One Piece RPG
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 XwqZD3u


One Piece RPG : A GRANDE ERA DOS PIRATAS
 
InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
» Enuma Elish
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor GM.Alipheese Hoje à(s) 06:18

» Arco 1: Passagem pela ilha do riso
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Kenshin Himura Hoje à(s) 05:52

» O Sapo Mágico
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 05:13

» Pirataria, doces e mistérios
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor CaraxDD Hoje à(s) 04:51

» Una Regazza Chiamata Pericolo
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Milabbh Hoje à(s) 02:46

» [MINI-Fenrisulfr] Começo
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 01:11

» As mil espadas - As mil aranhas
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor jonyorlando Hoje à(s) 01:04

» The One Above All
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Achiles Hoje à(s) 00:57

» The Claw
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Achiles Hoje à(s) 00:22

» II - Growing Bonds
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Vincent Hoje à(s) 00:21

» VI - Seek & Destroy
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor ADM.Senshi Hoje à(s) 00:09

» Seasons: Road to New World
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Ravenborn Hoje à(s) 00:02

» Cap 3: O alvorecer da névoa trovejante
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Sagashi Ontem à(s) 23:49

» I - As rédeas de Latem City!!
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Kyoji Ontem à(s) 23:24

» 1° Act - It's Navy Time
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Roy Collins Ontem à(s) 23:12

» Mini - new man reformed
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor new man reformed Ontem à(s) 23:04

» [LB] O Florescer de Utopia III
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Kekzy Ontem à(s) 22:57

» 1º Cap: O começo de uma grande aventura
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor JaponeisLK Ontem à(s) 22:11

» Ficha Lawrence
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor Lawrence Ontem à(s) 22:08

» Apresentação 5 ~ Falência Sensacionalista
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Emptypor GM.Furry Ontem à(s) 21:46



------------
- NOSSO BANNER-

------------

Naruto AkatsukiPokémon Mythology RPG
Naruto RPG: Mundo Shinobi
Conheça o Fórum NSSantuário RPG
Erilea RegionRPG V Portugal
The Blood OlympusPercy Jackson RPG BR
A Song of Ice and FireSolo Leveling RPG
Veritaserum RPGPeace Sign RPG
Pokémon Adventure RPG

------------

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


 

 ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
ADM.Tidus
Duque Azul
Duque Azul
ADM.Tidus

Créditos : 53
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/06/2011
Idade : 26
Localização : 1ª Rota - Karakui

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptySeg 15 Jun 2020, 18:46

Relembrando a primeira mensagem :

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie

Aqui ocorrerá a aventura do(a) agente Lilith Δ BlackWater. A qual não possui narrador definido.


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Olá Convidado, seja bem-vindo ao One Piece RPG.
Links para ajuda: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] | [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo

AutorMensagem
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento


Data de inscrição : 10/08/2015

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptyTer 30 Jun 2020, 11:17


ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie


______________________________________________________________________

................ A sargento parecia ter uma mente fenomenal, a forma como ela montava uma linha de raciocínio era incompreensível para mim. Queria ter prestado mais atenção, mas quando ela falou sobre pão doce eu comecei a imaginar os bolos que eu poderia cozinhar e comer, como o sabor do açúcar fazia o meu cérebro entrar em um estado completo de harmonia e felicidade - Hmmm… Pão doce… - disse em voz alta inconscientemente. Lembrei dos pãezinhos doces que mamãe, eu conseguia quase sentir a textura macia, o sabor açucarado e gentil daquela obra de arte. Junto delas vinham memórias de um tempo que já não dava para recuperar, papai e mamãe haviam soltado as minhas asas e agora eu tinha que viver a minha própria vida. Eu inspirava uma vida emocionante e alegre, cheia de amigos e companheiros.

................ Eu acreditava que os Cardinali iriam me dar essa vida, essa oportunidade de conseguir ter algo bom e puro. Mas parecia que eu não era de confiança para eles, escondendo os seus planos para mim e agindo em minhas costas, deixando eu e Lenora, que estava bastante doente na época, para trás. Eu apenas conseguia ver os Cardinali como criminosos sem escrúpulos, mas na realidade eu queria acreditar o contrário. No fundo do meu coração, eu queria acreditar que eles faziam tudo por um bom motivo, um motivo maior que dinheiro, um motivo puro. Marvin era a minha janela para encontrar paz com os Cardinali, encontrar forças para os perdoar, afinal carregar rancor apenas iria danificar o meu Ch'i. E mesmo se eu conseguisse perdoar os Cardinali, eu agora era uma Agente do Governo, eventualmente eu teria que me encontrar e capturar eles. A diferença seria no nível de brutalidade.

................ Aquele cabelo e aquela textura, juntamente com aquele cheiro só podia pertencer a uma pessoa, ou melhor dizendo, duas pessoas. Despedi-me da sargento apenas para conseguir uns momentos em privado com Dio e conseguir falar com ele. - Dio-kun, acho que tenho uma pista muito boa de onde ele possa estar. - diria explicando - Marvin teve ajuda de outra Cardinali. JoJi para ser mais específica. - olharia ao meu redor, parando para pensar um pouco - Na realidade JoJi são duas pessoas distintas, então acredito que saírem 3 pessoas do navio poderia chamar a atenção, mesmo sendo num horário morto. - se existisse alguma janela olharia para ela, caso contrário olharia para Dio - Acho que um deles saiu nadando. Se isso for verdade, deve ter sido Marvin. - rapidamente complementaria - JoJi é uma usuária de Akuma no Mi. Ela é incapaz de nadar.

................ Sorriria confiante para Dio caminhando com ele num passo ligeiramente rápido até a saída. - Marvin deve ter estar escondido em alguma igreja, é um dos poucos lugares que ele consegue relaxar. Mas preciso ter a certeza. Para isso você precisa de fazer algumas perguntas aos marines derrotados. - ao chegar na saída pararia e então continuaria - Tente descobrir se algum deles viu alguém suspeito se aproximando do navio, sendo uma ou duas pessoas. - acenaria para Dio afastando-me dele - Encontre-se comigo na igreja que Clarisse-nee-san indicou.

................ Iria até ao exterior e chamaria por Lenora, montando nela. - Se o encontrar, vou tentar não chamar a atenção dele. - coçaria a cabeça com o dedo indicador enquanto viraria levemente a cabeça o outro lado - Tentar… - esperaria Dio dar a sua opinião, a gente era uma dupla de agente e precisávamos de trabalhar em equipa, embora eu não estar muito acostumada com essa parte.

................ Se Dio-kun não tivesse nada contra o meu plano, eu iria montada em Lenora até a cabana de Manakawa. Observaria bem o local e bateria na porta, pedindo permissão para entrar. - Prazer, o meu nome é Lilith. Sou uma agente do governo e gostaria de gastar um pouco do seu tempo. - diria ao ver Manakawa. Se ele argumentasse dizendo que estava muito ocupado eu rapidamente diria sorrindo - Você não precisa parar de fazer o que está fazendo, apenas tem que responder a umas perguntinhas!

______________________________________________________________________

Objetivos:
 

Histórico :
 

Ficha:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : Zero
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptyDom 05 Jul 2020, 01:59

Narração




Dio permanecia neutro ouvindo a conclusão de Lilith que fitando a janela produzia um ar misterioso. A sargento já havia retornado para enfermaria e os dois caminhavam até a saída, Dio guardava os cigarros e isqueiro e anotava tudo o que foi dito. -Tudo bem, não demorarei muito. Cuidado moça, se achar que não da conta não tenha medo de fugir- ele acenava com a cabeça e retornava ao interior da Torre.

Se seguisse direto para igreja atravessaria a cidade com um pouco de dificuldade por causa da quantidade de pessoas na rua, não seria tão populoso por todo o trajeto, mas em certos locais um atalho seria bem-vindo. Chegando à praia da cabana não teria dificuldades em encontrar a igreja pois era possível ver uma cruz de pedra sobre algumas árvores. O dia estava bem ensolarado e a praia estava deserta exceto por um grupo de dois marinheiros parados a porta da cabana, por sorte chegando a tempo de ver um outro saindo da cabana chutando areia e praguejando- Ele não passou por aqui, o velho dormiu a noite toda e acordamos ele quando chegamos. Cadê a porra do fugitivo?- outro marinheiro o censura- Olha a boca, vamos continuar a procura , talvez devamos vasculhar a floresta- o primeiro retornar a fala- Vamos solicitar reforço de mais quatro ou seis marinheiros, assim podemos ter certeza que não vamos deixar escapar nenhum maldito detalhe- e logo é censurado novamente- Linguajar!.

A Floresta não era muito densa ou aparentava perigo, podia se ouvir os pássaros cantar e o sons do mar em seu interior, as árvores bem volumosas com suas folhagens criavam um ambiente de sombras, com feixes de luz passando por furos na barragem de folhas. Mais ao que parecia ser o centro da flora as árvores abriam espaço para uma igreja  em ruínas, sua construção era de tijolos cinzentos de pedra e belos vitrais representando contos e fábulas religiosas, com um telhado de telhas vermelhas amarronzadas o templo passa a sensação de um ter sido um local de muitas alegrias, agora abandonado e deixado a corrosão do tempo. Sua entrada aparentemente aponta para a praia que agora já estava fora de vista, suas duas portas de madeira maciça ainda estavam no lugar e permaneciam entre abertas de maneira convidativa. Podia se ver pela fresta que lá dentro bancos estavam destruídos e caídos, corroídos por cupins e mofados, como na floresta, feixes de luz atravessavam os rombos no teto criando uma bela iluminação natural para o local, além do brilho multicolor dos vitrais. Em sua lateral havia um vitral quebrado criando uma abertura grande o suficiente para um adulto atravessar, mas estava a pelo menos três metros de altura próximo a uma pilastra e com alguns tijolos desgastados como um degrau criado por conveniência.

Horas já se haviam passado desde a chegada do Navio atacado e nenhum sinal dos fugitivos havia sido encontrado. Na torre 4 Dio questionava os marinheiros e aturava a Sargento


____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptyQua 08 Jul 2020, 15:04


ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie


______________________________________________________________________

................ Dio era realmente uma pessoa de poucas palavras, mas eu tinha a certeza que faria ele se abrir mais e se tornar meu amigo! A gente era companheiro de equipe e comunicação era mais que necessário. No entanto ele ainda usava as suas poucas palavras para me avisar para tomar cuidado e fugir se necessário - Lamento, Dio-kun... - disse afagando Lenora - Mas eu nunca viro as costas. - concluí com um sorriso, indo então em direção ao meu destino.

................ Tirando o facto de ter imensas pessoas e obstáculos no caminho e de Lenora ser gor… Ser portadora de ossos demasiado largos para ir por atalhos, cheguei na igreja até com alguma facilidade. Lá já existiam alguns marinheiros, parei para prestar atenção aos detalhes que me rodeavam, era importante começar a procurar por rastros, nada podia ser deixado de fora. Eles já estavam procurando por Marvin naquela zona, parecia que eu não era a única com aquela pista, se eu quisesse impressionar Clarisse-nee-san eu tinha que encontrar Marvin primeiro.

................ Ignoraria os marinheiros por completo, o que seria bem complicado para mim, não era normal eu ignorar as pessoas e eu até me sentia bem mal só de pensar em passar direto por eles. - Calma… Você não tá sendo rude. É. Apenas estou cuidando da minha vida e não preciso de dar satisfações para ninguém. É. Não estou ignorando eles… - pensaria nervosa, passando por eles. Por mais difícil que fosse eu ignorar eles, eles teriam mais dificuldade me ignorando. Afinal eu estava montada em Lenora e ela, só por sí, já atraia imensas atenções.

................ Seguiria em direção à igreja e, se na eventualidade eu fosse abordada por eles eu suspiraria de alívio - Agora não preciso mais ignorar eles. - sorriria para o marinheiro e, com um pequeno sorriso responderia - Lamento mas agora estou ocupada. Assuntos confidenciais do Governo. - então seguiria caminho até a igreja. Se ainda assim continuassem com perguntas ou interrogações sobre mim, eu responderia - Eu estou numa missão e acredito que vocês também. Foquem-se na missão. - diria num tom simpático e amigável. Se eles quisessem ir para dentro da igreja eu imediatamente tomaria um tom sério - Mantenha-se fora daquela zona. - se ele tentasse argumentar eu interromperia no mesmo instante - Fica xiu aí. Mantenha-se alerta no perímetro e faça xiu aí.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

................ Aproximando-me da igreja, sairia de cima de Lenora, e começaria a procurar por um ramo quebrado. Encontrando ou não o ramo, morderia metade da última cenoura que eu tinha e entregaria o resto para Lenora. - Lamento, amiga. É tudo que tenho por agora… - diria afagando a cabeça dela. - Preciso que você se mantenha aqui. Se a coisa ficar feia, vá atrás de Dio. - abraçaria ela e finalizaria dando um beijo no seu focinho. Se ela se demonstrasse assustada ou preocupada, eu agarraria a cabeça dela e olharia nos seus olhos - Hey… Hey… Me diz quando foi a última vez que eu tive uma ideia ruim? - faria uma pequena pausa - Ok. Aquilo no treino não conta porque Emmy-chan é muito talentosa! sorriria.

................ Usaria a minha audição e olfato com bastante atenção enquanto me moveria até a entrada da igreja com bastante cautela. Se tivesse um ramo, usaria para passar lentamente pelo chão da porta, procurando por possíveis armadilhas preparadas para os marinheiros ou outros agentes. - Papai não pode saber que eu to entrando aqui… - murmuraria bem preocupada - MARVIN! - chamaria por ele, antes de entrar - Eu sei que você tá aí! - esperaria uma resposta, se nenhum ruído fosse escutado eu passaria a porta - Temos assuntos inacabados. - diria entrando com extrema cautela, olhando para todos os lados.

................ Se eu percebesse que alguma coisa viesse na minha direção em alta velocidade, eu tentaria saltar para a direita, tendo cuidado para não me aleijar muito na queda, rebolando se possível e necessário. Se a origem fosse de cima eu saltaria ainda mais para dentro da igreja.

................ - MARVIN! - diria um pouco impaciente. - COFOI, SÓ QUERO CONVERSAR! - diria se ainda não obtivesse resposta, enquanto me moveria ainda mais para dentro da igreja. Apertaria o meu colar com força enquanto aproximar-me-ia do altar para me dar força e coragem para enfrentar aquela situação. - Eu sei que a Jo e a Ji ajudaram você a fugir! - explicaria - E eu sei o que vocês faziam nas minhas costas!

................ Nunca ficaria virada para o mesmo lado, sempre estando com a guarda em alerta. - Eu estudei a vossa causa! Ela é falha! Ainda há tempo para você, Marvin! - se ainda não existisse resposta eu pegaria na pequena cruz que eu havia encontrado e levantaria bem alto - Eu li o seu registro, você nunca deixa rastro, mas esqueceu essa cruz para trás. - a minha voz estaria trêmula, ainda sem saber se era de raiva, felicidade em reencontrar alguém que fora importante ou nervosismo - Me responda, droga!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

______________________________________________________________________

Objetivos:
 

Histórico :
 

Ficha:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : Zero
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptyDom 12 Jul 2020, 18:18

Narração







Após checar por armadilhas com um galho, Lilith finalmente adentra na igreja gritando e esperando a aparição de Marvin. Os numerosos bancos apesar de destruídos e velhos ainda estavam alinhados e criavam um corredor até o altar, lá encostado na parede dos fundos um grande órgão se estendia e aparentava estar bem cuidado, havia uma leve elevação de madeira e um pedestal a frente, no entanto não havia sinal de Marvin. Os ouvidos apurados da Agente identificavam apenas pequenos roedores que se aventuravam pelo local e o piar de filhotes de passarinho que conforme se aproximava do altar conseguia ver sua origem, um pequeno ninho em um buraco no tampo do pedestal. Uma brisa florestal adentrava pelos buracos na igreja e se misturavam com o cheiro de madeira velha dos bancos. Girando de um lado para o outro atenta a qualquer ofensiva Lilith conseguiu avistar Marvin antes que o mesmo fechasse a porta da igreja, parada próxima ao altar ela revê o antigo amigo com as costas contra a porta encarando a Agente com uma tristonha nostalgia.

-Bom dia Lili, que bom que encontrou meu recado, eu precisava conversar com você - com o cabelo alisado para trás e um uniforme de soldado da marinha, ele retira o laço azul do pescoço e coloca no bolso- Infelizmente você não entendeu nossa causa, se não fosse por Abaddon fazendo sua cabeça…Lili entenda, o governo é tirano e não liga para o povo, se você soubesse das atrocidades feitas por aqueles que você defende. Ilhas inteiras já foram dizimadas, povos escravizados, acordos com organizações criminosas, tortura, extorsão, corrupção, e muito mais que você sequer consegue imaginar Lili.

O celestial caminha de um lado para outro e sua indignação é evidente- Mas não vim aqui para convertê-la, Lili saiba que gosto muito de você e não desejo machucá-la, mas a missão que estou encarregado é de suma importância e dói em meu peito ter que lutar contra alguém que gosto. Muitas vidas serão salvas, você não tem idéia.

-Por que você teve que seguir os passos de Abbadon, Lili por que?-correndo e saltando ele desfere um soco de cima para baixo acertando o chão e tirando pequenas lascas do chão, Lilith antecipando o golpe desvia para direita

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Eu só preciso que fique inativa até eu terminar minha missão na ilha. Não torne isso mais difícil para mim- Marvin junta as mãos e levantando os braços sobre a cabeça desce os punhos com destreza fazendo as correntes descer como um chicote.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptySeg 13 Jul 2020, 20:24


ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie


______________________________________________________________________

................ Os marinheiros pareciam me ignorar por completo, o que facilitou bastante as coisas, me permitindo entrar na igreja sem qualquer problema. O clima lá dentro era estranho. Era como se fosse uma mistura de paz com tensão. Ver a face de Marvin após tanto tempo me relembrou mommentos passados, momentos que nunca voltariam e que dificilmente poderíamos voltar a partilhar. Momentos que se foram para sempre, que agora apenas existiam na mente e no coração.

................ Por instinto consegui evitar o primeiro golpe de Marvin. Ainda estava muito abalada por ver ele novamente, eu sabia que mais cedo ou mais tarde teria que encarar os Cardinali novamente, mas existia muita bagagem emocional. Por momentos, o ataque de Marvin me fez lembrar de um momento do passado, quando conheci ele pela primeira vez. O movimento e a postura dele eram as mesmas de quando a gente se conheceu e, com isso, o mesmo sentimento de curiosidade se apoderou de mim, apenas diferenciando o motivo.

................ - Marvin… - murmurei - Eu fiz uma pesquisa nos documentos do Governo e compreendo plenamente a vossa causa. - cerrei os meus punhos - Mas a forma como muitos de vocês lutam é errada! Existem pessoas que usam a desculpa de querer mudar o mundo para apenas causar o caos! - gritei enquanto tirava o meu chapéu e o pousava num banco - SE VOCÊ ACHA QUE EU VOU FICAR PARADA E DECEPCIONAR TODO MUNDO, VOCÊ ESTÁ ERRADO! - gritei pensando em Abbadon, Clarisse e Dio, que esperavam o meu melhor desempenho na missão.

................ Usaria os meus braços para resistir ao impacto das correntes e agarrar elas. Ficaria com eles cruzado em cima da minha cabeça para evitar danos muito fortes na mesma - Eu só queria uma vida feliz. - diria ao agarrar as correntes, olhando para baixo - Achei que vocês eram a minha nova família, que nunca me abadonariam e me deixariam nesse mundo sozinha... - levantaria o rosto e olharia nos seus olhos - Vocês nem me falaram para onde iam… Apenas partiram! - ao gritar eu puxaria ele para mim e lançaria um chute na sua cara - NÃO TORNAR ISSO COMPLICADO PARA VOCÊ? TU ACHA QUE É FÁCIL PARA MIM? VIVER COM ESSA SENSAÇÃO RUIM DE SENTIR RAIVA DAQUELES QUE ADORO?

................ Se o chute tivesse sido bem sucedido ou se Marvin estivesse próximo de mim eu agarraria ele pela camisa e olharia bem de perto - Eu li o relatório de cada um de vocês. Abby-chan, me mostrou tudo para que eu pudesse analisar tudo com cuidado… - uma lágrima escorreria pelo meu rosto - Roubo, início de tumultos, assassinato de nobres, ataques a navios da marinha, tráfico de armas ilegais, transporte de criminosos… - daria uma cabeçada para cada item listado - ME FALA COMO QUE PESSOAS MÁS NÃO SE APROVEITARIAM DESSA DITA CAUSA PARA SACIAR O SEU LADO SÁDICO? - jogaria ele para longe - Droga, Marvin… Sniff… - secaria as minhas lágrimas - Tu não acha que dá para mudar o governo por dentro? Não acha que existem pessoas verdadeiramente boas nele? Na marinha, no governo? - abanaria a cabeça na horizontal, com um ar de desaprovação - Esse mundo está cheio de preconceitos. O facto dos próprios revolucionários não conseguirem perceber que nem todos os agentes e marines são inimigos é desmotivador.

................ Tiraria o meu jaleco para conseguir respirar melhor - “Terminar a missão”... - diria pensando em voz alta - Hey… Marvin… - aos poucos a minha voz começaria a tomar um tom ameaçador - Tu não tá aqui… Para matar Abbadon, né? - lançaria um olhar carregado de raiva - Eu não deixarei NINGUÉM fazer mal para a minha família, mesmo se ela um dia virou as costas para mim e me deixou no mundo para me virar sozinha. - estalaria os ossos - Virei agente para que Abbadon e os restantes agentes não matassem vocês. Fui largada duas vezes, mas o destino me colocou todos de volta na minha linha. Eu não vou deixar que vocês se matem. - correria na direção dele - NEM QUE ISSO SIGNIFIQUE QUE EU TENHA QUE QUEBRAR A CARA DE VOCÊS! - ao chegar perto dele saltaria e realizaria um chute circular com a perna direita à altura da sua cabeça, de modo a deixar ele ligeiramente desorientado.

................Eu estava numa verdadeira montanha russa de sentimentos. Por um lado queria estar com Marvin e os outros Cardinali, voltar para o circo e levar alegria e divertimento para o povo das ilhas, mas por outro lado eu sabia que isso agora era impossível. Agora que eu sabia a verdade, voltar para essa vida não era mais uma opção. Agora eu precisava convencer os Cardinali a deixarem essa vida e mudar o mundo da forma correta. Com as suas informações e influencia no submundo, eles poderiam ajudar o governo como informantes e, dessa forma, poderíamos tornar o mundo num lugar mais feliz e calmo.

................ Quando ele perdesse, nem que por apenas um segundo, o equilíbrio, eu abraçaria ele com força, impedindo o movimento dos seus braços - Por favor, Marvin… Me dê uma chance… Me deixe tornar o mundo num lugar melhor. Me ajude a fazer esse mundo ser mais justo… Mas não através dessas matanças, eu sei que consigo melhorar o governo por dentro! - se ele tentasse se soltar eu abraçaria com mais força e faria força para que a gente caísse no chão - Mamãe conseguiu colocar todo o ódio por homens de parte e deu uma chance para o papai. Papai colocou a sua doutrinação de lado e percebeu que existem pessoas boas que não merecem ser sacrificadas! - faria uma pequena pausa - Por favor… Não deixe o ódio o corromper… - Na eventualidade de não o conseguir abraçar ou não conseguir manter ele abraçado eu me ajoelharia e seguraria a cruz com uma mão - Eu não sei se posso perdoar você se alguma coisa de ruim acontecer com Abby-chan… E tenho a certeza que não posso perdoar ela se alguma coisa de ruim acontecer com os Cardinali… - colocaria a mão o meu peito e abanaria a cabeça negativamente - Em qualquer um desses casos, eu sei que me tornaria alguém que não sou. Alguém que carregaria essa mágoa e rancor para toda a vida.

................ Eventualmente largaria Marvin - O Marvin que eu conheci era gentil com todos, via o melhor nas pessoas, e pregava a justiça e o amor. O Marvin que eu conheci jamais lutaria contra mim se não achasse que eu fosse uma inimiga… - a minha voz tremularia enquanto eu levantaria os meus punhos, adquirindo uma posição de batalha totalmente resguardada - O Marvin que eu conheci conseguia colocar o preconceito de lado e ver a razão… - olharia nos olhos dele - Marvin, existem mais formas de fazer o correto. São mais difíceis? Claro, afinal implicam em colocar o nosso orgulho de lado e ver a outra moeda. Mas ainda assim há outras formas de alcançar a justiça...

................ Evitaria sempre levar com as correntes diretamente na cabeça, usando os meus braços para receber o golpe e me manter firme. Precisava me manter firme e, mesmo se eu acabasse por cair, daria tudo de mim para me levantar - A única forma de me parar… - diria caso ele me jogasse ao chão, me levantando com bastante esforço - É me matando! - olharia bem nos seus olhos, determinada e focada. Sempre que as correntes me acertassem eu tentaria agarrar elas e puxar Marvin para mim e, ainda agarrando as correntes, lançaria uma joelhada na sua barriga.



______________________________________________________________________

Objetivos:
 

Histórico :
 

Ficha:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : Zero
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptyTer 21 Jul 2020, 03:19

Narração


O encontro era marcante para os dois e muitos sentimentos estavam a flor da pele a batalha mal havia começado.

Relembrando o passado Lilith tenta se defender do golpe das correntes cruzando os braços acima da cabeça mas o golpe a atinge sobre os  ombros e sentindo o impacto da ponta das correntes que chicoteiam suas costas e danificam o tecido do terno, ela apanha as correntes e puxa Marvin para si encaixando um chute no peito de Marvin- Merda as coisas não precisam ser assim, você realmente não entende- os braços do celestial pendiam ao lado do corpo quando era segura a pouco do chão pela gola, uma angústia era vista em sua face, a primeira cabeçada acerta a maçã do rosto de Marvin, mas os golpes posteriores foram defendidos com a testa e o nariz da agente começa a sangrar, assim como a boca do revolucionário. Ela o arremessa a dois bancos onde cai sentado- Criminosos que criam caos e se chamam revolucionários não são o verdadeiro problema, o problema são vocês que deviam nos proteger e cuidar mas fazem pior que os mesmos que vocês despreza e ainda sim tem o direito de andar livremente, aqueles que criam leis em benefício próprio, que são protegidos por lei para tirar vidas e destruir sonhos- ele brandi a corrente em uma linha horizontal que atinge a face de Lilith e corta a bochecha de leve, de onde brota sangue escorrendo até a camisa branca que agora estava a mostra.

A pergunta sobre Abbadon ofendi, e Marvin sequer tenta esconder- Pensei que me conhecia, se fosse para matar Abbadon, Joji estaria aqui, não eu- recebendo o chute circular com as correntes ele desliza através do banco até a borda, com o braço debilitado Marvin tenta novamente nocautear Lilith com sua corrente mas o golpe é defendido pelo braço da agente, ele aproveita a distância a seu favor e desfere outro, depois outro, depois outro, depois outro, destruindo as mangas da blusa e manchando o pouco tecido que sobrou com sangue. Ele enrola uma das correntes no punho e golpeia Lilith que no abdômen a jogando até o banco opositor e fazendo a cair- Pediram para que eu a matasse- a mink tenta se levantar mas é derrubada com uma chicoteada de corrente- Como chegamos a esse ponto Lili- ele deixa escapar uma lágrima apenas de seu olho esquerdo- Eu queria tanto voltar aos velhos tempos- com as mãos cobrindo o rosto ele cria uma oportunidade para mink se levantar- E trarei aqueles bons tempos de volta, vou criar um mundo em que possamos viver pacificamente. Por favor, fique no chão agora- ele brande novamente sua corrente que enrosca no punho da agente, ela o puxa e desfere uma joelhada em sua barriga e o agarra em um abraço de urso.

Ele se debate mas a Mink é mais forte que ele, ele tenta se soltar a cabeçadas mas a curta distância reduz toda a força do impacto de seus golpes, e se debate mais como se não quisesse ouvir as palavras de Lilith mas acaba cedendo, parando de resistir- Não deixarei o ódio me corromper, minha visão está clara para o belo futuro que nos aguarda e é por isso que peço desculpas- uma picada é sentida na altura da coxa e não demora para que Lilith não consiga mais o manter preso, os dois se afastam mas a agente sente uma dificuldade se espalhando por seu corpo lentamente, como um enxame de formiga correndo.

-Não é letal, ele apenas relaxa os músculos e depois te coloca para dormir, usei em missões anteriores para cuidar de inimigos mais violentos, eu sabia que minhas palavras não seriam o suficiente com você e nem meus golpes- ele estende uma mão como para amansar a agente agora drogada em sua outra mão ela pode ver entre os pequenos borrões que surgem em sua visão uma seringa na mão de Marvin- Ele é leve então podemos conversar um pouco antes, devemos ter pouco mais de sete minutos. Lili entenda, não estou aqui para matar sua irmã  ou ninguém, mas meu medo era que você assim como sua irmã ficasse obcecada com nós Cardinalli, e sabe que não quero que se machuque, e perder sua irmã a machucaria muito, você precisa manter sua irmã longe de nós. Escuta, eu não gosto de ferir os outros mas sou um caso especial na família, por favor, mantenha sua irmã longe de nós, já não posso mais defendê-la, Lola a teria matado se não fosse por mim, mas não posso mais dever favores assim, não tenho muito a negociar, por favor me ajude. Salve nosso mundo por dentro do sistema junto com sua irmã e deixe que eu salvo pelo sub-mundo, vamos trabalhar juntos mas longe uns dos outros!



____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptySab 25 Jul 2020, 14:29


ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie


______________________________________________________________________

................Mesmo me acertando e sentindo a dor no corpo havia algo que me machucava muito mais que aquelas correntes geladas e pesadas. Golpe após golpe, o meu corpo aceitava o dano de bom grado, mas o meu coração sentia uma pontada a cada hit meu e dele. Marvin parecia que também não estava feliz com aquela situação, eu conseguia sentir que aquela luta, embora ele fosse claramente mais forte, também estava sendo extremamente complicada para ele. - Eu… Não vou… Desistir... De nada... De ninguém... - o meu corpo começava a pesar, ele havia me drogado com alguma substância, aos poucos sentia mais complicado me manter de pé.

................ Era como se o universo me estivesse testando, me levando ao meu limite - É… Eu não sei a motivação da minha irmã para andar atrás de vocês… Mas… - eu sentia o meu corpo me puxando para baixo, mas jamais cederia para aquele veneno, para evitar cair me agarraria em qualquer coisa próxima. Mesmo com a visão turva procuraria Marvin e, com um olhar confiante, continuaria a falar com bastante dificuldade enquanto sorria - Eu ganhei. - apontaria para ele - O Marvin que eu conheci nunca partiria logo para a agressão… - faria uma pausa para recuperar o fôlego - O Marvin que eu conheci… Manteria a calma… - tiraria minha gravata e amarraria em volta da perna picada, apertando-a com bastante força. Embora ainda confiante, aos poucos começava a perder para as minhas emoções.

................ Se fosse impossível me manter de pé, faria de tudo para ficar no máximo ajoelhada - Mesmo que você diga que não se vai corromper… - apertaria o meu próprio coração - Mesmo que lute contra… Você irá perder… Ninguém vence o ódio sozinho… - uma lágrima escorregaria pelo canto do meu olho, porém sem perder o meu sorriso - Eu lutei contra essa corrupção… Eu ainda luto… - o meu sorriso desapareceria por alguns segundos - Mas… - tentaria me aproximar de Marvin - Mas eu nunca desisto… - ao chegar perto dele abraçaria ele, contudo sem muita força, apenas queria sentir o seu calor antes da minha força se esgotar.

................ Solidão era um dos piores castigos para mim, era aterradora a ideia de ter que viver para sempre sozinha, sem ninguém para conversar, viver momentos em conjunto, partilhar ideias. - Marvin… Vocês naquele dia… Não me abandonaram só a mim… - seguraria o rosto dele com as minhas mãos, sentindo o calor do seu rosto - Lenora também ficou para trás… - então assobiaria com todo o meu fôlego, chamando a minha amiga. Agora precisava esperar, ela poderia ir correndo até Dio ou então fazer de tudo para entrar naquele local, independentemente do resultado eu precisava esperar.

................ - Lembra… Você lembra quando viu o meu colar pela primeira vez? - relembraria sorrindo - Você ficou muito nervoso comigo… Quase tentou jogar ele no fogo... - seguraria no meu colar com força, e então diria rindo - Mas você não o fez… Você foi capaz de colocar seu ódio de lado naquela altura… - encostaria a minha cabeça no seu ombro - Que tal fazer o mesmo agora? - ficaria em silêncio por alguns segundos - Você pode vir comigo até ao QG… Eu digo que você concordou em ajudar o governo em segredo… - eu sorria, sabendo que aquela opção era quase impossível de ser aceite - Só preciso que você vá comigo até ao Quartel, lá podemos conversar de igual para igual… Como nos velhos tempos… - suspiraria - E se você recusar de novo… Ambos perdemos… - diria chorando de pura triste pela primeira vez na frente de um Cardinali.

................ Eu sempre havia sido um pilar de felicidade e bom humor no circo Cardinali, nunca havia chorado na frente deles, afinal não havia motivos para isso naquele tempo. - Marvin… Jo… Ji… Lola… Willy-kun… William-san… Kraven… William-sama… - listaria - Eu ainda sonho com os shows… Cada um deles… - apertaria a roupa dele com as minhas mãos - Se você não confia no governo… Confie em mim… - olharia para ele - Se você vier comigo pode ver de perto como o governo funciona… Se achar que está sendo enganado pelo governo pode fugir a qualquer instante… Se achar que tem falsos revolucionários pode expor eles para o governo. - tocaria no seu rosto mais uma vez, segurando a bochecha dele com a minha mão e levando a mão dele até a minha bochecha - Vamos tornar esse mundo melhor… Um lugar feliz… Confie em mim, por favor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


______________________________________________________________________

Objetivos:
 

Histórico :
 

Ficha:
 

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
DanJo
Membro
Membro
DanJo

Créditos : Zero
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Data de inscrição : 11/11/2019

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptySab 01 Ago 2020, 02:21

Narração



A mink não desistia, sua força de vontade era sua principal característica e seus olhos brilhavam com essa chama. Marvin estava assombrado, a jovem esbarrava de um canto para outro empurrando bancos e tentando se manter de pé de qualquer forma, demonstrando sua vontade não apenas com suas ações mas também com suas palavras, o coração de Marvin recebia cada golpe mais forte que os chutes de Lilith, sua face se contraia e de seu lábio inferior que mordia escorria um filete de sangue. Ele conhecia ela bem e sabia que o envenenamento era a melhor maneira de controlar a ela, sabia bem como ela lutaria e o quanto iria se expor, também sabia que não ia conseguir convencê-la mas ela também o conhecia, conhecia seu coração e sabia oque falar para poder capturá-lo em seus braços.  Com a gravata amarrada à perna, segura o rosto de Marvin que chora desistindo de parecer forte.

O assobio cria um silêncio que parecia durar uma eternidade, mas logo a resposta vem com um estrondo na porta que não a derruba mas cria fraturas em sua estrutura, Lilith relembra um evento passado e descansa a cabeça em seu ombro mas Marvin se afasta quando o segundo estrondo quebra as portas da igreja e a bisonte surge urrando, seus olhos captam sua dona ferida de joelhos e seus cascos arranham o piso quando ela investe contra o agressor, Marvin enrola as correntes nos braços mas o impacto é demasiado e o osso de seu braço fratura com um estalo oco, o celestial é arremessado através do corredor até o altar. A bisonte se abaixa e ajuda Lilith a subir em suas costas com um cuidado afetuoso.

-Sempre me surpreende Lili, então…- a pólvora queima e  explode dentro do cano, disparando uma bala no olho de Marvin que urra de dor encolhido no chão, atravessando a porta da igreja com seu revólver em punho, Dio, dispara outra vez mas Marvin rola o lado aproveitando o corpo grande da bisonte entre eles. O agente corre e salta de banco em banco realizando outros dois disparos contra o celestial que recebe apenas um de raspão em sua costela enquanto salta a janela da igreja- Lenora leve-a para a torre- pede Dio correndo e saltando a mesma janela.

Lenora não corre com tanta velocidade tentando não piorar os ferimentos de Lilith, ela galopa por entre as árvores passando por um grupo de marinheiros que corriam em direção outros disparos de Dio ecoando na floresta. O segundos demoram minutos e os minutos demoram horas, vozes desconhecidas chegam a Lilith, fragmentos de seus passado, o toque de Abaddon é sentido mas sua visão ainda são borrões de luz e sua consciência transita entre o presente e o passado.

Abaddon estava ao seu lado na enfermaria, sentada na beira da cama a irmã encarava Lilith com preocupação estampada em sua face- Como se sente?- ela alisa o cabelo da mais nova- Oque aconteceu?



Danos:
 

____________________________________________________

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.][Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Skÿller
Agente em Treinamento
Agente em Treinamento
Skÿller

Créditos : 10
Warn : ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 10010
Masculino Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 24
Localização : Entre a faca e a parede

ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 EmptySab 01 Ago 2020, 20:12


ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie


______________________________________________________________________

................Por momentos acreditei que havia conseguido convencer Marvin, que havia feito ele compreender o meu lado. Para ser honesta, não tinha muita esperança em Lenora para conseguir atravessar aquela porta - Lenora… - disse perdendo as forças enquando Marvin era jogado para o outro canto. Depois disso tudo parecia um borrão, escutei apenas um tiro de uma arma e tudo ficou escuro.

................ A minha vida nunca havia sido fácil mas eu nunca havia me incomodado com isso, na realidade isso me motivava a ser melhor e me fazia feliz. Superar cada desafio, levantar a cada queda, me tornava feliz com coisas dessas, no entanto a mesma fonte de felicidade e motivação se tornava o meu maior veneno. Queria tanto superar tudo e todos, me manter sempre em pé, que acabava por afastar aqueles que amo, criando um medo de ser abandonada novamente. Felizmente as minhas marcas controlavam o meu Chi, deixando-me estável na maior parte do tempo, evitando que sentimentos como raiva e ódio me corrompesse.

................ - Me desculpe… - diria ao ver Abbadon. Eu sentia dores por todo o meu corpo, a adrenalina me permitia aguentar cada golpe e continuar lutando ignorando a dor, mas assim que a batalha acabava eu começava a sentir as consequências. - Eu achei que conseguiria convencer ele sozinha… - diria me levantando e levando as mãos para a minha cabeça, ela estava muito dorida. - Você está ouvindo isso? - diria confusa, tentando me levantar da cama de hospital - Essa música… Eu conheço essa música! - começaria a procurar pela origem dela. Se Abbadon dissesse que eu precisava descansar, eu responderia - Você não ouve a música, né? - suspiraria, me deitando na cama, ainda assim ligeiramente tensa.

................ Eu conhecia a música que estava tocando, era a música do meu show de equilibrismo. - Cadê ele? - perguntaria preocupada para Abbadon - Cadê Marvin, Abby-chan? - a ficha me cairia apenas naquele instante, eu havia escutado um barulho de tiro, mas eu não sentia nenhum ferimento de bala no meu corpo. - Ele tá vivo, né?! - Eu seguraria a mão dela com força. A minha cabeça parecia que ia explodir, era tanta coisa para pensar ao mesmo tempo que eu não conseguia relaxar.

................ Procuraria rapidamente pelos meus doces, precisava me acalmar e pensar com calma. Se não encontrasse nenhum doce pediria para Abby-chan - Hey, Abby-chan eu preciso de um doce. Por favor. - eu apenas conseguiria me acalmar ao sentir o sabor doce. No entanto, a música continuaria e, com ela, momentos do meu passado invadiriam a minha mente. Acabaria por não comer nenhum doce, revogando o pedido para Abby-chan - That’s life… - murmuraria a música, me deitando e pensando no passado. Aquilo era tudo que eu precisava para ter alguma paz interior, apenas relembrar bons momentos na vida.

................ Provavelmente Abbadon iria querer saber o que havia acontecido, eu não tinha motivos para mentir para a minha irmã, mas ainda assim eu sabia que eu deveria ter cuidado com o que falar - Eu tinha uma teoria de onde ele poderia estar. E segui ela. - diria firmemente - Eu tenho a certeza que, por momentos, consegui convencer ele até ouvir um grande tiro. - eu não diria mais nada, não havia mais nada a ser dito.

................ Olharia bem nos olhos da minha irmã, procurando a mão dela para segurar - Eu amo você. Eu amo papai. Eu amo a mamãe. - faria uma pausa, procurando as palavras certas - Os Cardinali me enganaram e me abandonaram. É verdade mas… - com um sorriso completaria - Eles me ensinaram bastante e me socorreram num momento difícil. Não perguntaram pelo meu passado e eu não perguntei o deles. Eles nunca quiseram me influenciar para o mundo deles, e isso eu respeito. - não deixaria ela largar a minha mão.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

................ Abby-chan tinha motivos diferentes para querer ir atrás dos Cardinali e eu ainda não tinha a certeza quais eram as suas intenções - Não vou deixar que ninguém faça mal à minha família. Entendeu, Abby-chan? - eu quase sempre perdia para Abby-chan em lutas, mas eu sabia que a nível intelectual a gente era igual, então sabia que ela iria compreender as minhas palavras - Eu falei que eu ia pegar eles primeiro. E quando eu pegar eles, vou mostrar o motivo de estarem errados. Eles vão perceber como mudar este mundo da forma certa. - puxaria ela para mim, ainda sorrindo e abraçando ela - Não vou deixar que o seu Ch’i seja transformado em algo impuro.

................ Abby-chan, ao contrário de mim, tinha uma grande dificuldade em perdoar e ver o outro lado de pessoas que não eram da família. Talvez fosse pela falta das marcas protetoras ela tenha um Ch’i mais instável - Olha como a Lola te deixou. - deixaria uma lágrima escorregar, sem perder o sorriso. - Se você não tiver cuidado vai acabar por morrer. Tu não está acostumada a apanhar. - diria rindo, brincando com a situação - Me promete que você não vai atrás deles sozinha. Se você prometer isso, eu prometo o mesmo. - precisava que Abbadon não estragasse qualquer chance de eu conseguir deixar todos os que amo vivos - Tentamos à minha maneira e, se der errado, tentamos à sua maneira. - . Se ela ficasse surpreendida por eu citar o nome da sua agressora, eu não aguentaria mais segurar as lágrimas - Eu fiz minha tarefa de casa, Abby-chan… Sou cabeça dura mas não sou burra... Só tenho preguiça de pensar. - secaria ela - Não me faça perder você de novo...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

______________________________________________________________________

Objetivos:
 

Histórico :
 

Ficha:
 




Citação :
Nome: Azazel Δ MorningStar
Level: 1
Oficio:  Médica
Estilo de Combate: Chicoteadora
Perícias Primeiros Socorros, Anatomia Humana, Cirurgia
Atributos Principais Acerto > Esquiva > Dano
Aparência:
Personalidade:

____________________________________________________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

~Fala~
~Pensamento~

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Sabe por que caímos?
Para aprendermos a levantar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie   ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie - Página 2 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
ブルーベリーパイ ~ Blueberry Pie
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
One Piece RPG :: Oceanos :: East Blue :: Yotsuba Island-
Ir para: