One Piece RPG
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Hey Ya!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor GM.Mirutsu Hoje à(s) 01:54

» 11º Capítulo - Cataclismo em Skypeia!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Marciano Hoje à(s) 01:05

» [MINI-Subaé] OXE! agora a aventura começa mesmo!
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Subaé Hoje à(s) 00:29

» Em busca do próximo nível
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Hooligan Ontem à(s) 23:37

» Cap. 2 - The Enemy Within
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Takamoto Lisandro Ontem à(s) 23:16

» X - Some Kind Of Monster
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 23:07

» I - Vós que entrais, abandonai toda a esperança
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Meursault Ontem à(s) 22:44

» [Ficha - Masques] Scott Ashwood
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:37

» Scott Ashwood
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor ADM.Senshi Ontem à(s) 22:32

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Kyo Ontem à(s) 21:22

» nova aventura
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Makei Ontem à(s) 21:21

» nova aventura
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Makei Ontem à(s) 21:20

» [Mini-Saitoshiba] A Aventura está apenas começando
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Saitoshiba Ontem à(s) 20:16

» [M.E.P-DarkJohn] O começo de algo
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor DarkJohn Ontem à(s) 19:27

» [Mini-DarkJohn] O começo de algo
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor DarkJohn Ontem à(s) 19:18

» Uriel Seraphim
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor ADM.Noskire Ontem à(s) 18:29

» O que me aguarda em Ponta de Lança? Espero que belas Mulheres, hihihi
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Pippos Ontem à(s) 18:20

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Handa Ontem à(s) 18:08

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 16:05

» Virtudes do ódio, votos de sangue
[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Emptypor GM.Midnight Ontem à(s) 15:10



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 [LB] O Florescer de Utopia III

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 71
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : Fishman Island

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptySex 03 Jul 2020, 00:58

Relembrando a primeira mensagem :

[LB] O Florescer de Utopia III

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) marinheiros Karyo Shen, Calros Lazo, Laith Kinder e Katherine Silverstone. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
GM.Midnight
Tenente
Tenente


Data de inscrição : 27/04/2010

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptySex 09 Out 2020, 16:15





Bom, pelo menos havia alguma coisa de "bom" naquilo tudo, talvez fosse um exagero chamar assim, mas a parte engraçada era sobre o biscoito..ou melhor, sobre Katerine. Quando chegava perto, imediatamente vai aquela cena dela comendo a fruta estranha, quase se estrangulando com gosto até que...biscoitos no ar.


- Puff...HAHAHAHAAHAHAHAH. Começava a dar uma gargalhada mais alta ao ver a cena, talvez aquela tinha sido a prova viva de Karma, afinal, pelo estorvo que a soldado tinha sido até então, tornar-se a garota biscoito não seria a pior das punições, ainda que fosse uma. - Palhaço ? Não me importo em ser isso desde que não precise me preocupar em ser alvo de todo animal na rua. Além do mais, espero que não goste de leite, afinal vocês serão rivais eternos agora, será que você pode suar também, ou vai começar a virar uma meleca ? Acabava por dar mais algumas gargalhadas ao imaginar a cena, para eliminar ela bastava alguns gatos e um copo de leite? Ou talvez algumas crianças famintas? Esse poder dos biscoitos tinha lá seu charme, muito focado no lado cômico na verdade.


- Bem, vocês todos ouviram o tenente Shen e o Comodoro, os soldados em condição iniciem as buscas, os inimigos sobreviventes devem todos ser presos e perfilados a frente dos destroços ! Por fim, buscaria auxiliar também nas buscas olhando principalmente pelas meninas já que a capita havia sido salva, aparentemente, pelo tenente esqueleto. Agora, restava achar Helena e encontrar Erza, então o circo das abominações estaria completo. Por falar nisso, ainda teria que falar com Kayro a respeito de Amanda. Me sentia em dívida devido a lâmina? Nao. Entretanto, a ultima luta havia provado que o esqueleto era poderoso, e nao mostrar as condolências poderia ser motivo de uma inimizade não desejada, a soldado biscoito chifruda tudo bem, agora essa diferença com o esqueleto não era das melhores.


Assim sendo, parava o que estava fazendo e olhava para Kayro. - Tenente Shen. Dizia andando até o mesmo e prestando uma breve continência. - Sinto que devo lhe comunicar uma noticia terrível. Dizia com pesar na voz, ainda que falso, mas o suficiente para buscar a comoção do semi-homem. - Sua amiga, nossa amiga, Amanda, infelizmente foi uma das vitimas do combate. Eu estava ao lado dela na hora, enfrentamos um inimigo que nos emboscou de forma inesperada, um atirador para ser mais exato e bem..Amanda deu seu máximo na batalha, eu tentei meu máximo, mas temo que não foi o suficiente. Falava fechando os olhos por um instante e puxava uma das lâminas gêmeas deixando seu cabo na direção do outro. - Essa lâmina foi criada pelas suas mãos e por isso ainda carrega sua forca, então sei que falhei e se assim desejar, pode tirá-la de mim por minha falha.








~ Histórico ~




Ganhos:  Chocopato
Perdas:
Posts:14
Relações com personagens:

~ Legenda ~


Fala: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pensamentos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


objetivos:
 

Mini-ficha:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptyTer 13 Out 2020, 21:13



[LB] O Florescer de Utopia III — 014

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

A médica ainda levou alguns segundos para despertar completamente, dando alguns tapas nas próprias bochechas, por fim. Se ajoelhando ao lado do ruivo, observou seu ferimento antes de recomeçar o procedimento, simultaneamente respondendo a pergunta do mesmo. — Você tem uma noção de medicina? Então sabe para o que serve a Adrenalina, certo? Se eu tivesse aplicado Adrenalina nas suas veias, você teria acordado, mas sangrado até a morte. Então fiz o oposto. Embora o DHEA não seja específico para isso, tem um efeito calmante que vai na direção contrária da Adrenalina. — Colocando a canhota sobre o peito do paciente por breves segundos, continuou: — Seu coração está mais lento e seu sangramento mais brando, o que indica que funcionou.

Após pedir para que Calros se sentasse, auxiliando-o a realizar tal façanha, uma espécie de pasta esverdeada foi colocada por sobre o ferimento, de ambos os lados do abdômen, e coberta com ataduras limpas, embora encharcadas devido a chuva. Mais ataduras foram usadas para fixar as primeiras no lugar, circundando todo o tórax do ruivo. Dando um passo para trás e observando seu trabalho feito, a mulher deu um suspiro cansado antes de comentar: — Descanse por algumas semanas e tome um desses no caso de dor. — Mexendo brevemente na sua maleta, retirou um saquinho de papel branco e entregou para Calros. Dentro havia cinco aspirinas. — Posso lhe ensinar algo sim, daqui a um ou dois dias, quem sabe. Mas agora devo ir. — E assim ela partia rumo ao próximo paciente: Outra ruiva, Jane Grey. Kyo havia ido rumo ao armazém destruído e o sargento chamado Haggar havia se afastado, auxiliando como podia os feridos e desorientados. Lazo, calmo como sempre, relaxou e observou o céu, cercado pelas vozes de dor e sofrimento daqueles ao redor, enquanto a torrente continuava caindo.

Enquanto isso, no armazém, os feridos eram retirados, formando um círculo ao redor dos escombros, enquanto os demais começavam a busca pelos soterrados. A Capitã era uma das que levavam dali, já que a pancada em sua cabeça havia sido grave. Mr. Juba a seguia, irrequieto. Alguns poucos marines, todos sargentos, ficavam de guarda ao redor dos inimigos, que no momento se resumiam a Ishisaki, enquanto que o próprio Comodoro se unia aos seus subordinados na tarefa de salvar o máximo de vidas daqueles destroços.

Após ajudar o leão, com extrema dificuldade e muita dor, Karyo mancava até se deparar com Kyo, estupefata. — O-O que houve com você?! — Havia uma grande faca presa na sua cintura, uma que Karyo ainda não havia visto, e seu uniforme estava puído devido ao combate, embora nenhum ferimento estivesse visível. — V-você precisa d-descansar! Vai morrer de vez se continuar assim! — Ela parecia quase desesperada e começava a tentar empurrar o esqueleto para o círculo de feridos próximo, embora quase não usasse sua força com medo de feri-lo ainda mais. E era nesse momento que o Tenente Laith Kinder se aproximava, com uma péssima notícia para o esqueleto.

A poucos metros dali, Azura tentava novamente focar sua mente e sentir os soterrados, mas nada acontecia. Agora haviam cinco biscoitos ao seu redor (dois de antes + três das três palmas) e apenas a sua memória e alguma sorte poderia auxiliá-la em reencontrar os sobreviventes.

Legendas:
  • Comodoro Hall Jackson
  • Capitã Katt Knockout
  • Tenente Helena Aakre
  • Tenente Günter
  • Tenente Erza Scarlet
  • Sargento Amanda
  • Soldado Kyo Chiba
  • Marine
  • Marines Corrompidos e demais Inimigos
  • Ishisaki Oota
  • Okama
  • Jovem Espadachim
  • Alexander


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Calros Lazo:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Karyo Shen:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Laith Kinder:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Silverstone:
 
Histórico:
 

NPCs, Pets e Afins:
 

Gwen:
 

Comodoro Hall Jackson:
 

No Armazém:
 

Com Lazo e Kinder:
 

Bisu Bisu no Mi:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 158
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptyDom 18 Out 2020, 20:40





Posts em Utopia - 80
O que Jessie falava para mim não fazia sentido na minha cabeça. Mas bem, estava vivo, para que pensar naquilo, só preciso estudar mais e entender o que ela estava falando. Independente disso, perguntava algumas coisas para Kyo, que nada respondia e partia na direção do armazém. Espero que ela estivesse bem, talvez não gostasse de responder algum superior que não conseguia nem se mover.

E agora o que poderia fazer? A médica saía de perto para tratar outros. Haggar havia se afastado para ajudar outros e Kyo ainda não havia voltado para me informar o que havia perguntado. Só me restava esperar sentindo aquelas gotas de chuva batendo em mim graças a toda a minha incompetência.

Levantar sozinho era impossível e fazer alguém me ajudar era só impossibilitar a pessoa de ajudar outro. Não estava em condições de ajudar alguém com meus primeiros socorros também. Como não conseguia fazer nada, acho que esperar era a única coisa possível ali. Por isso tentaria levar meu relógio de pulso até próximo dos meus olhos.

Tudo era uma questão de ritmo e costume. E bem, havia algo ali que poderia ajudar um pouco nisso. As gotas da forte chuva seguiam algum tipo de ritmo? Provavelmente não, mas seria interessante tentar verificar isso. Algo que já havia percebido para melhorar a minha noção de tempo é que precisava ter a capacidade de sempre ficar pensando em paralelo no tempo que se passava enquanto fizesse outra coisa.

Por isso, com os meus olhos o mais atento possível a cada segundo que se passasse, tentaria contar junto dele cada segundo que se passasse. Ao mesmo tempo tentaria contar a quantidade absurda de pingos que cairiam em meu rosto a cada segundo. Sempre me interrompendo a cada segundo passado, para ter certeza de que estava me acostumando com o intervalo de tempo.

Quem sabe, contar os pingos de chuva fosse demais para manter a concentração nos intervalos de tempo de um mísero segundo. Por isso, a alternativa seria aumentar para cinco segundos o intervalo de tempo. Não importava nem que a contagem fosse totalmente precisa, só precisava me acostumar com o intervalo do tempo.

Se alguém me interrompesse por algum motivo precisando da minha ajuda de forma física. Tentaria sorrir ao responder se não fosse algo como “venha me ajudar a resgatar a pessoa qualquer”. – Desculpa, mas não consigo nem me levantar sozinho. Não acho que vá servir de algo. – Já se fosse um caso mais triste, faria a mesma coisa, porém com um semblante mais triste.

Caso a interrupção fosse alguém me oferecendo ajuda pois estávamos de partida. Após agradecer tentaria me esforçar o máximo que desse para não ser um peso a mais para a pessoa e só.

Na ínfima hipótese de Kyo voltar para me informar o que havia pedido, após o relatório dispensaria a menina para ajudar quem ela quisesse e então seguiria a contar meus segundos em paz enquanto o povo não resolvesse a situação ou me sentisse bem o suficiente para conseguir levantar por conta própria.




Histórico:
 

Ficha para ajudar:
 

Inventário Atual:
 

Objetivos:
 

Gwen - Pet Normal:
 

Quem dera fosse npc acompanhante:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Capitão
Capitão
Kekzy

Créditos : 65
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptySeg 19 Out 2020, 10:14





Minha caminhada era dolorosa, mas inevitável. Havia pessoas que precisam de mim, e eu não viraria as minhas costas para elas enquanto estivesse consciente — Cuide bem da Capitã - dizia ao leão ao livrá-lo do peso dos escombros e seguir em frente, até me deparar com o pequeno Ryo — Eu já estou morto, se não fizer nada, ai sim mais pessoas irão morrer - redarguia, colocando a mão sobre a cabeça do garoto — Se tem energia para se preocupar comigo, me ajude a se preocupar com os outros! - se ele estava de pé, era porque havia provado seu valor como soldado; ou fugido da luta — Como foi? - indagaria; queria acreditar na primeira opção.


Resistindo à tentativa do pequeno Ryo de me mandar para a ala dos feridos, continuaria em frente. As faces familiares não paravam de surgir — Tenente Laith - disse, logo ao vê-lo, feliz em vê-lo. E nem tão feliz assim ao abrir de sua boca. Seria melhor não tê-lo visto; mas se não ele, seria outro. De fato, era melhor que fosse ele — A-Aman... - fiquei sem palavras ao ouvir a notícia. No momento, meu joelho fraquejou, quase me levando ao chão, forçando-me a usar de minha foice como apoio — O corpo... onde está? - mais que minhas pernas ou os ossos dilacerados por Ishisaki, meus olhos formigavam, por alguma razão. Diante de todas as estranhas experiências, eu imaginava o que fosse. Era uma pena que ela não pudesse ver.


Me levando ao corpo, me ajoelharia ao lado dela, colocando a mão sobre sua ferida mortal e fechando os seus olhos, caso ainda se encontrassem abertos — E-eu não deveria ter deixado-a vir - sussurraria para mim — N-não deveria - curvaria a minha cabeça para próximo de seu corpo, em uma profunda lástima por minha perda. "Amanda Rech..." - relembraria a primeira vez que nos encontramos, quando ela se segurava nos destroços da embarcação atacada por um Rei do Mar. Lutei para alcançá-la e salva-la, e quando estávamos náufragos em mar aberto, ela lutou para manter-nos vivo, com seu vasto conhecimento.


Passamos dias assim, um em cada lado do bote, lutando por nossa subsistência, tendo apenas um ao outro. Passamos pela fome, pela desesperança, pelo luto, juntos, e havíamos superado tudo aquilo. No passado, Amanda havia me perdido ao lutar ao meu lado contra Arloong. Eu voltei para ela, no entanto; hoje, eu a perdia, com a certeza de que ela não retornaria para mim — Que sua alma descanse em paz, minha amiga. Sei que nos observará de longe - tudo neste mundo era possível, e a alma era uma realidade. Talvez um dia nos encontrássemos novamente, noutro plano, quando meus olhos ocos estivessem secos.


Por fim, colocaria-a em meus braços, levando-a até a equipe médica. Quem sabe... não, havia que aceitar... só não sabia o que fazer. Deixaria-a aos cuidados daqueles que podiam fazer algo. Eu podia ter perdido alguém importante, mas continuaria a lutar para não perder mais ninguém; e que outros também não perdessem — Não há quem tenha que ser mais forte que um marinheiro. Lembre-se disso - diria ao pequeno Ryo, procurando manter a postura. Meus ossos tremulavam mias ainda após a notícia, mas se eu caísse, quem poderia inspirar? Havia trabalho a ser feito e eu ajudaria os soterrados mesmo que tivesse que me rastejar!¹







Informações Importantes: Consciente de novo, com a 6º costela direita raspada, 7º à 11º costelas direitas quebradas, dificuldade em respirar (vai saber pq), dois dentes molares quebrados e dor forte nas costelas ao se movimentar.

¹ Considerar que eu vou continuar a fazer nos mesmos moldes que narrei no post anterior.










~ Histórico ~





Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 15
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Justiça Dupla

Ganhos: Boia de Cavalo Marinho (Evento); Shortinho de Estrelas do Mar (Evento); Haki do Armamento; Haki do Rei; Medalha: Mastermind, Sailor, Brotherhood, Reinforcement, Medal of Prime Service; Bravery.
Perdas:

NPC's:
Players
Extras: Utopia (30/30)
Missões: Capturar Os Números e Desvendar o Sistema de Difamação da Marinha.














Objetivos



Spoiler:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vincent
Soldado
Soldado
Vincent

Créditos : 48
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 9010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2017
Idade : 18

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptyTer 20 Out 2020, 23:19






Aos poucos eu acumulava biscoitos ao meu redor sem saber como fazê-los sumir posteriormente, mas pelo menos conseguia confirmar minha hipótese. O próximo passo agora era utilizá-los de alguma forma que me fosse útil enquanto procurava por Helena, talvez se fossem resistentes o suficiente poderia usar para remover escombros. Mesmo me concentrando bastante para poder sentir os que estavam soterrados, meus esforços eram praticamente inúteis já que não alcancei nenhum resultado. Isso complicava as coisas já que mesmo me lembrando de que havia a deixado na pilastra o desabamento poderia ter a empurrado juntamente da forte chuva que caía sobre nós nesse momento.

Ainda assim voltaria ao mesmo lugar para pelo menos verificar se ela estava por ali, talvez pudesse acabar ajudando outra pessoa se não conseguisse encontrá-la. Procuraria por locais altos para verificar toda a extensão do local onde estava e assim poder acha-la de forma mais fácil, afinal estaria ampliando meu campo de visão. Não deixaria de ajudar também quem conseguisse visualizar por ali - Alguém pode ajudar aqui!? para não cessar a minha procura chamaria alguém que estivesse por perto para levar o resgatado até um outro lugar. A chuva com certeza seria um fator que dificultaria as coisas, mas não desistiria até ver as coisas se tornarem muito difíceis ou praticamente impossíveis.

Se não conseguisse encontrar ninguém a primeiro momento tentaria retirar os destroços do armazém para ver se alcançava algum resultado. Era nesse momento que pegaria um dos biscoitos que estavam ao meu redor, caso eles não se quebrassem tão facilmente poderia usar como uma espécie de pá ou alavanca para empurrar algo “Uma pá ou qualquer outra coisa do tipo seria mais útil nesse momento, mas não posso exigir muito” pensava enquanto analisava a situação antes de fazer alguma coisa. Não tendo êxito com os biscoitos, a alternativa seria utilizar as minhas mãos para o serviço ou então alguma outra coisa que estivesse por ali e me parecesse útil - Isso talvez sirva acabaria por pensar em voz alta.

Helena havia me ajudado anteriormente e por isso seria a minha prioridade, essa seria uma boa forma de devolver o favor. Como não tinha ordens para cumprir acabaria por empregar todo meu tempo nessa tarefa, em alguns momentos pararia para descansar e me proteger da chuva já que não era de ferro. Nessas pausas aproveitaria para verificar a situação nos meus arredores e também encontrar formas de poupar energia para não acabar me desgastando totalmente apenas nessa parte. Caso finalmente conseguisse encontrar Helena a primeiro momento a colocaria em algum local adequado para então chamar por alguém que pudesse me ajudar a leva-la para outro lugar.






~ Histórico ~



Ganhos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], Surra(?), Haki da Observação, Bisu Bisu no mi.
Perdas: N/A.
Posts: 15
Relações com NPC's:

~ Legenda ~


Pensamentos: Katherine - Azura
Fala (ambas)
Personalidade atual: Katherine  


Objetivos:
 



Perícias, Vantagens e Desvantagens:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ato IV: Aranhas e mais aranhas
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Vincent em Sab 31 Out 2020, 23:58, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 72
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptyQua 21 Out 2020, 16:16





Aquele tipo de olhar, ah sim, amor? Era uma pena ver isso vindo do tenente, pois o amor era a única coisa que poderia curar a morte, agora até sem seu amor, o que lhe restaria além da morte e dos ossos? Será que tomaria o caminho da raiva, ou mudaria de rumo? Era interessante pensar, mesmo que fosse a sua tristeza.


Apontava, então para o caminho em direção do corpo da falecida, e talvez outros tivessem a trazido para o front. E deixava com que ele tomasse seu caminho. Depois, olhava ao redor e via novamente aquela cena da soldado chifruda tentando controlar seu poder, o que era um pouco cômico. Mas um elemento, ou melhor, uma pessoa estava em falta, aonde estaria Erza?


- Será que morreu? Sussurrava enquanto começava a caminhar entre os escombros. - Erza, princesa, está viva? Perguntava levando a mão no rosto e buscando nos escombros alguma dica daquela ruiva, seja seus restos ou só seu corpo desacordo - o que seria uma visão em tanto -, todavia ela era uma potência muito interessante para ser desperdiçada assim.


Encontrando-a entre os escombros, tentaria ajudar a retirar os objetos de sua frente e acima, aliviando o espaço para respirar. - Como está ? Perguntaria e ajudaria a sair dali, se necessitando a retirando dos escombros e levando ao grupo médico. Agora, se a mesma estivesse sem viva, soltaria uma risada bem baixinha, quase inaudível, era cômico pensar que quem tivesse me arremessado na lama agora estava em uma posição inferior, o mundo era assim não? Uma pena, assim tomaria uma expressão falsa de lástima e a tomaria nos ombros, a levando para a fila de corpos.








~ Histórico ~




Ganhos:  Chocopato
Perdas:
Posts:15
Relações com personagens:

~ Legenda ~


Fala: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pensamentos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


objetivos:
 

Mini-ficha:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."
Voltar ao Topo Ir em baixo
ADM.Noskire
Civil
Civil
ADM.Noskire

Créditos : 77
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 22/02/2012
Idade : 28
Localização : Limbo

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptySeg 26 Out 2020, 20:16



[LB] O Florescer de Utopia III — 015

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Estando fora de risco, Calros era deixado para trás enquanto os marinheiros mais saudáveis buscavam auxiliar aqueles em condições mais críticas. O sargento Haggar carregava feridos e inconscientes, tanto aliados quanto inimigos, rumo a uma área onde algumas tendas eram construídas. Já a médica, Jessie, ficou por ali mesmo, efetuando os primeiros socorros nos casos mais graves antes destes serem deslocados até a área citada anteriormente. Calros foi deixado para trás, por algum motivo, encharcado na chuva, enquanto brincava de contar as gotas da chuva que caíam em seu rosto.

Azura viu quando Karyo, o akumado esqueleto, saiu da cena acompanhado do pequeno Kyo, seguindo rumo às colinas ao sul, mas não lhe deu atenção. Sua mente buscava formas de resgatar os soterrados. Alguns marinheiros surgiram do leste, a maioria soldados, e se dividiram em dois grupos. Um deles começou a armar tendas para servir como um hospital improvisado, enquanto os demais se amontoavam ao redor do antigo armazém e começavam o trabalho de busca e resgate. O Comodoro andava e dava ordens sempre que algum subalterno passava próximo a ele, com frases curtas e ríspidas, enquanto o próprio usava suas patas para retirar os destroços. Laith e Shen também viam tudo isso, embora cada qual estivesse distraído em busca de uma mulher diferente.

A ex-revolucionária tentou alcançar Helena ou algum outro sobrevivente, mas sem sucesso. Após algumas tentativas, resolveu recorrer a sua mais nova habilidade. Com um dos biscoitos em mão, a ruiva percebeu que a chuva o havia ensopado e o enfraquecido, embora ainda estivesse duro. Encaixando-o na base de um destroço particularmente grande, desejando ter uma pá ao invés de um mero biscoito, viu sua criação deformar-se até que segurava uma pá, sendo diferente de uma original apenas devido a coloração, já que permanecia com a aparência e textura de um biscoito. Usando sua mais nova ferramenta como alavanca, moveu o bloco de destroço e não demorou até encontrar o primeiro soterrado: Helena Aakre.

Karyo, por sua vez, se distanciou daquela destruição. Encontrou Amanda deitada ao lado de outro soldado, ambos mortos. O soldado segurava um escudo — Ou melhor, o resto de um escudo. — completamente destruído. Havia um ferimento de bala no abdômen dos dois, causado pelo mesmo disparo. Ao lado destes havia um segundo soldado, com o escudo intacto, chorando sobre o corpo do irmão. Este observou o Tenente Shen e Kyo, incrédula com a cena, por um breve momento, acenando com a cabeça antes de voltar a velar seu irmão. Karyo se prostrou diante da sua amiga, disse seu adeus e a pegou nos braços, forçando-se a se levantar com ela. Ainda conseguiu ouvir Kyo lhe dizendo para parar, antes de mais uma vez desfalecer com a dor dos seus ferimentos.

O tenente Kinder, por sua vez, andava por sobre o armazém destruído, buscando Erza com os olhos, mas sem muito sucesso. Quando já prestes a desistir de sua busca, uma mão saiu dos destroços e segurou seu calcanhar destro com força, puxando-o e quase derrubando-o. Laith conseguiu se equilibrar, no entanto, e, sem saber de quem aquela mão pertencia, buscou retirar os destroços próximos para que a pessoa pudesse respirar. Após retirar dois grandes destroços próximos ao braço sem dono, o homem preso conseguiu dobrar o tronco para frente, se livrando dos demais destroços e respirando pesadamente. Estava completamente imundo devido a fuligem e portava uma estranha armadura. Na sua canhota havia um escudo, ainda preso por alguns escombros, pois o homem puxava-o, mas este não vinha. A sua destra foi a responsável por puxar Laith, mas nenhuma arma próxima era visível. — Ei, me ajude aqui! — Pediu, esticando sua destra para que a Serpente o içasse.

Enquanto tais acontecimentos se desenrolavam ao redor daquele cenário de guerra e destruição, a chuva finalmente começava a minguar, transformando-se numa garoa constante. Calros ainda se esforçava para contar as gotas, alheio ao redor, quando uma voz conhecida soou em sua mente. — Parabéns pela vitória, marinheiro! — Um leve momento de silêncio se seguiu, como se desse tempo para que Lazo pudesse reconhecê-lo. — Imagino que agora você vai me ameaçar e dizer que irá me caçar e me prender. HAHAHA! Marinheiros são tão previsíveis… Oota sabe o meu nome e onde você pode me encontrar, tente retirar essa informação dele. Será uma boa forma de testarmos a lealdade dele para comigo! — Após mais um breve silêncio, a voz continuou: — Observarei você e seu grupinho com interesse, quem sabe se tornem bons peões no futuro! — Lazo ainda pôde discernir o início de uma risada antes da voz sumir por completo.

Legendas:
  • Comodoro Hall Jackson
  • Capitã Katt Knockout
  • Tenente Helena Aakre
  • Tenente Günter
  • Tenente Erza Scarlet
  • Sargento Amanda
  • Soldado Kyo Chiba
  • Marine
  • Marines Corrompidos e demais Inimigos
  • Ishisaki Oota
  • Okama
  • Jovem Espadachim
  • Alexander


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Calros Lazo:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Karyo Shen:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Laith Kinder:
 
Histórico:
 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Azura Silverstone:
 
Histórico:
 

NPCs, Pets e Afins:
 

Gwen:
 

Comodoro Hall Jackson:
 

No Armazém:
 

Com Lazo e Kinder:
 

Bisu Bisu no Mi:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
GM.Midnight
Tenente
Tenente
GM.Midnight

Créditos : 72
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 23

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptyTer 27 Out 2020, 19:22





Bom, poderia já dizer que Erza estava morta, ou melhor, esperando que isso fosse verdade, entretanto nem tudo que desejamos é verdade não? Já tinha me virado, aceitado, mesmo que sarcasticamente, a morte da tenente e agora estava pronto para partir...ou quase isso. Quando sentia algo gelado atingir meu tornozelo, de imediato acabava por virar e consequentemente perder  um pouco do equilíbrio,  puxava a lâmina de imediato e já pensava em fincar a espada em o que quer que seja, afinal, acertar um assassino assim já era motivo o suficiente para uma tragédia. Todavia, com quando os olhos alcançavam aquela mão, uma sobrancelha se levantava e a arma descia da posição de combate. "Que desgraçada..."


Ao contrário do que esperava, tratava-se, na verdade de alguém desconhecido..porém, um marinheiro? - Ajudar? Perguntava e imediatamente segurava mais forte a lâmina na mão. - O que pensa que está fazendo? Entretanto, se ele não respondesse prontamente, usaria a arma para tentar cortar a mão do infeliz, porém se algo impedisse a lâmina, imediatamente tentaria recuar com um passo longo, mas pela conjectura onde estava, talvez não fosse possível isso, o que em obrigaria a tentar evitar algum golpe e na sequência retomaria a posição de combate para evitar outra brigas.


Quanto tempo tinha se passado desde a batalha? Dias? Era interessante pensar que um evento de vida ou morte tinha ocorrido em um intervalo tão curto de tempo, mas tão intenso. Agora, para onde daria o próximo passo? Percorria atrás da Corte? Ou será que Utopia oferecia mais ? Talvez tínhamos plantado o solo que ela precisava, agora nasceria a flor a partir da desgraça e do sangue da batalha, com certeza uma Lótus seria a flor exata. Algo melancólico porém notável, a vida perdia significado naquela pequena paz, e por isso o significado dos guerreiros era viver e morrer na batalha.


E sobre isso, qual seria o meu significado? Apenas matar aqueles homens, mas e depois disso? Ver a continuação desse episódio me trazia esse tipo de discernimento obscuro, discernimento pois era o começo da verdade, obscuro pois não há caminho claro para aqueles nascido no sangue, minha existência seria essa afinal? Ou deveria começar a traçar outro caminho? Eu era produto de um treinamento, de uma missão. Entretanto Yuri* adotara outro caminho, ainda que do lado do crime, porém ele tinha gostos e prazeres apartes da morte.


De todo modo, não seria ali ou naquele momento que descobriria a resposta. Agora, só restava andar e sobreviver, tal como uma serpente. Levanta-me de onde estava e vagava pelos corredores, primeiro ouvindo o que falavam a respeito de mim e da guerra, vagava até achar Lazo. - Então sargento Lazo, melhor ? O que achou da batalha do lado de fora? Mesmo com a infeliz perda da sargento Amanda. Ao falar da moça, fazia uma expressão de lástima, apesar de ter sido um dos responsáveis pela morte ocasional(ou não) dela.




- O fato é que todos perdemos algo naquele dia sargento Lazo, vidas foram colocadas em risco e nós pagamos o preço, mas graças a isso Utopia pode florescer com outras cores, o mal já foi ceifado pelo tenente Shen. Dizia pondo a mão no ombro do homem(que não estava com a aranha). - Patentes não são relativos só ao poder, nascemos e morremos nesse caminho, nossa ascensão é um caminho de sangue, almejar o topo é aceitar esse inferno e lutar contra ele, torne essa lástima em raiva e dela tire o poder para impedir que novos inimigos consigam fazer o mesmo estrago.


Dito isso, começava a caminhar pelo corredor e fazia um sinal para que o sargento acompanhasse, a fim de ir nos apresentarmos para o comodoro.


* Yuri é um dos Kinders, foi capturado e preso por Laith em Loguetown, mas diferente de Laith, a personalidade de Yuri estava bem diferente, era alguém com seus gostos próprios, o que é destoante do treinamento recebido pelos Kinders na sua infância.








~ Histórico ~




Ganhos:  Chocopato
Perdas:
Posts:16
Relações com personagens:

~ Legenda ~


Fala: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Pensamentos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


objetivos:
 

Mini-ficha:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

"Pague o preço do seu karma e aceite-o."


Última edição por GM.Midnight em Qua 28 Out 2020, 20:08, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
PepePepi
Membro
Membro
PepePepi

Créditos : 158
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Data de inscrição : 15/03/2013
Localização : Utopia - 7ª rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptyQua 28 Out 2020, 04:46




Posts em Utopia - 81

PS: O noskire falou pra gente que nesse post poderiam se passar dias/semanas


Enquanto contava as gotas de chuva o mundo acabava me ajudando um pouco e assim via a chuva diminuindo seu ritmo, tornando a contagem mais rápida. No meu gasto constante de tempo nisso, acabava ouvindo uma voz familiar em minha mente. O que poderia fazer além de sorrir? Jurava que esse homem era o próprio Ishisaki Oota e agora estava ele aqui falando comigo novamente.

Parando a minha contagem infelizmente, só poderia respondê-lo, afinal, isso era até mais interessante. – Eu falei ontem que estava atrás dos números. – Falava apesar de nem saber se o homem estava me ouvindo ou não. E pensando se sequer havíamos realmente enfrentado os números. Aquele inimigo lá no começo falava o, “mas divago”, mas não lutei com nenhum número e não sei se o povo lá de dentro descobriu algo sobre isso, já que Kyo ainda não havia retornado com informação alguma para me ajudar.

Independente disso, poderia falar mais algumas coisas para o homem. – Não tem maneira de eu sequer mostrar que você existe. E bem, no final estava certo então, não tinha como um retardado traidor igual o Ishisaki estar por trás de tudo. – Comentaria com ele lembrando da conversa que tive com ele achando que era o próprio Ishisaki. Minha vontade de falar com o Oota para descobrir esse possível inimigo era nula. Não conseguia nem mover e tentar descobrir algo sobre isso é completamente inútil no momento. Principalmente com aquela fala chata dele no final sobre peões. Só ignorar ele parecia mais útil do que me emaranhar mais ainda na possível teia dele indo atrás de informações de um homem que simplesmente não sei nada.

Com isso, acabamos voltando para o quartel general onde pude repousar e ser tratado de forma completa. Quanto tempo se passou eu realmente não sei, perdi um pouco a noção do tempo, o que era péssimo, já que aproveitaria qualquer intervalo que estivesse são e acordado para praticar minha contagem. Esse aprendizado como sempre seria entediante.

Deitado na cama olharia para o relógio e simplesmente forçaria a minha mente a decorar os “tics” do relógio, segundo a segundo. Como agora havia tempo. Gastaria literalmente todo o meu tempo acordado, em que não estivesse comendo, ou no banho, para simplesmente me acostumar com esse tempo. Precisava tornar esse tipo de sensação algo padrão em minha mente.

Após uns bons dias tentando fazer isso, tentaria fazer isso novamente só que desta vez sem olhar para o relógio. Fixaria um tempo mental e tentaria realizar a contagem de forma precisa em minha mente neste repouso. Como não havia interrupções externas não deveria ser tão difícil assim de me manter concentrado por um tempo contando. Tentaria realizar essa prática com tempos aleatórios. Podia ser um minuto sem olhar para o relógio, depois uma hora, depois alguns segundos. O importante era simplesmente ter tornado a sensação do tempo passando tão normal para mim que não perderia a contagem independente do tempo.

Quando estivesse bem o suficiente para me exercitar minimamente, tentaria meramente caminhar por intervalos de tempos preciso. Para isso retiraria o relógio de pulso e o colocaria perto da porta do meu quarto. Tentaria caminhar até a metade do tempo e depois tentaria voltar na outra metade, para meramente verificar se contei o tempo certo. Caso algo me interrompesse no processo seria até melhor, onde eu teria que lidar com a interrupção enquanto ainda contava o tempo mentalmente para verificar quando chegasse no quarto se contei o tempo corretamente.

Em algum momento o tenente Laith acabou aparecendo e me perguntando sobre o que achei da luta no exterior e se estava melhor. Não só isso, ele acabava me informando que a sargento Amanda havia morrido. Para a minha resposta eu balançaria a mão quase como uma gangorra subindo e descendo meu dedão até o dedo mindinho para simbolizar que estava mais ou menos melhor.

A minha fala em si se concentraria em outros pontos. – Tinha prometido protegê-la. – Falaria triste ao pensar na morte de Amanda. – Claro que não era possível porque no campo de batalha acabamos ficando em polos opostos após a sua ordem. – Comentava, mas meu tom de voz não seria incriminatório, do tipo “se você tivesse dado outra ordem ela estaria viva”, seria algo mais como “sou tão fraco que isso parece uma piada”. – Se eu fosse forte poderia não só a proteger como ser simplesmente mais útil. Porque fiquei surpreso com o tanto que sou fraco perto de vocês tenentes. – Falava olhando para as minhas próprias mãos descrente da minha força física.

Ainda olhando para a minha mão comentaria com ele. – Eu não consigo nem responder a sua pergunta. Bati em um único cara e desmaiei em seguida por falta de sangue, literalmente não vi nada da batalha, não sei com quantos lutamos, não sei como meus soldados reagiram após eu desmaiar, quantas baixas tivemos... você cuidou de quantos mesmo? – Perguntaria para ele e esperaria a resposta antes de continuar. – Acho que ficou claro porque você é o tenente. – Falaria meio triste com a minha própria fraqueza.

Não sei quanto o tenente ouviria, mas continuaria falando por um tempo. – Sabe tenente Kinder, desejo ser um vice-almirante, para poder ir atrás de um criminoso específico por conta própria. A única coisa que consegui “achar” dessa luta foi a pura demonstração de quão longe estou disso. – Comentava percebendo que ainda havia muito a melhorar antes mesmo de ser sequer um tenente. – E a sargento Amanda me mostrou que ser um sargento apressado só piora a situação. – Lembrava dela falando que ela escolhera ir por conta própria e o comodoro não a impedira. Independente dele impedir ou não, a sargento fora apressada e acabou pagando o preço com a própria vida, não posso fazer algo do tipo antes de pelo menos prender Himeriko.



Histórico:
 

Ficha para ajudar:
 

Inventário Atual:
 

Objetivos:
 

Gwen - Pet Normal:
 

Quem dera fosse npc acompanhante:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kekzy
Capitão
Capitão
Kekzy

Créditos : 65
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 10010
Masculino Data de inscrição : 06/11/2013
Idade : 22
Localização : Utopia - 7ª Rota

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptyQua 28 Out 2020, 21:27












"Minha amiga, minha amada amiga..." - passo a passo, titubeante entre os escombros, sentia meus braços pesarem e meus joelhos cederem. Primeiro estes foram ao chão, quando a minha visão já encontrava-se nebulosa. Pude escutar o baque de meus ossos contra os restos de madeira e metal; mas meus braços continuariam firmes até o último momento. Sem forças, não conseguindo mais opor resistência, estendi os braços e curvei o corpo, a fim de não deixar o corpo de Amanda cair no chão. Não pude protegê-la antes; jamais deixaria de protegê-la agora... era o mínimo que um péssimo amigo podia fazer.


"Amanda... Amanda! - meu corpo podia ter entrado em colapso, mas a minha alma jamais cederia! Este era o princípio do Shigo¹, que continuava a me conduzir ao caminho da luz. Encontrava-me novamente naquele sonho, caindo nas escuras profundezas daquela cova. Quanto mais caia, as vozes engrossavam e ficavam mais hostis. Gritos de dor, agonia e ressentimentos... eram tantas vozes, mas ainda podia reconhecer algumas. Aquele lugar me apavorava, não desejava estar ali, mas continuava a cair naquele abismo infindável. "Resista! Lute! Saia deste lugar!" - repetia mentalmente, fortalecendo a minha determinação. Era o suficiente?


Não. A luz acima ficava cada vez mais fraca, quanto mais eu caia. Eu precisava alcançá-la! Meu braço não era o suficiente para tanto; minhas juntas doíam ao esticá-lo até o limite. "Alcance!" - continuava a gritar para mim. "Alcance!" - gritei novamente, quando os últimos raios de luz fugiam de minha visão. Foi quando senti uma sensação repentina, como se... se a minha alma saísse de meu corpo. A luz continuava ali, e só então me dei conta... o meu corpo continuava a cair, sendo engolido pela eterna escuridão; mas ali estava, sabia que minha alma queimava. Aos poucos, mesmo distante, comecei a me mover em direção à saída; podia me aproximar novamente da luz, mesmo que levasse tanto tempo...


Como se abrisse os olhos novamente, despertaria de meu sonho, no mundo real — Amanda! Amanda! - em meu formato de alma, pelo fio que me ligava ao meu corpo - o qual não existia antes, pelo que me lembrava, nos longos meses que me tornei alma e vaguei por Utopia - começaria a procurar pela alma de minha companheira. Será que ela estava por aqui? Ou já havia ido para um lugar melhor? Uma marinha tão honrada com certeza era digna dos céus. Porém, havendo a mínima chance de encontrá-la novamente, nem que fosse os resquícios de sua presença, eu tentaria! Do contrário, restava-me a solidão daqueles momentos obscuros, em que continuaria caindo, até acordar.





¹ Shigo é o nome de uma das técnicas que Karyo criou, embasada em um tipo de filosofia que afasta o materialismo e se aproxima do espiritualismo.









~ Histórico ~





Nome do Player: Karyo Shen
Nº de Posts: 16
Vantagens: Liderança; Adaptador; Voz Encantadora; Ambidestro.
Desvantagens Código da Honestidade; Código dos Heróis.
Perícias: Forja; Intimidação; Engenharia; Mecânica; Interrogatório e Arrombamento.
Ofício: Ferreiro.
EdC: Justiça Dupla

Ganhos: Boia de Cavalo Marinho (Evento); Shortinho de Estrelas do Mar (Evento); Haki do Armamento; Haki do Rei; Medalha: Mastermind, Sailor, Brotherhood, Reinforcement, Medal of Prime Service; Bravery.
Perdas:

NPC's:
Players
Extras: Utopia (30/30)
Missões: Capturar Os Números e Desvendar o Sistema de Difamação da Marinha.














Objetivos



Spoiler:
 


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vincent
Soldado
Soldado
Vincent

Créditos : 48
Warn : [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 9010
Masculino Data de inscrição : 12/06/2017
Idade : 18

[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 EmptySab 31 Out 2020, 23:55






Havia conseguido encontrar Helena debaixo de um dos escombros utilizando uma pá feita de biscoito “Espero que essa idiota ainda esteja viva” suspirava enquanto a puxava para perto de mim. A levaria até uma das tendas que haviam sido montadas provisoriamente pelos outros - Eu trouxe alguém que está precisando de ajuda diria inicialmente a quem estivesse ali. Não poderia ignorar os ferimentos que possuía e por isso permaneceria ali por algum tempo para que também pudesse ser tratada - A próxima serei eu diria em um tom autoritário. Após isso poderia continuar buscando por outros dos nossos que poderiam ainda estar soterrados.

Aproveitaria esse momento para pensar em algumas coisas, talvez até conversar com Katherine sobre o futuro e novamente tentar convencê-la a não fazer nenhuma besteira posteriormente. Eu não pretendia voltar a revolução, mesmo que a ideia dela fosse retornar após a plena recuperação de Battos. A sua intenção pouco importa quando se é visto como um criminoso pela maioria das pessoas e também quando se está enfrentando uma das maiores organizações do mundo. Buscaria por estabilidade nesse momento, não quero ficar fugindo de um canto para outro a todo momento “Eu não posso simplesmente deixar os revolucionários para trás, pessoas deram suas vidas para que você chegasse até aqui sabia?”  ela começava a falar um tanto irritada “Ninguém foi obrigado a fazer isso, eles fizeram por vontade própria” não poderia me importar menos “Tomo as minhas decisões com base no que acho correto e não me baseando no que os outros querem, principalmente os mortos que não podem sequer reclamar” diria em seguida.

Obviamente sabia que dificilmente chegaríamos a um consenso agora, mas poderia tentar convencê-la mais um pouco “Você também poderia se importar com aqueles que conversou na marinha”  relembraria ela desse fato “ Vai mesmo trair eles depois de dizer para a Helena que não faria isso?” questionaria. A ideia era pressioná-la  até desistir de sua ideia “Eu não irei fazer isso” se mantinha relutante “Ah é, como pretende ir embora sem fazer isso?” perguntaria com um sorriso no rosto em deboche   “Eu pagarei a dívida e depois falarei com eles, com certeza entenderão meus motivos” isso era um absurdo “Se você diz isso né” suspiraria, encerraria a discussão ali já que ela não cederia.

Inesperadamente os biscoitos se tornavam mais interessantes, o que estava em minhas mãos mesmo estando ensopado ainda era bem resistente. A surpresa maior se dava quando ele virava uma pá assim como eu tinha pensado anteriormente, esse era um novo conhecimento que mudava totalmente a minha perspectiva a respeito do fruto. A questão agora  era até onde poderia ir com esse poder e não mais se era útil ou não já que isso fora comprovado com a pá. Quando estivesse no QG poderia testar isso em breve “Antes você estava reclamando, mas agora tá até gostando” provocou “Claro, eu estava esperando uma coisa e a primeiro momento pensei que tinha ganhado outra” responderia com certo desinteresse.

Após isso não demorou muito para retornarmos e as experiências que havíamos tido nessa batalha se tornavam apenas memórias. Durante esses dias procuraria descansar e também aproveitar os momentos livres para aprender coisas novas, talvez uma nova forma de lutar utilizando os biscoitos quem sabe. Também buscaria por um médico para entender o que tinha sentido antes na batalha, explicaria a ele sobre como havia conseguido visualizá-los mesmo não conseguido vê-los realmente e sobre os sentimentos que haviam desequilibrado a minha mente totalmente - O que pode ser isso? estaria demonstrando certa curiosidade.







~ Histórico ~



Ganhos: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], Surra(?), Haki da Observação, Bisu Bisu no mi.
Perdas: N/A.
Posts: 16
Relações com NPC's:

~ Legenda ~


Pensamentos: Katherine - Azura
Fala (ambas)
Personalidade atual: Katherine  


Objetivos:
 



Perícias, Vantagens e Desvantagens:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Ato IV: Aranhas e mais aranhas
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Vincent em Ter 24 Nov 2020, 08:49, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty
MensagemAssunto: Re: [LB] O Florescer de Utopia III   [LB] O Florescer de Utopia III - Página 8 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[LB] O Florescer de Utopia III
Voltar ao Topo 
Página 8 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 7, 8, 9, 10, 11  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Grand Line - Paradise (Paradaisu) :: Utopia-
Ir para: