hein. — Falaria, deixando que Gwen fosse com a pequena naquele primeiro momento.

Após dez dias naquele hospital acabava recebendo a notificação de que algo ocorreria na frente do quartel general. Não posso mentir que isso me dava uma péssima sensação. A última vez que saímos lá sem aviso o comodoro levou a gente para aquela luta bizarra. Levando em conta que a sargento Amanda havia acabado de partir sem se recuperar direito, não poderia deixar de pensar que ele poderia me mandar para uma luta.

Após tomar café da manhã, iria para a frente do quartel general ver como estava a situação. Onde preferia ficar mais próximo de alguma parede se acabasse me cansando por estar em recuperação e precisasse de algum apoio para descansar.





Histórico:
 

Ficha para ajudar:
 

Inventário Atual:
 

Objetivos:
 

Gwen - Pet Normal:
 

Quem dera fosse npc acompanhante:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vincent
Soldado
Soldado
Vincent

Créditos : 48
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 9010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2017
Idade : 18

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty09.11.20 22:11







Os últimos dias haviam sido de extrema melancolia, afinal houve os enterros e homenagens para aqueles que tinham partido. Nesse tempo finalmente entendi o que tinha ocorrido quando entrei em colapso, havia despertado o chamado Haki da Observação, mas para controlar essa habilidade precisaria de algum treinamento antes. Eu ainda queria entender um pouco mais sobre isso, então aproveitaria para perguntar ao Comodoro ou a Capitã quando estes estivessem com algum tempo livre para me ceder explicações.


Como antes, todos nós havíamos sido chamados para nos apresentarmos em frente ao QG já que provavelmente teria alguma pronunciação. Mas, enquanto eles terminavam os preparativos poderíamos aproveitar a manhã “Talvez seja a hora de verificar como estão as coisas na enfermaria” estaria um tanto pensativa. Antes de me preocupar com isso, iria primeiro buscar algo para comer no refeitório e depois seguiria até o local. Queria saber sobre a situação de Battos já que ele é o motivo que prende Katherine na marinha, se ele estivesse bem talvez pudesse manda-lo ir embora após uma boa conversa com meus superiores.


Aproveitaria também para ver como Helena estava, como não havíamos tido contato durante os últimos dias aproveitaria para agradecê-la pela ajuda na batalha. Tinha ganhado a luta contra Alexander por causa da ajuda dela e seria injusto não a agradecer. Resolver as coisas usando a força com certeza não era a melhor forma ainda mais se está lutando sozinho, mas aparentemente os criminosos preferem apanhar para então se renderem. É por isso que o uso de grandes forças é a melhor escolha a se fazer, afinal é muito trabalhoso lidar com mais de uma pessoa de uma vez e assim as coisas acabam de maneira mais rápida.


Não gastaria muito do meu tempo no refeitório já que queria ficar o máximo de tempo possível na enfermaria. Se acabasse por encontrar algum conhecido o cumprimentaria - Bom dia isso já seria mais que suficiente.  Diferente de Katherine não tinha motivos para ser simpática com todas as pessoas que encontrasse pela frente, meu desdém seria ainda maior se cruzasse caminho com o tenente ruivo.  Esse não merecia nenhum pouco do meu tempo, afinal era praticamente um completo idiota “Então concordamos em algo?” questionou “Não, você com certeza continuaria dando trela pra ele continuar falando baboseiras” ela é boazinha demais para ficar fazendo essas coisas.


Quando chegasse a enfermaria iria primeiro verificar com um médico se algum dos dois que procurava estava acordado. Pelo horário não duvidava disso e por isso faria o questionamento - Olá, o revolucionário já está acordado? iria direto ao assunto - e a Tenente Helena? diria em seguida caso a primeira resposta fosse negativa. Tendo uma resposta positiva seguiria até a cama onde ele estava acomodado - Olha só, quem está aqui faria uma falsa surpresa - Já se sente melhor? daria algum intervalo entre minhas falas para que ele pudesse assimilar tudo - Que bom, precisaremos conversar mais seriamente mais tarde mudaria o tom rapidamente. Se fosse encontrar Helena mudaria um pouco a abordagem - Bom dia, como vai? talvez fingisse alguma simpatia.






~ Histórico ~



Ganhos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], Surra(?), Haki da Observação, Bisu Bisu no mi.
Perdas: N/A.
Posts: 17
Relações com NPC's:

~ Legenda ~


Pensamentos: Katherine - Azura
Fala (ambas)
Personalidade atual: Katherine  


Objetivos:
 



Perícias, Vantagens e Desvantagens:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ato IV: Aranhas e mais aranhas
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Vincent em 24.11.20 8:52, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 72
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty12.11.20 13:38





Todo aquele episódio tinha sido apenas um grão na areia do tempo, o que era interessante de se pensar, vários momentos de vida ou morte que no fim foram apenas um intervalo pífio frente a imensidão da história da ilha. "Que cômico pensar em todas as vidas que serão apenas sussurros, elas podiam ter brilhado mais ou ter tido um fim melhor, seria uma obra bem mais interessante." Pensava enquanto andava pelos corredores, ouvir, mesmo que por sussurros, o nome Algoz era algo ainda mais divertido, talvez os soldados dali nunca tinham sido tão precisos, eu de fato era isso, e não pretendia mudar, isso estava marcado na minha natureza e de tal forma deveria se manter.


Todavia, algo ainda perturbava-me daquele evento, não havia sido um combate fácil, na verdade tornou-se custoso, e aparentemente ainda haviam outros por trás dos vilões, o quão forte seriam? Não conseguira lutar contra os inimigos propriamente ditos, somente seu exército, e isso fora o suficiente para por em cheque minhas forças. Não havia opção, deveria ficar mais forte.


- Alguém viu o irmão do sargento Ryan? Perguntaria aos marinheiros que passassem no caminho. Aquele garoto tinha potencial para se tornar algo maior, nascera nele uma chama maior do que pensava, era a vontade de fogo suficiente para tornar-se uma força de sede de vingança, talvez ele seria  o motor para colocar essa ilha no seu devido lugar. Tendo minha resposta, seguiria até o mesmo abordando-o com uma rápida continência.


- Espero que esteja melhor soldado, novamente meus sentimentos pela sua perda. Dizia brevemente, em um tom neutro, sacando de meus itens uma kunai, entregando-a pela parte do cabo para o garoto. - Não pude falar muito com você depois do combate, entretanto saiba que eu carrego parte da culpa da morte de seu ente querido, me faltou força, faltou a todos nós. Dizia e caminhava mais adiante no corredor, parando pouco atrás dele e em um tom mais baixo falaria para nós, com um sorriso de prazer no rosto. - Acredito que os responsáveis pela morte de seu irmão ainda estejam por ai, alias, ainda estejam aqui. As raízes deles se tornarão flores e cabe a você ser o jardineiro que irá arrancá-las, a força que nos faltou nasce do ódio, Utopia tornou-se uma Lótus de sangue e poucos sabem cuidar devidamente de uma planta exótica como essa. Eu posso ser um Algoz, mas foi por esses atos que nossas baixas foram menores, o caminho do sangue tem um preço alto, mas dá o poder que nos falta. Dizia por fim voltando a andar, não respondendo mais o garoto.


Agora, ainda me faltava um tempo até o anúncio, no que eu poderia me tornar mais forte? Sabia usar minhas mãos, minhas lâminas. O que faltava? Olhava por um tempo de cima para baixo até encontrar meus pés. - Hmm, não é uma má ideia. Assim, começava a caminhar em direção da área de treinos e chegando lá anunciaria. - Algum soldado aqui sabe como lutar com os pés? Preciso de boas aulas. Dizia brevemente com um curto sorriso, esse verdadeiro, mas pela ânsia de se fortalecer.








~ Histórico ~




Ganhos:  Chocopato
Perdas:
Posts:17
Relações com personagens:

~ Legenda ~


Fala: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pensamentos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


objetivos:
 

Mini-ficha:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty15.11.20 21:23



[LB] O Florescer de Utopia III — 017

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Graças ao tenente Shen, a lápide de Amanda foi adornada com um boné da marinha e duas foices cruzadas, protegendo-a. O próprio tenente já havia visto ladrões de tumba, na época em que conheceu a pequena Kyo, será que suas foices seriam o suficiente? Independente da resposta, os dias seguintes passaram como uma névoa, já que a sua determinação havia sido abalada, até a manhã da convocação. Em silêncio, se dirigiu até o refeitório e começou o seu desjejum.

O burburinho do lugar era sempre presente, mas estava mais contido do que antes, como se todas as falas fossem proferidas em sussurros. Günter chegou alguns minutos depois e se sentou ao lado do esqueleto, murmurando um bom dia. Ouvindo Karyo, soltou um leve riso antes de responder: — Não acho que ela teria desistido, independente da sua opinião... — O atirador também comia lentamente, sem vontade, e levou um bom tempo para engolir uma colherada do seu prato e continuar: — Ouvi que ela auxiliou na liderança e que participou na ofensiva contra o ex-sargento Liebert. — Cabisbaixo, deixou escapar um longo suspiro. — Primeiro você morreu para salvar a ilha daquele tritão, e agora Amanda se foi para evitar que muitos outros morressem pro atirador traidor. Não é fácil de aceitar, mas é a nossa vida! — Afirmou, de olhos fixos na comida e mastigando-a como se fosse a pior refeição do mundo.

[...]

O sargento Lazo, por sua vez, aproveitou uma das visitas da soldado Kyo para lhe indagar sobre seu sexo e como os outros se dirigiam a si. A jovem, no entanto, havia amadurecido durante a batalha, levando suas obrigações como marinheira mais a sério do que antes e até mesmo se portando com mais autoridade. A adaga agora sempre presente em sua cintura. Sequer se irritou com o sorriso do sargento. — Você tem razão, Calros-san. Eu realmente não me importava antes e, embora ainda ache besteira, não vou mais ouvir e ficar calada diante de algum erro, simples como esse ou não. Da próxima vez que eu conversar com o tenente Shen e ele cometer esse erro, eu o corrigirei, não se preocupe. — Após ouvir as próximas palavras do sargento, a jovem deu uma breve gargalhada antes de responder: — Eu entrei porque o tenente Shen me obrigou! HAHA! Mas hoje eu realmente aprecio estar aqui. — Disse com um leve sorriso, antes de sair e deixar que o sargento voltasse ao seu descanso.

Em outro momento, Kyo trouxe a pequena Karin para visitá-lo, com Gwen a tiracolo. Apesar de sua felicidade latente, negou um possível novidade com um largo sorriso. Mas quando perguntou sobre o seu pai, a pequena fez um beicinho e baixou a cabeça, tristonha. — Ainda não, mas já era para ele ter voltado! Será que ele esqueceu da Karin-chan? — Kyo se aproximava da pequena, acariciando sua cabeça ao falar: — Tenho certeza que não esqueceu, ele deve estar comprando mu~itos presentes para você!YAY~! — Comemorou, tão animada quanto antes. E ficou ainda mais animada, se é que isso era possível, quando Calros indagou se ela poderia continuar com a aranha. — Pode deixar! — Com a esquerda, bateu continência de forma bem espalhafatosa, atingindo a testa com mais força do que o necessário. Kyo deu um leve sorriso, tocando duas vezes no ombro direito da pequena, ao passo que ela baixou a esquerda e bateu continência mais uma vez, agora com a destra.

No dia da convocação, Calros foi o primeiro a chegar à área denominada, tendo se alimentado ainda na enfermaria e recebendo alta logo após. Dois soldados montavam um simples palanque, dando uma sensação de Déjà vu ao sargento.

[...]

Katherine se alimentou rapidamente e saiu do refeitório logo após, vendo o esqueleto e o tenente Günter sentados juntos num canto, mas sem falar com ninguém. Seguiu direto para a enfermaria, já acostumada com o local e suas direções. Desde a batalha — ou seria desde sua admissão na marinha? — que sentia-se observada quando dentro do QG. Por vezes, conseguia ver de relance um soldado ou um sargento olhando em sua direção pouco antes deles virarem um corredor ou passar por uma porta. Seria paranóia ou algo mais?

Chegando à enfermaria, indagou ao soldado na recepção sobre Helena e o revolucionário. O jovem precisou folhear alguns papéis antes de lhe responder. — Vejamos… Um dos revolucionários recebeu alta e foi escoltado até a prisão, onde espera julgamento. O outro ainda permanece na enfermaria. A tenente Helena também recebeu alta. — Sem mais informações, Azura precisou seguir até o fundo da enfermaria, até a última maca, para se deparar com Battos deitado. A maca ao lado, antes usada por Ramiro, agora tinha um soldado ferido.

Battos ainda estava com diversas ataduras pelo corpo, embora os tubos tivessem sido retirados. A algema permanecia prendendo seu pulso à maca, obviamente. Acordado, observou a ruiva por alguns segundos antes de finalmente reconhecê-la. — Major?! — Sua voz era fraca e seus sentidos pareciam lentos, demonstrando que ainda não havia se recuperado totalmente. Após um suspiro de alívio, seguido de uma tosse e uma careta de dor, prosseguiu: — Que bom que você está bem! Não me dizem nada, desde que eu acordei! — Com um leve sorrisinho, respondeu a pergunta da sua superior. — Melhor? Me sinto como se tivesse sido atropelado por um Expresso Oceânico! — Após a piadinha, sua expressão mais uma vez se tornou séria. — Ainda não acredito que Alexander nos traiu… Ele matou nossos companheiros e atacou a si mesmo quando percebeu que eu me aproximava, fazendo com que eu o levasse até você. Ele confessou após atacar eu e Battos. — Mais um suspiro, este de exaustão, antes de observar a ruiva atentamente por alguns segundos e indagar: — Falando de traição… Você vai me explicar porque está vestida como uma marinheira?

[...]


O Tenente Kinder resolvia gastar parte da sua manhã buscando pelo escudeiro e não demorava a encontrá-lo no refeitório, na fila para pegar seu desjejum. O escudo de madeira em suas costas ajudava a identificá-lo rapidamente. O tenente também percebia que o escudo havia sido reforçado com tiras de metal, provavelmente uma resposta ao que havia acontecido com o escudo de seu irmão. O soldado batia continência para Laith, assim como vários outros na fila, agradecendo pelos seus sentimentos com um breve curvar de cabeça. Pegando a sua bandeja e dando apenas dois passos rumo a uma mesa vazia, era interrompido pela kunai oferecida pelo seu superior. Hesitante, moveu a bandeja para segurá-la apenas com a canhota e, com a destra, pegou a arma oferecida. — Pra quê isso? — Indagou, mas não recebeu resposta.

Laith se aproximou e mais uma vez tentou levar o jovem escudeiro para o caminho da vingança, argumentando que o sangue inimigo o daria poder. — Tch! Enfrentarei quem se opor a justiça, mas ainda acredito na redenção! — Afirmou, antes de continuar seu caminho e deixar que o tenente continuasse o dele.

Na área de treinos, havia apenas uma única pessoa, mas esta não usava os pés / pernas como arma. Erza treinava supino com um peso considerável, 120kgs de cada lado, fazendo com que a barra arqueasse levemente. — Nove… Dez… Onze...

Legendas:
  • Comodoro Hall Jackson
  • Capitã Katt Knockout
  • Tenente Helena Aakre
  • Tenente Günter
  • Tenente Erza Scarlet
  • Sargento Amanda
  • Soldado Kyo Chiba
  • Karin Shinonome
  • Marine
  • Revolucionário
  • Marines Corrompidos e demais Inimigos
  • Ishisaki Oota
  • Okama
  • Jovem Espadachim
  • Alexander


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Calros Lazo:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Karyo Shen:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Laith Kinder:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Silverstone:
 
Histórico:
 

NPCs, Pets e Afins:
 

Gwen:
 

Bisu Bisu no Mi:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vincent
Soldado
Soldado
Vincent

Créditos : 48
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 9010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2017
Idade : 18

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty16.11.20 23:38






Enquanto caminhava pelos corredores do QG sentia que estava sendo observadas pelos marinheiros que cruzava o caminho. Isso estava se tornando cada vez mais corriqueiro conforme o tempo passava, talvez estivesse apenas desconfiada demais? Era uma possibilidade, mas era estranho ter alguém sempre me olhando por ali. Minha real vontade era perguntar se haviam perdido algo, todavia ainda não tinha autoridade alguma e causar alguma confusão só acabaria piorando a minha situação. Por ora apenas ignoraria tudo isso deixando as coisas tomarem um rumo natural, porém se isso perdurasse por mais tempo seria forçada a tirar essa história a limpo “Deixa de ser maluca Azura, as pessoas não podem mais te olhar?” não tinha problemas quanto a isso “Podem sim, o problema é isso acontecer a todo instante” retrucaria.

Na enfermaria ficava sabendo a respeito de Helena, Ramiro e Battos, os dois primeiros haviam recebido alta enquanto o outro permanecia internado. Inclusive, quando conseguisse conversar com o Comodoro primeiramente sobre o Haki aproveitaria também para pedir a liberação de Ramiro já que ele não era um revolucionário conhecido.  Não é como se ele soubesse alguma informação importante também, então com certeza a utilidade dele seria praticamente nenhuma o que poderia facilitar sua liberação. Em todo o caso, eu faria o que estivesse ao meu alcance para que o deixassem ir embora assim como Battos já que tinha motivos para permanecer na marinha. Antes que Katherine tentasse retomar o controle novamente eu resolveria isso, afinal ela poderia de alguma forma acabar frustrando os meus planos.

Battos estava acordado e não demorou muito para me exigir explicações a respeito das roupas da marinha que estava utilizando. Soltaria um breve suspiro após ele terminar de falar - A situação com Alexander já foi resolvida, ele estava juntamente dos piratas diria sem muito interesse nessa parte. Não tinha interesse em falar a verdade em sua totalidade para ele, contaria o suficiente para que ele pudesse acreditar no que estava falando - O que eu e Katherine fizemos é até simples abaixaria o tom de voz um pouco para que somente ele pudesse ouvir, afinal  não queria causar algum desentendimento - Em troca da liberdade de todos os revolucionários, nós entraríamos para a Marinha ainda nem tinha certeza de que eles realmente seriam liberados,  mas provavelmente conseguiria comovê-lo com meu “sacrifício”.

Esperaria por alguns minutos a reação dele para então continuar falando a respeito - Mas, não se preocupe quando a oportunidade surgir eu irei embora e me e encontrarei com vocês essa era a minha mentira, talvez não precisasse fazer isso no momento só que não queria atrair uma raiva desnecessária. Quem sabe o que eles poderiam tentar fazer se acabassem ficando irritados agora, futuramente o problema seria outro e até mesmo nem poderíamos nos encontrar. Aguardaria suas palavras finais antes de seguir até a frente do QG onde o Comodoro realizaria seu discurso - Era isso que eu tinha para falar com você, agora tenho uma outra coisa para fazer diria em seguida  - Eu voltarei aqui em outra hora por fim, me despediria antes de seguir caminho.






~ Histórico ~



Ganhos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], Surra(?), Haki da Observação, Bisu Bisu no mi.
Perdas: N/A.
Posts: 18
Relações com NPC's:

~ Legenda ~


Pensamentos: Katherine - Azura
Fala (ambas)
Personalidade atual: Katherine  


Objetivos:
 



Perícias, Vantagens e Desvantagens:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ato IV: Aranhas e mais aranhas
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Vincent em 24.11.20 8:53, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 158
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty20.11.20 0:57





Posts em Utopia - 83
A conversa com Kyo e com a pequena Karin acabava rendendo bons pontos. A marinheira parecia mais decidida, enquanto a baixinha aceitava cuidar de Gwen enquanto estava na ala hospitalar.

Com isso os dias passaram e acabava me vendo olhando para o palanque que era montado. A sensação ruim de déjà vu me acertava com gosto, a simples imagem do comodoro maluco ordenando a gente em uma batalha sem informar nada me deixavam com os sentidos atentos para a maluquice que viria a seguir.

O local estava completamente vazio com exceção dos soldados que estavam fazendo o palanque em si. Já havia comido e precisava exercitar um pouco, então me aproximaria dos soldados. — Olá, posso ajudá-los? — Perguntaria olhando em que passo estavam e quanto trabalho faltava.

Se eles falassem algo sobre ser sargento e deixar isso para soldados, balançaria a cabeça negativamente. — Fiquei parado por muito tempo, é bom me exercitar um pouco. — Diria pegando qualquer ferramenta que precisasse. — E é sempre bom ajudarmos se não temos nada melhor para fazer.

Começaria a ajudar como pudesse. Inclusive deixaria que os soldados me guiassem para que não fizesse nenhum tipo de besteira e acabasse por atrapalhar ao invés de ajudar. Sempre que precisasse martelar alguma coisa, apertar alguma coisa, ou qualquer outra ação que precisasse realizar diversas vezes, “brincaria” mentalmente tentando realizar a ação com espaços iguais de tempo para ir me acostumando mais com os intervalos.

Quando acabássemos devolveria qualquer ferramenta que estivesse comigo. — Ótimo trabalho. — Comentaria com os soldados antes de começar a me afastar. — Sabem o que o comodoro planeja desta vez? — Perguntava meio curioso. — Fiquei na ala hospitalar desde aquele dia, não sei o que aconteceu recentemente. — Comentaria explicando a minha falta de informações. Após a possível resposta deles agradeceria e começaria a me afastar do palanque de novo.

Voltaria para um canto qualquer para continuar esperando pela chegada do comodoro. Para isso olharia o meu relógio verificando quanto tempo faltava para o horário marcado. Após isso começaria a olhá-lo de quinze em quinze segundos, tentando manter esse intervalo constante. Os “tics” mentais sendo calibrados sempre que preciso para conseguir manter o ritmo corretamente e ter a precisão de cada segundo passado.

Quando o comodoro chegasse, esperaria para ver onde ficariam os sargentos e assim iria para aquele grupo já com o pesar no coração de pensar que Amanda não estaria ali. Claro que houve outras baixas, mas pesava pensar que havia brincado sobre protegê-la para depois descobrir que estava morta.



Histórico:
 

Ficha para ajudar:
 

Inventário Atual:
 

Objetivos:
 

Gwen - Pet Normal:
 

Quem dera fosse npc acompanhante:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 72
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty23.11.20 10:43





Uma pena pensar que muitos dos marinheiros dali viveriam suas vidinhas comuns após a guerra, eventos assim deveriam ser os transformadores de realidade, dali deveriam surgir verdadeiros deuses, motivados pelo ódio e pela vingança. Entretanto, soldados como aquele relés rapaz seguindo o ideal da " justiça" me faziam pensar até que ponto tinha valido a pena salvar Utopia. Realmente uma pena.


Porém, enquanto havia aqueles que contentavam-se contra a mediocridade, outros eram a definição contrária a isso, a tenente Erza, por sua vez, provava-se como o exemplo de destaque, mais aproximava-se a uma gorila do que um ser humano, talvez pelo tanto de peso que levantava e que me tirava uma sobrancelha arqueada como resposta. - Curioso ver você tão ativa logo cedo, esperava pelo menos alguns dias de descanso.


Tomava meu espaço mais a frente, caminhando um pouco para trás da barra e auxiliando-a superficialmente no exercício. - Então, por que não me conta o que aconteceu lá dentro princesa, teve sua vingança ? Perguntava olhando para ela com um leve sorriso, era hilário pensar que aquela que tinha me chutado na lama havia sido derrotada em combate e salva por outros marinheiros. Esperava a resposta dela e largava da barra, indo agora para o campo de treino, onde pegava uma espada e arremessava na direçâo da mulher.


- Mas minha doce Erza, uma coisa é fato, precisamos ficar mais forte, a guerra provou isso. Me diga, você domina apenas a arte da espada? Em seguida, pegava duas espadas de madeira que mais se assemelhassem as lâminas gêmeas e então balançava elas tendo uma noção do peso e espaçamento delas. Entrava em uma posição de combate, a lâmina direita colocada no centro do corpo e a esquerda paralela, um pouco mais afastada. - Vamos treinar.


Então, avançaria na direção dela em zigue-zague, deixando as lâminas acompanharem o movimento, ao chegar perto da tenente, tentaria subitamente me abaixar e com a arma na mão esquerda bateria primeiramente contra seu joelho, e finalizaria com um golpe ascendente com a direita, a fim de fazê-la perder o equilíbrio e cair no chão. Todavia, se Erza conseguisse bloquear o primeiro golpe, usaria a direita para entrar em uma briga de força, espada contra espada, buscando travar a situação por um segundo, criando uma brecha para uma esquiva rápida com uma acrobacia. Agora, vendo um golpe dela em minha direção, puxaria as duas espadas em forma de X tentando bloquear ou aparar o golpe, tentando adquirir o espaço para um desvio com uma cambalhota.








~ Histórico ~




Ganhos:  Chocopato
Perdas:
Posts:18
Relações com personagens:

~ Legenda ~


Fala: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pensamentos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


objetivos:
 

Mini-ficha:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Capitão
Capitão
Kekzy

Créditos : 65
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty24.11.20 8:36












Apesar de minhas mágoas, enquanto estivesse ao lado de meus companheiros, encontraria apoio emocional, sempre que precisasse. Eu sabia disso, mas parte de mim preferia a ideia de não precisar desse suporte — Obrigado - olharia brevemente para o lado, repousando minha mão sobre o ombro de Gunter — Realmente é a nossa vida, mas não posso aceitar algo assim. Temos que quintuplicar nossas forças - comentaria, colocando a comida para dentro à força.


Ainda estava em estado de recuperação e negligenciar as recomendações médicas não era uma opção. A última semana podia ter passado rapidamente, mas não sabia se meus ferimentos haviam se recuperado à altura. Mesmo o que aparente havia se restaurado podia estar fragilizado. E se eu não havia sido suficiente em meus cem por cento, estar abaixo disso não era uma opção. "Leite! Brócolis! Feijão branco! E tudo que há de..." - esse tinha sido o resumo de minha semana. Já estava farto da dieta, principalmente do feijão, mas não pouparia esforços para voltar ao campo o mais rápido possível.


E mais, precisava me recuperar para que pudesse voltar a treinar. Após a empreitada contra Ishisaki, senti, mais que nunca, a necessidade de me fortalecer. E não era apenas sobre apenas aprimorar meus atributos físicos, mas de ir além. Finalmente eu havia enxergado onde ficava o próximo andar; eu já havia começado a subir aquelas escadas, mas ainda restava dar os últimos passos. "Um próximo nível de poder..." - era o que sentia. Em um passado recente, sentia-me forte, mas ainda humano; hoje, apesar de minha aparência, o sentimento era que estava para atingir um patamar antes inimaginável por mim, pela primeira vez. Era fato que havia progredido muito... mas não era suficiente.


Com as mãos na mesa, após comer todo o café da manhã, me levantaria — Estou curioso sobre o que o Comodoro tem em mente. Seria outra incursão? - traria o questionamento para Gunter — O que você pensa sobre? - questionaria — Entendo... - independente da resposta, complementaria o movimento, buscando localizar faces conhecidas no refeitório — Você viu o pequeno Ryo por aí? - havia sido poucas as oportunidades que tivemos de nos comunicar, mas não podia negligenciar a minha responsabilidade sobre o rapaz em desenvolvimento.


De toda forma, nosso assuntos poderiam esperar um pouco mais, pois o Comodoro havia marcado um importante compromisso para a data de hoje. E, apesar de não saber o que ele estava planejando, com certeza era algo grande, para convocar todo o Quartel General. Se tivéssemos que lutar novamente... eu estava pronto? A conversa com Gunter havia ajudado a estabilizar e recuperar a minha moral. Era nesses momentos que aprendíamos a valorizar mais as amizades — Você vem? - indagaria, esperando que o Tenente se juntasse a mim em minha caminhada até o lado de fora.














~ Histórico ~





Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 18
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Justiça Dupla

Ganhos: Boia de Cavalo Marinho (Evento); Shortinho de Estrelas do Mar (Evento); Haki do Armamento; Haki do Rei; Medalha: Mastermind, Sailor, Brotherhood, Reinforcement, Medal of Prime Service; Bravery.
Perdas: Sinfonia dos céus e Foice - Level 3; 2x Suprimentos (13/20 - atualmente)

NPC's:
Players
Extras: Utopia (30/30)
Missões: Capturar Os Números e Desvendar o Sistema de Difamação da Marinha.














Objetivos



Spoiler:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 9 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[LB] O Florescer de Utopia III
Voltar ao Topo 
Página 9 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Utopia-
Ir para: