One Piece RPG
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Cap. 2 - The Enemy Within
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor King Hoje à(s) 10:38

» Unidos por um propósito maior
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor AoYume Hoje à(s) 7:42

» Art. 3 - Our memories
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Ryoma Hoje à(s) 7:07

» 1° Act - It's Navy Time
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor PepePepi Hoje à(s) 5:00

» The One Above All
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Achiles Hoje à(s) 3:10

» [LB] O Florescer de Utopia III
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor PepePepi Hoje à(s) 3:00

» O Regresso do Anjo Torto
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor DanJo Hoje à(s) 2:34

» Azura V. Pendragon
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 2:17

» [Ficha] Fenrir Seawolf
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 2:09

» Fenrir Seawolf
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 2:05

» Sádica em construção
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 2:03

» VI - Seek & Destroy
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 1:54

» Una Regazza Chiamata Pericolo
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Milabbh Hoje à(s) 1:34

» [MINI-Fenrisulfr] Começo
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 1:19

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Wesker Ontem à(s) 22:58

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Kenshin Himura Ontem à(s) 22:21

» I - As rédeas de Latem City!!
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Kyoji Ontem à(s) 21:35

» The Lost Boy
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Madrinck Dale Ontem à(s) 21:11

» Unidos por um propósito menor
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Jean Fraga Ontem à(s) 20:18

» Fellippo Augustus
[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Emptypor Fellippo Ontem à(s) 19:50



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 [MINI-Ballu] Um momento desesperador

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
DarkWoodsKeeper
Membro
Membro
DarkWoodsKeeper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Data de inscrição : 27/06/2020

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySab 27 Jun - 16:28

Nome: Ballu
Idade: 19 anos
Sexo: Masculino
Raça: Anão
Tamanho: Normal
Estilo de Combate: Espadachim
Localização: Ilusia Kingdom, West Blue
Grupo: Civil
Vantagens: Genialidade
Desvantagens: Timidez
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySex 3 Jul - 20:59

~Mini-Aventura APROVADA~


Olá, seja bem-vindo ao OPRPG!!

Eu sou um Orientador, minha função é lhe ajudar a se adaptar neste universo do OPRPG.

Sendo assim irei lhe orientar de todas as formas possíveis, a partir de dicas no decorrer desta Mini-Aventura. Como esse fórum é bem complexo em suas regras, também irei tentar responder suas dúvidas, por isso, no menu de navegação (parte superior do site) existe um link M.P. O mesmo corresponde às mensagens privadas. Lá você poderá, em qualquer momento que achar necessário, me enviar dúvidas de como prosseguir no jogo; ou pode entrar no seguinte link: https://www.onepiecerpg.com/f3-duvidas-criticas-e-sugestoes , e criar um tópico para algum membro da Staff responder; mas caso tenha dúvidas durante a Mini, pode colocar em "off" no próprio post.

Sim... Vamos ao que importa?

Abaixo seguirão algumas dicas para que leia antes de criar seu primeiro post.

DICAS:


  • Lembre-se que você apenas narra as ações de seu personagem, seu personagem nunca FAZ ele sempre TENTA e também demonstre desde o 1º post qual o seu objetivo na aventura.
  • O ambiente que você se encontra, NPC's e todo o resto que compõe sua aventura, quem cuidará disso sera seu narrador.
  • As mini-aventuras servem para corrigir seus erros na narração durante a aventura e também formas melhores de deixar sua narração mais interessante.
  • Caso a Mini-Aventura fique sem post durante 5 dias por parte do player, a mesma será cancelada.


O 1º post é seu e eu serei o seu Orientador.

____________________________________________________

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CeyzDVS

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CjEv6j6[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Bl2U4yo

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
DarkWoodsKeeper
Membro
Membro
DarkWoodsKeeper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Data de inscrição : 27/06/2020

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySex 3 Jul - 22:14

Fugir… É tudo que eu tenho feito nos últimos meses. Depois de sair do conforto de minha casa para tentar provar que eu sou mais do que apenas outro anão, não tive descanso. “Não posso voltar… Tenho que provar que eu estava certo, provar para todos, principalmente para mim."


Lá, entre os outros Tontatta, eu não era levado a sério. “Você? Um curandeiro? HAHAHA”, meus colegas falavam enquanto riam e apontavam para minhas anotações e desenhos  anatômicos, com várias páginas repletas de rascunhos realistas com imagens de animais. Eu sempre ficava em silêncio, apanhava meus pertences e me afastava, tímido demais para responder, mas orgulhoso o suficiente para não ficar ouvindo provocações. Nunca fui de falar muito, quanto mais de me meter em confusão. Minha família, meu pai e minha mãe, eram os únicos que me apoiavam. “Quem falou isso para você!? Não dê ouvidos a esses comentários sórdidos. O que os outros dizem não te define!”, eles falavam sempre me apoiando. Eles sabiam que, para crescer, eu precisaria sair da vila, e eu também sabia.


Eventualmente, esse dia chegou. Foi em uma noite amena, com um silêncio hipnotizante, quebrado apenas por um eventual lamento de uma coruja solitária ao longe. Planejava esse momento há anos, mas nunca imaginei que ele realmente aconteceria. Arrumei todos os meus livros, roupas, além de uma pintura de nós três quando eu ainda era criança, respirei fundo e me despedi dos meus pais, prometendo tomar cuidado. Ambos, com olhos lamuriosos, mas também cheios de orgulho, olhavam para mim. “Mostre quem você é”, meu pai disse, enquanto enxugava as lágrimas e colocava a mão em meu ombro. Minha mãe, segurando meu rosto com as duas mãos e olhando no fundo dos meus olhos, falou “Sempre estaremos com você. E não se esqueça que estaremos aqui quando você voltar”. Agradeci com todo o meu coração e com um sorriso estampado no rosto, mas sem lágrimas. Sentia tristeza por deixá-los sem saber quando voltaria, mas a empolgação era ainda maior. Eu abracei os dois em um forte aperto de adeus e segui em direção ao desconhecido, sem mapa ou plano traçado.


Eu não sabia, porém, que essa jornada teria uma reviravolta tão negativa. Fui perseguido por caçadores e bandidos desde que saí. Passei a maior parte do tempo sozinho, dormindo dentro de troncos ocos em florestas ou pequenas frestas em construções, o que acabou sendo útil, pois pude me concentrar em meus estudos. Viajar de ilha em ilha escondido em embarcações foi cansativo, mas aprendi muito sobre técnicas medicinais de vários lugares diferentes, observando boticas e enfermarias à distância nos telhados ou olhando das janela sem ser notado. Mas apenas nos momentos em que eu não era atormentado por criminosos e outras pessoas almejando me capturar.


E agora, mais uma vez, eu estou fugindo. Eu não me considero uma pessoa desesperada, mas sinto como se o ar que eu inspiro desajeitadamente com pulmões em chamas fosse o último. Estou correndo o mais rápido que minhas pernas permitem, sem olhar para trás. Talvez, se eu olhar à minha volta, eu veja uma luz, uma vila, alguém que me ajude. "Não posso parar… Correr… Fugir… É tudo que sei fazer? Não posso ser pego… Preciso continuar…"

Legenda:
 

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySab 4 Jul - 0:34


festa;

Aquela era apenas mais uma segunda-feira de outono em Illusia Kingdom, uma ilha repleta de vida e regida por um sistema oligárquico, uma terra tão importante que até mesmo a Marinha e o Governo Mundial faziam regência em seu território. Não diferente de outros dias, suas ruas estavam repletas de vozes e muito barulho para todos os lados, a população inteira, fossem comerciantes ou simples moradores pareciam se empenhar para ajudar, nem que fosse um pouquinho na organização de um evento que ocorreria mais tarde. Sim! Aquele era um dia de festa! Um festival em comemoração a paz vivida na ilha e ausência de grandes casos de piratas.

Mas aquele não era um festival qualquer, não era apenas uma mera celebração pela paz, mas sim uma comemoração por ser possível fazerem algo como aquilo. Não era segredo que a Grande Era dos Piratas era um grande fenômeno que inspirava homens pelo mundo todo a correrem atrás de fama e dinheiro, por isso, viverem daquela forma já era um grande feito. Após um dia agitado para cada alma viva, às 18 horas em ponto as ruas se abriram ao público mostrando-se totalmente irreconhecíveis, sem sinal de nenhuma das barraquinhas costumeiras estavam por ali, sendo substituídas por mesinhas de comida e até mesmo, ao fim da rua, havia um palco onde mais tarde se apresentariam alguns artistas locais.

Entretanto, no meio de toda àquela festa existia aquele que talvez não tivesse muito a celebrar, um anão, um pequeno ser que havia se aventurado em busca de sonhos ou qualquer objetivo que lhe pairasse à mente. Os humanos poderiam ser extremamente festivos e alegres, porém era difícil se misturar a eles quando não se era um dos “seus”. Anões são criaturas que para alguns humanos são lendas, histórias, frutos da imaginação já que se deparar com um pode ser encarado como um evento raro, e talvez essa falta de contato com eles o tornassem tão valiosos financeiramente para alguns, além de todos os perigos naturais do mundo, Ballu ainda tinha de se preocupar em não ser contrabandeado.

Orientação:
 

____________________________________________________

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CeyzDVS

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CjEv6j6[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Bl2U4yo

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
DarkWoodsKeeper
Membro
Membro
DarkWoodsKeeper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Data de inscrição : 27/06/2020

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySab 4 Jul - 14:19

Após correr bastante por entre construções, dobrei uma esquina e vi várias mesas espalhadas com muitos enfeites e pessoas interagindo entre si. Um festival estava se iniciando naquele momento e eu era a ovelha negra. Era irônico, de certa forma, estar correndo com o medo desenhado em todo o meu rosto enquanto várias pessoas ao meu redor sorriam, conversavam, decoravam os estabelecimentos da rua e enchiam as mesas com os mais diversos tipos de comida."Talvez essa festa possa me ajudar a passar despercebido" Será que eu já havia despistado meu perseguidor? Estaria seguro? O festival que se iniciava naquele começo de noite tinha luzes, comida e música. Um ambiente deslumbrante e convidativo.


Se não estivesse seguro, tentaria me esconder embaixo de uma das mesas e esperaria o perigo passar. Caso estivesse em uma situação mais tranquila, tentaria me acalmar e exploraria o festival. As pessoas provavelmente não devem estar acostumadas a ver um anão errante passeando em um evento público, mas isso não iria me impedir de comer um pouco, eu esatva faminto. Como ainda não estaria totalmente seguro, subiria nas mesas discretamente e pegaria um pouco de comida. "Não é roubar. Afinal, é para todos, certo? Além disso, eu nem como muito.". Eu olharia em volta constantemente para garantir minha segurança. Caso fosse visto por alguém, tentaria me explicar, por mais difícil que fosse para mim conversar com um desconhecido:

- E-eu... estou com fome... Provavelmente seria tudo que conseguiria dizer.


Encontrar algo para me defender também seria bom, eu procuraria ao redor, pois talvez encontrasse um talher caído ou algo parecido nessa aglomeração. Meu maior objetivo, porém, seria encontrar um lugar para passar a noite em segurança, longe de olhos curiosos. Olharia em direção ao palco, um possível esconderijo até o amanhecer? "Preciso tomar cuidado e não ser visto."  

Legenda:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySab 4 Jul - 23:28


j.j;

Naquele momento tudo parecia bem, as pessoas no festival estavam bem ocupadas e pareciam nem ter notado a presença do anão entre eles, as gargalhadas, música e vozes tornavam a percepção mais difícil, afinal, estavam se divertindo demais para voltarem suas atenções para algo - literalmente - tão pequeno. Olhando em volta, Ballu não notava ninguém que tivesse intenções nocivas para consigo, nenhum perseguidos, nenhum olhar estranho. Aproveitando-se da calmaria, o garoto se dependurou nas pernas de uma das mesas e a escalou, em seu topo poderia ver que havia de se deparar com uma vastidão de sobremesas: pudins, bolos, brigadeiros e até mesmo um chafariz de chocolate se encontrava no centro da mesma.

Como esperado algumas formiguinhas travessas haviam tido a mesma ideia que Ballu e também garantiam suas ‘migalhas’, porém, ainda havia uma outra presença que apesar de ser apenas uma e não se comparar as milhares de formigas, consumia muito mais açúcar do que o anão e os insetos juntos, era uma criança. Era um menino de cabelos loiros e olhos castanhos com algumas sardos no rosto e alguns dentes faltando na boca, suas órbes escuras se encontravam encarando Ballu como se tivesse prestes a encontrar algo mágico, logo um sorriso se abriu em sua face — Ei, você é tão pequeno, é bem menor do que eu, e eu só tenho sete anos — comentou a criança enquanto flexionava os joelhos para se colocar alinhado ao anão — Você não deve comer muitas verduras, minha mãe sempre me diz que se eu não comer coisas saudáveis não irei crescer e ficar forte — continuou ele mostrando genuíno interesse no pequeno.

Seus dedos se lançaram sobre a mesa, porém passaram direto por Ballu para agarrar o brigadeiro que estava atrás de si — Eu gosto muito de doces, minha mãe disse que eu poderia comer alguns por ter ajudado meu pai mais cedo, meu nome é J.J e o seu? Eu quero ser um grande construtor de navios quando crescer, assim como o meu pai, você tem algum sonho? — o menino despejava perguntas para cima de Ballu e parecia realmente não se importar ou compreender o que era um anão, simplesmente o via como um novo amigo e para ele isso bastava.

Orientação:
 

____________________________________________________

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CeyzDVS

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CjEv6j6[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Bl2U4yo

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
DarkWoodsKeeper
Membro
Membro
DarkWoodsKeeper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Data de inscrição : 27/06/2020

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptyDom 5 Jul - 10:38

Após escalar uma mesa enfeitada por sobremesas, fiquei extasiado. Eram várias opções que iam de brigadeiros pudins a uma torre que jorrava chocolate sem parar. Tentei me concentrar também em minha segurança: ao olhar ao redor, além dos doces, vi uma fila de formigas coletando restos de forma provavelmente imperceptível para os participantes do festival. Não era algo que me preocupava.


Porém, ao olhar em outra direção, mãos gigantes que, sob minha pequena perspectiva, pareciam agarrar doces com imensa voracidade me intimidaram na hora. A cena me faria cair para trás. Elas pertenciam a uma criança, cujos olhos estavam voltados exatamente em minha direção. Uma de suas mãos se aproximou de mim e faria com que eu me encolhesse, mas tudo que ela queria era agarrar um brigadeiro atrás de mim. O pequeno humano também havia se abaixado para ficar próximo de minha altura na mesa. Havia começado a falar profusamente comigo, comentando sobre meu tamanho, sobre comida saudável, sobre seus pais. Ele terminou se apresentando e, por fim, comentando sobre seu sonho de ser construtor de navios, finalizando sua frase com uma pergunta para mim: qual o meu sonho?



O medo e a timidez me paralisariam e me deixariam sem resposta por alguns segundos. A criança conversava comigo como se eu fosse um homem, não um anão. Algo me dizia que eu estava seguro. "É a primeira pessoa que conversa comigo  desde que saí de casa." Tanta inocência e gentileza me acalmariam e me permitiriam fazer algo que minha timidez sempre me impedia: conversar com um estranho.


Eu respiraria fundo, reunindo toda minha coragem, e falaria:


-Oi… - Minha voz provavelmente falharia, então pigarrearia e tentaria novamente.


- Oi, J.J.. Meu nome é Ballu… Eu… Eu sou um anão, por isso sou tão pequeno. Me-meu sonho? - agarraria minha cauda, pensando no passado - Eu quero muito ser um curandeiro, quero ajudar minha família e todos que precisarem. Quero provar para todos que eu sou capaz de fazer a diferença… - apertaria minha cauda um pouco mais forte ao falar as próximas palavras - provar para... para mim...- faria uma breve pausa e olharia nos olhos dele - Quero aprender tudo que eu puder sobre como cuidar dos outros! Estudar, ler e observar médicos e curandeiros em ação! Eu sei que eu sou capaz! - Falaria em um tom mais alegre, com uma animação repentina me impulsionando ao pensar no futuro.


Eu tomaria fôlego novamente, pois estaria usando toda minha força para conversar com alguém que não conhecia. Se houvesse a oportunidade, tentaria perguntar para o garoto:


-Você… É tão gentil… Nunca viu um anão antes? - perguntaria isso, pois estava impressionado com sua calma e bondade. Todos os que encontrei pelo caminho não se deram ao trabalho de conversar comigo antes de me perseguir.


-Será que eu… Posso comer também? - Perguntaria em seguida, olhando para toda a comida na mesa, principalmente a enorme fonte de chocolate. - Parece que eu não sou o único pequenino que gosta de doces, não é? - Comentaria, olhando para ele com um sorriso tímido no rosto.


Era a primeira vez na minha viagem que eu não estava sozinho, que eu podia conversar com alguém e, surpreendentemente, aquele momento me fez sentir feliz.

Legenda:
 

Off:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptyTer 7 Jul - 14:16


gato;

A criança que no começo lhe fizera ter arrepios agora parecia ser o mais próximo do que as pessoas chamavam de amigo, Ballu aos poucos se permitiu relaxar e conversar naturalmente com alguém sem correr o risco de ser capturado. Aquela conversa toda lhe fizera abrir-se pouco sobre seus desejos, sua família e sobre ele mesmo após muito tempo. J.J balançou com a cabeça quando o anão mostrou interesse pela comida, a mesa era farta e não havia porque não compartilhar e por isso, os dois saborearam juntos alguns doces — O que é um anão? — questionou de forma genuína a criança que parecia confusa com aquilo, para ela, Ballu era apenas uma criança que não cresceu por não comer verduras.

O menino além de comer, também brincava com alguns bonecos e brinquedos, entre eles alguns soldadinhos marinheiros com espadas e pistolas, estavam todos espalhados pela mesa e tinham uma altura muito próxima a de Ballu que, no meio deles, também parecia um brinquedo. A dupla parecia se divertir, porém, antes que pudessem aproveitar mais do momento em gato de pelos caramelo e olhos verdes saltou sobre a mesa, ele parecia arrisco e parecia muito focado no anão, sua pata direita levantou-se para atacar o menor. Seu momento de paz aparentemente havia acabado, ele deveria mais uma vez correr ou então enfrentar de uma vez por todas.

Orientação:
 

____________________________________________________

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CeyzDVS

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CjEv6j6[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Bl2U4yo

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
DarkWoodsKeeper
Membro
Membro
DarkWoodsKeeper

Créditos : 6
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Data de inscrição : 27/06/2020

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySex 10 Jul - 21:34

Era uma sensação ótima ter companhia após tanto tempo sozinho. J.J. não queria nada além de se divertir, e, naquele momento, eu também. Depois de comer doces, começamos a brincar com suas miniaturas de marinheiros (que eram do meu tamanho, então eu entrei na brincadeira, literalmente).


Eu realmente estava me divertindo. Porém, antes mesmo de me sentir à vontade. Algo chamou minha atenção. Um vulto estava próximo, algo havia subido na mesa. Tudo que pude ver foi sua pelagem clara sob as luzes festivas e duas esmeraldas que me fitavam. Um gato. “Esse olhar não me parece nada amistoso...” Eu já estava cansado de fugir, estava na hora de reagir e me defender.


Ele levantou a pata direita em um provável ataque, mas eu não esperaria para ver. A primeira coisa que eu faria seria esquivar para a lateral direita do gato, fazendo um rolamento por baixo dele no lugar onde a sua pata estaria se apoiando. Ao me endireitar, tentaria encontrar um escudo e uma espada dos bonecos. Iria em direção à fonte de chocolate e procuraria um talher, como um garfo de fondue ou uma faca, para me defender (caso não achasse as armas antes). Se não encontrasse, usaria minhas próprias mãos. Com a aproximação dele, usaria a fonte como defesa, virando-a em cima do felino para derramar chocolate em seus pelos, distraindo-o. Caso não desse tempo ou não funcionasse, esquivaria de seus possíveis ataques, tomando distância de meu agressor.


Tentaria saltar em suas costas para montá-lo como os humanos fazem com cavalos, atacando-o na nuca e orelhas e me segurando em seus pelos. Caso não funcionasse, desviaria de possíveis ataques saltando para trás e para longe do gato. Também tentaria acertá-lo no focinho com a parte não cortante de minha arma ou com meu punho, a fim de atordoá-lo. Mas também ficaria pronto para desviar de possíveis mordidas ou patadas, usando meus pés no rosto dele para me propelir para trás, como em um chute.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shroud
8º Pecado
8º Pecado
Shroud

Créditos : 18
Warn : [MINI-Ballu]  Um momento desesperador 10010
Masculino Data de inscrição : 08/05/2019
Idade : 21
Localização : Micqueot

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador EmptySeg 13 Jul - 13:47


gato;

O pequeno anão era rápido, mas o felino estava acostumado a caçar alvos menores que ele, por isso a esquiva do anão, apesar de ter lhe permitido escapar parcialmente das garras do bichano, não fora eficaz suficientemente, em seu braço direito havia sido arranhado superficialmente, mas o ponto ardia a ponto de incomodar de certa forma. Quando novamente se colocou em pé, procurou entre os bonecos algum escudo, mas sem sucesso, ao que parecia todos os bonecos de soldados da marinha estavam equipados única e exclusivamente com espadas e pistolas - e as pistolas com certeza não teriam projéteis -, o gato impaciente claramente não esperaria até que Ballu se encontrasse e logo investiu novamente contra o menor, porém o anão fora mais rápido ao derrubar a fonte de chocolate contra o animal que, inesperadamente, viu-se banhado pelo líquido.

Enquanto tudo aquilo ocorria, J.J assustado se afastou sumindo de vista, contudo Ballu não havia percebido tal fato, afinal, estava muito ocupado lidando com aquele problema. Saltou sobre as costas do gato onde iniciou uma saraivada de golpes, talvez atordoado e incomodado depois por estar coberto de chocolate o animal não reagiu aos golpes e tudo que pode fazer no final foi fugir, o que significava que aquela luta Ballu havia vencido. Timidamente, J.J retornou, parecia um tanto assustado mas parecia ainda mais preocupado com o novo amigo — Você está bem? — perguntou o menino recolhendo os brinquedos — aquele gato me assustou, eu não consegui te ajudar — confessou ele parecendo bem decepcionado consigo mesmo — tem algo que possa fazer pra compensar? — ele estendeu a destra sugerindo que o anão subisse, ainda que o menino pouco pudesse fazer por ele a intenção já era algo.

Orientação:
 

____________________________________________________

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CeyzDVS

[MINI-Ballu]  Um momento desesperador CjEv6j6[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Bl2U4yo

Awards 2019:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty
MensagemAssunto: Re: [MINI-Ballu] Um momento desesperador   [MINI-Ballu]  Um momento desesperador Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[MINI-Ballu] Um momento desesperador
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Personagem e Mundo :: Mini-Aventura :: Mini-Aventuras Concluídas ou Canceladas !-
Ir para: