One Piece RPG
I - Little Giant XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» [E.M] - Gostosuras e Travessuras
I - Little Giant Emptypor Furry Hoje à(s) 18:57

» As Raízes do Vigilante Lucífugo
I - Little Giant Emptypor Kekzy Hoje à(s) 18:29

» Meu nome é Mike Brigss
I - Little Giant Emptypor Shiro Hoje à(s) 17:46

» 1º Tale - Where the Earth Meets the Sky
I - Little Giant Emptypor ADM.Tidus Hoje à(s) 16:50

» Os 12 Escolhidos, O Filme
I - Little Giant Emptypor Ceji Hoje à(s) 16:14

» Kit - Ceji
I - Little Giant Emptypor Ceji Hoje à(s) 15:23

» [ficha] Arthur D.
I - Little Giant Emptypor arthurbrag Hoje à(s) 15:15

» Mini-Aventura
I - Little Giant Emptypor Makei Hoje à(s) 14:25

» [Mini-Aventura] A volta para casa
I - Little Giant Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:40

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
I - Little Giant Emptypor Akuma Nikaido Hoje à(s) 12:34

» Mini-Aventura
I - Little Giant Emptypor Makei Hoje à(s) 12:29

» Art. 4 - Rejected by the heavens
I - Little Giant Emptypor Ryoma Hoje à(s) 12:04

» O Log que vale Dois Bilhões de Berries
I - Little Giant Emptypor Takamoto Lisandro Hoje à(s) 11:06

» [Mini-Azarado] Um falastrão beberrento
I - Little Giant Emptypor GM.Jinne Hoje à(s) 10:58

» Jade Blair
I - Little Giant Emptypor Kylo Hoje à(s) 03:42

» Seasons: Road to New World
I - Little Giant Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 02:26

» The Victory Promise
I - Little Giant Emptypor Akise Hoje à(s) 00:33

» Ler Mil Livros e Andar Mil Milhas
I - Little Giant Emptypor Fukai Hoje à(s) 00:27

» Kit Phil Magestic
I - Little Giant Emptypor GM.Muffatu Ontem à(s) 22:25

» 10º Capítulo - Parabellum!
I - Little Giant Emptypor Marciano Ontem à(s) 22:12



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 I - Little Giant

Ir em baixo 
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 62
Warn : I - Little Giant 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 27
Localização : 1ª Rota - Karakui

I - Little Giant Empty
MensagemAssunto: I - Little Giant   I - Little Giant EmptySab 20 Jun 2020, 02:34

I - Little Giant

Aqui ocorrerá a aventura do(a) civil Leora Atlas Kerthir. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Last
Civil
Civil
Last

Créditos : Zero
Warn : I - Little Giant 10010
Masculino Data de inscrição : 08/12/2012
Localização : Universo

I - Little Giant Empty
MensagemAssunto: Re: I - Little Giant   I - Little Giant EmptySeg 22 Jun 2020, 16:50

I - Little Giant


O que? Mas que... Você, mas como diabos, onde nós...

Sabe, terminar uma pergunta é uma ótima maneira de incentivar alguém a respondê-la. Mas, como você é a pessoa debilitada nessa casa hoje, vou fazer isso pra você. - Leora, como você, com sua mente brilhante e admirável força, impediu que minha vida fosse ceifada pelo feroz ataque do homem mais temido dos quatro mares, o "vagabundo aleatório com uma faca mal afiada"?

Não era exatamente isso que eu...

Depois que você heroicamente resolveu tirar uma soneca enquanto estávamos prestes a ser perseguidos por uma horda de criminosos, eu o carreguei de volta até a barraca, o que teria sido bem mais fácil se sua gula fosse um pouco menos colossal, encontrei o tesouro no seu surpreendentemente óbvio esconderijo, carreguei novamente o seu corpo preguiçoso até a cabana do Cheiro Estranho, ele gentilmente concordou em nos tirar da ilha e encontrar alguém que cuidasse do seu "glorioso" ferimento de guerra... depois de aceitar quase todo nosso tesouro como pagamento. Chegamos no porto, derrubei uma garrafa de vinho na sua cabeça pra que acreditassem que você era o bêbado desacordado cuja filha estava levando pra casa, o que não era totalmente falso. Em resumo, você dorme e eu sou incrível.

Sim, você é...  

O homem tossia, as dores começavam a voltar na medida em que seu corpo despertava. Leora foi

Quando te conheci, você era tão pequena, tão frágil... Mas você segurou meu dedo, e eu senti uma força que não acreditei que estivesse saindo de uma mão tão pequena. Uma força que despertou a minha própria e permitiu que eu fosse capaz de seguir aquilo que acreditava. Quando os anos se passaram, a bebida e a angústia borram a lembrança e eu passei a, novamente, acreditar que teria que te protege-la pra sempre, pois não teria histórias o suficiente para distraí-la quando quisesse fazer algo que eu considerasse perigoso. Então eu soube que a praga, a maldita praga que tomara a vida do homem mais forte que conheci, finalmente mostrara suas garras pra mim, foi o sentimento mais assombroso que já senti. Mas você estaria sozinha... Novamente, eu pensei que não resistiria, que os males do mundo a alcançariam sem que sequer pudesse vê-los se aproximar, eu havia desistido da possibilidade de eu poderia proporcioná-la uma vida digna... E aí, eu vi você, a garota cega, apontando para os pássaros, seu dedo até acompanhava os seus movimentos. Enquanto você se vangloriava e explicava o plano mirabolante que desenvolveu para tal feito, eu lembrei, finalmente lembrei da força descomunal que naquele primeiro contato. Eu percebi que você sempre soube que essa força estava lá, que você possuía o que era necessário pra conquistar a vida por si só... todos estes anos, aquele que estava realmente cego... era eu. Aquela maldita apunhalada, e que fique claro que foi um golpe de sorte, pode ter feito com que eu me esquecesse temporariamente... e caso a praga faça o mesmo quando a hora estiver próxima, eu quero deixar isso claro agora...

Leora, o mundo está a disposição para ser conquistado e moldado por aqueles disposto ao fazer o que for necessário. Sua força é algo que nem todos os olhos são capazes de enxergar até que você a esfregue neles. Você pode ser pequena, mas sua tenacidade é titânica.

-----------------------------------------------------------------------------------

Percebi que estava sonhando acordada, algo extremamente atípico. As lembranças do passado ecoara, algumas vezes em minha cabeça, provavelmente por ser o dia em que darei meu primeiro grande passo em direção ao futuro. Não poderia me permitir distrair em um dia tão importante, Frances cavaria seu caminho de volta do mundo dos mortos para performar mais um de seus intermináveis discursos sobre responsabilidade se o fizesse. Iria atentar-me à umidade do ar, à intensidade de calor irradiado pelo sol e ao possível som de colisão entre nuvens, na tentativa de prever o clima que se seguiria pelas próximas horas.

- Leora, é hora de começar!

Utilizaria então o sistema que me permitira iniciar meu treinamento anos atrás. Dissecaria a sinestesia captada pelo anômalo sistema sensorial pelo qual o destino trocara minha visão, com o objetivo identificar suas origens. Utilizaria os conhecimentos a respeito da ciência das forças, em especial às de movimento, aceleração, inércia e trajetória, para calcular a distância e posição na qual cada sensação fora emitida. O coletivo do então uma espécie de radar cognitivo em tempo real: Minha própria maneira de ver o mundo.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


Passei a viver em Shells Town a dois anos atrás, mas não tive contato com a Parte Alta, subir escadas era problemático e, apesar de Frances nunca ter recebido uma recompensa ou tido atos notáveis durante seus dias como revolucionário, não parecia uma boa ideia atrair a atenção das múltiplas tropas que costumam patrulhar as escadarias. O momento porém, finalmente havia chegado. Me locomoveria em direção aos andares superiores, na esperança de encontrar algum dos muitos marinheiros que costumavam patrulhar as escadarias.

Com licença, poderia me informar a direção para o QG?

Uma vez que obtivesse a informação, agradeceria e seguiria as instruções, utilizando a frequência com a qual encontrasse patrulhas como indício de estar ou não na direção certa, algo que também faria como plano alternativo se as possíveis informações fornecidas fossem insuficientes para que encontrasse o edifício sucessivamente. Procuraria então por alguém que comandasse os demais marinheiros, provavelmente um membro de patente mais alta que poderia dar início ao alistamento, analisando o ambiente ao redor caso não o encontrasse.

Olá! Estou aqui para me alistar na marinha — Diria, se o encontrasse. Com olhos determinados e insistentes, na tentativa de poupar as tentativas de coerção para uma mudança de carreira e, caso existissem, retrucaria — Não dou a mínima pra acreditarem ou não que posso fazer isso. Deixe que os resultados falem por si!


Histórico:
 

Objetivos:
 



____________________________________________________

Ficha: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Handa
Membro
Membro
Handa

Créditos : 6
Warn : I - Little Giant 8010
Data de inscrição : 20/02/2019
Localização : Farol

I - Little Giant Empty
MensagemAssunto: Re: I - Little Giant   I - Little Giant EmptySex 26 Jun 2020, 06:10


Narração
Verão
Localização: Yotsuba Islands

Leora Atlas Kerthir


Após algum tempo ali em Shells Town, a jovem Leora decidia ir para a parte alta da cidade para ingressar na Marinha, o que não seria um trabalho fácil considerando que a garota era cega, porém tinha confiança que poderia cumprir com seus objetivos apesar de tudo.

Tentando usar da sua audição e do seu olfato muito apurados, a jovem começa a se orientar pelo cenário, tentando caminhar e entender tudo ao seu redor, como localização de pessoas e certas construções, no entanto, não leva muito tempo e enquanto a mesma tentava andar, acabava por tropeçar em uma das escadas. Seria um acidente fatal ali mesmo, antes sequer de sua aventura começar. Por sorte, um estranho conseguiu segurar a menina antes que algo pudesse acontecer.
- Você está bem?! - o homem expressa uma preocupação admirável por Leora - Você precisa ter mais cuidado garota! O que deu em você para tentar subir as escadas nesse estado?! - e após isso, o homem segurava na mão da jovem, subindo as escadas devagar e prestando bastante atenção para não deixar ela cair novamente. Era realmente um cavalheiro.

Já na parte alta de Shells Town, o rapaz se dirigia até o que parecia um estabelecimento como uma casa de forja, isto pela enorme quantidade de bater de metal que Leora conseguia escutar. O homem colocava a garota sentada em um banquinho ali e após alguns minutos voltava com alguma coisa e entregava para Atlas - Aqui, é uma bengala feita de metal, com isso você deve conseguir andar melhor e não se preocupar em cair das escadas - logo após entregar o objeto metálico nas mãos da jovem, o cavalheiro simplesmente ia embora. Foi um evento de gentileza enorme, porém agora era hora de voltar para o foco principal.

Após perguntar para algumas pessoas na rua, Leora se localizava na cidade e conseguia chegar no QG da Marinha e entrar na área do local. Ela conseguia ouvir uma quantidade enorme de pessoas fazendo barulhos variados e o cheiro de suor em seu olfato era um pouco desconfortável, porém teria que aguentar. Ela notava, em especial, uma voz muito mais estrondosa do que todas as outras e os gritos de comando poderiam facilmente fazer qualquer um obedecer. Natural assumir que era algum tipo de pessoa importante no QG. - Você?! Ingressar na Marinha?! É uma atitude de coragem, minha jovem, especialmente com suas condições! Pois bem, deixarei que me mostre os resultados. Primeiro de tudo, você sabe limpar? Entre lá dentro e limpe o corredor da entrada, por favor - o homem dizia, indicando para Atlas que sua primeira tarefa ali seria fazer algum tipo de limpeza no Quartel, nesse caso, limpar um dos corredores do estabelecimento. Será que iria conseguir?




Considerações:
 

Histórico:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




I - Little Giant Empty
MensagemAssunto: Re: I - Little Giant   I - Little Giant Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
I - Little Giant
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: